Issuu on Google+

“Na base do chicote”

Ariquemes - Rondônia 10 a 16 de outubro de 2011 Edição 45 - Ano I

Em meio à ações de ressocialização, o senador Reditário Cassol diz que presidiários devem ser obrigados a trabalhar abase de chicotadas

Pag. 31

Ariquemes - Rondônia - 10 a 16 de outubro de 2011 - Edição 45 - Ano I - R$ 2,50

“O povo de Ariquemes merece um saneamento de qualidade”

Prefeito Márcio luta para oferecer uma água de qualidade aos ariquemenses ◄ Ao lado, a diferença entre a água consumida hoje e a que poderia estar sendo distribuida pela Saneari

Piscicultura

Infraestrutura

“Semana do Peixe” acontece em Ariquemes

Economia de quase R$ 1,5 milhões em 2 meses

Com a piscicultura mais forte do Estado, o município é o único a comemorar o evento

Com usina de asfalto própria, Ariquemes poupa 50% em pavimentação

Pag. 9

Agora em novo endereço BR 364 - Setor Industrial Jamari Em frente a Pemaza

Pag. 7

(69) 3535-2540

Pag. 8


2

Por

Zé Olavo

Coluna

olavosubtil@jornalnossafolha.com

Observando, relatando e opinando...

Observando a política do lado de fora

C

omo já começou a corrida eleitoral para 2012, irei relatar um pouco do que penso a respeito de como funciona a famosa via política. Como fazer para os benefícios virem mais rapidamente para seu município.

Vejamos, no contexto geral, vamos enxergar a política como um organograma, com os poderes Executivo e Legislativo. Primeiro no Executivo, o Presidente da República, Executivo Estadual o Governador e Executivo Municipal o Prefeito. Já no Legislativo, os senadores, deputados federais, deputados estaduais e vereadores. Então olhando a

política do lado de fora, ela funciona como se fosse uma via rápida, ou se preferir imagine como uma corrente cheia de elos. Se todos os políticos que compõem esta via forem da direita ou seja a favor do mesmo grupo que está lá em cima, as “coisas” fluem mais rapidamente, os benefícios para seu município vem à jato. Imaginemos que se quebrassemos este elo e se colocássemos um político que fosse de esquerda, ou seja, o cara do contra no meio dessa corrente iria dificultar a agilidade do sistema, iria ser como uma via cheia de buracos, com ponte quebrada.

Você chegaria, mas demoraria um pouco, aliás, demoraria demais. Assim é a política. É como um time, tem que estar em sincronia, todos em armonia. Lembre-se bem, não estou induzindo ninguém a tomar lado algum, até mesmo porque vivemos em um país democrático, cada um tem o direito de fazer a sua escolha. Mas você tem como escolher o melhor para a sua cidade, tem como fazer a coisa acontecer na velocidade supersônica, pois a política foi feita para os anais da sociedade, ela fica dentro, bem dentro mesmo dos anais da população! Rrsrsrsr. Ela

está dentro dos anais da educação, dentro dos anais da saúde, dentro dos anais da cultura, enfim dentro dos anais de todos os cidadãos de bem. Portanto, se ela se encontra dentro de todos os anais, procure escolher direitinho, se não... Ah, se não, vai doer muito, ah se vai!!! U m abração para o Eliel do Salão Vip Cabeleireiros, sempre acompanhando o nosso trabalho!

Ariquemes - Rondônia 10 a 16 de outubro de 2011 Edição 45 - Ano I


nossapolítica

Ariquemes - Rondônia 10 a 16 de outubro de 2011 Edição 45 - Ano I

PMDB inicia preparativos para 2012 com grande evento em Ariquemes

N

Procuradoria reafirma indício de crime em negócios de Palocci

Mídia Extra

Divulgação

a noite de sábado (02) o PMDB realizou um encontrou regional no município de Ariquemes. O principal objetivo do evento visa iniciar os preparativos e fortalecimento da sigla para as eleições de 2012. Com a presença do senador e presidente nacional do partido, Valdir Raupp, governador Confúcio Moura, deputado estadual Adelino Follador (DEM), prefeito Márcio Raposo (DEM), presidente da Câmara ariquemense, Val do PT, dos vereadores, Enoque Nunes e Clóvis José (PMDB), entre outras lideranças locais e regionais, o evento foi direcionado para apresentação de pré-candidaturas a prefeito de todos os municípios da região, onde também foi apresentado o secretário adjunto de segurança pública de Rondônia, Dr. Ricar-

A Procuradoria da República no Distrito Federal reafirmou ter encontrado "fatos novos" ao examinar os negócios particulares do ex-ministro Antonio Palocci. "Em 8 de agosto, foram encaminhadas ao procurador-geral da República informações apuradas no inquérito civil público que investiga eventual enriquecimento ilícito do ex-ministro da Casa Civil, Antônio Palocci, referentes a contratos firmados pela empresa Projeto. A comunicação reúne informações que não foram citadas, implícita ou explicitamente, na decisão de arquivamento da representação criminal divulgada pela imprensa e analisada no bojo do inquérito civil", diz a nota. A Procuradoria informa ainda que, em razão do afastamento da procuradora titular, o caso será analisado pelo substituto, Gustavo Pessanha Velloso, titular do 3º Ofício Criminal: "Caberá a ele a decisão sobre eventual abertura de inquérito cri-

do Rodrigues, como pré-candidato a prefeito de Ariquemes pelo PMDB. O evento que foi realizado na Câmara de Vereadores de Ariquemes, que esteve com a casa lotada, passa a ser o primeiro ponta pé para os preparativos às eleições de 2012. Na noite foram oficializadas e abo-

nadas pelo governador Confúcio e o senador Raupp cerca de 200 novas fichas de filiações. Recursos para BR 364 Na oportunidade o senador Raupp anunciou a liberação de emenda da deputada Marinha Raupp, no valor de R$ 5 milhões, para

conclusão das obras de duplicação da BR 364 no trecho que cruza Ariquemes. O pefeito Márcio Raposo agradeceu o senador Raupp e a deputada Marinha pelo empenho na liberação destes recursos, onde salientou a importância da conclusão desta obra para Ariquemes.

Raupp afirma que PMDB é contra relatório da reforma política Divulgação

O presidente em exercício do PMDB, senador Valdir Raupp (RO), afirmou na semana passada que a maioria do partido é contra o relatório do deputado federal Henrique Fontana (PT-RS) sobre reforma política. Segundo ele, o principal ponto de discordância é a votação em lista fechada.

Pelo relatório do petista, que será discutido nesta quarta-feira em uma comissão especial da Câmara dos Deputados, o eleitor votaria, nas eleições proporcionais, diretamente no candidato e também em uma lista ordenada anteriormente pelos partidos. "O relator Henrique Fontana está querendo votar na

comissão para jogar a discussão para o plenário. Acho que é uma longa caminhada ainda, mas se aprovar da forma que está, no Senado será muito difícil aprovar. Então não vai ter uma vitória. Da forma que está posso afirmar com certeza que não passará no Senado", afirmou Raupp. Ele dá outros sinais de que

a votação deve ser adiada: "A pressa era, se tivesse feito uma Comissão mista talvez desse tempo para votar até as eleições de 2012, para valer para 2012. Agora não dá mais. Temos dois anos cheios para discutir a reforma". Ainda segundo Raupp, o partido apoiaria o voto distrital e até o distrital misto. Outro ponto que teria consenso é o fim das coligações nas eleições proporcionais. O financiamento público de campanha, diz Raupp, também tem o apoio da bancada, "mas será preciso analisar o modelo". No relatório, Fontana propõe a criação de fundo, gerenciado pelo Tribunal Superior Eleitoral, que poderia receber doações de empresas, inclusive privadas. Este ponto é alvo de críticas de alguns deputados. O PMDB é um partido de muitas vocações, mas certamente não para o suícidio.

3

minal, após análise da documentação recebida". Palocci deixou a Casa Civil em junho deste ano, após o jornal Folha de S. Paulo revelar que ele multiplicou seu patrimônio por 20 entre 2006 e 2010, quando foi deputado federal e manteve, paralelamente, uma consultoria privada. A Projeto, empresa aberta por Palocci em 2006 (quando afirmou ter patrimônio de R$ 356 mil) também comprou, em 2009 e 2010, imóveis em região nobre de São Paulo no valor total de R$ 7,5 milhões. Palocci afirmou que não revelou sua lista de clientes a Dilma, atribuiu as acusações a ele a uma "luta política" e disse que ninguém provou qualquer irregularidade na sua atuação com a consultoria Projeto. Foi a segunda vez que Palocci deixou o governo após um escândalo. Em 2006 deixou o Ministério da Fazenda após suspeitas de ter quebrado o sigilo bancário do caseiro Francenildo dos Santos Costa.

Partido Social Cristão realiza evento em Ariquemes Mídia Extra

No domingo (02) o PSC (Partido Social Cristão) realizou na Câmara de Vereadores de Ariquemes uma reunião com lideranças e filiados do partido de toda região. Com a presença do presidente regional da sigla, Agnaldo Muniz, o PSC deu inicio ao fortalecimento da sigla para as eleições de 2012. Na oportunidade foram apresentados os pré-candidatos a vereador e também empossados os líderes do PSC Jovem e PSC Mulher em Ariquemes. No evento estiveram presentes o prefeito Márcio

Raposo (DEM), deputado Adelino Follador (DEM), vereadores Tibério Rocha (PPS) e Enoque Nunes (PMDB), ex-deputada Daniela Amorim (PSDB), lideranças do partido como o presidente municipal Joel da Yamaha, Eduardo da Umama e o empresário Geraldo Pinheiro da Rondônia Distribuidora, entre outros líderes de Ariquemes e de toda região. O evento teve como objetivo mostrar para a comunidade a organização e o início de uma grande caminhada que visa fortalecer a democracia no Estado de Rondônia.


4

nossaopinião

Ariquemes -- Rondônia Rondônia Ariquemes 10 aa 16 16 de de outubro outubro de de 2011 2011 10 Edição 45 45 -- Ano Ano II Edição

Editorial

Rafinha Bastos - O lado B de uma nova era

infoco

“O rei da baixaria” Não é fácil ser engraçado. Mais difícil ainda é não sair do trilho ao caminhar por algumas fronteiras tênues desse universo. Para fazer rir, é preciso ir além do que prega o senso comum. Em vários momentos, desafiar a patrulha politicamente correta. Afinal, humor a favor tem tanta graça como dançar com a irmã. Um passo em falso, no entanto, pode tirar o comediante do campo da irreverência e da ousadia e pôr tudo a perder. Quando a piada se sustenta sobre preconceitos ou grosserias gratuitas, o resultado é sempre constrangedor e ofensivo.

Nossa Folha Publicações Ltda CNPJ - 06.934.246/0001-17

Rua Rio Negro, 4612 - Jd das Palmeiras Ariquemes - Rondônia

Festejamos um tempo de novas tecnologias, de informações diversificadas e on line, do acesso ao mundo em tempo real. Assistimos uma geração crescer com novos referenciais (ou sem eles), alterando fronteiras, mas com dificuldades de perceber limites. A imagem frequentemente prevalece sobre a realidade e se projetam idealizações que nos fazem reféns de marcas, de comportamentos, do consumo compulsivo por tudo que nos é “imposto” pelo “outro” que toma um significado supervalorizado. Precisamos de ídolos que traduzam estas expectativas, que representem essa nova linguagem, essa nova forma de nos relacionarmos onde ferramentas como facebook

e twitter são indispensáveis. Rafinha Bastos surgiu (como mais um e de forma intensa) para responder essas demandas. Irreverente, sem papas na língua, fez da bancada do CQC a tribuna para falar o que pensa, sem medir qualquer conseqüência, e o que muitos gostariam de dizer. Tornou-se um fenômeno: acompanhado por milhões, capa de revistas, propagandista de sucesso de produtos voltados para os jovens. Foi de forma crescente liberando sua agressividade, seu potencial ofensivo e continuou sendo aplaudido e acreditando que fazer mais do mesmo seria uma fórmula para mantê-lo no “estrelato”. Travestido de crítico do politicamente correto e em nome do humor, se arvore o direito de romper qualquer limite de civili-

Coluna Pinga Fogo

Ivan de Lara

O PT e a mídia A executiva do PT anunciou na semana passada que irá realizar um seminário no final de novembro, em São Paulo, para discutir o marco regulatório da mídia. O partido que já domina o país, possui em pauta, onde que no 4º Congresso do PT ocorrido em setembro, aprovou-se uma resolução com pontos para regulamentar os artigos da Constituição que tratam da comunicação. A verdade é que o PT não sossegará no seu sonho totalitário enquanto não tiver poder de censura sobre a imprensa. E o PMDB Já o PMDB nacional já se manifestou sobre o assunto dizendo que não pretende de forma alguma controlar a mídia no país. Atitude democrática e plausível, pois os nobres petistas manifestam atitudes e intenções claras de uma regressão que se assemelha com regimes antidemocráticos já instalados em alguns países pela América Latina. Salto Ariquemes Os trabalhos comandados pela administração do prefeito Márcio Raposo tem avançado para outro patamar nos últimos meses. São obras e ações em todos os setores do município de Ariquemes. Após o curto período de dezoito meses de administração, a gestão de Márcio já é comparada com os seis anos em que Confúcio Moura esteve à frente da prefeitura. O foco As conquistas se baseiam em uma administração, onde as críticas e elogios foram utilizadas para um único fim, onde o foco e objetivo é crescer sustentavelmente. Neste ponto fundamental a administração atual tem tirado de letra. Filiação O juiz aposentado Léo Faccin se filiou ao PTB na última semana. Faccin afirma que para curto prazo não possui pretensões de disputar uma campanha e que momentaneamente somente ingressou no partido ao convite do amigo e vereador afastado de Alto Paraíso, popular Caíco. O seu ingresso na sigla foi abonado pelo presidente regional do PTB, Nilton Capixaba e pelo deputado e presidente da Asembleia, Valter Araújo.

DIREÇÃO GERAL

José Olavo Subtil de Oliveira Paulo Roberto de Freitas Morais

DIRETOR DE REDAÇÃO Ivan de Lara

Caíco O vereador de Alto Paraíso, Caíco, encontra-se momentaneamente afastado de seu mandado na Câmara. O vereador pediu afastamento para assumir cargo de assessor especial do presidente da Assembleia Valter Araújo.

