Issuu on Google+

Ano XX - Nº 814 | Belém, 19 a 26 de agosto de 2011 | Preço: R$ 1,00

NOVA COLUNA

Fundador: Sillas Assis

“SABEMOS QUEM SÃO OS TUBARÕES DO CASO ALEPA”

O Promotor do MP, Nelson Medrado revela, em entrevista exclusiva ao JP, que sabe a identidade dos responsáveis no caso ALEPA. PÁGINA 04

DILMA ESTREIA NO JORNAL POPULAR COMO COLUNISTA A presidente Dilma estreia no Jornal Popular respondendo as questões dos paraenses. Mande suas perguntas, participe da edição. Agora você tem um canal direto com a presidenta de Brasília para o Pará

PÁGINA 02

MUNICÍPIOS

DESVIO DE VERBA NO MUNICÍPIO DE ANAJÁS

Desvio de verbas, em Anajás com notas fiscais não aprovadas pela Controladoria Geral da União.. Até o momento a prefeito da cidade, Edson Barros, não justificou suas ações.

PÁGINA 14

OPORTUNIDADE

BOLSA DE R$ 11 MIL PARA ALUNOS DA UFPA.

Alunos matriculados em cursos regulares de graduação da Universidade Federal do Pará já podem participar da seleção de bolsas do Programa Fórmula Santander. A bolsa é de R$ 11 mil.

GASTHÃO

RICÃO: Com um balanço mais maquiado do que o rosto da Lady Gaga, os resultados contábeis daquele clube paraense. Suspeita de caixa dois PÁGINA 07 PARÁ TERÁ UMA NOVA UNIVERSIDADE O estado do Pará será um dos estados a ser beneficiado com a terceira etapa da expansão da educação superior, que compreende a criação de quatro universidades federais que serão instaladas no Pará, no Ceará e na Bahia. Também haverá a abertura de 47 campus universitários.

PÁGINA 2O

PÁGINA 08

REDE CULTURA VA GRAVAR 100 BANDAS PARAENSES A Rede Cultura vai gravar 100 bandas. As bandas estão registrando suas músicas no Estúdio Edgar Proença, da Rede Cultura de Comunicação, ao longo desta semana. As gravações são realizadas em parceria com o CCAA Fest, evento que há seis anos divulga e premia bandas paraenses. A Rede Cultura transmitirá ao vivo a final do festival, no dia 22 de outubro.

PÁGINA 18

FLAGRANTE DE BERTOLDO SURPREENDE MARITUBA No município de Marituba houve uma grande repercussão da matéria publicada no Jornal Popular na edição passada, onde foi revelado o f lagrante do prefeito Bertoldo Couto dirigindo um veículo roubado. O Jornal Popular recebeu vários e.mails parabenizando a iniciativa de revelar as falcatruas do prefeito, antes e depois de ser eleito.

PÁGINA 12


02

Opinião

Belém, 19 a 26 de agosto de 2011

Editorial

Fale com a

Aposentados tentam sobreviver até a aposentadoria PRESIDENTE

D

e um lado, a Prev idência Socia l tentando arrumar fórmulas para pagar tantos

VOZ DO LEITOR Transtorno Não suporto mais essa obra na rua Mundurucus. Está mais de um mês e o trânsito no local é insuportável. Meu Deus quando vão acabar com isso. E pior, não tem nin-

aposentados, e de outro, o aposentado tentando resistir as crises para sobreviver até chegar o dia da sua aposenta-

guém para organizar. Esta semana um guarda de trânsito estava por lá, mas não fazia nada, só ficava olhando,parado, enquanto os motoristas se degladiavam para passar pelo espaço pequeno deixado pelos trabalhadores. Espero que as autoridades tomem uma providência urgente para agilizar essa obra, senão quem vai parar tudo ali somos nós, o povo! Podem

doria. Para desespero da Previdência Social nos últimos anos a expectativa de vida aumentou consideravelmente. A medicina é a grande responsável por tal feito, pois evoluiu muito nos últimos 25 anos e, com novas descobertas e medicamentos, tem permitido às pessoas viverem mais e melhor. E isso é mal para o país, pois não dinheiro para pagar as aposentadorias e o jeito é fazer uma emenda aqui, outra ali, para ver se o trabalhador consegue aguentar mais tempo no serviço, com isso foi proposto o aumento no tempo de contribuição para mais sete anos. Ou seja, a pessoa vai trabalhar até morrer para conseguir sua misera aposentadoria. Na década de 50 do século passado, havia oito pessoas trabalhando para cada aposentado, na década de 70 este número caiu para 4,2 e hoje já é menos que 2. A expectativa de vida do brasileiro, hoje,

aguardar mesmo.Não estamos brincando. Raina Pinheiro Alcindo Cacela, Cremação

Velox A Oi vive interrompendo os serviços da Velox. Quando a gente pensa que está na internet, ela caiu. E quando a gente liga não consegue falar com ninguém. Aquela gravação ridicula,

é de pouco mais de 73 anos (IBGE). Só que esta informação é meio distorcida, pois não descarta a mortalidade infantil e juvenil. Quando pensamos no INSS pagando aposentadorias, o tempo estimado de vida deve ser elevado. O mais correto seria um cálculo de anos vividos após se completar 60 ou 65 anos, aí sim teríamos dados realistas e não a média geral. Lembre-se, a média é burra. Uma coisa é fato, o INSS não se sustenta por muitos anos da forma que está estruturado. Cada vez teremos mais aposentados e menos contribuintes e, como estamos vivendo mais, o governo terá que pagar aposentadorias por mais tempo. Talvez eles arrumem uma fórmula de exterminar os velhinhos ou inventem um imposto exclusivo para os idosos. Afinal, envelhecer no Brasil não faz bem para o país. O melhor seria morrer mesmo antes dos 50, assim não teriam tanto problema em pagar a aposentadoria.

que irrita todo mundo estressa e não resolve nada. Os órgãos de fiscalização também são incompetentes e não resolvem nada. E as outras operadoras também não são melhores. Na verdade é uma pior que a outra. A gente não tem para quem pedir socorro mesmo. Temos que aceitar o que temos! Rogério Alcantra Caripunas, Batista Campos

ARTIGO

O direito de viver!

N

ão é possível se conformar em ver que muitas pessoas morrem por falta de alguma coisa, falta de ambulâncias, falta de hospitais ou falta de médicos de especialidades comuns como clinico geral, pediatra, etc. Não é possível se conformar que um exame médico demore

3, 4 até 6 meses para serem realizados, isto é, para saber um diagnostico clinico se leve meio ano, tempo este que se torna fatal para aqueles que possuem uma doença grave e que precise de diagnostico rápido! Quantas pessoas morrem porque ao receber o diagnostico de um câncer ele se avançou devido demora de tratamento? Ou seja, a sociedade, com destaque aquelas de menores condições financeiras, não recebem um mínimo de respeito e são muitas vezes elas que acabam con-

tribuindo com as altas taxas na arrecadação do Estado, por meio das compras e são as mais desrespeitadas por Ele. Não dá para se conformar que pessoas precisam promover rifas, pedir dinheiro nas rádios, fazer campanhas para fazer certos exames que são oferecidos pelo SUS, mas que pela fila de espera o doente precise pagar numa instituição médica privada, para não morrer. Como exemplo, podemos observar o descaso das autoridades com a Saúde quando

analisamos a questão da especialidade de psiquiatria. Na maioria das cidades não há médicos nesta área. Em quase a totalidade das cidades tanto a União, os Estados e municípios não oferecem tais especialidades e quando oferecem o prazo de espera por uma consulta chega há meses. Este é apenas um exemplo. Pior é que a gente não tem direito a nada, nem a viver, pois do jeito que tá, está dificil.

Cibele Amorim Doméstica

LIINHA DIRETA COM A REDAÇÃO

(91) 3259-9109

FUNDADOR: Sillas Assis PRESIDENTE: Sérgio Assis REDATOR-CHEFE: Shirley Castilho (DRT/PA 1395) REDAÇÃO: Tv. do Chaco 2566 CEP: 66.093-543 Belém-Pará

E-mail: presidente@jornalpopular.com.br comercial@jornalpopular.com.br redação@jornalpopular.com.br As opiniões e conceitos emitidos nos artigos e matérias assinadas são da responsabilidade de seus autores

Maria de Nazaré, doméstica de Ananindeua (PA) – Gostaria que a senhora colocasse mais mamógrafos na rede pública de saúde no estado do Pará. Presidenta Dilma – Maria, esta questão dos mamógrafos me preocupa muito, pois eles são fundamentais para os exames preventivos. Por isto, o Ministério da Saúde realizou, pela primeira vez, uma vistoria em todos os aparelhos de mamografia credenciados ao Sistema Único de Saúde. Esta foi uma das primeiras ações do Plano Nacional de Prevenção, Diagnóstico e Tratamento do Câncer de Colo de Útero e de Mama, que lançamos em março. A conclusão do levantamento foi a de que o número de mamógrafos é suficiente, mas eles estão concentrados nas capitais, têm baixa produtividade e muitos estão inoperantes por falta de profissionais especializados. Já iniciamos parcerias com estados e municípios para recuperar os aparelhos parados por falta de manutenção e capacitar 25 mil técnicos em radiologia até 2015. Nos próximos quatro anos, ampliaremos a oferta do tratamento, com a implantação e atualização tecnológica dos serviços de confirmação diagnóstica, tratamento, quimioterapia e radioterapia. No Pará, o SUS conta com 38 mamógrafos, dos quais 15 estão em Belém. Por isso, vamos instalar novos mamógrafos nos municípios do interior, inclusive com unidades móveis, tanto terrestres quanto fluviais. O câncer tem cura e o diagnóstico precoce é fundamental. Maria das Graças Lux Abrahão, 39 anos, advogada de Manaus (AM) – Quero saber se a presidenta se preocupa com o desmatamento da nossa Amazônia. Presidenta Dilma – Acho que todos os brasileiros que se preocupam com o bem-estar das atuais e das futuras gerações entendem que o desmatamento deve ser combatido. O Plano de Prevenção e Controle do Desmatamento na Amazônia Legal, envolvendo 14 ministérios e a Presidência da República, está sendo implementado com rigor. As áreas mais vulneráveis passaram a contar com ações da Operação Arco Verde, Terra Legal e do Mais Ambiente, para que as pessoas sigam tirando seu sustento dos recursos naturais, mas preservando a floresta. No Plano Agrícola, o Programa Agricultura de Baixo Carbono prevê R$ 3,15 bilhões para financiar projetos agropecuários, com juros reduzidos e prazos de pagamento diferenciados, que permitam compatibilizar a produção agropecuária com o meio

ambiente. Aprimoramos as chamadas linhas verdes do Pronaf, para que os agricultores familiares tenham melhores condições de financiamento para atividades agropecuárias sustentáveis. E no âmbito do Brasil sem Miséria criamos o Bolsa Verde, que vai transferir, a cada 3 meses, R$ 300 para famílias extremamente pobres que vivem em florestas e reservas extrativistas e ajudam a preservá-las. Este conjunto de ações, Maria, vai permitir que continuemos reduzindo o desmatamento ilegal na Amazônia e, ao mesmo tempo, criando alternativas para o desenvolvimento sustentável da região.

Rômulo Gomes da Rocha, 36 anos, consultor de São Paulo (SP) – Presidenta, qual é o planejamento ou o projeto para inclusão digital para a população que não pode usufruir devidamente de seus benefícios? Presidenta Dilma – Estamos adotando um conjunto de ações para aumentar a parcela da população brasileira com acesso à internet. Em junho, assinamos termos de compromissos com as concessionárias de telefonia fixa, para o fornecimento de internet de alta velocidade a preço baixo. Em 90 dias, elas deverão oferecer conexões de 1 megabit por segundo por R$ 35,00. Esta é a velocidade mínima, mas vamos evoluir para um patamar superior nos próximos anos. Em 98% dos municípios brasileiros já estão instalados 8 mil telecentros, espaços de acesso gratuito à internet, abertos a toda a população. E daremos sequência à implementação de programas como o Banda Larga nas Escolas e o Um Computador por Aluno, que também promovem a inclusão digital dos nossos jovens. Quero lembrar ainda, Rômulo, que no âmbito da política industrial estamos incentivando a produção de equipamentos como tablets e modens no Brasil. Já a partir de setembro começarão a ser vendidos os primeiros modelos fabricados no Brasil, com preços até 40% mais baixos do que os cobrados atualmente. Estamos combinando ações para ampliar o acesso gratuito com ações para reduzir o custo dos serviços de conexão e dos equipamentos. O objetivo é garantir que, até 2014, uma parcela majoritária das residências brasileiras esteja conectada à internet de alta velocidade, porque sabemos que este é um fator decisivo de inclusão dos cidadãos.

Mande suas perguntas para a presidente: redacaojornalpopular@ gmail.com


Informe JP

Belém, 19 a 26 de agosto de 2011

03

FOTOS: DIVULGAÇÃO

Tragédia da BR-308 chama atenção de vereadores na CMB

L

amentando o crescimento de acidentes com vítimas fatais na BR-308, no trecho Capanema/Bragança, o vereador Luiz Pereira cobrou das autoridades competentes uma maior atenção para com o usuário daquela rodovia, maior vítima das irregularidades existentes naquela parte da estrada. Falta de acostamento e melhor manutenção são fatores que vem contribuindo para o aumento dos acidentes na rodovia. De acordo com o vereador, que também é inspetor rodoviário federal, somente esta semana em 24 horas, dois acidentes graves aconteceram naquele trecho com a morte de quatro pessoas. Sabe- se que após a federalização daquela rodovia, houve melhoramento no que se refere a manutenção

Imternet Deputados defendem maior interação virtual com o Legislativo. Durante a mesa de debates que marcou a comemoração dos dez anos da Comissão de Legislação Participativa, deputados defenderam o uso da Internet para aumentar a participação popular no Poder Legislativo, à semelhança do que já ocorre em outros países.

Servidores

A Pró-Reitoria de Desenvolvimento e Gestão de Pessoas da UFPA (PROGEP) anuncia a criação de uma turma de graduação específica para servidores da UFPA. O curso de Graduação Tecnológica em Gestão Pública é mais uma ação do Programa de Educação Continuada da Instituição. As inscrições para o curso preparatório para a graduação já estão abertas.

Tv Somente esta semana em 24 horas, dois acidentes graves aconteceram naquele trecho com a morte.

asfáltica, porém, pela falta de uma sinalização mais

evidenciada e acostamentos, o número de acidentes fatais

vem acontecendo quase que diariamente.

Alfredo Costa quer carteirinhas entregues nas escolas

A

o defender requerimento do vereador Fernando Dourado ( DEM ), solicitando sessão especial para discutir transporte estudantil, precisamente a meia passagem para estudantes, o vereador Alfredo Costa (PT) propôs a entrega das carteirinhas de meia passagem estudantil nas próprias escolas. Entende o parlamentar

que a Prefeitura de Belém expõe os alunos a grandes sacrifícios e grandes filas, quando determina a entrega desse material em apenas dois postos, um em São Brás e outro em Icoaraci. O conflito de valores, que consistiu no último aumento de tarifas em Belém foi lembrado pelo vereador cobrador/pregador, ressaltando o incômodo e as humilhações

que tanto os passageiros normais como os estudantes, são obrigados a enfrentar toda vez que aumento de passagens acontece. Ainda dentro do assunto o vereador Sahid Xerfan (PP) advertiu que nenhum administrador pode administrar Belém sem uma visão metropolitana. Alertou para o fato do Poder Publico não ficar sujeito a interesses

políticos em detrimento do cumprimento da Lei Orgânica do Município, a qual garante a gratuidade aos estudantes. Sobre esse assunto o vereador Carlos Augusto mostrou decreto assinado por ele quando prefeito interino em 1991, determinando a gratuidade para os estudantes e congelando as tarifas de ônibus em 90 dias.

Discriminação ou privilégios contra homossexuais

A

Proposta de Emenda Constitucional nº 222 que se encontra em trâmite no Congresso Nacional, voltou à pauta de discussões na Câmara Municipal de Belém, provocando mais uma vez controvérsias sobre sua utilidade. Os verea-

dores evangélicos como Paulo Queiroz (PSDB) e Raul Batista (PRB), por exemplo, sempre que se pronunciam destacam a suposta nocividade da Emenda, por entender que a mesma poderia fomentar ainda mais a fobia em privilegiar grupos homossexuais em de-

trimento dos heterossexuais. Já os vereadores petistas defendem a PEC-222 por entender ser um direito das minorias sexuais de serem tratadas com igualdade em todas as camadas da sociedade. Para eles os direitos constitucionais devem ser garantidos

a todos independente das opções sexuais de cada um. Para o vereador Pio Neto a discriminação não deve existir, mas a miopia para algumas situações que acontecem não significa que tenhamos que ter orgulho das mesmas.

Serviço da Rede Celpa é criticado na CMB

A

s falhas na rede, interrupções a toda hora e a falta de informação ao consumidor, além do péssimo serviço de fornecimento de energia elétrica pela Rede Celpa foi levado ao plenário na Câmara Municipal de Belém. Depois de diversas manifestações, os vereadores decidiram cobrar uma atitude da concessionária. Esse assunto foi tema de pronunciamentos dos vereadores Otávio Pinheiro e Marquinho, ambos do Partido dos Trabalhadores (PT), repercutindo denúncias de usuários de vários setores da sociedade. De acordo com o vereador Otávio Pinheiro, o problema maior se constitui na falta de investimento no setor, transformando aquela concessionária na "pior empresa de energia elétrica do

Informe JP

país". Ele denunciou que a população de Mosqueiro está há dois dias sem energia elétrica, arcando com prejuízos e incômodos de todos os tipos. Na sua avaliação, ressaltou o parlamentar, está provado que a privatização da Celpa, realizada quando o atual governador Simão Jatene era Secretário de Planejamento do Governo do Estado, constituiu-se num grande fracasso, servindo apenas para poucos que se beneficiaram da negociação. Segundo o vereador, dificilmente o serviço prestado pela iniciativa privada não se torna em precariedade. Para o vereador Marquinho, a privatização da Celpa estabeleceu o caos no fornecimento de energia elétrica do

Estado do Pará. Como consequência dessa precariedade no serviço, o Governo do Pará vem tendo dificuldades em trazer investimentos e empresas de grande porte, tendo em vista a falta de condições

técnicas para isso. Denunciou que a falta de investimentos no Pará se deve ao fato de que todo dinheiro arrecadado aqui pela Rede Celpa é destinado a outros municípios de outras regiões do país.

