Issuu on Google+

Sábado 14 DE DEZEMBRO DE 2013

Esportivo

O primeiro teste Alviazul vai até Flores da Cunha enfrentar equipe amadora na primeira movimentação dos comandados de Émerson Ávila MARCELO MACIEL

Página 4


2

Sábado, 14 de dezembro de 2013 | Semanário

Entrevista

Ligeirinho: A nova força do futsal

Jornal Semanário – Como surgiu o Ligeirinho? De onde veio o nome?

J.S. – Quando começaram os preparativos da equipe para o Citadino?

O

VINICIUS MIEZNIKOWSKI

Ligeirinho foi o grande campeão do Campeonato Citadino de Futsal. Na sexta-feira, 6, a equipe venceu na final o São Bento Futsal pelo placar de 5 x 3 e levantou a taça com muita festa na quadra do Ginásio Municipal de Esportes. Antes do campeonato, poucos apostavam na equipe de garotos. O momento depois do título é de pensar em 2014 e planejar ações para os próximos campeonatos. O Jornal Semanário conversou com o técnico da equipe, Jordano Bombana, que contou um pouco de como surgiu a equipe. O Ligerinho nasce como uma das novas forças do futsal em Bento Gonçalves e quer alçar voos mais altos.

Jordano – O Ligeirinho era um time de garotada que jogava quadra e que me convidou pra comandar a equipe. Eu fui convidado pelo Pablo, Paulo e Rodrigo pra ser técnico, e quando cheguei no primeiro treino deles, era uma bagunça só, tudo virado, não tinha regra, tudo muito a vontade. Quando olhei aquilo lá, parei e pensei, “bah, não vou ficar aqui desse jeito”. Daí um dia chamei os guris e disse pra eles o seguinte: “Todo o time, desde a marcação de quadra, compra de camisetas, meias, bolas e tudo mais, eu que vou assumir a responsabilidade da equipe”. A escolha do nome foi por conta da minha empresa de tele-entrega que leva o mesmo nome.

Vinicius Mieznikowski

Treinador Jordano Bombana quer mais conquistas em 2014

Jordano – Nós começamos os trabalhos em julho e num certo momento, ainda no início do treinos, pensei em desistir. O nosso time foi o mais forte do campeonato em termos de marcação, assim foram aparecendo os

destaques. Nós tínhamos um contra-golpe muito rápido. A equipe se preparou pra isso. J.S. – Como você avalia o comportamento dentro de quadra? Jordano – Eu cobrei muito essa questão de companheirismo, a questão da disciplina. Sempre frisei para os jogadores, “o nosso time não está no campeonato pra dar pancada em ninguém e sim pra fazer um belo espetáculo, e mostrar pro povo que não é pra dar pancada”. O atleta tem que fazer uma marcação leal e nada de faltas violentas. Sempre falei para os atletas, que não se ganha dando pancada. J.S. – A campanha da equipe durante o campeonato, agradou ou poderia ter sido melhor?

Jordano – Na nossa chave nós pegamos somente pedreiras, foi a mais difícil de todas. O Citadino é complicado porque se joga sob pressão, pela responsabilidade de estar levando o nome do seu time. A faixa etária do nosso time é bem baixa, tenho um jogador de 35 e o resto tem tudo 18, 19, 20 anos. J.S. – A equipe pensa mesmo em jogar a série bronze? Jordano – Nós estamos estudando, porque o grande problema em Bento é patrocínio. Manter um time de futebol é custo, mesmo sendo pra jogar competições amadoras. No ano que vem nós queremos entrar com o time feminino do Ligeirinho. Depois penso em criar um trabalho com categorias de base. esporte@jornalsemanario.com.br