69 3536-3854 CONTATOS redacao@jornalnossafolha.com contato@jornalnossafolha.com comercial@jornalnossafolha.com Artigos e Colunas são de responsabilidade de quem os assina e não representam nescessariamente a opinião do jornal Distribuido semanalmente no Estado de Rondônia

De olho Para Caíco, o fato de já estar trabalhando na Casa de Leis do Estado é uma mera aproximação do que de fato sonha. Como 1º suplente de sua coligação, o nobre possui chances de assumir o mandato de deputado a qualquer hora. Para isso ele precisa que ocorra a saída dos deputados Saulo Moreira (PDT) ou Adelino Follador (DEM), onde nestas andanças políticas, a qualquer momento tudo pode acontecer. Caíco espera que o quadro mude nas eleições de 2012, ou no caso da remota possibilidade de Adelino assumir uma secretaria no Governo Confúcio.

dade e transgredir o limiar do bom senso. Tal como um “viciado” que sente o prazer da droga, mas não consegue avaliar sua capacidade de destruição, seguiu atacando impunimente até que deu efetivas demonstrações de que perdeu o controle. Primeiro declarou que as “mulheres feias não teriam do que reclamar se estupradas e sim ficarem agradecidas”. Depois e por último acrescentou ao comentário de Marcelo Tas de que Wanessa Camargo está muito bonitinha grávida que “comeria ela e o bebê. Eu não tô nem aí”. De uma só vez desrespeitou valores sagrados, agrediu mães no seu sublime sentimento de maternidade e pais que tem como missão cuidarem e preservarem seus esperados e indefe-

Americo Buaiz Filho

sogro de Wanessa Camargo Presidente do Jornal Folha Vitória

sos bebês. Perdeu a dignidade, a compostura para não perder a piada infame e de mau gosto. Como sogro, como pai, como avô, como empresário de comunicação e, principalmente, como cidadão, tenho crença de que a punição “temporária” de não mais co-apresentar o CQC se torne permanente porque como telespectador foi um prazer não ver um cretino continuar se utilizando de um veículo de massa para satisfazer seu próprio ego. Os trapezistas não podem acreditar que voam e os criminosos têm que ser colocados à margem da sociedade. Rafinha, você não está nem aí, mas nós estamos aqui!

Direto da Redação

Paulo Morais

O “grupão da morte” É assim que está sendo chamado o grupo de vereadores que terão que se abraçar se quiserem alcançar alguma coisa nas eleições em 2012. Foram dois que migraram pro PSD, Vanilton Cruz e Tibério Rocha, não tiveram escolha. Tem um que está praticamente sozinho no partido, Alex Redano do PRTB, vai ter que se virar nos 30 devido a fraca nominata. Pode voltar a acontecer a situação de candidatos com mais de mil votos ficarem de fora. Vamos aguardar as cenas dos próximos capítulos: A costura das coligações. Novo presidente Recebi uma ligação do meu amigo Ezequias Miranda, se identificando como novo presidente do PPS em Ariquemes. A vaga deixada por Tibério Rocha que assumiu a presidência do PSD em Ariquemes foi oferecida pelo presidente estadual João Cahulla ao assessor do senador Ivo Cassol na região de Ariquemes. Ezequias é bastante articulador mas o partido está sem nenhuma representatividade no município, uma vez que o prazo para as filiações foi encerrado na última sexta-feira (07). Mas mesmo assim, acredito na competência do Zeca. Abusados É assim que denomino alguns mototaxistas de Ariquemes. Infelizmente, a atitude de alguns acaba manchando a imagem de todo um grupo de respeitados profissionais. Alta velocidade, trânsito por cima das calçadas e “corridas” com mais de uma pessoa na garupa da motocicleta é o que mais se vê, principalmente à noite. Parar no sinal vermelho? Nem pensar. O problema disso tudo não é simplesmente a falta de educação no trânsito desses condutores, e sim, o risco em que eles colocam a vida de outras pessoas. Novo comando O 7º Batalhão da PM em Ariquemes tem um novo comandante. Sai de cena um dos maiores defensores do Policiamento Comunitário, Major Alcântara, e entra o tenente-coronel Ênedi Dias de Araújo. A população já estava acostumada com o “sistema comunitário” da polícia militar, com as bases nos bairros e uma aproximação maior da comunidade com as guarnições. Creio que o novo comandante continuará e aperfeiçoará ainda mais esta metodologia. Alcântara sai com a sensação de dever cumprido. Parabéns e boas vindas A diretoria do Jornal Nossa Folha parabeniza o ex-comandante, Major Antônio Matias de Alcântara pelo brilhante trabalho realizado em nosso município e ao mesmo tempo dá as boas vindas ao tenente-coronel Ênedi Dias de Araújo.


nossa política

Ariquemes -- Rondônia Rondônia Ariquemes 10 aa 16 16 de de outubro outubro de de 2011 2011 10 Edição 45 45 -- Ano Ano II Edição

5

Quer ser prefeito da capital

Deputado Hermínio Coelho oficialmente deixa o PT e assume presidência do PSD

O

deputado federal Moreira Mendes, presidente regional do Partido Socialista Democrático em Rondônia, participou na Câmara dos Vereadores de Porto Velho, de um grande evento de filiação de lideranças ao PSD. Na oportunidade, o partido recebeu a adesão do deputado estadual Hermínio Coelho, que deixou o Partido dos Trabalhadores (PT) para fortalecer a legenda no estado. Ele foi empossado como presidente da Comissão Provisória da capital e pode disputar a

prefeitura da cidade no ano que vem. O evento também contou com a participação especial do prefeito de Ouro Preto do Oeste, Alex Testoni, e de seu irmão, o deputado estadual, Jaques Testoni, que também se filiaram ao PSD. Falando sobre o momento político no estado, Moreira relembrou os dias de aflição que viveu durante todo o processo de criação do novo partido, inclusive das inúmeras conversas que manteve com o deputado Hermínio, desde o mês de maio, a fim de fazer do PSD um partido

Roberto Sobrinho compara saída de Hermínio do PT à traição de Judas a Jesus Cristo

forte em Porto Velho. “O PSD será um partido guiado pela ética e pela democracia”, afirmou Moreira Mendes, acrescentando que “não existirá cacique, e que todas as decisões serão tomadas em comum acordo”. Um das decisões já tomadas, anunciou, é a do lançamento do nome do deputado Hermínio Coelho como pré-candidato à prefeito da capital rondoniense. Hermínio Coelho falou do seu sonho de ver no co-

mando da administração municipal de Porto Velho pessoas realmente dedicadas a trabalhar para o beneficio da comunidade e do crescimento da cidade. “Hoje é um dia de alegria, mas também é um dia difícil, pois não é fácil deixar um partido onde iniciei minha trajetória política”, disse o deputado, referindo-se à sua longa trajetória no PT. “Mas, infelizmente, não existia mais a possibilidade de dar continuidade a um bom trabalho

em prol da população no meu antigo partido, e vi no PSD a possibilidade de poder contribuir de maneira mais direta para o crescimento da cidade. Hoje posso ver a possibilidade de disputar as eleições para prefeito de Porto Velho, e, com a ajuda de todos, dedicar todo meu trabalho para tornar essa cidade cada vez melhor”, ressaltou.

“Hermínio saiu do PT e o partido sente a mesma coisa que Jesus sentiu quando Judas o traiu. Baseado em seus interesses pessoais, ele traiu o PT e foi para outro partido. Trocou o Lula pelo Kassab. Essas mudanças devem ser fruto da quantidade de tinta que ele usa para pintar o cabelo. Se você tem divergência política, não deve levar isso como questão pessoal. Ele sobrevive às custas do PT e deu as costas ao partido. Foi uma trairagem, do tamanho do mundo”, desabafou.

CCJ do Senado aprova texto que proíbe coligações proporcionais Divulgação

Por 14 votos a 3, a Comissão de Constituição e Justiça do Senado confirmou ne quarta-feira (05) a aprovação de uma PEC (Proposta de Emenda à Constituição) que proíbe

as coligações partidárias nas eleições proporcionais. O texto teve que passar por uma segunda votação na comissão porque recebeu emendas no plenário. Pela proposta, são admiti-

das coligações apenas nas eleições para presidente, governador, prefeito e senador. A PEC também mantém a não obrigatoriedade de vinculação entre as candidaturas em âmbito

nacional, estadual, distrital e municipal. Relator da proposta, o senador Valdir Raupp (PMDB-RO) disse que a proibição deve fortalecer os partidos políticos. Na última eleição, o caso

do deputado federal Tiririca (PR-SP) chamou atenção. Eleito com votos de 1,35 milhão de eleitores, ele

ajudou a eleger mais três deputados, que ficariam de fora se não fosse a coligação.


6

nossoestado

Ariquemes - Rondônia 10 a 16 de outubro de 2011 Edição 45 - Ano I

Banco é condenado a pagar indenização por danos morais O Banco Bradesco S/A terá que pagar seis mil reais de indenização por danos morais causados a Lailton Andrade Freire. Ele teve seu nome inscrito indevidamente nos órgãos de proteção ao crédito. A sentença condenatória, do juiz de direito Jorge Luiz de Moura Gurgel do Amaral, titular da 2ª Vara Cível da comarca de Porto Velho Rondônia, foi publicada no Diário da Justiça de segunda-feira, 3 de outubro de 2011. Lailton Andrade Freire

propôs ação declaratória de inexistência de débito, combinada com indenização por danos morais, alegando que seu nome se encontrava inscrito no rol de inadimplentes por determinação do Banco Bradesco. Lailton disse também que jamais firmou contrato com a instituição financeira. Alegou ainda que a inscrição negativa lhe causou abalo moral, em razão dos constrangimentos que passou. Apesar de ser chamado

para se defender, o Banco Bradesco não compareceu. Para Gurgel do Amaral, ficou caracterizado o dano moral pela simples inscrição indevida e consequente restrição ao crédito. Fato este, segundo o magistrado, que restou comprovado também pelo fato da empresa ré não contestar. “O valor a ser pago, a título de indenização, está pautado nos princípios da razoabilidade e da proporcionalidade”, explicou.

põem o quadro de extrema pobreza na região do Vale do Guaporé e as famílias extrativistas das reservas. Elas serão contempladas com a transferência de renda, por meio do Bolsa Guaporé, para fomentar o empreendedorismos na região. O FutuRO ainda prevê, que todas as entidades municipais, estaduais e do terceiro setor, estejam interligadas para melhor encaminhar o cidadão e atende-lo nas suas necessidades. Serão estabelecidos fluxos de encaminhamentos entre essas entidades. O FutuRO é um Plano de

Governo, que objetiva por meio de ações sustentáveis, retirar da situação de pobreza e pobreza extrema mais de 300 mil rondonienses. O Projeto de Lei que sustentará o Plano foi encaminhado para Assembléia Legislativa no final de agosto e aguarda aprovação dos deputados estaduais, para executar as ações voltadas à Educação, Saúde, Segurança e também geração de trabalho e transferência de renda nos 52 municípios do Estado. Em Rondônia, cerca de 110, 7% da população

recebem o benefício do governo federal, o Bolsa Família. Mesmo com a complementação de renda, aproximadamente 35 mil famílias, continuam no quadro de extrema pobreza. Com a perspectiva de gerar oportunidades para todos os rondonienses o Governo Estadual vai implementar o Plano FutuRO, que prevê ações integradas de várias secretarias voltadas à melhoria da qualidade de vida da população, geração de empregos e renda, elevação de escolaridade, fortalecimento das famílias e do empreendedorismo.

Plano FutuRO é apresentado aos deputados estaduais de Rondônia Decom

A

s ecretária de Assistência Social de Rondônia, Cláudia Moura, esteve na tarde de quarta-feira (05) na Assembléia Legislativa, a convite dos deputados estaduais, para apresentação do Plano FutuRO. Durante a reunião, os presentes conheceram os eixos do Plano, que serão voltados para transferência de renda, acesso aos serviços públicos, inclusão produtiva e tecnológica. Entre os componentes do Plano, está previsto investimentos em assistência social, segurança pública, agroindustrialização, incubadoras de negócios, educação integral, habitação, prevenção e combate as drogas, entre outras estratégias. O Plano FutuRO faz

parte de ações integradas de diversas unidades do Governo do Estado, cuja gestão caberá a um Comitê Intersecretarias, sob coordenação da Secretaria Estadual de Assistência Social (Seas). O Plano prevê também reforço ao Programa de Enfrentamento à Violência e Exploração Sexual, Programa de Prevenção, Enfrentamento e Combate ao uso de Droga entre os Jovens e o Programa de Erradicação das Piores Formas de Trabalho Infantil. O Plano também fortalecerá a Rede do Sistema Único de Assistência Social (SUAS), Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) e Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), por meio de repasses financeiros aos municípios.

Na Rede Estadual de Ensino, está previsto atender cinco mil estudantes por ano, até 2015 com o Projeto Bolsas Futuro Jovem. Os estudantes receberão por ano, caso sejam aprovados, uma bolsa no valor de R$ 300,00. No segundo ano, o valor passará para R$ 600,00 e no terceiro e último ano escolar, o aluno receberá R$ 900,00. Os 100 estudantes da Rede Estadual de Ensino, que obtiverem os melhores rendimentos escolares serão contemplados com uma bolsa universitária. Uma estratégia para sanar a evasão escolar de alunos com idade entre 15 a 21 anos do ensino médio. A complementação de renda também alcançará aquelas famílias que com-


7

nossacapa

Ariquemes - Rondônia 10 a 16 de outubro de 2011 Edição 45 - Ano I

Caerd é intransigente e não aceita acordo Materia extraída do Jornal o Estadão do Norte

A

pesar dos esforços do prefeito Márcio Raposo, Município e Caerd não chegaram a um acordo durante audiência de conciliação realizada na quinta-feira (29/09) na 4ª Vara Cível da Comarca de Ariquemes. Ao término da audiência o prefeito Márcio Raposo disse que lamenta profundamente a intransigência da Caerd. Segundo o prefeito, a companhia perdeu a oportunidade de atender aos anseios da população de Ariquemes que reclama constantemente dos serviços prestados. “Minha intenção, ao propor o acordo, era terminar o quanto antes, com a demanda judicial e dar sequência ao processo de concessão, já em andamento, cujo objetivo é oferecer esgotamento sanitário e melhorar a qualidade da água” - disse. A proposta feita pelo município e não aceita pela Caerd tinha os seguintes termos: “que a companhia continue a prestar os serviços de saneamento básico até que o município finalize o processo de concessão de água e esgoto”. Caso a Caerd não seja vencedora da concorrência, foi proposto prazo de 60 dias, para um trabalho de transição entre a possível empresa vencedora e a atual companhia de saneamento. Diante da tentativa frustrada entre as partes, o processo está

concluso para a sentença, cabendo ao juiz Edilson Neuhaus, a decisão em primeira instância. Em Mato Grasso, o Tribunal de Justiça (TJ/MT) manteve o entendimento de que a Lei que cria a Agência Municipal de Regulação de Abastecimento de Água e Esgotamento Sanitário é legitima, permitindo a concessão à iniciativa privada. Como forma de universalizar os serviços. A decisão foi proferida na quarta-feira (28), pela desembargadora Maria Erotides Kneip Baranjak. Para o Procurador Geral do Município, Fernando Biral, a decisão do TJ/MT prova que todo o processo legislativo é válido. “O judiciário reconhece que o Executivo e Legislativo Municipal respeitam a legislação e visam beneficiar toda a sociedade cuiabana”. Semana passada o deputado Jesualdo Pires (PSB/ Ji-paraná) já havia dito na tribuna que a Caerd é intransigente, não é aberta ao diálogo, não apresenta documentos para analise e pensa que é dona da água de Rondônia. Jesualdo disse que “quem é dono da água é o povo”. A Caerd não tem o direito de esconder informações a ninguém, muito menos dos parlamentares que tem a obrigação de fiscalizar. “Vários ofícios já enviei e não obtive resposta”, disse Jesualdo, na tribuna.

