Issuu on Google+

BENTO GONÇALVES

Sábado

28 DE NOVEMBRO DE 2015 ANO 48

N°3186

R$ 3,00

www.jornalsemanario.com.br

VITÓRIA LOVAT

Cesta básica

Alimentos sobem até 15% nos supermercados Produtos como a carne e a farinha de trigo podem ter diferença de preço superior a 60%

Páginas 20 e 21

Rede hoteleira

Ocupação é a maior em três anos Números até outubro deste ano já são superiores aos registrados no ano passado e em 2013

Páginas 24 e 25


2

Opinião EXPEDIENTE

Sábado, 28 de novembro de 2015

Editorial

Recuperação hoteleira SEDE Wolsir A. Antonini, 451 Bairro Fenavinho - Caixa Postal 126 95 700.000 - Bento Gonçalves - RS ESCRITÓRIO CENTRAL Mal. Deodoro, Centro, 101 Galeria Central - Sala 501 DIRETOR PRESIDENTE HENRIQUE ALFREDO CAPRARA DIRETORES ANA INÊS FACCHIN HENRIQUE ANTÔNIO FRANCIO

FAZ PARTE DA SUA VIDA

JORNALISTA RESPONSÁVEL HENRIQUE ALFREDO CAPRARA Registro Prof. DRT 3321 Circulação Quartas-feiras e sábados Somos filiados à ADJORI / RS Este jornal não se responsabiliza por conceitos emitidos em artigos assinados e não devolve originais que não foram publicados.

A rede hoteleira de Bento Gonçalves vem tendo momentos O grande desafio para os empreendedores bento-gonçalpositivos em 2015, principalmente neste segundo semestre. venses será a manutenção destes números, principalmente Enquanto alguns setores estão preocupados com a crise, para o ano que vem. Também será preciso melhorar as taxas donos de hotéis e restaurantes da cidade comemoram o au- de ocupação durante os dias de semana, um fator que há anos mento na ocupação de seus estabelecimentos. pesa nos levantamentos feitos junto aos hotéis do município. Os números são muitos positivos e fazem crescer as ex- Mas até este fator registrou pequenas melhoras, principalpectativas para o final de ano. A retração da economia e a mente com a realização de seminários e congressos. alta do dólar foram fatores positivos para que mais turistas De certo mesmo, podemos dizer que Bento Gonçalves está optassem por descobrir os encantos de Bento Gonçalves. no caminho certo, fortalecendo as diversas vertentes de tuAos poucos, nossa cidade está deixando de rismo e fomentando a geração de empregos ser apenas um ponto de passagem dos turise a ampliação do número de leitos disponíTemos motivos para tas para se tornar um local onde as pessoas veis na cidade. Para 2016, teremos um priacreditar que 2016 estão ficando em torno de dois a três dias. meiro semestre que, apesar das incertezas será um bom ano Começamos a ter o nosso roteiro, com agênda economia, deve ser muito bom para a para a rede hoteleira cias de todo o país mandando seus clientes rede hoteleira, bem como para a área turíspara a Capital do Vinho. tica e gastronômica. Teremos a 20ª edição Na contramão dos aumentos registrados em nosso muni- da Movelsul, que acontecerá no mês de março e é consideracípio, a Região das Hortênsias registrou queda de ocupação da a maior feira de móveis da América Latina. Logo em senos últimos dois meses, segundo o Sindicato dos Hotéis. guida, no mês de abril, acontece mais uma edição da Fiema Para o SindTur, responsável pelo levantamento dos núme- Brasil, uma das principais feiras de negócios ambientais da ros naquela região, os dados negativos de novembro, mês América Latina. Por todos estes motivos é que precisamos de alta temporada com a realização dos eventos natalinos acreditar e apostar que o crescimento irá continuar acontena região, são reflexos da crise brasileira, da superoferta de cendo no ano que vem. Este é o perfil dos empreendedores leitos e do crescimento dos aluguéis de temporada. bento-gonçalvenses.

Artigo Combater a crise pela raiz FALE COM A GENTE Telefones: Central/Fax: 3455.4500 Escritório Centro: 3452.2186 Rádio - Estúdio: 3455.4530 Rádio - Coordenação: 3455.4535 Noi - 3455.4513 ou 9923.1411 Atendimento ao assinante: 3055.3073 ou 9971.6364 E-mails: classificados@jornalsemanario.com.br jornal.semanario@italnet.com.br radio@radiorainha.fm.br revistanoi@revistanoi.com.br Sites: www.jornalsemanario.com.br www.radiorainha.fm.br www.revistanoi.com.br REPRESENTANTE EM PORTO ALEGRE Grupo de Diários Rua Garibaldi, 659, Conjunto 102 Centro - POA - Fone: (51) 3272.9595 e-mail: fernanda@grupodediarios.com.br

Semanário na Internet Siga-nos no Twitter: @jsemanario Curta a fanpage: fb.com/jornalsemanario

Leia também no nosso site:

www.jornalsemanario.com.br

A crise do país é essencialmente de natureza política. E o guarda-chuva que abriga outras crises: econômica, hídrica, energética e, sobretudo, a crise moral que solapa as bases do nosso edifício democrático. No Brasil, a natureza política se torna incompatível com um modelo racional de Estado e uma gestão moderna de democracia. E a crise tende a se expandir. O País não sai do impasse porque simplesmente não consegue avançar na trilha das mudanças políticas. Em consequência, vive permanentemente dentro de um ciclo de precária governabilidade, agravado pela tensão entre os Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, e também pelas enormes carências sociais, e pela grandeza territorial, com suas marcantes diferenças socioeconômicas e culturais. A questão se coloca: como cortar o nó que mantém o país em uma situação de inércia? Que reformas se fazem necessárias para promover a dinâmica do país? As indicações para se obter um estágio de modernização, de maneira quase consensual, assinalam para as necessidades de mudanças na estrutura do Estado, entre elas, a redefinição de atribuições e melhor divisão de competências entre os três poderes; do sistema político-eleitoral; do sistema tributário-fiscal e da previdência, reformas consideradas prioritárias para o redimensionamento do perfil institucional do país, aperfeiçoamento do sistema político e formação de uma burocracia voltada para a eficácia. Essas reformas definirão novos padrões de organização social e produtiva. No entanto, por mais bem feitas e planejadas, não conseguirão gerar resultados suficientes para alterar, de modo profundo, a fisionomia cultural do país. A Câmara aprovou um conjunto de resoluções, enca-

minhadas ao Senado. Essa Casa acolheu o parecer do senador Romero Jucá, diminuindo tempo de campanha, tempo de programação eleitoral, regulamentando coligações proporcionais e proibindo doações para campanhas por pessoas jurídicas. Ao voltar para a Câmara, os deputados desfizeram o acerto feito pelos senadores. Praticamente, a reforma repõe o que já existe. O que se pode concluir desse vai-não-vai? Que a modernização do país ocorre a conta-gotas, não atendendo aos verdadeiros anseios da sociedade. O Brasil só avançará quando a reforma fundamental, a mãe de todas as reformas, conseguir contemplar a base da sociedade. E que reforma é esta? A reforma educacional, começando com a educação básica. Vamos aos fatos: a escola pública está deteriorada; milhões de brasileiros permanecem fora do sistema educacional; medidas como as de combate à fome e à miséria, integram-se a uma visão meramente assistencialista têm seus méritos, no curto prazo, para minorar o desespero que se alastra em algumas regiões, mas não ajudam os carentes a sair do seu estado. Precisamos combater a crise pela raiz. A grande revolução que o Brasil precisa empreender é na esfera do conhecimento e da educação. Só assim o País poderá começar a diminuir o abismo social que envergonha a nação.

JOÃO DORIA Jornalista O texto para esta seção deve conter aproximadamente 2.500 caracteres, incluindo os espaços, e ser enviado para o endereço de e-mail redacao@jornalsemanario.com.br


Painel 3

Sábado, 28 de novembro de 2015

Painel Até segunda-feira, 30, moradores e lojistas associados ao CDL podem se inscrever para o Concurso de Decoração Natalina, que premiará com dinheiro o 1º, 2º e 3º lugares nas categorias Residência e Vitrine. Para se inscrever, é necessário conferir o regulamento, disponível no site www. cdlbento.com.br e ir até a CDL (Rua Marechal Deodoro, 139, Sala 208/216, Ed. Zanoni). Conforme o

CRISTIANO MIGON

Flagrante

Concurso de Decoração Natalina documento, as fotografias comprovando a decoração devem ser enviadas do dia 1º ao dia 7 de dezembro. Entre os dias 8 e 15, ocorre a avaliação das residências e do comércio. O anúncio dos vencedores ocorre no dia 24, às 11h, em frente à Prefeitura. A premiação nas categorias Vitrine e Residência será de R$ 3 mil para o 1º lugar, R$ 1,5 mil, para o 2º lugar e R$ 500 para o 3º lugar.

A pergunta que não quer calar Evandro Speranza (PDT) e Roberto Lunelli (ex-prefeito/PT) estão sentando à mesa e conversando. Dessa cartola vai sair coelho? Envie sua sugestão de pergunta no e-mail: redacao@ jornalsemanario.com.br

Produtos da linha branca mais caros devem ser mais atingidos são os itens da chamada linha branca — fogão, geladeira e máquina de lavar roupa. As alíquotas de alguns produtos siderúrgicos podem subir de 8% e 14% para entre 15% e 20%. Segundo a Eletros, associação que reúne os fabricantes, a venda de eletrodomésticos caiu 11% no primeiro semestre em relação ao mesmo período de 2014, e a previsão é fechar 2015 com queda de 17% na linha branca.

Vagas gratuitas no Senac O Senac está com vagas abertas para os interessados em participar do curso de Vendedor. As aulas são no sistema EAD (Educação a Distância) e iniciam na terça-feira, 1º de dezembro. O aluno pode realizá-lo em casa e de forma gratuita. Os interessa-

dos podem se inscrever no site http://spp.mec.gov.br/cadastro-online/meu-cadastro/. No momento da inscrição, é preciso escolher o município Vista Alegre do Prata, cidade onde aconteceria o curso, mas não foram preenchidas as vagas.

CURTI! O asfaltamento das ruas Vitória, Dom José Barea e Estefânia Pasquali Eder, que se tornam mais uma alternativa para desafogar o trânsito em Bento Gonçalves.

NÃO CURTI... A ideia do Governo Federal de protelar o aumento do salário mínimo do mês de janeiro para o mês de maio, tendo como data base o dia 1º.

HUMOR

Sessão de filmes do CineSesc DIVULGAÇÃO

Representantes das indústrias elétrica, eletroeletrônica e de máquinas reagiram ao possível aumento das alíquotas de importação do aço e já falam em repassar um eventual impacto aos preços de seus produtos. O governo confirmou esta semana que estuda medidas de proteção à indústria de aço brasileira, como o aumento da alíquota de importação. Com a pressão no custo da matéria-prima, os produtos que

O artigo 252 do Código de Trânsito Brasileiro, inciso II, diz que é infração dirigir o veículo transportando pessoas, animais ou volume à sua esquerda ou entre os braços e pernas. A infração é considerada média podendo acarretar o pagamento de multa no valor de R$ 85,13 e a perda de quatro pontos na carteira de habilitação. Mande seu flagrante para a gente pelo email editoria@jornalsemanario.com.br

Sessões de cinema gratuitas estão na agenda do projeto CineSesc no mês que está chegando. Na terça-feira, 1º de dezembro, o Teatro do Sesc recebe uma sessão do filme “Cartas de uma Desconhecida”. No dia 15, será exibido “Cinzas do Passado”, no mesmo local. As sessões ocorrem às 20h, e ao final de cada exibição será realizado o Cine Comentado, um bate papo referente ao filme entre os participantes. Em “Cartas de uma Desconhecida” a história se passa em Viena, no início do século XX. O famoso pianista Stefan Brand se hospeda num hotel, onde recebe a carta de uma mulher desconhecida. Mais informações podem ser obtidas junto ao Sesc, pelo telefone (54) 3452-6103.

Moacir Arlan


4

Geral

Sábado, 28 de novembro de 2015

Lei Orçamentária Anual

Audiência é marcada pela falta de participação pública

AntônioFrizzo antoniofrizzo@italnet.com.br

Desculpe-me, prezado leitor! Tenho comentado, muitas vezes, o fato de ser exigente comigo mesmo, na medida em que não emito opiniões ou comentários sobre algo a que não procurei todas as informações possíveis. No meu conceito, quem fala sobre o que não tem amplo conhecimento não opina, somente dá palpites e a Coluna é de “opinião”. Assim sendo, devo desculpas aos prezados leitores porque na quarta-feira, no artigo que escrevi e foi publicado na página 2 do Jornal Semanário, sob o título “Jus Esperniandis”, comentando sobre a Câmara de Vereadores de Bento Gonçalves, tecendo comparativos com a Câmara de Caxias do Sul, afirmei que Caxias abrigava um assessor jurídico e Bento tinha dois.

Errei! Pois bem, por não ter me dedicado adequadamente nas pesquisas que fiz, cometi um erro pelo qual me penitencio. A Câmara de Bento Gonçalves não possui dois assessores jurídicos, mas sim três, além de um coordenador jurídico. Então, são quatro pessoas nesse setor da Câmara. Estamos batendo a Câmara de Caxias do Sul por 4 x 1. Feita a correção! Aprendi com um grande jornalista brasileiro que esteve em Bento Gonçalves, aproximadamente há duas décadas, que quem emite opiniões em qualquer meio de comunicação somente poderá fazê-lo após ter certeza absoluta sobre o que irá comentar. Perdoem-me, pois! Tentarei não repetir o erro.

Os movimentos crescem! Os meios de comunicação têm sido pródigos em noticiar movimentos de cidadãos de vários municípios do Brasil e, notadamente, do Rio Grande do Sul no sentido de buscar adesão dos munícipes para assinatura de listas visando atingir o número de eleitores previsto na Constituição Federal. Assim poderão redigir projeto de lei de origem popular e apresentar nas respectivas câmaras de vereadores, cujos edis deverão levá-lo à discussão e votação. Tal projeto tem por escopo a redução no número de vereadores, nos salários abusivos que estão autoatribuindo-se e na redução das despesas que a população está pagando. Será que os vereadores impedirão os movimentos tomando eles mesmo a iniciativa e fazendo o que o povo quer? A conferir!

Revitalização do centro A Prefeitura Municipal, conforme publicado no Jornal do Comércio de Porto Alegre, dia 25 de novembro, contratou a empresa Expressão Engenharia e Construções Ltda. para proceder a revitalização do quadrilátero central. As obras contratadas preveem obra estrutural e alargamento de calçada na rua Saldanha Marinho; retirada, pavimentação e alargamento do passeio público na rua Marechal Floriano; retirada e pavimentação do passeio público na rua Júlio de Castilhos. Como se trata de verbas federais, o prazo para início das obras poderia caducar e as verbas serem perdidas. Teremos, portanto, a execução de obras que trarão algum transtorno para a mobilidade no centro. Porém, elas se fazem necessárias. Paciência de todos será importante.

O brasileirão está maculado Sim, por vários motivos. Um deles é a comprovação por um laboratório dos Estados Unidos que dois jogadores do Internacional ingeriram substâncias proibidas pelo antidoping. Esse fato gerou muitos comentários, afinal, dois jogadores entre onze, significam quase vinte por cento do time. O fato do Grêmio ter sido eliminado de uma competição por uma torcedora ter cometido injúria racial, o que, obviamente, não interferiu no resultado daquele jogo – no qual o Grêmio foi derrotado -, faz com que muitos questionem o porquê de somente os jogadores serem punidos. Houve ou não influência em resultados de jogos? Quantos jogos foram? E o que dizer, agora, que o Fluminense, mesmo tendo outros clubes interessados no resultado do seu jogo, coloca time de reservas em campo, abrindo ampla possibilidade de derrota? O futebol já foi mais confiável há algum tempo.

ÚLTIMAS Primeira: O novo presídio pode sair através de parceria público-privada. A permuta da área atual, no centro, com quem construa o presídio está em andamento. Teremos novo presídio, então? Segunda: A pergunta é pertinente, pois vai que surja um grupo barulhento novamente e coloque tudo a perder, sob o olhar complacente da população; Terceira: As dificuldades financeiras dos governos estaduais, municipais e federal estão repercutindo fortemente na iniciativa privada; Quarta: Aqui, no Estado, Sartori pode atrasar ou parcelar salários, mas, mesmo assim, muitas empresas fornecedoras do Estado e hospitais filantrópicos já sentem a falta de recebimento de seus haveres; Quinta: Pois já há empresas privadas e hospitais diante da iminente possibilidade de não pagarem o 13º salário a seus funcionários. Pois é...; Sexta: A Associação Brasileira de Imprensa entrou com ação para que seja declarada inconstitucional a nova lei do direito de resposta; Sétima: Talvez seja para que alguns grandes meios de comunicação possam continuar acusando, atingindo pessoas sem nenhuma prova consistente, apenas com “pessoas ligadas dizem...”, “teria”, “suposto” e coisas do gênero; Oitava: Se ficar assim, os atingidos terão que solicitar esse direito através do judiciário, com todos os contratempos, inclusive financeiros, e que pode gerar muito tempo entre a agressão e a defesa. Para essa imprensa, é ótimo isso; Nona: Será que agora, com a prisão de um senador petista, um banqueiro e um advogado os demais ladrões e corruptos impunes colocarão as barbas de molho? Décima: Acho que até pode, basta o Delcídio contar tudo, desde quando foi indicado para a diretoria da Petrobrás, na década de 90, quando colocou o Cerveró ao seu lado; Décima-primeira: Lugar de gremista, amanhã, é na Arena. Último jogo do ano na Arena e decisivo.

A audiência pública direcionada a debater a destinação dos recursos setoriais da Lei Orçamentária Anual (LOA), foi marcada pela falta de participação comunitária. O encontro, que ocorreu na tarde de quarta-feira, 25, na Câmara de Vereadores, teve início às 14 horas e encerramento 10 minutos após com apenas uma pergunta realizada. A audiência é parte do processo oficial de tramitação do documento pelo Legislativo. A próxima ação envolvendo a norma será a apreciação da proposição em duas sessões extraordinárias, que serão realizadas no dia 3 de dezembro pela Casa. Lamentando a baixa preocupação popular com o assunto,

Gilnei Rigotto, presidente da Associação Ativista Ecológica (AAECO), ressaltou a dificuldade de todas as antigas gestões no controle de gastos com coleta de resíduos, expondo que alternativas para lidar com a situação estão sendo encaminhadas há vários anos pela entidade, porém, sem serem colocadas em prática. Como resposta, o representante da Secretaria de Finanças, Nestor Stefani, revelou que na terça-feira, 24, teve início a discussão de um projeto a nível regional entre todos os municípios participantes do Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Sustentável da Serra Gaúcha (CISGA), para deliberar especificamente sobre o assunto.


5

Sábado, 28 de novembro de 2015

COMPRA • VENDA • LOCAÇÃO

plantões permanentes

RUA SENADOR SALGADO FILHO, 144 - SALA 101 - CIDADE ALTA - BENTO GONÇALVES

zattimoveis@terra.com.br |

/zattimoveis | www.zattimoveis.com.br

3055.3355 9978.8925 9125.2659

atendimento

Segunda a Sexta: 8h30 às 18h30. NÃO FECHAMOS AO MEIO-DIA.

Sábados: 8h30 às 12 horas.

V E N D A CIDADE ALTA IMPERIUM Aptos. de 3 dormitórios sendo 1 suíte. Opção de até 3 suítes. Até 3 box na garagem. CONSULTE VALOR

LA

A NÇ

M

T EN

O

SÃO BENTO TERRACE GARDENS Apenas 2 apartamentos por andar com 3 suítes, todas com vestir. Até 3 box na garagem. CONSULTE VALOR • 228,90 m² de área privativa.

