Issuu on Google+

11ª rodada do Brasileirão apresenta hoje sete jogos

Valmir Lucas e Ernando em alta no Goiás

Página 8

Página 4

Ano V - Nº 98 - R$

0,50

Páginas 5 e 6

Goiânia, 22 de julho de 2012

DDois ois goianos ggooianoss no Brasileiro Braasileiro hoje j VVila ila naa Série C e Atlét ico na A Atlético

Romes Ro mes Xavier comenta: comenta:

Valério, V alério, alé ério, mártir mártir. rr.. Este crime crim me não ficará ficarrá impune!!

Página 2


"

Goiânia, 22 de julho de 2012

@aZ_Z{` Vila Nova é para ser amado Não adianta os torcedores ou a imprensa esportiva tentarem entender o Vila Nova. Quando todos pensavam que o time estava em paz, após a saída conturbada do ex-presidente Eduardo Barbosa, o conselho implicou com o técnico Robélio Schineiger (Cavalinho) e o demitiu. Segundo informações é porque o presidente do conselho entendeu que Cavalinho falava demais e por isso precisava ser “cortado” imediatamente do time. Foi embora um técnico e o Vila já tem a estreia de outro hoje. O time foi jogar no interior de São Paulo (Araras) e voltou com outro técnico. Trouxeram o desconhecido Jorge Saram, que terá a missão de retornar o Tigrão a série B do próximo ano. É por isso que eu digo sempre, o Vila Nova não é para ser entendido. É igual a mulher! É para ser amado.

Romes Xavier

FQ\}bY_]vbdYb Quem pensou que a morte do cronista esportivo Valério Luiz calaria a boca da imprensa goiana, quebrou a cara. Foi um tiro que saiu pela culatra. O nome de Valério Luiz, através da boca de Manoel de Oliveira, com o apoio maciço da imprensa goiana, ganhou proporções jamais imaginada pelo assassino e os mandantes. Valério

Luiz é hoje o mártir da nossa crônica esportiva. E vamos continuar elevando o seu nome e continuar pedindo justiça pela sua morte. Já tem mais de 15 dias que o filho de Mané de Oliveira nos deixou, mas a morte de Valério não ficará impune, pois vamos nos manifestar quantas vezes forem necessárias e estaremos em quantos jogos for preciso.

Na sexta-feira no jogo entre Atlético e Figueirense nós mostramos que podemos mais. Ontem foi de emocionar a participação dos cronistas goianos antes e durante o jogo entre Goiás e Avai. Não vamos parar! Vamos continuar exigindo que os culpados pela morte do nosso amigo e companheiro Valério Luiz vão para a cadeia. Justiça Já!

Atlético finalmente vence a primeira Demorou nove rodadas do Brasileiro para que o time rubronegro conhecesse a sua primeira vitória. E foi contra um time que também não vencia. O Atlético passou a bola para a frente. Agora quem não vence a nove jogos é o Figueirense. Esperamos que o time de campinas possa engatar uma sequência de resultados positivos para deixar a zona de rebaixamento e brigar por permanência na série A do próximo ano. O adversário de hoje é um dos favoritos ao título e para passar pelo Internacional, jogando em Porto Alegre, é uma tarefa quase impossível. Só não é impossível porque em futebol não existe essa palavra. Com a doação de cada jogador em campo, com o time empenhando o seu máximo, seguindo o exemplo dos jogos contra Flamengo, Vasco e Figueirense, podemos esperar um algo mais desse time no jogo de hoje. Com o

comando de Jairo Araújo o time está mais solto, menos sisudo e com uma cara melhor. Não está mais com aquele jeitão carrancudo de Hélio dos Anjos. Fu-

tebol é alegria, não precisa ser tratado com mão de ferro. Basta dar carinho aos jogadores, que as bolas vão entrar e todos ganharão.

JOILSON: meio campista foi o diferencial no último jogo


#

Goiânia, 22 de julho de 2012

Diego Fórlan e Seedorf: dois veteranos no futebol

>_f_cS_b_QcU_ccUWbUT_c `QbQ_\_^W_VedUR_\ 0DUFXV9LQLFLXV,VDF Da Redação

Muito comentado nos meios esportivos durante este mês a contratação do meia Clarence Seedorf pelo Botafogo, fato que agitou inclusive adversários do clube carioca e jogadores dos principais times do Brasil. Comentários elogiosos como de Deco, do Fluminense, amigo particular do Holandês naturalizado, admitindo o enriquecimento técnico para o campeonato Brasileiro e abrindo a partir daí as portas para que outros grandes jogadores, antes vistos pela TV nos gramados europeus, possam desfilar jogando em nossos campos. O próprio Deco já havia sido uma surpresa quando de sua contratação pelo Fluminense e antes ainda a duvidosa vinda de Fred que se concretizou e gerou lucros ao time das laranjeiras, tendo um dos melhores elencos do País nos dias de hoje. Logo após Seedorf ser anunciado pelo Botafogo o Internacional apresentou o atacante Die-

go Forlán, eleito o melhor jogador da Copa do mundo de 2010, com um contrato assinado até 2015, tendo uma bela recepção no clube gaúcho. No Flamengo, após a contratação de Ronaldinho Gaúcho, também parecia que seria apenas o primeiro de muitos jogadores consagrados que vestiriam a camisa rubronegra, mas com uma administração desastrosa e parcerias frágeis, o craque deixou o clube sem receber seus salários, mas não generalizou o fato ao futebol brasileiro, indo rapidamente para outro clube de massa, o Atlético-MG, surpreendentemente com um curto contrato e sem maiores apresentações. Deste então o Flamengo tenta dar o troco em Ronaldinho buscando uma outra grande atração, mas seu histórico recente de mau pagador teria frustrado qualquer possibilidade da aquisição de Riquelme e por último de Diego do Wolfsburg, a camisa 10 continua guardada. Jogadores que antes tinham o sonho de jogar no Flamengo, clube de maior torcida

