Issuu on Google+

Saúde&Beleza

Sábado, 23 de abril de 2011

Qualidade de vida Estudos apontam que beber água de estômago vazio é mais saudável e pode evitar doenças. No Japão, estudos comprovam que esta simples dica tem mostrando resultados positivos para a saúde. pag. 2

DIVULGAÇÃO


2

Sábado, 23 de abril de 2011

Saúde&Beleza

Beber água de estômago vazio Hoje é muito popular, no Japão, beber água imediatamente ao acordar. Além disso, a evidência científica tem demonstrado estes valores. Abaixo divulgamos uma descrição da utilização de água para os nossos leitores. Para doenças antigas e modernas, este tratamento com água tem sido muito bem sucedido. Para a sociedade médica japonesa, é a cura de até 100% para as seguintes doenças: dores de cabeça, dores no corpo, problemas cardíacos, gastrite, taquicardia, epilepsia, excesso de gordura, bronquite, asma, tuberculose, meningite, problemas do aparelho urinário e doenças renais, vômitos, gastrite, diarréia, diabetes, hemorróidas, todas as doenças oculares, obstipação, útero, câncer e distúrbios menstruais, doenças de ouvidos, nariz e garganta.

- De manhã e antes de escovar os dentes, beber 2 copos de água. - Escovar os dentes, mas não comer e nem beber nada durante 15 minutos. - Após 15 minutos, você pode comer e beber normalmente. - Depois do lanche, almoço ou janta, não se deve comer ou beber nada durante 2 horas. - Pessoas idosas ou doentes A dose certa para a boa saúde que não podem beber 2 copos de água, no início podem co- gunda semana, diariamente. meçar por tomar um copo de Este método de tratamento água ou aumentar gradualmen- não tem efeito secundário. No te. entanto, no ínicio do tratamento - O método de tratamento terá de urinar frequentemente. cura os doentes e permite aos É melhor continuarmos o outros desfrutar de uma vida tratamento mesmo depois da mais saudável. cura, porque este procedimenA lista que se segue apresenta to funciona como uma rotina o número de dias de tratamen- nas nossas vidas. Beber água é to que requer a cura das princi- saudável e da energia. pais doenças: Isso faz sentido: o chinês e o - Pressão alta – 30 dias japonês bebem liquido quente - Gastrite – 10 dias com as refeições, e não água fria. - Diabetes – 30 dias Talves tenha chegado o mo- Obstipação – 10 dias mento de mudar seus hábitos - Câncer – 180 dias de água fria para água quente, - Tuberculose – 90 dias enquanto se come. Nada a per- Os doentes doentes com der, tudo a ganhar! artrite devem continuar o traMuitos costumam beber um tamento por apenas 3 dias na copo de água fria ou uma beprimeira semana e, desde a se- bida fria após a refeição o alimento gorduroso, mas isso retarda a digestão. Uma vez que essa mistura reage com o ácido digestivo, ela reparte-se e é absorvida mais rapidamente do que o alimento sólido para o trato gastrointestinal. Isso retarda a digestão, fazendo acumular a gordura em nosso organismo e danificar o intestino.

Caderno

Edição: Franciéle Picinin Borges

Saúde&Beleza

frapicinin@jornalsemanario.com.br Revisão: Juliana Gelatti redacao@jornalsemanario.com.br Diamagramação: Noeli Ogrodoski cadernos@jornalsemanario.com.br Projeto Gráfico: Maiara Alvarez

Este caderno faz parte da edição 2710 de sábado, 9 de abril de 2011, do Jornal Semanário

DIVULGAÇÃO

Método de tratamento:

Direção: Henrique Alfredo Caprara jornal.semanario@italnet.com.br SEDE Wolsir A. Antonini, 451 - Bairro Fenavinho Bento Gonçalves, RS 54. 3455.4500


