Page 1

Dez jogos, dez vitórias. A Unimed reina até aqui na LBF e o técnico Luiz Zanon quer mais. Em entrevista exclusiva ao O JOGO, ele fala sobre a campanha, o trabalho e as metas. Páginas 6 e 7.

Zanon, durante jogo no Centro Cívico: “Nos fizemos os melhores”

26 ANOS DE HONESTIDADE E RESPONSABILIDADE


3 de fevereiro de 2012

GINÁSTICA RÍTMICA

personalidade

Técnica da seleção auxilia Americana

GABRIELA LAIDE NIGRO - O Rio Branco consegue o acesso em 2012? Espero que sim, né... Tirando seu time, qual paulista vai se dar bem neste ano? - Santos [simpáticos eles, não? rs]

Texto: Ariel Ferreira Foto: Divulgação

A

equipe de ginástica rítmica de Americana iniciou o trabalho de preparação para a temporada 2012. A principal novidade é a presença da técnica da seleção brasileira, Camila Ferezin, que vai auxiliar as atletas na criação da nova coreografia do conjunto. A treinadora, que permanecerá na cidade por dois dias, foi recepcionada na manhã de ontem [2] pelo secretário de Esportes Mario Antonucci. “É um privilégio para nossas meninas a presença da Camila para auxiliar nossas treinadoras [Amanda Gallo e Aline Novo] na nova coreografia. Com certeza, essa experiência será muito importante para o crescimento da nossa equipe”, destacou Antonucci. No comando técnico da seleção brasileira há mais de um ano, Camila ganhou a oportunidade de ficar no comando definitivo graças à medalha de prata conquistada na seletiva para os Jogos Pan-Americanos de 2011. A experiência de 15 anos como ginasta, dez deles como atleta da seleção, foi fator preponderante para que assumisse a equipe. Camila elogiou as ginastas e a estrutura esportiva de America-

E quem vai ser o mico da temporada? - Palmeiras.

Nascimento - 15 de abril de 1993, em Americana. Profissão - Estudante. Como você é conhecida entre amigos e familiares? - Acho que Gabi mesmo.

Camila Ferezin [d] durante treino no Centro Cívico: nova coreografia do conjunto na. “Achei uma equipe muito qualificada, até pelo pouco tempo de existência. Tudo isso se deve à estrutura oferecida. Já rodei muito pelo país e nunca encontrei uma cidade que tenha estrutura tão boa assim para o esporte, principalmente para a ginástica rítmica”, afirmou. Criada no ano de 2009, a equipe de Americana já conquistou resultados expressivos, o principal deles, o título dos Jogos Abertos do Interior de 2010. As meninas

são atuais bicampeãs dos Jogos Regionais e buscam nesta temporada repetir o mesmo desempenho dos anos anteriores. MODELO Pré-convocada para a seleção brasileira e destaque da equipe de Americana, a ginasta Caroline Martinelli está deixando a modalidade. Ela foi convidada por umas das principais agências de modelo do mundo para seguir car-

reira nas passarelas. Caroline viaja nos próximos dias para Pequim, na China, onde iniciará seu novo trabalho. “Ela vinha se destacando na ginástica ritmica, mas a proposta para ser modelo internacional foi muito tentadora. Tenho certeza que ela também se dará muito bem no novo trabalho. Tenho um carinho especial pela Carol. Ela e as meninas da equipe iniciaram os trabalhos junto com a gente”, disse Antonucci.

DESAFIO

Cunha completa prova de 12h30 Texto: Nayara de Oliveira

O triatleta Leandro Cunha, de Nova Odessa, foi um dos nove atletas que conseguiram concluir o 2° Desafio de Verão da Triactionteam. Realizado no último dia 21, o evento teve percurso de 250 km de ciclismo, com saída de Americana e chegada na Riviera de São Lourenço, em Ber-

tioga, litoral norte de São Paulo. Foram 12h30 de prova. No total, 19 participantes encararam o desafio, que contou com caminhão e “van” de apoio durante todo trajeto, prestando auxílio com alimentação e segurança. “Por mais que seja um desafio para os atletas, não consideramos [a prova] como competição e sim como treino, em que

Contabilidade Comercial, Industrial & Assessoria R. Quintino Bocaiuva, 929 Fone/Fax 3408.8270 Diretores Carlos Zaramelo Júnior e Mônica Rosa Binotto Zaramelo

Fundação - 6 de fevereiro de 2003 Propriedade da empresa Zaramelo Jr. Comunicação

contato Tel: 19 7808.2911 | 89*21492 E-mail - zaramelojr@uol.com.br

Rua das Palmeiras, 362, Jardim Planalto Cep: 13.468-030 - Americana/SP

Jornalista responsável MTB 37.014

Os textos publicados no O JOGO não podem ser reproduzidos sem prévia autorização. Os artigos assinados não significam, necessariamente, a opinião do jornal.

2

Diagramação: Jorgebin Impressão Jornal O Liberal

cada atleta busca seus objetivos dentro dos seus próprios limites, sem premiação ou soma de pontuação”, explicou William Barbosa, técnico da equipe de Nova Odessa. Depois de mais de 745 minutos de prova, sete dos 19 atletas chegaram ao destino. Além de Leandro Cunha, também concluíram dois de Piracicaba, um de Limeira e três de Ame-

ricana. “O dia estava propício, com a temperatura baixa, passamos frio, calor, chuva, sol, rajadas de ventos, enfim, encaramos todos os tipos de adversidades, mas o importante foi ter atingido nossos objetivos e confraternizar com toda a equipe ao final”, disse Cunha. A rede de supermercados Pague Menos foi uma das patrocinadoras do desafio.

Time do coração - Corinthians. Torce contra quem - Contra qualquer time que faça corpo mole. Ídolo no esporte - Cícero Gomes, bailarino mais empolgante que já vi. Imagem esportiva inesquecível - Todas as finais do time masculino de vôlei do Brasil. Modelo de beleza no esporte - Iker Casillas. Lugar bonito de Americana - Igreja da Matriz de Santo Antônio Entre seus amigos, quem é bom de bola? - Rafael de Barros e Vinícius Garcia.

