Page 1

MAURO CÉSAR NOSKOWSKI, DIVULGAÇÃO

PLANO DIRETOR

Abraço pela sobrevivência Em meio às questões envolvendo as alterações analisadas pelo Complan, sociedade fica refém de uma definição sobre o problema Páginas 10 e 11 BENTO GONÇALVES, QUARTA-FEIRA, 18 DE DEZEMBRO DE 2013 – ANO 47 – N°2987 – R$ 3,00 – www.jornalsemanario.com.br

Com as próprias mãos Moradores cansaram de esperar pela prefeitura e estão arrumando os buracos das ruas

Página 12

FUTEBOL

Esportivo goleia em amistoso Página 14

ERS-431

Atalho para a rodovia é desbloqueado Página 7

ESTEFANIA V. LINHARES

TRÂNSITO

Idosa morre atropelada no Centro Página 13


-

-

a s -

2

Opinião EXPEDIENTE

Quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

EDITORIAL

População x poder público

SEDE Wolsir A. Antonini, 451 Bairro Fenavinho - Caixa Postal 126 95 700.000 - Bento Gonçalves - RS ESCRITÓRIO CENTRAL Mal. Deodoro, Centro, 101 Galeria Central - Sala 501 DIRETOR PRESIDENTE HENRIQUE ALFREDO CAPRARA DIRETORES ANA INÊS FACCHIN HENRIQUE ANTÔNIO FRANCIO

JORNALISTA RESPONSÁVEL HENRIQUE ALFREDO CAPRARA Registro Prof. DRT 3321 Somos filiados à ADJORI / RS Este jornal não se responsabiliza por conceitos emitidos em artigos assinados e não devolve originais que não foram publicados.

O ano de 2013 está se encerrando e confirmando que o embate entre população e poder público está longe de acabar em final feliz. Bento Gonçalves está tomada pelos buracos há vários meses, mas isso já se tornou uma redundância nos meios de comunicação da cidade. O que se percebe, a cada ligação recebida nas redações, é que a comunidade bento-gonçalvense quer mais ação e menos discurso, principalmente no que diz respeito às necessidades básicas. A falta de recursos financeiros e as ações oriundas do temporal ficaram para trás e não são aceitas como desculpa A falta de recursos financeiros pela população. Convenhamos que, para um cidadão pegar pá e os problemas oriundos do e enxada e sair fechando os buracos nas ruas do seu bairro, é temporal ficaram para trás e porque a situação ultrapassou não são mais aceitos como a barreira do suportável. Andesculpa pela população teriormente, tínhamos aqueles bairros considerados mais periféricos com seus tradicionais problemas e que não eram atendidos. Hoje, os problemas nas vias urbanas se estendem por todos os cantos do município. Não há bairro que não tenha morador reclamando da falta de assistência do poder público. Os problemas estruturais das ruas de Bento Gonçalves são críticos e fazem com que a administração de Guilherme Pasin tenha que ser repensada para o ano que se aproxima. Serão necessários projetos mais agressivos de recuperação da malha viária, para que o as-

AntônioFrizzo FALE COM A GENTE Telefones: Central/Fax: 3455.4500 Escritório Centro: 3452.2186 Rádio - Estúdio: 3455.4530 Rádio - Coordenação: 3455.4535 Atendimento ao assinante: 3055.3073 ou 9971.6364 E-mails: classificados@jornalsemanario.com.br jornal.semanario@italnet.com.br radio@radiorainha.fm.br Sites: www.jornalsemanario.com.br www.radiorainha.fm.br Representante em Porto Alegre Grupo de Diários Rua Garibaldi, 659, Conjunto 102 Centro - POA - Fone: (51) 3272.9595 e-mail: fernanda@grupodediarios.com.br

Semanário na Internet Siga-nos no Twitter: @jsemanario Curta a fan-page: on.fb.me/jsemanario

Leia também no nosso site: www.jornalsemanario.com.br

falto não se esfarele a cada chuva que cai na cidade. Vamos torcer para que os R$ 50 milhões do PAC Mobilidade Urbana possam ser utilizados com parcimônia e auxiliem numa real melhoria da infraerstrutura de nossa cidade. 2014 será o ano em que o governo Pasin será realmente colocado à prova e nosso prefeito precisará mostrar habilidade política e administrativa para lidar com as adversidades. Bento Gonçalves, infelizmente, precisará ser transformada em um canteiro de obras a céu aberto para que pelo menos uma parte do que a população vem exigindo seja deveras efetuado. Não será uma tarefa fácil para o prefeito, porém, alguém precisa “colocar a mão na massa”. A palavra “ATITUDE” nunca se fez tão presente e necessária em nosso município. O ano que vem precisa ser o momento de virada de página, onde os projetos precisam sair do papel não somente em obras públicas, mas também nas áreas da saúde, educação e assistência social. Projetos interessantes e visionários todos sabemos que existem. O grande desafio será tirá-los do papel e colocá-los a serviço e bem-estar da população bento-gonçalvense. Afinal, a comunidade não aguenta mais esperar por melhorias e elas nunca acontecerem. O povo aguarda ansioso por avanços e entende que o momento é agora e não depois, como sempre acontece. O prefeito tem a chance de fazer uma administração histórica, tanto para o bem, como para o mal. Isto vai depender única e exclusivamente de seu empenho em transformar anseios em fatos reais e projetos em obras concretas e palpáveis.

Antônio Frizzo

antoniofrizzo@italnet.com.br

Coisas nossas Bento Gonçalves tem quase duas mil famílias recebendo o Bolsa Família. Surpresa? Só para os alienados da internet que repassam bobagens sem fundamento, de cunho político-eleitoreiro e sem nenhum embasamento. São os que chamo de “inocentes úteis” (alguns nem tão “inocentes”) que se prestam a repassar o que é postado por uma quadrilha de politiqueiros, regiamente remunerados, invariavelmente atacando um ou outro lado (petistas e antipetistas, claro, porque os demais são meros “adesistas” de ocasião) sem se darem ao trabalho de conferir as “informações” que recebem. Pois bem, os beneficiários do Bolsa Família precisam do recadastramento sistemático para continuarem a receber os valores (para quem não sabe – e pelo que vejo, são muitos – o valor máximo pago é de R$ 306,00, mas para isso é necessário preencher uma série de exigências previstas na lei), sob pena de serem excluídos. O recadastramento está sendo feito pela Secretaria da Ação Social, nos Centros de Referência da Assistência Social – CRAS -, em três endereços. Como se vê, o Bolsa Família tem seus beneficiários apontados de exclusiva responsabilidade das PREFEITURAS de todos os municípios brasileiros. As fraudes – e há muitas – devem ser debitadas para as prefeituras (e se adotada a regra do “domínio do fato”, aos prefeitos), como foi o caso da matéria levada ao ar por uma rede de televisão. Por outro lado, houve repercussão um comentário que fiz sobre o chafariz da

