Page 1

O FOCO

Natal especial 2012

O clima de Natal está no ar e para comemorar a data publicamos este Caderno Especial, repleto de boas histórias e muitas informações que vão ajudar você a fazer deste Natal um dia inesquecível. Desejamos a todos os nossos leitores e anunciantes, um Feliz Natal!


02

Natal

O FOCO

especial 2012

Por que comemoramos a Noite de Natal? O brilho do Natal já toma conta das casas, ruas, empresas e comércios de todo o mundo. Bolas decoradas, presépios montados, pinheiros enfeitados, guirlandas penduradas e, é claro, o querido Papai Noel, já podem ser vistos em todos os cantos e lugares. É a magia do Natal tomando forma e trazendo alegria e o sentimento de paz e solidariedade entre todos. Milhares de pessoas comemoram o Natal todos os anos. Trocam presentes, ceiam juntos, cantam lindas canções que falam de amor e da paz. Mas, por que o mundo inteiro se reúne no dia 25 de dezembro para comemorar esta data? O Natal é uma celebração tradicional entre os cristãos e, apesar de estar presente no presépio, o nascimento de Jesus Cristo, verdadeiro motivo do Natal, nem sempre é lembrado na atual sociedade. Para os cristãos, Jesus é consi-derado o filho de Deus, enviado dos céus para viver no mundo e

morrer de forma sacrificial em lugar dos homens. Os cristãos acreditam que através de Cristo eles encontram o perdão dos pecados e por isso celebram seu nascimento com grande alegria. Segundo os historiadores, o Natal sempre foi comemorado entre as nações, porém, em diferentes datas. Somente no século IV, quando o cristianismo tornou-se a religião oficial do Império Romano, é que o dia 25 de dezembro foi estabelecido como data oficial para as comemorações entre os povos de toda a região dominada por Roma. Apesar de ser um feriado cristão, muitos não-cristãos também celebram a data e aproveitam a ocasião para presentear aqueles que amam, com lembranças e cartões. E é esta troca de presentes, tão tradicional principalmente na cultura ocidental, que fortalece o comércio e movimenta a economia, fazendo do Natal a principal data comemorativa em vendas de todo o mundo.


Natal

03

O FOCO

especial 2012

Países celebram a data com diferentes tradições Engana-se quem pensa que as comemorações natalinas se limitam à montagem do pinheiro, decoração da casa, ceia em família e troca de presentes. Este estilo de celebrar a data é bastante comum no continente ocidental e é transmitido nos filmes e seriados divulgados na televisão. Vários países celebram a data de forma diferente, com suas tradições e culturas próprias. Confira abaixo algumas curiosidades das comemorações natalinas em países como a Itália, Holanda, China, entre outros.

Itália Tradição na cultura popular da Itália, a Befana é como uma concorrente do Papai-Noel. Ela é uma velhinha que voa numa vassoura, usa roupas escuras e rasgadas pois geralmente quando desce da vassoura cai. É uma espécie de bruxa, que no dia 5 de janeiro distribui doces para as crianças que forma boas e carvão para aquelas que foram más. Diz a lenda que sua generosidade seria fruto de arrependimento, pois ela teria negado abrigo e comida aos Reis Magos, quando eles seguiam para visitar Jesus, e agora tentaria reparar o mal que fez.

China Áustria Na Áustria, uma figura típica das épocas natalinas é o Krampus, uma espécie de demônio que no dia 5 de dezembro visita as crianças más para puni-las. Para manter a tradição, neste dia as pessoas saem às ruas fantasiadas como monstros, simbolizando o Krampus, e batem umas nas outras com uma vara, que seria a arma do bicho. Tradicionalmente, rapazes se vestem de Krampus nas duas primeiras semanas de dezembro, e vagam pelas ruas assustando crianças e mulheres com correntes e sinos enferrujados.

Na China, a decoração natalina é produzida com lanternas feitas de papel, flores e há também as árvores de Natal. O Papai Noel é chamado pelas crianças de Dun Lhe dao Ren, que significa Velho Natal. Lá, as crianças também são presenteadas e penduram suas meias para que o Velho Natal coloque os presentes na noite do dia 24 de dezembro.