O que gostaria de pedir ou sugerir ao prefeito Diego De Nadai em relação ao esporte? - Apoiar mais o time de basquete masculino da cidade (viu só Eduardo Limper... rs) Personagem marcante de sua vida - Meu avô materno, Sebastião. O que vê na televisão? - Filme, novela e seriados. Melhor narrador esportivo - De narrador não sei, mas adoro as besteiras que o Neto fala! Já fez alguma jogada de craque em sua vida? - Acho que todas as vezes que venci o nervosismo antes de me apresentar. Cantor e cantora - Leoni e Ana Carolina. Ator e atriz - Dermot Mulroney e Julia Roberts. Hobbie - Ler e dançar. Comida - Strogonoff. O que não pode faltar na sua geladeira? - Um docinho!

E quem é perna de pau? - Meu pai.

Livro de cabeceira - Últimos dias de Verão (Steve Kluger), já li umas 5 vezes...

Faz alguma atividade física? - Não.

Quem é mala? - Quem acha que dinheiro é tudo.

Esporte favorito - Dança, para os que consideram como esporte.

Bola cheia - Tiago Leifert

Para qual esporte não leva jeito? - Futebol. Sempre corria da bola!

Bola murcha - O fechamento do Teatro Municipal Lulu Benencase no final do ano, e essa reforma mal planejada.

•Circuito fechado de tv •Alarmes monitorados 24 horas com viatura e via rádio (exclusivo) •Choque pulsativo •Monitoramento de imagens •Vigilância •Portaria 24 horas

RUA DOM PEDRO II, 878 - VILA GALLO - FONE (19) 3471.4515


3 de fevereiro de 2012

3

TIRO

CAT abre temporada de competições BICICROSS

Copa América reúne as feras Texto: Marcelo Eduardo Braga

As primeiras competições de 2012 acontecem neste final de semana no CAT Texto e foto: Zaramelo Jr. Zara O JOGO

A

temporada 2012 de competições de tiro tem abertura neste final de semana, nas pedanas olímpicas do Clube Americanense de Tiro [CAT]. Amanhã [4] e domingo [5], de maneira simultânea, acontece a primeira etapa do Campeonato Brasileiro e do Campeonato Nacional nas modalidades de trap americano e

trap doublê. Nos dois dias, as provas começam às 8 horas. Não há cobrança de ingressos e o público pode acompanhar a disputa. As duas competições são promovidas pelo CAT em parceria com a Confederação Brasileira de Tiro Esportivo e Liga Nacional de Tiro ao Prato. A diretoria do clube de Americana espera entre 70 e 80 atiradores. Até ontem [2], já haviam confirmado presença representantes de São

Paulo, Bahia, Paraná e Santa Catarina. Entre os representantes de São Paulo, alguns atiradores são da equipe do CAT, casos de Rogério e Brono Grow, Hermani Gonzaga, Eduardo Bazzana, Edvaldo Pascon, Osmar Stievano, Leroy Vaughn, Francisco e Rodrigo Botelho de Castro Neves. O CAT fica na Avenida Olímpica Lionelo Ravera, ao lado do Iate Clube de Americana.

As principais feras do bicicross estarão reunidas para a sétima edição da Copa América, entre os dias 14 e 16 deste mês, no Parque Ecológico de Indaiatuba. Os melhores pilotos do país e destaques do exterior mostrarão toda habilidade e força em uma das mais emocionantes disputas do calendário nacional. Além disso, colocará em evidência a rivalidade entre os representantes nacionais e os do exterior, já que são três vitórias para cada lado no masculino. Ao longo da história da Copa América, que começou em Paulínia, o Brasil venceu em 2006 com Daniel Jorge, em 2007 com o americanense Deivlim Balthazar, e em 2010 com Renato Rezende. Já os títulos de estrangeiros aconteceram em 2008 e 2009, ambos com o argentino Ramiro Marino, e em 2011, com

o colombiano Augusto Castro. No feminino, que fez sua estreia em 2007, as vitórias foram da americanense Ana Flávia Sgobin (07), Mayara Perez (09 e 10) e Bianca Quinalha (11). A programação oficial começa, no dia 14, terça-feira, das 13 às 16h30, com a entrega de kits e placas de identificação. Os treinos livres também acontecerão neste período. No dia 15, quarta-feira, será a vez da fase classificatória. Entre 8 e 9h15, acontecerão os treinos livres, sendo que a assinatura da súmula e entrega de chips serão feitas a partir das 9h30. A primeira tomada de tempo para a seleção de 55 pilotos será das 9h45 às 12 horas, ficando a segunda entre 13h30 e 15 horas. No dia 16, acontecerá a prova principal. O congresso técnico será realizado também na quarta, aproximadamente 15 minutos após o término da classificatória, na pista do evento.


3 de fevereiro de 2012

4

MINICAMPO

Com festa, Veteranos inicia campeonato Texto: Zaramelo Jr. Zara | O JOGO Foto: Nilton Alexandrino Jr. | Divulgação

SOCIETY

O

campeonato de minicampo do Veteranos, que será disputado neste primeiro semestre em homenagem a Sebastião Barbosa da Silva, o Sebá, integrante da comissão de esportes, tem início na noite de hoje [3], no clube de campo. Antes dos primeiros jogos, está programada a festa de abertura, com presença de diretores, conselheiros, jogadores, familiares e convidados. Segundo o coordenador Humberto Vieira, haverá apresentação dos times, discursos, juramento de atleta e árbitro e queima de fogos. A primeira rodada também terá partidas na tarde de amanhã [4]. No total, o campeonato movimentará 279 jogadores divididos em 31 times de quatro categorias – sete nos jovens, oito na intermediária, sete no sênior e nove no máster. Na noite de quarta-feira [1], na boate da sede social, na avenida Paulista, houve o coquetel de lançamento, com a participação de diretores e patrocinadores. A programação completa da rodada de abertura é a seguinte:

papo com rafa rafael de barros

rafaelbscoelho@yahoo.com.br

A lesão do Rogério Ceni Independentemente se somos são-paulinos ou não, um assunto chamou bastante atenção nos noticiários esportivos das últimas