Via Del Vino. Sábado passado, vi, pela primeira vez – e moro no centro – o chafariz funcionando. Muitas crianças e adultos se divertiam com a dança das águas. A pergunta era: por que não funciona sempre o chafariz? Custo da água? Da energia elétrica? Obviamente, não, porque se um município do porte de Bento Gonçalves tem que economizar nisso, é melhor “fechar para balanço”. Fica, então, a pergunta no ar: Por que o chafariz não está funcionando permanentemente? Respostas para a comunidade, se julgarem que ela merece uma resposta, é claro. Já no tocante ao trânsito, estamos vivendo o pico do caos. Os conflitos sistemáticos – e não há mais horário para tanto, apenas maior ou menor intensidade – acontecem em praticamente todos os cruzamentos do centro da cidade. A ausência de sinaleiras em vários deles salta aos olhos até mesmo dos mais leigos usuários, sejam condutores de veículos ou pedestres. Mas, há que se ter fé, bento-gonçalvenses. Vai que hora dessas alguém decida contratar empresa especializada em trânsito urbano, um estudo profundo seja elaborado e, depois, ações colocadas em prática. Enquanto isso, temos que tentar sobreviver diante dos infratores de trânsito, notadamente os que acessam à esquerda no cruzamento da Avenida Planalto com a 13 de Maio e desta com a General Osório. E, talvez, com os “gênios” que trancam o cruzamento da General Osório com a Marechal Floriano. Oremos, irmãos! Vai que nossas preces sejam ouvidas!


Opinião 3

Quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

Painel Seminário ambiental

Bolsas

A Embrapa Uva e Vinho realiza hoje, a partir das 14h, no auditório da sua sede, em Bento Gonçalves, o seminário Gestão Ambiental na Viticultura. O tema principal do evento será a exposição do próprio case representado pela unidade de pesquisa: localizada em cem hectares praticamente no centro do município, e apresentando muito em comum com empreendimentos vitivinícolas, tendo, como estes, vinhedos e instalações vinícolas.

A Escola Família Agrícola da Serra Gaúcha, em Garibaldi, comemorou o repasse de R$ 276 mil pelo Conselho do Fundo de Desenvolvimento da Vitivinicultura (Fundovitis) para a entidade. Os recursos vão garantir bolsas de estudos para 30 estudantes da região.

Inflação agropecuária sobe A inflação agropecuária no atacado acelerou em dezembro. Os preços dos produtos agrícolas atacadistas subiram 0,45% neste mês. Em novembro, o indicador para este setor apresentou alta de 0,27%, no âmbito do IGP-10, divulgou a Fundação Getulio Vargas (FGV). A instituição informou ainda que os preços dos produtos industriais no atacado continuaram subindo, porém em menor ritmo A alta foi de 0,35% neste mês, contra avanço de 0,45% em novembro.

Marlen pede afastamento

ARQUIVO

NOEMIR LEITÃO

A vereadora Marlen Pelicioli (PPS) protocolou na tarde de ontem, terça-feira, um pedido de afastamento do cargo de segunda secretária da mesa di retora do biênio 2013/2014 da Câmara de Vereadores. Os motivos alegados pela parlamentar são questões profissionais, Marlen é advogada. De acordo com o regimento interno da Câmara quem deve assumir o cargo é o parlamentar mais idoso, neste caso é Adelino Cainelli (PP). Entretanto, o regimento não esclarece o que acontece se esse vereador recusar o cargo. Cainelli foi procurado pela reportagem, mas não foi encontrado até o fechamento da edição.

Pastoral da Solidariedade Em mais um encontro realizado na tarde de ontem, a Pastoral Cristo Rei distribuiu em sua sede no bairro Cidade Alta, sacolas, lanches e brinquedos, bem como presentes para moradores dos bairros Municipal, Recanto da União, Glória e Vinhedos, na companhia do Papai Noel. Com um trabalho voltado para atender moradores especialmente crianças destas comunidades, a pastoral tem se destacado no apoio aos mais necessitados do nosso município, em especial quem está na área abrangente da Igreja Matriz Cristo Rei. A equipe de trabalho da Pastoral conta com 13 pessoas tendo na coordenação geral Elenice Gasperin e como vice Nádia Frá.

A proposta é mostrar como os animais são importantes em nossas vidas ROGÉRIO SANTANA, IDEALIZADOR DO PROJETO NATAL AU AU

Nossa Senhora de Caravaggio

Estradas

Não é só Bento que está invocada com a imagem de Nossa Senhora de Caravaggio, no trevo de acesso ao Santuário, em Farroupilha. Os farroupilhenses estão mobilizados, querem uma nova estátua já. Convenhamos, Nossa Senhora inspira religiosidade, beleza, aquele estátua está mais para uma Nossa Senhora ET do que a Nossa Senhora que costumamos ver em imagens e estátuas e venerar. A obra custou 190 mil, foram obtidos recursos federais, a prefeitura diz que não tem dinheiro para custear uma estátua nova, a comunidade se mobiliza, já tem quem faça e o dinheiro deverá aparecer.

Na posse do novo presidente do CIC de Caxias, o presidente da Fiergs, Heitor Muller, disse que Caxias precisa ter estradas duplicadas para Porto Alegre e São Paulo. E nós aqui precisamos: estrada duplicada para Caxias, estrada duplicada para São Vendelino e dois trevos de acesso. Quem vai lutar por isso e como?

Andreazza Direção do super Andreazza, irritada com a aprontada de que foi vítima, anunciou que vai arrasar com preços baixos. O prejuízo que a empresa sofreu foi muito grande, humilhante. Henrique Alfredo Caprara

Novo endereço A partir de sexta-feira, 20 de dezembro o Ministério Público Federal – Procuradoria da República em Bento Gonçalves, estará sediado e exercendo suas atividades em novo endereço: rua Dr. Carlos Flores, n.º 417, no bairro São Bento.

A pergunta que não quer calar Festa da Uva vai ter cerca de 500 empresas expondo e todos os espaços estão vendidos. Diante desta grandeza que assumiu a Festa da Uva como vamos impor uma Fenavinho de volta se perdeu todos os espaços na mente dos brasileiros? Envie a sua sugestão de pergunta pelo e-mail redacao@jornalsemanario.com.br


4

Geral

Quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

Museu do Imigrante

FUNDO DE CULTURA

Captação de recursos é prorrogada até 2014

Mudanças na lei ainda passam por análise FOTOS JOSIANE RIBEIRO

Campanha do restauro atinge meta e surpreende com R$ 303 mil arrecadados

Fórum de Cultura encaminhou novas propostas para alteração

Interessados em ajudar no restauro e adequação do Museu poderão contribuir também no próximo ano

Josiane Ribeiro

A

o atingir a marca de R$ 303.184 mil arrecadados para restauro e adequação do Museu do Imigrante, a equipe que coordena a campanha comemora também a prorrogação da captação junto ao Ministério da Cultura (Minc) por meio da Lei Rouanet. Com o prazo estendido será possível dar continuidade a captação durante todo ano de 2014. De acordo com o Secretário de Cultura, Jovino Nolasco, a prorrogação é uma excelente medida que irá possibilitar que mais pessoas e empresas pos-

sam colaborar com o restauro. “Encerramos dezembro com uma boa notícia para a cena cultural de Bento Gonçalves. Com a meta atingida e até superada podemos garantir o início das obras para janeiro”, afirma. O próximo passo é encaminhar o processo licitatório para que a primeira etapa da obra possa ser iniciada. “Quando o projeto é sério a comunidade não deixa de ajudar. O comprometimento de toda a equipe foi fundamental”, avalia o secretário. O objetivo inicial da equipe era ultrapassar a quantia de R$ 200 mil, correspondente a 20% do valor total do projeto

até dezembro. De acordo com a coordenadora de captação, Neusa Zoldan, a expectativa é que até o dia 20 o valor ultrapasse os R$ 400 mil. Segundo Fabiano Mazzotti, do Triângulo da Produção Cultural, a ideia é ainda aumentar o valor captado dando continuidade em 2014. “Em um curto período de tempo conseguimos atingir a meta sendo reflexo de um trabalho coletivo de pessoas que confiaram no projeto. Os números apresentados até agora falam por si só”, afirma. geral4@jornalsemanario.com.br