Marcio Raposo, por sua vez, comentou a repercussão da matéria exibida na ultima quarta-feira, no Bom Dia Brasil da Rede Globo, que falou sobre o caos no saneamento básico no Brasil, com destaque para Rondônia. Lamentou ao fato de a capital de Rondônia, Porto Velho, ter saneamento básico “zero”, a pior do país. “O Brasil inteiro sabe que Rondônia é um dos piores estados em saneamento básico”. Márcio citou as cidades de Ariquemes e Ji-Paraná, que a exemplo de Porto Velho, não tem um palmo de esgotamento sanitário. O prefeito disse que acredita na Justiça. Que a decisão a ser tomada pelo Poder Judiciário contemple o que pretende os Poderes, Executivo Municipal e o Legislativo Municipal. “É o que neste momento, o que a população precisa” destacou. O livro “Água: estudos e experiências”, assinado pelo Procurador da República no Estado do Acre, Anselmo Henrique Cordeiro Lopes, afirma em um de seus capítulos, que “saneamento é um direito humano fundamental. O poder público (Executivo, Legislativo e Judiciário) têm o dever de proporcioná-lo ao cidadão, não podendo tomar medidas que impeçam atitudes, projetos ou obras que viabilizem o acesso rápido do serviço, à população”.

Foto tirada no dia em que o prefeito Márcio Raposo constatou junto a equipe de técnicos a péssima qualidade da àgua distribuida pela Caerd

Concessão é aprovada por unanimidade Por unanimidade, Câmara Municipal de Ariquemes aprovou, na segunda-feira (03), em sessão ordinária, o projeto de lei 2065/2011, de autoria do Executivo Municipal, que institui a Política Municipal de Saneamento (PMSB) e autoriza o município de Ariquemes a concessionar os serviços à iniciativa privada, ou qualquer órgão e entidade do Município, bem como os órgãos de saneamento no âmbito do território de Ariquemes. Todos os vereadores participaram da sessão. 10 parlamentares votaram a favor da proposta. Nenhum voto contrário. O projeto, convertido em lei, depois de sancionado, passa a ser o primeiro passo para que o Município possa iniciar o processo de licitação e verificar as propostas de empresas interessadas em prestar os serviços de saneamento em Ariquemes. A lei determina como serviço público de saneamento básico: os serviços públicos de abastecimento

d’água potável, esgotamento sanitário, manejo de resíduos sólidos (lixo urbano), limpeza pública e manejo de águas pluviais urbanas. Quanto aos serviços públicos de abastecimento de água potável, a lei determina a captação, reservação, adução (transporte por adutora) de água bruta, tratamento da água, dentre outras ações inerentes aos serviços que se configuram como saneamento básico, de acordo com a lei federal 11.445/2007. Segundo o prefeito Márcio Raposo, a aprovação, por unanimidade, reflete os anseios da comunidade. A população há muito, está insatisfeita com a má qualidade do serviço prestado pela atual companhia de saneamento que opera em Ariquemes há mais de 30 anos. “Por isso lutamos para melhorar esta qualidade. O Município pode e tem a obrigação de fazer isso, de conformidade com as leis” – disse o prefeito. O administrador e em-

presário Francisco Hidalgo Farina Paco, presente na sessão, afirmou que “a Caerd já teve a chance dela. Oportunidade de 30 anos em que poderia ter mostrado um belo trabalho à população, mas não o fez”. Agora, de acordo com o empresário, “é hora de dar oportunidade para que outros possam mostrar trabalho”. De acordo com o administrador, o Município toma pra si a responsabilidade. “O prefeito Márcio e os vereadores, numa atitude inteligente, decidiram pela alternativa da concessão à iniciativa privada, conforme garante a lei”, disse Paco. Sendo assim, o trabalho se torna mais rápido e mais eficiente. A captação de recursos, por exemplo, não depende somente de órgãos federais ou estaduais. Além de uma série de outras situações que, em andamento, farão com que Ariquemes saia ganhando, há a possiblidade de novas parcerias, disse o Procurador Geral do Município, Milton Marena.

N

N

OTO IL

A melhor assistência técnica em motos de Ariquemes

MOTO E PEÇAS

Fone: (69) 3536-6128 Rua Aracaju, nº 2059, St. 03 - Ariquemes/RO


8

nossodestaque

Ariquemes - Rondônia 10 a 16 de outubro de 2011 Edição 45 - Ano I

Ariquemes

Usina de Asfalto proporciona 50% de economia aos cofres municipais Comunicação PMA

C

om o compromisso de produzir cada vez mais asfalto de qualidade e economizar os recursos públicos, a Prefeitura de Ariquemes adquiriu uma Usina. A Usina de Pavimentação Asfáltica em PMF (Pré-Misturado a Frio) é uma fábrica de asfalto adquirida pela Prefeitura Municipal de Ariquemes em 2010, no valor de R$ 405.000,00 que sua operação iniviada no dia 28 de julho, com capacidade de produção de 80 toneladas por hora. Desde quando a Usina

passou a funcionar em Ariquemes, já foram pavimentados cerca de 7 quilômetros de asfalto, cada quilometro custou para o Município aproximadamente R$ 200 mil reais. Os 7 quilômetros já produzidos pela Usina custaram ao Município em torno de R$ 1,500,000,00 (Um milhão e quinhentos mil reais). Se os 7 quilômetros de asfalto fossem realizados por uma empresa privada, o valor seria de R$ 2,800,000,00 (Dois milhões e oitocentos mil reais) ou seja praticamente o dobro, isso representa uma economia de aproxi-

madamente 50% para Município. A principal vantagem da aquisição da usina é a economia que o Município fará, uma vez que a pavimentação asfáltica anteriormente era executada através de usina locada, que custava para os cofres públicos cerca de 300 mil reais por ano. De acordo com o Prefeito Márcio, “este é um investimento de extrema importância, e mostra o compromisso da Administração Municipal em ajudar cada vez mais o município com pavimentação urbana de qualidade e economi-

zando”. “Haverá um crescimento na capacidade de recuperação de ruas e avenidas, inclusive na execução de recapeamento”, destaca a Secretária de Obras Iacira Azamor.

O pavimento em PMF, em termos de qualidade, é semelhante ao CBUQ (Concreto Betuminoso Usinado a Quente), no entanto, por ser um pavimento frio possui menor risco a quem opera tanto o equi-

pamento como quem executa os trabalhos, pois o CBUQ é trabalhado em temperatura média de 180 graus, sendo o PMF lançado a temperatura ambiente, se adaptando muito bem a Região Amazônica.


nossodestaque

Ariquemes - Rondônia 10 a 16 de outubro de 2011 Edição 45 - Ano I

9

Comemorações da Semana do Peixe acontecem esta semana Comunicação PMA

R

ealizada entre os dias 10 a 16 de outubro, a Semana do Peixe tem como propósito incentivar a população ariquemense a consumir pescado regularmente com foco na alimentação saudável. Entre as ações estão a distribuição de cartilhas aos consumidores, contendo informações sobre os benefícios que o consumo de pescado proporciona à saúde, bem como, orientações sobre como verificar a qualidade do produto na hora da compra, limpar o pescado e diversas receitas regionais.

“Consumir carnes com menor teor de gordura é essencial para quem deseja ter uma alimentação adequada. O consumo regular de pescados traz benefícios à saúde. De modo geral, os peixes são boas fontes de todos os aminoácidos essenciais, que ajudam a formar as proteínas, necessárias para o crescimento e a manutenção do corpo humano. São também fontes importantes de ferro, vitamina B12, cálcio e gorduras essenciais, fundamentais ao bom funcionamento do corpo”, disse o nutricionista Elizeu Sales. A Semana do Peixe

promete movimentar a cidade com uma extensa programação. O evento que oficialmente foi aberto com a realização de um grandioso Pit Stop em frente à Feira do Produtor, tem durante toda a semana a realização de inúmeras atividades: dia de campo, curso de culinária de peixe, festival do peixe, coquetel e comercialização do pescados. A meta estipulada para 2012 pelo Ministério da Saúde é de que o consumo seja de 9 quilos de peixe por habitante/ano. A Semana do Peixe faz parte das comemorações do 34º aniversário de Ari-

quemes. O Prefeito Márcio enfatizou a importância do evento para o município, ressaltando que a realiza-

ção da semana do peixe é um reconhecimento impar para Ariquemes. "Produzimos mais e com qualidade. Esta tem sido a nossa

imagem aqui e fora do Estado. Temos que comemorar", acrescenta.


10

nossacidade

Ariquemes - Rondônia 10 a 16 de outubro de 2011 Edição 45 - Ano I

Catedral de Ariquemes Vereador Clovis José e tratam sobre já pode ser construída governador segurança e saúde Assessoria

Comunida acompanhou aprovação na sessão da Câmara

A

Câmara Municipal de Ariquemes aprovou na sessão realizada na segunda-feira (3), o Projeto de Lei 2066/11 de autoria do Executivo Municipal que autoriza a doação do terre-

no de 5 mil metros localizado na avenida Tancredo Neves, Setor Institucional à Arquidiocese de Porto Velho para a construção de uma Catedral da Igreja Católica em Ariquemes. A área que fica entre o

Hospital Regional, Câmara e Terminal Rodoviário para a igreja é fruto de uma troca acordada entre a comissão Pró-Catedral e o Instituto Tecnológico Federal (Ifro) que a partir da aprovação fica com o terreno que da avenida JK em frente a antiga Ceron, anteriormente doado à Catedral. “Um dos melhores projetos votados na Casa desde que assumi”, destacou o vereador Nivaldo Vieira (PDT). Aprovada a doação, o secretário de comissão explica que o primeiro passo agora é dar início a obra de construção da Catedral, que conforme destaca, “será um cartão de visitas para o município e representar a diocese responsável pela região”.

Assessoria

Ao participar do último encontro do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) realizado na Câmara Municipal Municipal de Ariquemes, o vereador pemedebista Clovis José se reuniu com o governador Confúcio Moura para pedir a permanência e novos policiais para o município. De acordo com o Clovis, Confúcio garantiu que não vai pedir nenhuma transferência, e ainda, que vai enviar mais policiais militares para Ariquemes. “Esta notícia nos deixa muito felizes. A falta de segurança é uma preocupação de toda a população, mas essa garantia do governador assumindo esse compromisso com Ariquemes e a região nos tranquiliza”, afirma. Além da segurança, o vereador conta que tratou sobre os problemas relacionados à saúde

do município e entregou ao governador, o relatório feito por ele com imagens e áudios que apontam o caos no setor. Confúcio também assegurou a Clovis José que irá analisar o documentário e ajudar o município também neste sentido. Entre as medidas que já estão sendo tomadas pelo governador, ele adiantou ao vereador a liberação dos R$ 3,4 milhões que serão destinadas para a saúde de Ariquemes em parce-

ria com a Assembleia Legislativa do Estado atendendo um pedido feito pelos três deputados que representam o município: Saulo Moreira (PDT), Adelino Follador (DEM) e Lorival Amorin (PTN). O recurso deve ser oficializado nos próximos dias. “Foi uma reunião muito proveitosa, que resultou em apontamentos de soluções para dois setores que são extremamente importantes para a população”, resume o vereador Clovis José.


nossacidade

Ariquemes - Rondônia 10 a 16 de outubro de 2011 Edição 45 - Ano I

11

Em Ariquemes 7º Batalhão de Polícia Militar troca comando Mídia Extra

N

a segunda-feira (03) ocorreu uma solenidade da troca de comando do 7º Batalhão da Polícia Militar de Rondônia. Evento marcado pela saída do Major Alcântara e a entrada do novo comandante, tenente coronel Ênedy Dias de Araújo. Entre as diversas autoridades civis e políticas presentes na solenidade, que ocorreu no Quartel do 7º Batalhão em Ariquemes, esteve o prefeito do município, Márcio Raposo, os deputados estaduais Saulo Moreira e Adelino Follador, vereadores Nivaldo Vieira,

Administração ouve agricultores do assentamento Madre Cristina Comunicação PMA

Cumprindo diariamente uma extensa agenda de visitas e reuniões na área urbana e rural, o prefeito Márcio esteve na segunda-feira (03/10), reunido com agricultores do assentamento Madre Cristina, localizado no TB-65 da RO 257. Pelo fato de ainda não estar regularizado, o assentamento pertence aos quadros da união, cabendo ao INCRA (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária) a responsabilidade

pelo mesmo. Aproximadamente 35 famílias estão assentadas no local. O principal assunto em questão foi as estradas, que segundo os agricultores, não estão em boas condições. O ônibus escolar e o caminhão da feira estão tendo dificuldades para trafegar pelos aproximados 4 km de estradas da região. O prefeito Márcio, sensível às dificuldades enfrentadas pelos agricultores, disse que vai resolver o problema.

“É uma região que ainda pertence à união, mas somos parceiros, pois são trabalhadores de Ariquemes e temos o dever de ajudá-los. Quando as máquinas terminarem a recuperação das estradas em Joelândia, vamos recuperar aqui” afirma. Além do prefeito Márcio, participaram da reunião o presidente da Câmara Valmir Francisco (Val do PT), e os vereadores, Enoque Nunes (PMDB) e João Leite (PP).

Enoque Nunes e João Leite, empresários de Ariquemes e da região, inclusive de Porto Velho. Homenageado pelo excelente trabalho realizado a frente do Batalhão, Major Alcântara destacou que tudo somente foi possível, graças ao apoio da equipe de policias competentes que estavam todo o tempo ao seu lado, onde ressaltou também, a importância do apoio das autoridades de todos os segmentos do município, uma vez que sozinho não teria realizado tantas conquistas. Assumindo o controle do 7º Batalhão, o tenente

coronel Ênedy frisou que irá dar continuidade aos trabalhos que se encontram em andamento e anteriormente iniciados pelo major Alcântara. Salientou também que estará a disposição da comunidade para junto com toda a Polícia Militar à ajudar a melhorar a segurança de todos, uma vez que esse é o dever e papel de sua equipe. Major Alcântara recebe agora a missão de colaborar com os trabalhos da PM a nível de Estado, onde seu principal objetivo é implantar o método de trabalho utilizado em Ariquemes em toda Rondônia.