3

Semanário | Sábado, 14 de dezembro de 2013

COPA DO MUNDO

Seleção de Honduras visita o município VINICIUS MIEZNIKOWSKI

Estadual Máster

Bento Máster começa a briga pelo título DIVULGAÇÃO

Comitiva de Honduras foi acompanhada de perto pelo poder público

A delegação da seleção de Honduras esteve em Bento Gonçalves na manhã da segunda-feira, 9, visitando a cidade para a Copa do Mundo de 2014. A comitiva hondurenha parou primeiro no Hotel e Spa do Vinho e depois foi para o Estádio Montanha dos Vinhedos. A vinda foi acompanhada de perto pelo poder público do município, secretário Gilberto Durante, do Turismo, e Gustavo Sperotto, do Esporte, além do vereador Clemente Mieznikows-

ki, da Comissão de Esportes da Câmara de Vereadores, prefeito Guilherme Pasin, membros da diretoria do clube Esportivo e o consultor da Copa do Mundo, Daniel Gamba. O treinador de Honduras, Luiz Fernando Suárez, gostou muito da estrutura do hotel e do estádio. A única reclamação do técnico, que é colombiano, foi com relação ao gramado do Parque. “Acredito que este gramado poderá ser melhorado.” disse Suárez.

Amanhã, a equipe do técnico Silvio dos Santos joga em Viamão contra o São José de Porto Alegre

Vinicius Mieznikowski

A

manhã é dia de decisão em Viamão. Bento Máster e São José de Porto Alegre entram em campo no primeiro jogo da final do Estadual Máster, pra decidir quem é a melhor equipe da competição. A partida inicia às 10h. O Bento se classificou para a final do Estadual ao passar na semifinal pela forte equipe do Morro Reuter. A vitória do se-

gundo jogo terminou apertada no placar, 1 x 0 para a equipe de Bento Gonçalves no domingo, 8, mas garantiu o time do técnico Silvio dos Santos na grande decisão do 8º Campeonato Gaúcho de Futebol Máster. A campanha da equipe foi muito boa na fase classificatória. Nas quartas de final o Bento Máster teminou com a melhor campanha do grupo D sempre mostrando o mesmo equilíbrio do início da compe-

tição. O jogo da volta da final acontece no dia 22 de dezembro no campo da Associação Geremia. O técnico Silvio dos Santos explica que o jogo que acontece amanhã, 15, em Viamão é fácil. “A torcida do São José vai estar em grande número incentivando a equipe até o fim. O Bento Máster está preparado para enfrentar esse desafio”, disse o treinador. esporte@jornalsemanario.com.br


4

Sábado, 14 de dezembro de 2013 | Semanário

Alviazul

MOTOVELOCIDADE

Esportivo realiza suas primeiras experiências VINICIUS MIEZNIKOWSKI

Vinicius Mieznikowski

O

Esportivo segue a preparação para o campeonato gaúcho, que começa no dia 19 de janeiro. Durante a semana, comandados pelo preparador físico Gérson Rocha, o grupo de jogadores realizou uma bateria de testes no ginásio Pôr do Sol, em frente ao Parque Montanha dos Vinhedos. O teste popularmente chamado de “iô-iô” é bastante utilizado em períodos de pré-temporada. “Trabalhamos com o teste iô-iô, que é específico pro futebol e mede a capacidade aeróbica dos jogadores. O teste é uma ferramenta importante, porque nos dá uma medida da condição física momentânea

Emerson Ávila comanda treino

de cada um.” disse Gérson. Na tarde de quinta-feira, a equipe fez um treino técnico tático no Montanha dos Vinhedos. Para o treinador Emerson Ávila, o momento da equipe é de preparação. “Estamos na segunda semana de

trabalho, sendo que a execução por parte dos atletas está dentro das nossas expectativas. Já começamos desde a primeira semana, fazendo trabalho com bola, treino tático, pensando numa possível formação para a equipe. Aos poucos nós vamos encaixando as peças dentro do nosso elenco. Já estamos com uma espinha dorsal da equipe para o amistoso de domingo.” disse o treinador. O Esportivo entra em campo para o seu primeiro jogo treino, na cidade de Flores da Cunha com o Corinthians da localidade de Mato-Perso. A partida acontece amanhã,15, a partir das 10h. esporte@jornalsemanario.com.br

