Issuu on Google+

Saúde&Beleza VERÃO

Os fungos causadores de micoses de pele são os mais comuns e merecem atenção

Ambientes contaminados, úmidos e quentes proliferam de forma rápida esta infecção que deve ser tratada corretamente Página 5

Sábado, 07 de janeiro de 2012

REPRODUÇÃO


2

Sábado, 07 de janeiro de 2012

Saúde&Beleza

Saiba como os cigarros afetam a aparência das mulheres As mulheres gostam de estar sempre bonitas, cuidam dos cabelos e da pele, mas se esquecem de um detalhe muito importante: para ter uma pele saudável e bonita, é necessário parar de fumar. Estudos desenvolvidos nos últimos anos mostram que o cigarro promove o envelhecimento precoce da pele devido a diversos fatores:

A fumaça do cigarro libera radicais livres que agridem principalmente a pele da face, pescoço e mãos, promovendo morte celular e aparecimento precoce de rugas; A ponta do cigarro atinge altas temperaturas, podendo chegar a 800 graus, contribuindo para o envelhecimento da pele e cabelos;

Bem, mas também existem boas noticias sobre o assunto cigarro e beleza. Após 3 a 4 semanas sem fumar, a pele e os cabelos melhoram consideravelmente, ficando com aspecto mais bonitos. E a tendência é melhorar muito mais após um ano do abandono do vício de fumar. Dr. Tufi Dippe Jr Cardiologista REPRODUÇÃO

O alcatrão presente no cigarro é responsável pela coloração amarelada que se deposita nos dentes, unhas e pele do rosto; As substâncias tóxicas presentes na fumaça do cigarro aumentam a predisposição ao câncer de pele e boca; Os cabelos também sofrem agressão, tornando-se opacos, além de caírem mais; Novas evidências também apontam o cigarro como fator agravador da acne.

Caderno

Saúde&Beleza Este caderno faz parte da edição de sábado, 7 de janeiro de 2012, do Jornal Semanário

Diagramação: Fabiana Bertazzo Bohrer diagramacao01@jornalsemanario.com.br Projeto Gráfico: Maiara Alvarez

Direção: Henrique Alfredo Caprara jornal.semanario@italnet.com.br SEDE Wolsir A. Antonini, 451 - Bairro Fenavinho Bento Gonçalves, RS 54. 3455.4500


Saúde&Beleza

3

Sábado, 07 de janeiro de 2012

Cuidado com a angústia e as doenças digestivas Hoje sabe-se que as afecções do aparelho digestivo estão ligadas à agitação da vida moderna, os temores e o estresse

Agressões externas As diarréias, as cólicas, as dores estomacais, a azia e a colite espasmódica ou a chamada síndrome do cólon irritado com processos de retenção de fezes, gases, hemorróidas e fissuras anais. Mas todas essas doenças se interligam num esquema que podemos definir como uma agressão do mundo exterior, provocando uma disfunção digestiva com todas as alterações orgânicas. Assim a agressão

As notícias da sua região ao alcance do mouse www.jornalsemanario. com.br

exterior é a base de todo o pro- ceração dolorosa. O tratamento cesso, ativada por maus hábitos consiste num avaliado conteúdo dos dentes e seu estado, como alimentares e dietéticos. medida inicial. Mas é o uso de Aftas tranqüilizantes que se isolam as As aftas são uma das mani- ansiedades ou tensões que uma festações mais desagradáveis. vez detectadas acabam resolNo passado se julgava ser um vendo o problema das aftas. processo de origem orgânica Gengivopatia infecciosa. Mas, atualmente, A gengivopatia é uma irresabe-se que a despeito das fraturas dentárias, os estímulos gularidade também da boca, emocionais intensos podem ocasionada pela forma com determinar o aparecimento de que o homem moderno pequenas bolhas de conteúdo come. Com a industrialização claro que evoluem para uma ul- dos alimentos e pela forma

