Issuu on Google+

cyan mag e nta ye llow b lack

Panorama O seu canal de comunicação

0,50 R$

PRESIDENTE: ROGERIO SANT’ANA - RIO DE JANEIRO, De 10 A 17 JULHO 2012 - ANO XIV, Nº 2389 WWW.JORNALPANORAMA.NET.BR

Acesse o nosso portal www.jornalpanorama.net.br ELEIÇÕES

"Mesquita precisa de um prefeito de atitude... e atitude eu tenho!" Candidato do PSC, Gelsinho Guerreiro fala de seus projetos se for eleito prefeito

Pág 2

Mesquita finalmente inaugura sua

Unidade de Pronto Atendimento Depois de protestos, passeatas e abaixo-assinado entregue em Brasília pelo movimento Quem Cala, Consente, Estado finalmente inaugura, terça-feira (10), a UPA, no bairro de Edson Passos.Pág 7 Denúncia

Foto: Mateus Vellasco

Sexo, drogas e barulho

Ação

Ação social movimenta o fim de semana do BNH

Foto: Mateus Vellasco

Centenas de pessoas foram beneficiadas com a Ação Social promovida pelo Jornal P ANORAMA e a Caixa Beneficente da PMERJ. Vários serviços gratuitos foram oferecidos a quem compareceu buscando atendimento. Serviços médicos, de beleza e recreação foram alguns dos trabalhos que a comunidade usufruiu. Pág. 5

Queimados

Campanhas tímidas

Japeri

Foto: Mateus Vellasco

Mesquita

Foto: Mateus Vellasco

Mães denunciam escola Cidade faz aniversário por discriminação A Câmara de Vereadores de Japeri, A auxiliar de secretaria da E. M. Prof. Marcos Gil, que atende alunos com necessidades especiais, chama mães de outras cidades de "retirantes" e causa mal-estar. Pág. 5

Nova Iguaçu

realizou a entrega do Título Cidadão Japeriense, em sessão solene comemorativa pelo 21º aniversário de emancipação. Pág. 7

D. Caxias

PF fecha empreMédico proctologista fazia cirurgias plásticas sas que fraudavam combustível

Jania Bizarelli:

Foto: Mateus Vellasco

"Quero brigar na Câmara pelos direitos de nosso povo" A jornalista e candidata a vereadora pelo PSD, Jania Bizarelli afirma ter 20 anos de experiência em lutas pela defesa da vida e da família. A favor da saúde e contra a pedofilia, Jania conta com o apoio de várias famílias para se eleger. Pág 3

FALE CONOSCO

Atendimento

21 3763 6201

Web

www.jornalpanorama.net.br

Segurança

Exército sai do Alemão Exército passa o comando da UPP do Complexo do Alemão para a Polícia Militar em cerimônia que contou com a presença de SérgioCabral e do secretário de Segurança Beltrame Pág 4

Saúde

Picada de cobra venenosa: como se deve agir?

financeiro@jornalpanorama.net.br @ redacao@jornalpanorama.net.br comercial@jornalpanorama.net.br @ promocao@jornalpanorama.net.br


Política Página 02

RIO DE JANEIRO, 10 a 17 de Julho de 2012

Campanha começa tímida em Queimados Foi dada a largada oficial para a corrida eleitoral. A campanha dos candidatos a prefeito e vereador começou em Queimados na última sexta-feira de forma tímida. Sem qualquer movimento nas ruas da Cidade, alguns candidatos modificaram a foto do perfil da sua Rede Social para colocar a foto de campanha. Apesar do cenário político ainda não ter fervido, a promessa é de que a campanha seja intensa até o dia 6 de outubro, véspera das eleições.

Presidente Redator Rogério Sant’Ana Jorge Borges

ELEIÇÕES

Gelsinho: um guerreiro a favor da família de Mesquita

s: Foto

sco Vella s u e Mat

Entrevista

O

vereador Rogelson Sanchez Fontoura, o Gelsinho Guerreiro ou “GG”, 40 anos, é casado com Daniele Fontoura há 20 anos e pai de um casal de filhos, Marina e Daniel. O Gelsinho, que também é assistente social e mora no bairro Santa Terezinha, está na disputa pela prefeitura de Mesquita pelo PSC (Partido Social Cristão). 5º vereador mais votado do Município com 2.272 votos, Gelsinho é considerado pela população, o político mais atuante da cidade. Sua atuação destacada pode ser Panorama: Quando você entrou na política? GG - Em 2000, fui candidato a vereador com o saudoso prefeito José Montes Paixão. Recebi 221 votos.

Panorama: O que levou você a entrar na política? GG - A gente vota confiando que a administração pública resolva nossos problemas. Mas eu votava e não via resultado, por isso, me despertou a vontade de ocupar o cargo de vereador para vê por que não acontecia. Para vê se as pessoas não fazem porque não querem ou porque não têm condições de fazer. Como vereador, eu vejo que é possível fazer, dar a resposta que essa população tão carente e descrente politicamente espera. Basta apenas que você cumpra com aquilo que se comprometeu a fazer. Panorama: Qual sua prioridade se eleito? GG - A prioridade é o que a população me apontar desde o primeiro dia de mandato. A saúde e o abastecimento de água que embora, as autoridades municipais sempre coloquem a responsabilidade no governo do Estado, o prefeito tem a obrigação de correr atrás e arrumar um jeito de resolver os problemas da população. Ele não pode ficar só no gabinete com frigobar lotado de cerveja esperando a boa vontade dos outros. Nós temos o JK2, que segundo alegações dos responsáveis pela CEDAE, somente precisa fazer a obra de impermeabilização para resolver o problema de água na cidade em até 90%. Então se a CEDAE não faz nada, o prefeito também não irá fazer? Nosso povo irá continuar sem água mesmo tendo o Guandu próximo daqui. Acho que falta mesmo é vontade política. Panorama: O que o vereador acha dos R$ 52 milhões que o Governo Federal enviou e não foram aplicados na saúde da cidade. O que a Câmara fez de concreto em relação a esse desvio de verba? GG - Esses desvios só vão acabar quando existir um prefeito que tenha acima de tudo compromisso com o próximo. Vereadores não podem se sentir donos de postos de saúde. Nós temos que colocar pessoas técnicas, capacitadas para cuidar da saúde do Município. Não acontece somente desvios de verba, mas também de material. Acho que o material não chega às unidades de

comprovada nas últimas pesquisas: Gelsinho lidera com 19% das intenções de votos. Em entrevista ao Panorama, Gelsinho fala de seus projetos, das Leis de sua autoria, dos problemas de Mesquita, dos adversários e principalmente de sua família e do povo mesquitense: “O prefeito tem que cuidar da cidade como se fosse uma extensão da família dele. É uma filial. Na prefeitura você está cuidando de outras famílias. É para isso que os políticos são eleitos”, enfatiza Gelsinho.

saúde. Acredito que esse material fica na fonte, ele só vai no papel. As notas são atestadas, o material não chega e existe um caixa 2. Isso acontece para beneficiar grupos, um pequeno número de pessoas, enquanto as famílias de Mesquita ficam sem atendimento médico. O prefeito falou que o São José fechou porque não atende os padrões da Vigilância Sanitária. Tudo bem, então porque ele não pegou os profissionais do hospital e não os colocou nos postos de saúde. Onde estão esses profissionais? Deveria distribuí-los pelos postos de saúde dos bairros. Panorama: O Taffarel conta com o apoio do Lula, da Presidente Dilma e do senador Lindberg; o Mauro Vasconcelos conta com o governador Sérgio Cabral e o Farid com a Beija-Flor. O povo irá realmente fazer diferença a favor do Gelsinho? GG - Eu não sou obrigado a importar esses personagens para disputar eleição. O Taffarel deveria ir às ruas ser elogiado e cumprimentado como eu sou, não ficar dependendo de Lula, Dilma ou Lindberg para poder andar. O Mauro Vasconcelos deve ter a aceitação popular como eu tenho, não depender de Sérgio Cabral para ganhar votos. Beija-Flor é de Nilópolis. Aqui é Tradição Barreirense, Paz e Amor e Águia de Mesquita. Não precisamos da Beija-Flor para fazer graça aqui. Vou caminhar com o povo mesquitense, não preciso de celebridade ou escola de samba para me eleger. Vários mesquitenses foram à Nilópolis procurar atendimento médico e não foram atendidos por puro preconceito. Que o Farid tem a dizer sobre isso? A política está para eles como meio de sobrevivência e poder, para mim está apenas como trabalho. Panorama: O que o vereador Gelsinho fez em relação ao desaparecimento dos R$ 52 milhões? GG - A população deve saber que a Câmara, as associações de moradores e algumas coordenadorias são corrompidas. Eu não posso ser o único vereador da Câmara, ao lado de 2 ou 3 a brigar com todo um grupo que tem seus privilégios com o prefeito. Eu não tenho nenhum funcionário nessa prefeitura. Não adianta somente eu cobrar se eu não encontro parceiros. Até porque eu sempre fui considerado o “patinho feio da Câmara”. Por ser um vereador atuante, acessível e responsável eu sempre fui mal visto.