As modificações na lei do Fundo Municipal de Cultura a fim de evitar a inconstitucionalidade da normativa ainda não foram realizadas. A alteração proposta refere-se aos artigos 92 e 94 que determinam que o valor destinado ao investimento e incentivo cultural do FMC deve ser fixado de acordo com o Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN). A decisão para a alteração surgiu após reunião da prefeitura e integrantes do Conselho de Políticas Culturais. Durante reunião do Fórum Setorial de Cultura, realizado nos dias 11 e 12, uma nova proposta foi apresentada. A comissão deliberou que o Fundo seja composto pelo percentual de 70% da receita prevista da taxa de licença para funcionamento de estabelecimentos comerciais, industriais e de serviços do município. A proposta tam-

bém inclui a manutenção do artigo 94 referente à manutenção no Fundo dos valores não deliberados a projetos. O Fórum também não apoia a proposta da Secretaria Municipal da Cultura de dividir os recursos previstos para o FMC para investimentos em eventos culturais promovidos pelo município. De acordo com o procurador geral do município, Sidgrei Spassini, o processo de alteração ainda passa por análise detalhada da procuradoria a fim de adequar a lei. “Estamos analisando todas as propostas que foram feitas para evitar qualquer ilegalidade. A ideia é encaminhar o projeto de lei para aprovação da Câmara de Vereadores na próxima semana”, explica. As próximas sessões da Câmara acontecem nos dias 23 e 27 de dezembro. Se o processo não estiver pronto até essa data, o estudo será enviado no próximo ano.


Quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

5


6

Quarta-feira, 18 de dezembro de 2013


Quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

Geral 7

ERS-431

População desbloqueia rodovia Desvio havia sido bloqueado na semana passada por empresa que administra ferrovia. Asfalto foi interrompido pelo Daer Fernando Levinski

A

novela da ERS-431 ganhou mais um episódio na noite da quinta-feira, 12. Na tarde desse mesmo dia os funcionários da América Latina Logística (ALL) estiveram no quilômetro 13,5, que desabou no final de novembro, e bloquearam um desvio que passa ao lado da via férrea, que é de responsabilidade da ALL. Porém, na noite do dia 12 algumas pessoas estiveram no local e desbloquearam o desvio e, além disso, colocaram mais terra junto ao acostamento para aumentar o espaço para os carros que continuam se arriscando a passar ao lado do trecho que desmoronou. Segundo moradores das proximidades, três veículos estiveram no local à noite e realizaram o desbloqueio. Entretanto, ninguém sabe o local de onde eram as pessoas que fizeram as ações. Além do bloqueio das entradas do desvio, o Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer), responsável pela manutenção da rodovia, reforçou o bloqueio nas duas extremidades do asfalto. Entretanto, não foi suficiente para impedir o fluxo de veículos pelo local. Em uma nota curta encaminhada ao Semanário, a ALL

afirmou que vai enviar até o início da próxima semana uma equipe para realizar o bloqueio definitivo da estrada.

FOTOS FERNANDO LEVINSKI

Obras Este mês o Daer anunciou um cronograma para as obras no trecho. Caso as datas divulgadas sejam cumpridas, a estrada deverá estar recuperada nas primeiras semanas de fevereiro. O valor da obra ainda não está definido, porém, estima-se que a verba a ser investida será em torno de R$ 30 milhões. Entretanto, além do quilômetro 13,5, há pelo menos outros sete pontos da rodovia que precisam passar por algum tipo de intervenção. Porém, isso ainda não há data para sair do papel. Na quinta-feira da semana passada, dia 12, os prefeitos das cidades afetadas com o desmoronamento da rodovia, Bento Gonçalves, Santa Tereza, São Valentim do Sul, Monte Belo do Sul, Dois Lajeados e Guaporé, se reuniram em Bento para debater uma solução. Os participantes da reunião elaboraram uma carta que será encaminhada ao governador Tarso Genro solicitando uma audiência com a máxima urgência com o governador. geral1@jornalsemanario.com.br

Terra foi colocada junto ao acostamento para aumentar espaço, melhorarando o trânsito dos carros

Desvio foi desbloqueado por pessoas na noite da quinta-feira, 12, dia que a ALL realizou o bloqueio


8 Geral

Quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

Decoração

NATAL AU AU

Cores e formas que enriquecem o Natal

Comunidade engajada em prol dos animais RAMON MUNHOZ, DIVULGAÇÃO

Guirlandas confeccionadas artesanalmente são os destaques para a época JOSIANE RIBEIRO

Josiane Ribeiro

O

porão de casa é o local onde ela se “esconde”. Em meio aos tecidos, moldes, bijuterias, fitas, peças prontas e por fazer, Tânia Regina Bendo, 49 anos, passa grande parte do dia. Na parede, diferentes modelos de guirlandas que confeccionou para comercializar no Natal. É no artesanato que Tânia encontra prazer e motivação trabalhando com técnicas como patchwork, macramê, bordado, crochê e fitas. “Não consigo ficar um dia sem descer para esse meu cantinho”, afirma. Atuando há mais de 20 na área, Tânia começou a trabalhar com artesanato nos momentos que tinha livre. A auxiliar de enfermagem, que deixou a profissão para cuidar dos filhos, precisava encontrar uma nova atuação. “Comecei fazendo pequenos trabalhos, comprando revistas, buscando conhecer novas técnicas. Algumas coisas básicas aprendi com minha mãe. Éramos em sete irmãs na família e naquela época existia a tradição de passar o conhecimento na família”, explica. Para se manter atualizada, ela troca ideias com amigas, busca novos projetos na internet e concluiu recentemente um

Decoração alia o espírito natalino à causa de maus-tratos a animais

Tânia encontra no artesanato mais do que uma fonte de renda

curso de costureira no Senac. Além disso, Tânia participa de um projeto da Coordenadoria da Mulher que realiza oficinas de artesanato em diferentes bairros do município. “Amo o que faço e para mim é um prazer compartilhar o que aprendi ao longo dos anos, pois acabo

aprendendo muito. Sinto falta quando não estou dando aulas”, destaca. Com a proximidade do Natal, Tânia investe agora na elaboração de chinelos enfeitados, uma boa dica para presentear. geral4@jornalsemanario.com.br

Quem passar pela rua São Paulo, localizada no bairro Borgo, poderá conferir uma decoração natalina especial. O projeto Natal Au Au, idealizado e realizado por Rogério Santana, traz fotos de diversos cachorros que estão esperando por adoção. A ideia é engajar a comunidade e mobilizar para que as pessoas reflitam sobre a situação de maus-tratos dos animais e, desta forma, contribuam para tomarem medidas de proteção. “A proposta é mostrar como os animais são importantes em nossas vidas”, explica. A rua também faz parte

do Concurso de Decoração Natalina de Bento. O material para decoração foi reaproveitado dos anos anteriores e algumas peças também foram recicladas. “Para dar um toque especial resolvi confeccionar peças novas criando um tema onde pudesse desenvolver também um adereço em alusão ao Natal, por isso as molduras divulgam os cães que estão para adoção”, afirma. As peças foram feitas em MDF, lona e mangueira luminosa de led. Todos os animais divulgados estão disponíveis para adoção.