Prefeito Márcio cumpre palavra e agricultores ganham travessão Comunicação PMA

A Prefeitura de Ariquemes está tornando real um dos maiores sonhos de agricultores das linhas C-60 e C-65 da Rodovia 421 e que sempre foi assunto em todas as reuniões: a abertura de um travessão interligando essas duas vicinais. O sonho começou a virar realidade na quarta-feira (05/10), quando as máquinas deram início a abertura do travessão. O prefeito Márcio foi pessoalmente acompanhar os trabalhos e foi recepcionado por vários agricultores. “Hoje é um dia especial. O prefeito Márcio está cumprindo com um compromisso feito com a gente. É muito bom quando temos no poder público administradores sérios e que cumprem com a palavra” agradece Adib Alves da Silva, presidente da ASVAMA (Associação dos Produtores Rurais Vale do Massangana). O travessão terá aproximadamente 5,2 km de extensão, beneficiando centenas de agricultores de várias regiões. “Faz anos que moro aqui e, pra falar a ver-

dade, quando saio, meu único destino é a cidade de Ariquemes, não conheço nada do lado de lá. O município de Alto Paraíso, por exemplo, ficava muito longe. Agora vai encurtar uns 45 km, vai ficar fácil” disse o agricultor Arnaldo Soares Coelho, um dos proprietários das terras por onde passa o travessão. O prazo para a conclusão dos serviços é de 20

dias. Segundo o prefeito Márcio, o trabalho só está sendo concretizado porque houve a parceria de todos. “O que está acontecendo aqui é um exemplo de que a união faz a força. E onde está a união existe o progresso. Temos que agradecer especialmente aos proprietários das terras por onde passa o travessão. Vocês são parceiros de verdade” destaca Márcio.


12

nossaregião

Ariquemes - Rondônia 10 a 16 de outubro de 2011 Edição 45 - Ano I

Deputado Adelino ouve reivindicações da equipe escolar Dr. Dirceu de Almeida

O

Assessoria

deputado estadual Adelino Follador (DEM) iniciou sua semana atendendo o convite da direção da escola municipal Dr. Dirceu de Almeida em Ariquemes, que na ocasião apresentou o Projeto Escola dos Sonhos, este

que tem o objetivo de melhorar o ambiente físico escolar. Na reunião de acordo com a direção os banheiros encontram-se em situação precária, os pisos e calçadas precisam ser adequados para dar acessibilidade, e terminar a climatização da

escola. O parlamentar ouviu atentamente todas as reivindicações e prontificou-se a ajudar. Outro pedido da direção é que a emenda estima em R$ 50 mil seja repassada a APP (Associação de Pais e Professores), a justificativa é que proporcionará uma

maior economia, possibilitando assim mais investimentos na escola. O deputado Adelino prometeu verificar se é possível atender a reivindicação da forma solicitada pela direção. O parlamentar colocou-se a disposição da educação municipal em Arique-

mes, e também falou sobre os avanços na educação estadual, como: um notebook para cada professor – indicação de sua autoria, que foi atendida pelo governador e passa a vigorar em janeiro de 2012 - e a sua batalha em defender o Auxílio Transporte para os

servidores estaduais para interior do estado. A reunião contou com a presença do diretor da STV Mídia, Professor Stanis, e ao final todos participaram de um café da manhã, organizado pelo diretor Ezio Pereira dos Santos.

e a população em geral. O presidente da ASPEC Moacir Passoni agradeceu o deputado Lorival e a SEAGRI pelo apoio dado a nossa associação com a liberação deste recurso que veio em boa hora, este é meu primeiro mandato na ASPEC e estamos trabalhan-

do muito para desenvolver o nosso parque e realizar muitas ações em prol de nossos produtores rurais do município de Cujubim. Estiveram presentes na assinatura do convênio o deputado estadual Lorival (PMN), deputado Saulo Moreira (PDT), secretario de

estado da SEAGRI Anselmo de Jesus, secretaria de desenvolvimento ambiental SEDAM Nancy Maria, presidente da ASPEC Moacir Passoni, presidente da câmara vereador Moises Ferreira (PT), secretario municipal de agricultura Andre e outras lideranças locais.

Deputado Lorival assina convênio liberando emenda para ASPEC de Cujubim O município de Cujubim esteve recebendo no sábado (01/10) a visita do deputado estadual Lorival (PMN) que veio para trazer boas novas para o município com a liberação de recursos no valor de R$ 100 mil de suas emendas parlamentares para Associação dos Pecuaristas de Cujubim – ASPEC, o evento de assinatura do convênio aconteceu

no parque de exposição da cidade e contou com a presença do deputado autor da emenda, secretário de estado da Agricultura SEAGRI Anselmo de Jesus e o presidente da ASPEC Moacir Passoni. Lorival parabenizou o governo do estado e o secretario da SEAGRI Anselmo de Jesus por estar apoiando as feiras agrope-

cuárias na liberação dos recursos provenientes de emendas parlamentares, estamos dando total apoio aos nossos produtores rurais e quero aproveitar para parabenizar a ASPEC pelo grande trabalho que esta sendo feito no parque como a construção do murro e construções de diversos standes trazendo mais comodidade aos expositores

Presidente da Acia agradece apoio da Câmara “Agradeço a presença do presidente da Câmara, vereador Val, que sempre foi um parceiro da Associação Comercial e Industrial de Ariquemes. Aliás, sempre podemos contar com apoio de todos os vereadores da Casa quando precisamos”. A afirmação foi do presidente da ACIA Jonas Perutti ao presidente da do Legislativo Municipal Valmir Francisco dos Santos (Val do PT), na

oportunidade em que foi oficializado o lançamento da campanha: Natal da Sorte. Val por sua vez destacou que como presidente da Casa de leis, sempre seguiu o critério de apoiar a ACIA e todas as entidades que de uma forma ou outra, promovem o desenvolvimento do município. “A Câmara sempre tem procurado apoiar e prestigiar as ações que ajudam

no progresso de Ariquemes, e o comércio, é um dos propulsores da economia do município. Por isso, não podemos deixar de sermos parceiros da Associação, uma das principais responsáveis pelo progresso da nossa cidade. Essa proposta de eleger Ariquemes vem de encontro com a que temos enquanto vereadores”, disse. “De todos os lançamentos do Natal da Sorte

da Acia, este sem dúvida, este é um dos maiores. Parabéns a diretoria e membros da Associação por esta grande promoção”, ressaltou Val. A solenidade também foi marcada pela presença do deputado estadual Adelino Follador (DEM), o prefeito Márcio Raposo (DEM), a vice-presidente da Acia Deise Salete, empresários e demais autoridades.


Quando querem transformar dignidade em doença. Quando querem transformar Inteligência em traição. Quando querem transformar estupidez em recompensa. Quando querem transformar esperança em maldição: É o bem contra o mal. E você de que lado está?

13

Renato Russo

Dublagem ou talento?

Justin Bieber leva fãs ao delírio no Rio e em São Paulo

"Vou f**** o New Order de todas as formas que puder", diz Peter Hook sobre reunião da banda

Muitos disseram que o show não passou de uma mera dublagem de voz. Divulgação

U

m dia depois do lutador brasileiro Anderson Silva dançar com Justin Bieber durante o primeiro show do ídolo teen no Brasil, foi a vez da cantora Selena Gomez subir ao palco do Estádio do Engenhão, no Rio, durante o show da noite de quinta-feira (6). Selena, que também é atriz e namorada de Bieber, fez uma aparição surpresa no bis e cantou "Who says", canção de seu próprio repertório, dividindo os holofotes com o dono da festa. "Quem aqui se acha pefeito? Quando alguém disser que vocês não são perfeitos, eis o que devem responder", disse Justin, referindo-se ao teor da letra da canção e

abrindo caminho para a entrada triunfal da cantora. Na quarta (7), após deixar o palco, Bieber já havia dado pistas de que algo diferente iria acontecer em sua segunda apresentação carioca. "Tenho uma grande surpresa para o show de amanhã. Um convidado especial. Quem será?", indagava o cantor por meio de uma mensagem no Twitter. O show transcorreu de maneira bem parecida com o da noite anterior. As únicas diferenças ficaram por conta do repertório (no bis, saiu “Mistletoe” para a entrada da música de Selena Gomez) e do público, que compareceu em menor número. A plateia ligeiramente reduzida parece ter sido notada até

pelo cantor. Ao anunciar que faria uma performance ao violão para relembrar o início da carreira, Justin precisou pedir a opinião da plateia pelo menos umas três vezes para dar-se por satisfeito. “Fizeram muito mais barulho ontem à noite”, observou o astro pop, pouco antes de seu set acústico — durante a tarde, talvez prevendo a presença menos numerosa de público, os organizadores do show abriram uma promoção: um lote de 500 ingressos foi colocado à venda no esquema “pague um e leve dois”. Depois do Rio, Justin Bieber seguiu para São Paulo, onde cantou sábado (8) e domingo (9), no Estádio do Morumbi.

Peter Hook tem reagido de forma raivosa sobre a reunião do New Order sem sua presença. A banda anunciou que fará dois shows beneficentes em 2011 sem o músico, que é um dos membros fundadores. Em entrevista à Spinner, Hook demonstrou seu completo descontentamento com os integrantes do New Order. "A ideia da banda de fazer uma turnê sem mim faz com eu fique mais determinado ainda em f**** o New Order de todas as formas que puder. São uns imbecis." O ex-integrante do New Order e Joy Division disse ainda que a

banda está tentando agendar uma turnê nos Estados Unidos, e que os shows beneficentes são falsos. "É tudo mentira. Eles já estão marcando uma turnê norte-americana. Estão fazendo isso principalmente por questões financeiras". Hook também foi irônico ao afirmar que está "feliz" ao ver o New Order agendando shows. "Passei toda a minha vida tentando fazer o New Order tocar, não vou parar agora. [A reunião] foi como bater sua cabeça contra uma parede de tijolos. Inacreditável. Na verdade, estou feliz que eles vão se apresentar".

para apreciar o virtuosismo que fez Clapton famoso. O inglês abriu espaços gene-

rosos para os tecladistas Tim Carmon e Chris Staiton mostrarem seu talento.

Em nova turnê, Clapton privilegia blues antigos e longos improvisos Divulgação

Eric Clapton não esqueceu de alguns de seus hits na nova turnê brasileira, que começou na noite de quinta-feira (6), em Porto Alegre. Mas boa parte das cerca de 20 mil pessoas que assistiram ao show no estacionamento da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (Fiergs) podem ter deixado o local com a sensação de que Clapton queria mesmo era passar a noite tocando clássicos do blues. Em 1h43min de apresentação, o guitarrista permaneceu quase um terço do show sentado, alternan-

do entre a guitarra e o violão, e pouco falou com a plateia. A postura de Clapton, no entanto, não é um sinal de cansaço ou enfadado com o giro sul-americano. A turnê “Clapton” havia sido iniciada no primeiro semestre e interrompida em junho após passar por países como Estados Unidos, Austrália, Inglaterra, Alemanha e Coreia do Sul. Como convém à fama dos conterrâneos, o músico inglês foi pontual e seguro ao apresentar um repertório de 16 músicas na cidade. O repertório pouco mudou

na nova fase, e o guitarrista se mostra confortável com a decisão de passar boa parte do show sentado para um público de estádio, privilegiando os blues mais lentos e solos da banda. Os clássicos da carreira surgem como uma espécie de concessão de Clapton para o público. Como de praxe, Clapton fez solos elegantes e chegou a arrancar aplausos no meio da música quando alternou frases em baixo volume com timbres distorcidos em “Old love”, um sinal de que a plateia também pagou ingresso


14

nossoestado

Ariquemes - Rondônia 10 a 16 de outubro de 2011 Edição 45 - Ano I

Censura remunerada

Jornalista tem contrato cancelado no SBT após entrevista de Deputado Divulgação

U

m exemplo claro de uso do poder econômico para calar a Imprensa. Também um amostra objetiva da fraqueza comercial de um grupo de comunicação. Por fim, uma demonstração pública de subserviência de supostos empresários da comunicação sem nenhum compromisso com a comunidade, que a qualquer pressão política se "colocam de quatro" para os poderosos de plantão. Isto tudo é para tentar explicitar ao leitor o can-

celamento do programa Conteúdo Amazônico, da TV Allamanda, repetidora do SBT – Sistema Brasileiro de Televisão. Na manhã de quinta-feira (6), o apresentador Paulo Benito foi surpreendido com a informação que seu contrato com a emissora estava cancelado. Benito alugava um espaço no SBT e apresentava um programa de entrevistas ás 6hs da manhã. De acordo com Benito, foi-lhe dito que “a emissora não tinha mais interesse em manter o contrato”,

e acusou o jornalista de estar fazendo “merchandising” de político. Na verdade o que incomodou a direção da emissora foi a entrevista do deputado estadual Hermínio Coelho, ex- PT, que abriu o verbo contra administração pública da capital. Como a empresa de cunho familiar depende das verbas públicas para se manter de portas abertas, tendo a PMPV como cliente com um contrato de cerca de 10 mil reais por mês, bastou uma pressão da agencia de publici-

Velhas táticas Pedir “a cabeça” de

jornalistas sempre foi uma prática usada por grupos e pessoas poderosas e os chamados “barões da mídia” sempre atenderam esses pedidos. A primeira providência adotada por quem é criticado, é pedir a demissão do jornalista responsável pela matéria, uma tática cruel, covarde e mesquinha. A forma como a emissora cancelou o contrato com Paulo Benito demonstra que essa prática continua sendo utilizada. Se o pedi-

do partiu da prefeitura é um pedido criminoso, já que o dinheiro pago à TV Allamanda é público. Se foi uma decisão apenas da emissora, é pior ainda, pois demonstra total subserviência e literalmente uma “puxação de saco”. De uma forma ou de outra, a emissora terá que arcar com essa responsabilidade. De posse de seu contrato, Benito deve entrar na justiça contra a emissora, que quebrou o acordo unilateralmente.

meio das obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Ele disse que a comissão está atenta à reserva orçamentária para conclusão das obras da ponte sobre o Rio Madeira, em Porto Velho, melhoria da infraestrutura da BR 364 e investimentos nas áreas da saúde e manutenção da Universidade Federal de Rondônia (UNIR). Os trabalhos da Comis-

são estão sendo presididos pelo senador Vital do Rego (PMDB-PB), e conta com a participação do relator do Orçamento, Arlindo Chinaglia (PT-SP), deputado relator do PPA, senador Valter Pinheiro (PT-BA), além de senadores Acir Gurgacz (PDT-RO), deputado federal Carlos Magno (PP-RO). Vital do Rego destacou a receptividade da Assembleia Legislativa, por meio do presidente

Valter Araújo (PTB-RO). Nilton Capixaba lembrou que Rondônia, em especial a cidade de Porto Velho, está passando por um amplo processo de crescimento econômico e populacional em função da construção das usinas de Santo Antônio e Jirau, no Rio Madeira. “A demanda na saúde aumentou, falta saneamento básico e agua tratada à população”, justificou.

dade e iminências pardas petistas, para os diretores “abrirem as pernas e cortarem a cabeça de Benito” Vale ressaltar que a emissora que é concessão pública foi “conseguida” pelo patriarca, empresário Romulo Furtado quando o mesmo ocupava o cargo de secretário geral do Ministério das Comunicações. Hoje a emissora é dirigida por sua ex- esposa, Gisele Maiolino Furtado.