O Plenário do Senado aprovou esta semana o projeto que cria um novo marco legal para o mercado de TV por assinatura (PLC 116/10). Pelo texto aprovado, as empresas de telefonia também poderão ofertar o serviço. Além disso, são criadas cotas de conteúdo nacional e independente nos canais e pacotes de TV por assinatura.

PPS

Com a presença do presidente nacional do PPS, deputado federal Roberto Freire (SP), do líder do partido na Câmara Federal, Rubem Bueno (PR) e de lideranças regionais da legenda, o Partido Popular Socialista promove em Belém, na próxima sexta-feira, 19, a partir das 9h, na Câmara Municipal, o Encontro Amazônico do PPS, coordenado pelo deputado federal paraense, Arnaldo Jordy, presidente do diretório estadual do partido e membro da executiva nacional da legenda.

Meio Ambiente

Vários temas de interesse da região estarão em debate, como Meio Ambiente, reforma tributária, Saúde, Educação, exploração sexual de crianças e adolescentes e violência no campo. Também serão discutidas as estratégias de fortalecimento do partido nos estados amazônicos visando às eleições de 2012.

Veto

Pelo menos três vetos do Prefeito Duciomar Costa a projetos aprovados pela Câmara Municipal de Belém foram rejeitados pelos vereadores na sessão ordinária desta semana no plenário da CMB. Vale salientar que, derrubados os vetos, os projetos serão promulgados pelo Presidente da Câmara Raimundo Castro, transformando-os em leis para cumprimento por parte das autoridades e população.

Bebidas alcoólicas

Outro projeto que vai se tornar lei pela rejeição do veto é do vereador Nehemias Valentin (PSDB). Ele apresentou emenda a um projeto de sua própria autoria, definindo as categorias e os horários dos estabelecimentos que comercializam bebidas alcoólicas para consumo imediato.

Doe medicamento

O vereador José Scaff (PMDB), também conseguiu que o projeto de sua autoria fosse mantido, instituindo no município de Belém o programa "Doe Seu Medicamento". Esse projeto cria a "caixinha do medicamento" e determina a doação pelas pessoas, de medicamentos não utilizados e que ainda estejam dentro do prazo de validade.

Curtinhas O péssimo serviço da Rede Celpa foi parar no plenário da CMB

Pesquisa realizada entre os usuários do serviço 0800 da Câmara revela que a maioria deles acompanha o trabalho dos deputados. Prefeitos suspeitos de desviar dinheiro da saúde estão sendo investigados pelo Ministério Público.Essa semana deverão receber intimação.


04

Geral

Belém, 19 a 26 de agosto de 2011 FOTOS: DIVULGAÇÃO

Medrado revela os bastidores do caso Alepa N “O problema a linha de fogo do escândalo f inanceiro da Alepa, o Promotor do Ministério Público Estadual, Nelson Medrado fala da cobrança por punição dos culpados e do envolvimento da esposa do atual Secretário de Obras no esquema. Em entrevista exclusiva ao Jornal Popular, o Promotor também garantiu saber a identidade dos tubarões do escândalo e revelou que se sentiu intimidado por um senador, mas que mesmo diante dos fatos se manterá firme no propósito de enquadrar os culpados, mesmo que isso afete os grandes poderosos do Pará. Determinado, medrado coloca as cartas na mesa e revela como estão as investigações no caso Alepa.

O caso Alepa ganhou repercussão nacional. Qual foi a prioridade nas investigações até se chegar a real proporção do escândalo? Começamos de baixo. Nossa prioridade era a investigação de ser vidores fantasmas e uso de gratificações fictícias para engordar remunerações. Então passamos a investigar também a relação da Alepa com empresas ligadas a servidores da Casa. Qual era a intenção dos promotores neste momento? Nossa intenção era saber se realmente as pessoas receberam esse salário e se receberam, se fizeram o devido recolhimento de impostos. Como constatamos, houve irregularidades porque o valor estava irregular por estar acima do teto. Ainda estamos vendo quem era vítima e quem era laranja, pois tinha pessoas que nem sabiam que estavam sendo usadas no esquema. Houve um desgaste natural da Alepa. Também não teve rivalidade entre Poderes Legislativo e Judiciário nesta investigação? Claro que não. Nosso trabalho é esse. E sem dúvida não era desgastar a Alepa. Se buscamos o Judiciário porque essa é uma praxe. Mas iniciamos nosso trabalho e investigação ainda em 2009 quando enviamos ofício ao então presidente da Alepa, o deputado Domingos Juvenil. Ele não repassou as infor m a çõ e s alegando

Medrado: “Não posso sair de casa que sou abordado por pessoas me cobrando a prisão dos envolvidos”

que o pedido se revestia de índole constit ucional. A resposta teria levado o Ministério Público a ingressar na Justiça com o pedido da quebra do sigilo bancário.

O senhor vem sendo cobrado muito por resultados? Claro, sinto este clamor do povo nas ruas chega até mim. Para ter uma ideia eu não posso sair de casa que sou abordado por pessoas me cobrando a prisão dos envolvidos. Agora se isto não acontece logo é por conta da presença de bons advogados defendendo os acusados. A ação dos advogados, gabaritados acaba dificultando colocar os envolvidos na cadeia. Ou melhor, os grandes tubarões do escândalo. E sabemos quem são eles. O problema é que ainda não temos condições reais para enquadrá-los. Então podemos concluir que a diferença está nas condições financeiras dos acusados que podem pagar um bom advogado e com isso tornar lenta a ação da justiça. Mas quem não tem, como fica? Com certeza ter dinheiro faz a di-

"Se Nádia chegou a receber como funcionária lotada no gabinete de seu marido quando ele era deputado e ainda assim continuou na folha do TCM, pode ter certeza, vamos encontrar e indiciar, sim. Doa a quem doer"

ferença, mas este já é outro problema de diferença social, que não vem ao caso agora. O que nos entristece porque gostaríamos que a Lei fosse de fato para todos, pois até se provar o contrário, todo acusado é inocente. E não podemos agir sem provas concretas. Um direito que não é perceptível para todos.

Esta diferença não lhe deixa sem esperança de fazer Justiça no caso Alepa? Isso jamais. Eu não posso perder a esperança nunca. Se isso acontecer eu rasgo meu diploma de advogado. Eu não acredito nesse final mesmo, pois estou na advocacia desde 1984 e sempre com a intenção de se fazer Justiça. Ao longo destes 27 anos de profissão isso sempre aconteceu, mesmo tardando. Não i mporta se é contra fantasmas da Alepa ou não, o importante é fazer justiça de forma séria, coe re nte e sem sensac ionalismo.

é que ainda não temos condições reais para enquadrá-los. Esta é uma diferença na situação entre quem possui condições de pagar um bom advogado e quem não tem?”

Em todos esses anos de profissão, agindo de forma impetuosa e com essa coragem em afrontar os poderosos já lhe rendeu ameaças? Pelo menos neste caso da Alepa? Por incrível que pareça, não. Embora logo depois que as investigações começaram e um senador da República tenha feito pronu nc ia me nto s uge r i ndo intimidação. Dizendo-se perseguido ele discursou: “Eles querem devorar meu fígado!”. Nem de fígado eu gosto. Quanto ao envolvimento da esposa do Secretário de Obras recebendo em duas folhas? A i nda não temos co n hec i me nto. Ma s posso garantir que qualquer pessoa envolvida não passará pelo crivo da nossa investigação. E se Nádia Passarinho chegou a receber como funcionária lotada no gabinete de seu marido quando ele era deputado estadual e ainda assim continuou na folha do Tribunal de Contas, pode ter certeza, vamos encontrar e indiciar, sim. Doa a quem doer.


Política

Belém, 19 a 26 de agosto de 2011

05

FOTOS: DIVULGAÇÃO

Quatro meses de fantasmas descobertos e pizza queimando

São mais de 120 dias que veio à tona o maior escândalo político da história do Legislativo paraense.

dulento que não pra de crescer. Portanto, quatro meses parece uma eternidade nesta novela para se chegar à punição, ou pelo menos prisão, dos grandes envolvidos para saciar a ânsia popular por Justiça, mesmo que provisoriamente. Pois, embora o assunto tenha perdido espaço na mídia à medida que o caso envelhece (quatro meses) não pode se tornar mais uma “pizza política”, servindo apenas de palanque para os aproveitadores de plantão em seus insistentes pedidos de CPI. Chega de impunidade!

E

sta semana completou quatro meses desde quando doze Promotores do Grupo Especial de Prevenção e Repressão às Organizações Criminosas (Geproc) e um delegado da Polícia Civil realizaram uma verdadeira operação “pentefino” em documentos da Assembleia Legislativa. Era 19 de Abril quando os magistrados queriam provar indícios da participação de 12 deputados estaduais em fraudes em empréstimos na Casa. A ação resultou na detenção de três pessoas, invasão na casa do ex-deputado Domingos Juvenil (PMDB). Além disso, outro mandado de busca e apreensão cumprido foi na casa do ex-deputado estadual José

Muita polêmica, protestos e nenhuma solução até agora. O caso Alepa caminha para final sem desfecho.

Robson do Nascimento, mais conhecido como Robgol. Em sua residência foi encontrado quase meio milhão de reais

em espécie e uma quantia de R$ 40 mil em vale-alimentação. Ou seja, ali se descobriu a ponta de um iceberg frau-

Personagens das sombras

C

om o tempo se descobriu que documentos apreendidos durante ação do Ministério Público Estadual e da Delegacia de Investigações e Operações Especiais (DIOE) revelam que contratos com prestadores de serviço também eram usados como escoadouro do

dinheiro público colocando como alvo a ex-chefe da Comissão de Licitações da Alepa, Daura Irene Xavier Hage. Nos processos de contratação de obras e serviço pelo menos seis parentes seus foram beneficiados entre 2005 e 2006, somando assim, R$ 8 milhões em contratos, o que respingou

até no senador Mário Couto, então presidente da Alepa. Outra f ig ura sombria deste escândalo, o então diretor-presidente do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), Sérgio Duboc, que foi diretor financeiro da Assembleia nas gestões do hoje senador Mário Couto e do

ex-deputado Domingos Juvenil. No gabinete de Duboc, no Detran, foram encontrados quatro contratos da Croc Tapiocas com a AL, além de notas fiscais. A crise levou à demissão de Duboc do DETRAN. Todavia, o envolvido que mais chamou a atenção foi o ex-deputado José Robson do Nascimento. Conhecido no Pará por conta da carreira vi-

toriosa construída vestindo a camisa do Paysandu, ele ficou ainda mais famoso (só que negativamente) porque a polícia apreendeu em sua residência R$ 500 mil em espécie e R$ 40 mil em tíquetes-alimentação que eram distribuídos pela AL. Com o tempo também se descobriu que ele mantinha em seu gabinete parentes que nem sequer moravam no Pará. No período em que esteve

deputado, seus familiares que residiam na Paraíba ficaram quatro anos recebendo sem trabalhar. Depois também se descobriu o nome de Robgol em uma folha de pagamento como funcionário da Alepa, mesmo depois de sair do cargo e nem mais pisar na Alepa. Ou seja, era mais um funcionário fantasma tal qual os parentes remanejados em seu gabinete.

Nádia Passarinho está sendo investigada Contracheques

A

funcionária concursada do Tribunal de Contas, servidora Nádia Passarinho também recebia através da Assembleia Legislativa. A então esposa de deputado, a servidora também recebia por conta de sua inclusão na folha de pagamento do gabinete do esposo. Este é outro caso que está na mira do Ministério Público. Tanta regalia se deve ao fato de seu esposo, que é ex-deputado ser o atual Secretário de Obras do Estado. Além disso, o tio de seu conjugue também é praticamente uma figura lendária do Tribunal de Contas dos Municípios, para onde Nádia foi cedida indevidamente. Agora o Ministério Público quer saber todo o roteiro dessa história, desde quando ela começou, os capítulos para decidir o final que Nádia vai ter. Se ela é inocente e foi usada como laranja, se participou ativamente do esquema

O

ou se foi manipulada por seu ex-marido. O processo corre em segredo de justiça. Mas não deixe de acompanhar no JP os próximos episódios desse novelo.

O Ministério Público estuda quanto dinheiro ao longo de tantos anos foi desviado através da servidora, lotada nas duas instituições estaduais.

utra ver tente do escândalo f inanceiro foi a criação de gratificações fictícias para engordar salários. Esta prática não tinha limites na Assembleia Legislativa. Embora haja um teto constitucional para os salários de servidores públicos (R$ 26 mil), na Alepa havia casos de pessoas com contracheques que chegavam a quase R$ 85 mil brutos. Na prática, signif ica que o servidor recebia líquidos mais de R$ 50 mil, o dobro do que recebem hoje os deputados que só no início deste ano, após reajuste, passaram a receber R$ 22 mil brutos. O abuso era tamanho, que o MP verificou contracheques gerados no mesmo mês para mesmo servidor, sendo um com remuneração três vezes superior ao outro. Também havia disparate em relação aos es-

tagiários, pois, muitos dos beneficiados com o salário mínimo que deveria servir de bolsa para os estudos, na verdade detinham cargos de Direção e Assessoramento Superior (DAS), ou seja, já eram formados. Os salários desses estagiários em situação irregular variavam entre R$ 4,5 mil e R$ 9 mil, segundo o Ministéro Público, portan-

to, o estágio era usado para engordar os contracheques. O Ministério Público ainda investiga outras armações que ainda não foram divulgadas. Segundo uma fonte, havia pessoas que recebiam uma quantia maior e repassavam a metade do salário para o esquema. Mas isso não há como comprovar, pois essas pessoas trabalhavam na Casa.


06

Política

Belém, 19 a 26 de agosto de 2011

Deputados discutem divisão do Pará Várias lideranças políticas e sociais participaram da audiência pública no plenário da Alepa.

de gente de fora e não dividir o Estado”, explicou o vereador por Belém, Nadir Neves. “Trinta e três vereadores da câmara de Belém já se posicionaram contra a divisão do Estado. Já até criaram uma comissão pra discutir o assunto e isso é algo extremamente relevante. Além disso, outros 15 outros parlamentares, incluindo a senadora Marinor tam,bem já declararam apoio à causa que é do Pará ”, explicou o deputado Celso Sabino.

F

oi na esta semana que os deputados estaduais se reuniram na Alepa com prefeitos, vereadores, ambientalistas, líderes comunitários e líderes de movimentos sociais de Belém e de vários municípios do interior do Estado em audiência pública que discutiu as ações da frente contra a criação dos estados de Carajás e Tapajós. A sessão foi solicitada pelo deputado estadual Celso Sabino e contou ainda com a participação da senadora paraense Marinor Brito. A sessão foi aberta com o hino nacional brasileiro e, sem seguida, o do Pará,

“Bilhões de reais serão gastos para a construção de novos palácios, câmaras, contratação de pessoal e quem vai pagar tudo isso se estes novos Estados não serão auto-suficientes? É algo a se refletir”, ponderou o vereador de Belém, Carlos Augusto. “nosso maior bem hoje é nossa floresta e ela tambems erá dividida... Isso não pode acontecer”, exclamou o ambientalista André Lobato, o “Kaveira”, coordenador da ONG Arpanet.

» Plebiscito pelo futuro A sessão foi solicitada pelo deputado Celso Sabino e teve a participação da senadora Marinor Brito.

acompanhado pela plateia que durante toda a execução, cantou e aplaudiu o hino. Em seguida, vários pronuncia-

mentos foram fetos. “Meu mandato na Alepa era com base pelo oeste do Pará. A maioria dos crimes cometidos

no interior são praticados por forasteiros que a gente acolhe tão bem aqui. Temos é que rever essa política de recepção

Asfalto para municípios do Baixo Tocantins A deputada Nilma Lima batalha desde o início de seu mandato para que a complementação da pavimen¬tação da PA 252 aconteça. São 137 quilômetros da via, que se for finalizada, facilitará o escoamento da produção de feijão, arroz, milho, man¬dioca e dendê, vindos dos setores agrícolas do local, especialmente, da agricul¬tura familiar, além da possibilidade de atrair indústrias, como a empresa Soco¬co já instalada. “Já oficializei esse pedido ao gover¬nador do Estado, Simão Jatene, e ao secretário de Transportes, Francisco Melo (Chicão), para que aloquem a pavimen¬tação do restante dessa PA, como prio¬ridade no Projeto do Plano Plurianual (PPA) 2012/2015 e na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) 2012”, detalhou a deputada. Dando seqüência às melhorias em in¬fra-estrutura,

FOTOS: DIVULGAÇÃO

Nilma Lima também apre¬sentou moção solicitando providências urgentes para as PA-254, em Alenquer, bem como, a construção em concreto da ponte sobre o Rio Curuá e recuperação das pontes do Tamanduá e Fazenda Tro¬pical, ambas em situações precárias de trafegabilidade. A do rio Curuá, que fica na comunidade Curratela, na PA 254, foi submersa e levada pela força das águas. Segundo a parlamentar, o município de Alenquer tem sua economia baseada dos setores agrícolas, da agro¬pecuária, do extrativismo e da pesca, hoje, extremamente Prejudicados, pela situação precária da PA-254, formada por estradas que dão acesso a milhares de propriedades rurais. As fortes chu¬vas que têm caído no município e região agravaram as condições de trafegabilidade da estrada estadual.

“Este plebiscito vai decidir não apenas pela divisão do Pará, mas também de outros onze estados que também discutem divisões territoriais. O que acontece no Pará é teste, é piloto. Estamos decidido não apenas o nosso futuro, de ossos filhos e netos, mas de várias outras partes do País também”, ponderou Sérgio Pimentel, secretário

Sessão especial pela Consciência Negra

O

São 137 quilômetros da via que facilitará o escoamento da produção

“Escutei relatos de líderes comunitá¬rios, de agricultores, de pecuaristas, de professores, de estudantes e de comer¬ciantes do local, informando as precárias condições da estrada que ainda é de chão batido. Não tem nada asfaltado”, disse a deputada.

