Issuu on Google+

cyan mag e nta ye llow b lack

Panorama O seu canal de comunicação

PRESIDENTE: ROGERIO SANT’ANA - RIO DE JANEIRO, 03 A 10 de ABRIL DE 2012 - ANO XIV, Nº 2376 - WWW.JORNALPANORAMA.NET.BR

Acesse o nosso portal www.jornalpanorama.net.br

0,75 R$

Caderno Especial

Movimento Quem Cala Consente

Abandono na saúde pública leva moradores de Mesquita à Brasília Manifesto com mais de dez mil assinaturas foi entregue a Ministros , Senadores e Deputados

L Ministério da Saúde promete providências imediatas A I C

PE S E

para garantir abertura de pelo menos uma unidade

A Comissão de moradores de Mesquita foi recebida pelo Assessor Especial do Ministro Alexandre Padilha que prometeu providências para que seja aberta pelo menos uma unidade de saúde na cidade

Pré candidato do PSD á prefeitura de Mesquita quer o fim do "Penicão" de B. Areia

O Vereador Marcelo Canto defende e remoção da estação de tratamento de esgoto de Banco de Areia , o "Penicão"

O vereador Marcelo Canto disse que considera um absurdo a existência de uma estação de tratamento de esgoto na praça de Banco de Areia. Canto disse que a remoção do conhecido "penicão é uma necessidade imperiosa e que caso seja eleito prefeito da cidade esta será uma das primeiras medidas de sua administração Pag 3

Aspom festeja 88 anos com café da manhã

Ficha limpa reduz poder de vereador

Não a impunidade de estupradores e pedófilos Coordenadora do Movimento "Quem Cala , Consente" protesta contra decisão do STF que absolveu homem acusado de estuprar três meninas de 12 anos de idade, por que elas eram prostitutas. Pag 7

Esporte

Aniversário

Política

Protesto

Audax 2x1América

Educação

Escola de 1º mundo em Japeri

Religião

Corrupção

Deputados envolvidos em escândalo na saúde

América perde mais uma e se complica na segundona

Pacificação?

Copa 2014 Despedida

Cabra presenteia o Papa Policiais recebem propina Obras nos de traficantes na Rocinha estádios Bento XVI em Roma atrasadas FALE CONOSCO

Atendimento 21 3763 6201 Comercial 21 3763 6201

Web

www.jornalpanorama.net.br

Edmundo encerra a carreira

financeiro@jornalpanorama.net.br @ redacao@jornalpanorama.net.br comercial@jornalpanorama.net.br @ promocao@jornalpanorama.net.br


cyan mag e nta ye llow b lack

Especial

Página 02

RIO DE JANEIRO, 03 a 10 de Abril de 2012

O nosso Classificado é gratuito na internet! Acesse:

Presidente Redator Rogério Sant’Ana Jorge Borges

www.classificados.jornalpanorama.net.br

Educação

Japeri reinaugura escola com instalações de primeiro mundo Ambiente climatizado, laboratórios de infomática, auditório e salas adpatdados para alunos com necessidades especiais Fotos: Mateus Vellasco

n

Pais e alunos no pátio da escola aguardando a chegada do prefeito Ivaldo Barbosa dos Santos ( Timor ), para a reinauguração da unidade escolar Escola Municipal Pastor Aristides Arruda no bairro Nova Belém, no Município de Japerí, na Baixada Fluminense

A

comunidade do bairro Nova Belém, em Japeri, está em festa. Nesta sexta-feira (30/03) a prefeitura da cidade entregou a Escola Municipal Pastor Aristides Arruda totalmente ampliada e reformada. A escola é a 13º unidade entregue à população. A reinauguração contou com a presença do prefeito Ivaldo Barbosa dos Santos, o Timor, secretários e subsecretários municipais, vereadores e a população em geral. Cerca de mil pessoas participaram da solenidade. A unidade recebeu ar-condicio-

nado em todas as salas, sistema de segurança, entre outras melhorias. A escola ganhou um prédio anexo de dois andares, com rampa de acesso para portadores de deficiência. No local foram instaladas seis salas de aula para os alunos da educação infantil, aumentando o número de salas para 18, além de laboratório de informática com 16 computadores, auditório, sala de recursos, sala adaptada para alunos especiais, direção e área de lazer com parquinho para os alunos da educação infantil. As obras beneficiam mais de 650

alunos, da pré-escola ao 5º ano do ensino fundamental. A unidade funciona em dois turnos, com um total de 36 turmas. “Hoje é um dia de muita alegria, pois estamos entregando mais uma unidade reformada e ampliada. É mais conforto e segurança para alunos e profissionais. Estamos investindo muito na educação, e queremos fazer mais”, disse o prefeito Ivaldo Barbosa dos Santos, o Timor, que falou de outras melhorias para a educação e demais setores. “Queremos construir uma creche no centro de Japeri, e vamos con-

tinuar com a reforma e ampliação das escolas. Estamos com seis unidades em obras. E em breve as melhorias chegarão à Darcílio Ayres Raunheti. Vamos licitar as obras para a E.M. Santa Inês. Também pretendemos construir uma nova escola no bairro Belo Horizonte. Na área da saúde reformamos todos os postos, e estamos pleiteando uma maternidade para o município”, anunciou Timor. A secretária de Educação e Cultura, Roberta Bailune, falou das melhorias na escola. “Um ambiente confortável contribui para a me-

lhoria da qualidade de ensino. Acreditamos que o investimento na educação é a maior riqueza que um governo pode dar para sua população”, completou Roberta. O presidente da Câmara, Zé Ademar, e o vereador Marcos Arruda, falaram em nome dos vereadores. “O prefeito Timor está entregando uma linda escola, agora basta que os moradores cuidem dela com carinho, pois a escola pertence à comunidade”, disse Zé Ademar. “O prefeito Timor está de parabéns pelos investimentos na educação e em diversas áreas. Não é

à toa que, de acordo com o Índice Firjan de Gestão Fiscal, Japeri está entre as 15 cidades do estado que melhor investiram seus recursos públicos. E é a terceira na Baixada Fluminese. Esta conquista se deve a uma boa administração”, lembrou Marcos Arruda. A solenidade contou ainda com a presença do vice-prefeito Cleber Joaquim de Farias e dos vereadores Rei, Kerly Gustavo, Marcio Rodrigues, Val, Cesar Melo e Guigo, além da diretora geral da unidade, Leilane Batista Lucio Carvalho, e da diretora adjunta, Regina Célia Diogo Mendes.

Moradores comemoram nova escola Simone acompanhada de João Batista, disse que procurou socorro para seu filho de um ano e meio de vida, que apresentava febre alta. Fez a ficha de atendimento e mandaramna aguardar. Como o tempo ia passando e a criança piorando, Simone foi até a atendente e reclamou da demora, e recebeu a resposta de que a médica chamada Natália havia ido embora, saíra pela porta dos fundos. Simone reclamou com o coordenador do posto que disse que a atendente havia se enganado, pois a tal médica faltara ao serviço. Simone telefonou para o 190, comunicou o fato e não viu nenhuma iniciativa da polícia.

n Sala de aula

n Sala de leitura

n Laboratório de informática

n Parquinho da Escola

n Sala da direção

n Sala de aula no pavimento anexo

n Pais, alunos e convidados

n Timor, aluna, Secretária de Educação e Direção

n Prefeito Timor, Secretária de Educação e Vereadores

? Você Sabia? Que de acordo com o índice da FIRJAN, Japerí está entre as quinze cidades que melhor investiram seus recursos públicos. No ranking nacional , a cidade está entre os 10% que se destacaram. A pontuação vai de 0 a 1, quanto mais próximo do 1, melhor, e o município teve 0,7154, o que justifca a boa gestão.


cyan mag e nta ye llow b lack

Geral

A maior distribuição da Baixada Fluminense www.jornalpanorama.net.br

Presidente Redator Rogério Sant’Ana Jorge Borges

RIO DE JANEIRO, 03 a 10 de Abril de 2012

Página 03

Deputados da Baixada teriam pago propina a ex-assessor do Ministério Edson Oliveira admite ter recebido R$ 200,000 e que foi pressionado á fazer nomeações

O

s escândalos de corrupção começam a se espalhar por outros prédios da Esplanada dos Ministérios. De acordo com reportagem da revista "Veja", o assessor especial do ministro da Saúde, Alexandre Padilha, até dezembro, Edson Pereira Oliveira admitiu ter recebido R$ 200 mil de propina para pagamento de dívida de campanha. O ex-assessor garante que passou, desde então, a ser chantageado por três parlamentares fluminenses, supostamente envolvidos em esquema de corrupção dentro de órgãos de saúde do Rio.

