Issuu on Google+

R gional

Bento Gonçalves :: Sábado :: 5 de outubro de 2013

a

LINHA PALMEIRO

PINTO BANDEIRA

Déficit é superior a R$ 300 mil no município Dados foram apresentados pela Secretaria de Administração, Planejamento e Finanças

Pág. 3

Produção leiteira Agricultor Tarcino Foresti fornece o produto para uma cooperativa Pág. 3

LINHA RIO BRANCO

Pessegueiros estão carregados de frutos Período é de raleio para os fruticultores que aguardam uma boa safra de pêssego

Pág. 2

MONTE BELO DO SUL

INPI reconhece a Indicação Geográfica Pág. 2

FOTOS ESTEFANIA V. LINHARES

IG Monte Belo abrange 80% da área do município e atende as vinícolas de pequeno porte


Sábado | 5 de outubro de 2013

Linha Rio Branco Qualidade da fruta deverá ser boa neste ano

R gional a

2

MONTE BELO DO SUL GIOVANI CAPRA/EMBRAPA UVA E VINHO, DIVULGAÇÃO

Fruticultor realiza o raleio dos pessegueiros O

s cuidados nos pessegueiros estão no estágio de raleio dos frutos. Os pés estão bem carregados. No pomar do fruticultor, José Antônio Nichetti, localizado na Linha Rio Branco, em Pinto Bandeira, o trabalho está intensificado. Porém, ele alerta que “não é em todos os locais que os pés estão carregados. Existem lugares em que a geada prejudicou”. Com o raleio, o chão está ficando forrado de pêssegos que são descartados no processo. O tratamento dos pomares está sendo realizado conforme orientação técnica. “Estamos fazendo aquilo que o agrônomo orienta fazer através do acompanhamento realizado por ele”, comenta. Com os cuidados a expectativa é que a safra seja semelhante ao ano passado, na qual os pêssegos tiveram uma boa qualidade. O fruticultor esclarece que são praticamente dois meses pela frente para os frutos se desenvolverem e amadurecerem. A quantidade de chuvas é considerada normal para essa época, pois agora estão na fase de desenvolver as células para que o pêssego possa adquirir o tamanho. No raleio estão sendo deixados cerca de 600 a 700 fru-

ESTEFANIA V. LINHARES

O município é considerado maior produtor per capita de uvas Vitis vinifera

Indicação Geográfica é reconhecida pelo INPI José Antônio Nichetti explica que o trabalho vai seguir por mais 30 dias no pomares

tas por pé, para dar uma média de 60 a 70 quilos por árvore. A área total de cultivo é de 20 hectares, entre pêssego e nectarina, rendendo aproximadamente 400 toneladas. Somente no município de Pinto Bandeira são cultivado atualmente 1.250 hectares da fruta. As variedades cultivadas por Nichetti são Chimarrita, PS e Eragil. O fruticultor afirma que a melhor de trabalhar é o Chimarrita. Entre as vantagens apontadas por ele está à resistência, a qualidade e o tamanho, e a perda é praticamente zero. Já o Eragil requer mais tratamento. “Hoje no mercado, o Chimarrita é a melhor fruta que tem, pois se vende tudo no Natal”, ressalta. A

produção do fruticultor é entregue para uma empresa de Farroupilha. O frio nesta época ajuda no resultado da produção, pois a fruta cria teor de açúcar com baixas temperaturas. “Assim, quanto mais frio, mais doce fica”, frisa. Em relação aos períodos chuvosos a água tem que ser um pouco limitada não pode ser em excesso, pois pode criar fungos e bactérias. Nichetti afirma que para pulverizar tem os dias certos e não consegue controlar, pois a planta fica muito viçosa. A previsão é que o trabalho de raleio se estenda por mais 30 dias. Além disso, a expectativa é que no máximo em 20 dias já começa a colheita de nectarina.

