Issuu on Google+

Brigada estimula prevenção contra drogas através do PROERD

Policia 23

Especialistas dizem que STF deve punir mensaleiros

Banco Plural e Cotrijui vão criar uma Sociedade Anônima

Geral 17

Geral 5

O REPÓRTER Ano 5 - Nº 560

SEXTA FEIRA 20 DE SETEMBRO 2013

R$ 1,50

Prefeitura vai retirar dinheiro do Fundo de Gestão Compartilhada Atendimento particular, IPE, Unimed e HCI Saúde

Geral 11 Orgulho de ser Gaúcho

Geral 9 e contracapa Beto Almeida é o treinador do São Luiz Esporte 22 Veterinário diz que idéia de se criar cavalos na zona urbana é sem cabimento Geral 18


2

SEXTA FEIRA 20 DE SETEMBRO 2013

O REPÓRTER

O REPÓRTER

Sogi visita Avenida Tênis Clube, em Santa Maria Representantes da diretoria puderam trocar experiências e conhecer a estrutura do Clube Sociedade Ginástica Ijuí (Sogi) e Avenida Tênis Clube trocaram ideias e experiências na tarde do dia 10, em Santa Maria. Representantes da Sogi visitaram o clube com a finalidade de conhecer a estrutura e se integrar, junto aos Clubes do Estado.

Na visita, representantes da diretoria da Sogi puderam trocar experiências e conhecer melhor a estrutura do Avenida Tênis Clube. “Como estamos em processo de implantação de novos projetos, nossa visita foi válida para ver, de perto, o funcionamento de um Clube conceituado e de grande estrutura no Estado”, ressalta o presidente da Sogi, Clovis Rorato de Jesus

Única empresa que participou de licitação da Rodoviária foi desclassificada

Flagrante da Semana O público que conseguiu se dirigir até a Praça da República no domingo, 15, pôde conferir e conhecer a exposição do Volk’s Club Ijuhy, onde reuniu cerca de 70 veícu-

Em reunião desenvolvida no dia 22 do mês passado, a comissão Permanente de Licitação do Departamento Autônomo de Estradas de rodagem fez com que a licitação para apontar a nova concessionária da Rodoviária de Ijuí voltasse a estaca zero. Conforme decisão , a partir de parecer técnico repassado, a empresa que

havia se apresentado – aliás a única – foi desclassificada. Desta forma, se volta a estaca zero, pois apenas esta empresa se apresentou para implantar a nova rodoviária, que deveria ir para as margens da ERS-342. O DAER informou a redação do jornal Repórter que existe a possibilidade de ser implantado em Ijuí o ter-

O REPÓRTER E.L. Mânica e Cia Ltda. CNPJ: 09.475.474/000164

Av. David José Martins, 1356 - Ijuí - RS - CEP.: 98700-000 Telefone geral: (55) 3332 2000

Diretor Administrativo:

Enzo Luis Mânica

Redação- Sandro Silvello Luan Berti Diagramação e Arte:

CRIAR COMUNICAÇÃO Grégori Danielle

los, entre fuscas e carros derivados de motor a ar. O evento integrou a 2ª Feira Regional da Primavera e teve apoio do Seefeld Seguros, Cláudio Peças e Estela Maris.

minal inteligente, a partir de 2014. Este terminal que entrará em funcionamento em São Leopoldo, permitirá a compra das passagens via internet. A informação dá conta ainda que até a segunda quinzena do mês se terá uma definição sobre a questão. O prazo de licitação do atual concessionário termina em 2014.

REDAÇÃO Envie sugestões, comentários, críticas e dúvidas para a redação pelo e-mail redacaooreporter@yahoo.com.br; para o endereço Av. David José Martins, 1356, CEP 98700-000, Ijuí, RS; ou pelo telefone (55) 3332 2000.

PARA ANUNCIAR Escreva para comercialoreporter@yahoo .com.br ou pelo telefone (55) 3332 2000. PARA ASSINAR Para receber o jornal O REPÓRTER em casa ligue para (55) 3332 2000.

Os artigos publicados com assinatura não traduzem necessariamente a opinião do jornal e são de inteira responsabilidade de seus autores.

Impresso E.L. Mânica CIA LTDA


SEXTA FEIRA 20 DE SETEMBRO 2013

O REPÓRTER

Busnello reponde à vice-prefeito O vereador César Busnello(PSB) participou do programa Fatorama. Ele foi responder a recente declaração do vice-prefeito e secretário de Habitação, Ubirajara Teixeira.Sobre a declaração de Teixeira – que mencionou o nome do vereador – disse que as CPIs foram criadas – do Bolsa Família e da Habitação – considerando denúncias graves. “Tanto que a CPI do Bolsa Família, partiu da Câmara, de eventuais irregularidades que estariam sendo contempladas sem terem direito”, afirmou. Citou que 18 casos de servidores públicos foram denunciados. Já a CPI da Habitação, que está em andamento, também foi provocada e veio a tona por denuncia de um casal e depois mais uma senhora, que diziam e disseram na oitiva, que pessoas proprietárias de imóveis foram beneficiadas com o programa federal do Minha Casa Minha Vida. “ O que não podemos concordar, com todo respeito ao vice-prefeito , que a CPI ela vai gerar ponto positivo para a comunidade”, comentou. Disse que não visa revanchismo, negativismo na CPI, visa preservar a transparência e lisura de um programa fundamental para a vida dos ijuienses.”Queremos que esta pessoa que ganhe tenha comprovado os requisitos exigidos pelo programa” comentou. Disse que lhe causa espécie a afirmação de que não tinha conhecimento dos critérios do Minha casa, Minha Vida. “Cem por cento das pessoas sabem que um dos requisitos é não ser proprietário de imóvel” comentou o vereador do PSB. Afirmou que o vice-prefeito foi infeliz na sua colocação, e está tentando tirar onda ou

denegrir a imagem do vereador. Reiterou que ‘não existe o que temer”, acrescentando que não está se querendo prejudicar A ou B, mas sim preservar a lisura do processo. Afirmou que não sabe por que tanto desprezo pela CPI. Lembrou que uma sindicância é um instrumento legítimo e o próprio vice-prefeito sabe, pois foi presidente do DCE da Unijuí. Busnello começou dizendo que ‘ é normal que as vezes os embates que acontecem, como ocorreu na última sessão, os ânimos se exaltem”. Disse que faz parte pelo debate que existe no Parlamento, onde se discutem políticas públicas de interesse da comunidade. Disse que para a sessão de segunda-feira, vai apresentar o projeto que cria a Casa da Juventude.

SMMA recebe veículo

Foi entregue nesta quarta feira, 11, novo veículo para a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SMMA). Adquirido com recursos do Fundo Municipal de Meio Ambiente, o veículo será utilizado pela secretaria para aperfeiçoar e intensificar suas ações, auxiliando no transporte de mudas de árvo-

res, coleta de vidros e pilhas, entre outras funções. Durante a entrega, estavam presentes o prefeito Fioravante Ballin, o secretário da pasta Valmir de Quadros, a secretária adjunta Rosemari Martins, o coordenador Socioambiental Fernando Pedroso e o motorista da secretaria Sandro Goettems.

O REPÓRTER

3

Diretoria Executiva da Sogi realiza mais uma reunião mensal Foram vários assuntos em pauta como a alteração do estatuto social na noite de 12 de setembro às 19h 30min.A diretoria Executiva da Sociedade Ginástica Ijuí (Sogi) se reuniu na Área de Convivência do Clube para o encontro mensal. A proposta de alteração do Estatuto Social foi discutida, onde as modificações estão em debate desde o início de Julho. Sua votação está prevista para ser na Assembleia Geral Extraordinária no dia 01 de outubro. Temas referentes ao planejamento estratégico do Clube, a prestação de contas do mês de agosto e o plano de investimentos para 2014 também foram tratados. Tendo em vista ainda os eventos sociais, entre eles o Baile de Máscaras que acontecerá nesse sábado (14) para substituir o Baile de Debutantes, o Festival do Shopp (09/12) e a Festa de Abertura da Temporada (29/12) foram assuntos da pauta.

Medicina ocupacional realiza treinamento sobre segurança do trabalho e meio ambiente

A Unimed Noroeste/RS oferece apoio às empresas na questão ligada a medidas preventivas e riscos ocupacionais por meio do Departamento Medicina Ocupacional. Na semana passada, a equipe realizou treinamento na empresa Rogério Schossler - ME, de __, que presta serviços de serraria. No treinamento, que contou com a participação dos trabalhadores da empresa, foram abordados temas como a segurança do trabalho e meio ambiente. Conforme o coordenador do Departamento de Medicina Ocupacional, Hugo Portella, foram explicados os conceitos

de segurança do trabalho, objetivos e riscos nas operações de pátio em serrarias. Além disso, assuntos como caminhos para a prevenção e atitudes e ações preventivas também foram abordados. Com profissionais preparados e habilitados legalmente, a Medicina Ocupacional da Unimed Noroeste/ RS auxilia as empresas a cumprir as disposições legais e regulamentares relacionadas a segurança e medicina do trabalho. As ações do setor integram uma das diretrizes corporativas, que é a oferta de produtos e serviços com foco na promoção à saúde.

EDITAL DE LEILÃO JOÃO ANTONIO CARGNELUTTI, Leiloeiro Público Oficial – Matricula 044/85, devidamente nomeado pelo Sr. Suimar João Bressan, Diretor – Presidente do Departamento Municipal de Energia de Ijuí – DEMEI, venderá em LEILÃO PÚBLICO, e em concordância com a Lei 8.666/93 e alterações, no dia 25 de Setembro de 2013, às 10 horas, tendo como local o pátio do Departamento, sito à Av. Getulio Vargas 1454, Bairro Assis Brasil, Ijuí – RS, os seguintes bens, no estado em que se encontram: veículo VW Saveiro CL 1.6 MI 2000/2000; camionete Ford Ranger XL 10F 2002/2003; uma carroceria de madeira para caminhão; postes de concreto danificados; cruzetas de madeira; sucatas de móveis; sucatas de materiais das redes, sendo alumínio, aço, ferro e cobre. Informações com o leiloeiro pelo fone (55) 3332-3684 ou 8129-3245. Site: www.cargneluttileiloes.com.br c/ fotos


4

GERAL

O REPÓRTER

Advogado explica S/A projetada pela Cotrijui A proposta de uma Sociedade Anônima foi examinada pelo advogado Roberto Davis, em entrevista ao Repórter da Manhã

O

advogado Roberto Davis, ao participar do programa Repórter da Manhã, disse que há um ano o governo do estado construiu um grupo de trabalho para avaliar o endividamento crônico de algumas cooperativas. “Examinando não só do ponto de vista, de encontrar causas subjetivas, que envolvesse a conduta de A ou B, mas examinando o sistema de comercialização de comodites, verificando se não existiria uma causa mais institucional” comentou. Segundo ele, existem algumas questões que devem ser examinadas de forma mais sistêmica. “Basicamente verificamos que na comercialização de grãos, enfrentam empresas estruturadas mundialmente , pautada pelo mercado de Chicago, onde é preciso uma atuação profissional’ comentou

o advogado.Afirmou que talvez esteja ai a causa do problema de gestão das cooperativas. “Estas cooperativas não tiveram uma administração profissionalizada o longo de sua história” comentou. Outra causa apontada é a falta de acesso à fontes de financiamento que não estão vinculadas a juros. Seria necessária a participação societária, como as SAs. Disse que a proposição de debater a questão das S.A. , como é o caso da Cotrijui, observando que a Cotrijui será dona de uma Sociedade Anônima, para operar a sua área de grãos. ‘A Cotrijui tem S.As sob seu controle’ comentou. Confirmou que através da Sociedade Anônima será possível se trazer parceiros para investimentos. Disse que o estudo que foi apresentado na sexta-feira se refere apenas a área de comodites. Afirmou

que a Sociedade Anônima é voltada ao lucro. “Ninguém pode imaginar aportar capital sem buscar lucro’ comentou. Disse que existe muito capital em investir na área de comodites. Disse que o ponto numero um do projeto, para que os produtores que tem créditos na Cotrijui, financeiro ou soja a fixar, tenham a segurança de receber. “Evidentemente não será um pagamento imediato, à vista, mas se estabelecendo um sistema de recebimento ao longo do tempo” comentou. Afirmou que um dos resultados será a fidelização do produtor. “Não temos tempo a perder” comentou, observando que a Cotrijui precisa se capitalizar já para a próxima safra. Afirmou que o plano de negócios deverá estar pronto entre 30 e 45 dias, para que possa ser apresentado a Cotrijui.

SEXTA FEIRA 20 DE SETEMBRO 2013

Diretor do Banco Plural fala de futura parceria com a Cotrijui Um dos diretores do comentou, acrescentando banco Plural, Guilherme que cada caso é um caso. Bolina,participou do pro- Um ativo principal é a cagrama Repórter da Manhã, pacidade de originação, tendo em vista que a insti- isso é um ativo único. “O tuição está firmando uma que tem que ser feito é parceria com a Cotrijui. ver quanto isso vale”, coAfirmou na entrevista que mentou. Disse que quer o Banco Brasil Plural é uma se transformar os ativos das principais instituições numa realidade tranqüila de investimento do país. de se trabalhar. Afirmou “ Não trabalhamos ofere- que se dá numa transforcendo crédito, talão de mação jurídica, transforcheques, para cidadãos mando o ativo grãos numa e empresas. Nosso foco é empresa Sociedade Anônifazer intermediação finan- ma. Isso ocorre através de ceira, auxiliando empresas negociações com vários a fazer reestruturações” entes, como proprietários, comentou o diretor. Disse cooperados, fornecedores que os sócios fundadores e credores. “Este tipo de são originários do mercado estruturação leva tempo. de capitais. Nos últimos O tempo corre contra nós. três anos, segundo ele, são Quanto mais demoramos, quase 500 pessoas e tendo mais difícil fica a solução” como sócio uma institui- comentou o diretor do banção financeira de âmbito co Plural. Citou que o sinal mundial. Ao comentar a verde para fazer o esboço parceria com a Cotrijui, da S/A foi autorizado. Disse Copetti confirmaque proximo Gabinete comunitário que para o bairro explicou inicialmente “nãoJardim se vê outra solué preciso, segundo ele, que ção”. Afirmou que quando as cooperativas possuem se está em situação de bons ativos e principal- hipoteca, você precisa não mente com capacidade de sendo mais dono do ativo. originação. “atuam desde ‘É preciso proteger o ativo, grãos, agroindústrias, su- que é valioso” afirmou o permercados e frigorífico” diretor do banco Plural.