Os deputados acusados são Nelson Bornier (PMDB), Aúreo (PRTB) e Marcelo Matos (PDT), que teriam exigido o direito de indicação de diretores de hospitais federais no Rio de Janeiro. Oliveira disse que foi chantageado após aceitar dinheiro de um deputado hoje sem mandato, Cristiano (PTdoB), para pagamento de uma dívida de sua campanha a uma prefeitura no interior da Bahia, nas eleições de 2008. Segundo Oliveira os deputados queriam manter no governo Dilma o mesmo esquema de desvios de recursos que havia antes. Eles pediram a permanência de Leila Regina de Carvalho como

n Nelson Bornier seria o mentor do esquema a ser montado nos hospitais

diretora administrativa do hospital de Bonsucesso e propuseram dois nomes para chefiar os hospitais de Ipanema e da Lagoa. O Ex assessor do Ministro diz que nos encontros mantidos pelos deputados Áureo e Marcelo Matos ele era avisado que o deputado Nelson Bornier estava perdendo a paciência e fazendo requerimento de informações para pressionar o Ministério A denuncia mais séria feita pelo ex homem de confiança do Ministro Eliseu Padilha seria de que deputado Nelson Bornier queria obter do esquema dos hospitais a quantia de R$ 350.000 por mês .Ele afirma que os planos

dos parlamentares visava a formação de caixa nos hospitais federais do Rio que renderia R$ 4 milhões por ano , valor que teria sido fixado pelo deputado Nelson Bornier ” Em dezembro do ano passado, os deputados Áureo e Marcelo Matos me chamaram para uma conversa fora dos gabinetes. Foi lá no restaurante Mangai. Repetiram a pressão. Num determinado momento , o deputado Áureo disse o seguinte: “ O Bornier quer isso aqui”. Em seguida escreveu 350 num papel- o que queria dizer R$ 350.000 por mês dos hospitais federais do Rio “ declarou a revista VEJA Edson Oliveira

n Marcelo Mattos era interlocutor junto ao ex assessor do Ministro Padilha

Ao jornal Folha de S. Paulo, Bornier desmente a suposta chantagem sobre o ex-assessor do ministro. Dados do Ministério da Saúde dão conta que 40 contratos da pasta com instituições médicas --como contratos de obras, locação de equipamentos e fornecimentos de medicamentos-- foram suspensos desde o início do ano passado. A revisão de contratos teria resultado em economia de mais de R$ 50 milhões. Perguntado sobre o assunto, Padilha afirmou que soube da história apenas através da "Veja". O ministro afirmou, também, que entro em contato com

a Polícia Federal e solicitou investigações sobre o caso. Ainda de acordo com ele, a Controladoria Geral da União (CGU) iniciou uma auditoria, ainda em andamento, que revisa contratos de todos os seis hospitais federais em operação no Rio de Janeiro. "Consideramos o fato extremamente grave, que se associa a outros fatos graves que o ministério detectou desde que começou a reforma administrativa dos hospitais do Rio, em fevereiro de 2011. Os fatos serão apurados até o fim, vamos tentar reaver os recursos desviados da saúde".

n O Deputado Àureo teria pressionado Oliveira para fazer as nomeações

Nova Iguaçu aposta na informática para atrair alunos do EJA A Secretaria Municipal de Educação de Nova Iguaçu, por meio do Departamento Pedagógico, está capacitando professores de Educação de Jovens e Adultos (EJA) para operarem os computadores do Programa Nacional de Informática Educacional (Proinfo). O objetivo é fazer com que os alunos do EJA tenham mais motivação para concluir os estudos, evitar a evasão escolar e estimular novas matrículas. Diretores e toda a equipe

pedagógica das 22 escolas que oferecem EJA foram os primeiros a passarem pela capacitação, que aconteceu no dia 22 de março. A partir de abril, outros seis encontros acontecerão para professores desta modalidade nas Escolas Municipais Padre Agostinho Pretto (Antiga Venina Correa Torres), Dr. Orlando Melo, Souza e Melo, Dulce Raunheitti, Kerma Moreira Franco e Janir Clementino, nos dias 16, 17, 18, 19,20 e 24 de abril respectiva-

mente. De acordo com a assessora Técnica da Educação de Jovens e Adultos, Jacira de Fátima Lacerda, durante a formação os professores vão conhecer o funcionamento do Proinfo, do Linux educacional e a proposta pedagógica na informática no ensino de jovens e adultos. “Para os adultos isto representa inclusão das novas tecnologias, já que muitos não têm acesso à informática e para os jovens é um incentivo a mais

nos estudos”, explicou Jacira. Atualmente o EJA tem 4.747 alunos matriculados, mas a meta da Secretaria Municipal de Educação é aumentar este número. Para isso, a equipe pedagógica tem ligado para antigos alunos com objetivo de resgatá-los. E a proposta está dando certo. Na Escola Municipal Ana Maria Ramalho, em Miguel Couto, o número de estudantes matriculados passou de 17 para mais de 60.

INFORME PANORAMA Rogério Sant’Ana

presidencia@jornalpanorama.com.br

Lei da Ficha Limpa reduz poder de vereador

A

lém de contribuir para melhorar o quadro político nacional, impedindo que pessoas com um passado nada recomendável conquistem mandatos eletivos já a partir das eleições municipais que acontecerão em outubro, a Lei da Ficha Limpa deverá também reduzir o poder dos vereadores no julgamento das contas de gestão municipal. Os magistrados estão sendo orientados a não conceder registro de candidatura ao político com conta reprovada pelos tribunais de contas nos casos em que o Legislativo não tenha acompanhado o parecer contrário dado pelas cortes de analise de contas. Dessa

maneira, o prefeito que teve conta reprovada pelos TCEs, mas aprovada pelo Legislativo, estará inelegível da mesma forma. “As câmaras de vereadores, em sua maioria, não têm a mínima capacidade de analisar as contas de uma administração. Seu julgamento é meramente político. Existem muitos casos em que os TCEs deram parecer favorável para aprovação e os vereadores reprovaram. Fazem isso simplesmente para criar embaraços para o gestor. Também existem muitas situações em que os TCEs reprovam e os vereadores aprovam. Na verdade, esses julgamentos de contas

nos legislativos municipais acabam sendo instrumento de barganha”, entende o jurista Luiz Paulo Varella. Em 2007, por exemplo, a Câmara de Vereadores de Porto Real reprovou as contas do exprefeito Sergio Bernardelle, embora o parecer do TCE fosse para a provação. No município de Magé duas contas da ex-prefeita Núbia Cozzolino reprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado, foram aprovadas pela Câmara, que, em 2006 resolveu ser coerente com a decisão do TCE e reprovou as contas de 2004 da ex-prefeita Narriman Zito, acatando o parecer contrário do TCE.

n

Nova Iguaçu para motivar vai oferecer qualificação de informática para alunos da EJa

Resgatar auto estima de Banco de Areia O pré candidato do PSD à prefeitura de Mesquita vereador Marcelo Canto disse que uma das prioridades de sua administração caso seja eleito será a remoção imediata da estação de tratamento de esgoto , instalada na praça de Banco de Areia, também conhecida como “Penicão”. Segundo Marcelo aquela estação é uma agressão ao povo de Banco de Areia , que além de terem perdido a praça como espaço de lazer e entretenimento, também se transformaram em alvo do chacota que extrapola aos limites do município de Mesquita “ Retirar aquilo do meio da praça, além de uma importante ação urbanística , também devolverá a auto estima do povo de Banco de Areia “ comentou Marcelo Canto.