no Brasil, atualmente descartam facilmente o convite, por serem mais profissionais e principalmente estudarem as possibilidades de títulos do clube partindo do elenco já existente e da administração que envolve os pagamentos salariais em dia, coisa que o clube garante mas não cumpre. Com o fechamento da janela de transferência de jogadores, a expectativa no futebol que irão apresentar os novos contratados é muito grande. A dúvida sempre presente em comentários dos analistas de futebol é quanto a idade destes jogadores, para suportar a carga de jogos do Campeonato Brasileiro, muito intensa, sendo que na Europa se joga menos. Seedorf já tem sua receita, com seus 36 anos de idade não irá jogar todas as partidas que o clube disputará, dosando assim o condicionamento físico, seguindo Deco do Fluminense. Ronaldinho Gaúcho já não se preocupa com o excesso de jogos. E os outros, qual é a estratégia para o sucesso em campo?


$

Goiânia, 22 de julho de 2012

GOIÁS

CeRcdYded_TUD_\_YQ^Y]QT_ S_]ceSUcc_TQ^_fQTe`\Q Titular do Goiás após a saída de Rafael Tolói para o São Paulo, o zagueiro prata da casa Valmir Lucas, 23 anos, aposta em bom momento da dupla formada com Ernando e da entrega do elenco para conseguir objetivo no Campeonato Brasileiro, subindo para a série A. Formado na base do clube, Valmir Lucas ressalta a importância do time titular ser formado por muitos jogadores vindos da base do clube. Sem Tolói, Valmir Lucas assumiu a titularidade na defesa para formar a dupla de zaga com Ernando. Nesta Série B a dupla atuou três vezes como titular e sofreu o primeiro gol no jogo contra o Guarani. Valmir explicou o motivo do sucesso. “É o primeiro gol que eu e o Ernando levamos, na terceira partida, então a gente vem bem, aliás todo o esquema

vem nos ajudando, todos os jogadores nos ajudando, a marcação está vindo desde o Iarley e o Felipe Amorim lá na frente”, frisou. Valmir Lucas aponta o espírito de luta como determinante para a ascensão do clube. O Goiás jogou contra o Guarani com cinco jogadores formados na base do clube entre os titulares: os zagueiros Valmir Lucas e Ernando, os volantes Amaral e Thiago Mendes, além do meia-atacante Felipe Amorim. Valmir salientou a importância de ter tantos jogadores da base na equipe principal. “Se a gente levar o Goiás para a Série A, para nós jogadores da base será muito bom pela valorização e pela vitrine. É uma oportunidade única e o Enderson vem dando essa chance para nós e pode ter certeza que vamos brigar pelo título”, concluiu.

ERNANDO: novo parceiro de Valmir Lucas na defesa esmeraldina

Anápolis é o primeiro semifinalista do campeonato Três jogos abriram na última quarta-feira, dia 18 de julho, a 3ª Rodada do 2º Turno da 1ª Fase do Campeonato Goiano da Divisão de Acesso/2012. O líder invicto Anápolis ao derrotar o Trindade em casa pelo placar de 2x0 já alcança com nada menos que seis (6) Rodadas de antecedência a sua classificação matemática à Fase Semifinal da competição, conquistando a sua 7ª vitória consecutiva no Campeonato, sem sofrer gol nestes sete triunfos e com a incrível performance de somente 1 gol sofrido em 11 jogos realizados. O Anápolis já livra 7 pontos de vantagem sobre o vice-líder Minei-

ros, o que o deixa com o favoristismo natural para ser o 1º colocado desta 1ª Fase do Campeonato, quando teria então como adversário na Fase Semifinal o 4º colocado, com a vantagem da igualdade nos dois jogos de ida e volta, sendo este em casa, para ser finalista e principalmente conquistar o acesso, retornando assim ao Goianão em 2013. O 2º colocado também terá esta vantagem em relação ao 3º colocado desta 1ª Fase, porém, teoricamente, o 1º colocado terá um adversário menos difícil do que o 2º colocado em relação ao 3º colocado. O fato é que a campanha do Anápolis nestas 12 Rodadas que representa dois terços da 1ª Fase do

Campeonato é irretocável. Nos outros dois jogos, vitórias dos visitantes. Do Santa Helena sobre o Mineiros por 1x0 e do Grêmio Anápolis diante do Goiânia por 2x1. Foram os dois primeiros confrontos da competição em que nos dois Turnos ocorreram vitória dos visitantes, uma vez que no 1º Turno, o Mineiros havia derrotado o Santa Helena por 4x3 em Santa Helena e o Goiânia tinha vencido o Grêmio Anápolis por 1x0 em Anápolis. O Mineiros mesmo com a derrota continua com 4 pontos de vantagem sobre o Trindade, 3º colocado, que foi alcançado em número de pontos ganhos pelo Grêmio Anápolis, o 4º colo-

cado, porém ambos levam 4 pontos de vantagem sobre o Santa Helena, que assume a 5ª colocação, desbancando o Goiânia, que ao perder o confronto direto para o Grêmio Anápolis caiu para o 6º lugar. A 4ª Rodada do 2º Turno hoje, dia 22 de julho, tem os confrontos envolvendo os times que estão na faixa de classificação à Fase Semifinal, Grêmio Anápolis x Anápolis e Trindade x Mineiros, que neste momento seriam justamente os jogos de ida das semifinais do Campeonato, no entanto estes possíveis confrontos já estiveram bem mais palpáveis do que se apresenta no momento.


