Page 1

Previsão do Tempo

Sábado 21/01 1/01

Domingo 24/0 24/01 01

Máx 30ºC Mín 20ºC

Máx 30ºC Mín 21ºC

Segunda-feira feira 222/0 22/01 2/0 Terça-feira ra 25/ 25/01 5/01 /01 Máx 30ºC Mín 20ºC

Máx 31ºC Mín 22ºC

Quarta-feira 23/01 /

Quinta-feira 26/0 26/01

Máx 28ºC Mín 19ºC

Máx 30ºC Mín 24ºC

Braço do Norte - Sábado, 21 de janeiro de 2012 | Ano 2 | Edição nº 60 | Edição Semanal | R$ 2,50

MESMO COM BOATOS,

Ademir não deverá pagar despesas de 2009 NOTÍCIA Ýʐٛ ƒ —›‘®Ý‡Ê —› ‘ʐك٠—ÊÝ Öٛ¥›®ãÊÝ ‘ƒÝ݃—ÊÝ ƒÝ —›ÝÖ›ÝƒÝ ¦›Ùƒ—ƒÝ ÖÊÙ çà ݛ¦çėƒ ›½›®–‡Ê ‘«ƒÃÊç ƒ ƒã›Ä–‡Ê ›ÝムݛÃă. P…¦®Äƒ 03

PCH Capivari

Obra deve reiniciar em breve

Pág.: 10

Denuncias levam a soluções Pág.: 06

Soluções em Internet

48 3658 4115


02 · www.jornalnoponto.com

Opinião

Braço do Norte, sábado, 21 de janeiro de 2012

DIRETO ao Ponto Alexandre Frazão Alexan

Um ano depois a cena se repete

Prefeitura revitaliza acesso ao município

Coincidência ou não, exato um ano depois Grão-Pará volta a ser castigado com chuvas fortes, rios transbordando, medo na população e muito trabalho para a administração municipal. No final da tarde, inicio da noite desta quarta-feira, 18 de janeiro, nuvens carregadas despejaram fortes chuvas no interior do município, especialmente nas comunidades de Capivaras Altas e do Meio, Aiurê, Barrinha do Aiurê e arredores, os rios encheram e por volta das 19 horas as águas começaram a chegar com força, elevando o rio em mais de dois metros no centro da cidade, levando centenas de pessoas para suas margens, principalmente nas regiões da Cohab, onde no ano passado na mesma data as águas subiram ainda mais, inva-

A prefeitura de Gravatal iniciou nesta quinta-feira, 19 de janeiro, o embelezamento do acesso principal ao centro do município. Além da reconstrução do muro de pedra, será realizado o plantio de grama e a readequação de meio-fio. “A obra dará uma cara nova ao acesso à Gravatal. Precisamos dar uma boa impressão aos turistas e aos nossos moradores”, disse Tarcísio Marcon Corrêa (PSDB), prefeito em exercício.

Padilha confirma candidatura Poderemos ter novidades no cenário político da região, é que o secretário Regional,Gelson Luiz Padilha deve mesmo deixar a secretaria para concorrer à prefeitura da cidade das colinas. Caso obtenha êxito no pleito de outubro, o líder tucano deve fazer uma administração mais moderna e com uma visão mais ampla, segundo ele próprio afirmou. “Buscar trazer a cidade para a região da Amurel e de abrangência da SDR de Braço do Norte serão os primeiros objetivos”, informa ele. Padilha que já administrou Orleans ganhou muita experiência administrativa atuando como Diretor Geral na SDR de Tubarão e posteriormente, assumindo a recém instalada SDR de Braço do Norte.

xande_radio@yahoo.com.br

diram casas e causaram grandes estragos. Durante toda a noite dezenas de curiosos se colocaram

Inauguração Na noite de ontem, sexta-feira, o time de futebol Amigos da Verde Vale inaugurou seu jogo de camisas. Numa partida amistosa contra um time de São Mauricio o que menos importou foi o resultado. Neste espaço queremos informar que o time existe graças aos amigos que fizemos no esporte ao longo destes últimos sete anos que moramos nesta cidade. Agradecemos também aos patrocinadores; Vânio Uliano, Gordinho da Pedra e PHS Publicidades. Com o apoio destas empresas é que confeccionamos nosso manto verde e branco que tem dado sorte dentro dos gramados.

Reforma do estádio

Municipal de Campo Nos próximos dias deve ocorrer uma reunião na sede da CME de Braço do Norte entre clubes interessados em participar do municipal de campo 2012. O objetivo da reunião, segundo Rafael Cordiólli, presidente da Comissão de Esportes, é ver quem tem condições de participar da competição e formar o congresso técnico para ver a fórmula de disputa. Oito equipes devem disputar o título neste ano, sendo que o Galácticos deve confirmar seu retorno aos gramados.

sobre a ponte do Carbone, na SC-439 para apreciar a subida da água.

Deputado reúne correligionários O deputado Estadual, Dóia Guglielmi, reuniu na noite de segunda-feira, 16 de janeiro, por volta das 20 horas em sua casa na praia no Balneário Rincão, integrantes do PSDB do sul e lideranças do partido, com o objetivo de uma confraternização e traçar metas para este ano eleitoral. “Neste ano precisamos uma grande união com todos, pois somente assim conseguiremos alcançar todos nossos objetivos”, enfatiza o deputado. O PSDB de Braço do Norte compareceu em peso, sendo que teve a segunda maior delegação, ficando atrás de São Ludgero, cidade onde Dóia fez um número expressivo de votos. O deputado também afirmou que pretende lançar diversos candidatos a prefeito no Vale de Braço do Norte, inclusive em Gravatal, onde o PSDB lidera as pesquisas para prefeito.

Facebook

A rede social mais comentada do momento é mesmo o facebook. Lutei por alguns meses para não criar uma conta, mas me tornei adepto a essa ferramenta que ajuda a difundir minhas ideias e a levar ao conhecimento de muitos, o que penso em relação a nossa região. Tenho Orkut, Twitter, mas é o facebook que tenho tido melhor repercussão em relação aos meus comentários. Este site de relacionamento está virando ferramenta importante até demais, por isso é bom sabermos usar.

Os desportistas de Braço do Norte aguardam com ansiedade a reforma do estádio Lauro Koch. Foi uma promessa da atual administração, sendo que já foram feitos os levantamentos e a licitação deve girar em torno dos R$ 400 mil. A promessa é que deva sair do papel a reforma ainda neste início de 2012.

André Leandro e os semáforos Nesta quinta-feira, 19 de janeiro, o presidente do Conselho de Trânsito, André Leandro, desabafou sobre a situação dos semáforos. Segundo ele, o conselho é muito cobrado e em muitos momentos sem razão.

De acordo com André, uma empresa foi contratada ainda antes do natal, mas até o momento não realizou nenhuma manutenção. Leandro também informa que o Conselho é atuante, mas não tem o poder de

Salmo da semana:

O Horizonte Perdido

Sem meias verdades, direto ao ponto.