Crescimento

Rondônia tem aumento de 10% no Orçamento de 2012 Marcelo Freire

O Estado de Rondônia passou a ocupar terceira posição na região Norte no volume de recursos reservados no Orçamento da União para investimentos em 2012, informou o deputado federal Nilton Capixaba (PTB-RO), membro da Comissão Mista de Orçamento do Congresso Nacional. O crescimento foi de 10% em relação ao Orçamento 2011, o que representa investimentos de

R$ 1 bilhão e 646 milhões. Os valores previstos no Orçamento foram apresentados na Assembleia Legislativa durante abertura da reunião de trabalho da Comissão de Orçamento. “Pela primeira vez Rondônia ultrapassa o Estado do Acre no volume de recursos destinados ao Orçamento da União”, disse o parlamentar. De acordo com as projeções orçamentárias do

Orçamento da União 2012 na Região Norte, a distribuição ficou da seguinte forma: Amazonas (R$ 3.184.304); Pará (R$ 2.457.415) Rondônia (R$ 1.646.159); Tocantins (R$ 580.362); Acre (R$ 487.939); Amapá (299.540) e Roraima (R$ 394.359). Nilton Capixaba destacou a importância da manutenção de R$ 1 bilhão para esgotamento sanitário em Porto Velho, por


15

nossoestado

Ariquemes - Rondônia 10 a 16 de outubro de 2011 Edição 45 - Ano I

Confúcio fala em mudar secretários até o final deste ano Tudo Rondônia

Governador recebe representantes da embaixada americana

governador Confúcio Moura (PMDB) afirmou que poderá mudar o primeiro escalão do Poder Executivo estadual ainda este ano. “É possível mudar um ou dois nomes até dezembro. Deus queira que não precise, mas, se for preciso, é uma mudança natural. Não tem Governo que não mude. Temos ai o exemplo da presidente Dilma, que já trocou vários ministros”, acrescentou Confúcio. Sobre a insatisfação de setores do PMDB com a atual composição do primeiro escalão governamental, Confúcio disse ter consciência dessa questão e, por isso, tem procurado ampliar o espaço peemedebista no Governo, “mas governar por meio de alianças é muito complicado”.

O vice-cônsul da Embaixada Americana no Brasil, Joseph Geraghty, e o adido cultural, Justen Thomas, reuniram-se com o governador, secretários de Estado e representantes de emissoras de televisão para mostrar os programas de intercâmbio que existem entre o Brasil e Estados Unidos, mas que beneficiam mais pessoas do Sudeste do País, por isso há necessidade de divulgá-los também na região Norte. O governador Confúcio Moura gostou dos programas de intercâmbio apresentados e determinou que os secretários de Estado da Educação (Seduc), Júlio Olivar, e de Esporte, Cultura e Lazer (Secel), Francisco Leilson (Chicão) para que realizem todos os procedi-

O

Decom

Educação Com relação a acumulação de cargo pelo jornalista Júlio Olivar – secretário estadual de Educação e superintendente do Turismo – , Confúcio disse que estabeleceu um prazo de 90 dias para que ele apresente um bom trabalho na Seduc. “Se der certo, fica

na Educação”. O governador não descartou mudanças na Casa Civil. “Isso (a possível troca de secretários) depende da relação com a Assembleia Legislativa. Nós estamos convivendo bem com os parlamentares”. O Tudorondonia apurou que existe um movimento,

Cr are móveis planejados

no Palácio Getúlio Vargas, para colocar o sub-chefe da Casa Civil, Edvaldo Soares, primeiro suplente do PMDB, na Assembleia, em vaga que poderá ser aberta por Edson Martins, Zequinha Araújo ou Marcos Donadon. Para isso é preciso levar um dos três para o Governo.

mentos necessários para viabilizar essa parceria com os Estados Unidos. O governador ressaltou a importância desse intercâmbio, afirmando que “todo desenvolvimento na área de tecnologia nos interessa”. O intercambio varia de três meses a um ano, dependendo da área de atuação do aluno ou do profissional. O primeiro passo será implantar o curso de idiomas nas escolas de ensino integral. Para ser beneficiado com o programa, o aluno terá que atender algumas exigências, entre elas falar e escrever inglês. Ao final do encontro, o governador Confúcio Moura e os diplomatas americanos trocaram presentes e concederam entrevista aos veículos de comunicação.

Liberdade para o seu estilo

(69) 3536-8800 Av. Tancredo Neves - Centro

Ariquemes - RO


16

nossamoda

Ariquemes - Rondônia 10 a 16 de outubro de 2011 Edição 45 - Ano I

O look prático do macacão Divulgação

A peça é tendência para o próximo verão. Além de ser prático, o macacão é confortável e tem uma pegada fashion para você criar produções poderosas, desde às básicas até as mais sedutoras. O macacão foi criado para ser um uniforme. Ele era e é muito usado por carpinteiros, pedreiros e outros trabalhadores braçais dos Estados Unidos. Na Primeira Guerra, ele foi adotado pelas mulheres que trabalhavam nas fábricas.

Rainha Elizabeth II não aprova a Duquesa de Cambridge na Vogue

Kate Middleton, a esposa do Príncipe William, é apontada como o rosto de uma futura edição especial da Vogue America Divulgação

A Rainha Elizabeth II não está muito feliz com o fato de a Duquesa de Cambridge ser o rosto cotado para a próxima capa da Vogue America. A esposa do Príncipe William teria sido convidada pela poderosa Anna Wintour, editora da revista e os cliques seriam de Mario Testino. Mas a notícia ainda não é ofi-

cial. No entanto, a Rainha Elizabeth não está muito de acordo com a ideia, mesmo ainda sendo um fato não confirmado, segundo uma fonte em entrevista ao site E! A mesma fonte ainda diz que a exposição da Duquesa de Cambridge seria aceitável se ela fosse convidada para discutir assuntos relacionados à monarquia britânica com a BBC, ou no máximo em algumas fotos para promover alguma marca da Alta Costura. Será que Anna Wintour vai comprar essa briga?

Mas muito tempo passou e ele virou uma peça muito usada por todas nós, e vem em diversos modelos e tecidos. Com cortes diferenciados, eles podem criar um visual seguindo as tendências da moda, passando do sensual ao despojado. Você pode usa-lo em momentos informais, para passsear e curtir o frescor e a brisa do verão. Como nos modelos abaixo. Uma dica para dar forma ao modelo é apostar nos acessórios, como os cintos para marcar a cintura.


NoAriquemes sábado (01) ocorreu as festividades do - Rondônia 10 a 16 de outubro de 2011 aniversário de Wilson Ítalo, filho de Rômulo e Edição 45 - Ano I Ianes. Em uma festa linda e maravilhosa, com a decoração cruzeirense, junto aos amigos, Wilson e sua família se divertiram e comemoraram esta data tão especial.

17


18

nossodestaque

Ariquemes - Rondônia 10 a 16 de outubro de 2011 Edição 45 - Ano I


19

nossasaúde

Ariquemes - Rondônia 10 a 16 de outubro de 2011 Edição 45 - Ano I

Os riscos da obesidade infantil S

egundo dados de 2010 da Organização Mundial da Saúde, cerca de 42 milhões de crianças com até 5 anos, em todo o mundo, apresentam excesso de peso. Só aqui no Brasil, de acordo com pesquisa realizada pelo IBGE em 2009,

30% das crianças entre 5 e 9 anos sofrem com esse problema. A situação é grave e deve ser levada a sério! “Os quilos extras podem trazer prejuízos à saúde física e psicológica”, alerta Fernanda Ceragioli, nutróloga da So-

ciedade Brasileira de Pediatria (SBP). Fatores genéticos e hormonais, assim como a depressão e a ansiedade, podem causar o problema. Porém, a falta de exercícios e a alimentação inadequada são os maiores culpados pelos quilos a mais. “Os

pais são os responsáveis pelos hábitos dos filhos, e precisam dar o exemplo, consumindo alimentos saudáveis e praticando atividades físicas”, explica Fernanda. Um dos fatores essenciais no combate ao excesso de peso é o estímu-

lo à alimentação saudável e nutritiva dentro de casa. “Sirva frutas, legumes e verduras desde pequenas, para que elas logo se acostumem com seus sabores. E ofereça lanches ricos em nutrientes, como frutas, iogurte e bebidas à base de soja, em vez de

frituras e guloseimas”, aconselha a especialista. No supermercado, opte pelos alimentos com o selo Minha Escolha, que são mais saudáveis por identificarem os produtos com níveis controlados de gordura saturada, gordura trans, açúcar e sal.

Gordurinhas a mais, apesar de comuns na infância, indicam perigo. Dê ao seu filho um futuro mais leve e saudável Impactos na autoestima A atividade física nem sempre agrada a criança acima do peso. E obrigá-la a fazer esportes é uma péssima saída. “Para incentivá-la, proponha algumas opções, como natação ou futebol, mas deixe que ela decida qual praticar.

Assim, aprenderá que fazer exercícios é um prazer, e não uma obrigação”, orienta a psicóloga infantil Tarsila Magalhães. Nos finais de semana, façam passeios em família, com atividades como andar de bicicleta ou passear com o cachorro. “Brinquem na praça,

joguem bola, pega-pega ou queimada, para que gastar energia seja divertido”, sugere Tarsila. Quem sofre com excesso de peso não gosta da imagem que vê no espelho e, geralmente, tem problemas emocionais, como a baixa autoes-

tima, ansiedade e depressão. “Se o seu filho for excluído das brincadeiras ou se tornar motivo de gozação na escola, alerte a professora”, avisa a psicóloga. Para ajudar o pequeno a emagrecer, recomenda-se que os pais não tenham em casa alimentos calóricos, co-

Mulheres fumantes têm ataques cardíacos antes dos homens As mulheres fumantes sofrem ataques cardíacos mais cedo que os homens com o mesmo hábito e têm mais chances de complicações nos meses após o ataque, diz estudo publicado na terça-feira pela Universidade de Michigan, na edição digital da revista "American Journal of

Cardiology". Nos Estados Unidos o número de mulheres fumantes é menor que o de homens, mas o estudo demonstra que as consequências são piores para elas. "Fumar não é bom nem para homens nem para mulheres, mas nossa análise indica que as mulheres que fumam estão

muito pior que os homens seis meses após um ataque cardíaco", afirmou a principal autora do estudo, Elizabeth Jackson, cardiologista no Centro Cardiovascular da Universidade de Michigan. Os fumantes são de duas a quatro vezes mais propensos que os não fumantes a desenvolver doenças cardíacas.

"A síndrome coronária aguda pode ser diferente e a carga aterosclerótica pode ser maior para as mulheres", diz Jackson. O tabagismo reduz a circulação porque estreita os vasos sanguíneos e contribui para uma acumulação de placa aterosclerótica (depósito de matéria gordura) nas paredes das artérias.

mo balas e chocolates. “E, em vez de dizer que ela não deve comer doce porque está gordinha, ofereça uma fruta e explique que, além de deliciosa, vai deixá-la mais forte e saudável!”. O excesso de peso pode trazer, também, graves pro-

blemas para a saúde da criança, tais como diabetes, colesterol alto, doenças cardíacas e complicações ortopédicas. “Por isso, os pais devem encarar a situação com seriedade e procurar ajuda profissional o quanto antes”, alerta Fernanda.


20

nossacultura

Ariquemes Ariquemes -- Rondônia Rondônia outubro de 1910a a2516dedesetembro de 2011 2011 Edição Edição 45 42 -- Ano Ano II

Por

Roberto Gonzaga roberto_ator@hotmail.com

8º Festival de Teatro da Amazônia começou em Manaus, repleto de novidades

A

S ecretaria de Estado da Cultura (SEC) e a Federação de Teatro do Amazonas (FETAM) realizam de 07 a 16 de outubro, o 8º Festival de Teatro da Amazônia– FTA, com espetáculos da mostra competitiva adulta e infantil, programação paralela, mesa redonda, convivências, seminários e ainda 18 apresentações no interior do estado. O objetivo do festival é valorizar e difundir o

panorama das produções teatrais da Amazônia, além de realizar intercâmbio cultural entre os estados e países da região amazônica. Outras propostas do festival é desenvolver temáticas regionais e abordagens de enfoque nacional e universal que possibilitem novos aprendizados, através da consolidação de atividades pedagógicas, exposições e encontros setoriais que valorizam a produção artística

Ministra Ana antecipa ações conjuntas entre MinC e UE durante entrevista coletiva em Bruxelas

teatral e as respectivas manifestações originárias. No palco do Teatro Amazonas estará concentrado as apresentações da mostra competitiva, tanto da categoria adulto quando da infantil. Já a mostra paralela será realizada em espaços alternativos, como praças e centros culturais. A mesa redonda e os seminários serão realizados no Palacete Provincial e as convivências na Casa de Música Ivete Ibiapina.

Artistas de Ariquemes representam o estado de Rondônia no 2º Seminário Internacional de Críticas Teatrais e 8º Festival de Teatro do Amazonas. Os Artistas de Ariquemes representados terão um papel fundamental dentro do processo, uma vez que as reuniões que intercambiam as relações e dão resultados impor-

Em entrevista coletiva realizada na quarta feira (05) em Bruxelas, a ministra da Cultura do Brasil antecipou algumas ações previstas dentro dos três principais pontos do Programa conjunto Cultural, assinado na terça-feira (4), na capital da Bélgica, por Ana de Hollanda, e a comissária para a Educação, Formação, Cultura e Juventude da Comissão Europeia, Androulla Vassiliou. O documento intensifica a disposição das partes em trocarem experiências e conhecimentos técnicos para a valorização das atividades culturais em seus países. Na coletiva, concedida aos jornais belgas Brussel Nieuws e L’Echo e para o site Euroalert, logo após a Reunião Bilateral entre o Ministério da Cultura e a União Européia, a ministra Ana anunciou, entre as ações previstas no documento, a realização de seminário voltado para a economia criativa e suas indústrias culturais previsto para acontecer em 2012, em Brasília. “Pretendemos reunir os empresários e gestores para ampliarmos o acesso da indústria cultural no Brasil e União Européia”, anunciou a ministra Ana.

tantes para o crescimento e fortalecimento da cultura do estado de Rondônia. O seminário Internacional de critica Teatral é um projeto que busca im-

plementar um espaço permanente de debate sobre a estética teatral contemporânea. A edição 2011 tem como tema o Teatro fora dos Eixos. Todas as atividades desenvolvidas

pelo seminário terão como base a discussão das poéticas cênicas que estão se propondo em produzir trabalhos que estão fora do cânone do teatro ocidental.


nossaeducação

Ariquemes - Rondônia 10 a 16 de outubro de 2011 Edição 45 - Ano I

21

Resultado final dos estudantes de USP volta a aparecer entre as 200 melhores Rondônia selecionados para Programa Jovens Embaixadores 2012 universidades do mundo Divulgação

Seduc

A

S ecretaria de Estado da Educação (Seduc) já tem o resultado da seleção dos quatro estudantes finalistas do Programa Jovens Embaixadores no Estado. São eles: Arisson Gois Costa ( Escola Heitor Villa Lobos, em Ariquemes); Felipe Rocha de Carvalho ( Instituto Federal de Educação – IFRO, em Ji-Paraná); Karyne Garcia Tafarelo Moreno ( Escola Álvares de Azevedo, em Vilhena) e Rômulo Hannig Gonçalves da Silva ( Escola Laurindo Rabelo, em Alto Paraíso).* A seleção final se deu após processo de visitas que a equipe da Seduc realizou nas casas dos estudantes, onde foi verificado o perfil socioeconômico, o serviço social e comunitários que cada um desenvolve e a liderança que cada candidato exerce na escola

que pertence. Também foram entrevistados os colegas de sala de aula e os professores. As visitas objetivaram atestar a veracidade das informações dadas previamente pelos alunos à Embaixada Norte Americana e para observar o comportamento dos jovens nos espaços sociais em que convivem. Aspectos destacados com relevância para a seleção foram: a facilidade de interação, boa relação interpessoal, perfil de liderança, entre outros critérios que aferiram a maturidade e a desenvoltura para resolver questões sociais. A coordenação do programa em Rondônia informa que a etapa agora é aguardar até o final de outubro, a embaixada dos Estados Unidos informar os nomes dos candidatos selecionados para representar o Brasil em janeiro de 2012. No ano de 2010 foram sele-

cionados 35 estudantes. Para este ano existe a possibilidade de ser ampliado o número para 45 jovens embaixadores. Os estudantes de Rondônia poderão estar entre estes que representarão o Brasil nos Estados Unidos. Para a coordenadora em Rondônia, Vânia Sales, a expectativa esta grande entre os quatros jovens selecionados, pois estes passarão por experiências que podem ser transformadas em ótimas oportunidades, como receber bolsas de estudos em universidades e ofertas de emprego”, disse. O programa Jovens Embaixadores é uma iniciativa da Embaixada dos Estados Unidos no Brasil, em parceria com os setores público e privado em ambos os países. Em Rondônia, a parceria se efetiva através da Seduc.