%

Goiânia, 22 de julho de 2012

VILA NOVA x DUQUE DE CAXIAS SÉRIE C DO BRASILEIRO

FY\QdU]^_f_cdbUY^QT_bUQdQSQ^dU A diretoria do Vila Nova apresentou Jorge Saran, 50 anos, como o substituto de Robélio Schneiger no comando técnico do clube para a sequência da temporada. O novo treinador do time colorado assistiu o empate com o Santo André, em Araras, e começou a preparação logo no começo da semana para enfrentar o Duque de Caxias -RJ hoje no Serra Dourada. O atacante Gilcimar, 31 anos, também é a novidade no Onésio Brasileiro Alvarenga. O treinador se notabilizou por trabalhos nas categorias de base, principalmente no Corinthians, onde trabalhou com jogadores como Lulinha, Dentinho entre outros. Jorge Saran estava por último no Grêmio Prudente, time que disputa a quarta divisão do futebol paulista. A contratação foi finalizada quando o Vila Nova ainda estava em Araras, inclusive o novo treinador assistiu ao empate com o Santo André por 0 a 0 pela terceira rodada da Série C. Saran disse que gostou do que viu e acredita que faltam poucas peças para que o Vila Nova fique como ele espera. “Eu assisti o jogo do Vila lá em Araras, gostei à primeira vista, é claro que falta alguma coisa. Uma defesa firme, um meio-campo compacto, uma ataque rápido com jogadores que eu já conheço. Faltam uma ou duas peças para que

JORGE SARAM: novo técnico Colorado estreia hoje a gente possa tornar essa equipe ainda mais forte”, analisou Jorge Saran. O presidente do clube, Marcos Martinez, falou sobre a escolha por Saran e salientou a habilidade do novo treinador em aproveitar jogadores vindos das categorias de base. “O Jorge é um grande profissional e foi bem indicado por diversas pessoas, o mais interessante é que ele gosta de trabalhar com a base. Vamos continuar com a mesma linha de pensamento que é re-

velar talentos que temos aqui e subir o Vila Nova para a Série B”, destacou o dirigente. Junto com Jorge Saran, o Vila Nova apresentou o atacante Gilcimar como novo reforço da equipe para a sequência da temporada. O jogador, de 31 anos, tem muita experiência no futebol carioca e chega pela primeira vez ao futebol goiano. O contrato de Gilcimar com o Vila Nova vai até o fim desta temporada.

Uma publicação da SPP - Publicidade e Promoções Av. T-29 nº 977 - Setor Bueno Goiânia- Goiás. Telefones: (62) 3945.7026 e 3945.7027. E-mail sppradio@yahoo.com.br

Diretor:

Atacante Thiago retorna ao Duque, mas ainda não joga O Duque de Caxias ganhou um novo reforço para a sequência do Campeonato Brasileiro da Série C. O atacante Thiago Souza, que chegou a participar da pré-temporada, está volta ao Tricolor da Baixada e é mais um bom nome na parte ofensiva para o técnico Amilton Oliveira. Thiago desembarcou na última quita-feira no Rio de Janeiro ao lado do diretor-executivo Jouber Andrade. O atacante recebeu uma proposta do futebol turco, passou um período no país, mas não ficou por divergências

salariais. Agora, Thiago retorna ao Duque de Caxias. O jogador foi um dos grandes destaques da pré-temporada, com boa atuação nos jogos-treinos e amistosos antes de deixar o país, e vai tentar reconquistar a posição no time a partir da próxima semana, após a partida de hoje, quando a equipe enfrenta o Vila Nova no Serra Dourada pela quarta rodada da série C, buscando recuperação após derrota para o Brasiliense na Boca do Jacaré por 3x2.

FICHA TÉCNICA VILA NOVA X DUQUE DE CAXIAS Local: Estádio Serra Dourada/ Goiânia - 16h Júlio César, Evandro, Rafael Vaz, Toninho e Nego, César Gaúcho, Matheus Magro, Rafael Carioca e Ricardinho, Marion e Pedro Junior. Técnico: Jorge Saram. Duque de Caxias: Arilson, Paulão, Arthur, Edmario Miguel, Renan, Juninho, André Gomes, Bruno Neves, Charle Chad, Bruno Veiga. Técnico: Amilton Oliveira. Árbitro: Luciano Oliveira dos Santos/TO. Auxiliares: Ciro Chaban Junqueira/TO e Alvani Brito Nunes/TO.

Romes Xavier Editor:

Fernando Martins Jornalista (1074-JP) Colaboradores:

Fernando Farias Marcus Vinícius Isaac Osvair Santos Diretor Comercial:

Denis Ribeiro Tiragem desta edição: 15.000 exemplares Este jornal não mantém vínculo empregatício com seus colaboradores. Matérias assinadas não expressam necessariamente a opinião do jornal. Impressão: GRÁFICA LIBERDADE Av. Rui Barbosa, 109 - St. Serrinha Goiânia-GO - Fone: (62) 3255.1616 grafica@editoraliberdade.com.br


