Issuu on Google+

Informativo IFBA Campus Santo Amaro Ano 01 n 01

Dezembro 2010

O Trem DO

Recôncavo Campus de Santo Amaro a um ano da “maioridade”

Nesta Edição Banda do Campus reinvidica maior apoio....................04 Aprovados na UFBA, UNIFCS e FTC........06 Aprovados da Primeira fase da OBAIF.................06 Estudantes são premiados pelos destaque na OBMEP ................02

Estudantes se reúnem em comemoração aos 4 anos do Campus No último dia 25 de setembro, o Campus de Santo Amaro completou 4 anos de sua fundação. As comemorações aconteceram na sexta-feira, dia 24, num evento que contou com a presença de toda a comunidade. Na ocasião, o diretor geral Irênio Junior fez um discurso que narrou um pouco da história do campus e anunciou a preparação para as comemorações do próximo aniversário.

Segundo ele, “Os Cinco Anos serão um marco para o Campus, já que estaremos alcançando a maioridade”. A festa também teve a participação do Grupo de Teatro do IFBA com a peça O outro, uma adaptação do conto de mesmo nome do escritor carioca Rubem Fonseca, além da apresentação musical de alguns estudantes, destaque para Luã Santana e Michel Bulcão que animaram o grande público com música de boa qualidade. À Noite, houve o encerramento com a banda do servidor Ticiano Lima, mais conhecido como “Quinze”.

“Os Cinco Anos serão um marco para o campus, já que estaremos alcançando a maioridade.”

Estudante do Campus é aprovado em concurso para técnico em tecnologia militar O estudante Ronaldo Matos Lima, 21 anos, 3° ano

de Eletromecânica, foi aprovado na primeira etapa do concurso para técnico em tecnologia militar, cargo em eletricidade predial. O concurso cedido pelo Ministério da Defesa, foi disponibilizado pelo edital de 24 de junho de 2010. A prova ocorreu no dia 29 de agosto e obteve mais de 100 inscritos. Dentre os 14 classificados, Ronaldo ficou na 10ª colocação. No concurso, também houve vagas para Laboratório de eletroeletrônico do IFBA carpintaria,soldagem, mecânica em máquinas e em Santo Amaro equipamentos, manutenção industrial, manutenção e suporte de computadores, manutenção de sistemas em outros dois concursos: Eletricista hidráulicos, entre outros. A próxima etapa será uma pela Companhia Hidrelétrica de São prova prática, comum a todos os canditados nas suas Francisco - CHESF (cadastro de reserva) e na primeira fase do concurso respectivas áreas. Em sua trajetória acadêmica, o futuro eletricista, para ajustador mecânico da Marinha. também conseguiu aprovação

EDITORIAL Esse Trem que é a nossa cara..............................02 A voz do servidor Por Rosana Muniz.......03 Opinião Um exemplo a ser seguido (por Nino).......03 E Mais Projeto PINA .............03 Semana da Consciência Negra..........................05 Melhores Momentos...04 A Natureza da Lingua.07 Espaço do Estudante...07 Você sabia?.................08


