Page 1

| São João da Barra | quinta-feira, 14 de novembro de 2013

Esportes

São João da Barra/RJ | quinta-feira, 14 de novembro de 2013 | Ano 01 | Número 137 | www.odiariodecampos.com.br/saojoaodabarra |

A-PDF Merger DEMO : Purchase from www.A-PDF.com to remove the watermark

HONDURAS E CHILE COMO “AULA PRÁTICA” Brasil terá amistosos com adversários de menor peso no futebol mundial antes da Copa Adversários de menor peso dentro do cenário do futebol mundial, Honduras e Chile vão oferecer ao Brasil a chance das últimas “aulas práticas” antes da Copa do Mundo de 2014. Como a CBF confirmou, em 2014 a agenda da Seleção terá apenas oponentes eliminados do Mundial. Os jogadores acreditam que há vantagens em amistosos contra possíveis adversários na Copa. Pelas regras do sorteio, o Chile só poderá enfrentar o Brasil em uma oitavas de final, como ocorreu em 2010. Já Honduras pode ser um confronto já da primeira fase. “Acredito que vale muito. A equipe do Chile e de Honduras terá 90% do que está aqui na Copa do Mundo. Você acaba entendendo as características dos jogadores É positivo você aprender. O brasil já jogou com o Chile recentemente e conhecer bem o adversário é vantagem”, afirmou o volante Lucas Leiva. Já o lateral esquerdo Maxwell

DIVULGAÇÃO

SÃO JOÃO DA BARRA

SUPREMO DECIDE PELA PRISÃO IMEDIATA DE EX-DIRETOR DO BANCO DO BRASIL • colunão P•2

ASCOM - UENF

TUPINIKIM VENCE OBSTÁCULOS E SE FORMA EM AGRONOMIA PELA UENF

SELEÇÃO brasileira, comandada por Felipão, treina para enfrentar a equipe do Honduras no próximo sábado, em Miami diz que o conhecimento é fundamental para uma melhor preparação, mas faz uma ressalva: quando começa uma competição, tudo pode ficar diferente. “No geral sempre é diferente, mas sempre é bom o máximo de

informações que a gente possa ter. Como foi com a Coreia (em outubro). Tem que aproveitar não só para se informar na Seleção, mas quando estiver no clube. É importante estar conhecendo um pouco mais”, afirmou.

O Brasil enfrenta Honduras neste sábado (16) em Miami. O Chile será o adversário do dia 19 de novembro em Miami. Em 2014, a Seleção encara a África do Sul no dia 5 de março e mais dois adversários a definir em junho.

Emerson Sheik culpado no processo de contrabando de carros importados

O Tribunal Regional Federal da 2ª Região do Rio de Janeiro decidiu mudar seu veredicto e culpou o atacante Emerson Sheik no processo de contrabando de carros importados - ele comprou duas BMWs por meio de uma quadrilha de criminosos brasileiros e israelenses, especializados na importação ilegal de carros de luxo. O jogador ainda pode recorrer e, se realmente condenado, pode pegar de um a quatro anos de prisão, por não ser mais réu primário. De acordo com informações do site da ESPN, a procuradora regional da República Silvana Batini considera que o jogador sabia do crime quando realizou a compra

DIVULGAÇÃO

8

dos veículos. “A participação do réu na importação do veículo é inconteste e está demonstrada em trechos de conversa telefônica interceptada por decisão judicial. Daí se verifica que foi ele quem efetivamente desembolsou o dinheiro para pagar a vinda da BMW”, alegou a ESPN. Em agosto, o jogador alvinegro havia sido inocentado pela 3ª Vara Criminal da Justiça Federal do Rio de Janeiro por conta dos processos tanto de contrabando quanto de lavagem de dinheiro. O Ministério Público, porém, logo recorreu da decisão. Sheik foi acusado pelo Ministério Pú-

blico Federal com base em investigações da Polícia Federal, em conjunto com a Receita Federal, na operação chamada Black Ops, que prendeu uma quadrilha de criminosos brasileiros e israelenses. Na ocasião, o jogador adquiriu BMW X6 em negociação que envolveu também o volante Diguinho, do Fluminense, também denunciado pelo MP. Por conta do envolvimento, foi dado ao volante do Flu uma suspensão da condenação, em troca do comparecimento periódico à Justiça, além dele não poder se ausentar do Brasil. Quando soube da absolvição de Sheik neste ano, o jogador até tentou recorrer, mas sem sucesso.