&

Goiânia, G oiânia, 22 22 de de julho julho de de 2012 2012

INTERNACIONAL INTERN NACIONAL x ATLÉTICO ATLLÉTICO

9^dUbdbQ^cV_b]Q6Ub^Q^Tz_U] 9^dUbdbQ^cV_b]Q6Ub^Q^Tz_U] d}S^YS_`QbQceRcdYdeYb4_bYfQ\ d}S S^YS_`QbQ ` ceRcdYd c deYb4_ _bYfQ\ A ddecisão ecisão ttem em um um misto misto de de falta ffaalta de de opções do mercado m e aposta total na liderança força de lidera ança de Fernandão. Como capitão do tim me, ele participou das maitime, conquistas: ores conquist i tas: t Libertadores Lib t d e MunM ddial, ial, eem m 2006. 2006. Sempre Sempre foi ffo oi a voz voz ativa aati tiva no vestiário. E poderá contemplar o placontrato no de um con ntrato até dezembro, quando se encerraa a atual gestão. limitação A limitaç ção de tempo pesou depesquisa mais na pesqu uisa do Internacional por treinador. um novo trein nador. Dunga, fortementtee especulado especulado desde desde a derrota derrota em em Minas Gerai s, nem sequer foi procuGerais, rado oficialm mente por este motivo. oficialmente Fernandão ssurgiu como alternativa por já estar noo clube, ter enorme identificação e co onhecer o elenco. Além conhecer da natural aptidão ap ptidão para liderança. Fernandão Fernandão vvoltou oltou ao ao Inter Inter há há pouco pouco mais de um aano. Foi contratado como diretor-técnicoo logo g após p a saída de PauFalcão. lo Roberto Fa alcão. De cara participou do processo de d contratação de Dorival Júnior.. Foi peça-chave Júnior p no acordo do Colorado com m o São Paulo por Dago-

Também berto. T ambém participou das negociaTricolor ções com o T ricolor por Oscar. O Oscar. E mais recentemente, trabalhou naa contratação foi dede Diego Forlán. Dorival Júnior J mitido itid pelo l clube l b na última últi a sexta-feira, t fi ainda reflexo da derrota de d 3 a 1 para cargo o Atlético-MG.. Ele ficou no car go durante onze meses e teve bom om aproveittamento amento – 61,9%, 61,9%, mas mas a falta ffaalta de de atuaatuações consistências falou mais m alto. Juan sonha com Libertadores Libe ertadores e Brasil vontade de atuar no Br rasil – Juan Juan Treinando mas está T reinando no Parque Gigante, G ainda sem tem previsão para estrear Inter.. Não com a camisa do Inter N esconde, admite porém, a ansiedade e adm mite que está com saudade dos gramados. os. Principalmente, de atuar no Brasil. Após A dez anos no futebol europeu (onde de defendeu Bayer Leverkusen e Roma), ma), Juan revela qque não vê a hora de ficar à dispop sição de Dorival Júnior para paara atuar pelo pelo Brasileirão: “ Estou com saudades de jogar.. Faz tempo que não ddisputo uma jogar clube partida oficial por um club be no Brasil”,

JUAN : novo vo zagueiro do time ão joga hoje colorado, mas n não

afirmou . O atleta, de 33 anos, revelou que pretende conversar com a comissão técnica para elaborar elaboraar um plano de ttreinamentos reinamentos a fim ffiim de de poder poder vestir vestir a camisa i do d Inter I t o mais i breve reve possível. í l Mesmo M esmo com com a ppompa ompa de de sua sua contratacontrataCopas ção e o currículo com duas d Copas do Mundo (2006, na Alemanha, anha, e 2010, África preferee ser trana Áfr ica do Sul), Juan prefer tado como apenas mais um no grupo. O discurso humilde se ampara a na tarimba alcançada pelas conquistas onquistas interanos nacionais nos últimos an nos dos novos companheiros, que agora ra lutarão para levar o Colorado ao tetracampeonato tetrracampeonato do Brasileirão. O Inter será o quarto clube na carreira do zagueiro. ueiro. Ele iniFlamengo cciou iou nno oF lamengo e depois depois passou passou pelo pelo Bayer Leverkusen e Roma. oma. No clube da capital italiana, pelo qual foi campeão da Copa da Itália (2007-2008) 2007-2008) e da Supercopa p p da Itália (2007-2008). ( ) Pela Seleção, P ela S eleção, conquistou conquistou o bicampeobicampeonato Copa n ato ddaa C opa América América (2004/2007) (2004/2007) e da Copa das Confederações rações (2005/ 2009).

ATLÉTICO A TLÉTIC TLÉTICO CO

IInício nício da da recuperação recuperação No jjogo No ogo ddee hhoje oje ccontra ontra o InternaciInternacional em Portoo Alegre, no Estádio Beira Atlético Rio, o Atlétic co não contará com o lateral Marcos su uspenso pelo terceiro carsuspenso tão amarelo e será substituído por Raque fael Cruz qu ue volta depois de várias rodadas foraa por contusão. O outro desfalque é P Pituca, com dores dores muscuviajou lares, nem via ajou para o Rio Grande do Sul e será sub bstituído por Ernandes. A substituído vitória primeira vitór ria do Atlético na atual ediCampeonato çção ão ddo oC ampeonato Brasileiro Brasileiro deixou deixou os jogadores do time goiano aliviados após o apito fi final. Autor do gol que deu triunfo time o triunf fo o ao ti ime g goiano ppor 3 a 2 sobre oF igueirense nnaa última última quinta, qqu uinta, no no SerSerFigueirense ra Dourada, Joílson espera que o resultado destaa mexa com o grupo. “O gol foi impor rtante para mim e o grupo importante todo. como um tod do. Com esse resultado, resultado, o

JOILSON: principal jog jogador gador na primeira p e a vitória tó a do Bra asileiro a Brasileiro peso das derrotas vai de desaparecer esaparecer e podemos conseguir outro outross bons resulfeliz tados”, avaliou. Mesmo fe liz com o gol marcado, o meio-campo revelou que

