Issuu on Google+

Polícia 27

Madeira e Mobiliário é novo curso técnico da Escola 25 de Julho

A precariedade do bairro Colonial

O perfil do novo comandante da Brigada Militar Bairro 5

Educação 21

O REPÓRTER Ano 3 - Nº 222

R$ 1,50

IJUÍ, SÁBADO, 29 DE MAIO DE 2010

Samu/Salvar: mãe alerta sobre condições de equipamentos São Luiz tem candidato à sucessão de Sadi Pereira

Esporte 24

Aipan realiza atividades especiais na Semana do Meio Ambiente Meio Ambiente 23 Fenape promove show de Milionário e José Rico no anivesário de Ajuricaba Região 20 Mostra fotográfica retrata histórias de animais que haviam sido abandonados Cultura 13

Geral 22

Paz de espírito e hábitos saudáveis podem prevenir o câncer Saúde 16

CMYK


2

SÁBADO, 29 de maio de 2010

O REPÓRTER

O REPÓRTER

Da Redação

Grupo Mânica participou de atividades Grupo austríaco retorna e dá entrevista coletiva no Dia do Desafio Retornou para Ijuí, nesta quinta-feira, a comitiva que esteve na Áustria desde o dia 12. O grupo, ligado ao Centro Cultural Austríaco de Ijuí, acompanhado da coordenadora de Cultura Roseli Correa, concedeu entrevista ontem,

Na quarta-feira, toda a cidade esteve envolvida em atividades que comemoraram o Dia do Desafio no Município. No início da manhã, alguns funcionários da Rádio Repórter e do Jornal O Repórter, praticaram alguns exercícios de ginástica laboral com um instrutor do Sesc, marcando assim a participação do Grupo Mânica nas atividades alusivas ao Dia do Desafio.

na ACI. Todos garantem o crescimento pessoal, cultural e profissional, a partir deste intercâmbio. A comunidade ijuiense pode prestigiar o show do grupo austríaco no dia 19 de junho, na Afucooper, às 23h.

Curso Controles Financeiros para o Setor Têxtil e Confecções aconteceu na ACI Nos dias 26 e 27 de maio, aconteceu na ACI o Curso Controles Financeiros Para o Setor Têxtil e Confecções. Participaram do curso 22 empresários do ramo. O objetivo da capacitação foi utilizar ferramentas, instrumentos e processos que possibilitem a organização e o controle financeiro da empresa (customizado para o setor têxtil). O curso foi ministrado pelo instrutor do Sebrae, Anderson da Silva Heineck, de São Luiz Gonzaga.

Wall Mart anuncia investimento de R$ 23 milhões em Santo Ângelo

Prêmio Mérito Empresarial 2010 destaca a Unimed Noroeste/RS A Unimed Noroeste/RS recebe na próxima segundafeira, o Prêmio Prêmio Mérito Empresarial do Rio Grande do Sul 2010, iniciativa da Revista Destaque Gaúcho, que conta com o apoio da Câmara BrasilChina-Mercosul. A entrega da premiação ocorre em evento de gala programado para o Restaurante Panorâmico da

Fenac, em Novo Hamburgo, a partir das 20h, com a presença de autoridades governamentais e convidados especiais. A distinção será recebida pelo presidente da Cooperativa, médico Leandro Roberto Oss Zambon. Entre os homenageados da noite, estarão personalidades que marcaram o cenário eco-

nômico, político e social de diversos municípios do Estado neste ano. Os agraciados são escolhidos por um criterioso júri composto pelos vencedores de anos anteriores. O organizador do evento, jornalista Davenir Breier, projeta cerca de 500 convidados para a décima quinta edição do Prêmio Mérito Empresarial.

CRE realizou reunião com equipes diretivas Na quinta-feira, na 36ª Coordenadoria Regional de Educação, as equipes diretivas das escolas estaduais participaram de uma reunião para discutir o Censo Escolas 2010. Segundo a Coordenadora

Regional de Educação, Noemi Huth, “o repasse de informações sobre o funcionamento do Censo é importante porque as informações geradas nas escolas são a base para a definição das políticas pú-

blicas para área educacional. Enquanto política pública, falamos por exemplo, no caso de recursos para merendas, transporte escolar, manutenção das escolas, investimentos, entre outros”.

Semdet e Coordenadoria de Cultura mudam de endereço A Secretaria Municipal serviços ficaram suspensos serviços serão normalizados de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdet) e a Coordenadoria de Cultura mudaram de endereço nesta semana. Dessa forma, alguns

devido à transferência para a nova sede. O atendimento até sextafeira, 28, foi restrito a informações à comunidade. Os Diretor Administrativo:

O REPÓRTER E.L. Mânica e Cia Ltda. CNPJ: 09.475.474/000164

Av. David José Martins, 1356 - Ijuí - RS - CEP.: 98700-000

Telefone geral: (55) 3332 2000

a partir de segunda-feira, 31, nas novas instalações, localizadas na Rua Floriano Peixoto, junto ao prédio do banco HSBC.

Enzo Luis Mânica

Revisão: Anelise Copetti Dalla Corte

Editora Chefe:

REDAÇÃO Envie sugestões, comentários, críticas e dúvidas para a redação pelo e-mail redacaooreporter@yahoo.com.br; para o endereço Av. David José Martins, 1356, CEP 98700-000, Ijuí, RS; ou pelo telefone (55) 3332 5985.

Estefania Vieira Linhares Diagramador Grégori Danielle Arte Gráfica Jonatan Brivio

O gerente de Relações Governamentais do Wall Mart Brasil, Eduardo Cidade, anunciou ontem nas Missões, os detalhes de investimento que será feito pela empresa em Santo Ângelo. Será instalada na Capital Missioneira uma unidade do Maxxi Atacado, com um investimento de R$ 23 milhões e a geração de 100 empregos diretos e 130 indiretos. O complexo comercial de 5 mil metros quadrados de área construída será implantado na

Parquímetro da Rua 7 de Setembro volta a funcionar A Coordenadoria Municipal de Trânsito (CT) informou que o parquímetro da Rua 7 de Setembro, que estava a dois meses em concerto, voltou a funcionar nessa quarta-feira, 27. Os usuários que estacionarem no local devem ter atenção quanto às regras de funcionamento do parquímetro.

PARA ANUNCIAR Escreva para comercialoreporter@yahoo .com.br ou pelo telefone (55) 3333 7426. PARA ASSINAR Para receber o jornal O REPÓRTER em casa ligue para (55) 3333 7426 ATENDIMENTO COMERCIAL Cinara Mânica Clarice Jarutais

Avenida Brasil, proximidades da sede da OAB, com o objetivo de atender milhares de clientes e pequenos varejistas de Santo Ângelo e regiões noroeste e missões. A construção do novo espaço começa na segunda-feira, devendo ser inaugurado antes do final do ano. A loja oferecerá produtos das áreas de açougue, laticínios, hortifruti, fiambreria, bebidas mercearia, bomboniére, congelados, limpeza, higiene, bazar e eletrônicos.

Dia: 28/05 Horário: 18h30 Prêmio

Resultado

0.984

4.593

8.680

1.142

6.686

2.085

Os artigos publicados com assinatura não traduzem necessariamente a opinião do jornal e são de inteira responsabilidade de seus autores.

Impressão: E.L. Mânica e Cia Ltda.


SÁBADO, 29 de maio de 2010

O REPÓRTER

O REPÓRTER

3

Da Redação

Coordenador de Habitação fala sobre projetos Em entrevista à Rádio R e p ó r t e r, c o o rd e n a d o r explica andamento de projetos na Coordenadoria de Habitação e fala sobre orientação à população. Como está o andamento da Coordenadoria Especial de Habitação? Nós trabalhamos no ano de 2009 no sentido de elaborar alguns projetos aproveitando estes grandes momentos que são os investimentos que o Governo Federal disponibilizou para esse último ano de Governo e sabemos que o programa Minha Casa Minha Vida foi elaborado para chegar, num primeiro momento, a um milhão de residências no Brasil todo. No entanto, houve muitos municípios que não conseguiram buscar esses recursos tendo em vista que não tinham um projeto elaborado e nós fomos trabalhando nessa lógica, de fazer os projetos no ano de 2009 sabendo que provavelmente aconteceria essa situação, então tudo aquilo que conveniamos no ano passado, esse ano está acontecendo já na prática. Dentre desses programas, o Minha Casa Minha Vida, onde estamos chegando perto de 230 unidades habitacionais que estão sendo elaborados nesse momento. Essas famílias já estão cadastradas e estão aguardando o momento oportuno de serem classificadas e, durante esse ano com certeza começara a aparecer em nossos bairros essas construções. Para além disso, estamos trabalhando com o conjunto residencial do bairro São Paulo, que já está em andamento, e

outras 250 residencias que é um programa mais social que eu tenho colocado como uma pequena revolução dentro no município de Ijuí. A resolução 518 que está resolvendo alguns pontos de estrangulamento na área de habitação no município de Ijuí que há muitos anos passam por situações de precariedade, que há mais de 30 anos no município não se mexia, hoje nós estamos resolvendo problemas, inclusive em áreas de conflito, como é o caso do bairro São Paulo, bairro Colonial, bairro Lambari, então temos essas 250 casas que conveniamos no ano passado, nós podemos mexer nas realidades mais gritantes que temos, nos mais diversos pontos da cidade, por isso é que eu considero esse um dos programas mais importantes que estamos realizando na cidade. Os moradores estão conscientizados sobre os requisitos para entrar no programa? Eles têm procurado a Coordenadoria?

Essa é uma questão que temos trabalhado muito, pois quando atendemos na Coordenadoria Especial de Habitação, procuramos dar toda a orientação no sentido de dialogar muito bem com as pessoas, para que estas possam compreender o tempo dos programas, o que implica, quais os resultados. Então procuramos orientar as pessoas no sentido delas se cadastrarem também nos programas que são específicos para cada realidade sócio econômica e cultural inclusive das famílias. Estamos trabalhando no intuito de procurar orientar as pessoas para o lugar certo, porque nem todos se enquadram em qualquer programa, nós temos uma diversidade de realidades, por exemplo, de pessoas que têm terreno, outras pessoas que habitam em terrenos da prefeitura, outras pessoas que não tem terreno, então são as mais diversas situações e realidades, temos trabalhado para orientar a população.

Larry Antonio Wizniewsky

A TOCA DA ONÇA A Culpa é da Bolívia Culpar alguém pelas desgraças que nos afligem é um dos elementos de base da cultura humana. Com a civilização nasceram os sentimentos de culpa e culpabilidade, e estes, até hoje, a definem. A culpa será sempre nossa (o que gera depressão) ou dos outros (o que gera alívio). Entre a depressão e o alívio, é compreensível que a maioria descarregue nos outros suas possíveis culpas e responsabilidades. Isso talvez explique a desastrada e desastrosa declaração do candidato José Serra, para quem a “culpa” pelo massivo consumo de drogas no Brasil, notadamente o crack é do governo boliviano. Segundo Serra este governo seria “cúmplice” do tráfico já que 90% da

cocaína consumida no Brasil vem da Bolívia. Serra perdeu uma grande chance de ficar calado. O inconsciente sempre vaza por onde não queremos. Agora, aguarda-se a previsível temporada de desculpas. A cada culpa, corresponde uma desculpa de igual intensidade e sentido oposto. Normalmente esfarrapada. 70% da cocaína apreendida ano passado no Brasil (18.832 ton) se destinavam à produção de crack. A epidemia do consumo gera apreensão nas classes A e B, mas o grosso dos consumidores ainda se concentra nas classes C, D e E. O problema, como sempre, está na estrutura da sociedade e nos modos como se organizou. No Brasil, e não na Bolívia. 5 anos atrás o percentual de

pasta base apreendido não passava de 20%. Ao apontar a Bolívia como a culpada, Serra incorreu em um discurso da ultra direitista era Reagan, cujo JUST SAY NO (apenas diga não) fracassou redondamente. A culpada? A Bolívia, com o auxílio luxuoso da Colômbia, evidentemente. Para governantes incompetentes, a culpa sempre será dos outros. A verdadeira sede da culpabilidade da epidemia de crack brasileira (é ela que nos interessa, ou deveria interessar) está, é claro, no Brasil. O país é o sexto colocado no ranking mundial de distorções sociais. Estamos atrás apenas da África do Sul, Zâmbia, Naníbia, Zimbabwe e Colômbia. Surpresa estarem a atual sede da Copa do Mundo e a futura neste

ranking? 25% da população brasileira ainda ganha menos de US$ 75 por mês, isto é, menos de R$ 150. Por outro lado, 46 mil pessoas detêm quase a metade das terras brasileiras. Os 10% mais ricos da população brasileira se apropriam de 50% da renda total do país. Já os 50% mais pobres detêm apenas 10% desta renda. Se Serra quer, mesmo, se capacitar como candidato sério à presidência, é para este Brasil que ele deve olhar. Este é o Brasil real. Não há nenhum sentido em ficar culpando qualquer outro país por nossas mazelas. São estas fraturas abissais no tecido social brasileiro que expõem nossas classes menos favorecidas à epidemia do crack. O resto é gritinho histérico de apresentadora de

TV, na hora do almoço. Brasília é uma das quatro cidades mais injustas socialmente do país. Lá, existem inúmeras crackolândia. É de lá que Serra almeja governar o país. Então é hora de olhar para o Brasil e parar de jogar a culpa nos outros. Ou então, nas próximas eleições bolivianas, Serra que se candidate à presidência daquele país, e passe a culpar o Brasil pela epidemia de crack boliviana. Aliás, a Bolívia não registra um consumo tão elevado da droga. Nietzsche tinha uma saída mais criativa. Para ele, a culpa era, sempre, “do pior”. Pode até ser. “Quem não tem colírio, como vovó já dizia, usa óculos escuros. E quem não tem visão bate a cara contra o muro”. Toca Raul, Serra!!!!


4

O REPÓRTER

Editorial A dor de uma mãe Esta semana, a mãe Jussara procurou a Rádio Repórter para relatar a sua história de dor com a perda do filho. Foram anos de luta pela vida de Ezequiel, que nasceu com um problema e estava há 4 anos internado no Hospital de Caridade de Ijuí. No entanto, faz três meses que veio a falecer, após ser transferido a Porto Alegre, com a ambulância do Samu/Salvar, a qual teve problemas com o oxigênio, situação que o menino não poderia enfrentar. A família apenas quer fazer um alerta para que outras pessoas não passem pela mesma dor. É um momento de refletirmos novamente sobre alguns aspectos, nesse caso a ambulância começou a apresentar problemas em Panambi então, porque seguir viagem? De quem é a responsabilidade de decidir por isso? Como diz a mãe, nada trará seu filho de volta, porém é necessário que as demais vidas sejam preservadas e medidas sejam tomadas. A Associação de Proteção à Vida realiza, no dia 7 de junho, uma exposição fotográfica que visa a estimular a adoção de animais vira-latas. São animais que foram recolhidos e castrados e, que estão em busca de um lar. Vale apena conferir o trabalho desenvolvido. A partir de segunda-feira, serão desenvolvidas diversas atividades na Semana do Meio Ambiente, são ações que visam a conscientização da comunidade para que se possa ter um Planeta um pouco melhor. A expectativa é que como nos anos anteriores, a comunidade esteja envolvida. A comunidade do bairro Colonial enfrenta diariamente dificuldades, seja pelo lixo espalhado ou até mesmo pela falta de um posto de saúde citada por um jovem. O presidente do bairro também se manifestou, insatisfeito em vários aspectos. No cenário político, algumas definições estão se encaminhando. O PP acordou com o PSDB. Entre os ganhos, será a indicação do candidato a vicegovernador, que tem entre os nomes cotados o de Vilson Covatti. Falando em eleições, já houve manifestações de interesse em concorrer a presidente do São Luiz,Darci Pretto. O atual presidente Sadi Pereira está há 4 gestões à frente do São Luiz exercendo um belíssimo trabalho. Darci Pretto já avisou que não quer conflito de frente com Sadi Pereira, mas se ele não quiser ser presidente, seu nome já está à disposição para concorrer. Durante a tarde de ontem, foi realizada blitz pela Fazenda do Estado, dos 500 veículos fiscalizados, apenas 4 estavam com o IPVA atrasado.

SÁBADO, 29 de maio de 2010

OPINIÃO

Bullying escolar: um problema social O bullying - expressão utilizada para se referir à violência, tanto física quanto psicológica, intencional e repetida, praticada por um indivíduo - vem tomando proporções sociais cada vez maiores, em especial no ambiente escolar, e exigindo um posicionamento extra-escolar para impor limites aos seus autores e proteger aqueles que sofrem com esse constrangimento. No dia 19 de maio do corrente ano o Brasil teve a primeira sentença proferida pela 27ª Vara Cível, de Belo Horizonte, condenando a família de um estudante da 7ª série do Ensino Fundamental a indenizar sua colega de classe no valor de oito mil reais pela prática de bullying. O juiz Luiz Artur Rocha Hilário, ao analisar o processo proposto pela vítima, considerou razoável fixar uma indenização para repelir a prática de condutas violentas em um ambiente de conhecimento “tradicionalmente alegre, prazeroso e liberal”, mas não atendeu ao pedido feito pela estudante de condenar a escola a uma orientação pedagógica ao adolescente autor do bullying. Nas palavras do magistrado, “não se deve impor ao colégio a orientação pedagógica de aluno. O exercício do poder familiar, do qual decorre a obrigação de educar, segundo o artigo 1.634, inciso I, do Código Civil, é atribuição dos pais ou tutores”, ressaltou. O representante do colégio onde ocorreu tais agressões, declarou que todas as medidas consideradas pedagogicamente essenciais foram providenciadas, fornecendo diversos registros que envolviam atribuições de apelidos e práticas desrespeito-

sas do acusado em relação à estudante. A própria estudante também juntou provas, que foram base para o convencimento do juiz. Em sua conclusão, o magistrado ponderou que “o dano moral decorreu diretamente das atitudes inconvenientes do menor estudante, no intento de desprestigiar a estudante no ambiente colegial, com potencialidade de alcançar até mesmo o ambiente extra-colegial”. As atitudes dos adolescentes, apesar de estarem em sua fase de formação física e moral, devem obedecer a um limite: o de respeito ao desenvolvimento do outro, retomando o conhecido jargão jurídico que “o direito de um termina onde começa o direito do outro”, e a discussão da responsabilidade dos pais vem à baila. Pela nossa legislação civil, os pais são responsáveis pelos seus filhos menores e os tutores pelos seus tutelados enquanto eles possuírem a condição de absoluta incapacidade (até os 16 anos) – período em que os pais/tutorores devem tomar as decisões pelos filhos/tutelados - ou relativa capacidade (entre os 16 e 18 anos) – onde os pais/tutores devem assistir as decisões, supervisionando as escolhas dos menores -, vinculando a este fato a indenização cível por danos (patrimoniais ou morais) que os filhos ou tutelados, por ventura virem causar, conforme art. 932 do Código Civil. A decisão em tela ainda é de primeiro grau, cabendo recurso. Mas nos coloca importante questionamento: será que teremos que contratar um juiz para cada escola, pela ausência de autoridade familiar? Letícia Lassen Petersen, Advogada, Pedagoga

Artigos para esta página: 2.400 caractéres ou 40 linhas de 60 espaços. Envie para o e-mail redacaooreporter@yahoo.com.br


SÁBADO, 29 de maio de 2010

BAIRRO

O REPÓRTER

5

Por Taís Machado

Moradores avaliam o bairro Colonial O bairro Colonial precisa de várias melhorias. Falta de calçamento, problemas no recolhimento de lixo, cachorros pelas ruas, falta de um posto de saúde, são algumas dificuldades que a comunidade enfrenta

