Issuu on Google+

Sapiranga

Prefeitura diz que Pista de Bicicross será no São Luiz Esportistas comentam dificuldades para a prática da modalidade. Atleta gaúcho busca Pág. 10 em Santa Catarina apoio para correr.

Região

Mulheres representadas apenas em uma Câmara de Vereadores Cleidi do Prado (PT) e Bruna Blos (PP) são as únicas mulheres vereadoras em quatro municípios da região. Especialista critica modelo adotado por partidos. Pág. 4

R$ 1,00 | Publicação semanal | Ano I | Edição 9 | 4 de Abril de 2013

Triplica número de microempresários Em 2011, eles somavam um grupo de 452 pessoas. Este ano número saltou para 1.922.

Pág. 2 e 3

Campo Bom

Ação flagra 230 sem carteira de motorista Departamento de Trânsito da Prefeitura e Brigada Militar promovem ação conjunta para inibir desrespeito às leis. Pág. 7

Araricá

Prefeito garante placas para identificar ruas Sergio Machado diz que possui projeto para reverter situação. Ele pretende colocá-lo em prática a partir do segundo semestre. Pág. 5

Região Em Araricá (foto) 50 famílias têm água para consumo graças ao abastecimento ‘porta a porta’ da Prefeitura. | Foto: Deivis Luz

Água impõe diferentes realidades Nova Hartz reverte quadro e está prestes a iniciar sua maior obra da história. Araricá vive impasse. Págs. 8 e 9

Hospital de Sapiranga adere à mobilização Medida prevê o bloqueio do agendamento de consultas, cirurgias e exames pelo SUS. Só urgência e emergência terá atendimento. Pág. 7


radar

2

Repercussão

Quinta-feira, 4 de abril de 2013

radar

Precisa evoluir

Precisa evoluir

Merece destaque

Repercussão

Quinta-feira, 4 de abril de 2013

3 Caiu no conceito

Será reportagem

Comentário O Cristão na política O tema cristão e política para muitos parece que não combina, e muitos julgam erradamente que alguém que é cristão não deveria participar de pleitos eleitorais ou de qualquer tipo de administração pública que envolva meios políticos. No entanto nós precisamos ter em mente que no mundo inteiro e em todo o lugar a política de forma direta ou indireta se faz presente em meio a sociedade. Isso se vê na educação, na saúde, na segurança, no trabalho, no bairro, na rua, na igreja, em decisões que afetam diretamente a nossa vida e da nossa família. Portanto, a política faz parte da vida de todos, seja cristão ou não e necessita ser compreendida e analisada. Eu entendo que o cristão precisa participar diretamente da política, pois sendo ele, um rePrecisa observar presentante de Jesus na a palavra, zelar Terra (a Bíblia registra pela ética cristã e que Jesus é o modelo de buscar a paz para legislador; Tiago 4.12), a sociedade, quem portanto um exemplo de busca a paz para Cristo, ele estará abençoa sociedade busca ando o município, estapara si. do ou nação a qual estará representando. Porém precisa sempre observar a Palavra, zelar pela ética cristã e buscar a paz para a sociedade, pois quem busca a paz para a sociedade busca para si. É a minha primeira legislatura e nos primeiros meses desse mandato que não é meu, mas da população que me elegeu vereador, estou procurando com muito cuidado fazer aquilo que é justo para o nosso município. Posso vir a errar, porém procurando acertar, e todos sejam cristãos ou não, cometem erros. No entanto, que seja sempre visando o bem comum. Estou buscando sabedoria no Senhor que sabe todas as coisas para desempenhar com honestidade o meu papel como um político que sobre tudo é cristão, e não com um politiqueiro que visa o seu bem próprio e se esquece daqueles que dependem das suas atitudes, a sociedade que o elegeu. Pedro Soares de Oliveira é cantor, compositor, membro da Assembléia de Deus, cabeleireiro e vereador de Nova Hartz Fale com o Repercussão Telefone: (51) 3064-2664 Celulares: (51) 8335-5200 (TIM), 96103310 (VIVO) e 9280-2637 (Claro)

Jornal Repercussão Ltda CNPJ: 17.376.797/0001-29 Jornalista responsável Felipe Laux | MTB: 15128 Reportagens e edição Bruna Chilanti, Deivis Luz e Felipe Laux Fotografias Bruna Chilanti, Deivis Luz e Felipe Laux Diagramação Deivis Luz Impressão: Grupo RBS Contato comercial 3064.2664

Endereço Rua Getúlio Vargas, 71, 2° andar, sala 1, Sapiranga/RS Horário de funcionamento Segunda a sexta, das 8 às 18 horas; sábados, domingos e feriados: através do celular: (51) 9610-3310 Receba o jornal em sua casa Telefone: (51)-3064-2664 Repercussão circula em Sapiranga, Nova Hartz, Araricá e Campo Bom. site: www.jornalrepercussao.com.br e-mail: redacao@jornalrepercussao.com.br Tiragem: 6 mil

19ª Aberto de Handebol Arame prende goleira de Campo Bom, começa em praça de Campo Bom. sextanoGinásioMunicipal Conserto não ocorreu

Previsão do tempo O clima nos próximos dias conforme o Instituto Nacional de Meteorologia Espacial (INPE)

Nova Hartz 28º 17º

29º

Sapiranga

14º

Campo Bom

Fases da lua

Pode chover hoje e sexta. Final de semana será de sol e os próximas dias de temperaturas entre 20 e 30 graus

Campo Bom 4

Pode chover hoje e sexta. Final de semana será de sol e os próximas dias de temperaturas entre 20 e 27 graus

Pode chover hoje e sexta. Final de semana será de sol e os próximas dias de temperaturas entre 20 e 27 graus

Sapiranga 8

12

16

Crescente 18/4

Nova 10/4

Minguante 2/4

Araricá 20

24

Pode chover hoje e sexta. Final de semana será de sol e os próximas dias de temperaturas entre 20 e 27 graus

Nova Hartz 26

28

32

Disse no Twitter Os textos publicados neste espaço não representam a opinião do Jornal Repercussão. Envie sua crítica ou sugestão para o e-mail: redacao@jornalrepercussao.com.br

Instituto Penal

“ABSURDO:O Estado querer instalar/inaugurar um Instituto Penal numa cidade (Campo Bom) sem o conhecimento da Prefeitura e Câmara Vereadores.” @GiovaniFeltes

Projeto

“Romário e Ivo Herzog protocolam na CBF petição pela saída de José Maria Marín da presidência.”

@RomarioOnze

Região - Uma oportunidade para quem trabalha por conta própria formalizar um pequeno negócio e com menos burocracia, o microempreendorismo vem crescendo cada vez mais no mercado dos negócios. Pode ser eletricista, barbeiro, pedreiro, manicure, artesão, enfim, trabalhadores que geralmente não pagam tributos, em contrapartida tampouco têm direitos previdenciários ou benefícios de quem é formal. Na região, o número de microempreendedores cresceu de forma significativa. A cada ano, o número praticamente dobra nos municípios que o Jornal Repercussão abrange (Sapiranga, Campo Bom, Araricá e Nova Hartz). A cidade de Sapiranga, por exemplo, aderiu o Programa Gaúcho de Microcrédito, sendo um convênio entre a Administração Municipal com a Caixa-

-RS. O financiamento chega a R$ 15 mil com taxa de 0,64 ao mês e prazo de até 24 meses para pagar as parcelas. Segundo a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, do Trabalho e do Turismo, entre janeiro e fevereiro, foram aprovados R$ 204 mil em financiamentos para donos de pequenos negócios formais ou informais. Um bom exemplo é de Osmar Luiz do Rosário, de Sapiranga, que conseguiu aprovação de crédito para sua empresa no setor calçadista. Segundo ele este incentivo foi de extrema importância para o crescimento de seu negócio - “Pra mim foi de grande ajuda este empréstimo pois facilitou a compra de três máquinas que eu necessitava. Antes era muito complicado em função do valor ser alto, mas com a baixa taxa de juros, agora ficou fácil” - finalizou.

+

Notas rápidas...

Domingo no Museu

Benefício

Crescimento | Através de incentivos, sonho de se tornar empreendedor se torna realidade

Araricá

14º

Cheia 25/4

Região triplica índices de novos empreendedores

17º

30º 30º

Equipamento no Parcão Bancos de antiga praça Municípios da região se deterioram em Araricá. preparam-se para vacide Sapiranga oferece Mato toma conta risco à população nação contra Influenza

Os benefícios da formalização são inúmeros, mas inclui aposentadoria, pensão por morte, possibilidade de crescimento em um ambiente seguro, formalização simplificada e sem maiores burocracias, baixo custo da formalização em valores mensais fixos, entre outros. Cabeleireiros também podem usufruir destes benefícios | Foto: Divulgação

!