Copa Castor define vagas

O time da Mecânica Freitas já carimbou passaporte Texto: Zaramelo Jr. Zara | O JOGO Foto: Divulgação

Diretoria e comissão de esportes, na sede social, durante lançamento do campeonato JOVENS - amanhã [4] 14h30 - Supermercado Pérola x Centro Automotivo Jorge Fernandes; 15h30 - Ideal Mecânica x Z Sport e 16h30 Panificadora Boa Vista x JDM Contábil. INTERMEDIÁRIA - amanhã [4] - 14 horas - Colins Ferragens x Auto Peças Brasil; 15 horas - M&E Refrigeração x São Lucas Saúde; 16 horas -

Casa do Construtor x Real Tecidos e 17 horas - Bonfim Reparos x People RH.

semanas. A lesão no ombro do goleiro Rogério Ceni. E, claro, as especulações sobre o prazo para seu retorno ao esporte. Bom, primeiramente, o que o Rogério teve no ombro foi uma lesão do lábio [labrum] da cavidade glenóide [osso que forma a articulação do ombro], chamada de lesão de SLAP [sigla que significa, em inglês, lesão do lábio superior, da região anterior até a posterior)] Como a articulação do ombro é

uma das mais rasas do corpo, para permitir grande movimento, ela também se torna muito instável. E o Labrum da Glenóide serve para aprofundar um pouco mais a articulação, e permitir maior congruência óssea [melhor encaixe entre os ossos que compõem o ombro]. É como se fosse um lábio mesmo, e daí seu nome. E foi aí que o Rogério teve uma lesão, provavelmente, após algum trauma no ombro,

SENIOR - hoje [3] - 19h15 - Kelé Automóveis x Campari

Fisioterapia Desportiva Especializada

Têxtil e 20h30 - Mecânica Jaguar x Cavic Bordados; amanhã [4] - 14h30 - Hits Color x Ameriveda. MASTER - hoje [3] - 19h15 - Rodonaves x Gonzaga Engenharia e 20h30 - Help Parafusos x Menegatti Materiais; amanhã [4] - 15h30 - Acapulco Imóveis x Atlanta Rolamentos e 16h30 - Gallo Tecidos x Ameristamp.

ou vários traumas durante a carreira. Essa lesão provoca dor em praticamente todos os casos, associado, em alguns casos, a pequenos bloqueios articulares ou instabilidade do ombro. O tratamento inicial é conservador, apenas com fisioterapia. E normalmente temos sucesso, visto que ele joga há muito tempo com essa lesão, graças à exemplar fisioterapia praticada pelo Reffis

A definição das vagas às quartas de final da 3ª Copa Castor de Futebol Society ocorre neste sábado [4]. Avançam à próxima fase os dois primeiros colocados de cada um dos três grupos, mais os dois melhores terceiros. Das oito vagas disponíveis, cinco já estão preenchidas por Roma e Mecânica Freitas, no Grupo A; Seaac, Sorvetes Naturais e São Luís, no Grupo B. As três restantes serão definidas na rodada de amanhã. Matematicamente, estão no

do São Paulo, principalmente. Porém, em alguns casos, a intervenção cirúrgica é inevitável. E foi justamente o que aconteceu agora. No tratamento cirúrgico, normalmente a lesão é retirada ou o lábio é reinserido, e a partir daí fica por conta de sua recuperação e da fisioterapia. É um tratamento importante, que necessita de grande conhecimento e responsabilidade, visto a

páreo Polyenka, Najar, Escritório Central, Flamengo e Unidos do Zanaga. Deles, dois ficarão de fora, assim como já estão Comexport e SMH Fotografia. A programação dos jogos de amanhã, nas quadras de piso sintético da Castor Society, é a seguinte: 15 horas Polyenka x Najar e Flamengo x Unidos do Zanaga; 15h45 - Comexport x Mecânica Freitas. A partir das quartas de final, o sistema de disputa passa a ser o de eliminatória simples. Os times com melhor campanha tem vantagem do empate.

importância que o Rogério tem no seu esporte. Porém, para a alegria dos seus fãs, o retorno médio ao esporte pós cirurgia de SLAP é de 4 meses, e, sendo assim, ele deve voltar antes do que o prazo estipulado pelo São Paulo, que é de 6 meses. E se tudo correr bem, ele volta em grande nível, para a alegria dos seus torcedores. Boa recuperação, Rogério Ceni. E bom jogo a todos!!

Regatas masculinas e femininas Camisetas adulto, infantil e juvenil Camisetas promocionais Confecções em geral

Rua Eugênio Bertini, 800, SãoLuiz - Fone: 3468.2556 Rua Gonçalves Dias, 240 Tel: (19) 3645-1618

COMPRA COLETIVA DE AMERICANA E REGIÃO


5

3 de fevereiro de 2012

AEROMODELISMO DR.ROGÉRIO PANHOCA

VOLTA ÀS AULAS As férias escolares estão chegando ao fim e os pais já estão envolvidos nos preparativos de volta às aulas de seus filhos. No entanto, mais do que se preocupar com o material escolar e o uniforme, é importante lembrar de alguns cuidados essenciais com a saúde para que nada atrapalhe o aprendizado das crianças na escola. Fique alerta quanto a possíveis dificuldades em enxergar ou ouvir, além de deixar a carteira de vacinação dos pequenos em dia. Dentre os sinais que

uma criança pode vir a apresentar na volta às aulas e que pode servir de alerta para os pais e professores, é o cansaço mental e a dor de cabeça, sobretudo na região frontal, aproximar muito os objetos, apertar os olhos para enxergar melhor, bem como a queda ou piora no rendimento escolar em relação aos anos anteriores. Pode ser um sinal que está na hora de procurar um oftalmologista. Crianças espertas no seu dia a dia , mas que não conseguem acompa-

nhar o ritmo escolar da turma, precisam passar por avaliação de otorrinolaringologista ou de fonoaudióloga, pois as perdas de audição leves e até moderadas costumam passar desapercebidas pelos pais ; há também casos em que a criança ouve normalmente , mas tem dificuldades em processar a informação sonora a nível cerebral . É também muito importante que a criança volte às aulas com a carteira de vacinação rigorosamente em dia , inclusive , quando recomendado, aquelas fora do calendário oficial , afinal é mui-

to melhor prevenir que remediar.... seu pediatra lhe dará todas as informações necessárias... Mas, ao meu ver, o que irá influenciar positivamente seu filho na volta às aulas é o estimulo familiar. Estudar só será prazeroso para a criança se ela estiver sendo estimulada , encorajada e até recompensada pelo seu resultado. Não podemos nunca esquecer que o papel da escola é ensinar, educar é papel da família! Rogério Panhoca é médico otorrinolaringologista e escreve a convite do O JOGO