REPRODUÇÃO

O nosso aparelho digestivo é a encruzilhada preferida, o ponto de encontro privilegiado dos hormônios, das enzimas mas também das tensões nervosas. Dez milhões de americanos padecem de úlcera no estômago, 15 milhões tem problemas duodenais e dez milhões de europeus sofrem de cálculos biliares ou de cânceres digestivos. Entre nós, os especialistas afirmam que entre seis pessoas pelo menos quatro têm problemas digestivos. O aparelho digestivo é na verdade o reduto final dessas agressões emocionais vindas do exterior, como as doenças funcionais que descem da boca até o ânus, conhecidas como gengivites, aftas, esofagias e hérnia hietal e até mesmo a conhecida “vesícula preguiçosa”.

apressada de comer, os dentes deixam de ter sua função real e sobrevêm problemas nas gengivas, já que os dentes vão perdendo a sua função e as gengivas, já vão perdendo sua tonicidade. Reduzindo sua capacidade de defesa e trabalho os germes atacam as gengivas que vão se retraindo, surgindo o tártaro e as hemorragias da gengiva. O tratamento consiste, além de medicação específica, em “ginástica” da mastigação, capaz de tornar as gengivas sadias.

Mas não param na boca essas afecções. Um estudo revelou que os processos nervosos, também atuam sobre as gengivas. A úlcera, a esofagite, os problemas de vesícula, todos estão relacionados com problemas emocionais. Mas esses outros aspectos ficarão para serem analisados, noutra oportunidade. Por hoje, basta evitar as preocupações quando for comer e mastigar bem os alimentos. Fonte: Diário Popular


4

Sábado, 07 de janeiro de 2012

Saúde&Beleza

Conheça o que é a fimose e quais os cuidados essenciais Muitas vezes, um problema de simples solução pode passar despercebido pelos pais: a fimose. Todas as crianças do sexo masculino nascem com uma pele cobrindo o prepúcio – a glande do pênis. Com o tempo, essa pele vai descolando da cabeça do pênis, até se libertar totalmente. Em certos casos, porém, a formação de um anel fibroso, não elástico, impede que a pele seja puxada e leva à formação da fimose, que deixa a glande descoberta. Se você notar isso no seu filho, não é preciso sair correndo para programar uma cirurgia. Segundo os especialistas, a cirurgia da fimose só é indicada quando a criança tem dificuldade para urinar, por exemplo. Isso depende do grau de estreitamento do prepúcio. O aparecimento de inflamações da glande e dos tecidos próximos também podem indicar a necessidade da cirurgia. A acidez urinária causada pela retenção provoca corrosões na glande e facilita o desenvolvimento de bactérias. Também o acúmulo de “smegma” – uma secreção produzida por pequenas glândulas da glande – pode surgir nos adultos, na forma de uma “massa” branca, muitas vezes mal-cheirosa.

Tradição

REPRODUÇÃO

almente transmissíveis, mas a resistência era maior. É errado achar que só os judeus devem fazer as cirurgia de fimose. Conforme o tamanho da criança, a operação pode ser realizada até os dois meses de idade, sem ser preciso recorre à anestesia geral, mas neste caso, o especialista só recomenda a operação se notar algum sintoma clínico que esteja prejudicando o menino. Os adolescentes e adultos podem fazer a operação com anestesia local. Normalmente, o paciente não precisa ficar internado e a recuperação ocorre sem complicações. E, segundo os especialistas, muitos homens apresentam sensíveis melhoras depois da cirurgia, devido à diminuição da irritabilidade da glande. Depois da operação, deve-se manter um pequeno intervalo nas atividades sexuais.

A história da cirurgia de fimose é bem antiga e tem suas raízes na religião. Foi iniciada entre os judeus, que praticam a circuncisão de acordo com uma tradição ligada a um pacto com Deus. De acordo com os costumes, a circuncisão é realizada no oitavo dia de vida do menino, quando a criança recebe também o seu nome em hebraico. Os historiadores acreditam que essa tradição milenar teve origem Quando procurar a partir do momento em que os sacerdotes observaram um médico? que os homens circuncisados A melhor maneira de saber eram mais imunes às doenças do pênis. Este também po- se seu filho precisa fazer uma diam contrair doenças sexu- cirurgia de fimose é por inter-

médio do acompanhamento de um pediatra. Dependendo do caso, ele encaminha para uma consulta ao urologista, a quem cabe decidir se o caso é de cirurgia.