Foto: Mateus Vellasco

Deu a louca nos “fichas sujas” As bancadas federais do PT, PDT e PTB iniciaram um movimento contra o dispositivo da Lei da Ficha Limpa que impede a candidatura de gestores com contas reprovadas pelos tribunais de contas já nas eleições deste ano. Vejam bem o tamanho do absurdo: querem que prefeitos que já provaram incapacidade de gerirem a coisa pública - a reprovação de suas contas pelos TCEs confirmam isso - voltem a administrar para

cometerem os mesmos erros. Não podem estar bem intencionados os que pensam assim. A sociedade gritou basta quando apresentou o projeto da Lei da Ficha Limpa. Vejam bem, não foi nenhum deputado que teve essa ideia não. Se dependesse dessa raça nada disso teria acontecido. Deputados e senadores só aprovaram porque o povo pressionou e esse mesmo povo não vai aceitar nenhuma manobra alguma.

Ficha suja é ficha suja. Se um pretendente a um cargo na administração pública, ainda que de auxiliar de serviços gerais, não pode ter restrição nos serviços de proteção ao crédito, um candidato a prefeito também não pode ter pendências nos TCEs da vida. A sociedade terá de manterse atenta, pois tem muito ficha suja querendo dar uma de bom moço agora, mas não teve o menor pudor em meter a mão no dinheiro público.


cyan mag e nta ye llow b lack

Geral

Página 04

RIO DE JANEIRO, 03 a 10 de Abril de 2012

O nosso Classificado é gratuito na internet! Acesse:

Presidente Redator Rogério Sant’Ana Jorge Borges

Editorial Doença que avança no verão, exige prevenção A Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro divulgou, na última terça-feira (27), um dado preocupante: mais de 31.597 casos de dengue já foram notificados em todo o Estado, apenas este ano. Dentre esses casos, a Secretaria informou haver duas mortes. De todos os casos de dengue investigado até o momento a dengue tipo 4, recente no Estado, corresponde a 77,8% do total. Esse tipo de dengue foi registrado em diferentes cidades da baixada como: Belford Roxo, Japeri, Mesquita, Nilópolis, Nova Iguaçu e São João de Meriti. Os sintomas da dengue são febre alta, acima de 38°C, dores no corpo, especialmente nas juntas, e dor de cabeça,

principalmente atrás dos olhos. Pessoas com esses sinais precisam ser levados imediatamente para um hospital ou posto de saúde e devem ingerir bastante água. Mesquita é o município do estado com o maior índice de infestação, e a maior preocupação, é que a cidade não conta com um hospital para receber as pessoas infectadas. O único posto de atendimento, é a unidade mista de saúde do bairro Jacutinga, que funciona precariamente, e não raro, os pacientes têm que procurar atendimento em municípios visinhos ou se alto medicarem, correndo o risco de terem a doença agravada, ou mesmo de chegarem a hóbito.

www.classificados.jornalpanorama.net.br

DESTAQUE

Dupla de policiais garante a segurança do centro de Mesquita, na Baixada Fluminence

M

esquita é o município da baixada que registra o menor índice de assalto a bancos, casas lotéricas e comercio local. Isso tudo, graças ao policiamento feito na região. O subtenente PM Edmar da Costa Lima, de 52 anos, há 29

como policial, comanda a segurança do centro da cidade, há 16 anos. Orgulhoso de seu trabalho o PM, juntamente com o subtenente PM Marinho (hoje na reserva) fez um trabalho relevante e conquistou a confiança de moradores e comerciantes. Há dez anos, a dupla foi transferida da lo-

calidade, o que causou insatisfação geral, provocando um abaixo assinado dirigido ao comandante do 20º BPM, solicitando o retorno dos militares. A iniciativa deu certo, e a dupla permaneceu na região. Mas, no começo deste ano, Marinho se aposentou e foi substituído. Indicado pelos

PMs, o 2º sargento Gilberto do Espírito Santo, de 48 anos, há 27 como policial, substituiu Marinho. O sargento, que já trabalhou na UPP do morro dos Macacos, diz estar muito satisfeito no seu novo posto, principalmente por Mesquita ser uma cidade bastante tranquila com relação a violência. Foto: Mateus Vellasco

10 segundos Treinador da seleção perde pontos na CNH

Lula sem tumor. Médicos confirmam

Na madrugada dessa última quarta-feira (28), o técnico da seleção brasileira, Mano Menezes, foi pego em blitz da Lei Seca, por volta das 24h. De acordo com o coordenador-geral da operação, major Marco Andrade, Mano se recusou a fazer o teste do bafômetro e teve que pagar uma multa de R$ 957,70, além de perder sete pontos na carteira. Por meio de nota, Mano disse estar sem o documento no momento da abordagem, mas ao apresentar uma copia o carro foi liberado.

O ex-presidente, Lula, realizou exames, na quarta-feira (28), que comprovaram o desaparecimento do tumor na laringe. Desde 31 de outubro do ano passado Lula faz tratamento, e segundo os médicos, o tratamento deu certo, e na região existe apenas um leve processo inflamatório. Apesar do desaparecimento do tumor, Lula só será dado como curado do câncer daqui a cinco anos, caso não haja reincidência.

Hopi Hari reabre após 20 dias de interdição

Escritor Millôr Fernandes morre aos 88 anos

Fechado por mais de 20 dias, o parque de diversão Hopi Hari, reabriu sua portas no último domingo (25). O parque havia sido fechado por determinação do Ministério Público, que pediu vistoria em todos os brinquedos do local. A reabertura foi concedida diante da assinatura de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) para que sejam adotadas melhorias nas instalações dos equipamentos e adotados mais segurança aos visitantes.

O escritor carioca Millôr Fernades, famoso na imprensa brasileira, morreu às 21h da última terça-feira (27) de falência múltiplas de órgãos e parada cardíaca. Nascido no bairro do Méier, Millôr tinha dois filhos e um neto e, atualmente, morava em Ipanema, lugar onde faleceu. A cremação foi às 10h no cemitério Memorial do Carmo, no Caju. O escritor, que deveria se chamar Milton, teve seu nome escrito errado na certidão, mas por gostar de Millôr passou a adota-lo.

Panorama Edição Ano XV - O Jornal Panorama é órgão oficial editado e publicado pela Panorama Comunicação

Presidente

Rogério Sant’Ana

Diretora - Executiva

Jânia Bizarelli

Diretor de Redação

Jorge Borges

Diretora Jurídica

Panorama Comunicação da Baixada LTDA

CNPJ: 08.219.620/0001-28 Fundado em 1997 - Rogério Sant’Ana

Drª Karina França Lyrio

Conselho Editorial

Classificados

Coordenação geral Finaceiro

Relações Públicas

Viviane Duque Estrada

Comercial

Luciana Amorim

Aniversário de 88 anos da Aspom é comemorado com festividades

N

o último dia 30, em companhia do Vice Presidente da CBPMERJ Coronel Robson de Almeida da Paulo, do Secretário e Executivo da instituição e Diretor Presidente do Jornal Panorama, Rogério Sant’Ana, participei da festa de comemoração dos 88 anos da Associação Beneficente dos Subtenentes e Sargentos da polícia Militar (ASPOM). O evento ocorreu na sede da entidade, em Piedade e contou com a participação de associados, dirigentes de instituições de classe ligadas ao policial militar e autoridades. Fundada em 30 de março de 1924, por 48 sargentos, a Aspom tem como maior objetivo proteger e dar auxílio às viúvas dos subtenentes e sargentos da Polícia

Militar. Já foi denominada Associação Beneficente dos Subtenentes e Sargentos da Polícia Militar do Distrito Federal, e é considerada uma entidade sem fins lucrativos. É presidida por Levi Meireles, que vem fazendo um excelente trabalho à frente da instituição. A ASPOM assim como a Caixa Beneficente e outras associações passam por um processo de esvaziamento de seus associados. Por isso, temos nos unido para fortalecer a nossa representatividade no quadro social. As associações se formaram para benefícios de policiais militares e seus dependentes. São anos de lutas e realizações. Torço e desejo que a Aspom continue a comemorar muitos e muitos anos de vitórias!