Panorama: Como você pretende aplicar os recursos dos governos estadual e federal? GG - Saúde, educação, passando pelo o asfalto, saneamento básico, praças e a atração de grandes empresas para a cidade, gerando emprego e renda para nossos moradores. Panorama:Existe algum projeto de pavimentação? A população também critica bastante. GG -O asfalto já começa a “pipocar”. Esse governo não tem planejamento. Há alguns meses, eles receberam uma doação do governo do Estado e começaram a recapear ruas que já estavam asfaltadas, fazendo com que o nível das ruas excedam o nível das calçadas. A prefeitura terá no meu governo o planejamento necessário para asfaltar as ruas através de projetos elaborados por uma equipe técnica. Vamos criar um conceito de mobilidade urbana com calçadas niveladas, piso antiderrapante e rampa de acesso aos portadores de necessidades especiais, idosos e gestantes. Panorama: Pretende levar educação da creche ao ensino superior? GG -Vamos proporcionar educação gratuita e de qualidade. Vamos investir pesado em formação profissional, a prefeitura irá abrir portas de qualificação aos jovens e adolescentes com cursos de ponta que inclui o SENAI como parceiro. Tenho certeza que vamos avançar na questão da educação. Panorama: Mesquita está abandonada em relação à cultura, esporte e lazer. Quais os planos? GG -As praças públicas só existem como praças na estrutura, não existe o poder público para trabalhar. Temos que oferecer atividades esportivas e culturais para crianças, adolescentes e toda população. Na Chatuba, em especial, existe um poder paralelo, o tráfico está abraçando crianças. Os pais saem para trabalhar e as crianças ficam ociosas a maior parte do tempo. O 20º Batalhão proíbe você de levar qualquer ação social porque aquilo é uma área de conflito. Em parceria com os governos estadual e federal vamos acabar com o poder do tráfico nessa área e levar cultura, lazer e esporte para os moradores. Não adianta trazer UPP se não tiver ações sociais. Vamos levar profes-

sores, artistas, atletas, médicos e outros profissionais que sirvam de exemplos para essas crianças. O super-herói delas não pode ser o bandido. Panorama: O que fazer para as empresas se instalarem em Mesquita? Tem em vista alguma área que sirva de pólo? GG - Correr atrás das empresas. Nós temos áreas aqui. A Presidente Dutra que liga a Capital a outros Municípios e outros Estados. Também tem áreas da União, dentro da Chatuba. Vamos dar incentivo fiscal, em contra partida, as empresas vão poder utilizar mão de obra local. Os trabalhadores não precisarão sair de Mesquita para trabalhar.

Panorama: Qual legado o prefeito Gelsinho pretende deixar para Mesquita? GG - De que passou um homem por essa cidade que abriu mão de seus interesses pessoais, que governou respeitando o cidadão, se dedicando em tempo integral ao bem-estar da família mes-

quitense. O maior legado será meu nome. Quando eu tinha 12 anos, Deus me revelou que seria prefeito dessa cidade. Eu tenho certeza que serei prefeito e serei orgulho do povo de Mesquita.

Panorama: Qual será a relação do Gelsinho com a Câmara? GG - O vereador só vai ter problema comigo se não gostar de trabalhar. O vereador eleito trará uma lista de pessoas. Se elas forem capacitadas e mesquitenses, vamos colocá-las para trabalhar na prefeitura. Se eu for prefeito, não será o vereador que me cobrará, eu que cobrarei dele. Panorama: O seu opositor, Farid Abrão acha-o inexperiente para prefeito. GG - Ele está equivocado. Eu casei e tive filhos muito cedo. Não tinha experiência de vida quando formei uma família. Desde cedo queria construir família. Hoje, tenho 20 anos de casado e passo esta experiência para outros casais não se separarem. Eu não tinha experiência quando comprei meu primeiro ônibus pirata. Acabei tendo 4 ônibus. Também tenho um restaurante em Jacarepaguá, proveniente desse transporte alternativo que nem legalizado era. Não tinha experiência quando fui eleito vereador, mesmo assim, sou o vereador mais bem avaliado na cidade. A experiência que ele (Farid) diz ter, eu não quero. A experiência dele gerou vários processos, inclusive em 2 deles, ele foi condenado em 1ª instância por improbidade administrativa, que é roubo. Se ele fizer aqui em Mesquita o que fez quando foi prefeito de Nilópolis, eu me mudo desta cidade. Ele me ofereceu 50% do governo se fosse vice dele. Imagina o que ele tem para oferecer para o povo?

O prefeito de Mesquita Artur Messias, o presidente da Câmara, o vereador, André Taffarel ao lado do senador Lindberg Farias: "O Taffarel foi

obrigado a cortar os cabelos para o Lindbereg participar da campanha dele e o Artur é um dos prefeitos mais impopulares do Rio" , disse GG.

"O que o Farid Abrão (foto) fez por Mesquita quando era deputado? E Simão Sessim, Ricardo Abrão e Wagner Montes que estão legislando,

o que eles fazem? Nunca aprovaram uma emenda parlamentar favorecendo o Município de Mesquita", questiona indignado, Gelsinho.


Chapa do governo fechada Depois de idas, vindas, traições , humilhações e até intervenção do Senador Lindberg, a chapa do governo finalmente foi homologada e parece que abençoada pelo prefeito Arthur Messias. O até então rejeitado Taffarel, foi registrado como candidato a prefeito, tendo como vice o pupilo do Arthur Messias, Paulinho Paixão. A decisão saiu de última hora e quando a chapa praticamente já estava fechada. Agora, voltou a reinar a paz no ninho governista que se prepara para ir às ruas. Será que vai mesmo?

Política Presidente Redator Rogério Sant’Ana Jorge Borges

RIO DE JANEIRO, 10 a 17 de Julho de 2012

Página 03

Jânia Bizarelli: Quero brigar na Câmara pelos direitos de nosso povo Líder do Movimento "Quem Cala, Consente" é candidata a vereadora pelo PSD Mesquita com número 55.123

I

niciando a série de entrevistas que realizará com candidatos a vereadores na Baixada Fluminense, o jornal PANORAMA conversou com a jornalista Jania Bizarelli, que disputa uma vaga na Câmara de Mesquita pelo PSD com o número 55.123. Jania Bizarelli que lidera um movimento que se notablizou na luta pela reabertura do Hospital São José , da UPA e do Hospital da Mulher , na verdade trabalha há mais de 20 anos nas lutas em defesa da vida e da família. O Movimento Quem Cala, Consente teve inicio através de seu trabalho de combate a pedofilia e a exploração sexual de crianças. Jania foi coordenadora da Fundação da Infância e Adolescência ; Chefiou a Ouvidoria do Detro; foi colunista do jornal POVO e Diretora Executiva daPanorama Comunicação. Atualmente trabalha na presidência da Caixa Beneficente da PMERJ. JP . Porque saiu candidata a vereadora Jania Bizarelli – Quero através do mandato parlamentar fortalecer a minha luta contra a pedofilia, pela saúde de qualidade e em defesa da família e da vida. Nossa cidade está abandonada e os desmandos do prefeito não foram combatidos pela Câmara , que se omitiu ou participou. Com a luta pela reabertura do São José, descobri que uma dinheirama, ou seja, mais de R$ 52 milhões, chegou a cidade de Mesquita para a saúde e ninguém sabe onde foi aplicado. Os vereadores têm a obrigação de fiscalizar, mas nada fizeram JP . Com quem vc conta nesta caminhada