Cuidados e dicas Algumas dicas podem indicar a necessidade de procurar o médico: Observar se a criança sente dor na hora de urinar; Ver se a pele que une a “cabeça” ao corpo do pênis é reduzida, impedindo a extensão total em caso de ereção; Observar se o pênis ou a roupa estão cheirando mal por causa da formação da “smegma” (substância branca em excesso, pastosa, em volta da glande); Conferir casos de ferimentos na pele do prepúcio ou em volta da “cabeça” do pênis. Cleide Cavalcante Pediatra


Saúde&Beleza

5

Sábado, 07 de janeiro de 2012

O risco da transmissão de fungos causadores de micose Responsáveis por lesões na pele em forma de bolhas, placas vermelhas, fissuras e descamações, os fungos causadores da micose pertencem a diversos grupos e o mais comum é o dermatófilos, isto é, os de pele. Essas alterações na pele causadas por microorganismos conhecidos como fungos têm causas e tipos diferentes, mas são mais comuns no verão, já que se propagam em ambientes quentes e úmidos e estão presentes em praticamente todos os lugares. As micoses são transmitidas através de contato com pessoas ou ambientes contaminados.

adultos. No entanto, as crianças também são suscetíveis a micose e, por isso, as mães devem ficar atentas à primeira manifestação de doença. Animais de estimação como gatos e cachorros, bichos de pelúcia e cabelos de bonecas podem ser hospedeiros de temíveis fungos e se transformar em focos de transmissão dos mais diversos tipos de micoses superficiais.

Causas

Como os fungos proliferam em ambientes quentes e úmidos, o uso constante de tênis também pode provocar micose. Uma de suas manifestações mais comuns é o famoso “péCrianças -de-atleta”, mais conhecido Muita gente acredita que como frieira. Comumente, conas micoses de unhas, pele ou funde-se a tinha (manchas dos couro cabeludo só atacam os pés com disfunções orgânicas

que nada têm a ver com a doença – por exemplo, com ácido úrico). Todas as micoses devem ser tratadas por médicos.

Tratamento Muitas pessoas convivem durante anos com as micoses, ignorando tratar-se de uma infecção. Recorrem em geral, para automedicação, adotando receitas caseiras e remédios indicados por leigos que podem mascarar a doença, não se importando nem mesmo com os riscos dos efeitos colaterais causados por uma medicação errada. Por isso, é importante que as pessoas procurem médicos para tratar das micoses, pois só eles podem indicar o tratamento correto. Fonte: DM Saúde REPRODUÇÃO


6

Sábado, 07 de janeiro de 2012

Saúde&Beleza

Oito dicas para ter o cabelo lindo o verão todo REPRODUÇÃO

O médico tricologista Ademir Júnior indica o que fazer - e o que evitar - durante os dias quentes para quem quer ter fios saudáveis e bonitos.

Liberado Hidratações regulares Apesar da maior umidade relativa do ar, da exposição à água do mar e da piscina, no verão, os cabelos tendem a ressecar. Hidratá-lo de uma a duas vezes por semana melhora a qualidade e saúde dos fios; Proteger os fios do sol Além de causar danos à nossa pele, a radiação solar também agride de forma intensa os fios de cabelo, deixando-os mais fracos, quebradiços e sem vida. Vale usar bonés, chapéus e produtos sem enxágue que tenham filtro de proteção solar; Enxaguar bem o cabelo após sair do mar e da piscina - Este cuidado evita os danos aos fios causados pela salinidade do mar e por elementos usados para tratar a água da piscina;

Proibido

umidade podem facilitar problemas no couro cabeludo como inflamações, seborreia e caspa. Por isso, é importante manter os cabelos e o couro cabeludo sempre limpos e bem higienizados;

