Page 1

Rondônia / 22 a 28 de abril de 2013 - Edição 94 - Ano III

Desvios de energia provocam prejuízos de arrecadação Página 09

JORNAL

Rondônia - 22 a 28 de abril de 2013 - Edição 94 - Ano III - R$ 2,50

Jovens contra a PEC 37

Governo Perto de Você chega a Guajará-Mirim Página 08

Depois de ser lançado em Buritis, no final do ano passado, onde, durante 15 dias, foram realizados quatro mil atendimentos entre expedição de documentos e procedimentos de saúde, agora é a vez do município Guajará-Mirim receber o programa Governo Perto de Você, desenvolvido pelo Governo da Cooperação, através da Secretaria de Estado de Assistência Social (Seas).


Opinião

2 In Foco

Rondônia / 22 a 28 de abril de 2013 - Edição 94 - Ano III

Artigo

De novo, toda cidade com biblioteca Por Luiz Carlos Amorim

D

“Nós vamos encontrá-lo e fazer justiça”, diz Obama durante homenagem às vítimas de Boston “Sim, nós vamos encontrá-lo e vamos fazer justiça! Nós vamos terminar a corrida! Não podemos deixar algo como isso nos parar. Isso não pode nos parar. É isso que vocês nos ensinaram, Boston”, disse o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, nesta quinta-feira (18) em Boston, durante ato ecumênico em memória das vítimas do atentado ocorrido durante a maratona da cidade na última segunda-feira (15). O evento foi realizado na Catedral da Santa Cruz de Boston, na presença de 2.000 pessoas que fizeram fila desde muito cedo para acompanhar a cerimônia, entre elas autoridades estatais e locais. “Uma celebração se tornou uma tragédia. Nós viemos hoje juntos para fazer uma homenagem, mas também para reafirmar que a essência dessa cidade e desse país vai permanecer unida e imbatível. Eu fui recebido aqui como um estudante de outro lugar. Fui bem recebido, assim como Michelle [Obama, a primeira-dama]. Nós andamos nessas ruas, conhecemos essa vizinhança e podemos dizer: ‘Boston você é minha casa’. Para milhões de nós, o que aconteceu na segunda-feira foi algo pessoal”, continuou. ”Se eles tentaram nos intimidar, nos aterrorizar, abalar os nossos valores... que nos definem como americanos, deve ficar bastante claro agora que eles escolheram a cidade errada para fazer isso. Não aqui em Boston”, disse Obama na cerimônia.

eparei-me com uma boa notícia em um jornal, há uns três ou quatro pares de anos - e olhe que notícia boa em jornal não é muito comum, cá pra nós. Falo do Projeto Livro Aberto, do Ministério da Cultura, que prometia implantar cento e trinta novas bibliotecas no país, naquele ano de 2005. Até o final de 2006, a meta era zerar a quantidade de cidades brasileiras sem salas de leitura. Não era uma boa notícia? Isso significava que as pequenas cidades que até então não tinham o benefício e a opção da leitura, passariam a ter a sua biblioteca pública municipal, com um acervo inicial de dois mil livros. Do kit faria parte também um computador com o acervo cadastrado, mesas e cadeiras. Só que os anos passaram e, assim como tantas outras promessas do governo anterior, essa também não foi cumprida. O tal projeto Livro Aberto seria um alento para a acirrada luta que travamos com o objetivo de se conseguir disseminar a leitura nesse país, para que se consiga despertar o gosto pela leitura. Mas não vingou. Então me deparo, recentemente, com outra notícia parecida com aquela de tantos anos atrás: “Biblioteca será obrigatória nas escolas do Brasil em

2020”. Para uma promessa que já havia sido feita há bastante tempo, prevendo que em 2006 não haveria mais cidade brasileira sem biblioteca pública, prometer isso de novo com tão largo prazo é uma confissão de nossos governantes de que não cumprem as suas promessas. Como os notebooks para os alunos de primeiro e segundo graus, prometidos há anos atrás e que também não foi cumprido. Essa promessa também foi reeditada, só que com tablets. O interessante é que, com todo esse prazo, a lei federal 12.244/10, que determina que todas as instituições de ensino pú-

blicas e privadas do Brasil devem ter bibliotecas até o ano de 2020, foi sancionada em 2010, já com três anos de defasagem, portanto. Segundo o movimento Todos pela Educação, 72,5% das escolas públicas do país não têm bibliotecas. O Brasil teria que começar já a entregar bibliotecas, para dar conta do recado. Não me consta que estejam inaugurando bibliotecas públicas por aí, diariamente, então ficamos em dúvida quanto ao cumprimento de mais essa promessa. E precisamos de bibliotecas, precisamos de livros, precisamos incutir o hábito da leitura. E sem bibliotecas públicas e escolares, isso fica bem difícil, ainda mais com o suca-

TRANSPOSIÇÃO: Agendamento começa na segunda-feira

Nossa Folha Publicações Ltda. CNPJ - 06.934.246/0001-17 Rua Recife (4ª), 2227 - Setor 03

Ariquemes - Rondônia

Diretor Geral Olavo Subtil Diretor de jornalismo Ivan de Lara SRTE/RO 1225

Webwriting e reportagens Vanderson Pereira Contato

redacao@jornalnossafolha.com contato@jornalnossafolha.com comercial@jornalnossafolha.com

(69) 3536-3854 Distribuido semanalmente em - Porto Velho, Ariquemes, Alto Paraíso, Cujubim, Monte Negro, Buritis, Machadinho D´Oeste, Vale do Anari, Theobroma, Cacaulândia, Rio Crespo, Itapuã D’Oeste, Jaru, Ouro Preto, Ji-Paraná, Presidente Médici, Cacoal, Rolim de Moura, Pimenta Bueno e Vilhena.

Artigos e Colunas são de responsabilidade de quem os assina e não representam nescessariamente a opinião do jornal.

teamento da educação que todos estamos vendo em nosso país. Mas como o poder público terá a parceria do Instituto Ecofuturo, da Academia Brasileira de Letras (ABL), do Conselho Federal de Biblioteconomia (CFB) e da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ) – que aceitaram fazer parte da campanha Eu Quero Minha Biblioteca, vamos esperar que a coisa ande. Municípios brasileiros que não têm biblioteca, por favor não deixem de se inscrever no programa Eu quero Minha Biblioteca”. E cobrem a sua.

O secretário de Estado da Administração (Sead), Rui Vieira, em entrevista, nesta quinta-feira (18), ao Programa Câmera 11, na TV Candelária, anunciou que a partir do dia 22 deste mês a transposição dos servidores do quadro do Estado para a União entra em uma nova fase.

Na próxima segunda-feira os servidores com direito a transposição, e que optarem pela mesma, poderão agendar pelo 0800644-0837 o atendimento individual na prédio onde funcionava a Supel, na avenida Rio Madeira, ao lado do Shopping Porto Velho. São 40 servidores federais

que receberam nesta semana treinamento e que vão se revezar para atender ao público de manhã e a tarde. Além do telefone, outras informações podem ser acessadas pelo www.portadoservidor. gov.br. O ambiente, segundo o secretário, foi cuidadosamente preparado para receber o servidor.

“Como haverá um agendamento antecipado, ao comparecer ao local, a pasta do interessado já estará previamente separada e o atendimento será personalizado”, enfatizou Rui Vieira. De acordo com Rui, o Estado tem inicialmente 9.843 servidores aptos a passarem para o quadro União e quase mil servidores municipais com a mesma condição. O governo federal vai de imediato enquadrar os servidores, que continuarão a receber pelo Estado, mas com recursos provenientes da União. O montante gasto mensalmente com estes servidores é de R$ 28 milhões por mês. Mas para 2014, a previsão é que os valores salariais sejam corrigidos e algumas categorias poderão ser beneficiadas com correções de até três vezes o valor do salário atual.