Jania Bizarelli . Primeiro lugar com Deus, que tem honrado a minha caminhada, com a minha família , com meu esposo Rogerio Sant´Ana, com o incentivo do Deputado Walney Rocha; com o carinho do senador Crivela, um homem verdadeiramente especial; com o exemplo a ser seguido do meu colega de profissão Wagner Montes; com o respeito conquistado junto ao Ministro da Saúde, Alexandre Padilha e principalmente com o povo de Mesquita, que deseja verdadeiramente uma mudança na política da cidade JP. Mas você acredita que conseguirá mudar? Jania Bizarelli – Serei uma voz permanente gritando pelos direitos de nosso povo. Não me calarei jamais, pois afinal Quem Cala, Consente. Se tiver a felicidade de ser eleita , estarei sempre atenta e vigilante. Vocês podem ter a certeza: a população terá conhecimento de tudo que acontecer naquela casa e só isto obrigará os vereadores eleitos a terem uma outra postura JP. A sua luta pela saúde não fica esvaziada com a abertura da UPA e do Hospital da Mãe? Jania Bizarelli.Primeiro devo dizer que a abertura destas unidades é resultado de nossa luta. Recolhemos dez mil assinaturas e fomos à Brasília. Mas os problemas de saúde em nossa cidade não se resolve do dia para noite com a inauguração de duas unidades. Primeiro continuamos defendendo a abertura do São José. Defendemos também a transformação da Unidade da Jacutinga em um hospital infantil, e achamos que o Hospital da Mãe precisa ser uma maternidade que atenda as emergências e não apenas as parturientes encamin-

INFORME PANORAMA Rogério Sant’Ana

presidencia@jornalpanorama.com.br

Candidato do PR deixa na estrada seu fiel escudeiro

O

candidato do PR a prefeitura, Jorge Campos cortou da lista de candidatos a vereadores de seu partido um dos seus principais correligionários e defensor de sua candidatura a prefeito, o meu amigo jornalista Jorge Bernardes. A covardia feita com Jorge Bernades repercute em todos os meios, e nos leva a refletir o que acontecerá com Mesquita , caso Jorge Campos seja de fato eleito prefeito. Em toda a trajetória deste pleito eleitoral, Bernardes trabalhou intensamente para viabilizar a candidatura de Campos e abriu mão de muita coisa em razão de sua fidelidade . Aqui mesmo , no nosso jornal onde Jorge Bernardes era o editor , ele resolveu se afastar no inicio do ano para construir sua candidatura e de Jorge Campos, evitando possíveis constrangimentos, pelo fato de minha esposa Jania Bizarelli ser pré candidata e eu estar apoiando na época, o nome de Marcelo Canto a prefeitura. Renunciou trabalhos e posições em busca de um sonho , um ideal, que foi covardemente ceifado por aquele que ele acreditava ser um dos seus maiores amigos . Mas o que aconteceu com Jorge Bernardes deve servir de lição para todos nós , de que não podemos confiar o nosso destino nas mãos de qualquer pessoa, principalmente dos políticos profissionais.

Fotos : Mateus Vellasco

n Jania Bizarelli disse que pretende fiscalizar as ações do prefeito e denunciar desvios e desmandos. Ela tem como bandeira a saúde, a educação e a defesa da família

hadas para pré natal. JP . A pedofilia é um problema para o Mesquitense? Jania Bizarelli – É um problema da família brasileira e em Mesquita existe sim muitos casos, que tenho combatido através de meu trabalho no Movimento Quem cala. Consente. A pedofilia é um crime odioso, que destrói a vida da criança e está presente em todos os

PR confunde processo eleitoral em Nova Iguaçu Tem confusões que só mesmo o deputado federal Anthony Garotinho consegue arrumar. Dessa vez ele resolveu causar problema em Nova Iguaçu, onde o PR, partido do qual ele se acha dono, tem diretório legalmente formado em convenção e decidiu indicar a vereadora Nicolasina Acárise como candidata a vice na chapa encabeçada pelo deputado Nelson Bornier (PMDB). Isso foi decidido na convenção realizada no dia 24 de junho. Para tumultuar, Garotinho agiu como se o PR iguaçuano fosse comandado por uma comissão provisória e virou a mesa, coligando o partido com o DEM, ficando Isaias Coimbra como vice de Rogério Lisboa. A confusão agora vai ser resolvida na Justiça, que já registrou a chapa Bornier/Nicolasina. Na verdade, o que Garotinho queria mesmo era levar a filha Clarissa para Nova Iguaçu e lançála candidata a prefeita.

lugares. O pedófilo é, na maioria das vezes, uma pessoa que aparenta normalidade no meio profissional e na sociedade. Ele se torna criminoso quando utiliza o corpo de uma criança ou adolescente para sua satisfação sexual, com ou sem o uso da violência física. Em geral, o abusador convence a criança de que ela será desacreditada se revelar algo, que ela gosta da-

quilo e quer que aconteça; ou que é igualmente responsável pelo abuso e será punida por isso. A fim de manter o ato em segredo, o abusador joga com o medo, a vergonha ou a culpa de sua vítima JP. Suas considerações finais. Jania Bizarelli. Trabalho há mais de dez anos através do Movimento Quem Cala, Consente na defesa da população.Quero

ter a aportunidade de através do mandato parlamentar realizar em Mesquita um trabalho verdadeiramente diferente que valorize o cidadão e sua família. Não estou de brincadeira ou buscando uma satisfação pessoal. Quero ir para Câmara para fazer tudo aquilo que defendo e acredito. Vamos garantir uma saúde de qualidade, uma educação saudável e o bem-estar.

Correligionários de candidato iguaçuano a prefeitura de Mesquita tentam tomar o PSL Findado o prazo para registro de candidaturas ao pleito de outubro , finalmente foi dada a largada na campanha eleitoral. Mas a última semana foi bastante agitada com direito a mudanças de cenário, tentativas de golpes e alta traição. A principal tentativa de golpe perpetrada na última semana, partiu dos correligionários do candidato do PMDB a prefeitura de Mesquita, o iguaçuano Mauro Vasconcelos, que juntamente com outro estrangeiro, Rui Aguiar, tentaram assumir o controle do PSL para impor uma aliança repudiada pela direção municipal. Recebi como presidente da comissão executiva municipal todas as pressões possíveis e imagináveis para me curvar diante de uma decisão imposta, que ignorava todo o trabalho que realizei a frente da legenda no município nos últimos 12 meses. E ao perceberem que não aceitaria imposição, tentaram através

Foto : Mateus Vellasco

n Na calada da noite, no último dia de prazo, uma tramóia quase im-

pede o registro dos candidatos a vereadores do PSL. No fim tudo certo

de uma manobra, modificar a comissão provisória a fim de impedir que eu desse entrada no registro das candidaturas. Felizmente consegui vencer tudo isto, registrar as candidaturas sem ter que aceitar imposição de coligação com PMDB , PV e PRB. Agora com a certeza do dever cumprido e com a consciência

tranquila, parto para a campanha enquanto reflito sobre a minha permanência nos quadros do partido que a direção regional não soube reconhecer o trabalho que realizamos e preferiu atender pedidos políticos de pessoas que enxergam Mesquita apenas como moeda de troca para outros interesses.


Geral

Página 04

RIO DE JANEIRO, 10 a 17 de Julho de 2012

Paralisia infantil A poliomielite ou paralisia infantil é uma doença infectocontagiosa viral aguda, caracterizada por quadro de paralisia flácida, de início súbito. O deficit motor instala-se subitamente e a evolução desta manifestação, frequentemente, não ultrapassa três dias. Acomete em geral os membros inferiores, de forma assimétrica, tendo como principais características a flacidez muscular. Somente a vacina pode inibir essa terrível doença que marca para sempre. Toda criança até os cinco anos de idade deve ser vacinada, para tal, basta procurar um posto de vacinação, mesmo fora da época de campanhas. Graças ao trabalho efetuado pelo Ministério da Saúde, a poliomielite foi erradicada no Brasil.