FICHA FIC HA TÉCNICA Internacional Inter rnacional x Atlético Local:: Estádio Beira-Rio, em Local Porto Alegre Ale egre (RS) - 16:00 hs Esca Escalação lação do Internacional: Bolívar,, ÍnMuriel; Edson Edson Ratinho, Bolívar dio e Fabrício; Fa abrício; Elton, Elton Guiñazu, Dátolo e Lucas Lima; Jajá e Dagoberto. Dagobert to. Técnico: Fernandão. E scalação d o A t l é t ic o: Escalação do Atlético: Marcio, Rafael R Cruz, Gilson, Renie Marino, Ernandes, Bida e e Eron, M Joilson, Wesley W e Felipe. Técnico: Jairo Araújo. Árbitro: Paulo Á rbitro: P aulo H. H. Godoy Godoy BezerBezerra Auxiliares: ra. Auxi liares: Dibert Pedrosa Moises e Helton Nunes. Quarto Pierre Gonçalves árbitro: Jean J Lima.

ficou chateado chateado por por ter ter iniciado iniciado a partipartificou da no banco de reservas. Ele entrou no intervalo da partida no lugar de áticos eu sabia Bida.”Com os treinos táticos quei triste e fique ficaria no banco. Fiquei quei pensando no que tinha tinnha feito de ercnnico) explicou rado. O Jairo Araújo (té (técnico) que Bida que o B ida sseria eria mais mais importante importante na na parparte tática. Fiquei feliz em m ter entrado e ajudado o time”, disse. O atacante Felipe, que marcou o segundo do gol do Atlético, destacou que era complicado com mplicado treicolocação ç da equipe. nar pensando na colocação Além disso, exaltou quee a reação iniciou na derrota para o Vasco Vasco por 1 a 0,no último último domingo, domingo, em em São São JanuáJanuá0,no rio. “A gente já merecia pontuar contra oV Vasco. asco. É complicado p sofrer ofrer sete der der-p rotas seguidas e treinar pensando nisso. Agora vamos so. A gora va mos ttrabalhar rabalhar para para dar dar a Todos esperam espperam que essa volta por cima. Todos vitória represente o inícioo da nossa reação”, encerrou.


*RLkQLDGHMXOKRGH * *RLkQLD GHMXOKRGH H

'


(

Goiânia, 22 de julho de 2012

CRUZEIRO x FLAMENGO

4YUW_BU^Q^cec`U^c_^z_Z_WQ Após a vitória de 2 a 0 em cima da Portuguesa, o Cruzeiro volta a campo hoje, quando recebe o Flamengo, às 16h (de Brasília), no Independência, em Belo Horizonte. O técnico Celso Roth não poderá repetir a escalação que derrotou a Lusa no Canindé, já que o lateral Diego Renan, autor do segundo gol, recebeu o terceiro amarelo. As opções do treinador para a vaga na ala direita: colocar Gilson, que é da posição, mas tem sido preterido, ou improvisar o volante Marcelo Oliveira. Com o cartão de Diego Renan, agora o Cruzeiro tem oito jogadores pendurados, sendo que apenas quatro jogaram contra a Lusa: Diego Renan, Léo, Mateus e Willian Magrão. Um deles, Souza, ficou no banco, enquanto outros quatro não foram relacionados para a partida: Amaral, Charles, Everton e Sandro Silva, que poderá estrear com a camisa do Cruzeiro. O zagueiro Léo deixou o jogo contra a Portuguesa mais cedo, com dores na coxa direita. Segundo ele, nada que preocupe, apenas um espasmo muscular. O zagueiro se garantiu no time que enfrentará o Flamengo hoje e prevê um Cruzeiro mais confiante após a vitória. “Não vou dizer um alívio, mas vencer é sempre bom. Ninguém gosta de perder, ainda mais três seguidas. Quando voltamos a vencer, isso traz uma certa tranquilidade. Mas sabemos que temos muito a crescer, muitas coisas a melhorar. A gente não se empolga na vitória e não se deprime na derrota. Temos que manter o equilíbrio para reverter qualquer situação adversa”, disse o zagueiro Léo.

CELSO ROTH: treinador do Cruzeiro tem problemas para escalar o time

Flamengo vive momento de muita pressão A derrota por 3 a 0 diante do Corinthians, dentro do Engenhão, na noite da última quarta-feira, fez o técnico Joel Santana e os jogadores do Flamengo deixarem o gramado sob as vaias da torcida. Os torcedores também não pouparam a presidente Patrícia Amorim e os demais membros da diretoria, responsabilizados pela formação do atual elenco, que fracassou na disputa do Carioca, não conseguiu passar da fase de grupos da Libertadores e vem dando sinais de que não vai vingar no Campeonato Brasileiro. A crise volta a rondar o ambiente da Gávea, pressionando os profissionais do clube. As maiores cobranças em relação aos dirigentes envolve também a falta de contratações de peso. Os últimos dias deixaram evidentes as dificuldades da diretoria de reforçar o plantel. O zagueiro Juan, que deixou o Roma, foi dado como certo pelo Rubro-Negro, mas acabou acertando com o Internacional e ainda revelou erros

dos dirigentes flamenguistas na condução da negociação. O meia Diego, do Wolfsburg, foi assunto por duas semanas, mas no fim o Flamengo recebu um “não” dos alemães, insatisfeitos com a proposta apresentada. Já Joel Santana convive com o fantasma da demissão. O treinador se irritou inclusive com perguntas sobre o tema durante a entrevista coletiva que concedeu após a derrota para o Corinthians: “É muito cansativo toda vez que perde eu ter que responder se vou sair, se tem outro treinador. Não é só um resultado que determina o que você faz. Antes do jogo estava tudo bem. Por que ninguém me perguntou isso depois da vitória sobre o Bahia?”, quis saber. O Flamengo volta a jogar neste hoje, às 16 horas (de Brasília), diante do Cruzeiro, no Estádio Independência, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro. Um novo mau resultado pode gerar até a queda de Joel Santana.

