Issuu on Google+

Jornal Do Oeste SC / Sexta-feira, 23 de agosto de 2013 ( 1 )

Página 11 Xaxim - Sexta-feira - 23 de agosto de 2013 Ano I - Edição 29

O fim da dupla Beto & Júlio não representou o fim da carreira do irmão mais novo. Apesar de agora estar “sozinho” na estrada, Júlio Grasel tem o apoio incondicional da família e especialmente de seu irmão Beto, companheiro de dupla por sete anos. Em entrevista ele fala de seus projetos e do lançamento de seu primeiro CD na carreira solo. Páginas 6 e 7

FOTO DIVULGAÇAO

[CARREIRA SOLO]


Opinião

Expediente

Jornal Do Oeste SC / Sexta-feira, 23 de agosto de 2013

(2)

Setor Público X Privado Quanta diferença!

O Jornal do Oeste é distribuído todas as sextas-feiras. Sede e redação: Rua Celso Tozzo – 292 – Centro – Cordilheira Alta – SC. CEP: 89819000. Telefone: (49) 3358 0392 – CNPJ: 15.294.056/0001-73 Diretores proprietários: Francismar Martins e Lisiane Zanotto Jornalista: Iunes Ferraz (SC 01699 JP) Jornalista:Viviani Alves Repórteres: Ricardo Riva e Raphael Spiller

Bruno Antonio Vivian brunovivian@unetvale.com.br

“...agem ou agiram os administradores públicos deste promissor município como se fossem avestruzes, com todo o respeito ao bichano que até corre muito, vai longe buscar o que muitas vezes tem por perto...”

Dalla

Diretor Financeiro: Francismar Martins (francismar@jornaldooestesc. com.br) Diretora Comercial: Lisiane Zanotto (comercial@jornalgrandedooestesc.com.br) Vendas: Noedi de Vargas e Viviani Alves Contatos: redacao@jornaldooestesc.com.br Na internet: www.jornaldooestesc.com.br e www.portalxaxim.com.br Tiragem: 1.500 exemplares Municípios de Abrangência: AMAI (Bom Jesus, Entre Rios, Faxinal dos Guedes, Lajeado Grande, Marema, Passos Maia, Ponte Serrada, Vargeão, Xanxerê e Xaxim). AMOSC (Águas Frias, Chapecó, Cordilheira Alta, Coronel Freitas, Modelo, Nova Erechim, Pinhalzinho, Sul Brasil). Outros municípios (Irani). Os Artigos assinados são de responsabilidade de seus autores Outros veículos do grupo:

Q

uando as coisas são difíceis ou vão mal, no setor privado, o seu gestor ou administrador toma, geralmente, medidas primeiramente enxugando as despesas, reavalia seus métodos, toma decisões drásticas de contenção de gastos, especialmente os desnecessários, alonga a jornada de trabalho, principalmente a do administrador e gestor afim de, dar mais fôlego a empresa e tentar salvá-la de uma falência. Já no setor público o que geralmente se vê é exatamente o contrário, especialmente em Coronel Freitas, que ao longo da ultima década tem amargado um declínio populacional, queda do movimento econômico, queda na receita, notadamente do FPM e o esvaziamento do setor rural. As administrações desta última década, pelo menos até o momento parecem que não estão nem aí com o retrocesso em que Coronel Freitas está fadado, tivemos a crise de fechamento de chiqueirões, de aviários, de empresas e não se viu atitudes para estancar a crise, agem ou agiram os administradores públicos deste promissor município como se fossem avestruzes, com todo o respeito ao bichano que até corre muito, vai longe buscar o que muitas vezes tem por perto, soluções e recursos, sim porque se bem administrados, economizados e investidos, não somente na manutenção de uma gorda máquina pública e por consequência onerosa e paquidérmica, os recursos próprios seriam o suficiente o bastante para se promover o

desenvolvimento, visto que o Município tem uma receita na ordem de R$ 1.700.000,00 (um milhão e setecentos mil reais) mensais. Esta ave (avestruz) que além de correr, ao se ver ameaçada enfia a cabeça em arbustos (esconde a cabeça) achando que o problema se resolve por si só. Não, tanto no setor público quanto ao privado tem-se que trabalhar mais, debater os assuntos com todos os envolvidos e tomar a atitudes que realinhem a empresa e promova uma solução de dentro pra fora e não achar que a solução vem de fora pra dentro. Atitude como a de trabalhar em turno único é, a meu ver, um grande erro e uma injustiça, pois os impostos são os mesmos, não tem redução, os salários são os mesmos, os secretários e diretores continuam e número exagerado e as máquinas da secretaria de obras ficam paradas, isto é puro prejuízo. E tem mais, se porventura não há recursos para obras, pode, pelo menos, a Administração municipal de Coronel Freitas, através do setor urbano, dar um trato melhor à cidade, limpar, varrer, arrancar o mato, arrumar passeios e calçamentos, juntar os lixos, plantar flores e promover um embelezando do centro, que é o cartão de visitas aos que transitam, moram e tem estabelecimentos, assim como embelezar os bairros, criar ambientes de uso comum como praças com academias ao ar livre. Acorda Coronel Freitas, dê um basta a este marasmo.

Diário Data X - jornal diário editado e distribuído em Xaxim, Lajeado Grande, Marema, Entre Rios e Cordilheira Alta. Telefone de Contato: 49 3358 0392 www.portalxaxim.com.br

Ligue e assine!

(49)

3358 0392


Jornal Do Oeste SC / Sexta-feira, 23 de agosto de 2013 ( 3 )

NOSSA OPINIÃO

Buracos

FOTO DIVULGAÇAO

É uma vergonha os buracos abertos em Xaxim e ninguém faz nada. Falta dinheiro ou falta atitude em cobrar dos responsáveis já que em alguns casos, a responsabilidade não é da prefeitura em reparar o dano.

Obras públicas

Problema enfrentado por prefeituras é que quando uma construtora ganha uma licitação, ela acaba terceirizando estes serviços e a qualidade do serviço acaba caindo. Na Vila Tigre, por exemplo, a unidade de Saúde apresenta uma série de problemas desde infiltrações e rachaduras. A obra chegou a ser entregue ao engenheiro da prefeitura, mas há inúmeras divergências entre o memorial descritivo e o material colocado na obra. A secretária de Saúde Joseane bateu o pé e não aceita a obra do jeito que está.

Oposição

Novos rumos

A pior oposição do governo Orso em Xaxim está sendo o próprio povo. É o cidadão que foi mal atendido ou aquele que não conseguiu o remédio na farmácia pública. A oposição política está longe de tirar o sono do governo.

Impaciência

A vida dá voltas e por isso é que não podemos prever o futuro. Tudo indicava que Beto & Júlio, dupla querida da cidade de Xaxim, iria ganhar fama em todo o Brasil. Porém, uma mudança na trajetória da dupla fez com que cada irmão seguisse seu próprio caminho. Júlio segue a carreira musical e Beto segue os passos de seu saudoso pai, Luiz Grasel, que foi radialista e jornalista durante toda a sua vida.

Mudança é o que todos querem, porém Idacir Orso segue de mãos amarradas, quer muito fazer, mas está impossibilitado pela falta de recursos. A impaciência do povo está esgotando, mas poucos entendem a real situação do governo.

Talento de sobra

Não é hora do governo Orso anunciar pequenos investimentos que está realizando. Ele precisa sim conscientizar a população que a coisa não está boa e que precisa de compreensão de todos. Se as pessoas que votaram nele deram o voto de confiança precisam entender também que não se pode mudar da água para o vinho sem recursos. Ainda falta R$ 6 milhões para que a prefeitura volte a ter poder de investimento.

Talento é o que não falta para o xaxinense Júlio Grasel. Agora em carreira solo, Júlio quer fazer nome no Sul do País e um dia ter reconhecimento nacional. Júlio sabe, porém, que não só de talento é que se conquista as coisas. Em um universo de revelações, ele terá que investir pesado se quer se manter entre os grandes. Segundo o próprio cantor, “hoje não basta apenas ter talento, mas é preciso dinheiro”.

Parcerias Júlio já começa a carreira solo com o pé direito. Estabeleceu uma parceria com um sócio investidor e com um compositor gabaritado. Tem tudo pra dar certo e prova disso é que a música “Você nasceu pra mim” já está rodando antes mesmo do lançamento do CD.

Família Júlio tem o apoio incondicional da família. O pai dele, quando vivo, sempre foi um incentivador da dupla Beto & Júlio. Agora em carreira solo, Júlio tem o apoio da mãe Marisa e o suporte do ex- companheiro de estrada, o irmão Beto.