• Somente 2 aptos. p/ andar.

• 3 suítes com vestir, uma delas máster com

banheira de hidromassagem e sacada.

• Áreas sociais mobiliadas e decoradas.

• Sala para 2 ambientes com sacada.

• Paredes duplas entre as unidades (maior

• Cozinha americana, lareira, churrasqueira,

conforto acústico).

home office, lavabo, área de serviço com sacada fechada. • Opção para até 4 box na garagem e depósito. • Piso porcelanato na área social e laminado na área íntima. • Espera para split e água quente. • Vidros duplos em todo o apartamento. • Rebaixo em gesso em todos os ambientes. • Salão de festas e hall de entrada mobiliados. • Captação de água da chuva. • Gerador.

• Unidades com 100% de rebaixo de gesso. • Churrasqueira c/ bifeira. • Medidores individuais de gás, água e energia. • Sistema de captação e reaproveitamento da

água da chuva. • Aquecimento de água por energia solar para

todos os apartamentos. • Com uma nova atitude em relação à cidade,

para cada apartamento será entregue uma bicicleta. Travessa Antônio Ducatti esquina Rua Dom José Barea, próximo ao L’América Shopping.

Rua Olavo Bilac esquina Rua Tietê.

POSITANO NO ANIVERSÁRIO DE 15 ANOS DA ZATT Imóveis QUEM GANHA PRESENTES É VOCÊ!

P

LICORSUL COLINA

Comprou ganhou!

Promoção válida até 31/12/2015.

Comprando 1 apartamento no Positano com a ZATT Imóveis e indicando 1 novo comprador, que efetivar a compra neste prédio, você ganha de presente um carro PALIO FIRE 1.0 - 4P - 0 km

PRO

O NT

M A R A

AR OR

Ganhe um vale presente no valor de R$ 5.000,00 na compra de 1 apto. no Colina.

2 dormitórios a partir de R$ 177.000 3 dormitórios a partir de R$ 283.000 Pequena entrada e saldo direto com a construtora ou via banco.

Av. Osvaldo Aranha, 303.

Apartamentos de 2 e 3 dormitórios, todos com 1 suíte. CONSULTE VALOR PLANTÃO DE VENDAS NO LOCAL Segunda a Sexta: 8h30 às 11h e das 16h às 18h30 Sábados e Domingos: 9 às 12 horas

ALUGUEL COMERCIAL

Promoção válida de 1°/11 a 31/12/2015.

CIDADE ALTA

Rua Joana Guindani Tonello, 120 e Rua Rubens Reali, 127.

ALUGUEL RESIDENCIAL

CIDADE ALTA

CIDADE ALTA

CENTRO

SÃO FRANCISCO

SALAS COMERCIAIS TÉRREAS

SALA COMERCIAL TÉRREA

APARTAMENTO DE 1 DORMITÓRIO

APARTAMENTO DE 2 DORMITÓRIOS

Lojas térreas para locação, salas com pé direito duplo, próximo ao L’América Shopping. CONSULTE VALOR. Temos salas aéreas para venda.

Sala com mezanino, 742m². Pode ser alugado em partes ou todo. CONSULTE VALOR

Sala com sacada fechada, churrasqueira, garagem. R$ 850

Semimobiliado, 1 suíte, sala para 2 ambientes com lareira, sacada aberta com churrasqueira, banho social, cozinha/área de serviço e garagem. R$ 1.500

CIDADE ALTA

CENTRO

CENTRO

BOTAFOGO

SALA COMERCIALTÉRREA

SALA COMERCIAL TÉRREA

APARTAMENTO DE 2 DORMITÓRIOS

APARTAMENTO DE 3 DORMITÓRIOS

Loja térrea com 730m² e 12 box. No térreo 3 banheiros, copa e depósito. Sobreloja com mais 2 banheiros. CONSULTE VALOR. Temos salas aéreas para locação.

Ao lado da Loja Hering frente para a 13 de Maio com 138 m², sendo 86 no térreo e 52 no mezanino. Possui estacionamento rotativo para clientes. CONSULTE VALOR

Mobiliado, 1 suíte, garagem, salão de festas, piscina e sauna. R$ 1.600

Mobiliado, sala para 2 ambientes com lareira e sacada fechada, cozinha, área de serviço, banheiro social, banheiro auxiliar e garagem. R$ 1.500


6 Geral

Sábado, 28 de novembro de 2015

Legislativo

IGVariedades Itacyr Luiz Giacomello | italugi@yahoo.com.br | n° 2.004

Anselmo Luigi Piccoli

Buscando a premiação maior Trabalho educacional digno de elogios liderado pela professora e diretora Tânia Regina Ducatti Sasso, alunos e equipe agora em busca e com méritos do 1º lugar no País – Prêmio Gestão Escolar 2015cuja escolha acontece no dia 3 de dezembro. A promoção é do Ministério da Educação e Conselho Nacional de Secretários de Estado de Educação. A expectativa é muito grande razão pela qual vamos torcer para que a Escola Estadual Anselmo Luigi Piccoli de Bento Gonçalves–RS - seja a grande vencedora! A Escola merece!

ExpoBento – lançamento oficial A maior feira multisetorial do Brasil – a ExpoBento – Uma Feira Sem Limites – a Vitrine da Serra Gaúcha – começa a mobilizar a cidade e região oportunizando os setores da indústria, comércio e serviços à exposição, e qualidade de seus produtos num evento já consagrado pela sua organização e credibilidade. Para coroar um trabalho de equipe nesta segunda-feira, 30 de novembro, às 20h no Hall de Entrada dos Pavilhões da Fenavinho, acontece o lançamento oficial da 26ª ExpoBento que tem na presidência Rafael Fantin. Promovida pelo CIC/BG presidido pelo empresário Leonardo Giordani o evento continuará fomentando a economia gerando bons negócios para centenas de expositores e milhares de visitantes de 2 a 13 de junho 2016 em Bento Gonçalves. Ao presidente da ExpoBento Rafael Fantin e equipe fraternal abraço e sucesso! E vamos em frente!

Corpore – com novidades A Corpore Academia vem oferecendo aos seus inúmeros frequentadores uma série de opções para exercitar corpo e mente. Ao longo dos anos, registra o empenho de dirigentes e equipe de profissionais preocupados no bem estar em todas as atividades disponíveis. É a Corpore Academia liderada pelas empresárias Fabiana Geremia Bucco e Viviana Geremia disponibilizando ambiente confortável, lazer e acompanhamento profissional, agora com importantes novidades, como o Método de Natação Gustavo Borges e o recente Hidrofuncional. Informe-se 3451.5279! É uma boa!

Bazar - bom conferir A 6ª edição do Bazar Prima Design liderado pela empresária Cátia Scarton que acontece neste mês e criado em 2010 mais uma vez abrindo portas da organização e à comunidade para conhecer a coleção e adquirindo produtos em condições especiais. É bom conferir, pois são inúmeras as novidades! Fique ligado! Informe-se 9941.1403!

A FRASE

Quem continuar semeando o mal certamente não conseguirá colher os frutos do bem ! (IG)

Portaria foi pela passagem dos 25 anos de criação da Lei Orgânica

O

s 21 vereadores que compuseram a Constituinte Municipal de 1990, a qual deu origem à Lei Orgânica Municipal de Bento Gonçalves, foram homenageados pela Câmara com uma Portaria de Louvor e Agradecimento para cada um na noite da terça-feira, 24, em Sessão Solene realizada no plenário da Casa. A solenidade celebrou os 25 anos da promulgação da lei fundamental do município. O evento contou com a presença do prefeito Guilherme Pasin, do secretário municipal de Governo de Bento Gonçalves, Enio de Paris, do secretário municipal de Agricultura e Meio Ambiente de Monte Belo do Sul, Aloisio Corbelini, da secretária municipal de Saúde de Monte Belo do Sul, Nelsa Berseli Cecconi, do vereador de Monte Belo do Sul Norberto Possamai e do representante do deputado estadual Gilmar Sossella (PDT) Rivelino Soares, além de vereadores, integrantes do meio político regional e amigos e familiares

CÂMARA DE VEREADORES, DIVULGAÇÃO

A Escola Estadual Anselmo Luigi Piccoli foi premiada como Escola destaque no RS na edição do Prêmio Gestão Escolar 2015. Este prêmio é um evento organizado pelo Consed e tem o objetivo de destacar boas práticas em escolas públicas, principalmente no que se refere ao sistema de autoavaliação nas dimensões de gestão pedagógica, na gestão de resultados educacionais, na gestão participativa, de recursos e conservação do patrimônio escolar. Segundo a diretora, Tania Regina Ducatti Sasso, a Escola inscreveu várias práticas escolares, como por exemplo: monitoramento da aprendizagem, da participação das famílias na Escola, portfólios de atividades, parcerias com a comunidade, protagonismo dos alunos, participação dos colegiados como CPM e Conselho Escolar, organização do espaço físico, salas temáticas e muitas outras ações, que necessitaram ser comprovadas com documentos, registros, fotos e entrevistas com o Comitê Estadual que visitou a Escola para avaliação. Nesta primeira etapa, a Escola foi escolhida como 1º lugar no nosso Estado e também ficou selecionada como uma das 5 Escolas finalistas para concorrer ao Prêmio Nacional de Escola “ Referência Brasil”, cuja etapa final ocorrerá em Brasília, no período de 1º a 4 de dezembro. A Escola está muito orgulhosa com esta premiação, que vem em reconhecimento aos esforços de todos os segmentos de sua comunidade escolar.

Câmara presta homenagem aos vereadores de 1990

Homenageados foram responsáveis pela Lei Orgânica do Município dos homenageados. A homenagem consta na Resolução nº 138/2015, de autoria da Mesa Diretora da Casa e subscrita por outros 12 vereadores. A matéria foi aprovada na sessão do dia 30 de março deste ano. Os homenageados foram: Ivanor Luiz Tomasini (presidente do Poder Legislativo à época), Roberto Antônio Cainelli (que presidiu a Comissão de Sistematização), Eugênio Rizzardo (que foi o vice-presidente da Comissão de Sistematização), Carlos Pozza

(que foi relator adjunto), Mauro Antonio Villa, Fernando César Ferrari, Mário Gabardo, Elvo Ângelo Cristófoli, Idalino Casagrande, Ivanir Antônio Foresti, Juarez Baruffi, Renato Moacir Ferrari, Valdemar Finatto, Ivar Leopoldo Castagnetti, José Alberto Bertuol, Lírio Turri e Zeferino Moret. Também foram homenagenados, de forma póstuma, Clóris Pasqualotto (que foi relator geral), Olavo Felippe Chiella (que foi relator adjunto), Primo Agosto Consoli e Nelson Provensi.


Sรกbado, 28 de novembro de 2015

7


8 Geral

Sábado, 28 de novembro de 2015

Câmara de Vereadores

DenisedaRé denisedarebg@gmail.com

Macaquinhos

Projeto visa criar condições favoráveis à expansão de empresas na cidade

S

eis projetos de lei, um de resolução, duas emendas modificativas e duas mensagens retificativas a projeto estão na pauta de votação da próxima Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Bento Gonçalves, que acontece nesta segunda-feira 30, a partir das 18h. A primeira proposta presente na Ordem do Dia é o Projeto de Lei Ordinária (PLO) nº 137/2015, de autoria do Poder Executivo, que visa incrementar a política de incentivo ao desenvolvimento econômico do município, revogando as leis que tratavam da matéria. A intenção é estimular a expansão de empreendimentos industriais, comerciais e criar condições favoráveis para a instalação de incubadoras empresariais. Dentre as medidas previstas na proposta, está a isenção fiscal para diversas atividades, em especial para as novas empresas, o fornecimento gratuito de serviços de infraestrutura necessários à implantação de empreendimentos e a concessão de benefícios para firmas que ampliarem sua área produtiva, massa salarial ou a quantidade de postos de trabalho. Em seguida, deve ser apreciado o PLO nº 168/2015, protocolado pelo Poder Executivo, que tem como meta autorizar o município a alienar um terreno de 181,25 metros quadrados. Outro projeto de autoria do Poder Executivo, presente na Ordem do Dia, é o PLO nº 170/2015, que solicita a abertura de um crédito especial de R$ 2.305,77 para a Secretaria Municipal de Viação e Obras Públicas. A verba corresponde à sobra de recursos federais utilizados na pavimen-

DIVULGAÇÃO

Há alguns anos, por ocasião de um vernissage, parei diante de um quadro todo pintado de branco com um pontinho preto no centro. Minha primeira reação foi de espantar a “mosca” sentada na tela. Depois, com um pouco de boa vontade, pus-me a refletir... Seria aquilo arte transcendental? O negativo de um fantasma? A representação do fim do mundo, com a poeira cósmica sendo sugada por um diminuto buraco negro? Uma nevasca cobrindo Nova York, com um pinguim tentando sair de um lago congelado? Tentei, tentei, mas não deu. A mosca continuava na minha cabeça... e no quadro. Não sei o que os críticos falaram a respeito. Talvez tenham apreciado aquela obra abstrata classificada como arte contemporânea. Na maioria das vezes, a análise dos entendidos não coincide com a percepção do povo. Filmes, por exemplo. Quando eles vêm com o anúncio “ganhador do Oscar disso e daquilo”, pode contar que acabo fazendo um soninho no meio da sessão. Deve ser ignorância minha. Ainda não estou preparada para certas criações de criaturas tão... criativas. Por isso vou com calma antes de chegar ao ponto crucial desta crônica. Vá que hoje eu não entenda a profundidade da coisa e só venha a compreender daqui a uns trinta anos... Como é que vai ficar minha cara ao me retratar? Não responda! Então, todos prontos? Por favor, tirem as crianças da sala, que o tema é, no mínimo, barrento. Trata-se de um espetáculo teatral chamado “Macaquinhos”, formado por um grupo de nove atores que decidiram romper com todas as barreiras da moralidade para “ampliar os conhecimentos do público sobre os conceitos de arte contemporânea”. Beleza! Um palavreado digno de receber o patrocínio do Sistema S (Sesc) do Ceará. Mas... (sempre a conjunção do contra), ao serem abertas as barragens, vazou um mar de lama... ou mais precisamente, um mar de matéria escatológica humana. Explico a parte do espetáculo que eu vi na Internet. Os sete “macacões” e as duas “macacas” do grupo, nus em pelo, andam em círculo, um cutucando o “fiofó” do outro. Depois, agachados, cada um vai explorando, com mais propriedade, a configuração anal do cara da frente, enquanto sua geografia traseira é estudada pelo cara de trás. Ou seja: eles vão, literalmente, “tomar no ...”. Em nome da arte! Para finalizar, transcrevo um trecho da crônica “Equívoco Alarmante”, do poeta Affonso Romano de Sant’Anna, de 2001, onde ele critica “obras” classificadas como artísticas: “A improvisação, a audácia, o arrivismo, a exploração da ingenuidade do público e a esperteza burguesa e mercantilista sustentam um insólito equívoco na história das manifestações simbólicas do homem”. Os menos poéticos diriam: “É uma m.....!”

Lei de incentivo econômico empresarial volta à votação

Sessão Ordinária será realizada na segunda-feira, 30, a partir das 18h tação com contenção da Rua Senador Alberto Pasqualini, no bairro Botafogo. A última proposta enviada pelo Executivo é o PLO nº 111/2015, que volta à Ordem do Dia após receber dois pedidos de vista e ser retirado de tramitação entre agosto e setembro deste ano. A proposta, que deve ir a primeira votação, pretende regulamentar a transferência do direito de construir, complementando o Plano Diretor do município. Na sequência, deve ser apreciado o PLO nº 159/2015, de autoria do vereador Jocelito Tonietto. O objetivo do projeto é alterar o anexo da Lei Municipal nº 5.462/2012, a qual dispõe sobre o calendário oficial de eventos do município de Bento Gonçalves. Os vereadores ainda devem votar o PLO nº 161/2015, protocolado pela vereadora Neilene Lunelli (PT), o qual dispõe sobre a obrigatoriedade de instalação de reservatórios e capacitadores de água da

chuva nos estabelecimentos que possuam sistema de lavagem de veículos. Conforme a justificativa da proposição, o recolhimento da água da chuva possibilita a utilização da mesma para diversos fins, favorecendo a otimização do uso da água do subsolo e contribuindo para a preservação do meio ambiente. Ainda, segundo o texto do projeto, no caso dos estabelecimentos de lavagem de carro, possibilitando a utilização da água da chuva, além da preservação ambiental. Por fim, deve ir à votação o Projeto de Resolução nº 34/2015, de autoria do vereador Professor Clemente (PDT) e subscrita por todos os parlamentares da Casa. A matéria, que deve ser apreciada em turno único, pretende conceder Portaria de Louvor e Agradecimento ao Programa AABB Comunidade, “pelos 17 anos de compromisso com a política de educação e assistência social de Bento Gonçalves”.


9

Sábado, 28 de novembro de 2015

Destaques das gôndolas 2015

Carrinho Agas premia os melhores Trinta e seis empresas e personalidades receberão troféu nesta segunda, dia 30 de novembro, em Porto Alegre

T

radicional premiação criada em 1984 pela Associação Gaúcha de Supermercados para homenagear as empresas, produtos e personagens que mais se destacaram ao longo do ano, o Carrinho Agas 2015 reunirá cerca de 900 convidados, nesta segunda-feira, dia 30, para promover uma série de reconhecimentos e premiações. A cerimônia de entrega do troféu às 36 companhias e personalidades campeãs deste ano, eleitas pelos 251 maiores supermercados do Estado, ocorrerá a partir das 20 horas, na Casa NTX (avenida das Indústrias, 1395), em Porto Alegre. O processo de escolha dos agraciados durou três meses e contou com a coordenação da Nielsen Brasil pelo 12º ano consecutivo. Em sua 32ª edição, a premiação vai evidenciar uma preocupação do segmento supermercadista com a responsabilidade social e com a formação de novas lideranças empresariais e políticas – pela primeira vez, o departamento jovem da entidade foi convidado a homenagear uma personalidade emergente com o novo troféu “Destaque

Político Agas Jovem”. Além desta, outras cinco categorias ingressam pela primeira vez no rol de premiações do Carrinho Agas em 2015: Melhor Fornecedor de Artigos de Higiene Oral, evidenciando o crescimento deste setor; Melhor Fornecedor de Espumantes, categoria neste ano separada do campeão do segmento de vinhos; Melhor Fornecedor de Fraldas e Descartáveis, destacando a crescente procura dos consumidores por praticidade; Melhor Fornecedor de Logística, premiando empresas que contribuem para minimizar um dos principais gargalos do setor supermercadista; e Melhor Fornecedor de Pães Congelados, outra categoria em franca expansão, sobretudo no pequeno varejo. Os 36 vencedores deste ano foram escolhidos a partir de rigoroso processo seletivo conduzido pela Nielsen, que destacou as sete empresas líderes de mercado em cada categoria premiada e ouviu os 251 maiores supermercados do Estado para decidir as campeãs. Para escolherem os vencedores, os super-

mercadistas levaram em conta critérios como a qualidade do produto ou serviço, relacionamento com o varejo, índices de ruptura, capacidade de inovação e cumprimento de prazos. “São mais de três décadas premiando pequenos fornecedores regionais e grandes multinacionais, por isso nos causa preocupação que apenas quatro empresas recebam o prêmio pela primeira vez em 2015. É um sinal de que a pequena e média indústria gaúcha estão com dificuldades de competitividade”, sinaliza o presidente da Agas, Antônio Cesa Longo. As estreantes entre as campeãs são a Ximango (Melhor Fornecedor de Erva-Mate), a Reiter (Melhor Fornecedor de Logística), a Santa Massa (Lançamento do Ano – Setor Perecíveis) e a Stemac (Empresário do Ano, Jorge Buneder). Os troféus a serem entregues no dia 30 de novembro foram produzidos pelo artista plástico gaúcho Caé Braga e simbolizam os três elos da cadeia de abastecimento – varejista, fornecedor e consumidor – envolvidos por um carrinho de supermercado.