Comercial:

Expediente

Este filme encantou milhares de pessoas, mostrando um país isolado com seres humanos aperfeiçoados, que só trabalham pela paz. A ficção pode comportar uma parcela de realidade. Realmente há uma Fraternidade de pessoas assim, que trabalham pelo plane-

fazer, apenas de reivindicar. “Quem executa é o executivo, a gente delibera e repassa a administração. As cobranças devem ser feitas na proporção e não somente ao Conselho de Trânsito”, explica André.

ta. Solicite gratuitamente o livreto “O Domínio da Vida”, escrevendo ou ligando para: Ordem Rosacruz, AMORC: Rua Nicarágua, 2620 - 82515-260 – Curitiba –PR. Tel:(41)3351-3000 Internet: www.amorc.org.br / E-mail: rosacruz@amorc.org.br

Administrativo adm@jornalnoponto.com Redação redacao@jornalnoponto.com Arte/Criação artes@jornalnoponto.com

SALMO 09 – ٛ½ƒ‘®Êă—Ê ƒÊ ƒÄ¹Ê M›ƒ«›½ —ƒ Cƒã›¦ÊÙ®ƒ AĦ½®‘ƒ —ÊÝ Qç›Ù琮ÄÝ. A Cƒã›¦ÊÙ®ƒ AĦ½®‘ƒ —ÊÝ Qç›Ù琮ÄÝ  ‘«›¥®ƒ—ƒ ֛½Ê AّƒÄ¹Ê Êç Pٰđ®Ö› Rƒþ®›½. EÝ㛠݃½ÃÊ Ý›Ùò› փك ›Ä‘ÊÄãكÙ-ݛ ă òʑƒ–‡Ê, ٛÝʽò›Ù —ʛĖƒÝ ®Ä‘çمò›®Ý,  ‘ÊÄãك ƒ ÊÖٛÝÝ‡Ê › ®Ä¹çÝ㮖ƒ SALMO 93 – ٛ½ƒ‘®Êă—Ê ƒÊ ƒÄ¹Ê HƒÙ®›½ —ƒ Cƒã›¦ÊÙ®ƒ AĦ½®‘ƒ —ÊÝ Qç›Ù琮ÄÝ. A Cƒã›¦ÊÙ®ƒ AĦ½®‘ƒ —ÊÝ Qç›Ù琮ÄÝ  ‘«›¥®ƒ—ƒ ֛½Ê AّƒÄ¹Ê Êç Pٰđ®Ö› Rƒþ®›½. EÝ㛠݃½ÃÊ ƒ¥ƒÝム֛ÝÝÊƒÝ ò®Ä¦ƒã®òƒÝ, ٛÝã®ãç® ƒ փþ › Ê Êà ‘ÊÄò°ò®Ê ֛ÝÝʃ½, ٛƒ—Øç®Ù®Ù ƒ ƒçãÊ ›Ýã®Ãƒ.

SALMO 87 – ٛ½ƒ‘®Êă—Ê ƒÊ ƒÄ¹Ê Hƒ»ƒÃ®ƒ« —ƒ Cƒã›¦ÊÙ®ƒ AĦ½®‘ƒ —ÊÝ Qç›Ù琮ÄÝ. A Cƒã›¦ÊÙ®ƒ AĦ½®‘ƒ —ÊÝ Qç›Ù琮ÄÝ  ‘«›¥®ƒ—ƒ ֛½Ê AّƒÄ¹Ê Êç Pٰđ®Ö› Rƒþ®›½. EÝ㛠݃½ÃÊ ƒ¹ç—ƒ ƒ —›‘®¥ÙƒÙ ›Ä®¦ÃƒÝ, ÖÙÊ㛦› ÊÝ ›Ä¥›ÙÃÊÝ, —… ÃÊã®òƒ–‡Ê › —®ÝÖÊÝ®–‡Ê փك Ê ãكƒ½«Ê. SALMO 90 –ٛ½ƒ‘®Êă—Ê ƒÊ ƒÄ¹Ê Lƒçò®ƒ« —ƒ Cƒã›¦ÊÙ®ƒ AĦ½®‘ƒ —ÊÝ TÙÊÄÊÝ. A Cƒã›¦ÊÙ®ƒ AĦ½®‘ƒ —ÊÝ TÙÊÄÊÝ  ‘«›¥®ƒ—ƒ ֛½Ê AّƒÄ¹Ê Êç Pٰđ®Ö› Tֻ݃®›½ Êç AçÙ®›½. EÝ㛠݃½ÃÊ Ê¥®‘®ƒ½®þƒ ¦ƒÄ«ÊÝ —› ‘ƒçÝƒÝ ¹ç—®‘®ƒ®Ý › ÖÙʑ›ÝÝÊÝ, ÖÙÊÃÊò› Ý®ã烖‡Ê ¥®ÄƒÄ‘›®Ùƒ ›Ýã…ò›½, ÖÙÊ㛦› ÊÝ ƒÄ®Ãƒ®Ý ‘ÊÄãك —ʛĖƒÝ.

Jornal No Ponto - ME Rua Raulino Horn, 245, 1º andar, Sala 7, Centro, Braço do Norte - SC CEP 88750-000 CNPJ - 12.664.877/0001-66

www.jornalnoponto.com

Alcir - (48) 9987 0513 Vando - (48) 9653-1615 Marlla - (48) 9943-1433

comercial@jornalnoponto.com

Tiragem: 2000 exemplares

Circulação: Braço do Norte

SALMO 07 – ٛ½ƒ‘®Êă—Ê ƒÊ ƒÄ¹Ê Lƒçò®ƒ« —ƒ Cƒã›¦ÊÙ®ƒ AĦ½®‘ƒ —ÊÝ Qç›Ù琮ÄÝ. A Cƒã›¦ÊÙ®ƒ AĦ½®‘ƒ —ÊÝ Qç›Ù琮ÄÝ  ‘«›¥®ƒ—ƒ ֛½Ê AّƒÄ¹Ê Êç Pٰđ®Ö› Rƒþ®›½. EÝ㛠݃½ÃÊ ƒ¥ƒÝムƒ ®¦ÄÊن𮃠› Ê Ê٦罫Ê, ÖÙÊÃÊò› žø®ãÊ ÄÊÝ Ä›¦Ì‘®ÊÝ › ヽ›ÄãÊ Ö›ÝÝʃ½, ƒ¹ç—ƒ ƒ ƒ½‘ƒÄ–ƒÙ ƒ ݃½òƒ–‡Ê ›ã›Ùă. SALMO 94 – ٛ½ƒ‘®Êă—Ê ƒÊ ƒÄ¹Ê I›þƒ½›½ —ƒ Cƒã›¦ÊÙ®ƒ AĦ½®‘ƒ —ÊÝ Qç›Ù琮ÄÝ. A Cƒã›¦ÊÙ®ƒ AĦ½®‘ƒ —ÊÝ Qç›Ù琮ÄÝ  ‘«›¥®ƒ—ƒ ֛½Ê AّƒÄ¹Ê Êç Pٰđ®Ö› Rƒþ®›½. EÝ㛠݃½ÃÊ ƒ¹ç—ƒ ƒ ã›Ù —®ƒÝ ¥›½®þ›Ý, ƒÄ罃 ®ÃÖٛ‘ƒ–‡Ê —› ý›Ý › ‘ƒ½ƒÃ®—ƒ—›Ý.

Impressão Soller Indústria Gráfica (48) 3434-1970 Rua Antônio Bortolatto 48, Morro Da Fumaca, SC


Geral

Braço do Norte, sábado, 21 de janeiro de 2012

Jornal No Ponto · 03

Mesmo com boatos, Ademir não deverá pagar despesas de 2009 A notícia sobre a decisão de cobrar dos prefeitos cassados as despesas geradas por uma segunda eleição chamou a atenção esta semana. A maior dúvida era se o prefeito eleito, mas impugnado, Ademir da Silva Mattos, entraria também nesta lista? A resposta para pergunta é não. Por ter sido impugnado e não cassado, o ex-prefeito não precisará desembolsar nenhum centavo para cobrir as custas da eleição suplementar, realizadas em março de 2009. De acordo com o advogado geral da União, Luis Inácio Adams, a lei é uma punição as fraudadores. “É um instrumento de penalização aos que violam a cidadania e buscam resultados favoráveis a si em processo eleitoral”, pontua. Ademir, que mesmo em férias acompanhava os debates e a votação da lei, confirma estar tranquilo sobre a decisão. “Estava ciente sobre a lei e ela não se aplica

no meu caso. Principalmente porque fui absolvido no mesmo caso em que fui impugnado”, explica. Ele informa que em 2009 teria assumido o cargo se a atitude tomada após o processo fosse outra. “Se levasse a questão ao Superior Tribunal Federal (STF) teria o resultado que tive após a revisão no processo, onde fui absolvido. A questão é que iria demorar e então não recorri, pensei no bem da população que não merecia passar por isso”, destaca. Ele ressalta que permanece despreocupado já que nos oito anos de seu mandato a frente do executivo municipal – de 98 a 2005 – teve todas as contas aprovadas. “Somente esta informação já me deixa tranquilo”, diz. Com a absolvição, Mattos confirma que tem o nome à disposição do partido e trabalha com números positivos. “Meu nome está aberto ao partido, que trabalha no fortalecimento da aliança com PSD e outros.