BOCHA

São Bento é campeão regional VINICIUS MIEZNIKOWSKI

Humberto Giacomello vence em Tarumã FOTOS DIVULGAÇÃO

Muita festa no pódio depois da consagração nas 12h de Tarumã

O piloto bento-gonçalvense Humberto Giacomello, participou no sábado e domingo, 7 e 8, de uma das provas mais dificíceis do Automobilismo brasileiro em Viamão, as 12h de Tarumã. A 33ª edição da competição teve um total de 538 voltas. Segundo Giacomello a maior dificuldade dos pilotos na madrugada foi enfrentar a neblina que atormentava o circuito desde o primeiro momento. “A largada foi dada à meia noite e terminou somente ao

meio dia do domingo. No final o cansaço era muito grande” explicou o piloto. A equipe do carro Spyder/ Cosworth do piloto de Bento Gonçalves, contou com o apoio de outros dois nomes, o gaúcho Ramon Mathias de Caxias do Sul e o paulista Henrique Assunção. O resultado dentro da pista foi o melhor possível, vitória e muita festa no pódio na categoria classe protótipos. No total, a competição contou com 31 carros.

JUDÔ

Physio vence etapa do gaúcho fora de casa

Jogadores do São Bento fizeram muita festa com a diretoria do clube no jantar da competição

O Clube São Bento conquistou no sábado, 7, o título da Copa Uva e Vinho de Bocha, competição regional que contou com a participação de equipes de várias cidades da região dos vinhedos. A final do campeonato, que decidiu quem seria o grande campeão, aconteceu na sede do clube, com a equipe de Cotiporã que deu muito trabalho na última partida. O São Bento venceu as quatro partidas em casa com as seguintes parciais: 15 x 6, 15 x 4, 15 x 0, 15 x 8. No fi-

nal foram totalizados 60 pontos do São Bento contra 18 da equipe de Cotiporã. Como na partida de ida Cotiporã teve três vitórias e a equipe do São Bento venceu uma partida fora de casa, a taça ficou para o São Bento, que fez a festa no jantar promovido especialmente pelo clube para o evento. Para o diretor de bocha do Clube São Bento, Leonel Dall Agnol o grande diferencial da equipe é a união. “A nossa equipe é muito forte com re-

lação a união e sempre estivemos juntos nos treinamentos. Agradecemos também ao nosso presidente, Edilson Luiz Outeiro, que sempre nos deu o apoio necessário dentro do clube,” explicou Dall Agnoll. O capitão do São Bento, Noeli Marin, também salienta a união da equipe para a conquista do título. “O nosso time pegou firme nos treinamentos e os resultados estão ai, chegamos na primeira colocação,” disse Marin.

Equipe mostrou muita garra na última etapa do campeonato gaúcho

O Judô de Bento Gonçalves segue no caminho das vitórias. No final de semana, no sábado, 7, a equipe Physio de Judô esteve em São Leopoldo participando da última etapa do Circuito Gaúcho de Judô e os resultados mais uma vez foram muito satisfa-

tórios. A criançada e os adultos fizeram bonito no tatame, e conquistaram um total de 28 medalhas, sendo que são cinco de ouro, nove de prata e 14 de bronze. A etapa de São Leopoldo encerrou o ano de competições da Federação Gaúcha de Judô.


5

Semanário | Sábado, 14 de dezembro de 2013

Flamengo de São Valentim Tetracampeão Distrital do Quadro A 2010 – 2011 – 2012 - 2013

Em pé: Edson, Davi, Ademir, Luiz, Boaro, Scheuer, Giba, Digão, Robson, Etcho, Andreuzzi, Baggio, Técnico Alcindo, Gilson e Giovani. Agachados: Mattei, Professor, Alexandre, Jones, Iclacir, William Castagnetti, Kevin, Rafael, Gabi, Diego, Ila, Amarildo e Gilmar.