Holanda A festa do Zwarte Piet é a principal tradição holandesa no início de dezembro. Zwarte Piet, ou Pedro Negro, seria o ajudante do Papai Noel que todos os anos, no dia 5 de dezembro, desfila pelas ruas distribuindo doces às crianças boas. A tradição é considerada racista, pois a figura do personagem é representada por pessoas com a cara pintada de preto, lábios vermelhos e peruca black power.

Iraque

Índia São as plantas nativas do país, como a bananeira e a mangueira, que integram a decoração de Natal nas casas da Índia. Lamparinas feitas de argila também fazem parte da decoração nas casas.

O Natal é comemorado apenas pelas famílias cristãs, que se reúnem no quintal para ouvir histórias sobre Jesus. Depois, todos queimam uma pilha de espinhos secos que, segundo a tradição, representa como será o futuro da família.

Fonte: www.mundoestranho.abril.com.br


04

Natal

O FOCO

especial 2012

Pinheiros dão colorido especial às casas e comércios Uma das principais tradições entre as famílias que celebram o Natal é a montagem do pinheiro. Não importa se a árvore é natural ou artificial, o momento é esperado com ansiedade pelas crianças, que se divertem ajudando os pais, tios e avós a deixarem a árvore colorida e especialmente decorada para a data. Além de decorar a casa, as árvores de Natal simbolizam alegria, paz e esperança e também são utilizadas para guardar os presentes que são entregues na noite de Natal, normalmente após a ceia em família. Há algumas décadas, a tradição da montagem do pinhei-

ro ultrapassou as paredes das residências e ganhou as ruas e comércios das cidades, que utilizam a árvore para decorar os ambientes e dar um clima especial à data.

Como tudo começou

Acredita-se que a tradição da montagem do pinheiro tenha iniciado com Martinho Lutero, na Alemanha de 1530. Segundo relatos levantados por historiadores, Lutero caminhava pela floresta em uma linda noite de céu estrelado quando parou para olhar os pinheiros plantados nas ruas e ficou impressionado com a beleza da cena.

Cobertos de neve, os pinheiros eram iluminados pelas estrelas. O alemão quis reproduzir a cena que viu e compartilhá-la com toda a sua família e então teria levado um pinheiro para casa e decorado com algodão para representar a neve, e outros enfeites como velas acesas, para mostrar a iluminação proporcionada pelas estrelas. A tradição teria sido trazida para o continente americano, e ao Brasil, por alguns alemães durante o período colonial.


Natal

05

O FOCO

especial 2012

História do Papai Noel Casaco e calças vermelhas, botinas pretas, barbas brancas e cumpridas, olhos azuis da cor do oceano. A figura do Papai Noel é conhecida em todo o mundo e por onde chega o Bom Velhinho encanta a todos com sua simpatia e descontração. Apesar desta imagem tradicional, nem sempre o Papai Noel vestiu roupas vermelhas e brancas. A história revela que a figura do bom velhinho foi inspirada em um bispo da Igreja Católica chamado Nicolau. Nascido na Turquia, em 280 d.C., Nicolau era um homem de bom coração, que costumava ajudar as pessoas pobres, deixando saquinhos com moedas próximo às chaminés das casas. Ele teria sido transformado em santo pela Igreja Católica após várias pessoas relatarem milagres atribuídos a ele. A associação da imagem de São Nicolau ao Natal aconteceu na Alemanha e espa-lhou-se pelo mundo em pouco tempo. Nos Estados Unidos, ganhou o nome de Santa Claus, no Brasil de Papai Noel e em Portugal de Pai Natal.

Contam os historiadores que a roupa do Papai Noel até o final do século XIX, era uma vestimenta de inverno na cor marrom ou verde escura. Somente em 1886 o cartunista alemão Thomas Nast decidiu criar uma nova imagem para o Bom Velhinho e o traje é popularmente conhecido até os dias de hoje. Sua popularizçaão aconteceu após 1931, quando uma campanha publicitária da Coca-Cola mostrou o Papai Noel com o mesmo figurino criado por Nast, que também eram as cores do refrigerante. A campanha publicitária fez um grande sucesso, ajudando a espa-lhar a nova imagem do Papai Noel pelo mundo.