Estou bem nas pesquisas, mas o nome que estiver em melhores condições receberá o apoio”, finaliza. Retorno às urnas Desde 2008, os eleitores de aproximadamente 180 municípios tiveram de voltar às urnas para substituir os prefeitos que cassados, cujos crimes acabaram por gerar também a anulação das eleições. Os gastos com essas votações suplementares podem chegar a R$ 5 milhões, média de R$ 27,7 mil por eleição. Em Santa Catarina, desde a última eleição, 13 prefeitos foram cassados, mas apenas em seis casos houve eleição suplementar. Em quatro cidades o vice assumiu a prefeitura, em uma houve eleição indireta e em dois municípios a situação ainda está indefinida. Com as seis novas eleições, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-SC) gastou R$ 67,3 mil.

POR ã›Ù Ý®—Ê ®ÃÖç¦Äƒ—Ê › Ä‡Ê ‘ƒÝ݃—Ê, Ê ›ø-Öٛ¥›®ãÊ ƒ—›Ã®Ù Ä‡Ê Öٛ‘®ÝƒÙ… ƒÙ‘ƒÙ ‘Êà ÊÝ ‘çÝãÊÝ —ƒ ›½›®–‡Ê ÝçÖ½›Ã›ÄãƒÙ —› 2009


04 · www.jornalnoponto.com

Geral

Braço do Norte, sábado, 21 de janeiro de 2012

Campo Adir Engel

adirengel@matrix.com.br

A ABERTURA DO MERCADO AMERICANO PARA A CARNE SUÍNA CATARINENSE Não podemos esquecer de citar que os Estados do Rio Grande do Sul, Paraná e Goias também tiveram a liberação para exportar carne processada e temperada para os americanos, mas apenas o Estado de Santa Catarina pode exportar carne in natura. Mas o que significa isto na prática para a nossa suinocultura? Bom até agora os produtores catarinenses tanto de suínos como de bovinos não tiveram vantagem nenhuma com a certificação da OIE como estado livre sem vancinação contra a Aftosa. Muito pelo contrario, cada vez que um pais vizinho tem algum surto de aftosa, aqui em Santa Catarina ja ficamos todos apavorados. Mas como diz o ditado popular, “Quem espera sempre alcança”, parece que esta chegando a nossa hora. Esta semana a noticia da liberação por parte dos americanos trouxe um novo animo para os suinocultores, que viram o preço do Kg do suino despencar depois do dia 31/12/2011, vindo dos R$ 2,80 para R$ 2,60, sem falar que o pricipal insumo que é o Milho, subiu de R$ 28,50 a saca para r$ 34,00. Esta abertura do mercado americano na pratica nada mais é do que um aval para chegarmos ao mercado asiatico. O japão, Corréia e China são nosso principal alvo e agora com o aval dos americanos aprece que finalmente vamos vender nossa carne para eles. Na segunda feira a Aurora ja abateu um lote de suinos que vai ser embarcado na proxima semana para a China e anunciou que serão lotes semanais de duas mil cabeças por lote. O americanos são grandes produtores e consumores de carne suina, mas também são exportadores e isto significa dizer que não vamos vender muita coisa para eles, mas com o aval do “Tio San”, com certeza muitas portas vão se abrir, sendo exatamente isto que nosso produtor esta precisando. Mas tudo tem que ser feito com calma. Não vamos esperar que ja na proxima semana o suina aumente de preço. este processo é lento e pode levar algumas semanas. Primeiro todas as três industrias catarinenses tem que embarcar carne ( Aurora, BRF - Brasil Foods e Marfrig- Seara) dai sim podemos pensar em aumento de preço para o produtor. Mas com certeza o produtor vai ter um ano melhor que foi 2011, pois no ano passado nenhuma das expectativas criadas para o produtor se concretizaram. No inicio do ano as previsões eram excelentes e na pratica foi um ano ruim. Mas o produtor é forte e persistente e sempre espera dias melhores. Vamos acreditar que este será o ano da suinocultura.

PRESIDENTES › ÛÐÙÊÝ —Ê D›ÃʑكãƒÝ, PPS › PSDB ݛ ٛçĮكà փك ›Ýã痃٠ƒ ÖÊÝÝ®®½®—ƒ—› —› çÄ®‡Ê ›Äãٛ ƒÝ ãÙžÝ Ý®¦½ƒÝ փك ƒÝ ›½›®–Î›Ý ½›¦®Ý½ƒã®òƒÝ —› 2012

Pequenos querem espaço no legislativo

União para enfrentar os grandes partidos Partidos de menor expressão querem garantir seu espaço na política no próximo pleito e uma das alternativas para isso é a união. Esta possibilidade começou a tomar forma na segunda-feira, 16. O encontro reuniu os presidentes dos partidos, PSDB, Roberto Dandolini, Democratas, Ronaldo Fornazza e PPS, José Ricardo Medeiros, entre outros membros dos partidos. E, na conversa o tema principal não poderia ser outro, o pleito municipal de outubro. Considerados pequenos, frente a PP e PMDB, principais partidos e que con-

quistaram as últimas cinco eleições e também do foco hoje voltado ao PSD - partido criado há pouco tempo – o objetivo é formar um bloco. Com ele, a proposta é sair fortalecido, com nomes de qualidade, prontos para disputar o legislativo. Dentro desta perspectiva, avaliado o aumento para 11 no número de vagas do legislativo. Pelos cálculos do grupo, sete vagas devem ficar mesmo com os principais partidos. O plano então é buscar as outras quatro vagas. O próximo passo deste encontro será o debate dentro de cada partido.

O presidente dos tucanos afirma que a conversa cria uma nova perspectiva para o próximo pleito. “Há vários pontos a serem avaliados, mas seria uma alternativa para encarar os principais partidos. Vamos debater em reunião com diretório. A possibilidade de coligação também existe e tudo depende do cenário na época decisiva”, aponta. Para o presidente do PPS, o fortalecimento atende o anseio da população. “O bloco será forte desde que abrace o projeto. Novas caras, novas idéias e propostas para construir um novo projeto político, o principal deles o compromisso com

o eleitor”, opina. Fornazza diz que apesar da mídia voltada ao PSD, o DEM permanece com grande número de filiados – de 1623 para 1440. “Apesar da saída de algumas pessoas, respeitamos os que permaneceram e por isso as decisões sobre qualquer assunto relacionado à política será discutida com nosso pessoal”, indica. Se os partidos optarem pela formação do bloco, os presidentes admitem uma formação para disputar também a vaga no executivo. “É algo que podemos cogitar. Há nomes interessantes em cada um deles”, finaliza.

Vagas abertas O Pólo na Escola Municipal Antonio Rohden em Braço do Norte, da Faculdade Integrada Jacarépagua esta até o dia 30 de janeiro com vagas abertas para cursos de pós-graduação. Os cursos feitos a distancia estão disponíveis em diversas áreas como, Gestão de

Recursos Humanos, Direito Ambiental, Penal, trabalhista e outros. São oito meses de curso, duas aulas presenciais e sua duração é de três anos. Todos os cursos são credenciados e certificados pelo MEC. Mais informações pelo fone 3658-4412 e 9919-0755, com Valdete.

Mais cursos

Também estão abertas as inscrições para os cursos de graduação à distância da Universidade Metropolitana de Santos (Unimes). As vagas são para Licenciatura em todas as áreas e bacharel em Ciências Contábeis e Administração. Informações sobre inscrições pelo fone 3658-4412 e 9919-0755, com Valdete.


Braço do Norte, sábado, 21 de janeiro de 2012

Jornal No Ponto · 05

Geral

Pontuando pontuando1@hotmail.com

Lombada na SC-438

Em uma das colunas “Pontuando” deste semanário, no mês de dezembro, fizemos um apelo às autoridades, repassando as angústias e preocupação com a insegurança dos moradores dos bairros Bela Vista, São Januário e São Basílio, em Braço do Norte, com os diversos acidentes na rodovia SC-438 (acesso Sul) da cidade. Quando manifestamos preocupações populares é porque sabemos do que eles precisam para que vivam e circulem com segurança e paz. Nesta edição, voltamos a falar do assunto, em nome destes mesmos moradores, cidadãos que os governos devem seus poderes, para agradecer o atendimento às suas reivindicações, construindo uma lombada física, naquele trecho da rodovia (próximo empresa Feijão Caldão). As placas de sinalização alertando foram instaladas e em seguida a construção do redutor que já oferece conforto e segurança aos mais 5 mil moradores que trafegam entre aqueles bairros e o centro da cidade, por aquela rodovia, diariamente. Agradecimentos ao setor de infraestrutura da 36ª SDR, através do secretário Gelson Padilha, o engenheiro Richard Oliveira e aos membros do Deinfra, por demonstrar respeito ao cidadão e por fazerem esse investimento pela segurança do tráfego em Braço do Norte..