SEXTA FEIRA 20 DE SETEMBRO 2013

ECONOMIA

O REPÓRTER

5

Parcela do IPTU deve arrecadar em torno de R$ 160 mil A informação é do chefe do setor de tributos da prefeitura, Airton de Moura

O

chefe do setor de tributos da prefeitura de Ijuí, Airton de Moura disse que a 4ª parcela do IPTU – para quem optou pelo parcelamento – renderá aos cofres públicos um valor em torno de R$ 160 mil. Em entrevista ao programa Repórter na Tarde, Moura confirmou que a maior parte dos contribuintes aproveitou para pagar o Imposto pre-

dial e Territorial Urbano à vista , tendo direito ao desconto. A última parcela do IPTU vencerá no dia 15 de novembro. Sobre a proposta dos vereadores Valmir Seifert e Marcos Barriquello(PDT), de proporem a isenção de juros e multas para quem tiver o tributo em atraso, Airton de Moura disse que no ano passado o projeto não foi apresentado, em função

de ser ano eleitoral. No entanto, o chefe do setor de tributos confirmou que neste ano vai encaminhar, para ter validade no próximo ano. Moura disse que hoje a divida ativa chega a R$ 6 milhões. Acrescenta que hoje em torno de R$ 4 milhões seja recuperável, enquanto os demais R$ 2 milhões não se tenha condições de recuperar. Afirmou que no ano passado se arre-

cadou em termos de dívida ativa um valor de R$ 1,1 milhão e no primeiro ano em que teve a lei, o valor chegou a R$ 1,800 milhão. Sobre a isenção do IPTU, o prazo vai até o dia 30 de novembro, valendo para contribuintes que tenham apenas um único imóvel, sendo aposentado ou pensionista e com vencimento de no máximo 2,5 salário mínimo.

COMENTÁRIO ECONÔMICO

PRINCIPAIS INDICADORES ECONÔMICOS - Dólar comercial (venda): R$ 2,26. - Dólar turismo: R$ 2,32. - Dólar flutuante (paralelo): R$ 2,40. - E u r o : R$ 3,1010. - O u r o : R$ 96,50 o grama na BM&F Bovespa de São Paulo - e - US$ 1.309,40 a onça-troy na Bolsa Mercantil de Nova York. - Juros dos CDB (Certificados de Depósitos Bancários) para 30 dias: 8,93% ao ano. - Caderneta de poupança: 0,5000% ao mês. - TBF (Taxa Básica Financeira): 0,7044% ao mês. - Taxa SELIC: 9,00% ao ano. - Inflação pelo IPCA: 0,24% em agosto, correspondendo a 6,09% nos últimos 12 meses. - Petróleo: US$ 105,42 o barril em Nova York - e - US$ 107,76 o barril em Londres. - Complexo soja: Com preços mistos. - Salário mínimo nacional: R$ 678,00. - Salário mínimo regional: de R$ 770,00 a R$ 837,40, conforme o segmento econômico. - Risco-país: 216 pontos. - Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo): Ações em ritmo de cautela.

Felippe Smoco (*)

ÇÕES

ANÁLISES E PROJE-

CÂMBIO: O dólar comercial recuou, seguindo o rumo no Exterior e sempre monitorado pelo Banco Central com leilões para equilibrar as cotações. APLICAÇÕES FINANCEIRAS: Os CDBs. (Certificados de Depósitos Bancários) seguem com boa remuneração. A poupança rende o mínimo previsto em lei. As ações em Bolsa encontram os investidores operando com cautela, mas com alguns negócios na área do petróleo. COMMODITIES: O ouro está em baixa, assim como o petróleo. O complexo soja em Chicago atua pressionado por questões técnicas. INFLAÇÃO: Setembro deve registrar a volta da pressão sobre os preços. O P I N I Ã O : A DESPROPORÇÃO DO MÍNIMO NACIONAL E REGIONAL As Centrais Sindicais do Rio Grande do Sul entregaram ao governador do Esta-

do, esta semana, a proposta de aumento do piso regional à partir de janeiro de 2014, solicitando um aumento de 16,81% em relação ao piso anterior. Vale lembrar que em 2001 os gaúchos consideravam ter um PIB - Produto Interno Bruto, privilegiado em relação ao resto do país e decidiram ser merecedores de um diferencial de 28% sobre o salário mínimo brasileiro. Passado o tempo e verificada a discrepância de uma avaliação megalomaníaca dos gaúchos em relação aos demais Estados confederados, essa diferença foi reduzida para 13,57%. Mesmo assim, o que se verifica atualmente é que o Rio Grande do Sul não apresenta nenhuma característica superior no contexto nacional que possa justificar o privilégio que é concedido aos seus trabalhadores sobre os demais do país, haja visto que, na realidade atual, a nossa economia está em posição inferior e não comporta a manutenção dessa diferença. Convém lembrar que a inflação de janeiro a dezembro de 2013 está estimada

em uma média de 5,9% (ante 6,45% do ano anterior) e os especialistas estão otimistas em afirmar que o PIB - Produto Interno Bruto, do Estado deva crescer cerca de 3% este ano, graças ao bom desempenho do agronegócio, pois a indústria apresenta estagnação, nada justificando o índice de 16,81% exigido agora pelas centrais sindicais. Sou de opinião que é chegada a hora dos gaúchos descerem do pedestal e pisarem no chão duro da realidade, pois o nosso Estado está à beira da insolvência, enquanto esvai suas finanças públicas em folhas de pagamento inchadas e superpovoadas, e ao passo que a mão-de-obra da indústria e dos serviços acarreta os custos e torna os nossos produtos incompatíveis com os preços de mercado. É indispensável lembrar que de nada adianta os trabalhadores exigirem altos salários se não houver mercado que os possa absorver. RETROSPECTIVA

DE 20 ANOS ATRÁS (1993): O projeto do deputado catarinense Dércio Knop estava na reta final no Congresso Nacional para a aprovação da exploração dos cassinos em território nacional, restrito às cidades com potencial turístico. É oportuno lembrar que o jogo era livre no Brasil até 1950, quando o presidente Eurico Gaspar Dutra o proibiu, enquadrando-o nas contravenções penais e tirando o brilho e a pujança de cidades como o Rio de Janeiro, então capital da República, e muitas outras que atraíam turistas de todo o mundo. (Extraído dos anais do comentário na Rádio Repórter de Ijuí). Mais economia sempre às 6ªs.feiras, às 09hs10min, na Rádio Repórter, e para o mundo pela Internet no site www.gruporeporter.com.br Jornalista, administrador e contabilista, aposentado. Cel.55 014 8417 0378. E-mail: fsmoco07@terra.com.br


6

O REPÓRTER

Editorial Realmente não se vê tudo A possibilidade da prefeitura em buscar retirar do Fundo de Gestão Compartilhada do Demasi R$ 1,5 milhão é algo preocupante. A dificuldade financeira que parece existir na prefeitura, apenas se confirma com uma atitude como esta. Afinal, qual será a desculpa para que o Fundo, criado a partir de antecipação de receita da Corsan para o município, através do Demasi, seja sangrado num valor desta magnitude. Anteriormente, a prefeitura se segurava com o repasse dos 10% da receita do Departamento Municipal de Energia , o que acabou sendo interrompido, desde abril, sob a alegação de que o valor será destinado a construção da subestação , cuja obra não iniciou até hoje. Agora, se vai ao cofre do Demasi e se busca R$ 1,5 milhão. Fala-se que seria para cobrir déficit existente na prefeitura. Não se consegue entender, por mais que se tente, a situação que é enfrentada pela prefeitura. Afinal, não se decanta aos quatro ventos, que se tem uma situação financeira de tranqüilidade no paço municipal ? Não estamos numa cidade que está virando um verdadeiro canteiro de obras ? No entanto, a partir do momento em que se sangre o Fundo de Gestão Compartilhada , é sinal de que algo não vai bem. A pauta não deveria estar na avaliação do Consabi, mas por ordem do patrão maior – Fioravante Ballin – foi votada e aprovada na reunião da última terça-feira. Sem dúvida alguma, algo estranho ocorre no paço municipal. Algo que precisa ser avaliado, esmiuçado por parte da Câmara de Vereadores, tendo em vista que para que a verba seja transferida do Fundo de Gestão Compartilhada para a prefeitura, precisará de autorização da Câmara de Vereadores. Aprovado no Consabi, é de se exigir que os vereadores debatam, avaliem , enfim discutam o quanto tempo for necessário. Afinal, se o alcaide mor e seu vice mor decantam aos quatro ventos a pujança da economia da prefeitura, algo de muito ruim está ocorrendo. O fato é que ao tomar esta atitude de retirar do fundo de Gestão Compartilhada, a prefeitura está abrindo uma exceção a regra, indicando que no futuro poderá novamente ir buscar a grana para cobrir os gastos, que certamente são excessivos.

OPINIÃO

SEXTA FEIRA 20 DE SETEMBRO 2013

A diplomacia (ou guerra) da informação O caso da espionagem eletrônica pela internet disputa como a crise na Síria a pole position nas manchetes internacionais da mídia, num fato inédito em que a geopolítica da informação pela primeira vez ganha relevância equivalente à dos interesses estratégicos dos países mais ricos do planeta. A questão ganhou mais importância ainda porque o controle da informação está substituindo a segurança nacional como prioridade estratégica número 1 das grandes e médias potênciais. É uma mudança significativa porque mostra o papel que a informação passou a ter não apenas no nosso quotidiano pessoal como também na política externa de nações do mundo inteiro. O fenômeno já tem pelo menos 10 anos, mas foi só agora, graças ao ex-funcionário da CIA Edward Snowden, que os cidadãos comuns descobriram que a teoria das quatro paredes virou ficção em matéria de privacidade pessoal. Antes de Snowden, o soldado norte-americano Bradley (agora Chelsea) Manning (ele mudou de sexo e de nome), entrou para a galeria dos heróis (ou vilões) da guerra da informação ao entregar ao site Wikileaks documentos secretos sobre ações ilegais do exército americano no Iraque. A informação se transformou numa arma política tão ou até mais eficiente do que as bombas e foguetes. Na diplomacia da informação, os cidadãos são, simultaneamente, protagonistas diretos e indiretos. Diretos porque somos potencialmente alvo da bisbilhotice dos ser viços de inteligência e, indiretamente, porque nossas informações ser virão como base para a montagem de cenários políticos, sociais e econômicos construídos a partir de grandes volumes de dados pessoais. Desde o início da Web já se sabia que a teoria das quatro paredes não funcionava mais num ambiente digital onde o anonimato deixou de existir como regra geral. A teoria dizia que aquilo que ocorre entre quatro paredes era um direito privado inviolável de cada cidadão. Mas como na internet as relações extrapolaram as quatro paredes, a privacidade também mudou de contexto. O mais preocupante é que os governos querem saber tudo sobre o cidadão e as empresas, mas se recusam a tornar transparentes os seus próprios negócios e ações. O Japão é o mais recente caso em que as autoridades se atribuem o direito de decidir o que pode e o que não pode ser divulgado, sob a alegação de que só elas têm os dados que permitem avaliar o caráter estratégico de uma informação. Essa mesma desculpa já havia sido usada por americanos e ingleses para tentar capturar Edward Snowden, configurando o que muitos já chamam de ditadura da informação. É um problema complexo porque a informação varia segundo o contexto – e aí qualquer motivo pode ser usado para justificar o bloqueio informativo e a perseguição a pessoas como Manning, classificadas na gíria jornalística americana como whistleblowers (sopradores de apitos), pela sua

capacidade de chamar a atenção do público para questões controvertidas. Quando a informação se torna o centro de conflitos internacionais, as manobras passam a ser determinadas pela técnica dos Grandes Dados (Big Data), um desdobramento da avalancha informativa por meio da qual o processamento de grandes volumes de informação permite identificar tendências e correlações que determinam movimentos estratégicos das nações ou organismos envolvidos. Só que os Grandes Dados são formados pela soma de dados de cada um de nós, o que acaba nos envolvendo, direta ou indiretamente, em conflitos nos quais a identificação antecipada de tendências passa a ser muito mais importante, em termos estratégicos, do que aventuras militares de êxito duvidoso como as duas invasões do Iraque por tropas americanas. No caso da Síria, as ameaças de um ataque contra governo de Bashar al Assad são apenas a parte visível de uma batalha da informação que não usa gases venenosos nem mísseis teleguiados, mas softwares e crackers cujo objetivo é invadir computadores e servidores para desestabilizar os sistemas informáticos e telemáticos que controlam foguetes, aviões e as comunicações entre unidades militares. E por incrível que pareça, nesse terreno as diferenças entre sírios e americanos são bem menores do que na soma dos arsenais de cada lado. O Exército Eletrônico Sírio (Syrian Electronic Army – SEA), uma organização sobre a qual há pouquíssima informação pública, está sendo apontada pelos serviços secretos americanos como a responsável pela maioria do ataques registrados nas últimas duas semanas contra organizações financeiras, jornais e redes sociais nos Estados Unidos. O SEA provavelmente é formado por crackers, ativistas online de várias nacionalidades e que apoiam o regime sírio. (Crackers atuam na clandestinidade. Os hackers são desenvolvedores da softwares, em sua maioria adeptos do código aberto, ou seja, dos programas de acesso livre, sem cobrança de direitos autorais.) O tipo de ação desenvolvida pelos crackers do SEA mostra que eles podem causar danos muito mais importantes do que os provocados até agora. Também é ingênuo pensar que os Estados Unidos não estão usando o seu arsenal de armas cibernéticas. O problema é que não temos informações sobre essa guerra que ocorre longe do alcance da imprensa. A retaliação cibernética é apenas o lado mais documentado da diplomacia da informação porque ela ocorre longe da visibilidade pública e tem com principal ingrediente o desenvolvimento de “batalhas da informação”, só perceptíveis por programadores, crackers e hackers. Batalhas que antecipam cenários futuros e que se parecem mais a jogos de guerra em computadores. O problema é que essas batalhas são travadas com base em informações que nós fornecemos em nossas mensagens de correio eletrônico e conversas em redes sociais. Por Carlos Castilho Artigos para esta página: 2.400 caracteres ou 40 linhas de 60 espaços. Envie para o e-mail redacaooreporter@yahoo.com.br


SEXTA FEIRA 20 DE SETEMBRO 2013

RURAL

Cotrijui avalia implantação de uma Sociedade Anônima

Presidente Vanderlei Fragoso anunciou a intenção de criar uma S.A

O REPÓRTER

Aprofeira: produtos de qualidade O presidente da Aprofeira,Cristiano Ceretta, ao participar do programa Repórter da Manhã disse que os produtores, se preocupam em produzir produtos da época , para ter uma qualidade para apresentar ao consumidor”. Afirmou que está na época do moranguinho, um dos principais produtos da Aprofeira. Disse, no entanto, que o consumidor obtém toda a linha de hortigranjeiros, como alface, cenoura, beterraba, tempero verde. “Temos todos os

tipos de folhosas” comentou Ceretta, acrescentando que existe em quantidade. Disse que são vendidos também na Aprofeira, pães, cucas, bolachas , embutidos. Acrescentou que existe o selo de qualidade. “É uma venda direta ao consumidor, sempre procuramos ter produtos de qualidade’ comentou Ceretta. Salientou que os clientes são de vários anos e consegue-se um bom valor, pois a venda é direta. “Temos mais de 20 produtores trabalhando na Aprofeira” comentou.

