Issuu on Google+

ARTE ROBSON B OLIVEIRA SOBRE FOTO DE MARCELO MACIEL

Fim de semana de campeões Confira nesta edição quem são as equipes que levantaram título no Citadino de Futsal e no Campeonato Distrital Páginas 13 e 14 BENTO GONÇALVES, QUARTA-FEIRA, 11 DE DEZEMBRO DE 2013 – ANO 47 – N°2985 – R$ 3,00 – www.jornalsemanario.com.br

ERS-431

Plano Diretor

FERNANDO LEVINSKI

Motoristas se arriscam na rodovia Página 6

Pensando em todos Prefeitura anuncia estudo técnico antes que mudanças do Complan sejam implantadas e empresários querem Página 8 mais agilidade nos processos

PINTO BANDEIRA

Déficit é de R$ 400 mil Página 5

FORTUNATO RIZZARDO

Página 4

MARCELO MACIEL

Tribunal nega prisão domiciliar


-

-

a s -

2

Opinião EXPEDIENTE

Quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

EDITORIAL

Críticas e soluções

SEDE Wolsir A. Antonini, 451 Bairro Fenavinho - Caixa Postal 126 95 700.000 - Bento Gonçalves - RS ESCRITÓRIO CENTRAL Mal. Deodoro, Centro, 101 Galeria Central - Sala 501 DIRETOR PRESIDENTE HENRIQUE ALFREDO CAPRARA DIRETORES ANA INÊS FACCHIN HENRIQUE ANTÔNIO FRANCIO

JORNALISTA RESPONSÁVEL HENRIQUE ALFREDO CAPRARA Registro Prof. DRT 3321 Somos filiados à ADJORI / RS Este jornal não se responsabiliza por conceitos emitidos em artigos assinados e não devolve originais que não foram publicados.

FALE COM A GENTE Telefones: Central/Fax: 3455.4500 Escritório Centro: 3452.2186 Rádio - Estúdio: 3455.4530 Rádio - Coordenação: 3455.4535 Atendimento ao assinante: 3055.3073 ou 9971.6364 E-mails: classificados@jornalsemanario.com.br jornal.semanario@italnet.com.br radio@radiorainha.fm.br Sites: www.jornalsemanario.com.br www.radiorainha.fm.br Representante em Porto Alegre Grupo de Diários Rua Garibaldi, 659, Conjunto 102 Centro - POA - Fone: (51) 3272.9595 e-mail: fernanda@grupodediarios.com.br

Semanário na Internet Siga-nos no Twitter: @jsemanario Curta a fan-page: on.fb.me/jsemanario

Leia também no nosso site: www.jornalsemanario.com.br

Não é de hoje que se reclama do Plano Diretor de Bento Gonçalves. Porém, pouca movimentação produtiva foi feita para modificá-lo de forma coerente e dentro dos padrões exigidos por lei. Este jogo de empurra-empurra se arrasta há vários anos e nenhuma atitude era tomada. O que se via era cada um puxando a brasa para o seu assado, sem que houvesse um entendimento. Os ambientalistas pensando em proteger os maninciais e as áreas verdes, mas não apresentando nenhuma solução plausível para que tivéssemos um crescimento sustentável. Como se o “não construir” fosse suficiente para dirimir as questões ambientais. Em um outro lado, estava o empresariado que, na sua maioria, se queixava da moDemorou, mas a voz da razão rosidade do poder público em parece ter ecoado nas cabeças mudar a legislação e da imposde nossas lideranças. Antes sibilidade de expandir seus negócios em direção à Bacia tarde do que nunca do Barracão e também nos bairros Santa Helena, Santa Marta e Santo Antão. Porém, também pouco faziam para mudar esta realidade. Precisou um grupo destes mesmos empresários, com empreendimentos nos bairros Santa Helena e Santo Antão, cansar de esperar e se mobilizar para reivindicar uma postura mais ativa do poder público. Foi só a partir daí que alternativas começaram a aparecer e uma luz no final do túnel surgir. Todos já estão carecas de saber, há anos e mais anos, que sem um estudo técnico embasado, feito por profissionais idoneos, e uma empresa com credibilidade no mercado, o Plano Diretor jamais será alterado. A pressão

AntônioFrizzo

da comunidade, dos órgãos de imprensa e, principalmente, através de ações do Ministério Público, impediriam a chamada “mudança goela abaixo”. Está claro para todos que medidas desta natureza não podem ser tomadas de forma abrupta e precipitada. O anúncio da contratação de um estudo técnico é uma demonstração de sensatez e equilíbrio da prefeitura, que acaba acalmando a gregos e troianos. Finalmente uma voz surgiu para dizer que é preciso pensar em mudanças que sejam de comum acordo e que beneficiem a comunidade como um todo e não apenas uma parcela dela. Demorou, mas a voz da razão parece ter ecoado sobre as cabeças das nossas lideranças. Antes tarde do que nunca. Chega de discursos demagógicos, criação de comitês de discussão, fóruns que não levam a lugar nenhum. A palavra de ordem agora é uma só: AÇÃO. Nossos políticos precisam parar de jogar para a torcida. Nossos empresários, que movimentam a nossa economia, precisam mostrar o quanto estão preocupados com o futuro de nossa cidade e com a possibilidade de um crescimento sustentável. Se continuarmos nos escondendo atrás das críticas vazias, Bento Gonçalves não irá a lugar algum. Vai ficar parada no tempo e no espaço. A realidade é que nosso espaço físico é muito limitado e a cidade não tem mais para onde crescer. Ou fazemos algo inteligente e que sirva de modelo para outros municípios, ou então ficaremos assistindo as coisas acontecerem em Farroupilha, Caxias e Garibaldi, até que alguém seja o último a descer do trem da inércia e da morosidade. Que o estudo técnico do Plano Diretor não fique somente no anúncio. que ele saia do papel e seja feito com a maior coerência e responsabilidade possível.

Antônio Frizzo

antoniofrizzo@italnet.com.br

A Saúva Conta-se uma história no Brasil que diz ter sido o naturalista francês Auguste de Saint-Hilaire o autor de famosa frase: “Ou o Brasil acaba com a saúva ou a saúva acaba com o Brasil”. Saint-Hilaire – sem comprovação, obviamente – cunhou tal frase depois de seus estudos. Ele veio para o Brasil, aos 37 anos, aqui permanecendo durante 6 anos de sua vida, numa dedicação total ao estudo das plantas. Foi uma das mais brilhantes (e “proféticas”) conclusões de seus estudos. Essa frase, dita há mais de século e meio, continua absolutamente atual. Certamente ela foi usada muitas vezes de forma metafórica, na tentativa de traduzir outros grandes males que assolavam e ainda assolam o Brasil, não só no tocante à famosa saúva formiga cortadeira. Agora, por exemplo, a frase pode ser empregada relacionada aos atos de banditismo ocorridos em Joinville, envolvendo pseudo-torcedores de futebol, durante o jogo entre Atlético-PR e Vasco da Gama, desta forma: “Ou o Brasil acaba com a impunidade ou a impunidade acaba com o Brasil”. Sim, é só e exclusivamente a impunidade que move esses bandidos travestidos de torcedores a agirem da forma selvagemente animalesca naquele estádio. Sabem eles – e todos os demais que frequentam estádios com notório espírito bélico – que “não vai dar nada”. Po-

rém, a impunidade tem origem. E ela está na CONSTITUIÇÃO FEDERAL DE 1988. Ela tirou a autoridade de todas as autoridades. Hoje, se um policial usa o cassetete para coibir a ação desses bandidos, certamente ele será alvo de algum inquérito para “apurar suas responsabilidades” e, invariavelmente, algum “boi-corneta” da imprensa acusará a policia por “excessos”. Graças a isso, eles aproveitam e quebram, depredam, vandalizam bens públicos e privados – as “manifestações” recentes são exemplos claros – além de provocarem confrontos onde o “vale-tudo” é a tônica. No dia em que foi convocada a Assembléia Nacional Constituinte NÃO EXCLUSIVA, ou seja, os mesmos que a elaborariam continuariam deputados e senadores, o Brasil cometeu um erro histórico, terrível, praticamente irreversível. Sim, irreversível porque “eles” jamais abrirão mão dos privilégios que se auto-atribuiram quando fizeram o “monstrengo” e o apelidaram de “constituição cidadã”. Assim, há que se metaforizar isso também: “Ou o Brasil acaba com essa Constituição ou essa Constituição acaba com o Brasil”. E a presidente sugeriu uma Assembléia Nacional Constituinte EXCLUSIVA. As oposições e a “grande imprensa” a detonaram. Sabem quando teremos reformas política, partidária, tributária e “moral”? Nunca.