Cosip

Ao contrário de vereadores de alguns municípios, os de Braço do Norte aprovaram no “apagar das luzes de 2011” o Projeto de Lei do Executivo que permite a cobrança da Contribuição para Custeio da Iluminação Pública (Cosip). Como a iluminação pública é uma questão de segurança, portanto, de responsabilidade dos municípios, a Aneel determinou que as permissionárias encaminhassem a cobrança às prefeituras. Diante disso e justificando não ter esses recursos disponíveis, o prefeito Vânio Uliano encaminhou o projeto e os vereadores aprovaram a cobrança na última semana de dezembro de 2011. Diante disso, o cidadão braçonortense inicia 2012 (a partir de abril) com mais uma taxa nos ombros. Mesmo não aparecendo oficialmente, usuários da Cerbranorte argumentam que já pagam a taxa de iluminação pública em suas contas de energia. Vai doer no bolso do cidadão e os críticos garantem que a aprovação da Cosip vai doer e repercutir nas urnas, nas eleições municipais deste ano. Será mesmo?

PT e PP?

Depois de uma longa e histórica parceria com PMDB do prefeito Nei Fernandes, o PT de Marta Fogaça, de Gravatal, pode mudar o rumo de suas alianças em 2012. Uma agremiação forte e popular mas sem uma personalidade própria, ou encorajamento para encarar as urnas com candidato próprio, continua à sombra das antigas siglas, nas disputas por cargos eletivos. Líderes do PT não descartam uma aliança com o PP de Nardo Nesi, um dos principais adversários em décadas passadas. Desmontados e sem expressão nacionalmente, em 2010, os pepistas apoiaram a eleição da presidenta Dilma Roussef e isso pode contribuir para uma unidade, como vem ocorrendo em Braço do Norte, no município gravatalense.

Dóia e lideranças

Surpresa nas urnas, nas eleições de 2010, o deputado estadual tucano, Dóia Guglielmi, tem sido um dos mais presentes na região. Defendido no pleito por nomes de expressão como o secretário da 36ª SDR, Gelson Luiz Padilha. O parlamentar, que faz parte da bancada governista na Assembleia Legislativa, traça metas para 2012. Ele recebeu lideranças regionais em sua residência esta semana para conhecer prioridades, defender a unidade dos membros da sigla e, é claro, falar de eleições municipais. Dóia quer intensificar ações com obras do governo do Estado em prol do cidadão do sul catarinense.

LOJISTAS ›Ýã‡Ê Ê¥›Ù›‘›Ä—Ê çà îÊÙ Ê֖‡Ê —› փ¦ƒÃ›ÄãÊ ƒÊÝ ‘½®›Äã›Ý, ãÊÙÄƒÄ—Ê ƒÝ ‘ÊÃÖÙƒÝ Ãƒ®Ý ƒãكã®òƒÝ. ƒ ‘ÊÄݛ¦çžÄ‘®ƒ ¥Ê® ƒ ›½›òƒ–‡Ê ÄƒÝ ò›Ä—ƒÝ ÄÊ ƒÄÊ ÖƒÝ݃—Ê

Compra no crediário aumenta 15% em 2011

O fechamento de 2011 registra dados positivos ao comercio de Braço do Norte. Segundo dados apresentados pela Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), o setor registrou aumento nas vendas no crediário. De acordo com levantamento feito pelo órgão através do sistema SPC/ Serasa – integrado com sistema nacional -, o número de consultas aumentou 15% em relação a 2010. No comparativo 2009/2010, o aumento não chegou a 1%. O diretor executivo, Claiton Della Giustina Coan, analisa que o acréscimo tem relação com a cons-

cientização dos comerciantes. “A preocupação com as perdas em função da inadimplência deixa o lojista mais atento na hora da venda. Ele passou a analisar mais detalhadamente o perfil do cliente, antes de efetuar o negócio”, observa. Como mostra o levantamento, mesmo a maior segurança não afetou as vendas. “Por outro lado em relação aos cuidados, o lojista oferece maior opção de pagamento aos clientes, isso é um atrativo”, acrescenta. O ponto negativo da pesquisa é relacionado à inadimplência. Em 2010,

a CDL registrou queda no crediário, mas por outro lado aumento de 12% na recuperação de crédito. No último ano o número de inadimplentes cresceu 3,45%. “Em 2010, ao que parece, as pessoas se preocuparam mais em regularizar a situação, quitar dívidas. No último ano isso não se repetiu”, adverte. O diretor avalia que esta situação pode ser reflexo do uso do cartão e do pagamento à vista. “O cartão se tornou uma forma de pagamento interessante. Ao invés de passar em vários pontos de pagamento, nesta caso a fatura relata todas as compras efetua-

das”, analisa. Claiton destaca que apesar do aumento na inadimplência, as normas do Programa de Proteção ao Consumidor (Procon) são seguidas, uma oportunidade de negociar dívidas. “Não é cadastrado nenhum registro sem que antes o consumidor seja comunicado. O próprio sistema do SPC comunica via correio, é gerado um protocolo de registro e o cadastramento do inadimplente é feito após 10 dias”, destaca. Para compras à vista ou no cartão, a CDL não possui parâmetro para identificar a movimentação no comércio.

Uso do cheque tem crescimento em 2011 Apesar do uso do cartão se tornar mais comum no último ano, o cheque voltou a ser uma fonte usual para pagamento. Segundo a CDL, o acréscimo chegou a próximo aos 9%, contrariando as análises do mercado que apontavam para uma queda no uso do papel, sendo ele substituído pelo cartão.

O diretor executivo da entidade, Claiton Della Giustina Coan, explica que com os cuidados tomados pelos lojistas, a venda no cheque é sim uma alternativa interessante. “Desde que ele siga alguns cuidados. Tenha uma ficha completa e atualizada e no caso de venda com cheque de terceiros, registre as informações pessoais no ver-

so com assinatura do cliente”, detalha. Outra forma de garantir segurança é a consulta através do ‘Score’, um sistema de pontuação. “O sistema cruza diversas informações pessoais e pontua o cadastro do cliente. É interessante como garantia, porém, é o lojista quem determina se a venda pode ou não ser efetuada”, pontua.


Geral Geral

06 · www.jornalnoponto.com

Braço Norte, sábado, janeiro 2012 Braço do do Norte, sábado, 21 21 de de janeiro de de 2012

Denuncias levam a soluções Apesar da demora em alguns trabalhos, outros são atendidos conforme pedido da população. Na terça-feira, 17, duas ações da secretaria de Obras, minimizaram problemas em duas ruas, foco de críticas que chegaram até a pasta através da imprensa. No último sábado, dia 14, a água da chuva causou um problema na rua Jacó Martins Souza, no bairro São Basílio. Um buraco com mais de um metro de diametro e profundidade que poderia causar grande prejuízo aos usuários. Outro problema surgiu na rua Jácomo Teixeira Tasso, no bairro Trevo, próximo ao Castelinho. O buraco de quase um metro e meio de profundidade também poderia causar prejuízos aos usuários. Um morador que preferiu não se identificar, diz que mora a cerca de 30 anos no local e nunca viu a rua em estado tão proble-

TUBOS փÙ㮗ÊÝ ‘ƒç݃كà ÊÝ ÖÙʐ½›ÃƒÝ ÄƒÝ —çƒÝ ÙçƒÝ. ƒ ݛ‘Ù›ãƒÙ®ƒ —› ÊÙƒÝ Ù›ƒ½®þÊç ÊÝ Ù›ÖƒÙÊÝ ›ÝムݛÃă

mático. “Vez em quando este buraco abre e causa problemas no trânsito e ele nunca foi resolvido definitivamente”, relata. Ambos os problemas foram resolvidos no início da manhã de terça-feira e o diretor da pasta, Valdir Mattos, explica que nos dois casos os problemas eram tubos partidos. “Com isso a areia

infiltrava na tubulação e criava buracos, com o tempo eles se tornavam maior”, destaca. O diretor diz que como o problema era grave, se tornou prioridade. “Havia outros serviços planejados, mas vimos a necessidade de colocar este como prioridade”, acrescenta. Após o serviço concluído, os

moradores elogiaram a rapidez da equipe. “Desta vez temos que elogiar o atendimento, o problema retornou e em menos de dois dias foi resolvido”, relata o mesmo morador. Valdir observa que a maioria dos problemas chegam primeiro a imprensa para depois serem repassados à pasta. “Somos pa-

gos pela população e ela deve cobrar. Temos uma equipe boa de trabalho e gostaríamos que as pessoas nos informassem antes, pois estamos disponíveis para solucionar os casos. Se não houver resposta é natural que seja denunciado na imprensa, aí é um problema de gestão e devemos corrigir”, finaliza.

