Page 1

BENTO GONÇALVES

Quarta-feira

28 DE MAIO DE 2014

ANO 47 N°3031 R$ 3,00 www.jornalsemanario.com.br

Dia do Desafio DIVULGAÇÃO

Região vai se exercitar Durante 15 minutos, moradores de Bento e cidades vizinhas devem praticar alguma atividade física. Página 6

Revitalização do Municipal

Moradias são retiradas do projeto inicial Segundo a prefeitura, apartamentos serão construídos pelo Minha Casa, Minha Vida

Estacionamento

Um em cada três motoristas não paga a zona azul

Página 8

Portabilidade

Atrás das melhores opções

FOTOS CRISTIANO MIGON

Infração cometida pelos condutores auxilia na aplicação constante de multas na área Página 5 central de Bento Gonçalves

Portabilidade de crédito abre possibilidades para renegociação de dívidas e condições de pagamento mais atrativas. Página 10


2

Opinião EXPEDIENTE

Quarta-feira, 28 de maio de 2014

Editorial

Uma cartada interessante

SEDE Wolsir A. Antonini, 451 Bairro Fenavinho - Caixa Postal 126 95 700.000 - Bento Gonçalves - RS ESCRITÓRIO CENTRAL Mal. Deodoro, Centro, 101 Galeria Central - Sala 501 DIRETOR PRESIDENTE HENRIQUE ALFREDO CAPRARA DIRETORES ANA INÊS FACCHIN HENRIQUE ANTÔNIO FRANCIO

JORNALISTA RESPONSÁVEL HENRIQUE ALFREDO CAPRARA Registro Prof. DRT 3321 Somos filiados à ADJORI / RS Este jornal não se responsabiliza por conceitos emitidos em artigos assinados e não devolve originais que não foram publicados.

Para muitos pode parecer que não, mas a possibilidade verno Tarso para fazer uma proposta tentadora ao executide negociação da área do presídio de Bento Gonçalves pela vo estadual. Na verdade, todos ganhariam com isso, não é construção de uma nova casa de detenção no distrito de mesmo? A empresa que realizar o investimento, o governo, São Pedro surge como uma luz no fim do túnel para um que se livraria de um pepino gigante, e a comunidade benprojeto que parecia estar perdido. Claro que todos estamos to-gonçalvense, que, finalmente, veria o presídio ser retiracom olhares de desconfiança para o governo do estado, que do da zona urbana. Mas então, porque isso não acontece? conseguiu perder a verba destinada pelo governo federal Interesses políticos, burocracia governamental e lentipara a construção da penitenciária. Porém, esta alternativa dão nos processos, entre outras coisas. De certo, até agora, chega como um alento para aqueles que querem ver o local apenas que o governo do estado não terá como cumprir a ser desativado em definitivo. determinação da justiça de abrir processo A famosa bomba-relógio ainda não explolicitatório para a nova casa de detenção em diu e, caso até 15 de julho nenhuma empre60 dias. Não há tempo hábil para que isso sa apresente uma proposta atrativa para o De certo, até agora, seja feito e nem interesse da Secretaria de governo estadual, a tendência é que o presíSegurança Pública, que deixou claro que a apenas que o dio continue no local onde está há mais de prioridade é resolver o problema do Presígoverno do estado dio Central. meio século. A infraestrutura está à beira da condenação, mas para o secretário estadual Se queremos o presídio fora da área cennão irá cumprir a de Segurança Pública não há com o que se tral, será preciso mobilização das entidades, decisão judicial preocupar. A ele não assusta a possibilidadas lideranças políticas e empresariais e de de uma fuga em massa de dententos em também dos cidadãos bento-gonçalvenses. pleno centro de Bento Gonçalves. Somente desta forma conseguiremos manA nós, cidadãos, só nos resta torcer para que uma de noster acesa esta luz no fim do túnel. Afinal, foram liberados sas construtoras se interesse em construir o presídio em R$ 200 mil para que novos remendos sejam feitos na nossa troca daquela área nobre na rua Assis Brasil. Estima-se que casa de detenção. o custo de uma obra desta envergadura custe em torno de Até quando vamos levar esta história adiante? Estamos R$ 17 milhões. Imaginem de quanto será o retorno finandemorando demais para resolver isso tudo. Talvez, por ceiro da construção de um empreendimento naquele local? força política. Talvez, por incompetência. Usem o adjetivo Pelo menos, o dobro disso, com certeza. que quiser, mas é preciso que uma palavra não tenha que Corre, à boca pequena, que pelo menos duas grandes ser publicada pela imprensa mais a frente: tragédia. Pois, a construtoras estariam de olho em uma sinalização do gobomba-relógio ainda pode, sim, explodir.

AntônioFrizzo antoniofrizzo@italnet.com.br

FALE COM A GENTE Telefones: Central/Fax: 3455.4500 Escritório Centro: 3452.2186 Rádio - Estúdio: 3455.4530 Rádio - Coordenação: 3455.4535 Atendimento ao assinante: 3055.3073 ou 9971.6364 E-mails: classificados@jornalsemanario.com.br jornal.semanario@italnet.com.br radio@radiorainha.fm.br Sites: www.jornalsemanario.com.br www.radiorainha.fm.br Representante em Porto Alegre Grupo de Diários Rua Garibaldi, 659, Conjunto 102 Centro - POA - Fone: (51) 3272.9595 e-mail: fernanda@grupodediarios.com.br

Semanário na Internet Siga-nos no Twitter: @jsemanario Curta a fan-page: on.fb.me/jsemanario

Leia também no nosso site:

www.jornalsemanario.com.br

“Eles” conseguiram? Pelo que se tem visto, se não conseguiram ainda, atingirão seus objetivos brevemente. Falo da “tchurma do quanto pior, melhor”. Os “donos do Brasil” (há quem não goste disso ou mesmo não acredite que eles fazem, sim, o que querem do e no Brasil, respaldados pela “grande imprensa” a qual dominam ao seu bel prazer, da mesma forma que elegem políticos para tê-los submissos aos seus “interésses”) estão a “mil pelo Brasil” tentando desestabilizar não só o governo, mas tudo. Desta forma eles poderão se entupir ainda mais de dinheiro. Conseguiram, com o auxílio importante dos economistas colunistas de jornais, revistas e televisão, catapultar a taxa básica de juros de 7,25% para 11% (e ainda sofrerá mais aumentos), sob a argumentação do aumento da inflação que precisa ser contida. Essa fórmula foi amplamente empregada pelo governo FHC. Pelo que se percebe, poucos lembram que a taxa básica rompeu a casa dos 45% ao ano na década de 90 – bem depois do Plano Real do governo Itamar Franco – e a inflação, mesmo assim, chegou a 12,64% ao ano, o DOBRO da atual. O “remédio contra a inflação” já se comprovou ser ineficaz. Só que ele é adorado pelos rentistas que detêm o maior percentual da dívida pública interna brasileira, que já chega a dois trilhões de reais. Imaginem um “aumentozinho” na taxa básica de 0,25%, incidente sobre esse valor absurdo da dívida pública! Representam bilhões de reais por ano que pas-

sam para os cofres dessas “famíglias”. A revista norte-americana Forbes publicou, recentemente, a lista dos mais ricos o Brasil. Vários “donos do Brasil” estão nela listados. E as “famiglias” idem. Pois bem, eles conseguiram explodir a taxa básica de juros. Agora precisava “justificá-la”. Então, que tal insistir no aumento da inflação? Para isso seria necessário insuflar sindicatos a exigirem aumentos salarias absurdos, tipo 10, 12, 20, 40% como alguns chegaram. E, também, que tal explorar o fato dos combustíveis não aumentar nos níveis inflacionários desde 2002? A presidente da Petrobrás, Graça Foster, falou sobre a necessidade de haver uma “revisão moderada” no preço dos combustíveis. Era o que essa gente esperava. Postos passaram a aumentar os preços nas bombas ao seu bel prazer, sem justificativa. E o que dizer das bebidas? Não houve o aumento de 4% nos impostos, mas já aumentaram até 20, 30% ou mais os preços. Descaradamente, um crime contra a economia popular. Assim está sendo nos produtos de alimentação, higiene, limpeza e outros. Aumentos criminosos de mais de 50% são verificados. Ah! A Copa! A culpa das ações desses criminosos é da Copa! A exploração de turistas e do povo brasileiro é o objetivo. Tudo pelo lucro fácil! E para desestabilizar o Brasil. Mas, certamente, eles também, num futuro bem próximo, pagarão essa conta. Menos os “donos do Brasil”. Esses estão vacinados pelas suas fortunas contra qualquer coisa.


