Issuu on Google+

NA REDAÇÃO : R$ 1,50

O jornal que Campos Gerais lê DIRETOR / EDITOR: SANDRO ADRIANO CARRILHO

CASTRO-PR, QUINTA-FEIRA, 12 DE SETEMBRO DE 2013 * ANO XXIII *

Nº 2493

CIRCULAÇÃO DIÁRIA

www.paginaum.com

Festival começa hoje com shows nacionais

JAGUARIAÍVA

página 4

Audiência tratou de tarifas e itinerários de ônibus João Paulo Cobbe

Na noite de terça-feira (10), bandidos armados renderam um caminhoneiro na BR-376, em Ponta Grossa, e roubaram cerca de 38 mil litros de combustível, entre gasolina, diesel comum e diesel S10. O

Parque Histórico participa da 7ª Primavera de Museus

motorista foi seqüestrado e ficou em poder dos assaltantes por mais de seis horas, quando finalmente foi libertado em um matagal da BR-153, após ser agredido e ameaçado. O caminhão foi recuperado na manhã

página 7

PM apreende 400 g de maconha

Divulgação

página 4 Divulgação

de quarta-feira (11), na PR-151, em Castro, pela Polícia Civil e Guarda Municipal, após o rastreamento do veículo ser ativado. Não há informações sobre os possíveis autores.

PIRAÍ DO SUL

A Associação Parque Histórico de Carambeí (APHC) participará da Primavera dos Museus. O evento tem os moldes da Semana Nacional de Museus e integra o calendário anual do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), neste ano, está na 7ª edição e terá como tema: “Museus, Memória e Cultura Afro-Brasileira”.

HOMEM foi abordado dentro de ônibus na rodoviária de Piraí

Divulgação

SEQUESTRO E ROUBO

Denúncia anônima levou policiais militares de Piraí do Sul a apreender quase 400 gramas de maconha. O homem de 45 anos confessou ter comprado a droga por R$ 300 em Ponta Grossa e pretendia revendê-la em Piraí. Ele foi flagrado dentro de um ônibus no momento em que tentava desembarcar na rodoviária da cidade. Os policiais entraram no veículo e encontraram o homem com características semelhantes às repassadas pela denúncia, inclusive com tatuagem de uma folha de maconha no pescoço. página 7

A audiência pública sobre o transporte coletivo urbano foi realizada, nesta quarta-feira (11), após a sessão da Câmara Municipal. Na pauta da reunião constavam os assuntos: processo Licitatório da Concorrência Pública, planilha de cálculo de tarifas e propostas de itinerários. Cerca de 40 pessoas entre vereadores, representantes do Observatório Social e comunidade participaram. Na ocasião, o viceprefeito Marcos Bertolini, explicou sobre os itens para se chegar aos custos, e respondeu os questionamentos página 5 dos usuários presentes.

Defensoria Pública será instalada em 60 dias

Ponta Grossa faz lei de incentivo à cultura

página 5

página 3

ANIVERSÁRIO DE JAGUARIAÍVA

Fim de semana terá Big Foot e Wheling Divulgação

CINCO NOVOS VEREADORES

Vereadores assumem em Sengés MUSEÓLOGA Bianca Barão

REGIÃO

PM de Piraí do Sul tem novo comando página 7

Os cinco vereadores cassados pela Justiça por crime eleitoral em Sengés foram afastados de seus cargos e ficaram inelegíveis por oito anos. Apesar de ainda caber recurso no

Tribunal Superior Eleitoral, suplentes assumiram as vagas e uma eleição na última sessão definiu a nova composição da mesa diretiva. página 3

JAGUARIAÍVA

Adiada inaugurações página 4

EQUIPE Pro Tork Alto Giro Show fará os espetáculos

O Festival Cultural de Jaguariaíva contará com atrações diferentes em sua segunda edição, que acontece neste fim de semana, dias 14 e 15, no Parque de Exposições, e tem entrada franca. Além do mai-

or Big Foot do país, a equipe Pro Tork Alto Giro Show irá radicalizar um grande espetáculo de wheeling. O Festival Cultural contará com atrações diferentes em sua segunda edição. página 4


2

QUINTA-FEIRA, 12 DE SETEMBRO DE 2013

Royaltie do petróleo: a primeira conquista do “Gigante Despertado

EDITORIAL

O TRANSPORTE E AS TARIFAS

* Custodio Pereira

A lei sancionada nessa segunda-feira (09/09) pela presidente Dilma Rousseff, destinando o royalty futuro do petróleo à saúde e à educação, é o primeiro resultado concreto das manifestações que ocorrem no País. Com isso, as imensas reservas de petróleo a serem prospectadas a partir de agora no Brasil, embora esgotem-se um dia, terão impacto perene sobre o desenvolvimento, pois não há investimento mais importante do que no ensino, base para todos os avanços, inclusive na saúde. Não há maior patrimônio para uma nação do que a boa formação educacional e acadêmica de seu povo. Hoje, por ainda não termos democratizado a qualidade do ensino básico gratuito e o acesso a boas universidades, estamos pagando um alto preço, na forma do chamado apagão profissional, com a carência de recursos humanos qualificados em várias áreas, para fazer frente à expansão de nossa economia. É fundamental, portanto, que o Brasil saiba utilizar com eficácia e inteligência o vultoso montante financeiro que passará a contemplar a educação. Nesse sentido, uma das prioridades é a solução do maior problema do setor: a falta de incentivo aos professores, especialmente da Educação Básica, constituída pelo Ensino Fundamental e o Médio. Os seus salários, na média da realidade nacional, não são adequados. Ademais, lhes faltam capacitação permanente e a respectiva avaliação periódica. Todos esses fatores têm impacto negativo na qualidade da educação ministrada às nossas crianças e jovens. Por isso, o Brasil está muito aquém dos índices razoáveis de aproveitamento, como se pode observar numa síntese dos problemas que enfrentamos nesse campo tão decisivo: ocupamos o 53º lugar, num universo de 65 países listados pelo Programa Internacional de Avaliação de Alunos (PISA), da 7ª série em diante, coordenado pela Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE); apesar das políticas públicas que incentivaram a matrícula de 98% de crianças entre 6 e 12 anos, mais de 700 mil ainda estão fora da escola (IBGE); o analfabetismo pleno, mais o funcional, atinge cerca de 30% da população com mais de 15 anos; 34% dos alunos que chegam ao 5º ano de escolarização não conseguem ler e 20% dos jovens que concluem o Ensino Fundamental e que moram nas grandes cidades não dominam a leitura e a escrita (fonte: Movimento Todos pela Educação); e elevado número de jovens fora do Ensino Superior. Não podemos perder a oportunidade histórica de solucionar definitivamente essas questões graves, que se constituem em dos indicadores que nos separam das nações desenvolvidas. Se fizermos isso com sucesso e bons resultados, o nosso petróleo, mesmo depois de esgotado, será eterno, pois se constituirá no combustível do conhecimento. *Diretor geral da Associação Santa Marcelina, mantenedora dos Colégios e da Faculdade Santa Marcelina (FASM) e da FAFISM.

A Câmara Municipal sediou ontem audiência pública para esclarecer os mecanismos que estabelecem o preço da tarifa do transporte coletivo, tratar dos itinerários e da licitação para a prestação dos serviços. Mas o que a população quer saber, é quanto o transporte vai pesar no seu bolso. A audiência, no entanto, não apresentou números, nem mostrou os valores reais computados no valor da passagem. Nas manifestações do mês de junho, o prefeito Reinaldo Car-

doso disse aos jovens que pediam redução nas tarifas, que iria priorizar o estudo sobre o assunto. Em negociação com os funcionários, a Viação Cidade de Castro disse que não poderia conceder o aumento reivindicado sob pena de ter que repassar o mesmo no preço da passagem. É uma corda de três pontas. Prefeitura, empresa e usuários puxam cada um para seu lado, mas é claro que ela arrebenta no lado de quem tem que pagar pelo serviço.

Merecemos respeito! * Paulo Magalhães Determinada emissora de rádio de Ponta Grossa destacou o assassinato de um rapaz na cidade de Tibagi durante o final de semana. “Onda de violência em nossa região”, tentava aterrorizar o locutor, falando da morte ocorrida numa briga de bar, em que um rapaz de 20 anos matou outro de 15 com uma facada, sendo preso imediatamente pela eficiente polícia local. Mas a rádio de Ponta Grossa não disse que este foi o primeiro crime de morte no ano de 2013 no município, que é um dos mais tranquilos do Paraná. Há exatos 10 meses não ocorria nenhum assassinato em Tibagi – muito ao contrário da cidade da sede da emissora, que registra crimes todas as semanas - mas o fato que mostra a calma e tranquilidade que é morar na Capital Nacional do Trigo não tem destaque na mídia. Terça-feira, o Jornal Estadual da noite da RPC, afiliada da Rede Globo de Televisão, surpreendeu aos moradores de Castro só mostrando fatos negativos: a descoberta de um túnel na delegacia para a fuga de presos, a depredação de vidros de um posto de saúde e de uma escola. Tudo ocorreu de madrugada, quando os locais estavam vazios e não houve testemunhas ou vítimas, provavelmente uma ação de vândalos sem consciência de que depredando o patrimônio público estão causando prejuízo a eles

próprios e suas famílias. Bradock neles!, tomara que o nosso delegado consiga identificar e punir severamente os autores do vandalismo, mas isto é notícia para destaque na retransmissora da Globo? As depredações e a tentativa de cavar um túnel no chão na cadeia em Castro foram destaques negativos na RPC. Mas em relação aos grandes eventos da festa do Dia de Castro, como a emocionante homenagem aos castrenses que brilham e os shows do Parque Lacustre, nenhum destaque da RPC, que só se interessa por notícias negativas de nossa cidade. Por que não mostram casos muito mais graves que acontecem em Ponta Grossa? Por que não filmaram e apresentaram a belíssima solenidade do lançamento do livro sobre a vida e obra de dona Judith Carneiro de Mello, que emocionou a todos os presentes? Por que não mostraram os shows do Lacustre, não falaram na excelente exibição da dupla piraiense Jefferson e Cristiano, do grupo Falamansa, do Gilberto e Gilmar, do Edu Chociay? A resposta é simples: porque correu tudo bem, não houve brigas nem tumultos graças à excelente atuação da Policia Militar comandada pelo capitão Moreira só. Noticia boa não interessa para a RPC. É preciso mostrar o lado positivo de nossa região, do Paraná e do Brasil. Parte da

* Luiz Flávio Gomes

A polêmica continua, embora a cada dia mais laudos médicos sinalizem para a hipótese positiva. Se não for contestado nem contrariado fundamentadamente o laudo psicológico do Instituto de Criminalística de SP, assinado por Vera Lúcia Lourenço, foram desumanamente tétricas as circunstâncias das mortes. O tema é muito sério. Vamos prestar atenção um minuto no que a perita (Estadão 7/9/13, p. A35) disse: “ele teve um surto psicótico que foi desencadeado por fatores como superproteção familiar e excesso de jogos violentos; passou a acreditar que era um matador de aluguel, inspirado nesses jogos; aliás, ele

dizia isso aos amigos; absoluta fuga da realidade, sem contado social. Teria sido criado num ambiente “de banalização da morte” e “sem limites”; ausência total de lei, de limites, de regras de socialização; o pai o ensinou a atirar; a mãe o ensinou a dirigir (tudo isso muito cedo); Marcelo criou um grupo na sua escola chamado “Os mercenários” e convidou seus colegas para matar os pais; confundiu completamente a realidade com a fantasia; ele sofreria de psicose de adolescência (perda de lógica e ideias delirantes) e na hora do crime passava por um estreitamento de consciência; quando caiu na real não suportou a culpa e

R$ 29,00 R$ 174,00 R$ 348,00

OUTRAS LOCALIDADES

VENDA AVULSA

R$ 35,00 R$ 210,00 R$ 420,00

Sábado e Domingo:R$ 2,00 Dia de semana: R$ 1,50

FF Um Jornais e Publicações Ltda www.paginaum.com

EXPEDIENTE

INFORMAÇÕES ÚTEIS

CASTRO E REGIÃO

Mensal: Semestral: Anual:

* Em virtude da viagem só de ida à Damasco de sogra Perpétua, oferta de Paulo Magalhães, seu genro ocupa este espaço até a volta da veneranda senhora.

Marcelo Pesseghini, de 13 anos, matou sua família?

ASSINATURA Mensal: Semestral: Anual:

mídia, no entanto, tenta diminuir todos os êxitos de nosso país. Um exemplo claro é o programa Mais Médicos, do Governo Federal, que está trazendo médicos estrangeiros para ocupar cargos do Programa de saúde da Família em centenas de municípios que não tem nenhum profissional de saúde. Revistas semanais e jornais de São Paulo tentam de todas as maneiras criticar os médicos estrangeiros, principalmente os cubanos. Querem que as cidades pequenas e distantes dos grandes centros permaneçam sem assistência médica, sem medidas preventivas de saúde pública. A edição desta semana da revista Veja, portavoz da direita conservadora brasileira, destaca o assunto sobre os médicos cubanos: “Esta Medicina mata”. Trata-se de um artigo ridículo para diminuir a importância do programa Mais Médicos, que é aprovado por 70% da população brasileira mas criticado violentamente pelos conservadores que, certamente, não usam médicos do SUS e da Saúde Pública quando ficam doentes. O tibagiano, o castrense e o brasileiro merecem respeito!

CNPJ 81.405.763/0001-14 Fundado em 1º de outubro de 1.989 Diário desde 19/01/2005 Redação e Administração Praça Manoel Ribas, 120 Tel. (42) 3232-5148 CEP 84.165-510 - Castro - PR Órgão oficial dos municípios de Castro, Tibagi e Arapoti Distribuição MARENDA (42) 3028-8990

Impressão GRAFINORTE (43) 3420-7777

cometeu suicídio”. Sintetizando: os pais e avós foram assassinados pelo filho/ neto - assim encaminha a conclusão do inquérito -, mas antes os pais teriam matado a criança que havia dentro dele, criando um monstro. Será? Pelos laudos periciais, parece fazer sentido! Se assim foi, há muitas lições que os pais deveriam aprender. Primeira: os seres humanos somos animais (selvagens), porém, domesticados (Nietzsche). Mas quando falta a domesticação, só sobra a selvageria. Será? *Jurista e coeditor do portal atualidades do direito.com.br. Estou no facebook.com/professorLFG

Diretor-Editor SANDRO ADRIANO CARRILHO Reg. Prof. nº 2447/10/43V-PR sandrocarrilho@paginaum.com

TARJA PRETA

Sandro Adriano Carrilho

ADIADA Através de uma postura ímpar, o vice-prefeito de Jaguariaíva, Juca Sloboda (PHS), transferiu a agenda de inaugurações para a próxima semana a fim de que o prefeito Otélio Renato Baroni (PT) participe. E, não poderia ser diferente, pois a festa só seria completa se o responsável por toda a transformação que Jaguariaíva passa estivesse presente. TRATAMENTO Baroni está em tratamento de saúde e não pôde acompanhar a inauguração de academias ao ar livre na segunda-feira (9), pavimentação de vias na terça (10) e da reforma da rodoviária, ontem (11). A entrega de um Centro Municipal de Educação Infantil prevista para hoje não acontecerá, no entanto, as ações festivas e culturais serão mantidas. As atividades celebram os 190 anos de elevação à Freguesia, comemorada no dia 15 de setembro, mesma data das celebrações de Ponta Grossa. ESCLARECIMENTO A secretária Ludiele Marcowicz, da pasta da Família e Desenvolvimento Social, negou que tenha encaminhado ofício à Câmara de Castro informando que não atenderá mais os vereadores. Na verdade, o que gerou descontentamento por parte de alguns legisladores, na tarde de ontem, foi a forma que o Ofício Circular nº 001, que estabelece as normas de funcionamento da secretaria, foi escrito. No segundo item “Demandas de atendimento

geradas por profissionais de outras secretarias, bem como vereadores, deverão passar pela aprovação da Secretaria”. Não interpretaria como uma negativa, mas um freio, possivelmente, diante dos inúmeros pedidos que chegam, inclusive dos vereadores. LEI DE INCENTIVO As empresas que fizerem doações fiscais aos projetos ligados à cultura terão incentivos fiscais de até 5%. Essa é a proposta da prefeitura de Ponta Grossa, por meio, da Lei Municipal Dorival Arruda de Moura Filho. O anúncio foi feito nesta quarta-feira (11) pelo prefeito Marcelo Rangel e o presidente da Fundação de Cultura, Paulo Goulart Neto. Encaminhado à Câmara, a intenção é que ele passe a valer ainda neste ano. AUMENTO A Assembleia Legislativa aprovou ontem (11) o projeto de lei do governo do Estado que autoriza o aumento do capital social da Sanepar e a venda de ações sem direito a voto. A mensagem foi aprovada em três turnos e encaminhada para sanção do governador. Com o novo acordo de acionistas, o Estado vai aumentar de 35% para 56% a participação acionária em ações preferenciais e assegurar o controle integral da Sanepar, com 60% das ações com direito a voto. O acordo também coloca fim às inúmeras ações judiciais existentes entre o estado do Paraná e o Grupo Dominó Holdings, que iniciaram em 2004.