Saúde&Beleza

3

Sábado, 23 de abril de 2011

Eduardo Garcia eduardogarcia@terra.com.br

Pneumologista e Geriatra

PSICOPATIA E CRIME Continuando nossa discussão com relação ao assassinato múltiplo ocorrido na escola, podemos discorrer um pouco sobre alguma relação entre doença psiquiátrica e mortes múltiplas, evento bem conhecido e estudado na criminologia, mas que ainda prega peças e surpresas aos maiores especialistas na área. Observa-se que o ambiente é de suma importância na constituição de qualquer personalidade. No ambiente deficitário em que muitas pessoas vivem, acabam incorporando maus valores, e, ainda, na reação de algum abandono, estas pessoas tornam-se adversas à estrutura social. Entretanto, alguns indivíduos possuem uma capacidade de aproveitar, incorporar a experiência vivida, e se saem caracteres mal formados. Tudo se deve a uma inconveniente estrutura cultural. São mal formados porque não tiveram oportunidade de serem bem formados. Existe um outro grupo de indivíduos que mostram-se incapazes de aprender pela experiência, de integrar grupos e consequentemente ficam impossibilitados de efetivar um plano de vida. Tudo faz crer que já nascem com um defeito impediente do aproveitamento da experiência vivida. Não são mal formados: são mal constituídos. A existência de uma tendência antissocial pode ser explicada na ocorrência de um verdadeiro desapossamento (não uma simples carência). Isto quer dizer que houve uma perda de algo bom que foi positivo na experiência da criança até uma certa data, e que foi retirado. A retirada estendeu-se por um período maior do que aquele em que a criança pode manter viva a lembrança da experiência. Por sua vez, nas suas relações com os outros, estes indivíduos apresentam: um encanto superficial, bem como ausência de nervosismo ou manifestações neuróticas; irresponsabilidade; mentira e falta de sinceridade; falta de remorso ou vergonha; egocentrismo patológico e incapacidade de amar, e, ainda, pobreza geral de reações afetivas. É válido ressaltar que estes indivíduos não são chamados de antissociais por não gostarem de festas e pessoas, mas porque não se importam e nem mesmo estão adequados às normas sociais. São como vampiros antissociais, onde seus vícios encontram-se na agitação, farra, sexo, drogas e tudo o mais que seja estimulante. As pessoas que se aproximam destes indivíduos são enganadas com a mesma intensidade em que se afeiçoam a eles. Fora a diversão passageira, o autor expõe que estes vampiros não têm muito a retribuir, e, ainda, o que fizeram no passado é o melhor prognóstico do que farão no futuro. Tais colocações levam a considerar que o indivíduo com transtorno de personalidade antissocial pode ser desnecessariamente cruel, rude e agressivo, emocionalmente frio, rejeitando normas sociais e mostrando irrespon-

sabilidade nos relacionamentos. Apresenta uma incapacidade de manter consistência no trabalho, com ausências injustificadas, acarretando um desemprego frequente. Além disso, é importante salientar que os pacientes com transtorno de personalidade antissocial frequentemente apresentam um exterior normal e até mesmo agradável e cativante, não demonstram nenhuma ansiedade ou depressão, o que destoa das situações em que vivem, em contrapartida demonstram um senso de teste de realidade aumentado e uma excelente inteligência verbal. Chama ainda a atenção que estes indivíduos apresentam baixa tolerância à frustração e baixo limiar para a deflagração de agressividade e violência, não são capazes de experimentar a culpa – a tendência é sempre culpar os outros – e a apresentar argumentações e racionalizações plausíveis para explicar um comportamento que leva o portador desse tipo de transtorno a entrar em conflito com a sociedade. Ocorre uma perda da capacidade de discernimento, indiferença em relações interpessoais gerais, e, muito frequentemente, um comportamento extravagante e desagradável com bebidas alcoólicas ou às vezes sem bebida. Podem ocorrer também ameaças de suicídio podendo ser levadas a efeito e uma vida sexual impessoal, trivial e pobremente integrada. À medida que envelhece, o indivíduo fica menos propenso a entrar em conflito com a lei e a ser violento. Contudo, dentro da família e em outras instituições, sua incapacidade de ver as consequências de suas ações continua intacta e obviamente as outras pessoas continuam a sofrer por suas atitudes. A incapacidade de aceitar as normas da sociedade com relação ao comportamento social jamais modifica-se, independente da faixa etária que encontra-se o indivíduo. A prevalência do transtorno de personalidade antissocial incide em 3% dos homens e 1% entre as mulheres. É mais comum nas áreas urbanas pobres e entre os habitantes móveis dessas áreas. O aparecimento do transtorno ocorre antes dos 15 anos. As mulheres em geral desenvolvem os sintomas na pré-puberdade e os homens até mesmo antes. Nas populações carcerárias, a prevalência da personalidade antissocial pode chegar a 75%. As regras sociais não são uma força limitante, para os psicopatas, e, desta forma considera-se estes indivíduos como “predadores intraespécies” que usam charme, manipulação, intimidação e violência para controlar os outros e para satisfazer suas próprias necessidades. Em sua falta de confiança e de sentimento pelos outros, eles tomam friamente aquilo que querem, violando as normas sociais sem o menor senso de culpa ou arrependimento. Por isso, cuidemos de nossas crianças nas escolas, tanto como possíveis vitimas quanto como potenciais personalidades antissociais, pois ao reconhecê-las precocemente pode-se dar o devido acompanhamento e evitar um final tão trágico quanto o observado na escola. Um recado para os pais e professores.