Charge

Transparência

Erros

O que Orso não pode permitir é que erros do passado voltem a acontecer. Para errar não precisa estar com as contas em dia. Muitas queixas ao atual governo se concentram no mau atendimento. Há quem diga que questões políticas estão motivando funcionários a serem mal educados. Se isto é verdade é preciso uma intervenção dos superiores e se necessário advertir o funcionários e instaurar processos administrativos.

Manda chuva

Apesar de o prefeito Orso contar com uma equipe de secretários e diretores, todos cargos de confiança, há departamentos na prefeitura que os manda chuvas são outros. Há uma “profissional”, por exemplo, que não se esforça em fazer seus atendimentos, não levanta a bunda da cadeira e ainda por cima não admite que lhes chame atenção. Concursada, sem vontade e mandona.

Entulhos

Moradores do Bairro Alvorada reclamam da demora no recolhimento de entulhos pela Secretaria de Obras. Segundo eles, há duas semanas foi solicitado o recolhimento, mas até agora a caçamba não apareceu. Nos dias de chuvas, o entulho acaba se espalhando e invadindo casas. Até que se sabe, o cidadão paga anualmente por este serviço.

NA INTERNET

www.jornaldx.com.br redacao@jornaldooestesc.com.br www.facebook.com/JornaldooesteSC


Jornal Do Oeste SC / Sexta-feira, 23 de agosto de 2013

(4)

A vida é feita de valores reais.

41.000 associados,

330 milhões em operações de crédito.

31

pontos de atendimento e MaxiCrédito (49) 3361 7000 | www.maxicreditosc.com.br

Supremo não aceita pedido de suspensão do Código Florestal Brasileiro FOTO DIVULGAÇAO

O A Lei 12.651/2012 está em pleno vigor, em todos os seus itens, e em fase de implantação em todo o país.

3

9

Supremo Tribunal Federal (STF) não aceitou o pedido de suspensão da vigência do Código Florestal Brasileiro requerida via ADI (Ação Direta de Inconstitucionalidade) pelo Ministério Público em janeiro deste ano. Em função disso, O Código Florestal Brasileiro (Lei 12.651/2012) está em pleno vigor, em todos os seus itens, e em fase de implantação em todo o país. A informação foi recebida pelo deputado federal Valdir Colatto (PMDB/SC) nesta semana. Colatto é autor do Projeto de

Lei 5.367 do ano de 2009 que iniciou a discussão da necessidade de mudança na legislação ambiental em todo o país e que resultou na atual legislação, o Código Florestal Brasileiro Lei 12.651/2012. O deputado também atuou de forma decisiva para aprovação do Código Ambiental Catarinense, em vigor desde 2009. A ADI 4901 teve a relatoria do ministro Luiz Fux e estava sendo questionada em seu artigo 12 (parágrafos 4º, 5º, 6º, 7º e 8º) que trata sobre Reserva Legal e por não concordar com o respeito às áreas conso-

lidação, ou seja, àquelas já em uso, com ocupação. Segundo Colatto, o PMDB entrou com alegações no sentido de fazer prevalecer o Código Florestal, considerando na petição que o partido tem responsabilidade em manter o texto que ajudou aprovar no Congresso Nacional. “Estamos em plena fase de implantação da nova lei. Apesar de alguns pontos falhos que ainda falta melhorar, ela avançou em vários aspectos e seria muito prejudicial uma decisão desfavorável à Lei”, destaca Colatto.

9 Rua Farrapos - 22 - Alvorada - Xaxim/SC (49)

3353-6899


Jornal Do Oeste SC / Sexta-feira, 23 de agosto de 2013 ( 5 )

Casa & Decoração Por D’Salet Tradición Argentina

L

etras para uma decoração

POP e DIVERTIDA.

Elas vieram pra ficar!

Não é de hoje que as letras e frases andam fazendo sucesso na DECORAÇÃO. Quem pensou que fosse apenas uma modinha passageira, se enganou. As letras decorativas continuam com tudo, vieram mesmo para ficar! Decore com amor, love e tudo que você tem direito. As letras ficam um charme na cabeceira da cama, mesinha, na parede, em estantes ou até mesmo no chão. Elas continuam arrasando na decoração! Quer dar uma renovada na decoração sem fazer reformas ou grandes mudanças? Uma dica simples é investir em letras pelos ambientes. Soltas ou formando palavras elas trazem significado aos ambientes e podem até identificar a energia de cada espaço. Valem também as letras em estampas, em quadros, papel de parede, almofadas. O efeito é pop!

Conra as ideias:

Visite a D’Salet Tradición Argentina e confira todas as nossas opções.


ENTREVISTA

Jornal Do Oeste SC / Sexta-feira, 23 de agosto de 2013

(6)

FOTO: VIVIANI ALVES

Júlio Grasel lança carreira solo e quer fazer nome no Sul O fim da dupla Beto & Júlio não representou o fim da carreira do irmão mais novo. Apesar de agora estar “sozinho” na estrada, Júlio Grasel tem o apoio incondicional da família e especialmente de seu irmão Beto, companheiro de dupla por sete anos. Em entrevista ele fala de seus projetos e do lançamento de seu primeiro CD na carreira solo. /texto: IUNES FERRAZ/JORNALISTA JDO – Como foi o lançamento da carreira solo no último sábado, dia 17? Como você se sentiu, foi diferente do que cantar em dupla? Júlio – O lançamento foi muito bom, a galera compareceu, os amigos e foi uma experiência única porque eu nunca tinha cantado sozinho profissionalmente. Desde que comecei a cantar na noite, com 15 anos de idade, em cantava com o Gilson, depois fui cantar em bandas de baile com meu irmão Beto, em seguida formamos a dupla Beto e Júlio. Então em se falando de show foi o primeiro que fiz cantando

sozinho, mas foi uma experiência maravilhosa. JDO – Você sentiu um certo nervosismo no show apesar de estar acostumado com o palco? Júlio – Sim, bastante, fiquei muito nervoso no começo e chorei bastante porque é uma emoção, até porque a família e meu irmão Beto estavam lá, eles também se emocionaram e não deu para segurar. JDO – Claro que seu irmão, por opção, decidiu seguir outro caminho, mas o apoio dele é muito importante para

você? Júlio – A presença de meu irmão naquela noite do lançamento me ajudou muito porque foi ele que me colocou na música profissional. A primeira pessoa que mais me apoiou e me incentivou mesmo depois que terminamos a dupla foi meu irmão. Até ele me sugeriu que arrumasse outro parceiro para cantar no lugar dele, mas eu disse que não iria continuar com outra pessoa, até porque seria injusto por outra pessoa sabendo que foi um trabalho nós construímos juntos. JDO – Você consegue vis-

lumbrar o futuro na carreira solo, qual é o seu planejamento, o seu projeto para o futuro? Júlio – Eu estou montando um escritório em Chapecó junto com meu sócio investidor e com Tobias, um dos maiores compositores do Brasil. Desta união, nós temos um projeto que pretende sair na frente de outros artistas da região. Estamos investindo em cenários, em mídia e temos uma equipe para trabalhar o nome, antes com o Beto nós fazíamos tudo, agora temos uma equipe para fazer a divulgação, composição e vendas de shows.