Nilma, que esteve em Alenquer nos dias 12 e 13 de junho, já retomou o pedi¬do ao secretário de Estado de Transpor¬tes, Francisco Melo Filho (Chicão), para que pelo menos disponibilize uma balsa motorizada para travessia dos veículos sobre o rio.

municipal e coordenador de uma frente que também é contra a divisão do Pará. Carros de som com cartazes e dezenas de pessoas cantavam e celebravam a posição contrária a divisão do Pará do lado de fora da Alepa. A manifestação acontecia de forma simultânea à audiência pública que ocorria no auditório João Batista.

s deputados aprovaram na sessão de terça-feira a realização de uma sessão especial para debater sobre o Dia Nacional da Consciência Negra, celebrado no dia 20 de novembro, previsto para marcar reflexões sobre a inserção do negro na sociedade brasileira. A escolha da data é uma homenagem à Zumbi, líder do Quilombo dos Palmares, que foi morto, em 1695, em uma emboscada na Serra Dois Irmãos, em Pernambuco, após liderar uma resistência que culminou com o início da destruição daquele quilombo. A sessão será realizada em data ainda a ser definida com o cerimonial da Casa. “A nossa pretensão é marcar

para o mais próximo possível do dia nacional estabelecido, provavelmente no dia 21/11 que cai numa segunda-feira”, informou o deputado Edílson Moura, autor do requerimento. “É importante que esta Casa de Leis participe das comemorações, se posicionando na luta contra o preconceito racial e venha manifestar suas homenagens a negros, e negras que ao longo dos anos se destacam na luta contra a discriminação desta raça”, declarou Moura.

DIRETO CIVIL - CLIMINAL - TRABALHISTA - CONSUMINDOR SERPUJA - COMINICAÇÃO DE PUBLICAÇÕES JUDICIAIS JUSTIÇA ESTADUAL - JUSTIÇA FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO - JUSTIÇA ELEITORAL E TRIBUNAIS DE CONTAS Av. Conselheiro Furtado - Vila da Paz, 35 (entre Av. Generalíssimo Deodoro e Rua Quintino Bocaiúva) Bairro Nazaré Belém /PA - CEP: 66.040-340 Fones: (91) 3224-9258/ 3241-8889 E-Mail: adv.porto3@hotmail.com


Gasthão

Belém, 19 a 26 de agosto de 2011

GASTHÃO

ORELHA EM PÉ Noticias dos bastidores dão conta que uma bomba estremeceu os meios empresa-

riais nos últimos dias. A rádio cipó revelou que as autoridades de plantão irão ressuscitar as denúncias do bandido Chico Ferreira, feitas em seu

E-mail: gasthaojp@gmail.com

REABERTURA Nas próximas edições o colunista estará reabrindo o caso das denúncias do conselheiro Alcides Alcantara do Tribunal de Contas dos Municípios, que fez graves

FAMA Este colunista está ficando famoso, além de agora ser conhecido nacionalmente passará a ser reconhecido internacionalmente, tudo devido

denúncias durante a cerimônia de posse do conselheiro Daniel Lavareda. Ronaldo 10% Passarinho foi um dos que ficou mais abalado com a coragem de Alcantara em falar sobre a corrupção que imperava

as traquinagens do Brothers sonegadores Lincoln e João Bueno. Um dossiê com as notas deste espaço foi enviado para a Associação Brasileira de Frigoríficos – ABRAFIGO e um cópia para os e-mails de

no órgão envolvendo prefeitos do interior e figurões da Casa. O caso é de arrepiar cabelo de careca e vai desmascarar muitos passarinhos que ficam sentados no “porto” de Belém. Aliás, coincidentemente foi para este mesmo TCM, onde Ronaldinho foi presidente, que foi cedida a revelia da lei a funcionária da A LEPA Nádia Khaled Porto, uma dentista, empresária e par te de uma família transloucada que possui um aboiolado enrustido e de uma pediatra que calça 44. Voltaremos ao assunto.

alguns empresários ucranianos, que certamente vão interromper sua ligação comercial com a dupla, afinal de conta não vão querer ter seus nomes ligados a escândalos fiscais. Quem viver verá.

07

depoimento quando foi preso. Os dados envolvem vários figurões do mundo society e politico de Belém e do Pará. Desvio de verbas de convênios, falsificações de documentos públicos e muito, mas muito tráfico de influência. Tem politico e filho de político que não está nem pregando os olhos nas madr ugadas frias de seus apartamentos, que podem ser frias no chão da penitenciária de Americano.

EMPREENDIMENTO Até hoje muitas socialites apostam sobre o motivo da compra da sede do antigo circulo Militar pelo empresário Délio Mutran. Umas diziam que era uma oportunidade de negócio, outras chegaram a dizer que era por não ter onde colocar dinheiro e um último conjunto de pessoas jurava de pé junto que seria uma mini reserva ambiental. Precisamente ninguém acertou, pois o local talvez nascerá um criatório de peixes bois. Não que seja um novo negócio rentável, mas sim uma homenagem a sua linda Jubarte Betinha, que para se sentir mais

magra vai dar umas voltas no local e ver que existe algo mais obeso do que ela. Na

“ilharga” seguirá a sua puxasaco mor Zarrrinha, que na verdade é Zarrona.

Traulitadas RICÃO Com um balanço mais maquiado do que o rosto da Lady Gaga, os resultados contábeis daquele clube paraense, diz que a movimentação nos últimos doze meses foi de quarenta milhões de reais. Segundo as más línguas uma pequena comissão de cinco por cento em cima dos pagamentos geraria um patamar de dois milhões de caixa dois para o bolso do “presidentão” que está “henriquecendo” mais a cada dia. Agora tá explicado o tamanho da força do dito cujo para se perpetuar no comando do clube e de suas finanças. Aguardem novos detalhes.

■ Dois flagras nos bastidores do high society de Belém estremeceram as bases de dois casamentos. Um continuou firme e forte após duas horas de boa lábia e um presentão da Fábio Jóias o outro, foi mais grave e acabou mesmo. ■ Ainda sobre os matrimônios desfeitos o primeiro foi um f lagra da mulher no maridão trocando um e-mail combinando uma “voltinha” com uma Paniquete em SP. Já o o segundo foi mais grave, pois o dito cujo foi pego com a boca na botija literalmente e a cena teve direito até a apartamento no Umarizal todo quebrado e malas jogadas no elevador. ■ A Pediatra que calça 44 anda desolada após o seu “par”, uma dentista de um

prédio comercial na Avenida Generalíssimo Deodoro a deixar. Comenta-se que até sessões de análise estão sendo feita para esquecer o verdadeiro amor. ■ O maior destaque de vendas do mundo, segundo o site de sua empresa em uma auto-promoção, Marquito Arrais bem que poderia contar mais sobre as suas origens, que eram tão boas de vendas que vendiam até o corpo... das outras... ■ Uma licitação bem duvidosa entre o escandaloso caso da Assembléia Legislativa e aquela empresa de informática que brilha mais do que o Sol, está na mira do MP. A máscara de bom moço vai cair. ■ Sobre o escabroso caso,

o que podemos adiantar é que o benefício foi encabeçado por um leiloeiro, que é irmãos de um deputado que recebeu gorda contribuição nas últimas duas campanhas eleitorais para deputado, da brilhosa empresa. ■ Subfaturamento na construção de um grande e formoso supermercado deverá chegar ao conhecimento das autoridades fiscais do estado e federais. Com isso vai ter muito gajo mais enrolado do que rabo de bacalhau de quinta categoria. ■ Não esqueçam!!! Na próxima eleição: “Vote Pavão, que além de gay é ladrão...” Sugestões, reclamações e xingamentos: gasthaojp@gmail.com


08

Pesquisa

Belém, 19 a 26 de agosto de 2011

Bolsa de estudo de R$ 11 mil para alunos da UFPA A

FOTOS: DIVULGAÇÃO

lunos matriculados em cursos regulares de graduação da Universidade Federal do Pará já podem participar da seleção de bolsas do Programa Fórmula Santander. As inscrições estarão abertas até o dia 30 de setembro na página do Santander Universidades. São ofertadas três bolsas de estudo, com duração de um semestre, em universidades portuguesas e espanholas vinculadas ao Programa. Confira aqui o Edital. Cada aluno selecionado receberá uma bolsa no valor de R$11.437,00 (onze mil quatrocentos e trinta e sete Reais). Para participar, o candidato precisa preencher os seguintes requisitos: ter coeficiente de rendimento superior ou igual a 8,0; ter sido, no máximo, reprovado duas vezes até o atual período; estar cursando a partir do 3° ano (ou 5° semestre) até o penúltimo ano do curso; não ter obtido bolsa para o Programa Santander Universidades nas edições anteriores nem em programas de intercâmbio mantidos com a UFPA e não estar com a matrícula trancada. Documentação - Após a inscrição online, o aluno deverá entregar os seguintes

documentos, em envelope lacrado e identificado: cópia do comprovante de inscrição devidamente preenchido, histórico escolar da UFPA; curriculum lattes documentado; compromisso de reconhecimento acadêmico (Plano de Estudos) a ser desenvolvido na universidade conveniada, devidamente assinado por um professor efetivo vinculado ao curso em que o acadêmico está matriculado na UFPA (confira aqui o modelo do plano de Estudos); certificado de conclusão de curso em língua estrangeira,

conforme exigências da instituição de destino (opcional aos que se destinam a Portugal); carta de recomendação personalizada e assinada por professor da UFPA e carta de motivação assinada pelo aluno, explicando os motivos pelos quais pleiteia uma vaga no programa. Os documentos exigidos para a inscrição deverão ser entregues até o dia 30 de setembro, no horário das 9h às 11h e das 14h30 às 16h, na Pró-Reitoria de Relações Internacionais (Prointer), localizada no Prédio da Reitoria

do Campus Universitário, 3º andar, ou na Travessa Três de Maio, 1573, entre as avenidas Magalhães Barata e Gentil Bittencourt. Para conferir o edital, os documentos e fazer o download, acessar o site da Prointer e do Clube Internacional da UFPA.

HISTÓRICO

O Programa Fórmula Santander foi lançado em 2010 com a finalidade de promover o intercâmbio acadêmico e cultural, bem como fomentar o desenvolvimento

As bolsas são para universidades portuguesas e espanholas

da pesquisa e de tecnologia. É uma iniciativa que beneficia 300 estudantes universitários do Brasil, da Espanha e do Reino Unido, com a oferta de 100 bolsas de estudos para cada um dos três países, tendo como prioridade beneficiar alunos que apresentem desempenho acadêmico destacado e bons conhecimentos de outros idiomas.

QUAIS AS VANTAGENS DE ESTUDAR FORA DO BRASIL?

Para ganhar a bolsa o estudante precisa ter coeficiente de rendimento superior ou igual a 8,0

Aprender um novo idioma, entender e absorver a cultura de um lugar ou quem sabe conseguir uma oportunidade de trabalho para juntar uma grana extra e tocar um negócio no Brasil, muita gente tem saído do Brasil para

viver estas novas experiência por vários países da América e da Europa. Tudo é feito com a máxima segurança e comodidade. Claro que o preço de tudo isso nem sempre é tão em conta assim, mas a verdade é que no final das contas, a experiência compensa todo o valor que se é pago. Mas, mesmo com a baixa do dólar ou com a estabilidade do Euro é preciso se economizar para estudar fora do país. Pois, quando se chega lá é preciso se viver economicamente de acordo com as condições daquele lugar. Se aqui uma Coca-Cola custa R$ 1,50 em lata, num país como a Alemanha a mesma sair por R$ 5,00 dólares o equivalente a quase R$ 9,00.


Ano XX - Nº 814 | Belém, 19 a 26 de agosto de 2011

Escolas se preparam para o dia 7 de setembro C om as proximidades do dia 7 de setembro, data em que se comemora a independência do Brasil, algumas escolas estão com seus alunos ensaiando para os desfiles que estarão ocorrendo na Avenida Presidente Vargas, centro de Belém. Jovens de todas as idades estarão fazen-

do parte das manifestações pela independência, além de integrantes das mais variadas entidades e organizações, como: sindicatos, Rotary, maçonarias e outras. Em Belém as celebrações começam dia 05 de setembro quando se comemora o dia da Raça e encerra no dia 07 com o desfile militar. A algumas semanas da parada cívica do 7 de setembro em Belém, a movimentação dos profissionais da secretaria de educação tem sido muito grande com os

preparativos para o desfile que acontecerá novamente na Avenida Presidente Vargas. A história de Belém será o tema principal abordado pelas escolas do município, onde será retratada desde a chegada dos Portugueses, passando pelas datas mais importantes, até os dias de hoje.

Na apresentação serão utilizados recursos como: banneres, maquetes, f igurinos vivos, faixas e objetos representativos. A diretora da Escola Municipal Alzira Pernambuco, informou que tem sido um trabalho intenso, principalmente com a aproximação da data, e que são realizadas constantemente reuniões, com coleta de sugestões, com objetivo de fazer bonito, mostrando força e organização na avenida.

O coordenador de educação física, prof Antônio Ferreira, disse que coordenar as fanfarras e o elevado número de alunos não é fácil, porém, é muito gratificante quando se tem a certeza do sucesso, e da alegria das crianças, o que é compensador.

A coordenadora Keyla Maria chamou atenção para a participação da comunidade, segundo ela, é o momento de demonstração do amor por nosso município, pela sua história, enfim, por esse espírito de brasilidade em envolve todos. Seg undo o est udante Elielson Davi Custódio do 9º ano o desfile do dia da raça

não é somente uma marcha alusiva a Independência é também uma confraternização entre os estudantes, pro-

fessores e entidades sociais do Brasil inteiro “No momento em que entramos na avenida para o desfile, sincronizamos

o pensamento, estamos ali para saudar a nossa Pátria e Homenagear o nosso País” finalizou o jovem!

Caixa Mágica, sob coordenação do Núcleo de Formação e Experimentação, que a partir de um objeto construído com as próprias mãos abre janelas para o desenvolvimento de diversas atividades. As inscrições possuem valor simbólico de R$ 5 e as vagas são limitadas. O projeto Fotoatividades, patrocinado via Lei Semear pela Oi com apoio do Oi Fu-

turo, possui uma programação que acontecerá de agosto a dezembro. A Oi, assim como a Fotoativa, acredita na importância da integração das artes na construção do conhecimento e na promoção da cultura regional. O evento conta ainda com a parceria da Gráfica Alves, Loc Engenharia, Estúdio Ovelha Negra Fox Vídeo e Doceria

Abelhuda.

Dia da Fotografia e 27 anos da Fotoativa

A

Associação Fotoativa abre oficialmente a programação do projeto Fotoatividades com o tradicional Largo Cultural das Mercês, evento que acontece todos os anos em comemoração ao dia mundial da fotografia e ao aniversário da associação que este ano completa 27 anos. O evento, que faz parte do

calendário cultural da cidade, propõe uma série de atividades que integram as diversas linguagens artísticas (cênicas, multimídia, música e, claro, fotografia). Para participar da programação, basta ir até o Largo das Mercês no próximo domingo, 21, a partir das 10h, e conferir de perto toda a movimentação.

Haverá fotovaral com exposições fotográficas, projeção multimídia, oficinas, teatro em miniatura, apresentações musicais com Floresta Sonora, Grupo Pedreira’s Quartet e Leo Bitar, além de feirinha de livros, vinis, artigos de fotografia analógica e comidinhas. Vale destacar o trabalho desenvolvido nas oficinas de

SERVIÇO

Informações e inscrições para as oficinas - Associação Fotoativa - Praça Visconde do Rio Branco (Praça das Mercês), nº19 - Campina – Belém/PA - Telefone: 91 32252754 - Email: a.fotoativa@ gmail.com. Site: www.fotoativa.org.br.


10

Polícia

Belém, 19 a 26 de agosto de 2011 FOTOS: DIVULGAÇÃO

Virou moda roubar caixa eletrônico

P

arece que virou moda, mesmo. Só este ano foram pelo menos seis assaltos a caixas eletrônicos no Pará. O último aconteceu na última segunda-feira quando um caixa eletrônico foi arrombado na agência do banco Santander situada na rodovia BR-316, próximo ao shopping Castanheira, no município de Ananindeua, na Região Metropolitana de Belém. Os bandidos conseguiram abrir a parte da frente com o uso de um maçarico, embora não tenham conseguido êxito na operação. De acordo com o delegado Ivanildo Santos da Divisão de Repressão Ao Crime Organizado (DRCO) a Polícia Civil tem trabalhado no combate a essa modalidade criminosa. “Os bandidos estão cada vez mais ousados e organizados, com toda certeza. Mas nos esta-

mos preparados para combater e já iniciamos investigação para colocar as mãos nestes envolvidos”, contou ele. Ainda de acordo com o policial, outros casos não foram descartados pela polícia. “Inclusive já tivemos êxito na captura dos marginais, mas sabemos que muito ainda temos pra fazer”, contou ele.

Patrulhão de Polícia

Toni Carapirá

OUTRO CRIME

No mês passado, bandidos tentaram arrombar um caixa eletrônico no interior de um supermercado, localizado na Avenida Almirante Barroso, próximo à Avenida Doutor Freitas. O assalto aconteceu da madrugada, tal qual acontecido esta semana. Uma equipe de investigadores da Polícia Civil esteve no local para levantar informações sobre o assalto através de depoi-

www.tonicarapira.webnode.com.br @tonicarapira CASO JOELSON

mento dos vigias da rua, além das câmeras de segurança do circuito interno do supermercado. As características da ação

criminosa foram as mesmas, inclusive com o uso de maçarico. Da mesma forma também aconteceu no Acará, dias antes.