Presidente Redator Rogério Sant’Ana Jorge Borges

Editorial Maracanã já foi o primeiro, hoje é nono

O

maior público que o Estádio Mario Filho recebeu, foi de 205 mil pessoas, durante a Copa do Mundo de 1950. Atualmente cabe pouco mais de 120 mil pessoas, sendo que a capacidade divulgada é de 87.101 lugares (sentados), por motivo de segurança. O estádio já foi o maior do mundo, e permaneceu nesta posição durante muitos anos. Com o passar do tempo, e com o crescimento do futebol mundial, outros estádios foram construídos e o Maracanã foi superado, e hoje ocupa a nona posição de maior estádio de futebol do mundo e o segundo maior das Américas. O primeiro gol no Maracanã

foi marcado por Waldir Pereira, o Didi folha seca, apelido dado pelo seu estilo de bater na bola, em 16/06/1950, em um amistoso entre Rio e São Paulo, cujo placar foi favorável a São Paulo, por 3 X 1. Mané Garrincha despediu-se do futebol em 19/12/1973, no Maracanã, num jogo amistoso entre uma seleção de brasileiros e outra de estrangeiros. O Brasil venceu por 2 X 1, de virada. O maior artilheiro do Maracanã foi Zico, com 333 gols em 435 jogos. Em 2000, o Maracanã completou 50 anos. Na construção do Maracanã, foram gastos 7 milhões, 730 mil horas de trabalho ininterruptos.

Portugal: Ilha da Madeira sofre alterações

Armazenamento de ovos frescos é possível

A Madeira é uma ilha com um clima temperado , e normalmente não sofre alterações climáticas. Porém, em 20 de fevereiro de 2010, uma grande depressão do Atlântico, nunca antes registrada desde o início do século XIX, provocou, num curto espaço de tempo, a queda de chuva equivalente à quantidade normal de várias semanas. As zonas turísticas não foram afetadas, mas a grande quantidade de água fez com que os rios provocassem inundações.

Colocando os ovos com a parte mais pontuda virada para baixo, eles durarão mais tempo em condições de serem consumidos. Os ovos frescos podem ser conservados, duas a três semanas na temperatura ambiente, e quatro a seis, na geladeira. Ao guardar os ovos na geladeira evite que os mesmos fiquem próximos de alimentos de cheiro forte, pois por terem a casca porosa, absorvem o odor dos mesmos. O descongelamento deve ser feito lentamente.

DESTAQUE

Acidente ofídico (picada de cobra venenosa) pode levar à morte imediata

É

o envenenamento por picada de cobra (peçonhenta), como: jararaca, jararacuçu, urutu, caiçara, combóia, cascavel, surucucu-picode-jaca e coral verdadeira. O envenenamento ocorre quando a cobra consegue injetar o conteúdo de suas glândulas venenosas, o que significa que nem toda picada leva ao envenenamento. Tratamento: O acidentado deve ser levado a um hospital

o mais depressa possível. A imunoprofilaxia contra o tétano deve ser realizada. O soro antiofídico deve ser específico para o gênero da cobra. Deve ser administrado em dose única, de preferência via intravenosa, para neutralizar o veneno antes que ele cause danos. As reações inerentes à soroterapia podem ser imediatas ou tardias, manifestando-se seis a dez dias após, pela doença do soro. O importante é identificar a cobra que causou o feri-

mento para que sejam tomadas as devidas providências. Onde encontrar socorro: Região Metropolitana – Rio de Janeiro: Hospital Souza Aguiar Telefone: 3111-2635 Hospital Lourenço Jorge Telefone: 3111-4652 Hospital do Fundão Telefone: 2962-2789 Hospital Pedro II Telefone: 3157-2693 Niterói: Hospital Antonio Pedro Telefone: 2629-9000

Nova Iguaçu: Hospital da Posse Telefone: 3779-9900 Magé: Hospital Magé Telefone: 2633-2358 Itaboraí: H. Des. Leal Júnior Telefone: 2635-7246 Paracambí: Hospital de Lages Telefone: 3829-2434 Obs.: mesmo que não se consiga identificar o animal causador da picada ou da mordida, devese procurar um desses hospitais imediatamente. Quanto mais rápido o socorro, maior é a probabilidade de sucesso.

10 segundos

Guapimirim: Centro de Visi- Araruama e sua cultura tantes Museu Von Martius são orgulhos do Rio O Centro de Visitantes Von Martius da sede Guapimirim está instalado no casarão do século XIX, restaurado para preservação de suas características originais. O casarão pertenceu a antiga Fazenda Barreira do Soberbo, sendo seu proprietário durante o império, o médico Henrique José Dias que se dedicou ao plantio das quineiras. O histórico casarão abriga exposição de exemplares das obras do botânico Von Martius, material especializado sobre meio ambiente.

Araruama possui vasta riqueza cultural deixada pelos índios Tupinambás que habitaram esta terra nos primórdios de sua história. O museu arqueológico da Fazenda da Aurora, se tornou o primeiro que compreende o acervo indígena em terras araruamense. Na aldeia Tupinambá de Morro Grande foram encontradas peças utilitárias, como, tigelas, cuias e fragmentos de ossos. Estes sítios arqueológicos são cadastrados pelo IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional).

Panorama Edição Ano XV - O Jornal Panorama é órgão oficial editado e publicado pela Panorama Comunicação

Presidente

Rogério Sant’Ana

Diretor - Executivo

Rogério Sant'Ana

Diretor de Redação

Jorge Borges

Diretora Jurídica

Drª Karina França Lyrio

Conselho Editorial

Pedro Chavarry Duarte

Coordenação geral Genaro Braga

Financeiro

Bruna dos Santos

Marketing

Panorama Comunicação da Baixada LTDA

Informe da CBPMERJ Este é um espaço destinado aos leitores do jornal PANORAMA que são associados da Caixa Beneficente da Polícia Militar. Através desta coluna semanal o Presidente da Instituição Pedro Chavarry Duarte estará infomando os trabalhos que estão sendo desenvolvidos e prestando contas de sua administração

Exército deixa o Complexo do Alemão O dia 9 de julho é mais uma data a entrar para a história do Rio de Janeiro. Neste dia, em uma solenidade oficial, o Exército Brasileiro passou o comando das comunidade do Complexo do Alemão, na Penha, para a Coordenadoria Geral das Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) no que diz respeito à garantia da segurança nas comunidades que integram o Complexo da Zona Norte do Rio. Durante a cerimônia, o governador Sérgio Cabral agradeceu o empenho das polícias Civil e Militar, responsáveis pela ocupação inicial da região, e aos militares do Exército – que, nos últimos 19 meses, garantiram aos moradores, o exercício pleno da cidadania através da Força de Pacificação. Cabral afirmou que o Com-

plexo do Alemão já recebeu mais de R$ 800 milhões em investimentos e infraestrutura e ressaltou que, com a instalação das UPPs nessas comunidades, esse processo se consolidará. Diversas autoridades prestigiaram a troca de comando. O secretário de Segurança Pública, José Mariano Beltrame, ressaltou a importância da participação do Exército no processo de pacificação. Neste mesmo dia foram inauguradas também duas sedes administrativas da Unidade de Polícia Pacificadora na região. A sede da UPP Fazendinha, teve um investimento de R$ 1,6 milhão, enquanto a da Nova Brasília custou cerca de R$ 1,1 milhão. Elas servirão de base para, respectivamente, 320 e 340 PMs.