JDO – Vocês, enquanto dupla, tinham boa aceitação na região e uma boa música. Em sua opinião faltou quem sabe este suporte que você está tendo agora? Júlio – Faltou investimento, esta foi a maior dificuldade para a dupla. Estamos há mais de 15 anos trabalhando com música e hoje podemos dizer que não basta ter talento, é preciso ter dinheiro. Pra você entrar na televisão tem de pagar, para rodar nas maiores rádio precisa pagar, então precisa investir e fazer uma música que dê a sorte do pessoal gostar. A nossa música “Che-


Jornal Do Oeste SC / Sexta-feira, 23 de agosto de 2013 ( 7 ) FOTO: DIVULGAÇÃO

É melhor ficar no “anonimato” em nível nacional, mas ser destaque aqui no Sul.

ga prá cá”, por exemplo, deu bastante resultado e nos levou até pra Barretos em 2010, a única dupla de Santa Catarina a participar do Rodeio. O que faltou logo após a Barretos foi dinheiro mesmo. JDO – Em tua opinião, pra ser reconhecido nacionalmente tem de subir para o eixo Rio São Paulo ou dá para fazer sucesso regional? Júlio – Aqui na região você vai fazer bastante show, mas infelizmente o Sul não fez nenhum cantor na linha do sertanejo em nível de Brasil. Alguns artistas da região torciam para Beto e Júlio fazer sucesso para que com a nossa ascensão outros pudessem ser reconhecidos. Na ocasião em Barretos, em entrevista, repórteres se admiraram de nós sermos de Santa Catarina, achavam eles que em nosso estado não existiam duplas sertanejas e sim bandas de baile de chope. Eu poderia

tentar algo em São Paulo, mas tudo precisa de investimento. Minha intenção é fazer uma base no Sul para depois tentar algo no Sudeste do Brasil. É preciso ser conhecido aqui primeiramente. É melhor ficar no “anonimato” em nível nacional, mas ser destaque aqui no Sul. JDO – Essa infinidade de cantores sertanejo chega a ser ruim ou tem espaço pra todo mundo? Júlio – O que acontece é que existem muitos artistas de uma música só. As duplas são conhecidas por apenas uma música “Tchu tchá tchá ou Lê, Lê, Lê”, e são musicas passageiras. Os artistas mais clássicos, o que eles gravarem é sucesso, como Bruno e Marrone, Crystian e Ralf. Mas hoje estas músicas passageiras, chamadas monossilábicas, estão caindo e voltando a música romântica, aquela música com letra.

JDO – O teu estilo segue mais essa linha romântica? Júlio – Mais para o romântico e as músicas dançantes não são aquelas canções pobres em letra. Faço uma música boa para dançar e o estilo romântico é mais balada, mas todas com conteúdo. Este estilo musical está retornando é só ver Luan Santana, Gustavo Lima, Fernando e Sorocaba, estão gravando músicas mais românticas. JDO – Estas revelações de hoje se analisar a história deles são longos anos de trabalho até ser reconhecidos, tu acreditas que isso pode acontecer contigo também? Júlio – Minha meta é ser reconhecido, mas não tenho a ansiedade de quando isso vai acontecer. Eu sei que a música tem que ter um trabalho bom e se acertar uma música de uma hora para outra você sobe. Então pode demorar 10

JÚLIO GRASEL

anos como pode demorar menos de um ano e se você não tentar você não vai saber. A gente passa bastante dificuldade, mas também temos muitas alegrias e isso é o que nos motiva a continuar. JDO – Como você considera o apoio da sua cidade, Xaxim? Júlio – O apoio da população de Xaxim é incrível. Meu sonho é um dia chegar a uma emissora de TV em nível nacional e dizer com orgulho que eu sou de Xaxim, onde eu e minha família nos criamos. O que eu fiz e que o Beto fez todos de Xaxim apoiaram. Há cinco anos, a dupla Hugo Pena e Gabriel, em conversa com o Beto, disse que precisaram fazer sucesso fora para depois ser reconhecido na cidade natal. Conosco foi diferente porque sempre tivemos o apoio da população de Xaxim e somos gratos a isso.

JDO – Para finalizarmos, quando vem o primeiro CD e conte-nos sobre sua viagem neste ano para o Rodeio em Barretos? Júlio – O CD deve estar pronto em 30 dias. A nossa maior dificuldade para finalizarmos o CD é escolher as músicas. Hoje, com a parceria com o Tobias e o Castigo, temos um repertório de 40 músicas e precisamos escolher apenas 15. Então temos medo de deixar uma música boa de fora. A viagem a Barretos é para levar minha música para alguns meios de comunicação, sem pretensão porque sei que é difícil, mas também para ver os shows e trazer novidades para o meu show. Geralmente as novidades chegam atrasadas aqui então quero me adiantar e trazer coisas novas para o Sul.


Opinião CHAPECÓ

Oscar Correa

É digno de Nota o que Ele tem feito por nós

M

ilagres acontecem quando seu nome é invocado, dentre bilhões de pessoas que já passaram por este mundo, umas só está acima de todas as outras, em termo de influência. Por causa dele, e de nenhuma outra pessoa, muito mais escolas, faculdades, hospitais e orfanatos foram fundados. Por causa da sua influência, e não da influência de outra pessoa, mais artes foram criadas, mais músicas foram compostas e mais atos humanitários foram realizados. As grandes enciclopédias internacionais dedicam 20 mil palavras para descrevê-lo e para descrever sua influência sobre o mundo. Até mesmo nosso calendário é baseado em seu nascimento. E Ele realizou tudo isso publicamente, numa obra ministerial que durou apenas três anos e meio, nunca retrocede quando o assunto é te ajudar. Continua o mesmo nesse novo século, Ele é imutável. É o único que oferece o dom gratuito da salvação a todo aquele que crê. É digno de toda nota, seu amor perpetuou ao longo dos séculos, é duradouro seu carinho por todos nós. Ele retira toda e qualquer tristeza do seu coração, então sedes fortes e corajosos, não irá te deixar nunca nem tão pouco o desamparará, todo o problema, duvida e luta, seu poder imensurável pode ajudá-lo. Inclina-se para te escutar, não há outro semelhante a Ele, amoroso sempre será, confie nEle, faça prova do seu poder, e veras algo diferente acontecer. Enquanto Ele me der fôlego de vida, irei transmitir sua palavra, sua verdade, amor, ajudar a outros, baseado em estudos e na experiência da minha vida.

O mundo é o meu país Os homens são os meus irmãos E a minha religião é fazer o bem “Conheceis a verdade e a verdade vos libertará” João 8:32. “ao único Deus, nosso Salvador, mediante Jesus Cristo, Senhor nosso, glória, majestade, império e soberania, antes de todas as eras, e agora, e por todos os séculos. Amém.” Judas 1:24-25.

Oscar Correia é autor de artigos e mensagens. Membro da ICPBB de Xaxim, é criador do BlogLetters Vitae, que contém mensagens de esperança, conforto, coragem e ajuda.

Jornal Do Oeste SC / Sexta-feira, 23 de agosto de 2013

(8)

Chapecó 96 anos: Vivendo o futuro

“Conhecer hoje o nosso município é como receber um convite cheio de oportunidades que só uma cidade influente tem a oferecer” José Caramori – Prefeito de Chapecó

T

emos muito a comemorar. O atual momento vivido pelos chapecoenses revela um Município em plena sintonia com o desenvolvimento econômico e social. Somos uma cidade pólo no sul do país. Em Chapecó, capital e social caminham juntos, oferecendo melhor qualidade de vida para quem nasceu aqui e para quem escolheu viver nessa terra. Destacamos os indicadores divulgados pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) os quais apontam crescimento significativo no Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM). Avançamos na educação, renda e longevidade, na década compreendida entre os anos 2000 e 2010, com incremento de 15,83% no IDHM. Chapecó ocupa 67ª. colocação entre os 5.565 municípios brasileiros e 18ª. entre os 295 municípios catarinenses. Citamos especialmente educação, com crescimento de 0,176. Deve-se prioritariamente à atenção especial que dedicamos às nossas crianças. Construímos e inauguramos o maior e mais moderno Centro de Educação Infantil Municipal do Estado. Estamos construindo outros seis em diversas regiões do município. Investimos em qualidade. Focamos em instalações físicas, amplas e modernas, mas muito mais em capacitações constante dos professores que fortalecem e revigoram o nosso sistema de ensino. A mesma atenção dedicamos aos idosos e à promoção de oportunidades. Criamos a Cidade do Idoso e implantamos da Universidade da Melhor Idade, em parceria com a UNOESC, para citar apenas duas grandes ações na área, reconhecidos internacionalmente. A renda do chapecoense de um salto de R$ 437,01 em 1991, para R$ 1.017,34 em 2010, incremento de 132,80%. Tudo isso pode ser explicado pelas inúmeras oportunidades oferecidas pelo nosso Município. Oportunidades de emprego, de qualificação, de crescimento e aperfeiçoamento profissional. A instalação de novas empresas gera desenvolvimento econômico e social, consequentemente mais qualidade de vida para o cidadão. Comemoramos, mas o trabalho continua. Chapecó está em obras. Recebe neste momento investimentos de cerca de R$ 500 milhões, recursos do Município, do Estado e da União. Cinco macroáreas concentram obras novas, melhorias e serviços: infraestrutura, educação, saúde, assistência social e esporte. Conhecer hoje o nosso município é como receber um convite cheio de oportunidades que só uma cidade influente tem a oferecer. Grandes universidades, educação, saúde de qualidade, comércio, indústria, inovação tecnológica, aeroporto, agricultura, e prestação de serviços, gastronomia e turismo de eventos em constante desenvolvimento, além do espaço à cultura e atenção às questões sociais e ambientais. É por isso que temos muito a comemorar. Os 96 anos de Chapecó, sim, mas especialmente o resultado do trabalho de todos os chapecoenses.