Geral 9

Quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

Natal Bento

Decoração e programação encantam Cidade recebeu um toque especial neste ano com diversos enfeites e luzes que agradaram e resgatam o espírito natalino “A programação está bem divulgada, o que deve recepcionar melhor o nosso público. Já a decoração ficou muito especial” Ildoíno Pauletto, 65 anos, empresário, morador do bairro Tamandaré.

P

ara comemorar o Natal na serra gaúcha, os turistas e mesmo os moradores de Bento Gonçalves poderão desfrutar de uma intensa programação, que inclui cânticos natalinos, encenações em diversos pontos da cidade, além de uma decoração que mostra o espírito natalino principalmente na Marcehal Deodoro, no Centro. Desde o dia 29 de novembro, a cidade recebe shows e atrações para todos os gostos. Para os bento-gonçalvenses, a programação e a decoração natalina exibem muita criatividade e este ano ficou ainda melhor. As opiniões dos moradores são no sentido de que o município, em especial o centro da cidade, ficou ainda mais bonito e bem organizado. Para André Lobo, 29 anos, a programação está bem completa. “O centro da cidade está muito iluminado e com os enfeites bem diversificados, além disso, a programação é para todos os gostos e idades”, afirma. A programação Natal Bento vai até o dia 6 de janeiro com apresentações especiais em toda cidade. Destaque para o espetáculo Anjos de Natal realizado nas sacadas do Hotel Dall’Onder. geral3@jornalsemanario.com.br

“Muito legal, porém poderia ser ainda melhor com mais enfeites e a programação deveria ser exibida com mais opções para a população”, Elizabeth da Silva, 34 anos, vendedora, moradora do bairro Vila Nova.

“Achei muito bonito. O design e os enfeites estão bem melhores do que ano passado” Carina Grieger, 19 anos, vendedora, bairro Fenavinho.

“A decoração no centro da cidade ficou muito bonita e o CDL juntamente com as associações de bairros foi feliz em criar uma programação de Natal bem diversificada”, Luiz Antônio de Oliveira, 52 anos, matrizeiro, morador do bairro Juventude.

“Este ano foi inovadora a ideia e a programação ficou bem diferente para todos os gostos e com enfeites natalinos bonitos e criativos”, Markus William Chittolina, 20 anos, farmacêutico, morador do bairro Botafogo.

“Há uma programação toda especial e a cidade ficou mais florida e com um ar de espírito natalino toda decorada, além de bem organizada”, Nelci Giuriatti, 54 anos, funcionária pública, moradora do bairro São Bento.

FOTOS NOEMIR LEITÃO

Noemir Leitão


10 Geral

Quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

Plano Diretor

Contradições e atraso na revisão estão deixando sociedade refém Entidades que representam o setor da construção e profissionais da área estão cobrando mais agilidade da prefeitura nos processos Facchin Editora

E

ntidades que representam o setor da construção civil e profissionais da área estão cobrando agilidade na revisão do Plano Diretor. A Associação de Empresas de Construção Civil (Ascon Vinhedos) é uma delas que, em fevereiro deste ano, recebeu o Prefeito Guilherme Pasin para falar, principalmente, do Plano Diretor. E, em agosto, a Ascon entregou um documento com sugestões para a revisão do Plano Diretor, com 39 itens, resultado de quase um ano de trabalho de pesquisa da entidade com a participação de profissionais de diversas áreas. A cobrança de agilidade e ao menos de uma resposta às sugestões apresentadas foi feita durante a posse do novo presidente da Associação, no início deste mês, tanto no discurso do então presidente Diogo Parisotto quanto do empossado Diego Panazzolo. Os empresários que se reuniram dia 9 de dezembro, no Santo Antão, também cobraram agilidade e afirmaram que

as promessas feitas não estão sendo cumpridas pelo Prefeito Guilherme Pasin. “Há dez meses que espero o prefeito realizar o que ele me prometeu e até agora nada”, falou o empresário Cláudio Pegoraro. O Diretor da Carraro, Paulo Farina, também disse que recebeu visita do Prefeito há cerca de oito meses, que na época estava preocupado com a possibilidade da sua empresa se transferir para Tamandaré – distrito de Garibaldi – e que até o momento não houve nenhuma novidade. “A empresa vai resolver seu problema, mas é preciso pensar que há mais empreendedores nesta situação. O que precisamos é pensar como um todo” destacou. O recém-empossado presidente do CIC, Leonardo Giordani, disse, na oportunidade, ser favorável que as empresas hoje em situação irregular na área de ZPM2 - Zona de Proteção ao Manancial Nível 2, que compreende os bairros Santo Antão, Santa Helena e Santa Marta - tenham a oportunidade de se regularizarem. “Mas sou completamente contra a

MARCELO MACIEL

Reunião com os empresários do Santa Helena e Santo Antão

abertura para instalação de novas indústrias ou empreendimentos naquelas zonas. Inclusive como morador do Santo Antão posso dizer que já há uma mobilização contrária a essa proposta”. Contradições Pontual ou coletivo? Com estudo técnico ou no “canetaço”? Estas estão sendo as principais questões levantadas por lideranças da comunidade, principalmente da área técnica, quanto à revisão do Plano Diretor. Isso porque,

no encontro com a Ascon em fevereiro deste ano, com mais de 50 profissionais presentes, Guilherme Pasin declarou que “alterações no Plano Diretor de Bento Gonçalves devem ser feitas com embasamento técnico...”. Entretanto, o Procurador Geral do Município, Sidgrei Spassini, já está com a Minuta da Lei, que faz uma alteração pontual no Plano Diretor, pronta para ser enviada à Câmara de Vereadores a qualquer momento. E sem estudo técnico. Ainda, falando em nome da administração municipal, na

reunião com a comunidade dos bairros Santo Antão, Santa Helena e Santa Marta, semana passada, o procurador do Município fez duas colocações aparentemente antagônicas. No inicio da reunião, Sidgrei Spassini deu a entender que estava tudo certo com relação à proposta de alteração feita pelo Complan e que não havia nenhum problema em aprová-la, ao afirmar: “hoje existe tecnologia ambiental que permite a instalação de indústrias nestas áreas. O meu parecer como Procurador Geral é que podem ser instaladas novas empresas na área da ZMP1, sem problemas para o meio ambiente, sendo legal o que está sendo proposto pelo Complan. E, saliento que o abaixo-assinado que está circulando pela internet fala muita mentira”. Porém, ao final da mesma reunião afirmou: “Não podemos fazer alterações pontuais no Plano Diretor. O MP está sempre no nosso pé e nossos passos têm que ser dentro da lei”. redacao@jornalsemanario.com.br

