Page 1

Bairros

Quarta-feira, 02 de novembro de 2011

DIVULGAÇÃO

PATRÍCIA LIMA

São Roque Jovens praticam judô por meio de projeto social página 2

NOEMIR LEITÃO

Zatt Estudantes conectados ao mundo virtual página 3

ARQUIVO PESSOAL

Memória Equipe formada em 1976 continua em atividade página 3

SOCIAIS DOS BAIRROS

Amor ao próximo Helena Zanatta, 77 anos, dedicou a vida ao artesanato e ao trabalho na Pastoral Carcerária de Bento Gonçalves página 2

As festas e eventos dos finais de semana página 4


2

Quarta-feira, 02 de novembro de 2011

Especial

Bairros

SÃO ROQUE PATRÍCIA LIMA

Jovens de baixa renda ganham kimonos Na segunda-feira, 31 de outubro, 90 crianças e adolescentes atendidas pela Secretaria de Assistência Social de Bento Gonçalves, em parceria com a Physio Judô, Secretaria de Esportes e 6º Batalhão de Comunicações, participaram da solenidade de entrega de kimonos. As entidades vem oportunizando a prática do judô para mais de 200 crianças e adolescentes de baixa renda do município. A Solenidade contou com a

presença do vice-prefeito, Gentil Santa Lúcia, do Secretário de Assistência Social de Bento, Roberto Locatelli, do Capitão Dalbelo, e do presidente da Physio Judô, professor André Oliveira. Ainda marcaram presença, a representante do Cras l, Mariza Bettoni, da Escola Balão Mágico, Adriana Gabardo e a coordenadora do Pró-Jovem, Juliana Correia. Além dos familiares das crianças beneficiadas pelos projetos.

FOTOS DIVULGAÇÃO

Fazem parte do acervo da loja, peças de artesanato adquiridas durante viagens por todo o Brasil

Uma vida dedicada a arte e a solidariedade Moradora do bairro São Francisco leva palavras de conforto aos presidiários Patrícia Lima

É

em uma casa de madeira, construída há mais de 100 anos, no bairro São Francisco, que a bento-gonçalvense, Helena Zanatta, 77 anos, completados recentemente, no dia 5 de outubro, conserva parte da história da sua vida, refletida em peças de artesanato adquiridas durante as muitas viagens que fez pelo Brasil com a irmã gêmea Elisa, falecida há quatro anos. A loja, inaugurada em uma tarde fria do dia 13 de setembro de 1990 recebeu o nome de Artezanatta, mesclando arte e o sobrenome da família de imigrantes italianos, Zanatta. Entre as peças que já foram vendidas para turistas e, principalmente para moradores de Bento Gonçalves, estão bonecas e anjos confeccionados com palha de milho, quadros desenhados com flores e folhas secas, tapeçarias, caixinhas de madeira para chá pintadas a mão, conjunto de vasos de mantimentos para cozinha feitos de cerâmica, toalhas de renda do nordeste, além de bijuterias de miçangas que a própria Helena confeccionou.

Antes de se dedicar exclusivamente ao artesanato, Helena trabalhou por 30 anos na Ghelen Jóias. “Aprendi a gostar de artesanato na adolescência, quando comecei a trabalhar na Ghelen, que na época, vendia também artigos de bazar. Como gratificação pelo meu trabalho, todo o ano eu ganhava uma joia de presente”, conta Helena. Além de Elisa, Helena tinha mais oito irmãos. Porém, a paixão por artesanatos foi transmitida somente para a imã gêmea. “Elisa não gostava, mas fui eu que passei essa paixão para ela”. Além de vender artesanato, a loja era o local onde as gêmeas Helena e Elisa reuniam amigas para criar e costurar bonecas. Helena, assim como Elisa nunca casou, nem teve filhos. “Pretendentes e oportunidades nunca me faltaram. Outro dia, estava olhando caixas antigas e encontrei mais de 30 cartas de um admirador, que morava em Porto Alegre”, lembra Helena.

