Page 1

- Rondônia / 26 de fevereiro a 03 de março de 2012 - Edição 58 - Ano II ConfúcioAriquemes agradece ONG faz protesto pela deputados pela aprovação recuperação da BR 364 de financiamento Pag. 4

Pag. 3

Ariquemes - Rondônia - 26 de fevereiro a 03 de março de 2012 - Edição 58 - Ano II - R$ 2,50 - Acesse: www.jornalnossafolha.com

Aumenta o número de usuários e protestos nas redes sociais em Ariquemes Página 9

Pedofilia Das 15.517 notificações feitas à Central Nacional de Denúncias de Crimes Cibernéticos sobre Pornografia Infantil cerca de 36% denúncias acumuladas pela central no ano passado são referentes a conteúdos publicados na rede social Orkut. Página 8

Agora em novo endereço BR 364 - Setor Industrial Jamari Em frente a Pemaza

(69) 3535-2540


2

Ariquemes - Rondônia / 26 de fevereiro a 03 de março de 2012 - Edição 58 - Ano II

Opinião

In Foco

Editorial

Autor: Ivonete Gomes Artigo extraído do Jornal Rondoniagora

Nilton Capixaba e a falta de padrões morais, éticos e religiosos

Professores em greve Mesmo o Governo do Estado explicando que não há como conceder reajuste maior – o exigido pelos profissionais da Educação é 15% -, o secretário Júlio Olivar garante que o Governo sempre esteve aberto a negociações e mantém-se firme nesse propósito, “inclusive me comprometo a viajar a todas as 11 regionais do Sintero e debater as pautas apresentadas”.

Nossa Folha Publicações Ltda CNPJ - 06.934.246/0001-17

Rua Rio Negro, 4612 - Jd das Palmeiras Ariquemes - Rondônia

DIREÇÃO GERAL

José Olavo Subtil de Oliveira Paulo Roberto de Freitas Morais

DIRETOR DE REDAÇÃO Ivan de Lara

69 3536-3854 CONTATOS redacao@jornalnossafolha.com contato@jornalnossafolha.com comercial@jornalnossafolha.com Distribuido semanalmente em - Porto Velho, Ariquemes, Alto Paraíso, Cujubim, Monte Negro, Buritis, Machadinho D´Oeste, Cacaulândia, Rio Crespo, Jaru, Ouro Preto, Ji-Paraná, Cacoal, Rolim de Moura, Pimenta Bueno e Vilhena Artigos e Colunas são de responsabilidade de quem os assina e não representam nescessariamente a opinião do jornal

Desqualificar o jornalista quando é impossível desqualificar a notícia. Eis a tática de políticos inescrupulosos quando são pegos com a boca na botija para, ainda assim, continuar galgando êxito junto aos eleitores desatentos aos fatos. Há algumas semanas questionava-se o porquê do silêncio e omissão do PTB em relação ao deputado foragido Valter Araújo, membro ilustre do partido. A resposta surgiu da descoberta de que a esposa do líder da sigla em Rondônia, deputado federal Nilton Capixaba, é fantasma na Assembléia Legislativa com um salário superior a R$ 8 mil. O jornal eletrônico Rondoniagora denunciou a “façanha”, publicou a portaria de nomeação da jovem esposa do deputado e fez a óbvia correlação entre as figuras Nilton Capixaba, Valter Araújo, deputado estadual Jean Oliveira - onde está a fantasma - e, é claro, o verdadeiro dono do mandato, o papai de Jean Carlão de Oliveira, condenado em primeira instância a mais de quarenta anos de cadeia. O grupo segue um raciocínio extraído da morosidade da Justiça no escândalo da Dominó. Se Carlão de Oliveira passou semanas na cadeia quando era deputado e, ainda assim, teve o posto de presidente da Assembléia Legislativa restituído em decisões de instâncias superiores, o mesmo pode ocorrer com Valter Araújo. Daí o trabalho do grupo nos bastidores para que o líder da quadrilha que desviava dinheiro da saúde pública não seja cassado e possa voltar a reinar devolvendo todas as benesses a membros do partido e líderes da Igreja Assembléia de Deus, onde Nilton Capixaba também mantém seu curral eleitoral. Mas, a obviedade ululante de que contra fatos não há argumentos levou o Nilton Capixaba ao ineditismo de publicar uma nota oficial repleta de crimes contra a honra. Despiu-se, o nobre parlamentar, de todos os padrões morais, éticos e religiosos para atacar jornalistas do Rondoniagora, que nada fizeram além de publicar a verdade de que a esposa dele, Hosana Meire da Silva Balbino, é funcionária da Assembléia Legislativa, mas nunca foi vista por lá. Brasil afora, nunca se viu um político descer a nível tão lamentável para tentar intimidar e calar a imprensa. No texto baixo, esdrúxulo e mentiroso o membro da Câmara Federal dá sinais óbvios de que é assombrado. Demonstra, até de forma preocupante, estar acometido de mania de perseguição. Resta-nos saber se o parlamentar sofre de demência ou se o temor excessivo vem dos contumazes erros cometidos ao longo de sua caminhada na política rondoniense. Ao jornal Rondoniagora cabe tão somente as ações judiciais para indenização pelos danos morais sofridos e ao deputado Nilton Capixaba resta a árdua missão de explicar à população rondoniense por que sua digníssima esposa é FANTASMA NA ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DE RONDÔNIA. Quanto à religiosidade pregada pelo casal Nilton e Hosana Balbino, deixemos reflexão de trecho extraído da uma canção de Fernando Mendes: “Não adianta ir a igreja rezar e fazer tudo errado”

