Page 1

04 Outubro 2009 Edição 3

Director: Joaquim Manuel

Edição Online

Semanal

Governo Mantém a mesma Politica

Nesta edição:

Liga Sagres

2

Benfica em Falência

2

Opinião

5

Federer Volta

6

Andebol….Taça

7

Joana Lemos

6

Ultimas

9

Governo compromete-se no seu Programa, relativamente ao sector do Desporto, a manter a "estratégia de desenvolvimento que foi seguida nos últimos anos", assumindo também neste campo as propostas eleitorais do PS. Num sector em que o titular da Secretaria de Estado da Juventude e do Desporto, Laurentino Dias, também foi reconduzido, a continuidade é a linha de força do Programa, com o sector a ser tratado no capítulo "Mais desporto, melhor qualidade de vida". Entre os "eixos em que se continuará a apostar" estão, entre outros, "o fomento da actividade desportiva infanto-juvenil e o reforço da sustentabilidade organizativa e financeira do movimento associativo". São também referidos no Programa do Governo "a luta contra as práticas irregulares na competição, a protecção da saúde dos praticantes, a luta contra a dopagem e a garantia de transparência e verdade na gestão desportiva". Entre outras medidas, pretende-se "consolidar e reforçar os cuidados e serviços médico-desportivos, prosseguindo a modernização do Laboratório de Análises e Dopagem e optimizando o Centro Nacional de Medicina Desportiva". No plano do Alto Rendimento, dá o Governo "plena garantia de execução" aos contratos já assinados com os Comité Olímpico e Comité Paralímpico de Portugal para o projecto de Londres 2012, pretendendo também "acompanhar em proximidade os atletas, treinadores e árbitros de alto rendimento durante e após a sua carreira desportiva". Por outro lado, avança-se para um "programa nacional de detecção de jovens talentos", que são os jovens que poderão participar em Jogos Olímpicos, campeonatos do Mundo ou da Europa, ao mesmo tempo que se dá luz verde para a instalação da Agência Antidopagem de Portugal. Quer ainda o Governo reforçar "a aposta nos eventos desportivos que promovam Portugal, qualifiquem o desporto nacional e incentivem os cidadãos à prática desportiva", e "a cooperação bilateral e multilateral, com especial relevo para os países da CPLP e para os países da UE".

Conselho de Disciplina Decidiu…. O Benfica reclamou hoje a conquista do título nacional de futebol de juniores após ser conhecido um acórdão do Conselho de Justiça (CJ) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) que responsabilizou adeptos "encarnados" pelos incidentes do jogo interrompido em Junho. Este Espaço Pode ser Seu Saiba como: odesportivo@iol.pt

Por seu turno, o dirigente sportinguista responsável pela academia de formação e estágio de Alcochete, onde se registaram os confrontos, congratulou-se pela decisão do órgão de recurso da FPF, remetendo qualquer decisão sobre o título para os responsáveis federativos. "Em função da decisão expressa no acórdão do Conselho de Justiça, hoje notificado, em que se pode ler 'mantendo-se a decisão recorrida', confirmase a atribuição do título de campeão nacional de juniores da época 2008/2009 ao Sport Lisboa e Benfica", lê-se numa nota no sítio oficial do clube da Luz na Internet. Contudo, os dirigentes do Benfica, referindo que o documento é "pouco ou nada conclusivo e até, em algumas partes, ininteligível", instam a FPF a "divulgar quais as consequências que daí extrai".