Rua Teodoro Nazário Corrêa:

Usuários devem aguardar correção

Quem utiliza a rua Teodoro Nazário Corrêa, no bairro Floresta deve manter o cuidado. Isso em função da demora na correção do asfalto. O problema ocasionado por um conserto na rede pluvial e que se estende por sete meses. A correção nos cerca de 50 metros em que a pavimentação foi retirada somente ocorrerá quando a empreiteira Setep – vencedora de várias licitações relacionadas à pavimentação no município - trabalhar no asfaltamento de ruas. Com a demora, os moradores passam a reclamar. É o caso do comerciante Demétrio Bega Rodrigues, o Mirandinha. Para ele não basta o reparo. “A rede

não comporta a água em dias de chuva forte, sem contar o risco que os usuários correm ao ter que desviar e usar a pista contrária para circular. Como estou ao lado, todos os dias levamos sustos com freadas ou buzinas”, relata. Mirandinha adverte sobre a questão do compromisso da administração com a infra-estrutura. “Nosso imposto é cobrado e se houver atraso a juros, mas quando a gente cobra melhorias demora a ser atendido. O próprio prefeito cobrou a atuação de um pedreiro, mas ainda não houve movimentação. Isso é lamentável”, completa. De acordo com o diretor da secretaria de Obras,

Valdir Mattos, a pasta não possui equipamentos para realizar o serviço. Ele relata também que houve oportunidade de reparo, mas com o surgimento de outro problema na mesma rua, ele foi cancelado. “Aguardamos a empresa trabalhar com o material para corrigir este trecho”, informa. Sobre a rede, Mattos diz que a tubulação é suficiente. “Porém, para ela funcionar como deve, precisa estar limpa, tirar à areia é uma alternativa. Estudamos a possibilidade de mudar as caixas coletoras e usar o tipo gaveta, assim a areia não ficará acumulada na tubulação como ocorre atualmente”, observa.

CORREÇÃO ʑÊÙٛم ƒÖ›ÄƒÝ ØçƒÄ—Ê ƒ ݛã›Ö, ò›Ä‘›—Êك —› ò…Ù®ƒÝ ½®‘®ãƒ–Î›Ý —› ƒÝ¥ƒ½ãƒÃ›ÄãÊ ÄÊ ÃçÄ®‘°Ö®Ê, ®Ä®‘®ƒÙ ãكƒ½«ÊÝ


Segurança Geral

Braço Braçodo doNorte, Norte,sábado, sábado,21 21de dejaneiro janeirode de2012 2012

JornalNo NoPonto Ponto··07 07 Jornal

Hora de pensar na volta as aulas O ano letivo 2011 acabou há poucos dias, porém muitos pais já economizam e pesquisam preços de olho nas aulas previstas para iniciar em 13 de fevereiro. Esta é a realidade vista no município. Nas três papelarias, o ano inicou bem antes. Em setembro os pedidos para reposição já eram feitos aos fornecedores. Um problema já que muitas tendências aparecem depois, até mesmo às vésperas do reinício das aulas. É o que avalia a comerciante Júlia Prá Pereira.

Segundo ela, para evitar a correria da última hora muitos pais se organizaram melhor para este ano. “Nem saímos da rotina. Há muitos pais de olho nos materiais dos filhos. Eles sabem que a lista escolar é grande e começam a pesquisar preço e economizar bem antes em casa para estas compras”, aponta. É o caso apresentado por Márcia Michels Koch e a filha. Para evitar transtornos, nesta semana ela saiu às compras do material para o neto. “É uma questão de organização e tranquilidade. Como tra-

balhamos fora tiramos um tempinho para as compras. Melhor desta forma sem correria, atendimento personalizado e individual e a gente adquiri com mais segurança”, relata. Nas três papelarias da cidade, a realidade é a mesma, preços muito parecidos, mas com diferencial na qualidade e, nesta semana, movimento bem abaixo do esperado. “Um dos problemas de deixar para última hora é que o cliente não será atendido com qualidade devido à demanda, não terá tanto tempo para avaliar pre-

ços. Isso atrapalha não só o lojista, mas o próprio consumidor”, observa a proprietária Karla Fernandes Angluski Azevedo. A consultora em vendas Itaiane da Silva Rodrigues vê o movimento crescente na papelaria em que trabalha. “Contratamos outras duas funcionárias, na expectativa de crescimento e para atender melhor o cliente, devido à lista de volta as aulas. Espera ainda mais para início de fevereiro, quando há o retorno de férias e os trabalhadores recebem seus salários”, completa.

PARA ›ò®ãƒÙ ƒ ‘ÊÙٛٮƒ —ƒ ç½ã®Ãƒ «Êك Ãç®ãÊÝ Öƒ®Ý ݛ ÊÙ¦ƒÄ®þƒÙƒÃ Û½«Ê٠փك ›Ý㛠ƒÄÊ

Regional de BN encerra 2011 com obras em andamento A Secretaria de Desenvolvimento Regional de Braço do Norte encerra o ano de 2011 com 48 convênios assinados com os municípios e entidades, num valor total de mais de R$ 8 milhões repassados, sem contar os investimentos diretos das obras e escolas que estão sendo realizadas. Oito obras estão em andamento. Duas pavimentações, entre Braço do Norte e a comunidade do Pinheiral, com 13,6 km, e de São Martinho e a comunidade de São Luiz, terra da Albertina, com 7,5 km, término da arena multiuso e cinco reformas e ampliações em escolas. Na área de Educação, as escolas estão sendo reformadas para que se igualem às necessidades dos alunos e professores. Em Braço do Norte, na Escola Dom Joaquim, a conclusão do ginásio já começou. No local, também será construída uma pista de atletismo e um elevador, para dar maior acessibilidade aos alunos especiais. Na Escola Werner Knabenn, da comunidade de Travessão, uma nova pintura, impermeabilização, revisão das telhas e problemas de infiltração estão sendo desempenhados. Em Armazém, a Escola Monsenhor Francisco Guiesbert recebe uma readequação na rampa de acesso, como o fechamentos das

áreas de circulação de alvenaria. Na Escola Nossa Senhora de Fátima, em Rio Fortuna, está sendo recuperada a laje do prédio e construído um reservatório de água para o ginásio de esportes. No município de Grão-Pará, a Escola Miguel de Patta também está recebendo melhorias. Já na Infraestrutura, a pavimentação de São Martinho à comunidade de São Luiz está em ritmo acelerado. São pouco mais de 7,5 km da rodovia estadual SC-407, a estrada da Serva Albertina Berckembrock, como já é conhecido o trecho. O secretário regional em exercício, Jacinto Della Giustina, afirma que a pavimentação é estratégica para a região e tudo segue dentro do cronograma. “Acreditamos que a obra seja entregue no ano que vem. Tivemos períodos ruins, como no início deste ano em que as condições climáticas foram desfavoráveis e a obra teve um ritmo mais lento. Estamos realizando avaliações mensais com os engenheiros e a empresa que realiza o serviço, com metas e ajustes todos os meses. Precisamos agilizar ainda mais o andamento da obra, aproveitar melhor o tempo bom”, afirma. De acordo com Padilha, o projeto ainda prevê que no centro da comunidade haja pavimentação e paradas para ônibus.