Rondônia / 22 a 28 de abril de 2013 - Edição 94 - Ano III

Política

www.senai.br

NOVA ESCOLA SENAI EM ARIQUEMES: EXCELENTE PARA O TRABALHADOR, ESSENCIAL PARA A INDÚSTRIA DE RONDÔNIA. O SENAI está inaugurando o Centro de Excelência em Educação e Tecnologia SENAI José Fernandes de Moura, em Ariquemes. Uma escola sustentável, com 12 salas de aulas e quatro laboratórios, que vai promover o desenvolvimento tecnológico e a formação profissional qualificada de trabalhadores em toda a região. Rondônia já é referência nacional na formação de trabalhadores: Só em 2013, já foram efetuadas mais de 46 mil matrículas nas escolas do SENAI em todo o estado, contemplando 246 cursos nas diversas áreas profissionais da indústria. A meta para este ano é qualificar 53 mil jovens e trabalhadores. Conheça alguns números que mostram a força do SENAI: • 817 escolas fixas e móveis que atendem 2.700 municípios em todo o país; • 58 milhões de profissionais capacitados em 71 anos de atuação; • Mais de 3 mil cursos que atendem todas as 28 áreas/segmentos industriais; • 60 ocupações profissionais; e • 3 milhões de trabalhadores matriculados por ano em todo o Brasil.

Por tudo isso e muito mais, não perca o evento de inauguração do Centro de Excelência em Educação e Tecnologia SENAI José Fernandes de Moura, em Ariquemes. Venha conhecer de perto o trabalho do SENAI e as profissões que a indústria pode oferecer. Mais educação profissional, mais tecnologia e mais desenvolvimento para Rondônia. Inauguração: dia 22 de abril às 8h30

Local: Rua Tancredo Neves, s/nº, esquina com Rua Manteiga – Área Institucional – Ariquemes/RO

3


4

Saúde

Dicas para acabar com as dores nas costas Os exercícios propostos devem ser realizados dos dois lados do corpo, e serem repetidos 3 vezes, pois, segundo a fisioterapeuta, a repetição dos exercícios, somada a respiração correta (puxar o ar pela boca e soltar pelo nariz), tornam os resultados mais eficazes. Os efeitos serão: melhoras da elasticidade muscular, aumento da circulação, relaxamento muscular, articulações mais móveis e flexíveis, entre outros benefícios. PARA OS MEMBROS INFERIORES (PERNAS E PÉS) E COLUNA: EXERCÍCIO 01) Retire os sapatos, levante e chacoalhe as pernas, junte os pés e (respirando lentamente), abaixe o tronco devagar. Quando chegar ao seu limite, conte até 30 e e eleve novamente o tronco. EXERCÍCIO 02) Fique em pé atrás de uma cadeira, apóie as mãos em seu descanso, dobre o joelho pra trás e segure com a mão a região do tornozelo (aonde alcançar), após 30 segundos solte. PARA COLUNA E PESCOÇO: EXERCÍCIO 01) Coloque as duas mãos na região da nuca, deixe os cotovelos próximos um do outro e abaixe a cabeça, contando também até 30. EXERCÍCIO 02) Entrelace os dedos e estique as mãos para o alto, o máximo que conseguir, inspire e expire lentamente. EXERCÍCIO 03) Estique um braço com a palma da mão voltada para frente, com a outra mão pressione os dedos e a palma, para que estiquem os músculos do braço. Estes exercícios são fáceis e você pode praticar a qualquer hora do dia, e em qualquer local, inclusive no trabalho.

Rondônia / 22 a 28 de abril de 2013 - Edição 94 - Ano III

Artigo

Queda do hormônio do sono está vinculado a risco maior de diabetes

A secreção menor de melatonina, hormônio que favorece o sono, está vinculada a um risco maior de diabetes em adultos (tipo 2), destacou nesta terça-feira um estudo publicado no Journal of the American Medical

Association (JAMA). "É a primeira vez que se constata um vínculo entre a secreção noturna de melatonina e o risco de diabetes tipo 2", destacou o doutor Ciaran McMullan, pesquisador do Bri-

gham and Women's hospital de Boston, um dos autores do estudo. "Espero que este estudo leve a outras pesquisas para examinar os efeitos da secreção de melatonina sobre o organismo e o papel deste hormônio no metabolismo da glicose e no risco de diabetes", acrescentou. Os níveis de melatonina, produzida pelo cérebro durante o sono, estão em seu nível mais elevado durante a noite, o que permite regular o ritmo biológico. Para este estudo, os cientistas identificaram 370 mulheres da mesma raça e idade, que desenvolveram diabetes tipo 2,

e outras 370 de um grupo de controle sem qualquer sintoma da doença. Eles descobriram que os participantes diabéticos tinham baixo nível de melatonina durante a noite em comparação com o grupo sadio. Segundo estes especialistas, níveis baixos de melatonina à noite dobram o risco de desenvolver diabetes em comparação com níveis elevados. O vínculo foi confirmado depois de se levar em conta outros fatores de controle que favorecem a diabetes, como obesidade, histórico familiar ou estilo de vida, como a dieta alimentar, a prática de exercícios físicos, o tabagismo ou a duração do sono.

Risco de doença cardíaca atinge 80% dos adolescentes americanos Mais de quatro quintos dos adolescentes americanos estão no grupo de risco para desenvolver doenças cardíacas. O maior motivo é a dieta pouco saudável, segundo estudo da Associação Americana do Coração, divulgado pelo jornal Daily Mail. Para o estudo, os cientistas analisaram pressão arterial, ní-

veis de colesterol, índice de massa corporal, glicemia, dieta, exercício e tabagismo em 4673 jovens entre 12 e 19 anos. A pesquisa constatou que a alimentação é a categoria mais preocupante, já que mais de 80% dos voluntários têm refeições pobres e apenas 1% segue uma dieta equilibrada. “A epidemia de obesidade

Governo realiza a 34º Campanha de Vacinação contra Febre Aftosa O governo de Rondônia, através da Agência de Defesa Sanitária Agrossilvopastoril do Estado de Rondônia (Idaron), inicia no dia 15 de abril, com termino em 15 de maio, a 34ª Campanha de vacinação Contra a Febre Aftosa no Estado. Serão vacinados bovinos e bubalinos com até 24 meses de idade. O lançamento acontecerá no dia 13 de abril (sábado), no município de Colorado do Oeste, no Parque de Exposições Marcos Donadon, a partir das 9h, com a presença do governador Confúcio Moura. No ano passado, no mesmo período, foram vacinados mais de 4,8 milhões animais com até 24 meses de idade. As vacinas estarão à ven-

da a partir do dia 15 de abril nas lojas agropecuárias. Depois dos proprietários vacinarem o gado, eles precisam declarar a vacinação nas Unidades Locais de Sanidade Animal e Vegetal (Ulsav’s) da Agência Idaron, que estão instaladas em mais de 80 pontos espalhados pelo estado de Rondônia. Nesse momento, são atualizadas as informações cadastrais dos produtores, bem como, os rebanhos que estes possuem. O período de declaração vai do final da vacinação dia 15 de maio e ocorrerá até 22 de maio, mais o produtor deve, assim que vacinar já fazer a declaração evitando filas e maiores transtornos.

juvenil influencia as taxas de agravamento da pressão arterial alta, colesterol alto e glicose no sangue nessas idades jovens”, disse a pesquisadora Christina Shay. A situação é menos grave quando se trata de exercícios físicos, mas ainda é preocupante, já que 67% dos rapazes e 44% das moças se envolvem

em níveis recomendados de exercícios. De maneira geral, menos de metade das pessoas pesquisadas atingiu níveis aceitáveis em cinco dos sete fatores de risco.