Fique por dentro do MEI

O Empreendedor Individual será enquadrado no Simples Nacional e ficará isento dos impostos federais (Imposto de Renda, PIS, Cofins, IPI e CSLL). Os valores a serem pagos mensalmente a partir de janeiro/2013 serão apenas: g Para a Previdência: R$ 33,90 por mês (representa 5% do salário mínimo que é reajustado no início de cada ano). g Para o Estado: R$ 1,00 fixo por mês se a atividade for comércio ou indústria. g Para o Município: R$ 5,00 fixos por mês se a atividade for prestação de serviço Ou seja: R$ 34,90 - Comércio e Indústria

R$ 38,90 - Prestação de Serviços R$ 39,90 - Atividades Mistas (comércio e serviços) R$ 33,90 - Atividades isentas de ICMS e ISS g Segundo o site do Programa Gaúcho de Microcrédito, têm direito os seguintes casos: Indústria - Marcenarias, sapatarias, carpintarias, artesanatos, alfaiatarias, gráficas, padarias, produções de alimentos, etc.; Comércio - Ambulantes, vendedores em geral, mercadinhos, papelarias, armarinhos, bazares, farmácias, armazéns, restaurantes, lanchonetes, feirantes, pequenos lojistas, açougueiros, vendedores de cosméticos, etc. Serviços - Salões de beleza, oficinas mecânicas, borracharias,etc.

Museu Municipal de Sapiranga | Foto: Deivis Luz

Neste domingo (07), haverá a primeira edição do projeto “Domingo no Museu”, entre as 14h e às 17h, em Sapiranga. O evento contará com a participação da Associação de Arte e Artesanato de Sapiranga, um grupo de colecionadores, o caricaturista Borracha, o show do Balé Origens, entre outras novidades.

Desfile de Carnaval Sapiranga - Ocorre neste sábado (06), o desfile de Carnaval 2013, apresentando o trabalho feito pelas escolas de samba, Leões do Ferrabráz e Unidos de Sapiranga durante o ano todo. O desfile acontecerá na Avenida João Corrêa, às 20h.

MEIs inscritos Janeiro 2011 Araricá Campo Bom Nova Hartz Sapiranga TOTAL

23 197 52 180 452

Rua Gal Lima e Silva, 356 - Centro Sapiranga - RS

Janeiro 2012 Araricá Campo Bom Nova Hartz Sapiranga TOTAL

49 456 113 473 1.091

Janeiro 2013 Araricá Campo Bom Nova Hartz Sapiranga TOTAL

87 830 173 832 1.922

INTE GRE A Loja dos Campeões

SAPIRANGA - Av. João Corrêa, 1072 - Centro (51) 3599-2222 CAMPO BOM - Av. São Leopoldo, 210 - sala 02 Centro - (51) 3038-4322


4

política

Poder >>> Felipe Laux felipe@jornalrepercussao.com.br

Pedido negado em Campo Bom

Causou mal-estar a negativa do presidente da Câmara, Max de Souza (PMDB), ao pedido de informação do vereador Victor de Souza (PCdoB), sobre o envolvimento de Campo Bom na Operação Capivara, do Ministério Público (MP), que investiga fraudes em licitações. Max, inclusive, pediu para Victor se retratar por declaração durante a sessão. Da sua cadeira, o comunista apenas balançava a cabeça mostrando contrariedade à negativa.

Reivindicações

Segundo vereador mais votado de Sapiranga nas eleições de outubro passado, Balardin (PTB) usou a tribuna na última sessão para fazer diversas reivindicações na questão da saúde e segurança municipal. Além disso, elogiou o convênio firmado com o Hospital de Sapiranga e prometeu fiscalizar a aplicação do repasse.

Eleição 2014

Quem acompanha o desenrolar dos últimos acontecimentos em Campo Bom tem uma certeza: a disputa eleitoral mirando o Palácio Piratini já começou. Mais uma vez, os vereadores do PMDB se revezaram na tribuna e direcionaram duras críticas ao governo do petista, Tarso Genro. E a raiva de alguns vereadores respingou até nos partidos coligados - casos de PSB e PCdoB.

PTB Sapiranga

Apesar de ter eleito dois vereadores em Sapiranga, o PTB começa a rachar na cidade. Membros insatisfeitos com o partido já começam a se desfiliar. Um deles é o ex-presidente, Valdes Araújo, que já busca novos rumos.

Comando

Valdes já havia deixado o comando do partido meses atrás. Quem assumiu em seu lugar provisoriamente é o jovem Deivi da Rosa. A convenção para a nova diretoria do partido deve ser feita neste mês de abril.

Repasse para Hospital

Vereadores de Sapiranga têm opiniões contrárias quando o assunto é o valor repassado para o Hospital (R$ 230 mil mensais). Parlamentares como João Moraes e Nico (ambos do PT) acham muito. Já Valmir Monteiro (PMDB, foto) e Bruna Blos (PP) acham pouco.

Novo horário em Nova Hartz

Sessões da Câmara de Vereadores de Nova Hartz agora têm novo horário: todas segundas-feiras, às 19h.

Os legislativos são controlados por homens, que dão pouco espaço para as mulheres estruturarem suas campanhas.” José Eustáquio Diniz Alves, professor da Escola do IBGE sobre a participação feminina na política

Repercussão Quinta-feira, 4 de abril de 2013

Mulheres estão representadas em apenas um Legislativo No vácuo | Sem vereadoras em Campo Bom, Nova Hartz e Araricá Região – Se por um lado, elas ocupam o cargo máximo em nível federal e municipal (caso de Sapiranga), por outro há uma lacuna a ser preenchida por mulheres nas Câmaras de Vereadores em Campo Bom, Araricá e Nova Hartz. Nestes três últimos municípios elas estão representadas apenas em postos administrativos, cabendo aos homens o poder de construir políticas voltadas às mulheres, como ocorreu em Campo Bom. Lá, coube ao jovem vereador Valter Lemos Júnior (PCdoB) erguer a bandeira e aparesentar um anteprojeto criando o Conselho Municipal de Políticas Públicas da Mulher. Para o professor da Escola Nacional de Ciências Estatísticas do IBGE, José Eustáquio Diniz Alves, o fenômeno não decorre da carência de mulheres aptas a concorrer, mas antes do modo como os partidos são organizados.

+

As mulheres no Poder Dilma Rousseff (PT) A presidente da República foi secretária de Minas e Energia no RS, no governo de Olívio Dutra, e principal ministra de Luiz Inácio Lula da Silva

Corinha Molling (PP) A prefeita é a segunda mulher a comandar a prefeitura de Sapiranga. Tudo começou com Marlene dos Santos Wingert, que foi prefeita de 1989 a 1992.

Bruna Blos (PP) Ela tentou se eleger vereadora em 2008, mas o êxito veio mesmo em 2012, sendo a mais votada. É a voz da renovação na política local.

Cleidi do Prado (PT) A professora e vereadora de Sapiranga que chega ao seu segundo mandato, é uma das vozes mais críticas da Câmara municipal.

Notas rápidas...

!

Ativas

g A tímida representação feminina no Poder Legislativo se mantém inalterada mesmo depois da aprovação da Lei Eleitoral 9.100. Ela estipulava que 20% dos candidatos deveriam ser ocupados pelas mulheres. Em 1997 o mínimo subiu para 30%. g Desde que o processo de emancipação política ocorreu em Sapiranga, já foram eleitas 13 mulheres vereadoras. Em Campo Bom e Nova Hartz, estes números são ainda mais baixos: apenas quatro mulheres foram eleitas vereadoras. g Uma participação feminina ocorre com mais frequência em Araricá. O município, desde a emancipação, já teve dez mulheres eleitas e que ocuparam o posto de vereadora.

Nova Hartz

Convênio com Hospital Projetos aprovados Além do projeto é aprovado em sessão de Resolução que Sapiranga - Os vereadores de Sapiranga aprovaram por unanimidade na sessão da última segunda-feira (1º de abril) o convênio que prevê o repasse de R$ 230 mil mensais para a Sociedade Beneficente Sapiranguense (Hospital de Sapiranga). “O Convênio com o hospital é fundamental, pois a população precisa dos serviços prestados. Agora, vamos fiscalizar o andamento dos serviços prometidos”, disse o presidente da Câmara, Beto Goetert (PP). Outro projeto aprovado foi o repasse de R$33 mil no ano para a Fundação de Tênis, que desenvolve projetos do esporte para crianças carentes.

altera o horário da sessão da Câmara, das 19h30 para as 19h de segundasfeiras, os vereadores de Nova Hartz também aprovaram o projeto de Lei nº 33/2013, que prevê a descentralização de recursos financeiros para as unidades escolares da rede

Mesa Diretora I Foto: Câmara

municipal de ensino, mediante as unidades executoras. O objetivo é a melhora na eficiência e da eficácia na manutenção das instalações escolares.