A USP voltou a aparecer entre as 200 melhores universidades do mundo, segundo o ranking THE (Times Higher Education), criado há oito anos. A universidade brasileira está em 178º lugar e é a única instituição da América Latina presente na lista. No ano passado, a USP aparecia na posição número 232. A americana Harvard, que sempre liderou a lista, foi desbancada pelo Instituto Tecnológico da Califórnia, uma instituição com pouco mais de 2.100 alunos, 55% deles na pós-graduação. Entre os destaques da THE, os Estados Unidos têm 75 universidades entre as 200 melhores; os norte-americanos são seguidos pelos britânicos, com 32 instituições na lista.

Entre países emergentes, China e Coréia do Sul têm três universidades cada, a África do Sul tem uma. Índia e Rússia não aparecem. A Unicamp não está entre as 200 mais bem colocadas, mas um aplicativo para iPhone do estudo permite identificar sua colocação: 286º. No ano passado, ela ocupava a 248ª colocação. O ranking da THE é feito com a combinação de 13 critérios. São levados em conta a relação professor/aluno, percentual de doutores, internacionalização (número de professores e estudantes estrangeiros), pesquisa (desenvolvimento de produtos e conhecimento, publicação de trabalhos em revistas especializadas) e citação por outros autores.

mica e/ou profissional prévia nos EUA.

- Taxas escolares. As inscrições vão até 4 de novembro de 2011. O formulário para inscrição online e mais informações podem ser encontrados no site da Comissão Fulbright: http://www.fulbright.org.br/2010/ content/view/128/169/.

Professores de inglês podem concorrer a curso nos Estados Unidos Divulgação

A Embaixada dos EUA, a CAPES e a Comissão Fulbright selecionarão até 50 professores de língua inglesa da rede pública de ensino básico para curso de capacitação de oito semanas na Universidade do Oregon, a ser realizado em 2012. Após o retorno ao Brasil, o professor terá duas semanas para concluir o projeto desenvolvido nos EUA. Serão dois grupos de até 25 professores em dois períodos. O candidato deverá indicar, no momento da inscrição,

o grupo de sua preferência. O Grupo 1 participará do curso de janeiro a março e o Grupo 2, no período de junho a agosto. Alguns dos objetivos do programa são fortalecer a fluência oral e escrita em inglês; compartilhar metodologias de ensino e avaliação que estimulem a participação do estudante em sala de aula; estimular o uso de recursos online e outras ferramentas na formação continuada de professores e na preparação de planos de aula.

Requisitos para candidatura - Possuir nacionalidade brasileira e não ter nacionalidade estadunidense; - Possuir bacharelado ou licenciatura em língua inglesa; - Ser professor de inglês em exercício, efetivo na rede pública de ensino básico, com estágio probatório concluído; - Ter concluído a graduação em letras (língua inglesa) após 1995; - Ter proficiência em inglês; - Estar residindo no Brasil durante o processo seletivo; - Não possuir experiência acadê-

Benefícios nos EUA - Alojamento no campus universitário; - Alimentação; - Seguro saúde; - Passagem aérea de ida e volta;


22

nossoesporte

Ariquemes - Rondônia 10 a 16 de outubro de 2011 Edição 45 - Ano I

Barrichello diz não estar pronto para deixar a F-1 Divulgação

A

inda sem contrato para o Mundial de F-1 do ano que vem, Rubens Barrichello disse em Suzuka que não está preparado para deixar a categoria ao final deste campeonato. "Honestamente não estou pronto de jeito nenhum, mas a gente tem que estar preparado para

qualquer coisa que apareça na nossa vida", disse o piloto da Williams. "Eu encaro isso como uma largada na F-1. Se você projetar para ir para a direita porque acha que ali vai ser o melhor lugar e alguém vem e tapa aquele lado, você precisa estar pronto para ir para a esquerda", comparou Barrichello, que

está na categoria há 19 temporadas. "Eu não estou preparado para deixar a F-1 ainda, mas qualquer situação pode acontecer". Entre os nomes que circulam pelo paddock para ficar com a eventual vaga de Barrichello estão os de Kimi Raikkonen e Adrian Sutil, hoje na Force India.

Muricy admite foco do Acusado de incendiar casa, Breno Santos no Mundial do Japão deixa a prisão na Alemanha

Divulgação

Pela primeira vez o técnico Muricy Ramalho admitiu que o Santos já está com a cabeça no Mundial de Clubes, que será disputado em dezembro, no Japão. Após a terceira derrota seguida do Santos, desta vez diante do Grêmio, na quarta-feira (05), por 1 a 0, no Olímpico - o time já havia perdido para Fluminense e Figueirense - o treinador falou sobre o assunto. "Estamos pensando muito no fim do ano, por-

Divulgação

que é o nosso grande objetivo, mas temos que melhorar no Brasileiro. Não tem como. O Inter (em 2006) e o São Paulo (em 2005) foram assim também. Precisamos melhorar para chegar com confiança no fim do ano, se não teremos poucas chances", alerta. Em tom de lamentação, o técnico do Santos não disse com todas as letras, mas deixou no ar que o time praticamente jogou a toalha na competição na-

cional. "É normal um time que ganha dois títulos em três meses ficar assim. Até você engatar o time outra vez no Brasileiro, com problema de convocação, jogadores valorizados e vendidos, demora e mexe muito. O time não se preparou para o Brasileiro, porque fomos com tudo no Paulista e na Libertadores. Logo depois da final, perdemos cinco ou seis para a Seleção, isso tira o foco", analisou.

Depois de linhas, Itaquerão ganha traves Divulgação

A terraplanagem não chegou a 60% e muita coisa ainda precisa ser feita, mas Corinthians e construtora estão desenhando o futuro novo estádio do clube. Depois de 'pintarem' com cal as linhas que de-

marcarão o campo do Itaquerão, a Odebrecht instalou até as traves do campo. Segundo a empresa e o clube, todas as pessoas que passam pelo terreno da arena perguntavam onde é que ficaria o gramado.

Assim, as traves e as linhas servirão para acabar com a dúvida dos ‘turistas’. A construtora afirmou que já foram executados 193 blocos de concreto e instalados 21 pilares. A terraplanagem já chega a 58% do total.

O zagueiro Breno, 21, ex-São Paulo, foi libertado da prisão em que estava há 12 dias sob acusação de incendiar a própria casa em Munique, onde defende o Bayern desde 2008. Justiça alemã decidiu soltar o jogador mediante pagamento de fiança depois de o promotor da cidade afirmar que não existe perigo de fuga ou de destruição de provas sobre o incidente. “Estamos muito felizes. Ele agora pode voltar para sua família e ao Bayern. Somos gratos ao tribunal e ao senhor Leitner [advogado], que lidou com este caso de forma justa e sensível “, disse o ex-jogador e ídolo do clube Karl-Heinz Rummenigge, presidente executivo do Bayern. Não foi revelado o valor da fiança. O promotor disse também haver outras 11 condições que o atleta brasileiro terá de cumprir enquanto estiver com a liberdade condicional, mas não citou nenhuma. Breno vinha se recuperando de uma lesão e esta-

va sozinho no momento do incêndio, que destruiu a casa. Ele é suspeito de ter provocado o fogo de propósito. A prisão preventiva de Breno provocou uma forte reação do presidente do Bayern, Uli Hoeness, que considerou que a Justiça agiu de modo desumano pela rigidez da medida. O incêndio ocorreu na madrugada, quando Breno estava sem a presença da mulher e dos três filhos, que foram para o local assim que souberam do ocorrido, assim como seu companheiro de equipe, o também brasileiro Rafinha. Segundo parte da imprensa alemã, o jogador entregou três isqueiros a um integrante das equipes dos bombeiros que o atenderam imediatamente após o incêndio, que causou um prejuízo de cerca de 1 milhão de euros (aproximadamente R$ 2,5 milhões). No início da semana passada, seu advogado afirmou que o jogador está doente e pediu para que fosse colocado em liberdade.

“Breno não está bem. Do jeito que o vejo, ele está doente e precisa de ajuda”, disse. Breno sofreu ferimentos leves e foi atendido pelos serviços de emergência deslocados a sua casa, um chalé alugado nos arredores de Munique. Segundo a assessoria do grupo Sonda, empresa que representa o brasileiro, a defesa do ex-são-paulino alega que ‘ o jogador nem acionou o seguro, o que derruba a ideia de um incêndio proposital’. Maior campeão do país, o Bayern de Munique atualmente lidera o Campeonato Alemão e está na liderança do seu grupo na Copa dos Campeões da Europa.


nossodestaque

Ariquemes - Rondônia 10 a 16 de outubro de 2011 Edição 45 - Ano I

Jabá Pedaladas

Ciro Martins De Trivela

Alexandre

o grande campeão.

Grande Final do Peladão As equipes do GTS Bar e FAAr/ST 10, fizeram a grande final do peladão 2011, um bom público fez preseça na grande decisão. Marcos Lacerda organizador da competição, presenteou os presentes ao grande sorteio de uma Moto Pop 100 Honda, sendo que as cartelas foram trocadas por 1 kg de alimento. A 14ª edição contou com 40 equipes, onde a premiação foi de R$ 3.000,00 para

Brasileirão Uai, o que está acontecendo com os mineirinhos, Cruzeiro, Atlético-MG, América-MG? Contagem regressiva falta 10, o maior desastre do triângulo Mineiro está por vir, as desculpas esfarrapadas é a falta do Mineirão diz: Roger jogador do Cruzeiro, o fato de não jogar em casa. No ano que vem a série B vai ser emocionante, Ipatinga, Cruzeiro, Atlético e América, esqueci de mais alguém? Por favor, me, lem-

bre. Palmeiras também poderia se mineiro, pelo péssimo futebol, que vem jogando. Vasco, Corinthians, Botafogo e Fluminense, um destes leva o título de campeão brasileiro 2011. Copa Cerveja Glacial/ Globo Sport O maior evento do esporte de Rondônia vai começar. Dia 12 de Outubro, congresso técnico na renascer, ás 19:30 hs. Cada vitória do seu time a novidade, ganhará 1 dúzia Glacial e 1 Dydyo 2 litros, além da alegria de ven-

cer a partida, a equipe vai comemorar tomando uma cervejinha. Premiação de 1 Uno 0 KM básico para o campeão. Rondoniense Série B O representante de Ariquemes, Real, vence fora, o jogo foi contra a equipe do Pimentense, no estádio do Cassolão, em Rolim de Moura, a equipe venceu pelo placar de 3 X 1.Domingo o Real enfrentou a equipe do Ji-Paraná que já venceu as suas duas partidas, com um pé dentro da série A de 2012 o

23

Jipa tem uma forte equipe comandada pelo o grande técnico Thiago Batistoco campeão neste ano com o Espigão, podendo até ganhar o seu segundo título em um ano. O próximo jogo do Real em casa é contra a equipe do Pimentense dia 23/10 no Valerião, quem sabe dependendo de uma vitória para subir para elite do futebol Rondoninse. Vamos juntos apoiar o futebol de Ariquemes, voltar a ser o melhor do Estado, vamos e torcer para o Real.

Vale Mais, Ter a Maior Torcida ou Mais Títulos? A pesquisa Ibope joga gasolina numa discussão que vinha em fogo brando, porém agora se incendeia de novo devido ao instituto de pesquisa Ibope colocar Flamengo e Corinthians no mesmo patamar de maiores torcidas do Brasil com 13% de fanáticos. Além dos dois primeiros, a pesquisa revela os outros três clubes que vêm logo atrás, no caso o São Paulo com 8%, o Palmeiras com 6% e o Cruzeiro com 4% das preferências entre os torcedores. Em meio ao passionalismo dos fanáticos, os números da pesquisa são derrubados até com certa ira. Os flamenguistas não aceitam dividir o posto de maior torcida com o Corinthians e recebem o

apoio dos demais rivais do Alvinegro, que não engolem a possibilidade de um clube que nem sequer venceu a Libertadores e só agora conseguiu seu novo estádio ter a maior torcida do país. É inaceitável! Em meio ao fogo cruzado, eu pergunto: Qual a importância de se ter a maior torcida do Brasil? Faz bem ao ego e da poder ao torcedor no momento da discussão em casa ou no bar? Pode ser, mas é muito pouco. Ser primeiro, segundo, terceiro, sétimo, oitavo ou décimo no ranking das maiores torcidas pouco importa, o que pesa mesmo são os títulos. Essa história de maior torcida

do país é uma grande balela. Não desmereço o trabalho do instituto de pesquisa, que fez um estudo sobre “consumo de esporte nos meios de comunicação” e chegou à conclusão que a vantagem rubro-negra em número de torcedores sobre o Alvinegro já não é mais a mesma de décadas passadas. O trabalho é válido e palmas para o Ibope. No entanto a grandeza de um clube se mede pelas suas conquistas. Até mesmo o patrimônio fica em segundo plano. Por exemplo: até pouco tempo, Corinthians e Flamengo não tinham nem centro de treinamentos, porém nunca deixaram de brigar por títulos. Hoje

ambos os clubes têm seus CT’s e uma bela história de conquistas construída em tempos difíceis. Os títulos estão diretamente ligados ao crescimento da torcida. Com o São Paulo foi assim, sobretudo no início dos anos 90, quando ganhou muitos canecos e viu sua torcida aumentar, abrindo frente inclusive em cima da massa palmeirense, que ficou para trás. A subida recente da torcida corintiana tem a ver com títulos, assim como também com a cegada ao clube do agora ex-jogador Ronaldo. O sucesso do Fenômeno com a camisa alvinegra ajudou a engrossar a massa alvinegra de torcedores. Esse mesmo efeito vai atingir

o Santos num futuro próximo devido ao sucesso de Neymar com a camisa alvinegra. A joia santista também faz aumentar a auto-estima dos atuais torcedores e trazer novos fanáticos para o clube, num processo natural de rejuvenescimento da massa. Enfim, os títulos fazem bem para o ego e para os cofres dos clubes, além de fazer diretamente o número de torcedores aumentar. O negócio é mirar conquistas e o resto é consequência. Ser ou não a maior torcida do pais é discussão para fanáticos, pura balela. Segue o jogo...