Governo muda local onde será construído Hospital de Urgência

G1 RO

A Secretaria Estadual de Saúde (Sesau) mudou o local de construção do novo Hospital de Urgência e Emergência de Porto Velho. De acordo com a secretaria, o novo endereço é maior e fica próximo ao Hospital de Base na Rua Aparício de Moraes, no Setor Industrial. As obras estão pre-

vistas para começar ainda no primeiro semestre de 2013. A construção da unidade de saúde está orçada em R$ 100 milhões e será financiada pelo Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES). Williames Pimentel, secretário da Sesau, explica que o espaço novo terá 14 mil metros quadrados e quatro andares. "O hospital será moderno, resolutividade ampliada, equipamentos de última geração, e até um heliporto para atender pacientes de emergência e urgência", explica o secretário. O terreno que será utilizado para construir o novo prédio foi desapropriado pelo governo e o projeto de construção do hospital ainda está em fase de ajustes, mas até a segunda quinzena de abril deverá ser licitado, segundo Pimentel.


Rondônia / 22 a 28 de abril de 2013 - Edição 94 - Ano III


6

Estado

Rondônia / 22 a 28 de abril de 2013 - Edição 94 - Ano III

Revogada na ALE emenda que amordaçava o MP

Ao contrário do Congresso Nacional (Câmara Federal e Senado Federal) onde tramita projeto com o objetivo de amordaçar o Ministério Público, retirando de suas atribuições o papel investigativo, a Assembleia Legislativa do Estado de Rondônia dá exemplo positivo, garantindo e ampliando as prerrogativas do Ministério Público Estadual. Os deputados aprovaram Projeto de Emenda Constitucional (PEC), revogando dispositivo que impedia o MP de se manifestar. Durante discurso proferido em sessão plenária, o deputado Hermínio Coelho disse que impedir o Ministério Público de agir

tas, entre outros, o papel investigativo. Assim devemos dar exemplo ao país, para que o Ministério Público continue sendo uma instituição fundamental no combate à corrupção e aos chamados crimes do colarinho branco”.

na fase de investigação é favorecer o crime organizado e a corrupção com dinheiro público, e também as maracutaias dos políticos. “Foi graças ao trabalho, a garra, a determinação e competência do Ministério Público, que poderosos acabaram indo para a cadeia, como a gangue instalada na gestão do ex-prefeito Roberto Sobrinho”, disse. Declarou o deputado: “Manifesto minha posição contrária à aprovação da PEC 37 que tramita no Congresso Nacional retirando de importantes instituições como os Ministérios Públicos Federal e Estadual, a Receita Federal e os Tribunais de Con-

SUSPEIÇÃO DO SECRETÁRIO DE SEGURANÇA Para o deputado Hermínio Coelho impedir o Ministério Público de investigar, deixando esta atribuição restrita à Polícia Civil é temerário e preocupante. “Eu fico olhando, quem armou toda aquela operação, por exemplo, que pediu e ajudou a montar a Operação Termópilas, foi o próprio Governo. Imaginem o Bessa, se o Bessa (atual secretário de Segurança Pública) tiver o poder, porque ele já faz dossiê contra a gente, investiga a vida nossa, de todos os lados, sem ter esse poder, entendeu. Imagina, nós nas mãos..., meu amigo, no mínimo nós vamos, se correr o bicho pega, se ficar o bicho come. Porque meu amigo... Vai ser gente tipo esse Bessa quer ficar com o poder nas mãos de acabar com a vida

de qualquer cidadão de bem desse Estado. Já falei várias vezes, eu digo, no final quem ainda vai terminar preso vai ser eu. Eu é que vou terminar indo para a cadeia, eles vão armar, isso é se não for para um lugar até pior do que a cadeia”, afirmou. PEC DO MP Foi aprovada na Assembleia Legislativa a Proposta de Emenda Constitucional nº 016/13, de autoria do deputado Hermínio Coelho (PSD), onde ficam revogados os parágrafos 3º e 4º do artigo 98 da Constituição Estadual, que foram inseridos à Constituição através da Emenda Constitucional nº 26, de 5 de julho de 2002. Esta emenda vedava aos membros do Ministério Público Estadual de se manifestar por qualquer meio de comunicação ou divulgar conteúdo de dados, documentos e informações fiscais, bancárias, financeiras e eleitorais, sobre as quais tenha acesso e

foram obtidas para fins de investigação de ilícitos penais e civis, sob pena de responsabilidade funcional, civil e criminal. A proposta de emenda constitucional havia sido aprovada em primeira votação no dia 26 de fevereiro deste ano e foi aprovada em segunda votação ontem (16.04), durante sessão extraordinária. O artigo 98 diz que são princípios institucionais do Ministério Público a unidade, a indivisibilidade e a independência funcional. (Redação do artigo 98 e parágrafos 1º e 2º dada pela Emenda Constitucional nº 20, de 04/06/2001 – publicada no Diário Oficial do Estado nº 4753, de 07/06/2001). INDEPENDÊNCIA DO MP Ao fazer veemente defesa do Ministério Público, o deputado Hermínio Coelho também citou a aprovação do voto de repúdio (também de sua autoria) contra a Proposta de Emenda Constitucional 37, a PEC que institui no texto constitucio-

nal a impunidade. Em sua justificativa, o deputado Hermínio Coelho explicou que o voto de repúdio mostra a indignação contra a possível aprovação da PEC, que passará inicialmente pelo crivo da Câmara Federal, e depois do Senado. Na sequência, o deputado Hermínio Coelho também citou a Emenda Constitucional nº 080 (de sua autoria) já em vigor, que retira do governador do Estado o poder de nomear e empossar o titular do Ministério Público Estadual. Foram alterados os artigos 65 e 99 da Constituição do Estado, passando a vigorar com a seguinte redação: “O Ministério Público do Estado tem por chefe o Procurador-Geral de Justiça, empossado pelo Colégio de Procuradores, dentre os membros vitalícios em exercício, eleitos em um único turno pelos integrantes de carreira que gozem de vitaliciedade, na forma prevista em lei complementar para o mandato de 2 (dois) anos, permitida uma recondução.”


Rondônia / 22 a 28 de abril de 2013 - Edição 94 - Ano III

Política

3


8

Capa

Rondônia / 22 a 28 de abril de 2013 - Edição 94 - Ano III

Jovens defendem Ministério Público sem mordaça

- Em ato público bem articulado e organizado, a Juventude Democrática de Rondônia (JDR) reuniu ontem em Ariquemes autoridades do Ministério Público, das polícias Civil e Militar, da Assembleia Legislativa, e pouco mais de 350 pessoas no auditório da Associação Comercial de Industrial (ACIA), em audiência pública, que debateu e recolheu assinaturas contrárias à Proposta de Emenda Constitucional nº 37 (a chamada PEC 37), que tramita no Senado Federal e que visa amordaçar o Ministério Público, retirando a prerrogativa de investigar de suas Divuçgação

atribuições. O presidente da JDR, Lucas Follador, fez questão de deixar claro, que a entidade que dirige é sim contra os termos da PEC 37, mas é totamente favorável à reestruturação da Polícia Civil, que, como a PM precisa de investimento em equipamentos, treinamento e em tecnologia de informação e comunicação para desempenhar bem seu trabalho. Para ele e para o grupo de jovens que lidera, contudo, suprimir as prerrogativas do Ministério Público, principalmente as atribuições de investigar, representa um retrocesso no processo demo-

crático do Brasil, que não pode se nivelar por baixo a regimes arcaicos e falidos de governo que insistem sobreviver em alguns países do Continente Sul-americano. “Gostaríamos que os jovens que vão ao “face book” levantar a voz contra essa situação, que se unam ao nosso movimento, que tem uma causa louvável, concreta e de interesse geral”, pediu Lucas Follador. A audiência pública, marcada por um debate sadio, democrático, e até acalorado entre membros do MP e delegado da Polícia Civil, contou com a presen-

