Issuu on Google+

jornaltem@gmail.com

twitter/jornaltem

orkut - jornaltem

ição u b tri Dis ratuita G de 22 a 28 de maio de 2010 - sábado - ANO 5 - Edição nº 118

www.jornaltem.com.br

MP recomenda a Prefeito uso de softwares gratuitos Foto: Tatiane Cambraia

pág/ 03

Comunicado Os funcionários do Hospital Frei Caetano insatisfeitos com os salários pagos, e com o acúmulo de trabalho para os funcionários, decidiram fazer paralisação se a folha do mês de maio não fechar com 7% de reajuste. SEESSIR - Sindicato da Saúde de Itajubá e Região.

Prof. Luiz Rosa lança livro sobre paróquia pág/ 05 Professores decidem manter greve pág/ 03 “Ficha Limpa” vai à sanção do Presidente Lula pág/ 07

Prefeitura já gastou mais de 800 mil reias em contratos, sem licitação, com Grupo SIM - Instituto de Gestão Fiscal

Forró da Lena e Ótica Paraíso unidas para agradar você pág/ 06


www.jornaltem.com.br

de 22 a 28 de maio de 2010

02 Cultura

A

mílcar escreve sobre a soli dão de sua originalidade, na certeza de estar no caminho certo, na crença em sua liberdade criativa. O poema escrito com a maioria dos versos com uma só palavra, perece um totem de sua personalidade, sustentado “na liberdade dos caminhos”, veja: Descoberta/ é/ Descobrir/ pelos /sentimentos/ que/ o/ caminhar/ a / identidade/ é/ caminho/ somente/ para/ o/ caminhante/ que/ acredita/ na liberdade/ dos caminhos. Em seu poema “A Pescaria”, Amílcar tem dois momentos sublimes. O primeiro, quando trata da própria poesia; “silêncio encantado comovido em palavra. Verruma. Desvela. Estampa”. E, o segundo quando fala do surgimento da forma de sua escultura, ou desenho: “rápido como um peixe na isca, um relâmpago, estampa claro, a forma pronta”. Na tentativa de explicar sua obra Amílcar escreve: “escultura/ é a descoberta da forma/ do silêncio/ onde a luz guarda a sombra/ e/ comove”. Em outro momento a poesia da Amílcar revela: “escultura é pedra no fundo do rio./ O segredo está/ em conseguí-la/ sem molhar as mãos”. Talvez, refazendo sua trajetó-

Expediente TEM Cambraia e Pelosi Editora de Jornais Ltda - [CNPJ 07492204/0001-36] Direção - Tatiane Cambraia e Cláudio Marcelo Pelosi Jornalista responsável - Sérgio Cardoso [MTb 26.373-SP] Dep. Jurídico - Émerson Clayton R. Santos/ OAB/ MG 114.933 Vendas - 9198-0001 (Cláudio) E-mail - jornaltem@gmail.com Redação - Rua Pampulha, 439 - Jd. Aeroporto Paraisópolis - MG - CEP 37660-000 Tel.: (35) 9106-2672 / 9198-0001 Copyright Jornal TEM/2010. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta publicação em qualquer meio de comunicação sem autorização escrita do jornal.

jornaltem@gmail.com

J.A.Braga Barros

O “Poeta” de Paraisópolis ria do Direito para a Arte, Amílcar escreveu: “O Tribunal/ guarda sempre a majestade/ de uma porta que se abre/ e mostra o caminho./ Mas, conforme o caso,/ também se fecha/ serena e severamente/ como uma porta de ferro./ Isso é o que a escultura/ tenta traduzir/ com a mesma harmonia e decisão/ de um ato de justiça”. E como não podia deixar de refletir sobre seu desenho, o verso de Amílcar revela em poucos traços, com um único verbo (ser) como seu trabalho é substantivo e não precisa de adjetivos: Desenho/ é/ o/ espaço/ na/ medida do/ sonho/ O escultor, desenhista, programador visual, abre mão de tudo e se colocar como mestre a apontar os caminhos “Aos mais jovens”, poema que a cada verso quer ensinar a arte da vida, “ao alcance da mão”: Preste atenção às coisas mais próximas e mais simples/ E procure somente dentro de você mesmo/ A força e a grandeza para construir./ Por exemplo:/ Olhe que beleza aquela forma redonda./ É apenas uma laranja./ Mas que força explode/ E canta o canto de ser no espaço pendurada./ Astro guardando sementes/ Contendo o futuro/ De milhares de laranjais/