Direto da Redação

Paulo Morais

Baixaria Até quando minha gente? Até quando veremos denúncias de “servidores fantasmas” recebendo salários altíssimos em um esquema fraudulento de apropriação indébita? Estamos cansados de estampar páginas e mais páginas falando de corrupção em todas as suas vertentes. A última Foi a esposa do deputado federal Nilton Capixaba (PTB), “HOSANA MEIRE DA SILVA BALBINO” que estava lotada na Assembleia Legislativa com um saláriosinho de quase R$ 9 mil. Até aí tudo bem, se não fosse a situação de ela nunca ter pisado os pés dentro da Casa de Leis. Tudo isso pela parceria que Nilton Capixaba mantém com o foragido Valter Araújo desde os tempos de igreja. A denúncia Partiu de um site da capital (rondoniagora.com) e levantou a ira dos citados e a tática dos mesmos foi tentar desqualificar o nobre jornalista, uma vez que não conseguiram desqualificar a notícia. Inescrupulosos. Irmãos e amigos Desejaram ao foragido Valter Araújo um “feliz aniversário” no último dia 22 de fevereiro. Ele deve ter passado bem, pois levou uma “bolada” dos cofres públicos e ainda tem o apoio dos irmãos e amigos que oram pra que ele saia dessa... A página de Valter na rede social Facebook estava recheada de mensagens do tipo. Passou bem no carnaval carioca heim meu nobre... Falência Um sistema falido que só nos mostra a triste realidade do poder legislativo. Sem generalizar, estão quase todos no mesmo saco, trazendo todos os dias um fato (vergonhoso) novo. O problema é que eles só estão lá, fazendo o que querem, metendo a mão no dinheiro do povo e rindo da nossa cara, por culpa nossa. Mas como diz o pioneiro: “Ninguém tem plaquinha na testa dizendo – Eu sou um ladrão”. Só que a nossa burrice não pára por aí, muitos deles já tinham esta plaquinha na testa, mas nós preferimos nem olhar pra ela... olha só o resultado.


Ariquemes - Rondônia / 26 de fevereiro a 03 de março de 2012 - Edição 58 - Ano II

Política

3

Confúcio agradece deputados e diz que Rondônia resgatará dívidas históricas Decom

A

o comemorar a aprovação do Programa Integrado de Desenvolvimento e Inclusão Socioeconômica (Pidise) pela Assembléia Legislativa, o governador Confúcio Moura agradeceu a sensibilidade e compreensão dos deputados estaduais e disse que a partir de agora o governo poderá resgatar dívidas históricas com a população rondoniense, principalmente com rela-

ção aos mais necessitados que foram esquecidos pelos governos ao longo dos anos. Por meio do Pidise, o governo poderá investir R$ 542 milhões em 34 projetos simultâneos, nas áreas da educação, segurança, saúde, saneamento, agricultura, indústria, emprego e renda, habitação, modernização da gestão pública, turismo, cultura, desporto e lazer. O programa beneficiará mais de um milhão

e meio de pessoas, nas áreas urbanas e rurais do Estado. De acordo com o secretário-chefe da Casa Civil, Juscelino Amaral, por meio do Pidise o governo investirá nos 52 municípios de Rondônia, ligados as dez secretarias regionais. “O projeto foi aprovado da forma que foi enviado à Assembléia Legislativa e contemplará os seis eixos propostos. Ao longo da execução, se houver

necessidade numa ou outra ação poderemos remanejar recursos”, disse. Amaral também agradeceu ao apoio e a confiança no governo, manifestada pelos deputados e disse que não fosse os motivos de saúde, da deputada Glaucione Néri, que passou por cirurgia, e de viagem dos deputados Neodi Carlos e Marcelino Tenório, o placar seria de 24 votos favoráveis. “Os deputados entenderam os

propósitos e a seriedade com que o governo trata a gestão pública”, agradeceu o chefe da Casa Civil. O governador fez questão de tranqüilizar a população com relação a saúde financeira do Estado frente ao financiamento. “Em um ano pagamos mais de R$ 200 milhões em dívidas deixadas pelo governo anterior, estamos pagando parcelas de empréstimos contraídos também pelo nosso antecessor e temos

vigor financeiro de sobra para efetuarmos o pagamento deste financiamento sem o menor risco de comprometer o caixa do estado com nossas outras obrigações fiscais. Ao final do meu governo o povo saberá avaliar o quão acertada foi a decisão dos deputados estaduais ao aprovar por unanimidade este projeto que não é meu, as do povo de Rondônia”, comemorou o governador.