ça das promotoras Tâmara Padoin Marques e Joice Gushy Mota, com os delegados da PC Ricardo Rodrigues e Rodrigo Camargo, com o coronel Ênedy Dias de Araújo, da PM, com o deputado Adelino Follador, representando o Poder Legislativo Estadual, com o frade Thomas Mittelsted, entre outros, que compuseram a mesa dos trabalhos com os membros da Juventude Democrática de Rondônia, organizadora do evento. A promotora Joice Gushy Mota, através de suas palavras ressalva: “A sociedade precisa manifestar através do voto o interesse em apoiar politicos que são contra a PEC 37.” Lucas Follador, ao defender o ponto de vista da JDR, afirmou que a entidade

distingue muito bem o sentimento dos dois lados (do MP e da PC), mesmo porque a proposta desta emenda é de um deputado que é delegado de polícia. Segundo ele, parafraseando a promotora Joice Mota, o Ministério Público não quer assumir o papel da polícia, mas apenas manter o direito de auxiliar e poder investigar. “Nós temos motivos sim para lutar contra a aprovação desta PEC, porque não acreditamos que um delegado, por melhor que ele seja, tenha força suficiente para investigar um governador, por exemplo”, justificou. O deputado Adelino no uso da palavra elogiou a iniciativa do Juventude Democrata em mostrar a população os pros e contras da PEC, e manifestou sua posi-

ção. “Sou totalmente contra a PEC-37, é lamentável que a nossa classe política tente enfraquecer a democracia e queira calar um órgão – MP - tão presente no combate a corrupção e tantos outros desmandos”. “Essa PEC só vai beneficiar os políticos que queiram cobrir coisas erradas do passado ou aqueles que já estejam pensando em ações erradas do futuro. Os políticos precisão é buscar soluções para tantos problemas vivenciados pela nossa sociedade, como a epidemia do crack, falta de qualidade na saúde, a modernização dos nossos códigos, especialmente penal e tantos outros que estão engavetados no Congresso Nacional ou a passos de tartarugas”, enfatizou.

Governo Perto de Você chega a Guajará-Mirim ção de famílias em situação de pobreza, também com alta demanda por serviços públicos e prioritários. A meta é atingir até 2014, 80% dos municípios do estado com o audacioso projeto que vem dando resultados, o Governo Perto de Você.

- No período de 3 a 11 de maio, das 8h às 18h, serão disponibilizados à população de Guajará-Mirim vários tipos de atendimento nas áreas de saúde, expedição de documentos, revitalização das praças, limpeza de ruas, pintura do meio fio, recapeamento e asfaltamento de avenidas, além da recuperação de 20 prédios públicos. “O Governo Perto de Você, como o próprio nome já diz, é um programa idealizado com o simples propósito dar digniDivulgação

dade ao cidadão, através da aproximação do governo com a população”, explicou o governador Confúcio Moura. O programa é uma ação integrada ao Plano FutuRO, do governo do Estado, e leva cidadania aos rondonienses com princípios para a erradicação da pobreza e extrema pobreza. Para a realização do evento, há a mobilização de todas as pastas da administração pública estadual, além do apoio de parceiros. “É assim que trabalhamos, em par-

ceria, na cooperação. Ninguém consegue fazer um bom trabalho sozinho, precisamos caminhar juntos, de mãos dadas. Vamos conseguir revitalizar e promover dignidade aos moradores desses dois municípios, que durante anos, ficaram no esquecimento”, disse o governador. O primeiro município a receber o projeto Governo Perto de Você foi Buritis, devido ao seu crescimento de 25% ao ano, considerada uma das cidades com alta concentra-

Serviços oferecidos As ações também abrangem outras áreas sociais como a emissão de documentos, títulos, atendimentos jurídico, abertura do Banco do Povo com disponibilização de créditos, ações de regularização fundiária, reformas de prédios públicos, ruas, pontes e estradas, entrega de livros paradidáticos para as escolas, assessoria técnica ambiental e fazendária para os comerciantes, além de outras áreas contempladas que visam à qualidade de vida e bem estar da população rondoniense. “Nesta fase, o município de Guajará-Mirim foi o escolhido diante da necessi-

dade da região que, durante anos, ficou esquecida pelos governos passados”, informou o secretário da Seas, Márcio Felix. Dados do Governo dão conta da existência de 300 mil famílias vivendo abaixo da linha da pobreza. Índice que o Governo da Cooperação espera reduzir, através dos programas desenvolvidos no governo Confúcio Moura. “Tenho plena certeza que o Governo Perto de Você será um sucesso. Temos o apoio do prefeito de Guajará-Mirim, Dúlcio Mendes. Com a cooperação de estado e município quem ganha é a população”, enfatiza Confúcio Moura. GUAJARÁ-MIRIM O município de Guajará-Mirim está localizado na porção oeste de Rondônia, surgiu como Porto Velho em razão do comércio da Borracha no século XIX. Tem uma população de 42 mil habitantes

de acordo com o senso do IBGE de 2011. Atualmente o município concentra 86% da sua população na zona urbana e 11% na zona rural. É o oitavo município em concentração população do Estado. O Governo Perto de Você terá abertura no dia 3 de maio a partir das 08 horas da manhã no “Ginásio Municipal Afonso Rodrigues" que fica na Avenida 15 de Novembro em Guajará-Mirim. Está prevista na parte da manha uma grande programação que contará com a presença do governador Confúcio Moura. Na parte da noite, durante os dias que se seguirem, a cultura também vai marcar presença. A programação segue até o dia 11, mas não para, durante todo o mês, estará sendo realizada ação com a reforma de prédios públicos, limpeza e asfaltamento de Ruas, recuperação de praças, dentre outros serviços.


Rondônia / 22 a 28 de abril de 2013 - Edição 94 - Ano III

Cidade

9

Farmácias suspendem venda de remédios controlados, em Porto Velho Sem antidepressivo, dona de casa não consegue iniciar tratamento. Anvisa diz não haver determinação para suspensão. Nesta terça-feira (17), após percorrer várias farmácias e não encontrar o medicamento prescrito pelo médico, uma dona de casa de Porto Velho que apresenta quadro de depressão e preferiu não se identificar, conta que foi informada por uma atendente de um dos estabelecimentos de que o remédio que procurava está com a venda suspensa desde a meia noite do dia anterior por determinação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), para se adequar ao Sistema Nacional de Gerenciamento de Produtos Controlados

(SNGPC). Entretanto, em comunicado, a agência informou que não determinou a suspensão das vendas. Um dos medicamentos que a dona de casa precisa para tratamento de depressão é Fluoxetina, que faz parte da lista de medicamentos controlados e antimicrobianos com a venda suspensa nas farmácias da cidade. De acordo com a Anvisa, para as farmácias e drogarias que ainda não utilizavam o Sistema, o uso será obrigatório devido à necessidade do controle de saída destes medicamentos.