16 24 Cacau poderá ser produzido em área de várzea

Agronegócio

Ariquemes - Rondônia 10 a 16 de outubro de 2011 Edição 45 - Ano I

Aumento de lotação animal é prática sustentável

P

Divulgação

Uma equipe formada por técnicos da Associação de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Rondônia (Emater) e das secretarias de Agricultura do estado (Seagri) e município de Porto Velho (Semagric) desceram o rio Madeira para apresentar aos agricultores ribeirinhos uma proposta tecnológica para cultivo de cacau na várzea. Acompanhada de dois técnicos da Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac), a equipe iniciou um estudo para análise da viabilidade da lavoura cacaueira na região. Ainda serão visitadas as principais comunidades ribeirinhas no trecho entre os distritos de São Carlos e Calama, na região conhecida como Baixo Madeira. João Batista Carvalho, presidente da associação comunitária que reúne pescadores e agro-extrativistas do distrito, disse não ter dúvida da viabilidade da lavoura do cacau na margem do Madeira. Segundo ele, isto fica claro quando se vê o vigor e a carga das plantas nativas existentes nos quintais.

ara adotar práticas sustentáveis, nem sempre o produtor precisa fazer grandes investimentos. No caso da pecuária, por exemplo, uma medida simples, como o aumento da lotação animal em uma mesma área pode otimizar o capital terra, gerando economia ao bolso do produtor. A adoção de algumas estratégias para a inserção da pecuária em um processo produtivo sustentável foi um dos temas abordados no 2º Simpósio Internacional de Plantio Direto e Meio Ambiente, que aconteceu em Uberlândia, Minas Gerais. Segundo Eduardo Bastos, relações institucionais da Dow AgroSciences, uma das principais estratégias está no aumento da lotação animal, o que promove o maior aproveitamento da forragem produzida e uma liberação de espaços que podem ser convertidos em novas áreas de pastagem, floresta ou grãos. Isso é feito através de práticas simples de manejo como a

utilização de cercas, controle de plantas daninhas e calagem. Esse é um dos principais pontos ligados à sustentabilidade na pecuária. Quando aumentamos a lotação, conseguimos produzir mais carne em uma área menor — afirma o relações institucionais. De acordo com ele, atualmente, existe uma média de 0,76 unidade animal por hectare, partindo do princípio de que uma unidade animal equivale a 450kg. No entanto, Bastos diz que é possível dobrar essa lotação.

Assim, conseguiríamos liberar aproximadamente 80 milhões de hectares de pastagem que poderiam ser utilizados em outras atividades. Por outro lado, ao adotar a técnica, o pecuarista deve trabalhar a pastagem como se trabalha qualquer lavoura. Ela tem uma demanda nutricional e é preciso tomar cuidado para que não haja um sobrepastejo — orienta. Como passam a existir mais animais em uma mesma área, o relações institucionais diz que é preciso haver uma capacidade na forragem que ofereça maior

suporte a esses animais e, principalmente, uma suplementação que não pode ser esquecida, a chamada mineralização. Se considerarmos que a terra é um capital imobilizado, há um dinheiro investido nela. Quanto mais animais são colocados, o custo é diluído, ou seja, o custo de manter um hectare de pastagem com meia cabeça é praticamente o mesmo de manter com uma ou duas. Então, na verdade, o produtor está otimizando seu capital terra — conclui Bastos.

Pagamento por serviços ambientais pode ser saída para recompor florestas Divulgação

Cotação do Boi Boi Gordo @ à vista R$ 91,00 Boi Gordo @ à prazo R$ 92,00 Vaca Gorda @ à vista R$ 82,00

O projeto de reforma do Código Florestal (PLC 30/2011) deve ser modificado para incluir instrumentos de pagamento por serviços ambientais visando incentivar a recomposição e manutenção de Áreas de Preservação Permanente (APP) e de reserva legal, na opinião dos senadores que participaram do debate na Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática (CCT). O consenso verificado na audiência pública revela entendimento de que o novo código de-

ve combinar mecanismos de comando e controle com regras de premiação àqueles que preservam os recursos naturais e de incentivos para a recomposição de áreas protegidas que foram desmatadas. - Há um novo momento, um convencimento dos formadores de opinião sobre o Código Florestal no Senado de que incentivos econômicos e financeiros são a forma de se avançar num futuro inteligente em relação ao agronegócio e ao meio ambiente - disse Eduardo Braga (PMDB-AM), pre-

sidente da CCT. Também o senador Luiz Henrique da Silveira (PMDB-SC), relator do projeto na CCT e na Comissão de Agricultura e Reforma Agrária (CRA), apontou avanços na discussão do tema no Senado. - Estamos mudando o enfoque, de uma legislação punitiva para uma legislação que incentiva a recuperação e manutenção de vegetação nativa - resumiu. A opinião foi compartilhada pelo relator do novo Código Florestal na Comissão de Meio Ambiente (CMA), senador Jorge Via-

na (PT-AC). Para ele os mecanismos de comando e controle são eficientes para conter o desmatamento, mas insuficientes para garantir a recomposição das áreas desmatadas. - Se quisermos trazer de volta parte dos milhões de hectares que perdemos, precisamos estabelecer uma aliança com os proprietários rurais e remunerar aqueles que prestam serviços ao meio ambiente e ao país, preservando os recursos naturais frisou.


Ariquemes - Rondônia 10 a 16 de outubro de 2011 Edição 45 - Ano I


26

nossodestaque

Ariquemes - Rondônia 10 a 16 de outubro de 2011 Edição 45 - Ano I


nossaeconomia

Ariquemes - Rondônia 10 a 16 de outubro de 2011 Edição 45 - Ano I

Economista avisa que chance de recessão global é maior que 50% Divulgação

A

economia mundial tem chances "maiores que 50%" de cair em uma nova recessão, disse Paul Krugman, professor da Universidade de Princeton, em entrevista concedida ao jornal The Nikkei. Krugman, que venceu o prêmio Nobel de Economia em 2008, disse que os Estados Unidos e a Europa aparentemente estão marchando rumo à recessão, mas ressaltou que os países em desenvolvimento devem continuar crescendo, ainda que num ritmo menor. Consequentemente, o mundo sofrerá os efeitos de um desaquecimento. Segundo ele, um terço da zona do euro (incluindo Espanha e Itália) está à beira da crise e "os gregos preci-

sam declarar um default". O economista destacou a importância do papel dos bancos centrais como credores de última instância e a obrigação dessas instituições de evitar ondas de falências no setor financeiro, acrescentando que o Banco Central Europeu não está cumprindo inteiramente essa função. Ele afirmou que a melhor maneira de a Europa enfrentar a crise seria com crescimento econômico e uma inflação de 2% a 3% ao ano. O economista citou a necessidade de uma política monetária frouxa e criticou a decisão do Banco Central Europeu de aumentar os juros neste ano, afirmando que a instituição "repetiu os erros do Banco do Japão" quando encerrou a política de juro zero, em

2000. Krugman afirmou que "a América de 2011 é o Japão de 1998" e disse ser necessário mais estímulo monetário e fiscal nos Estados Unidos. Entretanto, ele acredita que o plano de US$ 450 bilhões apresentado pelo governo Obama para estimular a criação de empregos terá dificuldades em passar pelo Congresso por causa de intransigências políticas. Krugman disse temer que tanto as economias da Europa quanto a dos Estados Unidos sofram no longo prazo com os problemas que atingiram a economia japonesa. Ele disse que, no caso norte-americano, "a escala do choque foi maior do que qualquer um imaginava", mas a resposta política "foi muito pequena".

27

Serasa aponta queda da atividade do comércio em setembro

Divulgação

O nível de atividade no setor comercial sofreu uma retração de 0,3% em setembro, após uma expansão de 0,7% em agosto e 0,2%, conforme aponta um levantamento da Serasa Experian, baseada no volume de consultas a cada mês feitas pelos estabelecimentos comerciais à base de dados da empresa. Entre janeiro e setembro, o nível de atividade comercial mostrou crescimento de 9,4%, na comparação com idêntico período de 2010. Conforme a área de análise da Serasa, a queda vista em setembro indica um processo de desaceleração deste segmento da economia, provavelmente provocado pelo aumento da taxa básica de juros (que influi no custo

dos empréstimos para os consumidores), vigente até agosto. O corte da taxa Selic pode suavizar esse processo, na visão dos economistas dessa empresa, porém não deve ser suficiente para reverter essa tendência. A Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo detec-

tou um aumento do nível de confiança dos empresários entre agosto e setembro. Elaborado a partir de entrevistas com representantes de 6 mil empresas espalhadas pelo País, o índice que sintetiza essas respostas teve uma leitura de 129,4 pontos em setembro, ante 129,3 em agosto.

Setor de máquinas e equipamentos faturou R$ 52,8 bilhões até agosto Divulgação

A indústria brasileira de máquinas e equipamentos faturou R$ 52,8 bilhões de janeiro a agosto deste ano, o que representa um crescimento de 9,7% em comparação com o mesmo período do ano passado. Segundo balanço divulgado pela Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq), em agosto as vendas aumentaram 9,1%,

ante o mesmo mês do ano passado, com faturamento de R$ 7,06 bilhões. Na comparação com julho, houve alta de 3,8%. Apesar do aumento do faturamento no acumulado deste ano, destaca a entidade, o setor enfrenta déficit na balança comercial, que atingiu US$ 12,1 bilhões no período, valor 22,8% superior ao registrado nos oito primeiros meses de 2010.

As importações de bens de capital mecânicos alcançaram em 2011 a cifra de US$ 19,6 bilhões, e as exportações, US$ 7,5 bilhões. De acordo com a Abimaq, o nível de empregos diretos gerados pelo setor em agosto foi 5,9% superior ao do mesmo mês do ano anterior e 0,1% acima de julho último, totalizando 262.902 trabalhadores registrados.


28

nossobrasil

Ariquemes - Rondônia 10 a 16 de outubro de 2011 Edição 45 - Ano I

Para reduzir homicídios, ministro defende ações integradas e unidades especiais

O Agência Brasil

ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, disse que o país precisa ter ações mais integradas e efetivas para a redução da violência. Para ele, a impunidade é um dos principais aspectos a serem combatidos. O ministro destacou também a necessidade de se criar unidades específicas para a investigação de homicídios em cada estado, além de se agilizar processos judiciais.

Dados sobre homicídios, divulgados pelo Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (Unodc), mostram que o Brasil tem a terceira maior taxa desses crimes na América do Sul, com 22,7 casos para cada 100 mil habitantes. O país fica atrás apenas da Venezuela (49) e da Colômbia (33,4). “São grandes os desafios que todos aqueles que governam, seja no âmbito federal ou estadual, têm o dever de enfrentar de forma

conjugada, superando entraves políticos e buscando soluções necessárias para a sociedade brasileira”, ressaltou após participar do programa Bom Dia, Ministro, produzido em parceria com a Secretaria de Comunicação da Presidência e com EBC Serviços. O fornecimento de equipamentos que permitam ações periciais mais céleres é uma das medidas para acabar com a impunidade, segundo Cardozo.

Frente Agropecuária leva ao STF 'Estou realizando um sonho', diz preocupação com criação Dilma em visita à terra natal do pai indiscriminada de reservas indígenas Assessoria

mostrou surpreso e perplexo com as informações levadas pelos parlamentares. “Ele (Cézar Peluso) nos disse categoricamente: ‘Nós no STF não sabíamos disso!’”, relatou Moreira.

A Frente Parlamentar da Agropecuária, sob a liderança do deputado Moreira Mendes, se reuniu na terça-feira (4) com o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Cézar Peluso, para discutir a problemática da criação e ampliação indiscriminadas de terras indígenas no Brasil. Esta foi a segunda reunião da FPA com autoridades federais para pedir providências urgentes em relação ao problema. Na semana passada, os parlamentares estiveram com o ministro da Agricultura, Mendes Ribeiro, e o advogado-geral da União, Luis Adams. Moreira disse que a Frente Agropecuária foi ao STF levar ao conhecimento do ministro Peluso os absurdos que estão sendo

praticados no Brasil e o desrespeito às decisões do próprio tribunal, principalmente no que se refere à criação de novas terras indígenas ou ampliação daquelas já existentes. Ele citou o caso de Rondônia, onde o governo federal, por meio da Funai (Fundação Nacional do Índio), está trabalhando para ampliar a reserva indígena Karitiana, localizada nos municípios de Porto Velho e Candeias do Jamari. “Isso é um absurdo! A mesma coisa está acontecendo com as terras quilombolas, o que está criando uma insegurança jurídica no campo muito grande”, denuncia o parlamentar rondoniense. De acordo com Moreira Mendes, o presidente do Supremo se

Competência Para o deputado, a reunião no Supremo Tribunal Federal foi mais um passo importante na estratégia da Frente Agropecuária de levantar o debate nacional sobre a criação e ampliação indiscriminadas de terras indígenas. O objetivo, segundo ele, é devolver ao Congresso Nacional a competência para legislar sobre o tema. “Já estamos pedindo audiência com o procurador-geral da República e, ao mesmo tempo, discutindo esse problema aqui no âmbito da Câmara dos Deputados, porque há um exagero. Nós não temos mais índios para isso. O Brasil tem hoje 16% do seu território ocupado com terra indígena. Será que ainda tem tanto índio assim para continuar criando terra indígena, como acontece hoje?”, questiona Moreira Mendes. Na avaliação do presidente da FPA, “há interesses escusos de outros países e maus brasileiros por trás dos movimentos de criação e ampliação de reservas indígenas”.