Informe-se

Editorial

Esse trem que é a nossa cara Por Marcos Oliveira

0 2

Em uma das suas últimas entrevistas, o saudoso maestro carioca Antonio Carlos Jobim, lamentou que as crianças brasileiras tinham sido privadas da experiência que o trem trazia.Segundo ele, o mundo rodoviário que o Brasil se tornou após se associar aos americanos na segunda guerra mundial, além de fazer tudo muito mais caro, ainda calou a poderosa musicalidade do veículo que apitava lembrando uma flauta. O trem era desde o poeta italiano Fillippo Tomasso Marinetti, o idealizador da vanguarda futurista, o símbolo máximo do progresso, da tecnologia e do futuro. Entretanto,se para o mundo o trem era a modernidade, no Brasil ele trazia os ventos de um país antigo e novo, ávido por integração. Era o Trenzinho do Caipira do maestro Heitor Villa Lobos, que ousou contar a sua própria história de amor ao Brasil, através de um trem que passeava por todo o país, conhecendo-o, surpreendendo-se com as suas variedades identitárias, até encontrar o uirapuru, pássaro mágico dos índios da regiãos amazônica, que inspirou o músico modernista, tornando-o, segundo ele mesmo nos contou, um gênio. Era o Trem de Ferro do poeta Manuel Bandeira que anunciava todas as manhãs com o onomatopaico “ Café com pão, café com pão, café com pão...” . Um Brasil imponente que não se desviaria diante da ditadura e nunca perderia as suas origens. Foi também o Trem das Cores do nosso santamarense Caetano Veloso, que contava de forma impressionista a viagem que a sua Irmã Maria Betânia fazia na antiga mariafumaça Motriz de Santo Amaro para Salvador . Sim , escolher o trem é optar por um simbolo futurista, veloz, tecnológico, imponente, afinal somos um instituto tecnológico . A natureza do trem diz que devemos ir sempre em frente, criativos sem jamais deixar os trilhos da disciplina. Mais do isso, escolher o trem é pedir respeito a tradição, é ouvir os mais velhos. O trem que passa em frente ao IFBA de Santo amaro, no passado, fazia o transporte de pessoas, hoje é somente um trem cargueiro, mas a partir de agora servirá de estandarte para todos nós.

Abaixo os departamentos, coordenações e setores com seus respectivos representantes. Direitoria Geral - Irênio Júnior DEPAD - Marcos Cícero DEPEN - Marcele Almeida COINF - Marcos Miranda Biblioteca - Reginaldo Pereira Pascoal Jr. Coordenação de Comunicação - Marcos Moisés Coordenação de Estágio - Marcos César Coordenação de Extenção - Bianca Bissoli Coordenação de Eletromecânica - Marcos Andrade Coordenação de Tecnologia da Informação - Jorge Leite Coordenação PROEJA - Marcelo Santana Coordenação de Licenciatura em Computação - Eduardo Sales Linguagens Códigos e suas Tecnologias - Tânia Flores Ciências da terra, Matemática es suas Tecnologias - Maurício Dantas Ciências Humanas - Odete Uzêda GIA - Equipe de T.I.

Expediente Informativo

O Trem do Recôncavo

Publicação mensal do IFBA - Campus Santo Amaro 1a Travessa São José, s/n - Bonfim, CEP 44200-000 Santo Amaro - Bahia, Tel: (55) 75 3241-0670 Reitora:Aurina Oliveira Santana Diretor do Campus de Santo Amaro: Prof. Dr. Irênio Silva Junior E-mail diretoria: diretoria-samaro@ifba.edu.br Coordenação de Comunicação: Prof. Me. Marcos Moisés C. de Olveira Estagiário de Jornalismo: Caiã Alves Pires Projeto Gráfico: Prof. Me. Marcos Moisés C. de Oliveira Envio de sugestões e para receber a versão on-line: sugestaodepautasamaro@gmail.com Visite a nossa página: www.santoamaro.ifba.edu.br


Site para catalogação de objetos de aprendizagem através do serviço Web.

características: a reusabilidade e acessibilidade é necessário que os mesmos estejam catalogados em um repositório, para que os docentes interessados possam utilizá-los O uso da Tecnologia da Informação em suas práticas pedagógicas. e Comunicação no processo ensino Desta forma, esse projeto tem e aprendizagem a cada dia vem como finalidade a construção de ocupando o espaço nas escolas. um site para catalogar e armazenar Autores como Lévy, Castells, Kenski, os objetos de aprendizagem Lucena, dentre outros, apontam desenvolvidos e prospectados pelos o potencial deste ambiente em docentes do IFBA Campus Santo prol da educação, principalmente Amaro, para utilização em aulas a com o uso da internet e Web como distância ou presencial. espaço mediador. Neste ambiente, O projeto aqui proposto proporciona vem se destacando alguns artefatos ao aluno bolsista a oportunidade digitais (textos, gráficos, figuras, de desenvolver atividades que vídeos, animações, jogos, etc.) que dificilmente seriam realizadas podem ser utilizados para auxiliar o na escola. Nestas atividades, são processo de aprendizagem através estimulados a criatividade, o de computadores, seja a distância ou raciocínio lógico e a aproximação presencial. Para que esses artefatos prática com os processos aplicados à cumpram duas de suas principais criação de site para Web. ORIENTADOR: Prof. Me. Eduardo Souto Maior Sales Bolsista: Michel Jefferson Batista