Nessa terça-feira (16) a Anvisa emitiu comunicado informando que o programa utilizado para o cadastro tem passado por instabilidade, mas reforça que não houve determinação quanto a interrupção da comercialização de medicamentos antimicrobianos pelos estabelecimentos farmacêuticos, “uma vez que o atendimento às necessidades dos pacientes deve ter prioridade em relação às instabilidades iniciais neste momento de transição”. A decisão da suspensão, segundo o órgão, cabe a cada estabelecimento.

Enquanto isso, a dona de casa não tem como iniciar o tratamento contra a depressão por não conseguir comprar o medicamento. “Fica difícil porque a

gente recebe o diagnóstico, mas não consegue se tratar porque não tem o medicamento”, reclama a dona de casa. Segundo ela, a farmácia não soube informar quando as ven-

das serão retomadas. O G1 procurou a Vigilância Sanitária, responsável pela fiscalização de farmácias e drogarias, mas ninguém quis se pronunciar sobre o caso.

do processo de gestão local da Eletrobras, alerta que com a perda de energia, o estado deixa de arrecadar o Imposto sobre Operações Relativas à Circulação de

Mercadorias e sobre prestações de Serviços de Transporte Interestadual, Intermunicipal e de Comunicação (ICMS), o que implica na distribuição aos

municípios. “A população perde, pois o dinheiro poderia ser utilizado nas áreas como saúde, educação e segurança pública”, enfatiza.

Desvios de energia provocam prejuízos de arrecadação G1 RO

Em 2012, mais de R$ 7 milhões deixaram de ser arrecadados pela Eletrobras Distribuição Rondônia, no municípios de Ariquemes, Rio Crespo, Cacaulândia, Monte Negro, Alto Paraíso, e o garimpo Bom Futuro, por causa de desvios de energia e irregularidades em medidores, provocados por consumidores, segundo a concessionária. A região representa 32% de toda a energia perdida no estado. Segundo Alan Jonas Rezende, líder do processo de combate às perdas da regional centro, a violação de medidores de energia e ‘rabichos’ são os principais

motivos para essa perda. Em 2012 foram registrados 2.174 casos na região de Ariquemes, entre desvios de energia e irregularidades no medidor. Em 2011, foram registrados 3.469 casos e mais de R$ 8 milhões deixaram de ser arrecadados. Segundo Alan, a maior região do estado é Porto Velho, com mais de 150 mil consumidores. Em segundo lugar está a região de Ji-Paraná, que abrange Presidente Médice e mais seis distritos, com mais de 50 mil clientes. Em terceiro lugar, está a região de Ariquemes, com mais de 49

mil consumidores. Depois da região de Ariquemes, a de Porto Velho registra perda de energia de 26% e Ji-Paraná, 14%. No entanto, Rezende explica do total de energia perdida por região, 12% são perdas técnicas provocadas pelo próprio sistema, 90% são caracterizadas por irregularidades nos medidores e 10% por desvio de energia. “Na maioria dos casos existe a intervenção humana nos medidores, utilizando artifícios para registrar menos consumo ou para não registrar energia”, explica Alan. Mauro Matsumoto, líder

Bancos estão obrigados a publicar serviços gratuitos para o consumidor As instituições financeiras terão que disponibilizar aos clientes tabela de produtos e serviços gratuitos em local visível e de fácil acesso A Assembleia Legislativa aprovou e o governador Confúcio Moura (PMDB) sancionou um projeto de lei que obriga bancos e demais instituições financeiras de Rondônia a dis-

ponibilizar em local acessível e visível aos clientes tabela de produtos e serviços que são gratuitos. Publicada em 12 de março passado, os bancos tem a partir dessa data sessenta dias para se adequar a legislação. O não cumprimento por parte dos bancos prevê multas com base na lei federal 8.078/90. A justificativa da Lei

assinala que muitos consumidores deixam de utilizar serviços e produtos gratuitos por desconhecerem o seu direito que os bancos não publicam em local visível. A cultura de respeitar os direitos dos consumidores ainda não está enraizada no país e às vezes para fazer valer seus direitos os consumidores necessitam recorrer

ao Judiciário. Portanto as instituições financeiras utilizam de vários estratagemas para esconder dos clientes os seus direitos de gratuidade de serviços previstos desde 2008 pelo Banco Central e o Conselho Monetário Nacional. Com a cobrança de tarifas que deveriam ser gratuitas os bancos arrecadam mais do que gastam com a

folha de pagamento – 20 % de tudo o que arrecadam e 130% da remuneração dos servidores. Segundo o Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (IDEC), 80% dos 112 milhões de correntistas brasileiros desconhecem os chamados serviços essenciais que são gratuitos porque os bancos simplesmente não

informam, o que comprova a má-fé das instituições. Conforme publicou a Revista do Sindicato Nacional dos Funcionários do Banco Central, na maioria das agências essa tabela de serviços essenciais gratuitos está em locais estrategicamente escolhidos para o consumidor não tomar conhecimento.


12

Rondônia / 22 a 28 de abril de 2013 - Edição 94 - Ano III

Agronegócio

Ariquemes - Rondônia / 10 a 16 de outubro de 2011 - Edição 45 - Ano I

Parceria entre SENAR e cresce 24% em Deputado federal dizé que governo é Violência no campo Agricultura Familiar destaque prefeitura traz Pastoral fartura da Terra omisso com movimentos ditos sociais 2012, aponta ao campo

A

Agricultura Familiar é a principal responsável pela produção dos alimentos que são disponibilizados para o consumo da população brasileira, é o que realmente chega à nossa mesa. Ela é constituída por pequenos e médios produtores representa a imensa maioria de produtores rurais no Brasil. O segmento detêm 20% das terras e responde por Rede Brasil Atual 30% da produção global.

Em alguns produtos básicos da dieta do brasileiro como o feijão, arroz, milho, hortaliças, mandioca e pequenos animais chega a ser responsável por 60% da produção. Em geral, são agricultores que diversificam os produtos cultivados para diluir custos, aumentar a renda e aproveitar as oportunidades de oferta ambiental e disponibilidade de mão-de-obra. Um projeto audacioso

s números de violência no campo em 2012 superaram os índices do ano anterior. Um balanço preliminar da Comissão Pastoral da Terra (CPT) mostrou que 36 pessoas morreram no ano passado em razão de conflitos agrários, o que representa auo período de 06 a mento de 24% em relação a 08 de Fevereiro, 2011, quando houve 29 casos. no auditório do CRC-RO, O SENAR Assassinatos em Rondô-Administração Regional nia aumentaram 350% em de Rondônia promoveu o 2012 em relação a 2011, ainda segundode a CPT. Pela priEncontro Aperfeiçoameira vez em 25 anos, o estado superou o Pará em número de mortes por disputa de terra. Foram nove casos em 2012, contra dois no ano

anterior. Isalete Wichinieski, da coordenação nacional da CPT, explica que a região amazônica sempre foi uma das mais afetadas por conflitos agrários: “Por conta de falta de regularização fundiária, há muita disputa por terra neste espaço que muitos acham que é um espaço vamento do Plano Instruciozio. O agronegócio chega e nal para 20 instrutores. O vai tentando se apropriar Encontrocomunidades, foi ministrado dessas tenpelo facilitador Lotando grilar a terra,Hélcio e a dispupes deesse Minas Gerais, que ta cria conflito que está tratanúmeros”, sobre adisse metodolonos em entrevista. gia do SENAR quanto à Ela afirma que os dados precisam ser contextualizados historicamente para uma análise mais profunda do que eles significam, de fa-