CARLOS BARBOSA

Definidas as atrações da Feira do Livro A 22ª Feira do Livro de Carlos Barbosa será realizada neste ano no Parque da Estação com a participação de sete bancas de livreiros do município e da região. O evento tem como tema “Onde a imaginação se transforma”, e inicia na sexta-feira, 11 de outubro se estendendo até quarta-feira, 16 de outubro, no município. A edição terá como patrono André Neves, como homenageado do CTG Trilha Serrana. Estão programadas atividades que acontecem paralelamente

DIVULGAÇÃO

Nesta edição, o evento terá seis dias e contará com sete bancas de livreiros

à Feira como o Projeto “Palco da Reciclagem” - Espetáculo de Teatro Infantil (Musical). Além de atrações permanentes como

a comercialização de Livros, animação cultural com Roger Castro e seus Vivandeiros da Alegria, contação de histórias, pintura artística, perna de pau, estátua viva, arte em balões, pirofagia e oficinas lúdicas e culturais, exposição com obras de artistas locais e o espaço da Biblioteca Pública Municipal. A expectativa para este ano é que a feira seja prestigiada por um número expressivo de visitantes, considerando a participação das escolas municipais, estaduais e particulares.

A vitivinicultura brasileira acaba de ganhar sua quarta Indicação Geográfica (IG) de vinhos finos e espumantes. Trata-se da IG Monte Belo, cujo registro de reconhecimento foi publicado na segunda-feira, 1º de outubro, pelo Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI). Está prevista para dezembro a solenidade, a ser realizada no município de Monte Belo do Sul, de entrega da certificação da Indicação, cuja titular é a Associação dos Vitivinicultores de Monte Belo (Aprobelo). A IG Monte Belo possui 56,09 quilômetros quadrados, distribuídos pelos municípios de Monte Belo do Sul (com 80% da área), Bento Gonçalves e Santa Tereza. São dez as vinícolas associadas à Aprobelo: Adega Del Monte, Armênio, Calza, Casa Angelo Fantin, Faé, Famiglia Tasca, Honório Milani, Megiolaro, Reginato e Santa Bárbara. O presidente da associação, Antoninho Calza, observa que a entidade foi fundada, em 14 de novembro de 2003, já com o propósito de conquistar a condição de IG. “Os associados eram todos produtores de uva e de vinho de mesa para comercialização a granel; daí, enxergamos no desenvolvimento de uma Indicação Geográfica uma possibilidade para ingressarmos no segmento de vinhos finos e espumantes de origem controlada”, lembra ele. A Aprobelo, visando à concretização de sua proposta, buscou, em 2004, o suporte técnico da Embrapa Uva e Vinho, de Bento Gonçalves. A partir de então, a unidade de pesquisa funcionou como uma

incubadora para as empresas da Associação: foi na Embrapa Uva e Vinho onde foram produzidos os primeiros vinhos-base e espumantes com marca das vinícolas associadas, as quais hoje elaboram os produtos em suas próprias instalações. Da mesma forma, em uma primeira etapa de qualificação enológica dos estabelecimentos afiliados, com duração de 2004 a 2009, a Embrapa ministrou a técnicos das cantinas capacitação para a produção de vinhos finos tintos. Diferencial A IG Monte Belo tem como grande diferencial o fato de ser constituída exclusivamente por vinícolas de pequeno porte. “Os estabelecimentos são familiares, neles trabalham geralmente os próprios donos ou seus filhos”, diz Calza, segundo quem Monte Belo do Sul é o município maior produtor per capita de uvas Vitis vinifera (para a elaboração de vinhos finos) da América Latina, com 16 toneladas per capita/ano. O presidente da Aprobelo informa que os primeiros vinhos com selo da IG chegarão ao mercado em 2014. O coordenador-geral do projeto de desenvolvimento de Indicações Geográficas de vinhos finos e espumantes da Serra Gaúcha, pesquisador da Embrapa Uva e Vinho Jorge Tonietto, assinala que a região da IG Monte Belo sempre foi grande produtora de uvas de qualidade para a elaboração de vinhos finos em vinícolas da Serra Gaúcha.