JOGOS DE HOJE DO BRASILEIRÃO 2012 11ª RODADA DO PRIMEIRO TURNO Internacional x Atlético-Go – Estádio Beira Rio. Cruzeiro x Flamengo – Estádio Arena Independência Figueirense x São Paulo – Estádio Orlando Scarpelli Palmeiras x Náutico – Estádio Arena Barueri Botafogo x Grêmio- Estádio Engenhão Ponte Preta x Fluminense – Estádio Moisés Lucarelli Bahia x Coritiba – Estádio Pituaçú

FICHA TÉCNICA CRUZEIRO X FLAMENGO Estádio: Arena Independência, em Belo Horizonte (MG) - 16 horas. Cruzeiro: Fábio; Ceará, Léo, Mateus e Gilson; Leandro Guerreiro, Sandro Silva, Tinga e Montillo; Borges e Wellington Paulista. Técnico: Celso Roth. Flamengo: Paulo Victor, Leonardo Moura, Marllon, Marcos González e Magal; Aírton, Renato Abreu, Ibson e Adryan; Hernane e Vagner Love. Técnico: Joel Santana. Árbitro: Heber Roberto Lopes. Auxiliares: Altemir Hausmann e Bruno Boschilia. Quarta árbitro: Cleisson Veloso Pereira.


)

Goiânia, 22 de julho de 2012

Especializados

SELEÇÃO BRASILEIRA

FÓRMULA 1

O técnico da seleção brasileira, Mano Menezes, vê como normal o período de negociações envolvendo os jogadores convocados para a seleção brasileira. Nove dos 18 atletas chamados pelo treinador para a Olimpíada de Londres já trocaram. “Vejo com naturalidade. Sempre na metade do ano tem a janela de transferência. Já foi até pior, com mais jogadores envolvidos. Pertence à vida individual de cada um. É direito deles”, defendeu o técnico. Mano Menezes ressaltou a vontade dos jogadores em ganhar a medalha de ouro. “Ninguém vai querer mais do que o Brasil. É um compromisso que a gen-

Massa crê que desempenho garante a sua permanência Felipe Massa acredita que sua permanência na Ferrari para o próximo ano depende única e somente de seu desempenho na pista, apesar da movimentação vista no mercado de pilotos. O brasileiro tem passado por uma fase difícil em 2012, que é seu último ano de contrato com o time italiano, sendo que o piloto ocupa somente a 13ª colocação no Mundial, enquanto seu companheiro de equipe, Fernando Alonso, é o líder na tabela. Contudo, serve como consolo a Massa seu desempenho na última prova disputada, o GP da Grã-Bretanha, em Silverstone, na qual terminou na quarta colocação, seu melhor resultado desde 2010. Ao site oficial da Ferrari, o brasileiro mostrou confiar que, caso consiga manter tal nível de rendimento, terá seu futuro garantido no time para 2013. “O que acontece no mercado de pilotos não tem um efeito significativo em minha posição. Se eu mantiver a minha performance de Silverstone, então não preciso me preocupar muito com meu futuro”, afirmou Massa. “Nas duas corridas anteriores, em Montreal e Valência, eu era inteiramente capaz de terminar entre os cinco primeiros ou até mesmo no pódio. Mas, por razões distintas – rodei em Montreal e tive um problema no assoalho em Valência –, isso não aconteceu. Se não fosse por isso, eu estaria lutando pelas cinco primeiras posições em todas as corridas desde Mônaco”.

Mano diz que ninguém terá mais vontade do que o Brasil te conseguiu criar nos jogadores. Tem muita gente bem preparada. Não temos a ilusão de que eles vão querer menos, mas ninguém mais do que o Brasil”, afirmou o técnico. No desembarque da seleção na Inglaterra, na última terçafeira, Oscar realizou exames com médicos do Chelsea. O meia do Internacional está negociando uma transferência para o clube inglês. Rafael, Paulo Henrique Ganso, Bruno Uvini, Lucas, Hulk, Leandro Damião são outros que receberam sondagens. Diferente das outras janelas de transferências, o nome de Neymar aparece com bem menos destaque.

OLIMPÍADAS 2012

Bernardinho define colocados e Giba promete chegar 100% O técnico Bernardinho anunciou oficialmente, na última quarta-feira, os 12 jogadores que competirão nos Jogos Olímpicos em Londres. O capitão Giba, que se recuperou de uma fratura por estresse, admitiu ainda não estar em sua forma ideal, mas prometeu “chegar 100% nas Olimpíadas”. Na relação do treinador Bernardinho estão os levantadores Bruno e Ricardinho, os opostos Leandro Vissotto e Wallace, os centrais Rodrigão, Lucão e Sidão, os ponteiros Giba, Murilo, Dante e Thiago Alves e o líbero Serginho. Uma das preocupações é a saúde do capitão Giba, que se recupera de uma fratura por estresse, constatada em dezembro do ano passado. Apesar de admitir não estar em sua forma física ideal, o ponteiro quer chegar 100% nas Olimpíadas. “Quando estamos lá, o organismo emite algumas substâncias que eliminam as dores”, brincou o atleta, que neste ano competirá nos seus últimos Jogos Olímpicos. Em nota oficial divulgada pela CBV, o treinador Bernardinho admitiu que a equipe fez uma campanha irregular na Liga Mundial, mas ressalta o trabalho feito nos últimos dias, em Saquarema. “Trabalhamos muito forte nessas duas últimas semanas, em um nível altíssimo. Estamos mergulhados nisso, pensando somente nessa Olimpíada, com o objetivo de fechar um ciclo muito bem”, comentou o técnico.