Independência sem povo *José Murilo de Carvalho A celebração do 191º aniversário da Independência foi um espetáculo deprimente nas antiga e nova capitais do país. Em Brasília, além de deprimente, o espetáculo foi melancólico. O escasso público foi afastado das centenas de militares que desfilavam e das autoridades da República pelas centenas de militares que protegiam o desfile. No Rio de Janeiro, além de deprimente, o espetáculo foi patético. Militares das Forças Armadas desfilaram impassíveis isolados de algumas dezenas de manifestantes por centenas de policiais militares, em meio à fumaça das bombas de efeito moral. Que festa cívica é esta que tem que isolar o povo? É verdade que a celebração do 7 de setembro entre nós sempre foi uma festa para o povo, nunca uma festa do povo. Nisso ela se aproxima mais da celebração da data nacional na antiga União Soviética, marcada pela exibição de poderio militar, do que do 4 de julho americano, uma festa integralmente popular. Entre nós, até os estudantes, forçados a participar, tinham que marchar e no velho estilo de martelar o chão com as solas dos sapatos. Este tipo de desfile nada tinha, e nada tem, a ver com os fatos de nossa independência. Ela não se fez no 7 de setembro de 1822, como quer o quadro famoso de Pedro Américo, no qual se exalta Dom Pedro, espada erguida diante do séquito militar. Houve muito povo nos acontecimentos anteriores e posteriores ao dia 7. Basta lembrar que Dom Pedro

foi quase constrangido a ficar no Brasil por um manifesto de 8 mil habitantes de uma cidade de 150 mil, e que, dois dias depois, 10 mil pessoas se reuniram no Campo de Santana para enfrentar, armas na mão, a Divisão Auxiliadora portuguesa, afinal expulsa do país. Fora da capital, a independência custou sangue de brasileiros na Bahia, no Maranhão, no Piauí, no Pará. Nossa emancipação é mais adequadamente representada na fantasia do quadro de François-René Moreaux , de 1844, que mostra Dom Pedro no meio do povo erguendo o chapéu. Ou mesmo no quadro de Debret sobre a aclamação do imperador em 12 de outubro de 1822, onde ele aparece em uma janela sendo ovacionado pelo povo. Depois das jornadas de junho deste ano, quando o povo invadiu em massa as ruas de nossas cidades reclamando da exclusão política, não faz mais sentido, se alguma vez o tenha feito, excluí-lo da participação nesta que é a maior festa cívica nacional. É preciso trazer o povo de volta à festa de uma Independência que ele ajudou a fazer, alterando radicalmente a natureza do evento. Para além da festa, e como requisito, é também indispensável trazer todo esse mesmo povo para dentro da República. Excelente agenda para preparar o segundo centenário da Independência, daqui a nove anos. *Historiador e professor de História do Brasil da UFRJ

Previsão Clima/Tempo 12/9, à tarde

A) Os conceitos emitidos em artigos assinados podem não representar a opinião do jornal; B) É expressamente proibido qualquer reprodução de texto publicado; C) Página Um circula diariamente e gratuitamente nas cidades de Castro, Carambeí, Piraí do Sul, Telêmaco Borba, Tibagi, Jaguariaíva, Arapoti, Palmeira e Ponta Grossa.

Fonte: Simepar


Quinta-Feira, 12 de Setembro de 2013

CÂMARA RENOVADA

3

Sengés tem cinco novos vereadores Divulgação

Cassados, parlamentares devem recorrer ao TSE

Bastidores

Emanoelle Wisnievski Especial Página UM Sengés – Ainda não é o final, mas a Câmara de Sengés vive nesta semana mais um importante e emocionante capítulo de sua história. Na sessão de terça-feira (10), cinco novos vereadores tomaram posse e a Mesa Diretiva da Casa foi novamente composta através de eleição. Isso porque a Justiça determinou o afastamento dos vereadores cassados por crime eleitoral, no esquema conhecido como Caixa Dois da campanha. “Ainda não é o final porque eles recorreram em terceira instância”, explica a vereadora Erotilde de Almeida (PT), vicepresidente da Câmara, que tem 11 edis na cidade com cerca de 18 mil habitantes. No entanto, os ex-parlamentares terão de esperar pelo julgamento do Superior Tribunal Eleitoral longe da Casa de Leis. De acordo com o promotor Antonio Murat Neto, a investigação foi iniciada em 2012, em decorrência de denúncia de que uma madeireira da cidade estava procedendo contabilidade paralela e funcionava como um comitê financeiro irregular. Todos os vereadores e candidatos cassados estavam na mesma coligação que teria usado o caixa dois através da madeireira Bortoluzze. “Ela sediava um comitê financeiro e ele não deveria ser ali. O processo é longo. Começou com busca e apreensão de materiais de campanha e dinheiro em espécie numa ação em conjunto pelo Ministério Público Eleitoral com a Justiça Eleitoral da cidade”, diz Murat. Como permaneceram no cargo Os gastos foram considerados ilícitos e a juíza eleitoral de Sengés, Erika Watanabe, determinou a cassação dos diplomas, com sua consequente inegibilidade. “Os vereadores propuseram então uma medida

Suplentes assumiram as vagas deixadas pelos afastados. Na foto a sede do legislativo de Sengés

cautelar no Tribunal Regional Eleitoral requerendo autorização para permanecerem no cargo até julgamento final. Conseguiram essa liminar, mas ela foi julgada novamente e os vereadores afastados”, detalha o promotor do caso. Eles já recorreram da sentença da juíza, mas o TRE julgou o pedido improcedente. “Agora, os vereadores entram com recurso junto ao TSE, que não analisa mais mérito. Eles até podem conseguir uma autorização para voltar ao cargo, mas é muito mais difícil”, avalia. Caixa Dois Dentre as provas coletadas durante as investigações, um caderno com anotações de valores recebidos pelos então candidatos, durante o processo eleitoral, teria sido coletado. Foram nove as Representações Eleitorais por arrecadação e gastos ilícitos de campanha, oferecidas pelo MPE contra os parlamentares. Na sentença, a juíza Erika ressalta que houve descumprimento das normas eleitorais pelos representados, que não apresentaram recibos de doação dos valores constantes no caderno apreendido, tampouco demonstraram a licitude dos gastos realizados. Quem são Os vereadores cassados são Antonio Carlos Messias (PPL), Márcio Ricardo Santos (PMDB), Sílvio Gaia (PP), João Batista Vaz (PMDB) e Lourival de Jesus Antonio (PP). Além dos vereadores

Nova Mesa Diretiva da Câmara foi eleita A vereadora Erotilde de Almeida manteve-se na vicepresidência da Casa. Ela assumiu interinamente a presidência durante a sessão, no lugar de João Vaz (PMDB), afastado, para comandar a nova eleição. A decisão por parte dos ‘antigos’ e ‘novos’ vereadores foi de que Claudemir Cleto (PSDB) ficasse com a chefia da Casa. No lugar de Silvio Gaia (PP), afastado, ficou como primeiro secretário o novato Joaquim Araújo de Medeiro (PMDB) com a primeira secretaria. Já na

segunda secretaria, para ocupar a cadeira que era do cassado Marcio Santos, foi eleito o recém-empossado Jessé Brizola (PMDB). “Sinceramente, espero que estes novos venham com vontade de trabalhar e que se mantenham firmes nos propósitos deles. Toda essa confusão foi prejudicial, pois ficou tudo parado. Mas eu acredito na Justiça, a política tem de ser vista de uma forma diferente”, defende a vereadora. “O principal atributo da política tem de ser a honestidade”, assinala.

Como ficou a Mesa - Presidente: Claudemir Fernandes Cleto Filho (PSDB) - Vice-presidente: Erotilde de Almeida (PT) - 1º Secretário: Joaquim Araújo de Medeiro (PMDB) - 2º Secretário: Jessé Brizola (PMDB)

(PP) Suplentes Cassados: Eneias Rodrigues (PSDC) Cláudio Alves de Miranda (PPL) Celso Romualdo dos Santos (PSDC) Orlando Fernandes (PPL)

Vereadores Cassados: Antonio Carlos Messias (PPL) Márcio Ricardo Santos (PMDB) Sílvio Gaia (PP) João Batista Vaz (PMDB) Lourival de Jesus Antonio

Suplentes que assumiram Joaquim Araújo de Medeiro (PMDB) Jessé Brizola (PMDB) Darci Antonio de Almeida (PP) Miguel Souza Lima (PR) Jurandir de Lara (PV)

eleitos, também ficam inelegíveis por oito anos outros quatro candidatos a vereador: Eneias Rodrigues (PSDC), Cláudio Alves de Miranda (PPL), Celso Romualdo dos Santos (PSDC) e Orlando Fernandes (PPL).

Para ocupar as vagas deixadas pelos parlamentares expulsos, assumiram Joaquim Araújo de Medeiro (PMDB), Jessé Brizola (PMDB), Darci Antonio de Almeida (PP), Miguel Souza Lima (PR) e Jurandir de Lara (PV).

FEIRA DO PRODUTOR RURAL

Projeto busca a reforma de Prédio Da Assessoria Piraí do Sul - Começa a tramitar na Câmara de Vereadores nesta semana, o projeto de lei que permite a liberação de 150 mil reais do orçamento para a área da agricultura. A operação de crédito busca atender as obras de revitalização do prédio do Produtor Rural localizado nas proximidades do Pavilhão Cultural. A proposição foi apresentada na sessão plenária da última segunda-feira (09). No barracão funciona semanalmente a feira de frutas, verduras e plantas de Piraí do Sul. As atividades dos produtores, entretanto, têm sido prejudica-

das pela falta de manutenção do imóvel. O prédio apresenta pintura desgastada, ações de vandalismo, vidros quebrados, banheiros danificados e portas enferrujadas. A recuperação do espaço já foi assunto de indicações e requerimentos da Casa. Segundo o presidente da Câmara, vereador Dalney Bueno, o projeto pode melhorar a estrutura de trabalho dos agricultores. “O prédio tem uma importância muito grande para o município, pois gera renda para pequenos produtores há muitos anos e várias famílias dependem da feira para fazer o comércio de seus produtos”, diz.

A Casa Legislativa vai debater o envio da verba, em caráter de urgência. Se a comissões permanentes emitirem pareceres nesta semana, a matéria deve entrar em pauta na próxima segunda-feira. Saúde Os vereadores piraienses vão discutir ainda assuntos relacionados à destinação de 710 mil reais para a rede básica da saúde do município. A operação suplementar, prevista no anteprojeto de lei N. 076/2013, foi apresentada à Câmara nesta semana. Os valores contemplam a manutenção do Hospital Municipal, até que seja definida a

contratação de uma nova gerência para a unidade, através de Organização Social. A proposição será discutida em regime de urgência. Moradias A Casa de Leis Piraiense discutiu as duas propostas que autorizam o Poder Executivo a desenvolver ações para implementar o Programa Minha Casa Minha Vida em Piraí do Sul. Com os projetos, a população poderá ter acesso a subvenções e a incentivos do Governo Federal para construir sua moradia. As duas matérias foram aprovadas em primeiro turno e retornam ao debate na próxima semana.

Incentivo à cultura I As empresas que fizerem doações fiscais aos projetos ligados à cultura terão incentivos fiscais de até 5%. Essa é a proposta da prefeitura, por meio, da Lei Municipal Dorival Arruda de Moura Filho. O anúncio foi feito nesta quarta-feira (11) pelo prefeito Marcelo Rangel e o presidente da Fundação de Cultura, Paulo Goulart Neto. O projeto de lei foi encaminhado à Câmara dos Vereadores e a intenção é de que ela entre em vigor ainda neste ano. O objetivo é, que a exemplo da Lei Rouanet, o município, também tenha uma lei que proporcione investimentos para projetos culturais.

Incentivo à Cultura II O grande destaque da lei é a política de incentivos fiscais que possibilita as empresas aplicarem uma parte dos tributos arrecadados com o Imposto Sobre Serviços  de Qualquer Natureza (ISS) e Imposto Predial Territorial Urbano  (IPTU) em projetos culturais, aprovados pela Fundação de Cultura, com incentivos fiscais de 5%. “Acredito que isso representa um marco para o desenvolvimento cultural da cidade, concedendo mais um beneficio para as empresas que investem nos artistas locais. São incentivos voltados ao município”, explica Rangel.

Frentes de Trabalho I Divulgação

Proposto pelos vereadores João Maria Bueno Bonfim, o Chipanzé, e Silvio de Jesus Trindade, o projeto “Frentes de Trabalho” busca proporcionar ocupação temporária às pessoas que se encontram desempregadas, juntamente com qualificação profissional e auxílio financeiro. “Quem participar do projeto receberá cursos gratuitos de capacitação, o que os tornará mais preparados para voltarem ao mercado de trabalho”, explica o prefeito municipal, Braz Rizzi. Ele lembra que este é um mecanismo exclusivamente assistencial. Frentes de trabalho II Os participantes serão selecionados pela Secretaria de Assistência Social, e deverão encaixar-se em alguns critérios estabelecidos em lei, como: estar desempregado há um ano ou mais, não ser beneficiário do seguro desemprego, ser residente no município por pelo menos dois anos e ter apenas um beneficiário por família. Os participantes ficarão no cadastro do programa pelo prazo de seis meses, prorrogáveis em até três meses, uma única vez ao ano. A implantação definitiva do programa ocorrerá somente em 2014.