LANCENET

Cristiano Pajehu, de uma tribo na cidade de Aracruz (ES) é o primeiro indígena formado pela Universidade Estadual do Norte Fluminense. • geral P•4

SHEIK acusado pelo MP por contrabando

INTERRUPÇÃO NOS PLANOS DE SAÚDE PARTICIPAÇÃO NOS ROYALTIES

AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE

PREPARAÇÃO PARA A COPA DE 2014

ANS suspende os Prefeitura recebe Garotinho defende Brasil x Honduras contratos de 150 R$ 33,6 milhões novo piso nacional no próximo sábado • colunão P•2

• geral P•3

• geral P•5

• esportes P•8


Etapa inicial da viagem

(21/1 a 19/2)

Peixes

(20/2 a 20/3)

Dificuldade de compactuar com velhos modelos, padrões. Fase de intensas mudanças. Explore habilidades novas. Aja com mais criatividade, inovação. Permita-se, pisciano. Evite ações radicais e rebeldes no plano financeiro.

da livraria fotografa William e fala com Líder Jorge. Marlon e Paulinha encontram Assis ao saírem da água. Marcelo fala para Álvaro que vai controlar sua noiva. Lili avisa a Priscila que não vai mais investigar o sumiço de seu pai. Matias pede para Celina deixar Belinha participar do grupo de matemática. João e José fingem estar doentes para se aproximar de Fátima. Inês pede para Marcelo vigiar Thomaz. Júlia se surpreende com a decoração de Rafa no estúdio de Paulinha. Álvaro procura Fernanda. Priscila encontra o cartão da livraria na sala de LC. William vai a um grupo indicado pelo vendedor da livraria. Rafa elogia a palestra de Líder Jorge. O motoboy segue William, que percebe e decide se esconder na casa de Guto. Celina tenta convencer os pais de seus alunos a deixarem que eles participem do grupo de matemática. Nilson observa Edu conversando com Pedrosa. Marcelo descobre que Priscila está ajudando as investigações de Lili. Nilson ouve a conversa entre Edu e Pedrosa. Paulinha e Marlon

BANCO

5

Solução

APRENDA A PENSAR COMO

SHERLOCK Nas BaNcas e Livrarias

www.coquetel.com.br

seguem com Assis pela mata. Lili vai até a livraria e conhece Rafa. Marlon e Paulinha chegam à Comunidade na selva.

R O M

Cuide da saúde, pois há muitas questões desafiadoras e estressantes que está lidando. Muitas coisas vão chegando ao final, sem que você tenha controle sobre isso, aquariano. Flua com as mudanças. Elas representam um processo coletivo.

L F

Marlon e Paulinha pulam do precipício e caem na água, nadando em direção à luz do sol. O vendedor

Relacionar na lista telefônica

I

ALÉM DO HORIZONTE l GLOBO l 19H

Primeira e última letras

E N E

Amélia acalma Pérola dizendo que dará um jeito para pagar a escola. Tenpa aconselha Amélia a aceitar a ajuda financeira de Franz. Toni diz a Mundo que vai tirar Hilda da mansão. Amélia consegue um emprego como camareira no cabaré. Silveira diz a Amélia que Pérola não pode frequentar o cabaré ou correrá o risco de perder a guarda da filha. Décio leva um bilhete de Toni para Hilda. Sem querer, Aurora conta para Manfred que Amélia está trabalhando como camareira no cabaré. Dália pede a Aurora que ajude Davi. Toni garante a Odilon que vai se casar com Hilda. Manfred diz a Ernest que sabe como fazer Amélia perder a guarda de Pérola.

Ingrediente básico da fritada

C

JOIA RARA l GLOBO l 18H

Aquário

Por baixo de

R O L

Resumo das Novelas

Óleo de (?), gordura para frituras

U N I R

O ruir de uma velha realidade não é apenas um processo individual, mas coletivo. Hora de encarar o que precisa ser radicalmente transformado. Desapegue-se, virginiano. Questões afetivas e vinculadas à sexualidade e negócios pedem um novo olhar e atitude.

Capricórnio Problema comum na pele do bebê O dia em que se está vivendo

Comércio beneficente de igrejas

Única consoante de "apoio"

L

(23/8 a 22/9)

Ira; ódio Armação de óculos

(22/12 a 20/1)

Percepção de emoções e reações que antes eram reprimidas. Aceite-as. Profundas mudanças internas, em família, na privacidade. Autoconhecimento é fundamental. Não force que as coisas sejam do seu jeito.