CNPJ: 08.219.620/0001-28 Fundado em 1997 - Rogério Sant’Ana

Internet

www.jornalpanorama.net.br

Classificados

www.classificados.jornalpanorama.net.br

E-mail

redacao@jornalpanorama.net.br

Relações Públicas Itamar Júnior

Fotógrafo

Mateus Vellasco

Viviane Duque Estrada

Diagramador

Comercial

Repórteres

Luciana Amorim

n Cobra coral, cujo veneno é de alta periculosidade. Sua picada pode deixar sequelas e até levar a vítima à morte se não for socorrida imediatamente

Mateus Vellasco

Audiência para discutir venda de terreno

Carlos Santos - Gustavo MendesMarcio Santos

Atenção policiais militares! No próxi- tudo vá por água abaixo. Ainda há temmo dia 18, às 15h, haverá audiência po de lutarmos para preservar o nosso pública para discutir a venda do ter- patrimônio. Espero todos vocês lá. reno do Quartel General da PM pela Petrobrás. A audiência será na Avenida República do Chile, 65/23º andar, Centro do Rio (prédio da Petrobrás). Esta será uma excelente oportunidade para expormos nossas opiniões e sabermos como foi efetuada a compra. Neste local está a história da Corporação e é lamentável que

Comercial - Telefax- 3763-6201

Redação : Rua Oscar Soares nª 54 Juscelino, Mesquita CEP -26556-160, Telefones- 30727493 - 2697-9020 - 3763-6201 / Administração: 3565-6145 / Redação: 3072-7493 Os nossos colaboradores não possuem obrigações de horário ou continuidade, não mantendo nenhum vínculo empregatício com esse jornal , em consonância com a Lei de Imprensa 5250/67. Os conceitos emitidos pelos colunistas e matérias assinadas são de inteira responsabilidade dos mesmos.

ouvidoria@cbpmrj.com.br, pedrochavarry@gmail.com, Endereço Rua Pedro I, nº 16 - Centro, Rio de Janeiro CEP: 20060-050

Programa de prevenção às drogas da PM forma 970 alunos

O Programa Educacional de Resistência às drogas (Proerd) da Polícia Militar, formou no início desse mês, 970 crianças de escolas públicas da Zona Oeste do Rio. A solenidade de formatura aconteceu no Clube dos Aliados, em Campo Grande, e contou com a demostração de shows de mágica e da banda da Polícia. Ao todo, 13 Escolas municipais da região participaram do programa. O projeto, que trabalha a prevenção às drogas nas escolas, é pioneiro e implantado pela PM em 1992, em parceria com o Consulado Americano no Rio, que na ocasião, trouxe policiais americanos do Programa D.A.R.E (Drug Abuse Resistance Education) para capacitar na época os policiais fluminenses selecionados, aumentando o

fortalecimento e a interação em conjunto com a Secretaria Estadual de Educação. Milhares de crianças e adolescentes já foram beneficiados pelo programa. O PROERD consiste em um trabalho de cooperação feito através de policiais militares, escola e familiares, que através de atividades educacionais feitas em salas de aula, visam prevenir o abuso de drogas e a prática de atos de violência entre alunos do Ensino Fundamenta no país. É Elaborado com um plano de estudos, e desenvolvido com auxílio de material didático, oferecendo estratégias preventivas para a comunidade escolar, potencializando a interação da família no âmbito escolar e no convívio social, possibilitando à Escola complementar seu projeto pedagógico.


Geral

Fundação do Rio de Janeiro No dia primeiro de janeiro de 1502, navegadores portugueses avistaram a Baia de Guanabara. Pensando que era a foz de um grande rio, deram-lhe o nome de Rio de Janeiro, dando origem ao nome da cidade. O município foi fundado em 1565, por Estácio de Sá, com o nome de São Sebastião do Rio de Janeiro, em homenagem ao então rei de Portugal, D. Sebastião. Duzentos anos adiante, em 1763, o Rio de Janeiro tornou-se a capital do Brasil, mantendo esse título até o ano de 1960, quando a capital foi para Brasília. Por causa das guerras napoleônicas, a família real transferiu-se para o Rio de Janeiro, em 1808.

Presidente Redator Rogério Sant’Ana Jorge Borges

RIO DE JANEIRO, 10 a 17 de Julho de 2012

Página 05

Ação social movimenta o fim de semana do BNH com serviços

Escovação de dentes, aplicação de flúor, corte de cabelo, recreação, aferição de pressão e outros serviços no BNH

O

Jornal Panorama e a Caixa Beneficente, promoveram no último sábado (7) uma ação social que ofereceu vários serviços à sociedade do BNH, em Mesquita e bairros vizinhos. Quem esteve no evento pôde conferir vários serviços como aferição de pressão arterial e taxa de glicose e informações para fazer uso de serviços sociais do governo federal como Bolsa Família e Renda Melhor. Os moradores também tiveram à disposição informações sobre os estatutos do idoso e do adolescente, prevenção para o risco de doenças sexualmente transmissíveis, com distribuição de preservativos, e ainda informações sobre Hanseníase. Para quem estava a fim de mudar o visual, o corte de cabelo também estava sendo feito gratuitamente. O Presidente do grupo PANORAMA DE COMUNICAÇÃO Rogério Sant´Ana, disse que a iniciativa tem por objetivo levar às comunidades, serviços, informações, orientação e lazer, e que a atividade percorrerá todo município. “ Esta é uma iniciativa social do nosso jornal que vai percorrer todos os bairros da cidade de Mesquita “, comentou. Em plena atividade e aos 85 anos, Marina Ferreira Silva, moradora do BNH, ficou feliz em participar do evento e lembra que o bairro ainda é muito carente. “Eventos como este

deveriam acontecer mais vezes por aqui, nós precisamos. Verifiquei a pressão, glicose e está tudo bem. Estou ótima”, disse D. Marina. Um dos serviços mais elogiados por quem passou pelo evento foi a tenda que divulgava orientações sobre os serviços sociais. José Cid, morador do BNH, se disse feliz com a iniciativa e elogiou o evento. “É muito importante que o povo saiba seus direitos e não esqueça dos deveres, isso sem falar da manutenção da saúde”, comemorou. Geilson Areas Barreto, (44), é morador do bairro Maria Cristina, e revela que quando soube da ação social fez questão de participar. “Precisamos mais de eventos como este por aqui, não somos assistidos pelas autoridades, infelizmente”, disse. O público infantil que recebeu informações sobre correta escovação dentária e aplicação de flúor, teve a disposição um pulapula, pintura com tinta guache e ainda animação do palhaço Pituca. Isabele, de 9 anos aproveitou para fazer a aplicação e aprendeu como se escova os dentes “Agora só vou escovar os entes de cima para baixo, gostei muito. Não doi nada”, disse a menina que estava com medo de sentir dor na aplicação do flúor. O evento, que teve inicio as 9h manhã e aconteceu até às 14h, serviu para informar e auxiliar os moradores.

GOVERNO "TORROU" QUASE R$ 100 MILHÕES NA RIO+20

A Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável (Rio+20), ocorrida entre 13 e 22 de junho, demandou desembolsos da ordem de pelo menos R$ 97,1 milhões por parte da União, recursos que foram administrados pelo Comitê Nacional de Organização da Rio+20, no âmbito do Ministério das Relações Exteriores (MRE). O levantamento feito pelo site "Contas Abertas" não inclui despesas do governo do Estado ou da Prefeitura do Rio de Janeiro, ou ainda outros programas que tenham favorecido o evento de forma indireta. A maior parte dos gastos para organizar e realizar o evento se destinou à “locação de imóveis”, particularmente os espaços “Riocentro”, “HSBC Arena” e“Pier Mauá”. Ao todo, foram consumidos por volta de R$ 26,8 milhões com esse tipo de aluguel. O restante é atribuído à locação de “bens móveis” (R$22,8 milhões), locação de máquinas e equipamentos (R$ 16,9 milhões), seguros em geral (R$ 4,9 milhões), dentre demais custos também decorrentes de serviços prestados por empresas. Desse montante, cerca de R$ 16,5 milhões foram destinados à “GL Events Centro de Convenções S.A.”. A sociedade é a responsável por locação

do“Riocentro”, entre 02 e 27 de junho, e “HSBC Arena”, entre 07 e 26 de junho, sendo a empresa que mais recebeu da União em ações para a Rio+20. A segunda companhia com maiores repasses é a “Technik Brasil Ltda.”, designada para locação de equipamentos de audiovisual. Foram alocados R$ 14,1 milhões para a prestação de serviço. O documento final da Rio+20, aprovado em plenário da reunião, recebeu o título de “O futuro que queremos” estabelece, entre outros objetivos, a erradicação da pobreza como desafio principal dos Estados membros através da transferência de tecnologia a países em desenvolvimento. Contudo, o texto oficial sofreu várias críticas por parte de segmentos da sociedade civil, ao ponto de lideranças de ONGs participantes da Rio+20 divulgarem carta aberta em repúdio à redação final. “A Rio+20 passará para a história como uma Conferência da ONU que ofereceu à sociedade mundial um texto marcado por graves omissões que comprometem a preservação e a capacidade de recuperação socioambiental do planeta, bem como a garantia, às atuais e futuras gerações, de direitos humanos adquiridos”, diz trecho da carta.