4

Quinta-Feira, 12 de Setembro de 2013

190 ANOS

Festa acentua história e cultura Divulgação

Festival Cultural inicia hoje com várias atrações

EM JAGUARIAÍVA

Ausência de prefeito faz vice adiar inaugurações

Emanoelle Wisnievski Especial para o Pagina Um

Jaguariaíva – A comemoração pelo aniversário de 190 anos da elevação à Freguesia passa a envolver a partir de hoje um público de pelo menos 10 mil pessoas por dia, até domingo, na vasta programação cultural preparada pela Prefeitura. A expectativa é da Comissão Organizadora do II Festival Cultural de Jaguariaíva, que nesta segunda edição irá destacar o Tropeirismo e a Ferrovia. O evento tem grandes proporções e é multicultural, com objetivo de levar informações sobre a história e a cultura da cidade à população. De hoje até dia 15, data do aniversário, o Festival trará também shows artísticos de renome nacional. Ezio Fernandes de Almeida Junior destaca que as ações vão envolver pessoas de todas as idades e atrair muitos turistas. “Agora o Festival já está no calendário oficial de eventos do município e apresenta nossa história para quem vem de fora e para os moradores”, descreve o presidente da Comissão Organizadora. Toda a programação é gratuita e concentrada em uma estrutura montada ao lado da antiga Estação Ferroviária. Nesta segunda edição, o Festival abordará a passagem das tropas e a chegada da linha férrea na cidade em seus importantes capítulos da vasta e rica

Tema da festa envolve ‘Tropeirismo e Ferrovia, partes de nossa história’ e deve atrair 40 mil pessoas

Confira a programação A abertura oficial do Festival será às 19 horas de hoje, com a chegada dos tropeiros carregando a chama tropeira no palco central da festa, onde também acontece a abertura do Núcleo Tropeiro e Ferroviário com o soar do apito de trem, de badaladas do sino da estação ferroviária e a execução dos hinos. O parque de diversões, praça de alimentação e feira de artesanato também já abrem as portas e às 19h30 têm início as atrações musicais com a apresentação da Banda Gsati. Em seguida, às 20h30, a Banda Fruto Proibido comanda o som, e, às 22h30, o show é com a banda Tchê Barbaridade.

história do município – dois segmentos que alavancaram o crescimento de Jaguariaíva. No Núcleo Tropeiro e Ferroviário uma exposição mostrará imagens históricas. Danças, praça de alimentação, Contos e Causos, feira de artesanato e parque infantil também fazem parte da

às 23 horas o show principal é com Pedra Letícia. Domingo, (15), dia do aniversário de Jaguariaíva, às 7 horas haverá a Alvorada Tropeira e Ferroviária com soar do apito de trem. Às 8 horas hasteamento dos pavilhões e a execução dos hinos, em frente à Prefeitura. Às 9 horas haverá celebração de Culto Ecumênico de Ação de Graças. Em seguida a abertura da festa com praça de alimentação e feira de artesanato. Às 19 horas, o show principal é com a cantora evangélica Jamilly. Às 20 horas a apresentação da banda BLT e às 23 horas o show é de Marcos e Belutti, no encerramento da festa.

Amanhã, às 19h30, o show é com Edu Chociay. Às 20h30 a apresentação é de Jair Supercap Show e às 23 horas o show principal é com Mato Grosso e Mathias. Sábado, (14) a abertura da festa será às 14 horas. Além das atividades normais nos núcleos tropeiro e ferroviário, tem início o encontro de motociclistas, o II Jaguar Moto Fest. Neste dia, os shows têm início às 17 horas com as bandas locais Tequila Bong e em seguida a banda Nudez. Às 19 horas o show é com a dupla Kleiton & Kledir com o Grupo Tholl. Às 20 horas a banda local Fumaça 08 se apresenta, às 21 horas Marquinhos Diet e

programação. Outro destaque é a participação dos tropeiros na abertura oficial da festa. E nos dias 14 e 15 de setembro, acontece o II Jaguar Moto Fest, com camping, estrutura, acessórios e shows. “Este encontro tem confirmada a presença de mais de 50 motoclubes do Paraná e Sul

de São Paulo”, indica Ezio. Quanto à segurança da festa, Ézio ressalta que além dos profissionais da empresa privada que foi contratada, a Polícia Militar trará efetivo de 26 policiais durante toda a programação. * Com Assessorias

FESTIVAL CULTURAL

Big Foot e wheling são atrações Da Assessoria

Divulgação

Jaguariaíva - O Festival Cultural contará com atrações diferentes em sua segunda edição, que acontece neste fim de semana, dias 14 e 15, no Parque de Exposições, e tem entrada franca. Além do maior Big Foot do país, a equipe Pro Tork Alto Giro Show irá radicalizar um grande espetáculo de wheeling. As dimensões do veículo que realiza apresentações de amassa car impressionam, são quatro toneladas distribuídas em 3,6 metros de altura por 4,6 metros de comprimento. Entre os componentes do moderno monster truck da Pro Tork, destaque para 12 amor-

Equipe Pro Tork Alto Giro Show fará os espetáculos no fim de semana tecedores, rodas e pneus especiais importados dos Estados Unidos. Já a Alto Giro é especialista na execução de diversas manobras radicais com motos de 50

a 1000 cilindradas, como saltos em arcos de fogo, pirâmides, empinadas e derrapagens. Efeitos especiais e a interação com o público tornam a apresentação ainda mais empolgante.

PH integra Primavera de Museus Carambeí - A Associação Parque Histórico de Carambeí (APHC), entre os dias 23 e 29 de setembro, juntamente com outros museus e centros culturais de todo o Brasil participará da Primavera dos Museus. O evento tem os moldes da Semana Nacional de Museus e integra o calendário anual do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), neste ano, está na 7ª edição e terá como tema: “Museus, Memória e Cultura Afro-Brasileira”. Pelo terceiro ano consecutivo

o Parque Histórico participa da Primavera de Museus. Bianca Barão, museóloga da APHC, ressalta a importância do evento para a associação, pois traz visibilidade e atrai visitantes. “Durante o período trazemos a comunidade para o museu, estimulamos a visitação por meio de novas exposições.” A museóloga preparou, para a Primavera de Museus, três novas exposições. Exposição de Tirinhas do jornalista e cartunista Danilo Kossoski. Exposição de ferramentas para

fabricação de sapatos, contará com peças do próprio acervo do Parque Histórico. Exposição Fotográfica Itinerante Cavidades Subterrâneas de Ponta Grossa e Região: Um olhar ao desconhecido do Grupo Universitário de Pesquisas Espeológicas (GUPE). Traga o seu grupo para visita o Parque Histórico de Carambeí durante a Primavera de Museus. Todas as visitas são monitoradas, agende seu horário pelo telefone 42 32315063.

A programação de inaugurações prevista para esta semana em Jaguariaíva foi adiada. O próprio vice-prefeito Juca Sloboda (PHS) pediu para que as atividades fossem agendadas novamente a fim de que o prefeito Otélio Renato Baroni (PT) possa participar. Baroni está em tratamento de saúde e não pôde acompanhar a inauguração de academias ao ar livre na segunda-feira (9), pavimentação de vias na terça (10) e da reforma da rodoviária, ontem (11). A entrega de um Centro Municipal de Educação Infantil prevista para hoje não acontecerá, no entanto, as ações festivas

Entrega de obras serão retomadas na próxima semana

e culturais serão mantidas. As atividades celebram os 190 anos de elevação à Freguesia, comemorada no dia 15 de setembro. Outras obras Baroni deverá participar, na próxima semana, em programação ainda a ser definida, da entrega da Usina de Reciclagem e Compostagem de Resíduos Urbanos e do aterro municipal, reestruturado, com aplicação de quase R$ 1 milhão. A nova sede da Secretaria Municipal de Saúde e dos Laboratórios de Análises Clínicas e de Imagem, com investimento de R$ 1,2 milhão em mais de 1,1 mil m² é outro destaque, mas o ponto alto mesmo é a inauguração oficial da sede própria da Prefeitura, onde mais de R$ 3 milhões foram investidos em cinco pavimentos com 2,2 mil m². Divulgação

Vice-prefeito Juca Sloboda participou de três inagurações


Quinta-Feira, 12 de Setembro de 2013

5

TRANSPORTE COLETIVO

Audiência explicou tarifa de ônibus Usuários questionaram trajetos e preço das passagens

João Paulo Cobbe

()-

Carla Ticiane geral@paginaum.com

Cerca de 40 pessoas entre vereadores, representantes do Observatório Social e a comunidade participaram da audiência pública, realizada nesta quarta-feira (11), após a sessão Ordinária da Câmara Municipal. Durante o evento, o vice-prefeito Marcos Bertolini esclareceu à população questões referentes ao processo licitatório, planilha de cálculo que define a tarifa e o itinerário dos transportes. De acordo com Bertolini, a audiência surgiu de uma preocupação sobre processo licitatório da Concorrência Pública nº01/2012, que levou o Ministério Publico a realizar um ato no qual a população recebesse esclarecimentos sobre questões que vão refletir sobre a comunidade. “O contrato com a empresa é algo que vai impactar as mais de 3.500 pessoas que utilizam o transporte por dia. Esperamos que no final, chegamos a algumas diretrizes e ideias para que o contrato

Audiência foi realizada na Câmara Municipal com casa cheia

Participação popular A cada demonstração, a população participava com questionamentos, reclamações e sugestões. “Na Vila Rosário estes ônibus chegavam até lá em cima, agora não mais, obrigando as pessoas a se deslocarem a pé”, diz um dos participantes. “Pensando no futuro, o grande desafio é como incentivar o uso do transporte por parte do povo”, indagou outro participante. Os questionamentos eram respondidos conforme a participação dos castrenses. “É uma tendência que não acontece só aqui, mas em outros países, em que as pessoas migram do coletivo em função da oferta. A intenção do município é de

levar a pessoa ao destino que queira. Existe uma tecnologia para fazer a integração das linhas, ou seja, a pessoa com a única passagem pode trocar de ônibus até o seu destino. Seria uma oferta”, respondeu. Para a população, a audiência foi importante, mas no que diz respeito ao transporte, muitos pontos devem ser mudados. “Quase não utilizo o transporte, acredito que deveriam haver mais paradas. Os ônibus passam muito longe do meu trabalho”, diz Valdevino da Silva. Para o guardião, Arthur Cordeiro, o valor da passagem deveria sofrer redução. “O ônibus custa muito caro. Usar R$2 reais para andar tão pouco é um

absurdo, principalmente se analisarmos a qualidade do transporte”, reclama. Para o Observatório Social, que tem como função fiscalizar o executivo e legislativo, a audiência foi válida para ter conhecimento da versão da sociedade sobre o transporte e ouvir sugestões. “Nós participamos para ver o que a população achava sobre o transporte. Mas nossa função é acompanhar os dados apresentados em planilha e, a partir disso, vamos comparar os números com os dados de outros locais para termos subsídios e avaliar se as condições do município de Castro estão dentro da realidade”, disse o presidente, Jan Petter.

Defensoria deve ser instalada em 60 dias Divulgação

Carla Ticiane Até novembro, Castro deve receber a unidade da Defensoria Pública do Paraná. Ontem (11) pela manhã, representantes do orgão estiveram no município para acertar os últimos detalhes da implantação da unidade, que está na fase final. A sede irá funcionar junto à Secretaria Municipal da Família e Desenvolvimento Social, na Rua Padre Damaso. De acordo com o coordenador de Comunicação, Mathias Lock, todos os móveis já foram patrimoniados. Está faltando a parte de tecnologia, que ainda não foi implantada por não haver expediente no local. “Mas o sistema já foi comprado e configurado”. A expectativa é de que após a nomeação, por parte do governador, dos defensores em todo Paraná, dentro de 20 dias a unidade esteja na cidade. “Em agosto o governador afirmou que faria a nomeação até o dia 15 de outubro. Então estamos no aguardo”, diz. Para Castro, estão previstos a vinda de dois defensores públicos. No total, a equipe será composta de doze funcionários, entre eles quatro assessores jurídicos, três agentes, três técnicos, além de dois estagiários O município está entre os doze do interior do Paraná que serão contemplados com a Defensoria que está no Paraná há dois anos. A iniciativa do Governo do Estado consiste em oferecer justiça gratuita a toda às pessoas que não podem pagar advogado e recebem até três salários mínimos. A Defensoria ainda será instalada em nove cidades da região metropolitana, além de Curitiba e mais seis municípios do litoral.”Castro é uma cidade estratégica para expandir a outros municípios. Até o ano que vem, novas cidades já estarão no planejamento para a nova

seja implantado da melhor maneira para a comunidade”, disse durante as explanações iniciais. Para iniciar os trabalhos, Bertolini apresentou alguns detalhes gerais que envolvem o transporte. Foram informações obtidas através do trabalho de uma empresa que realizou estudos sobre a mobilidade urbana, em 2010. “Os principais itens foram levantados como horário de pico, quantidade de pessoas que utilizavam o sistema, origem e destino dos passageiros. Isto resultou numa proposta de linhas e rotas que o transporte deveria passar”, diz. Entre os dados levantados, foram constatados que em média cerca de 101 mil passageiros utilizavam o ônibus na época. Em alguns meses, o número chegava a 150 mil pessoas. Deste total, o total de pagantes chegou a 88 mil passageiros. “Através dos pagantes, chega-se ao Índice de Passageiros por Quilômetro (IPK). Quanto aos números, houve um decréscimo mostrando que a população está optando em comprar o seu transporte do que usar o ônibus”, avalia. Na sequência, entrou em discussão o tópico relacionado ao processo licitatório, que, a princípio, teve a VCC impedida de participar. O edital de concorrência foi aberto em abril de 2012 e empresa vencedora foi

Saúde recebe dois carros

novos

Da Assessoria

Instituição esta instalada na Rua Padre Damaso, junto à Secretaria da Criança e Desenvolvimento Social sede”, diz. De acordo com o coordenador de comunicação, para a seleção dos lugares beneficiados foram levados em conta fatores como densidade demográfica, população vulnerável socialmente, renda familiar entre outros quesitos. “O levantamento é feito a partir de dados do IBGE, e as cidades com maiores demandas são beneficiadas”, explica. Em Castro, de uma população em torno de 67 mil habitantes, 31.034 ganham até três salários mínimos, um público potencial equivalente a 46%. Em todo Paraná, o levantamento apontou que 60% da população tem condição de ser atendido pela Defensoria. O coordenador de comunicação ressaltou a importância que uma Defensoria Pública terá no município. “A população que não tem condição pode ser atendida gratuitamente. São pessoas no sistema jurídico que vão poder brigar pelos direitos, garantindo cidadania, igualdade de justiça”, avalia. Lock explica que entre os serviços judiciais possíveis, só não compete à Defensoria a área Trabalhista. No entanto, a popu-

lação poderá ter amparo judicial na área da Família, com divórcios, guarda tutelar. Na área Civil são oferecidos serviços referentes à usucapião, internamento compulsório, situação de incapaz na família, direito a escola, entre outros. E por último a área Criminal. “Esta área poderá atender em dois momentos, que diz respeito a parte da defesa e depois ao acompanhamento dentro do presídio com redução de pena, mesmo nos casos da pena incompatível com crime, que acontece com muitos condenados. Ainda existem várias situações de pessoas que estão presas, mas já não deveriam mais estar na cadeia”. Justiça gratuita Além da Defensoria Pública, que oferece serviços judiciais gratuitos à população, outros sistemas do judiciário desempenham funções semelhantes, como a Justiça Especial, por exemplo, ou até mesmo o “advogado dativo”. Neste último caso, o profissional é nomeado pelo juíz para atender determinado caso. “Nestas situações a pessoa pode receber renda superior a

três salários mínimos, mas pode estar com os bens bloqueados, estar em dependência financeira. O juíz é quem determina quem poderá ter o benefício”, explica Mathias Lock. No caso da Justiça Especial, qualquer pessoa dependendo da remuneração mensal pode se beneficiar com os atendimentos, desde que sejam casos de menor complexidade e que o valor da causa não ultrapasse 20 salários mínimos. “Os casos mais comuns são de indenização por dano material, tarifas financeiras, cobranças ilegais por parte do banco entre outros”, conta o diretor de secretaria, Felipe Lichio. Apesar destas outras possibilidades, dentro da gratuidade, Lock afirma que de acordo com a Constituição Federal, a legalidade da justiça gratuita compete a Defensoria Pública. “A lei é recente, de 1988, e não foi implantada em todos os lugares. E mesmo onde há, muitas pessoas desconhecem sua função e procuram outros órgãos, vão ao Ministério Público, sendo que muitos casos são enviados à Defensoria pela promotoria”, conta.

conhecida em outubro de 2012. “O impedimento ocorreu devido a uma ação da empresa que estava tramitando na Justiça. Só em maio de 2013, foi realizada a publicação do despacho dos desembargadores de Justiça, quando a empresa pode assinar o contrato com o município em junho de 2013” Enquanto a empresa vencedora não pode assinar o contrato, foi mantido o contrato anterior, com os termos aditivos necessários. “No contrato já ficou estipulado a tarifa de R$2,35 conforme foi apresentado pela empresa em outubro do ano passado. Foi a partir daí que começaram nossos problemas que culminaram na audiência”. Foram quase duas horas de audiência. O vice-prefeito ainda apresentou aos participantes as fórmulas de cálculo da planilha que define a tarifa e, por último, os itinerários dos ônibus. “Para chegar no valor existem os custos fixos como quilômetro rodado e variáveis como motorista, cobrador. Estes dois custos fecham o custo operacional. Daí tem o custo capital, quanto a empresa teve de colocar de capital para realizar o serviço e consequentemente o custo total, que é adicionado a questão de tributos e feito a conversão através do IPK”, explicou. Sobre os itinerários, eles devem ser revistos já que foi implantado a partir do sistema viário da época que sofreu mudanças.