(?) de mascar: chiclete Possível

E I A

Virgem

(?) prantos: chorando muito

T I C O

Questões de saúde ou de trabalho podem estimular uma profunda mudança de atitude. Abra-se a novas percepções sobre a realidade. Intuição e conexão espiritual estimuladas. Velhas explicações já não encontram mais eco.

Bondosas; generosas

Sílaba de "ceifa"

R E S

odiariosjb@gmail.com

(21/7 a 22/8)

Perna, em inglês

A

Fale conosco: odiariosjb@gmail.com

Leão

A classe social A Prefixo de "antipatia"

NT

www.odiariodecampos.com/ saojoaodabarra

Mande sugestão, crítica ou denúncia para o endereço:

Relacionamentos e independência canceriana em desafio. Não repita velhos padrões. Desafio de desapego e de entrega a algo maior do que a vontade pessoal, canceriano.

Interjeição para animar o cavalo

Sagitário

(21/11 a 21/12)

(?) e Teco, esquilos da Disney

F O L E G O

J. Capella – Av. Rio Branco, 173 Centro - Rio de Janeiro – RJ Tel: (21) 2262-8116

• Carla Flávia R. Barreto

(21/6 a 20/7)

Relação de coisas Gado para abate

Cópia genética Lá; acolá Um dos três resultados do futebol

S U

Editora

Câncer

(23/10 a 21/11)

Dia que ressalta o confronto entre o velho e o novo, o conhecido e o desconhecido. Não deixe que a insegurança o leve a agir de forma controladora, emocional e materialmente. Mudanças emocionais, na vida afetiva.

CD-(?), dispositivo de micros

Material básico à instalação elétrica

Escorpião Benefícios financeiros, na expressão e reconhecimento dos seus talentos. Um dia que favorece o trabalho, os contatos profissionais. Sentimentos e sensibilidade estimulados.

Período de turismo menos intenso

G A

Representantes no Rio e São Paulo:

• Hélio Cordeiro

O Diário agora é seu canal de comunicação em São João da Barra.

Mudanças que podem chegar de forma surpreendente e arrebatadora. Conscientize-se do que não pode mais continuar. O apego a velhas situações pode criar a necessidade de mudar radicalmente.

Função da cola

I

CNPJ 04.853.257/0002-28

Rua Carlos de Lacerda, 13 – Centro Campos dos Goytacazes – RJ Tel: (22) 3054-4200

Diretor de Jornalismo

(21/5 a 20/6)

© Revistas COQUETEL 2013

Letra que não precede o "P"

A

PH Gomes Editora Ltda.

• Depto. Comercial/ Assinaturas (22) 3054-4200

Gêmeos

Capacidade de prender a respiração

D O

SÃO JOÃO DA BARRA

da-feira (18). A ANS anunciou ainda que, ao todo, 37 planos de sete operadoras estão sendo reativados após terem solucionado totalmente seus problemas assistenciais. A suspensão das vendas não afeta o atendimento aos atuais usuários desses planos de saúde, mas impede a inclusão de novos clientes. Na última suspensão, determinada em agosto, a agência atingiu 212 planos de saúde de 21 operadoras.

Cuidado com a tendência a se apegar a velhos paradigmas e conceitos, taurino. O momento atual é desafiador e quanto mais você resistir às mudanças, pior será. Há fatores que estão além da vontade pessoal.

Projétil usado por policiais para reprimir manifestações Diminuir a largura

A O S

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) anunciou ontem (13) a suspensão da venda, por três meses, de mais 150 planos de saúde, administrados por 41 operadoras. A decisão é consequência do descumprimento de prazos estabelecidos para atendimento médico, realização de exames e internações, além de negativas indevidas de cobertura. A suspensão - sétima determinada pela agência - começará a valer a partir da próxima segun-

(21/4 a 20/5)

Mudanças nos relacionamentos e nas bases domésticas e familiares são necessárias. Surpresas podem ocorrer nas relações. Velhas formas e fórmulas não servem mais, libriano. Entregue-se ao que a vida quer de você.