14

Ariquemes - Rondônia / 26 de fevereiro a 03 de março de 2012 - Edição 58 - Ano II

Destaque

ONG faz protesto pela recuperação da BR 364 Imagem News

E

m protesto a situação caótica e de abandono que se encontra a BR364, no trecho que liga o município de Vilhena a Porto Velho, a ‘Ong Viva Mais’ está organizando um movimento em prol da reforma urgente da rodovia. O objetivo da organização é reunir assinaturas, através do site Petição Pública Brasil, e encaminhar o protesto a presidente Dilma Roussef e as demais autoridades federais responsáveis pelo setor

de transporte. O movimento tem ganhado força através das mídias sociais e pretende cobrar a agilidade no processo de recuperação da principal via que liga Rondônia, aos outros estados do país. A obra de revitalização da BR-364 está paralisada há meses, mesmo com recursos garantidos pelo Programa de Aceleração do Crescimento – PAC 2. O projeto prevê a inclusão de 3º faixas em alguns trechos, ampliação e adequação dos

trevos de acesso às cidades, correção de algumas curvas perigosas, entre outras modificações. Confira, na integra a carta da Ong Viva Mais: Este projeto tem por objetivo cobrar de nossas autoridades agilidade no processo de reforma da BR 364 no trecho que vai de Vilhena a Porto Velho. O PAC 2 reserva valores para a reforma de toda a BR 364 no trecho de Ron-

dônia com a inclusão de 3º faixas em alguns trechos, ampliação e adequação dos trevos de acesso as cidades, correção de algumas curvas que representam grande perigo entre outras medidas que irão trazer mais segurança em nossa BR. O povo de Rondônia pede a mesma seriedade e empenho que o GOVERNO

FEDERAL dá aos outros estados da federação, somos um estado que tem um dos melhores índices de crescimento do Brasil porem isso não se reflete em investimentos do Governo Federal em nosso estado, temos que com a união do povo Rondoniense pedir e exigir que tenhamos uma estrada (BR 364-RO) em condições de transitarmos com nossas

famílias e que os produtores rurais tenham como escoar a produção do estado. Sabemos que toda obra deste porte tem seus tramites da burocracia, porém a BR 364-RO esta em estado de calamidade e não podemos mais perder tempo, “REFORMA DA BR-364-RO JÁ” é isso que o povo de Rondônia pede e clama a seus Governantes!


Ariquemes - Rondônia / 26 de fevereiro a 03 de março de 2012 - Edição 58 - Ano II

Destaque R$ 70 milhões

Eletrobrás fará investimento milionário na região de Ariquemes Comunicação PMA

R

epresentantes da Eletrobrás estiveram reunidos com o prefeito do município e apresentaram a programação de investimentos que a Eletrobrás - Distribuição Rondônia pretende executar em Ariquemes e região. As linhas gerais do projeto foram apresentadas pelo engenheiro da Área Técnica de Planejamento da Estatal, Rafael Paschoal, com previsão inicial de R$ 70 milhões na construção da subestação (Ariquemes 2) e implantação das linhas de distribuição para os municípios de Rio Crespo, Monte Negro, Cacaulândia, Buritis, Alto Paraíso. Está prevista uma linha para o Distrito de Bom Futuro. De acordo com o prefeito, José Márcio Londe Raposo, há mais de 15 anos não é realizado em Ariquemes investimentos nos setores

de distribuição e da rede de energia. “A área urbana expandiu e a rede atual está saturada”, disse o prefeito. Mauro Matsumoto, líder do processo de gestão local, esclareceu que nos últimos três anos foram executados apenas os trabalhos de “pontos de rede”. Segundo Jonas Antunes da Costa, engenheiro assistente da Diretoria de Expansão e Planejamento, o investimento em Ariquemes “é prioritário, porque o sistema está saturado e não podemos correr riscos”. Outros dois assuntos foram comentados durante a reunião. O convênio assinado em 2007, que prevê o repasse da estatal para o município de R$ 500 mil para urbanização da área verde na Avenida Capitão Sílvio e a iluminação da Avenida Guaporé e trecho da Avenida Rio Branco.

SEMOSP realiza serviços de tapa-buracos no Setor 3

Comunicação PMA

A Prefeitura de Ariquemes, por intermédio da Secretaria de Obras e Serviços Públicos (SEMOSP), realiza operação emergencial para tapar os buracos que se proliferaram pela cidade, em virtude das fortes desse período. Aproveitando a estiagem do “inverno amazônico”, as equipes têm saído às Ruas da cidade para efetu-

arem os serviços. Seguindo a programação da Semosp, os trabalhos foram realizados na nona (9ª) rua do Setor 3. E conforme informações da Secretaria de Obras e Serviços Públicos, a Prefeitura realiza os trabalhos pontuais durante o período de chuvas, para evitar que o número de buracos na cidade aumente.