S

egundo o presidente do bairro Colonial, Aldair Rodrigues, “nosso bairro tem muitos problemas, mas na Assembleia Popular Local (APL), conseguimos eleger o calçamento de 8 quadras e habitação, esse último sem local definido ainda”. Ele afirma que a maior urgência da comunidade são os cachorros abandonados, “eu acho que tem mais de 100 andando nas ruas, ficamos preocupados, porque eles espalham o lixo e ainda

Na APL moradores optaram pelo calçamento das ruas, um dos problemas do bairro podem transmitir doenças deixam as sacolas rasgadas para as crianças”. Aldair co- pelo chão e vão embora, não menta ainda que o recolhi- voltam para juntar, e ainda, mento de lixo no bairro não das 6 ruas que deveriam pasestá sendo bem feito, “eles sar, passam somente em 2”. E

Motoristas desrespeitam o trânsito na Avenida Brasil Os moradores do bairro Elizabeth, mais especificamente na Avenida Brasil estão indignados com a falta de respeito à sinalização no local. A maioria deles convive constantemente com o perigo. “Na hora de levar meu neto para a escola, é justamente quando tem maior movimento e quando eles são mais rápidos”, fala Rosalina Freire, moradora há 42 anos naquele local. Para os moradores seria muito bom se fosse colocado algum tipo de redutor ou houvesse maior fiscalização nos horários de maior movimento na Avenida. Maria Gonçalves, moradora há 25 anos afirma que “é muita velocidade, é horrível, foi feito até um abaixo assinado para colocar um redutor”. Já para Cristiano Dorneles, a fiscalização deve-

ria ser mais intensa, “tem que ter mais fiscalização, principalmente no horário de movimento, porque geralmente são os mesmos motoristas que desrespeitam o trânsito”. Segundo o coordenador de trânsito Ubiratan Erthal, nos próximos dias será colocado um redutor de velocidade no cruzamento da Rua Emílio

Frederico Buhrer, onde há mais travessia de pedestres e crianças. “Infelizmente, teremos que colocar esse redutor, não sou adepto desse procedimento porque prejudica todos os motoristas, mas se todos respeitassem o limite de velocidade, não precisaríamos tomar essa medida”, explica o coordenador.

há também o problema com detritos jogados em terrenos, “eu explico para os moradores que tem dia certo que o caminhão passa para reco-

lher, nas terças, quintas e sábados, mas mesmo assim eles jogam na sanga ou em outros lugares”, desabafa o presidente. “Eu tenho dois filhos que estudam na APAE, em dias de chuva o ônibus não consegue vir pegá-los”, explica Juraci Soares de Melo, moradora há 10 anos na comunidade. “Aqui está ruim, quando chove, não dá pra sair, é uma lama”, diz a moradora Vera Lúcia de Moraes. Pelo menos para esse problema, a situação poderá ser resolvida no próximo ano, com a liberação do orçamento previsto pelo Orçamento Comunitário Participativo (OCP) 2011. Já sobre o Posto de Saúde, uma reclamação dos moradores, Rodrigues diz que seria muito bom ter um posto para a comunidade, “o posto mais próximo é no Tancredo Neves, as pessoas tem que sair de madrugada para conseguir ficha e, ainda, tem dias que não há médicos para nos atender”, afirma ele.

APL do bairro Sol Nascente é cancelada A Assembleia Popular Local (APL) do bairro Sol Nascente, que seria realizada na terça-feira, 25, foi cancelada. “O motivo maior foi pelo fato do bairro estar sem presiden-

te”, explicou o presidente da UABI (União das Associações de Bairros de Ijuí), César Antônio do Amaral. A organização do OCP 2011 marcará nova data para a reunião.

Depois que a Avenida foi asfaltada, o desrespeito à velocidade se tornou constante

CMYK


6

O REPÓRTER

SÁBADO, 29 de maio de 2010

ECONOMIA Por Estefania Vieira Linhares

Funcionários dos Correios pedem divisão igualitária de lucros Os funcionários dos Correios realizaram paralisações no Brasil inteiro solicitando a divisão em partes iguais da participação nos lucros

O

secretário Sindical – SINTECT, Marcos Dias concedeu entrevista ao Programa Repórter na Tarde falando das mobilizações que estão acontecendo em todo o País, que pedem que a divisão na participação nos lucros, que é realizada todos os anos, seja dividida de forma igual. Em Ijuí, os funcionários dos Correios não pararam os seus serviços como aconteceu em cidades como Pelotas e Porto Alegre e demais regiões do País, na quinta-feira. O município de Ijuí pertence à base de Santa Maria, que abrange 151 municípios, a qual não aderiu as paralisações. “Nós entendemos que não deveríamos parar, porque existe uma possibilidade de se

Marcos Dias esclarece sobre mobilização dos Correios chegar num consenso e num denominador comum”, explica Marcos Dias. A proposta do Sindicato de todo Brasil que deveria ter a participação nos lucros dividida de forma igual

a todos os trabalhadores, entre eles, carteiro, motorista, gerente, operador de transbordo e outros recebendo a mesma parte. Pois, a classe entende que os trabalhadores contribu-

No momento em que se confirmam as estimativas de uma safra de verão recorde de grãos no Rio Grande do Sul, com um total de 24,37 milhões de toneladas, graças particularmente ao clima e a tecnologia utilizada, torna-se imperativo uma breve análise individualizada da situação. Iniciando-se pela soja, tem-se que a produção gaúcha cresceu 23,4% em relação ao ano anterior, batendo em 10,06 milhões de toneladas. Todavia, o preço do saco de soja ao produtor, na média, recuou 31,4%, se estabelecendo, neste final de maio em R$ 32,84. Já os custos totais de produção, segundo a Fecoagro, somariam R$ 32,47/saco para uma produtividade média de 2.400 quilos/hectare (a produtividade média realmente registrada teria alcançado 2.500 quilos/ hectare). Ou seja, um grande número de produtores, mesmo com uma safra cheia, ficou no prejuízo com a soja. Quanto ao milho, mesmo com uma redução de área de 16,2%, a produção cresceu 28,8%, atingindo 5,47 milhões de toneladas. Todavia, os preços igualmente foram ruins. Os mesmos, no período, recuaram 18,2% (a

nos lucros tanto que a empresa até o presente momento, não cumpriu”, destaca Marcos. Outro ponto que a categoria está se mobilizando é o que se refere à assistência médica odontológica vinculada à Unimed, que esse ano foi suspensa, fazendo com que os funcionários ficassem um bom tempo sem assistência médica. Com isso, foi firmado convênio com o HCI Saúde, porém existem cidades próximas que não tem abrangência desse plano, sendo necessário o deslocamento para Ijuí. Entre as ações que serão realizadas pela categoria é a divulgação de uma carta aberta de esclarecimento à população que enquanto alguns funcionários dos Correios estão buscando a participação de lucros de forma igual, outros estão nos bastidores do Congresso para que se evite a quebra do monopólio. Os funcionários dos Correios em Ijuí seguirão acompanhando as mobilização e as negociações sobre a divisão da participação nos lucros anual.

Prof. Dr. Argemiro Luís Brum

TENDÊNCIAS SAFRA 2009/10: PRODUÇÃO E PREÇOS AGRÍCOLAS

íram de forma igual para que se tivesse um lucro. “A proposta da empresa veio bem contra essa igualdade que temos que deveria ser dividido de forma igual. No entanto, é dado R$ 800 aos trabalhadores e é dado o teto máximo aos auxiliares dos Correios que chega a um patamar de R$ 40 mil. Para que se chegasse a um número próximo, o que pedimos como representante dos trabalhadores é que fossem divididos R$ 2 mil para cada trabalhador”, afirma o representante Sindical. Ele esclarece que não foi aderida à paralisação, nesse primeiro momento, por ser empresa prestadora de serviços e buscou-se apoio da população de Ijuí, para que não houvesse acesso dentro do monopólio. “Nós estamos no compromisso e entendemos que a população deve receber as suas correspondências, por outro lado temos 36 Sindicatos representando em todo o Brasil, alguns destes estão descontentes, porque foi abordado anteriormente que deveria ser linear a PRL, na participação

(CEEMA/DECon/UNIJUÍ

queda, em alguns momentos do ano foi ainda maior), se estabelecendo em R$ 15,14/ saco, em média, neste final de maio. Enquanto isso, o custo total ficou em R$ 19,62/saco para uma produtividade média esperada de 4.800 quilos/hectare (a produtividade média realmente ocorrida teria ficado em 4.703 quilos/hectare). Ou seja, o produtor de milho grão para comercialização, no geral, teve prejuízo com o cereal mesmo com o aumento na produção total final. No arroz, a situação ficou ainda mais difícil já que as enchentes do final de 2009 provocaram uma perda ao redor de 1,1 milhão de toneladas no Estado. Com isso, a produção final registrou 7,1 milhões de toneladas. Porém, o preço do saco de 50 quilos ao produtor acabou melhorando um pouco, ganhando 7% no ano (maio/09 a maio/10), com o mesmo ficando em R$ 28,14/saco no balcão, na média estadual no final de maio. Entretanto, o custo de produção estimado é de R$ 28,42/saco (cf. Irga), para uma produtividade média de 7.396 quilos/ hectare. Ou seja, mesmo com a recuperação no preço médio, as perdas financeiras foram grandes para a maioria dos produtores. SAFRA 2009/10: PRODUÇÃO

E PREÇOS AGRÍCOLAS (II) Enfim, o feijão (1ª safra) registra um aumento de 1,7% na área e 2,4% na produção. Já a segunda safra, ficou com 7,3% de redução na área, porém, um crescimento de 19,5% na produção. No total, a produção gaúcha de feijão alcançou 134.137 toneladas, ou seja, 7% acima do registrado no ano anterior. Os preços praticamente ficaram estáveis, chegando ao final de maio de 2010 na média de R$ 67,83/saco, contra R$ 66,08 no mesmo período de 2009. Vale destacar que o preço do feijão, no final de dezembro do ano passado, chegou a ser cotado em R$ 59,50/saco na média estadual. Soma-se a isso um resultado decepcionante com a última safra de trigo, quando a produção recuou para 1,8 milhão de toneladas (produtividade média de 2.110 quilos/hectare), após 2,2 milhões no ano anterior e, mesmo assim, os preços recuaram 10,4%, se estabelecendo em apenas R$ 21,72/saco na média gaúcha neste final de maio. Por sua vez, os custos de produção totais chegaram a R$ 32,62/saco (para uma produtividade média de 2.400 quilos/hectare, fato que piorou a situação real desta lavoura), com o agravante de não haver comprador para o produto em muitos momentos. Assim, se é

indiscutível a importância de termos volume de safra, necessário se faz analisar dentro de que contexto econômico a mesma se situa, antes de tirarmos conclusões apressadas. TRIGO E CÂMBIO Há mais de ano, o mercado brasileiro do trigo vem enfrentando um sério problema de preços baixos. E isso que o país mal chega a produzir, em momentos de safra cheia, 50% de suas necessidades, tendo que importar a outra metade. Um dos problemas centrais se encontra na realidade do mercado externo. Hoje (mais precisamente com dados do dia 20/05), os preços do cereal no mercado mundial estão bem mais baixos do que os registrados um ano antes, com perda de 21,4% (Chicago registrou US$ 4,69/bushel no dia 20/05/2010, contra US$ 5,97/bushel um ano antes). Ao mesmo tempo, o câmbio no Brasil passou de R$ 2,01 para R$ 1,86 no mesmo período (uma valorização de 7,46% de nossa moeda em um ano). Nesse contexto, o produto importado fica extremamente competitivo. Na data aqui considerada o produto argentino era posto nos moinhos em São Paulo a R$ 554,00/tonelada ou R$ 33,24/saco. Para competir com este trigo, o produto do

Paraná deveria ser negociado no mercado FOB paranaense a R$ 478,00/tonelada (R$ 28,68/ saco) e o produto gaúcho a R$ 448,00/tonelada (R$ 26,88/ saco). Já no caso dos EUA, mesmo com as taxas de importação que incidem sobre seu trigo, o produto do Paraná deveria valer R$ 433,00/tonelada (R$ 25,98/saco) e o produto do Rio Grande do Sul R$ 403,00/tonelada (R$ 24,18/saco), ambos no FOB (cf. Safras & Mercado). Lembrando que o preço ao produtor rural, no balcão, é menor do que o preço FOB estabelecido acima. Assim, boa parte das dificuldades na formação do preço do cereal aos nossos produtores, além das questões de qualidade, se deve, neste último ano, a um problema de forte competitividade encontrada junto ao trigo mundial, agravada que foi pela sobrevalorização do Real no período. Enfim, se não fossem os leilões de PEP do governo, que viabilizaram pelo menos o preço mínimo (R$ 33,30/saco para o produto de qualidade superior) aos produtores que conseguiram acessar tais leilões, a situação teria sido ainda muito pior. Isso explica a projeção de uma redução de área com o cereal, para esta nova safra, de algo entre 10% e 20%, tanto no Rio Grande do Sul quanto no Paraná.


SÁBADO, 29 de maio de 2010

RURAL

O REPÓRTER

7

Da Redação

Secretário fala sobre as estradas do interior Secretário Julio Gabbi salienta que logo terá início o encascalhamento de estradas o interior, dando prioridade para trechos emergenciais

Durante a semana, na quarta e quinta-feira, o Departamento de Estudos Agrários promoveu uma reunião de atualização sobre o Sistema Informatizado para Laboratórios de Análise de Sementes (SILAS). O evento contou com a presença do engenheiro agrônomo Oto Carlos Gugeler, coordenador dos Programas e responsável técnico e analista de laboratórios usuários:

O

secretário de Desenvolvimento Rural, Julio Cezar Gabbi, conversou com a Rádio Repórter e afirmou que foram informados por alguns produtores de alguns trechos que estavam praticamente intrafegáveis, mas salientou que por conta das chuvas dos últimos dias, a Secretaria não pode fazer muita coisa. “Não temos como colocar as máquinas trabalhar, por enquanto, até por uma questão de segurança. Quando trabalhamos com cascalho, trabalhamos com caminhões pesados, para a retirada dos cascalhos devido à umidade que tem no solo. E como as estradas estão com muito barro, se puxarmos barro para cima das estradas fica pior ainda”, explica. Gabbi ressalta que já foi até os locais de reclamações e afirma que a Secretaria terá mesmo que trabalhar em cima desses trechos. “Quarta-feira de manhã, às 7h30 tive uma reunião com o prefeito Ballin, onde colocávamos pra ele a atual situação e também conversávamos para ver a possibilidade de trabalhar novamente aos sábados para ver se conseguimos terminar alguns trechos, mas as chuvas, apesar

Empresas brasileiras que exportam alimentos para a Argentina estão reclamando a suspensão de pedidos de empresas argentinas. Essa suspensão estaria atendendo solicitação do governo daquele país, para reduzir as importações (argentinas) e alimentos. Esta seria uma forma de a Argentina reduzir as importações do Brasil, sem enfrentar uma discussão no âmbito do Mercosul, ou seja, sem que ocorram compensações no comércio entre os dois países. Claro, essa atitude passa pela “boa vontade” dos empresários argentinos. O governo brasileiro “abriu” investigação e, caso confirmado (e essa confirmação depende da constatação de um grande número de cancelamentos de pedidos já feitos), o Brasil

LASUL, Santo Ângelo; FUNDIBITEC, Ibirubá; ADV, Chapecó, SC; Sementes Gransul, Tupanciretã e do Laboratório de Análise de Sementes da Unijuí. Conforme o professor Roberto Carbonera, o objetivo principal foi de apresentar as principais alterações que serão implementadas a partir da implantação das Novas Regras de Análise de Sementes que entrarão em vigor a partir da presente safra de inverno.

Secretário fala sobre situação de estradas no interior e previsão de encascalhamento de não terem sido em grande volume, foram constantes, deixando o chão encharcado, então as máquinas não têm condições de trabalho”, comenta. Os principais trechos são a ponte do Alto da União, um trecho com 6 km, bastante grande, onde a Secretaria precisa concluir. Outro trecho é em direção ao Mauá, trecho que também tem problema, em cerca de 2 mil metros, e entre a Linha 2 e Linha 3 ao lado do matadouro Pizzolotto. O secretário de Desenvolvimento Rural Julio Gabbi explica que os principais problemas próximo ao matodouro tem origem por conta do barro. “Lá tem o perigo de um bueiro, onde os caminhões podem cair e também, há uma grande quantidade de barro que faz com que os carros

derrapem. Então para fazer o encascalhamento lá, nós ainda precisamos cortar o cascalho e após a cascalheira nos deixar retirar”. O secretário Desenvolvimento Rural explica que geralmente os lugares onde o cascalho é melhor, acabam sendo lugares impróprios para se trabalhar, por serem geralmente nas lavouras, no meio das propriedades. “O melhor cascalho não é encontrado na beira das estradas, mas em pontos bem ruins de díficil acesso o que acaba dificultando então a retirada do cascalho, porque os caminhões precisam passar no meio da lavoura. O caminhão vai com 15 ou 20 mil kg em cima, o que é uma carga muito grande, que dificulta, não passando de jeito nenhum” diz.

DO ÓCIO AO NEGAÓCIO CONFLITOS NO MERCOSUL!

Deag promove reunião sobre atualização no Sistema de Análise de Sementes

Encontro discutiu atualização sobre Sistema Informatizado de Análise de Sementes

Plantio de trigo está atrasado no Estado Nesta época do ano, conforme os informativos conjunturais elaborados pela Emater/ RS Ascar, em anos anteriores, o plantio do trigo já deveria ter

alcançado os 19%, com cerca de 15% germinados. Entretanto, o plantio segue de forma lenta, por conta do desânimo do produtor ou pelo tempo úmido.

Roberto Macagnan robertomacagnan@hotmail.com tomará medidas de retaliação. Já comentei esse assunto neste espaço, a Argentina vem criando várias dificuldades para impedir a importação de produtos brasileiros. O Brasil precisa reagir, sob pena de prejuízos para a produção nacional. SUPERÁVIT PRIMÁRIO DE ABRIL FOI DE R$ 16,6 BILHÕES A meta de superávit primário (saldo positivo entre o conjunto de receitas menos as despesas do governo), para as contas públicas em 2010 é de R$ 74,2 bilhões. No conceito de superávit primário não estão incluídos os pagamentos com juros da dívida interna. Nesta semana o governo anunciou o resultado do balanço do primeiro quadrimestre, com R$ 24.598 bilhões de superávit,

quando a meta para o período era de R$ 18 bilhões. Só em abril, as contas públicas fecharam com R$ 16.576 de saldo positivo. Com esse desempenho, a tendência é de que a meta do ano seja atingida com folga. Os cortes nas despesas previstos para 2010, em R$ 10 bilhões (assunto comentado na coluna da semana passada), como medida de “desaquecimento” da economia, deverá reforçar o bom desempenho das contas públicas. REAJUSTE DAS APOSENTADORIAS EM DISCUSSÃO O excelente desempenho das contas públicas no primeiro quadrimestre do ano fez o governo federal (presidente Lula) repensar o reajuste das aposentadorias dos 8,3 milhões de aposentados que recebem mais do que 1 salário

mínimo. O Congresso nacional aprovou reajuste de 7,72 %, enquanto o governo havia proposto 6,14 %. A decisão do Congresso criou um impasse: se Lula vetar os 7,72 %, não haverá instrumento legal para viabilizar o reajuste de 6,14 % (que está sendo pago desde janeiro) e seria necessário encontrar uma forma de viabilizar ao menos esse reajuste já em prática. Pelo que vem sendo noticiado, o governo teria duas possibilidades: a) sancionar a lei e pagar os 7,72 % aprovados pelo Congresso; b) vetar o reajuste e conceder um abono com os 6,14 %. A primeira alternativa representa aumento dos gastos públicos e “vitória” política do Congresso. A segunda, demanda um arranjo jurídico e desgaste político ao Governo. Na próxima semana esse assunto terá desfecho.