Geral

Jornal Do Oeste SC / Sexta-feira, 23 de agosto de 2013 ( 9 )

Quarta-feira à noite mondongo Quinta-feira à noite Sopa de Agnoline

Cordilheira Alta antecipa Campanha de Multivacinação Campanha que vai vacinar crianças contra 18 doenças começa no sábado em todo o Brasil. Em Cordilheira Alta a campanha já está na fase final. Cerca de 90% das crianças do município já foram vacinadas. /texto: RAPHAEL SPILLER/REPÓRTER

A

manhã, dia 24, começa em todo o Estado a Campanha de Multivacinação, cujo objetivo é imunizar crianças menores de cinco anos contra até 18 tipos de doenças, dentre elas sarampo, rubéola, caxumba, hepatite B, poliomielite, coqueluche, pneumonia, tétano, alguns tipos de meningites e formas graves de tuberculose. A campanha segue até dia 30 de agosto. A orientação da Secretaria de Estado da Saúde é para que os pais levem seus filhos aos postos de vacinação

dos 295 municípios do Estado, portando a caderneta de vacinação. O dia “D” de mobilização nacional será neste sábado. Conforme explica o gerente de imunização da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (DIVE), Eduardo Macário, em Santa Catarina, 425.388 crianças menores de 5 anos de idade deverão comparecer aos postos de vacinação. “As crianças serão avaliadas em relação a sua situação vacinal e aquelas que estiverem com alguma vacina em atraso serão vacinadas”, destaca Macário.

De acordo com a secretária de saúde de Cordilheira Alta, Sidônia Merísio, pelo fato da cidade ser pequena, a equipe da secretaria já iniciou a campanha, e mais de 90% das crianças menores de 5 anos residentes no município já foram vacinadas. “Fizemos uma revisão vacinal de todas as cadernetas de vacinação das crianças menores de 5 anos de Cordilheira Alta. Entramos em contato com os pais destas crianças através das escolas, e boa parte das crianças já receberam as vacinas que estavam pendentes. O sábado será um

dia especial em todo o Estado, onde a campanha tem início. Em Cordilheira Alta, este dia 24 será um dia para praticamente finalizar a campanha, já que mais 90% das crianças já foram vacinadas. No sábado, os pais que não puderam levar as crianças ao posto de saúde terão uma enfermeira a disposição o dia todo para fazer a aplicação destas vacinas”. Serão disponibilizados 11 tipos de vacinas que fazem parte do calendário básico infantil do Programa Nacional de Imunização (PNI): BCG, hepatite B, pentavalente, poliomielite

inativada (VIP), poliomielite oral (VOP), rotavírus, pneumocócica 10-valente, meningocócica C conjugada, febre amarela, tríplice viral (sarampo, rubéola e caxumba) e DTP (difteria, tétano e coqueluche). Sidônia explica que a mobilização nacional tem o objetivo de aumentar as coberturas vacinais. “Com isto, espera-se reduzir a ocorrência de doenças para as quais as vacinas garantem proteção. E, assim, ajudar a eliminar do Brasil doenças como sarampo e poliomielite”, enfatiza.


Cidades

Jornal Do Oeste SC / Sexta-feira, 23 de agosto de 2013 ( 10 )

Deputado anuncia emenda para o Conselho Tutelar de Cordilheira Alta /texto: RAPHAEL SPILLER/REPÓRTER

E

m visita ao Oeste de Santa Catarina na última quarta-feira (21), o assessor parlamentar do deputado federal Marco Tebaldi (PSDB), anunciou a liberação de R$75 mil para a compra de um kit de equipamentos para uso do Conselho Tutelar dos municípios de Guatambu e Cordilheira Alta. A verba será destinada para a compra de um veículo zero quilômetro no valor de aproximadamente R$40 mil, mais computadores, impressora multifuncional, frigobar, bebedor, entre outros. A verba já está disponibilizada e a próxima etapa será a aquisição e entrega dos itens para o órgão municipal, processo que é de responsabilidade da prefeitura. Os recursos liberados para Cordilheira Alta e Guatambu integram uma cota do deputado Marco Tebaldi, para investimentos em Conselhos Tutelares de vários municípios

de Santa Catarina. Joseane Aires, conselheira tutelar, agradeceu a emenda do deputado e ressaltou a importância dos equipamentos para o setor. “Para o Conselho Tutelar a emenda vem em boa hora. Ainda não temos carro, e este veículo será muito útil para os serviços”. Para o secretário da administração, Mauro Moresco, “O kit composto pelo carro e equipamentos de escritório vem para dar suporte de trabalho às conselheiras de Cordilheira Alta. Só temos a agradecer o deputado e a equipe dele”. Representando o PSDB, Carlos Dieter Werner, enfatiza a escolha do município de Cordilheira Alta para receber a emenda. “A decisão de estar aqui em Cordilheira Alta foi tomada em conjunto com todo o PSDB em fevereiro, quando fizemos a visita ao município. O deputado Tebaldi tirou a emenda de sua cota pessoal para Cordilheira Alta. Outro

município poderia ser escolhido”. Alceu Mazzioni, prefeito de Cordilheira Alta agradeceu a emenda do deputado. “A instrumentalização do conselho tutelar é algo muito importante para Cordilheira Alta. É um recurso a mais que o município recebe, e que com certeza vai ser bem utilizado. Temos que agradecer ao deputado que em fevereiro falou que iria trazer esta emenda para Cordilheira Alta, e hoje efetivou a entrega”. O vice-prefeito, Clodoaldo Briancini, destacou o empenho da administração de Cordilheira Alta junto ao deputado federal. “Buscamos estes recursos desde o início do ano. Sabemos o quanto estes equipamentos são importantes ao Conselho Tutelar municipal. Este kit com certeza facilitará o trabalho das conselheiras quanto aos atendimentos, visitas e programas de prevenção”.

Prefeito Alceu e representante do parlamentar

Equipe de conselheiras e Sônia Briancini


Jornal Do Oeste SC / Sexta-feira, 23 de agosto de 2013 ( 11 )


Jornal Do Oeste SC / Sexta-feira, 23 de agosto de 2013 ( 12 )


Jornal Do Oeste SC / Sexta-feira, 23 de agosto de 2013 ( 13 )


Cidades

Jornal Do Oeste SC / Sexta-feira, 23 de agosto de 2013 ( 14 )

Convênio garante 30 cirurgias gratuitas para a população de Cordilheira Alta

A

pós a realização de um convênio com um cirurgião ortopedista que garantiu 50 cirurgias gratuitas de alta e média complexidade à população de Cordilheira Alta, a administração municipal assinou outro convênio, desta vez com um médico otorrinolaringologista. De acordo com a secretária municipal de saúde de Cordilheira alta, Sidônia Merísio, o convênio assinado pelo prefeito Alceu Mazzioni prevê a realização de 18 cirurgias. “As cirurgias mais comuns são de retirada de adenoide e amídalas. Duas cirurgias já foram realizadas e há mais 16 procedimentos agendados”.

Conforme a secretária, uma cirurgia otorrinolaringológica particular custa aproximadamente R$4000,00 ao paciente. “Com o convênio a cirurgia é de graça para o paciente, e para a administração tem um custo de aproximadamente R$900,00 mais o documento AIH (Autorização de Internação Hospitalar)”, destaca Sidônia. De acordo com o secretário da administração de Cordilheira Alta, Mauro Moresco, o convênio foir realizado na modalidade pregão registro de preço, com a clínica “Bana e Scherer Endocrinologia e Otorrinolaringologia SS”, de Chapecó/SC. O contrato firmado garante trinta cirurgias de média complexidade, pelo preço estipulado até o dia 31 de dezembro.