4 As notícias da sua região ao alcance do mouse www.jornalsemanario.com.br

Sábado, 23 de abril de 2011

Saúde&Beleza

19 Motivos para consultar o dentista regularmente Todos sabem que devemos realizar consultas periódicas ao cirurgião-dentista e adiar a sua visita com desculpas de falta de tempo ou de dinheiro só irá prejudicar o seu sorriso e a sua saúde. Confira alguns motivos para visitar um cirurgião-dentista periodicamente: 1. Prevenir cáries e doenças periodontais podem evitar problemas futuros no cuidado com os dentes como, por exemplo, tratamentos de canal, ou até mesmo perdas de dentes.Realizar consultas periódicas não permite que os problemas se acumulem, evitando tratamentos longos e gastos desnecessários. 2. Manter os dentes limpos: por melhor que seja a nossa escovação, alguns locais são difíceis de higienizar, acumulando placa nos dentes e na gengiva. Sendo recomendado que sejam feitas limpezas periódicas pelo dentista. Este procedimento é chamado de profilaxia. 3. Evitar problemas cardíacos: as bactérias responsáveis pela formação do tártaro dental podem atacar o coração. A endocardite bacteriana, que consiste em um tipo de problema cardiológico corrente de processos infecciosos, pode ter origem na cavidade oral e causar a proliferação de bactérias nocivas ao organismo. 4. Evitar o mau hálito: 90% das causas do mau hálito são

DIVULGAÇÃO

Cuidados especiais garantem um belo e saudável sorriso

de origem bucal, devido à presenças das cáries, deficiência na escovação, problemas periodontais, entre outros. 5. Deixar os dentes brancos: existem muitas técnicas para remover manchas e clarear os dentes. O dentista indicará qual é a mais adequada para o seu caso. 6. Eliminar a sensibilidade dentinária: Aquela dor que surge quando você toma um sorvete ou ingere alimentos doces pode ser eliminada. O dentista deve avaliar o grau de sensibilidade dentinária um tratamento adequado para o seu caso. 7. Tratar cáries: Quando a cárie dentária está no início, é mais facilmente tratada, evitando a realização de procedimentos mais complexos, como o tratamento de canal. 8. Aplicar flúor: A aplicação evita a formação de cáries. 9. Melhorar a mastigação: Próteses mal adequadas, ficando frouxas na boca, dentes que foram perdidos ou que estão mal posicionados e restauração soltas podem dificultar a mastigação. 10. Prevenir o câncer bucal: Existem lesões na cavidade oral que, se não forem tratadas, podem evoluir para algum tipo de câncer bucal. 11. Evitar a dor de dente: A dor de dente pode ser prevenida com consultas periódicas ao dentista, podendo detectar

o aparecimento de cáries e de restaurações que estejam soltas ou com infiltrações. 12. Corrigir a posição dos dentes: Dentes tortos, além de não serem estéticos, diminuem o rendimento mastigatório, dificultam a higienização, além de prejudicar a fonética. 13. Ter um sorriso bonito: Um sorriso bonito aumenta a autoestima. 14. Colocar próteses: A colocação de próteses ou implantes substitui a perda de um ou mais dentes perdidos, melhorando a mastigação, fonação e estética. 15. Manter a saúde do seu corpo: Uma boca saudável reflete na saúde de todo o corpo. 16. Curar aftas: Podem ser feitas aplicações de laser, tornando-as menos dolorosas, ou uso de medicamentos que serão prescritos pelo dentista, diminuindo o desconforto causado pela afta. 17. Perder o medo: Nos dias atuais existem técnicas que fazem com que o tratamento dentário seja eficaz e indolor. 18. Trocar restaurações: Muitas vezes restaurações antigas podem estar fraturadas ou com infiltrações, sendo necessário substituí-las. 19. Evitar ou acabar com a dor de cabeça: Problemas na articulação temporomandibular (ATM) podem estar relacionados com as dores de cabeça.