Categoria

Ganhador

Melhor Fornecedor de Achocolatados Melhor Fornecedor de Amaciantes Melhor Fornecedor de Art. de Higiene e Beleza Melhor Fornecedor de Artigos de Higiene Oral Melhor Fornecedor de Balas e Doces Melhor Fornecedor de Biscoitos Melhor Fornecedor de Cafés Melhor Fornecedor de Carnes Melhor Fornecedor de Cervejas Melhor Fornecedor de Chocolates Melhor Fornecedor de Congelados Melhor Fornecedor de Equipamentos Melhor Fornecedor de Erva-Mate Melhor Fornecedor de Espumantes Melhor Fornecedor de Fraldas e Descartáveis Melhor Fornecedor de Iogurtes Melhor Fornecedor de Logística Melhor Fornecedor de Massas Melhor Fornecedor de Não Alimentos Melhor Fornecedor de Pães Congelados Melhor Fornecedor de Pães Industrializados Melhor Fornecedor de Papéis Melhor Fornecedor de Queijos Melhor Fornecedor de Refrigerantes Melhor Fornecedor de Sucos Em Pó Melhor Fornecedor de Sucos Prontos Melhor Fornecedor de Vinhos Melhor Promoção Comercial da Expoagas Lançamento de Produto - Setor Mercearia Lançamento de Produto - Setor Perecíveis Distribuidor do Ano Gerente Destaque do Ano Reconhecimento Agas Destaque Político Agas Jovem Empresário do Ano Homem Público Destaque do Ano

Nestlé Girando Sol Unilever Colgate Mondelez Orquídea Melitta Best Beef Ambev Neugebauer Seara Eletrofrio Ximango Vinícola Garibaldi Procter & Gamble Cooperativa Piá Reiter Log Isabela Tramontina Superpan Bimbo Sepac Cooperativa Santa Clara Vonpar/Coca-Cola Parati Suvalan Vinícola Aurora Mili Desodorante Compacto Unilever Pão Santa Massa Fröhlich Silvio Santos Martins - Vinícola Aurora Fundação Thiago de Moraes Gonzaga Any Ortiz - Deputada Estadual Jorge Luiz Buneder – Stemac Pedro Simon


10 Geral

Sábado, 28 de novembro de 2015

Encontros

AssuntaDeParis

O isolamento era rompido quando se reuniam para rezar. Rezavam o rosário sob uma árvore ou uma casa de algum morador, por ocasião de uma festa, casamento, batizado ou também a cozinha quando se encontrava para o filó. (Isto é, reunião de pessoas com comes e bebes, à noite após o dia de trabalho). Em todas as linhas e travessões, os moradores reuniam-se em mutirões e construíram capelas de madeiras, pedras ou alvenaria que decoravam primorosamente: altares e imagens de madeira, janelas com vidros coloridos, enfeites de metal a até sinos de bronze no campanário. O fantasma da solidão no meio da mata foi se distanciando. “O imigrante italiano era católico e religioso. As igrejas, escolas, seminários, capelas e jornais clericais foram as principais instituições culturais e políticas, sobretudo no mundo rural.” A capela (como sociedade) congregava toda a comunidade: adultos, jovens e crianças. Cada capela era congregada a um santo padroeiro. Uma vez por ano, os moradores reuniam-se para homenageá-lo. Eram as sagras. São Roque, Santo Antônio, São Valentim, São Pedro, São Marcos, Santa Justina e tantos outros, conforme a devoção do grupo. Os imigrantes se organizavam em comunidades em torno das capelas e elegiam diretorias, “ os fabriqueiros “ que coordenavam as atividades religiosas e sociais das linhas e travessões (localidade) onde moravam. “Os homens jogavam bocha, quatrilho, escova, bisca e mora. Participavam de apostas, cavalhadas e sorteios. Jogavam argolas em direção à arvore da fortuna. E cantavam... Ah! La Bella Violeta, Cuell Massolin dei Fiori. La Verginella... e outras. Depoimento de uma mulher: “ Rezar e trabalhar, eram sim os meus jogos. Criar a melhor receita para preparar a comida, dar o ponto certo do pão, do bolo, da geleia... fazer a dressa (trança de palha de trigo) bem parelha para poder vendê-la para poder comprar roupas para as crianças, conhecer ervas para cada doença. Meu jogo era esse, além de remendar a roupa, descascar as frutas. Estes sim eram meus jogos...”. Em cada travessão ou linha, em casa núcleo colonial surgiram ferreiros, seleiros, funileiros, pedreiros, oleiros, sapateiros, alfaiates, marceneiros. Serrarias e moinhos foram levantados para beneficiarem madeiras e triturarem grãos. Matadouros, curtumes, barbaquás, ferrarias, cervejarias, alambiques, tecelagens... Uma nova era se anunciava... A troca de ideias surgia sempre nos encontros sociais e religiosos.

Objetivo é a preparação de militantes e filiados para as eleições 2016

H

oje, a partir das 8h, no Hotel Laghetto Viverone acontece o Seminário Progressista de Orientação Política. O evento tem o objetivo de qualificar e preparar os integrantes, assessores, filiados e pessoas diretamente ligadas à campanha de 2016 em Bento Gonçalves. A promoção é da Juventude Progressista de Bento Gonçalves, com apoio do PP local, da Fundação Milton Campos e Fundação Tarso Dutra. Os cases progressistas serão apresentados em sequência de palestras, no total serão quatro exposições, entre elas, Pedro Bertolucci, reeleito Prefeito de Gramado por quatro mandatos e ex-presidente Estadual do PP/RS, que estará elencando os fatores para uma gestão pública moderna e eficiente. Sendo um dos grandes promotores do turismo e do desenvolvimento do município de Gramado. O presidente da Fundação de Estudos Políticos Tarso Du-

DIVULGAÇÃO

A vida social e religiosa do imigrante – 140 anos

Juventude do PP promove seminário de orientação

Prefeito Guilherme Pasin é um dos palestrantes no evento de hoje tra, prefeito Guilherme Pasin, estará entre os palestrantes. Também, integram o evento a Relações Públicas, com especialização em Comunicação e Política, Silvana de Carli, e o vice–presidente Estadual do PP e chefe de Gabinete da senadora Ana Amélia Lemos, Marco Aurélio Ferreira. Para o presidente da Juventude Progressista de Bento Gonçalves, Matheus Barbosa,

o momento é de fortalecer a boa gestão. “É um momento propício para abordar sobre política. Estamos nos aproximando de uma campanha e é preciso fortalecer a boa gestão, qualificar ainda mais os filiados, para que os espaços sejam ocupados pelos bons políticos. Política é coisa muito séria e agora as pessoas estão se dando conta disso, temos que nos politizar, participar“, destaca.


Geral

Sábado, 28 de novembro de 2015

11

Solidariedade

Lar do Ancião recebe doação de van Veículo com 15 lugares auxiliará no transporte dos funcionários e também será utilizado durante os passeios com os idosos trabalho realizado pelo Lar do Ancião de Bento Gonçalves no acolhimento de pessoas idosas, apesar das dificuldades financeiras que enfrentam, é alvo de constantes comentários positivos. Os entraves são superados principalmente por meio das doações realizadas por voluntários e empresários da cidade. Neste mês, a entidade recebeu a doação de um utilitário Jumper, gesto idealizado por um grupo de empresários, que prefere não ter o nome divulgado, mas que juntou recursos para auxiliar a instituição da melhor forma possível. O veículo, com espaço para 15 pessoas, será utilizado para realizar passeios com os idosos e também no transporte dos funcionários. De acordo com a diretora da instituição, Lurdes de Souza, o antigo veículo utilizado para esse serviço, uma Kom-

DIVULGAÇÃO

O

Internos e funcionários da instituição agora contam com um veículo para as atividades do cotidiano

bi, estava em situação precária e, constantemente, sofria com problemas mecânicos, os deixando na mão. “Essa doação chegou num importante momento, pois estávamos sem condução para realizar o transporte dos nossos funcionários e também de nossos internos. Sentimos uma imensa gratidão pelos doadores em nos atender nesse sentido, eles que já são sempre nossos parceiros. Estamos sensibilizados com o gesto”, descreve. O Lar do Ancião possui atualmente 60 internos, com idades entre 70 e 98 anos. Eles necessitam mensalmente de doações, principalmente de materiais de higiene pessoal para os vovôs e vovós, como fraldas geriátricas, sabonetes, etc. As doações podem ser entregues na rua Arlindo Franklin Barbosa, 2.571, no bairro São Roque. Mais informações pelo telefone (54) 3451.3444.


12 Geral

Sábado, 28 de novembro de 2015

Manutenção

Daer inicia obras de reparo em cinco rodovias da região Trabalhos ocorrem na BR-470, VRS-855, VRS-813, RSC-453 e ERS-431 CRISTIANO MIGON

A ERS-431 está sendo recuperado para posteriormente receber as obras de conclusão da ponte de ligação

Cristiano Migon geral4@jornalsemanario.com.br

U

ma luz surge ao horizonte para os problemas que afetam diversas rodovias da região. De acordo com o superintendente regional do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) de Bento Gonçalves, Ernesto Luiz Vasconcellos Eichler, serviços de patrolagem, manutenção asfáltica, drenagem de pista, limpeza e desobstrução foram reiniciados em diversos trechos das rodovias que cortam a cidade. Os trabalhos reiniciaram após o pagamento do Estado de valores devidos à empresa responsável pela obra. No que se refere às obras do Lote 1 do Contrato de Restauração e Manutenção das Rodovias da Serra (Crema/Serra), especificamente na BR-470, o superintendente informa que a rodovia também passará por manutenção asfáltica, sendo realizada pela empresa vencedora da licitação. As obras de reparo também serão realizadas na VRS-855, entre a cidade e Pinto Bandeira, na

VRS-813 entre Garibaldi e Farroupilha, e na RSC-453, que liga a o município a Caxias do Sul. Segundo o superintendente, na ERS-453, a Rota do Sol, serão realizados trabalhos finais nos 53 quilômetros da estrada a partir de Caxias do Sul até Lajeado Grande, onde falta a colocação da segunda capa asfáltica por pouco mais de um quilômetro. Ao longo da estrada, falta recompor o acostamento em diversos pontos e também colocar sinalização vertical e horizontal no entroncamento com a ERS-476. A previsão é de que estes trabalhos, dependendo das condições do tempo, sejam finalizados até metade de dezembro.

Licitação concluída para obras na ERS-431 Já na ERS-431, que está em meia pista por rachadura no asfalto entre Bento Gonçalves e Dois Lajeados, o Daer afirma que o trecho será recuperado pela empresa encarregada da manutenção das rodovias estaduais. Contudo, após reunião entre o secretário de Viação e Obras Públicas, Ser-

gio Gabrielli, com o secretário Estadual de Transportes, Pedro Westphalen, surgiu a confirmação de que o trecho entre a ponte da localidade de Santa Bárbara e a cidades de Dois Lajeados, numa extensão de 20 quilômetros, foi incluído no lote de rodovias da Serra a serem restauradas a partir do Programa Restauro, ressaltando que a conclusão da obra é uma das prioridades do governo. Contudo, o secretário não informou prazos para conclusão. De acordo com Westphalen, o processo licitatório para a contratação da empresa que irá executar os serviços já foi concluído e, nos próximos dias, o governo deverá assinar a ordem de início da obra. Será concluída a ligação entre a rodovia e as cabeceiras da ponte e, posteriormente, será realizada a abertura do novo trecho de conexão. O titular da secretaria estadual também destacou que máquinas do Daer já foram enviadas para o local para realizar a recuperação dos outros trechos da estrada que não serão pavimentados. Os reparos já iniciaram.


Geral

Sábado, 28 de novembro de 2015

13

Setor metalmecânico

Aumento da alíquota do aço preocupa Reajuste no imposto da importação pode prejudicar e trazer prejuízos para as indústrias que utilizam o produto m possível reajuste na alíquota de importação do aço está deixando os representantes dos sindicatos das indústrias muito preocupados. A medida ainda não foi anunciada de forma oficial, mas o presidente do Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico de Bento Gonçalves (Simmme), Juarez José Piva, juntamente com os demais presidentes coirmãos do setor metalmecânico estão cientes que o Governo Federal estuda elevar as tarifas para a importação de aço e estão apreensivos com as consequências que a ação irá trazer para o setor. O grupo ressalta que o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) já informou que o aumento das alíquotas de importação do aço está em discussão no Governo Federal e que o ministro Armando Monteiro confirmou que apoia o reajuste, mas com ressalvas em relação à medida. Conforme Piva, a manifestação pública,

SILVIA DALMAS, ARQUIVO

U

Juarez Piva diz que medida irá proteger a siderurgia nacional e prejudicar a indústria metalmecânica com robusta possibilidade de concretização, gera para o setor metalmecânico uma grande preocupação, com vigilância permanente na tramitação do projeto para resguardar a

atividade e o comércio das indústrias que usam o aço como produto in natura para a fabricação de seus produtos. “Não nos insurgimos contra a proteção da siderurgia nacio-

nal que enfrenta a concorrência mundial no fornecimento do aço. Sabemos que a siderurgia vive um momento difícil no mundo, dando azo a medidas protecionistas em muitos paí-

ses, relativamente ao mercado mundial do aço. Esta é a fundamentação do governo brasileiro para discutir e adotar medidas similares”, enfatiza o presidente. Ainda de acordo com dirigente do Simmme, o aumento do imposto de importação, em taxa ainda não definida, mas que inevitavelmente será superior aos 14% vigentes, causará uma diminuição na importação direta de outros países, beneficiando e protegendo a siderurgia nacional, de modo a garantir-lhe o fornecimento e suprimento do mercado interno. Porém, deixará desprotegida as indústrias metalmecanicas. “O amparo ao setor siderúrgico não pode redundar em prejuízos para outros ramos da indústria nacional, especialmente para o setor metalmecânico que utiliza o aço como insumo básico para a fabricação de seus produtos. A cadeia produtiva de derivados do aço deve ser salvaguardada também e não pode ficar à mercê destas medidas protecionistas somente para a siderurgia”, sinaliza.


14 Geral

Sábado, 28 de novembro de 2015

Grupo Real abre as portas de sua nova sede Um dos principais players do setor em assessoria empresarial, grupo conta com cerca de 60 colaboradores e mais de 350 clientes fixos O Grupo Real dá um passo decisivo para o futuro da marca. A empresa, que engloba quatro áreas interligadas de negócios, inaugurou na noite desta terça-feira, dia 24, sua nova sede operacional. Os quase 60 colaboradores da Real Assessoria Empresarial, da Merco Gestão, da Netare Serviços e da Fracalossi Advogados Associados passam a atuar de forma integrada em quase 2 mil m² de área construída próximo ao Centro de Bento Gonçalves. O Grupo Real é referência em assessoria empresarial e um dos principais players da região no setor, contando com mais de 350 clientes fixos espalhados por todo o estado. A nova estrutura foi planejada para atender as necessidades dos clientes e o bem-estar dos colaboradores, garantindo maior agilidade nos serviços com segurança operacional e qualidade no atendimento. Com tecnologia ainda mais robusta e motivação renovada, o grupo acompanha o mercado preparado para as mudanças que se apresentam. Os sócios Ademir Schenatto, Fábio Durante, Gilmar Rizzardo, Maikel Comiotto, Márcio Elvis de Mello e Marcos Fracalossi lideram a organização, focados

no compromisso de que o Grupo Real precisa exercer seu espaço de ser um novo mundo para um novo mercado. “Há 14 anos, quando surgiu a Real, tínhamos um sonho, que foi construído a muitas mãos e que hoje alcança uma das mais importantes conquistas. Esta casa é de todos nós, equipe, clientes e parceiros, que caminham juntos para realizar. Só temos a agradecer”, destacou Marcos Fracalossi. Os mais de 300 convidados, entre clientes, fornecedores, parceiros, amigos, autoridades e imprensa, tiveram a oportunidade de conhecer todos os espaços da nova sede operacional, localizada na rua General Góes Monteiro, 218, com atendimento pelo telefone (54) 2621.2747. Com amplos e modernos escritórios em uma área nobre de fácil localização e acesso, a sede ainda dispõe de cinco salas de reuniões e garagem com 26 vagas para colaboradores e clientes. Serviços de consultoria e assessoria contábil, administrativa, fiscal, administração de departamento de pessoal, financeiro, recursos humanos, registros, legalizações, assessoria jurídica e serviços de limpeza e conservação formam a série de atividades oferecidas pelo grupo que atua em diversos setores da indústria, comércio e serviços.

Nova sede tem localização privilegiada, fácil acesso e estrutura ampla e moderna

Ivan Cini e Marcelo Selau

TEXTO E FOTO CONCEITOCOM BRASIL

Ademir Schenatto, Maikel Comiotto, Marcos Fracalossi, Márcio Elvis de Mello, Fábio Durante e Gilmar Rizzardo, sócios do Grupo Real FOTOS JEFERSON SOLDI

Convidados foram recepcionados pelos sócios e colaboradores do Grupo Real em três ambientes

Mais de 300 pessoas brindaram com o Grupo Real

Mariana Largura, Bruna Gabrielli e Raquel Rossatto Fracalossi

Evento marcou o lançamento do Grupo Real

Magnus Gomes, César Anderle e Simone Anderle


Geral

Sábado, 28 de novembro de 2015

FOTOS JEFERSON SOLDI

Rua Gal. Góes Monteiro, 218 Fone: 2621.2747 Paulo Bruschi, Nestor Stefani e Guilherme Pasin

Marli Schoffen, Thiago Casagrande e Luciane Sgarbossa

Décio Dupont

Gilmar Rizzardo, Elizete Padoan, Aliara Bregalda e Márcio da Silva

Valmor Prezzi e Plácido Refosco

Márcio Elvis de Melli, Eliane de Mello, Tânia Rizzi e Flávio Rizzi

Marizete Ferrari, Aline Poletto, Marcos Fracalossi, Fernanda Titton e Amanda Somenzi

Prefeito Guilherme Pasin prestigiou a inauguração

Ana Gobatto, Michele Piletti, Ilse Guarnieri, Marcos Beltrami, Nilson Somavilla Primo e Gregório Bruschi

Natal De Barba, Daniel Amadio, Gilmar Guidolin e Heitor Rossatto

Sócios e esposas brindam o sucesso do evento

15


16 Geral

Sábado, 28 de novembro de 2015

CLEUNICE PELLENZ

Zatt

Doação

Consepro repassa viatura para a Delegacia da Mulher Veículo foi adquirido com recursos doados pelo Poder Judiciário e MP Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM) recebeu a doação de uma nova viatura discreta na tarde de quinta-feira, 26 de novembro. O veículo Voyage foi adquirido pela Fundação Consepro com valores destinado pelo Poder Judiciário e Ministério Público (MP). Estes recursos são oriundos de penas alternativas e transações penais recolhidas durante os processos. Em uma solenidade simples, o presidente da Fundação Consepro, Geraldo Antônio Leite, entregou as chaves para a delegada titular Deise Salton Brancher. A Fundação Consepro ainda deve realizar, nas próximas semanas, a entrega de uma nova viatura oficial para a Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA).