E de laranjas iguais./ Sempre diferentes/ Em círculo e cor laranja/ Perseverança da geometria/ Harmonia das esferas – Filosofia/ Colorida na mesma cor./ Provocando imagens e imaginação/ Vida em tempo de terra/ Em tempo de verde/ Em tempo de sol/ Amarelo. Amarela. Laranja./ De mistério tangente/ De um gesto. Ao alcance da mão”. Poema feito a ferro e fogo Este poema “Escultura” de Amílcar de Castro nos coloca diante de uma chapa fria de ferro, que ele vai cortando, em um só gesto consciente e perfeito, abrindo espaços e novos horizontes na matéria bruta, veja: “...o/ segredo / de/ tanta/ força/ em/ dobrar/ a/ fogo/ chapa/ cega/ abrindo/ no/ ângulo/ oposto/ espaço/ para/ amanhecer/ na /matéria bruta”. Para não deixar dúvidas, Amílcar de Castro recorre à poesia para falar de sua história, de sua mineiridade, de sua caminhada e da singularidade de sua obra. Cada poema de Amílcar de Castro é um traço que risca, com lápis duro, na alma de cada leitor, a possibilidade da transcendência, na simplicidade do dia a dia vivido intensamente: “É simples./O fazer faz o fazer./ Dá o sentido./ Descobre, e propõe caminhos./ Não são necessários ad-

jetivos./ É arquitetura./ O terreno foi domado e envolve,/ como a construção o determina./ Conjugação primeira, sensível e objetiva/ É o pensar livre, fundamento da intenção/ maior./ Acredito ser das melhores coisas/ da boa Arquitetura Mineira./ O que é, é forte./ E se iguala pela diferença./ De fato, olhando e lendo cada um e todo o conjunto dos textos poéticos de Amílcar de Castro percebe-se que o uso da linguagem poética é a forma que encontrou, para com uma economia de palavras se expressar com profundidade. Mais do que dando lições de certezas, aponta possibilidades, tal qual sua própria escultura, que com o mínimo de material, apenas o ferro, que com seu corte e dobra revela o infinito. Mais do que versos elaborados, seus poemas substantivos, concisos, guardam o segredo da arte: a emoção. Emoção que é descoberta, transcendência, revelação, mais do que um tratado sobre arte, ou sobre sua escultura, em particular. Vale a pena ler os poemas de Amilcar de Castro no original para se desfrutar dos espaços criados nas páginas pelas palavras grafadas e pelos vazios intencionalmente deixados em branco.


www.jornaltem.com.br

jornaltem@gmail.com

de 22 a 28 de maio de 2010

03

em foco

Recomendação sugere substituição do contrato com Grupo Sim por uso de softwares livres Tatiane Cambraia

Na quarta-feira (12), o Ministério Público enviou recomendação ao Prefeito de Paraisópolis, Sérgio Wagner Bizarria, para que estude a possibilidade da adoção de softwares livres, disponibilizados gratuitamente através do site governamental, Portal Software Público, como forma de economizar gastos. Atualmente, a Prefeitura vem mantendo contrato de assessoramento administrativo e de informática, prorrogados desde 2001, com a empresa chamada “Instituto

Sim de Gestão Fiscal”. Segundo o MP, “esse contrato (com o SIM), além de irregular, pela ausência de licitação, é oneroso aos cofres públicos, pois, até o presente momento, já implicou gasto de valor superior a R$ 800.000,00. Ademais, o MP destacou que “ tal relação contratual transfere o cerne das rotinas de gestão da Administração Pública para o controle de empresa privada, sujeita a percalços de toda ordem, além do inevitável prejuízo à continuidade do serviço público a cada nova

contratação”. Em 2008, o Grupo Sim – Instituto de Gestão Fiscal foi alvo da Operação Pasárgada, da Polícia Federal, que desbaratou um esquema de fraudes para a liberação do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) de maneira irregular e segundo a Promotora de Justiça, Rogéria Cristina Leme, ainda é alvo de investigação, em fase de conclusão, pelo Ministério Público Estadual. De acordo com o MP, inicialmente a atual administração alegou que, “dado o perigo de quebra da continuidade