Itamar Júnior

Fotógrafo

Mateus Vellasco

Repórteres

Ana Carolina Brandão- Carlos Santos Gustavo Mendes

Comercial - Telefax- 3763-6201

Redação : Rua Oscar Soares nª 54 Juscelino, Mesquita CEP -26556-160, Telefones- 30727493 - 2697-9020 - 3763-6201 / Administração: 3565-6145 / Redação: 3072-7493 Os nossos colaboradores não possuem obrigações de horário ou continuidade, não mantendo nenhum vínculo empregatício com esse jornal , em consonância com a Lei de Imprensa 5250/67. Os conceitos emitidos pelos colunistas e matérias assinadas são de inteira responsabilidade dos mesmos.

ouvidoria@cbpmrj.com.br, pedrochavarry@gmail.com, Endereço Rua Pedro I, nº 16 - Centro, Rio de Janeiro CEP: 20060-050

Expectativa para assembleia com associados

E-mail

redacao@jornalpanorama.net.br

Marketing

Este é um espaço destinado aos leitores do jornal PANORAMA que são associados da Caixa Beneficente da Polícia Militar. Através desta coluna semanal o Presidente da Instituição Pedro Chavarry Duarte estará infomando os trabalhos que estão sendo desenvolvidos e prestando contas de sua administração

www.classificados.jornalpanorama.net.br

Genaro Braga

Bruna dos Santos

Informe da CBPMERJ

Internet

www.jornalpanorama.net.br

Pedro Chavarry Duarte

n Subtenente PM Edmar (D) e o segundo Sargento da PM Gilberto (E), orgulhosos do trabalho realizado na região

n Presidente Chavarry da CBPMERJ recebeu certificado da ASPOM do Presidente Levy Meireles

Sem promoção

Tomei conhecimento por alguns policiais militares, de que o decreto do Governador Sérgio Cabral, em que antecipa a promoção para todos os PMs e bombeiros estaria deixando de lado os pro-

fissionais da Banda de Música e do Quadro de Saúde da Corporação. Acredito que houve algum erro na execução da promoção, já que pelo decreto TODOS seriam beneficiados. Encaminhei ofício ao

comandante geral da PM para saber da veracidade da informação. Se de fato, houver esta irregularidade, lutaremos para corrigir esta injustiça com os colegas da Banda de Música e da Saúde.

Dia 20 de abril ficará para sempre marcado na história da Caixa Beneficente da Polícia Militar. Nesta data, acontecerá o primeiro encontro de associados promovido pela instituição. Em mais de 100 anos de existência nunca houve algo parecido. Neste dia estarão em pauta diversas questões como, por exemplo, uma modernização no estatuto da Caixa, benefícios e problemas judiciais. Será uma das muitas oportunidades que virão, em que os associados terão efetiva participação democrática na administração da Caixa. Nada será ocultado, minha equipe tem trabalhado intensivamente para documentar todos os fatos. Os associados tomarão conhecimento detalhado de toda a situação da Caixa Beneficente

hoje, e dos projetos que estamos trançando para o futuro. Este mês completa dois anos de minha administração. Foram dias de muita luta e também de vitórias. Tenho orgulho de presidir esta entidade onde me associei há mais de 30 anos. É uma honra fazer parte desta história e mostrar, que mesmo em meio a tanta turbulência, a Caixa Beneficente continua gloriosa e prestando serviço social aos seus associados. Tive a iniciativa de promover este encontro entre associados para estimulálos a participar mais das decisões, tendo em vista que eles são o principal foco da Caixa. Portanto, dia 21 de abril, a partir das 10h, não faltem! Estarei lhes aguardando para um dia agradável no Clube da Abanerj, em Nova Iguaçu.


cyan mag e nta ye llow b lack

Cultura

Segundo Caderno Semanalmente para você!

Presidente Redator Rogério Sant’Ana Jorge Borges

www.jornalpanorama.net.br

Audax 2 x 1 América

Audax vence fora de casa O

Audax superou o América F.C fora de casa em jogo válido pela 12ª rodada do carioca da 2ª divisão e somou assim três importantes pontos na briga pela liderança do grupo B. O Audax se encontra agora em 2º lugar com vinte e dois pontos, um a menos que o líder Portuguesa RJ. Já o América com a derrota vê o sonho da classificação cada vez mais distante, pois o time amarga o 7º lugar, com doze pontos, quatro a menos que o Goytacaz que ocupa a ultima vaga neste momento do G5. Se não bastasse tudo isso o time não vence a seis jogos e vive um momento de crise com sua torcida, e nem a estreia do técnico Elói ídolo do clube em sua passa-

gem como jogador na década de oitenta pode acalmar os ânimos dos torcedores que se revoltaram ao fim da partida, jogando bombas no estacionamento onde se encontravam os carros dos jogadores e cantando musicas que hostilizavam alguns deles. Ao fim da partida, Elói o novo técnico do América comentou o jogo e sua expectativa para o futuro do clube. “Eu peguei o grupo há apenas dois dias, não conheço os jogadores, não tive tempo para implantar a minha filosofia de jogo. Vinha acompanhando os jogos, mas mesmo assim eu não sabia como os jogadores reagiriam psicologicamente ao jogo de hoje ( 31), ao momento conturbado que eles estão vivendo, e eu

tentei melhorar a cabeça deles, alguns até reagiram bem, mais infelizmente não deu”. “Eu tenho fé que o time vai dar a volta por cima, eu vou fazer o possível para isso”. Completou Elói. O JOGO: O América começou bem o jogo, tanto que aos 19 minutos do primeiro tempo Jean marcou um bonito gol após boa jogada pela ala esquerda, porém após o gol o time rubro recuou e o Audax começou a pressionar e depois de uma cobrança de escanteio, aos 34 minutos do 1º tempo o zagueiro Roberto JR, do América com uma “ bonita” cabeçada marcou contra o gol que cedeu o empate ao Audax e o 1º tempo terminou assim. No 2º tempo o time de S. de

RIO DE JANEIRO, 03 a 10 de Abril de 2012

Página 05

Edmundo se despede do futebol e fecha a carreira

Meriti voltou pressionando o América, então o técnico do time da casa tirou Beto para colocar o meia Osmar e aos 28 sacou Marquinhos que vinha até jogando razoavelmente bem para dar lugar A Thiago Keller que pouco fez, e quando o jogo caminhava para um frio e morno final, Elton marcou aos 30 o gol que daria a vitória e o 2º lugar do grupo para o Audax. O Atacante comentou o gol após a partida. “Foi importante porque agente vinha de uma sequência ruim, e hoje era um jogo difícil o América é um time de tradição, mas agente sabia o que fazer, seguimos o que o nosso técnico pediu e graça a Deus deu tudo certo”,disse o atacante Elton. Fotos: Mateus Vellasco

n Animal se despede com grande vitória de 9 a 1 sobre o Barcelona de Guaiaquil no Estádio de São Januário próprio do Clube de Regatas Vasco da Gama