CONCLUSÃO —Ê ¦®Ä…Ý®Ê —Ê DÊà JʃØç®Ã ¹… ‘ÊۖÊç. NÊ ½Ê‘ƒ½, ãƒÃÃ ݛم ‘ÊÄÝãÙ簗ƒ çà ֮Ýム—› ƒã½›ã®ÝÃÊ › çà ›½›òƒ—ÊÙ, փك —ƒÙ îÊÙ ƒ‘›ÝÝ®®½®—ƒ—› ƒÊÝ ƒ½çÄÊÝ ›Ý֛‘®ƒ®Ý

Em Braço do Norte, a pavimentação da rodovia BRN-424, que liga Braço do Norte à comunidade do Pinheiral, está em pleno andamento. Toda a terraplanagem e obras de arte estão prontas, 6 km de base já está colocada. O asfalto começa a ser feito em fevereiro de 2012. A comunidade é uma das mais importantes economicamente para o município, destacando-se na região Sul do Estado. É uma das principais vias do interior de Braço do Norte, interligando o centro da cidade com as comunidades de Avistoso, Taquaruçu, Riacho Alegre, Baixo Pinheiral e Pinheiral. Pelas suas margens, dezenas de pequenos frigoríficos ge-

ram centenas de empregos e granjas de suínos. Também está situada numa das principais bacias leiteiras da região. As obras do Centro de Multiuso e a Praça do Imigrante estão em fase final em São Ludgero. O projeto amplo e moderno colocará à disposição do município, e da região, 3 mil m2 de área construída. Nele funcionarão, além do salão de eventos com auditório, sala Memorial Huberto Rohden, sala Museu da Colonização, sala Casa do Idoso, sala Museu da Arte, Centro Cultural e Praça do Imigrante. Será local para o desenvolvimento de ações conjugadas na área da cultura, folclore, esportes e

outras. O Centro Multiuso servirá para realização de eventos regionais, e é fundamental para o desenvolvimento regional no contexto do resgate histórico cultural, pontua o secretário. “É importante destacar que todos os municípios poderão usar a estrutura do local, tendo inclusivo um amplo auditório para 700 pessoas que pode ser utilizado em grandes eventos, com palco para shows equipados com camarins, cozinha, bar e sanitários”, enfatiza Padilha. O investimento do local é de aproximadamente R$ 3,1 milhões, sendo R$ 2,5 milhões do Governo do Estado e R$ 600 mil de contrapartida da prefeitura. “Em 2011, enfrentamos dificuldades, mas com o comprometimento de toda equipe de Governo, especialmente dos companheiros de trabalho da Secretaria Regional, o apoio dos deputados da região e a parceria das entidades e prefeituras, como também o apoio da comunidade, encerramos o ano com muitos resultados positivos. Que em 2012 façamos ainda melhor, que tudo ocorra como numa orquestra, em que cada um faz a sua parte para que espetáculo harmonioso do desenvolvimento regional aconteça”, finaliza o secretário Jacinto Della Giustina.


08 · www.jornalnoponto.com

O ¥ç㛐ʽ ›Äãٛ ƒÃ®¦Ê Öʗ› ݛ٠ƒÖ›ÄƒÝ çà ƒã®ò®—ƒ—› ¥°Ý®‘ƒ Êç çà ‘Êĥكã›ÙÄ®þƒ–‡Ê, ÃƒÝ ãƒÃÃ Öʗ› ݛ ãكÄÝ¥ÊÙÃ٠›Ã Ýʽ®—ƒÙ®›—ƒ—›. O Øç› Ê‘ÊÙٛ «… ãÙžÝ ƒÄÊÝ ‘Êà çà ¦ÙçÖÊ —› ƒÃ®¦ÊÝ Øç› —›‘®—®ç Ãç—ƒÙ Ê Äƒãƒ½ —› ‘Ù®ƒÄ–ƒÝ ‘ƒÙ›Äã›Ý —Ê ÃçÄ®‘°Ö®Ê. D›‘®—®—Ê ֛½ƒ ƒ–‡Ê, ěÝ㛠ƒÄÊ Ê ¦ÙçÖÊ ‘ÊÄݛ¦ç®ç ƒÙٛ‘ƒ—ƒÙ òƒ½ÊÙ Ý祮‘®›Ä㛠փك ƒ ‘ÊÃÖك —› 400 Ù®ÄØ盗ÊÝ, ƒ½Ã —› Ã®Ý —› 10 Ø箽ÊÝ —› ƒ½ƒÝ. TÊ—Ê Ê Ãƒã›Ù®ƒ½ ƒÙٛ‘ƒ—ƒ—Ê ¥Ê® ›Äãٛ¦ç› ֛½ÊÝ Ã›ÃÙÊÝ, ƒ½¦çÄÝ ‘ƒÙƒ‘ã›Ù®þƒ—ÊÝ —› PƒÖƒ® Nʛ½. E½›Ý ò®Ý®ãƒÙƒÃ ò…Ù®ƒÝ ‘ÊÃçÄ®—ƒ—›Ý ‘ƒÙ›Äã›Ý › Ã痃كà ƒ ‘ƒÙƒ —Ê Nƒãƒ½.

Geral

TUCANOS —› Bك–Ê —Ê NÊÙ㛠¥Êكà ٛ‘›Ö‘®Êă—ÊÝ, ٛ‘›Äã›Ã›Äã›, ֛½Ê —›Öçãƒ—Ê DÌ®ƒ, ›Ã Ýçƒ ‘ƒÝƒ ÄÊ Bƒ½Ä›…Ù®Ê R®Ä‘‡Ê

Ponto da Piada Sorvete de Beringela

Joãozinho passou na sorveteira do Seu Maikon e perguntou: Joãozinho -Tem sorvete de Berinjela Seu Maikon? Maikon – Não! Joãozinho – Ahh!.. saindo triste na sorveteria. No outro dia o mesmo. Joãozinho – Viu, tem sorvete de Berinjela? Maikon – Não! Joãozinho – Ahh!... E Joãozinho todos os dias passava na sorveteria do Seu Maikon e perguntava esta mesma pergunta, repetindo esta pergunta milhares de vezes. Até que um dia Maikon decidiu fazer o sorvete de berinjela só para ver a reação do garoto. Então naquele dia: Joãozinho - Tem sorvete de Berinjela Seu Maikon? Maikon – Tem! Joãozinho – Ai... Que nojo!

Vai para o céu

Certo dia a professora pergunta para os alunos: - Quem aqui quer ir para o céu? Todos levantam a mão, menos o Joãozinho. Então a professora pergunta: - E você Joãozinho? Não quer ir para o céu não? - Ah, querer eu até quero professora, mas a minha mãe falou que depois da aula era para eu ir direto para casa!

Braço do Norte, sábado, 21 de janeiro de 2012

A ¹Êò›Ã TƒÃ® R®›®ÙÊ M®‘«›½Ý ¥Ê® ƒÖÙÊòƒ—ƒ ÄÊ ›øƒÃ› —ƒ Oٗ›Ã —ÊÝ A—òʦƒ—ÊÝ —Ê Bكݮ½ (OAB), ÊÙ¦ç½«Ê ÖƒÙƒ ƒ ¥ƒÃ°½®ƒ


No Ponto

Braço do Norte, sábado, 21 de janeiro de 2012

Jornal No Ponto · 09

Internet,

E AÍ

empresário?!

um vírus que se alastra A internet representa a maior revolução em comunicação pessoal desde a televisão. Ela está ligada a diversos aspectos da vida de um usuário, sendo uma ferramenta para quem busca informação, emprego, relacionamentos, e uma infinidade de interesse. De acordo com dados do Ibope, no Brasil há aproximadamente 70 milhões de usuários de internet, sendo 41,7 milhões usuários ativos, representando um crescimento de 13,2% de um ano para o outro. Somando as pessoas que possuem acesso no trabalho, o número salta para 51,8 milhões de usuários ativos. Desses usuários, 38% acessam a web diariamente e 87% semanalmente. Esses dados colocam o Brasil na quinta posição no raking de países internautas. O Ibope justifica esse crescimento intenso com o crescimento paralalelo da classe C e a maior acessibilidade dos computadores residenciais. A internet se tornou o terceiro veículo de maior alcance no Brasil, atrás apenas de rádio e TV. Cerca de 87% dos internautas utilizam a rede para pesquisar produtos e serviços. Antes de comprar, 90% dos consumidores ouvem sugestões de pessoas conhecidas, enquanto 70% confiam em opiniões expressas online. No mundo, o número