Saúde&Beleza

5

Sábado, 23 de abril de 2011

O câncer de próstata não é mais aquele O diagnóstico é rápido – e, acredite, indolor – a cirurgia não leva mais à impotência, as chances de cura aumentaram e ele pode ser prevenido com bastante sexo, segundo Neide Oliveira.

abiraterona, mostrou-se eficaz em testes com pacientes com tumores agressivos. Produziu a regressão da doença em cerca de 70 % dos casos.

Tratamento

É possível se livrar do exame de toque retal? Isso seria como tentar achar uma alternativa ao aparelho para medir a pressão. Não há como fazer um diagnóstico preciso sem tocar a glândula. “Acho mais deprimente ter de se masturbar no hospital para fazer um espermograma”, afirma o secretário-geral da Sociedade Brasileira de Urologia. João Hipólito Pous. Quem teve um tumor fica impotente? Hoje, as operações preservam os nervos e, assim, a função sexual. “Vale lembrar que muitas vezes a impotência não é só um problema orgânico, mas emocional”, diz o doutor Pous. Os homens também são naturalmente mais potentes aos 60 que aos 70 – muitas vezes, o tratamento da doença é apontado injustamente como a causa do problema. Quem faz vasectomia tem mais chances de desenvolver a doença? Apesar de alguns estudos terem sugerido isso no passado, a Sociedade Americana de Câncer aconselha que ninguém deixe de fazer vasectomia por temer o desenvolvimento de tumores. Cirurgia é sempre o melhor tratamento? O tipo de tratamento vai depender da extensão e da agressividade do tumor. Frank Zappa, Pablo Neruda e Johnny Ramone. O que um roqueiro-cabeça, um poeta Prêmio Nobel e um punk novaiorquino têm em comum? Os três muito provavelmente estariam vivos se fossem diagnosticados com câncer de próstata, a doença que os matou. Não que a incidência do mal venha diminuindo, o número de homens diagnosticados só cresce com o passar dos anos.Para os médicos, diferentemente do que seria sensato supor, o aumento é bom sinal. Significa que mais pessoas estão prestando

Cirurgia robótica: O método mais utilizado ainda é a cirurgia para a retirada do tumor. Muitos médicos fazem a cirurgia aberta, mas um dos maiores avanços de área é a cirurgia robótica, menos invasiva. “A recuperação é muito mais rápida. O paciente sangra menos, tem alta já no segundo dia de pós-operatório e em uma semana já volta às suas atividades”, explica Anuar Mitre, urologista do hospital Sírio-Libanês. Radioterapia avançada: Uma das técnicas mais modernas de radioterapia chama-se braquiterapia. Os médicos implantam, pelo períneo, sementes radioativas que matam as células cancerígenas, sem a necessidade de retirada da próstata ou sessões de radioterapia, e o paciente fica internado só um dia. Até a radioterapia externa evoluiu. Hoje há como aplicar maiores doses de radiação nas células cancerígenas sem atingir tecidos sadios. “Com os apuros técnicos, pode-se fazer uma dosagem maior, mais precisa, com efeitos colaterais que beiram a zero”, explica o coordenador do serviço de radioterapia do hospital Sírio-Libanês, João Luis Fernandes da Silva. Técnicas experimentais: Um dos estudos publicados em fevereiro na revista Nature identificou marcadores genéticos presentes na forma mais agressiva do câncer.Esse tumor então receberia um tratamento mais pesado, enquanto tumores que se desenvolvem de forma lenta poderiam ser acompanhados até sem tratamentos. Dentro de poucos anos, o exame genético pode estar disponível no mercado. Outra técnica é o ultrassom focalizado de alta intensidade, que “frita” o câncer e já é utilizado, experimentalmente, nos Estados Unidos e na Europa. Uma nova droga, a