Helena teve a oportunidade de acompanhar a irmã. “Não fui embora porque precisava cumprir minha missão junto a Pastoral Carcerária da Paróquia Santo Antônio”, comenta. Há 30 anos, todas as quintas-feiras, Helena dedica uma hora do seu tempo para evangelizar detentos do Presídio Estadual de Bento Gonçalves. Lá, ela lê trechos da Bíblia, entrega terços e distribui amor e carinho aos presidiários que a tem como uma mãe. “Até hoje quando encontro algum ex-detento na rua, sou abraçada e recebo presentes”. Na companhia da cachorra Chiquita, que com cinco anos está com catarata nos dois olhos e gera preocupação, Helena desabafa e revela que, por causa da idade, pensa em vender a propriedade onde reside com a irmã de 89 anos e onde está localizada a loja de artesanatos, para ir morar em um apartamento. “Nunca sabemos quando Deus vai nos chamar, por isso, vou conversar com minha família e deTrabalho solidário cidir o que vamos fazer, mas provavelmente a Artezanatta Quando a irmã gêmea foi tra- não será fechada”, finaliza. balhar em Brasília, em razão de uma transferência de trabalho, bairros@jornalsemanario.com.br

Cerca de 90 crianças moradores da zona norte receberam uniformes

FENAVINHO

Estudantes visitam o Poder Legislativo A Escola Municipal de Ensino Fundamental Fenavinho está realizando visitas ao Poder Legislativo de Bento Gonçalves. Na primeira visita, os alunos puderam simular a votação de um projeto, como se fossem vereadores. Os alunos do quarto ano, coordenados pelas professoras Suelen Fabretto Minuscoli e Marli Cristina Tasca Marangoni, foram recepcionados pelos vereadores Neilene Lunelli Cristófoli (PT) e Valdecir Rubbo (PDT). No Plenário

Fernando Ferrari os estudantes puderam simular a votação de projetos e revelar problemas da comunidade onde residem. Em sua maioria moradores da Vila dos Eucaliptos, os alunos disseram aos vereadores que melhorias poderiam ser implementadas no bairro. Em seu processo de modernização, a Câmara de Vereadores de Bento Gonçalves implantará, a partir de 2012, um programa de visitação para atender toda a comunidade, turistas e principalmente estudantes.

A partir de 2012, Câmara terá programa oficial de visitas


Bairros

3

Quarta-feira, 02 de novembro de 2011

VILA NOVA FOTOS NOEMIR LEITÃO

Memória Esportiva

Sport Clube Juvenil, 35 anos de muita história Equipe do bairro Vila Nova é um dos times em atividade na comunidade ARQUIVO PESSOAL

Membros da diretoria da associação durante o almoço

Grupo de idosos realiza confraterinação Um almoço de confraternização, no domingo 30 de outubro, marcou a integração entre moradores e grupo de idosos Experiência Vivida, do bairro Vila Nova. O evento teve a organização da associação de moradores, e teve como local o salão da comunidade São Cristóvão. Mais de 150 pessoas participaram deste almoço que contou com um cardápio variado. O Presidente da associação dos moradores do bairro Vila Nova, Laurino Bordingnon,