Ciências Humanas

Projeto “Vidas de Santo Amaro” Orientadora: Prof. Odete Uzêda da Cruz

O Projeto se constitui numa

ação de intervenção pedagógica e de pesquisa histórica, buscando construir pequenas biografias afim de informar e reacender a memória das novas gerações que desconhecem o passado da sua cidade e a vida daqueles que hoje batizam sua rua, sua escola, instituições públicas e o ambiente social em que vivem e transitam. A pesquisa procura realizar uma série de levantamentos biográficos de filhos do município de Santo Amaro e regiões vizinhas que, com suas histórias de vida, deixaram marcas significativas no município e na sociedade brasileira. Trata-se de um entrelace entre a vida de indivíduos e o contexto histórico mais amplo. O que propomos é que estas histórias de vida sejam reconstruídas e divulgadas não apenas na

comunidade escolar, mas também em toda sociedade santamarense. Tendo como objetivo a produção de um material criativo, sintético e informativo sobre a personalidade pesquisada, as atividades englobam o uso das modernas tecnologias e dos meios tradicionais de divulgação. Dentre as principais metas do projeto estão: Efetuar levantamento de nomes de ruas e instituições, caracterizar o que é biografias e historia de vida, pesquisar nos locais de acervo bibliográfico como bibliotecas, jornais e arquivos da comunidade; Fornecer dados para alimentar sites, ampliando o nível de informação sobre o município e apresentar os resultados da pesquisa em atividades acadêmicas.

A voz do Servidor Por Rosana Muniz, vigilante do Campus.

Garantir a segurança de uma

instituição é uma tarefa de grande responsabilidade, por isso, nós vigilantes devemos saber como agir em diferentes situações, seguindo padrões que garantam a integridade de pessoas, por mais comum que seja a situação. Alguns itens importantes na área de vigilância são o comprometimento, a dedicação, a honestidade e a integridade. Para nós vigilantes, atuar em uma entidade, onde a concentração de pessoas é grande, é muito gratificante, pois nos incentiva a trabalhar com mais comprometimento e responsabilidade. Saber que estamos contribuindo para a nossa própria independência, é muito prazeroso, pois a igualdade de oportunidade e a valorização são os verdadeiros objetivos pelos quais nós vigilantes devemos lutar em 2011.

Em agosto de 2010, foram contratados cinco novos vigilantes para a Unidade: Rosana Muniz, José Trindade, Daniela Batista, Antônio Carlos e Ezequiel. Como é bom ser recebido por esses sorrisos todo dia.

0

Licenciatura em Computação

3


O trem do reconcavo - Informativo do IFBA Campus de Santo Amaro

DEPAD

Banda do Campus Santo Amaro reivindica maior apoio Marcos Cícero, Chefe do DEPAD, sugere a criação de um Projeto de extensão

Os integrantes da banda do IFBA

Campus Santo Amaro reclamam da falta de equipamentos de som, instrumentos, espaço para os ensaios e apoio da Instituição. Buscando um melhor desempenho nos shows, dizem às vezes gastar do próprio dinheiro para ensaiar em um estudio especializado.

0 4

Marcos Cícero, Chefe do Departamento Administrativo e de Patrimônio (DEPAD), comenta que a obtenção de maiores auxílios só será possível com a criação de um projeto, com os devidos documentos e orientação. Ele acrescenta que um projeto de extensão, juntamente com a disponibilização da agenda de

apresentações, é a melhor opção para se conseguir o merecido apoio.

Estudantil (FACE), na Praça da Purificação, Santo Amaro. Hoje, com 11 integrantes, o grupo No evento de fechamento do ano letivo se apresenta em diversos eventos do de 2007 no Teatro Dona Canô, com o Instituto: Aniversário do Campus objetivo de preencher a vaga na grade (setembro), Semana de Ciências e de apresentações, organizou-se de Tecnologia (outubro), Dia do estudante, última hora um pequeno show de voz e entre outros. violão. Apartir daí, com outros convites para apresentações, o que antes era apenas uma dupla tornou-se Banda do Campus Santo Amaro Composta por estudantes do próprio Instituto, a Banda Gambiarra, há 3 anos anima os eventos, festas e comemorações do Campus. Além de apresentações na própria Unidade, os estudantes músicos, também já se apresentaram em outras ocasiões, à Integrantes da Banda Gambiarra exemplo do Festival Anual de Canção

Melhores Momentos

Professores comemoram o 15 de outubro

I Fórum de Saúde e Segurança do Trabalho

Oficina de forró na III SNCT

IFBARTE 2010

Palestrantes do I Fórum de Saúde e Segurança do Trabalho

YEEEEESS!!!!!

