Issuu on Google+

Saúde&Beleza

Sábado, 27 de agosto de 2011 REPRODUÇÃO

O período gestacional é um dos momentos mais intensos da vida da mulher, seja ela jovem ou mais experiente. Nesta fase da vida, emoções se misturam e diversas dúvidas aparecem, principalmente se a gravidez for do primeiro filho Páginas 4 e 5


2

Sábado, 27 de agosto de 2011

Saúde&Beleza

Odontologia para tratamento do ronco e apneia do sono DIVULGAÇÃO

Ângela Rigo Cirurgiã Dentista CRO - 18866 Fone: 3702-2111

O ronco é um problema sério, que possui comprometimentos sociais e fisiológicos, podendo ter consequências graves. Ou seja, roncar é uma patologia e deve ser encarado como tal, não sendo normal em nenhum momento da vida, nem para crianças, nem para pessoas adultas ou idosas. As pessoas que roncam têm sua qualidade de vida afetada e estão predispostas a apresentarem cansaço físico, mesmo quando dormem a noite inteira. Isso porque o corpo não descansa totalmente. O ruído do ronco é causado pela vibração dos tecidos da garganta em razão da turbulência do ar à medida que as vias aéreas se estreitam. A obesidade, formato do rosto, a respiração bucal e o uso de cigarro e álcool agravam o ronco. Entre as consequências que o ronco pode causar estão falta de atenção, perda de memória, diminuição da libido, aumento de

Caderno

Saúde&Beleza Este caderno faz parte da edição de sábado, 27 de agosto de 2011, do Jornal Semanário

peso, e também são mais propensas a sofrer acidentes de trânsito e de trabalho pela falta de concentração, bem como Acidentes Vasculares Cerebrais (AVC), depressão, hipertensão e arritmias noturnas. Já a apneia obstrutiva do sono acontece quando o estreitamento da garganta é tão intenso que ocorre a obstrução da passagem de ar e da respiração por alguns segundos, diversas vezes durante o sono. A apneia também pode ser de origem neurológica. Desta forma, torna-se imprescindível para o correto diagnóstico e o tratamento da apneia. A realização do exame polissonográfico determina a sua origem e gravidade. O tratamento do ronco e apneia varia conforme o caso, origem e intensidade e mui-

Edição: Maikeli Alves maikeli@jornalsemanario.com.br Diagramação: Noeli Ogrodoski cadernos@jornalsemanario.com.br Projeto Gráfico: Maiara Alvarez

tas vezes requer um acompanhamento multiprofissional. Uma boa opção de tratamento para o ronco e as apneias obstrutivas leves e moderadas é o uso de aparelhos orais, que aumentam a passagem de ar na garganta, diminuindo ou eliminando o ruído e evitando que haja obstrução da passagem de ar. Este dispositivo, que é utilizado durante o sono, é semelhante aos aparelhos ortodônticos removíveis, com a diferença que ele não causa alterações definitivas. O aparelho para o tratamento do ronco e apneia do sono é feito pelo dentista. Ele é personalizado para cada paciente, confortável, com custo relativamente baixo e apresenta excelentes resultados já comprovados pela literatura médica e odontológica.

Direção: Henrique Alfredo Caprara jornal.semanario@italnet.com.br SEDE Wolsir A. Antonini, 451 - Bairro Fenavinho Bento Gonçalves, RS 54. 3455.4500


Saúde&Beleza

3

Sábado, 27 de agosto de 2011

Curiosidades sobre a higiene dental dos bebês REPRODUÇÃO

Conheça alguns cuidados que as mães devem ter com a higiene bucal dos bebês.

Você sabia... ...que deve limpar a boca do bebê mesmo antes de os dentinhos nascerem? Podem ser utilizadas fralda ou gaze umedecida com água filtrada para remover os restinhos de leite depositados na gengiva, língua e bochecha do bebê, pelo menos uma vez ao dia. Apesar de não haver comprovações científicas do benefício dessa prática, é inegável que uma criança acostumada com a manipulação da cavidade bucal desde o nascimento colabora mais para uma boa higiene quando os dentes nascem. ...que o creme dental, se engolido por um bebê ou criança pode causar manchas nos dentes permanentes em formação? As manchas são chamadas de Fluorose e originam-se pela ingestão do flúor presente no creme dental, podendo ser brancas e, até mesmo, marrons nos casos mais graves. ...que mamar à noite é uma das principais causas de cáries em bebês? Evite colocar açúcar e achocolatado no leite. Esse hábito faz mal para a criança porque durante a