Opinião 3

Quarta-feira, 28 de maio de 2014

Painel DIVULGAÇÃO

Semáforo Semanário PARE! As inundações em Bento Gonçalves com apenas 20 minutos de chuva.

ATENÇÃO Para os números de casos de câncer, que vêm aumentando na cidade.

SIGA! A conclusão da UPA III para melhorar o atendimento aos usuários do Sistema Único de Saúde.

Comitê em busca de parcerias

Tapumes recuados FOTOS NOEMIR LEITÃO

Após a reportagem da edição de sábado denunciar o abuso das construtoras que invadem calçadas e ruas em Bento Gonçalves, pelo menos uma empresa tomou providência em minimizar o transtorno. Os responsáveis pela obra na rua Sestilho Gaspari, no bairro Borgo, providenciaram rapidamente a readequação dos tapumes, liberando um espaço considerável no trecho. Segundo o diretor do empreendimento, o motivo do avanço dos tapumes era em virtude das chuvas e do desabamento de terra, o que prejudicava até mesmo o andamento da obra. Ainda será providenciada a limpeza no local para que o trafego de veículos seja normalizado. Que as demais empresas sigam o exemplo.

O Centro de Indústria e Comércio de Bento Gonçalves (CIC/BG) sediará hoje, às 19h, evento promovido pelo Comitê de Mobilização Social pela Educação. O objetivo é ampliar as parcerias com entidades representantes de diversos segmentos sociais para fortalecer o movimento. O juiz Rudolf Carlos Reitz, da 2ª Vara Criminal e Juizado da Infância e Juventude da Comarca, está capitaneando a ideia e ressalta que a intenção é difundir a mobilização social pela educação, que é uma atividade sugerida pelo Ministério da Educação, e visa fomentar a integração família-escola-comunidade. “Ao entendimento de quanto mais os pais se envolvem na vida escolar dos filhos, melhor é o aprendizado”, afirma o magistrado.

Professor Barral em Bento Em uma ação do Comitê Moveleiro formado por Movergs e Sindmóveis, o professor Dr. Welber Barral palestra em Bento Gonçalves sobre o tema “Perspectivas para o comércio exterior brasileiro”. O encontro, destinado à indústria moveleira, será no dia 2 de junho, no Salão de Evento do CIC, das 18h às 19h30min. Em sua palestra, o professor, que também é escritor e consultor de Comércio Exterior, abordará as grandes possibilidades de negócios que o mercado externo apresenta para o Brasil e o seu grau de complexidade em virtude das diferentes culturas e legislações. Barral é professor licenciado da UFSC e ex-secretário de Comércio Exterior do MDIC, além de professor visitante em universidades no Brasil, Espanha e Estados Unidos. Os ingressos custam R$ 50. Informações e contato através do e-mail fernandarocha@sindmoveis.com.br.

POE reforça segurança da Copa O 3° Batalhão de Policiamento em Áreas Turísticas (3° BPAT) enviou na terça-feira, 27, 16 homens do Pelotão de Operações Especiais (POE) de Bento Gonçalves para reforçar o policiamento de Porto Alegre durante a Copa do Mundo, que acontece de 12 de junho a 13 de julho. O pelotão permanecerá na região metropolitana pelo menos até o início de agosto.

A pergunta que não quer calar Prefeito Pasin apareceu numa foto em que uma grande faixa dizia: “Bento Gonçalves está contigo Ana Amélia”. Não foi só Pasin que recebeu votos, ele ganhou por pouco mais de 300 votos a eleição municipal. Como ele pode encampar tamanho disparate? Se nós afirmassemos que “Bento está protestando pela postura do prefeito”, estaria correto? Não. Então vamos dizer que são inúmeros os que estão indignados com a postura do prefeito, o que está correto. Envie sua sugestão de pergunta pelo e-mail redacao@jornalsemanario.com.br

Sistema de irrigação no Montanha Indústria da multa na zona azul em Bento Lamentàvel, mais uma vergonha para Bento, pergunto o que fazem as autoridades municipais, está na hora de dar um basta nisso. Abilio David Vergonhoso, essa semana estacionei meu carro no Centro e não deu tempo nem de atravessar a rua e a multa já estava lá. Vergonhoso... Jose Darrigo

Os monitores só vão chegar a 200,00/dia se constatarem que tem gente irregular, ou seja, não pagando estacionamento. É fácil falar em indústria de multa. Ok, pode até ser. Mas antes disso tudo, existem pessoas usando um serviço sem pagar... E isso, se chama o quê? As pessoas passam sim dos minutos de tolerância. Você, que está lendo isso, nunca passou? Duvidooooo!

Pois é, eu me pergunto, pagamos IPVA todo ano pra quê? Pagamos impostos no combustível, pra quê? Pagamos impostos ao adquirir o veículo, pra quê? Pagamos a fortuna que pode passar de 700 reais na transferência/emplacamento do veículo, pra quê???

Graziele Picolli

Curta e comente na página do Semanário no Facebook. Seu comentário pode ser publicado aqui. www.fb.me/jornalsemanario

Bruno Ben

Começaram ontem os trabalhos de instalação do novo sistema de irrigação do Parque Esportivo Montanha dos Vinhedos. A empresa paulista responsável pelo projeto foi autorizada a tocar a obra que prevê a colocação de um sistema inteiramente automatizado para cuidar do gramado do Esportivo. Segundo o responsável técnico da montagem, Joaquim Souza, este tipo de trabalho já foi efetuado em alguns estádios do Brasil, tais como o novo Beira-Rio, Arena Corinthians, Serra Dourada, em Goiânia, Mané Garrincha, em Brasília, e outros estádios de clubes de futebol. Os trabalhos devem ser concluídos no prazo de 10 dias.


4

Geral

Quarta-feira, 28 de maio de 2014

Obras públicas

Crônica

Licitação para asfalto na General Vitorino

Paulo Vicente Caleffi

Empresa também será responsável pela recuperação da rua Carlos Flores MARCELO MACIEL

Marcelo Maciel editoria@jornalsemanario.com.br

A

prefeitura realiza hoje a licitação para recuperar o asfalto das ruas Carlos Flores, próximo ao Senac, e General Vitorino, no bairro São Francisco. O processo acontece após a comunidade bento-gonçalvense ficar cerca de 60 dias convivendo com as duas vias danificadas. A previsão é que o conserto seja realizado em torno de 10 dias. Segundo o secretário municipal de Obras, Sergio Gabrielli, a demora para realizar a recuperação asfáltica nas ruas aconteceu devido à necessidade de troca de toda a tubulação para evitar que novos problemas aconteçam. Outro problema, afirma o secretário, é a qualidade do asfalto que precisa ser colocado nas duas ruas. Gabrielli explica que para o trabalho ficar perfeito, seriam necessários mais de 200 toneladas de asfalto e a prefeitura não tem condi-

Rua General Vitorino deve ser recuperada em até 10 dias ções de realizar uma obra desta envergadura. “Acreditamos que a General Vitorino fique pronta até a semana que vem. Depois disso, iremos concluir a Carlos Flores”, afirma o secretário.

Mais problemas O secretário revela que estão sendo realizadas obras

em várias partes, mas que a cidade sofre com as chuvas mais fortes. Ainda esta semana, deve iniciar, pela terceira vez, a recuperação do asfalto colocado nas ruas Marechal Floriano, no Centro, e Luiz Alegretti, no bairro Licorsul, danificado pela chuvarada que caiu há 15 dias em Bento Gonçalves.