I Fórum de Saúde e Segurança do Trabalho

Campus se reune com representantes de empresas provedoras de estágio


“Ser negro não é apenas um motivo de orgulho, mas sim um conjunto de direitos e deveres que devem ser respeitaJoice dos Santos, dos.” 3° ano EM “ A semana de consciência negra é um momento importante para demonstrar que os negros são pessoas como outras qualquer, Lorraine Alves, conquistando aos poucos seu lugar na 4°ano T.I. sociedade” “ A capacidade das pessoas não se encontra na cor da pele, mas sim no caráter e Carlos de Jesus, no coração” Estagiário em administração do DEPEN. “ Temos que respeitar as pessoas independentemente da raça, porque somos todos da mesma raça, a raça Humana.” Clodoaldo Macêdo, Assistente de aluno.

Opinião

Um exemplo a ser seguido

(...) Com a multiplicidade de ideais que permeiam as relações humanas, é muito pouco provável que conheçamos alguém que pense igual a nós. Essa é uma realidade não-existente no IFBA Campus Santo Amaro. Há exatos dezenove meses, fomos premiados com a vinda do servidor técnico em Artes Gráficas, Lênio Costa-Pinto, que figura ímpar! Para compreendermos a magnitude de sua essência, faz-se necessário entender que ele é um exemplo vivo dos muitos outros que antecederam a sua origem. “Meus pais sempre primaram pelo respeito e admiração aos que vieram ao mundo para fazer a diferença”, essa é uma das muitas asserções positivas que Lênio disse em sua chegada. Podemos afirmar, ainda, que sua postura, sempre correta, criou um marco na história dessa unidade, e medimos a execução dos serviços gráficos em antes e depois de Lênio. Ainda que não propositalmente, a efervescência de ideias que brotavam de sua mente, representadas na nova roupagem dos materiais gráficos, atingia a todos nós direta e indiretamente, mostrando que aquelas imagens representavam o espírito de muitos que aqui convivem – o espírito de que viemos para fazer a diferença. Formado em Design Gráfico pela Unifacs – 1998 – e especializado em Identidad Corporativa pelo Istituto Europeo di Design – Espanha, Lênio trouxe ao campus Santo Amaro toda a sua experiência enquanto profissional das artes gráficas, e mais ainda, enquanto ser humano. Seu jeito pacato não condizia com o brilhantismo de suas ideias e com a magnitude de sua postura. Diversas são as situações que poderíamos destacar para demonstrar o exemplo a ser seguido, mas, uma delas fez com que muitos reconhecessem que existem, sim, homens com um caráter inabalável e com um posicionamento de neutralidade, quando necessário. Assim foi Lênio enquanto presidente da comissão eleitoral do pleito que elegeu a nova diretoria do campus Santo Amaro. Infelizmente..., por questões de força maior, desde o dia 01 de setembro do ano corrente, Lênio teve que ser removido para o campus do IFBA de Salvador e nós tivemos que deixar de conviver diariamente com sua presença, mas, o legado deixado por ele, faz com que saibamos que, dentre muitos outros que aqui convivem e formam a comunidade do IFBA Campus Santo Amaro, temos a certeza de que Lênio Costa-Pinto é um exemplo a ser seguido.

COTEP

Semana de Consciência Negra é comemorada no Campus

Nos dias 17, 18, 23, 24 e 26 de

As atividades se utilizaram do novembro, o IFBA Campus Santo horário de aulas, exceto o desfile Amaro foi marcado com atividades da beleza negra que aconteceu no referentes ao mês da Consciência intervalo do matutino no dia 24 Negra. (quarta). Organizada pela Coordenação A oficina Mídia e Relações Étnicas, Técnica e Pedagógica (COTEP), a por exemplo, teve como objetivo programação contou com Oficina mostrar os preconceitos reforçados Mídia e Relações Étnicas, Oficina pela televisão e mídia em geral. com Stael, desfile da beleza negra, Com exibições de trechos de apresentação de grupos musicais telenovelas e textos literários, a e com a palestra A construção ideia da atividade foi mostrar que da cidadania na trajetória das a mídia não elabora preconceitos, populações negras de Santo Amaro mas, fortalece-os e consolida-os. da Purificação.