Edmundo estava, há 3 anos e meio, aposentado do futebol, mas nem o tempo afastado dos gramados ou a forte chuva que pairou sobre o Rio, na noite da última quarta-feira (29), impediram que o jogador enchesse o estágio de São Januário e finalizasse sua carreira com uma partida emocionante. Um dos maiores ídolos da torcida vascaína, Edmundo não decepcionou os torcedores e marcou dois gols na goleada de 9x1 que o Vasco conquistou contra o Barcelona de Guaiaquil. “Não só os gols, são apenas mais dois, mas esse carinho, essa energia não tem preço. Eu precisava disso. É fechar a carreira com chave de ouro. Não imaginava que iria ser tão lindo”, declarou o jogador. Antes do início da partida, Edmundo já havia sido homenageado pelo presidente do Vasco, Roberto Dinamite,

que lhe entregou uma placa em agradecimento por tudo que o jogador já fez pelo time. O adeus foi dado aos 39 minutos do segundo tempo, quando Edmundo saiu com a bola do jogo, chorando e agradecendo aos torcedores, ao som do hino do Vasco. Edmundo ficou muito emocionado com as manifestações de carinho que recebeu da torcida, que gritava “Ah, é Edmundo”, e não conseguiu conter as lágrimas. Ao final da partida Edmundo concedeu uma entrevista coletiva à imprensa em que, usando uma camisa na qual se lia "Obrigado, Vasco”, mais uma vez chorou ao falar da falta que os pais fizeram para completar a festa, mas definiu como perfeito o dia de sua despedida. “Pude reviver toda a minha história como atleta. Só tenho a agradecer”, emocionou-se o ex-atacante.

n Maurício Barbieri treinador do Audax Rio E. Clube

n Elói treinador do América Futebol Clube

Estádios em Obras

Segundona do rio

Times da baixada se mantém na ponta

Chave A CLASSIFICAÇÃO

P

J

V

E

D

GP

GC

SG

1º Quissamã

31

13

9

4

0

29

12

17

2º Ceres

28

13

9

1

3

23

13

10

3º Tigres-RJ

25

13

8

1

4

30

16

14

4º Artsul

22

12

6

4

2

17

9

8

5º Barra Mansa

20

13

5

5

3

17

14

3

6º Rio Branco-RJ

19

13

6

1

6

18

12

6

7º Carapebus

15

13

4

3

6

18

24

-6

8º Mesquita

15

13

4

3

6

15

21

-6

9º Serra Macaense

12

12

3

3

6

16

16

0

10º São Cristóvão

9

13

2

3

8

10

20

-10

11º Teresópolis

0

12

0

0

12

0

36

-36

CLASSIFICAÇÃO

P

J

V

E

D

GP

GC

SG

1º Portuguesa-RJ

23

12

6

5

1

14

5

9

2º Audax Rio

22

12

6

4

2

17

12

5

3º São João da Barra

22

12

6

4

2

11

10

1

4º Sampaio Corrêa-RJ

20

12

5

5

2

14

10

4

5º Goytacaz

16

12

4

4

4

15

12

3

6º Angra dos Reis

13

12

4

1

7

8

14

-6

7º America-RJ

12

12

3

3

6

18

19

-1

8º Juventus-RJ

12

12

3

3

6

18

21

-3

9º Cabofriense

12

12

3

3

6

19

24

-5

10º Imperial

10

12

2

4

6

11

18

-7

Na Chave A da segundona, dois times estão bem posicionados na tábua de classificação. O Tigres com 25 pontos é o terceiro colocado, e o ArtSul com 22 é o quarto. Na Chave B, o Audax com 22 pontos é o segundo colocado, e o América que ainda tem probabilidade de se classificar, está em sétimo lugar com 12 pontos ganhos.

A Dúvida continua Continua a dúvida quanto a conclusão das obras dos estádios de futebol para a Copa do Mundo de 2014. A espectativa é muito grande, porque é comum ouvir das autoridades ligadas ao fato, que

muita coisa ainda precisa ser feita mais que está tudo sob controle, e que o evento será um marco na história do futebol no Brasil e no mundo. A FIFA não corrobora as palavras das autoridades brasileiras.

CHAVE A

Chave b CHAVE B

n Estádio do Corinthians 1ª, Estádio do Maracanã 2ª, Estádio Mané Garrincha 3ª, estão com obras atrazadas para ac Copa do Mundo de 2014 no Brasil


cyan mag e nta ye llow b lack

Geral

Página 06

RIO DE JANEIRO, 03 a 10 de Abril de 2012

O nosso Classificado é gratuito na internet! Acesse:

Presidente Redator Rogério Sant’Ana Jorge Borges

www.classificados.jornalpanorama.net.br

Vida Nova

Uma aula de luta e superação

Um ano após massacre, escola de Realengo retoma rotina. O prédio atacado foi reformado e um anexo erguido, ao custo de R$ 9 milhões

O

presidente do jornal Panorama Rogério Sant´Ana encontrou-se na semana passada durante a solenidade de aniversário da ASPOM ( Associação de Subtenentes da Policia Militar ) o Sargento Alves , herói da tragédia de Realengo que completa um ano no próximo dia 07. Alves relatou que ainda lembra como se fosse hoje os momentos de tensão vivido dentro daquele estabelecimento de ensino antes de conseguir conter o assassino e o desespero de crianças, pais e professores, diante daquele cenário que parecia de guerra. O Sargento Alves que é mesquitense, cidade onde nasceu e viveu até os 12 anos de idade, hoje reside com a família em Bangu, bairro vizinho a tragédia e diz sempre visitar a escola Tasso da Silveira e a comunidade. Alves relata ainda que quando o desempregado Wellington Menezes de Oliveira, de 23 anos, invadiu a Escola Municipal Tasso da Silveira e atirou em 20 meninas e 4 meninos,

matando a metade, parecia que o colégio de Realengo, na zona oeste do Rio, ficaria marcado para sempre. Um ano depois da tragédia, sem precedentes no Brasil, existe ali uma escola modelo. A reportagem do jornal PANORAMA pôde conversar com os dirigentes da escola e constatar o que o sargento Alves havia reltado. O prédio atacado foi reformado e um anexo erguido, ao custo de R$ 9 milhões. As salas ganharam recursos multimídia e professores passaram por reciclagem. Mas, os alunos ainda têm acompanhamento psicológico. "Estamos reinventando a escola", afirma a diretora adjunta, Daisy Carvalho. Ainda há alunos traumatizados - Crianças que sofrem com pesadelos, desenvolveram gagueira, voltaram a fazer xixi na cama e tornaram-se introspectivas. Há aquelas que resistem a ir às aulas. "Às vezes, o vento abre a porta da sala devagarinho e o coração já começa a pular. Às vezes, não quero vir, quero fingir que nada disso aconteceu. Mas também é

bom falar, desabafar", conta Joyce Losso, de 16 anos. "Tão cedo eles não vão se curar", admite a diretora adjunta. Uma rede de solidariedade se formou em torno do colégio - os 400 alunos do turno da manhã, que vivenciaram o ataque, ganharam notebooks em um programa de TV e pessoas com histórias de superação visitaram a escola para dividir a experiência. O iatista Lars Grael contou do acidente, durante uma competição, em que teve a perna amputada e a bailarina Ana Botafogo, cujo marido morreu afogado, aos 38 anos, falou de perdas. Os professores também precisaram de apoio. Dos 52, quatro foram afastados e dois ainda estão de licença: uma porque teve bebê e outra porque ainda não conseguiu se recuperar. Todos os integrantes do corpo docente foram orientados a serem menos rigorosos nas avaliações dos alunos. O índice de repetência caiu de 25% para 10% dos 980 estudantes.

n O Presidente do PANORAMA Rogério Sant´Ana e o reporter fotográfico Itamar encontram o Sargento Alves