Rogério é convocado para disputar Mundial

Rogério Alves vai à Bélgica em agosto Texto: Zaramelo Jr. Zara | O JOGO Foto: Arquivo | O JOGO

O aeromodelista Rogério Alves, de Americana, foi convocado ontem [2] para disputar o Campeonato Mundial 2012, programado para agosto, na Bulgária. Ele integrará a delegação brasileira e competirá na categoria F-2-B, juntamente com Benedito Rodrigues e Martiniano Quartim. A Confederação Brasileira de Aero-

modelismo [Cobra] informou que a convocação foi baseada no ranking nacional. Os aeromodelistas convocados têm prazo até o próximo dia 15 para confirmar participação no Mundial. Rogério Alves, que já há várias temporadas tem conquistado resultados importantes, tanto no Brasil como no exterior, não pretende desperdiçar mais essa oportunidade.


3 de fevereiro de 2012

ENTREVISTA

“Estamos nos fazendo os melhores”

Luiz Augusto Zanon, técnico da Unimed Americana, diz que está orgulhoso pela campanha invicta de sua equipe na LBF

Texto e fotos: Zaramelo Jr. Zara | O JOGO

D

ez jogos, dez vitórias, todas incontestáveis. A campanha da Unimed na Liga de Basquete Feminino [LBF], mais do que surpreendente, é motivo de orgulho para Luiz Augusto Zanon, 48 anos, que brilhou como jogador e técnico no masculino e agora quer fazer história no feminino. “Trabalhamos para isso e vamos continuar trabalhando em busca do título”, disse o treinador da equipe de Americana. “Estamos nos fazendo os melhores”, acrescentou. Para Zanon, a força do conjunto é o segredo do sucesso da Unimed na LBF 2011/2012. Ele acredita na possibilidade da equipe ser

6

campeã, mas ressaltou que “playoff é outro campeonato, tudo zerado”. Durante a entrevista exclusiva ao O JOGO, o técnico revelou que já renovou contrato com o clube de Americana até o final da LBF 2012/2013. “Fui chamado pelo Rafael [Moliterno, presidente] e pelo Molina [Ricardo, superintendente de Marketing e presidente da ADCF]. Conversamos sobre a sequência do trabalho e o acerto foi imediato”, contou Zanon. A campanha da Unimed na LBF chega a ser surpreendente? Nós trabalhamos para isso. Não é fácil manter uma equipe jogando bem e com intensidade diante do grau de dificuldade que os adversários oferecem. Estou orgulhoso, pois fizemos um planejamento que está sendo seguido. Qual o segredo do seu time? A força do conjunto. Aqui ninguém é estrela. Todas as jogadoras são importantes. Implantamos um estilo de jogo mais agressivo e as meninas responderam bem, assimilaram, estão correspondendo. Elas sabem que cada segundo que estão em quadra tem que ser intenso. Algumas equipes dependem de uma, duas jogadoras. Aqui, é o conjunto. Em razão da campanha impecável, a Unimed é apon-


3 de fevereiro de 2012

tada como a grande favorita ao título. Isso causa alguma preocupação? Só consegue ser favorito quem trabalha. Trabalhamos e vamos continuar trabalhando para que o favoritismo se torne realidade no final do campeonato. Você, de fato, considera a Unimed melhor equipe que as demais da LBF? Hoje, o melhor momento é nosso, sem dúvida. Não acho que somos os melhores, mas estamos nos fazendo os melhores. É fruto do trabalho. Isso não significa, porém, que já somos campeões. De forma alguma. Há outros times credenciados ao título. Santo André e Ourinhos, por exemplo, devem evoluir daqui para frente. É possível manter esse nível que seu time mostrou nos 10 jogos já realizados? Não é fácil, no esporte, manter o time no ápice o tempo todo. Hoje, temos o melhor ataque e a melhor defesa, fato pouco comum no basquete. Normalmente, uma equipe se destaca em um ou em outro fundamento. Até o próximo jogo [dia 11, em São José dos Campos], temos um bom período para conversar com as meninas. Por um lado, vamos aumentar a intensidade dos trabalhos, focar a parte tática. Por outro, é preciso reenergizá-las fisicamente para que consigam manter o alto nível. Para que tudo isso saia da forma

7

planejada, as jogadoras também terão algumas folgas, que são importantes na questão emocional. Qual o limite da Unimed no campeonato? Temos reais possibilidades de lutar pelo título desde que não surjam problemas que possam atrapalhar. Falo em contusões, questões de relacionamento. Se mantivermos o foco - e acredito muito que vamos manter -, vamos brigar. Claro que no esporte sempre tem o Dia D, né. De repente, você faz tudo certo, mas perde um único jogo e aí acaba tudo. A final do Paulista do ano passado, não assimilei até agora. Está engasgado aquele resultado [derrota para Santo André no Centro Cívico]. Ao longo dos anos, em determinadas decisões, a Unimed sofreu “apagão”. Você teme que isso possa ocorrer agora? A fase do playoff é outro campeonato. Tudo que você faz na fase de classificação fica para trás. Tudo é zerado. Já vivi situações de sair em oitavo e ganhar do primeiro. Também já passei por situações de estar perdendo uma série por 2 a 0 e ganhar por 3 a 2. No Paulista de 2010, contra Santo André, foi assim com a Unimed. No playoff, tem que haver poder de superação, o atleta tem que acreditar nele, no time. O lado emocional conta muito porque ou você mata ou você morre. Sinto que minhas joga-