Hoje na História Programa MAMÃE CIDADÃ 10/09/2013 - ACOLHIDA DO GRUPO: Psicóloga Ana Maria Zanchet ALEITAMENTO MATERNO E CUIDADOS COM O RECÉM-NASCIDO - Enfermeira Josiane Carneiro 17/09/2013 – A IMPORTÂNCIA DO PRÉ-NATAL Médica Ginecologista Rita Ponzatti 24/09/2013 – CONTATOS E VIVÊNCIAS: Psicóloga Ana Maria Zanchet SAÚDE BUCAL DA GESTANTE E DO BEBÊ Odontóloga Taísa Borsoi 30/09/2013 – (segunda-feira) O DESENVOLVIMENTO DA LINGUAGEM E DA AUDIÇÃO - Fonoaudióloga Francieli Maggioni 08/10/2013 – CONTATOS E VIVÊNCIAS: Psicóloga Ana Maria Zanchet GESTAÇÃO SAUDÁVEL E FISIOTERAPIA Fisioterapeuta Katiane Ortolan

15/10/2013 (manhã/08h00min) – O DESENVOLVIMENTO E OS CUIDADOS COM O BEBÊ - Médico Pediatra Leandro Trevisan 22/10/2013 – VISITAÇÃO AO CENTRO OBSTÉTRICO E A MATERNIDADE DO HOSPITAL REGIONAL DO OESTE, EM CHAPECÓ. 29/10/2013 – QUESTÕES TRABALHISTAS: DIREITOS DA MULHER GESTANTE - Bacharel em Direito Edimar dos Passos DEPRESSÃO PÓS-PARTO - Psicóloga Ana Maria Zanchet. 05/11/2013 – ATIVIDADE DE ENCERRAMENTO – Psicóloga Ana Maria Zanchet ENTREGA DOS TRABALHOS DE ARTESANATO Equipe Saúde e Assistência Social

Obs: Em todos os encontros, após as atividades com os técnicos acontecerá a Oficina de Artesanato com a professora Erna Dambrowski.

Os encontros acontecerão no Centro de Múltiplo Uso (antigo CRAS), nas Terças-Feiras à tarde, com início às 13h30min e término às 16h00min. Confirmar presença até 06/09/2013, com equipe do CRAS (8827-1489).

É FUNDADA A CIDADE DE PORTO ALEGRE No dia 23 de agosto de 1772 era fundada a cidade de Porto Alegre, capital do Rio Grande do Sul. Localizada na margem esquerda do Rio Guaíba, a capital gaúcha é destaque nacional por sua qualidade de vida e aparece no relatório da ONU de 1998, com o melhor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) entre as metrópoles do país com mais de 500 mil habitantes. A cidade também é destaque por ter sido pioneira na implantação dos Conselhos Tutelares e o Estatuto da Criança e do Adolescente. O modelo adotado pela cidade para a realização de coleta seletiva de lixo é exemplo dentro e fora do Brasil. A população da cidade é composta por descendentes de 25 etnias e sua padroeira é Nossa Senhora dos Navegantes. MORRE DEODORO DA FONSECA, PROCLAMADOR DA REPÚBLICA E PRIMEIRO PRESIDENTE DO BRASIL No dia 23 de agosto de 1892 morria, no Rio de Janeiro, Manuel Deodoro da Fonseca, militar e político, proclamador da República no dia 15 de novembro de 1889 e primeiro presidente do Brasil. O motivo da sua morte foi uma forte crise de dispneia (falta de ar). Nascido em 5 de agosto de 1827, em Alagoas, seu governo foi marcado por grande instabilidade política e também econômica. A crise teve seu auge com o fechamento do Congresso Nacional, que resultou na sua renúncia, no dia 23 de novembro de 1891. Seu sucessor foi Floriano Peixoto.A República foi estabelecida em todo o país praticamente sem lutas, com exceção ao estado do Maranhão, onde antigos escravos reagiram em apoio ao Império.

FOTO: DIVULGAÇÃO/PMX

/texto: RAPHAEL SPILLER/REPÓRTER


Entrevista

Jornal Do Oeste SC / Sexta-feira, 23 de agosto de 2013 ( 15 )

Unidade da Aurora de Xaxim quer dobrar sua capacidade de produção em 2014 /texto: IUNES FERRAZ/JORNALISTA

Em entrevista ao Diário Data X, o gerente da unidade Xaxim, Vanderlei Luis de Ré, fala sobre o trabalho desenvolvido desde abril deste ano e das perspectivas para colocar em funcionamento toda a capacidade de abate na unidade, o que deve acontecer até 2014.

Vanderlei Luis de Ré é gerente da Unidade Xaxim da Aurora

Diário Data X – Vanderlei, como a unidade da Aurora Xaxim está em relação a mão de obra? Há problemas para preencher quadros? Vanderlei – Por enquanto não temos problemas em relação a isto porque estamos com nossa produção em menos da metade da necessidade total do frigorífico. Hoje, no frigorífico estamos com 1.201 funcionários, claro que há a fábrica de ração com mais 80 funcionários, mas a necessidade é de 2.200 funcionários e vai ser aumentado gradativamente até se chegar neste número, então a partir de hoje, estaremos trabalhando na busca de mais 1.000 funcionários para o frigorífico. Não sentimos ainda a necessidade porque a necessidade foi baixa, mas nos últimos dias já começou a surgir menos candidatos, mas temos sim a preocupação com a mão de obra a partir de agora, já que teremos que contratar mais 1.000 funcionários. DX – A empresa está consciente desta dificuldade futura de preencher este quadro? Vanderlei – Sim, mas o tamanho desta dificuldade a gente só vai sentir de agora em diante. É evidente a necessidade de mão de obra de outras regiões, hoje já temos funcionários que vem de outras cidades. Acredito que manteremos entre 45% a 50% com mão de obra local, então, em torno de 1.000 funcionários virão de outras cidades. DX – Como está a situação do incubatório, hoje está desativado? Quais são os planos da empresa para com o incubatório? Vanderlei – O incubatório faz parte de toda a estrutura alugada da massa falida e há planos para reativação. Em princípio a Aurora iniciou um incubatório em Xanxerê, uma estrutura arrendada de outra empresa. No início de 2014 estará funcionando o incubatório aqui em Xaxim também, só não sabemos em que mês porque depende muito da oferta, até porque a fal-

ta de pintinhos para alojamento é grande e a Aurora precisa iniciar as atividades do incubatório aqui em Xaxim. Hoje a Aurora compra boa parte e produz a outra parte. DX – Como está a estrutura física e de equipamentos da unidade Xaxim? Foi realizado bastante investimento pela empresa? Vanderlei – Eu não tenho conhecimento de como funcionava antes, eu só vi a unidade parada, mas tínhamos, quando assumimos, algumas deficiências na parte física, especialmente pisos, paredes e bastante deficiência em maquinários, inclusive com algumas restrições do Ministério da Agricultura, então a Aurora está investindo em pontos específicos, em câmara de estocagem, compra de empilhadeiras, em duas linhas de evisceração, que já foram adquiridas e estão pra chegar, mas estamos investindo com os pés no chão até porque é uma unidade que não é da Aurora, é arrendada, mas vem investindo conforme a necessidade, até agora já foram investido em torno de R$ 6 milhões. DX – Como foi a transição dos integrados, dos avicultores da antiga Diplomata e também avicultores de outras empresas? Vanderlei – A Aurora não tem avicultores específicos para cada unidade, ela tem uma gama de avicultores que passa de 2.500 e eles entregam na unidade que está mais próxima ou depende também do direcionamento, se a unidade abate mais fêmeas ou machos, enfim, eles entregam onde está necessitando no momento, sempre buscando também a otimização do transporte, quanto mais perto melhor. Os avicultores da Diplomata todos eles tiveram a abertura da Aurora para se integrar à cooperativa. Em torno de 45% deles vieram para o grupo Aurora, não tiveram muitas adequações, apenas pequenos ajustes, até porque foi uma época de início de inverno, o que favoreceu, mas os produ-

tores estão vendo o retorno e com isto se animando a investir nos aviários. Mas o relacionamento está muito bom, a procura está aumentando, tem produtores que querem construir mais, inclusive tivemos em Xaxim o produtor Osnir Bortolança que, em junho deste ano foi o melhor produtor da Aurora, isto é um sinal que há um empenho dos produtores de Xaxim. Outros produtores tiveram também uma média muito boa. Então, os produtores estão satisfeitos, a Aurora está satisfeita e o resultado que temos é ganho de todos, que é o cooperativismo busca. DX – É preciso distinguir, especialmente para o credor da Diplomata, que a Aurora é uma nova empresa, ou seja, não dá para misturar as coisas e cobrar da Aurora dívidas deixadas pela antiga arrendatária? Vanderlei – Sim, desde o início do contrato ficou bem claro para a população, entidades e para a massa falida que a Aurora não é e em nenhum momento foi sucessora da Diplomata, ela arrendou uma estrutura da massa falida. Quem usufruiu de algum benefício em função da utilização deste serviço não foi a Aurora então a empresa não tem dívida nenhuma com produtor, funcionário ou terceiro. A Aurora é uma nova empresa, é vida nova depois que assinou contrato, é simplesmente um aluguel de uma estrutura da massa falida. DX – Vanderlei, o senhor tem alguma informação de interesse de compra por parte da Aurora? Vanderlei – É cedo para falar ainda, a Aurora fez um contrato por um tempo determinado e só podemos avaliar uma possível compra com o decorrer do tempo, como vai funcionar a estrutura, como vai ser a disponibilidade de mão de obra e o próprio mercado então é cedo para falar. O que precisamos fazer é aproveitar o momento e tirar bons resultados desta unidade.