Opinião 3

Quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Painel Olhares do Bom Retiro

Apresentação A Escola Floriano Peixoto realiza hoje, 11, o encerramento do ano letivo com o tema “Natal em família”. A programação da apresentação natalina inicia às 7h30min com a recepção dos convidados, no Salão de São Valentim.

Bingo de Natal do Clube Esportivo

Custos industriais crescem 3,6% no 3º trimestre Pressionados pelo câmbio e pelo aumento dos juros, os custos industriais cresceram 3,6% no terceiro trimestre de 2013 ante o segundo trimestre, informou a Confederação Nacional da Indústria (CNI). Todos os custos levados em conta no indicador (de produção, de capital de giro e tributário) mostraram alta na comparação com o trimestre anterior. Para a entidade, a volatilidade do câmbio impede que sejam feitas projeções para os próximos períodos.

Pluralidade religiosa Os alunos dos primeiros e segundos anos do ensino médio do Colégio Dona Isabel participaram de oficinas sobre a pluralidade religiosa. Os estudantes apresentaram as diferenças e as curiosidades, mostrando todos os aspectos das várias culturas existentes no mundo, entre elas, Budismo, Confucionismo, Taoísmo, Jainismo, Cristianismo, Espiritismo, Teosofia e Magia. As professoras Grasiele Paula Moschetta e Simone Kaller Flôr explicam que através desta atividade buscaram demonstrar a pluralidade religiosa e o pré-conceito existente com a diversidade de pensamento. Assim, toda forma de repressão exercida contra as culturas é sinônimo de medo e falta de conhecimento, que quando adquirido, proporciona um entendimento completo, tendo assim o respeito e admiração com tudo que faz parte da construção subjetiva dos povos do mundo.

MARCELO MACIEL

Acontece amanhã, 12 de dezembro, às 20h o Bingo de Natal do Clube Esportivo. As cartelas que custam R$10 e dão direito a oito rodadas, podem ser adquiridas na Secretaria do Clube Esportivo, Loja Katmay, Lancheria 2 Coqueiros, Fortaleza Materiais de Construção, Nodari Suprimentos, Valduga Auto Peças e Ótica Debianchi. Entre os prêmios estão um refrigerador, microondas, bicicleta, R$1000 na rodada extra e ainda sorteios de brindes entre as rodadas. O evento acontecerá no Clube Susfa.

Ação solidária O Moto Grupo Enrolando Cabo de Bento Gonçalves organizou uma rifa beneficente para ajudar o Lar para Idosos Luchese, localizado no bairro Maria Goretti. O sorteio da rifa foi realizado no sábado, 7. Bernardo Pedretti foi o vencedor e levou pra casa uma motocicleta Suzuki 125cc. A entrega do prêmio foi feita no domingo, 8, durante almoço solidário no Gaudério Serrano. Todo valor arrecadado foi revertido para a instituição. A ação teve apoio de uma empresa de motos do município.

Estamos conseguindo mostrar que as pessoas com menor poder aquisitivo são boas pagadoras MAURÍCIO DZIEDRICKI, TITULAR DA SECRETARIA ESTADUAL DE ECONOMIA SOLIDÁRIA E DE APOIO À MICRO E PEQUENA EMPRESA (SESAMPE) DIVULGAÇÃO

Morre o líder estudantil Diego Minusculi Faleceu nesta segunda-feira, 9, o empresário e líder estudantil Diego Minusculi, de 30 anos. Sua morte aconteceu durante um procedimento cirúrgico de redução de estômago em um hospital na cidade de Carlos Barbosa. Minusculi ficou conhecido na cidade pelo trabalho desenvolvido à frente da União de Estudantes Secundaristas de Bento Gonçalves (Uesb). Além disso, também era militante atuante do PT Jovem e era proprietário do restaurante Nonna Anna.

A exposição Olhares do Bom Retiro apresenta realidade vista de diversas formas. A mostra é dos alunos do ensino médio da Escola Visconde de Bom Retiro, de Bento Gonçalves. O projeto é resultado de três meses de estudos dentro da disciplina de Artes, ministrada pelo professor João Carlos Pereira Júnior. As mais de 150 obras podem ser visitadas até terça-feira, 17, no saguão do colégio.

A pergunta que não quer calar Confederação Nacional dos Municípios classificou como desesperadora a situação das finanças das prefeituras do País. 65% delas, segundo pesquisa realizada, estão em atraso de cinco meses com fornecedores. Isto minimiza os efeitos da situação em que Lunelli deixou a Prefeitura?? Envie a sua sugestão de pergunta pelo e-mail redacao@jornalsemanario.com.br


4

Política

Quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Caso Fortunato Rizzardo

TJ nega prisão domiciliar a ex-prefeito Decisão dos desembargadores foi por unanimidade e determina que ele precisa cumprir a sentença para exigir benefício Marcelo Maciel

O

Tribunal de Justiça do Estado (TJ) indeferiu o pedido de prisão domiciliar feito pelo advogado do ex-prefeito Fortunato Janir Rizzardo. A decisão dos desembargadores, publicada na sexta-feira, 6, determina que ele cumpra o resto de sua pena no presídio e não cabe recurso. De acordo com a sentença judicial, Rizzardo, através de seu advogado, interpôs agravo em execução, insurgindo-se contra a decisão que indeferiu pedido de prisão domiciliar. Em razões, argumentou que está sofrendo de doença gra-

ve, fazendo-se necessária a concessão de prisão domiciliar, tendo em vista que o estabelecimento prisional não teria mínimas condições de infraestrutura e higiene, condizentes com o cumprimento do princípio constitucional da dignidade da pessoa humana. Ao tomar conhecimento do agravo, o Ministério Público apresentou argumentos para evitar que a solicitação fosse concedida pelo Tribunal de Justiça. Os integrantes da Quarta Câmara Criminal do TJ foram unânimes em indeferir o agravo em execução. De acordo com o desembargador Gaspar

Marques Batista, relator do processo, Fortunato Rizzardo foi condenado à pena de cinco anos, um mês e 15 dias de reclusão, em regime inicial semiaberto, além de multa, em razão da prática do delito de desvio de recursos públicos, previsto no art. 1º, inc. I, do Decreto-Lei n. 201/67. O desembargador adianta que a situação atual da sentença se encontra com a informação de “aguardando início de cumprimento”. Baseado nisso, o relator entende que Rizzardo ainda não começou a cumprir a pena e, mesmo assim, já está pleiteando prisão domiciliar. O desembargador

afirma ainda que trata-se de um incidente de execução, sendo necessário, para a discussão de tais questões, iniciar o cumprimento da pena, o que ainda não ocorreu, no presente caso. Batista encerra seu relatório informando que deve ser observado, ainda, que Rizzardo foi condenado a cumprir pena prisional em regime semiaberto, o que impede a concessão de prisão domiciliar, que é autorizada, somente, nos casos de regime aberto. Portanto, para que o ex-prefeito possa postular qualquer pedido referente à execução da pena, deve primeiro começar

a cumpri-la, para somente então, ser possível analisar uma alteração de sentença. O voto de indeferimento do agravo de execução do desembargador relator foi seguido pelos desembargadores Newton Brasil de Leão e Aristides Pedroso de Albuquerque Neto. A decisão do Tribunal de Justiça já foi encaminhada para a juíza da 1ª Vara Criminal de Bento Gonçalves, Fernanda Ghiringheli de Azevedo, a quem caberá a determinação do cumprimento da sentença por parte do ex-prefeito Fortunato Rizzardo. editoria@jornalsemanario.com.br

Entenda o caso Com decisão transitada em julgado – ou seja, sem a possibilidade de novos recursos – desde agosto de 2012, o ex-prefeito de Bento Gonçalves, Fortunato Rizzardo, deverá voltar a cumprir a sentença de cinco anos, um mês e 15 dias de reclusão em regime semiaberto. Como cumpriu apenas cerca de sete meses da pena, entre julho de 2006 e março de 2007, ele precisaria cumprir mais três meses para solicitar a progressão da pena para o regime aberto.