5


16

Ariquemes - Rondônia / 26 de fevereiro a 03 de março de 2012 - Edição 58 - Ano II

Cidade Sessão Solene presta homenagens e abre trabalhos parlamentares de 2012

C Assessoria

om a participação de mais de 200 pessoas em Plenário, a Câmara Municipal de Ariquemes deu abertura dos trabalhos parlamentares de 2012 na noite de sexta-feira, 17 de fevereiro, através da entrega de Títulos de Cidadão Honorário e Moções de Aplausos à personalidades indicadas nas Sessões Ordinárias realizadas no decorrer de 2011. O evento contou com a participação do prefeito José Márcio Londe Raposo que apresentou a mensagem do Executivo que trouxe um resumo sobre as obras que serão realizadas este ano; do deputado federal Moreira Mendes, e o juiz Frankilin Vieira dos Santos que estavam entre os homenageados da noite; dos deputados estaduais: Adelino Folador, Lorival Amorin e Saulo Moreira; prefeitos, presidentes de Câmara e secretários municipais de Ariquemes e região; e representantes de Associações e entidades sociais e de classe. A cerimônia foi apresentada pelos jornalistas Claudio Ramos e Ana Claudia Ferreira, participação da banda Orquestral de Arique-

O ME MÉT LHOR OD ENS O DE INO

Al. Fortaleza Setor 03

FONE

3535

4430

mes, e foi iniciada com a fala dos vereadores da Casa, que saudaram os presentes e comentaram sobre suas indicações para Títulos e Moções. Na oportunidade, o presidente da Câmara de Ariquemes, vereador Valmir Francisco dos Santos (Val), agradeceu a todos que atenderam o convite do Legislativo e participam do evento. Em seguida, destacou as contribuições dos vereadores da Casa durante o ano de 2011 como peças de fundamental importância para o bom andamento dos trabalhos parlamentares. “E acreditamos que em 2012 não será diferente, pois temos consolidada uma parceria com o Executivo que tem somado para o desenvolvi-

mento de Ariquemes”, disse, acrescentando a este contexto que, “a forma diferenciada como vem sendo feita a administração do atual prefeito Márcio Raposo vem garantindo muitas obras em favor do município”. Val também destacou as indicações para Moções de Aplausos de autoria dele, e após suas explanações, desejou um bom ano legislativo a todos os colegas vereadores e convocou a população para uma maior participação nas sessões e nas contribuições com o Legislativo. “Afinal, é aqui que transformamos as ideias em bons projetos”, finalizou. A lista dos homenageados e demais fotos da solenidade podem ser conferidas no blog: camaradeariquemes.blogspot.com

Biblioteca Municipal recebe recursos para atualizar e ampliar o acervo Comunicação PMA

A Biblioteca Pública Municipal Pedro Tavares Batalha recebeu um recurso no valor de mais de R$ 13 mil, proveniente da Fundação Biblioteca Nacional para aquisição de títulos cuja finalidade é atualizar e ampliar o acervo. Segundo informações da Diretoria da Biblioteca, os títulos já estão sendo escolhidos e terão um custo de até R$ 10,00 por volume. “A intenção é termos 1,3 mil novos volumes que atendam as áreas de Educação, Literatura Brasileira e Estrangeira, Filosofia, Sociologia, Direito, História, Geografia, Biologia e Saúde, Psicologia, Esporte, Gastronomia, Matemática, Artes e Música, Literatura Infantil, Infanto Juvenil e Livros de Auto Ajuda” disse a diretora. A iniciativa faz parte do Programa de Atualização e Ampliação de Acervos de Bibliotecas de Acesso Público, criado pela

Fundação Biblioteca Nacional. E os títulos serão disponibilizados pelas livrarias e editoras que integram o Cadastro Nacional de Livros de Baixo Preço. De acordo com a Diretora da Instituição “os valores destinados a cada biblioteca foram contabilizados levando-se em conta diversos critérios, entre eles população atendida e infra-estrutura oferecida. As bibliotecas comunitárias, rurais e pontos de leitura receberão o valor fixo de R$ 4,1 mil para investimento”. O prazo de entrega dos livros será divulgado após o dia 29 de fevereiro, quando

encerra o período de escolha dos títulos. Seja sócio da Biblioteca Seja um sócio da Biblioteca Pública Municipal Pedro Tavares Batalha. Para fazer o cadastro, os interessados devem comparecer a Instituição munidos dos documentos pessoais e comprovante de residência. Menores de 18 anos devem apresentar autorização dos pais ou responsáveis. O horário de atendimento é de segunda a sexta-feira das 8h às 20h, e aos sábados das 8 às 12h e não fecha para almoço. Mais informações pelo telefone 3536-2422.