Profissão ingrata Há pouco cheguei de viagem, muito cansado, trazido de Porto Alegre pelo Peccin, um excelente motorista. Já não consigo dirigir nesta estrada tão movimentada que nos liga a capital. Dizem que o novo aeroporto estará mais próximo de Bento. Uma pena que do jeito que fazem as obras públicas (devagar, devagarinho e parado) meus netos poderão aproveitar. Interessante que quando passamos perto da rodoviária caía aquela chuva que não molha, fazia um frio de 10 graus e tinha um pouco de cerração (bota tempo feio nesta combinação) e lá estava uma moça, no escurinho da esquina, bem “posuda”, com um cigarro na mão, mini saia bem curtinha, do tipo “tô nem aí”. Estava muito parecido com um caso de oferta de prostituição, a mais antiga das profissões. - Êta profissão difícil, tchê!, comentei. E o Peccin emendou: - É “veado”, já conhecido nas “boca” e tá minado por aí. Bem! Confesso que fiquei impressionado. Com um tempo daqueles e com os perigos da noite ainda estar trabalhando, não é coisa fácil. Entrei em casa e escrevi esta crônica tentando comparar o risco de minha profissão, quando em viagem, e daquela, ou daquele, profissional, enfrentando os riscos da noite. Nem quero observar melhor se “tá minado por aí” pois na calada da noite fico no repouso do lar, não sobrando tempo para as andanças noturnas.Para tais“serviços”, deve haver uma “clientela”, talvez pouco exigente, que desconheço. Lembro da fama da Rua Voluntários da Pátria, em Porto Alegre, e da insegurança que existia no local. Chamavam de: A VOLUNTAS. Prostituição tem em todas as cidades, mas... tem lugar próprio para esta profissão e não é bom que aconteça nas ruas. De minha parte, não vou reclamar de minhas cansativas viagens. Tem coisa pior por aí, com mais perigo e sacrifício, por certo.


Quarta-feira, 28 de maio de 2014

Geral

5

Estacionamento

30% dos motoristas não pagam a zona azul Semanário foi às ruas e constatou que condutores não cumprem a lei CRISTIANO MIGON

Cristiano Migon geral4@jornalsemanario.com.br

D

iante das irregularidades expostas ao público na semana passada sobre a empresa Rek Parking, responsável pelo estacionamento rotativo e que vem sendo denunciada por exigir cotas diárias de multas de seus funcionários e por não estar cumprindo a lei dos 10 minutos, voltamos às ruas para ver o outro lado desta história. Estará o cidadão cumprindo com o seu papel e respeitando as normas da zona azul? Atualmente, o Conselho Comunitário Pró-Segurança Pública (Consepro) conta com uma verba de 21% repassada pela prefeitura, proveniente das multas de estacionamento para fins de segurança pública. “O estado é omisso. O valor repassado pela prefeitura é o que nos mantêm ativos”, explica Geraldo Antonio Leite, presidente da fundação. Em 30 minutos caminhando entre as ruas Barão do Rio Branco e Cândido Costa, mais de um terço dos carros estacionados não possuíam o cartão de validação exposto no vidro. Além disso, seus respectivos donos ignoraram o tempo limite e não retornaram com o mesmo, nem apresentando

Motoristas queixam-se de monitores, mas também estão irregulares justificativa alguma. O número assusta, não por sua expressividade, mas pela quantidade de reclamações dirigidas à empresa vigente por motoristas que, fatidicamente, não cumprem suas obrigações. “Ambos tem que cumprir seu papel. Se não tem cartão, tem de ser multado”, coloca o operador de máquinas Ademar Teixeira, que também manifesta um apelo aos monitores da zona azul: “Eles precisam ter mais paciência com o motorista. Já fui multado por deixar o cartão do lado de fora do vidro, sem ter conhecimento da regra”. Para João Lima, supervisor de obras, a alternativa mais viável para evitar multas e gastos

com estacionamento rotativo é o transporte público. Vai além, propondo uma melhor distribuição comercial, assim desafogando o trânsito e sanando o problema com a atual falta de vagas. “Deveria haver um processo de incentivo à descentralização por parte da prefeitura, evitando assim, a valorização demasiada da área central, levando o comércio até os bairros”, explica. Em nota, o gabinete do vereador Moacir Camerini manifestou a necessidade da abertura de uma CPI com intuito de investigar as atuais denuncias contra a Rek Parking. “É um absurdo, se realmente está acontecendo isto, eu irei fiscalizar. Nada me surpreende mais”, afirma.

Curso de Fotografia

Inscrições abertas na Casa das Artes Manhã Início: 10 de junho (todas as terças-feiras até setembro), das 8h30min às 11h30min. Faixa etária: dos 14 aos 18 anos. Noturno Início: 11 de junho (todas as quartas-feiras até setembro), das 18h30min às 21h30min. Faixa etária: acima dos 18 anos.

A Fundação Casa das Artes está com inscrições abertas para o curso de Fotografia. Para efetuá-las, os interessados precisam levar à fundação o xerox da identidade, CPF, comprovante de residência e uma foto 3x4. A taxa de inscrição é de R$ 10,00 e o curso tem quatro meses de duração. Serão duas turmas: uma nas terças-feiras, das 8h30min às 11h30min, para estudantes na faixa etária dos 14 aos 18 anos; e outra as quartas-feiras, das 18h30min às 21h30min, para público geral acima dos 18 anos. As aulas serão ministradas

pelo professor Eduardo Benini que é tem graduação em Comunicação Social Tecnólogo em Fotografia, pela Universidade Luterana do Brasil (Ulbra) e Especialização em Cinema, pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos). Além disso, realizou cursos em fotografia digital, photoshop CS5, multimídia e web. Benini também ganhou o segundo lugar e menção honrosa do concurso Fotografando a Vindima de Bento Gonçalves (2013) e também vem realizando o Projeto de Ballet Urbano aprovado em 2013 pelo Lemic.


6 Geral

Quarta-feira, 28 de maio de 2014

Dia do Desafio

Unidos pela atividade física Bento Gonçalves vai enfrentar a cidade de Momostenango, da Guatemala, durante esta quarta-feira de movimentação Bento Gonçalves Localização: Rio Grande do Sul, Brasil N° de habitantes: 111.384 Tamanho: 382,513 Km² Densidade Dem.: 291,2Km² Clima: Subtropical Características gerais: A cidade é reconhecida pelos setores vitivinícola e moveleiro, além do enoturismo. A topografia é marcada pelos vales.

Momostenango Localização: Totonicapán, Guatemala N° de habitantes: 87.340 Tamanho: 305 Km² Densidade Dem.: 286 Km² Clima: temperado Características gerais: A cidade é composta por pequenos produtores rurais de milho, feijão e trigo e marcada pela sua topografia montanhosa.

Na quarta-feira, as pessoas devem parar suas atividades por 15 minutos e participar do movimento

Vitória Lovat

E

sta quarta-feira, 28, será movimentada em Bento Gonçalves. A 18ª edição do Dia do Desafio no município, promovido pelo Serviço Social do Comércio (Sesc), promete parar toda a cidade por 15 minutos para a realização de alguma atividade física. A expectativa do Sesc, nesse ano, é a participação de, pelo menos, 25% da população, ou seja 26 mil pessoas. A iniciativa não é novidade e ocorre mundialmente na última quarta do mês de maio. O principal objetivo do Dia do Desafio é incentivar as pessoas a praticarem esportes e exercícios físicos por meio de uma competição entre cidades do mundo inteiro: a unidade que registrar o mais alto número de pessoas se movimentando por, no mínimo, 15 minutos vence a competição. Após o encerramento das inscrições, as cidades são separadas em sete grupos de acordo com o número de habitantes. Um sorteio eletrônico determina as duas ou três competidoras. Neste ano, Bento vai competir com Momostenango, na Guatemala. “O DDD é uma competição saudável entre cidades, onde a qualidade de vida e o bem estar social são o maior prêmio”, en-

fatiza o diretor do Sesc Bento, Nestor Vitor Mugnol Júnior. O desafio começa no primeiro minuto da quarta com uma caminhada noturna. A saída é à meia noite na Via Del Vino e terá uma hora de duração. O evento segue ao longo do dia com programação nas escolas e empresas, além dos esportes que serão realizados na Praça Vico Barbieri e no Ginásio Municipal.