Clarissa ouve instruções de Zanon: pivô tem sido decisiva nos jogos

Temos reais possibilidades de lutar pelo título desde que não surjam problemas que possam atrapalhar.” Zanon e o preparador físico Vita Haddad doras estão muito concentradas, acreditando no potencial delas. Isso é fundamental. Unimed, Santo André, Catanduva e Ourinhos têm dominado o basquete feminino já há muito tempo. Você acredita que possa haver alguma surpresa nesta LBF? Olha, São José dos Campos pode brigar sim por uma das vagas às semifinais. Eles fazem um trabalho muito bom, for-

maram uma equipe competitiva e sempre é chato jogar lá. Acredito que estão na briga. E em 2013 virão ainda mais fortes, pois têm poderio financeiro para investir. Esse trabalho que você realiza na Unimed, desde 2010, o credencia a ser o técnico da seleção brasileira feminina? Sou extremamente competitivo, quero ganhar sempre,

chegar ao máximo. Era assim no masculino, sou assim no feminino. Sei que vai chegar o dia em que serei o técnico da seleção. Sinto isso. As jogadoras falam que meu trabalho é diferenciado em relação a outros treinadores. Mas essa condição [ser técnico da seleção] não vai ser por questões políticas, nem emergenciais. Tem que ser com planejamento, dentro dos meus princípios. Não estabeleço

datas, estabeleço metas. Você tem alguma meta antes da seleção? Tenho sim! Já consegui ser o único técnico até aqui campeão paulista tanto no masculino, com Limeira, e no feminino, com a Unimed. Já ganhei um título brasileiro no masculino e agora quero ganhar no feminino. Será algo inédito, histórico. E a receita para isso é trabalho, trabalho, trabalho.


3 de fevereiro de 2012

8

Twitter: @zaramelojr Facebook: Zaramelo Jr Zara

• Você, leitor, já viu algum desses técnicos renomados e vencedores um tempo na arquibancada e outro no banco? Nunca, né. Nem eu.

Evento: Bastidores do jogo Rio Branco x Batatais Local: Estádio Hermínio Ometto, em Araras Data: 1º de fevereiro de 2012 3

4

• Lugar de treinador de futebol é no banco, pô!

Fotos: Zaramelo Jr. Zara | O JOGO

1 O prefeito Diego De Nadai e o empresário Cândido Neto

2 Mario Antonucci, 5

Roberto Camacho e o deputado estadual Chico Sardelli

3 Rafael Sacilotto

1

e seu irmão Pituco, ex-jogador do Rio Branco

4 O presidente do Rio Branco, José Antônio Franzin Proposta de logomarca para Rocha Pneus

6 2

5 Malucos do Tigre marcou presença e incentivou o tempo todo

6 Franco Sardelli

AUTO CENTER

e Hugo Trolly

O MELHOR RODA POR AQUI

7 Anvar Bonin Junior

3468.8000

7

R. Amabile Boer, 173 Santa Maria (19) 3461.6574

Rua Anhanguera, 599 - Conserva Fones: 3461.2057 e 3461.9488

Tecidos de tapeçaria e decorações em geral Show room de estofados Preços imbatíveis

atento ao jogo

• Vi Rio Branco 1x1 Batatais. O time de Cilinho não foi de todo mal, mas, sinceramente, esperava mais. • A começar pelo treinador, que insiste em ver o jogo da arquibancada no primeiro tempo e ir para o banco no segundo. • O efeito prático disso que Cilinho faz há décadas é zero. Se resolvesse alguma coisa, Pepe Guardiola, José Mourinho, Muricy Ramalho, Tite, Felipão & Cia bela fariam a mesma coisa.

• Pelo o que vi em Araras, o Rio Branco precisa, urgentemente, de dois laterais e dois meias mais incisivos. • Antes do jogo começar, todo mundo sabia que o time de Cilinho teria mais posse de bola, pois o Batatais jogaria na retranca para sair no contra-ataque. Dito e feito. • A questão é que, comprovadamente, só posse de bola não resolve, como não resolveu em Araras. • É preciso que qualquer que seja o time tenha postura mais agressiva, mais contundente no ataque. • E faltou isso ao Rio Branco, que abusou dos toques, da viradas e dos cruzamentos, sem agredir o Batatais. • Conversei com dois diretores do Tigre, ontem. Um achou o resultado bom pelas circunstâncias. Outro considerou o 1 a 1 péssimo. • Bacana a presença da torcida de Americana no Hermínio Ometto. Muita gente pegou a estrada para ver o time. Mesma coisa vai acontecer amanhã, em Limeira. • Show de bola a Malucos do Tigre. Rapaziada chegou com o jogo em andamento, o que já virou tradição, e incentivou o tempo todo. Jogador nenhum pode reclamar da falta de apoio. • Bom final de semana, saúde a todos!


3 de fevereiro de 2012

CICLISMO

FIM DAS FÉRIAS

De Larmelina vai correr pelo Rio

Texto: Zaramelo Jr. Zara | O JOGO Foto: Divulgação

D

Leandro De Larmelina deixou Americana

9

epois do atletismo, que perdeu a velocista Natallia Oliveira da Silva e a lançadora Juliana Souza, agora é a vez do ciclismo de Americana sofrer desfalque. Leandro De Larmelina, 23 anos, americanense de nascimentou, deixou a cidade para fazer parte do time de ciclismo de pista do Rio de Janeiro, que conta com alto investimento financeiro da Caloi. Apesar da saída de um dos principais ciclistas, o secretário de Esportes Mario Antonucci preferiu ressaltar a oportunidade de crescimento que De Larmelina terá na equipe carioca. “Infelizmente nosso ciclismo está perdendo um atleta de extrema competência, mas, por outro lado, fico muito contente em saber que um ciclista revelado em nossa cidade estará defendendo uma grande equipe. A Caloi está fazendo alto investimento e contratando os melhores do país, entre eles, o Leandro”, amenizou Antonucci. “Sentirei muita falta de competir por Americana, pois represento minha cidade des-