Baixado para o Tribunal Regional Federal da 4ª Região no dia 31 de agosto de 2012, o processo transitou em julgado depois da decisão do ministro Felix Fischer, então presidente do Supremo Tribunal de Justiça (STJ). Rizzardo foi intimado da decisão no dia 16 de agosto. O ex-prefeito foi condenado pelo desvio de recursos públicos estimado em R$ 2,9 milhões (valores de 2004). As verbas, de origem federal, deveriam ter sido aplicadas na construção de um hospital psiquiátrico na cidade, em 1990. O ex-prefeito, que comandou o município por dois mandatos, entre 1977 e 1983 e de 1989 a 1992, havia sido condenado pela Justiça em 2002 a sete anos de reclusão em regime semiaberto pelo desvio de recursos públicos.

O que diz a lei Artigo 1º, inciso I da Lei nº 201/67 Decreto Lei nº 201 de 27 de Fevereiro de 1967 Dispõe sobre a responsabilidade dos Prefeitos e Vereadores, e dá outras providências. Art. 1º - São crimes de responsabilidade dos Prefeitos Municipal, sujeitos ao julgamento do Poder Judiciário, independentemente do pronunciamento da Câmara dos Vereadores: I - apropriar-se de bens ou rendas públicas, ou desviá-los em proveito próprio ou alheio;

ARQUIVO

Rizzardo chegou a ser preso duas vezes no processo, uma após a condenação em primeira instância, em 2002, e outra em 2004, mas o Tribunal Regional Federal (TRF) concedeu habeas corpus para que pudesse apelar em liberdade.


Geral

Quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

5

Pinto Bandeira

Déficit do município é de R$ 400 mil Município poderá fechar o ano com o superávit de R$ 13.099,58, caso Bento Gonçalves repasse os recursos em haver ESTEFANIA V. LINHARES

Estefania V. Linhares

O

Poder Executivo de Pinto Bandeira realizou na manhã de segunda-feira, 9, a prestação de contas deste ano. O prefeito João Pizzio foi responsável pela divulgação dos dados que apontam que o orçamento estimado anual foi de R$ 8,5 milhões, sendo que o déficit financeiro até o dia 30 de novembro é de R$ 401.724,07. Porém, a prefeitura alega que existem cerca de R$ 650 mil que a prefeitura de Bento Gonçalves deverá repassar a Pinto Bandeira, por exemplo, referente ao Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (Fundeb) e aos royalties da Hidrelétrica Monte Claro. Assim, a cidade poderá fechar esse ano com um superávit de R$ 13.099,58.

Valores Orçamento Total estimado: R$ 8.500.000,00 Déficit financeiro até 30 de novembro: R$ 401.724,07 Previsão de repasse do FPM para 2013: R$ 7.312.350,00 Recebido do FPM: R$ 5.202.841,21 Diferença a menor: R$ 2.109.508,80

Ações Recursos Repasses para Câmara de Vereadores: R$ 431.056,25 até 30 de novembro Investimento em ativo imobilizado (veículos, móveis, equipamentos de informática, ar condicionado, etc): R$721.291,57 (previsão de fechar R$ 1 milhão até 31/12/13) Lei de Acesso à Informação: implantação do portal www.pintobandeira.rs.gov.br

Pizzio apresentou o levantamento de recursos e ações deste ano e projetou as atividades para 2014

Segundo Pizzio, as prefeituras estão analisando uma forma legal para que sejam realizados os repasses destes recursos. Os dados deste ano foram apresentados juntamente com os secretários municipais que já definiram as metas para o

próximo ano. Em 2013, na área da saúde até o momento foram investidos R$ 311 mil, o que representa 13,98%. A estimativa é que até o final do mês seja atingida a meta de 15% do previsto em lei. Segundo Pizzio, não haverá funcionários

terceirizados em 2014. Durante o ano de 2013, o Município financiou com recursos próprios a educação. Também foram apresentadas informações ligadas às áreas de meio ambiente, agricultura, obras, saneamento, trânsito, assistência social, ha-

bitação, trabalho, esporte e desenvolvimento econômico. Para o próximo ano está planejada a construção de um complexo de saúde com orçamento previsto em R$ 1,4 milhão. A manutenção da VRS 855 foi solicitada ao Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer). Antes do início da prestação de contas, o prefeito de Pinto Bandeira relatou os passos do processo de emancipação do município. O evento contou com a participação do deputado estadual Gilmar Sossella (PDT), chefe adjunto do Gabinete dos Prefeitos e Relações Federativas do governo do estado, Gilmar de Brum, além de todos os secretários municipais. regional@jornalsemanario.com.br


6 Geral

Quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

ERS-431

Motoristas se arriscam na rodovia Interdição não é eficaz no quilômetro 13,5. Placas indicam ponto interditado no km 21, porém, não há nada que bloqueie o local FOTOS FERNANDO LEVINSKI

Fernando Levinski

A

pós quase três semanas de alguns trechos do asfalto da ERS-431 terem cedido, o trânsito no ponto mais crítico, no quilômetro 13,5, continua sem estar interrompido de maneira efetiva. A reportagem do Semanário esteve no local na tarde de segunda-feira, 9, e flagrou pelo menos cinco veículos passando por um trecho estreito do acostamento. Além deste ponto, o quilômetro 21 da estrada apresenta um trecho de cedência de, aproximadamente, 15 centímetros. Entre os alertas colocados na rodovia estão placas desde o entroncamento da ERS-431 com a RSC-470 que comunicam que o trecho está interrompido nos quilômetros 13,5 e 21. Entretanto, no primeiro trecho há somente pequenas placas e cones alertando para impedir a passagem dos veículos e, para quem segue no sentido Faria Lemos - Santa

Desvio precário é a única solução segura no trecho

Veículos se arriscam ao passar por trecho interditado da rodovia

Bárbara há uma obstrução com terra. Porém, isto não foi suficiente para barrar a passagem dos veículos. Também há na rodovia muitas placas alertando para possibilidade de deslizamento. Na altura do quilômetro 21 não há qualquer barreira para evitar o tráfego de veículos, diferente do que informam as placas colocadas ao longo da ERS-431. Há também placas que alertam para uma interdição

somente no quilômetro 13,5. Outro problema encontrado no trecho é a falta de informações sobre as condições, uma carreta com placas de Miraguaí (RS) tentava seguir no sentido Santa Bárbara - Faria Lemos, entretanto, o condutor foi alertado por moradores nas proximidades da Linha Alcântara de que seria impossível seguir caminho. geral1@jornalsemanario.com.br

Estrada não comporta fluxo de veículos no trecho alternativo

A única opção segura para transitar pelo quilômetro 13,5 é um desvio que passa ao lado da estrada férrea. Entretanto, o espaço é apertado o que impossibilita a passagem de dois veículos ao mesmo tempo, e isso tem ocasionado alguns transtornos. Além disso, a entrada do desvio no sentido Santa Bárbara - Faria Lemos apresenta uma dificuldade. Os motoristas precisam subir uma rampa íngreme e, segundo o morador da localidade que,

por conta própria tem trabalhado para melhorar a estrada do desvio, Alfeo Pelegrini, os veículos tem subido com uma velocidade muito alta e, nesta subida não há visibilidade dos veículos que estão transitando pela estrada do desvio, o que pode ocasionar acidentes. Pelo fato de possuir um terreno muito acidentado, veículos maiores, como caminhões e carretas, não conseguem transitar pela estrada do desvio, que possui cerca de 400 metros.