Fotos: Mateus Vellasco

n Vários voluntários passaram o último sábado atendendo os moradores com vários servços gratuitos como aplicação de flúor, escovação de dentes e pintura artistica

Mães de outros municípios são “retirantes” na escola especial em Mesquita na Baixada A Escola Municipal Professor Marcos Gil, em Mesquita, é referência em Educação Especial. Distribuídos nos turnos da manhã, tarde e noite, 300 alunos matriculados recebem atendimento terapêutico, psicologia, fonoaudiologia e fisioterapia. A unidade recebe alunos de outros municípios da Baixada fluminense como Nova Iguaçu, Queimados e Nilópolis. Mas mesmo sendo uma referência em Educação Especial, a escola foi alvo de críticas e denúncias de algumas mães de alunos que reclamam da falta de espaço para esperar os filhos, segurança, comodidade e até mesmo do preconceito por parte de alguns funcionários da escola. Mães que moram em outras cidades esperam seus filhos do lado de fora da unidade, expostas ao calor e ao frio, sem ter pelo menos uma cadeira para sentar. Elas ficam em pé das 13 às 17 horas esperando o fim das aulas. Elas também criticam a segurança da escola, afirmam que as próprias crianças almoçam do lado de fora e que o calor na recepção é insuportável. Como se não bastasse, as

mães se sentem discriminadas por morarem fora de Mesquita. De acordo com Marília Liberato, moradora do Vale Ouro, em Queimados e mãe de um aluno de 6 anos que tem autismo, a auxiliar de secretaria, conhecida como Jaqueline, chamou de forma pejorativa as mães de outras cidades de “retirantes”: “Ela viu a gente em pé e disse que somos retirantes. Achei isso uma ofensa, principalmente porque vem de uma funcionária de escola que trata de crianças com necessidades especiais”, afirmou Marília, que aproveita as longas horas de espera diária para vender doces. Lucimar Monteiro da Silva, moradora de Nova Iguaçu e mãe de um aluno de 8 anos que tem deficiência auditiva, também reclamou do tratamento da escola com as mães “retirantes”: “A diretora fala que vai tomar providências mas fica somente na promessa. Lá dentro não tem ventilador e muitos pais ficam com filhos esperando atendimento no calor. Às vezes não tem porteiro, o portão fica aberto e as crianças podem fugir se as

mães não estiverem vigiando”, disse Lucimar. Na hora que a reportagem do Jornal Panorama chegou, realmente não tinha ninguém na portaria e o portão estava aberto. Diretora e funcionárias se defendem: A diretora da E. M. Prof. Marcos Gil, Dora Maria Cardozo, recebeu o Panorama em sua sala e rebateu as criticas: “Quando nós recebemos alunos de outras cidades, explicamos aos pais que nosso trabalho é para atender nossos munícipes. Nosso transporte escolar só atende em Mesquita. Por isso, a gente recomenda que os pais procurem as Secretarias de Educação de suas cidades. Quanto ao problema de espaço, se eu tiver mais salas, eu vou colocar alunos, não os pais. Eu não tenho salas para oferecer no momento, mas tenho cadeiras. Elas ficam lá fora porque querem”, afirmou a diretora. Quanto ao calor na recepção, Dora afirmou que coloca um ventilador na cadeira, durante o verão. Quanto à falta de alguém na portaria, ela justificou: “O porteiro sai para almoçar às

13 horas, mas sempre fica uma pessoa responsável. Há oito anos que a escola funciona e nunca aconteceu uma fuga de aluno”. A diretora negou que os alunos almocem fora do refeitório e disse que as mães podem almoçar no local quando o mesmo estiver vazio. Já a auxiliar de secretaria, Jaqueline, acusada pelas mães de discriminação, confessou que chamou as mães de “retirantes”, mas sem intenção de ofendê-las: “Elas dão liberdade para brincar e não entendo a reclamação. Eu falei que tinha cadeiras, mas elas preferiram ficar em pé. Eu falei em tom pejorativo porque elas estavam sentadas no chão. Trato elas com respeito e não quis ofender, tanto que elas riram da insinuação”, afirmou Jaqueline. No final, a diretora Dora Maria chamou as mães para uma conversa em sua sala e prometeu uma tenda para elas ficarem quando estiver calor. Ela encerrou dizendo que a educação especial de Mesquita é motivo de orgulho. Fotos: Mateus Vellasco

n A E. M. Professor Marcos Gil atende 300 crianças portadoras de necessidades especiais, muitas delas vêm de outros municípios da Baixada Fluminense com as mães


Polícia Página 06

RIO DE JANEIRO, 10 a 17 de Julho de 2012

Tecnologia a favor da segurança pública do Rio

PMs testam novo sistema que vai permitir que a polícia localize disparos de arma de fogo e consiga atender rapidamente às ocorrências. Os testes foram realizados em quatro ruas da região da Tijuca, na Zona Norte do Rio. Um dos pontos foi um dos acessos do Túnel Noel Rosa. Lá, o policial se posicionou e apontou para vários sacos de areia na caçamba do caminhão. Na sequência, foram feitos vários disparos. A ideia da Secretaria de Segurança Pública é criar um banco de dados que identifique, em questão de segundos, o tipo de arma que efetuou o disparo e a localização. Automaticamente, as informações são enviadas para o batalhão da área, diminuindo o tempo de atendimento policial.

Presidente Redator Rogério Sant’Ana Jorge Borges

Quadrilha

Operação fecha duas empresas que fraudavam combustível

Galpões no Jardim Primavera, em Duque de Caxias, guardavam combustível e produtos químicos sem a devida segurança

T

rês galpões de armazenamento e distribuição de combustíveis e produtos químicos que operavam sem licença em Jardim Primavera, no Município de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, foram lacrados e autuados durante operação coordenada pela Secretaria de Estado do Ambiente (SEA). Uma pessoal acabou detida e cerca de 510 mil litros de combustível foram apreendidos. A adulteração e venda de combustivel irrgular no Rio de Janeiro, em especial na Baixada Fluminense, tem sido uma conduta crimosa ocorrida com certa frequência nos últimos anos e ação da policia tem desbaratado quadrilhas com participação de empresários fortes e de politicos, muitos parlamentares com mandato ou integrantes de cargo na administração pública. Deflagrada a partir de denúncias encaminhadas para a Coordenadoria de Combate aos Crimes Ambientais (Cicca; órgão da SEA), a operação foi montada em parceria com o Instituto Estadual do Ambiente (Inea); a Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (DPMA); o

Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE); o Batalhão de Polícia Florestal e Meio Ambiente (BPFMA) e a Polícia Federal (PF). Os três endereços vistoriados ficavam em um mesmo quarteirão do Jardim Primavera, bairro residencial de Caxias. O primeiro local vistoriado foi a distribuidora de derivados de petróleo, Petrogold, que além de operar sem licença do Inea, foi autuada por crime de poluição. Cerca de 500 mil litros de combustível foram apreendidos e a responsável pelo local, Claudineide do Nascimento Rocha Fernandes, de aproximadamente 35 anos, foi levada à delegacia para prestar esclarecimentos. - O combustível estava sendo armazenado de qualquer forma, sem as devidas medidas de segurança. Isso pode causar graves danos ao meio ambiente. Dois caminhões com 27 mil litros de álcool anidro, cada, foram encontrados vazando o fluído no terreno, podendo contaminar o solo e o lençol freático. Isso é crime previsto na Lei 9.605/98 e eles vão ter que pagar por isso – disse o secretário

do Meio ambiente, Carlos Minc. A multa será definida pelo Conselho Diretor do Inea. A quantidade estocada de álcool anidro pela Petrogold, produto usado para adulterar gasolina, chamou a atenção do delegado de Meio Ambiente da PF, Fábio Scliar. “A empresa não tem licença para esse tipo de atividade”, afirmou o delegado. Segundo o coordenador da Cicca, José Maurício Padrone, a infração da distribuidora se torna ainda mais grave por ser o Jardim Primavera um bairro residencial, muito populoso. “Quando o Conselho Diretor do Inea for bater o martelo sobre a multa, levará em consideração o perigo gerado aos moradores”, afirmou. Foram apreendidos ainda materiais em outros dois depósitos clandestinos. “Vistoriamos um galpão de substâncias químicas e outro de combustível. No último, cerca de 6 mil litros de gasolina foram levados para pericia na DPMA. Os 500 mil litros de combustível da Petrogold ficarão no local sem poder ser comercializados, tendo o proprietário como fiel depositário”, disse Padrone.