Flamengo de São Valentim Campeão Distrital do Quadro B 2013

Em pé: Edson , Silvino, Marciano , Gilson ,Nathan , Geovani , Jonathan, Cristian , Jeferson, Jean , Gilmar, Edecir Agachados: Wander, Wiliam , Marlon , Fabiano , Dener , Peixe , Iclacir , Mateus , Fabricio


6

Sábado, 14 de dezembro de 2013 | Semanário

Distrital

Um torneio para ficar na história MARCELO MACIEL

Vinicius Mieznikowski

O

campeonato distrital terminou no domingo, 8, na localidade de São Valentim. A edição de 2013 vai ficar marcada para muitas equipes, principalmente para o Flamengo, que venceu nos dois quadros, A e B, e para o São Pedro, grande campeão dos Veteranos. O Flamengo se consagrou com uma grande vitória na final do quadro A, 4 x 1 no Barracão e fez muita festa nas arquibancadas. No quadro B o Flamengo também comemorou muito a vitória de 1 x 0 sobre o Estrela da Serra. No Veteranos o São Pedro confirmou mais uma vez a tradição na competição e levantou a taça pela quinta vez. A organização do evento ficou muito satisfeita com o que viu. Para o diretor da Secretaria Municipal de Esportes, Nairo Pivatto, tudo foi deixado bem claro antes do início do campeonato com as equipes participantes. “Nós deixamos as coisas bem claras antes da competição, tivemos reuniões. Algumas coisas nós podemos dar

que participa é de ler todo o regulamento. Precisamos pensar num regulamento bem amplo, porque é difícil assimilar tudo. O distrital sempre foi um campeonato muito difícil, complexo de assimilar as coisas, com relação à arbitragem,” explicou o diretor. A cobrança para a próxima competição quanto a qualidade dos árbitros será maior. Pivatto salienta que a parte disciplinar deverá melhorar bastante para o ano que vem, já que será um ponto crucial para o sucesso da competição. Novas competições

Flamengo comemorou o título do quadro B com muita festa no domingo, 8, em São Valentim

uma aperfeiçoada, mas nada demais. De modo geral eu acho que foi positivo” declara. Segundo o diretor, não houve julgamentos e a preocupação foi de seguir o regulamento “a risca”. A parte disciplinar foi o grande destaque do cam-

peonato. “No início tivemos alguns problemas com algumas equipes, mas depois tudo caminhou com tranquilidade. Não tivemos muitos problemas com segurança, maca, em todos esses pontos foi tudo muito tranquilo”.

Arbitragem Com relação à arbitragem, Nairo Pivatto acredita que a mesma teve um começo lento, mas aos poucos foi melhorando. “Eu vejo que muitas vezes a maior dificuldade do pessoal

Além dos campeonatos já consagrados pelo município ao longo dos anos, para 2014 a ideia é aumentar o número de competições no futebol e futsal para 13 torneios. A definição das datas depende de reunião do secretário de esportes, Gustavo Sperotto com o prefeito Guilherme Pasin. A secretaria deve divulgar as competições em breve. esporte@jornalsemanario.com.br

Opiniões divergentes sobre a organização Do lado das equipes que participaram do campeonato, alguns satisfeitos e outros nem tanto. Para o dirigente Márcio Ebert do Inter da Leopoldina, a organização do campeonato Distrital foi muito boa. O único ponto que poderia ser modificado é a fórmula da competição, que deveria ser discutida para o próximo campeonato. A arbitragem também foi outro ponto apontado como positivo. “No começo a arbitragem teve alguns problemas, mas logo se acertou. Neste ano tivemos a presença de vários árbitros de renome apitando em Bento Gonçalves.”disse Ebert Para o dirigente do Barracão, Marcelo Bottega, a secretaria de esportes deveria ter controlado melhor a inscrição de atletas na competição. “Jogar a segunda partida em casa a partir das se-