Criação de comissão para analisar plano ficou no papel os empresários, semana passada, no Santo Antão, nenhum membro da área técnica se fez presente e até o momento não foi apresentado cronograma do trabalho que está sendo realizado pela comissão quanto à revisão do Plano Diretor. Quando foi criada a comissão, Guilherme Pasin afirmou que a equipe técnica, juntamente com o Governo, realizaria as visitas nos bairros e distritos com o objetivo de ouvir as reivindicações da comunidade. Na oportunidade o Prefeito garantiu que “o Plano Diretor em vigor em Bento Gonçalves desde 2006 passará por uma atualização geral este ano (2013), em função das mu-

danças ocorridas ao longo desses sete anos”, o que não ocorreu. Também foi divulgado que a comissão estaria trabalhando internamente no Plano Diretor. Mas, passados vários meses, ainda não foi divulgado como está o trabalho da comissão. Em junho deste ano, em entrevista, o coordenador da comissão, Luciano Cavalet, falou que não era possível fazer um trabalho às pressas. “As mudanças do atual Plano Diretor estão impedidas por determinação do Ministério Público e isto se deve em parte ao fato de algumas mudanças terem carecido de maior embasamento técnico. Então queremos evitar

isto”, disse Cavalet, anunciando que o novo Plano só deverá ser votado em 2014. Relembrando: em setembro deste ano, Cavalet, como Presidente do Conselho Municipal de Planejamento (Complan), foi quem propôs a polêmica mudança no Plano Diretor para a ZPM1, na bacia de captação de água do Barracão que, na prática, permitiria a instalação de novas indústrias e empreendimentos. Uma alteração pontual e sem estudo técnico. Nesta semana, o coordenador da comissão afirmou que não participou da reunião com os empresários no dia 9 de dezembro no Santo Antão e por

isso não podia se manifestar sobre o assunto, alegando que não sabia o que havia sido tratado. “Não participei dessa reunião e não posso dar opinião. Tenho que me informar direito sobre o que foi discutido”, explicou. Quanto aos trabalhos da comissão, Luciano Cavalet afirma que “não estão avançando do jeito que tem que ser”. O coordenador disse, ainda, que não sabe sobre o edital para contratação de empresa para analisar o Plano Diretor. “É a Secretaria de Meio Ambiente que vai fazer essa contratação e nós só vamos receber o parecer”.

MAURO CÉSAR NOSKOWSKI, DIVULGAÇÃO

Outra divulgação que não teve efeito até o momento foi a criação de uma comissão específica para analisar e coordenar a revisão do Plano Diretor em conjunto com a sociedade, ainda no início do ano. Uma portaria nomeou como integrantes da comissão: Gustavo Baldasso Schramm (Procuradoria), Flávio Romagna (Secretaria do Meio Ambiente), Melissa Bertoletti (Ipurb) e Rosana Guarese (Secretaria da Mobilidade Urbana), sob a coordenação de Luciano Cavallet, que é adjunto do Ipurb e Presidente do Conselho Municipal de Planejamento. Na reunião com


Geral 11

Quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

Assunto é levado ao Ministério Público Através do Deputado Estadual Aldacir Oliboni, a Vereadora Neilene Lunelli esteve na última quinta-feira (12) com o Promotor do Meio Ambiente do Ministério Público Estadual, Dr. Alexandre Saltz, em Porto Alegre, para levar ao conhecimento do MP algumas denúncias de supostas irregularidades ambientais que estão ocorrendo no município de Bento Gonçalves durante 2013. “Entre elas, a que mais tem nos preocupado, que é a possibilidade de contaminação do sistema de captação de água do município devido à proposta do Conselho Municipal de Planejamento, com o consentimento do Poder Público, para a alteração no Plano Diretor que permitirá a instalação de novas indústrias e empreendimentos na bacia de captação do Barracão, sem a realização de estudo sobre o impacto ambiental” destaca a vereadora. O Promotor Alexandre Saltz já esteve em Bento Gonçalves em outra oportunidade, mas tratando sobre o mesmo assunto. Em novembro de 2006, ele participou de uma reunião na Câmara de Vereadores de Bento Gonçalves e na oportunidade falou sobre a necessidade de preservação dos recursos hídricos, enfocando, entre outros assuntos, as doenças relacionadas à água, ou sua falta. Na ocasião o Promotor, em face da provocação feita por representantes da comunidade de Bento Gonçalves, preocupados com a preservação de seus mananciais, informou que a Subprocuradoria de Justiça para Assuntos Institucionais estava instaurando inquérito civil, de natureza regional, envolvendo a discussão da captação de preservação das águas nos municípios de Bento Gonçalves, Farroupilha e Garibaldi. Também foi colocado em pauta a necessidade de uma discussão local, de Bento Gonçalves, que tratava do perímetro de preservação da bacia de captação, onde estava inserido o tema “Emenda 17” (ver Box). O Promotor Alexandre Saltz su-

geriu que a Câmara de Vereadores mantivesse o veto do então Prefeito Alcindo Gabrielli à emenda que previa a diminuição do recuo mínimo de 100 para 30 metros das edificações a serem construídas na zona de proteção ambiental da bacia de captação do Barracão. Saltz sugeriu, ainda, o comprometimento do Executivo, na época, por Termo de Ajustamento de Conduta, a realizar estudo técnico para identificar as reais dimensões no curso da bacia de captação, de preservação das margens do arroio Barracão. Entenda a Emenda 17 Na aprovação do Plano Diretor, em 2006, os vereadores apresentaram 75 emendas, das quais 11 foram vetadas pelo então prefeito Alcindo Gabrielli. Dentre elas, a emenda 17, que previa a diminuição do recuo mínimo de 100 para 30 metros das edificações a serem construídas na zona de proteção ambiental da bacia de captação do Barracão. No ano seguinte, a Câmara propôs nova redução, desta vez de100 para 15 metros, que recebeu novo veto do prefeito Gabrielli, mas foi promulgada pela Câmara, ferindo a Constituição Federal. Diante do fato, a jornalista Ana Inês Facchin encaminhou denúncia ao Promotor Élcio Resmini de Menezes, que formalizou o processo, encaminhado a Porto Alegre, estabelecendo ainda que, enquanto não houvesse decisão, nada poderia ser edificado nas áreas em questão. Após um ano, o processo foi julgado acusando a inconstitucionalidade da emenda, voltando a valer os 100 metros de preservação em torno dos arroios que abastecem a bacia de captação do Barracão. Não satisfeita, a Câmara encaminhou nova proposta, obtendo então a redução de 100 para 30 metros de preservação nos entornos. A Lei é essa mas a realidade é bem outra, uma vez que há edificações literalmente sobre os arroios.

Contratação de empresa foi prometida há 4 meses Em agosto, a Prefeitura de Bento Gonçalves divulgou que estaria lançando um edital para contratação de uma consultoria específica para auxiliar na revisão do Plano Diretor do município, alegando que a prefeitura não dispõe de recursos humanos que pos-

sam dedicar-se exclusivamente à revisão do documento. E que um assessoramento técnico permitiria uma visão mais abrangente com profissionais de todas as áreas. O edital até o momento ainda não foi lançado. Na reunião com o empresa-

riado semana passada no Santo Antão, o Procurador Geral do Município anunciou novamente, como novidade, o lançamento do edital para contratação de empresa especializada para analisar o Plano Diretor e realizar o estudo técnico, ainda em dezembro.