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS

www.coquetel.com.br

B A Z A R

ANS suspende venda de 41 planos de saúde

Touro

(23/9 a 22/10)

B A I X A T E M P O R A D A

Por 10 votos a 1, vencido apenas o ministro Marco Aurélio, o plenário do Supremo Tribunal Federal determinou, na sessão plenária de ontem (13), a prisão

imediata, em função de trânsito em julgado da condenação, de Henrique Pizzolato (foto), ex-diretor de Marketing do Banco do Brasil, apenado no julgamento do processo do mensalão com 12 anos e 7 meses de reclusão. Ele não tem direito a embargos infringentes, por ter sido condenado por unanimidade (11 votos a 0) por corrupção passiva e peculato, e por 10 votos a 1 (lavagem de dinheiro). As condições da primeira decretação de prisão imediata serão ainda definidas no final desta parte do julgamento dos recursos da ação penal - que se iniciou nesta tarde - com a apreciação dos segundos embargos de declaração de 10 condenados na ação penal do mensalão, em função de alegadas contradições ou omissões no acórdão dos primeiros embargos.

Momento de ruptura com velhos padrões, para que haja uma libertação, ariano. Situações delicadas envolvendo individualidade, carreira. O que precisa morrer, ser finalizado?

Libra

I G

DIVULGAÇÃO

Basta de palavras vazias, sentimentos falsos, sorrisos frios e abraços forçados. O que queremos mesmo é sentir o calor verdadeiro do outro e ter planos para um futuro juntos. Queremos abraçar quem amamos e nos sentir amados nos pequenos gestos do próximo. Não queremos amizades de fachada e muitos menos amigos que nos apunhalam pelas costas, sem o menor pudor. Não queremos estar perto de pessoas que se escondem atrás de máscaras e posam como boazinhas. Queremos amigos que nos amem e queiram estar perto, sem representar e sem hesitar quando precisa dizer um “não” ou negar algo, mesmo que esteja ao alcance, mas apenas para nos privar de um possível sofrimento. Não estamos aqui para viver pela metade e muito menos deixar que o outro, seja ele quem for, seu amigo ou não, estrague tudo de bom que você conquistou até aqui. Não permita que alguém faça de sua vida uma terra infértil e cheia de imperfeições como um solo mal arado. Cultive boas e verdadeiras amizades, colegas que valham a pena um sorriso e um gesto fraterno. Esteja sempre cercado de pessoas do bem e que lhe queiram bem. Mais vale uma vida com amigos verdadeiros do que viver na ilusão, tentando somente alcançar o espaço do outro. Pessoas que vivem na sombra esperando um momento de crescer a custas alheias, não valem sua atenção, seu apreço e muito menos tempo. Seres humanos inferiores se aproximam com facilidade e sempre tentam levar vantagem, ocupando espaços que não lhe pertencem, tentando ser profissionais copiando os melhores da sua área de atuação, mas nunca conseguem o que almejam: o sucesso. O sucesso é resultado de um a receita básica, segundo Lair Ribeiro: PREPARO + OPORTUNIDADE. Muitos despreparados acabam fazendo manobras ordinárias para conseguir na vida uma oportunidade de demonstrar suas habilidades. No entanto, sua máscara logo cai e a imagem de pessoa boazinha, meiga e boa profissional, acaba no fundo do poço. O sucesso é uma oportunidade que vem para quem está preparado. Não basta querer puxar o tapete alheio, atrapalhar o trabalho do outro ou inventar mentiras para parecer maior que uma formiga, pois mesmo um inseto como este tem seu valor no mundo, enquanto um ser humano sem caráter e mesquinho vive na sombra dos outros esperando para se aproveitar da oportunidade alheia.

(21/3 a 20/4)

O

STF vota pela prisão imediata de Pizzolato

Áries

Passatempo

V I A V E L

Jornalista Editora do jornal O Diário/SJB

145ª. Delegacia Legal/SJB (22) 2741-1314 Câmara Municipal (22) 2741-1301 Prefeitura Municipal (22) 2741-7878 Pronto Socorro (22) 2741-1818 Santa Casa (22) 2741-1272 CEDAE (22) 2741-1056/2741-1401 Correios (22) 2741-1244 Retiro São João Batista (22) 2741-1401 Secretaria Municipal de Saúde (22) 2741-4175 Posto de Urgência (PU) Barcelos (22) 2741-5432 Posto de Urgência (PU) Mato Escuro (22) 2721-1038 PU – SJ da Barra (22) 2720-4055 Unidade M. de Saúde – Açu (22) 9946-6817 Unidade M. de Saúde – Cajueiro (22) 2741-5750 Unidade M. de Saúde - Atafona (22) 2741-2718 Unidade M. de Saúde – Grussaí (22) 2741-3504 Unidade M. de Saúde – Sabonete (22) 2721-1057 Fórum Municipal (22) 2741-1644 Disque Entulho (22) 2741-1511 Meio Ambiente (22) 2741-7878 R: 322 Guarda Civil Municipal 153 Defesa Civil Municipal 199 Corpo de Bombeiros 192 Polícia Militar 190

HORÓSCOPO

S O J A

Carla Flávia Barreto

7

| São João da Barra | quinta-feira, 14 de novembro de 2013

O T

Um dia a máscara cai!