1


Página 2

O Desportivo

Edição 3

Liga Sagres...Braga é Lider

1 2 3 4 5 6

Braga Benfica FC.Porto Rio Ave Nacional U.Leiria

25 22 20 14 14 13

Sp. Braga, Rio Ave, Nacional da Madeira e União de Leiria. Quatro motivos para acreditar que há vida para lá dos nomes do costume na Liga portuguesa. A formação arsenalista lidera um grupo de inconformados com a ordem instalada, disposto a reordenar a tradicional disposição da tabela classificativa. Domingos Paciência soube preparar o Sp. Braga para um duelo escaldante com o Benfica, encravando a máquina goleadora de Jorge Jesus. Braga foi dos bracarenses e a equipa da casa teve apoio maioritário no Estádio AXA, algo pouco habitual nos duelos com os encarnados de Lisboa. Ao vencer Sporting, F.C. Porto e Benfica, os arsenalistas dissiparam todas as dúvidas: temos candidato! O Benfica perdeu porque não soube lidar com uma situação adversa. Habituado a dominar, foi dominado nos minutos iniciais. E não mais recuperou. Aliás, neste fim-de-semana prolongado, F.C. Porto e Sporting conseguiram algo mais, mas ainda assim insuficiente. Os dragões tropeçaram frente ao Belenenses e estão a cinco pontos da liderança. A contestação é incomparavelmente menor que em Alvalade, onde um golo portentoso de Manu provou que, para baixo, todos os santos empurram. Paulo Bento não assistiu à cena, mas o empate do Sporting frente ao Marítimo (em crescendo desde a saída de Carvalhal) originou apedrejamentos e tiros de borracha da polícia. Mau demais. Devagar, sem fazer ondas, o Rio Ave seguiu o seu rumo e chegou ao quarto lugar da tabela classificativa. Aos 34 anos, João Tomás prova que quem sabe não esquece. Terceiro golo na Liga, desta vez no terreno do Olhanense (0-1). A equipa de Jorge Costa joga, é um facto, mas não pontua. Nacional da Madeira e União de Leiria completam o leque de intrusos entre o triunvirato da praxe. Os insulares foram surpreendidos por um Vitória de Setúbal revitalizado por Manuel Fernandes, mas deram a volta ao resultado (2-1). A formação leiriense, com a arte da «dupla perfeita» (Cássio e Carlão), venceu em Paços de Ferreira. Numa ronda com várias diferenças mínimas, valeram as figuras. Kerrouche, com o seu quinto golo em época de estreia, deu o triunfo à Naval frente ao Leixões. Ao cair do pano da 9ª jornada, a primeira vitória para a única equipa que ainda não tinha saboreado tal feito. A Académica de Coimbra, agora orientada pelo jovem André Villas Boas, ultrapassou o V. Guimarães de Paulo Sérgio. Fica o registo, sem mais ilações, até surgirem indicadores mais fiéis.

Finanças querem vender superfície do Bonfim O direito de superfície do Estádio do Bonfim, campo de treinos e bingo do Vitória de Setúbal, propriedade da empresa Ventos de Negócio Empreendimentos e Investimentos Imobiliários Lda., foi colocado à venda por 16,9 milhões de euros. As propostas de aquisição do direito de superfície dos terrenos do Estádio do Bonfim poderão se entregues até 15 de Dezembro, às 16:00, estando a abertura das mesmas prevista para as 10.00 do dia seguinte (16 de Dezembro de 2009). De acordo com a informação publicitada pela Direcção-Geral dos Impostos, a venda do direito de superfície do Estádio do Bonfim resulta da execução de uma penhora sobre a empresa Ventos de Negócio Empreendimentos e Investimentos Imobiliários Lda., do grupo Pluripar. A holding Pluripar, na qual a Sociedade Lusa de Negócios (SLN) tem uma participação de 50 por cento, é a promotora do empreendimento urbanístico do Vale da Rosa, para onde está prevista a construção de cerca de 7.000 fogos, zonas comerciais e um estádio municipal - que a autarquia,