Ariquemes - Rondônia / 26 de fevereiro a 03 de março de 2012 - Edição 58 - Ano II

Cidade

7

Justiça mantém licitação para saneamento do município de Ariquemes Rondoniaemacao.com

A

Caerd amargou derrota fulminante, ao tentar barrar, por meio judicial, edital de licitação para concessão dos serviços de saneamento básico, em andamento, na cidade de Ariquemes. O relatório e sentença do desembargador Walter Waltenberg Silva Junior, do Tribunal de Justiça de Rondônia, manteve a decisão do juiz Edilson Neuhaus da 4ª vara cível da Comarca de Ariquemes, que indeferiu o pedido de liminar proposto pela estatal, por meio de medida cautelar. A ação pretendia que o Poder Judiciário suspendesse o processo licitatório do Município com o objeti-

vo de contratar uma empresa para prestação de serviços de fornecimento de água potável e esgotamento sanitário, já que o contrato com a Caerd venceu. Com a decisão do desembargador, que confirmou a sentença em primeira instância, a Caerd perde também em segunda instância, o que inviabiliza sua permanência como prestadora dos serviços de saneamento em Ariquemes. Na sentença de primeira instância, Edilson Neuhaus relata que, “ao contrário do que alega a autora da ação (Caerd), ao abrir processo licitatório, o Município indica que pretende retomar os serviços,

com observância do ordenamento jurídico”, previsto na lei 11.445/2007. A Caerd poderia ter participado da concorrência, mas preferiu ficar de fora e tentar ‘melar’ o processo licitatório, disse o vereador João Leite (PP/ Ariquemes). “Mas o Poder Judiciário está atento e decide de acordo com o que rege as leis do país” afirmou. Para o vereador, a Caerd em momento algum, pensa na população. O parlamentar observa de maneira positiva para o Estado, a atuação da Justiça, que por decisão de dois de seus representantes (Neuhaus e Waltenberg), garantiu a continuação do processo licitatório em Arique-

mes. “Com esta derrota, seria bom que a diretoria da Caerd, que não é dona da verdade, descesse do pedestal” disse João Leite. “Ser mais humilde e pensar mais nas pessoas, não faz mal a ninguém. Ao contrario, é bom para o coletivo”. Vereador tranquiliza população O vereador comentou também a decisão do TCE, que recomendou correção em alguns tópicos do processo licitatório, e tranquilizou a população: quando Tribunal de Contas aponta falhas, é exatamente para que sejam corrigidas. É o que certamente a Assesso-

ria Jurídica do Município faz neste momento. Quanto a isso, disse o parlamentar, a população de Ariquemes pode ficar despreocupada. A licitação vai continuar, porque o Município assim o quer e a Justiça de Rondônia assim decidiu. Não há vitória maior para o ariquemenses, que esta decisão judicial favorável. Várias empresas do Brasil inteiro se candidataram e participam da licitação, interessadas em tocar o saneamento básico em Ariquemes. A Caerd também foi convidada a participar por meio de edital. Porque ficou de fora? Indagou João Leite. “Certamente é porque (a Caerd) admite que não tenha capacidade

para competir com as empresas interessadas, com potencial de investimento e conhecimento, infinitamente, superior”. João Leite desafiou: “quero que a Caerd me aponte em que cidade do Estado construiu e administra rede de esgoto”? As três cidades que contam com o serviço, é porque a Caerd não está lá para atrapalhar, disse João Leite, se referindo às cidades de Vilhena, Cacoal e Alvorada do Oeste. “Ariquemes não pode esperar mais 30 anos, daí o fato de eu, na condição de representante do Poder Legislativo, apoiar, integralmente, a decisão de representantes do Poder Judiciário”, finalizou.


8

Ariquemes - Rondônia / 26 de fevereiro a 03 de março de 2012 - Edição 58 - Ano II

Capa

Redes sociais são alvo dos pedófilos O EstadãoWeb

D

as 15.517 notificações feitas à Central Nacional de Denúncias de Crimes Cibernéticos sobre Pornografia Infantil cerca de 36% denúncias acumuladas pela central no ano passado são referentes a conteúdos publicados na rede social Orkut. Mesmo sendo considerado crime fotografias e ví-

deos com imagens de pornografia ou cenas de sexo explícito envolvendo criança ou adolescentes são amplamente divulgadas principalmente em sites de bate papo e relacionamentos. Especialistas em crimes cibernéticos afirmam que essa distribuição é apenas uma das fontes de lucro para o crime organizado e que criminosos de vários países usam a inter-

net para se encontrar, trocar idéias e achar mais material que são vendidos posteriormente a pedófilos. Outro agravante é a falta de monitoramento e o descuido dos pais que tem contribuído com a ação dos pedófilos que não precisam mais seduzir suas vítimas pessoalmente. A exemplo deste caso está o de uma menina de 9 anos em Porto Velho que foi fla-

grada pela sua mãe as 2 horas da manhã na pratica de atos obscenos com um desconhecido mais velho em uma sala de bate papo. De acordo com a delegada da Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente (DEPCA) Noelle Caroline, a legislação americana diante de vários casos resolveram adotar uma política de tolerância zero.

minosos procuram mudar a imagem de identidade. "É preciso um investimento muito grande em tecnologia da informação (TI). O policial precisa estar autorizado a navegar nesses sites. Ele tem que ter a liberdade de entrar nas redes, fazer parte desses grupos, se infiltrar. Mas, para isso precisamos estar aparelhado com recursos tecnológicos e humanos".