PENSANDO O IBGE divulgou os dados sobre as empresas brasileiras, referente a 2008. O CEMPRE – Cadastro Central de Empresas contém informações importantes para entender a situação do setor produtivo do país. Lamentavelmente, essas informações são divulgadas com 2 anos de defasagem. Com os avanços da informática e das comunicações, é de se esperar que a busca, processamento e divulgação dessas informações se dê num tempo bem menor.

INDICADORES RURAIS Soja....R$ 33,00 Valores cotados pela Cotrijui no Milho..R$ 14,00 dia 28/05

Trigo...R$ -----


8

SÁBADO, 29 de maio de 2010

POLÍTICA

O REPÓRTER

Por Estefania Vieira Linhares

PP define pontos da coligação com o PSDB O Partido Progressista (PP) acertou os itens para a coligação com o Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB)

O

presidente estadual do Partido Progressista (PP) Pedro Bertolucci concedeu entrevista a Rádio Repórter sobre os ajustes políticos para as próximas eleições, entre eles o apoio a reeleição da Governadora Yeda Crusius. Em janeiro, o partido iniciou os trabalhos para as eleições que acontecem no mês de outubro deste ano. No entanto, o partido se deu conta de que não tinha um candidato ao Governo. Dentro desse cenário, o partido, que é considerado um dos maiores do Estado, foi atrás de alternativas para

as próximas eleições. “O primeiro passo foi arrumar uma candidata ao Senado que fosse uma nova cara para o partido. Buscamos a Ana Amélia Lemos, que é uma figura fantástica do meio jornalístico, que representa muito bem a cara nova que o partido quer dar, principalmente, para a política gaúcha”, relata o presidente estadual do PP. Após essa definição, o partido procurou o PSDB, apresentando a propostas de uma coligação na proporcional, tanto para deputado estadual como para deputado federal e na vice-governança, além do apoio à candidatura de Ana Amélia Lemos (PP). “Pela primeira vez se escutou os presidentes do partido, os vereadores, os prefeitos, buscando na base, o caminho que deveria-se tomar”, explica Pedro Bertolucci. Foi levada a proposta para o PSDB, que entendeu que não poderia ter as coligações nas

Pedro Bertolucci diz que o candidato a vice-governador será escolhido no dia 7 de junho duas proporcionais. “Criou-se um embaraço porque já tínhamos criado um diretório pois acenaram que havia possibilidade de ter uma coligação,

não deu e, então voltamos a estaca zero. O pré-candidato a presidência José Serra (PSDB) veio ao Rio Grande do Sul e nos convidou para uma con-

versa em Brasília, através do atendimento do PSDB para tratar desse assunto, além da candidatura. Foi acertado o apoio a sua candidatura e isso ajeitou melhor a conversa com o PSDB local”, afirma o presidente estadual do PP. Na semana passada, foi apresentada uma proposta semelhante a inicial que foi levada na segunda-feira para o partido. Nessa, apenas excluise a coligação na proporcional para deputado estadual, que foi aceita pelo PP. Segundo Pedro Bertolucci, o partido deverá escolher o pré-candidato a vice-governador, assim, aqueles que tiverem interesse devem manifestar até o dia 31, através de suas regionais. No dia 7 de junho, será realizada uma reunião para definir o nome do pré-candidato. Entre, os que já manifestaram interesse em candidatar-se, está o deputado federal Vilson Covatti (PP).

Darci Pretto propõe mutirão da saúde PCdoB realiza Convenção O vereador Darci Pretto da Silva (PDT) concedeu entrevista ao Programa Repórter na Tarde falando de vários aspectos relacionados à saúde. Segundo o vereador, a situação em Ijuí no que tange a sua estrutura, principalmente na área da saúde, é que muitas vezes os problemas se acumulam e as demandas aumentam cada vez mais. “A saúde do município de Ijuí não é ruim, somos um polo da região, um dos municípios mais bem estruturados do interior do Rio Grande do Sul, mas como a saúde é um saco sem fundo, não há dinheiro que chega, a demanda é cada vez maior frente aos recursos e a estrutura que temos”, avalia o vereador. Para Darci Pretto, o município tem investido de forma significativa na ampliação da saúde, no que remete à estrutura física, para se ter condições de atender melhor

a população. “Mesmo assim, temos deficiência e problemas que a nossa sociedade vem enfrentando no dia-adia”, afirma o vereador. Entre as soluções para resolver essa demanda, é preciso que se realize um mutirão pela saúde,para exames e consultas especializadas. Essa proposta já foi apresentada para o secretário de Saúde Claudiomiro Pezzetta. “Há uma fila enorme para exames e consultas especializadas, tenho convicção em afirmar se buscarmos a participação e a colaboração da classe médica, dos profissionais da área de saúde e dos laboratórios que serão solidários em nos ajudar fazendo o mutirão em uma semana de forma organizada, para que os próprios profissionais arrumem espaços em suas agendas para fazer exames e consultas especializadas. Não é demais um médico fazer umas dez

consultas de forma solidária, de ajudar essas pessoas que precisam e os laboratórios de fazer de forma gratuita, colaborando com a comunidade”, sugere o vereador. Ele citou o exemplo dos advogados que são chamados pela OAB e pelo Poder Judiciário para colaborar ou contribuir com a sociedade no Dia da Cidadania, que é realizado anualmente no município de Ijuí. “Será relevante e trará resolução ao problema da população que é o de ficar na fila por um longo tempo esperando pelo dia e pela hora do atendimento”, conclui o vereador. O secretário de Saúde fez alguns contatos com laboratórios e médicos, conversou com alguns profissionais, porém será necessário definir o mês em que será realizado o mutirão, e buscar alternativas para solucionar os problemas na estruturação da nova Secretaria.

Prefeitos e vice-prefeitos do Partido dos Trabalhadores (PT) estiveram reunidos na cidade de Ajuricaba nesta quarta-feira. De acordo com o vice-prefeito de Ijuí, Ubirajara Teixeira, na ocasião foram discutidas as relações das lideranças, suas atuações nas gestões municipais e os processos comuns entre os municípios. Além disso, foi tratada a organização da campanha presidencial da

candidata Dilma Rousseff na região, a partir da orientação do comitê pluripartidário pró-Dilma no Estado. No encontro, foi definido que Ubirajara Teixeira vai coordenar a campanha da exministra da Casa Civil à presidência, enquanto o prefeito de Cruz Alta, Vilson Roberto, ficará à frente da campanha do ex-ministro da Justiça, Tarso Genro, ao governo do Rio Grande do Sul.

O comitê que apoia a précandidatura da candidata do PT à sucessão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva irá se reunir na terça-feira, 1º de junho, às 10h30, na Câmara de Vereadores de Ijuí. Devem participar do encontro prefeitos, vice-prefeitos e lideranças partidárias que irão constituir a formação de um comitê pluripartidário pró-Dilma regional e, após, em cada município da região.

Lideranças do PT se reúnem em Ajuricaba

Municipal no dia 6 de junho

Após a definição e o anúncio na última segunda-feira da coligação com Tarso Genro para o Governo do Estado, o PCdoB de Ijuí encaminha sua convenção local que acontecerá no próximo dia 06 de junho, às 9 horas, no plenário da Câmara de Vereadores. Numa reunião informal com filiados, na noite dessa quarta-feira, Junior Piaia, integrante da comissão política estadual do partido e um dos presentes no evento de anúncio da coligação realizado na sede do PCdoB, em Porto Alegre, relatou detalhes sobre o ato. Segundo Piaia, duas questões ressaltam este momento político. Em primeiro lugar, a grandeza do PSB e do Deputado Beto Albuquerque ao retirar sua candidatura ao Governo do Estado, e em segundo lugar, a atuação conjunta entre PCdoB e PSB por um projeto para o Rio Grande do Sul que supere a tradicional polarização política no estado e se alinhe ao projeto nacional representado pelo governo Lula e pela candidata Dilma Rousseff. “Tentamos propor ao estado uma candidatura que unificasse os partidos alinhados ao Governo Federal e que superasse a polarização política no Estado em prol desse projeto de desenvolvimento que está em curso no País. Infelizmente não conseguimos

ampliar e unir outras forças. O Deputado Beto Albuquerque teve muita sensibilidade política para compreender esse momento. Seguimos unidos, PCdoB e PSB nesse projeto. Percebemos que o candidato Tarso Genro está sensível a essa proposta e a esse novo momento”, disse Piaia. Dentro dessa conjuntura, é tempo de intensa mobilização. O PCdoB deu início, na semana passada, em contatos com partidos da base do governo Lula para a construção de um comitê Pro-Dilma em Ijuí. A ideia era reunir os partidos ainda esta semana, o que não foi possível, porque alguns partidos ainda estão definindo, em reuniões internas, seus posicionamentos quanto a eleição para presidente. É possível que na próxima semana ocorra a reunião. É como descreveu a Deputada Manuela D’Avila em seu Blog: “É preciso unir o Estado para garantir que a economia gaúcha volte a ser protagonista no Brasil, mas não queremos isso por qualquer motivo. Além da convocação para a conferência municipal, o partido se mobiliza também para a campanha de Rosane Simon ao legislativo gaúcho. Rosane está em Brasília participando de um encontro promovido pela Confederação Nacional dos Trabalhadores no Comércio (CNTC).


SÁBADO, 29 de maio de 2010

GERAL

O REPÓRTER

9

Por Taís Machado

Jovens estão animados com cursos do Projovem Projovem Trabalhador iniciou seus cursos na segunda-feira, 24. “Pelo que percebemos os jovens estão muito animados, até porque, a maioria, está pela primeira vez entrando em contato com um curso de qualificação”, comentou o coordenador do programa Ubirajara Teixeira

Segundo o coordenador, alunos estão bastante empolgados com os cursos Trabalhador), foi lançado oficialmente no município no Salão Farroupilha da prefeitura municipal, é desenvolvido pelo município, através do Programa Ijuí Profissionalizado,

com apoio do Governo Federal e visa à inserção de no mínimo 30% dos jovens, qualificados profissionalmente através dos referidos cursos, no mercado de trabalho. Segundo o

Dom Pedro I, nº 182, no Bairro Assis Brasil. Na ocasião, conforme o Estatuto da entidade prevê serão realizadas as eleições do presidente, vice-presidente e secretário executivo e dos Conselhos Curador e Diretor. O presidente da Fundação Cultural, Daniel Klimiuki está convocando dois representantes do Poder Público (Executivo e Legislativo), representantes das entidades culturais e parceiros e colaboradores, também podem participar indústria, comércio, escolas e demais interessados. Nos Conselhos serão elei-

tos dez representantes, sendo que cinco titulares e cinco suplentes, que após elegerão o presidente. Entre os objetivos que Fundação Cultural está estabelecer a dinâmica cultural como a reorganização das representações e as formas de expressar-se dos grupos. Segundo o presidente da Fundação a participação das entidades é muito boa. No entanto, a Fundação busca sempre o apoio para a realização de eventos. “Toda a comunidade tem o compromisso com a cultura, num espaço para que se participe e se valorize as iniciativas da Fundação”, frisa

coordenador do Programa e vice – prefeito Ubirajara Teixeira, “o programa vem se desenvolvendo desde de o ano passado, quando começamos a buscar junto ao Governo o apoio necessario para desenvolver o Projovem Trabalhador”, informa. O Projovem Trabalhador visa qualificar profissionalmente jovens, de 18 a 29 anos, desempregados, que concluíram ou estejam cursando o ensino fundamental ou o ensino médio, e que comprovem renda familiar de até um salário mínimo. Entre os parceiros do Programa estão o Instituto de Políticas Públicas e Desenvolvimento Regional – IPD/Fidene, o Senai e o Senac. “Pelo que percebemos os jovens estão muito animados, até porque, a maioria, está pela primeira vez

entrando em contato com um curso de qualificação”, afirma Ubirajara. O Projovem ofereceu 600 vagas em Ijuí e terá uma duração de seis meses, com 350 horas/ aula. Cada aluno receberá uma bolsa mensal de R$ 100, durante esse período. Foram disponibilizados cursos nas áreas de alimentação, construção e reparos, turismo e hospitalidade, administração, agroextrativista, arte e cultura, madeira e móveis, metalmecânica, vestuário, serviços pessoais, saúde, serviços domésticos e telemática. Porém, o coordenador salienta, “o fato de termos esse projeto neste ano, não significa que teremos no ano que vem, para o próximo ano teremos que começar do zero e tentar novamente uma parceria com o Governo”, explica.

Daniel. A Fundação Cultural elaborou dois projetos que foram encaminhados a Conselho Municipal de Cultura (Comuci). O primeiro deles tem como

objetivo solicitar recursos ao Município para a reforma do prédio em que funciona a sede. O segundo projeto tem por objetivo buscar apoio para o grupo de teatro da entidade.

O Fundação Cultural realiza Assembleia Geral Ordinária P ro g r a m a N a c i o n a l de Inclusão de Jovens (Projovem

A Fundação Cultural realizará no dia 4 de junho uma Assembleia Geral Ordinária, na sede localizada na Rua

Daniel Klimiuki

Hélio Lopes fatorama.reporter@gmail.com

FATORAMA O doutor Francisco Paz, diretor do Centro de Vigilância em Saúde do Estado, entrevistado com exclusividade na “Mais Popular”, afirmou que o surto da dengue está controlado, mas que o problema não acabou. O competente médico comentou que diante da chegada do frio o mosquito vai se multiplicar um pouco mais devagar, mas entre setembro e outubro começam as chuvas e o calor, quando o Aedes certamente irá voltar. Conforme o doutor Francisco Paz, ainda não existe vacina contra a dengue, com previsão de que possa ser oferecida uma prevenção mais efetiva dentro de 5 a 6 anos. ***** O alerta foi feito pelo diretor da Vigilância em Saúde, dizendo que “se não controlarmos o mosquito, a cada ano teremos surto e transtornos

de toda a ordem”. Lembrou que não houve óbitos, nem casos muito graves em Ijuí, ao contrário de outras regiões. Ijuí foi protegida pelo clima e pela organização, analisou Francisco Paz. ***** Luiz Antônio Covatti, filho dos deputados Vilson e Silvana, iniciou caminhada pelo interior do estado, pensando em ser candidato à Câmara Federal pelo Partido Progressista, certo de que o pai dele será confirmado pré-candidato a vice-governador na chama de Yeda Crusius. Com apenas 23 anos, mas afirmando conhecer os bastidores políticos, o jovem Covatti conclamou a juventude a se envolver mais na política, por entender que a renovação é fundamental. ***** E com a confirmação da vereadora Rosane Simon para

a disputa de uma vaga à Assembleia Legislativa, o PCdoB deve anunciar a disposição de concorrer também à Câmara Federal com candidatura local, possivelmente de Junior Piaia. A questão deverá ser resolvida até o dia 13 de junho, segundo afirmação de Piaia no Fatorama. ***** Deputado Federal Darcísio Perondi não escondeu a emoção durante a solenidade de ontem à noite, abrindo as comemorações dos 75 anos do Hospital de Caridade de Ijuí. O ato foi desenvolvido na Estação da Mata, contando com inúmeros convidados no lançamento do livro “A força da Comunidade”, reportando os 22 anos de gestão de Perondi no comando do HCI. ***** Professor universitário estudioso da temática ambien-

tal, questionou em entrevista na Rádio Repórter o projeto de revitalização da Pedreira. Para Daniel Cenci, o projeto não é ruim, mas é muito caro, pelo valor de 17 milhões de reais. Como sugestão, disse que trabalharia com outras opções de parques e áreas de convivência em outras regiões de Ijuí, tornando a cidade mais inclusiva. Cenci entende que a discussão deve ser ampliada e citou a fala de um morador, em audiência pública recente, que disse que o projeto da Pedreira não atendia as necessidades de quem vive na área. ***** Conselho Deliberativo do Esporte Clube São Luiz programou Assembleia Geral Ordinária para o dia 2 de junho, a fim de apresentar o trabalho da comissão temporária que trata da devolução do terreno do estágio 19 de Outubro ao município de Ijuí, mediante

ressarcimento das benfeitorias. Igualmente, haverá apresentação de proposta de alteração regimental e estatuária, permitindo antecipação da data de eleição da diretoria. ***** O Brasil de Farroupilha, do atacante Anderson Ijuí, está classificado para o quadrangular final da Segundona Gaúcha, juntamente com o São Paulo de Rio Grande e o Lajeadense. Última vaga será decidida amanhã entre Guarani de Bagé e Cruzeiro de Porto Alegre. ***** Na igreja matriz da Natividade, ocorre hoje, às 20h30, o enlace matrimonial do odontólogo ijuiense Gilnei Calegaro Gonçalves com a fisioterapeuta Caroline Machado, natural de Santa Cruz do Sul. Os convidados serão recepcionados na Sociedade de Ginástica. Parabéns!