Nome do Papai Noel em outros países - Alemanha (Weihnachtsmann, O “Homem do Natal”), Argentina, Espanha, Colômbia, Paraguai e Uruguai (Papá Noel), Chile (Viejito Pascuero), Dinamarca (Julemanden), França (Père Noël), Itália (Babbo Natale), México (Santa Claus), Holanda (Kerstman, “Homem do Natal), Portugal (Pai Natal), Inglaterra (Father Christmas), Suécia (Jultomte), Estados Unidos (Santa Claus), Rússia (Ded Moroz). Fonte: www.suapesquisa.com


Natal

07

O FOCO

especial 2012

Ceia deve ser um momento especial para todos os convidados A noite do dia 24 de dezembro costuma ser um momento de confraternização entre amigos e fami-liares em quase todos os lares brasileiros. Diferente de países como os Estados Unidos, por exemplo, onde a troca de presentes acontece no dia 25 pela manhã, no Brasil o hábito é organizar uma ceia especial na véspera de Natal e após este momento fazer a troca de presentes. Indiferente da quantidade de convidados, a tradicional Ceia de Natal deve ser um momento especial para os participantes e segundo as regras da etiqueta, costuma ser precedida por um momento de orações e agradecimentos, a Deus e às pessoas presentes ao redor da mesa. É também um momento de recordar os fatos vividos no decorrer do ano, sejam eles positivos ou negativos. É um momento de repensar os erros e acertos e planejar o novo ano que se aproxima.

Preparando a refeição

Quando a ceia reúne muitas pessoas, o hábito comum é cada família levar um prato salgado e um prato doce, para servir de sobremesa. Já entre os pequenos grupos, é comum o anfitrião preparar

todos os pratos que serão servidos na noite especial. Por vezes, os convidados levam os pratos doces. O item que não pode faltar na Ceia de Natal, seja para muitos ou para poucos, é o peru ou o chester. Farofa, arroz branco e uma salada diferenciada também entram na lista dos itens essenciais

na Ceia de Natal. Já no caso de uma ceia completa, para servir a vários convidados, os culinaristas recomendam acrescentar pratos especiais como salpicão de frango, rabanadas de Natal, bolinho de bacalhau e tender. Como sobremesa, o panetone costuma ser acompanhado de

sorvetes especiais, e há também os doces tradicionais como bolo de natal, pavê e mousses. Todas as receitas são facilmente encontradas em livros e sites especializados no tema. Vale à pena conferir receitas diferenciadas e inovar para agradar ao paladar de todos os convidados nesta Ceia de Natal.


08

Natal

O FOCO

especial 2012

Natal sem açúcar, será que é possível? Sim, é possível organizar uma deliciosa ceia de Natal sem açúcar e com opções saudáveis, e saborosas, para os familiares portadores do Diabetes. A garantia é do orientador da Associação dos Diabéticos do Vale do Itajaí - Advali, em Santa Catarina, Bernard van de Meene. “Não existe nenhuma dificuldade na preparação de uma tradicional Ceia de Natal Dietética. O que sempre destacamos é que o relacionamento familiar deve ser um ato de amor e todos devem consumir os mesmos alimentos nesta ocasião”, recomenda o orientador. Os pratos tradicionais como peru, chester, tender, lombo ou bacalhau são liberados para diabéticos, o que facilita no preparo das carnes. Já os acompanhamentos precisam de atenção especial. No caso dos pratos tipo “califórnia”, a dica de Bernard é que o cozinheiro utilize compotas dietéticas de figo, pêssego ou abacaxi. A batata cozida ou

purê, o macarrão e o arroz também podem ser servidos naturalmente, porém, a dica é que seja dada preferência aos integrais ou então que os alimentos sejam preparados junto com um pouco mais de verduras, como, por exemplo, arroz com brócolis, ervilhas e cenoura, que são ricas em fibras. O que não pode ser servido são alimentos que levam sacarose em sua preparação, como o açúcar em qualquer forma, mascavo, de merara, invertido, melado, mel, entre outros. Se quiser caramelar algum alimento, use frutose que, em pequenas quantidades, é permitido aos portadores da doença. “É comum um pouco de exagero de consumo nas ceias de Natal por qualquer pessoa, seja ela portadora de diabetes ou não, por isso uma dose ligeiramente maior na medicação e uma boa caminhada ou outra atividade física aeróbica no dia seguinte é recomendável”, explica o orientador.