A previsão é de tempo bom No ano passado, Bento concorreu com Itaguaí, do Rio de Janeiro e não conquistou a vitória. A cidade carioca venceu com 23,9% de envolvimento da população, contra apenas 17,9% aqui. Segundo avaliação pós-evento do diretor Mugnol, o fator determinante para o baixo número de participantes foi a chuva torrencial que ocorreu no dia. Entretanto, das 17 edições que Bento participou, 10

foram vitórias e sete derrotas. O clima não vai ser problema neste ano, já que a previsão do tempo não aponta índices de chuva durante o dia. “Tradicionalmente, o DDD acontece quase no inverno para nós, então acredito que o frio também não seja prejudicial, até porque já estamos acostumados com ele e a atividade pode ser realizada em qualquer ambiente”, comenta. Para quem não vai sair de casa e quiser participar, basta realizar no mínimo 15 minutos de alguma atividade física e ligar para o Sesc. O contato deve ser no telefone 3452-6704 até às 20h, contabilizando o número de pessoas que participaram. “É importante que toda a comunidade se mobilize, movimente seu corpo e participe desse desafio. Não esquecendo de informar ao Sesc a atividade realizada e quantos participantes estavam presentes”, recomenda o diretor.

Competições na região Santa Tereza - RS x Major Vieira - SC Pinto Bandeira - RS x Oléo - SP Monte Belo do Sul - RS x Santa Maria de Dota - Costa Rica Garibaldi - RS x Cantel - Guatemala Carlos Barbosa - RS x Aguas Buenas - Porto Rico Farroupilha - RS x Gaspar - SC

FOTODS DIVULGAÇÃO

geral1@jornalsemanario.com.br

No ano passado, mesmo com a grande mobilização do Sesc, Bento perdeu para o município de Iguaí, no Rio de Janeiro, mobilizando menos de 20 mil habitantes, equivalente a 17,9% da população.

Programação do Dia Desafio 2014 Bento Gonçalves Meia-noite: Caminhada Noturna com 1h de duração. Saída da Via Del Vino; 7h às 20h: Ginásticas/Dinâmicas nas escolas; 7h às 20h: Ginástica Laboral nas empresas; 7h às 20h: Atividades de rotina em academias e clubes; 8h às 18h: Atividades de Aventura na Praça Vico Barbieri: slackline, paredão de escaladas, e mobilização de skatistas; 9h: Abertura Oficial no Sesc Bento Gonçalves; - Atividades lúdicas realizadas no Sesc com animadores; - Espetáculo de dança com a Via Attiva Espaço da Dança e Sistema Oito Tempos Dança de Salão; 10h: Intervenções no Comércio; 14h às 17h: Câmbio com a Maturidade no Ginásio Municipal.


Geral

Quarta-feira, 28 de maio de 2014

7

Campanha de Vacinação

Doses ainda estão disponíveis Campanha encerrou dia 23, mas vacinas serão distribuídas para a população geral até que o estoque termine VITÓRIA LOVAT

Silvia Dalmas geral2@jornalsemanario.com.br

C

om 22.523 pessoas imunizadas, Bento Gonçalves encerrou na sexta-feira, 23, a Campanha de Vacinação Contra a Gripe. As doses, porém, continuarão sendo distribuídas para a população geral nas Unidades Básicas de Saúde (UBS), até que o estoque termine. A meta de vacinar 80% das pessoas de cada grupo prioritário (19 mil pessoas) foi atingida na cidade. De acordo com a Secretaria de Saúde, foram recebidas 26 mil doses desde o início da campanha, no dia 22 de abril. Destas, restam aproximadamente 3.500. “A população teve bastante tempo para se vacinar e, como acabou a campanha e já atingimos a meta, não há previsão de recebermos mais doses do Ministério da Saúde”, diz Maichel Manfredini, enfermeiro e coordenador do setor de imunizações. Inicialmente, a campanha encerraria dia 26 de abril, mas foi prorrogada já que poucas pessoas dos grupos prioritários

Números por grupos prioritários Crianças: 4.144 Trabalhadores da saúde: 2.839 Gestantes: 689 Puérperas (mulheres que deram a luz até 45 dias): 212 Idosos: 11.120 Total = 19.004 Doentes crônicos: 3.236 Presídio: 283 FONTE: SECRETARIA DE SAÚDE

Restam aproximadamente 3.500 doses nas UBSs estavam imunizadas. Maichel observa que com temperaturas amenas, a procura não é grande. “Agora, que o frio está intenso, o movimento aumenta muito. Na manhã de segunda-feira quase não havia mais doses nas UBSs. Acredito que até sexta-feira todas vão se esgotar”, diz ele. A vacina aumenta a proteção contra três tipos de vírus de gripe (dois deles chamados de Influenza A, incluindo o H1N1, e uma cepa da Influenza B). Ela não causa gripe, mas quem estiver

doente e com febre deve esperar a recuperação total antes de receber a vacina. Não devem ser vacinadas pessoas com alergia grave a ovos ou que tiveram reação severa à vacina, pessoas com síndrome de Guillain-Barré (doença do sistema nervoso) ocorrida após receberem a vacina da gripe (a não ser que a gripe em si represente risco sério à saúde), e bebês com menos de seis meses. Neste ano o Estado teve confirmação de 14 casos de pessoas infectadas com o vírus H1N1, sem

nenhuma morte. No ano passado, foram 67 mortes. Nenhum caso foi registrado em Bento.

Saúde Gripes, resfriados e outras doenças respiratórias se espalham facilmente com as baixas temperaturas. Para se prevenir, o médico pneumologista Alexandre Pressi recomenda uma alimentação saudável, tomar muita água, lavar bem as mãos e evitar ambientes muito fechados.

O médico também ressalta que mesmo as doenças mais comuns devem ser tratadas corretamente, senão podem evoluir para algo mais grave. “A rinite alérgica, mais frequente na primavera, dá espaço aos resfriados, gripes, sinusites e bronquites. Este quadro pode favorecer o surgimento de infecções que complicam um quadro inicial inocente. Pessoas com asma ou alergia podem também apresentar crises de falta de ar, simplesmente pela inalação desse ar mais frio”, orienta ele.


8 Geral

Quarta-feira, 28 de maio de 2014

Revitalização do Municipal

Moradias são retiradas do projeto Unidades habitacionais serão construídas pelo programa Minha Casa, Minha Vida. Repasse federal cai para R$ 7 milhões CRISTIANO MIGON

Leonardo Lopes policia@jornalsemanario.com.br

A

construção de 80 unidades habitacionais prevista no projeto de revitalização do bairro Municipal serão feitas pelo programa Minha Casa, Minha Vida. A readequação seria uma determinação do Ministério das Cidades, responsável por uma verba original de R$ 10 milhões para a obra. Este foi um dos tópicos tratados pelo prefeito Guilherme Pasin e pelo secretário de Governo Ênio de Paris durante recente visita a Brasília. A negociação teria ampliado o investimento nas outras duas etapas do projeto, a construção do Centro de Atendimento à Criança (Ceacri) e as obras de infraestrutura do bairro. A mudança também alterou o valor do repasse federal para o projeto, de R$ 10.075.211,17 para R$ 7.734.914,42. A con-

Rua Gema Piva é uma das contempladas com obras de infraestrutura trapartida da prefeitura permanece em R$ 1.270.519,77. “Não é uma perda de recursos. O projeto é o mesmo, e as unidades habitacionais irão ser construídas. Houve apenas esta migração para o programa Minha Casa, Minha Vida”, explica o secretário de Governo. De Paris salienta que neste

momento não é possível passar todas as informações sobre a mudança, pois o processo segue em tramitação no Ministério das Cidades. Existe uma negociação para que o número de unidades habitacionais seja dobrado. Por outro lado, a secretaria de Habitação e Assistência Social estaria realizando

um estudo de quantas famílias podem ser atendidas pelo programa federal.