Escola de Goleiros volta aos treinamentos na 2ª de que iniciei no ciclismo. Sair de uma equipe em que conheço todos os atletas há mais de 10 anos será muito difícil para mim”, falou o ciclista. De Larmelina começou na escolinha de ciclismo de Americana aos 11 anos e conquistou vários títulos, sendo oivo vezes campeão brasileiro. Sempre entre os primeiros colocados do ranking nacional, teve várias convocações para a seleção brasileira. Em 2010, por exemplo, disputou os Jogos Sul-Americanos em Medellín, na Colômbia. “Acredito que integrar essa nova equipe, que almeja participar de competições internacionais, será muito bom para minha carreira”, salientou o ciclista, que sonha em disputar as Olimpíadas de 2016. Leandro De Larmelina despediu-se essa semana dos demais integrantes da equipe de Americana e hoje [4] viaja para o Rio de Janeiro. A partir de segunda-feira [6], inicia os treinamentos no mesmo velódromo utilizado nos Jogos Pan-Americanos de 2007. Sua estreia será em março, no Campeonato Brasileiro. [Colaborou, Ariel Ferreira]

As aulas da Escola de Goleiros recomeçam segunda-feira Texto: Ariel Ferreira Foto: Divulgação

A Escola de Goleiros Camisa 1, de Americana, retorna aos treinamentos na próxima segunda-feira [6], às 8 horas. As aulas são gratuitas e comandadas por profissionais especializados no Centro de Treinamento, que faz parte do Complexo Poliesportivo Ayrton Senna. Pioneira no Brasil, a Escola de Goleiros chega à sua sétima temporada. A cada ano, o projeto idealizado pelo professor Vander Batistella vem ganhando destaque não só na revelação de atletas, como na realização do trabalho social. As aulas são destinadas para crianças e jovens de 7 a 18 anos. “Todo ano a motivação é

muito grande para trabalhar com esses garotos. O crescimento no número de alunos é o reconhecimento que o projeto está seguindo o rumo certo. É um privilégio poder fazer parte da escola de goleiros, nos tornamos uma verdadeira família”, disse Batistella, que durante vários anos foi preparador de goleiros do Rio Branco e agora está no Guarani. Atualmente, a Escola de Goleiros conta com mais de 100 alunos que treinam às segundas, quartas e sextas, das 8 às 10 horas e das 14h30 às 16h30. Em 2012, os alunos terão uma motivação a mais, pois a Prefeitura de Americana realizou a troca do gramado do campo do Centro de Treinamento.


3 de fevereiro de 2012

KART

Juan Zwing, 8 anos, estreia no Paulista Texto: Zaramelo Jr. Zara | O JOGO Foto: Divulgação

J

uan Zwing, 8 anos, fará a estreia no Campeonato Paulista Light de Kart neste sábado [4], no Kartódromo Ayrton Senna, em Interlagos, na Capital. Em sua primeira temporada na competição estadual, o piloto de Americana estará na categoria Cadete, reservada a equipamentos de 5,5 hp. A expectativa é que consiga bons resultados durante o ano. A movimentação em Interlagos para a etapa de abertura do Paulista Light começou ontem [2], com os treinos oficiais. Nesta sexta-feira [3], acontece a tomada de tempos para definição do grid de largada. Amanhã, a corrida da Cadete tem início previsto para as 9 horas. Quem cuida do kart de

Juan é o preparador Francisco Moacir Santos Viera, o Moa, de Itu, um dos mais conceituados do esporte. No ano passado, Juan Zwing disputou o Campeonato Ituano, na Arena Schincariol, em Itu. Apesar da pouca idade, ele correu na Cadete [para pilotos até 11 anos] e surpreendeu. Entre 14 participantes, terminou a competição em quarto lugar. Juan tem patrocínio da Bomix, empresa com sede na Bahia. Seu pai Jailson espera conseguir novo parceiros para a temporada 2012.

Folhamatic renova parceria com Pé de Chumbo para 2012

Marcelo Marusso, Maurício Frizzarin e Eraldo dos Santos Texto e foto: Zaramelo Jr. Zara | O JOGO

Líder de mercado em São Paulo [market share de 42%], a Folhamatic Tecnologia em Sistemas será parceira da Copa de Kart Comexport Pé de Chumbo pelo segundo ano consecutivo. A renovação de contrato ocorreu em ato que reuniu o empresário Maurício Frizzarin, presidente da Folhamatic, Marcelo Marusso e Eraldo dos Santos, presidente e vice da Associação de Kart Pé de Chumbo e pilotos do campeonato. Os representantes do PdC agradeceram Frizzarin pelo apoio da Folhamatic à Copa Comexport. Por sua vez, o presidente da empresa fez elogios à organização e reve-

Juan Zwing disputa amanhã a etapa de abertura do Paulista Light

lou que gosta bastante de esportes de velocidade. A Folhamatic atua na área de softwares para gestão empresarial e contábil. Fundada em 1990, tem 460 funcionários, mais de 11 mil clientes e 150 mil usuários de seus sistemas. Com sede própria em Americana, tem ainda escritórios em Florianópolis [Santa Catarina], Rio de Janeiro [Rio de Janeiro] e Curitiba [Paraná]. A 7ª Copa de Kart Comexport Pé de Chumbo tem o coquetel de lançamento marcado para o dia 1º de março, às 20 horas, no Choperia Beppo. A etapa de abertura será no dia 4 de março, às 9 horas, na Arena Schincariol, em Itu.

