Issuu on Google+

| São João da Barra | sexta-feira, 2 de agosto de 2013

Esportes

São João da Barra/RJ | sexta-feira, 2 de agosto de 2013 | Ano 01 | Número 66 | www.odiariodecampos.com/saojoaodabarra |

reforço no treino de olho no returno

Sanjoanense não relaxa nas atividades físicas e táticas para enfrentar a Cabofriense

São João da Barra

Fabio Menezes-ASCOM ECSJB

Da Assessoria Completando a nona semana sem partidas oficiais pela Série B, os jogadores do São João da Barra seguem fazendo trabalhando técnicos, táticos e físicos com vistas à partida com a Cabofriense, válida pela semifinal da Taça Corcovado, ainda sem data estabelecida pela Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro. O amistoso agendado com o Mimosense, no interior do Espírito Santo, que seria disputado amanhã (3), foi cancelado pelos dirigentes do clube capixaba. O treinador Edson Souza, satisfeito com o desempenho dos seus jogadores nos empates com o Friburguense e o Vigserv, ambos em 1 a 1, lamentou perder a data para mais um jogo em que voltaria a fazer observações, mas optou por intensificar os trabalhos táticos até o final da semana, quando o grupo ganha folga após as atividades da manhã de sábado, voltando ao Estádio Municipal Manoel José Viana de Sá também pela manhã. “Seria mais uma boa oportunidade e sei que meu time seria bastante exigido assim como foi na semana passada. O desgaste da viagem seria mínimo e a possibilidade de colocar em prática o que foi trabalhado após o jogo do último sábado me agradaria bastante, com chances reais de experimentar duas novas formações, uma em cada tempo, mas na próxima semana inevitavelmente precisaremos de algum jogo-treino de alto nível, considerando inclusive algum adversário da Série A do Rio”, expli-

DIVULGAÇÃO

8

SANCIONADA LEI QUE OBRIGA ATENDIMENTO EMERGENCIAL PARA VÍTIMAS DE ABUSOS • colunão P•2

AGÊNCIA O DIA

PMDB ANUNCIA RENÚNCIA DE SÉRGIO CABRAL PARA ABRIL DE 2014 Time sanjoanense treina com afinco para boa atuação no returno pela disputa do Campeonato Estadual da Série B cou. Ciente que não contará mais com alguns jogadores que não tiveram seus contratos renovados, o técnico acredita que não perderá em qualidade e que as baixas não mudarão a maneira da equipe atuar pelas características dos jogadores que permaneceram no elenco. “Felizmente pude contar até aqui com um grupo forte, tanto que

alcançamos a classificação à semifinal de um campeonato de extremo equilíbrio. Hoje estamos entre os cinco clubes que brigam por duas vagas à Série A do próximo ano graças ao bom nível técnico dos jogadores e em ambiente de total tranquilidade, com salários em dia, ótimas condições de trabalho e atletas devidamente regularizados. Para cada posição, sem exceção, tenho pelo

menos dois jogadores que atendem às necessidades de uma equipe coesa e competitiva e, em alguns casos, até três. Os que entrarem certamente vão querer mostrar algo diferente e terão a chance de aparecer no nosso momento mais decisivo, o que pode significar melhora no nosso rendimento na partida com a Cabofriense”, garantiu o treinador sanjoanense.

Embora governador declare que “ainda está decidindo”, presidente do partido afirmou ‘estratégia’ devido aos constantes desgastes sofridos por Cabral e sua expressiva queda de popularidade nas pesquisas. • política P•3 kaká pede reunião com dnit

decisão em breve na política

ecsjb investe em táticas

Vereador pede ações Justiça: novas eleições Amistoso suspenso, de segurança na 356 ou chamar 2º colocado mas treinos mantidos • coluna P•6

• geral P•4

• geral P•5

• esportes P•8


Sjb0208