Sessões do júri de agosto iniciam com absolvição de acusado

O

s jurados do 3º. Tribunal do Júri de Belém, presidido pelo juiz Cláudio Henrique Rendeiro, após júri absolveram Danilo Soares Júnior, 28 anos, carpinteiro, acusado de tentativa de homicídio praticado contra Alan Gama e Gama, 26 anos. Por maioria dos votos os jurados acataram teses absolutórias de falta de provas e negativa de participação sustentadas pela promotoria e defesa do réu. A promotora de justiça Rosana Cordovil, que retornou à tribuna do júri, após período

ausente por causa de uma fratura que sofreu, pediu aos jurados para absolveram o réu por falta de provas. A representante do Ministério público destacou o depoimento da testemunha presencial que desmentiu a acusação antes feita em desfavor do réu. “Testemunha honesta afirmou que nunca tinha visto o réu e que só assinou o depoimento prestado antes à Polícia por que não leu”, elogiou a promotora ao requerer a absolvição do acusado. Rafael Sarges, defensor público que atuou em defesa

do acusado sustentou a tese de negativa de autoria, reforçando a não participação do réu no crime, preso por ter sido encontrado com objeto furtado. Danilo Soares Júnior ou Babicó, como é conhecido declarou em Juízo que não foi autor do crime e que após completar a maior idade, não mais se envolveu em delito e que não sabia por que a mãe da vítima teria lhe acusado. Vítima e acusado são moradores antigos da mesma rua. Conforme o processo o crime ocorreu por volta das 17h,

do dia 13/11/2006, na trav. Cel. Luis Bentes, próximo à Vila da Barca, na periferia de Belém, quando a vítima fora atingida por disparo de arma de fogo. Na ocasião Alan caminhava em direção a uma venda de Tacacá ao lado de um amigo, Emerson Ribeiro Serra, tendo sido interpelado pelo autor do tiro, incomodado por que ele teria lhe encarado. Ainda de acordo com a denúncia a mãe da vítima foi quem apontou o réu como sendo o autor dos tiros desferidos contra o filho.

Parceria com a comunidade garante sucesso em ações da PM

O

Comando de Policiamento da Capital da Polícia Militar esteve reunido na semana passada com representantes das comunidades dos bairros da Pratinha, Tapanã e dos distritos de Icoaraci e Outeiro, todas incluídas na circunscrição do 10º Batalhão de Polícia Militar. Na ocasião, o CPC acolheu sugestões e demandas de cada uma dessas representações acerca do policiamento na área. A reunião, que faz parte de um calendário de encontros do CPC com as comunidades dos bairros de Belém, tem co-

mo objetivo dialogar com os moradores das áreas de maior demanda do trabalho policial, criando e solidificando vínculos de confiança e parceria, discutindo conjuntamente as ações que a Polícia Militar desenvolve nesses bairros, assim como as operações programadas para ocorrer nas próximas semanas. O Comandante do 10º Batalhão, Tenente Coronel Jair, que esteve presente na reunião, destacou a importância de encontros como este para estreitar os laços de relacionamento da Polícia Militar com

Mas o que teve de policial e até ex-delegado se tornando comentarista de polícia só para aparecer na mídia. Até forte aparato policial pode ser visto na entrevista coletiva e apresentação dos assassinos a imprensa. Quem não ganhou ibope pelo cumprimento do dever apareceu como advogado. Não todos, mas tem cada urubu mais voraz que os da Ceasa.

DÁ A CESAR...

Quem trabalhou no caso praticamente nem apareceu. Estes são os heróis anônimos que de fato colaboraram pra solucionar o crime.

AMEAÇADO

Jornalistas estão sendo ameaçados em Marituba por denunciarem prefeito. Quem está fazendo isso? Quero só pegar...

E O PARENTE?

A Polícia sabia, mesmo, do paradeiro dos assassinos? Mas o tio da vítima continua dizendo que foi graças a uma denuncia de um parente que se encontrou a Savana e ela contou aos policiais onde estava seu comparsa. Como dizia dona Milu: “Mistéeeeeerio!

MÃE DESNATURADA

NEM CARTEIRO

A bandidagem não livra a cara nem dos nossos amigos dos correios. Na última semana, dois elementos roubaram uma sacola cheia e cartas e alguns cartões do carteiro na Marambaia. Nos envelopes com cartões não vão com as senhas. Roubaram para quê, meu Deus?!

ACERTO DE CONTAS a comunidade, bem como para fortalecer a parceria já

existente entre a população e a corporação.

Bruno Abner morre por engano quando saia de casa com a companheira, Bruna Barbosa Coutinho na passagem Isabel, próximo à travessa Coronel Luís Bentes. Na hora de sair de casa, o casal foi abordado por três homens armados usando bicicletas. O veículo estava em movimento. Os assaltantes anunciaram o assalto e para evitar qualquer ação violenta dos bandidos, as vítimas

URUBUS

Uma mulher deixou o filho de sete meses morrer de fome e os demais só não tiveram o mesmo fim porque o caso chegou ao conhecimento da polícia. Esta está na mesa corriola daquelas que jogam bebê recém-nascido no quintal do vizinho. Absusrdo!

BAÚ DO CRIME

Dando continuidade a nossa série de reportagens para rememorar casos marcantes da crônica policial paraense. Foi assim que em uma tentativa de assalto na Grande Belém morreu o despachante de uma companhia aérea. Bruno Abner Pereira Rodrigues tinha 26 anos quando foi assassinado a tiros no bairro do Telégrafo. Ele foi baleado no tórax

Parabéns a Polícia por solucionar o caso de maior repercussão da crônica policial dos últimos anos. A união entre Polícia Civil, Militar, Centro de Perícia Renato Chaves, enfim, todos estão de parabéns por prenderem Savana Cruz e Raimundo Nonato dos Santos. Agora só faltam outros mil pra resolver.

ergueram as mãos. Um dos ladrões começou a atirar em direção ao carro sem motivo aparente. Um dos tiros atingiu Bruno Abner no tórax e outra bala acertou o vidro da porta ao lado do motorista, bem como o lado direito do Gol. Bruna Coutinho não sofreu qualquer ferimento durante o tiroteio. Os bandidos fugiram do local do assalto sem levarem nada.

Dos assassinatos em Belém, a maioria é acerto de contas. Das duas uma, ou é mesmo ou falta apurar melhor. Condições pra isso... Tem?! Ah, por falta de investimento do governo anterior não tem.

SAMBA

Se fosse aos tempos atuais, duvido que o Chico Buarque vivesse a seguinte situação que resultou no samba com o trecho: “Eu fui fazer um samba e homenagem a nata da malandragem que conheço de outros carnavais...”. Seria assaltado, talvez até morto, mesmo depois de entregar seus pertences.

Bruno Abner foi socorrido por familiares e conduzido até o Pronto-Socorro da travessa 14 de Março, no Umarizal. Ele não resistiu ao baleamento no tórax e morreu.

ANANIN”BALA”

Alarmante está a situação do povo ananindeuense. Se espremer os jornais nas reportagens sobre Ananindeua sai sangue. Ah, quase tudo acerto de contas também. Será mesmo?


Cidade

Belém, 19 a 26 de agosto de 2011

11

FOTOS: DIVULGAÇÃO

Luis Sapo volta aos ringues internacionais em setembro

U

m dos maiores nomes do MMA nacional o paraense, Luis Sapo terá a chance de voltar aos ringues internacionais em 2011. Com seis vitórias consecutivas, o atleta assinou contrato de quatro lutas com o evento norte-americano Bellator FC. Em mais de dez anos de carreira, Sapo conquistou 67 vitórias e perdeu apenas sete lutas, e já lutou nos Estados Unidos, como no recém-extinto WEC, e no Japão. Luis Sapo no Team Bombsquad (Nova IorqueEUA) De olho em sua estreia no GP de meio-médios do Bellator, agendada para o dia 10 de setembro, Luis “Sapo” Santos agora tem nova casa: Nova York. O Paraense, assim como sua esposa e também lutadora, Carina Damm, deixaram a fria St. Louis e a Finney's Squad para acertar com o Team Bombsquad, onde o ex-atleta do WEC vai

se preparar a partir do dia 14 deste mês para o novo desafio. O GP do Bellator terá também a presença da promessa Douglas Lima, do exUFC Be n Saunders, além de Rick Hawn, Dan Hornbuckle, Chris Lozano e Brent Weedman. “Preciso estar num time forte e por isso optei em fazer parte do Bombsquad. Lá eu terei um suporte bem maior, com muitos sparrings do meu peso, fzendo com que a preparação fique muito mais real e próxima da luta. O convite veio do meu amigo Rene Nazare (lutador do Bellator também), e estou levando comigo minha esposa (Carina Damm) e meu treinador de boxe, o Lula Santos”, revelou Sapo. A oportunidade do brasileiro no GP do Bellator chegou depois de uma vitória convincente sobre Nicolae Cury, a oitava seguida de sua

carreira (que teve um empate depois, contra Carlos Índio) numa luta casada do evento em maio. Agora, a chance de brilhar vem no mata-mata mensal que já coroou Patricio Pitbull entre os pesos pena e pode render a Sapo uma disputa de cinturão contra o atual detentor Ben Askren. “Estava focado e treinando há meses para estrear no Bellator, e tive a sorte de pegar um grande atleta que é o Cury, e fazer uma luta bem movimentada com ele. A gor a é a maior chance da minha carreira de mostrar meu t raba l ho à

nível mundial no GP, estou muito satisfeito em fazer parte do Bellator, é um grande evento. Apesar de ser tiro-curto, o torneio é muito empolgante, gosto desses desafios. Pelo que sei, o pessoal da organização está satisfeito comigo e eu estou treinando muito forte e muito empolgado para estrear no GP”, afirmou o atleta.

Judoca paraense ganha apoio da PMB para disputar de Sul-Americano na Argentina

D

epois de conquistar uma vaga no SulAmericano de Judô, que será disputado em Buenos Aires, na Argentina, a atleta Camila Kethllen de Souza, de 12 anos, corre agora atrás de patrocínio para garantir a sua estada no país vizinho. A judoca, que é aluna da Escola Pública de Judô da Secretaria Municipal de Esporte, Juventude e Lazer (Sejel), recebeu uma boa notícia: a Prefeitura de Belém vai custear não apenas a sua viagem como também a de sua mãe, Simone Souza. O anúncio foi feito durante a visita da atleta à sede do poder municipal, o Palácio

Antônio Lemos. Recebida pelo prefeito Duciomar Costa, Camila não escondeu a alegria de participar da competição e prometeu se esforçar ao máximo para obter um bom resultado. “Vou dar tudo de mim, porque sei que esta competição é, no momento, a mais importante da minha vida”, disse. A judoca mostrou ao prefeito a medalha de vice-campeã do Campeonato Brasileiro de Sub-15, categoria peso super ligeiro - menos de 36 kg, realizado no último fim de semana em Aracaju (SE). A colocação lhe rendeu uma vaga no Sul-Americano da Argentina. Aluna do projeto

municipal há seis anos, Camila coleciona várias meda-

lhas. Este ano, Camila tam-

bém foi campeã da 7ª edição da Copa Minas Tênis, realizada em julho, na qual enfrentou atletas de cinco estados brasileiros. Atualmente, ela é a segunda melhor atleta brasileira em sua categoria e a primeira no ranking estadual. “A Camila tem futuro. E com a vaga no Sul-Americano receberá a partir de agora um treinamento diferenciado”, garante o treinador Gilberto Cruz. A judoca já está sendo preparada para a competição nacional e, segundo Gilberto Cruz, passará uma temporada no Rio de Janeiro treinando com atletas de alto nível técnico, além de participar

de todas as competições que servirão como preparativos ao Sul-Americano. “Neste sábado, ela participa em Belém da seletiva para os Jogos Estudantis, mas também já estamos inscrevendo a atleta para uma competição em Macapá. Tudo isso para que ela continue somando pontos no ranking nacional e assim se mantenha entre as melhores do país”, justifica o técnico da Sejel. A Confederação Brasileira de Judô deve divulgar em setembro o calendário oficial em que os judocas brasileiros serão integrados à equipe brasileira.


12

Municípios

Belém, 19 a 26 de agosto de 2011 FOTOS: DIVULGAÇÃO

O flagrante de Bertoldo com carro roubado repercute em Marituba

M

arituba comenta a reportagem publicada no Jornal Popular na última semana contando detalhes de quando o prefeito Bertoldo Couto foi flagrado dirigindo um veículo roubado. O caso foi parar na Divisão de Repressão ao Crime Organizado (DRCO). A matéria também exibiu o desperdício de dinheiro, possivelmente público, pela família do prefeito que se esbalda na condição de novo rico, com direito a festa na Praia do Maçarico a base de 20 caixas dos mais caros uísques. Ou seja, para quem já passou tanta dificuldade na vida, só roubando para esbanjar tantos recursos financeiros para gastos excessivos.

Para a dona de casa Mariana da Conceição Santos, que o conheceu na época de serralheiro, é um absurdo tanto desperdício de dinheiro. “Ele tá abusando da nossa cara. Onde já se viu fazer uma festa de aniversário com tanto gasto de dinheiro e Marituba passando necessidade”, comentou ela. Já o mecânico Joares Lima estava indignado com o povo de Marituba. “Foram esses abestados quem colocaram o Bertoldo na cadeira de prefeito. Agora, bonito para a cada deles (o povo) ver o escolhido para administrar a cidade ser notícia por dirigir carro roubado. Por que ele não é notícia por fazer alguma coisa que preste para cidade”, questionou ele.

Gordo reclama do abandono ao esporte dalidades, os campeonatos de futebol no município dando total apoio logístico, com farta distribuição de material esportivo, além de ajuda nas despesas com arbitragem. “Por parte do poder público, os desportistas praticamente não tem apoio nenhum” conta ele. “Embora como vereador tenha apresentado projeto para a Construção de ciclovias ao longo BR-316, Construção do Estádio Municipal de Futebol de Marituba e Clube do Servidor, mas ainda é pouco”, admite Gordo.

E

m seu segundo mandato, o vereador José Correa de Brito Filho, o Gordo, reclama da falta de apoio do prefeito ao esporte de Marituba. “Aliás, nossa cidade está há muito tempo sem comando administrativo e praticamente sem oposição”, afirmou o parlamentar que é um dos poucos opositores do prefeito. Segundo ele, os maritubense ainda são muito caren-

tes em áreas importantes para o desenvolvimento como educação, saúde, saneamento, esporte e lazer, cultura. “O servidor público também é muito abandonado” comentou. Entretanto, o esporte é praticamente depende apenas do parlamentar que preside a Liga Atlética de Marituba (LAMM). A Liga tem, ao longo dos últimos anos, patrocinado, em todas as mo-

Campus da UFPa em Ananindeua

N

a última terça-feira, 16, a Presidente Dilma Rousseff assinou o termo de expansão do ensino superior do Pará, que inclui a criação do campus da Universidade Federal do Pará (UFPA) no município. A cerimônia de lançamento foi realizada no Palácio do Planalto. A p r e v i s ão é d e q ue o campus da U FPA seja

construído na área da antiga residência do Governador, a Granja do Icuí. Caso o processo não seja concluído a Prefeitura de Ananindeua viabilizará área para a instalação. A implantação dos cursos superiores da Universidade no município é resultado de uma luta de dois anos. A deputada Elcione Barbalho já destinou

um milhão de reais para o início da obra. Além de A nanindeua, toda a popu laç ão d a Reg ião Metropolitana de Belém será beneficiada com a criação dos novos cursos universitários. A presença de uma universidade no município ampliará o acesso ao nível super ior, aumentando a formação de profissionais capacitados.

Prefeitura inaugura PSF

M

ais uma vez, pelo menos a terceira desde que assumiu a Prefeitura de Ananindeua, o prefeito Helder Barbalho reinaugurou a Unidade de Saúde da Cidade Nova VI. No local, serão promovidos serviços de atenção primária com assistência ambulatorial e domiciliar, em ações de prevenção com serviços de vacinação, clínica geral, pré-natal, exame preventivo, atendimento a pacientes hipertensos e diabéticos. A população também terá acesso a serviços odontológicos como extração, raspagem de tártaro, restauração e pequenas cirurgias. A Unidade de Saúde é composta por três equipes da Estratégia Saúde da Família (ESF) que vão até as casas

realizar o acompanhamento da saúde das famílias. Médicos, dent istas, enfermeiros, técnicos em enfermagem e agentes comunitários vão atuar nas comunidades. Desde quando assumiu a Prefeitura, o prefeito Helder Barbalho já inaugurou 23 Unidades de Saúde da Família. Atualmente, o município passa a contar com 43 Unidades de Saúde da Família, 11 Unidades Básicas de Saúde e 92 Equipes de Saúde da Família.Na próxima semana, a Prefeitura de Ananindeua inaugura ainda a Unidade de Saúde do Icuí e, ainda este mês, o Centro de Regulação de Leitos e o Centro de Especialidades Odontológicas, ambos no Complexo de Saúde da Cidade Nova II.