Chester com Molho de Iogurte Ingredientes:

Para o Chester: • 01 Chester temperado de aproximadamente 2,5 kg • 02 laranjas (só o suco) Para o Molho: • 02 cubos de caldo de galinha • 01 copo de iogurte natural desnatado • 01 cebola • 01 colher ( sopa ) de salsinha picada • Sal a gosto • ½ litro de água • 02 colheres ( sopa ) de farinha de trigo Para a Guarnição: • 08 batatas pequenas ( bolinha ) • 01 colher ( sopa ) de óleo vegetal

Modo de Preparo:

Do Chester: Seguir o modo de preparo da embalagem e regar com o caldo de laranja. Do molho: Em uma panela refogar a salsinha, a cebola e o caldo de galinha. Em seguida acrescentar a água, a farinha e o iogurte. Das batatas: Cozinhar as batatas sem casca e, em seguida, levar ao forno para gratinar. Montagem: Em uma bandeja redonda colocar o Chester já assado e regar com o molho de iogurte. Ao redor dispor as batatas gratinadas. Rendimento: 20 porções


Natal

09

O FOCO

especial 2012

Sobremesas são a verdadeira tentação No caso das sobremesas e doces as opções dos diabéticos são mais restritas. Segundo Bernard, as saladas de frutas, sorvetes dietéticos ou com zero açúcar, pudins de leite condensado diet, flãs diets ou qualquer pudim diet são a melhor opção. “Não é nenhum sacrifício os familiares aderirem a este tipo de sobremesas diets, pois são alimentos muito saborosos e as pessoas que não sabem que são dietéticos nem notam diferença de sabor, especificamente os doces; além disso são muito mais saudáveis”, afirma Bernard. Já os paentones e aqueles tradicionais doces natalinos, confeitados com muito açúcar, são proibidos na dieta do diabético. Porém, há várias opções no mercado que são direcionadas a este público, como os panetones dietéticos ou sem adição de açúcar. A recomendação de Bernard é para que os familiares que forem comprar este tipo de alimento sejam cautelosos com os produtos lights, pois eles contém açúcar. Há

ainda opções de doces caseiros confeitados para o Natal e inúmeros outros produtos doces sem adição de açúcar que podem ser facilmente encontrados em Associações ou Entidades específicas para diabéticos, que costumam ter uma loja com variados produtos voltados a este público.

Álcool

Diabéticos que não tenham problemas de alcoolismo e que não vão dirigir após a Ceia, podem consumir nesta ocasião dois cálices de vinho seco ou espumante brut ou uma dose de destilado ou duas latinhas de cerveja ou refrigerantes sem açúcar à vontade.

Panetone Diet Salpicão Natalino Ingredientes

• 02 batatas yacon ralada e aferventada • 03 maçãs verdes em cubos com casca • 100g de azeitona verde • 500g de frango desfiado • 01 xícara (chá) de cenoura ralada • 01 xícara (chá) de salsão • 01 xícara (chá) iogurte natural • 03 colheres (sopa) castanhas do Pará moídas • 03 colheres (sopa) creme de leite light • Sal e cheiro verde a gosto

Modo de Preparo:

Misture todos os ingredientes e leve para gelar.

Ingredientes:

• 500g de panetone diet cortados em fatias médias • 01 abacaxi inteiro bem maduro cortado em cubos pequenos • 500 ml de creme de leite light gelado • 01 colher (sopa) cheia de adoçante para forno e fogão • 200g de amendoim triturado

Modo de Preparo:

Bata o creme de leite com adoçante na batedeira a ponto de chantilly e reserve; depois em um refratário, intercale as camadas de fatias de panetone, abacaxi picado, chantilly e amendoim; repita as camadas e finalize com amendoim. Sirva gelado.


10

Natal

O FOCO

especial 2012

Decoração faz toda a diferença na hora de receber os convidados Verde, vermelho, prata ou dourado. Não importa a cor, a decoração é sempre um item que chama a atenção dos convidados na ceia de Natal. Preparar a casa para receber os familiares e amigos nem sempre é uma tarefa fácil. Algumas vezes faltam ideias para deixar o ambiente de acordo com o gosto do anfitrião ou à altura dos convidados, em outras, o tempo é muito curto para deixar tudo em ordem, ou ainda é o dinheiro

que está em falta e não há como investir em objetos modernos para deixar o ambiente em clima de festa. Para ajudar você a acertar na decoração da ceia de Natal, nossa equipe de reportagem ouviu especialistas e separou as melhores dicas daquilo que não pode faltar à mesa e também de como combinar os tons e cores com arranjos e louças utilizados na mesa. Confira!