Jornal Do Oeste SC / Sexta-feira, 23 de agosto de 2013 ( 16 )


Jornal Do Oeste SC / Sexta-feira, 23 de agosto de 2013 ( 17 )

Caderno de Saude

Caindo aos pedaços Unidade de Saúde da Linha Tigre, recém construída, tem problemas de infraestrutura /texto: RAPHAEL SPILLER/REPÓRTER

Joseane Sampaio Secretária de Saúde

L

icitada no ano passado, a unidade de saúde da Linha Tigre teve sua construção iniciada ainda em 2012, porém, apesar de toda a verba destinada à construção já ter sido gasta, várias falhas impedem a Secretaria de Saúde

e a própria comunidade de usufruírem do espaço. Há cerca de 60 dias, estava prevista a entrega de uma nova Unidade Auxiliar de Saúde na Linha Tigre. Após o recebimento da obra por parte do setor de engenharia da prefeitura, a Secretária Municipal de Saúde, Joseane Sampaio, foi até o local para verificar as novas instalações e teve uma surpresa desagradável. Rachaduras, infiltrações e a má qualidade dos materiais utilizados na construção. “Não é preciso nem entrar na unidade para ver a má qualidade da obra construída. Do lado de fora, a parede do muro de contenção já cedeu de um lado. Tudo isso sem ser utilizada, sem fluxo de pessoas, sem ninguém encostar em nada, e a obra já está

deste jeito, imagine depois que forem furar uma parede para instalar um móvel, ou algum aparelho? Por estes motivos não aceitamos a obra”, explicou a gestora. Sabendo que se aceitasse a obra no estado em que estava, não seria possível oferecer um atendimento de qualidade à população, a Secretaria entrou em contato com setor jurídico e, de acordo com Joseane, as providências cabíveis já foram tomadas. “Nos reportamos ao departamento jurídico da prefeitura, que entrou em contato com a empresa responsável pela construção da obra. Solicitamos que as reformas sejam feitas o quanto antes para que a comunidade possa ser beneficiada, afinal, a verba já foi praticamente toda gasta, e as

instalações não condizem com o que o Ministério da Saúde preconiza”, ressaltou, “agora, cabe a empresa arcar com os custos da reforma e dos reparos necessários para que o posto esteja apto a atender a população”. Ainda segundo a secretária, a empresa responsável pela obra do posto de saúde da Linha Tigre é a mesma que ganhou a licitação para a reforma do posto de saúde central. “Pelo que ficamos sabendo, muitas vezes as empresas ganham o processo licitatório e posteriormente terceirizam o serviço. Em reunião na semana passada, avisamos que estamos de olho no andamento das obras, e vamos cobrar para que não aconteça aqui o mesmo que aconteceu com a outra unidade”, alerta

Joseane. No que diz respeito a entrega da obra na Vila Tigre, Joseane quer agilidade na conclusão da obra, embora sabe das dificuldade futuras para preencher o quadro de profissionais na unidade. “As dívidas encontradas no início do ano dificultaram um pouco o trabalho. As empresas que ganharam as licitações de remédios, por exemplo, realizavam a entrega somente mediante ao pagamento de dívidas que nem eram nossas. Cortes foram feitos, porém a saúde não pode parar. Neste caso, optamos por realizar um novo concurso para a contratação de médicos e enfermeiros, e notificar a empresa, para que a comunidade possa ser contemplada com os serviços oferecidos”.


Jornal Do Oeste SC / Sexta-feira, 23 de agosto de 2013 ( 18 )

Travessa Independência, 154 – Centro Xaxim (49) 3353 - 4831

Alienação parental

A

Leonora Vidal Spiller - psicóloga terapia individual, casal e família atende na Clínica Spiller - Avenida Plínio Arlindo de Nês - 1065 - 33532202

Dr. Flávio Cesar Buffon Cirurgião-Dentista Clínica Geral / Ortodontia CRO - SC 9799

Av. Santa Catarina, 652 - Sala 15 - Edifício Nona Matilde - Centro 89840-000 - Coronel Freitas - SC - Fone: (49) 3347 1100 E-mail: flaviobuffon@hotmail.com

s novelas sempre fizeram parte do cotidiano da família brasileira. Houve tempo em que as mulheres lideravam a audiência; hoje muitos homens mostram-se assíduos telespectadores. Mesmo não assistindo novelas, é impossível ficar imune à comoção nacional que muitas provocam; diversos temas são debatidos em salões, lojas, consultórios, mercados, ... Algumas novelas nos últimos anos têm abordado temas polêmicos, muitas vezes ignorado por muitos, mas que são realidade em muitas famílias e, principalmente, promovendo a reflexão e o falar sobre tais dificuldades. Temas como inclusão de crianças com Síndrome de Down foram trazidos por Páginas da Vida; as dificuldades e o desafio da recuperação e adaptação á vida cotidiana de um tetraplégico foi abordado em Viver a Vida; a esquizofrenia e psicopatia foi divinamente apontado em Caminho das Índias, onde o grau de sofrimento mostrado pelo ator Bruno Gagliasso foi muito parecido com a realidade dos pacientes e a resistência familiar em aceitar a doença também. Mais recentemente, a novela Salve Jorge trouxe a Alienação Parental como um dos enredos de sua trama. Antes da abordagem na novela, pouco se ouvia sobre um assunto que tanto trauma causa nas famílias; pessoas vítimas deste problema sequer sabiam que isto tinha nome. Agora, experiências são relatadas e partilhadas nos mais diversos lugares. Adultos relembram com muita dor e sofrimento sua história e de como foram separados de pais, avós, familiares por situações forjadas, armadilhas, estórias e mentiras em que , na época, crianças, acreditaram e cortaram laços muito fortes por conta destes fatos. Hoje , relatam que muitas dificuldades que enfrentam na vida, principalmente, quanto à confiança nos sentimentos dos outros, são decorrentes desta época. O sofrimento e as consequências de vítimas de Alienação Parental são, algumas vezes, devastadoras. A possibilidade de “ter que” escolher um “lado” entre as duas pessoas que uma criança ou adolescente mais ama, além de em algumas situações, ser usado para prejudicar um deles, é muito dolorosa. Pais e mães, na ânsia de garantir seus direitos, na maioria das vezes, materiais, lançam de todos os recursos e a “mercadoria” mais valiosa é o amor e a guarda do filho. Outros, sentindo-se traídos, abandonados, rejeitados, “usam” os filhos como forma de vingança. Quando questionados, alguns pais e mães relatam que têm consciência de que seus filhos estão sofrendo, mas alegam que esta foi a única “arma” que lhes restou. Outros, porém, surpreendem-se, dizendo que estão só fazendo o melhor para seus filhos. Apesar de mais traumática que o fim de uma relação possa ser, e excetuando os casos de violência familiar, psicopatias, etc, alguns vínculos não podem ser quebrados, entre eles o parental. Não existe ex-pai, ex-mãe, ex-avó, etc, e a proibição de proximidade entre eles é fonte de muitos problemas comportamentais e relacionais, a curto e a longo prazo.


Jornal Do Oeste SC / Sexta-feira, 23 de agosto de 2013 ( 19 )

Quiropraxia para qual idade?