Repercussão Quinta-feira, 4 de abril de 2013

dia a dia

5

Falta sinalização nas ruas e avenidas de Araricá Improvisação | Moradores fixam placas indicando nome de ruas por conta própria e entregadores sofrem com situação Araricá – Quem anda pelas ruas do município, seja como pedestre ou como visitante, e precisa encontrar uma rua enfrenta dificuldades. Isso porque a sinalização que deveria identificar o local onde a pessoa está, só é perceptível no Centro ou em áreas próximas da Prefeitura. A falta de identificação nas ruas é tamanha que os moradores, sabedores que a deficiência existe, decidiram agir. Na esquina das Ruas Maurício Barani com a Felipe Diefenbach, o morador fixou uma placa azul com letreiros amarelos (bem diferente da padrão utilizada pelo Poder Público) para contribuir com a situação adversa. Outro problema flagrado pela reportagem do Jornal Repercussão é o existente nas esquinas das Ruas Rodolfo Dreyer com a Jacobi Rech, onde

apenas uma estrutura metálica está fixada na esquina e que, provavelmente, tenha sido depredada. Em entrevista concedida na terça-feira (2) à reportagem, o prefeito Sergio Machado disse que a sinalização das ruas é uma das suas metas e que a partir do segundo semestre esta realidade mudará. “Não posso permitir que um município da região Metropolitana, como Araricá, não tenha uma placa de identificação. Após sanar algumas dívidas encontradas, resolveremos esta deficiência a partir do segundo semestre”, explicou o prefeito. Ele reiterou ainda que esta era uma preocupação sua ainda quando era vice-prefeito. “As primeiras que receberão são aquelas que possuem pavimentação além dos acessos principais”, garante.

Ele comenta a situação “Para quem não conhece o município é complicado. Certamente se perderá mais tempo na entrega de qualquer material. Faço a entrega das contas de luz em Araricá há quatro anos e quando viemos para cá ficamos o dia inteiro.”

Dono de imóvel improvisou placa na esquina da Rua Maurício Barani | Fotos: Deivis Luz

Rubens Melo, agente comercial AES Sul

N

N

Na avenida principal há placa de sinalização A falta de identificação nas ruas e avenidas dos municípios prejudicam, principalmente, aqueles que trabalham com a entrega de mercadorias e correspondências.

Um tipo de placa na Rua Imperatriz

Mas, não é só as prefeituras que possuem culpa na falta de identificação. Estatística do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostra que há mais de 20 mil casas sem identificação (box ao lado).

!

Falta placas nas casas

Município Araricá Campo Bom Nova Hartz Sapiranga Total:

Existe 149 12.382 2.063 11.258 25.852

Não existe 1.249 5.637 3.319 12.446 22.651

Tema segurança pública predomina em Campo Bom ! Outros fatos da sessão Campo Bom – Em uma sessão onde duas moções (uma de apoio ao Estatuto da Juventude e outra de repúdio a instalação de presídio no município) foram analisadas e aprovadas, os fatos que marcaram os trabalhos legislativos, foi o protesto pacífico de familiares e amigos do empresário Nadir Fillmann, assassinado em fevereiro (após sofrer um assalto) e os discursos inflamados dos vereadores. Jair Wingert (PSB), que encaminhou um ofício

g A sessão de segunda-feira (1º) também teve a aprovação de projeto autorizando o município a receber áreas de terras em doação.

Família e amigos do empresário assassinado protestaram na Câmara | Foto: Deivis Luz

ao secretário Estadual de Segurança Pública, Airton Michels, era um dos mais exaltados. “O Nadir era um grande empresário. Queremos rapidez na prisão dos dois indivíduos

que cometaram o crime e que estão em Santa Catarina”, relatou. Na mesma sessão, todos os vereadores usaram o tempo de dez minutos para criticar a forma que o

governo do Estado tratou a instalação do Instituto Penal em Campo Bom. “A segurança pública vive um verdadeiro descalábrio”, disparou Paulo Tigre (PMDB).

g Na moção de repúdio contra a instalação de Presídio Estadual em Campo Bom, o presidente da Câmara de Vereadores, Max de Souza, expôs a forma autoritária e desrespeitosa que o governo do Estado tratou o tema. “Co-

municaram o desejo nas vésperas de um processo licitatório. Se antes havia resistência, agora tem que haver bloqueio total”, disse. g A Comissão de Segurança Pública da Câmara tem encontro na quinta-feira (11), às 19 horas, no Porto Blos. O Capitão da Brigada Militar e delegado de Campo Bom participarão do encontro.


6

dia a dia

Repercussão

dia a dia

Repercussão

Quinta-feira, 4 de abril de 2013

Quinta-feira, 4 de abril de 2013

7

Hospital quita dívidas e mira salto de qualidade

Operações em Campo Bom flagram 230 sem CNH

Saúde | Aos poucos, Hospital de Sapiranga quita suas pendências financeiras e busca aprimorar serviços

Assim não | Departamento de Trânsito e Brigada Militar fazem trabalho conjunto para coibir irregularidades

Sapiranga – Após anos operando com saldo financeiro negativo, o Hospital de Sapiranga já começa a visualizar um horizonte bem melhor logo à sua frente. Ainda com dificuldades, mas com um planejamento minucioso, a instituição privada de saúde vai estabelecendo aos poucos novas alternativas para colocar as contas em dia. De acordo com o presidente do hospital, João Edmar Wolff, muitas dívidas foram geradas em administrações anteriores da instituição, mas hoje, com a ajuda de empresários e da comunidade em geral, parte do valor já foi quitado. Com 130 leitos disponíveis e mais 12 que estão em construção, o Hospital de Sapiranga objetiva investir o valor, antes utilizado para sanar dívidas, em melhorias na estrutura, para atender ainda melhor a população. A média mensal da instituição é de 600 internações, 2,5 mil atendimentos de urgência, 3 mil consultas no Centro de Especialidades, 5 mil exames no Centro de Diagnósticos, 110 partos e 320 procedimentos cirúrgicos.

Entrevista com

João Edmar Wolff

Presidente da Sociedade Beneficente Sapiranguense, mantenedora do Hospital de Sapiranga Jornal Repercussão - Qual a realidade enfrentada pelo Hospital de Sapiranga quando o tema é o repasse de recursos por parte de Governo Federal e Estadual? João - O repasse feito pelo Governo Federal é de aproximadamente R$400 mil mensais. Já o Estado costuma ajudar com R$ 1 milhão anual. Considero esse valor baixo, perto dos custos para manter o hospital. A Prefeitura de Sapiranga e os municípios da região contratam cirurgias eletivas e exames especializados, que complementam em partes o orçamento do hospital. Além disso, ainda dependemos de outras ajudas para quitar parte das dívidas federais do passado, como INSS, imposto de renda retido na fonte, fundo de garantia, entre outros. Esse débito foi parcelado em 20 anos. Já foi pago cerca de 5 anos. Verbas de parlamentares também ajudam muito. O deputado federal Renato Molling nos passou ao total cerca de R$ 2 milhões nos últimos anos e o deputado estadu-

al Fixinha cerca de R$300 mil. Jornal Repercussão - Há poucas semanas, o Hospital informou que a dívida com a AES Sul (mais de R$1,5 milhão) foi quitada, com ajuda da comunidade e empresários. Como foi isso? João - Muitas pessoas não acompanharam o passado do Hospital e afirmo que a instituição estava fechando as portas em 2006. O prejuízo estava em mais de R$1 milhão por ano. Fizemos uma reunião com diversas empresas da cidade e foi designada uma nova diretoria. Em 2007, fui indicado como presidente. Fiz uma avaliação do hospital em meio ano e notei que tínhamos que movimentar a comunidade. Fizemos um meio-frango (10 mil cartões), que foi um sucesso. Lançamos o programa da conta de luz e passamos em residências durante um ano, captando famílias dispostas a contribuírem. Empresas também contribuíram. Fizemos um parcelamento com a AES SUL para 5 anos, que se encerrou recentemente. A dívida está quitada. Agora, investiremos essa arrecadação mensal na parte da ala do SUS (Sistema Único de Saúde), pois não são enviadas verbas para a reforma dessa parte do hospital. Jornal Repercussão - Prefeituras mantêm convênios com o Hospital. Comente a importância disso. João - Os municípios complementam, em

Climasinos faz ajustes na Ala dos Cristais

parte, a defasagem que o Hospital deveria receber do Estado. Para se ter uma ideia, a UTI hoje nos dá um prejuízo de R$100 mil ao mês. Portanto, as prefeituras compram serviços do hospital. Isso quando não param de pagar ou pagam menos, como no final de 2012. Só isso somou dívidas de R$ 500 mil no final do ano. Jornal Repercussão - A Ala dos Cristais (foto acima) deve disponibilizar em breve 12 novos leitos para a comunidade. Fale sobre isso. João - A Ala dos Cristais (unidade de internação de convênios e particulares) deve ser inaugurada em breve, para atender com ainda mais excelência nossa comunidade. Além desses leitos novos, todos os quartos antigos da ala também serão reformados.