Nova Iguaçu e Mesquita

Sérgio Cabral entrega ao Papa Baixada: Creches cobram miniatura do Cristo Redentor repasses de verbas Rio - Em encontro com o Papa Bento XVI após assistir à Missa de Ramos na Praça de São Pedro, o governador Sérgio Cabral entregou ao pontífice uma miniatura do Cristo Redentor e disse a ele que o presente é “uma demonstração de que o povo do Rio de Janeiro está ansioso para recebêlo em 2013”. O papa irá ao estado pela primeira vez para a Jornada Mundial da Juventude (JMJ), evento que deverá reunir quatro milhões de jovens no Rio, de 23 a 28 de julho do ano que vem. O Papa Bento XVI manifestou uma felicidade enorme de estar no Rio de Janeiro com a Jornada Mundial da Juventude. "Entreguei a ele uma miniatura do Cristo Redentor e em seguida visitei uma réplica maior, de quase 4 metros, que está posicionada dentro do Vaticano de tal forma que o Papa passará sempre por ela a caminho do local onde concede as audiências. É um presente do Rio para ele, uma demonstração de que o povo do nosso estado e o povo brasileiro estão ansiosos para recebê-lo, junto com milhões de jovens do mundo inteiro", afirmou o governador, que estava acompanhado do Prefeito Eduardo Paes e do Secretário de Segurança Pública,

nDurante a tradicional Missa de Ramos, na Praça de São Pedro, lotada, o Papa fez uma saudação especial em português ao Governador

José Mariano Beltrame. Paes conversou com o Papa sobre o calendário de grandes eventos no Rio de Janeiro e ouviu dele que a JMJ será o mais emocionante. "O Papa fez um comentário muito especial. Disse que o Rio vai receber os eventos mais importantes nos próximos anos, como a Copa e as Olimpíadas, mas nenhum será tão marcante para a cidade, e também mais trabalhoso para organizar, como a Jornada Mundial da Juventude. Concordei que será um momento muito especial

para recebermos quatro milhões de jovens do mundo inteiro em uma grande celebração de fé e paz", disse o Prefeito. Durante a tradicional Missa de Ramos, que marca o início da Semana Santa, na Praça de São Pedro lotada, o Papa fez uma saudação especial em português ao Governador, ao Prefeito e ao arcebispo do Rio, Dom Orani Tempesta. O Santo Padre também dirigiu um cumprimento especial a todos os peregrinos brasileiros e ao Comitê Organizador da JMJ 2013.

Apenas 8,46% das 197.087 crianças até 3 anos da Baixada são atendidas em creches. Delas, a maioria está em instituições privadas sem fins lucrativos, segundo pesquisa, feita em 2011 pela ONG Solidariedade França Brasil (SFB), a partir de dados do IBGE e do Censo Escolar do Ministério da Educação (MEC). Para atender as crianças, esses estabelecimentos, em grande parte, dependem de ajuda oficial. Creches comunitárias da cidade estão, desde 2011, sem receber merenda ou o repasse do convênio com a prefeitura. Dois dias após a denúncia, o Núcleo de Creches e Pré-Escolas da Baixada Fluminense (Nucrep) revelou que a situação é igual na maioria das 42 unidades filiadas. Aparecida Viana, presidente da Creche Comunidade Viva, que atende a 100 crianças em Mesquita, contou que está dependendo de doações. “Devemos a bancos, à Light e aos nossos funcionários, que não recebem há cinco meses”. Este ano, de novo, diz ela, foi apresentada a documentação exigida. Mas até agora ainda

não conseguiram renovar o convênio com o município. Dirigente da creche Cristo Vive, que atende 186 crianças de até 5 anos, também na Chatuba, o pastor André Dantas Lopes disse estar desesperado. “Eles colocam uma série de exigências como meio de postergar”, alegou. Segundo Lopes, o governo municipal deve ainda R$ 29.990 referente à alimentação das crianças. A dívida, afirma, é do ano de 2010. André Lopes disse que a prefeitura alega que houve erro no sistema de informática e que, agora, não pode mais fazer o repasse porque mudou o ano, e o orçamento é outro. Ele argumenta que foi obrigado a pegar empréstimo de R$ 24 mil em um banco para pagar aos fornecedores e acabou com o nome no SPC e no Serasa porque não conseguiu pagar. A assessoria do prefeito de Mesquita, Artur Messias, alegou que o convênio da creche Comunidade Viva foi enviado para publicação no Diário Oficial e pagamento. As demais entidades, segundo a assessoria, não entregaram toda a documentação exigida.

Policiais estariam recebendo "mensalinho" de 80 mil reais para fazer vista grossa ao tráfico na Rocinha Ocupada pela polícia há quatro meses, a favela da Rocinha, na zona Sul do Rio, está longe de ser considerada uma área pacificada. Nos últimos dois meses, foram registrados oito assassinatos à bala, parte deles, suspeita-se, ligada diretamente à disputa pelo controle da venda de drogas, que persiste, apesar de enfraquecida depois da prisão do chefão Antônio Francisco Bonfim Lopes, o Nem. A imprensa teve acesso a uma investigação que mostra que o velho mecanismo que associava traficantes e policiais militares pode estar mais ativo do que supõe quem acompanha a “pacificação” apenas olhando a favela a partir do asfalto. A secretaria de Segurança do Rio apura denúncia de que policiais militares estariam recebendo

propina do tráfico. Um dossiê produzido pela coordenadoria de Inteligência da Polícia Civil aponta inclusive as cifras da corrupção policial. De acordo com o documento, o pagamento consiste numa "entrada" de 200. 000 reais, seguida por um "mensalinho" de 80. 000 reais por mês. Os valores comprariam a tranquilidade para manter o comércio de drogas sem interferência da polícia nas ruas internas e becos. Enquanto isso, o patrulhamento ficaria restrito as vias principais da favela e acontece sem a exibição de fuzis. Hoje, dois ex-braços direitos de Nem travam uma guerra pelo comando da quadrilha. O traficante Amaro Pereira da Silva, conhecido como Neto, 30 anos, responde pela venda de drogas no parte próxima ao asfalto - a

mais lucrativa. Um ex-comparsa do chefão preso, Inácio de Castro Silva, 32 anos, atua na parte alta da Rocinha e é suspeito de ser o mentor do assassinato do líder comunitário Vanderlan Barros de Oliveira, o Feijão. UPP e propina - Em setembro do ano passado, outro esquema de pagamento de propina a policiais veio à tona na UPP dos morros da Coroa, Fallet e Fogueteiro, no bairro de Santa Teresa. Assim como na Rocinha, os traficantes subornavam os policiais com o intuito de contar a conivência da UPP na venda de drogas. O comandante da unidade, inaugurada seis meses antes, acabou sendo afastado. A mesada dos PMs variava de 400 reais a 2. 000 reais, de acordo com as patentes e o grau de influência nA secretaria de Segurança do Rio apura denúncia de que policiais militares estariam recebendo propina do tráfico na favela da Rocinha na UPP.

Estado do Rio pagará R$ 200 mil de indenização A viúva de um ex-preso político, durante o regime militar, receberá R$ 200 mil, por danos morais, do Estado do Rio do Rio de Janeiro . O marido de Olgarina Machado, Walter Machado, delegado de base do Sindicato dos Operários Navais do Rio de Janeiro à época, sofreu tortura física e moral nos porões da ditadura. Segundo os autos, “por força dos violentos acontecimentos de 1964”, Walter Machado, após ter sido mantido em fila com os demais operários no pátio do Estaleiro Mauá, onde trabalhava, foi chamado nominalmente pelo chefe do serviço pessoal da empresa, a fim de ser encaminhado ao Centro de Armamento da Marinha, permanecendo ali até 27 de abril, sob interrogatório realizado pelas autoridades do Departamento de Ordem Política e Social do Estado do Rio de Janeiro – DOPS. Após este período, foi conduzido ao Estádio Caio Martins e ficou preso até 21 de maio. Após o confinamento compulsório, o sindicalista teve que abandonar o exercício da profissão de operário naval, o que provocou danos psicológicos em toda a família. Além dos danos psicológicos , a familia do sindicalista Walter Machado teve prejuízos materiais , que também serão reparados A decisão da 4ª Câmara Cível reformou de R$ 300 mil para R$ 200 mil o valor da indenização, por danos morais, determinado pela primeira instância. Os desembargadores entenderam que, como a autora levou 44 anos para pleitear a indenização em juízo, o sofrimento foi mitigado pelo tempo. Mas, segundo o relator, desembargador Marcelo Buhatem, a ação não prescreveu, conforme alegou o Estado do Rio. Segundo o magistrado, quando se trata de violações perpetradas em período de supressão das liberdades públicas, o direito não está sujeito a nenhum prazo legal, uma vez que é inalienável e imprescritível


cyan mag e nta ye llow b lack

REUNIÃO PÚBLICA PELA ABERTURA DO HOSPITAL SÃO JOSÉ Atenção população de Mesquita. No próximo dia 11 de Abril as 10:00hs, na Praça Elizabeth Paixão , estaremos realizando uma REUNIÃO PÙBLICA onde apresentaremos um relatório com resultado de nossa viagem à Brasília e para discutir os próximos passos de nossa luta.