Geral

Belém, 19 a 26 de agosto de 2011

13

FOTOS: DIVULGAÇÃO

Tragédia do Real Class faz PMB capacitar pessoas para atuar em situações de risco

T

rinta voluntários capacitados e bem preparados para atuar em situações de risco e de calamidade pública. Esse foi o resultado de uma ação pioneira no Pará: a criação do Grupamento de Pronto Salvamento da Defesa Civil de Belém (GPS). Os socorristas foram diplomados esta semana no Palácio Antonio Lemos, após a conclusão do curso de formação. O Grupamento de Pronto Salvamento (GPS) foi idealizado a partir do desabamento do edifício Real Class, em 29 de janeiro deste ano. Segundo o coordenador da Defesa Civil Municipal, Mário Chermont, a partir da atuação dos voluntários nesse episódio, surgiu a necessidade de formação de um grupo com o preparo adequado para atuar nesse tipo de situação. “Temos a certeza de que o empenho deles fez toda diferença no processo de aprendizagem e as parcerias também foram fundamentais. Essa iniciativa é muito importante porque a partir de agora contamos com pessoas capacitadas e bem preparadas para situações de emergência”, explicou Mário. Durante o curso, os voluntários tiveram aulas práticas e teóricas de primeiros socorros, humanização, defesa civil, dengue e resgate. Para João Corrêa, 46 anos, que já

capacitar esses cidadãos que disponibilizam tempo para ajudar o próximo é fundamental”, concluiu. A formação do Grupamento de Pronto Salvamento da Defesa Civil de Belém (GPS) teve a parceria da Defesa Civil Estadual, Corpo de Bombeiros, Secretaria Municipal de Saúde (Sesma), Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e técnicos da própria Defesa Civil de Belém. No segundo semestre serão abertas vagas para a formação da segunda turma. O curso é totalmente gratuito e qualquer voluntário já cadastrado poderá se inscrever. Para ser voluntário da Defesa Civil de Belém é preciso ser maior de 18 anos e fazer o cadastro na sede da Defesa, que fica localizada na Travessa Campos Sales, nº 33, entre 15 de Novembro e Boulevard Castilho França, durante horário comercial. A tragédia do Real Class fez a PMB capacitar trinta voluntários para atuar em situações de risco e

de calamidade pública.

trabalhava como voluntário da Defesa Civil Municipal há quatro anos, o curso agregou conhecimento. “Muitas coisas que não sabíamos aprendemos durante o curso e o conhecimento dos parceiros como bombeiros e Samu fo-

ram importantes. Estamos aptos para qualquer situação a partir de agora. Estou orgulhoso em poder ajudar da forma correta”, afirmou. Para o prefeito de Belém, Duciomar Costa, a iniciativa mostra a preocupação em dar

respostas para a sociedade. “Esse pioneirismo mostra que estamos sempre preocupados com o bem estar da população em qualquer situação. Durante o socorro que prestamos as vítimas da queda do prédio, percebemos que

Vale-cultura deverá ser votado até o final deste ano

O

projeto do vale-cultura é o mais fácil de ser aprovado porque há acordo para votação. O presidente da Câmara, Marco Maia, afirmou que até o final deste ano a Câmara deve votar o projeto do valecultura (PL 5798/09), benefício mensal de R$ 50 para os trabalhadores de baixa renda gastarem com produtos culturais. Ele participou de ato da Frente Parlamentar da Cultura que reivindicou, nesta quarta-feira, a votação de uma série de projetos relacionados ao tema e também pediu o fim de cortes orçamentários no setor. O evento contou com a presença de artistas como Frejat, Sandra de Sá, Fernanda Abreu, Antônio Grassi e outros, além de deputados federais. De autoria do Executivo, a proposta do vale-cultura foi aprovada pela Câmara em 2009, mas precisará ser analisada de novo por ter sido alterada no Senado. O texto é considerado prioritário, como afirma a presidente da Comissão de Educação e Cultura, Fátima Bezerra (PT-RN). “É inaceitável que esta Casa até o presente momento não tenha consolidado a aprovação do vale-cultura."

Até o final deste ano a Câmara deve votar o projeto do vale-cultura de R$ 50.

Marco Maia afirmou que o projeto do vale-cultura é o mais fácil de ser aprovado porque há acordo para votação.

PRÓCULTURA E PEC DA MÚSICA

Outras prioridades defendidas pela frente são difíceis de serem analisadas, segundo o presidente da Câmara, por-

que são propostas de emenda à Constituição, que exigem três quintos de votação para serem aprovadas. Maia recomendou aos deputados e artistas que busquem um acordo com os líderes partidários para a votação de outras propostas. Um dos projetos defendidos pela frente é o (PL 6722/10), também do Execu-

tivo, que cria o Programa Nacional de Fomento e Incentivo à Cultura, o Pró-Cultura, que altera as regras de financiamento do setor. O projeto foi enviado pelo governo no ano passado e atualmente

aguarda votação na Comissão de Finanças e Tributação. Entre as propostas de emenda à Constituição está

a que traz isenção fiscal para o mercado da música (PEC 98/07), conhecida como a PEC da Música, de autoria do deputado Otávio Leite (PSDB-RJ) e a que vincula recursos orçamentários para a Cultura (PEC 150/03), do ex-deputado Paulo Rocha. O cantor Frejat assinala que o Ministério da Cultura ficou desatendido durante muitos anos. "Por isso, a gente acha importante ter a vinculação de uma porcentagem dirigida para a Cultura, obrigatoriamente, e que não seja contingenciado. Isso é muito importante mesmo." Outra proposta de emenda à Constituição ligada à área é a que cria o Sistema Nacional de Cultura (PEC 416/05), do deputado Paulo Pimenta (PTSP). O texto estabelece responsabi l id ades e atribuições dos entes públicos para a área. Após o ato, os manifestantes seguiram para uma audiência com a ministra de Relações Institucionais da Presidência da República, Ideli Salvatti.


14

Cidades

Belém, 19 a 26 de agosto de 2011

Desvio de verbas e malária em Anajás

D

epois do caos na saúde, o município de Anajás está prestes a padecer mais ainda. Agora não é só a saúde que está precária, mas a Educação. O motivo é o desvio de verbas, pois até o momento a prefeito da cidade, Edson Barros, não justificou a emissão das notas fiscais não aprovadas pela Controladoria Geral da União. A Secretaria

Federal de Controle Interno, órgão do CGU é responsável pela constatação de que a Prefeitura emitiu notas fiscais falsas para justificar o pagamento com recursos do Fundeb de R$V 21.980,00 a empresa F. Vasconcelos dos Santos e Cia Ltda. O valor era para justificar o pagamento de cartuchos, papel A4, etc. O que o CGU constatou é que a empresa não

está habilitada para o fornecimento. Além disto, o endereço apresentado em documento é de uma residência. Outro fornecedor de material escolar, a N. C. P. dos Santos também está irregular. Esta última empresa recebeu R$ 33.009,00. Enfim, de acordo com o órgão da União, as notas irregulares de todos os fornecedores da Prefeitura de Anajás somam R$ 316.363,00. Para um município que padece com a saúde, o caos na educa-

ção é o próximo pesadelo dos munícipes, pois embora apresentados nos documentos em notas, mesmo falsas, a carência de material escolar e demais objetos que constam nas notas é uma realidade. Quanto a saúde, o prefeito de Anajás, Edson Barros reclamou em Brasília da falta

de investimento do Governo Federal no município para o combate a malária. Ele encaminhou ofício ao Ministério da Saúde juntamente com o Defensor Público-Chefe no Pará, Anginaldo Oliveira Vieira solicitando providências quanto ao repasse de verbas destinadas ao combate da malária no município de Anajás, localizado no Arquipélago do Marajó/PA. Apesar de destacar a existência do Plano de Controle da Malária administrado pelo município com verbas federais que, segundo ele, os índices da doença tiveram queda de quase 60%, o prefeito não mostrou que o atraso no repasse da verba anual, estimada em R$ 50 mil se deu por conta da falta de transparência na administração destes e outros recursos. Ou seja, por conta da emissão de notas fiscais falsas e, consequentemente, não aprovação nas contas da Prefeitura está se inviabilizando as ações de combate à malária. O plano foi aprovado pela Comissão Intergestores Tripartite (CIT). Em fevereiro deste ano o projeto para 2011 foi encaminhado, mas ele não foi renovado. Como o prazo venceu em maio e não houve resposta, o que não aconteceu até agora, o serviço foi prejudicado, pois nos cofres do município não sobrou recursos para pagar as pessoas envolvidas no trabalho de prevenção. Foi diante dessa possibilidade que a Defensoria Pública da União (DPU/PA) encaminhou o ofício ao Ministério da Saúde, com pedido de providências para que o quadro da doença na região não se agrave. Mas o principal responsável por estes e outros problemas é o prefeito da cidade cujas contas não foram aprovadas e quem padece é a população.

conta do desvio de verbas. E a falta destes recursos são mais perceptíveis na saúde. Pois se no Brasil os casos de malária ultrapassam 300 mil a maioria é no Pará, ou melhor, em Anajás. Muitos desses pacientes são transferidos para fazer tratamento em Belém. Todos os dias, dezenas de pacientes prostrados e febris esperam para ser atendidos no ambulatório do Instituto Evandro Chagas, na capital paraense. A prefeitura de Anajás até mantém uma casa na periferia de Belém para que eles se tratem na capital quando seria mais fácil adquirir medicamento para tratar seus pacientes na cidade. Além de investir em infra-estrutura e combate direto ao mosquito. Entretanto mais fácil transportar os doentes de barco à capital. Vem gente de avião porque a cidade não tem como tratar a doença. Faltam recursos por conta do débito do município. Anajás está no coração da ilha de Marajó, tem 25 mil habitantes e 10 mil casos de malária só na primeira metade do ano. É quase impossível encontrar alguém que não tenha sido contaminado, pelo menos, uma vez. O município foi construído em cima de um imenso

FOTOS: DIVULGAÇÃO

criadouro de mosquitos. Toda a área alagada é foco do mosquito. Todas as casas têm palafitas, uma passarela suspensa ajuda as pessoas a caminhar, mas a falta de investimento em saneamento e o combate ao inseto aumentam mais ainda o risco corrido pela população. E nos povoados mais distantes, por exemplo, faltam remédios básicos como primaquina e cloroquina. E agora?

CASOS MAIS COMUNS

No Brasil, são três tipos de malária: vivax, falciparum e malarie. Todos são transmitidos pela fêmea do mosquito Anáfloes que pica a pessoa e introduz o parasita. É um protozoário que circula no sangue e destrói as hemácias, os glóbulos vermelhos. Em 48 horas, rompe a hemácia, joga no sangue substâncias tóxicas que produzem esse fenômeno: febre, frio ou cale-frio, e muita dor de cabeça. Na ilha de Marajó, teve um pico de malária importante. Por quê? Por causa da atividade econômica novamente. É o homem que penetra certas áreas e aumenta muito a sua participação, aumenta a degradação ambiental, aumenta a produção de mosquito.

METADE DO POVO SOFREU COM A DOENÇA

O futuro da população de Anajás está ameaçado por

O prefeito Edson Barros não justificou a emissão das notas fiscais

Empresas de Saneamento reivindicam recursos para as obras do "Minha Casa, Minha Vida"

O

presidente da Associação Brasileira d a s Empresa s d e S a n e a m e n t o B á s ic o Estaduais (Aesbe), Abelardo de Olivei ra Fi l ho, do Estado da Bahia, e o vice-presidente, Antonio Braga, do Pará, estiveram reunidos esta semana com o minist ro das Cidades, Mário Negromonte, para entregar um conjunto de propostas que visam agilizar a implementação dos serviços de abastecimento de ág ua e de esgotamento sanitário nas obras do P rog ra m a M i n ha C a sa, Minha Vida. Desde o lançamento do programa, em 20 09, as compan hias de

A iniciativa não é novidade por parte das companhias. Esse mesmo pleito já havia sido realizado anteriormente

saneamento têm enf rentado dificuldades em implementar os ser viços de saneamento devido, principalmente, à falta de recursos para esse fim. Para equacionar a questão, as compan h ias estaduais de saneamento, representadas pela Aesbe, reuniram-se para elaborar med id a s que promovessem essa agilização, consolidadas no documento entregue hoje ao ministro. Entre as iniciativas sugeridas, está o desenvolvimento de um subprograma prioritário, a ser criado dentro do Plano de Aceleração do Cresci mento (PAC), com o objetivo de

prover recursos para a adequação das infraestruturas locais das companhias nos municípios contemplados pelas obras do Minha Casa, Minha Vida. A iniciativa não é novidade por parte das companhias. Esse mesmo pleito já havia sido realizado anteriormente. Mas, com anúncio da seg unda etapa do programa feito pela presidente Dilma Roussef, e m ju n ho des te a no, a s companhias priorizaram a resolução desse problema, pois para a seg unda fase do programa foi estabelecida como meta a construção de 2 milhões de moradias até 2014.


Consumidor

Belém, 19 a 26 de agosto de 2011

15

FOTOS: DIVULGAÇÃO

Feira vocacional da Uepa acontecerá dia 30 de agosto Treze dos 20 campi da Universidade do Estado do Pará (Uepa) já definiram como acontecerão suas feiras vocacionais, evento organizado com o intento de mostrar aos futuros calouros um pouco de cada curso ofertado pela instituição. Desde o dia 13 de agosto até o dia 24 de setembro, os núcleos de Paragominas, Santarém, Conceição do Araguaia, Vigia, Altamira, Castanhal, Tucuruí, Salvaterra, Cametá, Belém, São Miguel do Guamá, Redenção e Moju realizarão várias programa-

ções para fazer com que os candidatos conheçam as graduações da Uepa. A feira vocacional da capital, que acontecerá dia 30 de agosto, já tem também local e horário para acontecer: das 9h às 17h, no campus II da Universidade, que abriga um dos espaços do Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS), no bairro do Marco. A programação completa ainda está sendo definida pelos diretores de centro junto à Diretoria de Acesso e Avaliação (DAA) e será divulgada em breve.

05) CASTANHAL NO DIA 19/08:

- Exposição audiovisual e apresentação de experimentos. - LOCAL: O próprio campus - Horário: Das 9h às 17h

06) TUCURUÍ, NO DIA 19/08:

- Palestras sobre profissões dos cursos oferecidos no núcleo. - LOCAL: O próprio campus - Horário: Das 8h às 19h

07) SALVATERRA, DE 22 A 26/08:

- Organização e planejamento das atividades a serem desenvolvidas, formação das equipes de trabalho com divisão de tarefas, divulgação do evento nos municípios-alvos do projeto, momentos e palestras motivacionais e teste vocacional. - LOCAL: Núcleo Universitário de Salvaterra, escolas de Ensino Médio dos municípios de Soure e Cachoeira do Arari - Horário: Das 8h à 20h.

08) CAMETÁ, DE 24 A 26/08:

- Teste vocacional, exposição dos cursos da Uepa, inscrição aos Processos Seletivos. - LOCAL: Escolas de Ensino Médio da Região Metropolitana do município de Cametá - Horário: Das 8h às 16h e das 16h às 19h.

09) SANTARÉM, NO DIA 26/08:

- Atividades técnicas de massoterapia, teste de acuidade visual, vacinação, tipagem sanguinea, aferição de pressão arterial, visitas aos laboratórios, atividades técnicas assistênciais, atividades Culturais LOCAL: O próprio campus Horário: Das 8h às 16h

10) BELÉM, DIA 30/08:

- Programação em definição - LOCAL: Campus II do CCBS - Horário: Das 9h às 17h

11) SÃO MIGUEL DO GUAMÁ, NO DIA 31/08:

- Palestras, mini-cursos, oficinas, relatos de experiências, exposições - LOCAL: O próprio campus - Horário: Das 8h às 12h, das 14h às 18h e das 19h às 20h

12) REDENÇÃO, NO DIA 18/09:

- Palestras, micro-aulas,exposição dos cursos, momento cultural e estande de inscrição aos Processos Seletivos 2012. - LOCAL: O próprio campus. - Horário: Das 16h às 22h

13) MOJU, DE 20 A 24/09:

- Palestras, orientação vocacional, atividades culturais - LOCAL: Núcleo Universitário Regional do Baixo Tocantins e ainda nos municípios de Igarapé-Miri e Tailândia - Horário: Das 7h às 21h.

Mais 7 anos de contribuição para se aposentar

A

equipe econômica do governo federal está elaborando propostas para uma minirreforma da Previdência Social. Uma das possibilidades em estudo é aumentar em sete anos o tempo mínimo de contribuição para requerer a aposentadoria. A ideia é aumentar o período de recolhimento de 35 para 42 anos, no caso dos homens, e de 30 para 37 anos, para as mulheres, qualquer que seja a idade do segurado. O projeto já estaria nas mãos do ministro da Previdência Social, Garibaldi Alves. O INSS, no entanto, informou que a proposta, assim como outras possibilidade de mudança na Previdência, ainda estão na área técnica e serão encaminhadas para avaliação das centrais sindicais e da Presidência da República, antes de serem enviadas ao Congresso Nacional para votação. O aumento do tempo de

O governo estuda aumentar em mais sete anos o tempo de contribuição para conceder a aposentadoria.

contribuição seria um dos caminhos para substituir o fator

» Mudanças também para as pensões

A

necessidade de uma m i n i r refor m a d a Previdência Social tem levado o governo a discutir outras possibilidades de mudanças. Em junho deste ano, por exemplo, técnicos já estudavam a ideia de reduzir o valor das pensões para viúvas, limitando os benefícios a 70%, caso elas não tenham

filhos. Outra proposta seria a de que a pensões fossem pagas por apenas dez anos, se elas tiverem menos de 35 anos de idade. Na ocasião, associações e sindicatos que representam aposentados e pensionistas no país fizeram oposição às ideias de mudança. Houve, inclusive, críticas de parla-

previdenciário, cálculo que reduz o valor dos benefícios

de quem se aposenta mais cedo.

mentares — tanto governistas quanto de oposição —, que também se manifestaram contra a intenção de aumentar o tempo de recolhimento necessário para as mulheres obterem aposentadoria por tempo de contribuição: de 30 para 33 anos. No caso da aposentadoria por idade, outra possibilidade divulgada anteriormente seria elevar a idade mínima de 60 para 63 anos, no caso

das seguradas. A resistência, neste caso, veio até de parlamentares do PT e do PMDB. A justificativa do governo para alterar as leis previdenciárias é a necessidade de evitar um colapso das contas públicas. Segundo especialistas, a Previdência Social não se sustentaria com as regras atuais até 2050, devido ao envelhecimento da população, o que resultaria em pagamentos de benefícios por longos períodos.


16

Social

Belém, 19 a 26 de agosto de 2011

CLUB socialjornalpopular@gmail.com

POUCAS E BOAS ■ Concorridíssima a cerimônia de posse das magistradas Maria do Céo Coutinho e Edwiges Lobato como desembargadoras do Tribunal de Justiça do Pará. ■ No dia 25 , em Manaus, a nossa presidente Dilma reunirá com os governadores da região Norte para lançamento de programas e erradicação da miséria.

O presidente do TCE, Cipriano Sabino, esteve semana que passou em Brasília, onde participou de um evento no Tribunal de Contas da União, onde foi recebido pelo presidente Benjamin Zymler.

O advogado Nazareno Nogueira está capitaneado o seminário “Como fazer coleta seletiva em condomínio”, que será realizado dia 24 de agosto na Associação Pan Amazonica Nipo Brasileira.

Amazônia Hall Um show com o cantor Fábio Júnior irá marcar o

lançamento do mega empreendimento de Joana Pessoa, Chimbinha e Lírio Pavan. O novo complexo de eventos terá capacidade para nada mais nada menos do que duas mil pessoas confortavelmente acomodadas e fica na Augusto Montenegro onde outrora funcionou o Boliche da Pavan.