FUNDAÇÃO CONSEPRO, DIVULGAÇÃO

A

Café da manhã para os homens foi realizado na manhã de ontem

ESF promove atividades alusivas ao Novembro Azul

Presidente Geraldo Leite entrega chaves à delegada Deise Brancher

Com o intuito de falar sobre a prevenção do câncer de próstata de maneira informal, e alusivo ao Novembro Azul, a Estratégia Saúde da Família (ESF), do bairro Zatt, promoveu na manhã de ontem, um café da manhã especial para os homens. Com a intenção de falar sobre o assunto e sanar as dúvi-

das dos participantes a respeito do assunto tratado, o doutor Emerson Epp Schulz conversou com os presentes e realizou atendimentos médicos. Após, o enfermeiro Vilson Fontanella esclareceu as dúvidas dos participantes. Houve também a participação do acadêmico Everton Lopes, além de toda a equipe da unidade que engajou-se na ação.


Sรกbado, 28 de novembro de 2015

17


18 Geral

Sábado, 28 de novembro de 2015

Aids

Doença aumenta entre as mulheres No Dia Mundial de Luta contra a enfermidade, Bento Gonçalves registra crescimento nos índices, mas reduz taxa de óbito Vitória Lovat geral1@jornalsemanario.com.br

U

ma das doenças que mais amedronta a população está crescendo em Bento Gonçalves, principalmente entre as mulheres. A Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (Aids) está se tornando mais presente na vida das mulheres e, consequentemente, de bebês, quando elas engravidam. De acordo com a Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde, até 2010, as mulheres representavam 39,3% dos infectados. Entretanto, esse dado passou para 49,7% até 2014. A principal forma de infecção é por meio de relações sexuais sem o uso de preservativo. O número crescente de mulheres com Aids vai de encontro a outro dado, o de que a maioria dos infectados é heterossexual, desmistificando a ideia de que essa é uma doença apenas de homossexuais. Do total de doentes notificados até 2014, 79,3% das mulheres e 58,6% dos homens afirmaram ter contraído a doença em relações sexuais desprotegidas. Segundo o coordenador da Vigilância Epidemiológica, José Rosa, o principal aspecto que ajuda esse número a crescer é a dificuldade que os homens têm de entender que

Casos novos em Bento Gonçalves Ano 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 Casos 25 24 22 48 26 32 23 35 43 26 32

Média de casos registrados 2010 - 2014 Brasil Rio Grande do Sul Bento Gonçalves

19,6 a cada 100 mil habitantes 33,2 casos a cada 100 mil habitantes 29 casos a cada 100 mil habitantes

Taxa de óbito em Bento Gonçalves 2000 a 2009 25,6% dos infectados 7,3 a cada 100 mil habitantes 2010 a 2014 16,9% dos infectados 4,4 a cada 100 mil habitantes Desde o 1986, Bento Gonçalves registrou 96 mortes por Aids, média de 6 por ano; A maior incidência é entre homens, que representam 73,1% do total FONTE: VIGILÂNCIA EPIDEMIOLÓGICA

é necessário o uso de preservativo. “Muitos homens se negam a usar, alegando desconforto. Por outro lado, as mulheres têm dificuldade em solicitar aos seus parceiros que usem a camisinha nas relações sexuais”, salienta. Outro fator que também ajuda a aumentar o índice é o número de parceiros que as pessoas têm. Para ele, um relacionamento monogâmico pode ajudar as pessoas a ficarem

à tratamentos. Rosa lembra a importância de as mães fazerem os exames de pré-natal para monitorar a saúde do seu feto. “Quando a infecção é diagnosticada numa mulher grávida, ela é submetida ao tratamento que impede que o vírus infecte a criança dentro do útero”, explica. Os recém-nascidos que contraíram o HIV passam a ser monitorados pelo Serviço de Atendimento Especializado e

livres da doença. Com o aumento das mulheres infectadas, a exposição da doença para os bebês também ocorre com mais frequência. Entre 2000 e 2009, foram registradas 26 gestantes infectadas em Bento Gonçalves. Até 2015, esse número aumentou para 37 casos. Porém, nem todos os bebês das gestantes infectadas contraem a doença, existe uma parcela que nasce livre da enfermidade devido

Centro de Testagem e Aconselhamento (SAE-CTA), onde, junto da mãe, recebem toda a assistência necessária.

Número cresce entre os adolescentes Os jovens que antes quase não apareciam nos índices da Aids, passaram a ocupar uma posição. A incidência entre os adolescentes de 10 a 19 anos cresceu 278% nos últimos quatro anos. De três casos para cada 100 mil habitantes, em 2009, o número passou para 11,4 em 2014. Os números refletem em um aumento da exposição ao HIV devido ao sexo precoce desprotegido. A faixa etária predominante nos casos é dos 20 aos 39 anos, com 58,6% dos casos. Rosa lembra da tradicional conscientização sobre a Aids, sexualidade e prevenção. Segundo ele, este é o principal meio para minimizar os índices e tornar os jovens conscientes das consequências. “É fundamental que pais, educadores e profissionais de saúde promovam a conscientização, divulgando informações sobre as formas de contágio, prevenção da infecção, estímulo a realização do teste do HIV e diagnóstico precoce, características da doença e sobre o tratamento”, complementa Rosa.

Testes de HIV e ações de conscientização na Via del Vino VITÓRIA LOVAT, ARQUIVO

Terça-feira, 1° de dezembro é lembrado o Dia Mundial de Luta Contra a Aids. Porém, em Bento Gonçalves as atividades de prevenção serão realizadas na quinta-feira, 3. A Prefeitura, por meio do SAE/CTA, realizará ações de conscientização e testes de HIV na Via del Vino. Das 9h às 16h, a unidade móvel da Secretaria da Saúde ofertará testes rápidos de HIV, Sífilis e Hepatite C. Além dos testes, materiais informativos e preservativos também serão distribuídos. O objetivo é que um maior número de pessoas passe a se importar com a doença e te-

Os exames de HIV são gratuitos, sigilosos e podem fazer a diferença

nha informações suficientes para se prevenir. A Aids age nas células de proteção do corpo, deixando-o com a imunidade baixa. A coordenadora do SAE/CTA, Adriana Cirolini, lembra que a descoberta precoce ajuda na eficiência do tratamento. Ela explica que ainda não existe tratamento que leve à cura, mas o acompanhamento permite ao portador do vírus levar uma vida normal. “Uma vez iniciado, não poderá ter pausas ou intervalos. O uso regular dos antirretrovirais leva a diminuição da carga viral e mantém os níveis de células de defesa na normali-

dade”, diz. Ela acrescenta que bons hábitos como alimentação saudável auxiliam no resultado do processo. A doença silenciosa, por vezes, habita o corpo de uma pessoa por anos sem que ela saiba. Assim, quando se descobre a doença, os tratamentos não trazem os mesmos resultados. A importância do teste se dá quando aponta que uma pessoa aparentemente saudável é portadora do vírus. “Por isso é importante que todos façam. Os testes são gratuitos, sigilosos e demandam apenas alguns minutos que podem salvar a vida de alguém”, completa.


Sรกbado, 28 de novembro de 2015

19


20 Geral

Sábado, 28 de novembro de 2015

Cesta básica

Itens aumentam até 15% em outubro A conta do supermercado está pesando cada vez mais no bolso dos consumidores, que buscam a solução nas promoções VITÓRIA LOVAT

Vitória Lovat geral1@jornalsemanario.com.br

Q

uem foi fazer compras no supermercado em outubro e comparou preços, percebeu que os itens da cesta básica estão mais caros do que em setembro. O aumento da energia elétrica, combustíveis e impostos reflete nos preços nas prateleiras desde o início do ano, porém os reajustes registrados de outubro para novembro são maiores do que os anteriores e preocupa quem planeja uma ceia de Natal. Além dos produtos que compõem uma alimentação básica, as frutas, verduras e legumes também sofreram aumento, obrigando os consumidores a mudarem os hábitos de consumo para que tudo caiba no bolso. Um dos alimentos mais tradicionais nas famílias bento-gonçalvenses foi o que teve a maior alta do mês. O preço médio do arroz de cinco quilos foi de R$ 8,21 em setembro para R$ 9,46 em outubro, diferença de R$ 1,25 no pacote. Um aumento de mais de 15% em apenas 30 dias. A pesquisa é o resultado médio dos valores apresentados em 18 supermercados de Bento Gonçalves. O segundo item com a maior alta foi o açúcar. O pacote de cinco quilos que custava em média R$ 8,26 em setembro, passou a ter preço médio de R$ 9,09 em outubro, uma diferença de R$ 0,83 no pacote, 10% mais caro. Assim como o arroz e o

Diferença entre os supermercados

A busca pelos melhores preços é prática constante do bento-gonçalvense que quer economizar nas compras açúcar, os demais preços da cesta básica também tiveram aumento, porém com percentuais mais baixos. Os demais itens, como óleo de soja, feijão, massa e ovos tiveram ganho médio de 5% sobre o valor final. Já as carnes mantiveram praticamente o mesmo preço. O quilo da carne de frango teve aumento de R$ 0,24, 4% a mais do que no mês anterior. O quilo da chuleta aumentou 1% já que foi de R$ 19,89 para R$20,07. Uma boa notícia, já

que as carnes foram os itens que tiveram mais aumento ao longo de 2015 e mudaram a tradição de se comer sempre churrasco aos domingos.

Mudança de hábito A mudança de preço fez com que alguns consumidores precisassem se adaptar e mudar a forma de compra no supermercado. Laudir Lago diz que a família fazia ranchos mensais e, quando havia a necessidade, se voltava ao mercado para

Diferença de preço em um mês Produto Óleo de soja 900 ml Massa com ovos 500 gr Acúcar 5 Kg Arroz Tipo 1- 5 kg Feijão Preto Tipo 1- 1 Kg Farinha de Trigo Especial 5 kg Farinha de Milho Média 1 Kg Ovos vermelhos 1 dúzia Leite Integral Cx Chuleta kg Carne de Frango kg

de folhetos promocionais, atenção aos anúncios de promoções e a escolha do lugar mais barato. “A diferença de um mercado para o outro é muito grande, com uma boa pesquisa é possível economizar bastante”, completa.

Setembro R$ 2,97 R$ 1,98 R$ 8,26 R$ 8,21 R$ 3,36 R$ 9,15 R$ 2,15 R$ 4,33 R$ 2,12 R$ 19,89 R$ 6,03

compras rápidas. No entanto, como as compras do dia a dia são indispensáveis, foi o rancho que teve mudanças. “Agora não fazemos mais, vamos ao mercado uma vez na semana e compramos o que precisa. Além disso, as escolhas dos produtos são bem mais controladas, não compramos mais supérfluos”, relata. A pesquisa de preço também se tornou parte da rotina da família de Lago. A tradição de comprar sempre no mesmo local deu lugar à leitura

A pesquisa de preço é um dos principais meios usados pelos consumidores para economizar. A comparação entre os valores ofertados é uma boa saída, já que a diferença de preços praticados pelos estabelecimentos de Bento Gonçalves, por vezes, chega a ultrapassar os 60% no mesmo item. Na tabela de preços disponibilizada pelo Procon, os valores têm diferença mínima de 30% e, no feijão aparece a diferença máxima de 85%. A supervisora do Supermercado Gheno, Lilian de Souza, afirma que o preço baixo é um dos fatores que mais atrai a atenção dos consumidores, já que as pessoas passaram a investir mais tempo em pesquisa de preço. Outro item primordial, segundo ela, é o bom atendimento. “Todo mundo gosta de saber que está comprando bem, fazendo economia e sendo bem tratado dentro do estabelecimentos. Ter bom relacionamento com fornecedores e funcionários é primordial para que isso aconteça”, sugere.

Diferença de preço entre os estabelecimentos da cidade Outubro R$ 3,14 R$ 2,06 R$ 9,09 R$ 9,46 R$ 3,53 R$ 9,29 R$ 2,04 R$ 4,44 R$ 2,17 R$ 20,07 R$ 6,27

Diferença R$ 0,17 R$ 0,08 R$ 0,83 R$ 1,25 R$ 0,17 R$ 0,14 R$ 0,11 R$ 0,11 R$ 0,05 R$ 0,18 R$ 0,24

Produto Menor preço Oleo de soja 900 ml R$ 2,69 Massa com ovos 500 gr R$ 1,69 Acúcar 5 Kg R$ 7,99 Arroz Tipo 1- 5 kg R$ 6,99 Feijão Preto Tipo 1- 1 Kg R$ 2,69 Farinha de Trigo Especial 5 kg R$ 7,99 Farinha de Milho Média 1 Kg R$ 1,59 Ovos vermelhos 1 dúzia R$ 3,89 Leite Integral Cx R$ 1,89 Chuleta kg R$ 16,90 Carne de Frango kg R$ 5,49

Maior preço Diferença R$ 3,99 48% R$ 2,75 63% R$ 10,38 30% R$ 10,99 57% R$ 4,99 85% R$ 11,30 41% R$ 2,58 62% R$ 4,99 28% R$ 2,64 40% R$ 28,28 67% R$ 7,99 45% FONTE: PROCON


Geral

Sábado, 28 de novembro de 2015

21

Aproveitar o “Dia de Feira” virou tradição no município FOTOS VITÓRIA LOVAT

Os dias em que os supermercados ficam mais lotados e as filas do caixa invadem os corredores são os “Dias de Feira”. A promoção semanal que torna as frutas, verduras e legumes mais baratas atrai consumidores que querem economizar, já que o preço do quilo destes produtos vem crescendo a cada mês. Outro fenômeno que auxiliou na busca por estes produtos é o crescimento das pessoas adeptas à alimentação saudável e a chegada do verão, estação mais propensa ao consumo. Carlos Garbin diz que não perde as promoções dos supermercados da cidade. Segundo ele, quando vê o anúncio de preços baixos, corre para o estabelecimento para fazer a economia. “O preço das frutas e verduras está muito alto. Às vezes nós vemos algumas coisas com até R$ 9 ou R$ 10 o quilo. É um absurdo, por isso precisamos aproveitar quando os valores são menores”, destaca. Garbin também comenta que a filha trabalha com doces e salgados para festas, por isso, quando há promoções ajudam ainda mais a família. “Quando há promoções de farinha, açúcar, leite conden-

Com o aumento de preço dos legumes e verduras, as promoções semanais ajudam na alimentação saudável sado e outros ingredientes que ela usa nós aproveitamos porque, além de gastar menos, ainda ganhamos na hora da venda dos doces”, explica. Antônio Marzetto diz que só vai ao mercado no “Dia de Feira”. Para ele, comprar frutas verduras e legumes em outros

dias não é uma boa opção, visto que os mesmos produtos são oferecidos todos os dias, o que muda são os valores na prateleira na promoção. “Os ganhos que o consumidor tem nas promoções são muitos. Por isso, acho que essa é a melhor forma de comprar bem. As promo-

ções da feira tem tanta procura porque não há uma grande feira mais em conta aqui na cidade”, comenta. Marzetto lembra que passou a se preocupar a partir do momento em que as suas compras tradicionais passaram a custar mais do que o normal. “Eu per-

cebi as coisas mudando faz uns dois meses. Quando a conta do mercado começou a subir mesmo que eu comprasse os mesmos produtos. Aí me preocupei e passei a buscar formas de economizar. Agora não tem mais aquela mordomia de sair e comprar tudo o que tiver vontade”, lamenta. Marlove Veronese diz que a pesquisa de preço e o “Dia de Feira” determinam como será a compra da semana da família. Ela destaca que a rotina de compras mudou depois que passou a perceber a diferença de preços e a perda de valor do seu dinheiro. “Não temos como diminuir a compra de comida, porque é algo essencial, mas fizemos mudanças para não aumentar muito o valor do mercado, como a mudança do local da compra e de algumas marcas”, salienta. Entre as principais mudanças, está a pesquisa de preço com mais frequência. Marlove destaca a diferença que observa nas mesmas mercadorias entre diferentes estabelecimentos. “No fim das contas, a diferença é muito grande, por isso precisamos ficar atentos e comprar no lugar que nos oferece o melhor custo”, completa.

Consumidores se preparam para festas de fim de ano As festas de fim de ano se aproximam e é hora das famílias começarem a decidir onde passarão o Natal, como será a ceia e o que será feito para o jantar. Os mais adiantados já começaram a fazer pesquisas de preço e a supervisora do Supermercado Gheno, Lilian de Souza, afirma que é possível adiantar como os consumidores irão se comportar neste fim de ano. Segundo ela, a recessão econômica vai mudar hábitos tradicionais das famílias para que os custos não saiam tão altos. Lilian afirma que das compras de peru para o Natal de 2014, mais da metade do estoque sobrou. “Ou seja, se as pessoas já não compraram peru no ano passado, em 2015 elas vão comprar menos ainda”, reflete. A mudança será para outras aves mais baratas, assim a ceia não perde a sua característica principal e o valor não fica tão caro. “As pessoas irão comprar frango mesmo, o preço é bem mais baixo do que o das aves natalinas e ainda poderão

Estabelecimentos complementam estoques para garantir que os clientes saiam satisfeitos antes da ceia ter a tradicional ceia”, explica. Outra opção citada por Lilian é o churrasco, por isso ela destaca que os supermercados devem estar preparados para não vender só frango. Para Lilian, as pessoas que ainda não se importam sobre

o gasto da ceia são as que possuem renda alta e estável ou são empresários. “Quem está com condições financeiras aceitáveis vai seguir a tradição, mas esse número de pessoas é baixo se comparado ao restante”, comenta.

Porém, mesmo com a redução de gastos dos consumidores, a expectativa para as vendas de fim de ano estão altas. A supervisora do supermercado espera crescimento comparado ao ano passado, já que mesmo com as dificuldades, as pessoas

não devem deixar as festas passarem em branco. “Já percebemos que as vendas com cartão de crédito aumentaram muito nos últimos meses. Acredito também que a maioria das compras para o Natal será feita desta forma, mesmo com o pagamento do 13°”, assegura. Lilian diz que o supermercado está se preparando com promoções para atrair os clientes. Segundo ela, o preço baixo e bom atendimento determinam se o cliente entrará ou voltará. “Nós já trabalhamos com essa ideia durante o restante no ano, mas vamos intensificar ainda mais neste período especial que é o Natal”, destaca. Para garantir preço baixo, ela aposta nas parcerias com fornecedores, rifa e a distribuição de brindes natalinos para que os clientes se sintam acolhidos pelo estabelecimento. “Queremos ajudar a fazer o Natal das famílias, queremos que os clientes se sintam em casa e não esqueçam que nós também fazemos parte da ceia deles. Isso é muito bom”, completa.


22 Geral

Sábado, 28 de novembro de 2015

Caged

Bento registra 1.118 demissões no ano Dígito corresponde a 1% da população da cidade, valor considerado aceitável por especialistas se comparado ao Estado CRISTIANO MIGON, ARQUIVO

Cristiano Migon geral4@jornalsemanario.com.br

C

omo reflexo do momento econômico sinuoso do país, o comparativo de empregos gerados entre os 10 primeiros meses do ano apresenta uma queda significativa no total de postos de trabalho criados. De acordo com a Carta Mensal de Mercado de Trabalho (Caged), divulgada pelo Ministério do Trabalho, entre janeiro e outubro de 2015, a cidade registrou queda de 1.118 vagas no saldo acumulado do ano. O valor é 29% maior que o registrado em setembro, quando a pesquisa apresentou diminuição de 863 postos na cidade. Este é o pior resultado para o mês desde o início da sequência, em 2010. Contudo, de acordo com especialistas da área, o número de desligamentos apresentados no total anual corresponde a apenas 1% da população total da cidade, dígito que pode ser considerado aceitável devido às possibilidades de empreendedorismo no município. A desaceleração generalizada da economia brasileira, a alta da inflação, a diminuição do crédito e o aumento de incertezas políticas e econômicas são as principais causas desse quadro. Entre os setores mais atingidos está a Indús-

Indústria de Transformação é o setor que mais fechou postos de trabalho em 2015, com 1.285 desligamentos tria da Transformação que, de acordo com o índice, encerra o mês com fechamento de 178 postos de trabalho. O comparativo anual do segmento também não é animador. A pesquisa revela que entre os nove meses abrangidos pelo estudo em 2015, o setor registrou valores negativos em todos eles, fechando o comparativo anual com queda de 1.285 vagas. Outro setor que tem registrado quedas constantes nos últimos meses é o de Serviços. Em outubro, o saldo de empregos gerados teve redução

de 87 postos. Entretanto, no comparativo anual, o segmento ainda apresenta valores positivos. A equiparação com janeiro revela saldo positivo de 203 vagas. A melhor média entre os setores da pesquisa.