Pescadores da Z-18 implantarão cooperativa O presidente da colônia de Pescadorez Z-18, Itamir Lizott disse em entrevista ao programa Repórter da Manhã que uma cooperativa de produtores de peixe está coordenada, devendo se buscar um espaço para trabalhar. “Augusto Pestana e Coronel Barros já se apresentaram com oferecimento de terreno. No entanto, quando o estudo

A

o p a r t i c i par d o Informativo Cotrijui deste domingo, o presidente da cooperativa, Vander lei Fragoso anunciou a manutenção do acordo com a Monsanto. Ele disse que na sexta-feira ocorreram impor tantes encaminhamentos. Fragoso disse que vai permitir que já a partir desta segunda-feira, o associado vá até uma unidade e tendo interesse em fazer compra do material, estando a Cotrijui autorizada a vender a tecnologia. Fragoso anunciou que, atendendo demanda dos associados, foi recebido um investidor privado visando a instalação de uma fábrica de ração bovina. No dia 25 ocorrerá encontro para debater esta situação. No programa, o presidente Fragoso comentou detalhes da criação de uma S.A, que foi debatida em reunião

realizada sexta-feira, envolvendo conselhos de representantes, conselho fiscal, lideranças sindicais e prefeitos. “Apresentamos dentro do plano de reestruturação, a possibilidade de construção de uma ampla companhia no setor de comodites” comentou Fragoso. Disse que se tirou indicativo no sentido de que o debate em torno da S.A continue, que poderá segundo Fragoso, resultar no saneamento da Cotrijui. A composição visa resolver o problema do endividamento da Cotrijui com fornecedores, bancos públicos e privados, tributos fiscais e também conta corrente com o associado. “vamos tentar consituir a companhia societária, onde a Cotrijui entraria com sua capacidade de armanzenamento e acionistas privados entrariam com recursos” acrescentou.

da cooperativa estaremos entrando em contato com o prefeito” comentou. Afirmou que a cooperativa será dos pescadores associados da Z-18. Ele comentou detalhes do evento que será realizado no dia 6 de outubro, o 20º almoço do Peixe. O evento será realizado na sede da Z-18, com início às 10 horas e 30 minutos.

7


8

POLITICA

O REPÓRTER

PCdoB defende uma “Nova Arrancada” para ampliar avanços no país Lideranças nacionais do PC do B estiveram em Ijuí no final de semana

SEXTA FEIRA 20 DE SETEMBRO 2013

Sessão da Câmara sem maiores debates Uma sessão tranqüila, diferente da que foi realizada na semana passada, ocorreu segunda feira, no Grupo de Arte Nativa, cabo Toco. Vereadores aprovaram três matérias. Uma das matérias autoriza a administração municipal repassar verbas para a Associação de Catadores de Materiais Recicláveis (Acata), a fim de complementar a execução do projeto “Estruturando Núcleos para Qualificar Vidas”, da Fundação Nacional de Saúde.Aprovado projeto que prevê o repasse de R$ 15 mil a Associação dos Produtores Colméia. Também aprovado projeto que autoriza a prefeitura a repassar R$ 16.632,40 , via Lei de Incentivo a Cultura, para a União das Etnias , valor que será utilizado no desfile programado para o dia 6 de outubro, na rua Benjamin Constant. A sessão não contou com o tradicional espaço do pequeno e grande expediente. Ao receber os vereadores , Ademar Mariano, patrão do Cabo Toco

lembrou a força que possui o movimento Tradicionalista. Agradeceu a presença dos vereadores naquela casa de cultura Nativa. Já o presidente da Associação Tradicionalista, querência Gaúcha, Diomar Kramer lembrou a importância da interação entre o Legislativo e o Nativismo. Cesar Busnello (PSB), autor da proposta de realização da sessão no Cabo Toco disse que “ a casa das leis veio até a casa dos gaúchos, como forma de valorizar e contribuir na valorização da cultura entre crianças e jovens. Rosana Tenroler (PT) disse que “ enquanto a cultura de massa denigre a imagem das mulheres, ocorre o contrário no movimento Tradicionalista”. Darci Pretto da Silva(PDT) disse que é importante que todo gaúcho tenha viva a chama da tradição. O vereador declamou uma poesia, de autoria do ex-deputado Federal Pompeo de Mattos, ao som de violão , tocado por Pedro Darci de Oliveira.

Lideranças do PCdoB defenderam em Ijuí nova Arrancada para o Brasil

O

PCdoB de Ijuí realizou no último sábado uma série de atividades relativas ao 13º Congresso Nacional do Partido, com a presença do Deputado Estadual e Presidente do PCdoB no RS, Raul Carrion. Os Deputados Federais Manuela D’Ávila e Assis Melo tinham presenças confirmadas até a sexta-feira, mas tiveram que cancelar sua vinda devido a compromissos de última hora.A principal atividade programada para este dia foi o Debate das Teses do PCdoB para o seu 13° Congresso Nacional, realizada no sábado a tarde no Plenário da Câmara de Vereadores de Ijuí. As teses foram apresentadas pelo Presidente Estadual do Partido Raul Carrion e o ato teve a presença de diversas lideranças regionais, entre elas Junior Piaia, Rosane Simon e Ângelo Schiavo, de Ijuí, os Vereadores Professor

Cézar de Três Passos e Gilmar Martins de Nova Ramada e representantes das cidades de Cruz Alta, Panambi e Santo Ângelo.Raul Carrion abriu a apresentação das teses saudando todos os presentes e lembrando que o Congresso do Partido é amplamente democrático e dividido em várias instâncias de debate que se iniciam com a reunião das bases militantes e se encerram com as conferências municipal, estadual e nacional, permitindo a participação de toda a militância e a colaboração da sociedade e lembrando as manifestações populares ocorridas no país nos últimos meses, defendeu que estas mobilizações são fundamentais para o país avançar.“Fazem exatos 10 anos da eleição de um trabalhador para a Presidência e do primeiro governo dos debaixo neste país. Isto é algo extraordinário que em

mais de 500 anos de história nunca existiu no Brasil. Lá atrás nós do PCdoB nos perguntávamos se deveríamos fazer parte deste governo e assumirmos esta responsabilidade, entramos no governo e achamos que foi uma decisão acertada”, disse Raul Carrion, salientando que é necessário realizar uma ampla análise deste período e da herança deixada pelo neoliberalismo no país e herdade pelo Governo Lula. “A situação que nós herdamos de crise econômica, neoliberalismo, privatizações, enfim, um Brasil trágico, fomos aos poucos transformando em possibilidades para o povo e em muitos avanços como a valorização do salário mínimo, e a conquista do acesso às universidades, a casa própria e a erradicação da pobreza extrema. Partimos muito de trás e estamos avançando”.

Sessão do Legislativo entrou no ritmo da Semana Farroupilha

Comissão tem aprovada moção de apoio Na sessão da câmara de Vereadores desenvolvida nesta segunda-feira no Cabo Toco, foi aprovada solicitação de Moção de Apoio a implantação de um campus da Universidade da Fronteira Sul. A moção de apoio para o campus de Ijuí será encaminhada ao comitê do Movimento Pró-Univer-

sidade. O vereador Aldair Cossetin(PT), que coordena a comissão especial criada na câmara de Vereadores afirmou que a instalação do campus da UFFS em Ijuí é fundamental para se buscar o desenvolvimento econômico, social e cultural da população da região de Ijuí.

Busnello protocola ante projeto instituindo prêmio mérito Farroupilha O vereador César Busnello(PSB) protocolou ante-projeto por ocasião da sessão desta segunda-feira da Câmara de Vereadores. O vereador prevê em seu

projeto instituir o título prêmio mérito Farroupilha a pessoas e entidades que se desstacaram. “Meu objetivo é promover a cultura em Ijuí” comentou o vereador.


SEXTA FEIRA 20 DE SETEMBRO 2013

GERAL

O REPÓRTER

9

Orgulho de ser gaúcho Mais que uma simples data, dia 20 de setembro marca o Dia do Gaúcho

O

dia 20 de setembro não é apenas uma data fixada no calendário, mas sim, traz aos gaúchos uma representatividade e um significado grandioso, pois ali resgata os valores da tradição gaúcha. O 20 de setembro lembra a história do povo que lutou na Revolução Farroupilha – que durou de 1835 a 1845 – em defesa do Rio Grande do Sul. E esse Dia do Gaúcho, que também marca o fim da Semana Farroupilha, onde ressaltou o tradicionalismo no seu movimento cívico-cultural representado no seu Desfile Farroupilha. Hoje é um dia muito especial para todos os gaúchos, destes que se integraram desde pequenos nos movimentos culturais gauchescos. Um belíssimo exemplo é o caso de Abigail Tadeu Rodrigues de Almeida, integrante e um dos fundadores do Piquete Monte Caseros de Ijuí, que é vinculado ao 27ª GAC. Filho de Alfredo Rodrigues de Almeida e Doralina Freitas de Almeira, Tadeu sempre foi apaixonado por gaita, e diz que por ter esse gosto foi o que o aproximou do tradicionalismo. “Eu gostava muito de ouvir gaita. Lembro que minha mãe tinha um bolicho, e volta e meia, aparecia algum gaiteiro por lá”. Participando ativamente dos movimentos em CTG’s, Tadeu integrou no CTG Clube Farroupilha nos anos de 1976 e 1979. Em 79, começou a atuar no Grupo Folclórico Avô Maragato do Bairro Modelo – assim inicialmente denominado, passando em 1992 a ser CTG Avô Maragato –, sendo Patrão da

Campeira por um período. Em 2002, Tadeu foi convidado por integrantes fundadores a fazer parte do Piquete Monte Caseros, onde permanece até hoje. Tradicionalista ativo, participa da busca da Chama Crioula há vários anos. “Eu participei em 1998, na cavalgada do Mercosul. Também fui a São Borja, onde foi acendido a centelha perto do mausoléu que Getúlio Vargas está sepultado. Fui a para muitas cidades, como: Erechim, Itaqui, Júlio de Castilhos, entre outras”, salienta Rodrigues. Peões, prendas, piás e prendinhas de todas as querências. Não é de hoje que presenciamos que o amor pelo tradicionalismo é passado de pai para filho. Até porque manter a tradição viva deve ocorrer esse ciclo, esse repasse histórico do povo gaúcho. Victória Luisa da Rosa Ribeiro, 12 anos, além de representar a juventude e mostrar que a tradição é renovável, também representa 22 municípios e 64 entidades tradicionalistas, após ganhar a faixa de 1ª Prenda Mirim da 9ª Região Tradicionalista. Victória conta que começou a se interessar aos 8 anos de idade, pela tradição gaúcha. “A partir de um convite feito por uma colega, para assistir um ensaio de uma invernada, que comecei a ter gosto pelo tradicionalismo”, destaca Victória. Victória que já está na sua terceira faixa, sendo as outras de 2ª e 1ª Prenda Mirim do Grupo de Folclore Chaleira Preta, já almeja a sua quarta conquista, a de 1ª Prenda Mirim Estadual. “Eu estudei bastante para conseguir a faixa regional,

Tadeu já percorreu mais de 10 cidades em busca da Chama Crioula

Ano que vem Victória tentará trazer a faixa de 1ª Prenda Mirim Estadual isso com a ajuda da minha Coordenadora Cultural, Fernanda Giacobbo, e foi um orgulho, pois represento a minha entidade, Ijuí e agora a região”. O único, porém de ser gaúcho, onde ressalta Tadeu Rodrigues é o problema da comercialização da data comemorativa, “antigamente o tradicionalismo tinha mais força. Hoje em dia, estão fugindo muito das raízes.

Está sendo mais um comercial, alguns usam bombacha, bota e chapéu para ter mídia, sem contar que apenas usam durante a Semana Farroupilha”. Tadeu ainda avisa que, o gaucho não é aquele que usa a melhor bota e bombacha durante a semana do gaúcho, mas sim aquele que sabe honrar a tradição e em primeiro lugar saber respeitar o próximo, e

lembrar que estamos representando o Estado e cidade de origem. Alberto e Gabriel Ortaça já traziam em uma de suas músicas os valores do gaúcho, o orgulho da tradição gauchesca. Destacada nos seguintes versos, “Sou assim por natureza. Índio campeiro e sem luxo. Que ostenta como um brasão. O orgulho de ser gaúcho”.


10

SAÚDE

O REPÓRTER

Fábio Francke: diagnóstico precoce é fundamental O médico oncologista participou do programa Repórter da Manhã, quando falou sobre a importância do diagnóstico precoce

O

doutor Fábio Francke, médico oncologista do Hospital de Caridade de Ijuí disse no Repórter da Manhã que é preciso saber da importância de se iniciar o tratamento contra o câncer dentro de um prazo mínimo. “A cura está relacionada ao diagnóstico precoce” comentou. Disse que o câncer de mama, por exemplo, tem índice de cura de 90% quando descoberto no início. Afirmou que a primeira dificuldade é fazer o diagnóstico. “Quando do diagnóstico, enfrentamos uma burocracia na rede pública até chegar ao centro de Oncologia” criticou Fábio Francke.Disse que no CACON existe um ambulatório de diagnóstico, exatamente porque sendo feito dentro do centro, não existe a demora no atendimento e tratamento. O médico disse que existem alguns tipos de câncer que são agressivos, como de pâncreas, estômago, melanoma. Disse que o diagnóstico antecipado e realização de exames preventivos são fundamentais para o sucesso no seu tratamento. Afirmou que muito tem se pesquisado sobre novas maneiras de bloquear a dor. Frisou que “ mesmo numa situação onde não existe cura, é preciso que o médico faça com que o

Fábio Francke acentua que diagnóstico precoce é fundamental para a luta contra o câncer

paciente não sofra”. Sugeriu tratamentos paliativos, para minimizar o sofrimento, uma prioridade quando não se tem a cura. Fábio Francke disse que é preciso se acreditar que o trabalho não é apenas curar o paciente, mas também oferecer uma qualidade de vida. “Todo profissional que trabalha com a área de câncer, precisa estar resolvido a trabalhar a questão da morte. Os médicos estão aqui para curar, prolongar a vida das

pessoas” comentou. O médico do CACON disse que ainda é preciso se refletir muito sobre a questão da morte. “Os médicos não são Deus” complementou. Sobre o Centro de Alta Complexidade em Oncologia, afirmou que o CACON está crescendo devido ao grande volume de casos que chegam diariamente. Confirmou a expectativa de instalação do segundo aparelho acelerador linear, com a ampliação do CACON.