A delegada alerta que os pais devem fiscalizar o acesso a internet. "Controlem e observem aquele adolescente que fica muito tempo na internet fazendo contato e derrepente sai de casa nos horários fixos e diz que vai sair ou ficar com amigos. É importante que os pais verifiquem “, recomenda a delegada.

Pais devem fiscalizar mais os filhos

A delegada Noelle diz que conteúdos pornográficos são armazenados em ambiente de nuvens

Nos Estados Unidos o pedófilo é submetido a penas extremamente rigorosas. Segundo a delegada Caroline , os criminosos estão a cada dia mais avançados, de modo que há uma orientação geral no sentido que as Policia Federal e Civil se unam a fim de combater esse tipo de crime. "Eles usam artifícios, por

exemplo, para gravar o conteúdo de pornografia infantil não mais no pen drive e nem o computador, e sim em um ambiente de nuvens, onde dificultam o acesso a comprovação do crime. Quando há neste mecanismo não se consegue com tanta facilidade identificar de quem e o material pornográfico", lamenta. Ela conta que os cri-


Ariquemes - Rondônia / 26 de fevereiro a 03 de março de 2012 - Edição 58 - Ano II

Capa

9

Aumenta o número de usuários e protestos na Facebook em Ariquemes Ivan de Lara – Da Redação

O

s usuários da internet em Ariquemes aderiram em massa ao Facebook. Em 2011 foram milhares de novos usuários, neste ano a rede local não para de crescer. Uns utilizam a rede social para se divertir, outros por passa tempo, tem os que usam para fins comerciais ou trabalho, e uma grande quantidade de pessoas a usam para fazer manifestações sociais. As manifestações nas redes sociais tem sido uma boa prática de exigir mudanças de várias esferas da sociedade. Os internautas protestam por melhorias na administração pública, contra a corrupção, contra próprios usuários que abusam em suas postagens no Facebook, há protestos em desfavor de crimes contra animais, pedofilia, e muitos

outros. Nas últimas semanas ocorreu uma manifestação de um usuário ariquemense que teve grande repercussão. O internauta indignado com uma cena que presenciou em que o diretor de uma universidade teria exposto alunos ao ridículo durante a formatura, acabou fazendo-o postar em seu perfil no Facebook um protesto em forma de repúdio a atitude do diretor. O protesto obteve centenas de comentários e pessoas dando apoio ao ato de repúdio, algo que transformou a ação em um grande movimento na rede, se alastrando para vários sites do Estado. Após tomar ciência do que estava acontecendo na rede social, à diretoria da instituição emitiu nota criticando a ação do internauta e ao mesmo tempo informando sua versão da histó-

ria. Fato que teve direito a tréplica e várias novas criticas à instituição. Informações dão conta de que o diretor da instituição teria feito um Boletim de Ocorrência na Delegacia de Polícia de Ariquemes, onde teria a intenção de mover um processo por danos morais. Com a atitude deste internauta, foram várias as outras manifestações contra a referida instituição de ensino superior. Os manifestos são contra a instituição em si. Tudo gira em torna de uma suposta má administração, de um péssimo entendimento entre coordenadoria e alunos, onde não haveria diálogo e o que é essencial, nada de gestão. As reclamações tomam conta da rede e se alastraram de forma viral. Algo que compromete e pode colocar em cheque ainda mais a credibilidade da instituição.


10

Ariquemes - Rondônia / 26 de fevereiro a 03 de março de 2012 - Edição 57 - Ano II

Variedades

Humor A Loira No Rumo Errado Em um avião indo para Nova York, a comissária se dirige a uma loira sentada na divisão reservada para a primeira classe e pede para que ela se mude para a classe econômica pois ela não tinha passagem para a primeira classe. A loira replicou dizendo: -Sou loira, sou bonita, estou indo para Nova York e não vou sair. Não querendo argumentar com a passageira, a comissária pede para o co-piloto falar com ela. Ele foi falar com a mulher, pedindo que ela fizesse a gentileza de sair da primeira classe. Novamente a loira respondeu: -Sou loira, sou bonita, estou indo para Nova York e não vou sair. O co-piloto voltou para a cabine de comando e perguntou para o piloto o que ele deveria fazer. O piloto disse: -Sou casado com uma loira e sei como lidar com isso. Ele foi para a primeira classe e sussurrou no ouvido da loira. Ela imediatamente pulou da cadeira e correu para o setor econômico, resmungando para si: -Por que ninguém me disse antes?... Surpresos, a comissária e o co-piloto perguntaram o que ele havia dito para a loira que a convenceu a sair. Ele contou: -Eu disse a ela que a primeira classe não estava indo para Nova York. Amigo no Hospital Os dois amigos se encontram: - Você sabe que o Arnaldo está hospitalizado? - comenta um deles. - Não pode ser! Ainda ontem eu o encontrei num baile, dançando com uma loira fenomenal... - Pois é, a mulher dele também!