Na última semana a Secretaria Municipal da Saúde recebeu dois veículos novos - Renault Logan - no valor de R$ 28.750 cada um. As chaves dos carros foram entregues pelo prefeito Reinaldo Cardoso a secretária municipal de Saúde, Eliana Selmer. O diretor geral da Secretaria Municipal de Saúde, Roberson Valenga, explica que o recurso para aquisição dos veículos é proveniente do governo federal, através do incentivo à Vigilância Epidemiológica da Influenza, programa estratégico do governo federal. Entre as ações previstas pelo programa está a implantação de Unidades Sentinelas de Vigilância de Síndrome Gripal (SG) - em Castro o serviço eleito para ser sítio de Vigilância da SG é a Unidade de Pronto Atendimento. Assim, toda semana são feitas cinco coletas de material através de exames específicos das pessoas que apresentam sinais e sintomas de gripe de acordo com classifica-

ção do Ministério da Saúde. Estes exames são encaminhados para o Laboratório Central do Estado do Paraná. O objetivo da unidade Sentinela é monitorar os principais tipos de vírus circulantes de Influenza no país. "Para implantação do programa, o governo federal repassou ao município R$ 90 mil. Este valor está sendo usado então para a compra dos dois veículos que serão usados para transporte de materiais, entre outras ações do programa - e também para a aquisição de equipamentos de coleta para os exames", frisa Valenga.

Mais As unidades de vigilância de SG devem coletar, dos casos que preenchem a definição de SG, cinco amostras de secreção de nasofaringe (SNF) por semana. As amostras coletadas são encaminhadas para o Lacen de cada Estado para processamento, incluindo a pesquisa para os vírus influenza A e B, parainfluenza 1, 2 e 3, adenovírus e vírus sincicial respiratório (VSR).


QUINTA-FEIRA, 12 DE SETEMBRO DE 2013

Concurso Paraná Model

Piraí do Sul foi a cidade escolhida para realização do Concurso Paraná Model e Paraná Model Teen 2013, na noite de sexta (6), no auditório do Centro Administrativo Antônio Fanchin Filho, em Piraí do Sul Fotos: Jani

As Coroadas Miss Paraná Model 2013, Michele Rodrigues; Miss Paraná Model, Cintya Laryssa; Miss Paraná Model, Nações; Mary Carbonar, Miss Paraná Model Simpatia, Taynara Ferreira, Miss Paraná Model Turismo

As coroadas Miss Paraná Model Teen 2013, Rayanne Lourenço, Teen Nações; Ariadne Bueno, Teen Simpatia; Isabely Barbosa, Miss Paraná Model Teen; Andressa Venancio, Teen Turismo, ao Lado de Amanda Gold Star Model Paraná 2013

As coroadas pelo título Beauty Fashion Kids 2013, Karla Gabrielle Schvik, Young Star; Natállya Schvik, Kids Fashion; Louyse Fernanda, Baby Face; Monica, Kids Fashion Ponta Grossa

Fotos: Jani

○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

1º Aniversário de Rafaely Teixeira do Prado, filha de Valeria de Souza Teixeira e Edson Silva do Prado. A festinha foi realizada no dia 8, no Salão da Capela Perpétuo Socorro Ainda em tempo de parabenizar José Maria Flugel que comemorou, no dia 27 de agosto, 84 anos. Na foto ele está ao lado das filhas Cirene, Sirlei, Célia e o neto Leonardo Flugel

12/9 Rosonir de O. Franco, Ricardo Nuzda Rodrigues, Jose Ayrton de Paula, Andressa Antunes Risden

Destaque para o aniversário de 10 anos de Carla Vitoria Tabor Ferraz, filha de Claudete Tabor Bueno e Luiz Carlos Ribeiro Ferraz. O local foi a própria residência da família, diga-se de passagem, proprietária da famosa Lanchonete Boa Vista

Registrando Sonia Ferreira de Sene e Luiz Fernando Sene

Áries: Ouça outras opiniões antes de decidir algo. Amor meio tenso. Cor: azul.

Libra: Não encontrara dificuldade no serviço. Fase mais tensa á dois. Cor: cinza.

Touro: Prefira tarefas individuais. Brigas podem marcar a área afetiva. Cor: verde.

Escorpião: Invista em seus estudos. Cuidado com possessividade a dois. Cor: azul.

Gêmeos: Faça tarefas em equipe. Rivalidades podem prejudicar o amor. Cor: bege.

Sagitário: Sua confiança favorece seus afazeres. Há rivalidade no amor. Cor: vinho.

Câncer: Fuja da rotina no serviço. A dois, não deixe as diferenças abalarem. Cor: roxo.

Capricórnio: Concentre-se em tarefas individuais. Há rivalidades no amor. Cor: marrom.

Leão: Será difícil se destacar neste dia. Na paixão, supere diferenças. Cor: azul.

Aquário: Seja criativa e resolva problemas. Divida seus sonhos com o amado. Cor: rosa.

Virgem: A família estará no centro das atenções. Há rivais na paquera. Cor: creme.

Peixes: Use sua criatividade no serviço. Na paquera, confie no seu taco. Cor: bege.

Amanda

6

Presença especial da beldade que estampou o Waltedoor de Propaganda desse Concurso, Amanda Schvik, que recentemente recebeu mais um titulo, o de 4º lugar no Miss Universe Teenanger Of Dreams, entre 57 candidatas


ROUBO DE 38 MIL LITROS DE COMBUSTÍVEL

Quadrilha sequestra caminhoneiro João Paulo Cobbe

Caminhão tanque foi recuperado em Castro na manhã de ontem Gabriel Sartini seguranca@paginaum.com Ponta Grossa – Homens armados renderam um caminhoneiro na noite de terça-feira (10) e roubaram 38 mil litros de combustível. A vítima ficou mais de seis horas em poder da quadrilha, encapuzado e ameaçado durante toda a ação, e não conseguiu perceber características do bando e nem quantos bandidos participaram do crime. O caminhão foi recuperado na manhã de quarta-feira (11), na PR-151, em Castro. A vítima de 45 anos conversou com a reportagem quando esteve na 43ª Delegacia Regional de Polícia (43ª DP) e pediu para não ser identificado. “Trabalho há 20 anos dirigindo caminhão, já trabalhei em cinco países da América do Sul, e nunca tive uma arma apontada para mim”, conta o caminhoneiro, ainda abalado com a situ-

Caminhão foi periciado pelo Instituto de Criminalística de Ponta Grossa na tarde de quarta-feira

ação. Ele transportava 38 mil litros de combustível, sendo 23 mil de diesel, 10 mil de gasolina e 5 mil de diesel S10. Ele explicou que saía de Ponta Grossa pela BR-376 e seguia para o norte do Paraná quando foi abordado pelos bandidos, na altura do Rio Tibagi. “Eles conseguiram bloquear o caminhão enquanto eu estava andando, não tive o que fazer e parei no acostamento”, lembra. A vítima conta que os bandidos usaram um aparelho conhecido como ‘chupacabra’ e ‘capetinha’. Esse dispositivo trava o

sistema de rastreamento do caminhão e, consequentemente, desliga o veículo, mesmo que ele esteja em movimento. A abordagem aconteceu por volta das 20 horas, segundo o motorista. O caminhoneiro relata que não teve tempo nem de abrir a porta do caminhão. Um dos membros da quadrilha abriu a porta e já apontou a arma para a vítima. “Ele falou ‘olha para o lado, se olhar para mim eu te mato’ e tive que obedecer”, comenta. Os bandidos cobriram o rosto do homem com um capuz e o amarraram

NA CARCERAGEM DE CASTRO

OAB nega boatos de agressão O presidente da Subseção de Castro da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), José Nerci Miranda dos Santos, explicou ao Página Um, nesta quarta-feira (11), que esteve na carceragem da cidade no último fim de semana para verificar a procedência de denúncia sobre agressões a presos durante princípio de rebelião registrado na tarde de domingo (8). Ele garantiu que visitou as instalações e não constatou nada de anormal. “A Comissão de Direitos Humanos da OAB de Ponta Grossa me acionou perto das 21 horas, só não me lembro se foi no domingo ou na segundafeira [9]”, conta. “A informação que me foi passada era de que os policiais estavam agredindo os presos por conta da situação da carceragem e de uma suposta rebelião”, continua. “Estive na carceragem, conversei com o delegado e não constatei qualquer tipo de violência física con-

tra os detentos”, conclui. Nerci ressalta que estava tudo calmo na noite em que foi contatado e explica que a OAB Castro não acompanha o caso mais de perto porque não tem uma comissão de Direitos Humanos. “É um trabalho que demanda muita dedicação e precisa de pessoas para fazer exclusivamente essa parte, e não temos advogados suficientes para cuidar dessa área”, comenta.

Advogado visitou instalações e nada de anormal se verificou As denúncias foram feitas por familiares que não conseguiram visitar os presos no último fim de semana, segundo informações recebidas pelo presidente da OAB, diretamente em Ponta Grossa. “Quando exis-

400 g de maconha em ônibus Piraí do Sul – Após denúncia anônima, a Polícia Militar conseguiu prender um suspeito de tráfico de drogas, na rodoviária de Piraí do Sul, com aproximadamente 400 gramas de maconha. Ele foi detido ainda dentro do ônibus e confessou ter comprado a droga em Ponta Grossa. O suspeito não teve o nome divulgado, mas foi autuado em flagrante por tráfico. De acordo com o delegado da Polícia Civil, Jairo Luiz Duarte de Camargo, ele já tinha passagens pelo mesmo crime. A prisão aconteceu por volta das 21h10, quando o ônibus da

Princesa do Norte estacionou na rodoviária. Rapidamente os policiais entraram no veículo e encontraram o homem com características semelhantes às repassadas pela denúncia, inclusive com tatuagem de uma folha de maconha no pescoço. Quando ele foi abordado, tentou esconder uma sacola branca, onde estavam 390 gramas de maconha. O suspeito confessou ter comprado a droga por R$ 300 em local conhecido como ‘Estação’, próximo ao Paraguaizinho de Ponta Grossa. A intenção era revender a maconha em Piraí do Sul.

tem denúncias fundamentadas, corremos atrás para ver se elas procedem e encaminhamos o caso aos órgãos competentes”, completa. O delegado da 43ª Delegacia Regional de Polícia (43ª DP), Mario Sergio Bradock, não foi encontrado nesta quartafeira para comentar as denúncias. Na segunda-feira, porém, ele ressaltou que nenhum preso foi agredido depois que os policiais frustraram uma tentativa de fuga na tarde de domingo. Na ocasião, Bradock explicou que “conseguimos controlar os ânimos na base da conversa”. O comandante da 3ª Companhia de Polícia Militar, capitão Marcelo Moreira Só, também acompanhou os trabalhos e endossa a afirmação de Bradock e Nerci, garantindo que os direitos dos presos foram respeitados durante todo o trabalho de revista pessoal e dos pertences dos detentos.

na cama. Segundo relato do motorista, eles andaram por cerca de uma hora enquanto ele estava amarrado, e o tempo todo era ameaçado pelo bandido. “Sempre encostando a arma na minha cabeça, dando tapas e dizendo que iam me matar se algo desse errado, foi a situação mais humilhante da minha vida”, desabafa. Em determinado momento, que a vítima acredita ser próximo das 21h30, o criminoso o desamarrou e obrigou a descer do caminhão. O motorista foi

levado para um matagal por um dos assaltantes, enquanto outros membros da quadrilha seguiram viagem com o caminhão. “Ele ficou até as 4 horas [de quartafeira] comigo, sempre dando chutes, tapas e dizendo que ia me matar se eu tentasse qualquer coisa”, recorda. A pressão psicológica feita pelo bandido foi a pior parte de todo o crime, segundo a vítima. “Eu estava deitado de bruços, encapuzado e coberto por um cobertor, e o cara ficava dizendo que não era pra eu olhar pra ele se não eu morria, o tempo todo me agredindo, só conseguia pensar na família, nos netos”, lembra. Somente por volta das 4 horas, segundo a vítima, o criminoso recebeu a confirmação dos comparsas de que o transbordo do combustível havia dado certo. “Ele falou para eu esperar meia hora antes de sair dali, mas fiquei com medo de ter alguma emboscada e esperei amanhecer para pedir socorro”, relata. Somente pela manhã o caminhoneiro percebeu que foi abandonado em trecho da Rodovia Transbrasiliana, a BR-153. Ele pediu ajuda a populares e conseguiu se comunicar com a polícia. Recuperado Por volta das 10h40 de quarta-feira, a Polícia Civil de

Castro recebeu a informação de que o caminhão estaria abandonado nas proximidades da cidade. A empresa proprietária do veículo acionou o rastreador e descobriu que o veículo foi abandonado na PR-151, próximo de um restaurante já na área de Castro. Foi solicitado apoio da Guarda Municipal para seguir até o local indicado, onde o caminhão foi encontrado. Além do combustível, os criminosos roubaram oito pneus antes de abandonarem o veículo. Na tarde de ontem, o Instituto de Criminalística de Ponta Grossa esteve em Castro para periciar o caminhão, na busca por indícios que possam levar aos autores do roubo. O delegado do Setor de Furtos e Roubos da 13ª Subdivisão Policial (13ª SDP) de Ponta Grossa, Josimar Antônio da Silva, seria o responsável pela investigação do caso. Na tarde de ontem, ele ainda não tinha muitas informações sobre o caso porque o motorista ainda estava prestando depoimentos em Castro e em Ponta Grossa sobre o fato. Ele disse apenas que nesse tipo de crime “é normal que a vítima seja liberada quando eles conseguem pegar a carga do caminhão, apesar de todo o terror psicológico, o objetivo deles não é matar e sim roubar”.

PM troca de comando em Piraí Divulgação

Da Assessoria Piraí do Sul – O 3° Sargento da Polícia Militar, Carlos Augusto de Souza, transmitiu o comando do destacamento da Polícia Militar de Piraí do Sul ao 1° Sargento, Paulo Roberto Ferreira de Moraes, na manhã desta quarta-feira (11). A transmissão do cargo aconteceu no Salão Nobre do Paço Municipal Ramis Gabriel Cury. A solenidade contou com a presença do prefeito, Valentim Zanello Miléo; do vice-prefeito, Helder Tito Avais de Mello; do capitão da 3ª Companhia da Polícia Militar, Marcelo Moreira Só; do delegado da Polícia Civil, Jairo Luiz Duarte de Camargo e demais autoridades municipais. O novo comandante mostrou-se otimista ao assumir o destacamento do município. Ele revelou ter experiências operacionais e pretende dar continuidade aos trabalhos desenvolvidos pelo antecessor. “Vamos procurar aperfeiçoar o que o Sargento

Sargento Augusto (esquerda) deixa comando para sargento Moraes, na segunda-feira Augusto fez”, afirma. O sargento Augusto comandou o destacamento por nove meses, período marcado pela parceria entre governo e Polícias Civil e Militar. “Agradeço a confiança e apoio de todos. Junto com os policiais, buscamos dar a melhor resposta possível para a criminalidade e também realizamos um trabalho em conjunto. Desejo felicidades ao Sargento Moraes e sei que Piraí do Sul estará em boas

mãos”, declara Augusto. Reforçando os trabalhos em parceria, o delegado da Polícia Civil afirmou a ideia de continuar com o entrosamento entre as polícias. “Agradeço ao Sargento Augusto que foi companheiro de trabalho e amigo, melhorou o trabalho ostensivo da Polícia Militar, o que produziu resultados e inibiu a criminalidade. Pretendo dar continuidade a essa parceria”, enfatiza Camargo.