CLIMATIZAÇÃO E AQUECIMENTO ASSISTÊNCIA TÉCNICA QUALIDADE E GARANTIA EMPRESA CREDENCIADA:

FONE: 51 3064.0440 | 51 9316.3588 Av Presidente Kennedy, 308 - Centro - Sapiranga/RS

Campo Bom – A operação Trânsito Seguro da Prefeitura, promovida através do Departamento de Trânsito e que ocorre em parceria com a Brigada Militar, teve as abordagens retomadas no final de fevereiro. Desde que ela foi implantada, em 2011, foram mais de 180 mil abordagens aos condutores de veículos, independentemente se ele for automóvel, van, moto e caminhão. Uma das novidades nesta retomada de trabalho é a ampliação das blitze: saltou de duas para quatro horas, ocorrendo de segunda à sexta-feira também nas áreas periféricas do município. Conforme a Prefeitura, o Departa-

+

!

“ “

Eles comentam a operação

A comunidade tem se mostrado parceira, participativa e organizada quando o assunto é segurança pública. Campo Bom é uma cidade onde a comunidade se importa e quer ajudar a resolver. A Secretaria de Segurança Pública (SSP) possui em andamento um projeto de redimensionamento da Sala de Operações das câmeras de segurança. As mudanças implementadas devem resultar em agilidade e na redução do tempo de resposta no atendimento às ocorrências”.

Números

1.870 notificações 980

por carteira vencida

138

sem documentos

33

C N H d i fe re nte

1.381 autuações diversas 230

sem CNH Fonte: PMCB

mento de Trânsito que contava com dez agentes envolvidos nas operações, agora conta com o apoio de dois soldados da Brigada Militar. Todos os dias, os agentes escolhem um local e atuam por determinado período em um bairro.

Notas rápidas...

Aulas de Pagode Sapiranga– O Bar do Fio oferece todas as quartas-feiras aulas gratuitas a partir das 21h, com o Pagode Sem Compromisso. Informações pelo telefone 9514 4251.

RÁDIO HARMONIA FM 105.9 10 ANOS NO AR!

SITE: WWW.RADIOHARMONIA.COM.BR E-MAIL: ADM@RADIOHARMONIA.COM.BR FONE: (51) 3559- 2545 MSN: HARMONIAFM@HOTMAIL.COM

Segunda a Sexta- Feira 13horas às 16horas PROGRAMA

TARDE ESPECIAL APRESENTAÇÃO

CÁSSIA MARQUES

Capitão Luis Veríssimo Brigada de Campo Bom

Todos os meses ocorrem, em média, 110 acidentes de trânsito. Cerca de 50 destas ocorrências deixaram os envolvidos com lesões. A maioria destes acidentes têm origem no desrespeito à sinalização de trânsito, imprundência, excesso de velocidade, uso incorreto de celular. A operação visa coibir estas irregularidades e promover a conscientização da comunidade para que não coloque sua vida e a dos outros em risco.” Raul Fröelich, coordenador de Trânsito de Campo Bom

Agentes de trânsito em ação no município | Foto: Felipe Laux

Sapiranga

Hospital participará de mobilização nacional Na próxima segunda-feira (08), os Hospitais Beneficentes e Santas Casas irão promover uma mobilização nacional que prevê o bloqueio do agendamento de todas as consultas, cirurgias e exames eletivos pelo SUS nessas entidades. A reivindicação do mo-

vimento é o reajuste de 100% para os procedimentos de média e baixa complexidade da Tabela SUS. Em todo Estado, 245 entidades filantrópicas respondem por mais de 75% do atendimento SUS à população, com mais de 15 mil leitos oferta-

Heidi Maria Belau da Luz Pós-graduanda em Dependência Química e Saúde Mental Psicoterapia com casais, adolescentes, crianças e adultos

Psicóloga CRP 07/20656

8412 5298 / 3559 7741

daluzedahmer@hotmail.com Getúlio Vargas | 626 | S.01 | Centro Sapiranga/RS

dos. Segundo informação da Federação das Santas Casas e Hospitais Beneficentes, em 220 municípios do Rio Grande do Sul, o único hospital que existe é filantrópico e a maioria utiliza mais de 90% de sua capacidade para atendimento gratuito, embora a legislação exija apenas

60%. Os serviços atendimentos de urgência e emergência serão mantidos em todos os hospitais participantes da mobilização e os atendimentos eletivos estão sendo reagendados, a fim de não causar prejuízos à população.


8

especial

Repercussão

Repercussão

Quinta-feira, 4 de abril de 2013

Quinta-feira, 4 de abril de 2013

especial

9

Obra histórica em Nova Hartz 5 17 idas e impasse jurídico em Araricá Araricá e a água

Nova Hartz e a água

poços

compõem o sistema de abastecimento de água em Nova Hartz. Atualmente, todo ele é feito através de poços artesianos. A previsão da Prefeitura é mantê-los em funcionamento.

300

mil

reais é o valor aproximadado que Nova Hartz terá de retorno mensal com a implantação da tarifa de água. Valor foi divulgado à reportagem após consulta a membros da Administração.

5

mil

economias passarão por um processo de implantação de hidrômetros. Com isso, o município passará a fazer a leitura dos equipamentos e o envio das contas de água após a implantação do sistema.

3

categorias de consumo serão implementadas pela autarquia Águas da Nascente: residencial, comercial e industrial. As duas primeiras terão cinco faixas de cobrança e a industrial contará com quatro.

Água tratada | Nova Hartz conta os dias para iniciar obras e Araricá se vê preso em uma batalha jurídica Região – A espera foi longa, mas valeu a pena. O anúncio do governo federal de que o município de Nova Hartz terá recursos para obras na área de abastecimento de água deixou o prefeito e lideranças locais eufóricos. Não é para menos. Serão R$ 14.500.158,08 para construir um sistema de abastecimento adequado às necessidades da população.   Para o superintendente da autarquia Águas da Nascente, de Nova Hartz, e uma das pessoas que acompanha todo o processo desde o princípio, Mauro Pereira, a conquista destes recursos é extremamente importante e permitirá ao município, no futuro, lutar pelo segundo objetivo. “Estes R$14,5

!

milhões vêm a fundo perdido, ou seja, o município não precisará devolvê-lo à União. Poderemos fazer caixa para outro sonho, que é oferecer o tratamento de esgoto”, explica.   Conforme o prefeito, Arlem Tasso (PT), a expectativa do município é iniciar o processo licitatório para contratação das obras e serviços para a implantação de uma adutora na divisa com Parobé até a área urbana de Nova Hartz, no segundo semestre.   Quando todas as redes estiverem concluídas a Prefeitura, através da autarquia, gerenciará todo o sistema. “Aumentaremos o patrimônio da Prefeitura com esta obra e melhoraremos a qualidade de vida dos moradores”, destaca, Mauro Pereira.

Nova Hartz se modifica

g Ficará sob a responsabilidade da autarquia os consertos nas redes. Porém, como destaca Mauro Pereira, por se tratar de um sistema novo, a necessidade de reparos será baixa. g Parte do recurso será utilizada para refazer calçadas e ruas, que por ventura, sejam necessárias abrir. g O diretor da autarquia destaca que os poços existentes nas áreas institucionais não serão desativados. “Apenas aqueles que possuem pouca profundidade

e geram risco de contaminação serão fechados”, explica. Entretanto, o diretor comenta que não está descartada uma ação conjunta mais abrangente sobre o tema com o Ministério Público (MP). g Em breve, a autarquia Águas da Nascente terá sua sede administrativa própria. Um dos locais analisados fica próximo da rodoviária. g Nova Hartz terá mais dois reservatórios: um no Loteamento Brusius e outro no Arroio da Bica.

Entrevista com

diárias são realizadas todos os dias por um funcionário da Prefeitura de Araricá até o poço de onde é retirada a água que abastece as 50 famílias que dependem do serviço ‘porta a porta’.