10

SÁBADO, 29 de maio de 2010

HISTÓRIA

O REPÓRTER

ADEMAR CAMPOS BINDÉ

Os antigos produtores de bebidas As pequenas fábricas de bebidas estão inseridas no processo de industrialização que começou a ser implantado nos primórdios da colonização de Ijuí. Os colonizadores europeus que aqui vieram se radicar, gradativamente, foram diversificando suas atividades. Mesmo não abandonando a produção de subsistência, muitos passaram a se dedicar a outros ramos, entre os quais, floresceram as fábricas de bebidas. Algumas das principais iniciativas nessa área, vamos lembrar nesta página de reminiscências do passado

N

os primeiros anos da colonização de Ijuí a liderança na produção de bebidas era ocupada pelas fabriquetas de cachaça e vinho. De acordo com um levantamento do ano de 1914 existiam 50 fábricas de cachaça e 51 de vinho. Esses números sofreram significativas oscilações nos anos seguintes. No ano de 1933, por exemplo, o número de fábricas de vinho caiu para cerca de 30 e o de cachaça cresceu para mais de 90. Uma das características da época é de que a localização dessas fabriquetas se situava, predominantemente, na área rural. Uma das consequências desse número de fábricas de cachaça e vinho leva os produtores a um processo de aglutinação, a fim de enfrentar a concorrência de fora que começava a ser sentida. Assim surge a Co-

operativa Ijuiense dos Produtores de Álcool e Aguardente, por iniciativa de Theodósio Da Ros, Valentim Faustini, Ângelo Sasso e outros, e o Consórcio Cooperativa dos Vitivinicultores, liderado por Theodósio Da Ros. Paralelamente começaram a surgir estabelecimentos que se dedicavam a fabricar outras bebidas, entre os quais se destacam as fábricas de cerveja e gasosa. Um dos pioneiros nesse setor foi Henrique Knudsen, que se torna um dos mais fortes fabricantes de bebidas, seguido por Alberto Genz, proprietário da Cervejaria “Ganso”. Em 1917, Henrique Knudsen participa com a sua produção de cerveja numa exposição em Pelotas. No ano de 1924, ele vende sua fábrica, que se localizava na esquina das ruas do Comércio com a Tiradentes para Steglich & Werner. Quatro anos depois, Ernesto Werner torna-se o único proprietário da cervejaria,

A Fábrica de Cerveja e Gasosa Knudsen ficava na esquina das ruas do Comércio e Tiradentes

Fotos: Coleção Família Beck Acervo MADP

Ernesto Werner era um dos mais antigos cervejeiros de Ijuí que se instalou na rua Tiradentes, nas proximidades da atual sede do Fórum. Ernesto Werner tornou-se um dos mais conhecidos cervejeiros de Ijuí. Ele era nascido em Vera Cruz, então município de Santa Cruz do Sul, no dia 19 de maio de 1899, portanto há 111 anos atrás, como filho do imigrante alemão Adolfo Werner e de Carolina Zipper Werner, natural deste Estado. Ernesto Werner veio para Ijuí por volta de 1915 e aqui resolveu seguir os passos do pai, que era cervejeiro. Seu irmão Frederico Werner, seguiu outro

rumo, tornando-se fabricante de camas, cadeiras, fogões a lenha e outros utensílios de ferro. A fábrica de Ernesto Werner, na sua fase áurea, contava com cerca de 20 funcionários. O cervejeiro era o que tinha a função mais qualificada, enquanto os demais se dedicavam especialmente no engarrafamento e lavagem de garrafas, operação essa, na qual era utilizado um tambor acionado por energia elétrica. Além de produzir cerveja e gasosa, Ernesto Werner passou a também explorar a industrialização da água mineral Fonte Ijuí. Aos poucos, ele deixou de produzir cerveja e passou a revendedor da Companhia Cervejaria Brahma, continuando com a fabricação de refrigerantes. Com o correr dos anos, a Indústria e Comércio de Bebidas Werner Ltda. passou a ser distribuidora de empresas de fora, que atuavam no mesmo ramo, no caso, além da Brah-

A Fábrica de Cerveja de Alberto Genz

ma, as cervejarias Continental e Antarctica. Essa situação não perdurou por muito tempo. A exigência da Brahma de que a revendedora local igualmente comercializasse seus refrigerantes.e também esse mercado cada vez mais competitivo terminou levando ao fechamento da fábrica no ano de 1961, mais ou menos um ano antes do falecimento de seu titular Ernesto Werner, no dia 22 de março de 1962. A atividade comercial ficou então a cargo de Bertholdo Rieger e Arno Wuttig, conseguindo se manter até o ano de 1971. Além da Cervejaria de Alberto Genz, já citada, destacamos a firma Joseph & Cia., fundada em 1920, que além de cerveja e gasosa, também diversificou suas atividades produzindo vinagre, licores e vinhos, e também o Bitter Salva-Vidas. Na produção de licores, se destacou Max Sokolowski, com sua Fábrica de Licores Hansa. Na área de fabricação de bebidas outros nomes merecem ser destacados. Evidentemente, não vamos conseguir lembrar de todos. Podemos citar a firma V. Faustini & Cia., que eram compradores, engarrafadores e exportadores em grande escala de bebidas; o Theodósio Da Ros, que era fabricante e exportador das aguardentes Serrita e Raposa; o João Baptista Berno, que fabricava vinho e aguardente; os Bos, que por muitos anos lideraram no setor de comercialização de bebidas; o Alberto Baggio, que explorava as águas alcalinas da Fonte Itaí; e os Vontobel que por vários anos atuaram na Fonte Ijuí.


SÁBADO, 29 de maio de 2010

O REPÓRTER

GERAL

11

Por Talita Mazzola

Múltiplo prestação de serviços

H

á 4 anos no mercado, a Múltiplo Prestação de Serviços busca se posicionar como a melhor solução para a contratação de mão-de-obra temporária e terceirizada. Neste ano de 2010, a empresa conquistou um novo cliente que a coloca no rumo dos seus objetivos. A Vinícola Aurora, cooperativa premiada em diversos países pela sua produção de vinhos de diferenciada qualidade, passou a fazer parte da carteira de clientes da Múltiplo. Esta conquista é celebrada pela Múltiplo Prestação de Serviços, dando a certeza sobre o potencial para cumprir com a missão enquanto empresa. O serviço prestado junto a Vinícola Aurora envolveu várias atividades na fábrica, desde a descarga dos caminhões no recebimento da uva até os procedimentos iniciais para a fabricação do vinho, sendo realizado no período iniciado em janeiro, estendendo-se até março. Foi necessária a contratação de mais de 100 funcionários, todos originados

da nossa região exigindo soluções logísticas, definindo uma estrutura que envolveu convênios, transporte, alojamento, dando condições ideais para a realização do serviço, garantindo a tranquilidade para que suas famílias não passassem qualquer necessidade. Ações desenvolvidas pela Múltiplo O trabalho realizado pela Múltiplo está voltado ao recrutamento, seleção, contratação, monitoração e rescisão de contratos assumindo todas as etapas burocráticas. Além, de realizar o desenvolvimento de soluções logísticas viabilizando funcionalmente o serviço a ser prestado, principalmente em locais distantes. O que são a terceirização e o trabalho temporário? A terceirização é a contratação e gestão mão-de-obra por empresa responsável. As atividades que podem ser terceirizadas são as atividades meio, ou, atividades de

apoio, que não estão diretamente envolvidas com o objetivo final da empresa, pro exemplo: Serviços gerais de armazenagem, carga e descarga, expedição, higienização, monitores, telefonistas e mão-de-obra extra de acordo com a necessidade em função da sazonalidade, ou datas comemorativas. O trabalho temporário é a contratação de mão-de-obra extra para atividades onde o contrato pode ter duração previsto de até 6 meses segundo a lei 6019/74, buscando suprir um acréscimo extraordinário de serviços, ou substituição temporária de funcionário regular.

balho temporário tendo a autorização expedida pelo Ministério do Trabalho. O certificado da Múltiplo Prestação de Serviços está registrado sob o número 02112. Verifique a idoneidade da empresa pesquisando sobre a existência de demandas trabalhistas. Solicite a apresentação da documentação atualizada da empresa, bem como das negativas de débito. Para a contratação de

trabalho temporário é fundamental a apresentação do certificado do Ministério do Trabalho, habilitando-a para esta atividade. Múltiplo Prestação de Serviços, a sua solução para terceirização e trabalho temporária, e certificada pelo Ministério do Trabalho. Visite nosso site www.multiploservicos. com.br ou ligue 3333-2222. A empresa está situada na Rua 12 de Outubro 564, Ijuí.

Política de relacionamento A empresa realiza a avaliação pós-venda, fornecimento regular de cópias das negativas de débito, disponibilidade, facilitando o atendimento aos nossos clientes. Cuidados ao contratar uma prestadora de serviços A empresa só pode atuar através do contrato de traTrabalhadores cadastrados na Múltiplo realizando trabalho na Vinícola Aurora

Marcus A. Weber

Paulo Chaves

CMYK


12

SÁBADO, 29 de maio de 2010

SOLIDARIEDADE

O REPÓRTER

Por Taís Machado

Técnico em Enfermagem realiza Trote Solidário O trote solidário está cada vez mais difundido entre os estudantes. Ações como essa, ajudam a propagar o sentimento de partilha entre os jovens

N

o dia 24, segunda-feira, o Curso Técnico em Enfermagem, Turma C, do Centro de Educação Básica Francisco de Assis entregou ao Lar Bom Abrigo cerca de 30 quilos de alimentos não perecíveis. Os alimentos foram arrecadados pelos alunos como forma de Trote Solidário. A iniciativa partiu dos alunos

Alunas entregam alimentos arrecadados para o Lar da Turma B, do Curso Técnico da Escola. Participaram do Trote, 30 alunos da instituição

acompanhados pela professora Cledir Tânia França Garcia. O Instituto Lar Bom Abrigo

é uma entidade que presta atendimento a crianças e adolescentes do sexo feminino, em regime de abrigo. As meninas são encaminhadas para a entidade através do Conselho Tutelar ou Juizado da Infância e Juventude. No Lar, além de participar da escola secular, ainda têm várias atividades, entre elas: orientação ao princípio de higiene, culinária, aulas de informática, pintura em tecidos, tricô, crochê, formas e épocas do plantio de verduras, hortaliças e flores, acompanhamento escolar, atividades esportivas e religiosas, coral e grupo de coreografia. Para a diretora do Instituto, Marli Gaspar da Silva, o trote solidário é uma importante ferramenta de multiplicação da solidariedade, “além da importância do

material que recebemos e que precisamos, é muito importante que os jovens tenham essas iniciativas, pois no momento em que se trabalha com os alunos atitudes assim, eles vão levar para dentro da sua casa e para sua futura família também”, salienta Marli. Ele é mantido através de projetos, convênios com municípios e principalmente por doações da comunidade. Para quem quiser ajudar, contribuindo financeiramente, o Lar Bom Abrigo possui uma conta no Banco do Brasil, Agência: 0371 9, Conta n°.: 14 777 x, ou no Banrisul: Agência 0220, Conta n°.: 06 004 110 06. E para contribuir de outra maneira o endereço do Instituto é na Rua Aristeu Pereira, S/N, Bairro Burtet, telefone 3332-6912.

Campanha de doação de medula motivou Lançada Campanha do Agasalho do Governo do Estado a comunidade ijuiense no sábado A AAPECAN (Associação de Apoio a Pessoas Com Câncer) de Ijuí, junto com o Hemocentro de Cruz Alta, realizou no último dia 22, a Campanha “Seja Doador Voluntário de Medula Óssea”, realizada na Praça da República. A iniciativa foi procurar dentro da comunidade de Ijuí, pessoas com a compatibilidade que possam fazer o transplante de medula. A Associação atende desde 2009 66 pacientes do Município e Região, com cestas básicas, leite longa vida, leite em pó, suplementos alimentares, vale transporte urbano, vale gás, medicamentos, fraldas descartáveis geriátricas e infantis, entre outros. Participaram da Campanha de doação 161 voluntários para a amostra de sangue, “com isso, esperamos

O Governo do Estado lançou, nesta terça-feira, 25, nos jardins do Palácio Piratini, a Campanha do Agasalho 2010, com o tema “Não deixe o frio assustar neste inverno. As doações de roupas, agasalhos e cobertores poderão ser entregues nos postos de coleta espalhados por todo o Estado, até o dia 31 de agosto. Os postos de coleta estão localizados em hospitais, escolas, farmácias e supermercados. O Conselho Estadual dos Povos Indígenas (Cepi), vinculado à Secretaria da Justiça e do Desenvolvimento Social (SJDS), está promovendo tam-

bém, uma campanha para arrecadar agasalhos e mantimentos para os povos índigenas. A arrecadação beneficiará as comunidades guaranis, kaingangues e charruas de todo o Estado. Para doar, as pessoas devem se dirigir aos postos de arrecadação, como prefeituras e órgãos do Estado, farmácias e supermercados. No ano passado, a Campanha do Agasalho arrecadou 1,4 milhão de itens entre agasalhos, cobertores, roupas, calçados e 165 toneladas de alimentos não perecíveis, distribuídos entre 429 entidades assistenciais e 252 prefeituras.

A Campanha superou a meta de participação de 2009 encontrar um doador compatível e que possa levar esperança a quem, com certeza, está precisando”, falou o assessor de comunicação da Unidade

de Ijuí, Paulo Vilson Marques. “Nós da AAPECAN, que acreditamos na vida, estamos muito orgulhoso por fazer parte desta comunidade”, finaliza Paulo.

Termina em 30 de junho prazo para envio de dados sobre saúde do Bolsa Família As prefeituras de todo o País têm até o dia 30 de junho para informar ao Ministério da Saúde dados dos beneficiários do Bolsa Família. Das 12,5 milhões de famílias beneficiadas, 10,5 milhões estão incluídas no grupo, formado por gestantes e crianças de até 7 anos. Com base nos dados parciais enviados até o dia 22 de junho, calculase que apenas 31% (3.332.699) das famílias que têm esse perfil são monitoradas. Desse total,

3.319.607 estão em dia com as vacinas e os exames pré-natal. Os municípios que não repassarem as informações vão deixar de receber os recursos que o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) destinam para o programa.Quase mil cidades ainda não registraram as informações no sistema do Ministério da Saúde. O cadastro de informações que incluem vacinação infantil e pré-natal deve ser feito todo se-

mestre. O atendimento na área de saúde e a frequência escolar são os dois requisitos para o recebimento do benefício. O Programa Bolsa Família (PBF) é um programa de transferência direta de renda com condicionalidades, que beneficia famílias em situação de pobreza e extrema pobreza, de acordo com a Lei 10.836, de 09 de janeiro de 2004 e o Decreto nº 5.209, de 17 de setembro de 2004.

A Campanha foi lançada na última terça-feira

Viva a Vida acontece no dia 13 O Programa Viva a Vida completa um ano de seu lançamento, no dia 13 de junho, Praça da República, a partir das 16h. Para isso, as quatro comissões envolvidas nos trabalhos estão organizando programação especial para

o dia. De acordo com o secretário de Governo e Articulação Institucional, Josias Pinheiro, atrações musicais e apresentações artísticas estão sendo buscadas para atrair a comunidade no dia 13.


SÁBADO, 29 de maio de 2010

CULTURA

O REPÓRTER

13

Por Drica Morais

Cães vira-latas e gatos serão tema de mostra fotográfica A exposição, promovida pela Associação Protetores da Vida, mostrará a história de animais que eram de rua, foram adotados e, hoje, tem uma vida saudável

A

partir do dia 7 de junho, o Shopping JB será palco da mostra fotográfica “Somos todos vira-latas”, promovida pela Associação Protetores da Vida (APV). A exposição, que contará com cerca de 100 fotos, mostrará a história de cães e gatos de rua, que foram adotados e, hoje, tem uma vida saudável. “Mais do que conscientizar as pessoas para o não abandono, nós queremos incentivar a adoção de cães vira-latas, e não a compra de animais de raça. E o motivo é simples: hoje, temos cerca de 150 cachorros vivendo no canil municipal, em condições precárias”, justifica a veterinária Marlova Mardini Klohn. De

A mostra terá, somente, fotografias preto e branco acordo com ela, os cachorros mais velhos normalmente sofrem mais, porque frequentemente são abandonados e dificilmente adotados. “Nós, da Associação, não temos mais condições de abarcar todos os animais abandonados e, por isso, estamos apostando na conscientização. Mas Ijuí, infelizmente, é uma cidade fechada, como tantas outras. As pessoas não percebem o animal como um ser vivo, mas

De acordo com Marlova, as fotografias são de voluntários, parceiros da Associação

como um objeto, que pode ser utilizado quando novo e descartado quando velho”, salientou Fábio Israel Butignol Mariani, integrante da APV. De acordo com Fábio, a Associação é contra os abrigos de animais, porque facilitam o abandono e acabam tirando a responsabilidade das pessoas. “Aliás, ninguém entende que abandonar um cachorro naquelas condições do canil é um crime”, diz. Marlova afir-

ma que a unidade não deve ser conhecida como um depósito de animais, mas como um local de passagem para aqueles que estão em situação de risco. “E por isso a importância da exposição: mostrar que os vira-latas podem se tornar bichinhos bonitos, dóceis e companheiros, basta cuidá-los. Que adotar um animal abandonado é até mais gratificante que comprar um de raça”, afirma a veterinária.

Nos próximos meses, a Associação investirá num projeto de apadrinhamento de animais, já que muitas pessoas não podem ter um cão ou um gato em casa. “Assim, um dia por semana, o padrinho pode ir até o canil, ver seu bichinho, dar um pouco de carinho e levá-lo para passear. Isso ajudará, e muito, no bem-estar daqueles animais”, finaliza Marlova. As fotos, lembrando, são de voluntários.

De olho na agenda! De 7 a 21 de junho, a exposição ficará no Shopping JB; de 1° a 14 de julho, no Hospital da Unimed e de 23 de julho a 6 de agosto, no Fórum.

BLOG DA MÚSICA

www.iguatemifm.com

Daniel Sommer

A APV é contra os abrigos de animais, pois facilitam o abandono

+ O astro de R&B Usher é o destaque da vez nas paradas da Billboard. Sua parceria com Will.i.am, OMG, continua na primeira posição das paradas há três semanas consecutivas. O rapper B.o.B, em parceria com Hayley Williams (Paramore), vai para o segundo lugar com a música Airplanes. A popstar Katy Perry, junto com o rapper Snoop Dogg, cai para a terceira posição com seu novo hit, California Gurls. Confira os 3 primeiros do Hot 100 da Billboard desta semana: 1. Usher ft. Will.i.am OMG 2. B.o.B ft. Hayley Williams (Paramore) Airplanes 3. Katy Perry ft. Snoop Dogg California Gurls

+ De acordo com fontes próximas a Shakira, ela estará nesta quinta-feira com o famoso DJ europeu Brodinski. Os dois irão se encontrar em Barcelona para tratar de assuntos relacionados a novo disco, embora não se saiba se eles trabalharão em uma nova faixa u em algo já previamente gravado por Shakira. Além disso, Shakira foi indicada a um prêmio por seu trabalho voluntário. Ela recebeu uma indicação ao prêmio Do Something, apresentado pela VH1, na categoria Artista Musical.

CMYK


14

O REPÓRTER

AGENDA SOCIAL

ESTAÇÃO DA MATA – Hoje, terá a Festa Let’s Have Fun, com Os Suburbanos, na Estação da Mata. SOCIEDADE AIMORÉ - A Sociedade Esportiva e Recreativa Aimoré convida para baile da 2ª e 3ª idade, que será realizado hoje, a partir das 15h, com animação de “Alemão do teclado”.Até às 16h30, mulheres não pagam ingresso. CHÁ DAS ETNIAS - Será realizado hoje, às 15h, na casa Holandesa, o Chá das Etnias. Estão convidadas todas as senhoras integrantes do movimento étnico e solicita-se que todas levem um prato de doce ou salgado. Na ocasião, cada participante deverá levar um produto de limpeza, que será doados à APAE de Ijuí. É importante o comparecimento de todas as senhoras, pois serão tratados assuntos de relevância ao grupo. FESTA NO IJUÍ DA LINHA 8 – A EA Produções realizará, no dia 2 de junho, uma grande festa no Ijuí da Linha 8. Serão oito horas de festa, sob animação das bandas Legal, Passarela e Estrela Azul, juntamente com a máquina da Profissom. Ingressos antecipados podem ser adquiridos ao valor de R$15,00, com os integrantes da comunidade, nas farmácias São João, Farma G, Supermercado Modelo, Oster Pneus, Agropecuária Santana, Sônia Cabeleireira, Mini Mercado Freitas (Glória), Vita Farma (Bozano), Farmácia Kadeado (Augusto Pestana) ou na Saga Vídeo (Ajuricaba). DESFILE SHOW – No dia 2 de junho, haverá um Desfile Show em prol da APAE de Ijuí, a partir das 20h. O evento, que ocorrerá no Salão da Afucoper, terá apresentação dos alunos da APAE, desfile e show com Sandro Fogaça. O ingresso é um produto de limpeza. ESTAÇÃO DA MATA – No dia 4 de junho, a Estação da Mata realizará a festa Gritos de Liberdade, com o Grupo Rodeio. JANTAR DOS NAMORADOS - O Grupo de Danças Staburags, do Centro Cultural Regional Leto de Ijuí, convida a todos para o Jantar dos Namorados, que acontecerá no sábado, dia 12 de junho. O evento acontecerá na Casa Leta, no Parque de Exposições Wanderlei Burmann. As fichas estão sendo vendidas pelos dançarinos do grupo e pela Diretoria do Centro Cultural, ao valor R$ 50,00.

SOCIAL

SÁBADO, 29 de maio de 2010

FORMATURA No dia 30 de janeiro deste ano, formou-se em Direito Mário Oliveira Júnior. Radiantes estavam seus pais, Mário e Marli Oliveira, e o mano Andrei (Tchubi). Atualmente, Mário exerce a função de secretário do curso de Direito, na Unijuí. “Que Deus abençoe a sua caminhada e que você realize todos os seus sonhos”. É o que deseja a sua família, Mário.

ANIVERSÁRIO Patrícia Vargas das Chagas comemorou seu aniversário de 11 anos na última quartafeira, dia 26. Ela recebeu o carinho de seus pais, Carlos Alberto e Silvia, e demais familiares. Parabéns, querida!