Lênio e seu filho Por: Emiliano Gonçalves de Jesus (Nino) - Técnico em Audiovisual do IFBA Santo Amaro. Licenciado em Letras com Espanhol pela Universidade de Feira de Santana (UEFS) Pós-Graduando em Educação a Distância pela Universidade Estadual da Bahia (UNEB) Graduando em Cinema e Audiovisual pela Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB)

0

Enquete

5


Equipe do Campus Santo Amaro tem a maior nota dentre os aprovados da primeira fase da OBAIF

A equipe do Campus Santo Amaro,

que o ótimo resultado foi devido formada pelos estudantes: Caio Araújo ao desempenho geral, tanto dos Neponoceno de Lima, David de Pinho estudantes como dos professores e servidores da Instituição. “A aprovação Gonçalves, Ruan Wendel da Silva confirma o resultado de todo o esforço Borges e Thiago da Rocha Teixeira investido para uma educação técnica ( todos do 3º ano T.I. - Integrado) de qualidade, não somente fruto de foi aprovada na 1ª fase da primeira Olimpíada de Algoritmos dos Institutos uma grade curricular cuidadosamente elaborada, como também da Federais (I OBAIF - 2010). Em um participação dos alunos em projetos total de 4 Campi aprovados (Santo de pesquisa e cursos de extensão. Amaro, Salvador, Porto Seguro e Foi notável a qualidade, interesse e Barreiras), a equipe do IFBA - Santo Amaro obteve média de 9.85, a melhor comprometimento dos integrantes da equipe, mostrando a capacidade nota. de buscar soluções ‘elegantes’ para Alexandre da Costa, professor problemas de razoável nível de de Tecnologia da Informação e complexidade”, afirma ele. coordenador da equipe, afirma

0 6

A prova aconteceu no dia 6 de outubro e consistiu na resolução de três questões num período de quatro horas. Na primeira fase participaram 94 alunos do IFBA e Ifbaiano.

Prof. Alexandre e sua Equipe

Estudantes do Campus são aprovados na primeira fase da UFBA, na UNIFACS e na FTC

UFBA Adílton Sant’Anna, estagiário da Coordenação de Informática (COINF) - Ciências da Computação Andressa Moura, 4° ano T.I. - Ciências da Computação Douglhas Nassiffe, 4° ano T.I – Geofísica Jamile Ferreira, 4° ano T.I. – Ciências da Computação Jansser Ribeiro Costa Santos, 4° ano T.I – Ciências da Computação Pedro Henrique Paixão Magalhães, 4° ano EM – Engenharia Elétrica Robson de Santana Borges, 4° ano T.I – Ciências da Computação Wellison Caetano Costa Morais – Ciências Contábeis

UNIFACS Alguns dos nossos aprovados Paulo Vinícius Lima de Sirqueira Trindade, 4° ano EM – Engenharia Mecânica Vinícius Leão de Carvalho Cunha do Amaral, 4° ano EM - Engenharia Mecânica FTC Jamille Evelyn Santana - Fisioterapia

Estudantes do IFBA Santo Amaro são premiados pelo destaque na OBMEP de 2009 No dia 10 de novembro, no salão

Nobre da Reitoria da Universidade Federal da Bahia (UFBA), os estudantes do IFBA Campus Santo Amaro, Douglhas Henrique Bitencourt Nassiffe (4° ano de T.I.) e David Pinho Gonçalves (3° ano de T.I.) foram premiados pelo desempenho na 5ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP) - 2009. Douglhas e David obtiveram, respectivamente, medalhas de ouro e bronze na etapa regional e medalha

de bronze e menção honrosa na etapa nacional. Vale dizer que na OBMEP 2010, que ainda não teve premiação, Douglhas, ficou com medalha de bronze e Caio Araújo Neponoceno de Lima (3º ano T.I. - Integrado) obteve menção honrosa. Voltada para a escola pública, seus estudantes e professores, a OBMEP tem o compromisso de afirmar a excelência como valor maior no ensino público. Suas atividades vêm mostrando a importância da

Matemática para o futuro dos jovens e para o desenvolvimento do Brasil.