Abusar de químicas Como as agressões aos cabelos são maiores (vento, sol, água do mar, água de piscina), os fios ficam mais frágeis. Fazer químicas nesta época poderá Dietas malucas - Os tecolocar em risco a qualidade Relaxar - O estresse pro- do cabelo; cidos do nosso corpo - entre move a liberação de substâneles, o cabelo - são produzidos cias e hormônios em nosso Amarrar ou prender os com matérias primas que ingecorpo que por sí só são capa- fios molhados - Cabelos úmi- rimos em nossa alimentação. zes de deixar a pele e os cabe- dos ficam mais fragilizados e Logo, uma dieta saudável fará los com sinais de fragilidade o hábito de prendê-los ou de com que os fios fiquem mais e falta de saúde. Relaxe, prati- amarrá-los poderá acarretar saudáveis e bonitos, além de que exercícios físicos e convi- em danos à estrutura dos fios. deixá-los mais fortes para suva com pessoas de que gosta. Traduzindo: quebra! portar as agessões do verão. Estes hábitos deliciosos tamLavar dia sim, dia não bém contribuem para cabelos No verão o suor, o calor e a Revista WomensHealth mais bonitos.

Dicas práticas e naturais para combater rugas Essência para lavar o rosto

O alecrim é usado em todo tipo de pele, pois é rejuvenescedor, por isso pode entrar em todas as fórmulas.

Para combater ou evitar as rugas juntar três colheMáscara natural res de flores e folhas de alepara rosto e colo crim (Osmarém), um copo de água fervendo, jogar em Prepare uma máscara de cima, cobrir e quando morno fazer massagens no rosto. mel, suma de cebolas, cera Deixe secar. Repita todas as virgem e lírios esmagados, tudo em partes iguais, 50 granoites antes de dormir.

mas de cada. A cera é derretida em banho maria. Misture tudo muito bem enquanto estiver morno. Depois é aplicado no rosto e colo, deixe por 30 minutos, lave com água morna e depois fria. Ana Piccin Pegoraro Copiladora


Saúde&Beleza

7

Sábado, 07 de janeiro de 2012

Segredos para a dieta de ano novo dar certo Hábitos que podem atrapalhar uma dieta, como comer chocolate, não precisam ser eliminados para que um regime dê certo Muitas vezes, as promessas feitas no dia 1º de janeiro sucumbem às dificuldades nas primeiras semanas do ano. A vontade de emagrecer perde a guerra para a falta de tempo, o vício em chocolate, a cervejinha do final de semana, a preguiça de fazer exercício físico. É possível, no entanto, conciliar o emagrecimento com hábitos já arraigados, sem exagerar no sacrifício. Mudanças radicais e repentinas, assim como dietas muito restritivas, costumam não dar certo. O ideal é encontrar soluções práticas que façam com que um hábito não saudável deixe de ser uma desculpa para o fracasso de uma dieta.

do dia e comem mais do que deveriam na hora do almoço. Quem tem esse problema deve se forçar a tomar, pelo menos, um copo de leite ou de iogurte ao acordar. “Esses alimentos, além de não serem pesados, já possuem proteína, gordura e carboidrato necessários para fornecer energia para as atividades do dia”, afirma Cíntia Cercato, endocrinologista do Hospital das Clínicas.

Não viver sem chocolate

Quem tem dificuldades de abrir mão de certos hábitos deve achar um equilíbrio entre eles e a dieta. Ou seja, comer menos em uma refeição pode permitir um doce na sobremeComer à noite sa. Mas, uma pessoa em dieta Como o organismo não deve consumir chocolates de queima tantas calorias à noite, até 120 calorias no máximo. a tendência ao fazer a principal Cervejinha do final refeição do dia antes de dormir é estocar o alimento no corpo de semana e, consequentemente, engorA mesma solução para os dar. Por isso, para quem prefere ou só pode se alimentar chocólatras vale para aqueles melhor à noite, os carboidratos que não dispensam cerveja ou devem ser ingeridos somente outro tipo de bebida alcoólica em pequenas quantidades, já nos momentos de lazer. Quem que são fonte de energia. A saí- está de dieta não precisa se prida é optar por alimentos como var totalmente desse hábito, a proteína, que é digerida mais mas também não pode ingerir rápido, provoca saciedade e as bebidas em grandes quantié mais leve. Peixes, frangos dades. Vale o bom senso. Muie omeletes grelhados são al- tos esquecem que um copo gumas das sugestões e comer de cerveja tem, em média, 80 pelo menos duas horas antes calorias. O controle da quantidade é essencial e tem de partir de dormir. da própria pessoa.