Outras etapas em licitação As outras duas partes do projeto de revitalização do bairro Municipal, cadastrado como Recanto Aurora junto ao governo federal, finalmente tiveram resultados práticos e públicos. Está marcado para 23 de junho a abertura das propostas da licitação para a execução de serviços de pavimentação basáltica, de passeio público e saneamento nas ruas Lajeadense, Gema Piva e Volmir Capello. O investimento está estimado em R$ 3.365.403,22. A empresa vencedora terá o prazo de cinco meses para entrega das ruas Gema Piva e Volmir Capello e sete meses para a rua Lajeadense. O secretário de Governo, Ênio de Paris, aponta a falta de verba

para a contrapartida do município, estimada inicialmente em R$ 1,3 milhão, para a lentidão do processo de retomada das obras. Outra exigência que precisou ser cumprida foi a desoneração da planilha de custos da licitação. Sobre a construção do Centro de Atendimento à Criança (Ceacri), De Paris afirma que os trâmites necessários foram realizados e os documentos estão em avaliação pela Caixa. A previsão é que o edital seja aberto nas duas próximas semanas. Quanto a pressão do prazo para utilização desta verba federal, estipulada para a metade do ano que vem, o secretário De Paris afirma que o momento é de pensar no trabalho que está sendo feito pela equipe de trabalho da Prefeitura. “Apesar desta boa notícia, eu só vou ficar tranquilo quando chegar lá e ver a concretização da obra. Tem muito chão ainda pela frente”, relata.


Quarta-feira, 28 de maio de 2014

9


10 Geral

Quarta-feira, 28 de maio de 2014

Economia

Mais facilidade para pagar dívidas Novas regras para portabilidade permitem transferir contas para bancos que ofereçam taxas de juros menores CRISTIANO MIGON

Silvia Dalmas geral2@jornalsemanario.com.br

T

ransferir suas dívidas de um banco para outro ficou mais fácil e menos burocrático. Desde o início do mês, entraram em vigor as novas regras para a portabilidade de crédito, que tornaram o processo mais ágil. Com essa mudança, o Banco Central busca estimular a competitividade entre os bancos, com a expectativa de que diminuam as taxas de juros, porém a operação exige cuidado e atenção dos consumidores. A economista Mônica Beatriz Mattia explica que isso possibilita que o devedor de um empréstimo ou financiamento bancário se beneficie de taxas de juros menores em outros bancos: “Ou seja, para reduzir o valor dos juros incidentes sobre o financiamento, o devedor poderá levar sua dívida para outro banco, a partir de uma pré-negociação. Desta forma, os devedores bancários poderão reduzir a parcela mensal paga ao banco”. Para migrar uma dívida, o consumidor pode procurar diretamente o banco escolhido, que vai pedir ao banco original as informações do atual crédito. O banco original da dívida terá cinco dias úteis para apresentar uma contraproposta e, se nada for feito nesse período, a dívida migra automaticamente para a nova instituição. A transferência vale para dívidas de cartão de crédito, cheque especial, financiamento de veículo, crédito imobiliário, crédito pessoal e crédito consignado. O Banco Central e o Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor orientam os interessados na portabilidade a consultar as taxas praticadas pelos outros bancos e solicitar o saldo devedor ao banco onde possui dívidas. “É importante o detalhamento das seguintes informações: número do contrato, saldo devedor atualizado, demonstrativo da evolução do saldo devedor, modalidade, taxa de juros (anual, nominal e efetiva), prazo total e remanescente, sistema de pagamento, valor de cada prestação, especificando o valor do principal

Dúvidas O que é a portabilidade? A portabilidade é um processo que permite que você transfira seu saldo devedor para outra Instituição Bancária. Para solicitar a portabilidade do meu crédito devo me dirigir ao meu banco atual ou ao banco para onde quero levar meu financiamento? Para efetuar a solicitação da portabilidade, você deverá se dirigir ao banco para onde está tentando levar o seu financiamento. O banco lhe fará uma proposta e encaminhará eletronicamente para o banco onde tem o financiamento. Após esse envio, o banco onde você tem o financiamento poderá lhe fazer uma proposta de renegociação. Posso fazer a Portabilidade aumentando o valor que devo para o outro banco? Não. Com a portabilidade o valor da sua dívida com o outro banco deverá ser o mesmo a ser financiado pelo banco que está fazendo a portabilidade. Posso usar meu FGTS na portabilidade? Não. Como o contrato de financiamento já esta em seu nome, não poderá ser utilizado o FGTS na concessão da portabilidade. Porém, o cliente pode usar o FGTS para amortizar o seu contrato habitacional, se estiver enquadrado nas normas vigentes para a utilização do FGTS para amortização.

Operação exige muito cuidado e atenção do consumidor e dos encargos, e data do último vencimento da operação”, orienta Mônica. É importante também observar que o novo banco não cobre custos mais elevados do que o anterior e que o número de parcelas se mantenha. Segundo a economista, a mudança vale a pena quando os custos totais do financiamento ou empréstimo do outro banco forem menores do que o atual, ou se a parcela a ser paga for reduzida. Ela também alerta: “O usuário não poderá ser punido pelo banco que estiver deixando, com a retirada de benefícios obtidos como cheque especial ou cartão de crédito”. Toda a operação será feita por meio de um sistema eletrônico e a quitação da dívida deve ser feita pelo banco para onde ela será transferida, e não pelo usuário. Outra mudança do novo regulamento é que só taxas de juros e de administração do banco podem ser alteradas,

baixando o valor da mensalidade paga pelo consumidor. O prazo e o valor do financiamento não podem ser elevados. A nova regulamentação também proíbe as instituições de repassar ao consumidor os custos diretos da operação. Além disso, os bancos agora são obrigados a apresentar informações claras em suas agências sobre a portabilidade e ter funcionários capacitados para tirar as dúvidas dos consumidores.

Crédito imobiliário Para o caso de financiamento concedido com recursos do FGTS, o banco que fica com o crédito imobiliário assume também a dívida perante o Fundo. Imóveis financiados pelo programa Minha Casa, Minha Vida, que utilizam o FGTS, também podem ter sua dívida transferida de banco desde que já tenham sido construídos.

Poderá ser cobrada pelos bancos alguma tarifa decorrente da portabilidade? Os bancos não cobrarão do cliente as tarifas referentes a transferências do financiamento. Será cobrada apenas taxa referente à concessão do financiamento, de acordo com as taxas vigentes. Quais documentos eu preciso apresentar para solicitar a portabilidade do meu contrato Habitacional? Documento Oficial de Identificação (original e cópia), comprovante de rendimento (original e cópia), certidão atualizada de Inteiro Teor da Matrícula, seis últimos comprovantes de pagamento da prestação do contrato e planilha do contrato anterior, emitida pelo banco originário. Quais dívidas podem ser transferidas para outra instituição? O consumidor pode fazer a portabilidade das linhas de crédito para pessoa física (cartão de crédito, cheque especial, financiamento de veículo, crédito imobiliário, crédito pessoal e crédito consignado). FONTE: CAIXA ECONÔMICA FEDERAL


Quarta-feira, 28 de maio de 2014

Geral

11

Casa das Artes

Anfiteatro está mais completo Com o investimento de mais de R$ 281 mil, o sistema de climatização do local está instalado e pronto para o uso VITÓRIA LOVAT

Vitória Lovat geral1@jornalsemanario.com.br

O

Anfiteatro Ivo Antônio da Rold já está preparado para receber o inverno rigoroso de Bento Gonçalves. A climatização instalada no local ficou pronta nas últimas semanas, depois de cinco meses de trabalho, mas uma avaliação nas instalações elétricas é necessária para o funcionamento completo. A estrutura foi instalada pela empresa Ideal Eletro, de Lages em Santa Catarina, com condensadores, evaporadores e infraestrutura de dutos, no modelo conhecido como Splitão da marca York. De acordo com o administrador da Ideal, Luiz Sandi, o equipamento traz vantagens como a purificação do ar, que fica livre de poeira, ácaros e bactérias, além do

Próximo projeto é de construção dos camarins conforto térmico que atinge temperaturas ideais tanto no inverno quanto no verão. O investimento necessário foi de mais de R$ 280 mil reais, verba disponibilizada

por meio do Ministério do Turismo. Segundo o Secretário de Cultura do município e presidente da Fundação Casa das Artes, Jovino Nolasco, há cinco anos, quando a verba foi dispo-

nibilizada pelo governo federal para a conclusão do anfiteatro, ainda não existia a Secretaria da Cultura em Bento, por isso, a verba chegou à cidade pela Secretaria do Turismo. “A prefeitura de Bento recebeu esse dinheiro há cinco anos, mas ele ainda não havia sido utilizado mesmo com um projeto pronto, por isso, no ano passado, refizemos o projeto de climatização do anfiteatro com todas as atualizações necessárias e conseguimos a aprovação para iniciarmos a obra, que felizmente, está concluída”, explica o secretário.