dos serviços da administração pública, não poderia romper o contrato com a SIM imediatamente, muito embora reconhecesse que a empresa está sob suspeição no Estado de Minas Gerais”. Ainda segundo o MP, em junho desse ano a atual administração realizou licitação, para contratar o mesmo serviço, pelo critério técnica e preço, mas tal licitação foi suspensa pelo TCE, que entendeu que o edital estava dirigido para beneficiar a empresa atualmente contratada, já que exigia prova de prestação de serviços a

entes públicos, como requisito para participar da concorrência. Caso o prefeito acate a recomendação do MP, o município teria que contratar apenas o prestador de serviço responsável pela instalação do programa, pois o uso dos softwares sugeridos (prefeitura livre e o e-cidade), que organizariam todas as rotinas administrativas, de pagamentos a compras, tem acesso gratuito, público e disponível. A administração municipal tem 30 dias para enviar ao MP parecer acerca da solução adotada.

Governo reage à decisão e corta salário dos professores Tereza Rodrigues - O Tempo

Os professores da rede estadual em Minas decidiram ontem que a greve, que já dura 41 dias, vai continuar. A decisão contraria a expectativa gerada desde a semana passada, quando representantes do governo de Minas e do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sind-UTE/MG) se reuniram para negociar e sinalizaram que um acordo estaria próximo. O governo reagiu ao anúncio da continuidade da greve e anunciou o corte dos dias parados (leia mais na página seguinte). De acordo com a coorde-

nadora do Sind-UTE/MG, Beatriz Cerqueira, a secretária de Estado de Planejamento e Gestão Renata Vilhena não cumpriu o que foi acordado no dia 12 de maio. “Ela ficou de mandar as propostas do governo por escrito e não o fez a tempo de estudarmos para discutir em assembleia”, disse. A representante dos professores afirmou que o que mais motivou a decisão pela continuidade do movimento foi a questão salarial. Enquanto não estiver claro o que o governo propõe para esse item, disse a sindicalista, o movimento será mantido. “Nossos governantes acharam que per-

deríamos apoio com as ameaças e intimidações. Mas o que vejo é o contrário. A cada dia aumenta mais a adesão. Pelo que vejo, enquanto o governador não implementar o piso de R$ 1.312,85, a categoria não vai aceitar voltar à sala de aula”, disse. A Secretaria Estadual de Educação (SEE) informou, por meio de sua assessoria, que não tem os números atualizados sobre adesão à greve. De acordo com o Sind-UTE/MG, mais de 60% dos 250 mil servidores do Estado estão de braços cruzados desde 8 de abril. A próxima assembleia será no dia 25 deste mês.

Grevistas exigem implantação do piso salarial de R$ 1.312,85


www.jornaltem.com.br

de 22 a 28 de maio de 2010

04

jornaltem@gmail.com

Assim não dá!!!

Grito de Alerta Fotos: Paulo Maurílio Pereira

E

xistem muitas pessoas que, graças a Deus, tomam para si parte da responsabilidade pelos cães e gatos abandonados em nossa cidade. Na maioria das vezes, aqui, e em qualquer outro lugar, o poder público torce o nariz para o assunto, empurra com a barriga, finge que não é com ele, infelizmente. Por essas e por outras o mundo está como está. Maus tratos contra as “árvores de rua” me reviram o estômago. Há cerca de dois meses atrás reproduzi nesse espaço um artigo intitulado “A absurda poda anual das árvores”. Para quem guardou essa edição sugiro a releitura. Domingo (16/05) passando pelo Residencial José Veríssimo, mais conhecido por Loteamento do Baleia, na r. Dr. Benedito de Barros Castro em frente ao nº. 41 vi duas Magnólias Amarelas que foram “podadas” pela Prefeitura Municipal na semana passada. O

termo “podadas” não se aplica, elas na verdade foram decepadas (foto 1). Não existe fiação sobre essas árvores e nenhum outro motivo que justifique tal prática. Fiquei estupefato e imediatamente liguei para o celular do Engenheiro Florestal Pedro Ribeiro que responde pelo meio-ambiente em nossa prefeitura. Ele me disse que o servidor que fez o trabalho não fora por ele orientado. Bem... Se um trabalho dessa natureza, com a importância que merece, não recebe orientação do técnico que responde pela área, a coisa realmente está mais complicada do que podemos imaginar. Seguindo na mesma calçada em frente ao nº. 45, três outras magnólias escaparam do massacre. O morador dessa casa estava por ali e me disse que no dia do serviço, estando ele no local, impediu que fizessem a decepa, uma vez que o pessoal da poda não tinha argumento