TELEFONES ÚTEIS SÃO JOÃO DA BARRA

Entretenimento

B A L A D E B O R R A C H A

Colunão

Artigo

Opinião

C

| São João da Barra | quinta-feira, 14 de novembro de 2013

3/leg — rom. 4/anti — goma. 6/viável. 8/afunilar.

2

REDE GLOBO

AMOR À VIDA l GLOBO l 21H Bruno convence Paloma a esperar para saber o que ele esconde. Simone entrega a xícara com a digital de Félix para César. César se revolta com Félix por contratar Anjinho. Vanderlei repreende Perséfone por tentar emagrecer com um regime inadequado. César pede para Assis tentar encontrar as digitais de Félix na echarpe de Paloma. Leila perde a paciência com Natasha. Rafael presenteia Linda. Neide pede para Leila afastar Rafael de Linda. Ninho convence Paulinha a fazer um programa diferente com ele. Leila discute com Rafael. As mulheres do hospital ficam curiosas para conhecer Anjinho. Paloma critica Félix por contratar seu amante. Valdirene visita Márcia e acaba se encontran-

do com Carlito. Niko pede que Eron o ajude a conseguir a guarda de Jayminho. Amarilys destrata Jayminho. Natasha questiona Thales sobre seu relacionamento com Lelila. Eron e Rafael tentam impedir César de fazer uma procuração completa para Aline, e ela ameaça se separar do marido.


6

| São João da Barra | quinta-feira, 14 de novembro de 2013

Geral

MUSICAL NO CINE TEATRO SÃO JOÃO AMANHÃ

Grupo teatral sanjoanense prepara estreia de espetáculo para este feriadão Da Assessoria

Teatro e MPB se misturam no primeiro pocket musical encenado pelo grupo Nós na Rua. Assim, os amantes da quinta arte vão se deleitar com o musical “Será melhor?” que estreia amanhã (15), no Cine Teatro São João. A peça é uma montagem do grupo teatral sanjoanense Nós na Rua e fica em cartaz até o dia 24. Após o fim do seu relacionamento amoroso, Alice faz uma viagem interior ao encontro dos pensamentos que podem levá-la a alegria ou a tristeza quando do rompimento de uma grande paixão. Os sentimentos da personagem se entrelaçam com a música popular brasileira, deixando o espectador vidrado em

cada cena do espetáculo. O primeiro musical apresentado pelo Nós na Rua foi em 2010, intitulado “Com todas as palavras...”. Nesse ano o grupo inovou trazendo o “Será melhor?” no melhor estilo pocket musical - uma peça curta, com 40 minutos de duração. O elenco é formado pelos atores Felipe Monda e Daniella Constantini, que aos domingos dá lugar a Carol Carvalho. A direção geral é de Silvano Mota e a direção musical de Nando Dias. “Será melhor?” fica em cartaz nos dias 15, 16, 17, 22, 23 e 24, sempre às 20h30, com classificação de 14 anos. O ingresso custa 10 reais à venda na bilheteria do Cine Teatro São João, localizado à rua Gladys Teixeira, 233, Centro.

SECOM - PMSJB

CINE TEATRO vai apresentar amanhã o musical “Será Melhor?”, do grupo Nós na Rua

Doação com teste mais eficaz para detectar HIV e hepatite DIVULGAÇÃO

MINISTÉRIO DA SAÚDE também ampliou idade para doação, passando de 67 para 69

O Ministério da Saúde ampliou para 69 anos a idade máxima para doação de sangue no Brasil, o que amplia em dois milhões o público potencial de doadores. A atual faixa etária para doação é de 16 a 67 anos. Países como EUA, França e Espanha já trabalham com a faixa etária de até 69 anos. O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, também assinou, em Brasília, portaria que torna obrigatória a realização do teste NAT (teste de ácido nucleico) em todas as bolsas de sangue coletadas no país. Atualmente, são coletadas no Brasil 3,6 milhões de bolsas por ano, o que corresponde ao índice de 1,8%. Embora o percentual esteja dentro dos parâmetros da OMS, o Ministério da Saúde trabalha para chegar ao índice de 3%. Em 2012, o Ministério da Saúde reduziu a idade mínima para doação de 18 para 16 anos (com autorização do responsável). Com a expansão das idades mínima e máxima dos doadores, houve a abertura para 8,7 milhões novos voluntários. “A qualidade da rede de sangue brasileira já é reconhecida internacionalmente. A implantação do teste NAT e o questionário (aplicado nos hemocentros