Geral 7

Quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

MUTIRÃO

Resíduos são coletados por projeto A Secretaria de Meio Ambiente está realizando, desde o início de 2013, uma série de melhorias nos bairros de Bento Gonçalves. Uma das ações é o projeto Ame o Seu Bairro, que foi realizado nos bairros Conceição, Vista Alegre, Aparecida, Vila Nova II e III, Eucaliptos e Cembranel. Nas ações do mutirão foram recolhidas mais de 100 toneladas de lixo, com uma média de 25 toneladas em cada localidade. Conforme o secretário de Meio Ambiente, Luiz Augusto Signor, além da limpeza dos bairros, o projeto Ame Seu Bairro, que acontece de forma programada, envolve um trabalho de sensibilização dos moradores para que não depositem lixo nas ruas. “Com esses serviços, a cidade fica cada dia mais bonita, organizada e garante mais qualidade de vida aos cidadãos”, destaca o secretário. Além da ação de limpeza, equipes de educação ambiental estão trabalhando para conscientizar os moradores.

Trem Regional

Implantação será em 2014 Projeto deve demorar cerca de três anos para ser concluído. Audiência acontece amanhã, 12, em Bento JOSIANE RIBEIRO

Estefania V. Linhares

O

projeto do Trem Regional deve sair do papel em 2014 e pode demorar cerca de três anos até que seja concluído. Para que seja viabilizado é necessário que a força política regional esteja mobilizada. Amanhã, 12, será realizada uma audiência pública para o debate da temática. O encontro acontece a partir das 8h, na Fundação Casa das Artes. Segundo o secretário de Gestão Integrada e Mobilidade Urbana (Smurb) de Bento Gonçalves, Mauro Moro, o estudo está concluído e neste momento é necessário que aconteça uma mobilização política. Durante a audiência, além de um resgate histórico dos trens de passageiros da região, serão apresentados os resultados do trabalho de viabilidade técnica e econômica realizado pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

Estrutura dos trilhos existentes no município poderá ser aproveitada

O projeto está em andamento no Governo Federal, pronto para ser executado. “Todas as fases estão concluídas e o projeto aprovado pelo Ministério dos Transportes”, revela Moro. Além disso, já pode ser considerada uma referência no país. As obras possuem um regime diferenciado e poderão ser executadas através de licitação. Para o secretário, o Trem Regional é

um novo modal para o transporte de pessoas e irá contribuir diretamente com a mobilidade urbana dos municípios envolvidos, além da possibilidade de baratear o custo do transporte. Entre os beneficiados estão os alunos que estudam em Caxias do Sul. Através do trem poderão estar na universidade em cerca de 45 minutos. Moro lembra que “é um transporte

adequado, que garante a segurança dos passageiros e irá colaborar na preservação das vidas”. A maioria dos estudantes se deslocam de automóvel até a cidade próxima para estudar. O meio de locomoção também irá beneficiar os moradores dos bairros, pois estão previstas treze estações no projeto. Ainda, o plano possibilita que no futuro também seja viabilizado o transporte de cargas. O projeto Trem Regional propõe a ligação entre os municípios de Caxias do Sul e Bento Gonçalves, através de ferrovias num traçado de cerca de 60 quilômetros. A proposta qualifica os acessos viários da região, oferece nova alternativa de transporte para a população, contribui para a integração de ações de Turismo e resgata o papel histórico do trem no processo de desenvolvimento da região. regional@jornalsemanario.com.br


8 Geral

Quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Plano Diretor

Alterações sim, mas após estudo Discussão foca na regularização de empresas já existentes e empresa especializada será contratada para fazer estudo técnico MARCELO MACIEL

Facchin Editora e Redação

F

oi quase um consenso a mudança da lei para regularizar empresas já instaladas em Zona de Proteção ao Manancial (ZPM) 2, entre os participantes da reunião realizada com empresários, representantes do Executivo, vereadores e imprensa, na manhã da segunda-feira, 9. Cerca de 40 empresários participaram do encontro no salão comunitário do bairro Santo Antão, que teve como principal objetivo falar sobre a proposta do Complan de alteração do Plano Diretor. Também ficou evidenciado nas falas que as mudanças só devem ocorrer com planejamento e tendo por base estudos técnicos, mas apenas para os empreendimentos que já estão instalados e ainda não conseguiram a regularização ou autorização para ampliação dos espaços existentes. Entretanto, por parte da administração municipal, ainda não há aceno de que esta alteração ocorra, pois até o momento apenas uma proposta para alteração na ZPM1, área do Barracão, foi apresentada pelo Complan e não condiz com o que o empresariado está solicitando, pois liberaria para novas empresas e empreendimentos se estabelecerem na área da bacia de captação de água do município. A instalação de novas empresas foi defendida por poucos,

O que foi dito na reunião “Nós defendemos nossos interesses, mas precisamos viver em sociedade. Nosso município tem problemas graves, como o da água que é gravíssimo, e estamos retrocedendo cada vez mais. Nós precisamos tratar deste assunto acima dos interesses particulares”. Paulo Farina, empresário “A questão do artigo 53, que diz que compete à Corsan a emissão do parecer técnico é um equívoco. Diante disso estamos propondo a mudança para que os órgãos ambientais autorizem o licenciamento, que seria da nossa Secretaria Municipal de Meio Ambiente”. João Marcelo Bertani, diretor do IPURB

Empresários do Santa Helena e do Santo Antão se mobilizaram

como o vereador Gilmar Pessutto (PSDB), que insiste em fazer a mudança no artigo 53 do Plano Diretor passando para a Secretaria Municipal de Meio Ambiente a responsabilidade para emitir parecer técnico - que hoje é da Corsan - e, assim, liberar novas construções principalmente nos bairros Santa Helena, Fátima, Santa Marta e Santo Antão. “Estamos aqui para pressionar o Prefeito para que faça a mudança proposta pelo Complan e depois discutimos com a comunidade quando for para aprovação na Câmara” falou o vereador. Estudo Um estudo técnico deverá definir quais as alterações que podem ser feitas no Plano Diretor de Bento Gonçalves. A análise será efetuada por uma empresa

especializada a ser contratada pela prefeitura através de processo licitatório que deve ser realizado ainda este mês. De acordo com o procurador, a análise ambiental será feita de uma maneira global, para que sejam definidos os locais onde podem ser construídos empreendimentos e quais as áreas que precisam ser preservadas. Spassini adianta que mesmo a aprovação de mudanças nas Zonas de Proteção ao Manancial 1 e 2 feita pelo Conselho Municipal de Planejamento (Complan), precisam de embasamento técnico e especializado para serem concretizadas. “Não temos como tomar nenhuma medida sem um laudo emitido por profissionais, sob pena de termos apontamentos do Ministério Público”, relata. editoria@jornalsemanario.com.br

“Ninguém quer poluir. Nós queremos o nosso empresariado a nosso favor. Tem gente que está falando sem saber do assunto”. Neri Mazzochin, Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico “Não somos contra as propostas do Complan. O que estamos pedindo é que as mesmas só venham se forem acompanhadas com estudo técnico, feito por equipe multidisciplinar e com idoneidade. Que este parecer tenha a assinatura dos técnicos, que serão responsáveis pelas liberações e pelo que pode acontecer com o meio ambiente. O próprio Prefeito afirmou em fevereiro deste ano que as alterações do Plano Diretor devem ser feitas com embasamento técnico. Além do mais, o Ministério Público já se manifestou anteriormente contrário às mudanças pontuais do Plano Diretor. É mais um risco que se corre”. Vereadora Neilene Lunelli (PT) “Hoje as máquinas que nós utilizamos tem índice de poluição quase zero. Temos o maior interesse em proteger nossos mananciais, mas as empresas não podem ficar engessadas, impedidas de crescer. Peço aos ambientalistas que nos deem, pelo menos, uma alternativa. Não adianta Bento ter toda esta preocupação sem pensar em mudanças. Basta ver a evolução conquistada em Garibaldi e Farroupilha, onde os projetos são aprovados com agilidade e com aprovação da Fepam. É preciso ver os dois lados da questão”, Livio Rizzi, empresário.