Arlem Tasso (PT)

Prefeito de Nova Hartz

N

N

Com licitação embargada, Araricá (foto) precisa abastecer reservatórios de água para cerca de 50 famílias | Foto: Deivis Luz

Com cerca de cinco mil economias, Nova Hartz prevê um acréscimo na sua arrecadação. Com o pagamento de uma tarifa de água (que ocorrerá somente após a conclusão total das obras), há cálculos indicando que o município terá um retorno de R$ 300 mil por mês, ou seja, R$ 3,6 milhões de reais em apenas 12 meses.

Em 2010, no governo do ex-prefeito Antonio de Souza, foi aprovada uma lei apontando o valor que será cobrado de cada categoria de consumo (confira tabela ao lado). Haverá cobrança de tarifa social para famílias inscritas no Bolsa Família e que recebam um salário mínimo, entre outras exigências. A solicitação deve ser pedida à Águas da Nascente.

brança de tarifa de água deverá ocorrer ainda este ano? Como driblar posições contrárias a esta cobrança?   Arlem Tasso - Economias atendidas por poços comunitários estão sendo catalogadas e dentro de alguns dias será instituída a tarifa social para eles. No decorrer da instalação do sistema de água tratada qualificaremos redes, novas serão instaladas, assim como, os hidrômetros que farão a medição do consumo de cada economia. A população clama por um sistema de água, e não pensará duas vezes

em pagar para ter uma água de boa qualidade.   Jornal Repercussão – Quando será realizada a licitação para a construção da adutora da divisa de Nova Hartz até a área urbana?   Arlem Tasso - Este projeto foi encaminhado pela Corsan para o Ministério das Cidades. Há um prazo de 120 dias para encaminhar estes projetos para a Caixa Econômica Federal para análise. Posteriormente ocorre a liberação para ini-

ciar o processo de licitação para contratação das obras e serviços.     Jornal Repercussão – A partir da conclusão da licitação, da ordem de início assinada, acredita que a obra, de fato, inicie quando?   Arlem Tasso - A previsão é de que poderemos lançar o edital de licitação

Tabelas de apuração do valor da fatura mensal Categoria Faixa

Consumo (M³)

Valor (R$)

Residencial e poder público

1 2 3 4 5

0 à 10 11 à 25 26 à 40 41 à 50 Acima de 50

19,31mínimo 2,98 por m³ 3,93 por m³ 4,78 paor m³ 5,47 por m³

Comercial

1 2 3 4 5

0 à 10 11 à 15 16 à 40 41 à 50 Acima de 50

24,95 mínimo 3,36 por m³ 4,47 por m³ 5,11 por m³ 5,63 por m³

Industrial

1 2 3 4

0 à 15 16 à 30 31 à 100 Acima de 100

53,80 Mínimo 4,82 por m³ 6,55 por m³ 7,44 por m³

Araricá aguarda juíza

Autarquia arariquense

Araricá - O prefeito Sergio Machado está no meio de um imbróglio jurídico. Uma das empresas que participava da concorrência pública entrou com um mandato de segurança, pedindo a suspensão da licitação, que faria a contratação da empresa para a construção de redes e poços para o abas-

  Desde 2010, os arariquenses também criaram a sua autarquia - a Companhia Municipal de Abasctecimento de Água. Através dela, futuramemente, também será possível colocar em prática a instalação de hidrômetros nas residências, e consequentemente, tarifar o uso da água. A implantação do

tecimento, em 2012. “Abri novo processo este ano e agora, aguardo autorização da juíza da Sapiranga para poder anunciar a empresa vencedora”, explica. Sergio Machado está otimista e acredita que até o final do mês poderá anunciar a empresa que será autorizada a fazer obra.

  Jornal Repercussão – Como será o acompanhamento junto à autarquia Águas da Nascente?   Arlem Tasso - Será criado um grupo de trabalho. Ele será composto por mim, o superintendente da autarquia (Mauro Pereira), o secretário de Habitação e Meio Ambiente, o secretário de Planejamento Urbano e Captação de Recursos e por técnicos das secretarias. As reuniões serão semanais.     Jornal Repercussão – Acredita que a co-

sistema em Araricá custará R$ 6,530 milhões, através da construção de três poços artesianos, adução, reservatório de 500 metros cúbicos e rede de distribuição. “O projeto contempla 100% a área do município e os novos poços ficarão nos bairros Morada Nobre e da Canoa”, cita Sergio.

Entrevista com

Sergio Machado (PMDB)

Prefeito de Araricá   Jornal Repercussão - Qual o estágio do processo para a contratação da empresa que fará o sistema de abastecimento de água?   Sergio Machado O Tribunal de Contas impugnou a licitação e uma nova foi aberta. Aguardo autorização da juíza do Foro de Sapiranga para divulgar a empresa vencedora e que será responsável após a conclusão deste novo processo.   Jornal Repercussão - Há previsão de construir novas redes?

  Sergio Machado Sim. Os reservatórios, redes e poços atingirão toda a zona urbana.   Jornal Repercussão - Como funcionará a autarquia municipal?   Sergio Machado - Ela será estabelecida até 2014 e seguirá os modelos da Comusa e Semae, com soberania e autonomia. O secretário de Planejamento, Luciano Alves da Silva, será um dos membros, assim como a comunidade.   Jornal Repercussão - De que forma

o prefeito trabalha o projeto de tarifação?   Sergio Machado Há estudos econômicos sobre o tema. Trabalhamos com uma tarifa mínima. Por ser um sistema novo, ela não dará manutenção. Por exemplo, se eu cobrar R$ 10 de duas mil economias, daria R$ 20 mil mês. Em cinco, vou captalizar esta empresa, que será saudável financeiramente. Quero trabalhar com valores baixos. Mas, farei um estudo de impacto financeiro através da Secretária de Planejamento.

  Jornal Repercussão - O que o morador que não tem água hoje pode esperar da Prefeitura?   Sergio Machado Tenho responsabilidade e a comunidade receberá água tratada nos primeiros 18 meses de governo.

240

mil

mil reais é o valor que a autarquia poderá ter em caixa por ano, caso a tarifa mínima de água, fique em torno de R$ 10. Este valor pode aumentar conforme o consumo e o crescimento do município.

50 mil

litros horas será a capacidade de captação de água dos poços artesianos em Araricá. Este volume de água garantirá o abastecimento para toda a população, inclusive às famílias que dependem do serviço ‘porta a porta’.

10

anos é o tempo que o sistema de abastecimento de água de Araricá, após a sua implantação, terá de autonomia. A sua instalação melhorará a qualidade de vida da população.


esportes

Os interessados em participar do 4º Torneio de Canastra de Duplas de Campo Bom têm até 12 de abril para se inscrever.” Cleber Nunes, da diretoria de Esportes de Campo Bom

Jornal Repercussão | 4 de abril de 2013

Pista de Bicicross está parada desde 2011 Eles comentam a situação

“ “

Cobrança | Praticantes cobram obras da pista paradas desde 2011, por motivos ainda desconhecidos

Jornal Repercussão | 4 de abril de 2013 | pág. 10

Sapiranga – “O Bicicross é o esporte mais família que existe” – Assim, o presidente do Departamento de Bicicross de Sapiranga, Vanderlei Piltz, inicia suas considerações sobre a importância deste esporte para sociedade. Cerca de oito familiares de Piltz, entre filho, sobrinhos e irmão, fazem parte desta modalidade, que cada vez mais, angaria premiações para o município. Para que haja esta integração familiar, os praticantes do esporte se dirigem no mínimo três vezes por semana à sede do Clube 19 de Julho, durante a noite, para praticar, em função das diversas competições que participam, sejam elas estaduais ou nacionais. No ano de 2010, Vanderlei, então presidente da Federação Gaúcha de Bicicross, solicitou junto à Administração Municipal de Sapiranga, que fosse construída uma pista

para a prática do esporte, no Parque do Imigrante, melhorando a mobilidade dos alunos. Além disso, outro objetivo era promover projetos infantis no contraturno escolar, para crianças e adolescentes que se interessassem pelo esporte. Foram captados recursos do Governo Federal, através da Deputada Federal Manuela D’Ávila, além de uma contrapartida do município, totalizando R$ 148 mil. A intenção inicial era, com toda a estrutura do Parque, sediar até mesmo competições internacionais. A alegria durou pouco. Poucos meses após o início das obras (2011), o projeto estagnou. Os motivos pelo qual isso aconteceu, ainda são desconhecidos, mas o contato do Departamento com a atual Administração, necessita ser retomado, para que com o menor tempo possível, possa haver continuação do projeto.

Tínhamos no ano passado, cerca de 40 alunos. Agora estão no esporte cerca de 25, em função da dificuldade de deslocamento até a sede do Clube 19 de Julho. “

Queremos a pista pronta logo. Precisamos de um lugar melhor para treinar. Este é um bom lugar e já está quase pronto. Precisamos de atenção com este projeto.“

Vanderlei Piltz, Pres. do Dep. de Bicicross

Lucas Freitas, Campeão Gaúcho de Bicicross

!