Sisdeli fica em 3º no Super Kart Texto e foto: Assessoria de imprensa

O Super Kart Brasil [SKB 05] reuniu mais de 160 pilotos em Interlagos, durante o final de semana [28 e 29], e o americanense Alain Sisdeli conseguiu resultado expressivo ao terminar em terceiro lugar da categoria Graduados. Com 34 pontos, ele ficou atrás de André Nicastro, campeão com 81, e Olin Galli, vice com 66. O SKB 05 marcou a estreia de novas mar-

cas de chassi homologadas pela Confederação Brasileira de Automobilismo [CBA]. As italianas Energy, CRG e Intrepid foram representadas na pista por nomes importantes do automobilismo brasileiro como Renato Russo, César Ramos e Tuka Rocha. Nelsinho Piquet, piloto da Nascar Truck Series e campeão do SKB-02, correu novamente no torneio utilizando chassis Intrepid e Energy. Uma das categorias mais

•Circuito fechado de tv •Alarmes monitorados 24 horas com viatura e via rádio (exclusivo) •Choque pulsativo •Monitoramento de imagens •Vigilância •Portaria 24 horas

RUA DOM PEDRO II, 878 - VILA GALLO - FONE (19) 3471.4515

10

esperadas do final de semana, a Graduados reuniu o maior grid do SKB-05. 29 pilotos entre nomes experientes do esporte e jovens talentos, como Olin Galli e Victor Franzoni - que figuraram entre os protagonistas do final de semana. O título ficou nas mãos de André Nicastro, vencedor de três das quatro corridas do evento. Sisdeli mostrou arrojogo e garantiu a terceira colocação no geral com a somatória de pontos.

Pilotos que disputaram o SKB 05 em pose oficial em Interlagos


11

3 de fevereiro de 2012

ATIVIDADE FÍSICA INTELIGENTE

Unidade 1 - Rua Duque de Caxias, 455, Santa Catarina – Tel: 3645.8747 | Unidade 2 - Rua Fortunato Bassetto, 337, Vila Medon – Tel: 3462.3412 Unidade 3 - Avenida 9 de Julho, 1132, São Domingos – Tel: 3405.4755 | www.llpilates.com.br SÉRIE A3

planeta bola

Rio Branco busca melhor futebol

Twitter: @renanzaraa renan binotto zaramelo renan_kra_zara_uau@hotmail.com

- Começo a coluna prestando minha solidariedade às famílias que tinham entes queridos na terrível briga ocorrida no Egito, deixando 76 mortos e milhares de feridos. - Têm sido rotina - e não mais exceção – os atos de vandalismo de torcidas em estádios de futebol, o que é ridículo! - O tão gostoso espírito esportivo foi perdido, o futebol de Vampeta’s, Viola’s e Paulo’s Nunes foi perdido há muito e isso tem se propagado para a arquibancada, com vandalos travestidos de torcedores que vão ao campo de futebol acreditando ser um campo de batalha. - Tão ridículo quanto torcedor bater em torcedor, é torcedor bater em jogador, ou jogador em jogador. Não há mais espaço para famílias em estádios e o risco é iminente de que exterminemos tudo o que tanto amavamos no esporte mais popular do planeta. - É vergonhoso um jogador não poder mais brincar, tirar a camisa, extravasar após um gol ao passo que um torcedor briga em todos os jogos e permanece defasando o espetáculo. Estamos enjaulando o que tanto gostavamos e liberando o que mais odiavamos. - Medidas sérias têm de sair do papel, deixarem de ser ideias e se tornarem a realidade, ou poderemos começar a Terceira Guerra Mundial em um campo de futebol. Liberem o espirito esportivo e enjaulem os animais que mais brigam do que torcem. Abraços.

Texto: Zaramelo Jr. Zara | O JOGO Foto: Flávio Oliveira | Prefeitura

A

vitória sobre a Inter de Bebedouro e o empate com o Batatais foram mais do que suficientes para mostrar que o Rio Branco precisa melhorar seu futebol para justificar em campo o investimento feito acima dos padrões da Série A3 do Campeonato Paulista. Enquanto o técnico Cilinho apega-se às estatísticas diante de adversários que ficaram boa parte do tempo com jogador a menos, a diretoria e a torcida esperam ver muito mais do que viram nas duas primeiras rodadas. O treinador e os jogadores do Rio Branco têm nova oportunidade para apresentar melhor futebol na partida contra o Juventus, amanhã [4], às 16 horas, no Estádio Major José Levy Sobrinho, em Limeira. O time segue sem jogar em Americana porque a reforma no gramado do Estádio Décio Vitta ainda não foi concluída.

Deda, Diego De Nadai e Fred Smania, ontem, no gabinete: volante é novo reforço Mesmo usando números a seu favor, Cilinho deve mexer no time. Mal nos dois primeiros jogos, o lateral-direito Guilherme pode perder posição para Oliveira, que chegou recentemente. No ataque, Marcos Denner está ganhando a vaga de Tito. Assim, o Rio Branco para encarar o Juventus deve ter Diego; Oliveira, Bernardi, Airton e Esquerdinha; Ro-

drigo Celeste, Rafael Jataí, Cecel e Chorão; Marcos Denner e Índio.O volante Deda, 36 anos, ex-Ponte Preta e Brasiliense, foi confirmado como reforço do Rio Branco para a sequência da A3. Sua apresentação aconteceu no gabinete do prefeito Diego De Nadai. O jogador deve precisar de duas semanas para ficar à disposição para estrear. Um lateral-esquerdo

e dois meias ainda podem ser contratados. A Malucos do Tigre fretou ônibus para ir a Limeira neste sábado. A saída está marcada para as 14h30, da sede da torcida. Os valores, já com ingresso incluso, são de R$ 5 para sócios e R$ 10 para não sócios. A reserva de lugar ainda pode ser feita pelo telefone 9252.3475.

3ª RODADA Amanhã [4] Rio Branco x Juventus Capivariano x XV de Jaú Marília x Taboão Itapirense x Taubaté Domingo [5] Osasco x Sertãozinho Barretos x Independente Inter Bebedouro x Francana São Bento x Guaçuano Inter Limeira x Flamengo Osvaldo Cruz x Batatais CLASSIFICAÇÃO 1º] Flamengo 2º] Sertãozinho 3º] Capivariano 4º] Inter Limeira 5º] Guaçuano 6º] Rio Branco 7º] Batatais 8º] Osasco 9º] Inter Bebedouro 10º] Itapirense 11º] Independente 12º] Francana 13º] XV de Jaú 14º] Barretos 15º] Juventus 16º] Taubaté 17º] São Bento 18º] Marília 19º] Taboão 20º] O. Cruz

6 6 6 4 4 4 4 3 3 3 3 2 2 1 1 0 0 0 0 0

* Os oito primeiros avançam à fase final e os quatro últimos são rebaixados.