Cores O primeiro item a ser definido antes de sair às compras é quais cores você pretende usar na decoração. O verde e vermelho são tradicionais e são apostas certeiras. As duas cores combinam muito com marrom, dourado e cobre. Outros tons recomendados pelos decoradores são o prata e o azul, que combinam e dão um charme especial ao ambiente.

Toalha Depois de definir quais cores você pretende usar, é hora de escolher a toalha da mesa principal da ceia. Se for uma toalha lisa, de cor única, você poderá abusar nos arranjos e também nas louças. Porém, caso opte por uma toalha com temas natalinos, é melhor investir em arranjos de tons mais leves e sem muitos detalhes e louças de cores únicas.


Natal

11

O FOCO

especial 2012

Taças

Arranjos

As taças e copos são itens que merecem destaque na decoração. Como trata-se de uma noite especial, a dica é investir em copos luxuosos, que representem a importância da comemoração e do momento. Invista em cristais e, caso tenha apostado em uma toalha de tom único, é possível utilizar cristais coloridos, com tons que combinem com as cores escolhidas para decorar todo o ambiente.

Frutas, flores, velas, e até pinhos pequenos servem para montar lindos arranjos para a mesa. A dica é coloca-los em vasos de vidro ou cristais. Os castiçais podem dar um toque todo especial, porém, tome alguns cuidados, arranjos muito altos podem tirar a visão dos convidados e atrapalhar os momentos de conversa. Para não errar, a dica é apostar nas velas, que lembram as luzes do Natal e dão um clima aconchegante ao ambiente. Coloque os arranjos com velas próximo ao peru, para dar destaque ao principal prato da ceia.

Talheres Os talheres também merecem atenção na hora de organizar a mesa. Escolha os tradicionais para não complicar a organização dos convidados na hora da ceia. Uma boa dica é colocar os talheres na diagonal e assim criar desenhos sobre a mesa. Outra opção é coloca-los lado a lado, bem próximos aos pratos.

Guardanapos A dica dos especialistas é para abandonar os guardanapos de papel na noite de Natal e dar preferência aos de pano, que ajudam a embelezar a mesa e estão a altura da importância da celebração. Eles podem ser de um único tom e podem fazer contraste com a toalha escolhida para a mesa. Por exemplo, para uma toalha vermelha, utilize guardanapos brancos ou verdes.

E para quem não pode investir muito? Se o seu problema é a falta de dinheiro, os especialistas em de-coração recomendam: aproveite tudo o que você já tem em casa e invista em uma decoração personalizada. Para embelezar ainda mais a mesa, coloque os alimentos em refratários brancos, cada um com seu próprio pegador, e deixe-os em uma mesa separada, para que os convidados possam servir-se com facilidade. A mesa dos alimentos pode ter uma toalha branca simples e ser decorada com frutas ou flores do jardim.

Algumas dicas simples Toalhas antigas de natal podem virar lindos guardanapos, basta cor-

tar em quadrados, costurar as bordas e pronto! Colocados sobre uma toalha branca eles dão um detalhe especial à mesa. Para os arranjos é possível aproveitar as bolas utilizadas para decorar os pinheiros. Elas podem ser colocadas junto com pequenas pinhas e até mesmo alguns galhos verdes, que em vasos ou travessas de vidro ganham um destaque diferenciado. Outro detalhe simples e barato, e que dá um toque especial no ambiente, são as velas, que podem ser colocadas em tigelas de sobremesa de vidro e espalhadas à mesa ou mesmo no balcão de alimentos.


12

Natal

O FOCO

especial 2012

A grana tá curta? Invista em presentes personalizados O clima de Natal desperta nas pessoas uma vontade inusitada de presentear a todos com lembranças especiais, porém, nem sempre as vontades e desejos cabem no orçamento, e muitos acabam deixando de presentear a tantos quanto gostariam. A personal shopper Carolina Bastos dá algumas dicas para não errar na escolha e conseguir agradar a todos os amigos e familiares nesta data especial. “Em primeiro lugar é importante a pessoa comprar algo que caiba em seu orçamento e para isso é preciso saber o quanto pode gastar, portanto, faça uma lista do que você precisa e vá às compras fo-

cado”, orienta. Outra dica da especialista é comprar algo que a pessoa goste, não você! “É muito comum as pessoas comprarem presentes que elas gostam, com as cores que elas usam e sem prestar atenção no que o presenteado realmente gostaria de ganhar”, explica. Para quem precisa economizar ou é dotado de habilidades manuais, a especialista em compras recomenda: “os presentes artesanais “feitos por você mesmo” sempre agradam e trazem consigo um lado mais afetivo”. Confira algumas dicas para as diferentes idades e aproveite para alegrar e surpreender a todos que você ama neste Natal