N

Atual pista de Bicicross no Parcão | Foto: Deivis Luz A Administração Municipal afirmou que a obra não poderá ter continuidade no Parque do Imigrante pois, em função do tempo que está parada, está deteriorada. Além disso, a intenção é construir junto a um parque que está sendo projetado no Bairro São Luiz, com fácil acesso para todos. Ainda segundo a prefeitura, é necessário pensar na cidade como um todo, pois o Parque do Imigrante está com um espaço reduzido para as crianças e projetos escolares, como a Escolinha de Trânsito, por exemplo.

Curiosidades

g Dentre os participantes do esporte no município de Sapiranga, há campeões regionais, estaduais e até mesmo nacionais. g As idades dentro da modalidade são variadas, desde seis até 44 anos. g Destes 25 atletas, 19 são do sexo masculino e seis são do sexo feminino. g Todo o custeio das

provas e competições que o Departamento participa, é do próprio bolso. g Um piloto gaúcho corre por Santa Catarina pois no Estado, atualmente, o apoio é mínimo. g A adequação da Pista de Bicicross ajudaria a incluir mais jovens para este esporte, que é pouco valorizado pela sociedade sapiranguense.

Fique bem informado sobre o que é destaque na cidade e região!

Assine e receba em sua casa/empresa todas quintas-feiras o Jornal Repercussão! Ligue (51) 3064.2664 ou e-mail: comercial@jornalrepercussao.com.br

Repercussão Quinta-feira, 4 de abril de 2013

+

Notas rápidas...

Campo Bom

Domívio lembrado O Legislativo campo-bonense vai homenagear no próximo dia 24 de Abril, Domívio Libério da Silva. Ele foi secretário da Saúde e Ação Social, vereador por 10 anos e fundou a ACCAN.

giro dos municípios

11

Nova Hartz

Campo Bom

Visita à obras

Coleta ampliada

O prefeito Arlem Tasso, acompanhado do vice prefeito, Nelson Bauer, visitou na última semana as obras de Pavimentação da Rua Igrejinha, que estão em fase de conclusão. Com um investimento de R$ 311.735,65, um trecho de 430 metros de extensão recebeu pavimentação asfáltica (CBUQ), além da canalização e drenagem pluvial.

Funcionários do Lar São Francisco e lideranças municipais reunidas | Foto: Reprodução

Sapiranga

Melhorias no Lar São Francisco A Prefeitura realizou melhorias no Centro de Atendimento São Francisco. A casa recebeu novas instalações elétricas, o calçamento do pátio, uma

pracinha de brinquedos, uma sala de brinquedos e uma sala de informática, além da reforma dos banheiros, da aquisição de sofás, entre outros.

Sapiranga

Palestra sobre Imposto de Renda A Ascontábil (Associação dos Contabilistas de Sapiranga), juntamente com a Delegacia do CRC da cidade, promovem na próxima segunda-feira (09) uma palestra sobre Imposto

de Renda Pessoa Física. A atividade ocorre na sede da ACISA ((Rua Coronel Genuíno Sampaio, 358, Centro), das 19h até às 22h. Inscrições no site www.crcrs.org.br

Cacotreco | Foto: PMCB

Móveis, eletrodomésticos, eletrônicos e pneus que a comunidade não usa mais, têm destino certo em Campo Bom. O programa Cacotreco, da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Sema), recolhe estes materiais. O objetivo é acabar com o depósito inapropriado de matérias nas vias públicas e ajudar o meio ambiente.


12

dia a dia

Repercussão Quinta-feira, 4 de abril de 2013

Viaduto de Sapiranga é alvo de imprudência Reformas | Após reformas para melhor trafegabilidade no viaduto, condutores realizam manobras arriscadas Sapiranga – Com o objetivo de melhorar a trafegabilidade de veículos, ciclistas e pedestres, a antiga Administração de Sapiranga realizou obras no viaduto de acesso ao bairro São Luiz, no último ano. Nas mudanças, a Avenida Presidente Kennedy passou a ter sentido preferencial. O acesso principal para quem vem de Novo Hamburgo, se dá com retorno livre por baixo do viaduto, entrando na Rua Victor Meireles ou avenida Sete de Setembro. Dentre todas as mudanças no tráfego, a adequação que mais causa transtornos é a proibição de converções à esquerda. Os condutores desrespeitam a sinalização e realizam manobras de alto risco, podendo inclusive ocasionar acidentes graves.

+

Além disso, algumas partes da obra estão inacabadas, como jardinagem, finalização dos cordões, entre outros. A Secretaria de Planejamento Urbano, afirmou que já possui um projeto para construção de passeio público e a revitalização daquela área para qualificar a passagem de veículos e pedestres e a melhoria de um dos pontos de entrada da cidade. Ainda segundo a Secretaria, já foi solicitado à EGR, concessionária da rodovia, para que faça as melhorias ou que autorize o Município a fazê-las, mediante programação orçamentária. Outras medidas estão sendo tomadas pela Administração, como a limpeza regular do local, através de um caminhão pipa, por exemplo.

Notas rápidas...

Ele explica a situação

N

Motorista cometendo infração de trânsito no viaduto da São Luiz | Foto: Bruna Chilanti

Antes das reformas no viaduto | Foto: Reprodução

Região

Willmutt

Sapiranga - O Clube 19 de Julho, que estava interditado após a fiscalização realizada pelo Corpo de Bombeiros em todas as casas noturnas do município, já realizou adequações e está apto para festas. A fiscalização liberou o funcionamento do local na última quinta-feira (28). As operações ocorreram em função da tragédia na cidade de Santa Maria, onde mais de 240 jovens morreram.

O alemão dos trotes telefônicos - o Willmutt - se apresenta no Teatro Feevale, dia 13, às 20 horas. Os ingressos custam entre R$ 30 a R$ 80 e a apresentação tem 90 minutos de duração.

Luciana Benetti Rohden Psicóloga Clínica CRP 07/13276

Psicoterapia Familiar e de Casal Mediação de Conflitos Consultórios: Campo Bom - Av. Willy Reichert, 487 Sapiranga - Rua São Pedro, 284 - Sala 03 Fone: (51) 9201-5343

Convênios e Particulares Descontos para Pacotes de Consultas

Delso Ivan Civa Secretário de Segurança Pública e Mobilidade Urbana

Para quem vem do bairro São Luiz e necessita seguir pela RS-239, o tráfego deve ser realizado pela Rua Liberato Salzano Vieira da Cunha, ingressando na rodovia através do retorno livre por baixo do viaduto, seguindo pela lateral em direção à Novo Hamburgo.

Clube 19 de Julho

Psicoterapia Individual

“Nesta semana serão retirados os cocurutos para ser colocado concreto na altura dos cordões em toda a extensão daquela abertura que liga a lateral do viaduto. Ou seja, vamos solucionar este problema que põe em risco a vida de muitas pessoas”.

COMÉRCIO E TRANSPORTE

Tintas prediais Produtos p/ piscinas

3599.5115

Duque de Caxias, 222 - Esquina Av. Mauá

0800-7049445 SAPIRANGA (51) 3599.2429 CAMPO BOM (51) 3598.2768

Repercussão Quinta-feira, 4 de abril de 2013

dia a dia

13

Pessoas e ideais mudam imagem do Rio dos Sinos Cururuay | Ações em prol do meio ambiente unem parceiros no Vale do Sinos

C

ururuay - nome dado pelos indígenas ao Rio dos Sinos. Rio este que cada vez mais está poluído, prejudicando a saúde de quem dele sobrevive. É com este pensamento que o Projeto Cururuay está desde o ano de 2010 na batalha para melhorar as condições da água que banha a nossa região. É através de palestras educacionais, plantio de mudas, multirões para retirada de lixo dento do próprio Sinos, que a Organização Não Governamental (ONG), leva para as mais diferentes faixas etárias, a importância de se preservar os meio ambiente. Ou seja, trata-se de um mega projeto para a recomposição de toda a mata ciliar da bacia hidrográfica dos Sinos, através da produção em massa de mudas nativas, a partir de horto sementeiro mecanizado, para a produção de 6 milhões de unidades nos seus 1500 km de margens. Nascendo nos morros do município de Caraá, litoral norte gaúcho, o Rio dos Sinos percorre cerca de 190 km, desembocando no delta do Jacuí, no município de Canoas, numa altitude de apenas 5 metros. O Sinos, colonizado por alemães, banha diversos municípios do Estado, sendo ele o principal para o Vale dos Sinos. No ano de 2006, ocorreu no Rio um grande desastre, que causou a morte de no mínimo um milhão de peixes, em plena época de desova e reprodução. Esta foi considerada a pior tragédia ambiental dos últimos 40 anos em todo o Rio Grande do Sul.