Uma cidade acima da média Embora os dados sobre o desemprego no município possam ser interpretados como alarmantes, visto que a cidade ocupa a 14ª posição no índice de saldo negativo de ge-

2014 2015

Evolução mensal do saldo de empregos - 2014/2015 700 612

600 500 400

350 300

259

220

200 93

100 0 -100 -200 -300

5 24

Jan

Fev

Mar

Mai Abr

Jun

-18 -89

-140

Jul

-119

Set

-75

-219 -277

-298

-400 -500

Ago

-443

Empregos em outubro Bento Gonçalves Atividade econômica Extrativa mineral Ind. Transformação Serv. Ind. Util. Pública Construção civil Comércio Serviços Adm. Pública Agropecuária Total

480

300

ração de empregos no estado, o doutor em Administração e diretor de Gestão e Inovação do CIC, Fabiano Larentis, integrante da equipe técnica da 44ª edição do Panorama Socioeconômico do município, acredita que o cenário municipal tenha todos os elementos para uma futura melhora. “Essa é a fase mais cruel da crise, quando as pessoas começam a perder seus trabalhos. Desde o ano passado, percebíamos que este não seria um ano fácil”, comenta Larentis. Ele refere-se à queda

na geração de empregos iniciada ainda em novembro de 2014. Apenas nos dois últimos meses do ano, houve déficit de cerca de 700 vagas. Segundo ele, se for utilizado como base de raciocínio a importância que a indústria tem no município e na geração de empregos, visto que é a maior originadora de postos de trabalho, e também levando em conta o ranking das cidades de grande porte que tiveram saldo negativo, pode-se chegar a conclusão de que a cidade tem condições de enfrentar o atual período turbulento da economia de forma tranquila. “Existem elementos culturais que fazem o diferencial da cidade em momentos de crise. O empreendedorismo é muito presente no município e a constante busca por inovação são fatores que ajudarão em períodos como o atual”, afirma. Larentis também ressalta, como elemento adicional às possibilidades de resistência a estagnação, que o município ocupa a 88ª posição no ranking Urban System, índice que elenca as melhores cidades no país para receber investimentos em negócios. Fator que também contribui para o reaquecimento econômico da cidade, corroborando diretamente com o número de postos criados.

Out

Admis 3 396 6 123 278 378 0 3 1.187

Outubro 2015 Deslig. 6 574 2 133 270 465 0 2 1.452

Saldo -3 -178 4 -10 8 -87 0 1 -265

FONTE: CAGED

-36

-265

Acumulado jan-out 2014: +1462 -Agropec: -15 -Indústria: 49 -Cons. Civil: 681 -Comércio: 69 -Serviços: 678

Acumulado jan-out 2015: -1.118 -Agropec: -16 -Indústria: -1.285 -Cons. Civil: 31 -Comércio: -128 -Serviços: 239


Geral 23

Sábado, 28 de novembro de 2015

Perfil do trabalhador bento-gonçalvense no último ano Quanto ao perfil do trabalhador, revelado na apresentação do Panorama Social, os dados revelam que o profissional bento-gonçalvense trabalha em média 4,2 anos antes de trocar de emprego ou estar apto a se aposentar. Recebem em média três salários mínimos por mês e possuem, em grande maioria, ensino médio escolar completo, com 46% do total. Em contrapartida, os segmentos da construção civil e do comércio apresentam, além dos menores tempos médios de permanência no setor, o menor índice de remunerações. Relativo ao grau de instrução, o setor mais preocupante é o dos segmentos agropecuários, onde o número de trabalhadores que não terminaram o Ensino Fundamental representa 63% do total empregado. O estudo também revela os setores com maiores concentrações de homens e mulheres, tendo destaque a Construção Civil, com 94% de predominância masculina e o de Saúde Humana, sendo preenchido em 84% pelo sexo feminino.

Área de atuação INDÚSTRIA DE TRANSFORMAÇÃO Móveis Máquinas e Equipamentos Produtos de Borracha e de Material Plástico Produtos Alimentícios Produtos de Metal, Exceto Máq. e Equipamentos Bebidas Metalurgia SERVIÇOS Atenção À Saúde Humana e Assistência Social Educação Transporte Terrestre Administração Pública Alimentação Atividades Jurídicas, Contabilidade e Consultoria Alojamento Serviços Financeiros, Seguros e Planos de Saúde COMÉRCIO Comércio Varejista CONSTRUÇÃO CIVIL Total

Participação % 42% 17% 4% 4% 4% 3% 2% 2% 35% 6% 6% 5% 4% 3% 1% 1% 1% 15% 12% 6% 100%

Feminino % 39% 41% 20% 47% 44% 28% 44% 20% 59% 84% 57% 16% 78% 74% 79% 65% 61% 54% 61% 6% 46%

Masculino % 62% 59% 80% 53% 56% 72% 56% 80% 41% 16% 43% 84% 22% 26% 21% 35% 39% 46% 39% 94% 54%

Idade Média

Tempo trabalho médio (anos)

Remun. média mensal Salários

% Ens. Fund. Inc + Comp

% Ens. Médio Inc+ Comp

34 33 33 34 36 34 36 36 37 36 37 37 44 38 31 36 37 32 31 36 35

4 4 3 4 4 4 6 5 5 5 5 4 12 3 4 4 9 3 3 2 4

3,1 3,1 3,6 2,6 3,4 2,9 3,3 3,8 3,5 3,3 5,9 2,6 3,9 1,7 2,6 2,4 6,6 2,2 2,0 2,4 3,0

34% 32% 24% 44% 38% 38% 33% 46% 21% 13% 3% 45% 14% 47% 4% 21% 1% 23% 23% 48% 28%

48% 45% 51% 45% 48% 52% 39% 41% 37% 47% 15% 45% 22% 45% 28% 54% 17% 62% 63% 46% 46%


24 Geral

Sábado, 28 de novembro de 2015

Turismo

Ocupação em hotéis cresce em 2015 Apesar das dificuldades econômicas, mais pessoas estão visitando Bento Gonçalves e índices de 2014 são ultrapassados CRISTIANO MIGON, ARQUIVO

Vitória Lovat geral1@jornalsemanario.com.br

M

esmo com as dificuldades econômicas que a população enfrenta em 2015 e as inseguranças de investir em viagens e lazer, o turismo em Bento Gonçalves apresenta bons números. A taxa de ocupação dos hotéis do município até outubro ultrapassou a marca da ocupação de 2014. O índice mostra estabilidade no setor e surpreendeu até os mais otimistas, que não pensavam que 2015 pudesse ser um ano com resultados acima do esperado. Outubro e novembro são dois meses que, tradicionalmente não têm muito eventos na cidade que atraiam turistas, além disso, eles antecedem o Natal e, quem pretende viajar, aguarda para fazê-lo em dezembro. Entretanto, outubro se mostrou melhor do que o esperado, com uma taxa de ocupação de 62,36% devido aos feriados. Apesar de os dados de novembro ainda não terem sido contabilizados, a diretora-executiva do Sindicato Empresarial de Gastronomia e Hotelaria, Márcia Ferronato, afirma que o mês tem sinalizado bons resultados e que a taxa de ocupação no final do ano deve ficar ainda mais alta do que a de 2014. Segundo ela, o objetivo é fa-

Com programação durante todo o ano, turismo e hotelaria têm estabilidade e projetam crescimento

Taxa de ocupação da rede hoteleira de Bento Gonçalves Ano 2013 2014 2015 Taxa de ocupação 52,56% 51,23% 54,04%* * percentual até outubro FONTE: SEGH UVA E VINHO

zer com que a cidade tenha turistas durante todo o ano e não apenas em meses específicos. Isso auxilia a média de ocupação a se manter estável e não deixa surpresas para os empre-

sários no fim de cada mês. “O setor de hotelaria e gastronomia procura atuar nos 12 meses do ano. Cada período tem suas peculiaridades, mas o turismo de lazer aliado aos eventos tem

sido a receita para enfrentar as dificuldades. Além disso, para a gastronomia, novembro é também um mês de encontros, encerramento de ano em empresas, o que gera receitas para

os restaurantes”, detalha. Não é tradição passar o Natal e Réveillon na Serra. A maioria das pessoas busca refúgio nas cidades litorâneas para aproveitar o verão. Entretanto, o número de pessoas que permanece ou vem para Bento para passar as festas de fim de ano está aumentando. A diretora-executiva destaca que muitas pessoas estão cansadas do tradicional e buscando experimentar algo novo. Os pacotes especiais, ceias diferentes, espetáculos e promoções ajudam a trazer o turista para cá. A expectativa para o fim do ano é boa e, segundo Márcia, a ocupação deve ganhar alguns pontos percentuais a mais em dezembro. “A programação está intensa e recheada de surpresas até o início de janeiro. Isso, somado às promoções dos hotéis, deve dar um bom resultado. Estamos confiantes”, adianta. Apesar dos bons resultados de 2015 e uma expectativa de ainda mais crescimento em dezembro, Márcia salienta que o setor está equilibrado no dia em que atingir uma média anual de ocupação que fique em torno de 70%. Ainda há muito por fazer, mas estamos crescendo. Seria maravilhoso, por exemplo, se conseguíssemos atingir, por exemplo, uma taxa de ocupação anual de 70%. Mas este é um resultado bem difícil de atingir”, avalia.

“É preciso alternativa para superar a perda da Fenin” DIVULGAÇÃO

A edição de inverno da Fenin Fashion, que ocorria em janeiro, em Bento Gonçalves, não será mais na cidade. A feira de vestuário voltará a ter suas duas edições anuais no município de Gramado, não sendo mais realizada no Parque de Eventos. Márcia Ferronato aponta a diferença que a feira fará na ocupação hoteleira do município. Segundo ela, no fim de janeiro, os índices eram muito melhores devido ao grande número de pessoas que chegava de outras cidades e permanecia em Bento Gonçalves para conferir os estandes do evento. O evento que reúne as principais tendências

Feira de vestuário que ocorria em janeiro voltou a ser em Gramado

da moda no país mudou a radiografia da ocupação na rede hoteleira durante o mês de janeiro na cidade. A diretora executiva aponta que manter a edição de verão, em julho, ainda é uma conquista, mas lamenta a perda da Fenin Inverno. “É claro que ficamos tristes porque além de a estrutura da nossa cidade ser ótima, ainda há opções de passeios para quem quer fazer turismo, há boa infraestrutura, hotéis de qualidade e profissionais preparados. É um pacote completo para quem vinha para cá não apenas fazer negócios, mas ser bem recebido e se divertir”, salienta.

Márcia afirma que agora a alternativa é focar no turismo de lazer, na época da Vindima e tentar trazer ainda mais pessoas para visitar Bento nesta época. Segundo ela, a integração de ainda mais atividades na programação da Vindima é uma alternativa para tornar a cidade mais atraente. “Além de focar na Vindima, nós ainda podemos pensar e realizar algum evento alternativo para que as pessoas venham para Bento Gonçalves. A feira ajudava a rede hoteleira, agora precisaremos suprir esta oferta para que os índices não fiquem muito baixos”, completa.


Geral 25

Sábado, 28 de novembro de 2015

Alta do dólar favorece turismo local Secretário estima 20% de CRISTIANO MIGON, ARQUIVO

Os encantos do interior do município atraem cada vez mais turistas que abriram mão de ir para o exterior ocupação, com relação aos 10 primeiros meses de 2014. Os meses de outubro e novembro não tem grandes eventos ou datas comemorativas importantes que leve a feriados e viagens curtas. Por isso, as vendas deste período costuma ser mais baixa do que as dos demais meses. “As vendas nestes meses costumam cair um pouco, mas em 2015 tivemos aumento de 19% na ocupação de outubro, em relação ao mesmo mês de 2014. Isso é bom. Para os meses de novembro e dezembro, o crescimento estimado será de 15%, em relação aos mesmos meses do ano passado”, estima. O objetivo é encerrar o ano com um crescimento de ocupação de 16%. Para buscar ainda mais a fidelização do público com Bento Gonçalves e estimular as pessoas do restante das cidades e estados a visitarem o município, o Viverone realiza ações em outros locais do Brasil, com a captação de eventos, clientes corporativos e de lazer. “Nesta época do ano nosso foco está nos clientes de lazer, com ações focadas em clientes que procuram a Serra Gaúcha para as suas

férias ou apenas para passar um final de semana na região dos vinhedos”, finaliza.

Público executivo para equilibrar ocupação Nem só de turismo de lazer vivem os hotéis de Bento Gonçalves. Com a quantidade de feiras e eventos corporativos que são realizados aqui, uma grande parcela dos visitantes da cidade são empresários e pessoas que viajaram a trabalho. O hotel Vinocap utiliza dessa estratégia para manter a ocupação equilibrada entre fins de semana e dias de semana. Com isso, o local consegue manter uma estabilidade de ocupação em 52%. A gerente do Vinocap, Soraia Lima da Veiga, afirma que os trabalhos com públicos específicos para datas específicas auxilia no equilíbrio de ocupação. A alternativa é para que os dados não sejam baixos em dezembro. “Em razão de não trabalharmos com a parte gastronômica, percebemos que a ocupação fica menor do que os demais hoteis da cidade que oferecem este tipo de serviço. Por isso buscamos outras alternativas”, completa.

O secretário de Turisno, Gilberto Durante, se mostra confiante com o fim de ano em Bento Gonçalves. Segundo ele, o lançamento do Natal Bento unido às atrações que são realizadas pelos hotéis e restaurantes, atrairão um grande número de pessoas para o município e estima um crescimento de 20% a 22% de turistas. O Natal Bento, que vai de 4 de dezembro até 6 de janeiro conta com programação na cidade e no interior, com atividades para todas as idades unindo as tradições do município, gastronomia e a magia e os encantos do Natal. “Serão dias marcados por atividades encantadoras, que poderão ser prestigiadas pela comunidade e pelos turistas”, disse. Entre as atrações estão o Natal sobre Trilhos, On the Floor - Espetáculo de Patinação, apresentação da Orquestra de Brinquedos, Chegada do Papai Noel, Concerto Natalino e Desfile Cênico. Durante destaca que as boas estimativas não estão apenas no número de visitantes da cidade, mas também na movimentação do comércio e serviços, gerando receita para o municí-

pio. “O público que escolhe Bento Gonçalves como destino é um público de poder aquisitivo mais alto e com a disponibilidade de investir em presentes, passeios, restaurantes e lembrancinhas. Não é apenas o gasto com os hotéis, mas até com farmácia e supermercado”, salienta. A abertura oficial do Natal Bento está marcada para dia 4 de dezembro, às 18h30min, na Via del Vino, em frente à Prefeitura. O evento vai ter a apresentação da Orquestra de Brinquedos e a chegada do Papai Noel radical.

Concurso de decoração Tradicionalmente, a programação do Natal Bento conta com um concurso de decoração. O concurso tem o objetivo de resgatar o espírito natalino, estimular a criatividade e engajamento, além de impulsionar o comércio e o turismo. As inscrições vão até 30 de novembro e devem ser feitas junto a CDL. Na primeira semana de dezembro, os participantes devem enviar os registros fotográficos, comprovando a decoração. EMANUELE NICOLA, DIVULGAÇÃO

Um dos principais hotéis de Bento Gonçalves registra ocupação máxima aos fins de semana de 2015. O gestor comercial do Laghetto Viverone, Carlos Augusto Blödorn, destaca que este ano tem sido o melhor para o local desde a sua inauguração. “Nos últimos meses, o hotel tem atingido ocupação máxima nos fins de semana. Principalmente nas noites de sábado, tivemos poucos finais de semana com apartamentos disponíveis. Já a ocupação nos dias de semana iniciou o ano com queda, mas tem crescido gradativamente ao longo dos meses”, explica. Os bons resultados ocorrem devido a instabilidade da moeda americana que não garante bons negócios aos turistas. Por isso, as viagens nacionais tiveram destaque em 2015. “Apesar de a crise econômica ter afetado as reservas corporativas, a alta do dólar fez com que os brasileiros voltassem a viajar no Brasil, fazendo com que 2015 seja um ótimo ano para o Viverone”, salienta Blödorn. Segundo ele, de janeiro a outubro, o hotel registrou um crescimento de 9% na

crescimento em dezembro

Natal Bento é a aposta da Prefeitura para atrair mais turistas


26 Geral

Sábado, 28 de novembro de 2015

Tecnovitis

Bento terá primeira edição da feira A antiga Vitis Aurora volta com um novo formato e será realizada entre os dias 2 e 4 de dezembro no 8 da Graciema CAIANI MARTINS

Caiani Martins especiais@jornalsemanario.com.br

C

omo referência na vitivinicultura brasileira, Bento Gonçalves desenvolveu um dos maiores polos econômicos do Sul do Brasil. Pensando nisso, é a cidade ideal para realizar a Tecnovitis. A feira, que tem como foco a produção da uva, trará os visitantes para de baixo dos parreirais, expondo os avanços que o setor vitícola da região alcançou nos últimos anos. O evento terá sua primeira edição entre os dias 2 e 4 de dezembro de 2015, no 8 da Graciema. A Tecnovitis é uma evolução da antiga Vitis Aurora, antes realizada no centro tecnológico da Vinícola Aurora em Pinto Bandeira. Ela trará em sua nova versão assuntos como difusão tecnológica, divulgação de produtos, demonstração de novos fungicidas, inseticidas e diferentes tratos culturais. De acordo com o engenheiro agrônomo e presidente da Tecnovitis, Valdomir Bellé, a feira era uma necessidade para os produtores. E não foi só o seu nome que mudou. Todo o evento terá seu espaço físico ampliado e com melhores alternativas de deslocamento, assim como, as atrações durante os três dias. “Havia uma cobrança por parte dos agricultores pedindo a volta do

O presidente da feira e engenheiro agrônomo Valdomir Bellé Vitis Aurora, pois com a feira eles conseguiam se informar sobre as novidades do mercado para o setor”, explica. As mudanças que ocorreram na feira foram de estruturação, antes era uma feira mais básica, sem tantas opções para os produtores, agora os moldes são outros. “Na feira teremos setores técnicos, como Embrapa, Emater Instituto Federal, Fepagro, trazendo tecnologias como controle de doenças, mudas, sistemas de condução, com palestras e demonstrações”, comenta o presidente.

Além das palestras, visitas técnicas à Embrapa e visitas monitoradas nos vinhedos, o público da Tecnovitis ficará por dentro dos novos modelos de produção, incluindo a modernização da mecanização e todas as inovações tecnológicas pertinentes a esse setor. “Durante os três dias do evento pretendemos mostrar técnicas, equipamentos e produtos ligados à viticultura, pois diversas empresas estarão demonstrando máquinas produtos e tecnologias que englobam todo o processo de produção vitícola”, declara.