noite a quantidade de saliva é diminuída significativamente, deixando os dentes desprotegidos contra a cárie. ...que soprar alimentos, compartilhar colheres e copos com as crianças devem ser evitados? Isso porque a bactéria causadora da cárie pode ser transmitida de mãe para filho através do contato direto. ...que mesmo que temporários os dentes de leite devem ser tratados? Embora venham a cair, os dentes de leite servem de guia para o nascimento dos dentes permanentes; mantêm espaço na arcada para os futuros dentes e proporcionam mastigação e deglutição adequada. ...que os antibióticos não

são os verdadeiros causadores da cárie dentária? Os antibióticos muitas vezes são receitados na forma de xaropes adocicados. E como sabemos, o açúcar é um dos principais responsáveis pela cárie. Se durante a administração do remédio a higiene dental foi eficiente, a criança não desenvolverá cáries. ...que o seu filho pode nunca ter cárie dentária? O acompanhamento por um profissional de confiança proporciona uma ótima saúde bucal e evita problemas futuros. Fonte: Andressa Kist Cirurgiã-Dentista CRO-RS 19732 Folha do Mate


4

Sábado, 27 de agosto de 2011

Saúde&Beleza

Gravidez na adolescência

A gravidez na adolescência atinge principalmente classes sociais mais carentes e de menor escolaridade, mas não é exclusiva a essas, sendo na maioria das vezes não planejada. Meninas muito novas que engravidam, ainda são verdadeiras

crianças. O corpo está em formação, podendo até prejudicar muito a vida dessas adolescentes e com a possibilidade de riscos na hora do parto. A idade perfeita para ter filhos é depois do 18 anos até os 30 anos. Uma gravidez em um período muito próximo ao da primeira menstruação pode ter vários riscos devido à imaturidade da vascularização uterina, causando partos prematuros ou uma placenta insuficiente, pré-eclampsia ou eclampsia, anemia, infecção urinária ou vaginal, entre outras complicações. Além disso, esta faixa etária coincide com a menor aceitação da gestação. Isto pode dificultar todo andamento da gravidez e até tornar o nascimento mais difícil, já que não aceitando a gravidez, o trabalho de parto tende a ser mais complicado, com maiores chances de evoluir para uma cesareana.

Mudanças do corpo O primeiro trimestre é instável, o corpo lúteo (estrutura responsável pela produção da progesterona), mantém a gestação até em torno da oitava semana, impedindo a menstruação, e se este não se desenvolver normalmente, pode ocorrer aborto espontâneo. Neste período, a gestante precisa ingerir alimentos saudáveis e naturais, além de vitaminas prescritas pelo médico. As atividades físicas devem ser limitadas às caminhadas e natação, evitando atividades de impacto. A gestante também pode sentir algumas sensações desconfortáveis como náuseas, vômitos, enjoos, mal estar, irritação, sonolência e cólicas. O segundo trimestre é mais estável. O organismo se altera visivelmente, as mamas se preparam para a produção de leite, a bar-

riga começa a aparecer. Neste período, pode surgir acne pelo aumento da oleosidade na pele, varizes, câimbras por causa da pressão provocada pelo útero, mictúria provocada pela pressão da bexiga. Podendo, ainda, haver as doenças de maior risco, como o descolamento da placenta e placenta prévia. Também podem aparecer sinais de hipertensão materna e crescimento fetal em ritmo menor. No terceiro trimestre deve-se elevar o número de consultas. Nesta fase há maiores chances de complicações. É possível detectar a pré-eclâmpsia, síndrome que eleva a pressão e retém líquidos. Seu diagnóstico é feito pelas proteínas na urina. Neste período a barriga atinge um tamanho desconfortável para a gestante, podendo dificultar na locomoção, gerar insônia, falta de ar e hemorroidas. O útero também passa a se contrair na intenção de preparar para o parto. Devido o aumento do volume uterino, há maior risco de trabalho de parto prematuro. O descolamento prematuro de placenta pode ocorrer com maior frequência nessa fase, principalmente nas pacientes fumantes. É recomendável que a gestante em toda a gravidez controle sua alimentação e faça atividade física. Apesar de aumentar a fome e a ingestão de alimentos, a gestante deve controlar e dar preferência para os naturais, evitando sal, gorduras, frituras, massas e refrigerantes. Em geral, o aumento de calorias diárias não deve ultrapassar as de um sanduíche por dia.