Novas obras estão nos planos Além da climatização, outras obras estão previstas para o anfiteatro: camarins, sonoriza-

ção e iluminação cênica. O secretário de Cultura diz que um engenheiro está finalizando as alterações no projeto. “A prefeitura tinha uma verba de R$ 700 mil para as últimas obras no anfiteatro, mas neste período que não foi utilizado juros foram gerados, assim com esse dinheiro climatizamos e agora estamos na reta final dos trâmites dos camarins, em seguida faremos a escolha da empresa e a obra inicia”, destaca. Um elevador de carga que estava previsto para o meio do palco não será mais feito, já que, de acordo com estudos da secretaria, ele não é mais necessário. “O projeto anterior é muito antigo, agora tudo está mais moderno e fácil, então, ao invés de investir no elevador, colocaremos iluminação cênica e sonorização


12 Geral

Quarta-feira, 28 de maio de 2014

Entidades

Abraçaí pede apoio da comunidade “Trabalhamos no fio da navalha e com recursos escassos”, afirma o presidente da instituição Jovino Antônio Demari FOTOS TAIS MACHADO

Principais reivindicações “Pedimos apoio da comunidade, pois não estamos tirando crianças das ruas, damos uma oportunidade á elas de ter um futuro melhor. Administramos a entidade como uma empresa e muitas vezes sabemos que empresários da cidade poderiam investir, mas não investem. Quem conhece nosso projeto fica encantado.”

Crianças atendidas recebem reforço escolar, alimentação e atividade física durante o dia Crianças e adolescentes têm aulas de informática e inglês

Tais Machado entidades@jornalsemanario.com.br

I

Alunos da Abraçaí tem aulas de música, como teclado...

... e violão, participando também do coral da Associação

Mãe de Eduardo Siega, que participa do projeto há cinco anos, Teresinha Masiero hoje é cozinheira na instituição

nicialmente fundada como patronato a Associação Bento-gonçalvense de Convivência e Apoio à Infância e Juventude (Abraçaí), hoje tem diversas atividades para crianças e adolescentes no turno inverso às aulas escolares. Existente há cerca 11 anos, cuida de 210 crianças de seis a 14 anos e mais 25 que participam do curso profissionalizante, com idades entre 14 e 16 anos. Entre as atividades desenvolvidas estão o reforço escolar, atendimento psicológico, médico, odontológico, através de convênios e aulas de música, informática, inglês e educação física. “Iniciamos com 80 crianças, fomos ajeitando e colocando mais, hoje estamos com mais de 200 crianças na fila de espera para participar do projeto”, afirma o presidente da instituição Jovino Antônio Demari. A Abraçaí tem como objetivos desenvolver programas e projetos de atendimento a crianças, adolescentes, em situação de vulnerabilidade social, buscando oportunizar sua integração à sociedade, proporcionando atendimento e zelando pela defesa dos seus direitos. “Os pais têm que estar trabalhando, fazemos uma análise da renda per capita. Temos uma psicóloga que também faz avaliação da família para que possa participar do projeto. Além disso, são feitas reuniões mensais com os pais, aqueles que

Presidente da Abraçaí, Jovino Antônio Demari faltarem mais de três reuniões o filho perde a sua vaga no projeto”, explica Jovino Demari. Para a mãe de Eduardo Siega, de 12 anos, que participa do projeto há cinco anos, Teresinha Masiero, a Abraçaí ajudou muito seu filho. Ela hoje trabalha como cozinheira na Associação. “Ficamos mais tranquilos, porque trabalhamos o dia todo e não tínhamos como saber o que ele estaria fazendo depois da aula. O Eduardo aprendeu inglês e violão, além de ter regras bem rígidas, que não tem no colégio”, salienta a mãe.

Eventos Sustentada através de doações e campanhas a Associação passa por dificuldades. As verbas de projetos da Lei Rouanet e do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Comdica), não são suficientes para que a entidade consiga se manter com “folga” no orçamento. Entre os eventos está o “Eles

na Passarela”, que esteve na sua 9ª edição e aconteceu no Hotel Spa do Vinho, no dia 20 e contou com diversas autoridades e personalidades de Bento Gonçalves, desfilando com o tema “O Fantasma da Ópera”. “Trabalhamos no fio da navalha. Esta verba não é suficiente, então temos estes dois importantes eventos. O Eles na Passarela, que este ano contou com um jantar proporcionado pelo Hotel. Agradeço toda equipe que nos ajudou, o evento foi um sucesso”, ressalta. E também o Almoço do Abraço, onde reunimos entre 800 e mil pessoas, auxiliado pelo Rotary, onde os pais participam e é realizado no último domingo de setembro. “E o Almoço do Abraço, busco parceiros para que ajude a entidade. Neste almoço não colocamos um valor muito alto, porque queremos que os pais participem, se integrem com os filhos e o coral se apresenta”, comenta o presidente.

Parceria com a Randon O presidente explica que a parceria com a Randon continua, mas que a instituição não recebe auxilio financeiro da empresa. “Apenas temos a metodologia deles. Eles nos visitam e dizem que somos uma das melhores instituições beneficentes que eles têm ajudado. Porém não recebemos nenhum dinheiro da Randon. É uma parceira para o ensino das nossas crianças”, friza.


Segurança

Quarta-feira, 28 de maio de 2014

13

Proposta para 15 de julho

Negociar atual presídio é a esperança Terreno em localização nobre é o trunfo do governo estadual para conseguir verbas para a construção da nova penitenciária FOTOS CRISTIANO MIGON

Secretário Jorge Bramco, prefeito Pasin e secretário Airton Michels

Leonardo Lopes policia@jornalsemanario.com.br

F

oi desanimadora a visita dos secretários estaduais Airton Michels, de Segurança Pública, e o secretário do Gabinete dos Prefeitos e Relações Federais, Jorge Branco, à Bento Gonçalves, para debater a construção de um novo presídio na região. Após três horas de reunião no salão nobre da Prefeitura, o único resultado visto foi uma nova data para debate: 15 de julho. A data só foi estabelecida no fechamento do encontro, quando o prefeito Guilherme Pasin solicitou aos secretários estaduais um resultado para a reunião. A resposta foi o compromisso de uma audiência para 15 de julho, porém salientando que no novo encontro apenas será debatida uma minuta para a elaboração da proposta de arrendamento de ativos que poderá embasar a abertura de um futuro edital. Esta ideia de angariar verbas com uma possível negociação do atual terreno com a iniciativa privada parece a única solução, a curto prazo, para a construção de uma nova casa de detenção. O secretário Jorge Branco explicou que o terreno do atual presídio será usado como parte do pagamento na obra e o restante será custeado pelo governo do estado em prestações. “A empresa contratada constrói e arrenda o novo presídio à administração pública até o final das prestações. Depois disso, o patrimônio é do estado”, detalhou. Outra hipótese apontada é caso apareça recursos do Departamento Penitenciário Nacional (Depen), do Ministério da Justiça. Porém, conforme Michels, essa verba não está garantida,

visto que o governo federal dará a sinalização em julho. Sobre os recursos do estado, o secretário de Segurança Pública afirma que o governo estadual está com o orçamento dos dois próximos anos prejudicado. Mais que isso, salientou que o presídio de Bento Gonçalves não é uma prioridade. Inclusive, durante sua visita a atual estrutura, elogiou a pintura do presídio, refeita após a rebelião do dia 8. “Tenho uma imagem muito boa do Presídio de Bento Gonçalves. Eu não colocava e não coloco como prioridade. Repito: a prioridade é o Presídio Central de Porto Alegre. Se a comunidade entende que fica muito no Centro, que deve ser mais para fora (da cidade), aí nós somos sensíveis”, declarou Michels. Apesar da tranquilidade do secretário estadual, uma audiência pública para debater ações sobre a penitenciária ocorrerá amanhã, às 18h, no Plenário da Câmara de Vereadores do Município. A Superintendência de Serviços Penitenciários (Susepe) confirmou presença na sessão convocada pelo vereador Moacir Camerini (PT) e pretende apresentar projetos sobre um novo presídio para a comunidade.