8

Quinta-Feira, 12 de Setembro de 2013

Prefeitura Municipal de Arapoti Decreto Nº 3287/2013 EMENTA: Substitui membros da Comissão Permanente de Avaliação de Bens Móveis e Imóveis para compra e venda. O PREFEITO MUNICIPAL DE ARAPOTI, ESTADO DO PARANÁ, no uso de suas atribuições legais, D E C R E T A: Artigo 1º - Fica nomeada sobre presidência do primeiro, a Comissão Permanente de Avaliação de Bens Móveis e Imóveis para compra e venda, constituídas pelos seguintes membros: - LUIS ANTONIO BISPO; - ADEMAR DO ESPÍRITO SANTO; - DEOLINDO APARECIDO DA CRUZ; - ITALO ANTONIO NADAL; - JOÃO MARIA BUENO BONFIM; - JOÃO DANIEL ALVES; - MARINEO JOÃO MENDES FERREIRA. Artigo 2º - Deve a Divisão Administrativa, tomar as medidas necessárias para a oficialização deste ato. Artigo 3º - Este Decreto entra em vigor nesta data, revogando-se disposições em contrário em especial o decreto nº 2922/2012 de 06/06/2012, publique-se. PAÇO MUNICIPAL Vereador CLAUDIR DIAS NOVOCHADLO, em 09 de Setembro de 2013. BRAZ RIZZI Prefeito Municipal DECRETO Nº 3288/2013 SÚMULA:- Autoriza a abertura de Crédito Suplementar no ORÇAMENTO GERAL do Município. O EXCELENTÍSSIMO SENHOR PREFEITO MUNICIPAL DE ARAPOTI ESTADO DO PARANÁ, usando das atribuições que lhe são conferidas por lei e; Considerando o que dispõe a Lei Municipal 1417 de 06 de Setembro de 2013. DECRETA Artigo 1o. – Fica o Executivo Municipal de Arapoti autorizado a abrir no ORÇAMENTO GERAL do Município, um CRÉDITO SUPLEMENTAR no valor de R$ 70.331,39 (setenta mil, trezentos e trinta e um reais e trinta e nove centavos), destinado a abertura da rubrica orçamentária abaixo especificada: 1000 – SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE 1001- FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE 10. Saúde 10.304. Vigilância Sanitária 10.302.0004 – Arapoti Saudável 10.304.0004.2.030 Manutenção da Vigilância Municipal (318) 33.90.30.00.00- Material de Consumo R$ 31.000,00 (323) 33.90.39.00.00- Outros Serviços de Terceiros – Pessoa Jurídica R$ 9.256,20 (325) 44.90.52.00.00- Equipamentos e Material Permanente R$ 30.075,19 Fonte: 497 – Vigilância em Saúde TOTAL R$ 70.331,39 Artigo 2º Os recursos de 70.331,39 (setenta mil, trezentos e trinta e um reais e trinta e nove centavos), necessários para a abertura do Crédito Suplementar correrão por conta do Excesso de Arrecadação nos termos do disposto no Artigo 43, § 1º, Inciso II, combinado com o § 3º, todos da Lei Federal nº 4.320/64, a ser verificado na fonte de recursos 497 – Vigilância em Saúde, Projeto Vigiasus. Artigo 3º - Fica alterado o PPA – Plano Plurianual, aprovado pela lei Municipal nº. 1.128, de 29/12/2009 e LDO - Lei de Diretrizes Orçamentárias, exercício 2013, aprovada pela Lei Municipal nº. 1368, de 04/12/2012, conforme especificações acima. Artigo 4º - Esta Lei entrará em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário. PAÇO MUNICIPAL Vereador CLAUDIR DIAS NOVOCHADLO, em 06 de Setembro de 2013. BRAZ RIZZI Prefeito DECRETO Nº 3291/2013 SÚMULA:- Autoriza a abertura de Crédito Especial no ORÇAMENTO GERAL do Município. O EXCELENTÍSSIMO SENHOR PREFEITO MUNICIPAL DE ARAPOTI ESTADO DO PARANÁ, usando das atribuições que lhe são conferidas por lei e; Considerando o que dispõe a Lei Municipal 1420 de 06 de Setembro de 2013. DECRETA Artigo 1o. – Fica o Executivo Municipal de Arapoti autorizado a abrir no ORÇAMENTO GERAL do Município, um CRÉDITO ESPECIAL no valor de R$ 585.310,89 (quinhentos e oitenta e cinco mil trezentos e dez reais e oitenta e nove centavos) destinado a suplementação das dotações orçamentárias abaixo especificadas: 15.00 – SECRETARIA MUNICIPAL DE INFRA-ESTRUTURA 15.02 – DIVISÃO DE OBRAS PUBLICAS 16 – Habitação 16.482 – Habitação Urbana 16.482.0038 – INFRA ESTRUTURA URBANA E RURAL 16.482.0038.1.2620 – Construção de Casas Populares – FNHIS – OGU/MCIDADES/CAIXA 4.4.90.51.00 – OBRAS E INSTALAÇÕES Fonte: 0 Recursos Ordinarios (Livres) R$ 132.564,00 4.4.90.51.00 – OBRAS E INSTALAÇÕES Fonte: 774 Contrato 249.886-64/2007 (Construção de 24 casas populares) R$ 364.746,89 4.4.90.51.00 – OBRAS E INSTALAÇÕES Fonte: 785 Convenio COHAPAR – Construção de 24 casas R$ 88.000,00 TOTAL R$ 585.310,89 Artigo 2º Os recursos necessários para a abertura do Crédito Especial acima serão os seguintes: I - R$ 132.564,00 (cento e trinta e dois mil quinhentos e sessenta e quatro reais) com a anulação parcial de dotações orçamentárias, nos termos do disposto no Artigo 41, Inciso II, da Lei Federal nº 4.320, de 17 de março de 1964, demonstrado segundo as codificações institucionais; local, por função e sub-função e das categorias econômicas, abaixo identificadas: 03.00 – SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO 03.03 – DIVISÃO DE MATERIAL E PATRIMONIO 04 – Administração 04.122 – Administração Geral 04.122.0001 – ADMINISTRAÇÃO GERAL 04.122.0001.1.2880 – Aquisição de Terreno para Torre de Internet 4.4.90.61.00 – AQUISIÇÃO DE IMOVEIS 15.00 – SECRETARIA MUNICIPAL DE INFRA-ESTRUTURA 15.01 – DIVISÃO DE VIAÇÃO Fonte: 0 Recursos Ordinarios (Livres) R$ 70.000,00 04.122.0001.1.2900 – Aquisição de Veiculo Furgão 4.4.90.52.00 – EQUIPAMENTOS E MATERIAL PERMANENTE Fonte: 0 Recursos Ordinarios (Livres) R$ 31.351,10 15 – Urbanismo 15.452 – Serviços Urbanos 15.452.0038 – INFRA ESTRUTURA URBANA E RURAL 15.452.0038.1.0260 – Aquisição de Terreno para Relocação do Patio de Maquinas e Construção 4.4.90.61.00 – AQUISIÇÃO DE IMOVEIS Fonte: 0 Recursos Ordinarios (Livres) R$ 31.212,90 TOTAL R$ 132.564,00 II - R$ 364.746,89 (trezentos e sessenta e quatro mil setecentos e quarenta e seis reais e oitenta e nove centavos) com o Excesso de Arrecadação, nos termos do disposto no Artigo 43, § 1º, Inciso II, combinado com o § 3º, todos da Lei Federal nº 4.320/64, a ser verificado na fonte de recursos 774 (Contrato 249.886-64/2007 – Construção de 24 casas populares); III – R$ 88.000,00(oitenta e oito mil reais) com o Excesso de Arrecadação, nos termos do disposto no Artigo 43, § 1º, Inciso II, combinado com o § 3º, todos da Lei Federal nº 4.320/64, a ser verificado na fonte de recursos 785 (Convenio COHAPAR – Construção de 24 casas). Artigo 3º - Fica alterado o PPA – Plano Plurianual, aprovado pela lei Municipal nº. 1.128, de 29/12/2009 e LDO - Lei de Diretrizes Orçamentárias, exercício 2013, aprovada pela Lei Municipal nº. 1.368, de 04/12/2012, conforme especificações acima. Artigo 4º - Esta Lei entrará em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário. PAÇO MUNICIPAL VEREADOR CLAUDIR DIAS NOVOCHADLO, EM 06 DE SETEMBRO DE 2013. BRAZ RIZZI Prefeito Municipal DECRETO Nº 3290/2013 SÚMULA:- Autoriza a abertura de Crédito Suplementar no ORÇAMENTO GERAL do Município.

O EXCELENTÍSSIMO SENHOR PREFEITO MUNICIPAL DE ARAPOTI ESTADO DO PARANÁ, usando das atribuições que lhe são conferidas por lei e; Considerando o que dispõe a Lei Municipal 1419 de 06 de Setembro de 2013. DECRETA Artigo 1o. – Fica o Executivo Municipal de Arapoti autorizado a abrir no ORÇAMENTO GERAL do Município, um CRÉDITO SUPLEMENTAR no valor de R$ 60.000,00 (sessenta mil reais), destinado a suplementação das dotações orçamentárias abaixo especificadas: 14.00 – SECRETARIA MUNICIPAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO 14.001 – DIVISÃO D EINDUSTRIA, COM. E DESENVOLVIMENTO TURÍSTICO 22 – Indústria 22.122 – Administração Geral 22.122.0017 – Desenvolvimento Econômico de Arapoti 22.122.0017.2071 – Manutenção da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico (450) 33.90.30.00 – MATERIAL DE CONSUMO 20.000,00 (453) 33.90.39.00 – OUTROS SERVIÇOS DE TERCEIROS – P. JURIDICA R$ 40.000,00 Fonte: 0 – Recursos Ordinarios (Livres) TOTAL R$ 60.000,00 Artigo 2º Os recursos necessários para a abertura do Crédito Suplementar acima é a anulação das seguintes dotações orçamentárias: 14.00 – SECRETARIA MUNICIPAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO 14.001 – DIVISÃO D EINDUSTRIA, COM. E DESENVOLVIMENTO TURÍSTICO 22 – Indústria 22.661- Promoção Industrial 22.661.0017 – Desenvolvimento Econômico de Arapoti 22.122.0017.2070 – Locações de barracões para implantação de insdústrias (455) 33.90.36.00 - OUTROS SERVIÇOS DE TERCEIROS – P. FÍSICA 60.000,00 Fonte: 0 – Recursos Ordinarios (Livres) TOTAL R$ 60.000,00 Artigo 3º - Fica alterado o PPA – Plano Plurianual, aprovado pela lei Municipal nº. 1.128, de 29/12/2009 e LDO - Lei de Diretrizes Orçamentárias, exercício 2012, aprovada pela Lei Municipal nº. 1.368, de 04/12/2012, conforme especificações acima. Artigo 4º - Esta Lei entrará em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário. PAÇO MUNICIPAL Vereador CLAUDIR DIAS NOVOCHADLO, EM 06 DE SETEMBRO DE 2013. BRAZ RIZZI Prefeito Municipal DECRETO Nº 3289/2013 SÚMULA:- Autoriza a abertura de Crédito Especial no ORÇAMENTO GERAL do Município O EXCELENTÍSSIMO SENHOR PREFEITO MUNICIPAL DE ARAPOTI ESTADO DO PARANÁ, usando das atribuições que lhe são conferidas por lei e; Considerando o que dispõe a Lei Municipal 1418 de 06 de Setembro de 2013. DECRETA Artigo 1o. – Fica o Executivo Municipal de Arapoti autorizado a abrir no ORÇAMENTO GERAL do Município, um CRÉDITO ESPECIAL no valor de R$ 12.000,00 (doze mil reais), destinado a abertura da rubrica orçamentária abaixo especificada: 1000 – SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE 1001- FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE 10. Saúde 10.302 Assistência Hospitalar e Ambulatorial 10.302.0004 – Arapoti Saudável 10.302.0004.2.053 Manutenção Programa Beneficio Eventual – Programa Municipal do Leite 33.90.32.00 – Material, Bem ou Serviço P/ Distr. Gratuita Fonte: 303 – Saúde-Percentual vinculado a rec. Impostos R$ 12.000,00 TOTAL R$ 12.000,00 Artigo 2º Os recursos necessários para a abertura do Crédito Especial acima é a anulação da seguinte dotação orçamentária: 1000 – SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE 1001- FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE 10. Saúde 10.302 Assistência Hospitalar e Ambulatorial 10.302.0004 – Arapoti Saudável 10.302.0004.2.025 Transferências Financeiras ao Consórcio de Saúde (255) 33.90.39.00 – Outros Serviços de Terceiros – Pessoa Jurídica Fonte: 303 – Saúde-Percentual vinculado a rec. Impostos R$ 12.000,00 TOTAL R$ 12.000,00 Artigo 3º - Fica alterado o PPA – Plano Plurianual, aprovado pela lei Municipal nº. 1.128, de 29/12/2009 e LDO - Lei de Diretrizes Orçamentárias, exercício 2013, aprovada pela Lei Municipal nº. 1368, de 04/12/2012, conforme especificações acima. Artigo 4º - Esta Lei entrará em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário. PAÇO MUNICIPAL Vereador CLAUDIR DIAS NOVOCHADLO, EM 06 DE SETEMBRO DE 2013. BRAZ RIZZI Prefeito Municipal DECRETO Nº 3292/2013 SÚMULA:- Autoriza a abertura de Crédito Especial no ORÇAMENTO GERAL do Município. O EXCELENTÍSSIMO SENHOR PREFEITO MUNICIPAL DE ARAPOTI ESTADO DO PARANÁ, usando das atribuições que lhe são conferidas por lei e; Considerando o que dispõe a Lei Municipal 1421 de 06 de Setembro de 2013. DECRETA Artigo 1o. – Fica o Executivo Municipal de Arapoti autorizado a abrir no ORÇAMENTO GERAL do Município, um CRÉDITO ESPECIAL no valor de R$ 93.724,36 (noventa e três mil setecentos e vinte e quatro reais e trinta e seis centavos), destinado a abertura da rubrica orçamentária abaixo especificada: 15.00 – SECRETARIA MUNICIPAL DE INFRAESTRUTURA 15.02 – DIVISÃO DE OBRAS PUBLICAS 15 – Urbanismo 15.452 – Serviços Urbanos 15.452.0006 – APOIO ADMINISTRATIVO OBRAS E SERVIÇOS URBANOS 15.452.0006.2.0740 – Manutenção e Operação da Divisão de Obras Publicas 3.3.90.93.00 – INDENIZAÇÕES E RESTITUIÇÕES Fonte: 767 – Convenio Min. Do Turismo CEF – Contrato nº 237059-03/07 R$ 138.000,00 TOTAL R$ 138.000,00 Artigo 2º Os recursos necessários para a abertura do Crédito Suplementar acima é a anulação das seguintes dotações orçamentárias: I - R$ 132.135,87(cento e trinta e dois mil cento e trinta e cinco reais e oitenta e sete centavos) por conta do Superávit Financeiro apurado no Balanço Patrimonial da Prefeitura Municipal de Arapoti, na fonte de recursos 767 (Convenio Ministério do Turismo CEF – Contrato nº. 237059-03/07 c/c 647015-9), referente ao exercício de 2012, nos termos do disposto no Inciso I do Parágrafo 1º do Artigo 43 da Lei Federal nº 4.320/64. II – R$ 5.864,13 (cinco mil oitocentos e sessenta e quatro reais e treze centavos) com o Excesso de Arrecadação, nos termos do disposto no Artigo 43, § 1º, Inciso II, combinado com o § 3º, todos da Lei Federal nº 4.320/64, a ser verificado na fonte de recursos 767 (Convenio Ministério do Turismo CEF – Contrato nº. 23705903/07 c/c 647015-9). Artigo 3º - Fica alterado o PPA – Plano Plurianual, aprovado pela lei Municipal nº. 1.128, de 29/12/2009 e LDO - Lei de Diretrizes Orçamentárias, exercício 2013, aprovada pela Lei Municipal nº. 1.368, de 04/12/2012, conforme especificações acima. Artigo 4º - Esta Lei entrará em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário. PAÇO MUNICIPAL VEREADOR CLAUDIR DIAS NOVOCHADLO, EM 06 . BRAZ RIZZI Prefeito Municipal DECRETO Nº 3293/2013 SÚMULA:- Autoriza a abertura de Crédito Especial no ORÇAMENTO GERAL do Município. O EXCELENTÍSSIMO SENHOR PREFEITO MUNICIPAL DE ARAPOTI ESTADO DO PARANÁ, usando das atribuições que lhe são conferidas por lei e; Considerando o que dispõe a Lei Municipal 1422 de 06 de Setembro de 2013. DECRETA Artigo 1o. – Fica o Executivo Municipal de Arapoti autorizado a abrir no ORÇAMENTO GERAL do Município, um CRÉDITO ESPECIAL no valor de R$ 93.724,36 (noventa e três mil setecentos e vinte e quatro reais e trinta e seis centavos), destinado a abertura da rubrica orçamentária abaixo especificada: 15.00 – SECRETARIA MUNICIPAL DE INFRAESTRUTURA