2


O Desportivo

Edição 3

Página 3

Benfica em Falência Tecnica Benfica, SAD, ressente-se com ausência da Liga dos Campeões Presença na próxima edição é, pois, 'obrigatória'. Empréstimos, reforço da equipa e indemnização a Quique Flores pesam. E há a compra de 50 por cento do passe de Mantorras. A Benfica Futebol, SAD apresentou o seu relatório e contas consolidado relativo ao exercício 2008/2009 (compreendido entre 1 de Julho de 2008 e 30 de Junho do ano em vigor), que apresenta um resultado líquido negativo de praticamente 35 milhões de euros (34.855.766). Não obstante, nem o rótulo de falência técnica parece preocupar Luís Filipe Vieira e seus pares, que consideram não existir motivo para alarme. O presidente da SAD, na mensagem que pode ser lida no documento, fala em degradação do balanço em termos de passivo, mas deixa bem patente a convicção de que a performance desportiva valorizará os futebolistas do plantel. Mesmo acima dos valores que constam no relatório. O valor líquido do plantel ascende a 70 milhões de euros, subindo em relação aos cerca de 53 milhões e meio do exercício anterior, mas a Administração encarnada acredita que pode ser melhor, sobretudo se conseguir êxitos desportivos nas provas nacionais e internacionais. A importância da Liga dos Campeões nesse capítulo é, pois, indiscutível, dado tratar-se da prova de clubes que mais valoriza futebolistas. E é a conquista do campeonato nacional, única forma de marcar directamente presença na fase de grupos da Champions, que inspira investimentos realizados no reforço do plantel da equipa principal, ascendendo no seu conjunto a 41,6 milhões de euros, no decorrer do exercício 2008/2009. Estes números estão essencialmente relacionados com as aquisições dos direitos desportivos de Carlos Martins, Pablo Aimar, e Sidnei, no início da época 2008/2009, e Shaffer, Ramires, Patric e Saviola antes do início da temporada 2009/2010, em curso. O investimento em jogadores, assim como a criação do Benfica Stars Fund, que permite o encaixe de pelo menos 22 milhões de euros, a contabilizar apenas no próximo exercício, estão obviamente ligados à necessidade quase obrigatória de chegar à Liga dos Campeões, cujo peso no relatório e contas também se reflecte, habitualmente, em receitas de bilheteira e televisão. Entre os aspectos relevantes da vida da Sociedade Desportiva do Benfica surge uma mensagem muito clara: ao ficar comprometido o acesso à Liga dos Campeões, há um impacto negativo nos resultados económico-financeiros da Benfica Futebol, SAD. Acordo por Mantorras Um dos pontos que salta à vista é o pagamento de dois milhões de euros do Benfica ao Alverca, pelos restantes 50 por cento do passe de Mantorras. Segundo fonte ligada ao processo, o acordo judicial entre os dois clubes foi alcançado nos 1,7 milhões de euros, mas houve ainda lugar ao pagamento de mais 300 mil euros referentes a acertos da aquisição da totalidade do passe. Passivo alto e Quique caro O passivo da Sociedade Despeotiva do Benfica subiu e de que maneira, para mais de 178 milhões de euros, quando era de sensivelmente 125 milhões no exercício anterior. Esta variação de 53,6 milhões de euros está intimamente relacionada, de acordo com o relatório, com os empréstimos obtidos, que em termos líquidos variaram cerca de 56,1 milhões. Uma das parcelas que aumentam significativamente as despesas da SAD encarnada está relacionada com as indemnizações, inseridas nos custos com pessoal, que subiram de 770 mil euros para mais de 3 milhões e meio. Uma grossa fatia deste valor está directamente relacionada com a rescisão e consequente pagamento do ano de contrato à equipa de Quique Flores (Fran Escribá, Pako Ayesta-