USAIN BOLT: Homem mais rápido do mundo não quer novas lesões

Após fiasco na Liga Mundial seleção quer mudar postura O velocista Usain Bolt está preocupado com as lesões que vem sofrendo ao longo da carreira. Temendo o retorno dos problemas físicos durante os Jogos Olímpicos de Londres-2012, o atleta jamaicano teve sua cama trocada por um modelo ortopédico especial, para que ele não volte a sentir as crônicas dores nas costas. A troca foi uma decisão do técnico de Bolt, Glen Mills, que observou um problema logo na chegada da equipe jamaicana de atletismo na Inglaterra, na última semana. Instalados no campus da Universidade de Birmingham, os atletas receberam camas com pouco mais de 1,70m de com-

primento – assim como todos os atletas olímpicos, de acordo com a organização dos Jogos. A questão para Bolt – e vários outros atletas – é que a cama foi considerada “pequena demais” até para a média de altura dos cidadãos britânicos. O recordista mundial e olímpico tem 1,96m de altura, o que faria com que sua estadia na Inglaterra fosse bastante complicada. Mills percebeu o problema e pediu que uma nova cama com 2,13m de comprimento fossem produzidas e trazidas para o campeão olímpico. Em fase final de recuperação de uma pequena lesão muscular, Bolt já treina normalmente.


!

*RLkQLDGHMXOKRGH

A semana QUARTA-FEIRA

AtlĂŠtico-MG segue ritmo por melhor campanha

NEYMAR: o melhor jogador brasileiro Ê esperança de medalha

O AtlĂŠtico-MG jĂĄ impressiona pelo desempenho no inĂ­cio da competi��§ĂŁo. A equipe ĂŠ lĂ­der isolada do torneio, acumula ‘gordura’ e apĂłs o triunfo sobre o Internacional o time mineiro soma 25 pontos em dez rodadas e tem aproveitamento de 83% (oito vitĂłrias, um empate e uma derrota). O rendimento ĂŠ o segundo melhor da era dos pontos corridos no mesmo perĂ­odo, atrĂĄs apenas do Corinthians. Os comandados de Tite atingiram um alto Ă­ndice de 93,33% com 28 pontos no ano passado. A primeira derrota sĂł aconteceu na 11ÂŞ rodada para o Cruzeiro, no Pacaembu. Desde o inĂ­cio do campeonato, os jogadores do Galo ressaltam a importância de acumular ‘gordura’ porque a equipe jĂĄ estava fora da Copa do Brasil e nĂŁo disputou a Libertadores.

SEGUNDA-FEIRA

Seleção Olímpica embaca para Londres cercada de expectativa Com muito tumulto no Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro, os 18 jogadores convocados pelo tÊcnico Mano Menezes finalmente rumam para o Velho Continente para a disputa dos Jogos de 2012. E a expectativa não poderia ser maior. Considerado o grande favorito para a medalha de ouro, este grupo se vê na responsabilidade de conquistar o único grande título que falta

ao futebol brasileiro. AtÊ mesmo os mais experientes admitem um certo nervosismo pela situação. Foi o caso do lateral esquerdo Marcelo, que Ê um dos três atletas acima dos 23 anos de idade, e estava presente na campanha decepcionante de Pequim 2008. A aguardada estreia nas Olimpíadas acontece no dia 26 de julho, diante do Egito, em Cardiff.

TERÇA-FEIRA

Col altera contrato e Marim Ê sócio O Comitê Organizador Local da Copa de 2014 (COL) tem o seu contrato social alterado após a saída de Ricardo Teixeira, ex-presidente do órgão. O atual mandatårio, JosÊ Maria Marin, agora tem 0,01% da participação societåria do COL, segundo revela o jornal Lance! Os outros 99,99% estão com a CBF, que Ê presidida pelo cartola. Por ser sócio, Marin terå poder

para definir o destino dos lucros do comitê responsåvel pela organização da Copa do Mundo de 2014. Marin assumiu o posto de presidente da CBF e do COL em março deste ano, após Ricardo Teixeira renunciar ao cargo. Teixeira abandonou a CBF e foi morar em Miami, nos Estados Unidos. Mesmo de longe, o cartola segue recebendo salårio de R$ 100 mil para prestar assessoria à CBF.

QUINTA-FEIRA

Riquelme exige salårio em dia do Flamengo O efeito da saída de Ronaldinho Gaúcho do Flamengo vai à mesa de negociação com Riquelme. Preocupado com a fama de inadimplente do rubronegro, que ganhou o mundo após Ronaldinho buscar a Justiça para se desvincular e cobrar R$ 40 milhþes, o craque argentino exige uma carta de garantia para receber os salårios em dia. Com pouco crÊdito, o clube recorre à TV Globo, detentora dos direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro, para atender à exigência. O modelo de negociação Ê repetição do realizado pelo Internacional para acertar com o uruguaio Forlån. Riquelme pede salårio de R$ 500 mil, o Flamengo bem que tenta reduzir o valor, mas prevalece a proposta do craque. O jogador, de 33 anos, tem contrato com o Boca Juniors atÊ o final de 2013 e o Flamengo, para atraí-lo, oferece o mesmo tempo de contrato.

SEXTA-FEIRA O AtlĂŠtico acordou mais aliviado depois da vitĂłria em cima do Figueirense por 3x2. E no perĂ­odo da tarde o time jĂĄ se apresentou para treinar de olho no jogo contra o Internacional/RS. O GoiĂĄs tambĂŠm finalizou os treinamentos e o tĂŠcnico Enderson Moreira preparou e escalou a equipe que vai jogar com o Avai no sĂĄbado a tarde. Outro que finalizou os trabalhos foi o Vila Nova. O tĂŠcnico Jorge Saram escalou o TigrĂŁo para o jogo contra o Duque de Caxias-RJ.