15.02 – DIVISÃO D EOBRAS PUBLICAS 26 – Transporte 26.782 – Transporte Rodoviário 26.782.0038 – INFRA ESTRUTURA URBANA E RURAL 26.782.0038.1.2610 – Pavimentação – Aratinga – OGU/MCIDADES/CAIXA 4.4.90.51.00 – OBRAS E INSTALAÇÕES Fonte: 784 – Convenio CEF/OGU – Pav. Aratinga Trecho 2 R$ 93.724,36 TOTAL R$ 93.724,36 Artigo 2º Os recursos necessários para a abertura do Crédito Suplementar acima é a anulação das seguintes dotações orçamentárias: I - R$ 22.606,89(vinte e dois mil seiscentos e seis reais e oitenta e nove centavos) por conta do Superávit Financeiro apurado no Balanço Patrimonial da Prefeitura Municipal de Arapoti, na fonte de recursos 784 (Convenio CEF/OGU – Pav. Aratinga Trecho 2), referente ao exercício de 2012, nos termos do disposto no Inciso I do Parágrafo 1º do Artigo 43 da Lei Federal nº 4.320/64. II – R$ 71.117,47 (setenta e um mil cento e dezessete reais e quarenta e sete centavos) com o Excesso de Arrecadação, nos termos do disposto no Artigo 43, § 1º, Inciso II, combinado com o § 3º, todos da Lei Federal nº 4.320/64, a ser verificado na fonte de recursos 784 (Convenio CEF/OGU – Pav. Aratinga Trecho 2). Artigo 3º - Fica alterado o PPA – Plano Plurianual, aprovado pela lei Municipal nº. 1.128, de 29/12/2009 e LDO - Lei de Diretrizes Orçamentárias, exercício 2013, aprovada pela Lei Municipal nº. 1.368, de 04/12/2012, conforme especificações acima. Artigo 4º - Esta Lei entrará em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário. PAÇO MUNICIPAL VEREADOR CLAUDIR DIAS NOVOCHADLO, EM 06 DE SETEMBRO DE 2013. BRAZ RIZZI Prefeito Municipal LEI COMPLEMENTAR Nº 38/2013 Súmula:- Aumenta 1 (uma) vagas para o cargo de Psicólogo no Plano de Cargos e Salários, Lei Complementar n° 07. O PREFEITO MUNICIPAL DE ARAPOTI ESTADO DO PARANÁ NO USO DAS SUAS ATRIBUIÇÕES LEGAIS FAZ SABER QUE A CÂMARA MUNICIPAL DE ARAPOTI – PR APROVOU E EU BRAZ RIZZI SANCIONO A SEGUINTE LEI. Artigo 1º - Aumenta 1 (uma) vaga para o cargo de Psicólogo no Anexo I do Art. 3°, na Denominação do Grupo Ocupacional III – Nível Superior do Plano de Cargos e Salários da Prefeitura Municipal de Arapoti, Lei Complementar n° 07/2007. Artigo 2º - Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário. PAÇO MUNICIPAL VEREADOR CLAUDIR DIAS NOVOCHADLO, EM 10 DE SETEMBRO DE 2013. BRAZ RIZZI Prefeito Municipal LEI COMPLEMENTAR Nº 39/2013 Súmula:- Aumenta 2 (duas) vagas para o cargo de Enfermeiro II no Plano de Cargos e Salários, Lei Complementar n° 07. O PREFEITO MUNICIPAL DE ARAPOTI ESTADO DO PARANÁ NO USO DAS SUAS ATRIBUIÇÕES LEGAIS FAZ SABER QUE A CÂMARA MUNICIPAL DE ARAPOTI – PR APROVOU E EU BRAZ RIZZI SANCIONO A SEGUINTE LEI. Artigo 1º - Aumenta 2 (duas) vagas para o cargo de Enfermeiro II no Anexo I do Art. 3°, na Denominação do Grupo Ocupacional VI – Serviços Médicos do Plano de Cargos e Salários da Prefeitura Municipal de Arapoti, Lei Complementar n° 07/2007. Artigo 2º - Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário. PAÇO MUNICIPAL VEREADOR CLAUDIR DIAS NOVOCHADLO, EM 10 DE SETEMBRO DE 2013. BRAZ RIZZI Prefeito Municipal LEI Nº 1416/2013 SÚMULA: Cria o Programa Emergencial de Auxílio Desemprego – “Frentes de Trabalho”, no Município de Arapoti, e dá outras providências. O PREFEITO MUNICIPAL DE ARAPOTI, ESTADO DO PARANÁ NO USO DE SUAS ATRIBUIÇÕES LEGAIS FAZ SABER QUE A CÂMARA MUNICIPAL DE ARAPOTI – PR APROVOU E EU BRAZ RIZZI SANCIONO A SEGUINTE LEI Artigo 1º - Fica criado o Programa Emergencial de Auxílio Desemprego, de caráter Assistencial, a ser coordenado pela Secretaria Municipal de Assistência Social, visando proporcionar ocupação, qualificação profissional e renda para integrantes da população desempregada, comprovadamente residente no Município de Arapoti. § 1º - O Programa de que trata esta Lei será coordenado pela Secretaria Municipal de Assistência Social, que poderá celebrar convênios para operacionalização do programa e para a realização de cursos de capacitação profissional. § 2º - Do total das concessões de bolsa auxílio de desemprego, havendo interesses e funções compatíveis, serão destinados 2% das vagas a portadores de deficiência. Artigo 2º - O programa referido no artigo 1º consiste: na concessão de bolsa auxílio desemprego, no valor mensal de até 2/3 do salário mínimo vigente, no fornecimento da cesta básica, vale transporte e na realização de curso de qualificação ou capacitação em cada turma. § 1º - Serão atendidos até 80 trabalhadores desempregados em cada turma. § 2º - Os beneficiários de que trata o caput deste artigo serão concedidos pelo prazo de 06 (seis) meses, prorrogáveis em até 03 (três) meses, uma única vez a cada ano. Artigo 3º - As condições para o alistamento no Programa mediante seleção simples serão definidas em regulamento aprovado pelo Prefeito Municipal, observados os seguintes requisitos: I – situação de desemprego igual ou superior a 01 (um) ano, desde que não beneficiário de seguro desemprego; II – residência, no Município pelo menos de 02 (dois) anos; III – Apenas 01 (um) beneficiário por família. Parágrafo Único – No caso do número de alistamento superar o número de vagas, a preferência para participação no programa será definida mediante aplicação, pela ordem, dos seguintes critérios: 1. Maiores encargos familiares; 2. Mães chefes de família; 3. Maior tempo de desemprego; 4. Mais idade; Artigo 4º - A participação no Programa implica na colaboração, em caráter eventual de serviço voluntário, com a prestação de serviços de interesse da comunidade local e ou de órgãos públicos como: Secretarias Municipais, Escolas Públicas, Delegacia de Polícia, COPEL, SANEPAR e outros locais onde se fizer necessário. Parágrafo único – A jornada de atividades no Programa será de 08 (oito) horas diárias pelo período de 03 (três) dias por semana, sendo 02 (dois) dias para execução de tarefas e 01 (um) dia na participação em cursos de qualificação profissional ou alfabetização em que serão desenvolvidos temas pertinentes às habilidades básicas. Artigo 5º - A participação no Programa Emergencial de Auxílio Desemprego, não representa em hipótese alguma vínculo empregatício, trata-se de programa de caráter assistencial e de qualificação profissional, não se revestindo das características que configuram tal vínculo. Artigo 6º - Deverá ser contratado seguro de acidentes pessoais para todos os participantes do Programa. Artigo 7º - O Poder Executivo regulamentará esta Lei no prazo de 60 (sessenta) dias, contados da data de sua publicação. Artigo 8º - Para atender as despesas decorrentes desta Lei fica o Poder Executivo autorizado a incluir na Lei Orçamentária de 2013 da Secretaria Municipal de Assistência Social, “Programa Emergencial de Auxílio Desemprego”. Artigo 9º - Os créditos serão cobertos na forma prevista no § 1º do artigo 43 da Lei Federal 4.320 de 17 de março de 1964. Art. 10º - Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação, revogando-se as disposições em contrário, em especial a Lei Ordinária Municipal nº 619/2001. PAÇO MUNICIPAL VEREADOR CLAUDIR DIAS NOVOCHADLO, EM 06 DE SETEMBRO DE 2013 BRAZ RIZZI Prefeito Municipal LEI Nº 1421/2013 SÚMULA:- Autoriza a abertura de Crédito Especial no ORÇAMENTO GERAL do Município. O PREFEITO MUNICIPAL DE ARAPOTI ESTADO DO PARANÁ NO USO DAS SUAS ATRIBUIÇÕES LEGAIS FAZ SABER QUE A CÂMARA MUNICIPAL DE ARAPOTI – PR APROVOU E EU BRAZ RIZZI SANCIONO A SEGUINTE LEI. Artigo 1o. – Fica o Executivo Municipal de Arapoti autorizado a abrir no ORÇAMENTO GERAL do Município, um CRÉDITO ESPECIAL no valor de R$ 93.724,36 (noventa e três mil setecentos e vinte e quatro reais e trinta e seis centavos), destinado a abertura da rubrica orçamentária abaixo especificada: 15.00 – SECRETARIA MUNICIPAL DE INFRAESTRUTURA 15.02 – DIVISÃO DE OBRAS PUBLICAS 15 – Urbanismo 15.452 – Serviços Urbanos 15.452.0006 – APOIO ADMINISTRATIVO OBRAS E SERVIÇOS URBANOS 15.452.0006.2.0740 – Manutenção e Operação da Divisão de Obras Publicas 3.3.90.93.00 – INDENIZAÇÕES E RESTITUIÇÕES Fonte: 767 – Convenio Min. Do Turismo CEF – Contrato nº 237059-03/07 R$ 138.000,00 TOTAL R$ 138.000,00


Quinta-Feira, 12 de Setembro de 2013

Prefeitura Municipal de Arapoti Artigo 2º Os recursos necessários para a abertura do Crédito Suplementar acima é a anulação das seguintes dotações orçamentárias: I - R$ 132.135,87(cento e trinta e dois mil cento e trinta e cinco reais e oitenta e sete centavos) por conta do Superávit Financeiro apurado no Balanço Patrimonial da Prefeitura Municipal de Arapoti, na fonte de recursos 767 (Convenio Ministério do Turismo CEF – Contrato nº. 237059-03/07 c/c 647015-9), referente ao exercício de 2012, nos termos do disposto no Inciso I do Parágrafo 1º do Artigo 43 da Lei Federal nº 4.320/64. II – R$ 5.864,13 (cinco mil oitocentos e sessenta e quatro reais e treze centavos) com o Excesso de Arrecadação, nos termos do disposto no Artigo 43, § 1º, Inciso II, combinado com o § 3º, todos da Lei Federal nº 4.320/64, a ser verificado na fonte de recursos 767 (Convenio Ministério do Turismo CEF – Contrato nº. 23705903/07 c/c 647015-9). Artigo 3º - Fica alterado o PPA – Plano Plurianual, aprovado pela lei Municipal nº. 1.128, de 29/12/2009 e LDO - Lei de Diretrizes Orçamentárias, exercício 2013, aprovada pela Lei Municipal nº. 1.368, de 04/12/2012, conforme especificações acima. Artigo 4º - Esta Lei entrará em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário. PAÇO MUNICIPAL VEREADOR CLAUDIR DIAS NOVOCHADLO, EM 06 DE SETEMBRO DE 2013. BRAZ RIZZI Prefeito Municipal LEI Nº 1417/2013 SÚMULA:- Autoriza a abertura de Crédito Suplementar no ORÇAMENTO GERAL do Município. O PREFEITO MUNICIPAL DE ARAPOTI, ESTADO DO PARANÁ NO USO DE SUAS ATRIBUIÇÕES LEGAIS FAZ SABER QUE A CÂMARA MUNICIPAL DE ARAPOTI – PR APROVOU E EU BRAZ RIZZI SANCIONO A SEGUINTE LEI. Artigo 1o. – Fica o Executivo Municipal de Arapoti autorizado a abrir no ORÇAMENTO GERAL do Município, um CRÉDITO SUPLEMENTAR no valor de R$ 70.331,39 (setenta mil, trezentos e trinta e um reais e trinta e nove centavos), destinado a abertura da rubrica orçamentária abaixo especificada: 1000 – SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE 1001- FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE 10. Saúde 10.304. Vigilância Sanitária 10.302.0004 – Arapoti Saudável 10.304.0004.2.030 Manutenção da Vigilância Municipal (318) 33.90.30.00.00- Material de Consumo R$ 31.000,00 (323) 33.90.39.00.00- Outros Serviços de Terceiros – Pessoa Jurídica R$ 9.256,20 (325) 44.90.52.00.00- Equipamentos e Material Permanente R$ 30.075,19 Fonte: 497 – Vigilância em Saúde TOTAL R$ 70.331,39 Artigo 2º Os recursos de 70.331,39 (setenta mil, trezentos e trinta e um reais e trinta e nove centavos), necessários para a abertura do Crédito Suplementar correrão por conta do Excesso de Arrecadação nos termos do disposto no Artigo 43, § 1º, Inciso II, combinado com o § 3º, todos da Lei Federal nº 4.320/64, a ser verificado na fonte de recursos 497 – Vigilância em Saúde, Projeto Vigiasus. Artigo 3º - Fica alterado o PPA – Plano Plurianual, aprovado pela lei Municipal nº. 1.128, de 29/12/2009 e LDO - Lei de Diretrizes Orçamentárias, exercício 2013, aprovada pela Lei Municipal nº. 1368, de 04/12/2012, conforme especificações acima. Artigo 4º - Esta Lei entrará em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário. PAÇO MUNICIPAL VEREADOR CLAUDIR DIAS NOVOCHADLO, EM 06 DE SETEMBRO DE 2013. BRAZ RIZZI Prefeito Municipal LEI Nº 1418/2013 SÚMULA:- Autoriza a abertura de Crédito Especial no ORÇAMENTO GERAL do Município. O PREFEITO MUNICIPAL DE ARAPOTI ESTADO DO PARANÁ NO USO DE SUAS ATRIBUIÇÕES LEGAIS FAZ SABER QUE A CÂMARA MUNICIPAL DE ARAPOTI – PR APROVOU E EU BRAZ RIZZI SANCIONO A SEGUINTE LEI. Artigo 1o. – Fica o Executivo Municipal de Arapoti autorizado a abrir no ORÇAMENTO GERAL do Município, um CRÉDITO ESPECIAL no valor de R$ 12.000,00 (doze mil reais), destinado a abertura da rubrica orçamentária abaixo especificada: 1000 – SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE 1001- FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE 10. Saúde 10.302 Assistência Hospitalar e Ambulatorial 10.302.0004 – Arapoti Saudável 10.302.0004.2.053 Manutenção Programa Beneficio Eventual – Programa Municipal do Leite 33.90.32.00 – Material, Bem ou Serviço P/ Distr. Gratuita Fonte: 303 – Saúde-Percentual vinculado a rec. Impostos R$ 12.000,00 TOTAL R$ 12.000,00 Artigo 2º Os recursos necessários para a abertura do Crédito Especial acima é a anulação da seguinte dotação orçamentária: 1000 – SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE 1001- FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE 10. Saúde 10.302 Assistência Hospitalar e Ambulatorial 10.302.0004 – Arapoti Saudável 10.302.0004.2.025 Transferências Financeiras ao Consórcio de Saúde (255) 33.90.39.00 – Outros Serviços de Terceiros – Pessoa Jurídica Fonte: 303 – Saúde-Percentual vinculado a rec. Impostos R$ 12.000,00 TOTAL R$ 12.000,00 Artigo 3º - Fica alterado o PPA – Plano Plurianual, aprovado pela lei Municipal nº. 1.128, de 29/12/2009 e LDO - Lei de Diretrizes Orçamentárias, exercício 2013, aprovada pela Lei Municipal nº. 1368, de 04/12/2012, conforme especificações acima. Artigo 4º - Esta Lei entrará em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário. PAÇO MUNICIPAL VEREADOR CLAUDIR DIAS NOVOCHADLO, EM 06 DE SETEMBRO DE 2013.