Opiniões sobre a alteração do Plano Diretor “É extremamente importante que quando se coloca uma meta, se mantenha essa meta. A da administração Pasin é gerar empregos. A administração Pasin tem que pensar lá na frente. Tem que pensar nos empresários que estão com os pavilhões fechados. Sou defensor que se gere emprego. Vamos liberar esses pavilhões na área da bacia de captação do Barracão para que gerem empregos.” Vereador Enio de Paris (Líder de Governo - PP) “ O importante é clarear bem o processo com a comunidade, para que as pessoas entendam o que está sendo proposto. Temos que ver como um todo, conciliando com o que a comunidade almeja. Há muitas alternativas técnicas viáveis para as empresas se estabelecerem”. Presidente da Câmara de Vereadores Valdecir Rubbo (PDT) “A vivência que tenho me leva a dizer que é possível ter desenvolvimento sustentável. Quem vai para a Europa vê que há indústrias instaladas próximo aos rios. Sou plenamente a favor que se faça uma revisão no Plano Diretor.” Luiz Augusto Signor (Secretário Municipal de Meio Ambiente) “Temos que mudar os artigos 53 e 56 do Plano Diretor. O que estamos pedindo é que quem já está instalado seja regularizado. Eu tenho um pavilhão na área da bacia de captação construído há mais de 15 meses e não consigo regularizar. Falei pessoalmente com o Prefeito Pasin que prometeu resolver essa questão de forma pontual. Passaram-se dez meses, e nada”. Cláudio Pegoraro (empresário) “Não tenho opinião formada sobre o assunto. Mas é preciso termos em mente o que os empresários querem, o que a comunidade quer, o que o meio ambiente precisa e o que o MP aponta. Não dá para discutirmos a questão sem a participação de todos. E não dá para se jogar toda a responsabilidade sobre a Câmara de Vereadores, deixando para discutir o assunto apenas quando for para votação”. Vereador Moisés Scussel (PMDB)

Alunos e professores “abraçam o arroio Barracão” Um abraço simbólico ao arroio Barracão e uma lição de cidadania e conscientização em relação ao meio ambiente, é a grande lição deixada na última semana pelos alunos e professores da Escola Estadual Nossa Senhora da Salette, localizada no Barracão. No dia 11 de dezembro, às 14 horas, o encerramento do Projeto Pró Água aconteceu na forma de um abraço simbólico ao arroio Barracão, com a participação de alunos e professores da escola. A Diretora Flávia Cavalet Caldato explicou que os alunos trabalharam a água como tema durante o ano letivo com o Projeto Pró Água. Foram rea-

MAURO CÉSAR NOSKOWSKI, DIVULGAÇÃO

Crianças dão exemplo de cidadania e preocupação com o meio ambiente

lizadas atividades como a Trilha da Água, em parceria com a Corsan, plantio de árvores nativas nas margens do arroio, caminhadas de conscientização e até uma música com o tema foi criada. Na última se-

mana o projeto culminou com o Abraço ao Arroio Barracão. A Escola Nossa Senhora da Salette conta com 230 alunos, na parte da manhã da 6ª a 8º série e no turno da tarde da Educação Infantil ao 5º ano.


12 Geral

Quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

Buracos

CONCURSO

Moradores cansam de esperar Trabalho foi realizado na segunda-feira, 16, após adquirem com recursos próprios o pó de brita FOTOS ESTEFANIA V. LINHARES

Estefania V. Linhares

O

s moradores da rua Marcos Nardon, no bairro Fenavinho cansaram de esperar uma solução da prefeitura em relação ao buraco feito para reparos na rede de esgoto. Os vizinhos Vilson Vignatti e Agenor Suder iniciaram o trabalho na tarde de segunda-feira, 16, após esperarem quatro meses pelo conserto da via. Eles relatam que procuraram a Secretaria de Obras para pedir uma solução, porém não obtiveram um retorno. Há 20 dias procuraram novamente o setor e estimularam um prazo que se em 15 dias, o problema não fosse solucionado eles iriam fechar o buraco por conta. Os moradores também buscaram apoio do vereador que reside no bairro, porém nada avançou. Assim, Vignatti foi responsável por comprar o pó de brita para a ação. Os moradores estão no período de férias. Eles lembram que o problema aconteceu antes das

Suder e Vignatti aproveitaram as férias para solucionar o problema

chuvas registradas no mês de novembro. Porém, se agravou com o volume de água e soltaram ainda mais pedras da rua. No domingo, 15, um automóvel caiu no buraco. Conforme relatos, às vezes o trânsito fica em meia pista, pois é estacionado um caminhão de um dos moradores. “Se não fizeram isso, o que será da cidade daqui um tempo”, afirma Vignatti, ele também analisa que neste caso é uma ação simples, que não envolve muitos custos e é de fácil solução. “Falta vontade política”, aponta. Para Suder, a preocupação é que aconteça algo com uma alguma criança na rua. “Depois que acontece algo não adianta reclamar”, alerta. Próximo ao local, a Corsan instalou água em uma obra e em poucos dias já haviam feito os reparos na rua, ao contrário do caso do esgoto que foi consertado há cerca de quatro meses, porém o buraco permanece. bairros@jornalsemanario.com.br

Estudante se classifica para a final A aluna da 7ª série do Colégio Scalabriniano Nossa Senhora da Medianeira, Júlia Breda Casagranda foi uma das mais de 375 mil concorrentes do 26º concurso anual do Cartaz sobre a Paz de Lions Internacional. Para ela, “o mundo precisa da natureza, do respeito, do amor e da paz”. O cartaz foi selecionado levando em conta a originalidade, mérito artístico e expressão do tema do concurso “O nosso mundo e o nosso futuro”. O presidente do Lions Clube Bento Gonçalves Cidade do Vinho, Fabiano Chiella ficou impressionado com a expressão e a criatividade demonstradas pelos estudantes do Colégio Medianeira. “O cartaz de Júlia estará avançando para a próxima etapa do concurso, onde encontrará fortes concorrentes nas rodadas de competição em nível de distrito, distrito múltiplo e internacional para que ela seja declarada vencedora do grande prêmio”, afirma. Na fase local, Júlia e os outros 30 alunos serão homenageados hoje, 18, a partir das 19h, na Fundação Casa das Artes.