Geral 9

Quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Vendas de Natal

Dezembro impulsiona o comércio Primeira semana do mês já reflete bons resultados para lojistas que se surpreendem e comemoram crescimento de até 15% JOSIANE RIBEIRO

Josiane Ribeiro

A

primeira semana de dezembro já apresenta significativos ganhos para o comércio de Bento Gonçalves confirmando as previsões de crescimento de mais de 10% lançadas ainda em outubro. Para o diretor da Vízia Óptica, Jamirton A. Benazzi, dezembro inicia muito melhor do que em anos anteriores. Segundo ele, o aumento do poder de consumo, facilidades de crediário e boa condição econômica da cidade impulsionaram esse crescimento. “Nos outros anos nessa mesma data, por exemplo, a cidade estava passando por momentos difíceis com diversos transtornos envolvendo as reformas do Centro, crise na prefeitura, em que muitas dúvidas a respeito do recebimento dos salários impediam as pessoas de investirem em

mismo, no entanto, chega com uma ressalva. “Fazer bons negócios é vender e receber. Por isso é preciso fazer boa análise de crédito na venda a prazo. De nada adianta vender mais sem receber depois”, destaca. Para limpar o nome

Facilidade de crediário e 13º salário influenciam bons resultados

compras”, afirma. Avaliando os resultados da primeira semana, a rede já registra crescimento de 12%. “As pessoas estão conseguindo antecipar suas compras, fazendo isso com mais tranquilidade e, principalmente, com a primeira parcela do 13º salário no bolso”, complementa.

O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Bento Gonçalves (CDL BG), Marcos Carbone, espera um acréscimo de até 10% nas vendas em relação ao Natal de 2012, índice acima dos 5,6% de crescimento projetados para o restante do Rio Grande do Sul. O oti-

Especialistas e lideranças do setor varejista alertam que é preciso aproveitar o período de renda suplementar para quitar dívidas antigas. Para isso, o comércio está facilitando a quitação de dívidas. “Esse é o momento ideal para que comerciantes estimulem seus devedores a pagarem débitos e, principalmente, é o momento para que os consumidores tenham consciência e utilizem seus ganhos extras para pagar dívidas”, afirma Carbone. geral4@jornalsemanario.com.br

Livre das dívidas Faça um mapeamento das finanças pessoais, analisando o tempo de cada uma das dívidas, quem são os credores, quais são os valores das dívidas originais e quanto cada uma já possui de juros. Analisar com cautela a capacidade de pagamento mensal é fundamental para o devedor. Estabeleça prioridades. Assim pague antes as contas com juros mais altos. Antes de negociar com o credor tenha em mente claramente quanto pode pagar por mês. É indispensável cumprir os acordos de pagamento que foram acertados. Mudar hábitos é indispensável. Com o sinal de alerta ligado, aproveite o momento para transformar hábitos. FONTE: CDL/BG


10 Geral

Quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

CULTURA

Microcrédito Gaúcho

Programa já liberou R$ 5 milhões em Bento

Fórum discute metas para Plano Municipal GUSTAVO BOTTEGA, DIVULGAÇÃO

Crédito, que também será disponibilizado para policiais militares, é referência JOSIANE RIBEIRO

Marcelo Maciel

O

sucesso do Microcrédito Gaúcho, programa de fomento criado pelo Governo do Estado para auxiliar micro e pequenos empreendedores, tem conquistado um espaço importante na economia de Bento Gonçalves. Até o momento, foram liberados R$ 5 milhões para pessoas que querem abrir o seu próprio negócio e sonham com a independência financeira. Na quarta-feira, 4, o titular da Secretaria Estadual de Economia Solidária e de Apoio à Micro e Pequena Empresa (Sesampe), secretário Maurício Dziedricki, esteve no município para apresentar números do programa e a extensão do microcrédito para os policiais da Brigada Militar. De acordo com Dziedricki, só em 2013 foram realizadas cerca de 550 operações em Bento. Ele comemora o sucesso do microcrédito ao falar dos índices de inadimplência na cidade, que é de apenas 0,3%. “Estamos conseguindo mostrar que as pessoas com menor poder aquisitivo são boas pagadoras”, destaca. Dziedricki destaca que o Microcrédito Gaúcho virou referência nacional e foi premiado como modelo de gestão no Senado Federal. Ele afirma que os financiamentos concedidos

Debate será realizado hoje e amanhã na Fundação Casa das Artes Maurício Dziedricki (C) apresentou os números do Microcrédito

por meio do microcrédito têm colaborado para mudar a vida das pessoas. Micro e pequenos empreendedores têm aplicado os recursos concedidos em capital de giro, na reforma do estabelecimento e na aquisição de maquinário. “Esses empreendedores são um exemplo disso. Eles encontraram uma forma de crescer, se emancipar e contribuir para movimentar a economia local”, acrescenta. Policiais Militares O secretário adianta que a abertura do microcrédito para os policiais militares vai evitar que estes servidores precisem fazer bico em boates, postos de gasolina ou estabelecimentos comerciais. De acordo com a nova designação, serão liberados

até R$ 1 milhão para a categoria, com teto de R$ 15 mil por policial. “Estamos buscando mais dignidade para que o policial possa incrementar sua renda e também de seus familiares”, destaca Dziedricki. Em Bento, um dos primeiros a ser beneficiados com o programa é o sargento Cláudio Antônio Rocha dos Santos, de 46 anos. Junto com seus familiares, ele possui uma pequena oficina de estética automotiva, no bairro Botafogo. A empresa, que está em nome da esposa Alessandra, faz com que haja um incremento nos lucros da família. “Achei interessante essa abertura de crédito. Agora poderei ampliar este negócio e até abrir oportunidades de empregos”, disse. editoria@jornalsemanario.com.br

Para ampliar e democratizar as ações do governo municipal e da sociedade civil na esfera cultural, acontece hoje e amanhã o Fórum Setorial de Cultura. A ideia é promover o debate, a articulação, a troca e a discussão de temas relacionados à cultura no município. Nesta edição, o objetivo é elaborar os objetivos e ações para cada área artístico-cultural do Plano Municipal de Cultura (PMC). As diretrizes dos segmentos serão estabelecidas a partir dos diagnósticos elaborados nos Fóruns anteriormente. “A oportunidade é de definirmos metas concretas do Plano de Cultura para nos enquadrarmos no Sistema Nacional de Cultura. O momento é de avaliar o que cada segmento necessita e discutir as principais mudanças”, explica o presidente do Conselho

Municipal de Política Cultural, Cristian Bernich. O Fórum Setorial de Cultura permite a ampla participação do poder público e sociedade civil como artistas, produtores e agentes culturais, conselheiros, gestores, investidores, simpatizantes e demais protagonistas da cultura. “A participação de todos é importante para darmos continuidade ao fomento cultural de nosso município”, complementa Bernich. O Fórum de Cultura inicia hoje, 11, com credenciamento a partir das 18h. A abertura está prevista para às 19h com início das reuniões por segmentos às 19h30. As reuniões e votação das propostas seguem na quinta-feira, 12, a partir das 19h, com elaboração da Carta Aberta da Cultura. O Fórum acontece na Fundação Casa das Artes.


Geral 11

Quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Fiscalização

Mais segurança para as obras Blitz na construção civil foi desenvolvida pelo Crea-RS, e apenas cinco notificações foram realizadas durante a fiscalização KÁTIA CASAGRANDE, ARQUIVO

Estefania V. Linhares

U

ma blitz foi realizada pelo Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Estado do Rio Grande do Sul (Crea-RS) em todo o estado. Em Bento Gonçalves, o trabalho foi realizado por dois agentes ficais durante dois dias. No total, ocorreram 64 fiscalizações. O supervisor e responsável pela jurisdição da Serra, Vitor Molina, avalia que apesar do pouco tempo de trabalho os resultados foram bons. Apenas cinco locais foram notificados por não terem profissionais responsáveis no local. “É um número pequeno. Estamos pensando na segurança da comunidade”, aponta. A ação está incluída nas metas traçadas pelo Crea-RS no início do ano. No decorrer de 2013 foram realizadas três blitze. “As atividades são realizadas em regiões que necessitam de uma fiscalização mais contundente.