KARATÊ

Valdir Trindade recebe homenagem Texto: Zaramelo Jr. Zara | O JOGO Foto: Divulgação

A Federação Paulista de Karatê Interestilos [FPKI] premiou os melhores atletas de 2011 em solenidade na Chácara Batagin, em Santa Bárbara d´Oeste, domingo [29]. Durante o evento, a entidade também prestou homenagem aos professores titulares das academias do estado. Entre eles, o americanense Valdir Trindade, da Trindade Academia, que há mais de

20 anos atua na área, tanto como atleta, como técnico e árbitro. O vereador Odair Dias, que também foi atleta e técnico de karatê, e Rafael Soutto, técnico da equipe de Americana, estiveram no evento, assim como Osvaldo Messias, presidente da Confederação Brasileira de Karatê Interestilos [CBKI], e Antônio Henrique, presidente da FPKI. Santa Bárbara d´Oeste foi representada pelo técnico João Donizete.

Donizete, Osvaldo, Odair, Valdir, Henrique e Rafael Soutto em evento da federação

franzin@franzinadvogados.com.br

vidros e travas elétricas Cd’s, Dvd’s, Amplificadores Rua Florindo Cibim, 30 - Fone (19) 3406.4318 (próximo ao D. Bosco) - Americana


3 de fevereiro de 2012

JORNAL

Referência, O JOGO festeja 9º aniversário

Uma das capas de 2011 do O JOGO: jornal é referência no esporte

L

ançado em 6 de fevereiro de 2003 pelo jornalista Zaramelo Jr. [Zara], O JOGO festeja seu nono aniversário na próxima segunda-feira consolidado como referência na divulgação do esporte de Americana. Desde a primeira edição, o jornal mantémse fiel à exclusiva linha editorial voltada ao noticiário esportivo. É a única publicação do gênero em toda Região Metropolitana de Campinas [RMC] com circulação semanal.

“Nunca houve a intenção, muito menos a pretensão, de competir com outras publicações. A missão que norteou o lançamento do O JOGO é mantida até hoje, ou seja, abrir espaço para mostrar aqueles que fazem o esporte de Americana. Por aqui já passaram, continuam passando e passarão todas as modalidades existentes na cidade, sem exceção”, afirmou Zaramelo Jr. Ao longo do ano, são 47 edições do O JOGO - três em

janeiro e quatro nos demais meses -, com distribuição gratuita em quase 400 pontos. Americana concentra quase que a totalidade dos pontos, mas Santa Bárbara d´Oeste e Nova Odessa também recebem o jornal. Além do noticiário e colunas tradicionais, O JOGO está com duas novidades desde o ano passado. Uma delas é a coluna “Dicas de Saúde”, com a colaboração de médicos de Americana. “É um espaço de extrema importân-

cia, pois traz informações e orientações aos leitores sobre os cuidados com a saúde”, salientou o fundador. Outra é a promoção “Gatas do O JOGO”, que traz ensaios fotográficos com torcedoras de clubes e esportistas. “É um trabalho profissional, sem nenhuma vulgaridade. A repercussão tem sido extremamente positiva”, disse Zaramelo Jr. Além da edição impressa do O JOGO, há também a edição virtual, que fica disponível na íntegra no site www. jornalojogo.com.br. A equipe do O JOGO conta, além de Zaramelo Jr. e seu filho Renan Binotto Zaramelo, com os colunistas Jota Júnior, Écio Bonassi e Rafael de Barros. A editoração eletrônica fica por conta do designer gráfico Jorge de Almeida. A impressão é feita, desde o número 1, no parque gráfico do O Liberal. A diretora administrativa e financeira é Mônica Binotto Zaramelo. “O JOGO tornou-se realidade pelo trabalho de equipe, pela retaguarda de parceiros e patrocinadores e, especialmente, pela fidelidade dos leitores”, concluiu o jornalista.

12

coluna do jota jota junior jorajunior@tvglobo.com.br

- Contagem regressiva para as Olimpíadas de Londres. Uma amiga esteve na capital londrina, em janeiro, e registrou a bronca da população com o atraso de várias obras. Lá, também. - Também em Londres a população protesta por utilização do dinheiro público em obras para as Olimpíadas. É tudo igual. - Em tese, Palmeiras, Corinthians, Santos e São Paulo vão se classificar no Paulistão. Restam, portanto, quatro vagas para as outras equipes. É correr atrás. - Continua delicado o estado de saúde do amigo jornalista Loureiro Jr. Comentarista dos mais renomados e que há algum tempo está adoentado, infelizmente.

a má vontade de parte da mídia da Capital com o Paulistão. Impressiona o ódio de alguns colegas com a competição, desprezando totalmente a rica história do evento e dos clubes do nosso interior. - É bom lembrar que em 2002 a Federação resolveu priorizar e ressuscitar o Torneio RioSão Paulo, marginalizando o estadual, e se deu mal. A repetição de clássicos deixou o torcedor enjoado e os estádios estiveram vazios. - É bom saber que ninguém é GRANDE sem a existência dos médios e pequenos. Ninguém faz um filme apenas com protagonistas. Os coadjuvantes e figurantes são extremamente necessários em qualquer atividade.

- Por mais desorganizados que estejam os médios e pequenos, eles ainda dão empregos e revelam - Estive no Estádio Santa jogadores para os Cruz, e, Ribeirão Preto. GRANDES. Isso, e mais Toda a arquibancada foi o respeito que se deve pintada pelos próprios ter pelos torcedores do torcedores tricolores. Interior, que também Demonstração plena de merecem ter suas equipes amor ao clube. disputando o estadual, além receber em suas - Não posso deixar de registrar, lamentavelmente, cidades os times grandes.

Jornal O JOGO  

O Unico Jornal de Esportes da Região

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you