Você não pode faltar Quarta-Feira – 11 de Abril - 10:0hs na Praça Elizabeth Paixão

Baixada Presidente Redator Rogério Sant’Ana Jorge Borges

RIO DE JANEIRO, 03 a 10 de Abril de 2012

Página 07

QUEM CALA CONSENTE

Jânia Bizarelli

Fale comigo no telefone 7862-4359; pelo email janiabizarelli@jornal panorama.net.br ou no site www.janiabizarelli.com.br

Não a impunidade de estupradores e pedófilos Decisão judicial absurda e inexplicável livra da cadeia homem acusado de violentar três meninas de 12 anos trar com ele. Aproveitando-se da ausência dos pais, ele a convencia a praticar sexo vaginal e outros atos libidinosos. Os fatos se deram em 2009, até o mês de setembro, quando ambos foram abordados por policiais militares e por uma conselheira tutelar. O caso gerou um inquérito policial. A defesa do denunciado sustentou que ele era namorado da vítima, negando que a tenha desvirginado. Foram juntados ao processo os laudos de avaliação psicológica da menor e o exame de corpo de delito. A juíza de Direito Luciane Inês Morsch Glesse afirmou, na sentença, que não havia dúvidas quanto à materialidade delitiva, em função do Boletim de Ocorrência policial e do exame de corpo de delito. O exame, entretanto, constatou que a vítima não era virgem, pois o hímen apresentava rupturas antigas em todo o seu contorno. Com relação a autoria, disse que o testemunho da vítima foi bastante contraditório, deixando dúvidas quanto à ausência de consentimento. A magistrada também citou o depoimento da conselheira tutelar que atendeu o caso. Ela confirmou que a menina se encontrava de espontânea vontade com o rapaz, que era rebelde e que se envolvia com meninos desde os 11 anos de idade. Em síntese, era uma menina ‘‘largada’’, que fugia da mãe para se refugiar em outras casas. ‘‘Contudo, diante do contexto probatório, foi duvidoso o depoimento da vítima e de sua genitora, assim como a alegada violência presumida, pois sabe-se que nos dias atuais os jovens, cada vez mais cedo, têm conhecimento sobre o sexo, o que restou verificado no caso em comento, uma vez que J. já teve vários registros no Conselho Tutelar justamente pelo envolvimento com outros meninos’’, concluiu a juíza.

O PT CONTRA OS EVANGÉLICOS NO CONGRESSO NACIONAL

nGilberto Carvalho, homem forte do PT, qualificou de mal intencionados os integrantes da bancada evangélica na Câmara e no Senado

Levei um tempo para comentar sobre este assunto, mas não me contive, pois tenho visto aqui em Mesquita, se avizinhando o período eleitoral, uma verdadeira romaria de alguns políticos ás igrejas evangélicas, pedindo e querendo não bênçãos e relacionamento sério com Deus, pelo menos a maioria, mas tirar os dividendos eleitorais desta aproximação. Quero alertar e informar aos milhares de evangélicos que me leem toda semana, acerca de uma declaração do Ministro Gilberto Carvalho, homem forte do PT, que qualificou de mal intencionados os integrantes da bancada evangélica na Câmara e no Senado, e atrevidamente, sem qualquer respeito e digni-

dade, disse que os evangélicos são conservadores e têm uma visão de mundo controlada pelos pastores de televisão. O ódio do Ministro do PT é porque integrantes da bancada evangélica se opõem à leis que favorecem o aborto, a impunidade da pedofilia e outros tantos fatos que corrompem e violentam os valores familiares. É preciso que fique claro para todos o verdadeiro pensamento daqueles que falam pelo PT sobre o povo evangélico. Isto precisa ser dito e divulgado, pois agora é a hora em que muitos lobos vestirão pele de cordeiro para enganar os incautos com palavras doces e mentirosas, muito diferentes daquilo que verdadeiramente escondem no coração.

Não aceito! Não concordo! Não me curvo a esta decisão! Estupro é crime seja lá praticado contra quem, e deve ser severamente punido, com até mais do que 15 anos de prisão. Junto minha voz a todos e todas que se indignaram ante esta injustiça cometida pelo Supremo Tribunal Federal. Meu nome é Jânia Bizarelli e Quem Cala, Consente!

E

m uma decisão absurda, inexplicável e injusta o Supremo Tribunal Federal absolveu nesta semana um homem, se é que se pode chamar esta pessoa de homem, acusado de estuprar e violentar três meninas de 12 anos, descumprindo a lei em vigor que considera a prática de sexo com menores de 14 anos como estupro de vulnerável, prevendo pena de reclusão de 8 a 15 anos. O STF disse, para justificar sua estapafúrdia decisão, que as três meninas eram prostitutas, o que para os Senhores Ministros do Supremo dava todo direito aos homens, e ao absolvido em particular, de estuprá-las e violentá-las. Isto é desumano, é proteção indevida a um crime, que deve merecer de todos nos, principalmente de membros do Judiciário, toda repulsa e firmeza no combate. Estas meninas foram violentadas três vezes;por um estado que permitiu que se prostituíssem sem oferecerlhes as oportunidades devidas; por um imbecil que as estuprou sabese lá com que ameaças, e finalmente pelo estado, novamente, que absolveu esta pessoa. Outra decisão absurda já havia sido tomada no Rio Grande do Sul em janeirdo deste ano, quando a 7ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul confirmou a absolvição de um homem acusado de estuprar uma menina de 12 anos. Os desembargadores entenderam que não se poderia aplicar ao caso o chamado ‘‘estupro de vulnerável’’, como disposto no Código Penal, uma vez que a menor não era mais virgem e que a relação sexual foi consensual e fruto de aliança afetiva. O caso é da Comarca de Quaraí. O homem, conhecido por ‘‘Careca’’, foi denunciado pelo Ministério Público Estadual por ter mantido relações sexuais com a menor, que fugia de casa para se encon-

Ainda existe esperança Neste período tão difícil e angustiante para a cidade de Mesquita, quando nada funciona e tudo está absolutamente abandonado, um lugar particularmente sofre os efeitos mais danosos e perversos da incompetência desta prefeitura que aí está. Falamos de Maria Cristina, esta comunidade tão querida. Tenho recebido muitos pedidos de vários amigos que tenho em Maria Cristina para tomar nas mãos a luta e os sofrimentos deste povo tão espezinhado e esquecido por uma prefeitura que não está nem aí para quem mora e vive em Mesquita, principalmente os mais pobres. Maria Cristina é a imagem do abandono; ruas esburacadas, sem asfaltamento, não ha´saneamento básico, doenças proliferam, não há posto de saúde, creche, enfim, o povo de Maria Cristina, o meu povo, está entregue a própria sorte. Apesar de ser apenas uma mulher comum como tantas outras, não vou correr desta luta com minhas amigas , meus amigos e famílias de Maria Cristina. Podem contar comigo! Não aceito esta discriminação e este insulto contra a comunidade de Maria Cristina! Vamos brigar juntos! Meu nome é Jânia Bizarelli, e Quem Cala Consente

Secretaria do Idoso, Mulher e Criança Participei, representando a cidade de Mesquita, da Frente Parlamentar dos Aposentados na Câmara Federal, já que aposentados e idosos são duas grandes bandeiras de lutas do Quem Cala Consente. Lá, ao lado de representantes de várias confederações e federações de aposentados de todo o Brasil, pude estabelecer laços ainda mais profundos com esta luta, que deveria ser de todos os governos, e assumir compromissos de trabalho com os aposentados ,pensionistas e idosos do meu município de Mesquita. Pretendo através de nosso movimento propor a criação da Secretaria Especial dos Idosos, Crianças e Mulheres para tratar especificamente, com a competência que

n Encontrei o combativo Senador Paulo Paim no lançamento da frente

o assunto exige, destes segmentos humanos tão importantes quanto fundamentais. Na opor-

tunidade encontrei o Senador Paulo Paim, um dos participantes da Frente.