aos doadores) complementam o controle do sangue doado, por meio de testes já realizados no SUS”, salientou o ministro Alexandre Padilha, lembrando que a totalidade do sangue coletado na rede pública já é testada pelo NAT. Durante o evento, o ministro anunciou que a Fiocruz desenvolve tecnologia para detecção da hepatite B no teste NAT com previsão de uso a partir do segundo semestre de 2014. O Sistema Único de Saúde oferta, desde a década de 90, os testes para detecção dos vírus das hepatites B e C, HIV, Doenças de Chagas, Sífilis e Malária (na Região Norte). O teste NAT será realizado de forma adicional (para detecção de HIV e hepatite tipo C) somado aos exames de sorologia que continuarão sendo aplicados. O Ministério da Saúde também distribui vacina para prevenção da hepatite B. “Celebramos a adoção do teste NAT, tecnologia já adotada em outros países e que representa o que há de mais avançado no mercado para a detecção dos vírus da hepatite C e HIV”, afirmou o presidente da Associação Brasileira de Hematologia e Hemoterapia e Terapia Celular (ABHH), Carmino Antonio de Souza.

3 AUDIÊNCIA SOBRE DERRAMAMENTO DE ÓLEO NA BC Política/Geral

| São João da Barra | quinta-feira, 14 de novembro de 2013

Reunião tratou das compensações relativas ao ocorrido no Campo de Frade, em 2011 A Câmara Federal, através da Comissão de Meio-Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, atendeu a uma solicitação do Deputado Federal Fernando Jordão, e realizou uma audiência pública, na última terça-feira (12), para tratar das compensações relativas ao derramamento de 3,6 mil barris de petróleo do Campo de Frade, na Bacia de Campos, no Estado do Rio de Janeiro, em 2011. Ao final do evento, ficou definido uma série de critérios que compuseram um TAC, assinado nesse dia 13, que garante um compensação financeira no valor de R$ 95 milhões, que serão aplicados de acordo com um cronograma a ser estabelecido pelo Ibama, ANP e Chevron, com aceite do Ministério Público. “Além desses órgãos, propus que a comunidade local seja ouvida. Afinal ela é a maior interessada na manutenção das características de seu lugar. Temos que acabar com essa posição autoritária de impor ações e empreendimentos sem ouvir a população. Além disso, a Comissão de Meio Ambiente deverá acompanhar toda a determinação dos critérios de aplicação

DIVULGAÇÃO

COMPENSAÇÃO pelo acidente ambiental é defendida por deputados federais

dos recursos, bem como os investimentos propriamente ditos”, pleiteou Fernando Jordão. Por ocasião do vazamento a empresa responsável pelo vazamento, Chevron, foi multada em R$ 60 milhões. A multa já foi paga, com 30 por cento de desconto, totalizando mais de R$ 42

milhões, mas até agora nenhum centavo foi investido para recuperar aquele ecossistema ou para evitar que novas situações como aquela ocorram. Na ocasião do vazamento, em novembro de 2011, uma audiência pública foi realizada nessa mesma Comissão, também solicitada pelo Deputado

Federal Fernando Jordão. Há poucas semanas, o parlamentar foi verificar o andamento do processo administrativo instalado pela Agência Nacional de Petróleo (ANP) e pelo Ibama. “Ao fazer essa verificação constatei que a multa havia sido paga, mas que nenhum centavo havia sido aplicado no meio-ambiente afetado pelo derramamento de óleo. Esse dinheiro entrou para o caixa da União e eu quero saber o que foi feito com ele. Devemos essa explicação a população, que acompanhou aflita o problema e depositou em nós a confiança de verificação a situação”, enfatizou Fernando Jordão. Para sanar todas as dúvidas foram convidados para a participar da audiência, realizada no último dia 12, o IBAMA, representado por Marcelo Amorim, Coordenador de Atendimentos a Acidentes Tecnológicos, Ministério Público, a ANP, representada por Marcelo Safra, da Área de Segurança Operacional e Meio-Ambiente, a Chevron, através de Rafael Williamson, Diretor de Assuntos Corporativos, e a Secretaria de Meio-Ambiente do Estado do Rio de Janeiro.