Café da manhã

Não gostar de

Embora o ideal seja começar comidas saudáveis o dia com um café da manhã O importante da dieta é faconsistente e saudável, há pessoas que não conseguem se zer um cardápio que tenha alialimentar de manhã, acabam mentos saudáveis e dos quais tendo muita fome ao longo a pessoa que quer emagrecer

goste. Cabe ao médico ou ao nutricionista buscar alternativas para uma pessoa que não gosta de muita variedade de comida saudável, e ao paciente ter boa vontade de experimentar novos ingredientes.

Comer fora todos os dias

Viajar muito A falta de rotina é um grande inimigo das dietas, mas não serve como desculpa. Em uma viagem, tente, no mínimo, não pular refeições e tomar um bom café da manhã, já que o decorrer do dia pode ser imprevisível. Mas, é claro, resista às tentações do restaurante dos hotéis. “Além disso, preste atenção em tudo o que come, anote os alimentos que consumiu para que a dieta, mesmo em uma viagem, não saia do controle”, afirma.

Segundo a médica Cíntia Cercato, uma boa dica para uma pessoa com essa rotina é anotar tudo o que come para controlar os exageros. Outra saída é comer primeiro a salada para que não tenha tanta fome na hora de comer o Não gostar de fazer prato principal. E, se for esexercícios colher sobremesa, evitar doNão se exercitar não quer ces muito elaborados e optar por doces menores e menos dizer que uma dieta fracassará, calóricos, como um picolé de embora o emagrecimento seja frutas ou um bombom.

REPRODUÇÃO

mais lento. Se praticar um esporte não é opção para você, busque alternativas no meio da sua rotina, como andar a pé quando puder, estacionar o carro mais longe do trabalho, descer antes do ponto do ônibus e subir mais escadas. Nos momentos de lazer, revise seus hábitos sedentários e procure atividades que envolvam movimento, como andar no parque, andar de bicicleta ou nadar. Isso também vale para aqueles que passam grande parte do dia sentados: devem procurar andar um pouco de hora em hora e fazer alongamentos. Fonte: Revista Veja


8

Sábado, 07 de janeiro de 2012

Saúde&Beleza

Aprenda a identificar o que desperta sua fome Para algumas pessoas, alimentos funcionam como descargas emocionais, identificá-los ajuda a controlar o peso Comer de forma adequada exige treino e comprometimento. Quando perguntamos a alguém por que essa pessoa está comendo, ela provavelmente dirá que é porque está sentindo fome. Embora pareça simples, a resposta automática pode estar mascarando problemas mais sérios.

O que é a fome? Segundo os dicionários mais tradicionais, fome é a sensação causada pela necessidade de comer, lembrando, é claro, que essa é uma necessidade fisiológica que nos permite realizar atividades essenciais à vida. Por ser uma necessidade fi-

siológica, teoricamente qualquer alimento disponível nos daria a sensação de saciedade. Assim, dentre as possibilidades disponíveis, escolheríamos aquele de sabor mais agradável que, por certo, iria suprir a demanda do nosso corpo. Muitas vezes utilizamos a comida por necessidade de satisfazer estímulos externos, suavizando sensações desagradáveis. Ouço frequentemente, entretanto, pessoas contando que, quando sentiram fome, comeram um doce ou uma massa e enquanto elas descreviam a situação, percebi que muitas delas pareciam reviver o momento, sentindo novamente o gosto e o cheiro do