A renomada professora de dança Clara Pinto (foto) ultimando os preparativos para a 18ª Edição do Festival Internacional de Dança da Amazônia, o FIDA, que acontecerá no dia 13 de setembro. Vamos aguardar.

O empresário Rui Lucas mandou vários funcionários de sua Eurocar para o centro de capacitação da Chevrolet com a finalidade de treina-los com o intuito de amentar ainda mais a qualidade de atendimento em sua concecionária.

Nilson Pinto e Lena Ribeiro(foto) resolveram oficializar a união e escolheram o dia 2 de dezembro, com a recepção no Hangar e show da banda Aviões do Forro. Lena já está com o vestido prontíssimo.

Martan Spa&Hotel A Computer Music Hall e a Martan Spa&Hotel firmaram

uma parceria para que nos próximos 2 meses, todas as bandas que se apresentarem naquela casa de show, ficarão hospedadas no Spa Hotel com tarifas promocionais. Aliás, a Computer Music Hall está fazendo o maior sucesso com seu funcionamento na BR.

■ Shirley Oliveira e Erick Gatto casarão no dia 10 de setembro no Pier 47 com o cerimonial da empresa de Lucinha Lage, a Cest Si Bom. ■ Continua até o dia 9, no andar térreo do Centur, a exposição de 31 fotos dos fotógrafos Flávia Bassalo, Douglas Caleja e Mari Jares. Vamos prestigiar. ■ O Shopping Pátio Belém estará inaugurando os banheiros exclusivos para a Melhor Idade, que irão contar com iluminação especial, sistema de alarme em caso de emergência e prateleiras. ■ Um cardápio especial voltado para a culinária de casa será o tema do curso intensivo ministrado pelo chef Fábio Sicilia no próximo dia 17 de setembro no restaurante Família Sicilia. ■ Aliás, Fábio Sicilia

também ministrará um curso de vinhos franceses com estudo de casos no mesmo local, só que no dia 10 de setembro. ■ A JAC Motors, os carros chineses com seis anos de garantia que o apresentador Faustão é garoto propaganda, estão chegando na praça de Belém e prometem preços arrasadores. ■ A Companhia Paulista totalmente interada com a era digital já está com seu site www. ciapalista.net.br em funcionamento para pedidos. ■ Já estão abertas as inscrições para o X Congresso Nacional dos Defensores Públicos que este anos será realiado em Natal no Rio Grande do Norte. A ADPEP é a responsável local pelas inscrições. ■ O novo Drive-trhu da Mcdonalds, na Antonio Barreto com Doca já está com as obras adiantas e será inaugurado na primeira semana de outubro, ainda antes do Círio deste ano. ■ A Fenormarc – Feira Norte de Materiais de Cosntrução, promovida pelo Sindicato do Comércio de Materiais de Construção e Similares acontecerá entre os dias 21 e 24 de setembro.

Incentivo Fiepa Louvável a iniciativa do presidente da Federação das

Industrias do Pará, José Conrado que lançou uma política de incentivo as empresas paraenses através de uma parceria com a Vale do Rio Doce que se comprometeu em privilegiar com a preferência nas compras de fornecedores locais. Iniciativas desta natureza com certeza colaboram bastante para o nosso desenvolvimento


Ano XX - Nº 814 | Belém, 19 a 26 de agosto de 2011

Aumenta o fluxo de turistas em Belém » B

elém não é mais roteiro apenas no Círio de Nazaré, a conhecida “cidade das mangueiras" e considerada como o portal da Amazônia, virou roteiro dos turistas. Todos os meses, a capital é invadida por dezenas de turistas que lotam hotéis, restaurantes e aquecem a economia do estado. Muitos empresários estão investindo na capacitação de funcionários para atender melhor os turistas. As redes sociais divulgando as belezas da capital paraense também ajudam a atrair os turistas, que querem conhecer melhor a cidade antes do Círio de Nazaré, quando a cidade fica lotada e não dá para aproveitar todos os espaços públicos. Esta bela capital têm suas peculiaridades e merece ser conhecida bem de pertinho. Com marcas registradas como o Círio que acontece todo 2° domingo do mês de Outubro, o tacacá nosso de cada dia nos finais de tarde e a chuva que insiste em cair toda santa tarde, fazem desta cidade um roteiro de viagem inesquecível. O paraense tem mania de dizer. “Quem vai ao Pará parou, tomou açaí ficou". E não é pra menos que nos orgulhamos de dizer essa frase. Essa frutinha pequenina de cor escura é paixão paraense e já ganhou o mundo! Costumamos ver muito quando viajamos para outros lugares o nosso açaí misturados com granola, guaraná e outras coisas mais que nos revigoram e serve como um tipo de energético, mas paraense que é paraense mesmo gosta de tomar o açaí com farinha d'água, camarão ou pirarucu, entre outras coisas e depois tirar aquele sono, porque aqui entre nós o verdadeiro açaí dá um sono! Bem, mas voltando a Belém... Além das maravilhas da nossa cidade vale a pena também falar do paraense. Gente não é porque eu sou um, mas eu nunca vi na minha vida um povo tão alegre, tão receptivo, tão caloroso como esteve, que gosta mesmo é de receber os turistas, e se alegra quando pode mostrar a cidade para os outros, quando tem a oportunidade de levar a sua cultura, sua fé, sua cara, para o conhecimento dos outros. Você pode ter certeza que receptividade igual a essa vai ser difícil de encontrar por ai. Aqui você se sente em casa, parece que você conhece todo mundo! É muito bom quando a gente viaja pra outro lugar e somos bem recebidos, e isso com certeza não faltam na casa de qualquer paraense que se preze. Pois Bem vou listar aqui em baixo os pontos turísticos da nossa cidade, o que fazer na noite, alguns bares, restaurantes, entre outras coisas que valem a pena conhecer por aqui!

Fortaleza de São Pedro Nolasco. Há, ainda, uma estação fluvial e extensa área externa.

MANGAL DAS GARÇAS

Pontos turísticos

THEATRO DA PAZ

O mais importante do Estado do Pará, e um dos mais conceituados do Brasil. Ostenta e simboliza a riqueza dos tempos áureos da borracha. Seu projeto foi elaborado no estilo neoclássico. A construção começou em 1868, mas só terminou seis anos depois, em 1874. Possui sala de espetáculos com 1.100 lugares, obedecendo ao critério teatral italiano. A casa possui aparelhagem moderna de som e luz, além de refrigeração Central. Está localizado na Rua da Paz, Praça da República.

MERCADO O VER-O-PESO

Criado em 1688, surgiu quando os portugueses resolveram cobrar imposto de tudo que entrava e saía da Amazônia. Apesar de parecer um grande varejão, a mistura de cores, cheiros e objetos são muito interessantes além de folclórica. Ali, encontram-se ervas medicinais, diversas frutas regionais, artesanato, utilidades domésticas, carnes, peixes e temperos. O Ver-o-Peso reúne duas mil barracas e camelôs por toda parte; e fica nas proximidades do antigo Mercado de Ferro, junto ao cais.

BOSQUE RODRIGUES ALVES – JARDIM BOTÂNICO

Inspirado nos Bois de Bologne, de Paris, o Bosque Rodrigues Alves é um pedaço de floresta Amazônica preservado no meio da cidade. Em uma área de 16 hectares, em plena Avenida Almirante Barroso – uma das mais movimentadas da cidade – há 2.500 espécies nativas, um orquidário, lagos, grutas, cascatas e até uma réplica de montanha. Podem ser vistos animais de pequeno porte característicos da região, como macacos-de-cheiro, cotias e araras.

Parque Mangal das Garças - No projeto de revitalização do governo, ganhou destaque o projeto do Mangal das Garças, centro turístico-cultural que foi inaugurado em Janeiro de 2005, às margens do rio Guamá. Uma das maiores empreitadas do núcleo urbano belenense, o Mangal é um espaço que mescla a natureza, a tecnologia e a cultura. Composto por jardins, passarelas, viveiros naturais de animais silvestres (onde se destaca um belíssimo Borboletário), mini-museus, restaurantes e lanchonetes, a obra tenta trazer, para o ambiente urbano, uma amostra da diversidade amazônica, de forma a “climatizar” turistas e nativos na realidade da região. O Mangal funciona de Terça à Domingo, das 8 às 18 horas. Após este período, uma parte do parque é fechada e continuam funcionando, até a meia-noite, o restaurante e o píer.

COMPLEXO FELIZ LUZITÂNIA

O complexo cultural Feliz Lusitânia abrange a região portuária de Belém por onde os portugueses chegaram na região Norte, em 1616. As construções que nela foram feitas durante o período colonial atualmente abrigam museus, restaurantes e oferecem diversas oportunidades de se conhecer a realidade Amazônica. O complexo constitui-se de três prédios. A Igreja de Santo Alexandre, construção que na Belém colonial também abrigava os padres Jesuítas, tornou-se um espaço onde convivem belos jardins externos, a Igreja (que foi totalmente reformada e também é espaço para espetáculos teatrais e recitais) e o Museu De Arte Sacra, repleto de estátuas e artefatos religiosos que retratam a história regional.

FORTE DE PRESÉPIO/ CASA DAS ONZE JANELAS COMPLEXO ESTAÇÃO DAS DOCAS

MUSEU PARAENSE EMÍLIO GOELDI

Reconhecido há tempos como um dos mais importantes centros de pesquisa científica do Brasil, dedica-se ao estudo da flora e fauna Amazônica. Dali saíram também importantes estudos sobre os povos indígenas, primeiros habitantes da região. No parque zoobotânico o visitante vai poder conhecer e admirar mais de três mil amostras de plantas cuja incidência se dá na região, além de 700 tipos de madeiras e um pequeno zoológico. O aquário e a exposição permanente de artefatos, resgatados pelo esforço da instituição em decifrar a etnografia da região, completam a coleção que oferece ainda um painel evolutivo da ocupação da Amazônia. Fica na Rua Magalhães Barata.

Reabriu as janelas de Belém para a Baía do Guajará. O projeto de restauração abrange a área de antigos armazéns da Companhia de Docas do Pará. Trata-se de estruturas metálicas pré-fabricadas na Inglaterra e que foram montadas no início do século XX em Belém. São 18 mil metros quadrados de área urbanizada, com serviços de bar-café, restaurantes diversos, lojas, agências de turismo, bancos, além de auditório e dois memorais: Memória do Porto e Memória da

O Forte do Presépio, uma das primeiras construções de caráter militar da Amazônia e uma das primeiras obras de Belém foi reformado e atualmente tornou-se um panorâmico para a Baía e para o mercado do Ver-O-Peso, além de conter o Museu do Encontro, que exibe artefatos e pinturas das comunidades indígenas e dos colonizadores portugueses da época. O Feliz Lusitânia inclui, ainda, a Casa Das Onze Janelas, um antigo hospital colonial que, atualmente, abriga um espaço para exposições, o Boteco Das Onze (restaurante) e uma longa passarela externa, paralela à baía, que oferece uma estonteante visão e um quiosque de lanches regionais. À noite, shows musicais são realizados no Boteco, que também oferece serviços na parte exter na da Casa.


18

Cultura

Belém, 19 a 26 de agosto de 2011

Rede Cultura grava 100 bandas paraenses A

cross the Universe, Remoto Controle, Mostarda na Lagarta, Stereobelt, Zé do Mato, Zolty. Essas são algumas das 100 bandas que estão registrando suas músicas no Estúdio Edgar Proença, da Rede Cultura de Comunicação, ao longo desta semana. As gravações são realizadas em parceria com o CCAA Fest, evento que há seis anos divulga e premia bandas paraenses. A Rede Cultura também fará a transmissão ao vivo da final do festival, no dia 22 de outubro, através da Rádio, TV e Portal Cultura. As gravações, realizadas em áudio e vídeo, serão encaminhadas ao jurados do festival e posteriormente repassadas às bandas e disponibilizadas no canal do CCAA Fest no YouTube. “Para as bandas, é uma boa oportunidade de ter um cartão de visitas, sem contar que, ao final das gravações, teremos 100 bandas registradas em nosso acervo, que poderão fazer parte da nossa programação”, diz Beto Fares, coordenador

FOTOS: DIVULGAÇÃO

músicos se dedicam a mais de um projeto. “É uma tendência que tenho observado, a exemplo do que ocorreu no início dos anos 90”. As gravações têm direção musical de Roosevelt Bala, vocalista da lendária banda de heavy metal Stress, e estão sendo realizadas no Estúdio Edgar Proença de 9h às 18h, diariamente. Foram 128 bandas inscritas, sendo que 100 confirmaram sua participação nas gravações. Desse total, 20 serão selecionadas pelos jurados, sendo que as dez primeiras colocadas já estarão classificadas à final. As outras dez serão submetidas à votação do público, que escolherá cinco bandas. A final do festival acontece no dia 22 de outubro, às 19h, no Teatro Margarida Schivasappa, do Centur. Em 2010, a grande vencedora foi a banda Cocota de Ortega, que ganhou a grava-

As gravações, realizadas em áudio e vídeo, serão encaminhadas ao jurados.

de rádio da Rede Cultura de Comunicação.

Rock, MPB, música instrumental. São vários os esti-

A Rede Cultura também fará a transmissão ao vivo da final do festival, no dia 22 de outubro

los das bandas participantes do evento este ano. Entre as 100 bandas, pelo menos a metade é formada por jovens músicos estreantes. “É uma

O festival premia ainda o segundo, o terceiro e o quarto colocados.

garotada que está entrando em estúdio pela primeira vez”, comenta Beto Fares, acrescentando que Belém é um celeiro de bandas, sendo que muitos

ção de um CD no estúdio Na Music, além de 100 cópias do produto já gravado. O festival premia ainda o segundo, o terceiro e o quarto colocados.

Oficina vai confeccionar adereços cênicos com material reutilizável

J

ovens e adultos interessados na arte de confeccionar adereços cênicos podem participar da oficina de criação de adereços, com Antonio Segtowich. A oficina faz parte da programação da Fundação Curro Velho

que começou esta semana. O oficineiro Segtowich ressalta que serão criados e produzidos adereços cênicos, principalmente adereços populares. “Eu faço um convite à comunidade dos pássaros, do carnaval, do boi, todas essas atividades que são cenários da nossa região que precisam sempre de alguns adereços para que viessem para par ticipar dessa oficina”. A intenção é utilizar material reutilizável para a confecção dos adereços cênicos. “A gente vai usar material de reutilização, ou seja, garrafa pet, pape-

lão, sacos plásticos, todo e qualquer tipo de embalagem”. Antonio Segtowich solicita que façam doações de material reutilizável. “Quem tiver esse material em grande quantidade em casa, pode trazer aqui pra fundação. Quando a gente trabalha com a doação de material de reutilização, de reciclagem, a gente precisa sempre limpar esse material, dar uma higienizada, quando os alunos pegarem esse material vão pegar higienizado, para confeccionar o adereço cênico”. Durante o período da oficina, os alunos vão trabalhar também com seis oficinas direcionadas ao teatro, “Temos oficinas de dança de salão, dança de contemporânea, teatro. Essas oficinas vão ter

necessidade de adereços, nós pretendemos suprir essa demanda, assim como a suprir a necessidade do dia a dia das

pessoas que trabalham com os pássaros, o carnaval”. Ainda há vagas para a oficina de confecção de adereços e po-

dem ser feitas na sede da Fundação Curro Velho, na Rua Professor Nelson Ribeiro,nº 287, bairro do Telégrafo.

Oficina de adereços para teatro com Antonio Segtowich no Curro Velho.


Geral

Belém, 19 a 26 de agosto de 2011

19

FOTOS: DIVULGAÇÃO

Operação de combate à poluição visual chega a Pedro Miranda ca, Secretaria Municipal de Economia (Secon) e Guarda Municipal de Belém (GMB). O material irregular foi devolvido aos donos dos estabelecimentos, que também foram orientados como regularizar as propagandas. Na próxima semana, uma nova etapa da operação será realizada. Os fiscais verificarão se as propagandas tornaram a ser colocadas nas vias públicas. Caso sim, o material será

D

ando continuidade aos trabalhos de combate a poluição visual na capital paraense, a Operação Belém Cidade Limpa retirou cartazes, placas, faixas e banners esta semana da Avenida Pedro Miranda. A medida segue a Lei Municipal nº 8106/01 que determina o ordenamento da vei-

culação de propaganda ao ar livre no município de Belém, visando à melhoria da qualidade de vida da população. Desta vez, a ação foi executada pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma), com uma equipe formada por 30 técnicos. Eles notificaram os estabelecimentos irregulares, com base no

Hangar virou uma referência para os colandos

O

Ha nga r Conve nções e Fei ra s d a Amazônia continua uma referência no Pará quando o assunto é cerimônias de formaturas universitárias. Nesta semana, ocorrerão duas cerimônias. A agenda da próxima semana também está lotada. Os novos profissionais chegam ao mercado de trabalho. Os 127 alunos distribuídos pelos cursos de Direito, Administração, Letras, História e Pedagogia que recebem o diploma na cerimônia de formatura desta semana afirmam que este é hoje a melhor opção em

recolhido e os proprietários receberão uma multa conforme prevê a lei municipal. “As propagandas irregulares além de deixarem a cidade feia, com um aspecto de suja, prejudicam diretamente a população, que muitas vezes, tem que desviar das calçadas e andar pelas avenidas, porque esse material está obstruindo a passagem”, diz Ivanelma Gomes, chefa de fiscalização da Semma.

Para a aposentada, Maria do Socorro Souza, a operação ajudará muito quem frequenta a Avenida Pedro Mirada. “Eu quase todo dia venho aqui para fazer compras, e já aconteceu de eu ter que andar na beira da pista, porque essas propagandas estavam fechando a passagem. Então, com essa ação, isso não vai mais acontecer e nós poderemos andar tranquilamente nas calçadas”, afirma.

art. 134º do Código de Postura, que proíbe a colocação de cartazes, anúncios e faixas contendo ou não propaganda comercial, nem a fixação de cabos ou fios nos postes ou nas árvores dos logradouros públicos. A operação contou ainda com a parceria da Coordenação Especial de Ordem Públi-

Moradores do Parque Verde comemoram o anúncio do asfaltamento do local

custo e beneficio. “O melhor espaço para qualquer evento de Belém é o Hangar, pela estrutura, estacionamento e beleza que oferece as pessoas, e também têm uma climatização e sonorização de qualidade. Atualmente, o atendimento do Hangar é muito eficiente”, destaca o cerimonialista Reginaldo Teles. O Hangar recebeu ontem os alunos de uma faculdade particular. E, nos dias 25 e 26 de Agosto próximo, receberá mais colandos que participam da emoção de celebrar a sua formatura e receber o seu diploma.