E Por Letícia Biesek

ssa é uma pergunta frequente que vem de todos os lados, principalmente daqueles que se aproximam da Quiropraxia pela primeira vez. Quem pode e quem não pode fazer? Criança pode? Grávidas podem? Idosos podem? E a resposta é sim! Sim para todos! Todos podem. Mas como se “as crianças são tão molinhas” e se “os idosos são frágeis” e “as grávidas com aquele barrigão”? Então vamos começar pelo começo. A Quiropraxia trata disfunções na coluna, as subluxações, com o intuito de permitir uma boa comunicação/controle do cérebro (sistema nervoso central) com o restante do corpo, ou seja, permitir que o cérebro tenha um bom controle de todas as funções: desde o funcionamento hormonal, controle muscular, funções viscerais e etc. Permitindo, assim, que o corpo funcione bem e esteja em equilíbrio. As subluxações (desalinhamentos) aparecem por diversos fatores, desde questões posturais, quedas e traumas, má qualidade de vida, etc e estamos sujeitos a isso desde o nascimento. Então, podemos concluir que para que a pessoa tenha subluxações basta que ela tenha uma coluna! A criança, o idoso e a grávida têm. Então todos eles estão sujeitos as subluxações e removê-las com certeza irá potencializar sua saúde, independente de apresentarem ou não alguma condição específica. A diferença (sim, existe uma diferença) é que, dentro da gama de técnicas existentes na Quiropraxia, dirigimos um tipo específico de técnica para cada fase, para cada quadro, para cada tamanho de paciente. O quiropraxista sabe que o impulso e a força realizados na coluna de uma criança ou de um idoso não são, e não podem ser, os mesmos aplicados na coluna de um adulto saudável, então são utilizados toques mais sutis e/ou técnicas que não usem impulsos ou ainda o uso de instrumentos específicos da Quiropraxia. Mas então não existem contra-indicações à Quiropraxia? Existem sim contra-indicações absolutas. E também contra-indicações relativas ou específicas (como não ser indicado o ajuste manual, determinada forma de ajustar ou ainda uma área mais sensível em que o ajuste não deve ser feito para aquele caso daquela pessoa). Por isso é importante sempre procurar um profissional devidamente qualificado para que, durante a avaliação e anamnese inicial, possa identificar a presença de contra-indicações. Então não espere para iniciar seu tratamento, procure um quiropraxista para que ele possa informar qual a melhor forma de tratamento para você. A sua saúde e da sua família pode ser potencializada a partir de hoje! Para tirar suas dúvidas entre em contato 49 33162343.


Região

Jornal Do Do Oeste Oeste SC SC // Sexta-feira, Sexta-feira, 23 21 de de agosto Junho de 2013 ( 14 20 ) Jornal

XAXIM

CDL de Xaxim organiza Feirão Casa e Construção

A

pesar dos altos e baixos da economia nacional, os ramos vinculados ao setor de casa e construção apresentam crescimento. Na região Oeste Catarinense, os segmentos impulsionam o desenvolvimento, contribuindo com a geração de renda, abertura de empresas e melhorando os níveis de ofertas de empregos. No município de Xaxim, que se recupera da crise causada com o fechamento do frigorífico no ano passado, as prospecções são muito boas para o segundo semestre deste ano e o ano de 2014. Como medida para fortalecer os setores de casa e construção, a CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas), está organizando um feirão no município. O evento

acontecerá em três dias: 30 e 31 de agosto e primeiro de setembro, no Salão Paroquial da Igreja Matriz São Luiz Gonzaga. Dentre os objetivos do feirão está o de fomentar a economia local; difundir a oferta de produtos e serviços da região; evitar a evasão de divisas com compras em outros municípios; mostrar novidades em produtos e serviços do setor; apresentar novas tecnologias; oferecer oportunidades para que pequenos expositores cheguem ao seu público; e oportunizar novos negócios e formação de parcerias. O Feirão Casa e Construção vai reunir em um único espaço, todos os setores envolvidos com este ramo, incluindo empresas ligadas a: imóveis; materiais de construção; acabamento; floricultura e paisagismo; tintas e pintura; móveis e eletrodomésticos; engenharia; arquitetura; instalações e material elétrico; sustentabilidade doméstica; agentes de crédito

o a v e l e u q l a n or te até você! j O Oes

ANUNCIE AQUI!!!

LOTEAMENTO JARDIM PARAÍSO Um lugar ótimo para investir, construir, morar e viver. Executado em alto padrão, o Loteamento Jardim Paraíso é o 1° a oferecer uma infraestrutura diferenciada dos demais, possibilitando grandes oportunidades para você. Com fácil acessibilidade pela Avenida Leopoldo Sander, estando situado a 2.000 metros do Shopping Pátio Chapecó.

• •

• • • • • •

Registro de Incorporação: 89427

Plantão no local nos dias 23, 24 e 25 de agosto

(49) 3358.0392

CRECI 2.815-J

Empreendimento com excelente localização

Venha conhecer o Loteamento Jardim Paraíso, um loteamento diferenciado dos demais, pavimentação em pavers e terrenos a partir de 600m² !!

imobiliário; e todas as empresas que de alguma forma estejam relacionadas ao segmento. Conforme a diretoria da CDL de Xaxim, o público alvo do evento são pessoas que buscam adquirir imóvel; construir; investir no ramo imobiliário; reformar ou decorar a casa/empresa; e pessoas que procuram manter-se informadas sobre os assuntos do setor. Para organizar a feira a CDL conta com o apoio da empresa Negócio Fechado, de Concórdia. Profissionais capacitados e com larga experiência na organização de eventos visitarão o empresariado xaxinense, apresentando a proposta do feirão e buscando apoiadores e patrocinadores para o evento. Interessados em reservar estandes para expor produtos e serviços também podem entrar em contato pelo telefone (49) 9161.2784, ou diretamente na CDL de Xaxim, 49-33532395.

506.990,46 m² de área total, sendo 243 lotes; Praça arborizada, contendo bancos e brinquedos; Projeto paisagístico com árvores de espécies nativas; Passeios prontos, com grama e árvores plantadas; Permite construções residenciais, comerciais e industriais; Ciclovia e pista de caminhada, circulando a área de preservação; Lagoas de decantação para drenagem pluvial. Agilidade no fornecimento de escrituras. Financiado em até 72x direto com a incorporadora.

VENDAS: IMOBILIÁRIA ARIVAL 49 3324-5565 / 8828-0062 Rua Borges de Medeiros, 2370 E, Passo dos Fortes, Chapecó/SC


Jornal Do Oeste SC / Sexta-feira, 23 de agosto de 2013 ( 21 )

BillaCabeleireira Colaço como funciona o óleo de argan nos fios

P

or ser novidade ainda no Brasil, poucas pessoas sabem a origem e o funcionamento do Óleo de Argan. No Marrocos ele é conhecido e usado há séculos. Isso porque é lá que a árvore Argania Spinosa cresce, dá frutos e desde sempre orienta os costumes de saúde e beleza daquele povo, ainda que sem embasamento científico. No ritual de cuidados com os fios, o óleo de argan marca presença da pré-lavagem à finalização. Como o produto tem ação reparadora e emoliente, pode ser usado em todas as etapas para melhorar a qualidade do cabelo. “O ativo é rico em ácidos graxos e vitamina E, fundamentais para deixar o cabelo sedoso”, fala Celso Martins Junior, professor de cosmetologia da Universidade Anhembi Morumbi, em São Paulo. “Além de serem agentes condicionantes, os ácidos graxos

repõem a proteína capilar e deixam a fibra menos compactada e o fio mais brilhante e macio. A vitamina E é antioxidante e combate o envelhecimento causado por sol, poluição, vento e ar condicionado”, explica Celso. Na prática, esse coquetel significa cabelo sem frizz, longe de pontas duplas, mais disciplinadas e com balanço extra. A variedade de marcas de Óleo de Argan nas lojas de cosméticos está cada vez maior - e a de preços também. “Para fazer 1 litro de óleo são necessários cerca de 30 quilos de sementes originárias do Marrocos”, conta Celso Martins Junior. Mas não é só a qualidade da matéria-prima e o transporte do produto até aqui que interferem no valor. “O processo de cultivo da árvore (orgânico ou não), a extração e a manipulação do óleo também somam nessa conta”.

Como usar em diferentes casos: Antes do xampu: “Aqueça 1 colher de sobremesa de óleo de argan no micro-ondas por cinco segundos e passe no cabelo, massageando mecha por mecha. Espere uma hora e lave o cabelo”, diz o cabeleireiro Marco Antonio de Biaggi. Para turbinar a máscara: “Misture de quatro a cinco gotas do óleo com a máscara capilar. Passe no cabelo limpo e úmido, evitando o couro cabeludo, e use uma touca térmica por 15 minutos. Depois, enxágue bem” Como leave-in: aplique de duas a cinco gotas (de acordo com o comprimento e o volume dos fios) no cabelo úmido e seque como de costume. Como reparador de pontas: coloque duas gotas na palma das mãos e esfregue uma na outra. Depois, aplique nas pontas, espalhando bem.

AR ITEL

Construtora Ltda.

EDUARDO SIMONATTO engenheiro civil CREA/SC 038.383-0

(49) 3353-4615


JORNAL DOJornal OESTE / SEXTA-FEIRA, MAIOde DE2013 2013 ( 26 22 ) Do SC Oeste SC / Sexta-feira, 17 23DE de agosto

QUAL A MELHOR CALÇA JEANS PARA VALORIZAR O BUMBUM?