técnico,... Estavam ali “mandados”. Se esse pessoal da “poda” não foi mandado pelo Sr. Pedro Ribeiro, quem será que na prefeitura assume essa responsabilidade? Na foto 2 podemos observar as árvores preservadas em frente ao nº 45 , e que os maus-tratos continuam nas seguintes . Mais quem na verdade deve estar muito triste é a passarinhada do entorno urbano que tem na Magnólia Amarela uma das únicas fontes de alimento nessa época do ano. A Magnólia Amarela produz um frutinho avidamente consumido principalmente pelos pássaros de plumagem colorida (foto 3). O morador do nº. 45 continuará a ver diariamente os Tucanos nas Árvores da sua calçada, agora provavelmente com mais “gente” interessada. É isso. Paulo Maurílio Pereira Engenheiro Agrônomo

Foto 1

Foto 2

Foto 3


www.jornaltem.com.br

jornaltem@gmail.com

Livro do prof. Luiz Rosa resgata história da paróquia

Livro homenageia 160 anos da paróquia de São José

F

ruto de muita leitura, longo tem po de pesquisas e confrontação de dados, chega às mãos dos leitores, em especial paraisopolenses, a obra O Paraíso de José, do professor Luiz Gonzaga da Rosa, que resgata fatos históricos relacionados à

Paróquia São José, desde a construção da primitiva capelinha do Campo do Lima até maio do corrente ano. Com o selo da Editora Santuário, de Aparecida-SP, o livro, que, segundo o autor, se constitui em uma homenagem aos 160 anos da paróquia, divide-se em nove seções: a 1ª apresenta um artigo sobre São José e uma crônica sobre a escolha do padroeiro. Na 2ª, o autor fala da importância da paróquia em sua vida. A 3ª traz os fatos mais marcantes da história paroquial. Na 4ª estão dados dos sacerdotes, diáconos e religiosas, nascidos em nossa terra. A 5ª contém pequenas biografias de pessoas e histórias de instituições que marcaram a vida de nosso povo. Na 6ª e na 7ª seções estão registradas homenagens em prosa e em verso a diversas pessoas que contribuíram com a caminhada de nossa comunidade paroquial.A8ª apresenta

algumas entrevistas com ministros ordenados, e a última fala sobre a Paróquia hoje. Há ainda diversos anexos históricos. O nascimento da Paróquia São José confunde-se com a gênese de nosso povo e do nosso município, o que agrega ainda maior valor a esse livro. Em sua apresentação, afirma o pároco, Padre Vanir Ramos Barbosa: “Esta obra vem preencher uma lacuna, que existe para muitos, de uma visão mais completa de toda a trajetória, da vida, da caminhada da Paróquia São José, que, neste ano, faz mais um aniversário, chegando agora aos seus cento e sessenta anos de criação, de existência como paróquia”. O Paraíso de José terá seu lançamento no dia 29 de maio no Centro Pastoral São José após a Missa das 19h, presidida pelo Padre Zezinho, dentro do tríduo preparatório à comemoração do aniversário da Paróquia.

de 22 a 28 de maio de 2010

05

Poeta de Paraíso é finalistas em concurso de microcontos O engenheiro agrônomo, poeta e colunista do TEM, Paulo Maurílio Pereira, ficou entre os 10 finalistas do concurso de microcontos, promovido pelo twitter do blog de Ricardo Noblat. A escolha dos 10 finalistas aconteceu no dia 05 de maio, na Sala da Presidência da Academia Brasileira de Letras, no Rio de Janeiro. Entre os jurados estava o presidente da Academia Brasileira de Letras, Marcos Vinicios Vilaça; a jornalista premiada do jornal O Globo, Cora Tausz Rónai e a professora articulista e colaboradora do Blog do Noblat, Maria Helena Rubinato Rodrigues de Sousa. O vencedor do concurso de microcontos promovido pelo twitter do blog do Noblat: Subitamente, teve certeza: no futuro, se escrevessem sobre ele, teriam dificuldades para atingir os 140 caracteres exigidos pelo twitter. (Ananias José de Freitas) Em ordem alfabética pelo nome do autor, os outros nove microcontos escolhidos pelo júri: Revelou, no leito de morte, o segredo de uma vida. Não chegou a saber que havia entendido errado. (Elton Colini) O gato saiu em disparada. A ratoeira acaba de cumprir sua missão. (Elza Ramirez) Foi o raio de uma tempestade em copo d’água que o matou. (Felipe Cerquize) Cinco. Todos os dias, às cinco, ela se posta no portão, com o bilhete amarelado nas mãos. “Mãe, fui ao mercado. Volto às cinco”. (Luanna Azzarito)