Publicações PEDIDO DE LICENÇA AMBIENTAL DA ATIVIDADE DE REVITALIZAÇÃO DE ÁREA, da Empresa M. L. Construtora e Empreendedora Ltda., em lagoa a ser criada na LC 65, Imóvel Tancredo Neves, Lote 01/D, em Ariquemes - Rondônia, CNPJ: nº 08.596.474/0001-04, torna público que requereu ao NUCOF/SEDAM o pedido de Licença para as atividade de Revitalização.

EDITAL DE CONVOCAÇÃO O presidente da ONG VIVA MAIS, Ricki Nascimento Graeff, no uso de suas atribuições estatutárias conforme Cláusula 28 - Seção lll, inciso l, vem através deste CONVOCAR todos os sócios para ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA a realizar-se dia 28.02.2012, às 19 hs na sede da ONG VIVA MAIS, sito à Rua Natal, 2396, setor 3, neste Município de Ariquemes - Rondônia, para a seguinte ordem do dia: 1. Avaliação das atividades 2011 e explanação das atividades 2012; 2. Proposta de Alteração Estatutária, conforme Cláusula 21; inciso IX; 3. Demais assuntos pertinentes a ONG VIVA MAIS. Ariquemes, 26 de fevereiro de 2012 Ricki Nascimento Graeff Presidente

Vendo bicicleta ergométrica com marcador digital, Caloi, nova, ótimo preço R$ 400,00. Telefone - 8113-3618 (Lauana Lima)


8 12

nossoestado nossarondônia Caderno

de fevereiro a 03 -deEdição março53 de -2012 Ariquemes Ariquemes - Rondônia - /Rondônia 05 a 11 de/ 26 dezembro de 2011 Ano -II Edição 58 - Ano II

Social

11

Veja as suas fotos divulgue o seu evento

Estado

Acesse o site mais top da cidade

RONDOFEST

.com.br


112

Ariquemes - Rondônia / 26 de fevereiro a 03 de março de 2012 - Edição 58 - Ano II

Estado

Bancos são denunciados por não cumprirem Lei de Segurança Bancária Assessoria

O

s bancos instalados no Estado de Rondônia começaram a ser denunciados, esta semana, pelo não cumprimento da Lei nº 2.530, de autoria do deputado estadual Hermínio Coelho (PT – Porto Velho) e sancionada pelo governador Confúcio Moura no dia 25 de julho de 2011, que torna obrigatória a instalação de dispositivos de segurança nas agências e postos de serviços de instituições financeiras. O Sindicato dos Bancários e Trabalhadores do Ramo Financeiro de Ron-

dônia (SEEB/RO) é quem está levando este nítido caso de desrespeito com a lei para os órgãos competentes, por meio de ofícios encaminhados para a Superintendência da Polícia Federal, Procuradoria Geral do Estado, Ministério Público Estadual e Ministério Público do Trabalho. “A lei já vai completar sete meses desde sua sanção pelo governador e, até o momento, mesmo depois de termos tido o cuidado de informar a edição da lei para cada instituição financeira instalada no Estado, os bancos continuam ignorando a lei ou, simplesmente,

a desobedecendo. Isso comprova, novamente, que a preocupação dos bancos não é com as pessoas, mas simplesmente com o lucro”, avalia José Pinheiro, presidente do SEEB/RO. No documento, o Sindicato menciona, como exemplo de desrespeito com a lei, o banco Itaú/Unibanco, agência Rio Madeira, em Porto Velho e uma em Rolim de Moura, que fazem o atendimento ao publico sem a existência da porta giratória com detector de metais. O mesmo acontece com as agências do Bradesco em Candeias do Jamay e Buritis.

“Mas o destaque da gravidade desta situação de descaso com a vida do trabalhador e dos clientes é ainda maior na agência do Banco do Brasil que será inaugurada, brevemente, em Ariquemes. Informações dão conta de que a planta da obra não conta com porta com detector de metais. Ariquemes é o município que, antes mesmo da lei estadual, já tinha sua própria lei que obrigava os bancos a terem as portas giratórias com detector de metais. Esta região, do Va-

le do Jamari, foi palco do terror que imperou pela falta de segurança, a exemplo de Ariquemes, Cujubim, Monte Negro e Buritis, onde ocorreram vários assaltos em menos de um ano, até mesmo com reféns e policiais baleados”, acrescenta Pinheiro. O SEEB destacou que somente dois bancos estariam ‘tentando’ fazer valer a lei que trata da segurança. São eles HSBC e Banco do Brasil. Ambos já iniciaram a instalação, conforme determina a lei, de biombos que

separam os trabalhadores dos caixas e as pessoas atendidas das demais que esperam atendimento. “Mas isso não representa nem um por cento sequer do que os bancos deveriam cumprir para garantir a segurança para todos. E, por isso, estamos denunciando este absurdo e vamos permanecer sempre vigilantes para não permitir que a vida das pessoas seja preterida apenas pelo interesse financeiro dos bancos”, encerrou o sindicalista.