Ações

Conselho realizou durante dois dias 64 fiscalizações no município

Assim, optamos por uma área específica, neste caso a construção civil”, esclarece. As áreas fiscalizadas estão também relacionadas com a quantidade de obras que estão sendo realizadas e a disputa da Copa do Mundo no Brasil, no ano que vem. “Entre os objetivos está o de melhorar as condições no local”, afirma. Segundo ele, as ações também são para que não ocorram acidentes semelhantes ao da boate de Santa Maria, no

PROGRESSO DIVULGAÇÃO

Pacientes receberam orientações da nutricionista da unidade

ESF promove encontro do grupo de hipertensos A Unidade da Estratégia Saúde da Família Progresso (ESF) realizou o encontro de hipertensos na segunda-feira, 2. As atividades foram conduzidas pela nutricionista Adirene Fiorin que orientou alimentação adequada e esclareceu as dúvidas mais frequentes. A unida-

responsáveis tem o prazo de 10 dias para regularização.

de também entregou garrafas pet e orientou os participantes como descartar de forma adequada as seringas usadas. A ESF está engajada na luta contra a Aids. Na recepção foi fixado um cartaz mostrando o tema e a importância da prevenção e tratamento.

mês de janeiro. No estado, as 43 Inspetorias do Crea-RS realizaram fiscalizações intensivas na área de construção civil, mobilizando 74 agentes fiscais para verificar in loco a existência de responsável técnico pelos projetos e execuções das atividades desenvolvidas em obras civis. Ao final desta operação foram registrados 1681 fiscalizações e 484 notificações, sendo 241 por exercício ilegal, 145 por falta de ART e 50 por falta de placa. Os

Para a Associação das Empresas de Construção Civil da Região dos Vinhedos (Ascon Vinhedos), a fiscalização, além do caráter fundamental que possui de checagem de quem exerce dentro da conformidade sua atuação, também é altamente educativa. “Possuímos poucas notificações agora porque vem sendo realizado um trabalho contínuo de transformação na consciência do empresário do setor ao longo dos anos”, afirma o ex-presidente da entidade, Diogo Parisotto. Ele destaca que poucos setores da economia brasileira sofreram tantas transformações nos últimos anos, e a construção chegou nesse patamar porque se transformou muito, em parte devido à atuação de organizações como o Crea-RS. A Ascon Vi-

nhedos tem desenvolvido papel fundamental no desenvolvimento do setor na região. Parisotto explica que a entidade oferece cursos, palestras e uma série de ações aos seus associados. Além disso, a questão da legalização na construção civil passa por uma série de itens. “Eles vão de sistemas de segurança, passando pela compreensão e entendimento de legislações até a atuação junto aos órgãos governamentais para que tenhamos um ambiente de negócios viável e saudável em todos os aspectos”, revela. Para que tudo isso seja possível nesse ambiente de complexidade que se estende do canteiro de obras ao poder público e seus organismos de fiscalização e liberação, a entidade busca atuar no treinamento, sim, mas também na pesquisa e na gesticulação de suas demandas e, mais que isso, na transformação de ambientes. bairros@jornalsemanario.com.br


12

Segurança

Quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Caso Roman

TRAGÉDIA MARCELO MACIEL

Delegado pede prisão preventiva de suspeito Após três anos, polícia começa a esclarecer a morte misteriosa do gerente NOEMIR LEITÃO (DETALHE: DIVULGAÇÃO)

Noemir Leitão

E

m entrevista na manhã de ontem, 10, na 2ª Delegacia de Polícia, o delegado Álvaro Becker, confirmou o pedido de prisão preventiva de um suspeito da morte do gerente de engenharia Anderson Roman, 35 anos, em 2010, em Bento Gonçalves. De acordo com o delegado Becker, esse suspeito foi identificado após utilizar documentos de Roman, com uma outra fotografia, para comprar um veículo, depois que o rapaz já estava morto. O nome do suspeito é mantido em sigilo para não atrapalhar as investigações da polícia. O homem está na condição de foragido da justiça e o delegado também citou a possibilidade dele estar morando fora do Estado. O caso estava em poder do delegado Leônidas e com sua saída da cidade, todo o trabalho da equipe de investigação ficou a cargo do delegado Álvaro Becker, que relata ter buscado informações com os

Motorista do Pálio bateu no caminhão que chocou-se com a F-1000

Acidente mata cinco pessoas na RSC-453 Delegado Álvaro Becker encarregado do caso Roman (foto pequena)

familiares do suspeito, bem como juntar provas que possam levar ao desfecho deste caso. “Estamos trabalhando em todas as hipóteses, já que há um clamor da família que quase sempre nos telefona para saber como andam as investigações e a partir da prisão deste suspeito, poderemos ter um desfecho deste caso que já perdura por muito tempo, sem solução”, disse. O delegado Becker destacou ainda que todos os fatos foram associados desde o desapa-

recimento de Roman, até os últimos contatos que ele teve, inclusive com ligações em outras cidades. Para Becker, a prisão deste suspeito poderá ser a chave de todo o desenrolar do caso, pois haverá mais informações e detalhes de como e em que circunstâncias ocorreu o homicídio, que segundo o próprio delegado foi uma execução, já que foram encontradas duas perfurações no corpo de Roman. policia@jornalsemanario.com.br

FATALIDADE

ASSASSINATO

Tiro acidental mata jovem de 11 anos

Jovem é morto no Aparecida

Um disparo acidental com arma de fogo provocou a morte de uma menina de apenas 11 anos na noite de sexta-feira, 6. O tiro foi disparado por sua irmã de 13 anos, quando as duas estavam na guarita de vigilância da Corsan. A jovem teve morte instantânea. Segundo a Brigada Militar, o crime aconteceu por volta das 22h15min, na sede da Corsan, no bairro Planalto. As duas irmãs teriam ido ao local para levar a janta do padrasto, que trabalha como vigilante na companhia. Ao entrarem na guarita, o guarda foi aten-

der o telefone e teria deixado a arma em cima da mesa. A menina mais velha teria pego o revolver calibre 38 e acabou efetuando um disparo acidentalmente. O tiro pegou na cabeça da menina de 11 anos, que caiu morta. A Brigada Militar conduziu o vigilante para delegacia. Ele foi preso em flagrante, por ser o responsável pela arma. A menina de 13 anos ficou em estado de choque e precisou ser levada para o hospital. Familiares das jovens se aglomeraram no portão da Corsan buscando informações.

Um jovem de 25 anos foi morto na madrugada deste domingo, 8, no bairro Aparecida, em Bento Gonçalves. Aguirres Robson Bolson foi encontrado sem vida por volta das 5h30min da manhã em uma casa localizada na rua Ludovico André Giovanini por policiais da Brigada Militar. Ele apresentava um ferimento provocado por faca na região do abdômen. Segundo os policiais, Bolson tinha antecedentes criminais e era considerado foragido da justiça. Não há suspeitos do crime.

Um acidente no quilômetro 104 da RSC-453 em Farroupilha, envolvendo três veículos, deixou cinco pessoas mortas e dois feridos no sábado, 7, por volta das 17h. Um automóvel Pálio, placas IFY 3836, de Barão, que seguia no sentido Farroupilha/ Bento Gonçalves, teria perdido o controle na curva e invadido a pista contrária, batendo de frente contra uma carreta Scânia, placas ISX 0327, de Bento Gonçalves. O caminhão perdeu o controle com a batida e acabou chocando-se de frente com uma caminhonete F-1000, placas IGO 5595, de Caxias do Sul, que vinha no sentido contrário. Morreram no acidente Lucas Martins, de 18 anos, condutor do Pálio, o motorista da

F-1000, Vanildo Alves da Costa, 42, e dois passageiros, Veimor João Cativelli, 60, e Graciele da Costa Rocha, 21, que estava grávida. Ela ainda foi levada ao hospital, para tentar salvar o bebê, que chegou a nascer com vida, mas veio a falecer uma hora depois. O motorista do caminhão, Leonir Antônio Morandi, sofreu ferimentos leves. Outras duas pessoas que estavam na F-1000, foram socorridas com vida. Marli Sudati dos Santos, 35, foi encaminhada ao Hospital Tacchini, mas já recebeu alta. Já Jeferson dos Santos da Costa, 10, passou por cirurgia em Bento Gonçalves e foi transferido para o Hospital Geral, em Caxias do Sul. Ele está internado na UTI Pediátrica.

BENTO GONÇALVES

Homem desaparecido é encontrado morto No domingo, 8, foi encontrado o corpo de Sadi Luiz Olivotto, 56, que estava desaparecido desde a quarta-feira, 4, quando saiu de casa. O corpo de Olivotto foi encontrado no quilômetro 199 da RSC-470, em Bento. Um motorista parou seu veículo no acostamento e acabou localizando o corpo. As causas da morte ainda são desconhecidas. Olivotto sofria de depressão bipolar e tomava medicamentos para controlar a diabete.