SEXTA FEIRA 20 DE SETEMBRO 2013

Presidente do HCI diz que presença de CCS na diretoria é legal Ao participar hoje do Programa Repórter na Tarde, o presidente do HCI, Cláudio Matte Martins disse que uma instituição de saúde como o Hospital de Caridade sempre tem os seus leitos e centros de exames preenchidos com toda a agenda. Martins disse que em termos de recursos, “a briga é constante com o governo, para a busca e liberação de verbas para que o trabalho tenha continuidade”. Disse que a tabela do SUS é defasada, ganha-se 60, para 100 reais, afirmou o presidente. “Os governantes, especialmente o Governo Federal tem que ter consciência de usar mais recursos mais na Saúde’ comentou. Segundo avalia Cláudio Martins, não está existindo uma destinação correta de verbas. “O dinheiro para a Saúde tem que ser para ontem” comentou o presidente do HCI, não se podendo ficar esperando. Afirmou que a melhoria da tabela do SUS é fundamental. O dirigente do HCI disse que existem vários parlamentares ligados a saúde, citando o deputado Darcísio Perondi (PMDB), que vem buscando um reajuste na tabela do Sistema Único de Saúde. Ao ser questionado sobre a UTI Pediátrica, Cláudio Matte Martins afirmou que “ não existe a possibilidade de manter ou implantar uma nova Unidade de Tratamento Intensivo com recursos próprios. Ela não se viabiliza, conforme Martins, sem recursos do

governo Estadual. “Adaptações, equipamentos, fica por conta do Estado” afirmou. Acrescentou que está disposto a fazer o projeto, mas não ocorrendo financiamento do governo de uma UTI completa, o HCI não assume. Cláudio Matte Martins reiterou que a falta maior seria a UTI Neonatal. Sobre os recursos do governo do Estado, disse que ‘ tudo está em dia”e que estão pagando a fatura do mês e mais um saldo que havia ficado pendente. Cláudio Matte Martins comentou o pedido de informações do vereador Ricardo Adamy (PMDB), que questionou a presença de ocupantes de cargos em comissão da prefeitura na direção do HCI. Respondeu que é uma associação civil, e que nos estatutos, não diz nada ao contrário de que ocupantes de cargos em comissão não possam integrar a diretoria. Afirmou que a direção do HCI é voluntária. “Tem que ter bem concreto de como funciona a diretoria”, citando os secretários Antonia Busmann e Enio dos Santos. “Não existe nada que impeça a presença deles na direção” comentou o presidente. “Temos muito orgulho de tê-los na diretoria” comentou o presidente. “Tem que se informar melhor” criticou Cláudio Matte Martins. Sobre a questão da importação de médicos, afirmou que ‘” podem ter a maior boa vontade, mas se não existir mínimo de infraestrutura de nada adianta”.

Perondi diz que prioridade da bancada federal do PMDB é a saúde


SEXTA FEIRA 20 DE SETEMBRO 2013

GERAL

Prefeito explica busca de recursos do Fundo de Gestão Compartilhada O prefeito de Ijuí, Fioravante Ballin explicou na manhã de hoje ao jornal Repórter o motivo de ue leva a buscar recursos do fundo de Gestão Compartilhada do Demasi

O

prefeito de Ijuí explicou recentemente ao Repórter o motivo da prefeitura retirar R$ 1,5 milhão do Fundo de Gestão Compartilhada do Departamento Municipal de Saneamento. Ballin disse que o dinheiro será aplicado para custeio do recolhimento de resíduos sólidos e a construção da unidade de transbordo do lixo, em função do novo contrato com as empresas responsáveis pela coleta, recolhimento e transporte do lixo em Ijuí. “Esta despesa não estava orçada , então decidimos buscar junto ao Fundo de Gestão Compartilhada, pois esta é uma das áreas de atuação do Demasi” explicou o prefeito. Acrescentou que no próximo ano, a despesa com a coleta e transbordo do

lixo urbano sairá da rubrica da Secretaria do Meio Ambiente, passando para o Demasi. Ballin acrescentou que o dinheiro não tem necessidade de ser reposto, tendo em vista que a questão do recolhimento de

lixo é uma das atribuições da autarquia municipal. O prefeito confirma que o projeto prevendo a retirada de R$ 1,5 milhão do Fundo será encaminhado nos próximos dias à Câmara de Vereadores.

O REPÓRTER

11

Bom Pastor recebe verba do governo do estado O presidente do Hospital Bom Pastor, Antonio Miron disse no programa Fatorama que foram liberados R$ 619 mil , emenda parlamentar do deputado Gerson Burmann(PDT), através da Secretaria da Saúde. A verba será utilizada para 14 leitos da unidade Psiquiátrica, permitindo a construção de uma sala de cinema, sala de Socialização, refeitório, posto de Enfermagem e serviços de Apoio. São 650 metros quadrados de área construída. Disse que é um projeto que vai aumentando, para se chegar a 115 leitos para internações diversas, no novo prédio do Bom Pastor, localizado no bairro São Geraldo. Disse que o recurso que chega vem das esferas federal e estadual, da comunidade e de emendas p a r t i c u l a re s . “ F a z e m o s u m a p ro j e ç ã o d e q u e o dinheiro vier, está previsto para 2014 R$ 1 milhão

para a continuidade das obras”, comentou o presidente. Disse que ainda dos anos de 2011 e 2012 existem emendas para serem liberadas. Falta dinheiro da Consulta popular de 2010 até hoje. No total, desde 2010, é um valor de R$ 1,1 milhão para ser liberado. “Se recebermos esta verba, temos uma projeção de andamento da obra” afirmou. Acrescentou que 40% da obra está pronta. Confirmou que no novo prédio já funciona o CAPS UM e o Caps infantil. Afirmou que depende da verba que entra, mas que de imediato é impossível se mudar toda a estrutura. Afirmou que o objetivo é fazer com que em três anos ocorra a mudança definitiva. Observou que com o crescimento da construção civil é difícil também se conseguir pedreiros e outros trabalhadores para o setor.

Busnello tem medo de que Demasi vire um novo Demei “Temo que possa ocorrer com o Demasi, o mesmo que ocorreu com o Demei. O departamento Municipal de energia foi sangrado em sua receita por anos e agora não presta o serviço adequado”. O comentário é do vereador César Busnello(PSB), ao avaliar a

notícia de que a prefeitura vai retirar R$ 1,5 milhão do Fundo de Gestão Compartilhada do Demasi, para custear o recolhimento e transbordo do lixo urbano. Busnello disse que “ espera que esta situação não se torne rotineira’. Acrescentou que a exceção que está

ocorrendo neste momento, não pode se tornar de forma alguma regra. O vereador do PSB lembra que durante anos, nas administrações anteriores e parte da atual, o Demei veio sendo sangrado em sua receita, com repasse de 10% para a prefeitura. ‘Foi se deixando de

investir e hoje a comunidade paga um preço pela péssima qualidade dos serviços prestados pela autarquia que atua na área energética” comentou. Busnello lembra que a comunidade poderá ter, no caso do Demasi, a mesma situação, ou seja, não se consiga investir

Prof. Dr. Argemiro Luís Brum

TENDÊNCIAS A GUERRA COMERCIAL E OS EUA Durante a chamada “guerra fria” (19461991), quando EUA e União Soviética disputavam a hegemonia política e econômica, o mundo viveu grande parte do período sob regime comercial protecionista. Ou seja, apesar dos esforços do então Acordo Geral de Comércio e Tarifas (GATT) em abrir o comércio via rodadas de negociações multilaterais (envolvendo todos os seus países membros) o mundo encontrava dificuldades para liberar o comércio. Aliás, tem sido assim historicamente: em épocas de conflitos e crises globais a tendência sempre foi o comércio mundial diminuir, pois os países partem para ações protecionistas em favor de seus mercados internos. Com a implosão do império soviético em 1991 os EUA ficaram praticamente sós no mundo para exercer sua hegemonia. Foi o momento em que, iniciada em 1986, a lógica do livre-comércio, com base nas teorias neoliberais, avançou significativamente. Diferentes blocos econômicos surgiram, dentre eles o Mercosul, e as ações multilaterais em favor de um comércio sem protecionismos se multiplicaram. Neste cenário nasceu a proposta da Área de

em políticas públicas, especialmente com a implantação da rede de esgoto, em função da retirada de recursos. O vereador entende que no momento em que o projeto der entrada na câmara de Vereadores terá que passar por uma ampla discussão.

(CEEMA/DECon/UNIJUÍ

Livre-Comércio das Américas (ALCA), que foi erroneamente bombardeada no Brasil antes mesmo que se pudesse discuti-la com propriedade. A atual linha política brasileira terminou por enterrá-la, sustentada igualmente pela perda de interesse dos EUA na mesma após o fracasso do acordo entre União Europeia e Mercosul, em 2004. Pois bem, passados quase 10 anos destes últimos eventos assistimos a uma retomada mundial em busca de acordos de livre-comércio regionais. O Mercosul e a União Europeia falam em retomar as negociações para se criar uma zona de livre-comércio inter-blocos, mesmo que em nosso caso mal tenhamos uma integração econômica. Por sua vez, os EUA avançam em duas frentes: com a Europa e com a Ásia. Que estratégia o move nesta direção, dentro do contexto atual de guerra comercial que vivemos, especialmente depois de 1991? A GUERRA COMERCIAL E OS EUA (II) Tanto o Acordo de Livre-Comércio com a Europa (Transatlantic Trade and Investment Partnership – TTIP) quanto o Acordo de Livre-Comércio com a Ásia (Trans Pacific Partnership – TPP) tem como lógica o óbvio: um país cresce bem mais quando

aumenta suas exportações, ampliando seus mercados. No caso dos EUA, diante do marasmo provocado pela crise mundial, se busca ampliar o comércio internacional para dinamizar um crescimento econômico anêmico. Mas há outro grande motivo para tais iniciativas: conter a retomada futura da potência econômica que é a China. Provavelmente esse seja o motivo principal! Ocorre que hoje não se pode mais utilizar as armas comerciais de um passado não tão distante, tipo a manipulação das tarifas aduaneiras, para bloquear as importações competitivas procedentes de outros países ou para favorecer produtos de países amigos. Agora, será preciso harmonizar as normas comerciais dos dois lados do mundo. Normas estas que têm servido para justamente bloquear o comércio entre países. A GUERRA COMERCIAL E OS EUA (III) Assim, facilitar o comércio entre duas potências significa aplicar as mesmas regras para brinquedos, pescado ou produtos financeiros. Hoje, a principal arma na guerra comercial mundial é dominar e ditar tais normas, pois isso permite controlar a circulação de riquezas. É por

isso que se torna tão estratégico para os EUA compor um grupo de países, em torno de acordos comerciais de livre-comércio, com regras comuns, que inclua o máximo de Estados, para poder se opor à China. A complexidade do processo não deve permitir que os resultados sejam rápidos (cf. Le Monde, 17/06/13). Mas o jogo começou a ser jogado! E o Brasil nisso tudo? Talvez espere que, por ter sido um brasileiro escolhido para Secretário Geral da Organização Mundial do Comércio (OMC), a partir deste mês de setembro, possa assumir alguma relevância neste debate internacional. Todavia, nada indica que estamos realmente preparados, hoje, para jogar tal jogo. Afinal, nem mesmo a Argentina conseguimos enfrentar quando a mesma burla o mais simples dos acordos do Mercosul. Além disso, a própria OMC perde espaço, pois tais negociações estão passando por cima de sua estrutura. Aliás, é por isso que não teria havido interesse do chamado “mundo desenvolvido” em disputar a Secretaria Geral da Organização. O multilateralismo estaria claramente perdendo espaço em favor de um ou dois países hegemônicos, repetindo a história.


12

O REPÓRTER

SOCIAL

Evento teve desfile, apresentações artísticas e música ao vivo de Eduardo Borges Uma noite marcada por elegância, glamour e muita diversão. No sábado(14), aconteceu no Salão Nobre da Sociedade Ginástica Ijuí (Sogi), a primeira edição do Baile de Máscaras Party Night . oito meninas desfilaram, concorrendo ao concurso para escolha das rainhas do Carnaval da Sogi 2014. Segundo Vanusa, o resultado será divulgado no dia 29 de novembro, na Abertura Oficial da Temporada de Verão do Clube.

SEXTA FEIRA 20 DE SETEMBRO 2013

Niver

“que em cada momento nasça um novo sorriso ao redor de Ana Julia Morais”. Parabens

Parabens Ana Julia Morais Panassol , que completou 9 anos dia 18 de setembro, filha de Juliana e Daniel, Família muito felizes . Avós Amiltom e Nair , José e Vita.


SEXTA FEIRA 20 DE SETEMBRO 2013

CULTURA

2ª Feira Regional da Primavera reuniu cerca de 70 expositores, na Praça da República A 2ª Feira Regional da Primavera de Ijui aconteceu nos dias 14 e 15 de setembro, na Praça da República.

Artesanato e produtos coloniais foram os grandes destaques da feira 2ª Feira Regional da do Sul, Augusto Pestana, entre Primavera de Ijui acon- outras”, ressalta Schröer. No segundo dia da feira, teceu nos dias 14 e 15 de setembro, na Praça da Repúbli- aconteceu o 1º Encontro de Fusca. Durante o evento houve a cas do Volks Club de Ijuhy, macomercialização do artesanato teada e doação de mudas pela e produtos coloniais locais e Secretaria Municipal de Meio Ambiente. Cláudio Hedlund, regionais. Segundo a Presidente da vice-presidente da Volks Club Associação do Brique da Pra- salientou que a amostra dos ça (ABRIQ), Maria do Carmo carros é mais para divulgação Schröer, o objetivo da feira aos ijuienses, e que conseguiu foi de divulgar o trabalho do reunir cerca de 70 veículos artesanato das duas associa- neste evento. Outra novidade do evento ções participantes, a ABRIQ e a da Feira Regional de Eco- foi a realização do 1º Concurso nomia Solidária (Feconsol). de Cães de Ijui, promovida pela “Conseguimos reunir mais de Animale Pet Shop Store e Clini70 expositores das diferentes vet. De acordo com a veterinácidades, como: Santo Ângelo, ria Dra. Jaqueline Conrad SchirEntre-Ijuis, Santa Rosa, Giruá, mer, uma das organizadoras Frederico Westphalen, Caxias do concurso, o desfile ocorreu

A

pela parte da amanhã, 15, no Anfiteatro da Praça da República. “Premiamos os cães nas seguint es categorias: melhor penteado, cão mais exótico, maior e menor animal de estimação e o cão mais fashion. No ato da inscrição pedimos para que o pessoal trouxesse 1kg de ração, o qual será revertido para a Associação Protetores da Vida (APV) e Associação de Amigos de Animais de Ijuí (AAAI)”, ressalta Jaqueline. A 2ª Feira Regional da Primavera foi promovida pela Associação dos Artesãos do Brique da Praça (ABRIQ) e Feira Regional de Economia Solidária (Feconsol) com o apoio da Unijuí e Secretaria Municipal de Cultura, Desporto e Turismo.

O REPÓRTER

13

Desfile Cívico no Bairro Modelo Na manhã de domingo, 15, aconteceu o Desfile Cívico no Bairro Modelo, em comemoração a Semana da Pátria e aos 34 anos do bairro. No ato, estiveram presentes as seguintes autoridades: Presidente do Bairro Modelo, João Fontoura; Prefeito Municipal, Fioravante Ballin; Comandante do 27º GAC, Coronel Carlos Rocha Tomáz; Comandante do 29º BPM, Capitão Alexandre Moreira Pereira; Presidente da UABI, João Monteiro; Diretora da Escola Estadual Antonio Padilha, Elizabeth Libert e a Diretora do Colégio Estadual Modelo, Jussara Zimermann. Durante a abertura do evento o Prefeito Fioravante Ballin afirmou que no próximo ano o desfile não ocorrerá mais no paralelepípedo e sim em um asfalto, que será colocado até o ano que vem na avenida.


14

O REPÓRTER

ENTRETENIMENTO

SEXTA FEIRA 20 DE SETEMBRO 2013

Sobrenatural: Capítulo 2 estreia com recorde de bilheteria nos EUA “Sobrenatural: Capítulo 2″ estreia no Brasil em 18 de outubro.