!!

Goiânia, 22 de julho de 2012

FRASES

Thiago Silva pede desculpas

Ronaldinho tira onda “Não tem nem comparação, foram pouquíssimas derrotas (para o Internacional), sempre venci muito mais, nem tem comparação. Sempre venci, levei a melhor e aconteceu mais uma vez hoje, boa vitória”. Ronaldinho Gaúcho, entre sorrisos, após vitória de seu time sobre o Inter, lembrando o quanto venceu o adversário desde a base do Grêmio.

Tite vê dificuldades “Pelo nível do campeonato, nosso objetivo é sair do bloco do fundo. Onde o time vai chegar? Não sei. Falar qualquer coisa diferente disso seria enganar o torcedor ou ser vaidoso demais. Estamos muito distante dos primeiros co-

locados”. Tite, sendo realista com o torcedor Corinthiano quanto à conquista do título Brasileiro de 2012.

Luiz Fabiano pipoqueiro “A torcida não poupou ninguém e alguns ainda me criticaram. Vamos pensar agora e, durante esses dias, repensar. Vamos com a cabeça fria analisar o que é bom para mim e bom para o São Paulo. Vamos ver o que vai acontecer”. Luiz Fabiano, em mais um episódio com a torcida do São Paulo, que o chamou de pipoqueiro contra o Vasco da Gama.

Maradona detona “Este tema me surpreendeu. Ele pode brigar comigo e não vir para a seleção Argentina, mas não pode trair 75% do país”. Maradona, revoltado

com saída de Riquelme do Boca Junior, citando suposta proporção da torcida no país, embora pesquisa recente diga que apenas 41,5% dos argentinos sejam torcedores do clube.

“Não vim para roubar” “Não valorizam nada do que a gente faz. Tudo que eu consegui acho que foi merecido por conta do meu trabalho. Não cheguei ao Inter em 2008 para roubar. O Inter merece o melhor de mim e foi isso o que sempre tentei dar. Podem ficar tranquilos. Quando eu sentir que estou roubando e não puder dar mais o meu melhor eu vou tomar uma decisão”. D’Alessandro, do Inter, respondendo aos torcedores do seu clube por ofensas após expulsão em jogos.

“Fico feliz com a transferência, mas triste com a minha saída do Milan... Devo tudo a eles. As pessoas falam que eu sou mercenário, mas não estou saindo para ganhar mais do que ganharia no Milan. Quero dizer que a culpa não é minha e peço desculpas ao torcedor do Milan”. Thiago Silva, negociado por por € 41 milhões (R$ 102 milhões), chateado com a saída do Milan para o PSG, o jogador, de 27 anos, respondeu à questão em tom de desabafo.


!"

*RLkQLDGHMXOKRGH * RLkQLDGHMXOOKRGH

oradia Ê direito constitucional de todo cidadão e representa a base de uma vida digna. Por isso, o Governo de Goiås executa hoje o maior programa habitacional da história do Estado. São dois projetos jå referência para o País. O Cheque Mais Moradia e o Casa Legal – Sua Escritura na Mão têm investimentos de R$ 200 milhþes apenas este ano. AlÊm disso, numa grande parceria com o Governo Federal, serå investido R$ 1 bilhão na construção de casas nos 246 municípios goianos. A meta estabelecida Ê erguer mais de 50 mil unidades habitacionais em todo o Estado. Neste momento estão em fase final de construção, incluindo reforma e ampliação, 4.481 moradias em mais de 100 municípios. Outras 10.288 habitaçþes estão em fase de contratação para início das obras ainda este ano, beneficiando a população de outros 100 municípios. São investimentos de R$ 275,6 milhþes. Desde o lançamento dos programas, foram entregues 1.213 unidades habitacionais urbanas e rurais. Em Goiânia, estão em construção 1.021 unidades habitacionais. São 626 no Residencial João Paulo II e 395 no Real Conquista (módulo IX). A primeira etapa

M

ALICERCE DA DIGNIDADE Governo toca o maior programa habitacional da histĂłria do Estado Aposentado Joaquim Amâncio comemora a sonhada escritura da casa prĂłpria apĂłs uma longa espera: “Quero tirar emprĂŠstimo para reformarâ€?

da obra serĂĄ entregue em agosto e o restante, em dezembro. O Governo de GoiĂĄs tambĂŠm investe na construção de Centros de Educação Infantil (CEI), praças, centros comunitĂĄrios, sedes de associaçþes e quadras poliesportivas. Hoje sĂŁo 110 municĂ­pios goianos atendidos com 175 obras, investimentos que somam mais de R$ 23 milhĂľes. No mais audacioso plano de regularização fundiĂĄria urbana do Brasil, o Governo de GoiĂĄs legaliza moradias e entrega a escritura do imĂłvel nas mĂŁos dos proprietĂĄrios. A meta do Programa Casa Legal ĂŠ escriturar 90 mil imĂłveis em todo o Estado. Mais de 42 mil imĂłveis jĂĄ estĂŁo em processo de legalização neste momento. Na Grande Goiânia, serĂŁo 24 mil casas, 18 mil delas na regiĂŁo Noroeste. A Agehab entregou semana passada 400 escrituras na regiĂŁo. Um dos contemplados com o tĂŁo sonhado documento ĂŠ o aposentado Joaquim Amâncio, conhecido como Tio Joaquim, morador do bairro SĂŁo Domingos. “Com a escritura na mĂŁo, quero tirar emprĂŠstimo para reformar minha casa, coisa que nĂŁo podia fazer sem elaâ€?, diz. “Graças ao empenho do Governo, estamos conseguindo realizar nosso sonhoâ€?, comemora.


jornal_o_gol_98