Os principais tipos de adoçantes EDULCORANTES CARACTERÍSTICAS

SABOR

isso, podemos até comer mos nos alimentar, evitando aquilo que não queremos, mas os excessos. Muitas vezes utilizamos a o desejo permanece. comida por necessidade de satisfazer estímulos externos, Fome de que? suavizando sensações desaAo escolher de forma cons- gradáveis. Esse processo pode ciente como você irá realizar desencadear um quadro de suas refeições, tem-se o con- sobrepeso e obesidade, pois a trole da dieta. Muitos podem comida deixa de suprir necesconfundir esse desejo com sidades fisiológicas, passando a fome, acabando por se empan- funcionar como um amorteceturrar de calorias vazias ao in- dor de situações com as quais vés de consumir alimentos que o indivíduo não consegue lidar nutrem de forma integral. de forma assertiva. É muito importante desenQuando aprendemos a recovolver a inteligência emocio- nhecer esses estímulos, que são nal, aprendendo a identificar gatilhos que nos levam a comer o tipo de fome que estamos por desejo, fica mais fácil parar sentindo e, desta forma, po- e avaliar se devemos comer deder escolher com o que ire- terminados alimentos ou não, aumentando nossa percepção e capacidade de escolher o que nos faz bem ou não. Ao escolher de forma consCALORIAS ORIGEM ciente como você irá realizar suas refeições, tem-se o conZero Artificial, derivado do ácitrole da dieta. Só assim não fido acético. Foi descoberto caremos vulneráveis a estímuem 1967 los externos que afetam nossa 4 Kcal/ Artificial, combinação de saúde emocional. Devemos compreender que grama aminoácidos. Foi descobernão somos um carro sem freio to em 1965 diante de uma ladeira. Temos, Zero Artificial, derivado do sim, condições e instrumentos petróleo. Foi descoberto que nos possibilitam parar esse em 1937 automóvel. Basta virar a direção e escolher a qual lugar realZero Artificial, derivada do mente queremos chegar. petróleo. Foi descoberta em 1878 Dra Luciana Kotaka

alimento durante o relato. Será que quando temos fome nos satisfazemos com qualquer tipo de comida? Parando para analisar, percebemos que temos tipos de fome, que podem ser confundida com desejo de comer. O desejo de comer alguma coisa específica não é uma fome real, e, sim, um desejo de satisfazer alguma necessidade a que você está exposto. A fome real dói, incomoda. Já a fome por desejo não se satisfaz com qualquer alimento. Neste caso, a pessoa sente vontade de comer aquele sanduíche, uma porção de batatas fritas, um sorvete ou mesmo chocolate. Quando sentimos

PODER

Acessulfame-K

Estável em altas temperaturas. Sua doçura é rapidamente percebida

Sem sabor residual

Aspartame

O gosto doce permanece por bastante tempo. Perde o sabor em altas temperaturas

É o mais pareci200 vezes mais do com o açúcar doce que açúcar

Ciclamato

Pode ir ao fogo. É altamente solúvel em água

Não tem sabor residual

30 vezes mais doce que açúcar

Sacarina

Pode ir ao fogo. É altamente estável e solúvel em água

Gosto residual amargo

200 a 500 vezes mais doce que açúcar

Estévia

Pode ir ao fogo. Mas tem baixa solubilidade em água

Gosto residual amargo

300 vezes mais doce que o açúcar

Zero

Natural, extraído de planta. O princípio doce foi isolado em 1912

Sucralose

Pode ir ao fogo. É altamente solúvel em água

Não tem sabor residual

De 400 a 800 vezes mais doce que o açúcar

Zero

Artificial, feita da molécula do açúcar. Foi descoberta na década de 1970

O gosto residual De 7 mil a 13 mil é parecido com vezes mais doce que o aspartame o açúcar

Zero

Artificial. Proveniente do aspartame. Foi descoberto em 1990

Neotame

Pode ir ao fogo

200 vezes mais doce que açúcar

FONTE: REVISTA SAÚDE

Psicóloga CRP 08/06502-1


07/01/2012 - Saúde & Beleza - Jornal Semanário