“Sobrenatural: Capítulo 2″ quebrou recorde de bilheteria em seu primeiro dia em cartaz. O terror dirigido por James Wan (“Jogos Mortais”) transformou a sexta-feira 13 num dia de sorte, ao faturar US$ 20 milhões nos EUA. Trata-se da maior arrecadação já registrada durante um único dia durante o mês de setembro nos EUA, época que não costuma ter grandes bilheterias. Além disso, poucos filmes de terror fizeram tanto sucesso em seu primeiro dia em cartaz, com exceção dos lançamentos da franquia “Atividade Paranormal”. Segundo projetos de sites especializados em bilheterias, o segundo “Sobrenatural” pode ainda quebrar um novo recorde se alcançar US$ 43 milhões no fim de semana, conforme preveem. O valor superaria os US$ 42,5 milhões de “Hotel Transilvânia” como a maior bilheteria já registrada num mês de setembro. De lambuja, ainda superaria “Invocação do Mal”, do mesmo diretor e com o mesmo ator, Patrick Wilson, como a maior estreia de um terror em 2013. O sucesso é realmente enorme, pois seu orçamento foi de apenas U$ 5 milhões. Lançado em 2010, o primeiro filme teve um custo ainda menor, estimado em US$ 1,5 milhão e rendeu US$ 13,3 milhões em seu primeiro fim de semana, chegando a mais de US$ 54 milhões nos EUA. Os dois longas foram produzidos por Jason Blum e Oren Peli, da franquia “Atividade Paranormal”, considerados os novos reis dos filmes de terror de baixo orçamento. O diretor James Wan, que vai assinar o próximo filme da franquia “Velozes & Furiosos”, já anunciou que “Sobrenatural: Capítulo 2″ é o último filme de terror de sua carreira. Ele está atualmente em cartaz no Brasil com seu filme anterior, “Invocação do Mal”, que curiosamente também estreou nesta sexta-feira 13 de setembro por aqui. Por enquanto, “Invocação do Mal” registra a melhor bilheteria de estreia de um terror original em 2013, com U$ 41,8 milhões. O filme já soma US$ 135,4 milhões só nos EUA.

Universo de Harry Potter voltará ao cinema A escritora J.K. Rowling vai retomar o universo de “Harry Potter” em um novo filme. A criadora de Hogwarts assinou contrato com a Warner Bros para fazer sua estreia como roteirista, adaptando seu livro “Animais Fantásticos & Onde Habitam” (Fantastic Beasts & Where to Find Them), passado no mesmo mundo mágico. Em comunicado, Rowling que não se trata de uma continuação nem um prólogo, mas outra história com outros personagens. Idealizado como o início de uma nova franquia, o longa acompanhará as aventuras do autor fictício da enciclopédia que lhe dá título, Newt Scamander. Segundo a escritora, o projeto ganhou vida quando a Warner Bros a procurou com a sugestão de transformar ‘Animais Fantásticos & Onde Habitam’ em um filme. “Eu achei a ideia divertida, mas a ideia de ver Newt Scamander, o suposto autor de ‘Animais Fantásticos’, realizado por outro escritor era muito difícil”, contou, no comunicado. “Por ter vivido tanto tempo no meu universo ficcional, eu me sinto protetora em relação a ele, e eu já sabia muito sobre Newt. Como os maiores fãs de Harry Potter sabem, eu gostei tanto dele que até casei seu neto com uma das minhas personagens preferidas da série Harry Potter, Luna Lovegood. Enquanto eu considerava a proposta da Warner, uma ideia surgiu e eu não consegui afastá-la. Foi assim que eu acabei oferecendo minha própria ideia para a Warner Bros.” Apesar do que ela garante, trata-se, sim, de um prólogo,

na medida em que se passa antes das aventuras do menino bruxo. De todo modo, mesmo sem Harry, Rony e Hermione, a Warner está esfregando as mãos de felicidade por retomar a parceria lucrativa com Rowling. O anúncio também revela que a nova franquia será um esforço de merchandising, acompanhada pelo lançamento de games e outros produtos, além de iniciativas digitais, como conteúdos especiais para o site Pottermore. A franquia “Harry Potter” teve 8 filmes, lançados entre 2001 e 2011, que combinados renderam mais de U$ 7,7 bilhões nas bilheterias do mundo todo.

Horóscopo Bagual Áries - Bicho mais fogueteiro e metido não tem. Ele atropela todo mundo, que nem bagual solto em feira de porcelana. Tem mania de ser sempre o primeiro. E é: o primero... loco! Touro - Ele primeiro vê se a cuia é linda no más, e depois, fica ali, acariciando a dita, com cara de libidinoso. Como em geral é guloso pra caroço, te passa o mate, mas fica te olhando atravessado, e ruminando... como é do seu feitio. Gêmeos - O vivente já entra no rancho falando e contando causo, trovando e traqueando que é um inferno. Tudo com a cuia na mão. Até que o povaréu começa a ficar nervoso. Câncer – Esse é chorão que é um inferno. Tem uma memória do cão e se lembra tim tim por tim tim quem ganhou cada Califórnia e cada Grenal. Leão - loco convicto! Não é que me inventou de mandar gravar um brasão de família na cuia e outro na bomba? Só toma chimarrão se tiver um povo em volta pra ficar lhe olhando e, aí, aproveita e desata a trovar e a declamar, esperando que lhe aplaudam. Virgem - Primeiro, ele lava as mãos e todos os apetrechos. Depois, confere se a erva é ecológica e por aí vai. Acha que o certo, mesmo, era cada um ter a sua própria cuia, bomba e mate. Libra - Flor de fresco, chega a pegar a bomba com o dedinho levantado, mas compensa pelo senso de justiça. Só toma o mate depois que todo mundo já se serviu. Escorpião - Sem essa de que vingança é um prato que se come frio, pois que na água quente do amargo fica tramando seus planos de vingança. E, ai daquele que não lhe passar a cuia. Sagitário - Sagitariano que é sagitariano nunca está em seu país de origem: aqui no Rio Grande. Pode ser um carioca, paulista ou baiano que, sem entender nada de tradição, fica mexendo o mate com a bomba como se o amargo fosse um milk-shake. Capricórnio - Inventou o tele-chimarrão com pingo-boy e tudo, e o chimarrão de negócios, o qual pratica toda a sexta-feira na sua empresa, que, aliás, exporta cuia, bomba, erva e demais aparatos para a gringolândia. Aquário - Rebelde até a última cuia, acha que esse negócio de chimarrão tá superado. Só não sabe pelo quê. Doido, mas metido a bonzinho, adora um povaréu. Peixes - Inventou a leitura de cuia e "recebe" entidades durante a mateada. Se desconhece o tipo de ervas que usa, mas diz que faz roda de chimarrão com os daqui e com os do além.


SEXTA FEIRA 20 DE SETEMBRO 2013

15

O REPÓRTER

EDUCAÇÃO

CEAP relata práticas de leitura em evento em São Leopoldo Professoras participaram de curso de Língua Portuguesa

Salão do Conhecimento contou com 650 trabalhos inscritos pesquisa foram expostos os pôsteres das áreas de Ciências Exatas e da Terra, num total de 51 trabalhos, e de Ciências Sociais Aplicadas, totalizando 112 trabalhos. O Salão do Conhecimento compreendeu cinco eventos: Seminário de Iniciação Científica, Jornada de Pesquisa, Seminário de Inovação e Tecnologia, Mostra de Iniciação Científica Júnior e Jornada de Extensão. Para este ano, o tema é “Ciência, Saúde e Esporte”, integrando a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia.

Encerrou na noite de sexta-feira, 13 de setembro, o Salão do Conhecimento, evento já tradicional na Universidade, promovido pela Vice-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão. A programação foi desenvolvida entre a terça e a sexta-feira, nos Câmpus Ijuí, Panambi, Santa Rosa e Três Passos. Ao todo, 650 trabalhos foram inscritos para o evento. Na sexta-feira, dia do encerramento, foram desenvolvidos painéis temáticos de pesquisa nos turnos da manhã e da tarde. À noite, além de painel temático de

Professoras do CEAP participaram de etapa de curso de Língua Portuguesa

A

s professoras do CEAP Bianca Terra e Glaucia Coradini Carré participaram no último final de semana da segunda etapa do Curso de Língua Portuguesa da Rede Sinodal de Educação. O encontro reuniu em São Leopoldo, no Colégio Sinodal, professores de Português das escolas da Rede Sinodal espalhadas pelo país. A primeira etapa havia acontecido no mês de abril em Rio do Sul, no Colégio Rui Barbosa. O tema do curso nesta etapa foi o desenvolvimento da competência escritora nos alunos. A ministrante foi Ana Maria TrinconiBorgatto. Para além das palestras, as professoras do CEAP participaram de oficinas e relatos de práticas de leitura. O CEAP teve espaço para apresentar alguns projetos. A professora Bianca Terra falou sobre a produção de vídeos em Literatura no Ensino Médio. Também relatou a experiência da contação de história de alunos do Ensino

Médio para o Ensino Fundamental a partir de um projeto em conjunto com a Biblioteca da Escola para incentivar a leitura.O espaço para textos produzidos por alunos na Revista do CEAP também foi assunto relatado na exposição das professoras do CEAP. Já a professora Glaucia Carré abordou o projeto desenvolvido com as crianças do 3º ano do Ensino Fundamental. Além das práticas rotineiras, como a retirada semanal de livros na biblioteca e a leitura em sala de aula e em casa, revelou detalhes do projeto que adotou três livros, com base nos quais têm sido desenvolvidas as atividades pedagógicas ao longo dos anos. Cada um d e l e s a b o rd a u m g ê n e ro diferente: narrativa, conto e poesia. Segundo as professoras, as possibilidades de interações e trocas, além das perspectivas apresentadas pela ministrante do curso, foram extremamente positivas.

VASO DE CRISTAL BOHEMIA 25,5cm - 55004 de R$

68, 00

por R$

ROSA 15.967.003

de R$

14, 90

por R$

ROSA 12.065.001 / 12.065.002 / 12.065.003

7, 90

de R$

12, 90

por R$

6, 90

ROSA AVELUDADA 17.832.001 / 17.832.002 de R$

12, 90

por R$

8,60

RANÚNCULO 20.010.001/2/3/4/5

6, 20

de R$ por R$

3, 49

42,00

VASO DE CRISTAL BOHEMIA 20,5cm - 56996 de R$

por R$

7, 80

por R$

39, 90

BROTO DE BAMBU 12.498.001

LAVANDA 117.870.001 / 17.870.002 de R$

58, 00

de R$

4, 99

4, 20

por R$

2, 99

VASO DE CRISTAL BOHEMIA 25cm - 56995 de R$

VASO DE CRISTAL BOHEMIA 30cm - 57014

98, 00

por R$

de R$

68, 00

LÍRIO BELA FLOR BF1679BR

14, 90

de R$

por R$

7, 90

148,00

por R$

98, 00

ASTIBLE 58cm 11.899.002 de R$

4, 80

por R$

3, 49

MARGARIDA 12.063.001 de R$

AMARÍLIS 73cm 08992-001

5, 40

por R$

3, 80

de R$

9, 90

por R$

4, 89

De 11 a 19/09/13 disponibilizaremos a decoradora e florista Lisete Helena S.de Ávila, de Porto Alegre, para montar gratuitamente o seu arranjo.

ORQUÍDEA 23.354.001

de R$

21, 00

por R$

14,90

ORQUÍDEA 14.942.001 / 14.942.003 ÁRVORE FICUS 2,10m - 00366.001

162,00

de R$

116,00

por R$

ÁRVORE YUCCA 1,36m - 00361.001 de R$

72,00

por R$

49,90

ÁRVORE BAMBU 1,50m - 02341.001 de R$

177, 00

128,00

por R$

ÁRVORE DRASCENA 1,77m - 04242.001

123, 00

de R$

por R$

87,00

ÁRVORE PALMEIRA PHOENIX 1,77m - 04244.001

125, 00

de R$

por R$

89,00

de R$

15, 50

por R$

11, 90

Promoção válida de 11/09/13 a 30/09/13 ou enquanto durarem os estoques. Parcelas mínimas de R$ 10,00.

55.3333.2122

55.3332.7344

55.3332.2084

55.3332.2084


16

O REPÓRTER

REGIÃO

Prefeituras de Pejuçara e Bozano constróem ponte em parceria no limite dos dois municípios Prefeituras de Pejuçara e Bozano deram o ponta pé inicial a projeto de construção de ponte

Ponte será construída na divisa de Bozano e Pejuçara s prefeituras de Peju- ao sistema convencional de çara e Bozano deram pontilhões.A obra definida início ao projeto de para construção conjunta construção de uma ponte no entre as duas administrações arroio Branco, na divisa dos municipais foi de uma ponte dois municípios, localiza- com aterro e cabeceiras de da na comunidade de Vista concreto, com mais a colocaAlegre. A obra foi resultado ção de duas fileiras de tubos de um entendimento entre de 2 metros de diâmetro, o prefeito de Pejuçara, Edu- com oito tubos cada uma, ardo Buzzatti, e o prefeito permitindo que a travessia Géderson Mori, de Bozano, possua depois de pronta oito reconhecendo a necessidade metros de vão, dentro da de fazer um investimento na- necessidade de veículos, auquele local em substituição tomotrizes com grandes pla-

A

taformas e implementos agrícolas modernos, entre outros equipamentos.A construção da ponte de galeria, segundo o responsável pela equipe de Obras do Interior da prefeitura de Pejuçara, Daltro Scaratti, exige uma grande movimentação de terra (aterramento), mais a montagem das caixas de concretagem e o realinhamento da estrada. Se o tempo permitir, a obra ficará pronta com mais uma semana de trabalho.

SEXTA FEIRA 20 DE SETEMBRO 2013

Nova Ramada receberá verbas para agricultura e educação O município de Nova Ramada vai receber verbas federais para implantação em projetos. A confirmação foi obtida na semana passada pelo presidente da Câmara de Vereadores, Marciano Rubert, e pelo secretário municipal de Administração, Roges Adorian, que estiveram em Brasília. Uma das emendas é do senador Paulo Paim, do PT, no valor de 250 mil reais para compra de maquinários destinados à patrulha agrícola. O dinheiro vai ser liberado em 2014. De autoria do deputado federal, do PT, Dionilso Marcon, está confirmada emenda de 123 mil reais para aquisição de oito carretas basculantes. Para esse processo, Marciano Rubert disse que já está em andamento a licitação e as carretas devem ser entregues até o final de 2013. Além disso, está garantida verba de 320 mil reais da União para construção de uma quadra poliesportiva na escola Doutor Roberto Löw, em Barro Preto.Os representantes ramadenses ainda protocolaram proje-

tos com solicitação de recursos financeiros especialmente para a agricultura em gabinetes de deputados federais da região, bem como para a senadora Ana Amélia Lemos, do Partido Progressista.Marciano Rubert aproveitou para informar que na vinda de Brasília ele e Roges Adorian estiveram no Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem, em Porto Alegre. No Daer obtiveram a informação de que o asfaltamento dos cerca de 13 quilômetros da estrada entre a ERS 155 e a cidade de Nova Ramada deve começar em breve.A empresa Empa, que venceu a licitação para a obra, negocia a aquisição de uma área de cascalho, possivelmente em Santo Augusto, para retirar material a fim de realizar o trabalho. Até a próxima semana o Daer deve marcar encontro com representantes dos municípios de Nova Ramada, São Valério do Sul, Inhacorá e Alegria, para anunciar detalhes dos acessos asfálticos, visto que a Empa vai fazer as obras nos quatro municípios.