COMEMORAÇÃO A segunda-feira será mais especial para Laura Milena Ve r c e l i n o R o r a t t o , q u e completará 16 anos. Desde já, ela recebe os parabéns de seus pais, Ademir e Nara, seu irmão, Vitor, e de todos os integrantes da Invernada Artística do Grupo de Arte Nativa Cabo Toco. Laura, que neste dia, todas as alegrias do mundo sejam suas. Felicidades!


SÁBADO, 29 de maio de 2010

O REPÓRTER

SOCIAL

15

LIONS CLUBE REALIZOU JANTAR BENEFICENTE No último sábado, dia 22, o Lions Clube de Ijuí promoveu um Festival de Massas, em sua sede. O evento, realizado em prol da Associação de Saúde Mental de Ijuí (ASSAMI) e da Associação dos Diabéticos, contou com um cardápio variado, com os mais diversos tipos de massas. Confira quem compareceu ao Festival:

Ricardo e Vera Miron

TROCA DE ALIANÇAS A Equipe da Elis fotografia e filmagem digital parabeniza os noivos Marissan e Edson pelo seu enlace matrimonial, ocorrido no último dia 15, na Igreja Natividade. Felicidades ao casal!

Valter Mânica Costa e Elisia Schonardie Costa

Rosi e Flávio Hoerle

Silvio Brust e Anna Maria Laer

Doris e Jorge Montardo

ROTARY CLUBE COLMEIA TEM NOVOS MEMBROS Na quinta-feira, às 20h, o Rotary Clube Colmeia empossou Pedro Finkler, Pedro Burtet e Miguel Barriquelo. No total, a entidade conta com 31 membros.

FESTA EM DOSE DUPLA Na segunda-feira, o garotinho Bruno completou seus 6 aninhos e, pouco antes, no dia 16 de abril, sua irmã Camila comemorou seu aniversário de 8 anos. Ambos receberam o carinho de seus pais, Márcio e Cristina Kinalski. Felicidades aos dois!


16

SÁBADO, 29 de maio de 2010

SAÚDE

O REPÓRTER

Por Drica Morais

Prevenção é arma contra o câncer De acordo com oncologista, nós somos responsáveis pelas nossas doenças. Para prevení-las, basta ter hábitos saudáveis e, principalmente, paz interior

U

m diagnóstico de câncer pode ser devastador, é fato. E existem bons motivos para se ter medo: todos os anos, surgem 500 mil novos casos e cerca de 140 mil pessoas morrem em decorrência da doença. Mas o câncer não é o único mal do século XXI, como apontou o oncologista Fábio Franke, em palestra realizada na quartafeira, na Cripta São Geraldo, sobre o tema “Desafiando o Câncer”. “Poucos sabem, mas

A palestra de Fábio Franke fez parte da programação do Dia do Desafio 30% da população brasileira sofre de depressão e acaba perdendo a vida em função desse mal. Aliás, anualmente, ocorrem 1 milhão de suicídios em todo o mundo”, disse o médico. O Rio Grande do Sul, por sua vez, continua liderando a lista de casos no País. “O

que as pessoas não entendem é que nós somos responsáveis pelas nossas doenças e que devemos, sim, cultivar os bons hábitos, evitando o cigarro, o álcool e os produtos industrializados. Devemos, de fato, cuidar da parte física de nosso corpo, mas sem deixar

de lado a psicológica. Isso nos garantirá uma vida saudável”, alertou Fábio. De acordo com o oncologista, é comum, hoje, o uso de antidepressivos sem receita médica e a prescrição, nos consultórios, desse tipo de medicamento. Mas as pessoas não param pensar ou perguntar “por que estamos passando por isso?”. “A população vive escondida atrás da desculpa que não há tempo e isso tem uma repercussão enorme na saúde de cada um. Não nos dedicamos ao outro e, por consequência, nos tornamos pessoas frias, negativas e sem aproveitar as coisas simples da vida”, diz Fábio. E é evidente: o tempo é tratado como uma moeda de troca, que pode ser gasta, ganha ou desperdiçada. E o lazer, quando existe, é substituído por diversões compradas. “Infelizmente, nos passaram a falsa ideia de que a felicidade está na conquista material e no fato de sermos bonitos, fortes e ricos. Mas do que serve tudo isso quando a doença bate a nossa porta? O tempo, outrora gasto, passa a correr contra nós e o dinheiro tornase incapaz de devolver a nossa saúde”, lembrou Fábio. Prevenção

Segundo o oncologista, não há fórmulas mágicas para se prevenir o câncer, apenas ter hábitos saudáveis e paz interior. “É muito comum histórias de pessoas que conseguiram se recuperar do câncer, e de outras doenças graves, após a manutenção de sua postura positiva frente à vida. Todos nós viveríamos melhor se deixássemos de lado a culpa, o rancor e as energias negativas. E todos, lembrando, deveriam aprender a perdoar, a viver em sociedade e respeitar a posição do próximo. Dessa forma, teríamos menos casos de doenças, certamente”, afirma o oncologista. E a questão espiritual tornou-se tão importante que foi incluída como disciplina em todos os cursos de Medicina nos Estados Unidos. Segundo Fábio Franke, basta cinco coisas para a manutenção de nossas vidas: viver bem, entender que nascemos para amar, e não para sermos amados; compreender que o trabalho é o sentido de nossas existências; que o mal que nos faz mal é aquele que nós fazemos, e, por fim, que sempre existirá um sol dentro de nós. “E que essa energia está pronta para ser utilizada em prol do próximo”, completou.

Valter Mânica valterfarmaceutico@hotmail.com

Afinal, o que é colesterol? Injustos aqueles que relutam o colesterol como um dos vilões da saúde. Ao contrário do que muita gente pensa, esse componente, funciona como uma espécie de calibrador natural das células, favorecendo a troca de substância entre elas. Além disso, o colesterol ainda participa da produção da bílis (fluido produzido pelo fígado para digestão de gorduras) e dos hormônios sexuais. A má fama, no entanto, vem da LDL, proteína de baixa densidade que se une ao colesterol para transportá-lo pelo corpo. O problema é que essa proteína acaba deixando rastros de colesterol pelo caminho. Com o tempo, os resíduos se fixam na parede das artérias, formando as placas de gorduras prejudiciais á saúde. Para varrer os restos de colesterol espalhados pelo corpo, a HDL entra em ação. Trata-se de um outro tipo de proteína, com alta densidade e especialista em evitar o entupimento das artérias. Eles são os famosos mau e bom colesterol, respectivamente. O problema denominado de colesterol alto surge quando as taxas de LDL estão mais altas

do que deveriam, e a gordura começa a se acumular. O ideal é que os números de LDL se mantenham baixos e os de HDL altos. As taxas podem ser medidas com exames de sangue e seus valores mínimo e máximo variam de acordo com o estilo de vida que a pessoa leva (sedentária ou praticante de exercício) e com o peso. Doenças relacionadas aos vasos sanguíneos (no coração, nas pernas e até no cérebro) é efeito colateral mais comum dos altos níveis de LDL, podendo atingir pernas, coração e até mesmo o cérebro. Para manter seu colesterol no valor ideal, uma alimentação balanceada, evitando gorduras saturadas e não abusando do açúcar, é indispensável. Fuja das carnes gordurosas e de embutidos, como mortadela, presuntos e salsicha. Troque o leite e o iogurte integrais por versões desnatadas e substitua os queijos cremosos e amarelos por variações brancas. Importante: A pessoa deve procurar um médico que provavelmente irá associar um modelo de orientação, exames com uma medicação. CMYK


SÁBADO, 29 de maio de 2010

CLASSIFICADOS

DIVERSOS SUPER PROMOÇÃO de Lençóis Térmico Ijuí. Lençóis térmicos com 1 ano de garantia, 100% poliéster, nota fiscal direto de fabrica. Possuímos vários tamanhos e modelos! Entregamos na sua casa. Ligue e confira 3332 4790 e 9111 8002. Atendimento nesse final de semana. Trabalhamos com secador e aquecedor de toalha e piso térmico.Na compra de qualquer produto, você concorre a uma moto 0km dia 30 nov. CUIDO DE PESSOA internada em ambiente hospitalar no turno da noite. Técnica em enfermagem com experiência. Tratar com Ana no fone 8124.5883. OPORTUNIDADE DE EMPREGO: procuramos consultores de venda com disponibilidade de horários e facilidade com tele-marketing, para atuar em Ijuí e região. Agende uma entrevista pelo fone: 3332.2133. PRECISA-SE DE MARCENEIRO, com experiência e preferencialmente aposentado. Tratar fone: (55) 9919.9698.

fermas e internadas em hospital no turno da noite. Interessados tratar com Ana no fone: (55) 8124.5883. VENDE-SE uma lavagem de carro. Ótima localização e boa clientela. Av. 21 de abril a 50m do leão das tintas, preço a combinar. Fone 9915.3127 ou 9178.8362. VENDE-SE MÁQUINA de costurar sacos, com nota e garantia de um ano. Valor: 820,00. Tratar no 8111.8888. VENDE-SE COM URGÊNCIA uma linda charrete, com viação animal. Toda pintada e reformada, em ótimo estado. Não perca essa. Peça rara. Fone: 9143.1664.

VENDE-SE GATO PERSA, branco point cream, macho, Tratar: 9938.9471.

VENDE-SE UMA LANCHERIA equipada e com clientela formada. Motivo: outros negócios. Tratar no 9107.5539.

TÉCNICA EM ENFERMAGEM, cuida de pessoas en-

TECH ART - ADESIVOS EM RECORTE E DECORA-

ÇÃO DE VITRINES COM ADESIVOS! Decore a sua vitrine para Outono/Inverno, Dia das Mães, Promoções, Liquidação, Aniversário, etc.. Projeto sem custo e orçamento sem compromisso. Contate (55) 9954.5246.

nhecimento das danças tradicionais. Instrutor Leonardo Veiga. Interessados comparecer na sede da entidade domingo dia 28/03 a partir das 17:00 hs. Maiores informações no 9169 6893 ou 9116.8900.

SENHORA de 50 anos de idade se oferece para trabalhar como empregada doméstica. Contatar com Maria de Fátima no 8425.9223.

CABRAS BOER. Vendo excelentes novilhas (matrizes). Tratar (55) 9951.4868.

CONFECÇÃO E DIGITAÇÃO DE TRABALHOS EM GERAL. Faço e digito trabalhos, resumos, apostilas, contratos, procurações, currículos, etc. Busca e entrega, com rapidez, agilidade e qualidade. 12 anos de experiência comprovada. Fones 9969.0936 ou 9134.4184. O CCN do Piazito Carreteiro convida peões e prendas com idade à partir de 15 anos para participar da invernada artística adulta com ou sem co-

BARILOCHE. Venha participar de uma inesquecível viagem para Bariloche. Informações: VianaTur Viagens e Turismo (em frente ao Banco do Brasil) e Virgínia Parenti, nos fones 3332.8455 e 9902.9593. BARILOCHE MAIS. Venha participar de um grupo de jovens para Bariloche nas férias de julho. Acompanhante Virginia Parenti. Maiores informações: VianaTur Viagens e Turismo (em frente ao Banco do Brasil) nos fones (55) 3332.8455 e 9902.9593.

O REPÓRTER

17


18

O REPÓRTER

CLASSIFICADOS

SÁBADO, 29 de maio 2010

VEÍCULOS

VENDE-SE FORD FIESTA STREET, ano 2002, único dono, em estado de novo, com apenas 29.000 km rodados. Todo original. Tratar 9139.4070 com Solange ou 9951.4559 com Vanderlei. VENDE-SE BELINA 79/80 vermelha, no valor de R$ 3000,00. IPVA 2010 pago. Interessados tratar com Adriano no fone 9102.9172. VENDE-SE MOTO FAZER, 250cc Ano/Modelo 2008 com 7.000 Km - IMPECÁVEL -2ºDONO! Fones para contato: 9974.7986 / 9933.8717 VENDE-SE um FORD 350, ano 2002, com baú. Interessados tratar no fone 3331.7100.

CMYK


CLASSIFICADOS

SÁBADO, 29 de maio de 2010

VEÍCULOS VENDE-SE FORD FIESTA STREET, ano 2002, único dono, em estado de novo, com apenas 29.000 km rodados. Todo original. Tratar 9139.4070 com Solange ou 9951.4559 com Vanderlei. VENDE-SE BELINA 79/80 vermelha, no valor de R$ 3000,00. IPVA 2010 pago. Interessados tratar com Adriano no fone 9102.9172. VENDE-SE MOTO FAZER, 250cc Ano/Modelo 2008 com 7.000 Km - IMPECÁVEL -2ºDONO! Fones para contato: 9974.7986 / 9933.8717 VENDE-SE um FORD 350, ano 2002, com baú. Interessados tratar no fone 3331.7100. VENDE-SE uma Biz, ano 2006, preta com 12.000km rodados. Valor R$ 4.200,00. Tratar 9622.8778. VENDE-SE VECTRA CD, branco, ano 95, placa ICJ8176, completo, cambio automático, teto solar, roda, pneus quase novos, revisado, 2º proprietário. Preço: R$ 12000,00 + 5x de R$ 594,00. Tratar fone: 3331.1396, 9963.1111 ou 9978.1806. VENDE-SE UM TRATOR Valmet 885, com Multi Torque, ano 91, em bom estado. Interessados tratar no fone: 9622.7746. VENDE-SE FUSCA, ano 80, em ótimo estado. Preço de barbada. Interessados tratar no fone: 9167.8543. VENDE-SE AUDI A3, ano 2001, completo, excelente estado. Aceita-se troca. Tratar com Rogério no fone 9658.0638. VENDE-SE: ou troca-se por carro de menor valor, caminhonete Mistbishi L-200, Vermelha, cabine dupla, 4x4, ano 1995. Aceita-se proposta. Fone: 8443-8955. VENDE-SE FIORINO 1.5, Ano 95, Motor novo. Placa IEB-8385. Valor R$ 11.000,00. Tratar no 3332.7384. (Prodan Informática), 9971.9678 com Marcelo ou 9925.0665 com Evandro. VENDE-SE GOL 1.0, Ano 96, Motor novo. Placa CBY-

4672. Valor: R$ 11.000,00. Tratar no 3332.7384 (Prodan Informática), 9971-9678 com Marcelo ou 9925.0665 com Evandro. VENDE-SE UNO 1.0, FireFlex, Ano 2006, Ar Condicionado. Placa INB-4926. Valor: RS 18.000,00. Tratar no 3332.7384 (Prodan Informática), 9971.9678 com Marcelo ou 9925.0665 com Evandro. VEDO MOTO KANSAS DAFRA, 250 cc. modelo Custom, ano 2009. Placa IRM4560, IPVA pago. Contatar 3332.5241. VENDE-SE BIZ, ano 2000, verde, em ótimo estado. Entrada de R$ 800,00 mais R$ 2.000,00 em materiais de construção. Fone: (55) 9189.4805.

IMÓVEIS

VENDE-SE 8 HECTARES de terra. Contém um açude de 1 hectar, casa material com água de poço artesiano, galpão, chiqueiro, luz e força. Valor: 130.000,00 Interessados tratar no 9983.8383. VENDE-SE APARTAMENTO no Res. San Marino, 2 dormitórios, sala dois ambientes, cozinha em porcelanato, sacada com churrasqueira e box de garagem. Tratar 3332.8911 ou 9122.8523. ALUGA-SE APARTAMENTO, no centro, sem garagem. Interessados tratar no fone: 9163.3930.

VENDE-SE FIAT PRÊMIO, cor prata, ano 1986. R$ 3.500,00. Tratar: (55) 9136.3800.

VENDE-SE um terreno localizado no bairro Assis Brasil, próximo a Igreja Cristo Rei e ao colégio IMEAB. No valor de R$ 60.000,00. Tratar 9622.8778.

VENDO MOTO DAFRA, 100 cilindradas, vermelha, 0km. Valor: R$ 2.200,00 Placa: IQS.8292. Interessados contatar no 9133.9709.

VENDE-SE um terreno de meio hectar, na BR 285, na entrada do Parque de Exposições, para fins comerciais. Tratar 9622.8778.

VENDE-SE UNO Fire básico,2005-2005, valor: R$ 16.000,00. Tratar fone 9101.7293.

ALUGA-SE SALA para consultório médico. Rua Treze de Maio, 145, junto a Odontomed. Tratar 33311814.

VENDE-SE VECTRA 98, 2.0, completo, valor: R$ 22.000,00.Tratar fone 9101.7293. VENDE-SE GOL Power, 1.6, 8 válvulas, ar cond e direção hidráulica. Flex, 2005-2005. Valor: R$ 22.000,00. Tratar fone 9101.7293. VENDE-SE FUSCA, ano 80. Cor bege, freios dianteiros a fazer, assoalho direito a fazer, bom de lataria, parte elétrica, caixa e motor. Documentos em dia. Valor: R$ 2.600,00. Vendese Chevette ano 82. Fone pra contato: 8413.4849.

sede com acesso asfaltado, situado às margens da BR 185, Caibaté. Contato 9998.8287.

ALUGA-SE APARTAMENTO no Bela Vista. Trata fone 3332.4114 ou 9906.9333. VENDE-SE UMA CASA e alvenaria com 4 dorm., sala, cozinha, dispensa, lavanderia, 2 banheiros, garagem p/ 2 carros com 142,50 m², terreno 19x20 de esquina. Rua Artur Fucks, 361 no Bairro Jardim. Pode ser financiada pela C.E.F Interessados contatar pelo fone (55)9965.9317 ou (55)8434.6685. VENDO 48 hectares de terra com possibilidade de 120 hectares para arrendo. Excelente

VENDO CASA no bairro Modelo, no valor de R$ 90.000,00. Aceito troca. Interessados contatar pelo 9171.3653. TROCA-SE uma casa de alvenaria de seis peças, no bairro Getúlio Vargas, por outra casa em outro bairro. Maiores informações no telefone 8445.9327. VENDE-SE ou TROCA-SE. 1 casa de alvenaria sem teto. AV. Padre Antônio Kuber nº 10. Fone para contato: 8436.8378. VENDO UMA CASA mista, na Rua Jorge leopoldo Weber, bairro Assis Brasil. A 150 metros da nova sede administrativa do Demei. Valor: R$55.000 Tratar fone 9115.0031. VENDE-SE UMA ÁREA DE TERRA de meio hectare, situada na entrada do Parque de Exposições Wanderley Burmann, no trevo. Tratar no fone 9622.8778. VENDO: uma casa mista na Rua Jorge Leopoldo Weber, Bairro Assis Brasil, a 150 metros da nova Sede Administrativa do DEMEI. Valor R$ 55.000,00. Tratar 9115.0031. VENDE-SE CASA de alvenaria com 106m², possui sala comercial de 56m² e um terreno de 15X30m². A casa tem churrasqueira, o terreno cercado e grades nas janelas para uma melhor segurança. Está localizada na Rua Marcos Bresolin, nº 19, Bairro Getúlio Vargas. Valor: R$35.000,00, recebe carro de até R$10.000,00. Tratar no fone: 9656.5385.