Como uma demonstração da importante ligação dos vinhedos com o município, o 8 da Graciema que, por si só é uma identidade da viticultura, foi o local escolhido para sediar o evento. “Procuramos e estudamos muitas possibilidades de locais para a Feira, na Capital do Vinho há inúmeros lugares lindos e atrativos para a realização de um evento desse porte, porém, priorizamos um lugar que tivesse vinhedos, acesso fácil asfaltado, centro de convenções, estacionamento e uma área de alimentação, logo, ali foi o melhor local que encontramos”, afirma Bellé.

Pensada para o produtor Pensando na importância do produtor de uva para a Capital do Vinho, a Tecnovitis foi planejada para ser realizada a cada dois anos. Sendo assim, é importante que o vitivinicultor da cidade compareça nos dias do evento, e aproveite os conhecimentos técnicos oferecidos para o cultivo da videira. “Como a feira será feita a cada dois anos, o produtor poderá se preparar para a próxima produção e colheita da uva no outro ano, com as novidades tecnológicas apresentadas no evento”, salienta Bellé. A data do evento foi planejada para o momento poste-

rior ao controle fúngico e de doenças dos parreirais, período propício para a visitação dos parreirais. “Todo esse manejo, assim como a aplicação do sulfato de cobre já terá sido feita, então em dezembro não há a necessidade de tantos cuidados com a uva, além de ser uma data antes da colheita. Estrategicamente ele vê o resultado dos produtos e tecnologias aplicadas, podendo visitar a feira com calma”, esclarece o presidente. Os viticultores terão as demonstrações dos produtos usados durante a safra in loco. “É uma feira que acontece embaixo do parreiral, todos poderão ver os parrerais e aprender de uma forma bem didática o uso dos produtos. Além da parte de máquinas e equipamentos com demonstração da primeira máquina de colheita de uva mecanizada, na parte do ‘sistema latada’, que é o sistema que 90% dos nossos vinhedos”, acrescenta. O presidente conta, ainda, que haverá mais de 40 expositores, dos diferentes segmentos da viticultura. “Todo o público interessado em viticultura, como produtores, técnicos, empresas ou quem queira trabalhar com viticultura está convidado a conhecer a Tecnovitis e ajudar a engrandecer o evento que foi criado para melhorar o nosso setor”, conclui.


Geral

Sábado, 28 de novembro de 2015

27

Tecnovitis

Colheitadeira será principal atração Durante a feira será exposta a primeira máquina desenvolvida no Brasil para colheita de uvas no Sistema Latada Caiani Martins especiais@jornalsemanario.com.br

V

iticultores de Bento Gonçalves não encontram na região pessoas suficientes para ajudar nos parreirais, deixando o setor vitivinícola em crise, pois além de a mão de obra ser escassa, é cara e não qualificada. O engenheiro agrônomo, Valdecir Bellé, é pouco otimista ao afirmar que entre cinco a 10 anos, se o setor não se mecanizar, a colheita estará comprometida. “A máquina de colher uva, estrategicamente falando, é a viabilidade do setor vitícola,

ou trazemos essa colheitadeira para nossos parreirais ou, com certeza, nos próximos anos o setor decairá”, explica. Pensando em suprir essa demanda de safristas, os irmãos agricultores de Nova Roma do Sul, Miguel e Tiago Batistin, criaram um protótipo da primeira colheitadeira desenvolvida no Brasil para a colheita de uvas no Sistema Latada. Foram três tentativas ao longo de três anos até chegar à versão final da máquina. “Nós tivemos a ideia de criar a máquina, porém não sabíamos muito bem o formato que ela deveria ter,

então conversando com amigos e pesquisando na internet descobrimos que no exterior, há máquinas que colhem com o sistema de vibração, foi aí que começamos a construção da nossa”, lembra Miguel. Na primeira versão a máquina não tinha motor próprio e, o trator que carregava a colheitadeira não tinha força suficiente para puxá-la. A segunda versão vibrava muito, quebrando os galhos das videiras, foi na terceira e última máquina que os criadores tiveram sucesso. “Com a terceira tentativa conseguimos fazer com que

DIVULGAÇÃO

Maquinário colhe em minutos o que levaria horas de trabalho

ela não vibrasse e as folhas ficassem separadas das frutas”, conta Miguel. A colheitadeira será uma das principais atrações da Tecnovitis. “Antes mesmo de nós terminarmos a construção da máquina já tinha gente querendo comprar, então acho que será o carro chefe do evento. É novidade aqui na região. Ela colhe em seis minutos o que uma pessoa colhe em seis horas de trabalho, ou seja, o custo benefício dela é alto e o valor investido na compra, logo será compensado”, finaliza Miguel Batistin.

Programação de 2 a 4 de dezembro 9h- Visita técnica à Embrapa Uva e Vinho, palestra com profissionais. 13h30min - Visita monitorada aos parreirais, manejo dos vinhedos e controle de pragas; demonstração, avaliação e resultados dos experimentos, apresentação de máquinas e novas tecnologias; 18h30min- Encerramento das atividades.


28

Regional

Sábado, 28 de novembro de 2015

DIVULGAÇÃO

Monte Belo do Sul

Escola projeta ampliação no número de alunos em 2016 Instituição de ensino deverá receber aproximadamente 175 estudantes ESTEFANIA V. LINHARES, ARQUIVO

Estefania V. Linhares regional@jornalsemanario.com.br

A

Escola Municipal de Ensino Fundamental Caminhos do Aprender de Monte Belo do Sul recebe as matrículas para o berçário e maternal até a próxima sexta-feira, 4 de dezembro. Para efetuar a inscrição, os pais ou responsáveis devem apresentar os seguintes documentos: cópia de certidão de nascimento, comprovante de residência; comprovante de aluguel ou financiamento; comprovante de renda e uma declaração de que estão trabalhando o dia inteiro. Segundo a diretora, Gelândia Cecconi Piovesana, neste ano letivo o colégio atendeu aproximadamente 162 alunos. “A previsão é que sejam atendidos cerca de 175 estudantes em 2016”, comenta. O processo para as turmas do ensino fundamental já foi concluído.

Comitiva entrega moção de apoio em Brasília Uma comitiva composta pelo presidente da Mesa Diretora da Câmara de Vereadores de Monte Belo do Sul, vice-presidente Onecimo Pauleti e o vice-presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Bento Gonçalves, com extensão de base em Monte Belo do Sul e Santa Tereza, Olices Bruschi, cumpriram agenda na quarta e quinta-feira, 25 e 26, em Brasília. O objetivo da viagem foi entregar em mãos a moção de apoio ao setor vitivinícola e o Documento extraído do Fórum de Debate realizado

Crianças atendidas pelo colégio participam de diversas atividades A instituição de ensino conta com o projeto “Mais Educação”, destinado para crianças e adolescentes do terceiro, quarto e quinto ano. “São desenvolvidas atividades com a banda nas quintas-feiras e o reforço escolas. Assim, eles passam o dia na escola”, comenta. Além disso, são ofertadas as atividades extras com o xadrez e a flauta. A educadora comenta ain-

Tiago Lazzarotto, Olices Bruschi, Alceu Moreira e Onecimo Pauleti

da que os estudantes participaram do projeto “Educar é socializar”, que teve seu auge na quinta-feira, 19, com a 1ª Mostra de Trabalhos sobre a cultura Afro – “Monte Belo na Diversidade”. “Os professores e os alunos estiveram empenhados com a proposta e aprenderam sobre as diferenças”, analisa. O estudo englobou a pesquisa sobre as músicas, a cultura e a culinária.

Garibaldi

CIC lança campanha de otimismo para 2016 CASSIUS ANDRÉ FANTI, DIVULGAÇÃO

A Câmara de Indústria e Comércio (CIC) de Garibaldi lançou a campanha “Acredite, 2016 será bem melhor”. A intenção é mobilizar o setor produtivo e manter a união para enfrentar os desafios que serão apresentados para o próximo ano. De acordo com a presidente da entidade, Alexandra Nicolini Brufatto, a CIC tem realizado inúmeras ações buscando oferecer subsídios e ferramentas para que os empreendedores enfrentem com maior otimismo a instabilidade econômica do país. Um outdoor com o tema da campanha foi instalado no acesso principal a Garibaldi. Segundo Alexandra, a Câmara possibilitou troca de experiências e informações entre associados, desenvolveu ações para proporcionar opções para realização de negócios e aperfeiçoamento profissional, além de utilizar seus meios para divul-

Outdoor com o tema da campanha foi instalado no acesso principal gação das empresas associadas e aumentar a lista de serviços e benefícios oferecidos para os empreendimentos filiados, seus colaboradores e familiares. “As crises vêm e vão. Estamos certos de que logo a normalidade será retomada e os negócios

serão intensificados. Nosso papel é criar condições para que nossos associados estejam preparados para a retomada e possam aproveitar este tempo para fazer uma análise de sua gestão, tanto financeira, como pessoal e produtiva”, destaca.

Avaliação Recentes avaliações de agências e economistas melhoraram as previsões para o ano que vem. O executivo-chefe da Templeton Emerging Markets, Mark Mobius, afirmou em evento realizado no dia 9 de novembro, que o Brasil deve crescer muito pouco este ano, algo em torno de 0,3%, mas se mostrou bastante otimista em relação aos prospectos para o País no médio prazo. “Não me surpreenderia se visse o Brasil crescendo 3%, 4% em 2016”, comentou durante evento com jornalistas na sede da gestora em São Paulo. Segundo ele, se as políticas adequadas forem implementadas, a confiança dos investidores vai melhorar e o crescimento da economia brasileira ainda receberia um impulso no próximo ano da recuperação nos preços das commodities.

no dia 13 de novembro, pelo Poder Legislativo. Entre as visitas realizadas está ao deputado federal Alceu Moreira, membro da Comissão de Agricultura da Câmara Federal; aos três senadores do Rio Grande do Sul: Ana Amélia Lemos (PP), Lasier Costa Martins (PDT), e Paulo Paim (PT); ao Ministério da Agricultura; ao deputado Mauro Pereira, da Frente Parlamentar de Defesa e Valorização da Produção Nacional de Uvas, Vinhos, Espumantes; e ao deputado Pompeo de Mattos

Carlos Barbosa

Município recebe carimbos para artesãos A Agência FGTAS/Sine de Carlos Barbosa recebeu na segunda quinzena do mês de novembro os carimbos para isenção do recolhimento de ICMS na comercialização das peças produzidas pelos artesãos. O carimbo é essencial, uma vez que a Secretaria do Estado da Fazenda não permite o trânsito nem a comercialização de peças artesanais sem a nota fiscal. Para ser contemplado com este benefício, o artesão deve preencher a nota fiscal e apresentá-la na Agência FGTAS/Sine, com a carteira de artesão. O carimbo, além de garantir a isenção do recolhimento de ICMS, permite vender, expor e transportar legalmente os produtos em eventos ou feiras de exposição.


Regional 29

Sábado, 28 de novembro de 2015

Santa Tereza

Moradores clamam por mais segurança Um encontro que irá reunir a população e os poderes Legislativo e Executivo foi agendado para a próxima semana LETÍCIA BASTOS, DIVULGAÇÃO

Estefania V. Linhares regional@jornalsemanario.com.br

O

s moradores de Santa Tereza se mobilizaram para solicitar por mais segurança no município. Em virtude do pedido, foi convocada uma reunião para a próxima segunda-feira, 30, às 19h30min, no auditório da prefeitura, que terá a presença do 3º Batalhão de Policiamento de Áreas Turísticas (3º Bpat), do Poder Público e da população. O primeiro pedido de ajuda ocorreu na Sessão Ordinária da Câmara de Vereadores realizada na noite de quarta-feira, 25. Segundo um dos articuladores do grupo, o morador Altemir Trevisan, a população quer uma resposta imediata, pois se sentem ameaçados dentro de suas próprias casas em virtude de roubos que tem ocorrido com frequência na cidade. Para a presidente da Mesa Diretora da Câmara de Vereadores de Santa Tereza, Eliana Furlanetto, o debate teve

Grupo esteve presente na Sessão Ordinária da Câmara de Vereadores

Pinto Bandeira

Faria Lemos

A Serra Gaúcha dá mais dois passos importantes em favor do desenvolvimento econômico. É a implementação da Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas pelos municípios de Pinto Bandeira e Nova Bassano. A conquista é fruto de uma iniciativa conjunta das prefeituras de cada cidade e do Sebrae/RS. O técnico de políticas públicas da Regional Serra Gaúcha do Sebrae/RS, Alexandre Schmitt, destaca que as duas cidades realizam licitações exclusivas para micro e pequenas empresas. “Em Pinto Bandeira, quase 70% do que é licitado é comprado de MPEs. Além disso, o alvará é emitido em apenas um dia”, detalha. Já em Nova Bassano o percentual de compras de empreendimentos de micro e pequeno porte chega a 52%.

O restauro do prédio histórico do antigo cartório do Distrito de Faria Lemos foi entregue para a comunidade em uma solenidade realizada no final da tarde desta quinta-feira, 26. No ato, o prefeito Guilherme Pasin anunciou que o imóvel será a sede da Subprefeitura, além sediar o Centro de Informações ao Turista (CAT) e ser utilizado para atividades culturais e reuniões. O chefe do Executivo durante o seu pronunciamento destacou que a localidade é a maior do município, a que possui menos vias pavimentadas, reforçou a beleza das paisagens e a importância da nova sede. “Queremos que este local, que é conhecido como prédio do cartório, passe a ser chamado como Subprefeitura, e que pertença à comunidade”, afirma. Os trabalhos desenvolvidos pelos representantes do Executivo foram lembrados pelo

De acordo com relatos do grupo presente no plenário, há 40 dias começaram as ocorrências em diversas comunidades. O morador Lauro Bolesina afirmou que teme não pelos bens materiais, mas pela própria vida. Entre as reivindicações do grupo esteve o pedido de mais policiamento. Um dos cidadãos presentes no encontro relatou

esteve reunido com o delegado Clóvis Rodrigues de Souza para procurar as causas deste aumento. No primeiro semestre, a média de furtos em residência destes municípios foi de dois crimes por mês. Porém recentemente, o número de casos teria dobrado. Além de Santa Tereza, o problema também foi diagnosticado nos municípios de Boa Vista do Sul e Monte Belo do Sul. “Tivemos reuniões com os respectivos prefeitos e estabelecemos algumas metas de ação para tentar dar uma resposta a esta modalidade de crime”, explica o capitão. Os bandidos procuram residências com pouca movimentação ou que os moradores saíram para viajar. Em alguns casos, os criminosos encontraram as moradias abertas. “Sabemos que nestas cidades menores, qualquer crime eleva a sensação de insegurança, por isso nossos esforços em reunir com as forças vivas da comunidade e programar atividades conjuntas”, afirma o oficial da BM.

Ações Para debater o assunto, capitão Diego Caetano, comandante da 1ª Companhia do 3ª Batalhão de Policiamento de Áreas Turísticas (3º BPAT),

Prédio histórico será sede da Subprefeitura ESTEFANIA V. LINHARES

Município implementa Lei Geral

encaminhamentos que irão contribuir com a segurança do município. “Hoje contamos com um efetivo de três soldados que atuam seis horas e uma viatura, e que tem horários prioritários”, comenta. A parlamentar explica que o próximo encontro servirá para buscar alternativas para que se ofereça mais segurança para a população.

que nunca viu ser realizada uma blitz na cidade. O prefeito de Santa Tereza, Diogo Segabinazzi Siqueira, relata que desde 2014, o Município tem investido em videomonitoramento. Porém, admite que a cidade enfrenta uma onda de roubos, e que é preciso buscar alternativas para solucionar principalmente as ocorrências no interior, onde tem acontecido em maior número e frequência. “Conversamos com o delegado da Polícia Civil que atende a cidade que nos informou que estão investigando os casos”, pondera. O chefe do Executivo também reforça que a defasagem de efetivo é um dos entraves, porém é responsabilidade do Município cobrar uma posição do Estado.

Solenidade marcou a entrega da conclusão do restauro do imóvel subprefeito Rudinei Hessler. “Gostaria de fazer um pouco mais nas comunidades. Mas o que conseguimos estamos distribuindo de forma igual para todos”, destacou. Ele lembrou ainda que o imóvel no decorrer de sua história

foi utilizado por uma queijaria, e ainda foi residência de famílias, e que muitas crianças nasceram e hoje seguem morando na comunidade. O secretário de Turismo Gilberto Durante, em sua fala descreveu as ações que estão

em andamento no município. “O restauro do prédio faz parte de um grupo de ações que estão previstas como o pórtico do Caminhos de Pedra e o reforma do antigo imóvel da Subprefeitura de Tuiuty”, comenta. A solenidade contou com a presença de autoridades, convidados, representantes da comunidade e moradores. A restauração do prédio histórico foi orçada em R$ 57.227,73, destes R$ 32.500 oriundos de emenda parlamentar, e o restante do Fundo Municipal de Desenvolvimento Integrado (Fundo ATAR). A obra englobou a substituição de telhas, sendo que as unidades que estavam em boas condições foram aproveitadas, a recuperação dos beirais no telhado, reparos no sótão, no primeiro pavimento e no porão, onde o piso em pedra de arenito foi restaurado, além de instalação de novos banheiros.


30

Esporte

Sábado, 28 de novembro de 2015

Superliga ESTEFANIA V. LINHARES

Esportivo

Folha enxuta para formar elenco da Divisão de Acesso Seis jogadores foram confirmados para temporada que inicia em janeiro FOTOS DIVULGAÇÃO

Estefania V. Linhares esporte@jornalsemanario.com.br

O

Esportivo começa a formar o elenco que irá disputar a Divisão de Acesso do Campeonato Gaúcho de 2016. Na quinta-feira, 26, foram anunciadas as contratações de seis atletas: os meias Roger Bastos, Roiter Rangel e Willian Ribeiro; o volante Douglas T-Rex; o lateral direito Douglas Tuchê; e o zagueiro Vinícius Kaiser. Os jogadores já estão com contratos assinados com o clube. Os quatro primeiros nomes contratados são homens de confiança do técnico Badico, os quatro jogadores se enquadram no perfil de investimentos moderados e alto engajamento definido pela direção do clube. O vice-presidente de Futebol Marcelo Vignati, o Palito, explica que o treinador disputou jogos pela Divisão de Acesso, e indicou alguns nomes como o Roger Bastos, que atuou pelo São Luiz de Ijuí contra o Farroupilha de Pelotas, ex-clube do comandante Alviazul. “É um atleta de qualidade que chamou a atenção”, esclarece o dirigente. A direção está tendo cautela na negociação salarial dos jogadores que irão atuar pelo Alviazul. Vignati explica que o orçamento para 2016 é 50% menor que o que foi projetado para 2015. “Os atletas que vierem para o Esportivo irão residir no alojamento do Montanha e aderir a filosofia do clube”, comenta. Segundo ele, ainda está em processo de negociação mais cinco profissionais, fechando em 11 nomes. O grupo será composto de 18 atletas profissionais, os demais serão oriundos do futebol amador, das categorias de base e de parcerias, fechando assim os 23 projetados. A pré-temporada inicia em janeiro.

Clube sofreu a primeira derrota em casa, na quinta, para o Canoas

Bento Vôlei enfrenta o Maringá hoje em casa Willian Ribeiro: 27 anos, 1,72, 67 quilos, chega para atuar como ala ou meia esquerda. Com velocidade e bom chute a gol, o atleta possui passagens pelo Internacional, Ypiranga, Brasil de Pelotas, Tubarão, Joinvile, Avenida, Guarani de Venâncio Aires e Veranópolis.

Roiter Rangel: meia com forte chegada na frente marca muitos gols. Nasceu em 4 de abril de 1993, possui 1,75 m e 73 quilos. O atleta tem passagens pelos clubes Caxias, Juventude e Brasil de Farroupilha.