Você sabia ?

A gravidez deve ser contada por semanas e não por meses? A contagem inicia no dia que iniciou a última menstruação antes do diagnóstico da gravidez e não no dia em que a mulher engravidou. Uma gravidez pode variar de 37 semanas completas há 42 semanas incompletas.


Saúde&Beleza

5

Sábado, 27 de agosto de 2011

Gestação após os 35 anos Apesar de cada vez mais frequente, a gravidez na idade avançada ainda é objeto de preocupação entre os médicos obstetras devido à maior presença de riscos e complicações materno-fetais. Recente pesquisa da Universidade de São Paulo (USP) mostra uma incidência de diabetes gestacional em 19,2% das pacientes, doença hipertensiva específica da gestação em 14,6%, abortamento espontâneo em torno de 15 a 20% e óbito fetal em 1,4% dos casos. O mesmo estudo concluiu que a assistência prénatal é necessária nos casos de gravidez tardia, pois possibilita a detecção das complicações maternas e a realização precoce de tratamentos. Em se tratando de fatores de risco, mulheres com pré-eclâmpsia apresentam maiores ricos para os fetos, destacando principalmente os de bebês com baixo peso. A obesidade, nesta faixa etária, contribui, junto com a idade, para um aumento de risco de diabetes gestacional

Dúvidas comuns Quais são os principais sinais de uma gravidez? Os principais sinais que aparecem são: ausência de menstruação, aumento de apetite, fadiga, sonolência, dores de cabeça e nas costas, escurecimento dos mamilos, dor e inchaço nos seios. Quais as mudanças mais significativas que ocorrem nessa fase? Ganho gradual de peso, instabilidade hormonal semelhante à TPM (irritabilidade, sensibilidade, angústia, ansiedade), inchaço, sangramentos (que devem ser acompanhados e notificados), cáries, prisão de ventre e presença de corrimento vaginal. Como proceder em caso de sangramento? Cerca de 10 a 20% das mulheres apresentam sangramento durante a gravidez, nesses casos é fundamental avisar o seu médico. Não há evidências científicas de que o repouso possa evitar que um aborto ocorra, mas a maioria dos médicos orienta repouso na tentativa de evitar complicações e dar maior tranquilidade à paciente. Quais são os principais sintomas que ocorrem ao longo da gravidez? São inúmeros os sintomas, mas é importante frisar que muitos são normais. Porém, seu médico sempre deve ser avisado, já que alguns destes sinais, apesar de “normais para a gravidez”, podem ser indícios iniciais de alguma doença mais grave da gestação.

FOTOS DIVULGAÇÃO

e pré-eclâmpsia. Bebês nascidos de mães que tiveram estas complicações durante a gravidez têm maior risco de nascerem prematuros, de terem que ser internados na UTI neonatal, de terem dificuldades respiratórias, ter muito peso ou baixo peso no nascimento, bem como hipoglicemia, podendo, por este último motivo, gerar convulsões neonatais.