Mitos sobre a doença

Cirurgia ainda é o método mais eficaz para eliminar o câncer

atenção ao que se passa dentro dessa misteriosa glândula de 4 centímetros de diâmetro. “Os casos têm aparecido mais por causa da pesquisa médica , do aumento da expectativa de vida dos homens e da descoberta do diagnóstico por exame de sangue”, afirma Miguel Srougi, urologista do hospital Sírio- Libanês. De acordo com a Sociedade Americana de Câncer, 17 % dos homens terão câcer e, se ele for descoberto ainda dentro da glândula, o risco de morrer em decorrência da doença é de apenas 7%, um número considerado baixo. Os tumores malignos na próstata estão diretamente ligados à idade do homem.Por isso, vale a regra de ouro: chegou aos 40 anos? Vá ao médico. Cerca de 10% dos que têm mais de 50 anos vão apresentar o tumor, assim como 30% dos que têm 70 e virtualmente 100% dos homens que chegam aos 100 anos. O câncer de próstata pode ser descoberto pelo exame de toque retal ou pelo teste dos níveis de PSA. Uma proteína produzida só pela próstata – no sangue. No caso do PSA, apenas 26% dos tumores são localizados. Já no caso do famigerado toque, a taxa vai a 34%. Por

isso, é importante realizar os dois exames simultaneamente. Um teste alterado de PSA, por si só, não indica a existência de um tumor, já que o resultado pode se alterar em casos de infecção ou até com a prática de atividades como ciclismo.

A prevenção Faça mais sexo. Os pesquisadores ainda não encontraram uma maneira segura de prevenir completamente o câncer, mas perseguem algumas pistas. Para a alegria geral, um estudo recente da National Institute of Health, agência do governo americano para pesquisas na área de saúde, apontou uma incidência 33 % menor da doença em homens que ejaculam mais de cinco vezes por semana. Segundo o estudo, não está clara a relação entre a frequência sexual e a prevenção. Ainda assim, não custa nada se prevenir de uma maneira tão recompensadora. É certeza que sua mulher vai adorar. Coma menos carne. Homens orientais têm uma incidência 70% menor de câncer de próstata, vantagem que diminui quando migram para o ocidente, onde a dieta é rica em gorduras. Outro costume saudável

para a próstata é a ingestão de licope, o antioxidante que dá a cor vermelha ao tomate e à melancia, que pode diminuir o risco de câncer em até 35%. O consumo de soja também foi relacionado à diminuição do risco de desenvolvimento do mal. O uso de suplementos como o selênio e a vitamina E teria ação preventiva, mas com efeitos colaterais, como o risco de surgimento de diabetes e problemas cardíacos. Fuja do estresse. A incidência do câncer de próstata é seis vezes maior em países desenvolvidos, o que sugere que o estilo de vida corrido tem efeito significativo no aparecimento do mal. Um estudo indica que viver a vida mansa de um personagem de novela de Manoel Carlos diminui a incidência da doença em até 30%. Embora a ciência ainda não tenha respostas conclusivas, não custa nada tentar tirar o pé do acelerador. Fazer exercícios físicos por pelo menos 30 minutos diários, controlar o peso, parar de fumar e reduzir o estresse ajuda a diminuir as chances de desenvolver a doença.

Fonte: Revista Alfa


6

Sábado, 23 de abril de 2011

Saúde&Beleza

O uso do Adoçante O adoçante é considerado substituto do açúcar no paladar. No entanto, é preciso esclarecer que, enquanto o açúcar é calórico, os adoçantes podem ou não conter calorias. Existem muitas dúvidas se os adoçantes causam cáries dentárias com o açúcar. O açúcar ou sacarose é o alimento principal das bactérias que provocam cárie. Os adoçantes não são aproveitados por elas da mesma forma; logo, quando há oferta de adoçante substituindo a sacarose, o número de bactérias diminuiu. No entanto, é muito importante lembrar que vários fatores atuam em conjunto para provocar a cárie. Assim, a prevenção não pode ser direcionada para um único fator. Além disso, a substituição da sacarose por outros tipos de carboidratos mais