Vinícius Kaiser: zagueiro de 29 anos irá reforçar a defesa do alvi-azul. Tem 1,90 m e 86 quilos. Entre os clubes que atuou está o Santo Ângelo, Cruzeiro (Porto Alegre), Gaúcho, Santa Cruz, Riograndense, Varzim de Portugal, Ypiranga e Cerâmica.

Douglas T-Rex: nasceu em 26 de novembro de 1987. Possui 1,77 e 72 quilos. Volante com capacidade de chegar à frente já passou por Sapucaiense, Três Passos, União Frederiquense, Ser Panambi, Ser Santo Ângelo e Inter SM.

Classificação

Base O diretor de futebol confirmou a contratação do meia do Esportivo Fabrício, 17 anos, pelo Grêmio. O jogador há 20 dias esteve no Tricolor fazendo testes e ocorreu a efetivação. Nesta semana, o meia Jacson, 15 anos, também irá para o clube da Capital fazer testes.

O Bento Vôlei encara na noite de hoje, o Maringá. A partida inicia às 20h, no Ginásio Municipal de Esportes. O clube da Capital do Vinho busca um resultado positivo, tendo em vista que, no confronto com o Canoas, sofreu a sua primeira derrota em casa diante da torcida. A equipe comandada pelo técnico Paulão até chegou a sair na frente no placar, porém cometeu vários erros da ataque e saque e acabou deixando a vitória escapar. As parciais foram 23 a 25, 22 a 25, 20 a 25. Com o resultado, o time bento-gonçalvense caiu do 8º lugar para o 10º, com cinco pontos. O adversário paranaense ocupa a 11º posição, com dois pontos, e na competição até o momento conquistou apenas uma vitória e registrou quatro derrotas. O Bento Vôlei quer contar com o apoio da torcida para a partida contra o Maringá. Com isso, o público que foi no jogo diante do Canoas ganharam ingresso para a partida deste sábado, 28. Para aqueles que

Douglas Tuchê: lateral direito nascido em 16 de agosto de 1990, formado nas categorias de base do Internacional, chega ao Esportivo após passar por Porto Alegre, Santa Cruz, Bangu, Inter SM e São Paulo de Rio Grande. Possui 1,72 m e 73 quilos.

Roger Bastos: lateral esquerdo e meia, nasceu em 6 de novembro de 1990. Com 1,76 m de altura e 72 quilos, possui passagens por J. Malucelli, Tubarão, Pelotas, Imbituba, Brusque, Corinthians AL, Farroupilha, Inter SM, Aimoré e São Luiz. Jogador habilidoso e veloz.

Equipes 1º Taubaté 2º Sada Cruzeiro 3º Sesi-SP 4º Voleisul 5º São José 6º Vôlei Brasil 7º Montes Claros 8º Minas T. Clube 9º Canoas 10º Bento Vôlei 11º Maringá Vôlei 12º Juiz de Fora

não possuem o cupom de entrada o valor é R$20. Crianças menores de 12 anos, alunos do projeto social uniformizados, pais de alunos do projeto social e portadores de necessidades especiais não pagam.

Responsabilidade social O Bento Vôlei recebeu o certificado de responsabilidade social, pelo segundo ano consecutivo. A entrega ocorreu na quarta-feira, 25, na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul (Alergs). A distinção é promovida pela Alergs sob a coordenação de uma comissão mista fornecida por entidades e instituições da sociedade civil gaúcha. O tema norteador deste ano é Inovação em Práticas de Responsabilidade Social. O clube é a única entidade do município a receber a certificação nesta edição, e foi representado por seu presidente, Marcos Paulo Machado, na cerimônia em Porto Alegre.

Jogos da 6ª rodada P 12 12 10 9 9 8 7 7 7 5 2 2

Hoje 18h - Montes Claros Vôlei x Juiz De Fora Vôlei 19h - São José dos Campos x Vôlei Brasil Kirin 20h – Bento Vôlei x Maringá Vôlei 21h30min – Taubaté e Sesi/SP Amanhã 10h30min – Sada Cruzeiro x Minas Tênis Clube Terça-feira (1º de dezembro) 20h – Voleisul x Canoas


Esporte

Sábado, 28 de novembro de 2015

Citadino

Paulina e Damas de Ferro decidem a competição 11 e teve saldo de 25. O outro time finalista é a Paulina-BGF, que deixou para trás o Garra Futsal ao vencer por 3 a 2, na semifinal. Na primeira fase, a equipe ficou invicta com sete vitórias, marcou 47 gols, sofreu um e possui saldo de 46. Antes de saber quem levanta a taça haverá a disputa pelo terceiro lugar entre Ascóra e Garra Futsal. A partida ocorre às 15h, no mesmo local da final do campeonato.

Monte Belo do Sul

Santa Bárbara e 24 de Maio decidem o título hoje O campeão do 20º Campeonato Municipal de Futebol de Campo de Monte Belo do Sul será conhecido na tarde de hoje, no Campo Municipal. As equipes do Santa Bárbara e 24 de Maio fazem a final às 16h45min.

No primeiro confronto, os times ficaram no empate em 1 a 1. Pelo terceiro lugar da competição, Cruzeiro e São José, se enfrentam às 14h45min. O campeonato deste ano contou com a participação de nove equipes.

Rúgbi

Gaúcho Sevens promove a primeira etapa sábado

Grupo A Farrapos; Walkirians; Guaíba. Jogos – Primeira etapa 10h – Farrapos x Guaíba; 10h20min – Serra x Centauros; Intervalo; 11h – Walkirians x Farrapos; 11h20min Predadores x Serra; Intervalo; 12h Guaíba x Walkirians;

Walkirians, Centauros, Serra, Guaíba e Predadores. O Farrapos participa como convidado nesta primeira etapa. Os jogos estão previstos para iniciar às 10 horas. Após a disputa da etapa ainda haverá um amistoso entre os Veteranos do Walkirians e Guasca, marcando o aniversário de cinco anos do clube da casa.

Finalistas da categoria Livre serão definidos amanhã Barracão, Paulina, Flamengo e Ouro Verde brigam por vaga na decisão Estefania V. Linhares regional@jornalsemanario.com.br

O

s finalistas do Campeonato Distrital de Futebol na categoria Livre serão conhecidos amanhã. Os jogos serão disputados às 16h30min. Pelo Livre, no Barracão, a equipe da casa recebe o Ypiranga da Paulina pelo jogo de volta da semifinal. No primeiro confrontos as equipes ficaram no empate em 1 a 1. O time que vencer fica com a vaga na final. Caso ocorra um empate, a decisão vai para os pênaltis. O Flamengo enfrenta o Ouro Verde em São Valentim. O rubro goleou em 6 a 0, na primeira partida, e precisa apenas de um empate para se garantir na briga pelo título. Já o Ouro Verde necessita de uma vitória para levar a decisão para os pênaltis. O campeão será definido em dois jogos nos dias 6 e 13 de dezembro. Antes da categoria principal, o Sub-18, a torcida também irá

Flamengo e Estrela da Serra fazem a semifinal domingo pelo Sub-18 conhecer os dois clubes que irão brigar pela taça de campeão 2015 pelo Distrital. As partidas iniciam às 14h30min. No Barracão, o Ypiranga da Paulina terá a missão de superar o Internacional da Leopoldina, já que no jogo de ida, foi derrotado pelo placar de 2 a 0. Nos gramados de São Valentim, o Estrela da Serra e o Flamengo fazem a outra semifinal. No confronto de ida, o

time visitante venceu o rubro por 3 a 2. Os jogos de ida da semifinal da categoria Veteranos do Distrital serão disputados na tarde de hoje, na Paulina. O Internacional da Eulália encara o Cruzeiro da Leopoldina, às 14h30min. Após, às 16h30min, o Estrela da Serra enfrenta os donos da casa, o Ypiranga. Os confrontos de volta da semifinal ocorrem no dia 5 de dezembro.

Master

Esportivo faz entrega de faixas DIVULGAÇÃO

O Circuito Gaúcho de Rugby Sevens Masculino 2015 inicia hoje com sua primeira etapa. Serão apenas duas etapas nesta edição, sendo a primeira em Caxias do Sul e a segunda em Estrela, organizadas por Walkirians e Centauros respectivamente. Neste ano, o campeonato conta com cinco equipes fixas:

Distrital

ESTEFANIA V. LINHARES, ARQUIVO

O Citadino Feminino irá conhecer o campeão de 2015 amanhã. As equipes do Damas de Ferro e Paulina-BGF disputam a final às 16h, no Ginásio em Faria Lemos. O Damas de Ferro chega a decisão após eliminar o Ascóra na semifinal pelo placar de 9 a 3. Na competição, o time encerrou a primeira fase em terceiro lugar com 15 pontos conquistados em cinco empates. Ainda, teve duas derrotas, marcou 36 gols, sofreu

31

Grupo B Serra; Predadores; Centauros. 12h20min Centauros x Predadores;

Intervalo 13h Semifinal 1 13h20min Semifinal 2 Intervalo 14h Taça Bronze 14h20min Taça Prata 14h40min Taça Ouro

Atletas do Esportivo Master realizaram jogo festivo para receber as faixas de pentacampeão gaúcho Os atletas do Esportivo Master realizaram um jogo festivo no domingo, 22, no Parque Esportivo Montanha dos Vinhedos, para comemorar a conquista do pentacampeonato gaúcho no ano passado. O amistoso foi contra os veteranos do Vera-

nópolis e, na oportunidade, os atletas receberam as faixas pelo quinto título estadual. A partida terminou 2 a 1 para o Alviazul e contou com a presença de vários atletas que fizeram história no clube. Com cinco títulos, conquista-

dos nos anos de 2007, 2008, 2009, 2011 e 2014, o Esportivo é maior campeão da categoria master no estado. Após um ano sábatico, a diretoria alviazul estuda o retorno à disputa das competições oficiais a partir do ano que vem.


32 Esporte

Sábado, 28 de novembro de 2015

Motovelocidade

Santin pode ser tetracampeão amanhã Bento-gonçalvense é lider do campeonato e pode chegar até em nono lugar que garantirá o título na categoria 600cc EVO

O

piloto bento-gonçalvense Marciano Santin está a 16 voltas de se tornar o primeiro campeão brasileiro da categoria 600cc EVO, criada este ano pelos organizadores daoMoto 100 GP, o Campeonato Brasileiro de Motovelocidade. Ele disputa o título contra o paulista Flávio Pavanelli, seu principal adversário durante todo o campeonato. O tira-teima acontece amanhã, a partir das 11h50min, no Autódromo Internacional de Curitiba. Santin vive a expectativa de conquistar o seu quarto título nacional (foi três vezes campeão das 250cc na fase do Brasileiro de Motovelocidade que precedeu a implantação

do Moto 1000 GP). Ele soma três vitórias e três segundos lugares na temporada. Só não marcou pontos na sexta etapa, em Goiânia, por conta do acidente que sofreu nos treinos livres, que lhe causou fraturas em três costelas. “Voltei à pista na corrida passada, em Santa Cruz do Sul, estava bem aquém da condição física ideal. Pensei que não iria conseguir, mas deu tudo certo e ainda terminei a prova em segundo lugar”, lembra. Líder com 135 pontos, Santin está 19 à frente de Pavanelli. Um nono lugar no GP de Curitiba será suficiente para garantir seu quarto título nacional. “Apesar de fisicamente eu já estar muito melhor, nem me passa pela cabeça brigar pela vitória em Curitiba. Estou focado no campeo-

nato, em conquistar o título”, frisa o bento-gonçalvense. O adversário de Santin sabe da parada dura que terá pela frente. “É meu segundo ano andando em pistas, e chegar ao fim do campeonato disputando o título é algo que me deixa feliz”, manifesta. A rápida adaptação ao nível técnico da Moto 1000 GP levou o piloto à vitória nas três últimas etapas, disputadas em Curitiba, Goiânia e Santa Cruz do Sul. Marciano Santin enaltece a criação da classe GP 600 Evo. “É uma categoria excelente para o aprendizado. Não é fácil andar lá na frente, com os garotos da GP 600. Infelizmente, você só ter patrocínio não basta, é necessário bastante treino, além de muito preparo físico”, diz Santin, de 38 anos.

RODRIGO RUIZ, DIVULGAÇÃO

Marcelo Dargelio marcelo@jornalsemanario.com.br

Santin (moto 7) disputa com Pavanelli o título no circuito de Curitiba

Rústica

ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA EDITAL DE CONVOCAÇÃO O Presidente deste Sindicato, no uso de suas atribuições e de acordo com o Estatuto da Entidade, CONVOCA todas as empresas associadas, para a Assembleia Geral Ordinária, que realizará na sede deste Sindicato, situada à Rua Domingos Rubechini, 258, Bairro Fenavinho, em Bento Gonçalves, no próximo dia 14 de dezembro de 2015, segunda-feira, às 17h30 em primeira convocação com a maioria absoluta das empresas associadas presentes, ou em segunda convocação às 18h, com qualquer número de empresas presentes, para tratarem da seguinte ORDEM DO DIA 1. Prestação de contas relativas ao exercício de 2014 e respectivo parecer doConselho Fiscal. 2. Proposta de retificação da previsão orçamentária elaborada para o exercício de 2015, com a devida leitura e parecer do Conselho Fiscal. 3. Exame e votação da previsão orçamentária para o exercício de 2016, com a devida leitura e parecer do Conselho Fiscal. 4. Delegação de poderes ao Presidente para negociar cláusula (s) e firmar acordos em convenções ou dissídios coletivos durante o ano de 2016. 5. Tomar conhecimento da Tabela de Contribuição Sindical (antigo Imposto Sindical) para o exercício de 2016. 6. Outros assuntos de interesse da Entidade. Bento Gonçalves, 27 de novembro de 2015. Juarez José Piva Presidente

Família Spadari brilha nas pistas O mês de novembro foi motivo de comemoração para os integrantes da família Spadari. O pai Heitor e as filhas Suelen e Hélen subiram ao pódio mais uma vez em três provas realizadas recentemente. Além disso, Suelen foi premiada como um dos destaques gaúchos pela Federação de Atletismo do Rio Grande do Sul (Faergs). O nível físico da família está tão bom que o trio chegou a disputar duas rústicas no mesmo dia. Foi no dia 8 deste mês, quando correram em Caxias do Sul, pela manhã, e em Veranópolis, à tarde. Hélio e Helen ficaram em primeiro lugar em ambas as provas. Suelen foi primeiro em Caxias e terceiro em Veranópolis. No domingo, 22, os três corredores participaram da etapa urbana do Circuito Brisa, disputada na cidade de Farroupilha. Heitor, Suelen e Helen chegaram novamente em primeiro lugar em suas categorias. Agora a família se prepara para mais duas provas no mês de dezembro. Na semana que vem, eles participam da Rús-

DIVULGAÇÃO

SINDICATO DAS INDÚSTRIAS METALÚRGICAS MECÂNICAS E DE MATERIAL ELÉTRICO DE BENTO GONÇALVES Sede: Av. Humberto de Alencar Castelo Branco, nº 20 Sala 2 - Bento Gonçalves – RS.

Helen, Heitor e Suelen se preparam para correr em Minas Gerais tica Solidária, que será disputada em Caxias do Sul. No dia 12, o trio estará viajando para

o estado de Minas Gerais. Lá, participam de uma competição na capital Belo Horizonte.


Sábado, 28 de novembro de 2015

Falecimentos

AUGUSTA KOLTZ ARGENTA, no dia 20 de Novembro de 2015. Natural de Veranópolis, RS, era filha de Francisco Koltz e Rosalina Calza Koltz e tinha 79 anos. SILFREDO ALOYSIO STEFFENS, no dia 20 de Novembro de 2015. Natural de Bom Princípio, RS, era filho de Jorge Affonso Steffens e Anna Maria Steffens e tinha 85 anos. JUREMA BROCK, no dia 20 de Novembro de 2015. Natural de Salvador do Sul, RS, era filha de Heitor Brock e Maria Ida Brock e tinha 64 anos. VALDEMIRA CAPELLO DA ASSUNÇÃO, no dia 20 de Novembro de 2015. Natural de Anta Gorda, RS, era filha João Capello e Sabina Bertan e tinha 73 anos. IVANIR TERESINHA DE OLIVEIRA, no dia 22 de Novembro de 2015. Natural de Bento Gonçalves, RS, era filha de Manoel de Oliveira e Otília de Oliveira e tinha 56 anos WALDYR MÓRO, no dia 23 de Novembro de 2015. Natural de Bento Gonçalves, RS, era filho de Attilio Móro e Honorata Fedrizzi Móro e tinha 78 anos. SIBILA MENONCIN PICETTI, no dia 24 de Novembro de 2015. Natural de Bento Gonçalves, RS, era filha de Ricardo Menoncin e Justina Massarolo Menoncin e tinha 76 anos. MAURÍCIO LOCATELLI, no dia 24 de Novembro de 2015. Natural de Monte Belo do Sul, RS, era filho de Onoratto Locatelli e Carolina Marques Locatelli e tinha 76 anos. CELI GLEMBOTZKY, no dia 24 de Novembro de 2015. Natural de Soledade, RS, era filha de Roberto Thom e Selma Thom e tinha 67 anos. DILSO DALL’AGNOL, no dia 22 de Novembro de 2015. Natural de Nova Bassano, RS, era filho de Roque José Dall’Agnol e Clementina Reginatto Dall’Agnol e tinha 49 anos.

Obituário/Publ. Legais 33


34

Segurança

Sábado, 28 de novembro de 2015

Central de monitoramento

Tecnologia para evitar imprevistos Prefeitura inaugura observatório para acompanhar o trânsito em tempo real e agilizar atendimentos em segurança pública EMANUELE NICOLE, DIVULGAÇÃO

Leonardo Lopes policia@jornalsemanario.com.br

A

tecnologia como facilitador das ações de atendimento e controle da segurança pública. Este foi o destaque do encontro do Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM) na tarde de quinta-feira, 26, que apresentou o Centro de Monitoramento de Trânsito e Observatório da Segurança Pública de Bento Gonçalves. Além do controle do fluxo de trânsito, a estrutura permitirá integrar as forças municipais e empregar a melhor resposta em situações de crise. Com o investimento de cerca de R$ 8 mil, a central junto à Secretaria e Gestão Integrada e Mobilidade Urbana já possibilita o controle e manutenção a distância dos semáforos, o monitoramento dos serviços da Área Azul no estacionamento rotativo e o acompanhamento de ocorrências de acidentes de trânsito. A expectativa é que, em um futuro próximo, a estrutura oferecerá acesso em tempo real da mobilidade urbana municipal e permitirá uma maior agilidade de intervenções. “É a evolução, uma semente inicial de um projeto de melhoria para a área da segurança pública do município. Realizamos esta entrega oficial, mas a semente precisa ser aperfeiçoada nos próximos anos, com a qualificação das ferramentas de controle e dos equipamentos de gerenciamento e

realizadas e temos o Plano de Mobilidade Urbana, que agora virou lei e começará a ser executado para podermos ter o resultado deste trabalho em menor tempo possível”, exalta o secretário de Mobilidade Urbana.