VULNERABILIDADE SOCIAL

Índios tomam as ruas e sinaleiras de Bento Há quase duas semanas os índios tomaram as ruas de Bento Gonçalves. Eles estão presentes na sinaleira da Praça Dr. Vico Barbieri, na Estação Rodoviária e próximo da Pipa Pórtico, onde estão montadas barracas e uma proteção para o banho em uma bica próxima da entrada. Muitos motoristas são abordados principalmente pelas crianças que pedem um “troquinho” no sinal na praça. A secretária de Habitação e Assistência Social (Semhas) Roseli Faccio Fornazier esclarece que eles saem de seus municípios para vender o artesanato. Conforme ela, o cacique esteve em Bento para conhecer a área que foi preparada para eles com energia elétrica e água. Ele aprovou o local, porém os índios não querem se deslocar

principalmente no que se refere a exposição das crianças à vulnerabilidade social. Uma das alternativas propostas foi em oferecer o transporte para os índios se deslocarem da região central para a estrutura preparada para eles acamparem. Segundo Roseli, a Funai está resolvendo um problema semelhante, porém mais grave em Chapecó, por isso não chegaram ainda em Bento. Ações

O acampamento está localizado próximo da Pipa Pórtico, na BR 470

para a área que é arborizada e possui condições adequadas. Nesta semana, a Fundação Nacional do Índio (Funai) ficou de visitar a cidade para con-

versar com as pessoas que estão aqui. Além disso, o Conselho Tutelar realizou um registro no Ministério Público Federal (MPF) explicando a situação e

A estimativa é de que sejam cinco famílias kaingang oriundas da cidade de Cacique Doble, localizada na região noroeste do Rio Grande do Sul. Para chegar à cidade, eles receberam auxílio através de passagens. Segundo o administrativo do Conselho Tutelar Jorge

Pizzatto, os índios possuem autorização por dez dias para saírem do seu local de origem para comercializarem artesanato. As conselheiras tutelares procuraram os índios na rodoviária tentando conversar, mas não houve um acordo. Assim, foi acionada uma ação junto ao MPF. Também foi contatado com o cacique que se comprometeu em vir até o município e conversar com os índios, porém não houve nenhum retorno. A Secretaria de Assistência Social de Cacique Doble foi comunicada sobre a temática e informou que deverá providenciar a compra de passagens para os índios retornarem para a cidade. Além de Cacique Doble, também existem índios das reservas localizadas em Ibiraiaras e Planalto, conforme relatos dos indígenas.


Segurança 13

Quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

CRIME OU FATALIDADE

Jovem é atropelado no bairro São Roque NOEMIR LEITÃO

Santa Marta

Casal de jovens fica ferido em acidente O motorista está internado na UTI do Hospital Tacchini em estado grave TOMAZ GRACILIANO/RÁDIO DIFUSORA, DIVULGAÇÃO

Noemir Leitão

N

Bicicleta se partiu ao meio após acidente com o veículo Corolla

No domingo, 15, ocorreu um atropelamento na avenida São Roque, próximo ao 6º BCOM, em Bento Gonçalves. Um jovem de 18 anos teve sua bicicleta totalmente destruída, quando foi atingido pelo veículo Corolla. O condutor fugiu do local. O carro foi encontrado na tarde de segunda-feira, 16, às 17h, na localidade de São Valentim. Havia marcas de sangue e indícios suficiente de que seria o mesmo veículo que atropelou o rapaz. Gabriel Brancher Trindade foi socorrido e encaminhado para o pronto socorro do Hospital Tacchini em estado grave, situação em que se encontra até o momento, já que está na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Ele teve di-

versas fraturas pelo corpo, e pelo estado que ficou a sua bicicleta, quebrada ao meio, poderia ter entrado em óbito no momento da queda. O registro foi efetuado na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) ainda na manhã de domingo, e a bicicleta foi recolhida para perícia. O homem que atropelou Gabriel está sendo identificado pela polícia para prestar esclarecimentos sobre os fatos. Além disso, ocorreu omissão de socorro por parte do motorista, que não prestou atendimento ao jovem acidentado. Em contato realizado com o Hospital Tacchini, o estado de saúde do jovem ainda é considerado gravíssimo, e ele deverá passar por várias cirurgias.

CIDADE ALTA Assalto em agência lotérica em Bento A polícia ainda não tem pistas dos homens que roubaram uma agência lotérica na tarde da sexta-feira, 13, por volta das 17h50min, em Bento Gonçalves. O fato ocorreu na rua Olavo Bilac, bairro Cidade Alta. Segundo informações de testemunhas, dois homens chegaram em uma motocicleta, o caroneiro

desceu, enquanto o outro ficou do lado de fora esperando. Ele estava com duas armas em punho, e adentrou no estabelecimento anunciando o assalto, rendendo os funcionários e clientes. O bandido saiu do local levando certa quantia em dinheiro. A Brigada Militar realizou buscas na região, mas não localizou os criminosos.

a madrugada do sábado, 14, um casal de jovens ficou ferido após acidente na rua Vitório Carraro, próximo ao bairro Santa Marta em Bento Gonçalves. De acordo com informações da Brigada Militar, o motorista Eduardo Giovanella, perdeu o controle do veículo Audi, placas LCM-0567 de Bento Gonçalves, ao passar um quebra-molas. O veículo girou várias vezes na pista e bateu violentamente contra o portão de uma residência, um poste de concreto e uma lixeira de ferro. Dentro do veículo, além do motorista, estava a namorada dele, a comerciária Débora Fabichaki, de 25 anos. O carro ficou destruído, assim como o portão, que foi arremessado a cinco metros de distância. A lixeira também foi arrancada com o choque.

O veículo Audi ficou totalmente destruído com a colisão

Os dois ocupantes do veículo foram socorridos pelo Corpo de Bombeiros e pela equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Segundo o boletim médico desta terça-feira, 17, Eduardo Giovanella está internado na Unidade de Terapia Intensiva

(UTI) do Hospital Tacchini. Seu estado de saúde é considerado grave. Débora está internada em um dos quartos do hospital, e seu estado de saúde é regular, mas não corre risco de morte. policia@jornalsemanario.com.br

CENTRO

Idosa morre atropelada Atropelamentos têm-se tornado rotineiros em Bento Gonçalves. Na tarde de ontem, um acidente deixou mais uma pessoa morta. A idosa Deusília Machado de Oliveira, de 71 anos, morreu atropelada por um ônibus coletivo, por volta das 16h, desta terça-feira, 17. O acidente aconteceu em frente ao terminal de ônibus da praça Centenário, no Centro. O motorista do ônibus transitava pela rua Félix da Cunha e ao acessar a rua Barão do Rio Branco, não viu a idosa. A senhora estava atravessando a rua fora da faixa de segurança. Ela não resistiu aos ferimentos e morreu no local. Deusília faria 72 anos nesta quarta-feira, 18.

ANTÔNIO SÉRGIO DE OLIVEIRA/RÁDIO DIFUSORA, DIVULGAÇÃO

Idosa foi atropelada por um ônibus coletivo no Centro da cidade


14

Esportes

Quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

Futebol

ALVIAZUL

Tricolor vai fazer a preparação em Bento

Esportivo vence jogo em Flores da Cunha

Coletiva de imprensa na Prefeitura anunciou oficialmente a vinda do Grêmio Vinicius Mieznikowski

FOTOS VINICIUS MIEZNIKOWSKI

O

Grêmio Futebol Porto-Alegrense deu o primeiro passo para a pré-temporada 2014. Na manhã de ontem, 17, foi anunciado na Salão Nobre da prefeitura de Bento a escolha da sede da preparação do tricolor gaúcho para competições como campeonato gaúcho, Brasileirão e Libertadores da América. Foram definidos os campos de treinamento: Complexo Rubro Negro, Complexo do Borgo, Sesi e Geremia. Para os dias de chuva serão usadas quadras de grama sintética no bairro Botafogo. Será organizado um jantar no dia 16 de janeiro com o consulado do clube. A chegada da equipe gremista no município acontece no dia 10 de janeiro e vai até o dia 22. O evento que anunciou a vinda da equipe tricolor contou com a presença de autori-