R gional

3

Sábado | 5 de outubro de 2013

a

Linha Palmeiro Leite é coletado por uma empresa de Carlos Barbosa que o utiliza para a fabricação de iogurte

Produtor investe na criação de vacas A

produção leiteira é apenas uma das fontes de renda da família Foresti. Eles se dedicam também ao cultivo de parreiras, ameixas e no futuro nozes. Na propriedade, localizada na Linha Palmeiro, em Pinto Bandeira, são criadas nove vacas leiteiras da raça Jersey. Os animais produzem cerca de 120 litros de leite ao dia, que são coletados em um período intercalado, por uma empresa de Carlos Barbosa, que utiliza o produto na fabricação de iogurte e queijo. O registro de chuvas contribuiu para o desenvolvimento do pasto, e assim colabora com a alimentação dos animais. “Agora a produção até que está boa”, avalia o agricultor Tarcino Foresti. Para dar conta do trabalho, são utilizadas ordenhadeiras. Já a conservação é realizada através de um resfriador em inox para manter a qualidade do leite. Para garantir a alimentação dos animais, o agricultor semeia milho na propriedade. “Com o plantio chega a render

ESTEFANIA V. LINHARES

Tarcino Foresti possui nove animais em sua propriedade que chegam a produzir cerca de 120 litros de leite por dia

80 quilos de semente. É bastante trabalho, pois é necessário realizar a silagem, existe todo um processo por trás da criação de animais”, explica. Para obter um bom retorno Foresti frisa que é necessário investir atendendo as orientações da empresa.

Diversificação de culturas Para diversificar as culturas na propriedade, o agricultor investiu no plantio de mudas frutíferas de ameixas e de nozes. Segundo Foresti foram plantados cerca de 700 pés de ameixeiras

em 2012 e 20 pés de nogueira neste ano que será ampliado em 2014. “Observamos que as nozes possuem em valor bom de mercado e não dá muito trabalho, apenas temos que recolher, porém as mudas são caras”, explica. Já as ameixeiras estão bonitas, porém o agricultor co-

menta que nestes primeiros três anos é necessário o investimento para depois começar a compensar financeiramente. Enquanto, os novos cultivos não estão com a sua produção total. Foresti se divide com os cuidados com os parreirais de uvas comuns. “Elas estão bonitas. Cresceram pouco em virtude do frio, mas estão desenvolvendo bem”, ressalta. Porém, a preocupação é semelhante à de outros viticultores, pois falta mão de obra. As chuvas registradas no final do mês de setembro atrapalharam um pouco para o desenvolvimento e o crescimento da parreira. “Há 15 dias foram registrados cinco dias de chuva, e antes deu aqueles dias de calor, e a parreira estava brotando, daí ficou 15 dias sem crescer, agora ela começou novamente”, ressalta. A perspectiva é que o inicio da colheita atrase um pouco em virtude das condições climáticas. A família possui três hectares dedicados às uvas, sendo que alguns parreirais estão sendo reformados. A produção é entregue para uma cooperativa.

PINTO BANDEIRA

GARIBALDI

Relatório aponta déficit superior a R$ 300 mil

Fenachamp terá atrações especiais

Uma audiência pública foi realizada para apresentar aos vereadores, os dados sobre a receita/despesa executadas no segundo quadrimestre do ano. O relatório foi apresentado pela secretária de Administração, Planejamento e Finanças, Roberta Adami, na segunda-feira, 30 de setembro. Os trabalhos foram coordenados pelo presidente da Câmara de Vereadores, Adair Rizzardo, com a presença de vereadores e funcionários públicos. De acordo com o relatório, calculado sobre o orçamento anual de R$ 8,5 milhões, até 30 de agosto, o município arrecadou R$ 5.322.241,91 contra uma expectativa orçada em R$ 5.666.666,66. Até o período, o déficit na arrecadação verificado foi de R$ 334.424,75.