O

s moradores do Parque Verde estão em festa. O prefeito de Belém, Duciomar Costa, visitou esta semana a Rua Dom Jorge, no Bairro Parque Verde para anunciar aos moradores o seu asfaltamento. O local, que está incluso no cronograma da Secretaria Municipal de Saneamento (Sesan) para a manutenção da malha viária na Rodovia Augusto Montenegro, conta ainda com a realização da operação tapa-buraco. ”A gente sabe que agora, com a aproximação das eleições eles vão realmente trabalhar”, disse a moradora Acássia Santos.

Na atual administração municipal, aproximadamente 2.500 ruas já foram drenadas e pavimentadas, além de 37 conjuntos habitacionais. Uma inédita e significativa intervenção da Prefeitura de Belém na malha viária da capital. Além de garantir um direito constitucional, o de ir e vir dos cidadãos, já que antes os moradores e os veículos não tinham acesso a muitas dessas ruas, por causa dos buracos e da lama. A pavi-

mentação dessas vias permitiu, ainda, o acesso de veículos que prestam relevantes serviços à população, como ambulâncias e viaturas. Sem contar que a pavimentação dessas ruas valorizou, e muito, os imóveis. “Pavimentação e saneamento reduzem casos de doenças, como as respiratórias, causadas pela poeira. Isso representa melhorias na qualidade de vida das pessoas”, disse o prefeito. Após a visita, Duciomar Costa seguiu para

o bairro Tenoné, onde esteve na Rua Laranjeira, asfaltada há apenas um mês. “Melhorou muito com o asfalto. Agora até o ônibus passa. Antes eles nem entravam por causa dos grandes buracos”, disse Elidete Almeida, de 27 anos. O prefeito de Belém também esteve na sede campestre da Associação Paraense das Pessoas com Deficiência (APPD), atendendo um pedido do vereador Amauri Souza (PT).

Comida Caseira

Fornecemos comida para empresas e residências com o melhor paladar caseiro da cidade.

3086-9670 Pavimentação e saneamento reduzem casos de doenças, como as respiratórias.


20

Geral

Belém, 19 a 26 de agosto de 2011 FOTOS: DIVULGAÇÃO

Governo começa a distribuir 100 mil bolsas de estudo no exterior O ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Aloizio Mercadante, vai distribuir as primeiras 2 mil bolsas de estudo no exterior do Programa Ciência sem Fronteiras. Este último, uma iniciativa do governo federal que deve beneficiar 100 mil alunos de graduação e pós-graduação – em especial, nas áreas de tecnologia da informação e engenharia – com cursos de formação nas melhores universidades do mundo. Essa primeira cota será destinada à modalidade Bolsa Brasil de Graduação Sanduíche, voltada a estudantes que completaram entre 40% a 80% do curso de graduação no Brasil e que queiram ter-

minar os estudos no exterior. Ao todo, mais de 250 universidades e institutos federais de educação tecnológica que participam do Pibic (Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica) e do Pibiti (Institucional de Bolsas de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação) receberão essas bolsas para distribuir entre seus alunos. O desempenho acadêmico será um dos critérios de seleção. Além disso, estarão habilitados a concorrer os estudantes que ingressaram na graduação pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) ou pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e

que obtiveram nota no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) superior a 600 pontos. Para estudar fora do país, os alunos vão ganhar passagem aérea, seguro-saúde, auxílio instalação e uma bolsa mensal de US$ 870 – ou de 870 euros no caso de universidades na Europa. As taxas escolares também serão bancadas pelo Ciência Sem Fronteiras. A seguir, veja as áreas de estudo que podem concorrer a uma bolsa de Graduação Sanduíche: Engenharia e demais áreas tecnológicas; Ciências Exatas e da Terra; Biologia; Ciências Biomédicas e da Saúde; Computação

e Tecnologia da Informação; Tecnologia Aeroespacial; Fármacos; Produção Agrícola Sustentável; Petróleo, Gás e Carvão Mineral; Energias Renováveis; Tecnolog ia M ineral; Tecnologia Nuclear; Biotecnologia; Nanotecnologia e Novos Materiais; Tecnologia de Prevenção e Mitigação de Desastres Naturais; Tecnologia de Transição para a Economia Verde; Biodiversidade e Bioprospecção; Ciências

do Mar; Indústria Criativa; Novas Tecnologias e Engenharia Construtiva, e

Formação de Tecnólogos.

Expansão levará unidades de institutos a todas as regiões

A

Rede Fede ra l de Educação Prof issional, Científ ica e Tecnológica contará, até 2014, com 562 unidades de ensino, que atenderão todas as regiões brasileiras. Na definição das áreas que receberão as unidades de institutos federais de educação, ciência e tecnologia anunciadas esta semana pela presidenta da República, Dilma Rousseff, foram considerados aspectos econômicos, demográficos, socioambientais, culturais e geográficos. Metas de universalização do atendimento a territórios da cidadania e a cidades-polo com mais de 50 mil moradores, interiorização da oferta

de educação profissional, além da quantidade de habitantes em situação de pobreza extrema, influenciaram a escolha. Também prefeitos e secretários municipais das 120 cidades que receberão novas unidades da rede federal participaram de reunião, em Brasília, na qual foram instruídos sobre a implantação de unidades dos institutos federais. “A expansão da rede federal tem ocorrido com sucesso; 95% das escolas foram entregues dentro do prazo”, ressaltou o presidente do Conselho Nacional das Instituições Federais de Educação Profissional e Tecnológica (Conif), Cláudio Ricardo Gomes de Lima.

Pará será beneficiado com nova universidade

O

estado do Pará será um dos estados a ser beneficiado com a terceira etapa da expansão da educação superior, que compreende a criação de quatro universidades federais que serão instaladas no Pará, no Ceará e na Bahia. Também

haverá a abertura de 47 campus universitários. Desses campus, 20 serão instalados até 2012 e os outros 27, até 2014 A abertura de 250 mil vagas de ingresso nas universidades federais e de 600 mil matrículas nos institutos fe-

derais de educação, ciência e tecnologia, em 2014, é um dos resultados que a presidenta da República, Dilma Rousseff, espera alcançar com a terceira fase da expansão universitária e profissional. O acesso à educação e ao conhecimento, segundo a

Pará terá em breve mais uma universidade federal. O estado está incluído no programa de expansão.

presidenta, deve ser maciço, inclusivo e sistemático, para que jovens e trabalhadores possam dele se beneficiar em todos os recantos do país. O esforço do governo federal, na sua visão, busca superar décadas de atraso e preparar a nação para o futuro. “Em dois anos, só a Petrobrás vai gerar uma demanda de 230 mil técnicos em petróleo e gás”, explicou Dilma. Mas o Brasil avisou, também precisa de quadros preparados para atender setores internacionais de alta tecnologia que estão aqui chegando. Já a expansão da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica terá 208 novas unidades, distribuídas em municípios dos 26 estados e no Distrito Federal. Para executar o programa, o governo federal vai investir cerca de R$ 7 milhões por unidade de educação profissional e R$ 14 milhões no caso de campus universitário. Segundo o ministro da Edu-

cação, Fernando Haddad, esse é o valor mínimo para iniciar as atividades. De acordo com Haddad, as novas universidades, os campus e as unidades de educação profissional que começam a ser construídos no governo de Dilma Rousseff atendem critérios técnicos de reparação de uma injustiça histórica de muitas décadas, que isolou populações do acesso à educação e ao conhecimento. “A terceira fase da expansão universaliza o atendimento aos Territórios da Cidadania”, explicou, “que são áreas de concentração populacional com pouco acesso aos bens mais necessários.” Segundo Haddad, dos 120 territórios da cidadania, 117 serão atendidos agora. Os três restantes, que têm população menor, serão incluídos na próxima etapa. O G 100, grupo que reúne 103 cidades com mais de 80 mil habitantes e menos de R$ 1 mil de investimento per capita por

ano, também será beneficiário da expansão. Segundo o ministro, 83 cidades do G 100 estão incluídas. “Promover a educação, a saúde, a cultura, somando esforços de diversos ministérios, foi o caminho escolhido pelo governo federal para erradicar a pobreza.” Critérios – Para definir o número de campus universitários e de escolas de educação profissional por estado, o governo federal orientouse por uma série de critérios, entre os quais estão os baixos índices de desenvolvimento da educação básica (Ideb) e a porcentagem de jovens de 14 a 18 anos nas séries finais do ensino fundamental. Na escolha dos municípios a serem contemplados, considerou a universalização do atendimento aos territórios da cidadania, a alta porcentagem de extrema pobreza, municípios ou microrregiões com população acima de 50 mil habitantes e os municípios com arranjos produtivos locais (Apl).


Classificados

21

CLASSIFICADOS Belém, 19 a 26 de agosto de 2011

Anuncie grátis ligando para 3259-9109 ou pelo email classificadojp@gmail.com VENDAS Alugo por temporada, excelente casa no balneário Salinopólis, dois pavimentos, Salinas. R$ 250,00. Contato: Fátima Abinader. (91) 8123-7971 / 8396-4647. Av Serzedelo Correa 666 Batista Campos - Belém. site: www. fatimaabinaderimoveis.com.br. email: fatima_abinader@yahoo. com.br. CRECI: 123456 Vendo mansão Benevides classe a, com 5 suites com sacadas e armario embutido, sendo 2. Benevides. R$ 1.500.000,00 . CONTATO: Dillon Imoveis. (91) 3249-9010 / 8814-4550. Rua dos Pariquis 3345 Entre 3 de maio e 9 de janeiro Cremação - Belém email: dicari@ ibest.com.br. CRECI: 3487 Ve n d e - s e c as a d e 2 pavimentos,450m² de área construida , sala 2 ambientes,estar intimo, 2... Batista Campos . R$ 1.100.000,00. CONTATO: Cleo Cordeiro Imóveis. (91) 3245-3838 / 3086-2906 / 3224-3521. Av. Mário Covas 225 Próx Bancrevea Coqueiro - Ananindeua site: www.cleocordeiroimoveis.com. br. email: cleocordeiro@uol.com. br - CRECI: J360 INVESTIDORES - TERRENO 26 X 30 - Tv Mauriti - Marco - R$ 650.000,00 - Excelente terreno localizado em rua com mão dupla, ônubus na porta nos dois sentidos, já possui 06 kit-nets e 02 apartamentos de 2 quartos. Mosqueiro vendo: casa terrea 3/4 sendo 1 suite, patio e garagem para 5 carros, churrasqueira. a 300 mts da 16 de novembro completa, R$ 90.000 Numero:91336436 ou 88378424

1 suite, sala de estudo, garagem, área de serviço, forrada. Preço 140.000, px de tudo. Tel. 91336436, 88378424. Terreno vendo – Outeiro, Bairro Itaiteua, perto do final da Linha. 8x60, ótimo para Residência comércio kit, galpão etc.. Valor R$ 35.000. Aceito Proposta. 9133.6436.8878.424- Roberto. Panificadora = Transfiro na Marambaia, com sala de panificação e manipulação, 2 fornos, deposito de trigo, deposito de lenha, etc. Valor: R$ 100.000,oo, com todo material. OU aluguel do ponto R$ 3.000,00 . F. Tel. 91336436, 88378424. Cidade Nova 9- Vendo excelente casa, com 5/4, 2 suites, garagem, churrasqueira. Valor: R$ 250.000,00 Tel. 91336436, 88378424. Creci 4766. Vendo ou Alugo – Prédio de 4 andares, excelente para Grandes empresas, hotéis, de esquina. Valor: R$ 10 milhões. Para alugar apenas R$ 25 mil- Centro Batista Campos - Tel. 91336436, 88378424. Tenoné- Vendo casa estilo Cohab, unidade Terreno 8x16, quitada por apenas R$ 40.000,00. Aceitamos proposta, perto de Ônibus, escolas. Falar com Creci 4766 Paulo Roberto. Tel. 91336436, 88378424 Sitio Vendo – Benfica, na localidade de Santa Maria- Casa Terrea ¾, terrenoemformadeL,300metros do centro. Valor R$ 170.000,00. Tel. 91336436,88378424.Corretor Paulo Roberto.

Legalização: Legalize seu imovel fazendo sua escritura publíca de sua casa teereno,sitio, chacara, etcPara empresas e pessoas fisicas numero:91336436

SenhoresProprietáriosprecisamos de imóveis para vender ou alugar em todos os bairros da Grande Belém, assim como Castanhal, Santa Izabel, Benevides. Entre em contato Tel. 91336436, 88378424. Corretor Paulo Roberto Creci 4766

Alugo casarão: servindo para construtoras, pencionato, laboratorios entre outras atividades. Na gentil entre serzedelo correa e dr.morais. Preço R$3.000

Casa na Condor com 3 quartos, 2 andares, quintal de 30 metros. Serve até para fazer hotel ou kit nets. Valor R$ 250.000,00. Falar com Ferreira.(91)3259.2283–9963.1818.

Vendo casa no conjunto ariri bolonhaentrada péla Rod. augusto montinegro Sala 3/4 cpzinha, quintal, forrada em pvc,gradeada. Proximo ao centro comercial e parada de onibus. Valor R$70.000 Casa Excelente – Vendo em rua px ao líder a 300 mts da Rodovia Augusto Montenegro ¾, sendo

Alugo Sala para escritório- Tenho sala para alugar na Tv. Tupinambás, entre Caripunas e Timbiras, Batista Campos. Valor R$ 300,00. Falar no celular. 9963.1818, incluindo telefone, internet, água. Camisas e Abadás- Camisas a partir de R$ 5,00 sem pintura. Para apenas pintar cobramos R$ 3,00 cada camisa. Pronta entre-

ga. Tel. (91) 3259.2283. 9963.1818 - 9616.3400. Convites de Aniversário- Faça seu convite de aniversário conosco. Apenas R$ 1 a unidade. Fazemos a arte grátis. Tel. 9616.3400. Tel. 3259.2283

EMPREGO Ensino superior completo, experiência na função, Belém - Casa do Trabalhador - Cozinheiro de restaurante - Tel (91) 3087-0704. Casa do Trabalhador - SINE - Av Gov Magalhães Barata, 53. Belém - PA - CEP: 66040-170 Ens. fundamental completo, experiência na função. Belém - Casa do Trabalhador. Encanador. Tel (91) 3087-0704. Casa do Trabalhador - SINE . Av Magalhães Barata, 53. Belém -P A - CEP: 66040-170 Ensino fundamental incompleto, experiência na função. Belém Casa do Trabalhador. Forneiro de padaria. Tel (91) 3087-0704. Casa do Trabalhador - SINE . Av Gov Magalhães Barata, 53. Belém - PA - CEP: 66040-170 Ensino médio incompleto, experiência na função e saiba operar em forno elétrico. Belém - Casa do Trabalhador. Operador de retro-escavadeira. Tel (91) 30870704. Casa do Trabalhador - SINE . Av Gov Magalhães Barata, 53. Belém - PA - CEP: 66040-170 Ensino fundamental incompleto, experiência na função, CNH - E. Belém - Casa do Trabalhador. Técnico de refrigeração. Tel (91) 3087-0704. Casa do Trabalhador - SINE . Av Gov Magalhães Barata, 53. Belém - PA - CEP: 66040-170 Ensino médio completo, experiência na função, curso de mecânica de refrigeração e possuir habilitação B. Belém - Casa do Trabalhador. Técnico em segurança do trabalho. Tel (91) 30870704. Casa do Trabalhador - SINE . Av Gov Magalhães Barata, 53. Belém - PA - CEP: 66040-170 Ensino médio completo, experiência e curso técnico na área e disponibilidade de horário. Belém - Casa do Trabalhador. Vendedor interno. Tel (91) 30870704. Casa do Trabalhador - SINE . Av Gov Magalhães Barata, 53. Belém - PA - CEP: 66040-170 Belém - Casa do Trabalhador. Vendedor pracista. Ensino mé-

dio completo, experiência na função. Tel (91) 3087-0704. Casa do Trabalhador - SINE . Av Gov Magalhães Barata, 53. Belém - PA - CEP: 66040-170

sórios para piscina. Conserto de saunas, bombas d'água, aquecedores e hidromassagem. Av. 3 Corações, entre WE6 e WE7, Box 9 - Cidade Nova 1. Fone: 8161-1555.