Prof. Marcele Almeida acompanha medalhistas na premiação.


O trem do reconcavo - Informativo do IFBA Campus de Santo Amaro

A natureza da Língua

Exclusão Gramatical

Por Marcos Moisés C. de Olveira Há algum tempo atrás quando o apresentador Serginho Groisman ainda mantinha um programa no SBT, ele recebeu a banda baiana Harmonia do Samba que na época começava seu grande período de sucesso. Lá em um momento da entrevista, o cantor Xandy usou a seguinte frase:“Começou as aulas em Salvador” e foi imediatamente advertido pelo apresentador que o correto era “começaram as aulas em Salvador”. Lembro-me que essa foi uma cena difícil de assistir na condição de baiano, ficou parecendo que o nosso representante no programa era ignorante quando o assunto era a Língua Portuguesa. Mas afinal, isso era mesmo verdade? O certo é “Começou as aulas.”, ou “Começaram as aulas? Tecnicamente, o correto deveria ser a primeira opção já que o verbo deve concordar com o sujeito e “aulas” nada mais é que o objeto de “começou”. Segundo a lógica gramatical, sujeito e objeto não concordam. Eu posso dizer: “O menino comprou a bola” ou ”O menino comprou as bolas” e a mudança no número do objeto “bola”/“bolas” não provoca modificação no verbo, entretanto se eu disser “Os meninos” serei obrigado a utilizar o “compraram” em vez de ” comprou” respeitando a regra mais básica de concordância. E mais, porque deveríamos pôr o verbo no plural na frase “ começou as aulas” se em “O professor começou as aulas” não fazemos o mesmo? Na primeira opção temos somente o objeto , não temos sujeito e portanto não temos com o que concordar. Numa oração sem sujeito, o verbo fica no singular, esse é o mesmo motivo que faz com que o verbo “haver” no sentido de existir sempre venha no singular tornando veementemente condenáveis pelos escudeiros da Gramática frases do tipo “houveram problemas.” Ora, se admitimos isso, aceitamos que na língua portuguesa temos um quarto caso de oração sem sujeito não contemplado pela NGB*, pois, além dos três casos já registrados * existe também esse caso “excluído”, ou “dos excluídos” em que se encaixam frases da natureza de “Caiu as árvores.” ou “Saiu os editais”.Acontece que a nossa gramática prima por ser uma imitação do modelo Greco-romano em que só havia três casos e para que não perdêssemos a nobreza de ser “iguais ao primeiro mundo”, os gramáticos decidiram nomear verbos do tipo “caiu” ou “começou” de verbos Ergativos, ou seja aqueles que erguem o objeto à condição de sujeito caso não haja sujeito na frase, tornando o ilógico “Começaram as aulas” a opção forçosamente correta. O problema é que ninguém sabe disso, por que essa convenção foi feita a “portas fechadas” e não aparece em gramáticas populares, consta somente nos inacessíveis compêndios oficiais. Nunca foi participada ao povo que, quando tem que usar , faz pela lógica e não pela desconhecida convenção, como convém gente inteligente fazer. Desse modo, a razão mesmo pertencia ao compositor da música “vem neném” e “Dá um Zignal”.

Espaço do Estudante

Por Camila Amaro de Araújo, estudante do 4° ano de Eletromecânica.