3


Página 4

O Desportivo

Edição 3

Joana Vasconcelos...A Nossa Promessa A canoista Joana Vasconcelos, eleita a Jovem Promessa portuguesa de 2009 pela Confederação de Desporto de Portugal (CDP), revelou hoje o desejo de "deixar marca" no desporto nacional, com "repetidos resultados de eleição". "Sou apaixonada por desporto, adoro a canoagem. Sobra-me vontade de treinar, determinação e desejo de triunfar. Sou uma atleta simples e extremamente disciplinada. Os resultados mostram que tenho valor. Acredito que tenho capacidade para deixar marca no desporto português e é isso que quero fazer", disse, à agência Lusa. A júnior de Vila Nova de Gaia é a actual campeã da Europa e do Mundo nos "olímpicos" K1 500 metros, tendo ainda conquistado a prata mundial em K1 1 000, bem como o bronze europeu na mesma distância, resultados que a tornaram na atleta internacional de 2009 na canoagem jovem. A atleta do CN Crestuma revela um "desejo enorme de superação permanente" e manifestou a convicção de que pode "ajudar a canoagem a tornar-se um desporto ainda mais querido em Portugal" e construir uma carreira ao nível de Rosa Mota, a sua "ídolo". Joana Vasconcelos está a começar agora o primeiro ano de sénior "ciente das crescentes dificuldades" que a esperam, mas com a "mesma ambição de sempre para triunfar". "Sou forte física e psicologicamente e sinto-me preparada para os desafios, cada vez mais complicados. Sou muito bem orientada pelo seleccionador Ryszard Hoppe e pelo técnico Rui Fernandes, a federação tem-me apoiado imenso e dado - a mim e aos meus colegas - todas as condições para o sucesso, pelo que agora tudo depende apenas de mim", afirmou. A canoista também foi nomeada para melhor atleta feminina do ano, prémio que acabou por ser atribuído à jovem tenista Michelle Brito: "Acredito que fiz o suficiente para também ganhar esse prémio, mas reconheço que houve outras seniores que também tiveram resultados excelentes. O público entendeu votar maioritariamente na Michelle Brito, pelo que lhe dou os parabéns, mereceu".

Queiroz divulga convocados no domingo Carlos Queiroz (na foto), seleccionador de Portugal, divulga no próximo domingo os convocados para os jogos do play-off de apuramento para o Mundial de 2010, na África do Sul, diante da Bósnia, a 14 e 18 deste mês. Cristiano Ronaldo, avançado do Real Madrid, é a grande dor de cabeça do seleccionador. O jogador continua a recuperar de lesão, ainda não foi dado como apto, embora na Federação Portuguesa de Futebol haja confiança na sua chamada. Quem não estará nesta lista é o médio Pedro Mendes, do Glasgow Rangers, que também está a contas com uma lesão. Carlos Queiroz pré-convocou Ruben Micael, do Nacional da Madeira, mas dada a boa forma de Hugo Viana, do Sp. Braga, também não é de descartar uma eventual convocatória. No próximo domingo Queiroz retirará todas as dúvidas.