No primeiro jantar de viúvo, só fez olhar o prato. A memória que emanava da louça antiga foi seu único alimento. (Marcos A. Kohler) Abrindo as pernas, ela abriu todas as portas. (Paulo Maurílio Pereira) Conferiu um a um os números da mega sena. Levou um susto. Acertou todos. 30 milhões. Devia ter jogado. (Rodrigo Guimarães Pena) Olhos curiosos passeavam pelo livro, linha a linha, palavra por palavra, letra a letra. Deliciavase, mas entristecia. Queria saber ler. (Valéria dos Santos Araújo) Chá de cavalos marinhos, a receita da avó para asma. O menino disfarçava, para que o Unicórnio não descobrisse o que lhe ia na xícara. (Viviane Burger) O blog do Noblat recebeu 2.223 microcontos. Foram 522 os pré-classificados e 55 os semi-finalistas. O autor do microconto premiado receberá em breve um iPod com uma seleção das músicas que tocam na Estação Jazz e Tal. “O que deixa a gente “envaidecido” é ficar entre 10 no meio de mais de 2000 inscritos num concurso promovido pelo blog mais acessado da Internet Brasileira e sendo a escolha feita na sede da ABL tendo o presidente da instituição na comissão julgadora . Nesse blog escreve o, Luís Fernando Veríssimo, Leonardo Boof, FHC, entre outras personalidades”, disse feliz o poeta finalista Paulo Maurílio Pereira.


www.jornaltem.com.br

de 22 a 28 de maio de 2010

horóscopo áries - 21/03 a 20/04

touro - 21/04 a 20/05

Fique longe de conflitos e não deixe que a desmotivação tome conta do seu astral. Seu sucesso nas tarefas vai animar até o amor! Ótima fase para agradar a pessoa amada. Seja paciente mesmo nas situações mais difíceis, pois tudo se resolverá se controlar a sua impulsividade.

O Sol brilha na Casa da Fortuna, trazendo boas oportunidades de ganhar dinheiro. Siga as suas convicções e tudo correrá bem. Bom humor e diversão vão estimular seu romance, capriche! Tenha diplomacia para lidar com intrigas e mais atenção ao assinar documentos que possam te comprometer.

gêmeos - 21/05 a 20/06

cancer - 21/06 a 21/07

O Sol começa a brilhar em seu signo, trazendo otimismo, alegria e descontração. Entretanto, suas atenções estarão voltadas para o ambiente doméstico. No amor, defenda sua privacidade. Administre melhor seus planos, você costuma se comprometer com várias coisas, mas conclui poucas.

A comunicação será seu trunfo. Aproveite a fase e retome os projetos que estavam engavetados. O astral também favorece o trabalho de equipe. No amor, intensifique o convívio com o par. Deixe a preguiça de lado e vá à luta para conquistar algo que considera importante. Controle os gastos.

leão - 22/07 a 22/08

virgem - 23/08 a 22/09

Não convém abusar da sorte nem criar expectativas. Fazer planos mais humildes te ajudará a manter a situação sob controle. Nos assuntos do coração, conserve apenas o que vale a pena. Fuja de excessos que possam prejudicar seu romance, sua saúde, sua moral e seu bolso. Controle a vaidade.

O Sol indica sucesso: é melhor atentar-se para a possibilidade de uma promoção, mudança de emprego ou aumento inesperado. O momento é ótimo para se aproximar mais de quem você ama. Nem tudo sairá como deseja, por isso, seu grande desafio será passar por cima de algumas decepções.

libra - 23/09 a 22/10

escorpião - 23/10 a 21/11

Cuidado para não ser malinterpretado (a) ao expor suas ideias. Dê atenção às questões familiares. Na vida afetiva, o desejo de ficar só vai predominar. Aproveite para se cuidar! Não deixe a ambição exagerada falar mais alto e ofuscar o prestígio que você tem nas relações pessoais.