A presidente Dilma Rousseff afirmou semana passada que visitar Gabrovo, cidade da Bulgária onde o pai dela nasceu, é a realização de um sonho. "Vivi momentos emocionantes em minha vida. Mas hoje me sinto particularmente emocionada. É porque estou realizando um sonho, o sonho do meu pai de vir um dia a sua terra natal Bulgária", disse Dilma durante visita ao Colégio Vassil Aprilov, onde o pai Pedro Rousseff (antes Peter Roussev) estudou. No local, a presidente recebeu uma homenagem. O pai de Dilma nasceu e morou em Gabrovo antes de se mudar para França, nos anos 1920, de onde seguiria

para a Argentina e finalmente ao Brasil. Na cidade, ela também visitou o Museu Regional de História, que realizou, em homenagem à presidente brasileira, a exposição “As raízes búlgaras de Dilma Rousseff”. Após a visita ao museu, a presidente Dilma Rousseff foi para a Turquia, onde encerra viagem de uma sema-

na pela Europa - ela esteve em Bruxelas no começo da semana, onde participou de reuniões com líderes europeus. Pela manhã, antes de ir para a cidade do pai, a presidente visitou o túmulo do irmão Luben Roussev em Sófia, capital da Bulgária. Luben morreu em 2007, e Dilma não chegou a conhecer o irmão.


nossomundo

Ariquemes - Rondônia 10 a 16 de outubro de 2011 Edição 45 - Ano I

Morreu Steve Jobs, o fundador da Apple Divulgação

S

teve Jobs, fundador da Apple e criador de produtos como o Macintosh, o iPad ou o iPhone, morreu na quarta-feira (05) aos 56 anos de

idade. Por todo o mundo, multiplicam-se as homenagens. “Estamos profundamente tristes por anunciar que Steve Jobs faleceu hoje”, indica um curto comu-

nicado do conselho de administração da Apple. Steve Jobs anunciou no final de agosto o seu afastamento do cargo de CEO da empresa, na sequência do agravamento do seu estado de saúde. Jobs estava de baixa médica desde janeiro. Há dois anos tinha feito um transplante de fígado e em 2004 sobreviveu a um cancro do pâncreas. As homenagens ao co-fundador da Apple multiplicaram-se nas últimas horas, abrangendo os vários quadrantes, desde o mundo político ao económico, passando pelas personalidades da música e do cinema. O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, colocou Steve Jobs “entre os maiores inovadores norte-americanos”. Barack Obama enalteceu “o espírito de engenho norte-americano”, e salientou que a sua criatividade “mudou a forma como cada um de nós vê o mundo”.

Oposição da Bolívia quer investigação sobre estrada Divulgação

29

União Européia dá resposta a Dilma pelas críticas Divulgação

O presidente do Conselho Europeu, Herman Van Rompuy, afirmou semana passada, durante a 5ª Cúpula Brasil-União Européia, em Bruxelas, que "a União Européia faz muito mais que impor medidas de austeridade" a países em dificuldades. "Conseguimos a convergência de 17 democracias, 17 economias, e isso não é fácil. Apesar disso, fizemos o que precisávamos fazer, e sabemos que devemos fazer mais", assinalou o dirigente europeu. A declaração é uma resposta à fala da presidente brasileira, Dilma Rousseff, que havia condenado a adoção de medidas de austeridade como única forma de conter a crise econômica. Os dirigentes da União Européia elaboraram planos rígi-

dos para sair da recessão, que incluem medidas drásticas de austeridade para os países em dificuldades, sobretudo para a Grécia. O Brasil integra o grupo dos Brics (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul), que recentemente se declarou disposto a considerar, se necessário, um apoio, via FMI ou outras instituições financeiras internacionais, para enfrentar os desafios da estabilidade financeira mundial. As declarações de Dilma foram feitas ao mesmo tempo em que um grande debate sobre medidas para combater a crise da dívida acontece na zona do euro, com alguns países, como Grécia e Itália, adotando cortes especialmente em áreas sociais.

Itália diz que América Latina é parte da solução para os problemas mundiais Divulgação

O partido de oposição MSM (Movimento sem Medo) pediu formalmente ao Ministério Público da Bolívia que investigue o contrato entre o Estado e o BNDES para o financiamento de uma controversa estrada na selva do país. O argumento da oposição é o de que o projeto seria inconstitucional e lesivo aos interesses bolivianos. Trata-se de mais um round na disputa entre governo e oposicionistas por conta da rodovia --que põe o Brasil no meio do tiroteio. Ambientalistas dizem que o governo brasileiro quer impor o projeto para garantir caminhos de expor-

tação via Pacífico. Já o MSM afirma que o presidente Evo Morales cedeu soberania ao aceitar que eventuais divergências sobre o financiamento sejam julgadas no Rio de Janeiro. O líder do partido e ex-prefeito de La Paz, Juan Granado, citou artigo da Constituição que estabelece que os investimentos estrangeiros no país devem ser regidos por normas bolivianas. Também acusou o contrato, a ser executado pela OAS, de superfaturamento e de conter piores condições que as de outros financiadores. O governo contra-atacou. A ABC (sigla da Administradora Boli-

viana de Estradas) publicou anúncio em jornais para rebater o MSM. E o vice-presidente, Álvaro García Linera, desmentiu Granado. "Investimento estrangeiro deve se submeter às leis bolivianas, mas a estrada não é um investimento estrangeiro. O Estado contratou um crédito e uma empresa que vai construir", disse Linera. O BNDES diz que o contrato na Bolívia seguiu os parâmetros de praxe, incluindo o de que é o país credor quem escolhe sob qual legislação será selado o financiamento. O financiamento será de R$ 607 milhões.

O ministro italiano das Relações Exteriores, Franco Frattini, afirmou semana passada que a "América Latina é parte da solução para os problemas do mundo", dando destaque para o Brasil. "Hoje, a América Latina é parte da solução para os problemas do mundo, e não como no passado, que era parte do problema", disse o chanceler, durante a 5ª Conferência Itália-América Latina e Caribe, que começou em Roma, na sede do Ministério italiano das Relações Exteriores. Frattini ressaltou que, no próximo ano, será organizada uma missão "com mais de cem empresas italianas e três ou quatro ministros, que consolidará as relações econômicas entre a Itália e o Brasil". Segundo

ele, no plano político, "países como Brasil, Argentina e México são atores imprescindíveis, não apenas enquanto membros do G20, mas devem ser levados em conta também nos fóruns internacionais".


HORÓSCOPO

Variedades SEMANAL

Charge

Áries - De 21/3 a 20/4 Concentre-se nos seus afazeres e cuidado com perda de dados. A Lua fortalece os seus vínculos familiares, mas nem por isso você deve aceitar a interferência de terceiros na sua vida amorosa. Procure novidades no romance. Se já tem alguém, esteja alerta para que intromissões não atrapalhem o relacionamento. Fique de olho nas oportunidades.

Japonês resolveu pintar o pára-choque do caminhão: - Por favor, pinta DEUS ME GUIA bem bonitinho, no? - O sujeito caprichou nas letras e zapon foi embora contente, só que na primeira esquina deu a maior porrada no poste. Passados uns dois meses, voltou lá com o caminhão todo consertado. - Vamos pintar frase bem bonita no porochoque, no? - Ja sei, vamos pintar DEUS ME GUIA. - No, no, agora muda, ne? Pinta JAPONêS MESMO GUIA!

Gêmeos - De 21/5 a 20/6 No trabalho, divulgue melhor suas tarefas e os resultados aparecerão rapidamente. Reflita sobre o que quer para a sua vida amorosa. Se está só, uma nova paixão vai dar o tempero que faltava à sua vida. Seja firme ao lidar com aqueles que se acham no direito de interferir em suas decisões. Mantenha a sua autonomia.

Leão - De 22/7 a 22/8 Seu serviço será mais produtivo se trabalhar sem a presença de outras pessoas. As finanças devem melhorar ao poucos, tenha calma. Se controlar o nervosismo e a inquietação, vai tirar de letra qualquer atrito em casa. Converse com seu amor, o diálogo ajuda a aproximá-los. Evite atitudes autoritárias. Cuidado com o excesso de ciúme. Virgem - De 23/8 a 22/9 Quanto mais discreta for a sua atuação profissional, maior será o seu desempenho. Seu objetivo será garantir bem-estar às pessoas de sua estima. Aguarde momentos familiares agradáveis. Vênus promete ajudar você a acabar com as divergências no amor. Cuidado com a possessividade. Tempo de economizar. Libra - De 23/9 a 22/10 Aceite novas responsabilidades e execute suas tarefas com entusiasmo. Você só terá a ganhar. Não esqueça de curtir momentos em casa. A companhia de quem estima fará muito bem ao seu coração. Vênus favorecerá a vida amorosa e irá realçar seu poder de sedução. Curta o clima favorável com o seu par. Não tenho medo do novo. Escorpião - De 23/10 a 21/11 A pedida é trabalhar em equipe, pois sua capacidade de cooperação está a mil. Apoio e tolerância vão unir a família. Mas terá que se esforçar para manter a paciência em momentos tensos. Se você já tem um relacionamento estável, razão e emoção vão estar em equilíbrio. Não crie expectativas altas demais.

_____________________

Planeta Bizarro Britânica comemora aniversário de 100 anos com show de stripper A britânica Clare Ormiston comemorou na última sexta-feira seu aniversário de 100 anos com um show de um stripper em uma casa de repouso em Wythall, no Reino Unido, segundo o jornal “Birmingham Mail”. Clare havia pedido em junho o presente especial. O stripper John Green ficou surpreso com o convite e disse que foi a primeira vez que se apresentou em uma festa de aniversário de 100 anos. “Eu acho que ela gostou”, afirmou Green.

Tirinha

Sagitário - De 22/11 a 21/12 Sorte em concurso, porém, evite se sobrecarregar para não estressar. Pode exigir demais das pessoas, especialmente, seus familiares. Respeite o ritmo de cada uma para manter a harmonia. Não tenha medo de deixar uma paixão que já acabou há tempos. Na vida a dois, há sinais de uma grande vitória! Não imponha seu jeito de agir. Capricórnio - De 22/12 a 20/1 Mostre mais segurança no emprego. Começar nova atividade em suas horas de folga pode dar bons resultados. Não deixe que parentes coloquem obstáculos na sua vida sentimental. Assuma uma postura mais firme em casa. Se já tem companhia, mande embora o tédio da relação. Abuse da criatividade na paixão. Aquário - De 21/1 a 19/2 Invista em pequenas mudanças no ambiente profissional, mas lembre-se: o segredo é a alma do negócio. Prepare-se para altos e baixos no setor financeiro. Há sinal de muita tensão em casa. Precisará ter cautela para não descontar suas chateações nos parentes. A dois, a distância pode ser seu maior desafio. Aproxime-se do par. Peixes - De 20/2 a 20/3 Aceite o desafio de mudar sua vida profissional. Fique de olho nas oportunidades de prosperar. Há indícios de que a influência dos parentes pode se revelar desfavorável à vida amorosa. Não deixe o passado influenciar seu romance e dê o devido valor a quem ama. Fique de olhos abertos às oportunidades.

Só pra zuar!!! De japonês

Touro - De 21/4 a 20/5 Boa fase para expor ideias e projetos. Não se descuide das obrigações familiares. Concilie seu tempo entre o trabalho e os seus familiares ou receberá cobranças. Não crie atritos com seu par por motivos bobos, prefira manter a harmonia a provar que tem razão. Valorize-se na conquista. Criatividade em alta. Não acredite em tudo que te falam.

Câncer - De 21/6 a 21/7 Procure trabalhar em casa ou em lugar tranquilo. Boa fase para lucrar e investir em suas ideias. O astral revela uma certa insatisfação em casa. Respeite o ritmo e as escolhas de cada um se quiser se dar bem com todos. Evite cenas de ciúme. Se está só, prepare-se: deve chover na sua horta. É só escolher! Evite atitudes impulsivas.

Ariquemes - Rondônia 10 a 16 de outubro de 2011 Edição 45 - Ano I

As melhores

De casal Um casal foi entrevistado num programa de televisão, porque estavam casados há 50 anos e nunca tinham brigado. O repórter todo curioso pergunta a mulher: Mas vocês nunca brigaram mesmo? - Não. - responde a mulher. - E como isso aconteceu? - Bem, quando casamos o meu marido tinha uma égua de estimação. Era a criatura que ele mais amava na vida. No dia do nosso casamento fomos de luade- mel na nossa carroça puxada pela égua. Andamos alguns metros e a égua, coitada, tropeçou. Meu marido olhou bem firme para a égua e disse: - Um. Mais alguns metros e a égua tropeçou de novo. Meu marido encarou a égua e disse: - Dois. Na terceira vez que ela tropeçou ele sacou da espingarda e deu uns cinco tiros na bichinha. Eu fiquei apavorada e perguntei: Mas porque e que tu fizeste uma coisa dessas homem? Meu marido me encarou e disse: - Um. Depois disso nunca mais brigamos


nossobrasil

Ariquemes - Rondônia 10 a 16 de outubro de 2011 Edição 45 - Ano I

Senador de Rondônia defende chicotear presos

31

De volta a Idade Média

Agência O Globo

S

uplente de seu filho, o ex-governador de Rondônia Ivo Cassol, o senador Reditário Cassol (PP-RO) surpreendeu na semana passada seu colega Eduardo Suplicy (PT-SP) ao defender da tribuna do Senado o uso do chicote em presidiários que se recusarem a trabalhar na cadeia. O rompante do parlamentar aconteceu em meio a um pronunciamento no qual anunciou sua disposição de apresentar um projeto de lei para acabar com o que classificou de "benesses e mordomias" concedidas pela atual legislação penal a presidiários. Cassol começou seu discurso criticando duramente o auxílio-reclusão, que garante a subsistência de dependentes de presidiários. "Não faz sentido o gover-

no federal premiar famílias de um criminoso e deixar familiares de vítimas sem nenhuma proteção social ou financeira. É um absurdo que a família de um pai morto pelo bandido, por exemplo, fique desamparada, enquanto a família do preso que cometeu o crime receba o auxílio previdenciário de R$ 862,60. A pessoa condenada por crime grave deve sustentar os dependentes com o trabalho nas cadeias", defendeu o senador Reditário. Em seguida, Cassol defendeu a mudança do Código Penal para que o trabalho seja obrigatório em presídios brasileiros: "Nós temos que modificar um pouco a lei aqui no nosso Brasil, de modo que venha favorecer sim as famílias honestas, as famílias que trabalham, que lutam, que pagam imposto para manter o Brasil de pé e

não criar facilidade para pilantra, vagabundo, sem-vergonha, que devia estar atrás da grade de noite e de dia trabalhar, e quando não trabalhasse de acordo, o chicote, que nem antigamente, voltar". Foi quando Suplicy entrou em cena e pediu um aparte ao colega, argumentando que jamais poderia apoiar o uso de chicote em presos. E aproveitou a deixa para pregar a implantação da proposta que defende há anos, da Renda Básica de Cidadania: "Posso compreender a sua indignação, mas de maneira alguma aprovaria a utilização do chicote, porque seria uma volta à Idade Média. Mais eficaz será instituirmos no Brasil a Renda Básica de Cidadania, conforme a Lei 10.835, que será instituída por etapas, a critério do Poder Executivo, começando pelos

mais necessitados, como faz o Bolsa Família, até que um dia todos os brasileiros e brasileiras terão direito de partilhar das riquezas da nação através de uma renda, modesta que seja, suficiente para atender a necessidades vitais de cada uma". O auxílio-reclusão, criado

pela Lei n° 8.213, de junho de 1991, é um benefício devido aos dependentes do segurado (que contribui com o INSS) recolhido à prisão. Ele é pago durante o período em que estiver preso sob regime fechado ou semi-aberto — não valendo para

os presos em liberdade condicional ou em regime aberto. O auxílio reclusão deixará de ser pago, por exemplo, se o preso fugir ou se passar a receber auxílio-doença. Em caso de morte do segurado, o auxílio-reclusão será convertido em pensão por morte.


Ariquemes - Rondônia 10 a 16 de outubro de 2011 Edição 45 - Ano I


Edição 45