4


O Desportivo

Edição 3

Página 5

As Guerrinhas entre o F.C.Porto e o Benfica Há muito tempo que vejo trocas de piropos e acusações entre o FC Porto e o SL Benfica . Confesso que me parecem criancices! Estas guerrinhas não servem de nada, nem fazem sentido nenhum! Enojam-me e revoltam-me por me aperceber de que movimentam ódios sem fundamento algum, apenas porque uns gostam de um clube e outros gostam de outro. Que acham? De um lado temos os que falam do clube do regime, os que falam dos Vales e Azevedos, dos Estoril Gates, das escutas do Vieira, etc. Do outro temos os que falam dos corruptos, dos bimbos, dos Pintos da Costa e das frutinhas. Ou seja, temos dois exemplos muito ilustrativos do que é a sociedade portuguesa . É a capacidade de generalizar, de falar mal, de acusar e de andar a medir o tamanho das coisinhas, sem finalidade alguma. A mim irrita-me que estas gentes sejam capazes de mover ódios e de serem criativas apenas para coisas inúteis e fúteis, e incomoda-me verdadeiramente uma data de coisas. 1º Como cidadão do Porto irrita-me a treta dos bimbos e dos corruptos, pois revela uma arrogância abismal da parte de quem se acha mais e melhor, por ser ou da capital, ou do Benfica. Até porque, tendencialmente, estes adjectivos são dirigidos de forma global aos portuenses. Trata-se de um conceito bacoco e absolutamente insultuoso . 2º Como amante da liberdade irrita-me a treta do regime , parte da nossa história que devemos recordar como negra e que envolve toda uma série de factores que são ignorados deliberadamente ou por simples ignorância. Nessa época, o Estado era pródigo em explorar os nossos produtos mais mediáticos, fez isso com a Amália, com o Benfica e com muitos ícones das artes e da literatura. Estes dois pontos são na minha opinião o exemplo perfeito do disparate e da inveja, e demonstram bem a mentalidade portuguesa , neste caso dos adeptos dos dois clubes, e da vontade que têm em desculpar o fracasso das suas equipas com factores externos ao desporto. É nitidamente uma falta de respeito pelo valor que ambas têm ou tiveram em épocas diferentes, e é mesmo insultuoso o facto de ignorarem o valor e as conquistas que ambos os clubes alcançaram. 3º Como amante do futebol e do desporto em geral irrita-me esta falta de fair play que, de repente, passou a ser interpretado como uma treta, principalmente desde que um treinador resolveu dizê-lo como tal. O fair-play não é uma treta, treta são aqueles que dizem pensar tal coisa. 4º É óbvio que o Benfica tem uma história e um passado digno e vencedor. É óbvio que isso merece o respeito e orgulho de todos os portugueses. É óbvio também que hoje em dia está afastado desse passado, mas eu pessoalmente, espero que voltem a ser o que foram outrora . 5º É óbvio que actualmente o clube mais forte de Portugal é o FC Porto e é óbvio que todas as vitórias e conquistas foram concretizadas por mérito desportivo próprio, e só mentalidades mesquinhas e invejosas acreditam que se deveram apenas a factores externos ao desporto. 6º É óbvio que existe corrupção no futebol e gente corrupta em todos os clubes . Existe em todos os sectores da economia e da sociedade, claro que existe no desporto. 7º É óbvio que se pesquisarmos e abdicarmos dos nossos clubismos, chegamos a personagens menos dignos e suspeitos em todos os clubes incluindo os nossos. 8º É óbvio que quando se deixa que o futebol se torne a parte mais importante da nossa vida , isso revela que somos pessoas superficiais, que transformam o trabalho dos outros em algo do qual nos orgulhamos e chegamos ao cúmulo de achar que também faz parte de nós, ou pior, que nós fazemos parte dele! Daí expressões tipo, ganhamos, somos campeões, somos os maiores, etc, etc. 9º É óbvio que não se espera que isto mude, pois é óbvio também que o português valoriza coisas sem interesse e ignora coisas válidas e positivas, por inveja, por limitação mental, ou simplesmente, porque não quer ver mais longe do que as cores que ama o permitem . Resumindo, estas guerrinhas não servem de nada, nem fazem sentido nenhum. Enojam-me e revoltam-me por me aperceber de que movimentam ódios sem fundamento algum, apenas porque uns gostam de um clube e outros gostam de outro. Proponho que passemos todos a gostar da mesma mulher ou do mesmo homem , da mesma comida e da mesma bebida, da mesma música e dos mesmos filmes. E já agora vou mais longe, e proponho que passemos todos a gostar do mesmo país... 5