complexos (menos utilizados pelas bactérias), seria a escolha mais saudável. Desde que os adoçantes sejam ingeridos dentro da quantidade recomendada (muitos produtos diéticos possuem em seu rótulo a dose máxima diária), não há problema. Deve-se tomar cuidado com os adoçantes constituídos de álcool poliídrico, que não devem ultrapassar a dose de 50g por dia sob risco de provocar diarréia. Outro fato a ser lembrado é que o aspartarme, por ter finalalanina, é contraindicado para pacientes fenilcetonúricos (que não conseguem metabolizar a fenilalanina), sendo este distúrbio muito raro na população (1 a cada 16 mil pessoas). As crianças podem ingerir adoçantes, mas normalmente recomenda-se apenas para aquelas que realmente têm indicação para o seu uso, como as diabéticas e, em algumas situações, as obesas (indicação médica). No entanto, em relação às crianças com risco aumentado para a cárie dentária, o ideal é manter um controle na ingestão de sacarose, tanto na frequência quanto na quantidade, e reforçar os outros meios preventivos. Como ocorre com qualquer alimento, o uso indiscriminado dos adoçantes não é indicado, devendo, portanto, haver moderação. Alguns adoçantes sintéticos como aspartame, sacarina, acesulfame-K e sucralose são aprovados pela Food and Drug Administration (FDA) e, portan-

to, têm regulamentação para as doses máximas recomendadas. Os estevosídeos (stévia), apesar de muito utilizado na América do Sul, não são aprovados pela FDA e, portanto, não têm regulamentação especifica quanto à dose máxima permitida. O ciclamato de sódio foi proibido pela FDA, mas novos estudos comprovaram que a dosetíxica é muito alta, e por isso, cogita-se a reprovação. Os refrigerantes diet utilizam, em geral, uma mistura de aspartame, sacarina e ciclamato de sódio. A chance de se chegar à dose máxima desses componentes é, praticamente, teórica. Levando-se em conta que os estudos ora aprovam, ora condenam os diversos adoçantes, tendo em vista que os órgãos controladores seguem os estudos para aprovarem ou não o uso, o mais sensato é utilizar pouco. As gestantes também podem fazer uso de adoçante, desde que tenham orientação para a ingestão de uma dieta equilibrada e não utilizem esses produtos em excesso. Qualquer pessoa pode fazer o uso de adoçantes, mas desde que seja respeitada a quantidade máxima diária, utilizando o mesmo sempre com moderação. Fonte: Informações sugerida pelo Núcleo de Apoio à Pesquisa em Implantes Odontológicos – NAPIO – Faculdade de Odontologia de Bauru -USB


Saúde&Beleza

7

Sábado, 23 de abril de 2011

Fique atento à internação hospitalar Alguns cuidados são fundamentais para a segurança do paciente durante a sua permanência no hospital. Um dos principais aspectos que devem ser levados em conta, durante uma internação, é a segurança do paciente. Alguns cuidados são fundamentais para que não haja erros ou intercorrências que possam comprometer o tratamento e a recuperação. Uma medida que contribui para minimizar riscos é, na escolha do hospital, verificar se ele possui uma acreditação de qualidade, como a concedida pela Joint Commission International, ou similar que ateste que alguns padrões são atendidos para melhorar a qualidade da assistência. Uma das primeiras providências é assegurar que o paciente seja identificado de maneira correta, o que passa, necessariamente, pela solicitação de um documento com foto. Em seguida, é preciso atrelar o nome completo a outros identificadores, como número do prontuário, data de admissão e idade. Uma pulseira, contendo essas informações, serve para assegurar que o paciente receba o tratamento certo em todas as unidades do hospital. A múltipla checagem garante, por exemplo, que um remédio prescrito pelo médico seja administrado corretamente e evite equívocos na realização de um exame ou cirurgia. Outro cuidado no ato da inter-

DIVULGAÇÃO

Simples cuidados evitam incomodação maior para o paciente

nação é checar se o paciente toma algum medicamento, em que dosagem e em quais horários. Essas informações são importantes para que se possa fazer a chamada conciliação medicamentosa, para evitar incompatibilidade entre o remédio que o paciente já utiliza e a medicação administrada durante a internação. No caso de uma cirurgia, deve-se realizar o time out, uma verificação final, em voz alta, no local onde ocorrerá o procedimento e antes de seu início.Nesse momento é feita a confirmação, envolvendo todos os participantes da equipe, da identificação do paciente, do procedimento a ser feito, da parte do corpo, membro ou órgão a ser operado e da disponibilidade dos exames e equipamentos necessários. Os cuidados com a higiene das mãos são redobrados para prevenir infecções. Profissionais da saúde e visitantes devem higienizar as mãos com