Para as crianças Uma boa pedida para as crianças é confeccionar uma linda Cesta de Guloseimas. Afinal, qual criança não gosta de doces, balas e pirulitos? A cesta pode ser feita com uma caixa de sapato velha, basta revesti-la com papéis bem coloridos e enche-la com muitos doces e salgadinhos de preferência da garotada. O presente ganha um toque especial quando decorado com peças natalinas como bolinhas, sapatinhos, pinhas e bonecos de Papai Noel. Vale também revestir a caixa com um papel celofane e fechar a embalagem com um lindo laço natalino.

Para adolescentes Adolescentes são um tanto quanto difíceis de agradar, afinal, mudam de ideia e de gosto a cada semana. Mas ainda assim é possível presenteá-los com criatividade e sem gastar muito. Como eles estão no início da vida adulta, uma boa dica é um pequeno cofre, para incentivá-los a poupar para o futuro. Latas de leite em pó ou até mesmo de achocolatados podem servir. Basta caprichar na decoração com papéis coloridos e modernos e fazer um corte na tampa, para depositar o dinheiro aos poucos.


Natal

13

O FOCO

especial 2012

Para os avós Ao chegar na terceira idade a pessoa torna-se um tanto quanto saudosista. As lembranças dos anos vividos afloram na memória e muitos gostam de contar como era a vida na infância ou juventude. Este saudosismo torna o idoso uma pessoa mais sentimental e sensível, por isso, uma excelente dica para presentear avós e avôs é escrever uma carta mostrando o que você sente e destacando a importância que ele ou ela teve e ainda tem na sua vida. Para ficar ainda mais encantador, decore o papel com desenhos ou fotos suas ao lado deles. Uma boa dica é fazer uma carta gigante, com cartolina ao invés de papel A4. E, é claro, a carta deve ser escrita a mão, para dar um toque especial.

Para namorada(o) ou marido/esposa Para pai, mãe, tios e padrinhos As camisetas personalizadas agradam muito a este público. Basta comprar uma camiseta de malha branca para os homens e baby look para as mulheres e decorá-la com um toque especial. Uma opção é o patchwork, uma técnica que une tecidos com infinidade de cores e formatos variados. Você pode pedir restos de tecidos em malharias e confecções, ou comprar em lojas especializadas. Também é possível apenas fazer alguns desenhos na camiseta, com tintas para tecidos.

Para a pessoa amada as opções de presentes criativos e baratos são mais variadas. É possível surpreendê-las tanto com um café da manhã na cama quanto com uma saída especial, para um pic-nic, passeio na praia ou até mesmo um passeio de bicicleta. Uma forma de agradá-la neste dia é preparar várias surpresas ao longo do dia, como bilhetes espalhados pela casa, mensagens românticas no celular, almoço especial e encerrar a noite de Natal com um momento especial para o casal. Mas se sentir a necessidade de entregar um presente “físico”, a dica é fazer um calendário personalizado com fotos do casal. É possível fazer a montagem no computador e imprimir em gráficas rápidas.


14

Natal

O FOCO

especial 2012

Eletrônicos continuam sendo os presentes mais procurados Se você é daqueles que deixa tudo para a última hora, então você deve estar se perguntando: o que comprar de Natal para os amigos e familiares? Dados levantados pela Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas, CNDL, revelam que os eletrônicos continuam registrando maior procura nas semanas que antecedem o Natal. Sejam brinquedos ou aparelhos celulares, televisores e até mesmo utensílios domésticos, os eletrônicos ocupam o topo da lista de preferidos para presentear no Natal. A praticidade, o preço acessível e a novidade são os principais atrativos dos itens eletrônicos, seja para crianças, adultos ou até mesmo idosos. Outros itens que sempre estão na lista de mais procurados são roupas, calçados e perfumes. Porém, estes devem ser comprados somente para pessoas mais próximas, para não correr o risco de errar o tamanho

ou o gosto da pessoa a ser presenteada. Então, aproveite estes poucos dias que ainda faltam para a chegada da principal data comemorativa do ano e coloque em dia sua lista de presentes. A principal dica dos especialistas para não errar na escolha é: leve em consideração o gosto da pessoa a ser presenteada.