to. “Há uma metodologia que não é só o registro das para o fortalecimento do pessoas mortas, mas tamsetoro histórico agrícola, especialbém do conflito e segmento da amente naturezao dele, o que é imagricultura tem portante para familiar, as pesquisas sidodesenvolvemos a tônica da adminisque e para tração municipal de núAridar visibilidade a estes quemes. meros e, principalmente, ao o intuito de rosto das Com pessoas que soproporcionar uma renda frem com essa violência.” a mais no campo e dimiA impunidade foi ressalnuir cada vez mais o êxotada por Isalete como um do fatores rural, a de dos queprefeitura mais contriAriquemes por meio da bui para o aumento dos núSecretaria Municipal de meros. “De 1985 até hoje Agricultura inaugurou tivemos 1.566já mortes no mais deDesses 60 agroindústrias campo. casos apenas 72 foram a julgamento. É um número insignificante em vista do número de pessoas assassinadas no campo. Isso facilita a continuidade desse conflito.” Além da concentração fundiária, a ausência de políticas públicas voltadas para a população do campo também é apontada por elaboração do Plano InsIsalete como fato causador trucional que é o instruda violência agrária. “Não mento de que planejamento há políticas garantam do instrutor para possam atuação que esses conflitos na Formação Profissional diminuir, tanto na questão Rural - FPR das e napessoas, Promoda segurança de segurança pública, coção Social - PS. mo na questão de políticas agrícolas e agrárias que permitam, realmente, que essas pessoas continuem na terra.”

O Senar Rondônia realiza

Encontro de Aperfeiçoamento do Plano Instrucional

N

na região de Ariquemes Imagem ilustratitiva

Divulgação

Nas últimas três semanas, Rondônia foi vítiem a região que matoda de uma série de– invaengloba os municípios sões de propriedades rude Monte Negro, raisBuritis, patrocinadas pelo Alto Paraíso, Movimento dosCacaulânSem Terdia, CujubimPor e Rio ra (MST). contaCresdispo diversos federal ramos so,- nos o deputado de produção, e segundo Moreira Mendes (PSDo-RO) prefeito Márcio Raposo usou a Tribuna da –Câmara “É um projeto que vem dos Deputados, dando certo.passada, É gratificanna semana para tecobrar quando que maisfamílias segurança e firmaram denunciarraízes essesem atos.suas propriedades ruraisdas tiram “Quero cobrar auda terra o de seu segurança sustento, toridades fomentando gerapública do assim meu aestado ção de emprego e renda agilidade para cumprir as decisões judiciais e fazer a coisa andar no caminho da legalidade, daquilo que determina a Constituição e as nossas leis, e tirar de vez de cena esse vandalismo, que é a invasão de terras absolutamente produtivas numa região de pequenas propriedades, como é a região de Jaru”, alertou Moreira. Segundo o parlamentar, essas invasões são patrocinadas por pessoas com o intuito de desestabilizar o setor produtivo do estado. “Há uma manifestação de interesse de alguns setores radicais ligados, uma parte à igreja, outra parte a movimentos

no campo”, destacou Márcio. Aprendizagem Rural Um dos parceiros mais firmes deste processo de fortalecimento da agricultura familiar é o SENAR – Serviço Nacional de Aprendizagem Rural, que tem como objetivo profissionalizar e melhorar a qualidade de vida do trabalhador, do produtor rural e de sua família. Para alcançar esse objetivo, O

SENAR organiza e executa na comunidade, treinamentos e cursos práticos em diversas áreas ocupacionais. Com o apoio das Secretarias Municipais de Agricultura e Educação de Ariquemes, os produtores rurais tem recebido a formação necessária para a operacionalização e industrialização dos produtos, logo, obtendo um resultado melhor nos produtos que chegam até as nossas mesas.

sociais, de esquerda radical, que usam essas pessoas que precisam da terra, como massa de manobra para prejudicar o setor produtivo de Rondônia”, denunciou Moreira. Em sua fala, o parlamentar lembrou que outras regiões já sofreram, e sofrem, com essas invasões. Moreira destacou os municípios de Corumbiara, Buritis e lamentou que o foco dessas últimas semanas tenha sido a região de Jaru, onde os invasores estão ocupando propriedades produtivas. “Jaru é uma região muito rica do estado, de pequenas propriedades, com

uma grande bacia leiteira – a maior bacia leiteira do estado – com um assentamento já estratificado. São pequenas propriedades, eu quero repetir, e, mesmo assim, esses movimentos estimulam a invasão de áreas que são absolutamente produtivas, a família mora no local, e, mesmo assim, há invasão com danos materiais, matando-se animais na propriedade, uma coisa assim horrorosa, que nós chegamos à conclusão, claro, porque a própria polícia sabe disso, de que não se trata de movimento daqueles que precisam da terra para produzir”, criticou Moreira.


Rondônia / 22 a 28 de abril de 2013 - Edição 94 - Ano III


12

Política

Rondônia / 22 a 28 de abril de 2013 - Edição 94 - Ano III

Deputado Saulo Moreira apoiará 1ª Expobur

Justiça Eleitoral determina cassação de diploma do prefeito de Monte Negro

Divulgação

O Tribunal Regional Eleitoral, 25ª Zona Eleitoral da Comarca de Ariquemes, julgou parcialmente procedente Ação de Investigação Judicial Eleitoral apresentada pelo Ministério Público Eleitoral, reconhecendo a prática de abuso de poder econômico na eleição majoritária em Monte Negro, e determinou a cassação do diploma do prefeito e vice-prefeito de Monte Negro, Jair Miotto Júnior e Bruno Pereira de Souza, respectivamente, da coligação “Juntos com o Povo” e Partido Progressista, declarando a nulidade dos votos a eles atribuídos. O abuso de poder econômico na eleição majoritária de Monte Negro em 2012 consistiu, de acordo com o MPE, na arrecadação e aplicação ilícita de recursos eleitorais. Como consequência da cassação dos diplomas dos candidatos Jair Miotto Júnior e Bru-

B

uritis sediará pela primeira vez, uma Exposição Agropecuária. A Expobur, já está sendo organizada pela Associação de Pecuaristas de Buritis (APAB) e pela Associação Comercial e Industrial de Buritis (ACIB). Em encontro recente com membros das duas entidades, o deputado Saulo Moreira (PDT) garantiu que irá apoiar a realização do evento. Segundo o presidente da APAB Roberto Mauro da Silva, a 1ª Expobur está prevista para acontecer de 8 a 11 de agosto de 2013. O evento que será realizado na Sede da Associação, vai contar com rodeios, shows, mostra comercial, e sorteio de prêmios. O objetivo da primeira edição da Festa de Peão, de acordo com os membros da APAB e da ACIB, é de anga-

riar recursos para a construção da Sede própria da Associação de Pecuaristas do município. Como sócio-fundador da APAB, o deputado Saulo Moreira afirma que não poderia deixar de prestigiar, apoiar, e intervir na busca de mais parceiros para a realização do evento, que conforme destaca, “será muito importante para o município. Queremos uma festa bonita, que orgulhe a população e ajude a impulsionar a economia do município”, ressalta o parlamentar, acrescentando que, “tradicionalmente, as festas agropecuárias em todo o es-

tado são reconhecidamente propulsoras do desenvolvimento dos municípios, e certamente em Buritis não será diferente”. Além do presidente da Associação, também participaram da reunião com o deputado, o vice-presidente da APAB Valtair Fritz dos Reis, os diretores financeiros Sérgio Marcos Paiva e Renato Gonçalves Leal (1º e 2º respectivamente), a secretária da APAB e Semagri Rosilene da Silva, o empresário Paulo Lopes (Vespal), e o chefe do Idaron de Buritis Junior Ramalho.