DIVULGAÇÃO

Os dados foram apresentados em audiência pública na Câmara de Vereadores

Com relação à despesa, nos primeiros oito meses do ano, o município gastou R$ 5.692.596,95. O quadrimestre apresentou um déficit de R$ 360.355,04 entre a receita arrecadada e a despesa liquidada. Para o prefeito João Pizzio, a dificuldade de arrecadação se

deve à queda nos repasses dos impostos federais estaduais, o Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), desde o início do ano. Entretanto, a Administração tem buscado formas alternativas na obten-

ção de verbas, como emendas parlamentares, projetos e racionalização do sistema de arrecadação de impostos municipais. Apesar dos problemas de arrecadação, até o segundo quadrimestre, a prefeitura procurou investir os percentuais mínimos nas áreas básicas. Em educação, foram investidos 29,15% do arrecadado: 4,15% acima do mínimo de 25%. Já em saúde, o índice foi de 11,83% para um mínimo de 15%. Ressalta-se que os percentuais mínimos devem ser cumpridos até 31 de dezembro. A prestação de contas ao Legislativo está prevista na Lei de Responsabilidade Fiscal. Estas informações estão publicadas no mural da prefeitura e no endereço eletrônico www.pintobandeira.rs.gov.br.

A Festa do Espumante Brasileiro (Fenachamp) deste ano terá uma programação especial voltada para a gastronomia regional. Organizada pelo Grupo de Trabalho em Gastronomia Regional do Palácio Piratini. As atividades vão desde encontros e palestras com historiadores e cozinheiros do Estado até aulas com chefes de renome internacional como Neka Menna Barreto, que se apresenta amanhã, 6, às 11h, no Palco Principal. Usando como base os pratos emblemáticos da cultura do Rio Grande do Sul, os eventos de gastronomia regional visam repensar e inovar as tradicionais práticas culinárias da região.


Sábado | 5 de outubro de 2013

R gional a

4

Estefania V. Linhares regional@jornalsemanario.com.br ESTEFANIA V. LINHARES

Viticultura

Romaria

A Emater através de seu Informativo Conjuntural divulgou a análise do desenvolvimento da viticultura. Na região da Serra, semana que, em consequência das condições do clima, retardou a conclusão da poda e principalmente a amarração das vinhas. Alguns vinhedos ainda se encontram na fase de conclusão. Também houve reflexos na velocidade de elongação dos lançamentos vegetativos e início da brotação das variedades mais tardias, como a Cabernet e a Couderc. Pela constância do molhamento do dossel vegetativo e frequentes friagens, configura-se um panorama de preocupação junto aos viticultores: condições propícias para a incidência de fitomoléstias, como a Antracnose, típica do início da primavera, e dificuldades no tratamento dos vinhais e persistência dos mesmos sobre a planta. Áreas de mesoclima mais quente, menos afetadas pelas friagens e vinhedos de variedades superprecoces, já estão em formação das bagas, enquanto que variedades precoces, como a Niágara, estão em fase de florescimento.

Economia (1)

Economia (2)

O município de Bento Gonçalves participou do pregão do Programa de Compras Públicas para Micro e Pequenas Empresas (Fornecer), da Secretaria da Administração e Recursos Humanos (Sarh), realizado entre terça-feira, 24 de setembro, e sexta-feira, 27. O aporte de recursos para alimentos não-perecíveis foi de R$168.512,40, representando uma economia de R$41.897,35, isto é 19,91%. Outros 12 municípios realizaram a ação por meio das licitações.

O Fornecer foi implantado pela Sarh em julho de 2011, com o objetivo de explorar o poder das compras governamentais como política de desenvolvimento econômico regional para fomentar as micro e pequenas empresas, agricultura familiar e pequenos produtores. As compras feitas através do programa asseguram aos licitantes, como critério de desempate, a condição de empresa de pequeno ou médio porte, de acordo com a Lei Complementar Federal 123.