6

Sábado, 27 de agosto de 2011

Saúde&Beleza

Eduardo Garcia eduardosgarcia@terra.com.br

Pneumologista e Geriatra

HEPATITE A Encerrando a série sobre hepatites, iremos comentar um pouco sobre a hepatite causada pelo vírus A, também conhecida como hepatite A ou hepatite benigna, pois em geral não deixa rastro de dano no fígado após sua evolução. É uma inflamação do fígado (hepatite) causada por um vírus chamado Vírus da Hepatite A (HAV). Pelo seu modo de transmissão, esse tipo de hepatite é típico de áreas menos desenvolvidas, com más condições de higiene e falta de saneamento básico. Nesses locais, incluindo a maior parte do Brasil, predomina em crianças pequenas (2 a 6 anos), porém, indivíduos que não tiveram a doença quando crianças, podem adquiri-la em qualquer idade. É transmitida por via oral-fecal, de uma pessoa infectada para outra saudável, ou através de alimentos (especialmente os frutos do mar, recheios cremosos de doces e alguns vegetais) ou da água contaminada. Esse vírus pode sobreviver por até quatro horas na pele das mãos e dos dedos. Ele é também extremamente resistente à degradação provocada por mudanças ambientais, o que facilita sua disseminação, e chega a resistir durante anos a temperaturas de até 20ºC negativos. Uma vez infectada, a pessoa desenvolve imunidade contra VHA por toda a vida. Pode ocorrer também entre pessoas que utilizam piscinas com água mal tratada e compartilham toalhas e lençóis imperceptivelmente contaminados por fezes, por exemplo. Não raro ocorrem surtos em acampamentos ou em grupos que realizam caminhadas e trilhas, e que utilizam água de rio, lagos ou poços para consumo. Essas águas não tratadas podem estar aparentemente limpas, porém contaminadas. Os sintomas iniciais são variáveis, podendo ocorrer mal estar generalizado, dores no corpo, dor na parte direita superior do abdome, dor de cabeça, cansaço fácil, falta de apetite e febre. Após, surgem, tipicamente, a coloração amarelada da mucosa e da pele, a icterícia. A urina fica escura, amarronzada, semelhante a chá forte ou coca-cola, e, as vezes, referida como avermelhada. As fezes claras podem ficar tão claras quanto massa de vidraceiro. Uma coceira pelo corpo (prurido) sucedida por marcas de coçadura e não antecedidas por lesões de pele ocorre em alguns casos. A evolução geralmente é benigna, com alívio dos sintomas em duas a três semanas. A resolução total e cura ocorrem em torno de dois meses. Durante a recuperação pode haver uma ou duas recaídas dos sintomas e das alterações dos exames, o que não prejudica a recuperação total do paciente. Excepcionalmente, em menos de 1% dos casos, acontece a evolução para forma fulminante, na qual há rápida perda da função do fígado, colocando o paciente em grande risco de morte. Não existe forma crônica de Hepatite

A, ou seja, exceto os poucos casos fatais associados à forma fulminante, o paciente fica curado, sem sequelas e imunizado contra futuras exposições ao vírus. Cabe mencionar que muitas pessoas não apresentam sintomas e só descobrem que tiveram a doença por exames de sangue casuais. Não existe tratamento específico contra a hepatite A, nem embasamento terapêutico para recomendar repouso absoluto. Na vigência dos sintomas, porém, o próprio paciente se impõe repouso relativo. Pessoas que vivem no mesmo domicílio que o paciente infectado ou que estão em más condições de saúde podem receber imunoglobulina para protegê-las contra a infecção. É absolutamente fundamental que o consumo de álcool seja abolido até pelo menos três meses depois que as enzimas hepáticas voltaram ao normal. PREVENÇÃO E CUIDADOS Há duas vacinas contra a hepatite A. Uma deve ser aplicada em duas doses com intervalo de seis meses; a outra, em três doses distribuídas também nesses seis meses. A vacina contra a hepatite A não faz parte do Programa Oficial de Vacinação oferecido pelo Ministério da Saúde, mas deve ser administrada a partir do primeiro ano de vida, porque sua eficácia é menor abaixo dessa faixa etária. Pessoas que pertencem ao grupo de risco ou que residem na mesma casa que o paciente infectado também devem ser vacinadas. Não coma frutos do mar crus ou mal cozidos. Moluscos, especialmente, filtram grande volume de água e retêm os vírus, se ela estiver contaminada. Saiba que ostras que se comem cruas e mariscos são transmissores importantes do vírus da hepatite A. Evite o consumo de alimentos e bebidas dos quais não conheça a procedência nem saiba como foram preparados. Procure beber só água clorada ou fervida, especialmente nas regiões em que o saneamento básico possa ser inadequado ou inexistente. Lave as mãos cuidadosamente antes das refeições e depois de usar o banheiro. A lavagem criteriosa das mãos é suficiente para impedir o contágio de pessoa para pessoa. Não ingira bebidas alcoólicas durante a fase aguda da doença e nos três meses seguintes à volta das enzimas hepáticas aos níveis normais. Verifique se os instrumentos usados para fazer as unhas foram devidamente esterilizados, ou leve consigo os que vai usar no salão de beleza. Tenha bons hábitos de higiene e saúde, cultive a limpeza em sua casa e trabalho, cuide as origens dos alimentos e bebidas, e se for viajar a locais desconhecidos ou sabidamente de risco, utilize apenas água e líquidos filtrados ou de procedência reconhecidamente segura (informe-se antes!).