Entrei no IFBA em 2007 e aprendi nesses quatro anos a considerar esta escola como a minha segunda casa. Aqui fiz amigos, aprendi muita coisa boa e, principalmente, cresci. No começo, foi difícil, pois logo que cheguei me deparei com grandes problemas. Além disso, não tinha base suficiente para encarar um órgão federal, vinha de uma realidade de escolas públicas que não tinham boas estruturas, faltava tudo, até professor. Por causa disso, nem sabia que estudar era uma coisa boa e não dava valor a isso. Não tinha nenhuma ideia de futuro, nem mesmo sabia o que queria para minha vida, o que quase me fez desistir do curso. Com o tempo, as coisas foram mudando e o Instituto me fez perceber coisas importantes sobre o mundo e sobre mim mesma. Hoje, sinto-me segura para buscar o meu futuro. É verdade que ainda estou um pouco indecisa quanto à carreira que devo seguir. Não sei se vou fazer Medicina, que é meu sonho de infância, ou Farmácia, que aprendi a gostar por trabalhar num laboratório de análises bioquímicas, ou ainda Engenharia Mecânica, curso que eu aprendi a valorizar aqui no IFBA. Se não estou certa ainda sobre qual desses caminho devo seguir, sei que meu tempo no IFBA me deu segurança para escolher, não sou mais uma estudante sem base, agora me sinto preparada para disputar em igualdade com qualquer um. O IFBA me fez entender o valor da educação para se ganhar maturidade e me preparou para ganhar a dignidade que só o trabalho pode proporcionar.

0

*Nomenclatura Gramatical Brasileira – Documento que rege as gramáticas normativas da Língua Portuguesa do Brasil **A saber em frases onde o verbo haver vem no sentido de existir, ou em enunciados que se utilizam de verbos de fenômenos da natureza, ou ainda em sentenças nas quais o verbos fazer e o ser dão sentido de tempo, ou lugar.

7


O trem do reconcavo - Informativo do IFBA Campus de Santo Amaro

Entrevista

Integrado e educação alimentar O segundo semestre desse ano foi marcado por um importante trabalho realizado pelas professoras de Educaçao Fisica que teve como objetivo dar autonomia aos alunos na sua educação alimentar O Trem do Reconcavo conversou com a professora Bianca Fontes sobre o Programa de Educaçao Alimentar

O que é o Programa de

0 8

não faz nenhuma atividade física e, se fizer, é pior, porque desse jeito Educação Alimentar? Surgiu os valores nutricionais ficam bem de um projeto chamado atividade menores.Por outro lado, temos também física e nutrição que faz parte do casos de alunos que mesmo fazendo programa normal de Educação atividade física engordam porque se Física. Nessas aulas, apresentamos alimentam mal. È uma realidade dura! uma pirâmide alimentar e o De uma forma outra, ele vai ter afetada seu funcionamento buscando a sua capacidade de aprender. Afeta a dar autonomia ao aluno na sua cognição, afeta tudo! No começo do elaboração e execução. A Idéia é ano, fizemos uma atividade na área fazer com que eles saibam organizar do estacionamento e vários alunos as suas vidas programando as passaram mal. Descobrimos também atividades físicas e a alimentação que como a base da pirâmide é a em busca de saúde plena. atividade física temos também alunos Entretanto, já no ano passado nos que são ociosos. deparamos com a dura realidade de muitos dos nossos alunos. Acredite, Como deve ser entendida uma uma boa parte dos nossos docentes não fazem ao menos três refeições dieta? As pessoas só pensam em dieta para emagrecer, mas existem por dia, alguns nem sequer duas. vários tipos de dieta, para engorda, para emagrecimento, para tratamento Qual o impacto dessa realidade de doenças dos mais variados tipos. na vida escolar? Interfere Então, dieta é o uso adequado dos totalmente! Porque atividade física alimento para as funções do organismo aliada a uma boa alimentação é visando a saúde plena.É saber utilizar sinônimo de saúde. Se o menino racionalmente cada nutriente, porque não se alimenta, com certeza os precisamos de tudo isso na quantidade valores nutricionais dele estão certa e é aí que entra a pirâmide. debilitados, além disso, ele ainda

Coisas que você não sabia!

O que deve ser observado na construção de uma pirâmide alimentar? A base da pirâmide

alimentar é a atividade física, é necessário fazê-la levando em consideração os batimentos cardíacos, a queima de calorias e os limites de cada um. Depois se faz uma programação de consumo dos lipídios, das proteínas, dos carboidratos, repito: observando a realidade de cada um, pois a pirâmide de uma pessoa não é igual a de outra! De resto esse é um instrumento que vai indicar o que comer em que quantidade e qual o impacto de cada alimento para a saúde do indivíduo

Pirâmide alimentar elaborada por Ana Carolina,1° ano T.I. vespertino.


O Trem do Recôncavo