Carinho e Respeito O Deputado Estadual Wagner Montes, pessoa tão querida e amiga, é uma pessoa que tenho tido todo tempo como aliado não só na luta pela reabertura do Hospital São José, como também pela abertura imediata da UPA e do Hospital da Mulher. De público, meu agradecimento sincero ao Deputado Wagner Montes pela parceria e carinho para comigo e com nossa causa.

Foto: Mateus Vellasco


cyan mag e nta ye llow b lack

Geral

Página 08

RIO DE JANEIRO, 03 a 10 de Abril de 2012

O nosso Classificado é gratuito na internet! Acesse:

Presidente Redator Rogério Sant’Ana Jorge Borges

www.classificados.jornalpanorama.net.br

Música

Grupo de pagode da Baixada brilha com seu estilo romântico C

om oito anos de estrada e muita história pra contar o grupo Nosso Querer faz uma visita e concede entrevista exclusiva ao JORNAL PANORAMA, eles falam de sonho, sucesso, dinheiro e principalmente muito trabalho. Abrindo shows de artistas como Belo, Dudu Nobre, Pixote, Sorriso Maroto e Revelação, o grupo ganha experiência e pretende alçar novos horizontes. “Nossa única frustração é não ter conseguido trabalhar com o Exaltasamba”, conta Junior Martins, que além de músico é professor de educação física. Os pagodeiros contam que o aumento do valor do cachê pode provocar ciúmes dentro de

qualquer banda e revelam que o segredo para continuar com e mesma formação desde o início, além da forte amizade que existe entre eles, é muito trabalho e perseverança. “Quando de uma hora para outra você passa a ganhar mais dinheiro é natural que a cabeça de qualquer um mude. Na verdade temos que segurar a onda,” revela Bruno Iglesias. O rapaz de sobrenome famoso, revela não ter nenhum parentesco com o cantor espanhol que fez muito sucesso nos anos oitenta. O Iglesias do Nosso Querer, divide seu tempo entre a pet shop onde trabalha, e os ensaios. O primeiro CD do grupo (Presente de Deus) foi financiado pelos

próprios integrantes. Em 2008 o grupo participou de um programa na rádio FM O Dia. “Foi uma bela oportunidade, tocamos ao vivo na principal emissora do Rio”, disse o grupo. O Nosso Querer já está trabalhando no segundo álbum que terá participações de músicos que trabalham com artistas famosos como Alexandre Pires. Confira a agenda: todas as Sextas no Iguaçu Show, famosa “Rua da Lama” a partir das 20hs, sábados o agito e no bar Bossa Nossa da Barra sempre duas vezes no mês e também na Rio Sampa, no domingo o pagode rola no Bossa Nossa de Nova Iguaçu e pra fechar o fim de semana tem Nosso Querer, no TCM.

nPrimeiro CD do grupo ( Presente de Deus) foi financiado pelos próprios integrantes e o investimento foi de R$42 mil

Enfermeira é presa acusada de aplicar silicone Policiais da 64º DP, de São João de Meriti, prenderam, na última quarta-feira (28) a enfermeira Fernanda Ouverney Valente, de 25 anos. A enfermeira, acusada de aplicar silicone e metacrill sem qualquer qualificação profissional, foi presa após ser denunciada por maridos de vítimas internadas em estado gravíssimo. Ao receber as denúncias as agentes se dirigiram à casa de Fernanda, onde conseguiram apreender frascos de soro, medicamentos, luvas, agulhas, fotos, receitas e diversos cheques. O mandado de prisão foi expedido pela 1ª Vara Criminal de São João de Meriti e ela será indiciada por lesão corporal e exercício ilegal da profissão. Além desses, a enfermeira também responderá por falsificação, corrupção e adulteração de produtos destinados a fins terapêuticos ou medicinais.

ALAM empossa duas acadêmicas em 27-03

A Academia de Letras e Artes de Mesquita, empossou, na terça feira dia 27, as acadêmicas Laurinda Soares Delgado, tendo como patrono o professor Ruy Afrânio Peixoto, e Adriana Igrejas, na cadeira representada pelo compositor Ary Barroso. A cerimônia teve início as 19h30m, no auditório da E.M. Rotariano Artur Silva com a

execução do Hino Nacional, logo após o presidente da entidade anunciou o nome das candidatas aprovadas pela comissão avaliadora. Tomadas de grande emoção, Laurinda e Adriana falaram um pouco de seus patronos, e da importância de ingressarem na ALAM. O Jornal PANORAMA parabeniza as mais novas acadêmicas.

Programa Limpa Rio é lançado em Mesquita Mesquita sediou dia 28 de março, o lançamento do programa Limpa Rio Baixada. O programa é desenvolvido pelo governo do Estado, através do Instituto Estadual do Meio Ambiente (INEA) em parceria com as prefeituras da Baixada Fluminense: Mesquita, Nilópolis, Nova Iguaçu, São João de Meriti, Duque de Caxias e Belford Roxo, todas já beneficiadas pelo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). O evento aconteceu na prefeitura de Mesquita e contou com as presenças do Prefeito Artur Messias, do vice-prefeito, Paulinho Paixão, do secretário de Meio Ambiente do Estado, Carlos Minc, a presidente do INEA, Marilene Ramos, do prefeito de Nilópolis Sérgio Sessim, do presidente da Câmara de Vereadores de Mesquita, André Taffarel, além de secretários e autoridades da Baixada. O programa Limpa Rio Baixada é um desmembramento do programa Limpa Rio e do Projeto Iguaçu e tem como objetivo realizar a limpeza e drenagem dos rios e canais, evitando assim as enchentes em períodos de fortes chuvas típicas de verão. Mesquita foi escolhida para o lançamento por ser uma das cidades destaque do Estado em ações voltadas para preservação do Meio Ambiente. O secretário Carlos Minc falou do programa ao Jornal Panorama: “Acho que a gente está avançando. Cada Município irá determinar os pontos onde há necessidade de intervenção. O governo do

Estado fornecerá equipamentos, como máquinas e caminhões e as prefeituras ficarão responsáveis pela mão de obra e logística. Mas também é muito importante o trabalho de conscientização da população, por isso, temos o trabalho de educação ambiental nas escolas estaduais. Muitas vezes, a população acaba jogando lixo nas margens dos rios, estreitando ainda mais a passagem da água e consequentemente aumentando os riscos de enchente.” Durante o lançamento foi discutido ainda, a criação de um consórcio ambiental voltado para o tratamento de resíduos da construção civil (RCC) em Mesquita, Nilópolis e São João de Meriti.. Em Mesquita serão contemplados os rios Dona Eugênia, da Prata e os canais da rua Rufino, Natália, Bráulio e Jardim da Saudade. Segundo a presidente do Inea Marilene Ramos, para o Limpa Rio Baixada foram contratados equipamentos e mão de obra especializados para a prestação de serviços técnicos tais como: conservação, revitalização das margens e desassoreamento dos leitos dos corpos hídricos. Os serviços incluem a retirada da vegetação aquática, do lixo flutuante e do depositado nas margens, e ainda de sedimentos que assoreiam o fundo dos leitos. O programa prevê o desassoreamento e a limpeza de mais de 12 quilômetros de rios e canais desses municípios, com volume previsto de retirada de 46,3 mil metros cúbicos de lixo e entulho.


24 ed