Saúde&Beleza

Sábado, 27 de agosto de 2011

Conheça cinco maneiras de usar chá preto em casa Essa bebida escura e rica em cafeína contém tanino (presente também nos chás verde e branco). O princípio ativo antioxidante, adstringente e antisséptico é um aliado da saúde (pois aumenta a nossa resistência a doenças) e tem várias utilidades domésticas. Veja outras maneiras de usar o chá preto no dia a dia:

1. Limpeza de móveis e assoalhos de madeira Chá preto funciona muito bem como produto de limpeza. Ferva uma xícara (chá) da erva em 1/4 de litro de água, deixe esfriar e aplique na superfície com um pano macio apenas umedecido com a bebida.

2. Espelhos e vidros tinindo Prepare um chá bem forte, deixe esfriar e aplique o líquido na limpeza de vidros e espelhos. Finalize com um pano seco e que não solte fiapos. Mas não jogue fora os saquinhos usados: eles são ótimos para limpar o retrovisor e o espelho do carro - só não esqueça de passar pano seco logo depois.

sadeira, junte o chá adoçado e asse por aproximadamente 90 minutos em temperatura baixa (165°C). Depois diga Lave e seque o utensílio se já provou uma carne tão após utilizá-lo e passe um tenra como essa que você saquinho de chá já usado e acabou de preparar! úmido na superfície. Novamente o crédito é do tani5. Com ar de no, que preserva a panela da madeira antiga oxidação ao longo do tempo. Se estiver muito suja, despeje água quente, jogue dois Qualquer caixinha ou móvel saquinhos de chá e deixe de de madeira já lixado ou que molho durante a noite - a su- ainda não tenha recebido pinjeira sairá facilmente. tura pode ganhar jeito de peça envelhecida com o poder de tingimento do chá preto. Ferva três 4. Carne que saquinhos da erva em duas xícaras derrete na boca (chá) de água por cinco minutos. Aqueça 1/2 litro de água e Espere esfriar e vá embebendo a desligue o fogo antes de fer- peça, com a ajuda de uma esponver. Acrescente 4 colheres ja, até ficar com a tonalidade que (sopa) de chá preto a granel, você deseja - quanto mais tempo tampe e deixe em infusão por de exposição ao chá, mais escura cerca de cinco minutos. Coe fica a madeira. Depois retire o exe adicione 1/2 xícara (chá) cesso e espere secar. de açúcar demerara no líquiFonte: Mariana Viktor – do. Tempere 1,5 kg de carne Site Máxima a gosto, acomode numa as-

3. Panela de ferro livre de ferrugem

7


8

Sábado, 27 de agosto de 2011

Saúde&Beleza

Hidratação da pele A pele seca (Xerodermia) é uma pele com aparência opaca, áspera, escamosa, com repuxamento da pele, podendo haver rachaduras e coceira. A pele é menos flexível que o normal. Fatores ambientais como baixa umidade relativa do ar, baixas temperaturas, ar condicionado e ventos podem agravar a desidratação da pele. O tratamento da pele seca consiste em restaurar a água na epiderme com uso de substâncias hidratantes, como colágeno, ácido hialurônico, uréia, hidroviton, ceramidas, manteiga e óleos vegetais, lactato de amônio, etc, com ação hidratante e umectante.

rir bastante água.

REPRODUÇÃO

Pela manhã -Aplique loções ou creme hidratantes em todo corpo; -Na face, usar creme com protetor solar. Repetir a aplicação de 3 em 3 horas; -Para pessoas que trabalham diariamente com água, aplicar creme para as mãos e os pés vá-

Como evitar as consequências da pele seca: -Tomar banhos mornos e rápidos; -Utilizar sabonetes neutros; -Alimentar-se adequadamente e inge-

A pele seca pode estar associada também a outra doenças ou uso de alguns medicaÀ noite mentos. Por isso, procure seu -Após o banho: use tônico médico de confiança, para na face e abuse de creme hi- escolha de sua formulação segura e eficaz com bases dratante e emoliente; -Usar creme específico adequadas. para área dos olhos; Fonte: Farmacêutica Doracy S. -No corpo, repetir a hidraMoreira Sant’Ana - CRF-MT 483 tação feita pela manhã. rias vezes ao dia.


27/08/2011 - Saude Jornal Semanário