disse que, “o objetvo é de sempre unir a comunidade local numa verdadeira integração para que todos possam se sentir bem no bairro”. Já a presidente do grupo de idosos, Lourdes Brévia Ramos, ressaltou que foram convidados muitos idosos para este evento, já que o grupo conta com mais de 36 integrantes que realizam Um dos primeiros times do Sport Clube Juvenil do bairro Vila Nova, em 1976 atividades diversificadas durante toda a semana. Após o almoço ficuldades financeiras e quase Noemir Leitão nos campeonatos”, salienta. ocorreu sorteio de brindes e fechou no final da década de um baile ao público presente. Início difícil do clube 1990. Porém, o clube sobreviundado em 8 de novemveu graças ao apoio de abnebro de 1976, o Sport Desde o início, o Juvenil do gados do futebol amador. Clube Juvenil, do bairro Vila ZATT O Juvenil faz de sua história, Nova, é uma das equipes mais bairro Vila Nova tinha como antigas do nosso município. meio de transporte carroce- a mais bonita no futebol amaO time continua em atividade, rias de caminhões. Mesmo dor. Revelou muitos atletas e mas a memória dos torcedo- assim, a equipe tinha atletas acompanhou o crescimento res, atletas e dirigentes mais de muito talento e que hoje de jogadores oriundos da catevelhos, mostra a saudade de jogariam em qualquer time goria de base, que tornaram-se uma equipe que sempre atuou do estado. Marino dos Santos ídolos do time durante muitos nos jogos amistosos, campeo- foi também um dos fundado- anos. A história do Juvenil, é res do clube. Ele atuou como a própria história do bairro natos e torneios da região. A ideia de fundar o time presidente por diversas vezes, onde ele nasceu, pois sempre partiu de um grupo de ami- além de ter sido atleta e téc- esteve participando de eventos gos que na época trabalhava nico do time. Santos destaca esportivos de caráter regional, em uma vidraria e fábrica de a grande organização que o inclusive disputando títulos garrafões. A equipe ganhou clube tinha com seus próprios entre os grandes clubes amado empresário Juvenil Zietoli recursos. Ele continua sendo dores de Bento Gonçalves. No próximo dia 12 de nodois fardamentos. Em home- uma das lideranças de bairro nagem ao gesto, o time rece- e tem o prazer em afirmar vembro, a partir das 20h, o beu temporariamente o nome que o Juvenil nasceu de uma Sport Clube Juvenil estará Todos os computadores da escola estão conectados a internet do empresário, que mais tarde grande ideia de amigos, sen- promovendo no salão da cotornou-se Sport Clube Juve- do o único clube que continua munidade São Cristóvão, um A Escola Municipal de fundamental e Educação de nil. A equipe tomou forma e, em atividade. “Tenho o maior jantar dançante comemorativo Ensino Fundamental Maria Jovens e Adultos (EJA). já nos primeiros anos, realiza- orgulho de fazer parte do Ju- aos 35 anos de sua existência. Borges Frota, do bairro Zatt, A direção está a cargo do pro- va várias partidas amistosas. venil”, declarou. A atual direção, ex-dirigentes, inaugurou na sexta-feira, 28 fessor João Roberto Zanchett ex-atletas e simpatizantes esLuiz Arsego esteve desde o de outubro, o laboratório de (Betinho) que, juntamente com início da fundação do Juvenil, Uma história de sucesso tarão presentes para festejar informática com capacidade os membros da Secretaria Mu- sendo um baluarte na históuma data inédita de um clube para 18 computadores. Os nicipal de Educação, participou ria do clube. Arsego ressalta O Juvenil participou de di- que marcou sua história na cicomputadores serão utiliza- da inauguração deste novo espa- que faz do clube sua própria versos campeonatos pela re- dade, e que mesmo com difidos para atividades relaciona- ço. “Estamos abrindo uma nova família. “Jamais esqueço essa gião, sempre com seus qua- culdades continua a existir no das com a área educacional. etapa que irá beneficiar todos equipe. Minhas filhas nasce- dros principal e aspirante, coração de muitas famílias do A escola possui quase mil os alunos, para que eles possam ram, praticamente dentro do além de ter categoria de ve- bairro Vila Nova. alunos nos três turnos, in- ter um maior conhecimento do Juvenil. E sempre estivemos teranos e de base. Mas, como cluindo séries iniciais, ensino mundo virtual”, ressaltou. narleitao@gmail.com apoiando o clube nos jogos e todo o clube amador, teve di-

Escola inaugura salas de laboratório

F


4

Sociais

Quarta-feira, 02 de novembro de 2011

Bairros FOTOS ÂNDERSON CARPES

NOEMIR LEITÃO

Marlice Dors e Clacir Longhi, casal simpático do bairro Cidade Alta e presença marcante no encontro de corais, realizado no sábado 29, no Vale dos Vinhedos

Tiago Carboni, Daniela Menegotto, Rosaniti e Antônio Tansini no baile BotaChopp realizado no dia 22 de outubro

Nelson Rigon e Neiva Bottega marcaram presença na noite especial realizada pelo Clube Botafogo

O sorridente casal Rosita e Valmor Poletto também estiveram presentes no baile BotaChopp do Clube Botafogo, no sábado 22 NOEMIR LEITÃO

Os casais jovens, Jeferson Zembruski e Eliziane Stringini, Juliana Corrêa e Bruno Parisotto, marcaram presença no baile do Chopp do Clube Botafogo

Eliane de Oliveira e o namorado Bruno Quadri, na festa do grupo de idosos Prazer de Viver, no CTG Presilha da Serra NOEMIR LEITÃO

Laurino e Carmen Bordingnon, durante almoço da Associação dos Moradores, no salão São Cristóvão, bairro Vila Nova

02/11/2011 - Bairros - Jornal Semanário  

Jornal Semanário - Edição 2769 - 02/11/2011 - Bento Gonçalves

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you