R$ 200 mil para reformas O secretário Airton Michels aproveitou o encontro para anunciar a destinação de cerca de R$ 200 mil para reforma no atual presídio. Tal valor corresponde com a previsão da Susepe para a recuperação das celas 10 e 11, interditadas pelo Corpo de Bombeiros após os danos estruturais resultantes da última rebelião.

Ordem judicial não será cumprida O secretário estadual Airton Michels deixou claro que não foi intimado sobre a decisão da juíza da 3ª Vara Cível de Bento Gonçalves, Romani Bortolas Dalcin, que determinou um prazo de 60 dias para que o governo licite a obra de construção de um novo presídio no município. “Eu vou aguardar uma intimação formal para me manifestar melhor. Porém, sobre o que eu li, posso dizer que é materialmente impossível, ou seja, nem que queira, se pode fazer”, explicou. O secretário reiterou que

Bento Gonçalves tem a prioridade de qualquer recurso federal que for aberto para a construção de presídio no estado. “Enquanto isso não acontece, nós nos comprometemos para até 15 de julho apresentar a nossa proposta de licitação de alocação de ativos, onde nós colocaremos à iniciativa privada a possibilidade de uso desta área nobre onde está o presídio, como pagamento de vagas prisionais a serem construídas em Linha Palmeira”, explicou Michels. O orçamento do Estado para 2015 está em elaboração, e só será fechado no mês de outu-

bro, porém o secretário estadual não manifestou se a nova casa de detenção será inclusa. A peculiaridade do terreno do atual presídio, e também das Delegacias de Polícia da cidade, serem em uma área nobre é o trunfo que o estado exibe para conseguir as verbas necessárias. Porém, mesmo que tudo saia da melhor forma possível, o secretário de Segurança Pública salienta que Bento Gonçalves terá que conviver com o atual presídio por pelo menos mais dois anos.

Reunião contou com a participação de prefeitos da região e autoridades de segurança pública

Muita conversa, nenhuma novidade Apesar do discurso político considerar a reunião como produtiva, os semblantes durante as declarações finais dos secretários estaduais não eram encorajadores. Quem decidiu explanar a falta de resultados do encontro foi o presidente do Conselho Comunitário de Execuções Penais de Bento Gonçalves, José Ernesto Morgan Oro. “Estou indignado, porque Bento e a região não merecem esse tratamento. Nós esperávamos que o estado viria com alguma coisa concreta, porém os secretários falaram muito e não disseram nada. Estamos

saindo como chegamos, sem nada”, esbravejou. Sobre a possibilidade da negociação do terreno do atual presídio, a opinião de Oro foi clara e definitiva, “mais enrolação do estado”. Apesar do convite oficial da própria prefeitura, a reunião desta segunda-feira, 26, foi fechada à imprensa durante boa parte das conversações. Tal alteração no protocolo foi um pedido do Estado. Os profissionais da mídia puderam permanecer no Salão Nobre apenas para ouvir as primeiras manifestações e as declarações finais.

Quem participou da reunião ouviu do secretário estadual de Segurança Pública que o presídio de Bento Gonçalves é um dos melhores do Rio Grande do Sul. Apesar das opiniões incisivas das autoridades de segurança do município sobre a possibilidade de ocorrer uma tragédia no local, nenhum fato novo foi apresentado pelos representantes estaduais durante o debate. Restou a impressão que, mesmo com a determinação judicial e a pressão pública do último mês, a construção do novo presídio continua na estaca zero.


14

Esportes

Quarta-feira, 28 de maio de 2014

Boxe Olímpico

Copa Amizade

Mano será um dos técnicos da seleção

Na atual competição nenhum time tem 100% de aproveitamento FML ASSESSORIA ESPORTIVA, DIVULGAÇÃO

Noemir Leitão esporte@jornalsemanario.com.br

U

Classificação Chave A Times 1. Atecubanos 2. São Cristóvão 3. Cruzeirinho 4. Socanelas 5. Atlético 6. Thandera 7. União 8. Hakuna Matata 9. Avacalhados 10. Sem Freio

PG 16 11 10 9 8 7 7 4 2 2

Resultados da 6ª rodada Vila Rica 2x3 Atlético Capivara 4x1 Hakuna Matata Socanelas 0x2 Xerifes Avacalhados 2x3 8 da Grac. UTI 0x0 Atecubanos

Boxe Olímpico, em Campo Grande, terá Mano como técnico estado que estarão nesta competição. Além disso, Mano deverá também estar no Mundial na República Dominicana, na América Central, onde reunirá muitos pugilistas do mundo numa competição que irá reunir 16 países. Este evento será mostrado para várias nações através da televisão e, segundo Mano, irá divulgar o boxe gaúcho e regional, valorizando os jovens que querem através do esporte ter uma mudança de vida.

Bento Vôlei

Festival para famílias ocorre neste domingo UTI e Atecubanos não sairam do zero na partida realizada no sábado

Chave B Times 1. Capivara 2. UTI 3. Copeiros 4. Fronteira 5. Xerifes 6. 8 da Graciema 7. Missioneiros 8. Real Madruga 9. Bola nas Costas 10. Vila Rica

PG 15 14 11 11 10 10 8 7 6 0

Fronteira 3x1 Thandera R. Madruga 3x3 São Cristóvão Bola nas Costas 0x3 União Cop. De La Sierra 2x2 Sem Freio Cruzeirinho 2x3 Missioneiro

7ª rodada - sáb. 31/05 Tuiuty Avacalhados X Missioneiros Atecubanos X B. nas Costas Linha Graciema Hakuna Matata X UTI 8 da Graciema X Sem Freio Linha Paulina Atlético BG X Capivara Socanelas X Vila Rica São Pedro Thandera X Cop. de La Sierra União X Real Madruga Linha Leopoldina São Cristóvão X Fronteira Cruzeirinho X Xerifes Todas as partidas em rodadas duplas iniciam as 13h30min, devido as questões climáticas da Serra Gaúcha.

Acontece no domingo, 1º de junho, o Festival de Voleibol e Encontro de Integração das Famílias Bento Vôlei. Esta promoção será no Campus Universitário da Região dos Vinhedos da Universidade de Caxias do Sul (Alameda João Dal Sasso, 800 – Bairro Universitário – Bento Gonçalves/RS), a partir das 9h. O tradicional evento com jogos de integração entre alunos, familiares e convidados dos projetos do clube também será uma oportunidade para conhecer melhor o trabalho desenvolvido no projeto social Sacada Solidária. A diretoria do Bento Vôlei, completa um ano à frente da entidade no sábado, 31 de maio, e convida toda a comunidade para abraçar a “transformação através do esporte”. A primeira edição ocorreu em agosto de 2013 e reuniu muitos participantes. A promoção é da Sociedade Educativa, Cultural e Poliesportiva de Bento Gon-

ANDREIA D FOTOGRAFIA, DIVULGAÇÃO

ma rodada com muitos gols pela Copa Amizade de Futebol de Campo, e que mostrou mais uma vez o equilíbrio das equipes nesta competição. Foram assim os jogos realizados no sábado, 24, e que mesmo com o frio mostrou a recuperação de algumas equipes nos jogos disputados no nosso interior. No clássico entre os invictos UTI e Atecubanos ocorreu um empate sem gols mostrando um bom nível das duas equipes. Agora, ninguém está com 100% de aproveitamento na competição. Destaques nesta rodada foram as goleadas das equipes do Capivara em cima do Hakuna Matata por 4 X 1 e do União sobre o Bola nas Costas por 3 X 0, mostrando também boa recuperação no campeonato. Por outro lado nos demais campos de disputa da competição também ocorreram excelentes partidas o que mostra que a Copa Amizade está mostrando muita técnica e bom futebol. A 7ª rodada promete mais uma vez ser empolgante nas partidas do próximo sábado nesta fase classificatória.