Página 6

O Desportivo

Edição 3

700 mil para assegurar Federer N.º 1 do ténis regressa a Portugal. Lagos subiu o 'cachet' do suíço e espera autorização para cortar um eucalipto e ficar com estádio maior. Vários meses de negociações e um cachet na ordem dos 700 mil euros, aos quais se poderão juntar mais de 75 mil euros caso vença a competição, tiveram como resultado a presença do número um do ténis mundial na 21.ª edição do Estoril Open, agendado para 1 a 9 de Maio de 2010. O anúncio do regresso a Portugal de Roger Federer foi feito ontem por João Lagos, director do torneio português, que já sonha voltar a bater o recorde de assistência do torneio, 53.888 espectadores, registado em 2008, precisamente no ano em que o suíço se estreou no Estoril e venceu. Na altura, o tenista suíço, que ostentava o estatuto de melhor do ranking ATP, chegou aos 54 troféus conquistados enquanto profissional. Agora, que já soma 61 títulos, promete manter o nível do espectáculo, justificando o elevado prémio de presença (o maior da história da competição). O DN sabe que Lagos garantiu Federer por cerca de 700 mil euros, pagando assim mais 200 mil do que em 2008. O director do torneio não confirmou o montante, admitindo apenas foi superior ao que foi pago há dois anos. "Seria um milagre, numa época em que tudo sobe, sobe, não subir o cachet de uma figura como esta, que bateu todos os recordes. Temos uma pequena sorte que o dólar esteja a facilitar um pouco esta situação, porque o nosso euro está muito forte", disse Lagos, que lamenta não ter conseguido as tão desejadas novas instalações para receber o campeão. É que ainda não é em 2010 que o Estoril Open vai ter outra casa, no entanto, existe a possibilidade do Court Central ser maior. "Estamos a fazer os possíveis para termos um estádio maior. Mas temos de ultrapassar alguns pequenos obstáculos. Se nos autorizarem a tirar um grande eucalipto que há lá, teremos 9 mil lugares", disse Lagos, que também confirmou a presença do norteamericano James Blake, finalista vencido este ano.

6


O Desportivo

Edição 3

Página 7

ANDEBOL..TAÇA SEM GRANDES SURPRESAS Neste fim-de-semana houve taça de Portugal. Taça que apenas contempla a participação de equipas dos PO’s inferiores ao PO01. ZONA SUL Tirando o afastamento do Emp. Comércio, tendo perdido em casa com o Almada, podemos dizer que não existiram grandes surpresas. Destacamos o interessante confronto entre Vitória e Loures, num jogo bastante equilibrado e no Passos Manuel -Alto Moinho que também houve equilíbrio até final. Nesta zona Almada, Alto Moinho, Olhanenses, Vela Tavira, Paço Arcos, Vitória passaram à fase seguinte. GF Emp. Comercio 20-21 Almada AC NAAL Passos Manuel 28-30 CCR Alto Moinho GA Portalegre 31-40 CD Olhanenses C Vela Tavira 39-17 GDR Quinta Nova CD Paço Arcos 39-20 Lagoa AC Vitória FC 30-28 GS Loures Gin. Sul – CD Marienses (8 Novembro -19h) ZONA NORTE A norte não existiram grandes surpresas. O Sismaria ia sendo surpreendido pelo Gondomar, o Oleiros viu-se negro num jogo extremamente equilibrado, o Alavarium passou o difícil teste no Académico e o Avanca parece começar a entrar no trilho das vitórias, se bem que desta vez contra uma equipa de divisão inferior, de resto foi mais ou menos a confirmação do esperado. Passam à próxima fase as seguintes equipas, Alavarium, GC St.Tirso, Afifense, Sismaria, Maria Balaio, Infesta, Avanca, Oleiros, Modicus, Leça. Académico FC 25-27 Alavarium ACA GDC Azurara 25-36 GC Santo Tirso AD Albicastrense 27-30 AD Afifense Gondomar Cultural 24-26 Farmácia Lis / Sismaria CDC Santana 25-35 AD Maria Balaio FC Infesta 43-17 CD Lousanense Ílhavo AC 21-27 AA Avanca S Paio Oleiros 35-34 ADA Maia-Ismai Modicus 36-14 Batalha CA Leça 34-30 Académico Viseu FC Na próxima eliminatória já estarão as equipas do PO01 e pode ser que comecem a haver as habituais surpresas, características desta prova.