água e sabão ou álcool em forma de gel antes de qualquer contato com o paciente. A segurança na internação envolve também a garantia de que as instalações não ofereçam riscos, como o caso de quedas, especialmente no caso de idosos ou pessoas fisicamente debilitadas. Essa avaliação deve ser feita logo que o paciente é internado e, caso necessário, medidas preventivas devem ser tomadas, como barras de apoio nos banheiros e grades de proteção nas camas. Os cuidados com o paciente não se encerram após a internação. É preciso que ele e seus familiares recebam todas as orientações, para a continuidade do tratamento em casa e para a completa recuperação fora do hospital, incluindo o uso de medicamentos, a realização de exames de acompanhamento, terapias recomendadas e até o retorno ao médico. Saiba mais sobre este e outros assuntos no site www.einstein.br.


8

Sábado, 23 de abril de 2011

Saúde&Beleza

Microabrasão para dentes manchados Manchas nos dentes atrapalham a estética do sorriso. Muitas vezes elas tornam a aparência da boca pouco saudável, o que nem sempre condiz com a realidade. Essas manchas geralmente são brancas opacas ou acastanhadas e podem ser causadas por diversos fatores, durante e após a formação do dente, como fluorose, desmineralização pós tratamento ortodôntico e má formação de esmalte dentário, por exemplo. Quando for diagnosticado que essas manchas apresentam-se apenas na camada superficial do dente, é possível que seja realizada sua remoção

pela técnica de microabrasão dentária. Nesta técnica apenas uma pequena porção do esmalte é removida pela ação de agentes microabrasivos, sem uso de brocas de desgaste. O resultado é rápido e após a primeira sessão já é possível perceber um aspecto esteticamente mais agradável nos dentes tratados. Casos em que essa técnica não é indicada podem ser resolvidos através de restaurações estéticas com resinas ou porcelana. A técnica utilizada depende da profundidade e extensão da mancha e será determinada pelo dentista, considerando aquela

DIVULGAÇÃO

Resultado já na primeira sessão

que trará mais benefícios ao paciente.

Angela Rigo Cirurgiã-Dentista CRO/RS 18866

Como ter dentes bonitos e sorriso perfeito Muitas pessoas sonham em possuir um sorriso bonito, dentes brancos e saudáveis e uma boca sedutora. Mas realmente não é fácil, você precisa se dedicar para possuir os dentes desejáveis, e devemos admitir que todas as pessoas admiram pessoas com dentes bonitos, sorriso brilhante e hálito refrescante. Por isso vamos lhe proporcionar algumas dicas que poderão lhe

ajudar a adquirir seus objetivos. Em primeiro lugar nunca deixe de escovar seus dentes após as refeições e ao acordar e antes de ir dormir, mesmo que você esteja atrasado ou cansado, é importante realizar boas escovações todos os dias. Também procure passar fio dental todos os dias, no mínimo uma vez por dia, para evitar tártaro, cáries e futuros problemas.

Lembre-se também que dentes tortos não tornam o sorriso bonito, então se preciso for utilize aparelhos para poder arrumar seu sorriso, e cuide da melhor maneira possível de seus dentes com um bom dentista. Utilize também frequentemente um enxaguante bucal que ajuda na proteção dos dentes! Fonte: Dicas do dia

Cães podem detectar câncer de próstata pelo olfato Os cães são conhecidos como melhores amigos do homem e acabam de dar mais uma prova de amizade. De acordo com pesquisadores do Hospital Tenon, de Paris, França, podem indicar quem

tem câncer de próstata por meio do olfato, 100 mil vezes mais aguçado que o de um ser humano. A equipe passou um ano treinando pastores belgas malinois com o intuito de que diferenciassem a urina de

pessoas com e sem doenças. Quando identificam a presença de câncer, sentado ou correndo para o treinador , recebiam recompensas. Fonte: O globo


Caderno Saúde - 23/04/2011