MPE RO

no Pereira de Suza e da nulidade dos votos a ele atribuídos, a Justiça determina aguardar o trânsito em julgado da ação e proceder nova totalização dos votos, comunicando ao Tribunal Regional Eleitoral para as providências quanto a realização de uma nova eleição dentro do prazo de 20 a 40 dias, conforme o artigo 224 do Código Eleitoral. A Ação de Investigação Eleitoral Judicial Eleitoral foi ajuizada em dezembro de 2012 pelo Promotor Eleitoral Edilberto Tabalipa, que constatou divergências entres os valores arrecadados, doações e recursos próprios e os gastos de campanha, em especial a aplicação de recur-

sos próprios pelo candidato Jair Miotto em montante superior ao valor declarado à Justiça Eleitoral. Por ocasião da prestação de contas, foi apurado que Jair Miotto doou mais de R$ 139 mil em espécie a sua própria campanha, o que gerou um gasto excedente e não declarado inicialmente no valor superior a R$ 64 mil, tendo o candidato apresentado com justificativa notas fiscais relativas à venda de animais bovinos, cujos bens não constam na declaração de bens apresentado pelo candidato à Justiça Eleitoral quando do registro de candidatura.


Secretário de Agricultura é eleito Coordenador do Ministério do Desenvolvimento Agrário

O

Ariquemes 190

Secretário Municipal de Agricultura, Joel da Yamaha, foi eleito nesta quarta-feira, (03/04), Coordenador do Território da Cidadania Vale do Jamari. Com isso, Joel passa ter mais facilidade para buscar recursos junto ao Ministério do Desenvolvimento Agrário, que beneficiará além de Ariquemes, os municípios de Rio Crespo, Cujubim, Cacaulândia, Monte Negro, Campo Novo, Buritis, Alto Paraíso e Machadinho. Conforme explicou o

13

Rondônia / 22 a 28 de abril de 2013 - Edição 94 - Ano III

Secretário, o sonho é de criar o Sistema Único de Atenção à Sanidade Agropecuária, (SUASA), que é a unificação da certificação, ou seja, o selo que permite a comercialização dos produtos da agricultura familiar em todo Brasil. Joel foi indicado pelo Prefeito Lorival Amorim, (PMN), que tem apoiado a agricultura em Ariquemes, a concorrer com representantes de todos os municípios do Vale do Jamari em Sessão Solene realizada na Câmara de Vereadores na manhã desta quarta-feira, sendo que Joel foi eleito por unanimidade e agora assume o lugar de Amauri Guedes, que deixa o cargo contente com o trabalho que foi desempenhado em sua gestão. Joel disse que vai dar continuidade ao trabalho que já foi iniciado por Amauri e que vai trabalhar para fortalecer a agricultura familiar, com a criação de outras agroindústrias,

com o apoio incansável do Prefeito Lorival. Confira como ficou a composição da mesa: Coordenador Adjunto Rudinei, (Monte Negro); Secretária Geral Rosa, (Cujubim); Secretário Executivo da Microbacia, Cacaulândia, Ariquemes e Machadinho Antônio Marcos, (Ariquemes); Secretário Executivo da Microbacia, Buritis, Campo Novo e Monte Negro Amarildo, (Buritis); Secretário Executivo da Microbacia, Machadinho, Cujubim e Rio Crespo Sulivan, (Machadinho). Joel disse que está muito feliz com a confiança que o Prefeito depositou em seu nome e tem certeza que vai desempenhar seu trabalho de forma responsável e transparente, com o objetivo de melhorar sempre a vida do homem do campo e da cidade através da agricultura.

Deputado Adelino Follador pede melhorias em área escolar Divulgação

O deputado Adelino Follador (DEM) durante sessão na Assembleia Legislativa indicou ao Governo Estadual à necessidade de pavimentação do pátio externo da Escola Municipal de Ensino Fundamental Maria Alves, localizada na zona rural do município de Buritis. Ele também reivindicou a construção de estacionamento dos ônibus e sinalização em frente à instituição de ensino. A proposta tem por objetivo a segurança da comunidade escolar, pois a escola está localizada na BR-460, onde existe um enorme tráfego de caminhões e veículos, oferecendo perigo já que passam em alta velocidade e não há nenhuma placa de sinalização comunicando que é área escolar. Interligação de rodovias: O deputado tam-

bém reivindicou (através de indicação) a necessidade da interligação de aproximadamente 40 quilômetros, da RO-60 a RO-144 com as Linhas C-59 e C-64 até Colina Verde, no município de Governador Jorge Teixeira. “Nossa propositura é de grande importância para esta região, pois dará acesso

a vários municípios vizinhos, encurtando o percurso para a população daquela região,” finalizou. Após deliberação em plenário, as proposituras foram encaminhadas ao Governo Estadual através do Departamento de Estrada e Rodagem (DER) para as devidas providências.


14

Geral

Rondônia / 22 a 28 de abril de 2013 - Edição 94 - Ano III

Ariquemes

Mundo

Começa venda dos stands da Femuar

Número de mortos por chuva sobe a 25 na cidade argentina de La Plata

Se aproxima a 16ª FEMUAR (Feira Multisetorial de Ariquemes), realizada anualmente no período da Exposição Agroindustrial de Ariquemes (Expoari),

sendo coordenada pelo terceiro ano consecutivo pela Associação Comercial e Industrial (ACIA). O Serviço Brasileiro de Apoio às Micros e Pequenas Empre-

sas (Sebrae) e a Associação dos Pecuaristas de Ariquemes (APA) são os principais parceiros desta iniciativa. Já estão sendo comercialização dos stands da Femuar. As empresas que participaram da edição anterior da feira terão prioridade na renovação dos contratos até o dia 15 de maio. A partir desta data, os espaços serão oferecidos para novos investidores. Para o presidente da ACIA, Antônio Custódio, a feira multisetorial represen-

ta a possibilidade de os empreendedores locais mostrarem à população de Rondônia um pouco do que está sendo produzido na cidade. “Nós estamos nos organizando para que a Femuar de 2013 seja um canal de comunicação entre os empresários e a sociedade. Com certeza, isso representa a possibilidade de bons negócios”, argumenta. Os valores dos stands podem ser obtidos na secretaria da ACIA, através do telefone 3536 0018.

Incêndio na boate Kiss Juiz aceita denúncia contra oito pessoas G1

O juiz da 1ª Vara Criminal de Santa Maria, Ulysses Louzada, aceitou na totalidade a denúncia do Ministério Público contra oito pessoas no incêndio na boate Kiss, em 27 de janeiro, que matou 241 pessoas por asfixia. Quatro deles foram denunciados por homicídio doloso. O magistrado ainda disse na entrevista coletiva desta quarta-feira (3) que o processo será julgado em Santa Maria. A partir de agora, a defesa dos acusados terá 10 dias para se manifestar. Louzada é favorável ao júri popular dos quatro denunciados por homicídio doloso que estão presos atualmente. São eles: os dois sócio-proprietários da boate, Elissandro Spohr e Mauro Hoffman, e os dois integrantes da banda Gurizada Fandangueira, Marcelo de Jesus dos Santos e Luciano Augusto Bonilha Leão. "O

delito atribuído aos acusados por ser capitulado como doloso e é da competencia do tribunal do júri. Não significa necessariamente que eles irão a júri popular", afirmou. Ao falar sobre a denúncia, o magistrado elogiou o trabalho do MP e a investigação da Polícia Civil. “Acolho a manifestação do Ministério Público em sua totalidade. O trabalho do MP se mostrou irrepreensível, de forma clara, concisa e justificando a denúncia atribuída a cada um. Determino que sejam citados os acusados”, completou. Com a denúncia aceita, os advogados dos oito denunciados têm 10 dias para apresentar a defesa. Depois disso, o MP analisará os argumentos e fará a réplica. Ulysses Louzada ainda defendeu a conexão entre os processos. “A denúncia do MP determina que certas