7


O Desportivo

Edição 3

Página 8

Doze portugueses já obtiveram os mínimos Doze atletas lusos já obtiveram os mínimos da FPA para os Europeus de atletismo, hoje divulgados, mas esse número subiria para mais do dobro se fossem contabilizados as marcas consideradas pela Associação Europeia (EAA), menos exigente. A principal competição da época será o Europeu, entre 26 de Julho e 01 de Agosto, em Barcelona, e são já 12 os atletas portugueses que alcançaram os mínimos fixados, que começaram a contar a 15 de Agosto passado, data do início do Mundial de Berlim, excepto para os maratonistas e marchadores (50 km), cujo prazo se iniciou no início do ano. Nelson Évora (triplo), Marco Fortes (peso), João Vieira (20 km marcha), Sara Moreira (5000 m e 3000 m obstáculos), Ana Dias (10000 m - e maratona, em Veneza), Jessica Augusto (3000 m obstáculos), Naide Gomes (comprimento) e os maratonistas José Moreira, Luís Feiteira, Fernando Silva e Marisa Barros são 11 dos atletas que, em Berlim, cumpriram os mínimos. O outro nome dessa lista será Inês Monteiro ou Ana Dulce Félix, nos 10.000 metros. Aparentemente ambas fizeram folgadamente marca em Berlim2009, só que a organização decidiu não considerar para fins estatísticos as marcas de cerca de metade das participantes no Mundial. Nesse grupo estaria Inês Monteiro, segundo a listagem estatística da IAAF, mas tudo aponta, incluindo declarações das atletas, para que seja mais uma "confusão" da federação internacional e que a penalizada seja mesmo Dulce Félix. De qualquer forma, o seleccionar nacional reserva-se o direito de poder seleccionar atletas que tenham somente os mínimos internacionais - como já fez para Berlim2009 -, o que permite ultrapassar essa situação, com as marcas que as portuguesas obtiveram na Taça do Mundo de 10.000 metros, na Ribeira Brava. Com os mínimos internacionais contados a partir do início do ano, há já 26 atletas com marca e vários outros se apresentam muito próximo do objectivo, pelo que a delegação deverá ultrapassar as três dezenas. Todos eles deverão demonstrar um bom estado de forma em data próxima do Europeu, nomeadamente no Campeonato de Portugal, a realizar duas semanas antes. A FPA divulgou hoje igualmente os critérios de selecção para outras 13 competições internacionais a realizar ao longo de 2010, em corta-mato, estrada, pista coberta, ar livre e montanha. Mais restrito é o acesso ao Campeonato do Mundo de pista coberta, a realizar em Doha (Qatar), de 12 a 14 de Março. Pelas marcas da época passada, apenas Jessica Augusto, Sara Moreira, Inês Monteiro (todas nos 3000m), Naide Gomes (comprimento), Rui Silva (1500 m), Nelson Évora (triplo) e Marco Fortes (peso) teriam acesso à competição. Outro ponto alto da época será o Campeonato da Europa de Selecções, no qual Portugal participará na I Liga, em Budapeste, a 19 e 20 de Junho, duas semanas depois do Campeonato Ibero-Americano, este ano a realizar em San Fernando (Espanha). Para além das competições tradicionais, realizar-se-ão em 2010 os I Jogos Olímpicos da Juventude, em Singapura (14 a 26 de Agosto), para atletas juvenis, com uma fase europeia de qualificação em Moscovo, de 21 a 23 de Maio.

8


TV DESPORTO Rua Elísio de Moura Nº 80 2 º Dto 4710-422 Braga

DAS I P A R

Rescisão com Quique custou 2 milhões de euros ao Benfica Cinco meses após a saída de Quique Flores do Benfica, foi conhecido o valor da rescisão do contrato da equipa técnica liderada pelo espanhol: 2 milhões de euros

tel. 253217150 Telem. 910921145 Email: odesportivo@iol.pt Autódromo do Algarve celebra aniversário com ocupação superior a 85 por cento O Autódromo Internacional do Algarve (AIA) celebra hoje o seu primeiro aniversário, com uma taxa de ocupação superior a 85 por cento, tendo passado pelo recinto cerca de meio milhão de espectadores. De acordo com Paulo Pinheiro, responsável do AIA, o "primeiro ano de actividade foi extremamente positivo" para o circuito, "assim como para a região do Algarve". "Acolhemos os melhores eventos desportivos mundiais e fomos aclamados pelos especialistas como um dos melhores circuitos a nível mundial. Além disso, e porque um circuito não vive apenas das grandes provas automobilísticas, tivemos uma taxa de ocupação superior a 85 por cento", referiu.