Aceite as mudanças e dê um salto ambicioso em seus projetos de trabalho. Terá que ter mais atenção com as finanças, por isso planeje melhor os seus gastos. Entusiasmo no amor. Não permita que velhos problemas continuem se arrastando: solucioneos e vá em busca dos seus ideais.

sagitário - 22/11 a 21/12

capricórnio - 22/12 a 20/01

O Sol ilumina seus relacionamentos e você terá o apoio de pessoas que estejam em posição de poder. No amor, o astral favorece os compromissos e os romances superficiais não terão vez. Preocupe-se mais com a organização, tenha disciplina e assuma apenas os compromissos que poderá cumprir.

O Sol ingressa na sua Casa da Saúde, trazendo maior disposição para o trabalho. Pode enfrentar algumas situações tensas, mas procure manter o bom humor. Romance cheio de sedução. Use seu lado lógico para evitar envolvimento com pessoas de moral duvidosa ou de gênio difícil.

aquário - 21/01 a 19/02

peixes - 20/02 a 20/03

Há boas energias no trabalho e poderá obter o reconhecimento que merece. A vida social estará mais movimentada e o Sol traz sorte e diversão. É tempo de aprofundar os laços de amor. A criatividade será vital para vencer desafios no trabalho. A parte financeira exigirá atitudes sensatas.

Problemas de comunicação podem trazer alguns aborrecimentos. Fase propícia para deixar seu cantinho mais aconchegante. Há chances de retomar antigas relações, sejam de amor ou amizade. Aja mais por conta própria e consulte os outros quando achar que realmente não pode resolver por si só.

CRECI 18008

Angela Vasconcellos IMÓVEIS

06P – Casa Nova no Jd.S. José c/ 3 dorm, sala, coz, banh, lavand, e gar. Área: 125 m²/Constr:70 m² - R$ 75.000,00 07 – Casa Nova no B. Vista II c/ 2 dorm, sala, coz, banh. e gar. p/ 2 carros. Área: 125 m²/Constr: 101m² - R$ 75.000,00 15 – Casa Nova no Boa Vista II c/ 2 dorm, sala, coz,banh. e gar. Área: 150,34m²/Constr: 61,85 - R$ 58.000,00 19 – Terreno no J. Veríssimo c/ Área: 526 m² - R$ 30.000,00 09 – Terreno no J. Veríssimo c/ Área: 450 m² - R$ 25.000,00 29 – Terrenos no Jd. Eldorado c/ 150 m² - R$ 11.000,00 63 - Apto no Centro ótima localização área construída de 260 m², área de lazer ,ponto comercial e 3 vagas de garagem. Preço sob consulta 65 – Terreno no Res. Paraiso c/ Área: 259,96 - R$ 22.000,00

66 – Casa em construção no Jd. Eldorado c/ 2 dorm, sala, coz, banh, lavand. e gar. Área: 125 m²/Constr: 60 m² - R$ 62.000,00 70 – Casa e terreno no Rec. Das Palmeiras c/ terraplanagem Área: 3.000 m²/Constr: 60 m² - R$ 150.000,00 71 – Negócio no setor alimentício no Centro c/ equipamento de instalação - R$ 60.000,00. 79 – Terreno no Res. Paraiso c/ Área: 250 m² - R$ 18.000,00 80 – Casa no Res. José Veríssimo c/ 3 dorm. sendo 1 suíte, sala, coz., banh., garagem. Área: 417 m²/Constr:217 m² - R$ 200.000,00 84 – Casa no Novo Horizonte c/ 4 dorm,. sala, coz., banh. e garagem p/ 2 carros. Área: 250 m²/Constr:120m² - R$ 95.000,00 90 – Casa no Centro c/ 3 dorm. sendo 1 suíte, coz., sala, banh., garagem e nos fundos 1 cômodo. Área: 104 m²/Constr:68,43 m² R$ 115.000,00

Isso e muito mais !!! – Aguardamos sua visita Tel.: (35) 3651-4614 / 9993-7322 / 8403-3331 Rua Bueno de Paiva, 276 - centro - Paraisópolis - MG