mifinais pelo índice de disciplina não é correto, pois a equipe pode fazer uma campanha abaixo e ter vantagem. A arbitragem deixou muito a desejar, em algumas partidas tiveram bons árbitros. A organização do distrital tem que rever as atitudes e parar de se esquivar.” afirmou Bottega. O técnico do Estrela da Serra, Erceli Goin, está preocupado com o rumo do Distrital. “Não foi um campeonato parelho. Nas primeiras três rodadas com relação a arbitragem foi péssimo, com jogadores punidos sem ter culpa e depois melhorou muito. No quadro B eu acredito que poderíamos para o ano que vem, dar mais oportunidades para a garotada, colocar garotos de 16 a 20 anos para participar do campeonato, valorizando a nossa juventude” explicou Goin.


7

Semanário | Sábado, 14 de dezembro de 2013

MOTOVELOCIDADE

Bento-gonçalvense é o segundo nas 125 cc DIVULGAÇÃO

Bento Vôlei

CBV divulga tabela de jogos da Superliga B Vinicius Mieznikowski

VINICIUS MIEZNIKOWSKI

A

Ansuel mostrou muita competência no primeiro ano de corrida

O piloto Ansuel Perachi ficou com o vice-campeonato gaúcho de motovelocidade na categoria 125cc, no domingo, 8, no Uruguai. O piloto encarou uma competição pela primeira vez no ano de 2013 e conseguiu um bom resultado. Na última etapa em Rivera, o

bento-gonçalvense conquistou a segunda colocação na prova em solo estrangeiro. “Para 2014 quero me aprimorar ainda mais na pilotagem. Comecei a correr neste ano, porque sempre achei perigoso andar nas estradas. Estou supreso com os meus resultados,” disse o atleta.

condeferação Brasileira de Vôlei divulgou na quinta-feira, 12, a tabela de jogos da Superliga B. A competição que dá vaga na Superliga, principal torneio do voleibol nacional, inicia no dia 16 de janeiro. O campeonato tem no total 63 jogos. O Bento vai com tudo para cima dos adversários, que se dividem nos estados de São Paulo, Rio Grande do Sul e Minas. Os treinamentos do time comandado pelo técnico Fernando Rabelo seguem intensificados até o dia da partida. Como aconteceu no campeonato gaúcho, a diretoria preparou para a Superliga um pacote promocional para o torcedor. O Bento Vôlei disputa em casa sete jogos e o pacotão para todas as disputas vai ficar por R$

Equipe intensifica os treinos

50,00. O ingresso na hora do jogo sobe um pouco, R$ 10,00. A direção do clube anunciou a venda de camisas oficiais a partir da segunda-feira, 16, sendo que serão os mesmos modelos que estarão sendo usadas durante a Superliga B. Mais informações pelos telefones (54) 3451.6560 e 3451.6569.

esporte@jornalsemanario.com.br

Jogos da Liga Bento Vôlei x Sesi 16/01 - Bento Gonçalves Bento Vôlei x Santo André 18/01 - Bento Gonçalves São José x Bento Vôlei 23/01 - São J. dos Campos - SP Rio Claro x Bento Vôlei 25/01 - Rio Claro - SP Bento V. x Olympico/Uptime 30/01 - Bento Gonçalves Bento V. x Sada Contagem 01/02 - Bento Gonçalves Bento Vôlei x Voleisul 06/02 - Bento Gonçalves Voleisul x Bento Vôlei 08/02 - Novo Hamburgo - RS Sesi x Bento Vôlei 13/02 - São Paulo - SP Santo André x Bento Vôlei 15/02 -São Paulo - SP Bento Vôlei x São José 20/02 - Bento Gonçalves Bento Vôlei x Rio Claro 22/02 - Bento Gonçalves Olympico/Uptime x Bento Vôlei 26/02 - Belo Horizonte - MG Sada Contagem x Bento Vôlei 28/02 - Contagem - MG