BRAZ RIZZI Prefeito LEI Nº 1420/2013 SÚMULA:- Autoriza a abertura de Crédito Especial no ORÇAMENTO GERAL do Município. O PREFEITO MUNICIPAL DE ARAPOTI ESTADO DO PARANÁ NO USO DAS SUAS ATRIBUIÇÕES LEGAIS FAZ SABER QUE A CÂMARA MUNICIPAL DE ARAPOTI – PR APROVOU E EU BRAZ RIZZI SANCIONO A SEGUINTE LEI. Artigo 1o. – Fica o Executivo Municipal de Arapoti autorizado a abrir no ORÇAMENTO GERAL do Município, um CRÉDITO ESPECIAL no valor de R$ 585.310,89 (quinhentos e oitenta e cinco mil trezentos e dez reais e oitenta e nove centavos) destinado a suplementação das dotações orçamentárias abaixo especificadas: 15.00 – SECRETARIA MUNICIPAL DE INFRA-ESTRUTURA 15.02 – DIVISÃO DE OBRAS PUBLICAS 16 – Habitação 16.482 – Habitação Urbana 16.482.0038 – INFRA ESTRUTURA URBANA E RURAL 16.482.0038.1.2620 – Construção de Casas Populares – FNHIS – OGU/MCIDADES/CAIXA 4.4.90.51.00 – OBRAS E INSTALAÇÕES Fonte: 0 Recursos Ordinarios (Livres) R$ 132.564,00 4.4.90.51.00 – OBRAS E INSTALAÇÕES Fonte: 774 Contrato 249.886-64/2007 (Construção de 24 casas populares) R$ 364.746,89 4.4.90.51.00 – OBRAS E INSTALAÇÕES Fonte: 785 Convenio COHAPAR – Construção de 24 casas R$ 88.000,00 TOTAL R$ 585.310,89 Artigo 2º Os recursos necessários para a abertura do Crédito Especial acima serão os seguintes: I - R$ 132.564,00 (cento e trinta e dois mil quinhentos e sessenta e quatro reais) com a anulação parcial de dotações orçamentárias, nos termos do disposto no Artigo 41, Inciso II, da Lei Federal nº 4.320, de 17 de março de 1964, demonstrado segundo as codificações institucionais; local, por função e sub-função e das categorias econômicas, abaixo identificadas: 03.00 – SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO 03.03 – DIVISÃO DE MATERIAL E PATRIMONIO 04 – Administração 04.122 – Administração Geral 04.122.0001 – ADMINISTRAÇÃO GERAL 04.122.0001.1.2880 – Aquisição de Terreno para Torre de Internet 4.4.90.61.00 – AQUISIÇÃO DE IMOVEIS 15.00 – SECRETARIA MUNICIPAL DE INFRA-ESTRUTURA 15.01 – DIVISÃO DE VIAÇÃO Fonte: 0 Recursos Ordinarios (Livres) R$ 70.000,00 04.122.0001.1.2900 – Aquisição de Veiculo Furgão 4.4.90.52.00 – EQUIPAMENTOS E MATERIAL PERMANENTE Fonte: 0 Recursos Ordinarios (Livres) R$ 31.351,10 15 - Urbanismo 15.452 – Serviços Urbanos 15.452.0038 – INFRA ESTRUTURA URBANA E RURAL 15.452.0038.1.0260 – Aquisição de Terreno para Relocação do Patio de Maquinas e Construção 4.4.90.61.00 – AQUISIÇÃO DE IMOVEIS Fonte: 0 Recursos Ordinarios (Livres) R$ 31.212,90 TOTAL R$ 132.564,00 II - R$ 364.746,89 (trezentos e sessenta e quatro mil setecentos e quarenta e seis reais e oitenta e nove centavos) com o Excesso de Arrecadação, nos termos do disposto no Artigo 43, § 1º, Inciso II, combinado com o § 3º, todos da Lei Federal nº 4.320/64, a ser verificado na fonte de recursos 774 (Contrato 249.886-64/2007 – Construção de 24 casas populares); III – R$ 88.000,00(oitenta e oito mil reais) com o Excesso de Arrecadação, nos termos do disposto no Artigo 43, § 1º, Inciso II, combinado com o § 3º, todos da Lei Federal nº 4.320/64, a ser verificado na fonte de recursos 785 (Convenio COHAPAR – Construção de 24 casas). Artigo 3º - Fica alterado o PPA – Plano Plurianual, aprovado pela lei Municipal nº. 1.128, de 29/12/2009 e LDO - Lei de Diretrizes Orçamentárias, exercício 2013, aprovada pela Lei Municipal nº. 1.368, de 04/12/2012, conforme especificações acima. Artigo 4º - Esta Lei entrará em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário. PAÇO MUNICIPAL VEREADOR CLAUDIR DIAS NOVOCHADLO, EM 06 DE SETEMBRO DE 2013. BRAZ RIZZI Prefeito Municipal LEI Nº 1419/2013 SÚMULA:- Autoriza a abertura de Crédito Suplementar no ORÇAMENTO GERAL do Município. O PREFEITO MUNICIPAL DE ARAPOTI ESTADO DO PARANÁ NO USO DE SUAS ATRIBUIÇÕES LEGAIS FAZ SABER QUE A CÂMARA MUNICIPAL DE ARAPOTI – PR APROVOU E EU BRAZ RIZZI SANCIONO A SEGUINTE LEI. Artigo 1o. – Fica o Executivo Municipal de Arapoti autorizado a abrir no ORÇAMENTO GERAL do Município, um CRÉDITO SUPLEMENTAR no valor de R$ 60.000,00 (sessenta mil reais), destinado a suplementação das dotações orçamentárias abaixo especificadas: 14.00 – SECRETARIA MUNICIPAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO 14.001 – DIVISÃO D EINDUSTRIA, COM. E DESENVOLVIMENTO TURÍSTICO 22 – Indústria 22.122 – Administração Geral 22.122.0017 – Desenvolvimento Econômico de Arapoti 22.122.0017.2071 – Manutenção da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico (450) 33.90.30.00 – MATERIAL DE CONSUMO 20.000,00 (453) 33.90.39.00 – OUTROS SERVIÇOS DE TERCEIROS – P. JURIDICA R$ 40.000,00 Fonte: 0 – Recursos Ordinarios (Livres) TOTAL R$ 60.000,00 Artigo 2º Os recursos necessários para a abertura do Crédito Suplementar acima é a anulação das seguintes dotações orçamentárias: 14.00 – SECRETARIA MUNICIPAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO 14.001 – DIVISÃO D EINDUSTRIA, COM. E DESENVOLVIMENTO TURÍSTICO 22 – Indústria 22.661- Promoção Industrial 22.661.0017 – Desenvolvimento Econômico de Arapoti 22.122.0017.2070 – Locações de barracões para implantação de insdústrias (455) 33.90.36.00 - OUTROS SERVIÇOS DE TERCEIROS – P. FÍSICA

Fonte: 0 – Recursos Ordinarios (Livres) TOTAL

60.000,00 R$

60.000,00

Artigo 3º - Fica alterado o PPA – Plano Plurianual, aprovado pela lei Municipal nº. 1.128, de 29/12/2009 e LDO - Lei de Diretrizes Orçamentárias, exercício 2012, aprovada pela Lei Municipal nº. 1.368, de 04/12/2012, conforme especificações acima. Artigo 4º - Esta Lei entrará em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário. PAÇO MUNICIPAL VEREADOR CLAUDIR DIAS NOVOCHADLO, EM 06 DE SETEMBRO DE 2013. BRAZ RIZZI Prefeito Municipal LEI Nº 1422/2013 SÚMULA:- Autoriza a abertura de Crédito Especial no ORÇAMENTO GERAL do Município. O PREFEITO MUNICIPAL DE ARAPOTI ESTADO DO PARANÁ NO USO DAS SUAS ATRIBUIÇÕES LEGAIS FAZ SABER QUE A CÂMARA MUNICIPAL DE ARAPOTI – PR APROVOU E EU BRAZ RIZZI SANCIONO A SEGUINTE LEI. Artigo 1o. – Fica o Executivo Municipal de Arapoti autorizado a abrir no ORÇAMENTO GERAL do Município, um CRÉDITO ESPECIAL no valor de R$ 93.724,36 (noventa e três mil setecentos e vinte e quatro reais e trinta e seis centavos), destinado a abertura da rubrica orçamentária abaixo especificada: 15.00 – SECRETARIA MUNICIPAL DE INFRAESTRUTURA 15.02 – DIVISÃO D EOBRAS PUBLICAS 26 – Transporte 26.782 – Transporte Rodoviário 26.782.0038 – INFRA ESTRUTURA URBANA E RURAL 26.782.0038.1.2610 – Pavimentação – Aratinga – OGU/MCIDADES/CAIXA 4.4.90.51.00 – OBRAS E INSTALAÇÕES Fonte: 784 – Convenio CEF/OGU – Pav. Aratinga Trecho 2 R$ 93.724,36 TOTAL R$ 93.724,36 Artigo 2º Os recursos necessários para a abertura do Crédito Suplementar acima é a anulação das seguintes dotações orçamentárias: I - R$ 22.606,89(vinte e dois mil seiscentos e seis reais e oitenta e nove centavos) por conta do Superávit Financeiro apurado no Balanço Patrimonial da Prefeitura Municipal de Arapoti, na fonte de recursos 784 (Convenio CEF/OGU – Pav. Aratinga Trecho 2), referente ao exercício de 2012, nos termos do disposto no Inciso I do Parágrafo 1º do Artigo 43 da Lei Federal nº 4.320/64. II – R$ 71.117,47 (setenta e um mil cento e dezessete reais e quarenta e sete centavos) com o Excesso de Arrecadação, nos termos do disposto no Artigo 43, § 1º, Inciso II, combinado com o § 3º, todos da Lei Federal nº 4.320/64, a ser verificado na fonte de recursos 784 (Convenio CEF/OGU – Pav. Aratinga Trecho 2). Artigo 3º - Fica alterado o PPA – Plano Plurianual, aprovado pela lei Municipal nº. 1.128, de 29/12/2009 e LDO - Lei de Diretrizes Orçamentárias, exercício 2013, aprovada pela Lei Municipal nº. 1.368, de 04/12/2012, conforme especificações acima. Artigo 4º - Esta Lei entrará em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário. PAÇO MUNICIPAL VEREADOR CLAUDIR DIAS NOVOCHADLO, EM 06 DE SETEMBRO DE 2013. BRAZ RIZZI Prefeito Municipal LEI Nº 1423/2013 Súmula: Modifica a redação dos artigos 74 e 76 da Lei Orgânica Municipal. O PREFEITO MUNICIPAL DE ARAPOTI ESTADO DO PARANÁ NO USO DAS SUAS ATRIBUIÇÕES LEGAIS FAZ SABER QUE A CÂMARA MUNICIPAL DE ARAPOTI – PR APROVOU E EU BRAZ RIZZI SANCIONO A SEGUINTE LEI. Artigo 1° - O artigo 74 da Lei Orgânica do Município de Arapoti, Estado do Paraná passa a vigorar com a seguinte Redação: Artigo 74 – Salvo motivo de força maior devidamente caracterizado ou quando se tratar da realização de Sessões Itinerantes, as sessões legislativas serão realizadas no recinto próprio da Câmara Municipal, sob pena de nulidade das deliberações tomadas. Artigo 2º - O artigo 76 da Lei Orgânica do Município de Arapoti, Estado do Paraná passa a vigorar com a seguinte Redação: Artigo 76 – As sessões serão abertas com a presença de no mínimo 2/3 (dois terços) dos membros da Câmara Municipal. Artigo 3º - Esta ementa à Lei Orgânica Municipal entra em vigor na data da sua publicação, revogadas as disposições em contrário. PAÇO MUNICIPAL VEREADOR CLAUDIR DIAS NOVOCHADLO, EM 10 DE SETEMBRO DE 2013. BRAZ RIZZI Prefeito Municipal Portaria Nº 466/2013 SÚMULA: Designa Comissão Especial de Sindicância O Prefeito Municipal de Arapoti, no uso de suas atribuições legais e conforme disposto no art. 132 da Lei Municipal nº 411/1993, designa comissão especial de Sindicância. Art. 1º - Abre sindicância para apurar os fatos ocorridos com o Servidor de matrícula nº 145 conforme relatos encaminhados pela Secretaria de Meio Ambiente. Art. 2º - A presente Comissão de nº 06 será composta pelos servidores: Presidente – Andrea Cristina Silva Carneiro – Rg nº 30.419.764-6 Membro – Farley Gabriel de Paula - Rg 6.111.947-7 Membro – Elias Gomes da Silva – Rg 2.183.897-3 Art. 3º - A Comissão de Sindicância instituída no artigo anterior deverá apresentar suas conclusões no prazo de 30 (trinta) dias. Art. 4º - A Comissão especial de Sindicância a que se refere esta Portaria deverá seguir a Lei Municipal 411/1993 Estatuto dos Servidores Municipais, para condução dos trabalhos realizados. Art. 5º - Os trabalhos desta Comissão deverão seguir dando ampla defesa aos envolvidos nesta sindicância. Art. 6º - Esta portaria entra em vigor na data de sua publicação, revogando-se as disposições em contrário, publique-se. PAÇO MUNICIPAL Vereador CLAUDIR DIAS NOVOCHADLO, em 10 de Setembro de 2013. BRAZ RIZZI Prefeito Municipal

9


Classificados a partir de R$ 1,00

VENDE-SE PICK-UP CORSA Ano 98, 1.6 ,cor prata, com alarme, trava, ar-quente, som aut. interno, capota marítima, R$15.000. Tratar pelo fone (42) 9833-7220.

VENDE-SE UMA RANGER 2011 Ranger XLT completa, ar e direção, trava, air bag, bluetooth, pneus all terrin. Carro de cidade. Fone: (42) 9981-1222.

VENDO MONTANA 2008 Montana com direção, ar-quente. Uso de cidade. Fone (42) 9981-1222.