REPRODUÇÃO

Olivotto foi encontrado morto


Esportes 13

Quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Distrital

Flamengo é o grande campeão As equipes de São Valentim faturaram os dois quadros, A e B, e deixaram Barracão e Estrela da Serra com o segundo lugar VINICIUS MIEZNIKOWSKI

Vinicius Mieznikowski

O

Flamengo de São Valentim conquistou mais uma vez o título do quadro A do Campeonato Distrital de Futebol. Jogando em casa e com o apoio da torcida, tudo ficou mais fácil para a equipe do técnico Alcindo Somensi, que aplicou uma grande goleada no Barracão que não conseguiu repetir a atuação da primeira partida. O jogo da tarde de domingo, 8, começou com uma grande festa por parte das torcidas, que lotaram os alambrados ao redor do campo, fazendo muita festa. A torcida do Flamengo, em maior número deu um verdadeiro show nas arquibancadas, mostrando a mobilização da comunidade para os jogos das finais. O primeiro tempo foi marcado por pressão total do Flamengo, que foi para o ataque e jogou perfeitamente de forma defensiva, segurando o Barracão. A equipe rubro negra foi mortal no primeiro tempo e definiu todos os gols da partida nessa etapa com os jogadores Alexandre, Jones e Giba. O Flamengo mostrou a qualidade e regularidade de todo o campeonato e uma equipe de raça e totalmente entrosada dentro de campo. O Bar-

Jogadores e comissão técnica do Flamengo fizeram uma grande festa na vitória sobre o Barracão e comemoraram o título do quadro A

racão manteve a qualidade de jogo, mas talvez o fator local foi o que mais pesou na hora da partida. O segundo tempo foi um caso a parte, o Barracão tentava subir para o ataque mas continuava parando na boa defesa do Flamengo. A equipe tanto insistiu que conseguiu

marcar um gol de pênalti. O Flamengo chega ao tetra campeonato do quadro A e quem faz festa em dobro é o técnico Alcindo Somensi que chega ao quarto título conquistado pelo Flamengo. “Conseguimos atingir os objetivos. O campeonato foi mais equilibrado que nos anos anteriores. Agradeço

muito ao Flamengo e sua estrutura, ao dirigente Sérgio Roman e ao grupo de jogadores. Nosso grupo estava consciente, pois todos queriam e acreditavam na conquista. No primeiro jogo, jogamos para não perder e em casa e buscamos o resultado.” disse o técnico do Flamengo. No quadro B a história não

foi diferente do A, com o Flamengo de São Valentim campeão mais uma vez. A equipe da casa bateu o Estrela da Serra na grande final por 1 x 0 e levou o caneco do Distrital. O Flamengo marcou o gol da vitória no final do segundo tempo. esporte@jornalsemanario.com.br

VETERANOS

São Pedro vence o Cruzeiro e fica com a taça O Distrital de Veteranos terminou com uma grande partida na tarde de sábado, 7. O São Pedro, considerado o grande favorito da final, levou o caneco do Veteranos. O jogo que começou atrasado na localidade de São Pedro, foi marcado por grandes momentos. O confronto não foi muito bom para o lado da arbitragem, que atuou a todo momento de forma insegura, irritando as duas equipes. Apesar da má atuação do primeiro árbitro, que queria aparecer mais que os jogadores, a final do Veteranos ainda era o grande destaque do

VINICIUS MIEZNIKOWSKI

São Pedro conquistou o pentacampeonato do Distrital de Veteranos

dia. O São Pedro foi o primeiro a abrir o placar e fazer a festa com a torcida. Não demorou muito e o Cruzeiro marcou, empatando o jogo, placar que ainda não ajudava a equipe da Leopoldina. O Cruzeiro foi para cima do São Pedro na tentativa de reverter o placar, o que não deu muito certo devido a boa marcação do adversário. E assim acabou o Veteranos, empate de 1 x 1 e festa com muitos fogos em São Pedro. Para o treinador Ariel, o planejamento deu certo. “Numa final todo mundo entra pra ser campeão. O nosso grupo

é muito organizado e por sermos dessa forma, nós não merecíamos o vice-campeonato. No primeiro jogo com o Cruzeiro na Leopoldina a partida foi muito parelha, sendo que o gol saiu num detalhe.” disse o técnico do São Pedro. Para o diretor de Esportes do São Pedro, Mauro Morandi, a vitória mostra a qualidade da equipe. “A gente sabe que essa final foi muito difícil e como havia comentado antes, seria um grande jogo e com um grande público. A nossa equipe foi campeã invicta por mérito.” explicou Morandi.


14 Esportes

Quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Citadino de Futsal

MOTOVELOCIDADE

Ligeirinho é a melhor equipe da competição

Irmãos Portaluppi faturam GP Gaúcho DIVULGAÇÃO

Equipe do técnico Jordano Bombana conquistou o Citadino na sexta, 6 FOTOS MARCELO MACIEL

Robson Portaluppi foi o melhor na GP 1000 correndo no Uruguai

Depois da vitória muita festa na quadra do Ginásio Municipal de Esportes pela conquista do título

Vinicius Mieznikowski

O

campeonato Citadino de futsal tem um novo campeão. O Ligeirinho F.C. levantou a taça na sexta-feira, 6, num jogo muito disputado com o São Bento Futsal. As duas equipes entraram em quadra com muita vontade de vencer, mas quem levou a melhor na final foi o Ligeirinho. A equipe do técnico Jordano Bombana mostrou superioridade dentro de quadra e foi pra cima do São Bento. O bom entrosamento e a velocidade do Ligeirinho foram os pontos fortes da equipe que eliminou na fase das quartas o Samuca´s e na semifinal a equipe do Santa Helena. Quando o árbitro do jogo

apitou o final da partida, uma grande torcida fez a festa e invadiu a quadra para comemorar com os jogadores e a comissão técnica. A quadra do Ginásio Municipal de Esportes virou uma grande “passarela do samba”. Para o técnico do Ligeirinho, Jordano Bombana, a partida resume o que é a equipe. “É um grande alívio a conquista desse título e desde o primeiro momento nós sabíamos da capacidade da nossa equipe. Nós jogamos no erro do adversário, fizemos um estudo bem grande do São Bento. A nossa equipe é séria e sem apoio nenhum chegamos até a conquista do título. A gente vem no dia-a-dia procurando melhorar

e o pessoal atualmente escuta mais.” disse o treinador. Para o capitão do Ligeirinho Marcelo Acunha, o foco e a vontade de ganhar foram fatores fundamentais para pegar a taça. “Todo mundo sabia que nós éramos os azarões do campeonato e chegamos lá com a gurizada se esforçando muito. Nós montamos o time em três meses. O nosso maior segredo para chegar até esse título foi a união do grupo, dentro e fora de quadra.” Na decisão do terceiro lugar uma partida muito disputada entre o Santa Helena e Parma. No final quem levou a melhor foi o Santa Helena que bateu o Parma por 3 x 1. esporte@jornalsemanario.com.br

Panizzi é campeã no feminino A final do campeonato citadino de futsal feminino aconteceu na noite de sexta, 6, antes da final do masculino. Áscora e Panizzi fizeram o confronto que dediciu o título da competição. A partida foi muito disputada e terminou no empate, 3 x 3, sendo vencida pelo Panizzi na prorrogação com o placar de 5 x 3. Ao final, muita festa dentro da quadra. Na decisão do terceiro lugar feminino o Oh Lá Em Casa levou a melhor, vencendo pelo palcar de 4 x 1.