Compra consciente

A previsão da CNDL é de que neste ano as vendas registrem um aumento de 5%, comparadas com o mesmo período do ano passado, e de que cada pessoa gaste em média de R$80 a R$100 com presentes de Natal. Para aqueles que estão com o dinheiro contado, o consultor financeiro Juliano de Almeida recomenda:

“Compre presentes cujo valor esteja dentro do seu orçamento para não ter surpresas depois deste período de festas. Faça uso do décimo terceiro salário, caso seja necessário, mas não esqueça de poupar parte deste valor para iniciar o ano de 2013 com as contas em dia”.


16

Natal

O FOCO

especial 2012

REPORTAGEM ESPECIAL

Solidariedade e doação ao próximo O clima de Natal desperta em toda a sociedade um dos mais nobres sentimentos: a solidariedade. Muito mais do que comprar presentes, preparar a ceia de natal ou decorar a casa para receber a família neste período de festas, na cultura ocidental Natal significa entrega e doação ao próximo. Nesta época, não são raras as histórias de famílias, empresas ou grupos de amigos que se unem para proporcionar um Natal mais feliz para crianças que residem em abrigos, para idosos que estão em asilos ou hospitalizados, para famílias marginalizadas ou pessoas em variadas situações de vulnerabilidade social. O ato de doar-se pelo bem do outro, que deveria fazer parte da essência do ser humano, ganha destaque nesta época do ano e proporciona um momento de intensa realização, não apenas para quem recebe um abraço, um carinho, uma visita inesperada ou um presente especial, mas também para quem se doa e dedica parte do seu tempo ou de seus recursos para tornar o Natal um momen-

to mágico e inesquecível na vida do próximo. Para Vanessa Resende Fogaça, que coordena um grupo de pessoas que durante todo o ano realiza trabalho voluntário em um abrigo para crianças retiradas do convívio familiar, o voluntariado, para ter um sentido, tem que ser contínuo, porém, nem todas as pessoas possuem tempo para dedicar durante todo o ano, por isso, a voluntária destaca que uma boa ação no Natal já vale como um começo. “A pessoa que decide fazer doações nesta época do ano só não pode esquecer que estamos falando de seres humanos, que querem ser amados e respeitados. Um presente vale muito para eles, mas nada se compara a atenção, carinho e amor que eles precisam o ano todo”, ressalta.


Natal

17

O FOCO

especial 2012

Ações podem ser realizadas durante o ano O grupo de voluntários coordenado por Vanessa Resende Fogaça trabalha contra o tempo nestas semanas que antecedem o Natal, preparando um momento diferenciado para as crianças que residem em um abrigo Casa Lar. Para proporcionar a todos os pequenos uma noite de Natal especial, o grupo conta com a ajuda e doação de pessoas e empresas da comunidade. “Chamamos esta campanha de Natal Feliz. É um projeto de apadrinhamento, onde arrumamos voluntários para doar uma roupa, um calçado, um brinquedo e um kit de higiene para cada criança. Arrecadamos estas

doações, embrulhamos e entregamos na Casa Lar para que os pequenos possam receber o presente na noite de Natal”, explica. O grupo, que é formado por jovens e adultos que participam de uma igreja evangélica, também organiza uma festa de Natal para as crianças abrigadas, com brincadeiras, cama elástica, piscina de bolinha, lanche especial e um teatro sobre o Natal. “Acima de tudo, damos muito carinho e amor para eles, tudo isto que fazemos é pouco em vista do que recebemos em troca, beijos, abraços, tudo isso é muito bom”, garante a voluntária.

Mais ações

As atividades deste grupo de voluntários no abrigo infantil iniciaram em setembro de 2011 e todos os meses, uma vez ao mês, eles dedicam um dia para estar com as crianças. “Nós fazemos brincadeiras, gincanas, festas, teatros, contação de histórias, evangelização, arrecadação de produtos que eles estejam precisando. E, acima de tudo, damos carinho, amor e atenção. Criamos com eles um laço de solidariedade

e também de confiança e amizade”, explica Vanessa, que é contadora de histórias. Para esta voluntária de 33 anos de idade, é muito gratificante poder realizar uma boa ação não apenas no Natal, mas durante todo o ano. “Estas crianças são muito queridas e amáveis, são crianças que dão carinho sem pedir nada em troca, acho que no final nós é que somos beneficiados, pois o amor e a alegria destas crianças é inexplicável”, finaliza.