São João da Barra recebe pouco mais de R$ 33 milhões em PE ISAÍAS FERNANDES

ECONOMISTA Alcimar Chagas analisa

Na última segunda-feira (11), os municípios produtores de petróleo receberam mais uma Participação Especial (PE), referente ao terceiro trimestre de 2013. A Prefeitura de São João da Barra recebeu R$ 33.697.278,54, enquanto o município de Campos, R$ 179.373.500,99 representando um crescimento de 19,74% em relação ao trimestre anterior, em agosto, quando a Agência Nacional de Petróleo (ANP) repassou ao município R$ 149.800.759,89. Outros municípios que tiveram direito ao repasse foram Macaé R$ 13.303.910,33; Quissamã R$ 2.638.219,66; Carapebus R$ 580.805,83; Rio das Ostras R$ 36.414.191,85; Casimiro de Abreu R$ 11.759.536,14; Cabo

Frio R$ 37.294.670,46 e Búzios R$ 5.896.221,81 Para o economista da Universidade Estadual do Norte Fluminense (Uenf), Alcimar Chagas, a entrada desses recursos, que são decorrentes do volume produzido, deve ser motivo de comemoração, mas provocar, por exemplo, uma melhoria na atividade econômica dos municípios. “O IBGE apresentou um estudo feito em 2012 sobre a atividade agrícola no Brasil e constatou que muitos municípios estão com dificuldades. Os royalties poderiam ser melhor aplicados”. De janeiro a outubro, segundo ele, Campos recebeu R$ 518,9 milhões só de royalties, valor que praticamente dobra com a PE, passando a representar 55% do orçamento

total do município. Já Macaé recebeu R$ 348 milhões, que junto com a PE representa 30% do orçamento. São João da Barra ficou com R$ 86,2 milhões. Com a PE, os valores também dobram, representando 70% do orçamento. As indenizações repassadas aos municípios e estados produtores nas proporções atuais podem estar comprometidas com o projeto de lei do senador Vital do Rêgo, que prevê a redistribuição dos royalties, resultando em perdas principalmente ao Rio de Janeiro e ao Espírito Santo. A proposta foi aprovada pelo Senado e pelo Congresso Nacional, mas uma liminar da ministra Carmem Lúcia, do Supremo Tribunal Federal, suspendeu as novas regras.


4

| São João da Barra | quinta-feira, 14 de novembro de 2013

Geral

| São João da Barra | quinta-feira, 14 de novembro de 2013

5

TUPINIKIM ENGENHEIRO AGRÔNOMO

DILMA ANALISA PROPOSTAS DE LÍDERES

Cristiano Pajehu é o primeiro índio formado pela Universidade Estadual do Norte Flu

Garotinho esteve na reunião defendendo novo piso nacional para agentes de Saúde

Da Assessoria Ele nasceu na aldeia Caieiras Velhas, a cerca de 380 quilômetros de Campos dos Goytacazes, mas a distância — não só física como cultural — não o impediu de correr atrás do sonho de se tornar engenheiro agrônomo. Pertencente à tribo Tupinikim, localizada no município de Aracruz, no vizinho Estado do Espírito Santo, Cristiano Fraga Pajehu, de 32 anos, é o primeiro aluno indígena a se formar pela Universidade Estadual do Norte Fluminense (Uenf) — e o primeiro de sua tribo a obter um diploma em uma universidade pública. Mas até chegar à Uenf — onde ingressou em 2008 e se formou este ano — Pajehu teve que superar muitos obstáculos, como por exemplo a falta de escolas próximas à sua aldeia. O ensino médio/técnico em agropecuária foi feito na Escola Família Agrícola de Olivânia (Efao), situada em Anchieta, a 170 quilômetros de Aracruz. Depois, Pajehu cursou Administração de Empresas nas Faculdades Integradas de Aracruz (Faacz).