Enderson Moreira, novo técnico participou da entrevista coletiva

dades do município, membros do clube Esportivo, e imprensa de todo o Rio Grande do Sul. A coletiva de imprensa que estava marcada para iniciar às 10h, teve atraso de 1h e iniciou às 11h. Segundo Marcos Chitolina, dirigente da equipe gremista, a direção esteve no município na semana passada, em busca de informações da cidade, qualidades dos locais de treinamento. “Bento Gonçalves

tem uma estrutura de primeiro mundo, para atender e dar as condições para o Grêmio fazer uma excelente pré-temporada. A pré-temporada no interior é importante para aproximar o Grêmio da sua torcida. Esse momento é gratificante e o torcedor gosta muito disso. Nós temos certeza que este município será um grande marco para o Grêmio,” disse Chitolina. Para o novo treinador do Grêmio, Enderson Moreira, a escolha por Bento é o começo de uma grande pré-temporada. “A vinda para Bento Gonçalves é um momento especial e de preparação. Fica evidente que a cidade sempre recebe muito bem as equipes que vem fazer pré-temporada, o nosso foco é a preparação para as competições, o momento é muito especial e importante pra nós.” disse o técnico. esporte@jornalsemanario.com.br

Preparação para o Gaúchão segue em ritmo acelerado no Montanha

O Esportivo iniciou sua caminhada na Pré-temporada 2014. No domingo, 15, a equipe alviazul venceu o primeiro jogo-treino com o Corinthians do Mato-Perso de Flores da Cunha por 4 x 0. Jogando um bom futebol e com um bom toque de bola, o Esportivo marcou na partida com Tuíta, duas vezes, Didi, e Cacá que marcou de pênalti. A equipe entrou em campo com a seguinte formação: Damião, Afonso, Wesley Ladeira, Reginaldo e Murilo Ceará, Agenor, Vinícius, Cássio e Cacá, Ramon e Brandão. Foram vá-

rias as chances de gol criadas, com o primeiro tempo terminando empatado em 0 x 0. No segundo tempo, Ávila mudou boa parte da equipe e os gols começaram a sair, com o placar sendo ampliado para 4 x 0. Para o diretor de futebol do Esportivo, Eduardo Casagranda, o jogo-treino foi importante para movimentar e começar a dar ritmo aos atletas. Agora o Esportivo se prepara mais uma semana até o segundo amistoso da temporada, na segunda-feira, 23, contra o São José, de Porto Alegre. A partida não tem data definido pela diretoria ainda.


Esportes 15

Quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

Estadual Máster

Bento Máster perde fora de casa Jogo da volta na Fundação Geremia promete ser de grande equilíbrio dentro de campo na briga pelo título do campeonato DIVULGAÇÃO

Vinicius Mieznikowski

O

Campeonato Estadual Máster chega na reta final e a briga pelo título vai começou quente. O Bento Máster teve a confirmação dos boatos que ouviu antes da partida final. Os comentários de que jogar com o São José na cidade de Viamão era uma tarefa difícil, foram sentidos na pele pela delegação da equipe da capital do vinho ao final do jogo no domingo, 15. O confronto em Viamão foi uma verdadeira batalha, como já era esperado. As dificuldades começaram com o campo irregular e agressões dentro das quatro linhas. Tudo estava conspirando para o São José de Porto Alegre. O primeiro

Equipe comandada pelo técnico Silvio dos Santos jogou bem mas sofreu com a pressão externa

tempo terminou com o placar favorável à equipe anfitriã, 2 x 0, abrindo vantagem considerável. O segundo tempo foi marcado pelas substituições do Bento Máster, que entrou com outra

ATLETISMO

cara dentro de campo. O grupo do Bento Máster entrou em campo remodelado, fazendo score para empatar o jogo e ficou com o mesmo número de gols, empatou 2 x 2.

O final da partida foi marcado pelo “transtorno”, o São José fez uma falta clara no goleiro do Bento Máster aos 42 minutos do segundo tempo. Na sequência foi marca-

do um gol de forma irregular pela equipe do São José, que acabou sendo validado pela arbitragem. Para o técnico Silvio dos Santos, o que aconteceu no domingo foi um verdadeiro “assalto”. O treinador acredita que com mais calma e paciência, a equipe pode conseguir o placar da volta. “Nada está perdido, mostramos que temos amplas condições de reverter este resultado e buscar a taça nas penalidades. O jogo da volta será totalmente diferente” disse Dos Santos. O Bento Máster está mobilizando a torcida para o segundo jogo em casa no campo da Fundação Geremia no domingo, 22, às 10h15min. esporte@jornalsemanario.com.br

VÔLEI

Irmãs Spadari correm Bento Vôlei faz primeiro jogo Homenagem O Bento Vôlei realiza o seu quetá que tem como treinador na frente em Caxias primeiro amistoso preparató- o ex-jogador Gilson “Mão-deAs atletas Hélen e Suelen Spadari conseguiram mais um bom resultado no sábado, 14. As representantes do atletismo da Serra participaram em Caxias do Sul da Rústica dos Presépios, organizada pela secretaria municipal daquela cidade e chegaram nas duas pri-

meiras colocações na categoria geral feminino. Hélen ficou com o primeiro lugar, enquanto Suélen levou a segunda colocação. A prova teve um percurso de 5,8 quilômetros e contou com 360 participantes. O próximo desafio das atletas de Pinto Bandeira acontece em Porto Alegre hoje, 21.

ria para a Superliga B, que começa no dia 16 de janeiro. A equipe comandada pelo técnico Fernando Rabelo vai a Novo Hamburgo amanhã, 19, enfrentar um dos adversários da competição em partida amistosa. A equipe bento-gonçalvense enfrenta o time do Voleisul/Pa-

-pilão”. O Voleisul conta com jogadores experientes em seu elenco como o meia Aureliano e o oposto André Nascimento, que já defendeu a seleção brasileira em competições como Liga Mundial e Olimpíadas. Mais um desafio para testar o elenco do Bento antes da Liga B.

A noite de quinta-feira,12, foi de muita festa para o Bento Vôlei. O clube recebeu homenagem do governo do estado, através da Fundergs pelo trabalho realizado ao longo dos anos nas categorias de base e no projeto social Sacada Solidária. O evento aconteceu em Porto Alegre.


www.jornalsemanario.com.br

A Edição

32 páginas

Primeiro caderno .................... 16 páginas Classificados .......................... 16 páginas

BENTO GONÇALVES

Quarta-feira

18 DE DEZEMBRO DE 2013 ANO 47

N°2987

R$ 3,00

MARCELO MACIEL

GRÊMIO

Tricolor confirma preparação e amistosos Página 14

MUSEU DO IMIGRANTE

Captação de recursos ultrapassa os R$ 300 mil Página 4

Decoração e espírito natalino Comunidade aprova e enaltece arranjos que enfeitam o Centro e as atrações de Natal na Via Del Vino Páginas 8 e 9

18/12/2013 - Jornal Semanário - Edição 2987  

18/12/2013 - Jornal Semanário - Edição 2987 - Bento Gonçalves/RS

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you