VENDE-SE F4000 97/97 Motor MWM X10, direção turbinada, carroceria baixa e graneleiro, caixa 5 marchas. À vista R$ 40.000. Tratar pelo (42) 9982-6263.

VENDO S10 CABINE DUPLA 4X4 S10 tornado, completa, revisada, pneus novos à diesel. Opcionais: ac-dh-ve-te. Somente venda. R$62.000. Contato pelo (42) 9978-1466.

VENDO S10 DIESEL Direção, ar, em ótimo estado. Preço de ocasião, oportunidade imperdível. Tratar pelo fone: (42) 9947-5020 ou (42) 3233-2445. VENDE-SE L200 SPORT 4X4 L200 Sport, ano 2005, prata, completa. Valor abaixo da tabela FIPE. Tratar pelo fone (42) 9937-6937 / 8431-0079.

VENDO UMA PAJERO E UMA MOTO P a j e ro S p o r t g l s p r a t a 4x4, 2 . 8 R$42.000. Moto CRF 2011, R$9.000,00. Tratar pelo fone (42) 9949-0199.

VENDO UM UNO E PARATI Uno fire preto R$ 9.800,00. Parati trac fild 2009, com ar, e direção R$25.000,00. Tratar pelo fone (42) 9949-0199.

VENDE-SE MOTO 125 Ano 2008, cor azul, partida elétrica, documentação em dia. Ótimo estado, tratar pelo fone (42) 9911-3178 ou (42) 9993-3038

VENDE-SE MONTANA LS 2012 Montana LS 2012, cor bege, 14 mil quilômetros, capota marítima e som com GPS. Tratar pelo fone: (42) 3232-2015 / 9961-1104. VENDE-SE TRATOR MF 290 Trator MF 290 simples, ano 94, mecânica revisada, pneus novos. Tratar pelo fone: (42)3232-2015 / 9961-1104. VENDE-SE F1000 88 F1000, ano 88, original, carroceria de madeira, banco em couro, direção. IMPECÁVEL! Fone: (42) 3232-2015 / 9961-1104. VENDE- SE ECOESPORT Ecoesport ano 2010, modelo XLS 2.0 flex, aproximadamente 24.000 km, cambio automático. Valor R$ 37.000. Contato com Luciano (42)3234-1258 ou (42)9129-4413.

VENDE-SE GOL 1.6 Gol 1.6 G5, 4 portas, prata met., 11/12 km 10.300, AQ+AC+AL+TE+VE+ RE+DES+LT+ DH, revisado e com garantia. R$ 32.000. (42) 3232 8550. VENDE-SE FOX 1.0 Fox 1.0 GII, prata metálico, 4portas, AQ+DES+LT+TE+VE+DH, 35.000 km. Preço de R$ 27.900,00. Fone (42) 3232-8550. VENDE-SE GOL 1.0 Gol 1.0 G5, 4 portas, cinza, 11/12 km 17.000, impecável, R$ 25.600,00. Fone (42) 3232 8550. VENDE-SE PEUGEOT 207 Peugeot 207 quiksilver, 1.6, 2 portas, prata , completo, mais teto solar, baixo km, R$ 29.300,00. Fone (42) 3232- 8550. GOL 1.0 G4 Ano 13/14, 4 Portas, cor preto, apenas 310 km rodados! Uma semana de uso. Valor: R$ 26.900,00. Fone: (42)32328550.

ÓTIMO INVESTIMENTO Área de 48.000 m², no perímetro urbano de Castro. Mais informações ligar no fone: (42) 3232-3681. ÚLTIMA UNIDADE Sobrado Villag, última unidade. Piso superior contém 03 quartos com carpet de madeira, wc e sacada em granito. Piso inferior: sala, copa, cozinha e churrasqueira, lavabo e garagem. E ainda piso em porcelanato, eaquecimento a gás. Tratar no fone: (42) 3232-3681. EXCELENTE CHÁCARA PARA LAZER Com córrego, margeando a propriedade, 60% de área aberta, criação de ovinos, 2 alqueires. Próximo a cidade, a 6km do centro. Tratar pelo fone (42) 3232-3681. TROCA-SE UMA CASA No Jardim Primavera, perto do Morada do Sol. 110 metros quadrados em alvenaria, toda terminada. Pode ser menor, tratar pelo (42) 99328451. VENDE-SE OU TROCA Uma chácara no Herval dos Lima com 10 hectares, sendo 6 hectares de reflorestamento, R$ 650.000. tratar pelo fone (42) 9988-7664. ALUGO SALA COMERCIAL Sala comercial medindo 50 m², na rua Dr. Jorge Xavier da Silva, próximo a Sanepar. Valor R$ 1.300,00 (água, luz e IPTU inclusos). Mais informações pelo fone (42)3232-1959. VENDE-SE CASA Na rua do Rosári, centro, contendo 3 quartos, 2 salas, 2 banheiros, lavanderia e churrasqueira. Fone (42) 8812-0642, (42) 3232-4846, (42) 9977-2946. VENDE-SE LOTE NO TRONCO Lote de esquina, situado no Bairro Tronco, medindo 10x20. Valor: R$ 25.000. Tratar pelo fone: (42) 9800-6018. VENDE-SE CHÁCARA Chácara em Castro a 1 km da rodovia e 3 km da cidade. Meio hectare para hortaliças e pomar formado. Área de 2.65 alqueires. Tratar pelo fone (42) 8422-0911.

SÚMULA DE REQUERIMENTO DE RENOVAÇÃO DA LICENÇA DE OPERAÇÃO Arie Willem Bronkhosrt, CPF 222.041.489-20 torna público que irá requerer ao IAP, a Renovação da Licença de Operação para a Atividade de Suinocultura a ser implantado na Chacara Lageado Siriema, município de Arapoti/ PR, CEP 84.990-000

Câmara Municipal de Arapoti

(42) 3232-5148 VENDE-SE EM PIRAI DO SUL Casa mista com 60 m², terreno medindo 504 m² Rua Sinhá Mossurunga, nº 603. Valor de R$ 120.000. Fone: (42)3232-2815 (42)9973-0002. Novo Rio Imóveis Ltda, Creci: J 9472.

A forma mais barata de fazer negócio! VENDE-SE LANCHA Vendo Lancha de fibra Suzuki, 4,20 m, motor Suzuki 25 HP, preço de ocasião. Tratar pelo fone: (42) 99610174, com Luiz.

VENDE-SE OU TROCA Por chácara, uma casa de alvenaria, mais dois pontos comerciais já alugados. Valor: R$ 350. 000,00. Tratar pelo fone (42) 8818-3202

VENDE-SE MÁQUINA DE SORVETE Vendo uma máquina de sorvete expresso italianinha, modelo NTGA , ótimo estado. Por apenas R$10.500,00 + batedor + liquidificador. Fone: (42) 9961-6607 / 9954-0018.

VENDE-SE UMA CARROÇA Usada, em ótimo estado de conservação, tratar pelo fone (42) 3232-5505

VENDE-SE TANQUE RESFRIADOR Vende-se tanque resfriador de leite. Alfa Laval. Tratar pelo fone: (42) 99317044 / 8868-3709.

VAGA PARA COZINHEIRA Necessário experiência, que possa dormir no emprego. Salário R$1.200 à R$1.500. Interessados enviar referencia para caixa postal 243, Castro (PR). VAGA PARA COZINHEIRA Com referência e experiência, interessadas entrar em contato pelo fone: (42) 8434-0965, falar com Isabel. FRETE, MUDANÇAS E SERVIÇOS DE MOTOBOY R$1,20 o km rodado. Informações no fone (42) 9912-0572/ 3232-1774 / 8853-9781, falar com Donizete. VENDE-SE VÍDEO GAME Play station 2, completo, com 2 controles e 2 memory cards. Valor R$ 280. Fone (42) 9801-4149. MALHE & BELLA Linha completa de ginástica e muito mais. Descontos especiais! Parcelamos em todos os cartões! Inauguração dia 13/09, às 9 horas. Confira! EMPLACK TOLDOS E PLACAS Reformas e manutenção de toldos e placas. Cartões de visita e panfletos. Tratar pelo fone (42) 9982-8474. Cobrimos qualquer orçamento. VENDE-SE ESCADA CARACOL Escada de chapa com 12 degraus, 3,76 de altura, com gradil. Valor de R$ 1.000,00. Tratar pelo fone (42) 3232-2246. CONTRATA-SE MANICURE Contrata-se manicure com experiência e disponibilidade de horário. Tratar pelo fone (42) 9956-1352. VENDEM-SE EQUIPAMENTOS Sub Solador 7 pés, valor de R$ 4.500,00. Roçadeira, valor de R$3.500,00. Carreta 4 rodas, sem carroceria, valor de R$ 2.000. Vicom reformado, valor de R$ 1.600. Motor elétrico com freio, 7.5 CV, valor de R$ 1.200. Tratar pelo fone (42) 3233-1276. OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO Vendo loja de roupas Bebê infanto –juvenil, com todo o estoque e móveis, situada em rua principal e em ponto estratégico.Tratar pelo fone (42) 9954-0179. VENDE-SE RESTAURANTE Restaurante no centro de Castro. Motivo da venda é mudança de cidade. Capacidade para 100 pessoas. Rua XV de Novembro, fone (42) 9976-6263.

VENDE-SE FILHOTES Vendo filhotes de Schnauzer com 2 meses, vacinados e desverminados. Tratar pelo fone: (42) 8861-5775. ABELHAS! Remoção de enxames. Empresa especializada. www.mafranvertical. com.br Fone (42)-3233-1342 CONTRATA-SE A empresa Focam Indústria e Comércio de Aditivos Ltda., localizada naEstrada Municipal para Tainhas, s/ nº, interior de Carambeí (Ponto de referência, atrás da Seara) contrata Auxiliar de Produção, maiores de 18 anos, do sexo masculino. 13 vagas ofertadas. Interessados mandar curriculo no endereço acima. ROUPAS IMPORTADAS Roupas originais, Abercrombie, Hollister, Dolce e Gabana, Calvin K lein, Pólo, R alph L auren, Tomy Hilfiger, Lacoste, entre outras. Importamos e entregamos na sua casa. Curta nossa página: www.facebook. com/roupaoriginalimportada. Fone: 3233-1960 / 9979-4211. EXCELENTE NEGÓCIO EM CARAMBEÍ Vende-se distribuidora de embalagens em Carambeí. Excelente ponto comercial. Valor: R$ 28.000. Mais informações tratar com Rosney pelo fone (42) 9981-3157. PAI LÁERCIO Eu Posso e Trago a pessoa amada em poucos dias. Seja qual for o seu problema eu tenho a solução. Não So fra mais. Resolvo problema Amoroso, Financeiro, Empresariais, saúde. Trabalhos Garantidos (43) 3152-1658/( 43) 9678-5730/ (43) 9644-0792. Skype: junior33066. Com Pai Laércio ou Irmã Jaqueline. MAFRAN VERTICAL Locação de plataformas, escadas, e outros equipamentos; Nr 35(trabalhos em altura) e nr 33(espaço confinado). Solução em trabalhos de auto risco e grandes alturas. www.mafranvertical. com.br Fone (42) 3233-1342. EMPLACK TOLDOS E PLACAS Reformas e manutenção de toldos e placas. Cartões de visitas e panfletos. Tratar pelo fone: (42) 9982- 8474. Cobrimos qualquer orçamento.

CRECI 4274-J

QUINTA-FEIRA, 12 DE SETEMBRO DE 2013

Quer comprar, vender ou alugar seu imóvel? Faça-nos uma visita

3233-4105

www.imobiliariaetica.com

Prefeitura Municipal de Arapoti ���������� �������������������������������� ��������������������������������� ������ ��� �� ��������������������� ��!�"������ ��#������$"%%$%�"&�����"%�� �'��������� ������� ������������������� ��� ���()������������� ��� ������������������������������������ ���������� � ����������� � �� � ����� � ��������� � ��� �������� ������� ��#���� ��������� � �� � ������ � ���� � ������ � ������� � � ��� �����������!����������������������������������������� ����������� ������������ ��������"�����#$%&�'��(������������������������������������ ��������������������������)� �� �������������*���������� ��#���������*���������� �����#���������������&� ���������������������*� �*%���������#��**������ ��#� � ��������#�&*�����+� �## � �� ��������*���������� ���� ���*������'� �+)�����&������ ���*�������(,� ������&������ ���������������������+��+������ ���������� �������������������������������� ����������������������������������� ������ ��� �� ��������������������� ��!�"������ ��#������$"%%$%�"&�����"%�� �'��������� ������� ������������������� ��� ���()������������� ��� ������������������������������������ ������������������,�������������������������� ��#���� ��������� � �� � ������ � ���� � ������ � ������� � � ��� �����������!����������������������������������������� ����������� ������������ ��������"�+��#%�$%��'������������������������������������� ��������������������������������)� �� �������������*���������� ��#���������*���������� �����#���������������&� ���������������������*� �*%���������#��**������ ��#� � ��������#�&*�����+� �## � �� ��������*���������� ���� ���*������'� �+)�����&������ ���*�������(,� ������&������ ���������������������+��+������ ���������� �������������������������������� ��������������������������������� ������ ��� �� ��������������������� ��!�"������ ��#������$"%%$%�"&�����"%�� �'��������� ������� �������������*����� ��� ���()������������� ��� ������������������������������������ ������������������-��������������������������������� ���� ��#���� ��������� � �� � ������ � ���� � ������ � ������� � � ��� �����������!����������������������������������������� ����������� ������������ ������ ��"�������$���'������ ���������������������������� ��� ��(���������)� �� �������������*���������� ��#���������*���������� �����#���������������&� ���������������������*� �*%���������#��**������ ��#� � ��������#�&*�����+� �## � �� ��������*���������� ���� ���*������'� �+)�����&������ ���*�������(,� ������&������ ���������������������+��+������

SÚMULA DE REQUERIMENTO DE RENOVAÇÃO DA LICENÇA DE OPERAÇÃO Arie Willem Bronkhosrt, CPF 222.041.489-20 torna público que irá requerer ao IAP, a Renovação da Licença de Operação para a Atividade de Suinocultura a ser implantado na Chacara Dona Nina, município de Jaguariaiva/PR, CEP 84.200-000

SÚMULA DE RECEBIMENTO DE LICENÇA DE OPERAÇÃO Arie Willem Bronkhosrt, CPF 222.041.489-20 torna público que recebeu do IAP, a Licença de Operação para a Atividade de Suinocultura a ser implantado na Chacara Lageado Siriema, município de Arapoti/PR, CEP 84.990-000

SÚMULA DE REQUERIMENTO DE LICENÇA AMBIENTAL LUIZ FERNANDO DE SENE integrado da BRF S/A torna público que requereu do IAP, Licença Prévia para a atividade de avicultura de corte, implantada na localidade Santo André – Campo Grande – PIRAÍ DO SUL – PR.

Prefeitura Municipal de Tibagi DECRETO No 184. A PREFEITA MUNICIPAL DE TIBAGI, Estado do Paraná, no uso de suas atribuições, de conformidade com o disposto pelo parágrafo único do Art. 74 da Lei Orgânica do Município e considerando o contido no requerimento protocolado na Gerência de Recursos Humanos, R E S O L V E Art. 1º - Exonerar, a pedido, a funcionária ANAMARINA DE CASTRO RIBAS, portadora do RG nº 7.632.441-7/PR, do cargo de Procuradora Geral, a partir de 9 de setembro de 2013. Art. 2º - Este decreto entrará em vigor na data de sua publicação e revoga as disposições em contrário. Registre-se. Publique-se. Cumpra-se. PALÁCIO DO DIAMANTE, aos cinco dias do mês de setembro do ano de dois mil e treze. ANGELA REGINA MERCER DE MELLO NASSER Prefeita Municipal REPUBLICADO POR TER SAÍDO COM INCORREÇÕE


2493 Página Um