NO ÙƒÝ®½ «… ‘›Ù‘ƒ —› 70 î½«Î›Ý —› çÝç…Ù®ÊÝ —› ®Äã›Ùěã, Ý›Ä—Ê 41,7 î½«Î›Ý —› çÝç…Ù®ÊÝ ƒã®òÊÝ, ‘ٛݑ®Ã›ÄãÊ —› 13,2%

de usuários de internet alcançou em 2011 os dois bilhões de pessoas. No início do ano 2000, havia 250 milhões de internautas. A vida acaba ficando mais fácil com os avanços tecnológicos e, ao mesmo tempo, o maior acesso a eles, entretanto é preciso ficar atento. Quanto mais cresce o mundo o virtual, maiores também os crimes virtuais. Para o profissional da área, Lecir da Silva Junior, técnico em informática, ao mesmo tempo que a população mundial atual tem a internet com um dos meios de comunicação mais usados e baratos, podendo através dela falar com uma pessoa que se encontra em outra rua, cidade, ou até país, há também quem a utiliza de forma inapro-

priada. “É preciso ter muito cuidado para não ser induzido e, principalmente, os pais devem ficar de olho para ver como seus filhos estão usando a internet, pois o uso inapropriado pode acabar até mesmo em tragédia para a família”, ressalta. Segundo Lecir, Para a auxiliar de escritório, Mariane Schulz Dorpmüller, a internet tornou-se uma necessidade no trabalho e também para o seu lazer. “Ela (internet) simplifica a nossa vida, pois tudo se torna mais fácil e rápido. Podemos nos comunicar e compartilhar várias coisas em tempo real com nossos amigos, fazer compras sem ao menos sair de casa, saber de tudo o que acontece no mundo inteiro com apenas um click. Para mim, atual-

mente é um meio necessário, pelo qual me tornei dependente e já não conseguiria viver sem”, conta Mariane. O estudante Ricardo Borguet também utiliza a ferramenta para realizar pesquisas e para o lazer, mas afirma estar ciente sobre seus prós e contras. “Nao só a internet, mas qualquer outro meio de comunicaçao em massa, tem seu lado positivo e negativo, devendo cada pessoa extrair o melhor que ela tem a oferecer”, salienta. Quanto tempo cada mídia/ tecnologia levou para agregar 50 milhões de usuários:

Rádio TV Internet Ipod

38 anos 14 anos 04 anos 03 anos

Ajude a proteger as crianças na web Passo 1: decida onde seu filho pode ou não ir na internet ● É recomendável visitar alguns sites para crianças. Atenção especial a sites que coletam dados pessoais. ● Bloqueie conteúdo inapropriado antes que seja visto. Os softwares da Microsoft oferecem diferentes modos de fazer isto. Passo 2: aumente sua segurança e privacidade ● Além de bloquear conteúdo inapropriado, é recomendável bloquear sites e downloads que possam representar um risco para sua segurança e privacidade. ● Configure limites para downloads: jogos e músicas grátis, barras de ferramentas animadas e outros downloads podem expor seu computador a spyware ou outro software indesejado. Dependendo da idade de seus filhos, você pode ensiná-los a não fazer download de software de fontes desco-

nhecidas na internet ou pedir sua permissão antes de fazer o download de qualquer item. Isso pode ajudar a evitar a entrada de software indesejado em seu computador. ● Ajuste as configurações de segurança do navegador. Você pode ajudar a proteger seus filhos utilizando o navegador da Web. O Internet Explorer ajuda a controlar suas preferências de segurança e privacidade permitindo-lhe atribuir níveis de segurança a sites. Passo 3: monitore onde seus filhos vão online ● Talvez não seja possível estar presente sempre que seus filhos estão online. Mas é possível verificar mais tarde onde passaram o tempo online. ● Ao analisar a lista Histórico do Internet Explorer, é possível saber todos os lugares visitados por seus filhos. Pra ver o Histórico da Internet, clique no botão Histórico na barra de ferramentas do navegador.

Passo 4: lembre as crianças para que não falem com estranhos ● Bate-papo em tempo real, rede sociais e mensagens instantâneas podem ser uma ótima maneira para as crianças discutirem seus interesses e fazerem amizades. Mas o anonimato da internet também pode colocar a criança em risco de ser vítima de impostores e predadores. Para ajudar a minimizar a vulnerabilidade de seu filho, ensine-o a tomar precauções como: 1-Usar apenas o primeiro nome ou um apelido para se identificar e nunca dar números de telefone ou endereço. 2-Nunca enviar fotos dele mesmo. 3-Nunca concordar em encontrar alguém que ele conheceu online sem supervisão. 4-Para ajudar a proteger seus filhos de serem contatados por estranhos em mensagens instantâneas, configure seu software para permitir apenas contatos aprovados.

Josimar Borges Leandro CONSULTOR EÃÖٛ݃ٮƒ½

FONE: (48) 9966-4060 josimarbleandro@gmail.com

Reunião Em muitos momentos de nossa vida empresarial é inevitável que tenhamos que participar de reuniões de negócios, seja rotineira ou esporadicamente. É importante saber como se comportar nessas ocasiões, pois elas podem e vão definir o futuro. É certo que reuniões mal estruturadas são improdutivas. Se você não se preparar para uma reunião, ela poderá ser um desperdício de energia. Mas caso você tenha se organizado previamente, ela pode ser uma grande oportunidade de expor suas opiniões e habilidades, solidificando sua imagem de pessoa competente e preparada. Uma reunião, portanto, pode ajudar ou prejudicar você. Neste sentido, seguem abaixo algumas orientações para que você utilize este momento a seu favor: • Se prepare para a reunião. Veja qual será a pauta e estude os assuntos. Se não estiver familiarizado, pesquise sobre os temas e determine melhorias e mudanças importantes até sentir que está pronto para contribuir na reunião; • Se vista bem. Uma apresentação visual alinhada é de extrema importância e terá grande influência nas impressões sobre você; Considere que todos os presentes são qualificados e evite exibicionismos, que podem transparece uma imagem negativa. Não se comporte como se suas idéias fossem sempre melhores que as dos outros. É importante ouvir, esperar sua vez, e de forma educada e polida complementar as idéias em discussão com suas próprias opiniões. Tenha um comportamento profissional. Evite conversas paralelas, nada de fofocas e de forma alguma interrompa a reunião para atender ao telefone. Coloque seu celular no silencioso para não ter a atenção desviada; Faça anotações. Pontos importantes em discussão devem ser anotados para que você não confie unicamente em sua memória. Anote os pontos principais das idéias que os outros estão expondo e as suas próprias; Não se omita. Algumas pessoas optam por se tornar praticamente invisíveis durante as reuniões. Essa não deve ser a sua conduta, pois não é esta imagem passiva que você quer transmitir. • Não seja exagerado, mas participe da reunião sempre que tiver algo a acrescentar. Transmita espontaneidade, clareza e confiança. Tenha em mente que a reunião é um dos momentos mais propícios para transmitir uma imagem de competência. Não desperdice a oportunidade e haja com calma. Sempre pense antes de agir e falar.