ELE EXPLICA

A maior dificuldade numa ONG é a financeira. Os mutirões que realizamos até hoje, são bancados com doações espontâneas de sacos de lixo, luvas. Até hoje, nunca recebemos um centavo oriundo dos poderes executivos municipais. Contamos sempre com a ajuda de parceiros e da própria mídia”. Renato Wallauer Presidente da ONG Cururuay

Trabalhadores e voluntários durante um dos inúmeros multirões de limpeza no Rio dos Sinos | Foto: Divulgação

!

A diversidade no Rio dos Sinos

VITRINE ECO (Ivoti) É um site que traz informações sobre sustentabilidade e ao mesmo tempo divulgar instituições e empresas que sabem da importância de práticas sustentáveis. Isso se dá através da comercialização de pixels como forma de publicidade. O grande diferencial é que a cada 100 pixels comercializados uma árvore será plantada através do “Projeto 100 pixels 1 Árvore”.

PEIXES MAIS COMUNS Cará, Lambari, Grumatã, Mussum, Barrigudinho, Viola, Joaninha, Cascudo, Cascudo dourado, Cascudo branco, Voguinha, Plava, Mandi, Limpa Fundo, Voga, Peixe-Lápis, Piava, Pintado, Dentudo, Sardinha, Jundiá, Limpa-vidro, Tambota, Dourado. MATA CILIAR Ingá, Salgueiro, Sarandi, Açoita-cavalo, Corticeiros, Chapéus-de-couro, Bromélias, Orquídeas, Trepadeiras, Unha de gato, Chá-de-bugre, Paudarco, Cipós, Gramíneas, Ervas arbustivas, entre outros.

O Rio dos Sinos em números

 

190

quilômetros de percurso;

2

milhões de pessoas abastecidas por ele

Algumas ações da ONG

3

32

municípios banhados por suas águas

mil quilômetros de rios secundários e arroios;

Fonte: IBGE 2010

ECO PARANHANA Consiste na atividade de fazer um viveiro para produção de mudas nativas. PALESTRAS O presidente, Renato Wallauer, palestra em Comitês de Bacias, para entidades, colégios e associações. O obejtivo é falar sobre sustentabilidade, hábitos e costumes, condutas sócio-educativas, atitudes renováveis, além de quesitos sobre biodiversidade, ecossistemas, biomas e previsões para daqui a 20/30 anos. Primeiro, conheça a nossa ONG pelo Twitter - www.twitter. com/projetocururuay, no blog - www.projetocururuay.blogspot.com, e no Facebook - renatowallauer@hotmail.com.


jornal

O nosso espetáculo é composto por seis personagens diferentes. Como já diz o nome, venha conferir e GARGALHE-SE!”

DiverCidade “De 4 é bem melhor” chega em Sapiranga Humor | Lucas Krug interpreta seus melhores personagens Sapiranga – No próximo dia 12 de Abril, o espetáculo “DE 4 É BEM MELHOR”, do ex componente do “Primeiro as Damas”, Lucas Krug, estará em cartaz no Centro Municipal de Cultura, Lúcio Fleck, em Sapiranga, a partir das 20h30. O ator e comediante está de volta aos palcos com o stand up, de um grande show que mistura humor, interpretação, música e vídeos engraçados, sendo uma união de seus melhores personagens: Seu Cúcar, Frederico Alberto, Gaudério Fagundes e Lindoval Colosso. Os ingressos podem ser adquiridos antecipadamente na Loja Catarinense, Dispa, Bar Brasil Café e no Centro de Cultura, ao valor de R$ 25, ou na hora R$ 30. Mais informações pelo telefone 3959.1033 ou 3024.2409.

!

Sinopse

Personagem Gaudério Fagundes | Foto: Reprodução

N N N N

LINDOVAL COLOSSO – Velhote metido a garotão, sofre com o complexo de ter um membro avantajado. FREDERICO ALBERTO – Adolescente nerd, super protegido pelos pais. Motivo de muita sacanagem dos amigos e colegas de escola. GAUDÉRIO FAGUNDES – Cantor, compositor e símbolo sexual, Fagundes é o representante do tradicionalismo gaúcho. SEU CÚCAR - Velho ranzinza e desbocado, aposentado com 98 anos. Vive indignado com a situação da terceira idade.

Foto: Reprodução Lindoval Colosso comanda o grande show da noite: DE 4 É BEM MELHOR. Um grande espetáculo que mistura humor, música, vídeos cômicos e a volta de Frederico Alberto (diretamente da Escolinha do GUGU, TV RECORD), Seu Cúcar e Gaudério Fagundes, que fizeram sucesso no espetáculo “Primeiro as Damas”. Se 3 já era bom, de 4 é bem melhor!

Sapiranga

Jornal Repercussão | 4 de abril de 2013 | pág.14

“Gargalhe-se” no Centro de Cultura Sapiranga– O Centro Municipal de Cultura Lúcio Fleck, está sendo palco de grandes peças teatrais, buscando sempre diversificar as atrações. Com isso, no próximo dia 7 de Abril, estará em cartaz o espetáculo de stand up GARGALHE-SE, a partir das 20h. Inspirado em assuntos e situações do cotidiano, o espetáculo apresenta seis personagens que, com certo exagero, contam suas histórias de modo caricatural e pro-

metem arrancar muitos risos da plateia. Um pedreiro, um francês, um pastor evangélico, uma psicóloga, uma cantora gaúcha e uma menina de 7 anos são os personagens interpretados por Taiana Ellwanger e Odair Weisheit, que compõem o elenco do espetáculo. Ingressos antecipados podem ser adquiridos nas Lojas Taqi, Na Graça e Centro de Cultura no valor de R$ 12. Na hora o ingresso custará R$ 15.

Gargalhe-se é dia 7 no Centro de Cultura | Foto: Divulgação

Repercussão Quinta-feira, 4 de abril de 2013

repercutindo...

15

Campo Bom, Sapiranga, Araricá e Nova Hartz

Louize Wasem

Odair Weisheit, Ator e Humorista

louizewasem@gmail.com

Homero Schuch

Júnior da Silva

Notícias religiosas e doutrinas SAPIRANGA Igreja Aliança Bíblica (Rua 7 de Setembro, 213A , Centro). Cultos em domingos às 19h30. Comunidade Evangélica de Confissão Luterana em Sapiranga (Rua Vinte e Oito de Fevereiro, 354, Centro). Domingo às 9 horas e às 19h. Igreja do Evangelho Quadrangular (Rua Vital Brasil 261, Vila Irma). Cultos as terças, às 20 horas, Culto de Oração. Na quarta-feira, às 20 horas. Sábado às 19h30 Culto Jovem e no domingo às 19h30 Assembleia de Deus (Rua Rolante, 400, Amaral Ribeiro). Terça às 20 horas, culto. Quinta às 19h libertação. Sábado às 19h30 culto jovem. Domingo às 9 horas escola dominical, às 10 e 19h30 Culto da Família. Ministério Internacional da Colheita (Av. 20 de Setembro, 3365, Centro). Quarta-feira às 19h30. Sábado às 20 horas Culto Jovem. No domingo às 19 horas Ceia do senhor. 1ª Igreja Batista em Sapiranga (Rua Alfredo Deodoro Reich, 165, centenário). Domingos cultos às 19h30. Terças-feiras cultos de oração às 19h30. Ciranda de Luz. sábado (06), às 19h30, A Terapêutica do Perdão - Raquel de Castro. Segunda-feira (8), às 19h30, O Espírito e a Mente Emocional - Cátia Santos Dois Irmãos, Quarta-feira (10), às 15 horas, Não Saiba Vossa Mão Esquerda o Que dá Vossa Mão Direita - Eneida Correa - Porto Alegre. Paróquia São Luiz Gonzaga (Rua Liberato Salzano Vieira da Cunha, 805, São Luiz): MISSAS: Quartas, sábados e domingos, às 19 horas. Toda 1ª sexta do mês, às 16 horas, missa do Apostolado da Oração. Capelas: Nossa Senhora Aparecida, na Vila Irmã, domingo às 9h30. Sagrada Família, no Piquete, domingo às 9h30. Santo Inácio de Loyola, sábado às 19 horas. São Miguel, no São Luiz, domingo às 8 horas. Santo Antônio, no Porto Palmeira, no 1º e 3º sábado, às 16h30. ARARICÁ Paróquia Nossa Senhora da Conceição (Rua Rodolfo Dreyer, 266, Centro). Missas