O pugilista Carlos Eduardo Leitão, o Mano, de 35 anos, será um dos técnicos da seleção brasileira de boxe olímpico nas categorias feminino e kadete, até 16 anos. O torneio a nível internacional será na próxima sexta-feira, 30, na cidade de Campo Grande. No Mato Grosso do Sul, e juntamente com Mano irá o técnico Arnildo Pereira de Osório. Os dois conduzirão os atletas para estas lutas que irão acontecer até 8 de junho. Mano além de lutador está também indo como dirigente da equipe convocado pela própria Federação Brasileira de Boxe Olímpico. “É um grande desafio para minha carreira, pois começa haver uma recompensa do trabalho que realizamos na nossa academia e com os muitos atletas que treinam diariamente buscando um lugar entre os melhores do nosso estado”, disse. Atualmente, Mano treina em sua academia mais de 80 atletas em três turnos e mostra que muitos poderão estar entre os melhores competidores do estado. Serão 12 atletas, sendo seis masculinos e seis femininos do

NOEMIR LEITÃO

Rodada de muitos gols no final de semana

Encontro do ano passado reuniu muitos participantes çalves, cuja programação terá início às 9h e encerramento às 11h30min. Neste período ocorrerá a acolhida aos participantes e palestra sobre o Projeto Social Sacada Solidária no Auditório da UCS/CARVI, além das atividades e jogos de integração com os alunos e demais presentes no ginásio esportivo do campus.


Quarta-feira, 28 de maio de 2014

Futsal

Distrital inicia com goleada do Alcântara a presença de um bom público para essas partidas inaugurais que marcou com a goleada da equipe da Alcântara sobre o Veríssimo de Mattos. Dois jogos foram realizados pela chave A e um apenas pela chave B.

15

Série Ouro

BGF enfrenta a Alaf esta noite no ginásio Time vai ao ataque para conquistar vitória e subir na tabela Noemir Leitão

FABIANE SPIÇA, DIVULGAÇÃO

A primeira rodada da fase classificatória do Campeonato Distrital de Futsal ocorreu na sexta-feira, 23, e três partidas foram realizadas, no ginásio de esportes da comunidade de São Valentim. O torneio reuniu

Esportes

esporte@jornalsemanario.com.br

Classificação do Distrital Chave A Times PG 1. Santa Lúcia 3 2. São Valentim 1 3. São Pedro 1 4. Paulina 0 Vale Aurora* Cruzeiro Sertorina* Próxima rodada 2ª da fase classificatória 30/05 - Gin. de Esp. de Tuiuty Chave B – 19h30min Faria Lemos X Alcântara Chave A – 20h30min S. Pedro X Cruz. da Sertorina Chave B – 21h30min Tuiuty X Eulália

*EQUIPES QUE AINDA NÃO ATUARAM

Chave B Times PG 1. Alcântara 3 2. Veríssimo de Mattos 0 Barracão* Faria Lemos* Tuiuty* Eulália*

Resultados Santa Lúcia 3x2 Paulina Veríssimo de Mattos 2x8 Alcântara São Valentim 2x2 São Pedro

Libertadores do Nordeste

Fim do sonho: Rosário dá adeus à competição Depois de ter empatado em casa e deixado escapar a chance de atuar com mais tranquilidade no jogo da volta, a equipe do Rosário de Pinto Bandeira foi a Nova Pádua e perdeu para o Ferroviário por 2 a O, dando adeus à classificação para a próxima fase. O técnico Erceli Goin procurou colocar em campo uma equipe capaz de segurar o time que havia sido campeão na última edição, mas as tentativas foram em vão. O Ferroviário venceu e ficou com a vaga para a próxima fase da Libertadores do Nordeste. Agora, haverá uma

Resultados dos jogos de volta Ferroviário 2x0 Rosário Paranaguá 3x2 Ipê/Pradense Cavaleiros 2x3 Linha Brasil Az de Ouro 6x1 Esportivo

reunião num prazo de 10 dias para definições das próximas participações do time em competições regionais. Para o técnico Erceli Goin, houve uma campanha considerada boa, pois o Rosário conseguiu classificação e ingressou na fase quente do mata-mata da Copa Libertadores, mesmo tendo algumas dificuldades até mesmo de lesões e cartões. Goin salienta que, “fizemos o melhor para o clube e estaremos sempre a disposição de levar o time do Rosário ao seu patamar merecedor”, disse. Com relação ao seu futuro o técnico disse que poderá ficar no comando da equipe caso haja convite da direção. O saldo foi considerado positivo com os atletas. O Rosário realizou com Erceli Goin cinco jogos duas vitórias, um empate e duas derrotas. A direção analisará nos próximos dias uma possibilidade de participar do distrital de futebol de campo.

B

uscando recuperar-se do mau resultado no sábado, 24, diante do time da Assaf, em Santa Cruz do Sul, quando perdeu por 1 a 0, o BGF enfrenta na noite de hoje, no Ginásio Municipal de Esportes, a Alaf pela sexta rodada do returno do Campeonato Estadual de Futsal da Série Ouro edição 2014. Para este jogo, Vaner Flores espera contar com o apoio do público nas arquibancadas do ginásio e ainda da motivação do grupo, que precisa vencer para então colocar-se melhor na atual classificação, já que o time agora completa duas partidas sem vencer. Flores, nos trabalhos dos últimos dias, pediu mais atenção nos contrataques dos adversários, e destaca que a equipe terá que atuar de forma compacta diante do torcedor e buscar a vitória contra o time de Lajeado para subir na tabela de classificação. Flores também enfatizou a bela partida que sua equipe realizou em quadra, lamentou que a bola não entrou e salientou a bela participação do goleio adversário. Para os próximos dois jogos, que serão em casa não contará com Luizinho e Saccon, mas enfatiza que mesmo com os desfalques a força de sua equipe será importante para chegar a vitória. Atual-

BGF quer uma vitória diante do bom time da Alaf, de Lajeado

Resultados 5ª rodada do returno Assaf 1 X 0 BGF Alaf 5 X 0 AGSL Cachoeira 3 X 4 ACBF ADS 5 X 2 Afusca América 3 X 2 ASTF Atlântico 1 X 0 Assoeva 6ª rodada do returno, hoje, às 20h BGF x Alaf AGSL x Atlântico ASTF x Cachoeira Afusca x América ACBF x Assaf Assoeva x ADS Sananduva mente a equipe do BGF ocupa a 9ª colocação com 16 pontos ganhos e uma vitória será de extrema importância para as pretensões do time em chegar entre os melhores da competi-

Classificação 1. Atlântico 2. ACBF 3. Assaf 4. Assoeva 5. Alaf 6. ADS 7. América 8. AGSL 9. Bento 10. ASTF 11. Cachoeira 12. Afusca

PG 33 29 29 28 25 21 20 18 16 14 7 1

Regulamento – Jogam todos contra todos, em dois turnos, e os oito melhores avançam às quartas de final. Sem rebaixamento – A Série Ouro não tem rebaixamento. Os dois rebaixados serão conhecidos na Copa Lupicínio, no segundo semestre.

ção estadual. O jogo desta noite inicia às 20h e mais uma vez as chances são grandes da equipe em buscar uma vitória para subir na tabela de classificação.


www.jornalsemanario.com.br

A Edição

BENTO GONÇALVES

32 páginas

Quarta-feira

28 DE MAIO DE 2014 ANO 47

Primeiro caderno .................... 16 páginas Variedades .............................. 4 páginas Classificados .......................... 12 páginas

N°3031

R$ 3,00

CRISTIANO MIGON

Presídio à venda

Dança

Pupilos homenageiam a mestre Cecy Frank Variedades

Climatização

Anfiteatro preparado para o inverno Página 11

Série Ouro

BGF enfrenta Alaf hoje no Municipal Página 15

Localização nobre é trunfo do Estado Página 13

28-05-2014 - Jornal Semanário - Edição 3031  

Bento Gonçalves/RS

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you