Receita Cookies com Gotas de Chocolate FOTO: DIVULGAÇÃO

A calça ideal para você é aquela que tenha elementos na parte de trás que possam contribuir para dar volume. Bolsos com lapelas; aplicações de cristais, metais ou brilhos nos bolsos; lavagens localizadas nessa região (principalmente em tons claros e horizontais) deixam seu bumbum maior. Jeans com lavagens detonadas e rasgadas também podem dar certo, caso seja uma situação de traje bem casual e despretensioso. Você deve evitar as calças sem bolsos traseiros, muito justas em tons escuros, que podem fazer seu bumbum parecer menor e suas pernas ficarem mais finas. O salto alto também ajuda a dar uma postura mais apropriada, já que costuma empinar um pouco o bumbum e deixar as pernas mais definidas, mas você deve usá-lo até o limite do seu conforto, nunca privilegiando apenas a estética. Ingredientes 3 xícaras (chá) de farinha de trigo 1 xícara (chá) de açúcar ½ colher (chá) de sal 1 colher (chá) de fermento em pó 1 colher (chá) de açucar de vanille 1 ovo 1 xícara (chá) de manteiga ou margarina 1 xícara (chá) de gotas de chocolate Modo de preparo Em uma vasilha coloque a farinha, sal, fermento, açucar de vanille, açucar, ovo levemente batido e margarina. Mexa com as mãos. A seguir, sove sobre superfície enfarinha. Abra a massa grosseiramente e coloque as gotas de chocolate. Sove novamente. Pegue porções pequenas e enrole na palma da mão. Pressione suavemente para achatar a bolinha. Coloque em assadeira untada e polvilhada. Leve ao forno pré-aquecido em 180ºC a 200ºC por 15 a 20 minutos. Desenforme e polvilhe com açucar. Pronto! Agora, basta saborear esta delícia receita de Cookies com Gotas de Chocolate. Horóscopo Semanal ÁRIES No trabalho, não tenha receio: mostre seus projetos a quem possa ajudar e poderá colher bons resultados, inclusive para suas finanças. Tensões em família podem ocupar boa parte das suas atenções, então, tente harmonizar o clima. Críticas podem abalar o seu romance: fuja delas! Intimidade estimulada.

TOURO Não deixe que os obstáculos que devem surgir em sua vida profissional façam você perder o entusiasmo e a paciência. A cumplicidade estará presente entre seus parentes, então, se precisar de discrição, conte com eles. Traga o clima do início do romance de volta ao seu relacionamento. Há ousadia a dois.

GÊMEOS Mergulhe de cabeça em suas responsabilidades profissionais e dedique-se com garra. No cenário familiar, exercite sua paciência, pois algumas situações podem gerar preocupações. Sua estrela vai brilhar nos assuntos do coração. Se está dividido(a), não será fácil se decidir por alguém neste momento.

CÂNCER Esta é uma boa fase para negociar um aumento salarial ou uma melhoria em sua carreira: batalhe pelos seus objetivos. Em casa, há uma tendência a fazer mudanças, mas tenha cuidado para não impor suas ideias aos demais. Problemas podem surgir no campo afetivo, mas saberá resolvê-los. Sedução em alta!

LEÃO Caso tenha um cargo de liderança, os astros estão a seu favor, mas procure saber o lado daqueles que trabalham com você antes de se impor. Passará pouco tempo em casa, mas procure deixar suas obrigações em dia. Controle sua impulsividade no amor, mas confie no que sente: saberá conquistar seu alvo.

VIRGEM Não tenha receio de mostrar suas ideias no trabalho, pois é assim que você conquistará o reconhecimento que merece. Faça o que estiver ao seu alcance para manter a harmonia em seu lar. No romance, não esconda o que sente, declare-se à sua cara-metade. Esqueça imperfeições e seja feliz com quem ama.


JORNAL DOJornal OESTE / SEXTA-FEIRA, DE2013 2013 ( 27 23 ) DoSC Oeste SC / Sexta-feira,17 23DE de MAIO agosto de

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS

www.coquetel.com.br

© Revistas COQUETEL 2013

Conviver em intimidade Inteligência Artificial (abrev.)

Tipo de remédio que precisa de prescrição especial, como os antidepressivos Que tem a forma do polígono de 3 lados

Tipo de seguro que Causa de Legal; forcomplementa aquele desgaste midável do bem oferecido pelo Último, material em inglês fabricante

No (?) de: no encalço de

Virar a (?): mudar de lado (gíria) Compõem o alfabeto (?) Bello, atriz

Civilização que habitou o México précolombiano Espaço de tempo (fig.)

Água de (?), destilado floral Tecido de porta-CDs (sigla) Para os

Categoria esportiva de Paul Tergat

Fluido de pneus Borboleta de ônibus

Abrigo do tatu Estudar (o texto)

Qualidade do que é proveitoso

Prefixo de "autobiografia" Pós do professor universitário

Bancada (?), frente parlamentar que se opõe à reforma agrária

Mar, em inglês Cargo no Congresso

Pele

Ingrediente da caipiríssima Esbanjem Exigência dos sequestradores

Mundo de onde vem o Drácula (Lit.) A nacionalidade da cantora Adele "Viúva, (?) Honesta", peça de Nelson Rodrigues Corte feito por jardineiros

Indivíduo sem domicílio fixo Refeição consumida na hora do recreio

Alexandre (?), escritor francês Formiga, em inglês Variante de "você"

Doutor (abrev.)

"(?) Men", seriado com Jon Hamm

Código, em inglês Certificação ambicionada por empresas

3/ant — mad — sea. 4/code — last. 6/janela — privar. 7/senador. 8/maratona — mestrado.

3

Solução A

G A S T E M A O S U S O

B L A R A C A S A S T N T A R C O A T A R U M A T E C O S A T D R R U A M D A I S O

Nas bancas e livrarias.

N G C A R L A O N T L I E A R ES T L E A N R D I

de Dante em 100 eNigmas

D

iNferNo

N

Uma viagem fantástica pelo

P T R I A M A I A R V L J A N E M A R A T P I R R U R A E T S CU T I S A L E M I N G P D A O O M R A D O E D O C M E R E

BANCO

Bastões do golfe A pátria (fig.)

o a v e l e u q l a n or te até você! j O Oes

ANUNCIE AQUI!!!

LIBRA

Bom momento para deixar sua criatividade fluir nas questões profissionais: faça novos planos. Neste período, seu interesse em ficar perto das pessoas que ama será maior: curta os momentos em família. Vênus aumenta ainda mais o seu charme, favorecendo uma conquista. Aproveite a companhia do seu par.

ESCORPIÃO

Sua vida profissional estará bem-amparada por seus familiares, então, se precisar de conselhos, conte com eles! Esta semana, tente programar um passeio ou encontro com gente querida, seja com os parentes ou amigos. Sua intensidade ao lado da pessoa amada será invejável. Viagens a dois favorecidas.

SAGITÁRIO

Ótimo momento para viajar em busca de novos horizontes profissionais. Fique de olho nas oportunidades de melhoria financeira. Em casa, nem tudo será às mil maravilhas, então, encare os problemas se quiser resolvê-los. Sua criatividade estará presente no amor e na intimidade: curta ao máximo seu par.

CAPRICÓRNIO

Bons ventos sopram em direção ao seu trabalho e não faltarão força de vontade e oportunidades para demonstrar seus talentos. Não tente impor seus desejos em casa ou o clima pode ficar pesado. Caso esteja em busca de um amor, fique de olho, pois passeios diferentes podem te aproximar de alguém especial.

u q l a n r o j O Oeste

AQUÁRIO

Seja mais paciente ao conversar com o pessoal do serviço e conseguirá ótimos resultados. Excelente período para se aproximar de sua família e ouvir o ponto de vista dos demais: não tente se impor! Na paixão, vigie suas reações para evitar desentendimentos. Invista no romantismo e melhore a intimidade.

(49) 3358.0392 PEIXES

Faça o seu trabalho sem depender de ninguém ou não conseguirá conquistar o resultado que deseja. No universo familiar, seja mais sensível e tente perceber o que esperam de você. Passar mais tempo em casa é uma ótima pedida. Você vai querer assumir um compromisso mais sério com o par. Desejo em alta.


Jornal Do Oeste SC / Sexta-feira, 23 de agosto de 2013 ( 24 )


Jornal do Oeste SC - Edição 29