nas quintas-feiras, às 19 horas. No 1º sábado do mês, às 19h e aos domingos, às 8h. Capelas: Nossa Senhora Aparecida (Rua da Várzea, 860, bairro Imperatriz). Missas no 1º sábado do mês, às 16 horas. No 3º e no 4º domingo do mês, às 9h30. Santa Paulina (Rua José Apolônio da Costa, 690, Bairro Estação). Missas: 1º domingo do mês, às 9h30. Nossa Senhora do Rosário (Rua dos Coqueiros, 360, Vila Rech). Missas: No 4º sábado do mês, às 16 horas. No 2º domingo, às 9h30. São Pedro (Rua Salão Queimado, 250, Porto Palmeira) no 2º sábado do mês, às 16h30. NOVA HARTZ Paróquia Nossa Senhora de Lourdes (Rua Arnoldo Wirth, 16). Segundas às 19h30 (RCC). Quartas e sextas missas às 19 horas. No sábado às 18h30 e domingo às 8 e as 19 horas. Capelas: Três Mártires, no Liberdade, no 2º sábado do mês, às 17 horas. São José, no Arroio da Bica, aos domingos, às 8 horas. Cristo Rei, na Vila Nova, aos domingos, às 9h30. Santa Luzia, no Canto Kirsch, sempre no 3º sábado, às17 horas. São Cristóvão, no bairro Canudos, no 1º e 3º sábados, às 17 horas. Santo Antônio, no Imigrante, aos sábados, às 18h30. Nossa Senhora de Fátima, no Liberdade, no 4º domingo, às 9h30. São Luiz Gonzaga, no Campo Vicente, aos domingos, às 9 horas. Nossa Senhora da Conceição, no Centro, quintas-feiras às 19 horas, aos domingos às 8 horas e no 1º sábado do mês, às 19 horas. Nossa Senhora Aparecida, no Imperatriz, no 1º sábado do mês às 16 horas, no 3º e 4º domingo às 9h30. Santa Paulina, bairro Estação, no 1º domingo do mês, às 9h30. Nossa Senhora do Rosário, na Vila Rech, no 2º domingo, às 9h30 e no 4º sábado do mês, às 16 horas. Igreja do Evangelho Quadrangular, Centro, 3565-2366. Paróquia Evangélica Nova Hartz - I.E.C.L.B, 3565-1123 CAMPO BOM Paróquia Santa Terezinha segunda a sexta-feira às 18h30, sábado às 18 horas e domingo as 8 e 19 horas. Assembleia de Deus sempre nas terças, quintas e sábados às 20 horas. Domingo às 19h30. Comunidade Evangélica nas quartas às 19h30 e domingo às 9 horas.

1

Em recente evento de comemoração, a bela Renata Marques com a mãe Mariza Marques.. Muitas “beauties” se reuniram no espaço Toque & Retoque em Taquara, para conhecerem novidades em construção, acabamentos e decoração, regada a muita champagne e delícias. O ambiente no melhor estilo Rafiné” (chique e elegante) foi ponto de memoráveis encontros de amigas...

2

1

FESTA

do Sapato está chegando....Na última semana a Equipe de trabalho reuniu-se para encontro de ajustes de ideias e ações. Foram cerca de 70 pessoas que retomaram seus postos nesse evento que é a marca do voluntariado em Campo Bom. À frente da Fundação Cultural de Campo Bom, entidade promotora da festa, está Débora Trieweiler, que junto a vários comitês irá coordenar o evento agendado para 30 de maio a 3 de junho, no Largo Irmãos Vetter. Magda Della Nina, coordenadora executiva destaca que em abril será intensificada a divulgação. Uma das novidades nesse ano são os perfurates (adesivos translúcidos), que podem ser visualizados no vidro traseiro de veículos que já aderiram a ação... Fazer uma festa desse porte e qualidade com “voluntariado”...é TRÈE CHIC...

2

Vitor Rosa

Otávio Conci

Bebê a Bordo... Explodindo... de alegria o casal “Explosão Eventos” Flávio dos Santos e Leila Gomes aguardam ansiosos a chegada da pequena Brenda, que nascerá em junho. A Empresa Explosão Eventos já está completando 4 anos, levando animação e alegria a Festas e comemorações, e com um variado cast de profissionais.

3

Comemorando mais um “happy birthday”...seus 28 aninhos a bela Simoni Goeller Kohlrausch, na foto com Douglas Dieter no melhor clima “in love”. Vale lembrar que Simoni foi Rainha Das Rosas no ano de 2000...e vale o dito “ Uma rainha nunca perde a majestade”...

4

O conhecido Dj Cleber Morais que desde 2009 assumiu a linha eletrônica, tem agendado vários eventos na região e no estado. Conhecido pela sua alegria e positividade tem seus set’s marcantes, onde predomina as influências de grandes produtores tais como Davi Guetta, Tiesto, Fatboy Slim...entre outros. Seu estilo é “high”... sempre em alta...

5

5 3

O belo e aconchegante espaço Bavária e que além de tudo é destaque na gastronomia da região leva muitos grupos e casais a curtirem as noites, que com a chegada do outono passam a ser ainda mais aprazíveis. O casal campobonense Jucelaine Maurer e Josué Metz , marcaram presença no espaço.

4 RESTAURANTE

CAIRÚÚ

O sabor autêntico da comida caseira

Reservas para para Festas: Festas: Reservas Aniversários Batizados Casamentos Primeiras Comunhões

3599.2350

Rua Tiradentes, 228 | Centro - Sapiranga/RS

Fique por dentro das nossas novidades! Acompanhe-nos pelo

facebook.com/lojainverso Av. Presidente Kennedy, 26 - Centro - Sapiranga - Fone: 3039 4595

HRN.COM.BR

jornal


Veja antes as notícias da região em nossos canais no Facebook e na web

facebook.com/jornalrepercussao

Quinta-feira, 4 de abril de 2013

Kerb Von Centenário é neste final de semana Festividades | Comunidade do Bairro Centenário comemora mais um ano de Kerb, com muita tradição e alegria Sapiranga – Neste sábado (07) ocorre a 13ª edição do Kerb Fest Von Centenário, o Kerb da Integração, no Bairro Centenário, em Sapiranga. A festividade inicia já na sexta-feira (06), a partir das 20h, com bailes e janta, no Clube Atiradores. Os ingressos podem ser adquiridos antecipadamente no local ao valor de

R$ 22, ou na hora R$25.   Já no sábado, o evento inicia às 11h30 com o Almoço de Kerb. Após haverá um baile com apresentação dos Reis do Kerb, e a animação fica por conta da Super Banda Hopus. Os ingressos podem ser adquiridos antecipadamente no local ao valor de R$ 18, ou na hora R$20.

11ª Gincana dos Bairros é atração Ansiedade | Competidores estão ansiosos por completar provas Campo Bom – A Gincana de Bairros já está movimentando a cidade, com oito equipes participantes da 11ª edição, que ocorre até o dia 20 deste mês. Na noite de terça-feira (26), quando foram passadas as primeiras quatro tarefas da competição, os gincaneiros receberam provas inéditas, entre elas, atividades simples, outras, com grau mais alto de dificuldade.   As tarefas são das mais diversas modalidades, entre elas a realização de serenatas até elucidação de charadas, quebra-cabeças, jogos de lógica e de atenção. Todas as provas da Gincana serão divulgadas pela rádio Cinderela e também por meio do blog do evento (www.gincanadebairrosdecampobom. blogspot.com.br).

Moradores recebem tarefas. Vencedores saem dia 20 de abril | Foto: Bruna de Bem

!

Confira uma parte da programação

g 6 de abril: 1ª etapa das serenatas: 9h30min Desfile das Equipes - saída do CEI 12h Festa da Vizinhança 20h Escolha das Soberanas – Largo Irmãos Vetter g 9 de abril: 2ª etapa das serenatas: 19h - Quem faz: Unidos da Metzler. Quem recebe: Os Genuínos (Rua Prudente de Morais, 33).

20h30min - Quem faz: Rio. Quem recebe: Equivida (Rua 17 de Abril, 476). g 10 de abril: 2ª etapa das serenatas: 9h - Quem faz: Aliança. Quem recebe: Dona Celeste (Rua Felipe Bauer, 85). 20h30min - Quem faz: Amigos da Sta. Lúcia. Quem recebe: Paulista (Rua Marechal Deodoro, 249).

Campo Bom

CDL faz doações

Reis do Kerb se apresentam no sábado | Foto: Reprodução

A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Campo Bom, promoveu momentos de alegria para cerca de 90 crianças e adolescentes do Lar Colméia, no último sábado (30). Com doações de associados e comunidade, quase uma centena de kits de Páscoa foram entregues para os pequenos. Os interessados em também realizar doações para o Lar podem entrar em contato pelo telefone (51) 8468-3215, com o diretor Telmo. Uma centena de kits foram entregues | Foto: Divulgação


Jornal Repercussão