MP denuncia prefeito de Jóia Ministério Público denunciou prefeito por omissão de informações O prefeito de Jóia, José Roberto Zucolotto Moura foi denunciado pelo Ministério Público de Augusto Pestana. Zucolotto está sendo acusado de ter omitido informações, de que sua cunhada e a cunhada do secretário de Finanças, Jorge Miguel Vieira Leal

estariam trabalhando na prefeitura. A omissão de informação, conforme o MP – através de material que chegou a redação do Grupo Repórter – pode ser considerada improbidade administrativa decorrente da prática de nepotismo. A juíza Simone Brum Pias pediu para que os servidores sejam afastados dos cargos.


SEXTA FEIRA 20 DE SETEMBRO 2013

GERAL

Cremonese acredita que democracia avançará se culpados do mensalão forem punidos O Coordenador do Curso de Ciências Sociais – Bacharelado da Universidade Federal de Santa Maria, Dejalma Cremonse avalia para o Repórter a possibilidade de redução das penas dos envolvidos com o mensalão Como voce avalia a situação do mensalão no STF ? Não estamos rasgandoa democracia com esta possibilidade de redução de penas ?Seria um avanço para a democracia brasileira se o STF, como instituição maior, pudesse julgar e punir os culpados do “mensalão”. A sociedade espera esta decisão como forma de diminuir a impunidade no país. Passa a ideia que o político é um ser que prescinde da legalidade. Se os condenados tivessem uma punição exemplar o Brasil seria melhor. Acredita na possibilidade de alguma reação da população no caso de redução de penas ? Junho passado foi um bom exemplo de avanço democrático. Aliamos participação, mobilização social com os protestos. Para isso se utilizou muito as redes sociais. Me parece que conjugação rede sociais e política seja uma novidade para os nossos dia. No entanto, para mudar verdadeiramente o Brasil precisamos de reformas mais profundas (Reforma Tributária e Reforma Política), que não tem avançado nos

Dejalma Cremonese- precisa se depurar o processo democrático através de uma cultura ética últimos governos. Qual seria a alternativa para resolver o atual estado de coisas, ou seja, sempre os políticos estão se safando de tudo ? É importante mencionar que a nossa democracia é extremamente jovem - ainda incipiente. tem menos de 30

anos e isso é o mais longo período de 500 anos. Teremos que conviver ainda com desmandos políticos e corrupção por um longo tempo. O importante é depurando o processo democrático através de uma cultura ética que atinja não apenas a classe política, mas a população de maneira geral.

O REPÓRTER

17

Jaeme Callai: “ STF não pode se pautar pelo clamor público ou mídia” O professor Jaeme Callai escreveu para o Repórter sobre a possível alteração de penas, em função do “ embargo infringente” impetrado pela defesa dos réus do mensalao. Callai disse que a provável aceitação do tal “embargo infringente” poderá resultar em redução das penas, alteração do regime de cumprimento das penas (regime aberto ou fechado) e mesmo prescrição dos eventuais crimes. Qualquer uma dessas opções resultará em desgaste da “imagem pública” do Supremo Tribunal Federal. Ocorre que para a grande maioria da população o Supremo era, até o advento do julgamento do mensalão, um estranho e ilustre desconhecido. O julgamento, transmitido ao vivo e a cores, a intensa cobertura midiática, a relevância do julgamento em pauta fizeram-no conhecido, hoje o Supremo está na boca de todos, é parte do imaginário popular. E a população espera a condenação dos réus.A expectativa popular é pela condenação dos implicados, o veredicto popular é claro e dispensa firulas formais e filigranas jurídicas. Por certo os magistrados da mais alta Corte nacional não podem se pautar pelo clamor público ou da mídia, temos exemplos históricos à mancheias do que é capaz a passionalidade das massas. Nisso tem razãoo Ministro Luis Barroso que ao proferir seu voto declarou fazê-lo sem considerar a opinião da população. Resta saber qual seu voto no que diz respeito a materialidade do crime. Todo aquele dinheiro depositado em contas partidárias e de deputados é ficção, invencionice da mídia, imaginação do povo? Nem o Ministro, nem o Supremo precisam ouvir o clamor popular,mas precisarão, com clareza, explicar e justificar seu voto e veredicto. O crime houve, haverá crimino-

sos? É o que veremos....Pode-se considerar que há no Brasil uma cultura da impunidade, que nasce da convicção de que uns são mais iguais que os outros. Para uns a cadeia é privilégio de três “P”,pobre, preto e puta”, neste caso valerá para outros três “P”, político, petista e poderoso? A impunidade não nasceu aqui e agora, é fácil jogar “m..” na Geni, o difícil é reconhecer que cotidianamente agimos guiados pelo sentimento da impunidade, cujo símbolo mais corriqueiro é o carteiraço ou o “sabe com que tá falando?!” As vagas, reservadas à idosos ou cadeirantes nas ruas,ocupadas por espertinhos; a dispensa de nota fiscal para sonegar imposto; o uso da “cola’ na hora de fazer um exame na escola; a compra do gabarito do concurso público;a fraude na licitação; a ligação clandestina da água ou da luz, e por aí vai.... são exemplos cotidianos da impunidade. Fica fácil escandalizar-se com caso do mensalão, pimenta no olho dos outros é colírio, mas é preciso mais que isso. Por quase quinhentos anos nos constituímos como uma sociedade de desiguais, por quase quinhentos anos nos preocupamos com a formalidade da lei. Uma expressão espanhola é perfeita para caracterizaresse modo de agir que é a impunidade, “hechala lei, hechalatrampa...” Eliminar esse mau costume, passa pelo efetivo exercício republicano de uma efetiva democracia. Trata-se de exercitar o princípio de que somos todos iguais em direitos e deveres, não só no caso do mensalão, mas também e especialmente em nosso dia a dia. O combate à impunidade no caso do mensalão depende do Supremo, o combate à impunidade no dia a dia um de Fragoso dissedepende no fatoramade quecada a passagem do nós. foi Qual tarefa mais difícil? ponto benéfica para é cooperativa


18

O REPÓRTER

GERAL

Pretto quer alterar código de postura para permitir criação de cavalos na zona urbana

A proposta foi apresentada pelo vereador por ocasião da sessão desenvolvida ontem

Pretto quer alterar código de posturas para que seja possível criação de cavalos na zona urbana

O

vereador Darci Pretto da Silva(PDT) apresentou proposição na sessão de ontem da câmara de Vereadores no sentido de que se permita a alteração do código de Posturas permitindo a criação de cavalos na zona urbana de Ijuí, mediante critérios. Atualmente, segundo o vereador, não existe nenhum regramento. “Se queremos incentivar a cultura do Rio grande, não podemos esquecer o cavalo, que é um instrumen-

to importante” comentou o vereador. “Vamos fazer até audiência pública para discutir com a comunidade”, comentou. Afirmou que se discutirá com os órgãos da saúde publica, tendo elementos técnicos para normatizar a questão. “Não vejo nenhum problema, desde que se cumpram os requisitos observados” comentou o vereador. Hoje, conforme o vereador, não existe nenhuma regulamentação.

SEXTA FEIRA 20 DE SETEMBRO 2013

Veterinário critica idéia de “cavalos na zona urbana” Ao ser questionado pela Reportagem do Grupo Mânica sobre a proposta do vereador Darci Pretto – que quer alterar o código de posturas para permitir a criação de cavalos na zona urbana – o veterinário Ortiz Schroer Junior disse que “ se trata de uma idéia sem cabimento”. O veterinário comentou que um dos principais problemas é que “ o cavalo não é um animal doméstico”. Lembra que se trata de um animal que pesa entre 400 e 800 quilos e que precisa de um amplo espaço para se exercitar. Ele lembra que o cavalo necessita de xis quantidade de pasto, não sendo como um cachorro, por exemplo, onde se vai até a loja veterinária e se compra ração.

Schroer calcula que existam aproximadamente 600 cavalos e éguas na zona urbana de Ijuí. Ele lembra que o meio urbano é para a convivência de pessoas com pessoas e afora os animais domésticos, não se pode permitir que outros animais estejam neste local. “ Para isso temos a zona rural” comentou o veterinário, acrescentando que outro problema que existe é a convivência com moscas, mosquito da dengue e outros insetos, em função da quantidade de fezes produzida por um único animal. “Existe também o problema dos vizinhos pois em dias com intenso calor , a situação em termos de odor fica insuportável” concluiu Ortiz Schroer Junior.


19

O REPÓRTER

-V EBARBADA NDE-SE FORD

ESCORT MODELO EUROPEU,ANO 1993, 4 PNEUS NOVO S , I P VA 2 0 1 3 PAGO, SUSPENÇÃO E MOTOR REVISADOS. CONTATO 99389471. VENDE-SE GAITA NOVA 120 BAIXOS TODESKINI 91349276 OU NA RUA VITORIANO MURARO 202 BAIRRO JARDIM VENDE-SE TERRENO NO BAIRRO 15 DE NOVEMBRO COM AREA DE 386M2 (16X23) PLANO, CALÇAMENTO. R$ 45.000,00 T R ATA R 3 3 3 3 . 1 9 9 7 / 9199396472 / 9939.6472 COMPRE SEU IMOVEL RAPIDO E FACILLiberamos credito, para voce comprar casa, terrenos, sitios, contruir ou reformar, para compra de carros, e caminhaões, tratores, e maquinas agriculas, para qualquer finalidade, sem consulta SPC ou SERASA. Ex: 3 mil em 24x150 fixas, ou ate 500.000,00 reais em ate 360 meses para pagar inf. (0xx55) 3301-3197 ou 9726-6600 com Sergio www.coperativaemprestimorapido.com.br

VENDE-SE FLASH PARA MÁQUINA FOTOGRÁFICA NIKON.Modelo: Speedlight SB-400. Compacto, leve, com controlesintuitivos e capacidade de rebatimento. Possui função i-TTL (flash inteligente)Dis-

SEXTA FEIRA 20 DE SETEMBRO 2013

CLASSIFICADOS paros rápidos. Compatível com todas as máquinas NIKON com encaixe para flash.Produto semi-novo. Usado apenas 2 vezes, em perfeito estado.Possui caixa, manual, estojo. Tratar: (55) 9942.2842 ou 9185.4805. VENDE-SE CAPACETE PRO TORK.Modelo Liberty 4, c/ abertura automática. Usado 2 meses.Ótimo estado. Cheiro de novo. R$ 50,00Tratar: (55) 9942.2842 ou 9185.4805. Vende-se PRÉDIO COMERCIAL com mercado + moradia, prédio de esquina com grande terreno medindo 17x24, área construida 165m² . Aceita-se carro no negócio. Interessados tratar pelo fone 9964-1229 ou 9111. 7988 VENDE-SE- zafira 2.0 - 16 v. - cd - ano 2004 - cor branca - impecavel - 60000 KM - CONTATO 99631151 VENDE-SE TERRENO PRÓXIMO A ACI 12X64METROS, CARRO SANDERO COMPLETO ANO 2008 TRATAR FONE 9622-8778 VENDE-SE Fiat Uno Mile Fire FLex 2007 placas INF3909 POR APENAS R$ 15.500,00 ÓTIMO ESTADO, PODENDO SER FINANCIADO EM 48 PARCELAS . VENDO: APARTAMENTO (SEMI-MOBILIADO)

3 DORMITORIOS, SENDO UMA SUITE C/ SACADA, BANHEIRO PRIVATIVO E DE SERVIÇO, LAVABO, AREA DE SERVIÇO, DESPENSA, COZINHA, SALA DE ESTAR E JANTAR, SACADA COM CHURRASQUEIRA, BOX(GARAGEM) COM AREA PRIVATIVA DE 156M², AREA DE USO COMUM COM SALAO DE FESTAS E QUIOSQUE COM PISCINA. DEDIFICIO RESIDENCIAL CENTENARIO . RUA ERNESTO ALVES, 547, APTO. 201, CENTRO- - IJUI-RS. TRATAR DIRETAMENTO COM O PROPRIETARIO: FELIPE 9987 0952. VENDO TERRENO DE ESQUINA NA RUA FLORES DA CUNHA, N 296, ESQUINA COM PAULO KLEMANN, MEDINDO 12X21. TRATAR FONES 9167 6508 OU 91563502 Numerologia, cartas e búzios, encontre a solução de seus problemas atravéz dos Orixás, saúde, bruxarias feitas, casamento em criza, dificuldade no amor, problemas com chefe ou colegas de trabalho, intriga na família, falta de clientela no comercio, limpeza, banhos e defumação. Atendimento com hora marcada, a partir da 14 horas, (55)9200.6888 claro (55)8106.0597 tim (55) 8415.7377 oi. Valor da consulta R$ 40,00.

Barbada: Motivo mud a n ç a . Ve n d o P R I S MA MAXX prata,1.4. 09/09,completo,ar condicionado,direção hidráulica,vidro, eleerico, alarme, interface, som. Único dono em excelente estado, IPM 4534. Valor R$24,000.telefone 33333303 Vendo Chevete ano 83 ,motor 1.6 todo revisado ,aro gaúcho com quatro pneus novos por R$4.800. Interessados tratar 99331031. Vendo 4 terrenos na beira do asfalto, e rio tendo água e luz na Vila Santana. Interessados tratar fone 9139. Serviço de jardinagem e outros: Cortes de grama, podas de arvores,reformas de calçadas, muros e assentamento de azulejos, serviço de lava jato e outros. Interessados tratar 9177-9543 ou 9938-9529 ou 9115-6002. Ve n d e - s e á r e a d e 3.400m², c\ benfeitorias, na Rua Dr.Pestana, 266, antigo Curtume Gresseler, a 50 m da Avenida. Cel. Dico. Parcelo em áreas menores. Tratar fones 3332-2786 ou 3332-9755. (Erny E. Meinke). Vende-se CLIO branco ano 2006 com alarme, vidro elétrico, trava elétrica.

Valor a combinar. Interessados tratar 8111-1523 falar com Ricardo. Conserta-se esteira para ginástica e erga métrica profissional e residencial levo silicone e peças em geral assistência técnica autorizado de varias marcas. Orçamento a residência sem custo. Contato: fone (55)91427042.

Aluga-se casa no bairro Assis Brasil próximo ao IMEAB interessados tratar 91112085 ou 99915454. Camboriú SC - Alugo apartamento de 2 dormitórios e demais dependências,para no máximo 5pessoas,a 70m da praia,com vista para o mar. 8° andar.completamente equipado. A partir de 15.01.13. Diárias R$ 200,00. Tratar fones 33322786 ou 33329755. Vendo filhotes de schit

tzu preço bom interessado tratar no fone 91563289. Aluga-se: Prédio 720m² na BR 285 ao lado da ervateira SEIVA PURA tratar: 3332-7188. Vendo MOTO SUZUKI modelo YES 125 ano 2005 por R$2.300 Interessados tratar no fone 92013507 com Jairo ou 91143790 com Liziane . Vende-se uma MAQUINA de sorvete ITALIANINHO interessados tratar no fone 33341628 ou 91322495. Barbada: Vende-se PALIO ED ano 97,4 pneus novos, laudo revisado excelente estado, R$6.500 +parcelas. Interessados tratar 91787892 ou 9109 3750. Alugo sala comercial100m² na Avenida 21 de abril n°1181; próximo aos trilhos. Valor R$800.00.interessados tratar fone 99635682.