10 · www.jornalnoponto.com

Geral

Braço do Norte, sábado, 21 de janeiro de 2012

ASSINATURA —Ê ‘ÊÄãكãÊ —› փّ›Ù®ƒ —ƒ CÊÊ֛كã®òƒ —› E½›ãÙ®¥®‘ƒ–‡Ê Rçك½ (C›ÙÙƒÄÊÙã›) › ƒ G›Ùƒ–‡Ê S/A ƒ‘ÊÄ㛑›ç ă Ãī‡ —› Øç®Äãƒ-¥›®Ùƒ, 19 —› ¹ƒÄ›®ÙÊ

PCH Capivari: Obra deve reiniciar em breve A manhã de quinta-feira, 19, passa a se tornar um marco histórico na retomada da obra da Pequena Central Hidrelétrica (PCH) Capivari. Com a assinatura do contrato de parceria, a Cooperativa de Eletrificação Rural (Cerbranorte) e a Geração S/A, aguardam alguns detalhes para em conjunto com a Urbano Agroindustrial de Jaraguá do Sul para conclusão e produção de energia. Após um primeiro passo dado ao final de 2011 e depois de ouvir várias propostas, a direção da Cerbranorte recebeu a proposta que facilitaria o processo de reinício da obra. Foram praticamente dois meses de reuniões, discussões, até que o contrato de parceria fosse assinado. Com ele a PCH receberá cerca de R$ 50 milhões em investimento por parte da agroindústria, suficientes, a princípio, para conclusão da obra e início da geração de energia.

Com a assinatura, o diretor e filho do fundador da Urbano Agroindustrial de Jaraguá do Sul, Jaime Franzner, revela que firmar a parceria é imaginar a empresa em seu início. “Graças a este projeto de parceria, voltaremos a ser auto-suficientes em energia. Ela quem possibilitou o crescimento da empresa e agora damos um novo primeiro passo que marcará nossa história”, declara. O presidente da Geração S/A, Valério Perin, informa que a obra começará o quanto antes. “Vamos acompanhar o desenvolvimento da obra e contribuir com o que for possível e manter os 18 mil associados a par do que ocorre. Neste primeiro momento é trabalhar na questão da outorga, no qual prevemos o aumento na produção de energia de 12 para 18 MW”, expõe. O cronograma pré estabelecido é concluir a obra em 24 meses.

Escolha do projeto Há cerca de 20 anos, o então presidente Luiz Kuerten, o Tilico, revelou aos associados o interesse na formatação de um projeto para geração de energia. Mesmo com alguns insultos ele conseguiu em 1993, o apoio necessário ao projeto. Tilico revela que a assinatura do contrato é a realização de um sonho. “Estou satisfeito, pois vejo que estava certo em propor este projeto. Vamos aguardar a realização e comemorar”, ressalta. O projeto passou nas mãos do presidente Evanísio Uliano, que decidiu tocar a obra com recursos próprios. “Errei ao fazer esta escolha e não optar pela parceria, porém, o que era mais problemático na obra está concluído. Parabenizo a nova gestão pela visão e

iniciativa, pois é uma oportunidade de gerar energia com mais qualidade e atrair empresas para região”, observa. O presidente da Cerbranorte, Antonio José da Silva, o Toninho, esclarece que nada seria possível sem aval do associado. “Agradecemos aos empresários que participaram das reuniões, analisaram as propostas e aos associados por escolherem a vencedora. Nosso trabalho é transparente e damos aqui um importante passo para o desenvolvimento”, acrescenta. Para o advogado da empresa, Luiz Paulo Medina de Moura, o projeto era uma ambição do proprietário da empresa, Urbano Franzner. “Ele nos propôs procurar um projeto na região e através de um

Coopervale presta contas aos associados Na quarta-feira, 25, a Cooperativa de Produção e Comercialização Agrícola do Vale (Coopervalle) apresenta em Assembleia Geral as informações sobre o primeiro ano de existência da entidade. O encontro que deve reunir mais de 100 pessoas, inicia às 20 horas no Centro de Convivência do Idoso, no bairro Santa Augusta. Entre os assuntos, a prestação de contas do exercício 2011 e a apresentação do orçamento para o ano. A pauta é direcionada a

dois programas – Programa pequenas áreas, valorizou o Nacional de Alimentação trabalho. “O crescimento no Escolar (Pnae) e Programa primeiro ano é considerado de Aquisição de Alimentos excelente devido a estas (PAA) - coorquestões de denados pela valorização”, ›Ä‘ÊÄãÙÊ Øç› —›ò› destaca. cooperativa. reunir mais de 100 A auxiliar Adriana deadminis tratalha que a pessoas, inicia às 20 tiva da enticooperativa horas no Centro de dade, Adriarecebeu R$ convivência do Idoso 83 mil reais na Boeing Beckhauser do Pnae, mas adianta que o envolvimento que este valor deve chegar da associação com a agricul- a R$ 291.891,00 em 2012, tura familiar e a valorização valor já licitado. Já no PAA, dos produtos produzidos em o recurso alcançou R$ 80

mil nos três últimos meses. “Neste ano fomos rígidos quanto à dispensa de recurso. Vamos manter este cuidado, fazer o necessário com projetos menores, trimestrais, para melhor prestação de contas, assim conseguiremos melhor administração, fortalecer ainda mais a cooperativa e o setor”, garante. Após a assembléia, um coctel em comemoração ao primeiro aniversário da entidade será servido no local.

advogado amigo chegamos a Braço do Norte. O fechamento deste contrato foi difícil, foram várias reuniões até chegarmos aqui. Acreditamos que uma parceria só é boa quando os dois lados saem ganhando. Com interesse iguais e recíproco de ambos os lados, faltam aparar algumas arestas para reiniciar a obra, algo que mudará a região”, finaliza. O representante da Celesc, Ademir da Silva Matos admite que a geração de energia através da PCH contribuirá com a região. “Nosso país tem uma das energias mais caras do mundo e não crescemos mais por falta dela. Com este passo, acredito no fornecimento de energia com melhor qualidade e com a redução em seu custo”, completa.


No Ponto

Braço do Norte, sábado, 21 de janeiro de 2012

Esporte

Jornal No Ponto · 11

WAGNER S®½òƒ - ٛ—ƒ–‡ÊΜ¹ÊÙă½ÄÊÖÊÄãÊ.‘ÊÃ

Atleta braçonortense visa time adulto do Jasc Em 2011, o jogador de Futsal, Matheus Luiz Jorge, então com 15 anos, recebeu da equipe AD Jaraguá do Sul uma oportunidade de crescer dentro do esporte e sonhar com ele. E, soube aproveitar. Atleta da categoria Sub-16, em pouco tempo Matheus, hoje com 16 anos, conseguiu a vaga de titular e contribuir para a conquista dos títulos dos Joguinhos Abertos, Jogos Escolares (JESC), Estadual, Olimpíadas Escolares (Olesc) em todas as etapas e também na disputa nacional. Foram sete medalhas de ouro no primeiro ano na equipe. Para ele, o início do ano reservou vários problemas. “Difícil conviver com gente diferente, sem amigos, treinando de manhã e a tarde e, estudando a noite. Além disso, em competições, muitas vezes não tínhamos descanso no final de semana”, revela. Mas, após o início negativo,

o resumo do ano foi excelente. ”Convivi com grandes atletas da elite, criei amizades e me esforcei nos treinamentos e na escola para me manter lá. Passei direto no estudo e me dei bem no esporte. O mais importante é saber que trabalhei bem, ainda mais no lugar considerado a casa da elite do fustal”, comemora. Em 2012, o foco do atleta é a equipe adulta de futsal. “Este será um desafio ainda maior já que concorro a vaga com atletas de 19 anos. Vou me esforçar para conquistar vaga na equipe que estará no JASC”, completa. Para a família a distância é ruim, mas a vontade de ver o filho realizar seu sonho supera a saudade. “É difícil ficar longe, mas ele está fazendo o que gosta, recebendo para realizar um sonho, isso é o importante. Incentivamos ele a realizar o que quer dentro do estudo e profissão e até agora ele só trouxe alegria”, revela a mãe.

MATHEUS Øç› ‘çÙ㛠¥Ù®ƒÝ ‘Êà ƒ ¥ƒÃ°½®ƒ ›Ã Ùƒ–Ê —Ê ÄÊÙã›, ¹Ê¦ƒ ›Ã çà —ƒÝ Ã®Ý ®ÃÖÊÙãƒÄã›Ý ›Øç®Ö›Ý —› ¥çã݃½ —Ê փ°Ý. CÊđ›Äãك ›Ý¥ÊٖÊÝ Äƒ ‘ÊÄØç®Ýム—ƒ òