Issuu on Google+

Locomotiva

Puxando o assunto, trazendo o debate, levando informação 10 de setembro - sábado - nº32 - Distribuição Gratuita

Moradores da Vilinha cobram promessas não cumpridas

|Pág. 3

Abandono e medo de novas enchentes

Centro de Mairiporã muda com crescimento do comércio |Pág 7

Multa Novidades para usuários do Sem Parar|Pág4

Projeto “Bombeiro Mirim “ensina primeiros socorros e cidadania|Pág6


2

10 de setembro - sábado - nº32 - Distribuição gratuita

NOS TRILHOS Pesar A vereadora Neiva Hernandez apresentou Moção de Pesar pelo falecimento de Dom Bruno Gamberini, arcebispo de Campinas. Dom Bruno Natural de Matão, Dom Bruno foi bispo da diocese de Bragança Paulista, que inclui Franco da Rocha, de 1995 a 2004. Durante o período, Dom Bruno esteve na cidade para rezar a missa na capela dos Valos, durante a tradicional festa.

A

EDITORIAL

A ideia é mudar a imagem da cidade na mídia. Levar o nome de Franco da Rocha para os jornais e programas de te� levisão de maneira positiva. Bem, não é uma missão fácil. Vira e mexe a gen� Márcio em 2012. Tudo indica, mas tudo pode te encontra uma bomba ou fica sabendo mudar até lá. de mais uma rebelião na Fundação Casa. Apesar da violência e das notícias policiais, Tucanos o que mais acaba com a autoestima da po� E Márcio também pode pulação é tornar a ser manchete por causa ter dificuldades em das enchentes. Porque mais do que a fúria da emplacar seu nome no natureza, a enchente é provocada pela falta de PSDB. Já falamos sobre atenção com o lugar e demonstra que nada, ou a possibilidade, muito muito pouco, se faz por determinada região. comentada nos corredores Quem nunca ouviu piadinha de amigos de da Alesp, do ex-deputado outras cidades por morar em área de en� Widerson Anzelotti vir a se chente? Porque violência está em toda parte, candidatar.

Vereador da Paradinha Assim que George assumiu o mandato de vereador, a Paradinha, um dos maiores bairros da cidade passou a ter um representante na Obrigação para os postos Câmara, depois de muito tempo. de gasolina Os vereadores Pablo 17 para 11 Cunha e Tenório A região tem tido fizeram aprovar lei dificuldade em emplacar que obriga os postos de gasolina a exibirem um vereador desde que o placa com a relação do número diminiu de 17 para preço do álcool com a 11 vereadores. Com muitos candidatos, acaba não gasolina. Resta saber qual a punição para os elegendo nenhum. que não atenderem a Sem executiva lei. O Partido Verde (PV), Quem é o de Franco da Rocha, está vice? sem comissão executiva. O Continua a polêmica Diretório Estadual publicou sobre o vice de Pinduca. o fim do mandato em Parece que não se 20/07/2011. entendem sobre quem seria, já que, ao se falar A vez da mulher num nome, logo é Jussara Lins e Silva (PT) desmentido. assume a vereança em Francisco Morato, no dia 12 Vice que sobe de setembro, na qualidade de Tudo indica que suplente, já que o vereador Pinduca será mesmo o Anderson pediu licença por candidato do prefeito 90 dias.

Expediente Locomotiva é uma publicação semanal da Edito-

Reportagem: Luciene Machado

ra Havana Ltda. ME.

Colaboradora: Adriana Mendes

Circula em Franco da Rocha, Caieiras, Francisco

Projeto gráfico: Feberti

Morato, Mairiporã e região.

Diagramação: Vinícius Poço de Toledo

E-mail: jornallocomotiva@gmail.com

Todos os artigos assinados são de responsa-

Tiragem: 10 mil exemplares

bilidade de seus autores e não representam,

Editor: Ricardo Barreto Ferreira Filho

necessariamente, a opinião do jornal.

Locomotiva

VOCÊ SABE? VOCÊ CONHECE?

O CRAS é um equipamento público municipal, vinculado à Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social, tendo sido estruturado no município em 2007, nos moldes previstos na Política Nacional de Assistência Social. É um espaço físico destinado ao atendimento de indivíduos e famílias, procedentes do território de abrangência, que se encontram em situação de vulnerabilidade social, expostas à riscos e fragilidades, tendo por perspectiva desenvolver ações e serviços básicos continuados

mas ver a cidade destruída pelas águas, in� sistentemente a cada janeiro, é ‘privilégio’ nosso. No começo deste ano ouvimos pro� messas e acreditamos que, dessa vez, não teríamos mais que passear de bote pelas ruas centrais. Mas, pelo jeito, nossas en� chentes ainda não serão águas passadas. Piscinões, polders e responsabilização da SABESP deixaram de ser o tema enquanto o sol brilha em nossa castigada cidade. Mas quem já teve que limpar a lama de dentro de casa e que convive diariamente com a marca da água nas paredes não esqueceu e teme pela chegada do verão e das chuvas. Para eles o prejuízo não é só financeiro, é moral. Mas moral, ética, comprometimento são palavras que muita gente não conhece a definição.

CRAS

Centro de Referência da Assistência Social

destinados ao fortalecimento de vínculos familiares e comunitários, combate e prevenção de situações de risco, por meio de ações planejadas e desenvolvidas por uma equipe técnica Também procura o estímulo à convivência entre crianças de 0 a 6 anos e suas famílias, com ações voltadas à garantia dos direitos da criança, previstas no Estatuto da Criança e do Adolescente. Outro serviço diz respeito à oferta de cursos de capacitação profissional, visando a inserção no mercado de trabalho.

A equipe de funcionários atuantes no CRAS realiza uma média mensal de atendimento de cerca de 500 pessoas. Além de dotação orçamentária do município, o CRAS recebe recursos federais do Piso Básico Fixo e do IGD – Índice de Gestão Descentralizada do Programa Bolsa Família.

Rua Silas dos Santos, 441 – Parque Vitória. Telefone: 4444-8145 E-mail: craspv1@francodarocha. sp.gov.br


Locomotiva

3

10 de setembro - sábado - nº32 - Distribuição gratuita

Prefeitura não cumpre compromisso com moradores da Vilinha

e outras autoridades, como o todos os impostos. “É uma ver-

A Vila Nossa Senhora Aparecida sofre com Suplicy, estavam presentes ”, diz a gonha essa situação. Não tivemos constantes cheias. Apesar das promessas, professora, que perdeu mesa, ca- nem o abatimento no imposto. o descaso com o bairro continua evidente

Moradores da Vilinha, próxima ao Supermercado Russi, em Franco da Rocha, estão revoltados com a falta de atenção por parte da prefeitura no caso da enchente que deixou a cidade debaixo d’água no começo do ano. De acordo com a moradora Joanice Gomes, foi prometido pela prefeitura uma ajuda em

dinheiro no valor de R$ 1000,00 para cada família atingida pelo desastre, verba esta proveniente do Governo Federal “Quando tudo aconteceu, uma assistente social nos procurou, levando alguns documentos e até agora não tivemos nenhum retorno. As autoridades municipais só vieram aqui porque a imprensa

deiras e estante na enchente, que indaga “O rio Ribeirão Eusébio e o Juquery até setembro estão ‘repousando’, mas em outubro eles ‘acordam’ e aí o que vamos fazer? Nem a limpeza dos rios é feita. Tem moradores que estão reformando as casas, esperando pelo pior”. Ao contrário do que dizem, os moradores da Vilinha não estão em área invadida, pois pagam

Eu e alguns vizinhos ouvimos de pessoas de lá de dentro da prefeitura que estamos acostumados com a água na nossa porta e só deram importância porque a enchente repercutiu na mídia. Mas no ano que vem, ano de eleição, eles virão oferecendo ajuda. Espero que as pessoas da vila tenham consciência e tomem cuidado”, indigna-se Joanice, que mora na vila há 27 anos.

Obras contra enchentes estão paradas em todo Estado Quando fala sobre obras de combate a enchentes, o governador Geraldo Alckmin (PSDB) costuma dizer que as intervenções devem ser feitas nos meses que se escrevem sem a letra “R”, ou seja, entre maio e agosto, já que nesta época chove pouco. Até agora, porém, apenas um dos quatro projetos do pacote antienchente

apresentado no início do ano começou a ser feito. O governo do Estado começou o desassoreamento (retirada de sedimentos) dos Rios Tietê e Pinheiros em 26 de maio. Outras duas obras, um canal paralelo ao Tietê no Parque Ecológico e um piscinão no ABC paulista, estão atrasadas por causa de questionamentos

de editais na Justiça. Os muros para evitar enchentes na Marginal do Tietê, quarta promessa, aguardam lançamento de licitação. “O governo não fez o que prometeu. Quando fez, foi abaixo do desejado”, diz o professor aposentado de hidráulica da USP Júlio Cerqueira Cesar Neto. “O

problema burocrático, de editais, o poder público conhece antes de fazer a promessa.” Até o fim de agosto, os sedimentos removidos do Tietê, segundo o Departamento de Água e Energia Elétrica (Daee), correspondem a 11,5% do total de sujeira que precisa ser retirado até dezembro de 2012. Em um cenário otimista, os

diques que evitariam o transbordamento do Tietê perto das Pontes Aricanduva, Vila Maria, Vila Guilherme e Limão ficam prontos em março de 2013. Pela licitação que está sendo feita, a empresa escolhida terá 18 meses para executar o serviço, de R$ 75 milhões. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.


4 AQUI TEM

10 de setembro - sábado - nº32 - Distribuição gratuita

Locomotiva

Esta nova seção do Locomotiva é dedicada ao comércio de Franco da Rocha, o mais forte da região. Em cada edição, vamos mostrar um produto ou serviço que é prestado aqui, do lado de casa.

Hell Tatoo:

Tatuagem com responsabilidade Fazer uma tatuagem é uma decisão que precisa ser pensada e decidida com seriedade porque as marcas ficam para sempre. Mas, para o tatuador, o ato de desenhar o sonho de alguém é coisa que precisa estar acima disso. Além do domínio da técnica, o profissional precisa ser um pouco de psicólogo às vezes para que a pessoa entenda que nem sempre a tatuagem sonhada valerá a pena no futuro. Em Franco da Rocha, o jovem Giancarlo Pinceli, empreendedor de apenas 26 anos, é proprietário do estúdio Hell Tattoo,

Motoristas começam a ser multados no “Sem Parar” O sistema que permite ao motorista não parar nas cabines de pedágios pelas estradas no Brasil, agora tem uma novidade. Mas parece que a tal novidade não foi informada aos motoristas. Multas. Essa é a novidade, descoberta por muitos depois de já terem sido multados. O sistema Sem Parar confirmou a existência desta norma que entrou em vigor no dia 5 de setembro. Mesmo com a implantação do sistema, não houve notificações públicas sobre a decisão. A denúncia foi realizada no Programa Brasil Urgente, apresentado por

José Luiz Datena. O apresentador enfatizou que concorda com uma velocidade estabelecida, para evitar acidentes, mas segundo ele, os motoristas tinham o direito de ser avisados. Datena ainda questionou se a velocidade de 40km/h é ideal para evitar congestionamentos nos pedágios, já que a intenção do Sem Parar é de evitar filas nas estradas. A implantação do sistema de multas no “Sem Parar” não foi avisada a população pelo Governo do Estado e por nenhuma Concessionária das rodovias.

especializado em tatuagem e colocação de piercing, e que já conta com uma clientela fiel que vai desde jovens de 18 anos até avós que se aventuram em seu primeiro desenho. “Aqui vem gente de todas as idades, só não tatuamos menores de idade, nem com autorização dos pais, porque além de ilegal, seria antiprofissional tatuar alguém que ainda não tem condições de saber o que quer de verdade”, explica Gian. Responsável por uma equipe de 12 tatuadores e mais seis profissionais especializados em colocação de piercing, Gian, que começou sua empresa há seis anos, em Franco da Rocha, já expandiu os negócios para Francisco Morato e São Paulo. Para ele, o mais difícil é encontrar profissionais capacitados para as lojas. “Seguimos um padrão de qualidade

e não é fácil conseguir profissionais de alto nível. Mas até agora tivemos muita sorte. Quem começou aqui, está até hoje, só crescemos”, orgulha-se. “Eu comecei o estúdio com cerca de R$2 mil em caixa. Hoje tenho certeza que os riscos que corri valeram a pena”, afirma Gian que, além do sucesso como empresário, fez muitos amigos na cidade e incluiu em seu currículo muitas histórias engraçadas de gente que sonha com sua tattoo. Hoje em dia, se a tatuagem é o novo uniforme da juventude, o estúdio de Gian é a promessa de satisfação garantida. “Somos profissionais e isso faz a diferença”, garante o empresário.

Site: www.helltatto.com Loja Franco da Rocha: Rua Azevedo Soares, 1468, 1º andar, Centro Telefone: 11 4443-8613


Locomotiva

5

10 de setembro - sábado - nº32 - Distribuição gratuita

Névio é condenado por contrato com empresa de limpeza Outra vez o ex-prefeito Névio Dártora vê seu nome envolvido em denúncias e julgamentos desfavoráveis que podem complicar o seu futuro na política.

O mais recente caso envolvendo ilegalidades cometidas no Governo Névio Dártora, remete à possíveis irregularidades na contratação de prestadora de serviços de limpeza nas unidades de saúde, em dezembro de 2007, processo TC-012777/026/08, envolvendo valores de R$ 634.914,72 e R$ 126.755,96. Esta segunda interferência do órgão revela possíveis abusos cometidos pela administração de Névio Dártora, envolvendo a contratação direcionada de uma empresa, ou seja, a licitação foi feita já com a intenção

de privilegiar a empresa vencedora. Trata-se de contrato celebrado entre a Prefeitura Municipal de Caieiras, no governo Névio Dártora, e a Selter Construção e Terceirização Ltda., tendo por objeto a prestação de serviços de limpeza e conservação em UBSs e postos de saúde da cidade, com prazo de vigência de 12 meses a partir da assinatura do instrumento.

que a licitação pública assegure igualdade de condições a todos os concorrentes está expressamente prevista na Constituição, de modo que ao se incluir no edital, exigências que ultrapassem aquelas permitidas na legislação, Névio Dártora violou a lei ao favorecer determinadas empresas. Além disso foi observado pelo Tribunal de Contas que o preço contratado ficou 3,99% acima do orçado, restando prejudicado o princípio da ecoDecisão nomicidade. Isso significa que o De acordo com o Tribu- Poder Público não é livre para nal de Contas a garantia de contratar serviços e adquirir

produtos de quem quiser, uma vez que os recursos utilizados vêm do povo. Por este motivo não se pode beneficiar este ou aquele, de acordo com o interesse do prefeito. Devido a essas ilegalidades, Dártora foi condenado à multa, mas essa condenação poderá resultar em outras sansões como perda do mandato e cassação dos direitos políticos. O ex-prefeito Névio Dártora responde por vários outros processos, tanto no Tribunal de Contas quanto na Justiça comum. Na eleição passada integrou o time dos reprovados

Quer ser candidato a vereador? Prazo para filiação em partidos encerra este mês Qualquer cidadão, maior de 18 anos, pode se candidatar a vereador desde que se respeite algumas condições obrigatórias. Em primeiro lugar é necessário que se tenha nacionalidade brasileira ou condição de português equiparado. Também é essencial que o futuro candidato esteja em

pleno exercício dos seus direitos políticos, que tenha sido alistado, possuir domicílio eleitoral na circunscrição de pelo menos um ano antes da eleição. Entretanto, para que possa concorrer a uma vaga na Câmara Municipal, é necessário que o futuro candidato esteja filiado a um partido político a pelo menos um ano antes da eleição. É por este motivo que

grandes partidos da cidade, como o PT, estão recrutando pessoas que, mesmo sem nenhuma experiência política, têm interesse em participar das próximas eleições. Para se filiar ao PT, o cidadão interessado deve se dirigir à Rua Professor Carvalho Pinto, 08, 153, 2º andar, sala 08, Centro, Franco da Rocha. O telefone para maiores informações é 4444- 4688.

pela lei da “ficha limpa” salvando-se por decisão do Supremo Tribunal Federal que considerou a Lei válida somente para 2012.

Opinião

Para o presidente do diretório do PT de Caieiras, José Luiz, essas condenações demonstram que ainda há como se esperar pela Justiça. “Que seja o começo do fim do coronelismo e das oligarquias que se julgavam donas da cidade. Ainda acreditamos que essa época vai acabar”, declarou


6

10 de setembro - sábado - nº32 - Distribuição gratuita

Locomotiva

Bombeiro Mirim auxilia crianças na busca de melhor qualidade de vida

A criminalidade, violência e a marginalização são problemas sociais evidentes no país, surgindo quando o cidadão é privado de seus direitos essenciais. Neste sentido, o Projeto Bombeiro Mirim, agora também realizado em Franco da Rocha, tem como missão instruir a população com informações que irão contribuir para a formação do

caráter de crianças e adolescentes, como na precisão de realizar os primeiros socorros, combater um princípio de incêndio e auxiliar na prevenção de acidentes O Projeto, que é desenvolvido pelo Corpo de Bombeiros com a ajuda de algumas parcerias, atende especialmente crianças e adolescentes de comunidades carentes da cidade. Nele, os jovens

participantes desenvolvem conceitos como a disciplina, organização, responsabilidade, hierarquia e respeito, sendo que seus deveres enquanto bombeiro mirim são: desempenho escolar, responsabilidade mediante horários e freqüências, respeito aos colegas e instrutores, responsabilidade com material e vestuário, entre outros.

Beneficiários do LOAS deverão fazer o recadastramento em Caieiras Pessoas que não se recadastrarem podem perder o benefício

A prefeitura de Caieiras, em conjunto com o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome – MDS está convocando a população para o Recadastramento Obrigatório dos Beneficiários do Programa Federal – Benefício de Prestação Continuada – BPC LOAS, que deve acontecer até o dia 31 de outubro. Trata-se de um direito garantido pela Constituição Federal e consiste no pagamento de um salário-mínimo mensal a pessoa

com 65 anos de idade ou mais e a pessoa com deficiência ou incapacitada para a vida independente e para o trabalho. Para a concessão do benefício, em ambos os casos, a pessoa deve ser componente de família com a renda mensal per capita inferior a um quarto de salário-mínimo. O benefício é de responsabilidade do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome – MDS, a quem compete também o acompanhamento, avaliação e

financiamento. Ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) compete a operacionalização do benefício. O programa ainda visa o enfrentamento da pobreza à garantia da proteção social, ao provimento de condições para atender às contingências sociais e a universalização dos direitos sociais. O recadastramento deve ser realizado de dois em dois anos e os beneficiários que não realizarem tal recadastramento estão sujeitos a

terem seus benefícios bloqueados. As famílias que fazem parte deste programa devem comparecer na sede da secretaria de Promoção Social para efetivar o recadastramento. Em Caieiras, a secretaria está localizada na avenida Olindo Dártora, 02 – Cresciúma – Caieiras. O recadastramento está sendo feito desde o dia 29 de agosto, de segunda à sexta-feira, das 8 às 13 horas e somente poderá ser realizado até o dia 31 de outubro de 2011.


Locomotiva

7

10 de setembro - sábado - nº32 - Distribuição gratuita

Mairiporã cresce e comércio acompanha

Atualmente, dentre os diversos municípios que compõem a região, é possível destacar o crescimento econômico ocorrido no município de Mairiporã. Esta melhora, diretamente sentida pelos moradores, também já é observada por setores do comércio e até mesmo pela própria Prefeitura. Nestes últimos oito anos, no Governo Lula e agora no presidenta Dilma, o Brasil

passou por muitas transformações, dentre elas o aumento do poder aquisitivo do salário mínimo e a diminuição do desemprego. Estes fatos possibilitaram a ascensão social de muitos trabalhadores, que passaram a consumir no mercado interno e acabaram por aumentar as vendas no comércio. Setores como o de beleza cresceram

consideravelmente, como é o caso do Kállos Cabeleireiros, no centro da cidade. Um dos proprietários da casa, o cabeleireiro Gil, afirma que a procura pelos serviços do salão aumentou consideravelmente nos últimos anos. “São oito anos de crescimento contínuo”, afirma. O aumento de faturamento dos comerciantes também acabou por mudar a cara da cidade que recebeu alterações

6º Curta Atibaia receberá inscrições até 23 de dezembro Com o objetivo de estimular o desenvolvimento e a produção audiovisual municipal e regional, além de promover intercâmbio cultural, foram abertas inscrições para os interessados em participar do 6º Curta Atibaia. Poderão participar vídeos produzidos por diretores residentes nos município de Atibaia, Bom Jesus dos Perdões, Bragança Paulista, Campo Limpo, Francisco Morato, Franco da Rocha, Guarulhos,

Jarinú, Joanópolis, Mairiporã, Nazaré Paulista, Pedra Bela, Pinhalzinho, Piracaia, Tuiuti e Vargem. Os gêneros devem estar entre animação, documentário, ficção, experimental, vídeo arte, vídeo clipe e outros e o tema é livre. As produções devem ser datadas entre janeiro de 2010 a dezembro de 2012, confirmado nos créditos, e devem durar de cinco segundos a quinze minutos, excluindo os créditos de abertura e fechamento.

e reformas nas fachadas das lojas, fato que contribuiu ainda para melhorar a autoestima do próprio cidadão que agora vê uma cidade mais bonita e moderna. Os governos Lula e Dilma tiveram, ainda, participação em outras formas de crescimento econômico da cidade, com a realização de obras que contaram com recursos do governo federal e que contribuíram com a elevação do padrão de vida

da população mairiporanense. Quanto a Prefeitura, foi apurado que o orçamento do município, entre 2002 e 2003, era de cerca de R$40 milhões, enquanto neste ano chegou a R$124 milhões. Portanto, é visível a melhora das finanças públicas, o que acaba contribuindo com o comércio na cidade e com a própria qualidade da prestação dos serviços públicos oferecidos para a população.


8

10 de setembro - sábado - nº32 - Distribuição gratuita

NOSSA GENTE

Locomotiva

Nesta seção vamos registrar as histórias, os “causos”, a vida dos homens e mulheres que fizeram e fazem, a cada dia, a nossa cidade.

João Eduardo: A diferença entre um diretor e um educador O professor João Eduardo Ferreira é um velho – apesar de ainda jovem – conhecido de Franco da Rocha. Hoje diretor da ETEC Dr. Emílio Hernandez Aguilar, João começou sua carreira na área de educação física e se encantou pela oportunidade de ensinar. Nascido em São Paulo e criado em Mairiporã, chegou em Franco em 1990 quando se tornou co-proprietário da academia Vita, no centro da cidade. Então professor efetivo da rede estadual, João dividia seu tempo entre escolas e academias e aprendeu a conviver desde cedo com o universo dos franco-rochenses. Foi em 1997 que passou a exercitar seu lado de administrador quando assumiu a secretaria de Educação de Mairiporã. Dedicado, o jovem professor e administrador pós-graduado em gestão pública e

educacional, conseguiu na cidade aquilo que ninguém ainda tinha conseguido. Mairiporã ficou à frente, com educação digna de índices de primeiro mundo e a semente plantada por João e sua equipe fez com que o jovem acreditasse que podia fazer algo diferente em nossa região. E ele fez. Depois de uma temporada como professor do SENAC, em SP, e novas empreitadas em academias de ginástica, João decidiu investir em sua carreira de educador, dessa vez na recém-inaugurada ETEC de Franco da Rocha. Primeiro como professor, em dois anos João assumiu o comando da escola e transformou a ‘menina dos olhos” franco-rochense em referência estadual. Uma administração rigorosa, levada com seriedade e dedicação, é a receita do diretor João

que conhece seus mais de mil alunos pelo nome e que sabe seus horários, seus problemas e dificuldades. “Nós encaminhamos os jovens, mudamos o destino de muitos deles que já saem daqui empregados e isso não tem preço”, garante. João sabe que faz bem porque faz com amor. “Educar é mais que dar aulas, provas e notas. É um ato de amor ao próximo”, explica com o brilho nos olhos dos que tem satisfação pelo que fazem. E é assim que circula orgulhoso pelas rampas da escola e ainda arruma tempo para escrever livros que serão usados em outras ETECs do Estado. “Franco da Rocha tem, com a nossa ETEC, o que há de melhor em educação porque aqui formamos cidadãos com noções de disciplina, hierarquia e moral”, diz João.

Convite

SOCIAIS

No próximo domingo, dia 18 de setembro, o Partido dos Trabalhadores de Mairiporã realizará plenária popular a partir das 10h, na Rua Dourado nº 61, Barreiro. Todos estão convidados.

Nesta seção, traremos sempre as pessoas, lugares e eventos que brilham na vida social de nossa cidade e região.

Aniversariantes

Vivi Federzoni, 5 de

setembro

Vereador TG, 7 de

setembro

Claudia Campagnoli,

7 de setembro

Elias Ramos Junior, 10 de setembro

Fernanda Pitti, 11 de

setembro

Abel Valini, 12 de

setembro

Rafael Cabral, 14 de

setembro


Jornal Locomotiva 32