Aluga-se dois apartamentos. Interessados ligar 91633930. Vende-se casa na Rua 25 de julho 659. Terreno 512m² e casa 180m² mista. Valor 90.000 aceita-se carro no negocio. Próximo a sogi. Interessados tratar no fone 91072239. Vendo filhotes de Lhasa apso e Shit tzu com vacinas em dia, muito lindos. Preço especial tratar fone 91564658. Aceita-se encomendas de tortas, doces e salgados. Tratar no telefone 91201055 com Elenara Jagmim Carpes. RUA: Ladislau Boleman 306 Centro. Vendo filhote de work chyre com seis meses miniatura pesa 800gr R$ 400,00 todas as vacinas em dia. Tratar no fone 91564658. Vende-se fusca ano 75 na

GROK TECNOLOGIA E AUTOMAÇÃO LTDA está contratando: VENDEDORES ( AS ) EXTERNOS interessados se dirigir RUA 15 DE NOVEMBRO 43 CENTRO IJUI FONE 055-3305-0000

Contrata-se Assistente Social Contrata-se Assistente Social com experiência. Interessados entrar em contato pelo telefone (55) 3333 0289 ou levar currículo na Avenida David José Martins, 1156, bairro Sol Nascente.

VENDO TERRENO VENDO TERRENO DE ESQUINA MEDINDO 17x25, NO PROLONGAMENTO DA RUA NELSON BORGMANN R$ 63.000,00 – FONE 9925-0665.

MASSAGISTA DRENAGEM LINFÁTICA - RELAXANTE - REDUTORA TRATAMENTOS ESTÉTICOS FONE: 9163.8420 - 8144.7280 - ATENDIMENTO COM HORA MARCADA NUMEROLOGIA, CARTAS E BUZIOS SE VOCÊ TEM PROBLEMAS AMOROSOS, SOLIDÃO NAO ENCONTRA A PESSOA CERTA, CRISE NO CASAMENTO, TRAIÇÃO TRISTEZA, FALTA DE SORTE, BRIGA EM FAMILIA, COM VISINHOS OU COLEGAS DE TRABALHO, CAMINHOS FECHADOS, BRUXARIA, CORPO PESADO, DESANIMO, DEPRESSÃO E OUTRAS DOENÇAS, FALTA DE CLIENTELA EM ESTABELECIMENTO COMERCIAL, FALTA DE AMIGOS, ENCONTRE A SOLUÇÃO NOS ORIXAS. ATENDIMENTO COM HORA MARCADA APARTIR DAS 14H. FONE 55 9200.6888 claro 55 8106.0597 tim 55 8415.7377 VALOR CONSULTA R$ 40,00


20

O REPÓRTER

Apaes devem continuar com as portas abertas, defende Perondi Deputado Darcísio Perondi recebeu representantes da APAE de Ijuí e garantiu apoio

O

SEXTA FEIRA 20 DE SETEMBRO 2013

GERAL

deputado federal Darcísio Perondi (PMDB-RS) entregará no Senado em Brasília o abaixo-assinado da Apae de Ijuí que reivindica a manutenção do funcionamento das escolas especiais mantidas pelas Apaes em todo o país. A mobilização foi intensificada para evitar que no dia 18 o Senado aprove uma alteração na legislação que torna obrigatória a matrícula de pessoas com necessidades especiais em escolas regulares.Nesse cenário, as escolas especiais das Apaes fecharão, afirma a diretora Rosélia Hoffmann. Ela explica que a mudança está relacionada com a aprovação do Plano Nacional de Educação (PNE). “O risco é iminente, pois o ministro da Educação, Aloízio Mercadante, já sinalizou apoio a proposta, que sob a idéia de inclusão e universalização do acesso, deixará sem atendimento milhares de famílias”, ressalta. O PL 103/2012, que trata do PNE, já foi aprovado na Câmara.O deputado Perondi garantiu apoio ao movimento das Apaes. Lembrou que há 10 anos já votou a favor das Apaes e que agora

vai retomar a defesa da entidade. “O fechamento das escolas significará um caos na Assistência. O governo federal precisa rever esta posição”.Participaram da reunião Rosélia Hoffmann, diretora da escola, Avani Zwanziger, diretora financeira e Sissa Aguiar, assistente social da Apae Ijuí.

Representantes da APAE de Ijuí mantiveram contato com deputado Perondi

Lar ME AME atende crianças e adolescentes O Lar ME AME, que se l o c a l i z a n o b a i r ro S ã o J o s é , p ro x i m i d a d e s d a Escola 25 de Julho , é uma instituição de acolhimento de crianças e adolescentes que se encontram em situação de risco e vulnerabilidade social. A informação foi prestada pela assistente social, Tatiane Moreski, em entrevista ao programa Repór ter da Manhã. Ela explica que as crianças e adolescentes moram na instituição, freqüentam a escola e recebem todo o atendimento necessário, nas áreas de psicologia e saúde. “Elas permanecem no lar até que a família se reorganize” comentou a Assistente Social. Disse que em alguns casos pode ocorrer a destitui-

COLUNA DO ADELAR CIVISMO O 7 de Setembro ( mesmo que alguns desfiles tenham sido em outras datas ) - reavivou o civismo em sua plenitude. Aliás, entendo que as práticas de civismo precisam estar presentes no dia a dia de todos. Esse perfil observei nos últimos dias principalmente entre as crianças. Me parece de bom alvitre que tenhamos esse quadro, pois a partir de atitudes com este perfil poderemos ter uma Pátria melhor. Civismo não passa apenas por cantar o Hino Nacional, desfilar, mas esse é o primeiro passo - em seguida vem a conscientização dos caminhos que precisamos seguir para construir a verdadeira cidadania. DROGAS Nesta semana conversei com o Tenente Ce l s o Ca rdo s o d a S ilva d a Brigada Militar. Já conhecia, mas tive a primasia de ter mais detalhes sobre as ações educativas que de forma voluntária centenas de policiais militares realizam no Estado na prevenção das drogas. Segundo dados do Tenente Celso, são mais de 500 profissionais sejam soldados ou graduados, que passam

ção do pátrio poder e p o d e i n c l u s i v e o c o r re r a aber tura de processo de adoção. Afirmou que hoje são 9 acolhidos, c o m f a i x a e t á r i a e n t re 6 meses e 16 anos de idade. A Assistente So cial confirmou que são crianças e adolescentes c a re n t e s d e a f e t o , m a s que possuem confiança nos prestadores de serviço do MEAME. Ela relatou que a manutenção do Lar é feita com valor recebido do município, convenio com o Demei, participação do programa Nota Fiscal Gaucha e rede de Integração Social e também se recebe doações da comunidade. Afirmou que melhorou o reajuste do valor repassado pela prefeitura.

Adelar Amarante por criterioso treinamento visando orientar crianças e adolescentes sobre o caminho mais adequado para evitar as drogas. O militar deixou claro que é uma luta dificil, mas com resultados práticos. Destacou que a sociedade tem visão de que a juventude como um todo gosta do novo do diferencial. Entretanto os números comprovam que não mais que dez por cento das pessoas se envolvem com o problema, ficando claro que a prevenção e a penalização podem resolver o problema que é milenar. BETO ALMEIDA A Direção do São Luiz anunciou nesta semana o treinador do clube Ijuiense para o Gauchão 2.014. A escolha foi a melhor possível. Trata-se de um estudioso do futebol, com larga experiência no Rio Grande do Sul, em outros Estados e fora do País. Outro predicado do novo técnico rubro é de que tem capacidade de sobre para lidar com medalhões e ao mesmo tempo mesclar em sua equipe jovens promissores. Um bom comandante é muito

importante em qualquer atividade. E técnico - embora alguns entendam de outra forma interfere muito - Muricy Ramalho no São Paulo é um exemplo. O tricolor paulista vinha de mal a pior, e com ele está em franca recuperação. Sucesso é o que mais desejamos ao Beto Almeida e que de preferência no mínimo repita a campanha anterior no Estadual - campeão do interior. EXPO-IJUI-FENADI Terminados os festejos da Pátria e Semana Farroupilha, Ijuí volta as atenções para seu principal evento anual - a Expo-Ijui-Fenadi. Os organizadores definiram shows atrativos, preços de ingresso dentro da realidade da região, e a estrutura sem sombra de dúvidas é a melhor do Estado. A expectativa é positiva, na medida que a região também vive um bom momento pelo preço das comodities, e lembre-se que estamos numa área de forte influência agrícola. A projeção de público passa por 200 mil visitantes. Negócios podem ultrapassar aos 50 milhões de reais. As etnias terão novamente acredito

um papel preponderante para que se atinjam cifras interessantes. A gastronomia diferenciada ( única no Sul do País ) e a cultura que se revitaliza a cada edição, indicam que estamos no caminho certo. RODOVIAS As estradas da região precisam de revitalização para ONTEM - JÁ. SOS rodovias. Sim, transitar em qualquer BR ou RS na região Noroeste do Rio Grande do Sul é lamentável. Há buracos, acostamento deficiente, desnivel na pista, falta de sinalização, entre outros problemas. Deputados - há diversos - sejam Federais ou Estaduais e estes precisam espernear, liderar movimentos para que Estado e União acordem para o problema. Em todos os casos ainda é possivel recuperar sem grandes investimentos, entretanto se a sangria não for estancada até o próximo inverno, o gasto para remediar será imensamente superior. Como neste País as coisas na área pública andam sobre TARTARUGAS - as esperanças ficam diminutas.


SEXTA FEIRA 20 DE SETEMBRO 2013

CONSABI aprova com ressalvas pedido da prefeitura Conselho de Saneamento Básico aprovou com ressalva pedido de retirar do Fundo de Gestão Compartilhada R$ 1,5 milhão

S

olicitação do prefeito foi de R$ 1.500.000,00 para repassar do Fundo Municipal de Gestão Compartilhada para o Poder Executivo pagar a coleta, transbordo e destinação final de Resíduos Sólidos ocorreu oficialmente na semana passada, reunião em que o prefeito esteve presente, e foi posta para votação esta semana.Este serviço (coleta e destinação final) é custeado com a taxa de resíduos paga junto com o IPTU, porém, houve a decisão do Executivo em ampliar a coleta e também a FEPAM interditou o lixão em dez/2012. Assim, além de ampliar os serviços de coleta em equipe e equipamentos, houve a tomada de decisão de levar o resíduo para fora do município, o que irá gerar um déficit de 1,5 milhões, aproximadamente.O Município já tinha diferenças negativas que causava ônus pro Executivo há anos, pois a taxa está defasada. Porém, essa diferença ficava entre

700 e 400 mil reais. Este ano, devido ao exposto, aumentou a deficiência e acharam o Fundo para custear.A justificativa é a ausência de recursos para pagar o novo contrato que foi realizado, perante o aumento do serviço e a defasagem da taxa (que já existia antes, n é surpresa), além da prefeitura não poder custear com seus recursos. Legalmente é possível, pois a lei prevê que o recurso do FMGC pode custear despesas com resíduos sólidos, porém, precisa de uma autorização legislativa para executar o repasse, pois não tem previsão no orçamento desse tipo de transação. Será o próximo passo.A questão da legalidade,porém, existe uma situação que é a saúde financeira do Departamento que não é 100%, pois não sabemos quando entrará recursos de esgoto e como se comportará o pagamento. Não tenho como prever no orçamento, pois não sei qdo e qto entrará. Isso limita, por exemplo, a contratação de

O REPÓRTER

MEIO AMBIENTE

pessoal por concurso próprio do Departamento.O Conselho aprovou com ressalvas, quais são: que o recurso não seja repassado tudo de uma vez, mas sim mensalmente, conforme comprovação das despesas do contrato de coleta + transbordo + destinação final, com um teto máximo de R$ 1,5 milhões. Até o final de 2013 ficará próximo disso, talvez um pouco abaixo, dependendo da geração. Este recurso seria destinado para ações de drenagem pluvial e estruturação do Departamento. Deverá ser encaminhado projeto à Câmara de Vereadores propondo a retirada do valor para custear a falta de planejamento no momento em que foi realizada a nova licitação para a coleta e transbordo do lixo em Ijuí. Durante a reunião dois conselheiros anunciaram que se ocorrer novamente proposta de se retirar recursos do Fundo de Gestão Compartilhada, deixarão o Consabi.

21

Associação Ijuiense de Proteção ao Ambiente Natural

Na tarde da última sexta-feira a Associação Ijuiense de Proteção ao Ambiente Natural (AIPAN), convidou a imprensa, associados e amigos para o anúncio oficial do ponto de cultura da associação, aprovado no edital da Secretaria de Cultura do Estado. O projeto intitulado “Cultura socioambiental em duas comunidades escolares de Ijuí” é um dos 82 pontos aprovados no Rio Grande do Sul. “Quando soubemos do edital achamos que a AIPAN não iria se enquadrar nos critérios, mesmo que estes buscassem entidades que trabalham de forma integrada e transversal os aspectos relacionados ao meio ambiente, educação, cultura e comunicação, que é basicamente o que realizamos. Mas resolvemos montar o projeto e deu certo”, conta Francesca Werner Ferreira, Presidente da AIPAN. A maior dificuldade da associação foi com a parte burocrática, de montagem e formatação da proposta, mas Francesca expõe que o suporte da Secretaria de Cultura do Estado foi muito importante. “A burocracia afugenta muitas entidades, mas a secretaria nos deu todo o apoio e a atenção necessária para completarmos esta etapa”. O projeto será realizado nas Escolas: Estadual de Ensino Médio Dr. Otávio Brochado da Rocha e Municipal de Ensino Fundamental Tomé de Souza e tem como parceiros da associação a Rádio UNIJUI FM, a ITECSOL, a ACATA e a Cia. Alessandra Cavalheiro. “O foco do projeto é atingir toda a comunidade onde

estas escolas estão situadas, realizando ações com alunos, professores, funcionários, pais e com a comunidade, sendo cada escola também uma sede do nosso ponto de cultura, centrada nestas comunidades e bairros”, explica Francesca. As atividades e oficinas propostas pelo projeto incluem educomunicação (produção de áudio e vídeo sobre as atividades); interação com a Agenda 21 e Agenda 21 escolar; Permacultura; Vivências com a Natureza, Trilhas dos Sentidos e Trilhas Interpretativas, além das danças circulares. “As danças circulares sempre fizeram parte da relação entre o homem e a natureza, com a celebração das colheitas e também com as festividades de todas as etnias e povos e é importante resgatar as danças e a prática da dança. Além disso todo o projeto se insere nos princípios da Carta da Terra, ou seja, de respeito a diversidade cultural dos povos e educando para que se respeite essas diversidades, disse a Presidente da AIPAN. Francesca explica que o plano de trabalho iniciará com a reunião entre os parceiros para definir as estratégias e cronograma para implementação das ações e que a primeira fase prevê a compra de equipamentos e estruturação. “Faremos também um diagnóstico para perceber as demandas e os anseios das comunidades. Este diagnóstico será através de oficinas de sensibilização que pretendem trazer os participantes para dentro do projeto, engajando estas pessoas”.