O REPÓRTER

19


20

SÁBADO, 29 de maio de 2010

REGIÃO

O REPÓRTER

Por Talita Mazzola

Ajuricaba

Fenape terá show de Milionário e José Rico hoje Nos 44 anos de Ajuricaba, município terá grande show de comemoração

O

prefeito de Ajuricaba, Orlando Koller, informou que o município está preparado para receber os visitantes da região,na Fenap, que teve início ontem. Para comemorar o aniversário do município, Ajuricaba traz para alegrar a noite de hoje o show com Milionário e José Rico. As expectativas são para um grande público, considerando a tendência regional para a música sertaneja de raízes. O maior público da história da dupla foi em Ijuí, 85 mil pessoas. A dupla é uma das mais

Show com Milionário e José Rico é a grande atração de hoje na Fenape famosas do país, conhecidos nacionalmente como “As gargantas de ouro do Brasil”. Eles

já gravaram 29 discos desde o ano de 1973, além de dois DVD’s e dois filmes, “Na Estra-

da da Vida”, de 1980, e “Sonhei com você”, de 1988. A música “Estrada da Vida”, de autoria de José Rico em 1978, tornouse lendária, intitulando até o filme de grande sucesso, onde Milionário e José Rico atuam, interpretando eles próprios. Agora a dupla chega a cidade de Ajuricaba para comemorar os 44 anos da cidade, com a promessa de um grande show e um grande público. Quem ainda não comprou seu ingresso pode procurar as Farmácias São João da região.Conforme o prefeito, ainda possível encontrar alguns ingressos no valor antecipado de R$10,00. Ontem, o Ministro da Agricultura e Pesca, Altemir Gregolin, esteve ministrando o Seminário Estadual da Piscicultura, onde o público da área técnica, lideranças e produtores em ge-

ral de toda a região estiveram presentes. O seminário tinha por finalidade fomentar toda a cadeia produtiva do peixe, ou seja, desde os itens de exigência da legislação, a construção dos tanques, a produção de alevinos, sanidade, a engorda e toda a logística para o beneficiamento e comercialização do produto final, até chegar a mesa dos consumidores. Os visitantes da feira, além de prestigiar o grande show, poderão experimentar uma variedade de mais de 20 pratos à base de peixe. No domingo, acontece a Copa Cidades de Motocross, abrigando cerca de 200 pilotos, que estarão correndo nas diversas baterias para um público estimado de 30 mil pessoas. Após, acontece o show com a banda Exellence e Som Profissom, no Clube.

Catuípe

Jóia

Recuperação de estradas no Município realiza obras no asfaltamento da RS 218 interior é prioridade O prefeito Jânio Andreatta informou à Rádio Repórter que no município será dado uma atenção maior a recuperação dos corredores principais. “Recebemos há poucos dias caminhões novos, já haviam recebido o rolo compactador, retroescavadeira, estamos trabalhando encaminhando as documentações, até na quarta-feira foi encaminhada à última documentação para a Caixa Econômica Federal, nós fomos contemplados em Brasília com o valor de R$585 mil para a compra de uma patrola nova”, diz. O prefeito afirmou ainda que será aberto uma licitação na semana que vem para a recuperação de estradas, também com recurso do Go-

verno Federal. “Nós vamos construir quatro novas pontes e o restante do dinheiro será investido nas nossas estradas. Vamos contratar empreiteiras para licitar e aquela que ganhar nós vamos fazer alguns trechos que são essenciais”, afirmou, salientando que o maquinário da prefeitura já está trabalhando na região de São Pedro do Pontão. “Nós recebemos um recurso do Daer de R$47 mil onde estamos fazendo 10 bueiros e fazendo em torno de 12 km de estrada cobrindo totalmente ela com pedra cupim que é uma pedra bastante abundante em nosso município, então nesse momento estamos trabalhando com nossa equipe na comunidade de São Pedro do Pontão”.

O prefeito Joelson Baroni, em conversa com a Rádio Repórter, relatou algumas obras que o município vem desenvolvendo, dentre elas a obra que foi esperada por toda a região, o asfaltamento da RS 218. “Essa é uma obra muito importante para Catuípe, auxiliando no desenvolvimento da região”, afirma. Baroni salienta que a administração está acompanhando o desenvolvimento das obras, realizando visitas regularmente. “As obras estão num ritmo bastante acelerado. A governadora Yeda, no lançamento do edital da obra, na Fenamilho, disse que queria ainda inaugurar e entregar essa obra até o final do ano. E eu posso dizer que pelo andamento do serviço, se o tempo permitir e não faltarem recursos, acredito que isso deve se concretizar”,

diz. Quanto às demais obras, o prefeito de Catuípe explica que eles trabalham no sentido de tentar realizar todos os projetos do município. “Trabalhamos sempre no sentido de não criar falsas expectativas, e sim, dizer que temos uma meta para buscar e cumprir. Se vai ser possível não sei, mas que vamos tentar, nós vamos”, diz. O prefeito afirmou que foram estabelecidas algumas metas. “Algumas já foram concretizadas, outras estamos projetando, outras dependem de recursos de outras esferas, mas temos metas sim, e sem sombra de dúvidas a questão da recuperação, da manutenção das estradas, principalmente no interior do município, tendo vista que somos muito dependentes da produ-

ção agrícola, especialmente na questão da soja, na questão da bacia leiteira, que é a que movimenta nosso comércio, o encascalhamento das estradas trem sido uma meta nossa e é o serviço que nós nunca paramos de realizar”. Baroni explicou que quando o tempo permitir, a administração já está com suas máquinas na localidade da Lagoa dos Patos, Esquina Bom Sucesso, onde será feito o encascalhamento das estradas. “Estamos hoje com uma boa estrutura de máquinas e caminhões, não suficiente, mas muito razoável. Isso está ajudando a amenizar os problemas, porque sabemos que nesse sentido não vamos ter 100%, porque é um trabalho constante que precisa ser renovado de tempo em tempo”, explicou.

Pejuçara

Bruning fez seleção de 15 candidatos para o curso de soldador O supervisor de Recursos Humanos da Brüning, Ronaldo Wegener, esteve em Pejuçara no dia 19 de maio, para fazer a seleção de um grupo de quinze candidatos para realizar o curso de soldador. A Bruning conta com um grande número de pejuçarenses no quadro funcional de sua indústria em Panambi, sendo uma empresa parceira da prefeitura para a realização de mais esse curso. Os alunos que tiverem bom aproveitamento no curso terão a possibilidade imediata de ingressar no mercado de trabalho, com

a titulação de soldador. Segundo Ronaldo Wegener, na seleção para o curso foi possível avaliar quem tem aptidões para desenvolver a habilidade de soldador, porém, ao longo do curso é que irão se destacar os bons profissionais. Os alunos destaque poderão ter emprego formal em grandes empresas, inclusive, na Brüning Tecnometal. O investimento para esse projeto será de R$700,00 por aluno, totalizando R$10.500,00. Os gastos serão com o pagamento do curso e o transporte. Esse investimento será dividido entre a

Bruning e a prefeitura de Pejuçara. Inicialmente, o curso foi oferecido aos integrantes do Programa Bolsa Família. A divulgação foi ampla no município, com avisos entregues nas escolas para serem repassados diretamente aos alunos integrantes do PBF (Programa Bolsa Família). Este público preencheu a maioria das vagas para o curso e, segundo a equipe técnica do Departamento de Assistência Social, isto vem ao encontro das propostas do Bolsa Família, capacitando seus integrantes para o trabalho.

Supervisor da Bruning esteve em Pejuçara para realizar seleção


SÁBADO, 29 de maio de 2010

EDUCAÇÃO

O REPÓRTER

21

Por Talita Mazzola

Escola 25 de Julho oferece curso em Madeira e Mobiliário Madeira e Mobiliário é o novo curso técnico oferecido pela Escola 25 de Julho, e já tem suas inscrições abertas

A

carência de recursos humanos qualificados, especialmente na área de Madeira e Mobiliário, foi sentida e manifestada pelos empreendedores do setor moveleiro da região, através de seus órgãos representativos (ACI - Associação Comercial e Industrial de Ijuí, SEBRAE e AMMI – Associação dos Moveleiros da Microregião de Ijuí, hoje caracterizada como Pólo de Móveis de Ijuí e Região) que, em conjunto com a escola, deram início ao projeto do Curso de Madeira e Mobiliário, que hoje se concretiza na prática. Esse curso visa oportunizar maior desenvolvimento econômico e inclusão social à região. O Curso Técnico em Móveis é constituído de quatro Etapas

Alunos afirmam que realizar todo o processo de criação e desenvolvimento é muito interessante ,totalizando 1.200 horas acrescidas de Estágio Supervisionado de 400 horas, conforme as competências indicadas de acordo com o processo teórico-prático para a habilitação profissional e com o perfil do profissional proposto no Plano de Curso.

O Técnico em Móveis formado pela escola técnica, constitui-se num profissional com capacidade de projetar e fabricar móveis e esquadrias em madeira e similares. Participa do planejamento e supervisão da produção. Projeta melhorias e coordena

Método Kumon, teste e comprove a eficiência O método de estudo do Kumon busca formar alunos autodidatas, através de um estudo individualizado, treinando o aluno para que ele consiga aprender sozinho. O segredo do sucesso do método Kumon é o respeito à individualidade e ao ritmo de cada aluno e o compromisso deste com sua própria aprendizagem. O principal objetivo do Kumon é que todos seus alunos evoluam com facilidade até o estágio J e acima, ou seja, até os conteúdos do Ensino Médio. Os benefícios adquiridos através do método Kumon é a auto-estima, concentração, autoconfiança, disciplina, organização e capacidade de execução de tarefas, con-

centração, responsabilidade, tranquilidade e segurança garantida de assimilação. Outros benefícios adquiridos pelos alunos Kumon é aprender com os próprios erros, superandoos, além de desenvolver a disciplina, a organização e o compromisso com o próprio avanço, a independência, a auto-avaliação e a iniciativa em busca do conhecimento por si. Além dos fatores citados, o método Kumon agrega a participação da família como componente fundamental na educação e aprendizado das crianças. Conforme a metodologia Kumon, é importante que os pais elogiem seus filhos, dêem exemplos, mostrando que estudar é importante e que

ler é divertido, estabelecendo hábitos saudáveis e estimulando a criança a pesquisar e descobrir as respostas sozinha. Criar um ambiente propicio e respeitar o tempo de estudo do seu filho são fatores fundamentais para o bom desenvolvimento deste, acrescentando a busca por soluções definitivas, incentivando as crianças a gostarem de matérias como matemática e português e participando das atividades, reuniões e eventos da escola. Confira a metodologia do Kumon e matricule seu filho para comprovar a eficácia do método. Quem realizar a inscrição até o dia 10 de junho ganha 100% de desconto na matrícula.

tecnicamente o processo de produção. Executa manutenção em produtos moveleiros, realiza o planejamento e é capaz de gerir uma empresa na área moveleira. O curso oferecido pela Escola 25 de Julho, trabalha com profissionais qualificados nas áreas de aprendizagem prática e teórica. A escola também já tem algumas parcerias com empresas que contratam para estágio, os alunos formado no Curso Técnico, e salienta que está aberta a fechar outras parcerias com empresas interessadas. Os alunos que cursam o Técnico em Móveis também contam com palestras diferenciadas de profissionais e empresas ligadas a área e que tem grande nome no mercado, como, por exemplo, a Todeschini que já realizou uma palestra com os alunos da primeira turma do curso, que forma-se no final do ano. Para os alunos, o curso é muito interessante e desperta o interesse deles no ramo.

“Acho legal, pois aprendemos várias técnicas de fazer um móvel. É um ótimo curso para adquirir conhecimento para seguirmos no ramo”, diz Igor Dürks, aluno do curso. Mas não pense que são só os homens que seguem essa linha do Madeira e Mobiliário, Aline Baldissera é aluna e afirma que também acha o curso muito criativo e que ele oportuniza o desenvolvimento de técnicas unidas à criatividade. “Depois que conheci todo o processo achei muito interessante. Adquirimos todo o conhecimento técnico e temos a oportunidade de desenvolver, desde o desenho, até a elaboração de nossos próprios móveis. Acho o curso muito interessante e pretendo seguir no ramo”, diz Aline. Os interessados no curso já podem se inscreverem. São 30 vagas para o início de agosto. As inscrições podem ser feitas na Escola 25 de Julho, até o dia 11 de junho. Para mais informações, entrar em contato pelo telefone 3332-8370.

Alunos do CSCJ participam de etapa nacional das Olimpíadas de Matemática As Olimpíadas de Matemática que já estão acontecendo em âmbito nacional, teve vagas asseguradas na competição por alunos do Ensino Fundamental e Ensino Médio do Colégio Sagrado Coração de Jesus. Os problemas matemáticos propostos desafiam os alunos a demonstrar sua capacidade de resolver problemas matemáticos que envolvem não só o raciocínio lógico, mas também a sua habilidade de interpretar textos e imagens.

Os alunos que conseguiram sua classificação para a final das Olimpíadas que aconteceu ontem foram, na categoria de 5ª e 6ª série, João Pedro Kelm, Leonardo da Chaga dos Reis, Pedro Henrique Fagundes e Maria Alice da Luz Cunha. Na categoria de 7ª a 8ª série, os classificados foram, Arthur Baggio Pietczak, Gabriela Sartori da Silva e Mariana Stragliotto. Na categoria do Ensino Médio, o classificado foi Douglas da Silva Pinos.

Mães são homenageadas na Escola Cândida Turra A Escola Municipal Infantil Professora Cândida Iora Turra homenageou as mães com várias atividades diferenciadas, dentre elas oficinas de demonstração de chantala para bebês, decoração de unhas, tingimento de panos de prato, ginástica laboral, decoração de prendedores de roupas, modelagem, contação de estórias e confecção de bilboquês. As oficinas proporcionaram o envolvimento das mães, pais e crianças, deixando o espaço da escola mais feliz, dinâmico e descontraído. Além disso, os pais puderam estar mais próximos dos filhos, realizando atividades junto com eles, o que, segundo as professoras, é imprescindível para o desen-

volvimento social e afetivo da criança. A homenagem às mães significou mais um momento de trocas entre escola e famílias, no sentido de conhecê-las,

valorizá-las e aproximá-las do ambiente escolar, além de ter sido um espaço onde a escola reforçou o trabalho que desenvolve, utilizando-se de materiais simples do dia-a-dia. Alunos classificados na fase final das Olimpíadas de Matemática

Apae recebe recursos do Governo do Estado e Ceriluz

Encontro proporcionou aproximação entre escola e famílias

Com termo oficial assinado ontem, a Apae recebeu do Governo do Estado e da Ceriluz recursos no valor de R$ 30 mil. Conforme o presidente da Apae, Jaime Callai, a autorização dos recursos é fruto do trabalho que a equipe da instituição vem realizando ao longo desses anos e que é isso que a permite encaminhar

projetos e ser acolhida de tal forma pelas instituições estaduais, municipais e privadas. Os recursos destinados à Apae serão aplicados em obras de melhoria de infraestrutura, para proporcionar aos professores e alunos melhor qualidade e aconchego para realizar o trabalho pedagógico e clínico.


22

SÁBADO, 29 de maio de 2010

GERAL

O REPÓRTER

Por Drica Morais

Família ijuiense não se conforma com a perda do filho Há três meses, o filho de Jussara veio a óbito em Porto Alegre, após um trajeto problemático na ambulância do Samu Salvar. Mas, até hoje, ninguém a procurou para explicar o que realmente aconteceu

V

inte e dois de fevereiro de 2010. Neste dia, Ezequiel Santos Rizzoli completou 4 anos e recebeu uma boa notícia: havia conseguido um leito no Hospital de Clínicas de Porto Alegre. O pequeno, portador da Síndrome de Werdnig-Hoffmann, usava a traqueostomia e sofria, há três meses, por causa de um sangramento no local. Ele necessitava de exames especiais, que não poderiam ser

feitos no Hospital de Caridade de Ijuí (HCI). “Na verdade, o meu filho permaneceu toda a sua vida no HCI, pois necessitava de um respirador. Sempre recebeu um ótimo tratamento, mas nós, pais, queríamos uma solução para o seu problema – e foi por isso que incentivamos a sua ida à capital”, explica a mãe, Jussara Santos Rizzoli. Surpreendentemente, no dia do aniversário de Ezequiel, o Hospital de Clínicas liberou um leito ao menino. Uma boa notícia, não fossem as complicações que ocorreram no trajeto. Às 7h, do dia 23 de fevereiro, Jussara e Ezequiel saíram do HCI em direção à ambulância do Samu Salvar, que os levaria à Capital. Era a primeira que o pequeno saía do quarto do hospital. “Então eu sentei ele na maca e disse: olha, meu filho, as árvores, o céu e o sol. O dia estava muito bonito”,

Mãe diz que não quer nada do Samu, porque nenhum dinheiro no mundo devolveria a vida do filho

conta a mãe. Ezequiel estava bem e era um menino ativo e alegre, mas que só conseguia se expressar com os olhos e com o sorriso. “Nós saímos com todos os exames realizados e, segundo uma nota do HCI, o meu filho foi encaminhado sem intercorrências”, lembra a mãe. O grupo deveria ter chegado às 13h em Porto Alegre, mas, antes mesmo de chegar a Panambi, a ambulância apresentou falha elétrica. O desespero “Eu fui comunicada pela equipe sobre a falha e que teríamos que fazer uma parada em Panambi. Meu filho ficou sem respirador e teve que fazer uso de um ambú, outro dispositivo mecânico que era insuficiente para ele”, conta Jussara. A equipe praticamente invadiu o hospital da cidade e os motoristas partiram em busca de uma oficina mecânica. Porém, todas disseram que a ambulância não tinha preferência no atendimento. “Das 8h às 12h, o Ezequiel teve que ser ambuseado e durante todo este tempo a equipe manteve contato com o Samu, a fim de deixá-los a par da situação. O fato é que eles se interessaram em trocar a equipe que estava comigo, não o veículo, que estava com problema”, relata a mãe. O menino acabou permanecendo num ambiente úmido, gelado e mal acomodado. Por volta das 12h, uma outra ambulância chegou, vinda de Santo Ângelo e a viagem teve sequência. De acordo com Jussara, foi uma cena horrível, porque a criança estava sem defesa nenhuma. “A sensação era que eles estavam transportando uma coisa, e não um

A mãe mostrou ao jornal o relatório do Samu e a nota de encaminhamento do HCI ser humano”, diz. Às 19h, o grupo chegou à Capital. Ezequiel já estava com febre, cansado e poucos exames puderam ser feitos, porque a situação do menino já estava grave. “Às 9h14 do dia 24, ele acabou falecendo de choque séptico. Para se ter uma ideia, a meia-noite ele apresentava uma febre de 42,5°C. E detalhe, no atestado de óbito o tipo de morte está ‘natural’”, declara a mãe. Jussara não acredita que os coordenadores do Samu não saibam do caso e não se conforma em não recebido uma ligação, uma explicação sequer. “Eu não quero nada do Samu, apenas um esclarecimento. Nunca ninguém me procurou ou lamentou a morte do meu filho. E eu não estou acusando a equipe, até porque, eles foram incríveis e fizeram o impossível para

manter o Ezequiel vivo. Eu apenas não entendo como uma ambulância pode sair de Ijuí sem manutenção. Tudo bem se o problema tivesse acontecido na chegada a Porto Alegre, mas não! A falha aconteceu a menos de 40 km de Ijuí”, indigna-se a mãe. Jussara deixou claro o carinho e o respeito que tem pelos funcionários do HCI e do Samu. “E o erro, reafirmo, foi da precária condição do veículo, não da equipe. Há alguns dias, ouvi uma entrevista na rádio, de pessoas reclamando do atendimento do Samu – e os funcionários tiveram que ouvir as queixas. O fato é que as pessoas têm que entender que a culpa não é deles, mas dos equipamentos que eles utilizam”. O único desejo de Jussara era que seu filho morresse com conforto – o que não aconteceu.