Evangelista defende Ronaldo em carta aberta a Platini

O presidente do Sindicato dos jogadores profissionais de futebol, Joaquim Evangelista, enviou uma carta aberta ao presidente da UEFA, Michel Platini, onde aborda as críticas feitas por O árbitro Martin Atkinson foi o designado para diri- Platini à política de contratações do Real Madrid e em especial, gir o encontro Portugal-Bósnia-Herzegovina, que se a do português, Cristiano Ronaldo. realiza dia 14 de Novembro, sábado, às 20h30. Este Com base nas declarações feitas por Platini, em Espanha, onde desafio refere-se à primeira-mão do play-off de aces- refere que Messi iria ganhar todos os prémios a nível individual, Evangelista expressa, deste modo, o seu ponto de vista e so ao Mundial da África do Sul 2010. do sindicato português

Atkinson apita Portugal-Bósnia-Herzegovina

Juniores - Benfica pondera requerer nulidade da leitura do acórdão do CJ O Benfica pondera requerer a nulidade da leitura do acórdão do Conselho de Justiça da Federação Portuguesa de Futebol, que considerou os "encarnados" responsáveis pela interrupção do jogo de juniores frente ao Sporting, disse hoje fonte do clube. De acordo com esta fonte, o clube "encarnado" considera que "foi revista matéria de facto sem terem sido ouvidas novas testemunhas ou introduzidos novos dados", pelo que pondera requerer a nulidade do acórdão. Na segunda-feira, a relatora do processo, Alexandra Pessanha, disse à Agência Lusa que o acórdão era claro ao considerar que "o único responsável pela interrupção do jogo", da sexta jornada da fase final do último campeonato nacional de juniores da época passada, realizado na Academia de Alcochete, "foi a claque do Benfica". Desta forma, e de acordo com a relatora, o título nacional 2008/2009 será atribuído ao Sporting, uma vez que o acórdão do Conselho de Justiça atribuiu a culpa em exclusivo à claque do Benfica pelos acontecimentos em 27 de Junho.

Camacho: “Nunca voltarei ao Real Madrid como treinador" O treinador do Osasuna José António Camacho recusa qualquer hipótese de voltar ao Real Madrid como treinador. Em declarações ao jornal espanhol “Onda Cero”, esta terça-feira, Camacho não deixa espaço para dúvidas: “Nunca voltarei ao Real Madrid como treinador. Se o Real Madrid precisar de mim nunca será como treinador”. O técnico do Osasuna analisou o plantel do Real Madrid e salienta a dedicação de jogadores como Cristiano Ronaldo e Kaká e a diferença de atitude nos treinos dos madrilenos. “A nível profissional, creio que Cristiano e Kaká são os primeiros a chegar e os últimos a sair. Treinam constantemente.

Madaíl: "É urgente mudar os regulamentos e estatutos federativos" Gilberto Madaíl, presidente da Federação Portuguesa de Futebol, comentou, em nota publicada no site oficial da FPF, a decisão tomada pelo Conselho de Justiça sobre os incidentes durante o jogo Sporting -Benfica em juniores, Rescisão com Quique custou 2 milhões de euros ao decisivo para a atribuição do título de campeão nacional Benfica da temporada transacta. Cinco meses após a saída de Quique Flores do Ben- Madaíl deixou claro que não se encontrava no país na fica, foi conhecido o valor da rescisão do contrato data dos incidentes, pelo que não acompanhou o caso, da equipa técnica liderada pelo espanhol: 2 milhões no entanto, deixou a sua opinião: “Defendi que se mande euros dasse imediatamente repetir ou continuar o jogo a partir do momento da interrupção”.

9

O Desportivo 3  

Jornal Desportivo

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you