8

Sábado, 14 de dezembro de 2013 | Semanário

De primeira

Marcelo Maciel esporte@jornalsemanario.com.br

FOTOS MARCELO MACIEL

Caras novas

DIVULGAÇÃO

O Esportivo definiu a contratação de mais dois reforços para a disputa do Gauchão 2014. São eles o meia-atacante Ygor (foto) e o lateral-esquerdo e zagueiro Jean Pierre. Ygor tem 21 anos e estava atuando no time principal do América-MG que disputou a Série B deste ano. Ele tem passagens por times como Tupi e Uberaba, além de ter disputado um Gauchão pelo Pelotas. Jean Pierre também estava no América-MG, mas atuava na equipe sub-20. Ele tem 20 anos de idade e o Esportivo

será a sua primeira experiência em time profissional. Eles devem chegar em Bento Gonçalves na semana que vem e se juntam ao atacante Jardiel, que também veio do América-MG e já treina na Montanha dos Vinhedos.

Jeitos diferentes

As diferenças entre Luis Carlos Winck e Emerson Ávila são públicas e notórias desde o primeiro dia que o treinador pintou por estas terras. Winck era o carismático, o cara que ia até no Torneio de Santa Tereza para aproximar o Esportivo da comunidade. Ávila é o chamado “mais na dele”. Evita aprecer em público e pouco se tem conta-

to com ele fora do gramado. Nem no bingo do clube, na quinta-feira, 12, ele foi. Porém, este é um direito que o treinador tem de querer ser mais reservado. Simpático ou não, ele precisa mostrar a que veio quando o Gauchão 2014 começar. Se bem que, para um time que quer reconquistar o torcedor, ter um contato maior com a comunidade ajudaria.

Qualidade na Montanha No final da tarde desta quinta-feira, 12, fui até o Parque Montanha dos Vinhedos acompanhar o treinamento do Esportivo. Me surpreendi positivamente com o que vi por lá. Pelo pouco que vi, deu para notar que o time do técnico Emerson Ávila vai ter muita velocidade e, principalmente qualidade no passe. Além disso, deverá ter muitas jogadas pelos lados do campo e a chegada de homens de marcação como elemento surpresa no ataque.

Claro que ainda falta a chegada de muitos atletas. Porém, em todos os setores nota-se que temos jogadores diferenciados. O volante Agenor é um deles. Tem posicionamento, joga de cabeça erguida e tem uma qualidade de passe acima da média. Assim como os meias Cacá e Cássio Gabriel, que, se aguentarem as pancadas dos marcadores adversários, têm tudo para se destacarem. O jogo-treino contra o Corinthians de Mato Perso é só para soltar um pou-

co os jogadores e o técnico fazer suas primeiras observações. Contra o São José-POA, dia 23, já vai ser diferente, assim como contra a dupla Gre-Nal, em janeiro. Para este primeiro teste, Emerson Ávila deve montar o tradicional 4-4-2 e iniciar, provavelmente, com este time: Damião Vinícius, Afonso, Reginaldo, Wesley Ladeira e Murilo Ceará; Agenor, Vinicius, Cacá e Cassio Gabriel, Brandão e Ramon.

Ficou difícil

Presente de campeão

Bento terá que correr muito para ter uma seleção por aqui. Infelizmente, a Rússia não jogará a primeira fase na capital. Ainda bem que o legado fica.

Quero agradecer de público aos integrantes do Ligeirinho F.C. pelo presente que me foi enviado. A camiseta com o emblemático número 13 será usada nos dias de futebol amador com certeza. Aproveito para parabenizá-los pelo título conquistado. Afinal, é sempre bom ver novas forças surgindo no futsal bento-gonçalvense.


14/12/2013 - Esportes - Edição 2986