Curso de Fisioterapia desenvolverá trabalho contra o tabagismo Como se sabe, 2010 foi escolhido, na 40ª Conferência sobre Saúde Pulmonar, como o Ano Internacional do Pulmão. A ideia é promover discussões, difundir o conhecimento e mostrar as formas de prevenção, bem como os cuidados com as doenças associadas a esse órgão. E aqui em Ijuí, o trabalho já teve início pelo curso de Fisioterapia da Unijuí, através da disciplina de Fisioterapia Respiratória II, orientada pela professora Adriane Pasqualoto. “Durante as visitas às escolas, realizaremos palestras para o ensino fundamental sobre o tabagismo e suas repercussões, além de sistematizações com

crianças de séries iniciais. Desenvolvemos, também, uma cartilha com atividades lúdicas, orientando sobre os danos do tabagismo”, destacam as acadêmicas Débora Llano, Francieli Prediger, Tânia Fassbinder. De acordo com as estudantes, o Dia Mundial sem Tabaco, que será comemorado na segunda-feira, dia 31, será direcionado às mulheres, buscando protegê-las das estratégias de marketing da indústria do tabaco, que visa m a aumentar a comercialização de seus produtos entre o sexo feminino. Segundo dados publicados pelo Ministério de Saúde e Inca (Instituto

Nacional do Câncer), o cigarro é a segunda droga mais consumida entre os jovens no mundo, e isso se deve às facilidades e estímulos para obtenção do produto, como o baixo custo. “A isto, somamse a promoção e a publicidade, que associam o tabaco às imagens de beleza, sucesso, liberdade, poder, inteligência e outros atributos desejados especialmente pelos jovens”, lembram as acadêmicas. A divulgação dessas ideias ao longo dos anos ,tornou o hábito de fumar um comportamento socialmente aceitável e até positivo – e prova disso é que 90% dos fumantes começam a fumar antes dos 19

anos de idade. De acordo com Débora, Francieli e Tânia, o tabagismo é diretamente responsável por 30% das mortes por câncer, 90% das mortes por câncer de pulmão, 25% das mortes por doença coronariana e 85% das mortes por doença pulmonar obstrutiva crônica. “Outras doenças, que também estão relacionadas ao uso do cigarro, são o aneurisma arterial, trombose vascular, úlcera do aparelho digestivo, infecções respiratórias e impotência sexual no homem”, afirmam. Estima-se que no Brasil, a cada ano, 200 mil pessoas morram precocemente devido às doenças cau-

sadas pelo cigarro - número que não pára de aumentar. As mulheres são 20% dos cerca de 1 bilhão de fumantes no mundo e, como o número de fumantes do sexo masculino atingiu seu pico, tornaram-se o alvo da indústria tabagista, que necessita recrutar novos usuários. Aliás, dos mais de cinco milhões de pessoas que morrem a cada ano pelo uso do tabaco, cerca de 1,5 milhões são mulheres. “E a menos que sejam tomadas medidas urgentes, o uso do tabaco poderá matar mais de oito milhões de pessoas até 2030, dos quais 2,5 milhões serão mulheres”, lembram as estudantes.


SÁBADO, 29 de maio de 2010

MEIO AMBIENTE

O REPÓRTER

23

Por Estefania Vieira Linhares

Aipan realiza atividades na Semana do Meio Ambiente As atividades iniciam na próxima segundafeira e se estendem até o dia 5 de junho, quando é comemorado o Dia Mundial do Meio Ambiente e também Dia da Ecologia

A

Associação Ijuiense de Proteção ao Ambiente Natural (Aipan) programou desenvolver atividades especiais na Semana do Meio Ambiente. O presidente da Aipan, Diego Coimbra lembra que a entidade todos os anos procura fazer uma programação intensa. “Nessa semana que é reconhecida no mundo inteiro, sendo que o dia 5 de junho é o Dia Mundial do Meio Ambiente, procuramos desenvolver uma programação mais intensa, sabendo que as pessoas estão mais atentas nas questões do ambiente”, ressalta Diego. O presidente destacou ainda, o trabalho que vem

sendo desenvolvidos com as crianças nas escolas afirmando que elas precisam de um ambiente sadio. “Não adianta só nós mostrarmos para eles o que deve ser feito e a maneira correta ou educar corretamente, não podemos deixar essa responsabilidade só em cima deles, é um peso muito grande, sendo que os adultos têm que dar o exemplo. Isso nós fizemos dando exemplo dentro da Aipan, mostrando o que correto do ponto de vista ambiental, principalmente dando exemplo, fazendo a prática acontecer”, frisa o presidente da entidade. Ele lembrou que a categoria dos professores e dos educadores possuem uma consciência ambiental há muito tempo, tanto que algumas escolas públicas já foram premiadas pelo trabalho que vêm desenvolvendo. Programação – Entre as atividades que serão realizadas a partir de segundafeira, estão debates sobre o filme a “História das Coisas”, no Sinpro/Noroeste, com alunos e professores da

UM DESAFIO CHAMADO CIDADE

Ideia luminosa No Brasil, são consumidas cerca de 100 milhões de lâmpadas fluorescentes por ano. O motivo é a economia. A iluminação é responsável por até 15% da conta de luz. A fluorescente pode diminuir esse gasto em até 85%. Além disso, ela dura 12 mil horas contra mil horas da lâmpada de filamento comum. Mas a exposição excessiva à lâmpada fluorescente, que contém metais perigosos, pode prejudicar a pele. Se, quando inteira, todo o cuidado é pouco, depois de ser quebrada a atenção deve ser ainda maior. A lâmpada fluorescente libera vapor de mercúrio que causa intoxicação. O perigo pode permanecer no ar até 20 dias e provocar graves prejuízos à saúde. Na hora de jogar fora a lâmpada quebrada ou queimada, mais um problema. Ela quase nunca vai parar onde deve. No Brasil, 94% são descartadas em aterros sanitários, sem nenhum tipo de tratamento, contaminando o solo e a água com metais pesados. Uma única lâmpada é capaz de tornar não potável cerca de 20 mil litros de água. Para minimizar o impacto

ambiental, a Tramppo Recicla Lâmpadas, empresa do Centro Incubador de Empresas Tecnológicas (Cietec) da Universidade de São Paulo (USP), desenvolveu um sistema que recupera os componentes presentes nas lâmpadas, reaproveitando mais de 98% da matéria-prima utilizada na fabricação. Por meio de um sistema de vácuo, associado à alta temperatura, o equipamento separa o mercúrio, metal tóxico com alto risco de contaminação, de outros elementos, como cobre, pó fosfórico, vidro e alumínio. O trabalho de pesquisa que deu origem à solução, intitulado “Descarte Adequado de Fluorescentes”, teve apoio do Programa Inovação Tecnológica em Pequenas Empresas (PIPE). A máquina descontamina a lâmpada fluorescente com a extração do mercúrio e possibilita a reciclagem dos outros materiais pela indústria. O lixo é transformado novamente em matéria-prima. A reutilização do mercúrio representa uma grande economia ao país, pois praticamente todo o volume de mercúrio consumido atualmente no Brasil é importado da Espanha, do

Diego Coimbra destaca o envolvimento das escolas com o meio ambiente Escola Ijuizinho. Nas escolas Ruizinho, Chico Mendes, Soares de Barros e CEMEI, as atividades serão desenvolvidas nas próprias escolas. Na terça-feira, a Acata estará realizando oficinas

durante todo o dia, além de receber a visita da Escola João Goulart pela manhã. No mesmo dia, uma equipe da Aipan estará se deslocando a Boa Vista do Cadeado, onde terão uma participação

Viviane Bronzatto Dutra vibronza@terra.com.br México, da Rússia e de outros locais. A Tramppo já iniciou as atividades comerciais da tecnologia pelo processo conhecido como logística reversa, por meio do qual a empresa vende lâmpadas novas para o cliente a preço de custo e recolhe as usadas para reciclagem. Isso gera uma sustentabilidade ambiental e econômica em todo o processo e, com isso, todos ganham. O projeto ganhou certificado do Programa New Ventures Brasil, na categoria Modelo de Negócios em Desenvolvimento Sustentável. O objetivo do programa, iniciativa da World Resources Institute (WRI), sediada na Fundação Getúlio Vargas (FGV), em São Paulo, é fomentar o desenvolvimento mercadológico de empreendimentos sustentáveis. No Brasil, não existe uma lei federal para produtos que contenham mercúrio, como as lâmpadas. Alguns municípios e estados têm regras e penalidades para o manejo desses materiais. No Rio Grande do Sul, os estabelecimentos comerciais são responsáveis pelo encaminhamento das fluorescentes ao fabricante, para o descarte correto.

A pergunta que não quer calar diante das autoridades locais é: Temos, realmente, ponto de coleta de lâmpadas fluorescentes em nosso município? Nossos comerciantes locais, que negociam a venda de lâmpadas, estão diante da Lei Estadual recebendo as lâmpadas usadas na compra de lâmpadas novas? Qual o volume de lâmpadas novas vendidas por mês em nosso município? Existe algum controle disso? Qual o destino final dado a lâmpadas utilizadas? Soluções existem e são uma realidade possível, como o exemplo citado da Tramppo, mas, infelizmente, o erro cometido, ainda hoje, é supor que o meio ambiente e a economia de um país estão em oposição um ao outro. A verdade é o inverso. A razão mais forte para cuidar do meio ambiente é que não fazê-lo sai caríssimo. Por outro lado, conter a degradação ambiental nas fases iniciais é barato e fácil. Já nos estágios avançados, é caro, e muitas vezes impossível. Precisamos acordar para práticas simples e sustentáveis, aqui e agora!

numa palestra para professores, estudantes e comunidade em geral, sobre a questão do lixo, que é um problema sério de nossa sociedade. No dia 2 de junho, na Praça da República, a Aipan estará participando das ações desenvolvidas pela Secretaria de Meio Ambiente, através da demonstração do minhocário, mostrando como é fácil aproveitar o lixo úmido em sua casa. Neste dia, será divulgado o diagnóstico da Agenda 21, que está sendo concluído. Ainda no mesmo dia, pela manhã haverá atividades na Escola Soares de Barros. A Aipan irá participar em Condor de uma palestra sobre desenvolvimento sustentável incentivando o município a adotar a Agenda 21. No dia 03 de junho, estarão participando da procissão de Corpus Christi, na qual se levará o tema da questão ambiental pela primeira vez neste evento tão importante para a comunidade ijuiense. No decorrer da semana, serão realizadas programações, com a participação de escolas.


24

SÁBADO, 29 de maio de 2010

ESPORTE

O REPÓRTER

Por Jonas Palharini

São Luiz: soldado Pretto à disposição Vereador Darci Pretto da Silva se coloca à disposição para presidir o São Luiz, mas ressalta, “somente com desistência da candidatura do atual presidente Sadi Pereira”

S

e o presidente Sadi Pereira não concorrer à reeleição, com o qual iria completar o seu quinto mandato à frente do clube, o São Luiz já tem pré-candidato disponível para as eleições de setembro: Darci Pretto da Silva. O conselheiro já esteve comandando o São Luiz em 2004, quando Darci Pretto, João Clóvis Bagetti e Valdir Barriquello, assumiram a bronca de manter o clube com as portas abertas. Por respeito, amizade e consideração a Sadi Pereira, Pretto disse que só concorre à eleição do clube em setembro, se o atual presidente desistir. O vereador do PDT salientou que Sadi Pereira mostrou com eficácia como gerenciar um clube de futebol, durante os quatro anos da gestão. De acordo com Darci Pretto da Silva, os clubes do interior tiveram um considerável crescimento devido à colaboração da Federação

Vereador Darci Pretto da Silva diz estar à disposição para concorrer a presidência do São Luiz, caso Sadi Pereira desista Gaúcha de Futebol. O repasse financeiro da FGF aos clubes proporciona uma competição mais disputada no Estado e, para o São Luiz, os recursos foram fundamentais para o acordo trabalhista e o parce-

lamento das dívidas do clube. Falando na temporada 2010, Darci Pretto salientou que o clube trabalhou com a corda esticada, pois o orçamento para o futebol tinha um limite e mesmo que se tivesse

pensado em aumentar a qualidade do grupo, a responsabilidade da gestão de Sadi Pereira falava mais alto. Para Pretto, o clube perdeu muito com a saída do goleador Eraldo, referência no ata-

que colorado. Lembrou também, que mesmo controlando os gastos, o clube terminou a temporada com déficit superior a R$ 80 mil. Questionado se estivesse na presidência do clube, Darci Pretto comentou que o técnico de sua simpatia para comandar o São Luiz em 2011 seria Beto Almeida, do Pelotas. Sobre Beto Campos, técnico que levou o clube ao sonhado G-4 no primeiro turno, Pretto disse que o trabalho de Campos no primeiro turno foi bom, embora ele não tivesse condição de montar uma estratégia para o segundo turno, devido às ausências no time. Disposto a ser um “soldado do São Luiz”, Darci Pretto falou que não se pode, de maneira alguma, levar a política para dentro do clube. Pensando no futuro do representante da Colmeia do Trabalho, Pretto, falou sobre a ampliação do estádio, com o apoio do município. Segundo ele, não é permitido que o Poder Executivo ajude clubes profissionais. O projeto, entretanto, disponibiliza repasses para o esporte amador e o São Luiz seria contemplado com recursos para as categorias de base. Darci Pretto projeta que no próximo ano o São Luiz possa fazer um grande investimento.

BRASILEIRÃO SÉRIE A HOJE 18h30 – Avaí x Vitória 18h30 – Flamengo x Grêmio 18h30 – Palmeiras x Grêmio Prudente AMANHÃ 16h – Guarani x São Paulo 16h – Internacional x Atlético-PR 16h – Corinthians x Santos 16h – Atlético-MG x Fluminense 18h30 – Botafogo x Vasco 18h30 – Ceará x Cruzeiro 18h30 – Atlético-GO x Goiás

CMYK


SÁBADO, 29 de maio de 2010

ESPORTE

O REPÓRTER

25

Por Jonas Palharini

Assembleia do Conselho Deliberativo discute mudanças na Baixada Assembleia do conselheiro vai debater devolução do estádio para o Município e alteração na data de eleição do clube À frente do Conselho Deliberativo, o presidente Ricardo Miron, emitiu nota divulgando para a próxima quarta-feira, no prédio B da AABB, uma Assembleia Geral Ordinária, com primeira convocação às 19h30 e segunda e última convocação, às 20h. Conforme Ricardo Miron serão apresentados os trabalhos da Comissão Temporária,

Presidente do Conselho, Ricardo Miron, destaca a importância da Assembleia de quarta-feira instalada para tratar da devolução do terreno para o Município, mediante o ressarcimento

das benfeitorias do Estádio 19 de Outubro. O presidente do clube, Sadi

Pereira, já tinha iniciado as negociações com o prefeito Fioravante Ballin, mas o Município ainda não acenou com o fechamento do acordo que iria beneficiar o São Luiz em diversos aspectos, começando pelo término das dívidas e busca de recursos do Ministério dos Esportes, a fim de melhorar a estrutura do Estádio 19 de Outubro. Outro assunto a ser debatido na próxima semana, diz respeito à alteração do estatuto. A proposta analisada e discutida pela direção executiva é de antecipar a eleição para presidente para a segunda quinzena de junho ou julho, com o objetivo de formar o plantel da temporada mais cedo.

Garotada do GBM enfrenta o Escola Elite Martial se destaca no Novo Horizonte pelo Estadual Brasileiro de Taekwondo Depois de uma estreia com resultados positivos em Novo Hamburgo (vitória na categoria Sub-12, 1x0 e empate sem gols, na Sub-14) contra o Americano, as equipes Sub-12 e Sub-14 do GBM, comandadas por Jair Galvão e Kinho Forgiarini, amanhã, recebem no Estádio da Montanha, o Novo Horizonte, de Santa Maria. O confronto na categoria Sub-12, inicia às 14h e, às 15h30, a gurizada do Sub-14 se enfrentam.

Será o primeiro desafio do time ijuiense na Colmeia do Trabalho, pelo campeonato Estadual, organizado pela Futligas. O GBM está na chave B, juntamente com Grêmio e Cruzeiro de Porto Alegre, Chimarrão de Estância Velha, Vila Nova de Passo Fundo, Ipiranga de Sarandi, Juventude de Caxias, Americano de Novo Hamburgo, Novo Horizonte de Santa Maria, Macléres de Júlio de Castilhos.

A técnica da luta marcial de Ijuí foi apresentada no Campeonato Brasileiro de Taekwondo, realizado nos dias 22 e 23 deste mês, em Caxias do Sul. A escola Elite Martial Arts, da Rede Mestre, participou da segunda etapa do Brasileiro Taekwondo STF. Na competição de Caxias do Sul, estiveram presentes mais de 450 atletas. A escola de artes marciais de Ijuí competiu na modalidade sparring (luta), demonstração de técnicas com armas e fórmula. Os competidores apresentaram coragem, autocontrole e disciplina na hora do embate. Conquistaram medalhas de ouro, os atletas Luiza Walter, Antônio Catani, Matheus Goeten e Guilherme Hermann. Receberam medalhas de bronze, Arthur da Cunha, Andrei Duarte e Matheus Goeten.

PLACAR REPÓRTER SESC – Rodada da 13ª Copa Dunga Sesc/Cedl de futebol sete para menores. Hoje, a partir das 13h30, no campo do Sesc, categoria fraldinha, Escolinha Modelo x ACF/Concórdias; mirim, CFE Grêmio Tricolor x Cometa Vermelho; pré-mirim, Escolinha Modelo x Cometa Branco; infantil, Cometa x Escolinha Progresso; mirim, São Luiz x Cometa Branco; feminino, Cometa x São Luiz e infantil, Cometa x São Luiz 95. No campo da AABB, mirim, Ceap x Emil Glitz; fraldinha, GBM/Empreiteira Vieira x Grêmio Cruz Alta; pré-mirim, Ceap x Grêmio Cruz Alta; fraldinha, Ceap x Grêmio Cruz Alta; pré-mirim, Grêmio Cruz alta x ACF/Concórdias; feminino, Uefa Nova Ramada x E.C.Ijuí; mirim, ACF Lotérica Grenal x Uefa Nova Ramada. AUGUSTO PESTANA – Campeonato Municipal de Futsal. Terçafeira, a partir das 19h, no Ginásio Municipal, categoria veteranos, Transporte Madke x Farmácia Kadeado; livre, Lavagem Central x Afucotri e Planeta Games x Mecânica Rosário. VOLEIBOL – Equipes interessadas em disputar o Campeonato Municipal de Voleibol - naipes masculino e feminino – devem retirar ficha de inscrição na CEDL até quarta-feira. O campeonato terá início no sábado, dia 5. JOGOS DO SESI – Campeonato de futebol de campo. Segunda rodada hoje, no campo do Sesi. Às 13h45, Hidroenergia/Dipesul x Brasil Foods e às 16h, Esquadrias Tomm/Recapasul/Fonte da Ilha x Mineradora Ijuí. PRÓ-VÔLEI – Hoje, acontece a primeira peneira para seleção de meninos e meninas que integrarão as categorias de base do Ijuí PróVôlei. As equipes representarão o Município em competições em níveis regional, estadual e nacional. A peneira acontecerá o dia todo, no Ginásio Municipal Wilson Mânica. Pela manhã para meninos e meninas de 11 e 12 anos, das 9h às 11h30 e à tarde, para adolescentes de 13 e 14 anos, das 14 às 16h30.

O sonho de ser profissional começa nas escolinhas. Torcida deve apoiar o esforço da meninada

Jorge Fossati não é mais técnico do Inter O técnico Jorge Fossati não é mais comandante do Inter. Após se reunir com o treinador, na residência do uruguaio, o vice de futebol Fernando Carvalho confirmou a demissão. Junto com o treinador, o preparador físico Alejandro Valenzuela também deixa o clube, assim como os auxiliares J.J. Rodriguez e Leonardo Martins. O treinador do Inter B, Enderson Moreira, comandará interinamente o time na

partida contra o Atlético-PR, amanhã, no Beira-Rio, pela quinta rodada do Brasileirão. Sem clube, o técnico Cuca manifestou interesse em treinar o Inter. O treinador disse que foi sondado pelo AtléticoPR e um clube do Exterior. Porém, deixou claro que daria prioridade para o Inter. O vice de futebol, Fernando Carvalho, disse que o novo treinador deverá ser anunciado durante a Copa do Mundo.