Sexo, drogas e muito barulho Mais uma vez a Sheik Show está envolvida em polêmica. Desta vez, os moradores vizinhos ao local reclamam do caos promovido pela boate e por seus frequentadores. De acordo com os moradores, tornou-se impossível dormir nas noites de terça a domingo, dias em que a casa costuma abrir. “Chegamos ao nosso limite. Não aguentamos mais tanto desrespeito. Isso pra mim é sacanagem e não um local onde pessoas decentes se divertem”, afirmou um aposentado morador da região.

As denúncias não param apenas na desordem pública causada pelo barulho. Pessoas afirmam que sexo e o consumo de drogas dentro e nas imediações da boate são constantes. “Queremos uma rápida ação das polícias civil e militar para acabar com essa bagunça. Esse pessoal faz o que quer. Até parece Sodoma e Gomorra ( cidades citadas na Bíblia Sagrada como antros de perverssão sexual e perdição). Eles transam nas portas das residências, nos carros, e muitos fazem uso de drogas, é

um absurdo", argumentou um cidadão revoltado que oferece colher assinaturas para protocolar um abaixo- assinado contra o estabelecimento. Esta não é primeira confusão em que se mete a casa de show. Há três meses atrás, um homem foi assasinado dentro do local, o que só ajudou a piorar a fama da Sheik Show. Por conta desta situação, a polícia fechou o local, que já foi reaberto pelos proprietários e pelo jeito está causando muitos transtornos para seus vizinhos.

Homem é ferido e preso pela PM Maciel Silva, 37 anos, foi preso na madrugada de quinta-feira por policiais do 24º BPM (Queimados), após uma frustrada tentativa de assalto. O bandido estava

armado e trocou tiros com os policiais, porém se deu mal e acabou ferido e preso. Ele foi levado para o Hospital Geral de Nova Iguaçu (Posse) e é mantido sob

custódia da Polícia. O homem tentou assaltar um ciclista que passava pela rua Tangaré. Minutos depois foi surpreendido pelos PM's. O crime foi registrado na 55 DP.

Cirurgia plástica vira caso de polícia em N. i.

Fotos: Mateus Vellasco

n Vítima de erro médico tem seu corpo mutilado na clínica Unisaúde por médico proctologista em Nova Iguaçu

A clínica Unisaúde Silveira Ltda, localizada no centro de Nova Iguaçu, na Rua Doutor Barros Junior, nº 347, foi fechada por policiais da 52ª DP, após denúncias de pacientes sobre irregularidades nos procedimentos médicos. De acordo com as denúncias, o médico responsável pelo local, Dr. Luiz Fernando Silveira que é Proctologista, estaria realizando cirurgias plásticas entre elas, lipoaspiração. A delegada titular da 52ª DP, informou que o inquérito aberto para apurar as denúncias já foi remetido a justiça

e por conta disso foi deferido pelo juízo, um mandado de busca na clínica, onde os policiais acabaram encontrando e apreendendo diversas fotos de pacientes na mesa de cirurgias com canola ( tubos utilizados para aspiração de gordura), inseridas no corpo. Além disso, pinças, vidros de lidocaina, material cirúrgico, agendas e fichas de pacientes, um computador e panfletos de propaganda de cirurgias plásticas, também foram encontrados e aprendidos. A polícia informou que todo o material apreendido será en-

viado ao Carlos Eboli (ICCE ) para ser periciado. O centro cirúrgico e a consultoria da clinica foram interditados. A delegada Dra. Juliana Amorim, solicita que as pessoas que foram vitimas de erro médico nesta clínica, compareçam a 52 DP, a fim de prestarem depoimento. O médico está sendo indiciado pelo exercício ilegal da medicina, por exceder os limites da autorização legal, já que não é inscrito na sociedade brasileira de cirurgia plástica, bem como pelo crime de lesão corporal grave, pelas denúncias feitas por vitimas.


Geral

Polícia salva bebê que seria usado para receber herança Após quase 40 horas de angústia e desespero, as lágrimas do caminhoneiro Rodrigo Francisco dos Santos, de 29 anos, e da mulher dele, a estudante Gabriela Sabino Ferreira, 17, simbolizavam alegria e alívio. Filho do casal, o recém-nascido Gustavo, foi resgatado pela polícia depois de ser sequestrado na sexta-feira, em Saquarema, na Região dos Lagos. O motivo do crime seria uma herança de R$ 500 mil, e dois acusados foram presos. Um deles, Altair Ferreira dos Santos, 48, trabalha com o deputado Paulo Melo (PMDB), presidente da Alerj, e também num hospital municipal de Saquarema. O parlamentar disse que vai exonerar Altair. Ele e a mulher, Géssica Paulino Marinho, 20, foram indiciados por sequestro e cárcere privado

Presidente Redator Rogério Sant’Ana Jorge Borges

RIO DE JANEIRO, 10 a 17 de Julho de 2012

Página 07

Mesquita finalmente inaugura sua Unidade de Pronto Atendimento Moradores conquistam a abertura da unidade, em Mesquita, após passeatas, protestos e abaixo asssinado entregue em Brasília

A

luta do movimento Quem Cala, Consente para conseguir a abertura da UPA de Edson Passos, parece que finalmente chegara ao fim esta semana. A população finalmente, neste 10 de julho (terça-feira), às 11h, ganhará a Unidade de Pronto Atendimento, a UPA 24h, que servirá como mais um reforço na área de saúde do município. Essa será a 49ª unidade criada pelo Governo do Estado. A abertura da UPA é uma reivindicação da população que sofre desde novembro de 2010, quando o hospital São José foi inexplicavelmente fechado pela prefeitura, que alegava falta de recursos. Desde janeiro deste ano, o movimento popular conhecido como Quem Cala, Consente tem encabeçado mobilizações para conseguir a abertura das unidades. Em Abril, a coordenadora do movimento, Jania Bizarelli, acompanhada de uma comissão, levou à Brasília, um abaixo assinado contendo dez mil assinaturas colhidas nos 18 bairros da cidade. A comissão foi recebida por parlamentares e autoridades do Ministério da Saúde que se comprometeram com uma solução para os problemas ainda no primeiro se-

mestre. No dia 14 de junho, em cumprimento a promessa feita em Brasília, o Ministro Alexandre Padilha compareceu a cidade e inaugurou o Hospital da Mãe (Maternidade). Na ocasião, o governador Sérgio Cabral assumiu o compromisso de inaugurar a UPA na primeira quinzena de julho, que se confirma com a abertura prevista para esta terça feira: “Estou muito feliz por ver que nossa luta teve resultado. Conseguimos a abertura da UPA e do Hospital da Mãe, mas continuaremos brigando para reabrir o Hospital São José”, declarou Jania Bizarelli, coordenadora do movimento Quem Cala, Consente. A construção da UPA, orçada em R$ 4,5 milhões, é uma parceria entre a prefeitura e o Governo do Estado. De acordo com a Secretaria de Saúde do Estado, a unidade disponibilizará serviços de pediatria, odontologia e urgências clínicas, além de exames laboratoriais e salas de raios-x, gesso, medicação e nebulização. As UPAs contam ainda com uma unidade de cuidados intensivos, com quatro leitos, além de unidades semi-intensivas adulta e infantil, totalizando 13 leitos. A

aniversário de japeri com entrega de títulos

n Entre os homenageados com o título de cidadão japeriense estava Flávia Rodrigues, da assessora de comunicação que fizeram parte da prefeitura