Os irmãos Portaluppi confirmaram no domingo, 8, os títulos em suas respectivas categorias na motovelocidade gaúcha. Robson confirmou o bom rendimento de todo o campeonato e faturou a última prova da GP 1000, se consagrando na competição penta campeão gaúcho. Já Rafael Portaluppi, correndo na 300 cc também levou o caneco de campeão ao faturar a primeira colocação da categoria em solo uruguaio. O GP Gaúcho de Motovelocidade encerrou a temporada com show nas pistas, na etapa final no Autódromo Eduardo Prudêncio Cabrera, em Rivera, Uruguai. O evento foi marcado por público de aproximadamente oito mil pessoas e grids repletos de pilotos de alto nível técnico. As corridas tiveram motocicletas de 125 até 1000 cilindradas, valendo ainda pela decisão do Campeonato Uruguaio da modalidade. Os outros pilotos que confirmaram as taças de 2013 foram: Pedro Sampaio (GP 600), Marcelo Dahmer (Fórmula Turismo 1000), Djonatas Catarina (GPR 125), Elder Cabreira (GP Light), Hebert Pereira

(GPR 250) e Luis Henrique Zottis (Turismo 600). Entre as mulheres, os destaques foram Ilaine Ceratti (GP 600), Helencris da Silva (300cc) e Juliana Dalmas (GP 600). Já nas classes Old Challenge, para competidores acima de 38 anos, os campeões foram Rogério Gentil Fernandes (Old Challenge GP 1000), Ernani Moraginski (Old Challenge 250cc), Sérgio Martins Correa (Old Challenge Ninja 300), Rafael Rosanelli (Old Challenge Turismo 1000), Elder Cabreira (Old Challenge GP Light), Edson Zanatta (Old Challenge GP 600), Alessandro Jacobsen (Old Challenge GPR 300) e Sérgio Alexandre da Rosa (GPR 125). Para o diretor do GP Gaúcho, Alxandre Sampaio, a etapa final do GP Gaúcho 2013, assim como a temporada 2013, teve balanço mais do que positivo. “Foi um final de semana perfeito e os pilotos ficaram muito satisfeitos. Tivemos dias de sol, favoráveis para a prática do esporte, e muita hospitalidade por parte dos uruguaios,” resumiu Alexandre Sampaio, diretor do evento.

BOXE

Willian Penteado volta com vitória de Caxias

As meninas da equipe Panizzi F.C. venceram e levaram o título

O pugilista William Penteado conquistou no último domingo, 8, em Caxias do sul a Copa Traing de Boxe. Penteado lutou na categoria pena e nocateou o adversário no tempo de 25 segundos. Quem também esperava o adversá-

rio no ringue era o boxeador Otávio Marca, que acabou ganhando por WO, já que o seu oponente não apareceu. Agora o objetivo da equipe Mano de Boxe é de estar participando de uma competição na Argentina até o final do ano.


Esportes 15

Quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

DOWNHILL

ADHV leva o vice no Campeonato Gaúcho FOTOS DIVULGAÇÃO

Rugby

Farrapos se classifica para o Brasil Sevens Equipe conquistou o Estadual com o vice da etapa em Bento Gonçalves Vinicius Mieznikowski

O Igor Lorenzon venceu a última etapa do Gaúcho em Carlos Barbosa

A equipe da ADHV ficou com o vice-campeonato gaúcho por equipes do ano de 2013. A conquista aconteceu na última etapa que teve como local Carlos Barbosa e reuniu mais uma vez dezenas de atletas de vários lugares do estado no sábado e domingo, 7 e 8. Os destaques da equipe no domingo, 8, ficaram por conta de Lucas Bertol e Igor Lorenzon. A dupla mais uma vez subiu ao pódio na última etapa do Campeonato Gaúcho. Lucas ficou com o vice-campeonato da categoria Elite e Igor foi o vice-campeão na categoria Júnior. Depois de terminado o campeonato a ADHV já pensa no ano de 2014 e traça planos e metas para a pró-

xima temporada. Segundo o presidente da Associação, Diogo Zanetti, o início do ano não foi dos melhores e apesar de tudo a Associação conseguiu bons resultados. “O saldo é positivo, a equipe fez uma pontuação boa, mas como alguns atletas entraram e saíram da equipe, não conseguimos chegar na primeira colocação. Na última prova tivemos dois destaques, o Igor e o Lucas, dois atletas que fizeram a diferença nas suas categorias. Queremos para o ano que vem, quem sabe levar esses dois atletas para disputar uma Copa do Mundo, principalmente o Lucas que é um atleta que evoluiu muito,” disse Zanetti.

ESTADUAL MÁSTER

Bento Máster vence e garante vaga na final O Bento Máster segue representando de forma honrosa o município no campeonato gaúcho de futebol máster. A vitória sobre o Morro Reuter no domingo, 8, foi apertada, 1 x 0, mas classificou a equipe para mais uma vez disputar a final estadual. A campanha do Bento, única equipe viva no estadual Máster no momento, impressiona pelos números, pois são 12 jogos consecutivos sem saber o que é derrota. A equipe fez uma grande fase classificatória e mostrou equilíbrio durante todo o campeonato. O adversário do Bento Máster na final é o São José de Porto Alegre. As duas equipes se

enfrentam na partida de ida na cidade de Viamão, no domingo, 15, a partir das 10h. Para o técnico Silvio dos Santos, o jogo com o São José é um desafio, já que o treinador tem informações de que jogar com o equipe de Porto Alegre é difícil dentro e fora de campo. “Nós ouvimos comentários de outras equipes, que o São José tem torcedores que chegam a exagerar na maneira de torcer, com certa violência e agressão, tentando amedrontar o adversário. De qualquer forma nós vamos buscar um resultado positivo fora de casa e trazer a vantagem para o jogo da volta.” disse o treinador.

Farrapos garantiu a sua vaga no Brasil Sevens. A confirmação veio na última etapa do Campeonato Gaúcho de Sevens que aconteceu em Bento Gonçalves, no Estádio da Montanha durante o sábado e domingo, 7 e 8, onde a equipe ficou com o título gaúcho da categoria. Desde o surgimento do Farrapos, esta é a quarta edição do Bento Seven. O torneio reuniu no município cerca de 300 atletas e um público estimado em mais de 1500 pessoas. O evento foi uma grande festa durante dois dias, onde foram montadas estruturas infláveis da parceria com a Confederação Brasileira de Rugby, onde era possível interagir num jogo de rugby. O Farrapos aproveitou a ocasião

Estádio do Montanha reuniu atletas de vários lugares

para recolher brinquedos para entregar às crianças carentes do município no Natal. Dentro de campo, quem levou a melhor na categoria aduta foi a equipe do Serra, que venceu o Farrapos por 29 a 24. No feminino quem fez a festa foi a equipe do Charrua que aplicou 64 x 0 no San Diego. O Brasil Sevens acontece na cidade de Indaituba no estado de São Paulo nos dias 21 e 22 de dezembro. No sábado, 7, jogaram

oito equipes na categoria adulta masculina e como nas duas etapas anteriores (Novo Hamburgo e Estrela) Farrapos de Bento Gonçalves e Serra de Caxias do Sul fizeram a final do torneio. Como o Farrapos saiu campeão das duas primeiras etapas, sagrou-se tricampeão do Circuito Gaúcho de Rugby Seven a side, seguido por Serra Rugby Clube de Caxias do Sul e Brummers Rugby Clube de Novo Hamburgo. No domingo, 8, quem fez bonito na Montanha foram as mulheres. Na categoria adulta feminina, 6 equipes brigaram pelo título e quem levou a melhor foi o Charrua Rugby Clube, que mostrou sua supremacia frente às adversárias, vencendo todas as partidas. esporte@jornalsemanario.com.br


www.jornalsemanario.com.br

A Edição

BENTO GONÇALVES

32 páginas

Quarta-feira

11 DE DEZEMBRO DE 2013 ANO 47

Primeiro caderno .................... 16 páginas Classificados .......................... 16 páginas

N°2985

R$ 3,00

NOEMIR LEITÃO

Perto do fim

TREM REGIONAL

Após três anos, delegado Álvaro Becker pede prisão preventiva de acusado de envolvimento na morte de Anderson Roman Página 12

Projeto pode sair do papel ainda em 2014 Página 7

MARCELO MACIEL

TRAGÉDIA

Acidente mata cinco pessoas na RSC-453 Página 12

VENDAS DE NATAL

Comércio comemora dezembro promissor Página 9

MICROCRÉDITO GAÚCHO

Programa estadual se torna sucesso em Bento Página 10

BLITZ DO CREA

Obras no município estão mais seguras Página 11


11/12/2013 - Jornal Semanário - Edição 2985