Mestres em Taekwondo de Ijuí conquistaram resultados positivos no Brasileiro, em Caxias

Rodada de jogos atrasados no Campeonato Amador Apenas quatro partidas serão disputadas amanhã pelo Campeonato Amador de Ijuí. Os quatro jogos completam rodadas atrasadas da competição. Na Segunda Divisão, Estádio 19 de Outubro, às 13h30, se enfrentam Amigos do Vila

Nova x Inter do São Geraldo. Na Primeira Divisão, às 15h30, o Guarani encara o Palestino. Pela Divisão do Interior, jogos no campo do Chorão. Às 13h30, Flamengo da Linha 4 x Juventude Barreiro e às 15h30, Juventude Rincão dos Gói x Avante Arroio das Antas.

SEGUNDONA – Última rodada da terceira fase. Hoje, às 19h30, Lajeadense x São Paulo. Amanhã, às 15h, Guarany-Ba x Cruzeiro; às 15h30, Riograndense-SM x BrasilFa e às 20h30, Rio Grande x Passo Fundo. No grupo 2, Lajeandense e São Paulo estão classificados. BRASILEIRÃO – Resultados da quarta rodada. Vasco 3x2 Internacional; Atlético-PR 2x1 Atlético-GO; Goiás 0x0 Ceará; Vitória 4x3 Atlético-MG; Grêmio 3x0 Avaí; Fluminense 2x1 Flamengo; São Paulo 1x0 Palmeiras; Grêmio Prudente 2x2 Corinthians e Santos 3x1 Guarani e Cruzeiro 1x0 Botafogo.


26

SÁBADO, 29 de maio de 2010

GERAL

O REPÓRTER

Da Redação

Livro conta a transformação do HCI, a partir da mobilização comunitária A Publicação faz parte das comemorações alusivas aos 75 anos do Hospital de Caridade de Ijuí (HCI) e registra os 22 anos de gestão Darcísio Perondi, marcada pela participação da comunidade na ampliação e melhoria no atendimento à saúde da população regional

N

o início dos anos 90, o Brasil vivia o processo de democratização na política e no plano econômico a guerra contra a inflação. Foi nessa época, há 25 anos, que uma mania tomou conta de todo o Estado, além da Lambada, um ritmo que martelava no ouvido. Inclusive na capital gaúcha, era comum a cena de pessoas pararem nas ruas para pegar uma tampa de caneta, uma moeda, ou uma chave para ajudar a raspar a loteria instantânea Bônus da Saúde, sem ficar com aquela raspinha

preta embaixo da unha. Você lembra? Pois então, essa mania começou em Ijuí. O que poucos recordam e muitos nem sabem é que aquela raspadinha foi uma das estratégias criadas pela diretoria do Hospital de Caridade de Ijuí para concluir o projeto de expansão do hospital. O 3° Bloco do HCI foi a obra de maior repercussão na região Noroeste do Rio Grande do Sul. Isso devido aos movimentos de levantamento de recursos para tornar o atendimento hospitalar de Ijuí referência macrorregional. Essa mobilização contou com o apoio da comunidade, contagiada com as ações do novo presidente do hospital, um jovem determinado a empreender mudanças, profissionalizar a gestão, devolver aos associados o poder de decisão sobre os rumos da atenção à saúde da população. Foram 22 anos de história, mas ainda há muito o que investir e fazer pela saúde. Esses e outros momentos são relatados pela jornalista Janis Loureiro na obra “A Força da Comunidade”, que teve o lançamento oficial na Estação da Mata de Ijuí, ontem.

A obra “A Força da Comunidade” foi lançada ontem Um trabalho de longa pesquisa - A ideia de escrever um livro contando a história do HCI surgiu em 2008 com a intenção de homenagear quem havia ficado mais de duas décadas na presidência da Associação Hospital de Caridade Ijuí, mas estava saindo por uma obrigação legal, já que acumulava o cargo de deputado e não poderia mais beneficiar a instituição que presidia com recursos governamentais. “A história é bem surpreendente,

principalmente o respaldo que as iniciativas de mobilização encontravam na comunidade”, conta a autora do livro, Janis Loureiro. O trabalho de levantamento das informações, seleção de imagens no arquivo da instituição, entrevistas, projeto gráfico, diagramação e finalização, somou dois anos. “A pesquisa foi intensa nos jornais de Ijuí. Reportagens registram a criação da identidade visual do hospital com o slogan ‘O Hospital é da Comunidade e a Comu-

nidade é Você’, as campanhas em prol da construção do 3° Bloco, assim como as notícias de caos na saúde na época em que o Sistema Único de Saúde dava os seus primeiros passos. “Foi um período de grande inflação e troca de moeda, um cenário difícil para a ampliação do hospital, o que torna a conquista de Ijuí ainda mais ousada”, avalia. A pesquisa incluiu também o arquivo da associação que dispõe de documentos como atas, relatórios de gestão, releases e publicações internas editadas pela Assessoria de Comunicação Social do HCI. Outra fonte importante foram os depoimentos de pessoas que deixaram a sua marca nessa história como Alberto Hoffmann, Adelar Baggio, Celso Lucchese, Emídio Perondi, Germano Gazolla, Marlene Vontobel, Eulália Klamt, Cláudio Matte Martins, Ivone Wiezbicki Siqueira, João Leone de Senna, entre outros. “Tenho muito orgulho de contar essa história que narra um dos mais importantes momentos de mobilização comunitária e de voluntariado social vivenciados pela comunidade de Ijuí e região Noroeste”, comemora a jornalista.

FAGEP abre inscrições para o Vestibular de Inverno A Faculdade Geração Positiva (FAGEP) / Universidade Norte do Paraná (Unopar) abrem do dia 1º de junho ao dia 1º de julho as inscrições para o processo seletivo de inverno. O custo da inscrição é de R$ 30 e pode ser efetivada pelo site www.unoparvirtual.com.br ou na secretaria da instituição, localizada na Rua 25 de julho, 252, centro (próximo a Sogi). As provas acontecem no dia 4 de julho. Com a campanha “Mas e a FAGEP, hein..???”, a faculdade

está oferecendo nove opções de cursos de graduação, das principais áreas de atuação no mercado de trabalho. Os cursos ofertados são: Administração (bacharelado), duração de quatro anos e mensalidade de R$ 205,00; Ciências Contábeis (bacharelado), duração de quatro anos e mensalidade de R$ 205,00; História (licenciatura), duração de três anos e meio e mensalidade de R$ 190,00; Letras (habilitação: Letras Vernáculas e respectivas

literaturas), duração de três anos e meio e mensalidade de R$ 245,00; Pedagogia (licenciatura), duração de quatro anos e mensalidade de R$ 245,00; Análise e Desenvolvimento de Sistemas, duração de três anos e mensalidade de R$ 227,00; Serviço Social, duração de quatro anos e mensalidade de R$ 205,00; Processos Gerenciais, duração de dois anos e meio e mensalidade de R$ 245,00; Gestão Ambiental, duração de dois anos e meio e mensalidade de

R$ 227,00. As aulas na instituição acontecem uma vez por semana pelo sistema de tele-aula da Unopar Virtual, que é hoje uma das maiores Universidades de Ensino a Distância do País, com a oferta do Sistema de Ensino Presencial Conectado - SEPC. O Sistema possui aulas diferenciadas, ao vivo, preparadas por equipe tecno-pedagógica especializada, que permite interatividade entre professores, alunos e tutores eletrônicos de forma on-line.

“Troca-Troca do Yázigi” ajuda colecionador a completar o Álbum de figurinhas da Copa

Completar o álbum de figurinhas da Copa é um grande negócio. Literalmente. Estimase em R$ 3,37 bilhões o valor mínimo comercializado no Brasil com a venda de álbuns e cromos auto-adesivos do álbum da Copa, em 2010. Para os colecionadores, a preocupação é completar o álbum antes do início da Copa. Mas, o que fazer com as figurinhas repetidas? Com o objetivo de integrar escola e comunidade, o Yázigi Internexus Ijuí promove o inédito “Troca-Troca

do Yázigi”. O evento acontece sábado, na Praça da República, a partir das 16 horas. Em caso de chuva, o evento ocorrerá na sede da escola. A coleção das figurinhas do álbum da Copa do Mundo é uma brincadeira que virou mania entre crianças, jovens e adultos fanáticos por futebol e contagiados pelo início da Copa do Mundo. Para completar todo o álbum são necessárias 640 figurinhas. Cada figurinha custa R$ 0,15 centavos, o que significa R$

96 reais para comprar todas. Isso sem contar o valor do álbum, que, para quem não foi beneficiado por alguma das promoções, é de 3,90 reais. O total da diversão custa, no mínimo, R$ 99,90 reais, contanto que nenhuma delas seja repetida. As crianças são as mais ansiosas pelo evento, em virtude da proximidade dos primeiros jogos. Dentre eles Eduardo Caldas Queiruz, que destaca a importância do evento por representar uma economia no

bolso dos pais, já que completar o álbum comprando novas figurinhas ou pela internet acaba saindo bem mais caro, “vai ser legal para completar todos os times. Porque a gente completa mais rápido trocando na hora e também não gasta tanto dinheiro comprando mais figurinhas”, enfatiza. Lançado no Brasil há cerca de dois meses, o álbum virou febre nas mais diferentes faixas etárias. Há quem diga até, que o álbum veio reforçar um contato pessoal em um mundo

Os cursos ofertados pelo SEPC estão presentes em mais de 400 municípios de 26 Estados brasileiros nos cursos de graduação, pós-graduação (especialização), além da educação corporativa. O processo seletivo constará de uma prova de redação, com duração de duas horas, nos prédios da instituição, de acordo com a escolha do candidato: FAGEP pólo Ijuí, ou pólo Cruz Alta. Mais informações pelos telefones: Ijuí: 3332-6770; Cruz Alta: 3322-0222.

onde as pessoas se resolvem socialmente online. “O “Troca Troca do Yázigi” pretende ser, além de uma atividade de lazer, um espaço de interação social dos colecionadores para a troca das figurinhas” comenta Roberto Homrich, coordenador pedagógico do Yázigi. Mais informações através na sede da escola Rua Treze de Maio, 526, pelo telefone 3332 9508 ou através do blog da Yázigi www.yazigi.com. br/ijui


SÁBADO, 29 de maio de 2010

POLÍCIA

O REPÓRTER

27

Por Jonas Palharini

Major Portilho prega diálogo aberto com a comunidade Comandante do 29º BPM afirma que compromisso é evitar o tráfico de drogas.“A partir do tráfico, os delitos aumentam” Comandante do 29º Batalhão da Polícia Militar, Major Claiton Portilho, em entrevista ao Programa Fatorama, mostrou seu perfil à comunidade. Natural de Santana do Livramento, Major Portilho, quer dar continuidade ao trabalho realizado pelo Major Jacson. O senhor trabalhou em Três Passos, o que muda com relação à Ijuí? Major Portilho - Lá nos temos uma região de fronteira, com duas reservas indígenas, o Parque Estadual do Turvo, com uma diversidade de fauna e flora. Ijuí tem essa característica de ser uma cidade universitária, Colmeia do Trabalho, onde convergiram muitas etnias e culturas diferentes, que aqui souberam se harmonizar e garantir o desenvolvimento da região. Me parece que a função da Brigada e da Polícia Militar é manter a vida das pessoas tranquila, porque segurança é sinônimo de qualidade de vida. A polícia tem o

Major Portilho destaca os avanços da Brigada Militar no Estado compromisso de não permitir tamente ligados ao custeio do que a criminalidade alcance crack, pois ele se contenta em níveis avassaladores, e isso roubar o mínimo possível para tem relação com o consumo manter o vício. Essa questão de drogas. Nossa ideia é dar vai além da segurança publicontinuidade ao trabalho do ca, é um problema de saúde Major Jacson, no combate as pública. Mas tudo o que nós pudermos fazer para ajudar na drogas. O consumo de drogas tem sociedade organizada, tentarerelação com a criminalidade? mos colaborar. Como é no dia-a-dia, a Major Portilho - É um dos males da nossa sociedade. abertura ao diálogo com a Já foi difundido pela mídia o comunidade? Major Portilho - Eu sou uma poder de vício que o crack possui, nos pequenos municí- pessoa que acredita sobre pios também. Eu acompanhei tudo na capacidade de argunesses últimos cinco dias as mentação das pessoas. O ser ocorrências aqui na região, humano é o único ser racional e percebemos que pequenos e, apesar disso, precisamos de delitos como furtos simples, um conjunto cada vez maior roubos a pedestres, estão dire- de regramentos, dispositivos

legais para viver em harmonização na sociedade. E eu falo não como policial, mas sim, como cidadão. Hoje vivemos uma perda de valores tradicionais que seguíamos há pouco tempo atrás, principalmente com a saída da mulher para o mercado de trabalho, os filhos acabaram ficando nas creches ou com babás, não é uma observação de cunho machista, mas as nossas mães nos transmitiam afetividade, valores que somente a família pode ensinar. Houve um excesso de individualismo, tudo é válido para minha ascensão pessoal ou profissional. Perdeu-se o sentimento de solidariedade. E eu falo sempre que o fundamental para um policial é o amor ao próximo, a solidariedade. Eu acredito no diálogo, mas acredito também, nos nossos regramentos. A legalidade é um princípio da administração pública. O diálogo com a lei. Os equipamentos, efetivos, viaturas, estão em número suficiente aqui no Município? Major Portilho – O Major Jacson fez um excelente trabalho durante esses quase três anos que ele esteve aqui. E o próprio programa de Governo, que fez a recuperação dos efetivos da Brigada Militar. Vimos uma inclusão na ordem de

3.500 policiais, principalmente em pequenos municípios. Não há nenhum município com menos de 5 policiais, porque não há como fazer um trabalho com menos que isso. O que representa a Penitenciária Modulada em termos de trabalho para a Brigada? Major Portilho - Ela ainda é adequada para a ressocialização do detento, e há preocupações nesse sentindo. Soubemos da tentativa de colocar drogas, celulares e objetos para dentro da instituição. Temos todo um regramento, uma forma de proceder entre os detentos e os policiais, para que não haja motins. Não me parece ser o caso da Penitenciária Modulada, mas de qualquer forma, é uma preocupação constante. E o policiamento nas ruas, escolas e nos bairros, continuará? Major Portilho - Esse acréscimo no efetivo se deu devido à formação dessa última turma. Foram 1800 novos policiais em todo o Estado. Principalmente da nova modalidade, que é o policiamento a pé. O próprio Estado deve manter esse fluxo de concursos constantes, porque a cada ano perdemos policiais que se aposentam.

Receita da Fazenda do Estado Acidente mata três pessoas em Três de Maio realiza fiscalização em Ijuí A manhã de ontem foi de fiscalização aos motoristas que trafegavam pela Avenida David José Martins, principal via de acesso ao Município. Com o apoio da Coor denadoria de Trânsito e da Brigada Militar, uma equipe da Receita da Fazenda do Estado esteve conferindo a inadimplência dos motoristas de Ijuí. Conforme o relatório, cerca de 500 veículos passaram durante o turno da manhã de

ontem pela Avenida. Destes, apenas quatro condutores foram notificados por não estarem com o pagamento do IPVA regularizado. Os motoristas foram autuados e os veículos retidos, até a quitação da dívida com o Estado. De acordo com o coordenador de trânsito, Ubiratan Erthal, a equipe da Receita da Fazenda do Estado deve fazer nova blitz em outra via do Município, na próxima semana.

Um acidente por volta das 23h de quinta-feira, na ERS 342, em Três de Maio, deixou três mortos e três feridos. De acordo com a Polícia Rodoviária Estadual de Santa Rosa, houve colisão frontal no Km 32, entre um Vectra, placa de Horizontina, e um Logus, com placa de Três de Maio. Morreram no local Claudecir Stiegelmaier, de 28 anos, que estava no Vectra, e Robson Wolmuth, de 22 anos, passageiro do Logus. O motorista do Logus, Martinho Binichewski, foi internado no Hospital de Santa Rosa e, na tarde de ontem, faleceu em função da gravidade dos ferimentos. Giovani Júnior

Colisão frontal em Três de Maio resultou em três mortes e veículos destruídos Melchior e Felipe da Silva, caroneiros do Vectra, além do motorista veículo, Anderson

Jardel Töebe, estão internados no Hospital de Três de Maio, com lesões leves.

Mulher perde o controle do veículo, bate em barranco e sai ilesa

Equipe da Fazenda do Estado fiscalizou veículos para verificar pagamento do IPVA

Polícia Rodoviária Federal de Ijuí registrou acidente com danos materiais, por volta das 10h30 de quartafeira, na BR 285, próximo ao Parque de Exposições Wanderley Burmann. Denise Saldanha Pereira, de 32 ano s, d irig ia o automóvel Gol, placa de Chapada, sentido Bozano/ Ijuí, quando perdeu o con-

trole da direção, saiu da pista e capotou. O veículo parou nas dependências da Fepagro. Apesar dos danos materiais, a motorista teve apenas ferimentos leves. Denise Saldanha Pereira foi socorrida pelo Resgate do Corpo de Bombeiros, conduzida até o Pronto Socorro do HCI e posteriormente liberada.

Mulher sai ilesa de acidente na BR 285


O REPÓRTER SÁBADO, 29 DE MAIO DE 2010

Por Taís Machado

A enchente de 1992 atingiu não só o município de Ijuí, mas Santo Ângelo, Entre – Ijuis e Panambi foram algumas das cidades que também sofreram com a grande quantidade de chuva que caiu na região. A maior enchente da história do Município

H

á 18 anos o Rio Ijuí transbordou, causando a maior enchente da história do Município, Na região a situação também ficou crítica, pois diversas estradas foram interditadas pelo rompimento de barragens e queda de pontes. Florentino Meggiolaro, ilustre morador de Ijuí, observador, gosta de anotar os fatos, dados e acontecimentos mais importantes que ocorrem no nosso município. Em entrevista à Rádio Repórter, Meggiolaro relembra que no mês de maio, “houve várias chuvas, todas

com muita intensidade”. Ele diz que no dia 27 de 1992, choveu 240 mm, no município de Ijuí, o total no mês de maio daquele ano foi 529 mm. Florentino diz que morava há dois km do Rio Ijuí, em Boa Esperança, “a água entrou na nossa casa e batia pela cintura da gente”. Para o ilustre senhor, “essa foi a maior enchente da história de Ijuí, o rio subiu 13,5 metros, foi um dilúvio”. E conta que soltou os animais para que eles não morressem afogados, “o ‘bicharedo’ teve um dia de regalia”, lembra feliz. Porém, o fato interessante é que a água não demorou a baixar, “assim como veio rápido, ela baixou rápido, no outro dia já estava normal”, conta o senhor. Grande observador da natureza, quando indagado sobre o inverno, ele acredita que “teremos um inverno longo, mas não muito frio”, e ainda orienta, “a maior geada é sempre na lua cheia de julho”. Esse mês é muito diferente dos que ele passou nos outros anos “eu nunca vi um maio assim, com vento frio e umidade, fico com pena de quem trabalha e estuda, os idosos e as crianças sofrem também”, finaliza.

Fotos: Pedro Bertoldo

Dia 27 de maio, 18 anos da enchente de 1992

CMYK


jornal o reporter