ações sejam julgadas ao mesmo tempo, para produzir condição única de provas”. Ele também acrescentou que evitou ir ao local da tragédia para que não haja “contaminação antecipada”. Sobre as duas pessoas denunciadas por falso testemunho, o magistrado esclareceu que ainda há chance de retratação. “Se até a sentença as pessoas se retratarem acaba o crime, teoricamente. Tem também a possibilidade de que a própria defesa diga que aceita a denúncia do MP”. Louzada também falou a respeito do tempo estimado na análise do caso. “O Direito não é uma ciência exata, não temos como definir matematicamente um prazo”, disse. “É uma longa caminhada, o que não significa que vamos demorar muito tempo, mas queremos efetividade. Tudo que for possível para que tenha-

mos uma resposta rápida à sociedade será desenvolvido”. O magistrado ainda comentou a questão envolvendo o foro privilegiado do prefeito de Santa Maria, Cezar Schirmer, responsabilizado no inquérito policial, mas não denunciado pelo Ministério Público. A situação seria analisada pelo Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul, em Porto Alegre, que ainda não recebeu a cópia do inquérito. Neste ponto, Ulysses Louzada disse que não cabe a ele a competência de analisar a responsabilidade da prefeitura.

com o veículo, Dalmo Gomes Mancuso, de 30 anos, seguiu sentido Avenida Paraná, quando uma das rodas da carreta atingiu a ciclista. A bicicleta da vítima

ficou embaixo da carreta, após o atropelamento. O motorista foi levado para a Delegacia de Polícia Civil para prestar esclarecimentos.

Grávida de três meses morre atropelada por carreta, em Vilhena G1

Uma mulher de 31 anos morreu após ser atropelada por uma carreta na manhã desta quarta-feira (3), em Vilhena (RO). O acidente aconteceu no cruzamento da Avenida Paraná, esquina com a Avenida 34, na periferia do município. De acor-

do com testemunhas, Claudineia Pereira da Costa, grávida de três meses, trafegava de bicicleta pela avenida e não pela ciclovia. À polícia, o motorista da carreta informou que estava parado na Avenida 34 esperando o sinal abrir. Ao sair

Pelo menos 25 pessoas morreram após uma histórica inundação na cidade de La Plata, a 63 quilômetros ao sul de Buenos Aires, informou nesta quarta-feira (3) o governador distrital, Daniel Scioli. “Mais de 50% da cidade esteve embaixo d’água, que começa a baixar, e temos 2.200 evacuados”, disse o chefe de gabinete da prefeitura, Santiago Martorelli, à TV C5N. Fortes chuvas na madrugada da véspera deixaram ao menos 8 mortos na região da capital Buenos Aires, segundo as autoridades. Em La Plata, caíram 400 milímetros de água em duas horas. “Isso jamais aconteceu em La Plata. Estávamos esperando o amanhecer para fazer os primeiros resgates. Meia cidade está sem luz. Há pessoas sobre telhados, árvores, à espera de que as socorremos”, afirmou o secretário argen-

tino de Segurança, Sergio Berni. Bombeiros, Defesa Civil, Exército, Prefeitura e da Policía metropolitana, estão trabalhando na zona. A chuva de terça-feira foi um recorde histórico para abril em Buenos Aires, com mais de 155 milímetros acumulados em menos de sete horas, segundo um comunicado do Observatório Central de Buenos Aires (OCBA). A inundação de ruas e casas atingiu com maior força os bairros da zona norte da capital, onde tem crescido nos últimos 10 anos a construção de edifícios, sem ser compensada com obras de infraestrutura hídrica para o deságue, segundo entidades ambientalistas. As inundações acontecem na capital argentina pela existência de antigos cursos d’água, agora debaixo da terra, que obstruem um deságue normal para o Rio da Prata.

Filha mais nova do rei da Espanha é indiciada por corrupção A infanta Cristina, filha mais nova do rei Juan Carlos da Espanha, foi indiciada por tráfico de influências no caso de suposta corrupção que afeta seu marido, o ex-jogador de handebol Iñaki Urdangarin, informou nesta quarta-feira (3) uma fonte judicial à agência de notícias France Presse. O indiciamento é o capítulo mais grave de um escândalo que explodiu no fim de 2011 e represen-

tou um duro golpe na popularidade da monarquia espanhola e do rei Juan Carlos, de 75 anos.


Rondônia / 22 a 28 de abril de 2013 - Edição 94 - Ano III

15

Esporte

Atletas do VEC registram B.O. Pietro Fittipaldi deixa a Nascar para seguir os contra a própria diretoria

N

Extra de Rondônia

a noite de terça-feira, 02, cinco jogadores do VEC foram até a Delegacia de Polícia Civil, onde foi registrado um boletim de ocorrência contra o presidente José Carlos Dalanhol, o “Gaúcho do Milho”. Por volta das 19h30 os jogadores estavam no hotel onde a equipe está hospedada, quando “Gaúcho do Milho” foi até o local e começou a xingá-los , proferindo diversas ofensas. Um dos motivos seria a falta da equipe no treino vespertino desta terça.Gaúcho tam-

bém disse que todos os atletas deveriam sair do local até as 12hrs desta quarta-feira. A decisão de ir até a Delegacia foi do gestor de futebol, Júnior Goiano. Por volta das 21h45, acompanhado de seu irmão , ele levou os atletas Weslley Silva, Francisco Paulo, Antônio Cezar, João Leonardo e Erivaldo Alves para registrar o caso. Júnior relatou à reportagem do Extra de Rondônia, que os salários e todos os combinados propostos pelo Gaúcho não foram cumpri-

dos e que todos da equipe estão sem receber faz 60 dias. Alguns jogadores já deixaram o elenco do VEC, mesmo sem o consentimento do Gaúcho. Após sair da Delegacia, Júnior e seu irmão foram surpreendidos por uma saveiro e uma motocicleta com dois homens - " eles estavam nos seguindo". Eles conseguiram escapar destes homens e voltaram para a Delegacia, onde pediram uma escolta policial para ir até o hotel, onde pegaram seus pertences e voltaram para a Delegacia, onde passaram a noite dormindo em bancos , para manter a sua segurança, do irmão e de sua mulher. O VEC joga nesta próxima quinta, mas ainda não têm a certeza se o elenco irá embarcar para Ariquemes, para a partida contra o Genus.

passos do avô rumo à F-1

Depois das passagens de Emerson, Wilsinho e Christian, o clã Fittipaldi pode ter mais um representante na Fórmula 1 em um futuro próximo. Aos 16 anos, Pietro atendeu ao pedido do avô bicampeão mundial e trocou uma carreira promissora no automobilismo norte-americano pelos monopostos, com o objetivo de alcançar a ca-

tegoria máxima do esporte a motor no mundo. Pietro disputará simultaneamente a F-4 e a F-Renault inglesas, dois campeonatos de formação na escada que leva à F-1. Campeão de uma divisão regional da Nascar em 2011, a Limited Late Model, o garoto contará com um incentivo e tanto para trocar os ovais dos Estados Unidos pelas pistas da Europa: o aporte

financeiro de Carlos Slim, o homem mais rico do mundo, através do apoio de seu grupo de telecomunicações. Pietro participará de projeto de formação de pilotos semelhante ao que levou os mexicanos Sergio Pérez e Esteban Gutierrez à F-1. O anúncio aconteceu em um "encontro" via telepresença, com o avô no Brasil e o neto nos Estados Unidos.


Rondônia / 22 a 28 de abril de 2013 - Edição 94 - Ano III

Edição 94  

Jornal Nossa Folha