Recadastramento A Justiça Eleitoral estará realizando o recadastramento biométrico, na prefeitura hoje, 5 de outubro, das 9h às 12h, e das 13h às 16h. Amanhã, 6 de outubro, no mesmo horário haverá a ação. Caso o eleitor não realize o recadastramento biométrico poderá ter o título suspenso. O prazo se encerra na quarta-feira, 9 de outubro. O objetivo do recadastramento biométrico é aumentar a segurança do pleito, já que a identificação do eleitor por meio das impressões digitais dificulta fraudes no momento da votação. A intenção do TRE-RS é recadastrar 184 municípios gaúchos até março de 2014.

Desconto

Rematrículas

O cidadão que se cadastrar no programa Nota Fiscal Gaúcha (NFG) até o dia 31 de outubro terá o desconto do IPVA ampliado para 5%. Para quem não se cadastrar o desconto será de 3%, como nos anos anteriores. Os valores serão computados na carta do IPVA do veículo registrado no mesmo CPF do “Bom cidadão” e o desconto é válido para o pagamento antecipado do IPVA, efetuado até o dia 2 de janeiro de 2014.

A rematrícula dos estudantes das escolas estaduais encerra no dia 31 deste mês. A rematrícula é indispensável para assegurar a vaga para 2014. O procedimento deve ser feito diretamente na escola pelos responsáveis ou pelo próprio aluno, quando maior de 18 anos. O comparecimento dos pais, ou do estudante maior de idade, na escola é importante para a atualização dos dados cadastrais do aluno.

A 111ª Romaria e Festa em honra a Nossa Senhora do Rosário Pompeia será realizada no domingo, 13 de outubro, em Pinto Bandeira. A festa tem como festeiros os casais Adair e Marisa Rizzardo; e Adilson e Cleide Salini. A programação inicia às 6h com a alvorada festiva e se estende ao longo do dia com missa, inauguração da sala de promessas, almoço festivo, terço e procissão e encerramento com bênção das rosas e do envio. DIVULGAÇÃO

Circuito Os apreciadores de música de Santa Tereza, Coronel Pilar, São Valentim do Sul e Boa Vista do Sul tiveram a oportunidade de participar do Circuito Musical, que foi realizado no sábado, 28 de setembro, em Santa Tereza. O evento tem por objetivo a integração da comunidade e o incentivo à arte, por meio da música.

Agenda

Festas no interior

Faria Lemos

Rosário

Leopoldina

O Distrito de Faria Lemos celebra amanhã, 6 de outubro, a festa de sua padroeira. A missa está prevista para às 10h30min.

A comunidade Nossa Senhora do Rosário está organizando a festa de sua padroeira. O evento acontece no domingo, 13 de outubro, às 10h30min.

Santa Bárbara será festejada no sábado, 26 de outubro, na comunidade 6 da Leopoldina. As comemorações iniciam às 19h30min.

Veríssimo

São Francisco de Assis

Festa

A Festa de Aparecida será promovida no domingo, 20 de outubro, na comunidade de Veríssimo. Os festejos estão previstos para iniciar às 10h30min.

Vale Aurora   O tradicional Jantar das Codornas acontece no sábado, 19 de outubro, a partir das 20h, no Vale Aurora

A tradicional festa em honra ao padroeiro de Monte Belo do Sul, São Francisco de Assis, será amanhã, 6 de outubro.

Santa Tereza A festa em honra a Santa Tereza está prevista para ocorrer no domingo, 13 de outubro, em Santa Tereza.

A Paróquia São Pedro de Garibaldi promove amanhã, 6 de outubro, a partir das 10h30min, a festa em honra a São Francisco.

Crianças A Festa das Crianças será promovida no sábado, 12 de outubro, no Parque da Estação em Carlos Barbosa.


05/10/2013 - Regional - Edição 2966