A Câmara de Vereadores de Japeri, realizou a entrega do Título Cidadão Japeriense, em sessão solene comemorativa pelo 21º aniversário de emancipação políticoadministrativa do município. Entre os 40 homenageados, estavam funcionários e exfuncionários da atual administração da prefeitura. A solenidade, que aconteceu na noite de sexta (29/06), no Salão de Festas Luso Brasileiro, no bairro Nova Belém, contou com a presença do prefeito da cidade, Ivaldo Barbosa, o Timor, além de diversas outras autoridades. Entre os homenageados com o título cidadão japeriense estavam os funcionários, Josélio Abreu Rosa (coordenador de Vigilância Sanitária), Lourival Ferreira (administrador Geral da Policlínica Municipal Itália Franco) e Flávia Rodrigues (assessora de comunicação). Pessoas que fizeram parte do quadro de funcionários da prefeitura, também receberam o título, como o exsecretário de Obras e Serviços Públicos, Ernane Alves e

o ex-subsecretário da pasta, Daniel Coelho. “Fico feliz em saber que o trabalho realizado junto com minha equipe teve este reconhecimento. Sabemos que um vereador indica a pessoa a receber o título, mas que esta escolha tem que ser aprovada por todos os outros vereadores, por isso este título é uma grande honra”, destacou Josélio Rosa. Além dos vereadores e do prefeito da cidade, as mesas das autoridades foram compostas pelo deputado federal Rodrigo Bethlem, pelo procurador geral do município, Roberto Pontes, e por representantes do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro, como o Tenente Coronel Fabio Farias de Feitosa, o Major Sandro Ribeiro Alves e o Capitão Reginaldo Leite Alves. Também participaram do evento, os secretários municipais Antônio Marcos Aguiar (Defesa Civil), Roberta Bailune (Educação e Cultura), Michele Oliveira (Agricultura e Meio Ambiente), e outros.

n A abertura da UPA é uma reivindicação da população que sofre desde novembro de 2010, com o fechamento do Hospital São José fechado e a falta de atendimento

UPA conta também com duas salas de observação individual, para que pacientes com doenças infectocontagiosas como tuberculose e meningite possam receber os primeiros cuidados até serem transferidos para um hospital. A UPA de Mesquita

terá uma ambulância e cinco consultórios. A equipe contará com cerca de 250 profissionais. A Unidade de Pronto Atendimento de Mesquita será administrada pelo Estado via Organizações Sociais. Essa nova forma de administração tem

Nova Iguaçu inaugura ambulatório para atender população LGBTT Nova Iguaçu acaba de ganhar um espaço só para atender a população LGBTT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais). É o "Espaço da Diversidade". A prefeitura, através das secretarias de Saúde e Defesa Civil e de Vigilância em Saúde, inaugurou o primeiro ambulatório no estado para DST e Aids, exclusivamente para a comunidade LGBTT. O objetivo é oferecer informações, assistência e prevenção, além de testagem rápida para o HIV, vacinação contra a Hepatite B, e orientações sobre doenças sexualmente transmissíveis (DSTs), em especial para a comunidade LGBTT. A iniciativa pretende apresentar e difundir o Plano Estadual de Enfrentamento da AIDS e outras Doenças Sexualmente Transmissíveis junto à popula-

ção LGBTT, na rede de saúde pública municipal e estadual. A proposta chegará também a São João de Meriti e Belford Roxo. De acordo com a gerente estadual do programa DST/AIDS, Elisabeth Cristina Fernandes, estas cidades foram escolhidas pelo número de casos positivos: — O importante é que o usuário terá seu acesso à saúde pública. Ele será recebido por profissionais bem preparados. A transexual Marcelly Morena, de 26 anos, foi vacinada contra a gripe e hepatite B na unidade: — Ser tratada com carinho e respeito e ser chamada pelo nome já valeu tudo. O Espaço da Diversidade fica na Rua Bernardino de Mello, 1895, Centro de Nova Iguaçu. Telefone: 2768-5921.

n A iniciativa vai apresentar o Plano Estadual de Enfrentamento da AIDS e outras

Doenças Sexualmente Transmissíveis através da Secretaria de saúde de Nova Iguaçu

como objetivo, reduzir custo, melhorar a gestão e garantir um atendimento de qualidade à população. As organizações sem fins lucrativos administram bens e equipamentos das unidades, utilizando modernas técnicas de gestão e estabelecendo

uma relação de parceria entre o Estado e a sociedade. A UPA de Mesquita será uma das primeiras da rede a receber o modelo, mas o controle de fiscalizar e garantir a eficiência das políticas públicas de saúde, continua sendo do Governo do Estado.

Caxias ganha agentes mirins de meio ambiente

nCento e vinte estudantes da rede pública receberam, certificados de conclusão do curso de Agente Ambiental Mirim realizado S.M.A.A.A.

Cento e vinte estudantes da rede pública de Duque de Caxias, receberam em Santa Cruz da Serra, certificados de conclusão do curso de Agente Ambiental Mirim, realizado pela Secretaria de Meio Ambiente, Agricultura e Abastecimento. A solenidade contou com a presença de autoridades, pais e responsáveis e parceiros do projeto. O secretário de Meio Ambiente, Samuel Maia, falou da importância do projeto iniciado em 2009 e desejou sorte e felicidade aos novos protetores da natureza. A secretária de Educação, Rachel Barreto, destacou também o projeto e disse que os novos agentes têm, a partir de agora, uma grande missão pela frente, cuidando da natureza e do município. “É importante a preservação do meio ambiente para deixarmos uma herança para nossos filhos. Com certeza, eles passarão a ter cuidado, respeito e carinho com a natureza e vão repassar os ensinamentos para seus familiares e moradores de suas comunidades”, disse Rachel Barreto. Durante três meses, os alunos receberam aulas

teóricas e praticas de educação ambiental, monitoramento de trilhas, primeirossocorros, ciclo da água, produção de mudas da Mata Atlântica, escotismo, além de geografia e história da região de onde estão localizados o Parque Natural Municipal da Taquara, onde foi realizado o curso, e a Reserva Biológica Municipal do Parque Eqüitativa, ambos no terceiro distrito. Na primeira quinzena de agosto serão abertas as inscrições para o segundo semestre. O projeto conta com apoio da empresa petroquímica Brasken, representada no evento pela diretora de relações institucionais no estado, Cinthia Vargas. O secretário Samuel Maia disse também, que os alunos tiveram a oportunidade de conhecer o que muitos moradores não conhecem como cachoeiras e a Mata Atlântica, rica em flora e fauna. Maia anunciou a ampliação da coleta seletiva nos distritos e a construção do Centro de Educação Ambiental, no Parque Equitativa, em uma área da Mata Atlântica que havia sido invadida e cercada para realização de festas.


Linho: o tecido mais antigo do mundo

A fibra que foi descoberta há mais de 8.000 anos a.C., conforme registros históricos, teve seu uso constatado até em construções de moradias pré-históricas. Não se sabe exatamente quando a fibra do linho começou a ser tecida pelo homem, mas há registros que comprovam o seu cultivo desde 2.500 a.C. pelos egípcios – as múmias eram enroladas em tecido de puro linho e tinha o significado de luz e pureza – a tumba do faraó Ramessés II, morte em 1.213 a.C., foi descoberta em 1.881 d.C., e o linho que envolvia a múmia estava em perfeito estado de conservação – após 3.000 anos. Além da sua existência , isso comprova a resistência das fibra em relação a ação do tempo. Há também,, menções sobre o tecido no antigo Testamento – “a túnica de Cristo era de linho sem costuras.

Geral

Presidente Redator Rogério Sant’Ana Jorge Borges

RIO DE JANEIRO, 10 a 17 de Julho de 2012

Página 08


journal.news