18

Natal

O FOCO

especial 2012

REPORTAGEM ESPECIAL

Papai Noel de porta em porta Todos os anos André Wruck enfeita sua caminhonete Pick Up ano 64 de cor verde com detalhes em dourado e vermelho, veste-se com os trajes do Papai Noel e sai pelas ruas das cidades de Blumenau e Gaspar, no interior de Santa Catarina, distribuindo balas e entregando presentes de casa em casa. O jovem de 25 anos tem o apoio da namorada, Josiane Reinert, que dirige o veículo ao embalo de variadas canções tradicionais desta época de Natal. Devido aos compromissos de trabalho, o casal de namorados, assim como muitos brasileiros, não consegue manter um trabalho voluntário durante todo o ano, mas ao menos no Natal, André e Josiane dedicam parte do seu tempo levando alegria e descontração para crianças e adultos de todas as idades. “No início apenas distribuíamos algumas balas e doces para as pessoas que passavam pelas ruas. Era tipo uma boa ação de final de ano. Mas os pais nos viam passando na rua e vinham atrás do carro pedindo que fizéssemos a entrega dos presentes que haviam comprado para os filhos. Foi assim, meio que sem querer, que acabamos assumindo esta tarefa”, relata o casal. A brincadeira que começou de forma descon-

traída tornou-se um compromisso com a comunidade e nos últimos anos os pais procuram o casal para agendar horário para que o Papai Noel faça a entrega oficial dos presentes nos lares. “É uma coisa inexplicável ver os olhinhos das crianças brilhando quando o Papai Noel chega em suas casas, bate na porta e pergunta como elas se comportaram durante o ano. Elas ficam emocionadas de ver o papai Noel ali, na casa delas. A emoção e a satisfação que sentimos ao fazer este ato tão singelo são enormes”, afirmam os jovens, que têm o apoio emocional de seus próprios familiares para executar a tarefa de entregar os presentes na noite de Natal. Para Josiane e André, dedicar tempo para levar um pouco de alegria às crianças no Natal é uma atividade que vale à pena, porém, tem que ser realizada sem obrigação. “Precisa ser algo feito com o coração, sem esperar reconhecimento em troca”.


Natal especial 2012

19

O FOCO REPORTAGEM ESPECIAL

Cartinhas são opção para fazer uma boa ação neste Natal Se você, assim como Josiane e André, também não tem tempo para dedicar-se a um trabalho voluntário durante todo o ano, mas gostaria de fazer uma boa ação no Natal, uma boa opção é adotar uma cartinha da campanha Papai Noel dos Correios. A campanha desenvolvida há 23 anos em Santa Catarina e adotada pelas agências dos Correios de todo o país desde 1997, é uma das maiores campanhas sociais natalinas do Brasil. O principal objetivo é responder às crianças que escrevem ao Papai Noel e atender, sempre que possível, aos pedidos de presentes de Natal dos pequeninos que se encontram em situação de vulnerabilidade social. Para participar, qualquer pessoa pode ir a uma agência dos Correios, escolher uma cartinha e comprar o presente solicitado pela criança. A entrega geralmente é feita pela própria pessoa que adota a carta, porém, em algumas cidades, a própria equipe de colaboradores dos Correios proporciona esta entrega. As cartas são geralmente escritas por crianças de até dez anos de idade, matriculadas nas escolas das redes públicas estaduais e municipais de ensino, que encaminham as cartinhas para os Correios. Algumas crianças também tomam a iniciativa de escrever e elas mesmas vão até as agências dos Correios para postar a carta endereçada ao “Pólo Norte”, casa do Papai Noel. Entre os pedidos mais comuns apresentados pelos pequenos estão bicicletas, bolas, bonecas, brinquedos eletrônicos e muitas vezes cestas básicas, roupas e material escolar.


JORNAL O FOCO ED. 157 CADERNO ESPECIAL NATAL 2012  

Caderno temático sobre o natal com mensagens de boas festas.

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you