O agora engenheiro agrônomo diz que o fato de já ter uma graduação não o fez acomodar quando entrou na Uenf. O sonho de Pajehu, desde muito cedo, era fazer Agronomia e, assim, poder ajudar seu povo quanto à melhor maneira de produzir alimentos. Pajehu conta que sempre trabalhou dentro das aldeias, prestando serviço como autônomo ou empregado. Na época em que fazia o curso técnico, ficava uma semana em casa e outra semana na escola, no sistema de metodologia de alternância. Quando estava em casa, desenvolvia projetos comunitários. “Fui estudar na Uenf com o intuito de voltar assim que terminasse o curso, e por isso estou de volta. Espero que os meus conhecimentos possam realmente proporcionar uma vida melhor para o meu povo”, declarou. De volta à aldeia, Cristiano aguarda a oportunidade de desenvolver seu trabalho com a comunidade, sobretudo apresentando alternativas para o extrativismo da aroeira, planta nativa da região. Ele tem projetos para o cultivo da planta,

REPRODUÇÃO

PAJEHU de 32 anos é o primeiro índio a se formar pela Universidade Estadual

com o objetivo de dar mais segurança para o agricultor. “No extrativismo, a gente colhe num ano e às vezes passa até dois anos sem colher. Penso em ensinar como é possível cul-

tivar a aroeira e, assim, obter uma renda mais satisfatória”, diz Cristiano, que, como os demais indígenas, recebeu apoio da Fundação Nacional do Índio (Funai) para estudar.

Média salarial de negros é 36% menor, segundo aponta pesquisa do Dieese DIVULGAÇÃO

CIENTISTAS negros ganham menos

Os negros representam 48,2% dos trabalhadores nas regiões metropolitanas. Mas, mesmo assim, a média de seu salário chega a ser 36,1% menor do que a de não negros. As diferenças salariais recebem pouca influência da região analisada, das horas trabalhadas ou do setor de atividade econômica, o que significa que os negros efetivamente recebem menos do que os brancos. As informações são do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômi-

cos (Dieese) e foram divulgadas ontem (13). A pesquisa, realizada entre 2011 e 2012 nas regiões metropolitanas de Belo Horizonte, Fortaleza, Porto Alegre, Recife, Salvador e São Paulo, além do Distrito Federal, aponta desproporção também em relação à formação educacional. Dos negros trabalhadores, 27,3% não haviam concluído o ensino fundamental (que vai do 1º ao 9° ano) e apenas 11,8% conquistaram o di-

ploma de ensino superior, ao passo que entre os não negros em atividade 17,8% não terminaram o ensino fundamental e 23,4% formaram-se em uma faculdade. E, segundo o Dieese, esse cenário se reflete nos ganhos salariais. Ainda de acordo com o Dieese, um trabalhador negro com nível superior completo recebe na indústria da transformação, em média, R$ 17,39/hora, enquanto um não negro chega a receber R$ 29,03 por hora.

O líder do PR, deputado federal Anthony Garotinho (RJ), juntamente com outras lideranças dos partidos da base aliada, foi recebido em audiência pela presidente da República, Dilma Rousseff, para tratar de várias pautas que possam onerar os cofres do governo, entre elas a aprovação de um novo piso nacional para os agentes comunitários de saúde (PL 7495/06). O principal encaminhamento girou em torno da votação de propostas que podem onerar os cofres do governo. Uma das propostas em negociação prevê o pagamento de um piso salarial para os agentes de saúde de R$ 850 para 2014, restando a definição das formas de reajuste para os anos subsequentes, que poderia resultar em um piso de R$ 903 ou de R$ 938,50. Dilma está preocupada com uma proposta em desacordo com o que seria possível para o governo custear. Participaram da reunião de líderes da base do governo, além de Dilma, os ministros da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, da Fazenda, Guido Mantega, da Saúde, Alexandre Padilha, e das Relações Institucionais, Ideli Salvatti. “Como todos sabem, venho me empenhando nessa luta para apoiar os agentes comunitários de saúde. A expectativa é de que teremos boas notícias, até porque o governo precisa cumprir o que combinou”, disse deputado Garotinho. Segundo o líder do PR na Câmara, o governo inviabilizou a votação do projeto com o objetivo de ganhar tempo para negociar uma proposta em que o custo do aumento salarial dos

FOTOS: MARCELLO CASAL JR/ABR - AGÊNCIA CÂMARA

PREOCUPAÇÃO da presidente Dilma Rousseff é com as propostas dos líderes que podem onerar os cofres do governo

agentes seja repartido com os estados ou com os municípios. Hoje, a União é responsável pelo custeio desses agentes de saúde

e já repassa R$ 950 por profissional, mas parte dos recursos é retida pelos municípios para pagamento de encargos. Para

que esse valor se torne o piso salarial da categoria, o governo quer que outro ente sustente o pagamento dos encargos.

SEGUNDO GAROTINHO o governo inviabilizou a votação do projeto com objetivo de ganhar tempo para negociar proposta

O Diário SJB 14/11/2013  

O Diário SJB 14/11/2013

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you