Ariquemes - Rondônia / 26 de fevereiro a 03 de março de 2012 - Edição 57 - Ano II


Ariquemes - Rondônia / 26 de fevereiro a 03 de março de 2012 - Edição 57 - Ano II


Ariquemes - Rondônia / 26 de fevereiro a 03 de março de 2012 - Edição 58 - Ano II

Esporte

Pedaladas

Alexandre

Jabá

Libertadores Somente Fluminense e Internacional venceram nas suas estreia, o resto, não passou de um empate ou derrota, péssimo começo para um torneio bem disputado para os clubes brasileiros. Paulistão Palmeiras votou a sorrir, até Felipão com seu jeito grosseiro, deu seu ar da graça para o grupo, e disse: Agora sim o Palmeiras é o Palmeiras, o bom nível dos jogadores, já começa a pensar em títulos. Corinthians na cola está invicto e também venceu o clássico contra o São Paulo, mesmo jogando sem seu ataque titular, provou que eles são fregueses de carteirinha. Santos de Neymar, se ele joga bem, o time vai bem, se ele joga mal, o time vai mal, resumindo, o time hoje é Neymar Futebol Clube. São Pau-

lo, este tá pior do que o “Bugre” Guarani de Campinas, o Leão, o rei da selva não está conseguindo administrar seus “bichinhos” ou seja, ritmo de jogo, tá muito ridículo o futebolzinho do Tricolor será que depois do carnaval eles vão acordar? Carioca Quem vai apostar comigo, os quatro semifinalista da taça Guanabara são: Vasco, Flamengo, Botafogo e Fluminense e se quiser vou mais longe e dobro a aposta, serão também os quatros da Taça Rio. O Resende e Boa vista querem ser surpresa, não vejo como times de chegada são só fogo de palha. Será que vai ser Verdade Ricardo Teixeira? Nossa está chegando a hora de vermos o monopólio acabar no futebol brasileiro, se realmente o Ricardo pedir o afastamento, acredito que muitas coisas irão mudar, seria inédito na história deste país, como dizia nosso ex-presidente “Lula”. Rondoniense Jogos no meio da semana é papo para boi dormir, não é mesmo? Quartas-feiras dois jogos do Ariquemes, que isso, será que os dirigentes de clubes não pensaram antes de assinar este papel para federação, disputar audiência com Libertadores, Paulistão, Carioca e até BBB, há muita gente que gosta, além dos estudantes do turno noturno, nossa é complicado. Vem Aí a 1ª Copa Empresarial de Futebol Society Sintético. Realização: Plantão Esportivo e Joga 10

De Trivela

Ciro

Martins

ADEUS RICARDO TEIXEIRA “A queda de Ricardo Teixeira” acabou virando um bordão e como tal serviu também para turvar o problema maior: a CBF. Então, não há o que comemorar: o rompimento da longevidade do dirigente se deu por razões não sabidas por todos nós? Um nação séria não pode ter o seu órgão máximo do futebol funcionando como uma organização paralela, avessa à Constituição, à ordem e à Justiça. Podemos chamar de máfia, quadrilha, oligarquia… o que for, mas não tem cabimento a CBF ser o que é. A fundação de uma entidade que esteja enquadrada nos ritos da democracia e das leis do país é fundamental. É preciso quebrar a espinha dorsal da estrutura entre senho-

res e vassalos (confederação e federações) no futebol brasileiro. A prática criminosa em todos os aspectos da vida esportiva permeou as ações e omissões da CBF. Continuar vendendo favores, corrompendo e se beneficiando privadamente desta grife é o grande motivo da disputa. O que vai aparecer de gente chutando “cachorro morto”, no caso, Ricardo Teixeira, para agradar o público não está no gibi, mas ele, mesmo morto, pode continuar como cadáver insepulto pela herança que deixa. Talvez, não querendo cometer leviandade, uma intervenção na CBF, como defende Romário, deva ser estendida para muitas outras entidades esportivas. Pelo apelo que tem, começar a limpeza pelo futebol e fazer o enquadramento da CBF para transformá-la numa entidade civil de estatuto democrático e gestão profissional da estrutura e das coisas do futebol (inclusive direitos de transmissão), modificando totalmente a gestão das seleções, passa a ser a tarefa a se cobrar diariamente dos nossos governantes ou da nossa governanta (presidenta) e que poderá gerar jurisprudência. Romário é peça-chave nisso e deve ter apoio da sociedade. Não sei qual será o limite dele, mas até agora tem demonstrado coerência. Criamos o Estatuto do Torcedor, falta o Estatuto do Esporte. Texto:Juca Kfuri.

15

Um site completíssimo! Acesse agora www.

.com


Ariquemes - Rondônia / 26 de fevereiro a 03 de março de 2012 - Edição 57 - Ano II

Pedofilia  

edicao__58

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you