Resposta a situações de crise

Secretário de Gestão Integrada ressalta que esta é uma “semente” que precisa ser aprimorada com o tempo monitoramento do que ocorre em nosso município”, ressalta o secretário Mauro Moro. O próximo passo, que já está em trâmites burocráticos, é a conclusão do espelhamento das câmeras de videomonitoramento da Brigada Militar (BM), o que permitirá a visualização do fluxo de trânsito nas principais vias da cidade. “Este sistema permitirá um melhor deslocamento para facilitar o atendimento de acidentes e realizar intervenções diretas

onde for constatado um conflito de circulação”, salienta o secretário municipal. Outro foco desta evolução está no sistema de semáforos da cidade, principalmente na área central onde as ruas estreitas e as construções dificultam alterações. “Nosso trabalho de visibilidade dos semáforos pode ser aprimorado com a instalação de câmeras inteligentes, pois as controladoras atuais já são compatíveis. Estas câmeras conseguem medir o trânsito e adequar

o momento do verde, do vermelho e do amarelo para atender as necessidades de cada cruzamento”, complementa Moro. Apesar do projeto prever diversas ampliações, o sistema já auxilia o Departamento de Mobilidade Urbana (DMU) no do planejamento de recursos e intervenções no trânsito. “Esta tecnologia já está ajudando (o fluxo do trânsito). Estamos realizando este acompanhamento e buscando por melhorias. Existem intervenções para serem

A estrutura foi montada também para ser a sede do GGIM, que realiza encontros entre a Prefeitura e representantes municipais da Brigada Militar, Polícia Civil, Polícias Rodoviárias, Bombeiros e da Superintendência de Serviços Penitenciários (Susepe). O Observatório da Segurança Pública seria uma central de gerenciamento de crises. Com objetivo de facilitar a comunicação entre órgãos e aprimorar a utilização de recursos, o GGIM compartilha informações e busca a realização de ações preventivas em situações de riscos. O observatório seria um ponto de referência em momentos extremos. “Quanto tivermos um problema que precisamos articular todas as forças de segurança do município ou integrar equipamentos para fazer frente a um desastre, vamos trabalhar em conjunto para que seja mais rapidamente possibilitado e ter um resultado minimizado, com ações rápidas, com equipamentos adequados e na proteção da integridade física do cidadão”, destaca Moro.

Controle remoto dos semáforos

Deslocamento dos agentes de trânsito

Acompanhamento em tempo real

O Centro de Monitoramento do Trânsito possui mapeamento de todos semafóros e pode realizar a manutenção remota em caso de alguma falha. O sistema está preparado para receber sinaleiras mais modernas, que podem adequar suas instruções às necessidades de cada cruzamento.

Com sistema GPRS, a central apresenta a localização de todos os agentes de trânsito, o que possibilita uma melhor comunicação e a escolha do servidor mais próximo para atender um acidente. Com as estatísticas de ocorrências, o planejamento pode priorizar certas áreas de risco.

Com o mapeamento e o videomonitoramento instantâneo (em fase de instalação), a Central poderá encontrar as melhores rotas e abrir o trânsito para o deslocamento de ambulâncias, bombeiros e viaturas oficiais. As imagens são compartilhadas com o sistema da Brigada Militar.


Segurança 35

Sábado, 28 de novembro de 2015

Roubo a posto

Preso acusado de latrocínio tentado Aldair dos Santos da Silva é o segundo suspeito da tentativa de assalto que resultou em um agente penitenciário baleado POLÍCIA CIVIL, DIVULGAÇÃO

Leonardo Lopes policia@jornalsemanario.com.br

O

indivíduo preso com três armas de fogo no bairro Municipal, na manhã de terça-feira, 24, foi identificado como Aldair dos Santos da Silva, 21 anos. Ele é o segundo acusado da tentativa de latrocínio contra o agente penitenciário Maicon Pedroso Ferreira, ocorrida em um posto de combustíveis do bairro Fenavinho, em 29 de maio. Além de procurado por este crime, Silva era foragido do regime fechado do Presídio Estadual de Guaporé. Conhecido pelo apelido de Nego, o procurado estava em uma residência da rua Balduíno Alegretti. Durante uma ação conjunta da Polícia Civil foram apreendidas uma espingarda calibre .12, um revólver calibre .38 e uma pistola calibre .380. De acordo com os investigadores, as armas não

Foragido preso com arma no Municipal

estavam sequer escondidas e foram encontradas espalhadas pelos cômodos da casa. A moradia seria de uma jovem de 20 anos, que também acabou presa em flagrante por porte ilegal de arma de fogo. A acusada possui duas acusações por tráfico de drogas e duas

por associação ao tráfico em Bento Gonçalves, em 2013, e Sapucaia do Sul, neste ano. Nego possui antecedentes por tráfico de entorpecentes em Serafina Corrêa, em fevereiro de 2014 e janeiro deste ano. Ele era considerado foragido do Presídio Estadual de Guaporé

Relembre o caso A tentativa de latrocínio ocorreu por volta das 18h50min de 29 de maio, quando dois indivíduos em uma motocicleta tentaram assaltar o posto de combustíveis da esquina da rua Carlos Dreher Neto com a avenida Humberto de Alencar Castelo Branco. Quando um dos bandidos invadiu a loja de conveniência, o agente penitenciário, que tomava chimarrão em uma das mesas, reagiu. Houve troca de tiros e Maicon Ferreira acabou baleado na cabeça e no abdômen. A vítima precisou passar por cirurgia e ficou quase dois meses internado no Hospital Tacchini. Devido às sequelas do ataque, o agente penitenciário ainda voltou a trabalhar. Os dois assaltantes abandonaram a motocicleta CG 150 Titan,

com placas IPA-9663 (que estava adulterada com fita adesiva) de Santo Ângelo, mas conseguiram fugir após roubar um segundo veículo. O atirador seria preso menos de 48 horas depois, em Farroupilha. Rodrigo da Silva Borges, 27, afirmou ser usuário de cocaína e confessou o crime para sustentar o vício. O segundo assaltante, que ficou do lado de fora e rendeu os frentistas durante a tentativa de assalto, foi identificado como Aldair dos Santos da Silva e era procurado pelos agentes da 2ª Delegacia de Polícia (2ª DP) desde então. De acordo com a investigação, ele teria sido o responsável por arranjar as duas armas utilizadas na tentativa de latrocínio. O Ministério Público ofereceu denúncia contra ambos e processo está em fase de oitivas de testemunhas. Borges segue recolhido no Presídio Central, em Porto Alegre.

Operação Papai Noel

BM busca interatividade com comerciantes Uma solenidade na praça Centenário, na tarde de ontem, 27, deu início à Operação Papai Noel da Brigada Militar, em Bento Gonçalves. O objetivo é aproximar os policiais do comércio e garantir a segurança das pessoas durante as compras de fim de ano. A operação, que ocorre em todo o Rio Grande do Sul, seguirá até 31 de dezembro. A ideia do comando do 3º Batalhão de Policiamento de Áreas Turísticas (3º BPAT) aumentar o número de policiais na área central e realizar uma maior interação com os lojistas. “Pretendemos nos conectar com os comerciantes em grupos de rede social para que, assim que

houver uma suspeita na área central, seja imediatamente repassada para a Brigada e, assim, a devida atenção seja prestada”, afirma o capitão Diego Caetano de Souza, comandante da 1ª Companhia do 3º BPAT. A operação Papai Noel é padrão a cada final de ano, devida a maior movimentação de dinheiro nesta época.“A atividade terá apoio dos pelotões destacados, do efetivo administrativo e o aporte de horas extras que foi sinalizado pelo Governo Estadual. Planejamos ações diferenciadas na área central, onde há mais índices de roubos a pedestres e a estabelecimentos comerciais”, garante o oficial.

LEONARDO LOPES

Um jovem de 20 anos foi preso durante uma ação da Polícia Civil no bairro Municipal, na tarde de ontem. O acusado foi flagrado com um revólver calibre .38. Ele também estava em situação de foragido da Justiça. A abordagem teve início na rua Balduíno Alegretti, porém o jovem ofereceu resistência e houve troca de tiros. Durante a fuga o acusado deixou cair a arma de fogo, que estava com cinco cartuchos, sendo um deles deflagrado. O acusado acabou capturado e sofreu lesões no ombro e pés. Ele foi conduzido para o Hospital Tacchini, antes de ser apresentado na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA). O jovem seria suspeito de roubos recentes no município.

Espingarda, revólver e pistola estavam espalhados pelos cômodos

desde 12 de abril, quando fugiu do regime fechado.

Solenidade na praça Centenário marcou a operação de fim de ano


A Edição

www.jornalsemanario.com.br

64 páginas

BENTO GONÇALVES

Sábado

Primeiro Caderno......................36 páginas Caderno S ................................12 páginas Saúde & Beleza .......................12 páginas Empresas & Empresários......... .4 páginas

28 DE NOVEMBRO DE 2015 ANO 48

www.jornalsemanario.com.br

Sábado

Empresários Empresas& dança Semanário | Bento

Gonçalves, sábado,

re mu m palestra sob CDL inspira co

28 de novembro

N°3186

R$ 3,00

de 2015

Domingo

Segunda

Terça

DIVULGAÇÃO

Bento Gonçalves novembro de 2015 Sábado | 28 de

Fonte: Google

Caderno Especial de

verão

Nelci Bellé Casag rande

ro

de poder auxilia A oportunidaderecompensador. próximo é

min 12º

max

22º

min

11º

max

22º

min 11º

max

22º

min

13º

max

24º

Bento Gonçalves novembro de 2015 Sábado | 28 de

34 na área há e trabalhando batalhadora e enfermagem forte, Formada em ela uma mulher Rosa Colussi, Casagrande é de Repouso anos, Nelci Bellé ria da Casa e cuidar das pessoas. persistente. Proprietáa oportunidade de ajudar experiência na área, encontra no trabalho dedico além de toda minha estão conosco”, que um daqueles que ao “Amo meu trabalho, à mãe, Rosa, carinho, a cada principalmente da casa é uma homenagem de vida, humildade exemplos garante. O nome foram para Nelci ia lado do pai Antônio, empresár a 33, anos e Fábio, e cumplicidade. Fernando, 15 com mais um Ao lado dos filhos Recentemente ampliado, e bem-estar imento. conforto cia, toca o empreend é proporcionar maior com competên prédio, a proposta. “A nossa missão é realizar respeitoso”, afirma e aos seus hóspedes dedicação um trabalho sério e o responsabilidade uma recordaçã seus filhos é o a enfermeira. nascimento de ”, revela. Com o Nelci realização Para maior que tem “Eles são a minhaà nova casa, ela comenta inesquecível. por isso, trabalho, devido profissional e, acréscimo de tempo à vida no futuro, parte de seu . “Penso pouco dedicado maior te neste momento meu lar, gostaria muito de éo tem está focada plenamen que ainda aspiro simpática que pessoa simples, mas uma conquista casa”, diz. Uma próximo, com amor, gentileza, o construir minha objetivo acolher principal como o. Pandolfo respeito e valorizaçã Texto: Caroline

ANDREIA DE DEUS

ano com resulUm final de e um 2016 com tados positivos as somennovas perspectiv com uma te serão possíveis comportamento. mudança de ideal o momento Mas qual é conquistar objepara mudar e diretor da tivos? Tony Ademo, respondeu ria, 3Life Consulto questionamena esse e outros “Quem palestra tos durante a realizada na não muda, dança” , no de novembro . 17 de noite pela CDL-BG Clube Ipiranga, certa. A mudata “Não existe já, o modança deve começar afirma. agora”, mento ideal é de um público Ao envolver em uma atmais de 400 pessoas , Ademo 400 pessoas mosfera de inspiração barreiras com cerca de para o público destacou as principais muda, dança” que a mudança “Quem não também incentiva que impedem abordou o tema -se com Premiado que Colsultoria, aperem grupo. diretor da 3Life aconteça. Comparardesencorao técnica e o ser e Tony Ademo, tram-se no trabalho tudo hoje, a qualificaçã profissionais. O palestrant outras pessoas, considera essenciais “Se não puder fazer mas faça feiçoamento dos ou pensar que garantir e Ademo modificajado por alguém demais para da entidade é os dias, pontos fracos o processo de faça 1% todos os resultados O objetivo o comércio é jovem ou velho alguns fato- sobre nossos caráter e para “Seja inovador, faça diferesultados para melhor. Se são fortalecer o ção. que o seu a vida se bons reta final do ano a partir criar algo novo o cres- fortes, , afirma. A mu- rente. Conheço pessoas chegarem agora, nessa bloquear não . de diferente” as. Dentro fazer todos res capazes de pagar dobrado” ele, só acontece ou profissiode práticas construtiv também as mesmas coisas de encarrega ção, cimento pessoal errar também dança, segundodispostos a pagar fazem Temos necessida dessa programa Atendimento de e os anos. se estivermos camiação nal. “O medo curso novos o paradedicação ntar Qualific ocorreu o conta e nos o preço: esforço, para de experime transformando pode tomar de vocês está para lojistas ao Cliente: apenas pensando foco são fundamentais nhos. O desafio nessa negociação efilisa. Ficamos preque colocar algo diferente atendimento em dias 23, 24 e ades, ficamos o sucesso. “Tem Não adianta em fazer não muda, o comnos nas possibilid fazer mais que A palestra “Quem pela CDL- caz, realizado , para uma turfizer’”, destaca. A a mão na massa. reclamar que semana, a sos no ‘e se eu e que é coair além”, convida. dança”, promovid de 25 de novembro à binado, cruzar os braços Segundo Ademo, de 30 alunos. transformação, -BG, faz parte do conjunto ma com mais certificado pelo as vendas estão baixas devido”. fórmula para Bento Natal é exata, ch é instrutor Ademo, não Team, o prin- crise. Vamos fazer acontecer ações da campanha John Maxwell e tam- conforme resultados enconbons para a mudança Inovação e criatividad Tony mas cipal passo ento pessoal. ferramentas que está no conhecim conscientes bém são estar “Precisamos

Especial

Cristiano Migon

a capa, Carolin A musa da Caderno Especial o Nodari, ilustra todas as coisas boas modelo usa representando oferece. A íntima, óculos que o verão ita um Meriene Moda biquíni da Novità e aprove de sol da Ótica no Clube Susfa. dia quente

Andréia de Deus

Aids

Aumenta o número de mulheres infectadas

Dicas para o verão 2016 Saúde & Beleza

Página 18

Empregos

Mais de 1.100 pessoas demitidas neste ano Páginas 22 e 23

Venha conhecer

PRODUZIDO NA PRIMEIRA ECOFACTORY DA TOYOTA NO BRASIL.

36

Toda a linha Etios com

60% entrada

taxa

x

Etios X com

ISO14001

1ª parcela só em

março Linha Corolla com versões a partir de

79.490

Imagens ilustrativas. Etios X 1.3 FLEX 16V 5P MEC. 2015/2016, à vista R$ 41.890,00(frete incluso), ou financiado c/Banco Toyota nas seguintes condições: CDC (Crédito Direto ao Consumidor), pessoa física, c/entrada de R$ 25.134,00(60%) e 36X fixas de R$ 514,74. Taxa de juros pré-fixada de 0,00% ao mês, equivalente a 0,00% ao ano+IOF (Imposto sobr e Operações Financeiras) de R$ 575,01. Valor T otal a ser financiado de R$ 18.530,66 (IOF+Registro de contrato base RS= R$ 124,65 e Cesta de Serviços = R$ 525,00 e Tarifa de Confecção de Cadastro p/Inicio de Relacionamento no valor de R$ 550,00 inclusos no Total Financiado). Primeira parcela c/vencimento p/120 dias. Custo Efetivo Total (CET) de 5,85% ao ano. Valor Total à prazo de R$ 43.664,64. O CET apresentado é aplicável ao exemplo acima,com prestações fixas.Crédito sujeito à análise e aprovação. A alteração de qqr das condições do financiamento acarretará novo cálculo do CET. ERC Banco Toyota (Equipe de Relacionamento c/o Cliente) 0800016 4155 ou envie um e-mail para er c@bancotoyota.com.br. Ouvidoria Banco Toyota (somente após atendimento pelo ERC): 0800-772-5877. Na categoria de veículos compactos e médios, o Etios nas versões hatch 1.3 (16V DOHC T-Flex) e 1.5 (16VDOHC T-Flex) possui nota A no Programa Brasileiro de Etiquetagem entre os veículos c/o menor consumo de combustível da categoria em 2015. O Etios hatch 1.3 apresentou o seguinte consumo-etanol/urbano: 8,3 km/l; gasolina/urbano: 12,2 km/l; etanol/estrada: 9,1 km/l; gasolina/estrada: 13,3 km/l. O Etios hatch 1.5 apresentou o seguinte consumo-etanol/urbano: 8,5 km/l; gasolina/urbano: 12,2 km/l; etanol/estrada: 9,5 km/l; gasolina/estrada: 13,8 km/l. Valores de referência medidos em laboratório, conforme NBR 7024, c/ciclos de condução e combustível-padrão podendo não corresponder ao consumo verificado c/o uso do veículo, que depende das condições do trânsito, do combustível,do veículo e dos hábitos do motorista. O Etios sedã 1.5 (16V DOHC T-Flex) possui nota A no Programa Brasileiro de Etiquetagem entre os veículos c/o menor consumo de combustível da categoria em 2014. O veículo Etios sedã 1.5 apresentou o seguinte consumo-etanol/urbano: 8,5 km/l; gasolina/urbano:12,2 km/l; etanol/estrada: 9,5 km/l; gasolina/estrada:13,8 km/l.Os veículos Toyota Corolla 2.0 16V nas versões Altis e XEi com transmissão Multidrive-S(CVT) de sete velocidades e 1.8 16V na versão GLi c/transmissão Multidrive (CVT) de 7velocidades ou manual de 6 velocidades possuem nota A no Programa Brasileiro de Etiquetagem entre os veículos com menor consumo de combustível da categoria de veículos grandes em 2015. O veículo Toyota Corolla 2.0 16V apresentou o seguinte consumo-etanol/ciclo urbano:7,2km/l; gasolina/ciclo urbano:10,6km/l; etanol/ciclo rodoviário:

8,8 km/l; gasolina/ciclo rodoviário: 12,6 km/l; CO2 fóssil não renovável (g/km): 118 (gasolina). O veículo Toyota Corolla 1.8 16V com transmissão Multidrive (CVT) de sete velocidades apresentou o seguinte consumo - etanol/ciclo urbano: 7,8 km/l; gasolina/ciclo urbano: 11,4 km/l; etanol/ciclo rodoviário: 9,2 km/l; gasolina/ciclo rodoviário: 13,2 km/l; CO2 fóssil não renovável (g/km): 110(gasolina). O veículo Toyota Corolla 1.8 16V c/transmissão manual de seis velocidades apresentou o seguinte consumo – etanol/ciclo urbano: 7,3 km/l; gasolina/ciclo urbano: 10,7 km/l; etanol/ ciclo rodoviário: 9,1 km/l; gasolina/ciclo rodoviário: 13,2 km/l; CO2 fóssil não renovável (g/km): 114(gasolina).Valores de referência medidos em condições-padrão de laboratório conforme NBR 7024 e ajustados para simular condições+comuns de utilização, podendo não corresponder ao consumo verificado p/motorista c/o uso do veículo, que depende das condições do trânsito, do combustível, do veículo e dos hábitos do motorista. P/saber mais, consulte sempre o manual do proprietário e os sites: www.inmetro.gov.br e www.conpet.gov.br. A Toyota oferece 3 anos de garantia de fábrica, s/limite de km p/uso particular e, p/uso comercial, 3 anos de garantia de fábrica ou 100.000 km, prevalecendo o que ocorrer primeiro. Consulte o livrete de garantia ou www.toyota.com.br p/mais informações. As ofertas deste anúncio não abrangem os veículos adquiridos em Vendas Diretas c/isenção de impostos. Essa promoção não é cumulativa c/outras promoções vigentes e é válida de 1° a 30 de novembro de 2015. .

erraSol

Todos juntos fazem um trânsito melhor. Agende sua revisão

54.2992.9310

Rubem Bento Alves, 680 Caxias do Sul

54 2992.9300


28/11/2015 - Jornal Semanário - Edição 3186