22

O REPÓRTER

ESPORTE

Beto Almeida é o treinador do São Luiz O anúncio ocorreu segunda-feira à tarde na sede do rubro

B

eto Almeida é o novo treinador do São Luiz. Com um amplo currículo, tanto no Rio Grande do Sul e no Brasil, Beto Almeida foi apresentado oficialmente pela diretoria colorada. O treinador disse que sempre que “ esteve em Ijuí, como adversário, foi bem recebido e que isso pesou ao receber o convite do clube”. O novo treinador destacou que o desafio será realizar uma campanha semelhante a deste ano, quando o São Luiz conquistou o título de campeão do Interior. Junto com o treinador vem seu assistente técnico, Tiago Duarte. Beto Almeida deixou recentemente a direção técnica do CSA, de Alagoas.

Beto Almeida, treinador experiente para comandar o São Luiz

H

istórico - Com 57 anos, Almeida é pós-graduado em Educação Física, tem vários cursos de aperfeiçoamento na bagagem e um extenso currículo no futebol, incluindo passagens no exterior. Começou a carreira em 1981 como treinador da equipe júnior do Juventude/RS e passou pelo Fluminense/RJ, onde atuou como auxiliar técnico.

Em 1997, deixou o cargo de coordenador técnico do Grêmio para assumir a equipe principal do time gaúcho. De 1998 a 2011, trabalhou em vários clubes e em países como Japão (Frontale Kawasaki e Kyiocho University), Bahrein (Al Muharraq) e Uruguai (Guarany). O último clube antes de acertar sua vinda para o Azulão do Mutange foi o Pelotas/RS.

Ijuí Pró-Vôlei na 1ª COPA INTERNACIONAL SOGIPA / ASICS DE VOLEIBOL Seguindo as atividades e competições das categorias de base do projeto Ijuí Pró-Vôlei, embarca nesta terça-feira dia 17/09, para a cidade de São Leopoldo e Porto Alegre/RS, a delegação do infanto-juvenil masculino sub-17, que disputará na quarta-feira dia 18, dois jogos antecipados pelo Campeonato Gaúcho e na sequência, no período de 19 a 22 de setembro, entra em quadra para enfrentar equipes do Brasil e da América do Sul, pela 1ª COPA INTERNACIONAL DE VOLEIBOL SOGIPA/ASICS.Os jogos do Estadual, válidos pela fase classificatória da competição, acontecem contra dois fortes e tradicionais clubes do RS, às 15h contra o Sinodal de São Leopoldo, 1° colocado do Grupo A, e às 20h contra os portoalegreenses do Sogipa, 2º lugar do Grupo B. Após os dois confrontos do campeonato gaúcho, a equipe ijuiense fica hospedada no clube da

capital gaúcha, para iniciar sua participação no Copa Internacional. O torneio reunirá 18 equipes, sendo 6 femininas e 12 masculinas, do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, além das seleções colombiana e uruguaia e de clubes argentinos.A equipe Ijuí Pró-Vôlei/ Instituto IDENE está na Chave A ao lado dos catarinenses do Kirios/São José/SC, dos argentinos do Virgin Nina/ARG e dos gaúchos Kolosh/Nova Petrópolis, Sogipa e Sinodal. Na 1ªfase, jogam todos dentro do grupo, classificando os quatro primeiros para o cruzamento das quartas de finais,1°A x 4°B, 2°A x 3°B, 3°A X 2°B e 4°A x 1°B.Segundo o ex-jogador da seleção brasileira e técnico da equipe ijuiense, Alex Lenz Stragliotto, “ é um momento muito bacana que os meninos vivenciarão. Jogar nas quadras de um clube como a Sogipa.

SEXTA FEIRA 20 DE SETEMBRO 2013

Etapa do circuito estadual Unimed teve atletas de toda a região Nem mesmo a fina garoa que marcou a entrega da premiação, no final da manhã de domingo, comprometeu o sucesso da oitava etapa do 3º Circuito Estadual Unimed. A prova teve a participação de cerca de 260 atletas de Ijuí e de outros municípios, abrangendo as categorias Adulto, Estudantil e Infantil. Esta prova também fez parte da terceira etapa do Circuito Municipal de Corridas de Rua e do Circuito Regional.A prova foi organizada pela Coordenadoria de Desporto, em conjunto com o Clube de Corredores de Ijuí (CCI) e apoio de secretarias municipais e do 27º Grupo de Artilharia de Campanha. A largada e chegada da prova neste ano ocorreram no Centro Esportivo do Bairro Storch. Na modalidade Adulto, os vencedores foram Leandro Pinto Vieira (Masculino), de São Luiz Gonzaga, e Maria Rosana Nunes Ferreira (Feminino), de Santo Ângelo.Presente na entrega da premiação, o diretor Administrativo da Unimed Noroeste/RS, médico Edmar Grimm Berg, ressaltou que a realização de etapa do Circuito Estadual está alinhada com as diretrizes institucionais. “A prova reforça a inserção da nossa Cooperativa Médica na comunidade e o apoio

à prática esportiva regular como fator de qualidade de vida”, enfatizou. Também esteve presente à premiação a gerente de Desenvolvimento Humano, Analice Koch. Entre os atletas de Ijuí, nas diferentes categorias, expressiva participação do Clube dos Corredores de Ijuí e do Colégio Tiradentes. Da região participaram da prova corredores de pelo menos 15 municípios, com destaque para Santo Ângelo, Cruz Alta, Panambi, Três de Maio, Santa Rosa, São Luiz Gonzaga, Salto do Jacuí, São Borja, Cerro Largo, Giruá e Santa Maria. Estes foram os vencedores do Circuito Estadual Unimed na modalidade Adulto: Masculino - Leandro Pinto Vieira (1º lugar), de São Luiz Gonzaga; André Clóvis Herter (2º lugar), de Ijuí; Vilmar Rosinieski (3º lugar), de Ijuí; Ricardo Rudek Sobucki (4º lugar), de Santo Ângelo; e Junior Godoflite dos Anjos (5º lugar), de São Luiz Gonzaga. Feminino - Maria Rosana Nunes Ferreira (1º lugar), de Santo Ângelo; Josiane de Fátima Anhaia (2º lugar), de Ijuí; Sandra Pelisson Scherer (3º lugar), de Ijuí; Cláudia Pelisson (4º lugar), de Ijuí; e Rubia Nascimento Seidel Lirio (5º lugar), de Salto do Jacuí.


SEXTA FEIRA 20 DE SETEMBRO 2013

POLÍCIA

PROERD visa conscientizar sobre perigo das drogas Um dos integrantes do Programa Educacional de Resistência as Drogas na área de atuação do 29º Batalhão da Policia militar, tenente Celso Cardoso da Silva , participou do programa Repórter na Manhã, quando falou sobre o PROERD

Proerd é desenvolvido pela Brigada Militar para prevenir o uso de drogas

P – Como pode caracterizar hoje o problema das drogas ? Sabemos que hoje um dos grandes problemas é o consumo de drogas. Quando falamos em consumo de drogas, falamos de jovens e adultos,. Muitos não tem uma visão específica do que sejam as drogas. Existem as drogas lícitas, como o álcool e cigarro e as ilícitas. Drogas é tudo aquilo que altera o funcionamento do corpo e da mente. O álcool por exemplo, traz problemas múltiplos. O álcool é um problema. Outra droga licita que traz sérios problemas é o cigarro. As drogas ilícitas são danosas, como maconha, merla, oxi, crack. São muitas vezes mais fortes do que o cigarro e o álcool. Contudo, o que vemos hoje uma disseminação maior e acesso a informação e ao produto. O PROERD, desta forma, tem o objetivo de fazer com que se conscientize especialmente os adolescentes. P – Como é o trabalho no PROERD ? Fazem 10 anos que sou

instrutor do Programa Educacional de Resistência às Drogas. Nosso objetivo é ir a sala de aula, conversando com alunos de quintas e sétimas séries, repassando informações., Trabalhamos com atitudes positivas. Existe uma cultura, que para se divertir e aproveitar a balada, é preciso consumir álcool. Disse que em 98 a Brigada assumiu a função , com o programa desenvolvido em todo o Rio Grande do sul, com mais de 500 instrutores no estado. Existe um grupo de policiais que faz a formação de novos instrutores. Os policiais dão alternativas positivas, com ênfase a alto estima, empatia, alternativa aos comportamentos destrutivos. P – Se tem resultados positivos ? Se sabe que o pai e a mãe falam com seus filhos, mas algumas vezes uma pessoa de fora que fala a mesma coisa tem a informação melhor aceita. A adolescência é um período de pressão muito forte. As crianças começam a viver com diferentes situações.

Neste momento entram as atitudes positivas, com a Brigada mostrando caminhos e opções. É preciso impor limites, disciplina, amizades. O adolescente apresenta insegurança e acabam buscando apoio onde, em outro jovem, num desconhecido na rua ou numa pessoa mais velha , que quer se aproveitar dele. Neste momento pode ocorrer a indução a tomar atitudes indevidas. P – O acesso às drogas , como evitar ? O consumo e acesso às drogas, começa infelizmente no ambiente familiar. O pai ou o tio oferece um gole de cerveja para a criança. O pai e a mãe servem de espelho para o filho. O adolescente vê aquele comportamento , se espelha e ele não é bom. Quero ressaltar que o PROERD é composto por policiais, que possuem não só a carga teórica, mas também a prática. Sabemos que o tratamento e o combate ao uso de drogas, tem que ser feito em três frentes: a prevenção, tratamento e combate.

O REPÓRTER

23

Operação prende motoristas embriagados e acusados de perturbação do sossego alheio! As constantes perturbações da tranqüilidade e do sossego alheio, causados pelo volume excessivo de aparelhos de som automotivo, levaram o Comando do 29ºBPM a determinar a realização de uma operação Policial Militar no trânsito na região do Hospital Bom Pastor, que abrange especialmente os bairros Sol Nascente e Jardim, haja vista as freqüentes solicitações de atendimento por parte da comunidade que sente-se prejudicada em seu horário de descanso. Com vistas a coibir tais contravenções penais e, também, tirar de circulação motoristas que dirigem sob influência de álcool e comumente se envolvem em acidentes, o efetivo do 29ºBPM montou barreira no sábado à noite naquela região. Em pouco mais de cinco horas de atuação dois motoristas embriagados foram flagrados dirigindo após ingerirem bebida alcoólica. Ambos foram presos e apresentados na Delegacia de Polícia. No total, seis Autos de Infração de Trânsito

foram confeccionados; cento e cinquenta pessoas abordadas e identificadas e setenta veículos de passeio fiscalizados, além de três caminhões e dezessete motocicletas. Dois veículos foram removidos ao pátio do guincho. Também foram recolhidos três aparelhos se som automotivo, de veículos flagrados pelos PM cujos responsáveis encontravam-se em flagrante de Perturbação do Sossego alheio. Todos foram igualmente presos, porém liberados após assumirem o compromisso de comparecerem perante o Juizado Especial Criminal, onde responderão pela contravenção penal cometida. Também na quinta-feira (12) houve apreensão de outros dois aparelhos de som pela mesma contravenção penal. Com tais medidas, tomadas a partir de solicitações da comunidade da região do hospital Bom Pastor, espera-se a diminuição no número de casos de Perturbação do Sossego alheio. A operação foi comandada pelos Tenentes Nunes e Adriano.

29ºBPM apoia SUSEPE em revista na Penitenciá Efetivo do 29ºBPM auxiliou, a Superintendência dos Serviços Penitenciários - SUSEPE - em revista ao Módulo V1-B, da Penitenciária Modulada Estadual de Ijuí. Na revista às celas foram localizados ma-

teriais costumeiramente apreendidos em tais operações, como: três aparelhos de telefone celular; duas baterias de celular; vinte estoques (facas artesanais) e um chip de telefone celular.

Brigada realiza fiscalização no centro Foi realizada, nas proximidades da Secretaria de Saúde, blitz de trânsito pela Brigada. O resultado da operaç ã o : 1 4 2 a b o rd a g e n s de veículos, com 210 pessoas revistadas.

Fora emitidas sete autuações por infrações de trânsito. Três veículos foram removidos ao auto-guincho, sendo dois veículos de passeio e uma motocicleta.


O REPÓRTER SEXTA FEIRA 20 DE SETEMBRO 2013

Acontece hoje o Desfile Farroupilha 2013

Entidades tradicionalistas percorrerão a Avenida 21 de Abril para abrilhantar ainda mais o Dia do Gaúcho

Ocorre hoje o Desfile Farroupilha nas dependências da Avenida 21 de abril, às 9h30min. Ressaltando a tradição gaúcha, o tema deste ano foi intitulado “O Rio Grande no Imaginário Social”. No ato, estarão presentes: o Prefeito Municipal Fioravante Ballin, o Comandante do 12º CRB Missões Major Tomas Jacson Trindade Lopes e o Presidente da Semana Farroupilha 2013 Diomar Kramer. A Brigada Militar de Ijuí iniciará o Desfile Farroupilha, logo após, as entidades tradicionalistas desfilarão trazendo consigo os seus sub-temas. Segue abaixo a lista das entidades com os seus respectivos temas. 1) Centro de Tradições Gaúchas Clube Farroupilha: “O Imaginário – João Simões Lopes Neto”; 2) Grupo de Arte Nativa Cabo Toco: “A lenda do M Boitatá – A Cobra de Fogo”; 3) Centro de Cultura Nativa Piazito Carreteiro: “A Lenda do Negrinho Pastoreio”; 4) Grupo de Folclore Chão Batido: “A Salamanca do Jarau”; 5) Centro de Tradições Gaúchas Velho Vargas: “O Mate do João Cardoso”; 6) Grupo de Folclore Chaleira Preta: “Trezentas Onças”; 7) Grupo de Folclore Fogo de Chão: “Lobisomem e a Bruxa”; 8) Centro de Tradições Gaúchas Avô Maragato: “Crendices”; 9) Centro de Tradições Gaúchas Querência Xucra: “Superstições”; 10) Centro de Tradições Gaúchas Laureano Medeiros: “Chasque do Imperador”; Logo após o desfile começará o cerimonial que marca o encerramento da Semana Farroupilha 2013. O ato oficial de encerramento será na Avenida 21 de abril, às 12h, com a apresentação de Adelar Amarante e Erno Schuh, e a locução cívica com Marcos Heberle do 29º Batalhão de Polícia Militar. A banda Municipal Carlos Gomes entoará o Hino Nacional e o Hino Rio-Grandense. O arriamento das bandeiras ficará ao cargo das seguintes autoridades: Prefeito Municipal Fioravante Ballin com a Bandeira Nacional, Comandante do 12º Comando Regional dos Bombeiros Major Tomas Jacson Trindade Lopes com a Bandeira do Rio Grande do Sul, Presidente da Câmara Municipal de Vereadores Chico Seifert com a Bandeira do Município e Orione Rodrigues com a Bandeira da 9ª Região Tradicionalista. Abigail Tadeu Rodrigues de Almeida apagará a Chama Crioula do candeeiro, dando por encerrado as comemorações do dia 20 de setembro deste ano.


Ed 560 site