Ouvindo vozes No meio da madrugada, o ladrão invade uma casa. No escuro e em silêncio, ele houve uma voz: — Jesus tá te olhando! Apavorado, ele pára imediatamente. Com a lanterna, ele procura ao seu redor quem falou a frase. Não encontra nada e, pensando ter sido imaginação, continua a andar. É quando a voz diz novamente: — Jesus tá te olhando! Agora, certo de ter ouvido, ele aponta a lanterna na direção de onde veio a voz e vê um papagaio. Aliviado, ele diz: — Ô, seu besta, quase me matou de susto! Seu nome é Jesus? — Não, meu nome é Judas! — Que imbecil colocaria o nome de Judas em um papagaio? — O mesmo que colocou o nome de Jesus no Pit Bull que tá te olhando!

jornaltem@gmail.com


www.jornaltem.com.br

jornaltem@gmail.com

Pastas dentais (dentifrícios)

A

efetividade da remoção de placa bacteriana é 70 % maior quando se usa dentifrício. Além disso, a formação de uma nova placa é reduzida em 40 % com o uso do creme dental. A quantidade de pasta deve ser do tamanho de um grão de ervilha (0.5cm), muito cuidado deve-se ter com crianças de menos de 6 anos, que podem ingerir dentifrício involuntariamente ao escovar os dentes, pois ao mesmo tempo em que o flúor é indispensável para o controle da cárie, sua ingestão deve ser controlada, devido ao risco de fluorose dental, alterando assim a cor do dente. A pasta dental anticárie contém flúor, a antiplaca contém substâncias antimicrobianas e a antitártaro contêm em acréscimo, substâncias que reduzem a formação de tártaro, deve-se esclarecer que esse dentifrício não remove cálculo dental (tártaro) mecanicamente, o que deve ser feito pelo seu dentista. Existem também as pastas para sensibilidade, estudos demonstram que em média ocorre uma redução de 70 %

de sensibilidade a jato de ar frio, essa redução vai depender do limiar de sensibilidade do indivíduo, do uso de substâncias erosivas e do modo de escovar os dentes. Quanto a pastas dentais clareadoras é mais propaganda que realidade, quando quiser fazer um clareamento dental eficaz existem técnicas seguras e indicadas feitas pelo seu cirurgião dentista. A melhor alternativa sempre é a que seu dentista te orientar, não se deixando levar ou querer acreditar em propagandas ou o uso de substâncias malucas como escovar os dentes com carvão, bicarbonato, passar limão... etc. Para melhorar a condição de sua saúde bucal, basta apenas: escova dental macia, pasta dental fluoretada, fio dental e deixar a preguiça de lado. Renato Goulart Provenzano Cirurgião-dentista - Especial ista em Periodontia e Prótese Dúvidas e sugestões: (35) 3651-1799 renato@ortodontista.com.br

de 22 a 28 de maio de 2010

07

Senado aprova por unanimidade Ficha Limpa, que vai à sanção de Lula Tatiane Cambraia

Por unanimidade o Senado aprovou na última quarta-feira (19) o projeto Ficha Limpa, que impede o registro de candidaturas de políticos com condenação por crimes graves após decisão colegiada da Justiça (mais de um juiz). A inelegibilidade será de oito anos após o cumprimento da pena. Como o Senado não mudou o projeto já aprovado pela Câmara dos Deputados na semana passada, o projeto segue agora para a sanção do presi-

dente Luiz Inácio Lula da Silva. Não há consenso, no entanto, para a aplicação da lei na eleição de outubro. Para alguns, caso o projeto seja sancionado por Lula antes das convenções que definem os candidatos, as regras podem ser aplicadas; outros parlamentares dizem que a proposta teria de ter sido aprovada em 2009 para poder valer neste ano. Essa questão deve ser decidida pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral). O Ficha Limpa é um projeto de iniciativa popular: recebeu 1,6 milhão de assinaturas e foi

apresentado ao Congresso em setembro do ano passado. O senador Demóstenes Torres (DEM-GO) estimou que cerca de 25% dos futuros candidatos devem ser barrados com a nova lei. “Eu acredito que o número vai ser muito grande, pelo menos 1 em cada 4, porque tem muita gente acostumada a praticar irregularidades e o leque de crimes que passam a provocar inelegibilidade se amplia muito”, disse o democrata. Com informações do UOL Notícias



Edição 118