Vendedor pracista. Ensino médio completo, experiência em vendas em CTPS. Tel (91) 3087-0704. Casa do Trabalhador - SINE . Av Gov Magalhães Barata, 53. Belém - PA - CEP: 66040-170

ELETROMAG. Serviços elétricos, manutenção de instalação de centrais de ar-condicionado split. 8894-7441

EMPRÉSTIMOS Empréstimo para aposentados, pensionistas. Ligue agora. Melhor taxa do mercado. Travessa do Chaco, próximo a 1 de dezembro. 2566. Tel. 3259.9109

Eventos. Um Leque de Emoções Pra Você! Tv Tupinambas, 276 Batista Campos - Belém - PA - CEP: 66033-815 . Tel: (91) 3212-3391 | 3222-4942 | Cel: (91) 8114-8406 Deisy Reis Organização de Eventos em Geral . Pass Ademar de Barros Apart. 101, 25 Rua Diogo Móia. Fátima - Belém - PA - CEP: 66060-650. Tel: (91) 3297-0299 Gitana Abbade Assessoria & Cerimonial . Tel: (91) 8239-2209

SERVIÇOS Banner e Adesivos. Banner e Adesivos pelo menor preço de Belém. Tv. Tupinambás, 729, Batista Campos. Tel. 3259.2283 Impressos. Imprima com qualidade e segurança. Preços irresistíveis. Travessa do Chaco, próximo a 1 de dezembro. 2566. Tel. 3259.9109. Convites de Aniversário. Tudo em convites. Tel. (91) 3259.2283. Sites personalizados. Faça seu site por até R$ 200,00. Tel. (91) 8250.0809 Currículo- Preparamos currículo e auxiliamos para entrevista de emprego. Currículo por R$ 30. Agenda hora. 3031.3352. Sou psicóloga especializada. Buffet. Albuquerques Recepções e Eventos . Serviço Completo de Buffet: 15 Anos, Casamentos, Bodas, Coquetéis, Coffee Break, Infantis e Chás. Belém - PA . Tel: (91) 3248-4953 | Cel: (91) 8184-5049 Wanda Recepções. Buffet Completo, Aniversário, Casamento, Chá, Formaturas e Eventos em Geral. R Joaquim Nabuco, 112. Nazaré - Belém - PA - CEP: 66055300 . Tel: (91) 3224-8765 | Cel: (91) 8125-5763 | 8125-6207 Art Bolos. R Eng Fernando Guilhon, 2846. Cremação - Belém - PA - CEP: 66045-200. Tel: (91) 3249-6345 ABEL PISCINAS. Produtos para limpeza, manutenção e aces-

Tia Mary Doces Salgados & Cestas de Café da Manhã . Tv Francisco Caldeira Castelo Branco, 1462. São Brás - Belém - PA. Tel: (91) 3229-3695 Pipocas e Salgados Topytys . Est Providência, 65 A. Belém - PA CEP: 67015-260. Tel: (91) 3235-4374

BELEZA Você Acredita em Milagres? Fazemos Todos os Dias. Venha Conhecer nosso Salão. Chaco, 1235- Umarizal - Belém - PA - CEP: 66055-210 . Tel: (91) 3246-1930 | Cel: (91) 8109-9060 | 8835-8911 Estética em Geral. Masculino, Feminino e Infantil. Venha Conhecer o Nosso Espaço. Tv 9 de Janeiro, 509 Fátima - Belém - PA - CEP: 66060-370 . Tel: (91) 32662308 | Cel: (91) 8220-2765 Cineia Matéus de Arruda Tel: (91) 3252-0838 . Alm Wandenkolk, 1249. Nazaré - Belém - PA - CEP: 66055-030

CONSERTO Sos Fogões e Máquinas . São Francisco, 94 Campina - Belém - PA - CEP: 66023-530. Tel: (91) 3223-0490 A. LG Eletrônica . Av PERIMETRAL, 80 Guamá - Belém - PA. Tel: (91) 3088-4334. Bombágua Leão das Bombas.

Rua Pariquis, 2758 Belém - PA - CEP: 66035-370. Tel: (91) 32690297

Ouro Gema. Pólo Joalheiro São José Liberto, Lj 05. Jurunas - Belém - PA. Tel: (91) 3241-1319

Borracharia Lucivaldo. Av Pedro Álvares Cabral, 5228. Sacramenta - Belém - PA - CEP: 66123-000 . Tel: (91) 3257-4548

S o S Máquinas. Lomas Valentinas, 30. Sacramenta - Belém - PA - CEP: 66083-390. Tel: (91) 32442712

Loja do Borracheiro . Rod BR 316, 1174 km 8. Belém - PA - CEP: 67033-000. PABX: (91) 3255-6757

Abajá Serviços de Qualidade. Rua Saturno, 425 cj Orlando Lobato qd D. Parque Verde - Belém - PA - CEP: 66635-470. Tel: (91) 3248-0627

Encanador. Manoel de Jesus Souza Encanador . Pass Modelo, 42 Guamá - Belém - PA - CEP: 66073400. Tel: (91) 3229-4282

TURISMO Bette Saldanha. Viagens & Turismo e Excursões. Tel. (91) 3269.5863

Casa do Sapateiro Rua Sen Manoel Barata, 31. Campina - Belém - PA - CEP: 66015-020. Tel: (91) 3224-2880 Hospital Dos Tenis e Jeans. Rua Diogo Moia, 633 lj 1. Umarizal Belém - PA - CEP: 66055-170 . Tel: (91) 3223-1986 Sapataria do Futuro. Rua Oliveira Belo, 727. Umarizal - Belém - PA CEP: 66050-380. Tel: (91) 3230-4231

Aluguel de ônibus doble deck. Jovelina Ferreira. Tel.(91) 8250.-0908

CURSOS DIVERSOS VENDE-SE um Renault Clio completo 2003 em perfeito estado, valor pra levar. 14.000. Ligue agora: 9148-1081 / 9174-8416 Roupas. Se você quer vender roupa. Aqui é o melhor caminho. Nós compramos roupasusadas, sapatos e bolsas . Tel. 3285.4581/9963.7997 Roupas a Domicilio. Vendo na sua casa. Trago roupa de Fortaleza, São Paulo e Curitiba. Blusas, camisas, calças, bermudas, shorts, etc. Masc. E Fem. Tel. 8824.9320/8124.7920 Carpintaria 2000 . Av Bernardo Sayão, s/n Guamá - Belém - PA - CEP: 66075-150. Tel: (91) 32296704 Nunes e Filho Carpintaria. Pass 3 Outubro, 278. Pedreira - Belém - PA - CEP: 66080-690. Tel: (91) 3233-2030 Mota Divisórias e Forro . Mauriti, 104 Cj Bela Vista. Val-de-Cães Belém - PA - CEP: 66113-010. Tel: (91) 3257-3571 Gesso. R Paulo Cícero, 117. Guamá - Belém - PA - CEP: 66075-600. Tel: (91) 3269-5570 Tudo em Gesso. R da Rosa, 95 Bengui - Belém - PA. Cel: (91) 9983-1567

American New Way . Av Marquês de Herval, 2785 Prox. Dr. Freitas. Pedreira - Belém - PA - CEP: 66087320. Tel: (91) 3276-6424 Curso de Inglês Net . Av Alm Barroso, 2888. Belém - PA - CEP: 66613-710. Tel: (91) 3277-1128 Arena Vestibular. Av Augusto Montenegro, 320 Próximo ao Introcamento. Castanheira - Belém - PA. Tel: (91) 3231-6590 Academia do Concurso Público. Tv Humaitá, 756. Belém - PA - CEP: 99999-999. Tel: (91) 3233-9433 IEP Instituto de Ensino Preparatório. Tv Honório José Santos, 302. Jurunas - Belém - PA - CEP: 66025280 . Tel: (91) 3242-4116 ld Learning do Brasil Intercâmbio Educacional Ltda. Tv Pe Eutíquio, 1379 sl 303. Belém - PA - CEP: 66023-710. Tel: (91) 3276-5797

UTILIDADE PÚBLICA Atendimento à Mulher 180 Disque denúncia 181 Disk Limpeza 0800-726-1036 Fale com a Guarda 153 Iluminação Pública 0800 726 1037 Ouvidoria Geral 0800 91 3622 SAMU 192 Zoonoses (91) 3227-2088


22

Web

Belém, 19 a 26 de agosto de 2011 FOTOS: DIVULGAÇÃO

Adobe Muse permite criar site sem que designer entenda de HTML

A

Adobe lançou esta semana o Muse, programa que permite que designers criem sites sem precisar ter conhecimentos de HTML e de CSS. Uma versão em beta do programa já está disponível gratuitamente no site da empresa. De acordo com o PCMag, o próprio site da novidade foi construído usando as ferramentas do Muse. A página também apresenta outros exemplos construídos com o programa, além de um tutorial. O CNET afirma que a aplicação da Adobe permite

que os usuários criem páginas como se estivessem utilizando outras ferramentas da empresa, como o InDesign e o Illustrator. A fabricante do software promete simplificar o processo para os designers, de modo que não precisem levar os projetos até desenvolvedores para torná-los um site de verdade. Um dos principais motivos que teriam levado a Adobe a desenvolver o programa é que grande parte dos produtos voltados para desenvolver sites requeriam que os usuários aprendessem linguagem

de códigos, algo que se apresentava muito problemático para mais da metade dos designers. O Muse divide o processo de criação em quatro etapas: Planejamento, Design, Prévia e Publicação. Na primeira etapa, o usuário cria a estrutura do site. A segunda fase é voltada para o design da página, que envolve escolha de cores, disposição dos textos e menus, entre outros elementos, e se apresenta com uma interface parecida com a do InDesign. Depois de completa a criação, na te-

cla de publicação o usuário tem acesso a uma prévia do projeto, que ele pode compartilhar com amigos. Depois do período de testes, os designers poderão pagar para a Adobe hospedar o site ou gerar um código em HTML ou CSS e hospedá-lo em outro servidor. De acordo com o CNET, o Muse é uma aplicação que trabalha sozinha e não foi desenvolvido para interagir com o Dreamweaver, o outro programa da Adobe para desenvolver sites. A novidade deve ter a versão 1 lançada em

2012, a partir de quando deve ser paga. No site da aplicação, a tabela de preços indica US$

20 para o plano mensal e US$ 180 para o anual.

Ministério quer discutir desoneração TV paga quer fatia em plano de de redes de telecom no País banda larga do governo

O

secretário exec utivo do Ministério das Comunicações, Cezar Alvarez, disse esta semana que a pasta quer trabalhar com governadores para criar incentivos fiscais para a construção de novas redes de telecomunicações no país. Alvarez ressaltou o que o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, havia dito semana passada

que a desoneração de certas tarifas pode chegar a 100%, acrescentando que o tributos como PIS-Cofins e Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) podem ter tal desoneração. "(Também) queremos trabalhar com os governadores para desonerar ICMS", disse Alvarez em um evento do setor em São Paulo. Segundo ele, as definições de detalhes

sobre incentivos ainda estão em discussão no ministério, mas os benefícios devem ser concedidos "à totalidade da rede", seja em equipamentos ou construção civil. Bernardo disse na semana passada que os detalhes da proposta de desoneração, que será levada ainda ao Ministério da Fazenda, devem ser decididos entre o fim de agosto ou início de setembro.

Sony reduz preços do PlayStation 3 para estimular vendas

A

Sony vai reduzir o preço de seu videogame PlayStation 3 em quase um quinto nos Estados Unidos, com a esperança de alavancar as vendas do aparelho, que perde espaço para o Xbox, da Microsoft. A Sony, a qual tem se esforçado para se recuperar de um ataque hacker que revelou sérias falhas de segurança na sua rede PlayStation

Network, anunciou os cortes de preço apenas meses antes do pico das compras de datas comemorativas. O preço da versão de 160 GB irá cair de 299 para 249 dólares a partir desta terçafeira. Na Europa e no Japão, o preço também foi reduzido. E a versão com maior capacidade de armazenamento, de 320 GB, —que também compete com o Wii, da Nin-

tendo— terá o preço reduzido de 349 para 299 dólares nos Estados Unidos, segundo anunciou a Sony na véspera do Gamescon, maior evento de videogames da Europa. A Sony afirmou que os novos preços passam a vigorar imediatamente na Europa, mas começam a valer a desde o dia 18 de agosto no Japão.

O

seg me nto de T V por assinatura quer uma fatia do plano do governo para massificar a banda larga, e defende uma regulamentação mais branda para as companhias do setor a fim de viabilizar novos modelos de negócios. Em junho, o governo lançou oficialmente o Plano Nacional de Banda Larga (PNBL), que será operado pela Telebrás e possui contratos com algumas das principais operadoras de telefonia, como Oi, Telefônica e TIM. "Esperamos ser um dos principais parceiros do PNBL", disse o presidente-executivo da Associação Brasileira de Televisão por Assinatura (ABTA), Alexandre Alexandre Annenberg, esta semana. "O segmento de TV a cabo pode ser determinante para a massificação da banda larga", afirmou ele, acrescentando que há sobreposição entre as redes de cabo atuais das empresas e as que serão operadas pela Telebrás, o que fortaleceria a oferta de serviços. Annenberg também de-

fendeu reg ulamentações mais brandas por parte da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), principalmente no que diz respeito à qualidade dos serviços. "O Plano Geral de Metas de Qualidade (PGMQ) para TV por assinatura da Anatel é muito rígido e bem definido", disse Annenberg. "Mas precisamos entender melhor a percepção de qualidade que o consumidor exige." Segundo ele, as companhias precisam "ser livres para a experimentação", a fim de elaborar "novos modelos de negócios" para concorrer no segmento de convergências de serviços de voz, dados e televisão. O PGMQ estabelece referências para qualidade de serviços, de atendimento e continuidade de serviço, entre outras, com possíveis sanções contra as companhias que f icarem abaixo das metas.

SETOR EM ALTA

O segmento de televisão por assinatura brasileiro estima alta de 18,7% no faturamento em 2011, para R$ 14,6

bilhões, informou a ABTA. No primeiro semestre, o faturamento do setor somou R$ 7,1 bilhões, ante R$ 5,6 bilhões nos seis primeiros meses de 2010. Segundo o presidente da ABTA, os principais fatores que colaboraram para o crescimento do setor foram a oferta de novas tecnologias e conteúdos, o aumento do poder de compra da classe C e a entrada de novas companhias de TV por satélite. A estimativa é fechar o ano com 12,5 milhões de domicílios atendidos, ante 11,1 milhões em 2010. "O segmento tem encontrado terreno fértil para crescer", disse Annenberg. Em 2010, a indústria teve receita de R$ 12,3 bilhões e um total de 9,8 milhões de usuários de TV paga, num crescimento de 31% sobre 2009. O setor vive fase de convergência de tecnologias no Brasil, com grandes grupos de telefonia ingressando na oferta de serviços de TV e operadores oferecendo conteúdo online que pode ser acessado por banda larga.


Língua Afiada

Belém, 19 a 26 de agosto de 2011

Língua Afiada

POR: FENIX FELINA

23

FOTOS: DIVULGAÇÃO

Recadinho

Eu Felina, a língua mais afiada de Belém, agora estou mais pertinho de vocês. Vejam minhas fofoquinhas no Twitter e é claro me sigam curiosos e curiosas... @felinafenix. Estou aguardando vocês...

felinajornalpopular@gmail.

Frase da semana: “Mulher não entra no meu camarim" Silvio Santos. Recuperação

O ator Reynaldo Giannecchini está internado no hospital Sírio Libanês desde a semana passada para a recuperação de um câncer no sistema linfático. Apesar de toda essa tristeza o ator teve uma boa notícia essa semana. O caso sobre o seu apartamento no Rio de Janeiro andou e foi favorável ao Giane. Seu antigo empresário passou a perna em Reynaldo e ele tentava reaver na justiça o direito de usar o seu próprio apartamento. Saúde Giane e deixa que a justiça resolva o resto!

Dani Bolina

A ex-paniquete, entrou no programa A Fazenda sem dar nenhuma satisfação a sua antiga emissora REDE TV. Depois que a participante Duda foi expulsa do reality, Dani foi convidada para participar em seu lugar. Segundo o seu marido Matheus Verdelho, ela não teve como avisar, pois além de ser sigilosa, a morena tinha que se apresentar para REDE RECORD o mais rápido possível. Quem não gostou nadinha disso foi o apresentador Emilio Surita. Ele falou que foi traído por Bolina. Que bafo gente!

Xuxa

O projeto Criança Esperança 2011 vai contar com a participação de Xuxa Meneguel. O motivo foi à troca de direção de programa. No ano passo Wolf Maia teve um discursão com Xuxa. O caso foi que Xuxa não canta ao vivo somente em playback e isso não foi aceito por Wolf e Xuxa então resolveu sair da programação. Mais esse ano ela promete brilhar muito.

Sufoco

O diretor global Marcos Paulo passou por uma cirurgia às pressas. Ele havia viajado sem a sua esposa Antônia Fontenelle, e abusou de seus limites. Marcos Paulo foi visto no aeroporto antes de se internar fumando. Lembrando que o diretor passa por um momento muito delicado, pois estava em tratamento por conta do câncer e não conseguiu evitar o cigarro. Cuidado Paulo a gente ainda quer te ver fazer muitas novelas.

Sobe

Agora que está na reta final a novela “Insensato Coração”, vem prendendo mais o público. Depois de um bom tempo no ar começou a se desenrolar a trama e os acontecimentos da novela. Agora que está no final não conseguimos perder um só capitulo. A emoção da apresentadora Ana Maria Braga com a comovente história da menina que foi morta em um parque de diversão. Ana mostra todos os dias que além de ser uma excelente apresentadora é muito humana, ela se envolve de verdade com a dor de seus entrevistados. Parabéns para a cantora Madonna que completa 53 anos de muita saúde e sucesso. Seu corpo está cada vez melhor. Ela malha em média 3 horas por dia. Frequenta os ensaios de seus dançarinos e ainda opina na marca de sua filhota Lourdes Maria.

Felicidade total

A apresentadora Eliana não esconde o tamanho de sua felicidade. Após divulgar a foto com o seu filho Arthur, Eliana faz declarações ao seu marido e confessa está vivendo a melhor fase de sua vida. A loira chegou a escrever em seu twitter que nunca havia se sentido totalmente completa. Saúde para o seu pequeno Eliana!

Ana Hickmann

Desce

O programa "A Fazenda 4" não está agradando muito o público nessa edição. Os participantes falam muito de dinheiro e se esquecem de que existem câmeras analisando a todos por todo o tempo. Nem precisa citar nomes, mas e emissora já está em uma nova tentativa de recuperação do reality com a chegada de Dani Bolina. A modelo Isabeli Fontana bem que tentou esconder o seu romance com o filho de Bob Marley. Mas não deu. A falta de criatividade de Isabeli foi tanta que ela escolheu um cara exatamente igual ao seu exnamorado Falcão do Rap. Detalhe que Rohan era casado e estava a espera de seu quinto filho. O Faustão bem que tenta, mas não consegue prender a atenção na dança dos famosos, só disputa de egos e tentativas de colocar atores não tão famosos em evidência.

A bela loira da REDE RECORD resolveu lançar um reality show em sua própria casa na cidade de Itu. São dez belas mulheres concorrendo a uma vaga de repórter do programa “Tudo é Possível” apresentado por Ana. Mas em seu twitter a estrela da RECORD não parece nadinha satisfeita com as confusões feita pelas participantes. Em uma das declarações a apresentadora escreveu “Acordar mal humorada por conta de criancices me irrita demais”. Acho que Ana Hickmann já se arrependeu de fazer esse reality!


24

Geral

BelĂŠm, 19 a 26 de agosto de 2011


Jornal Popular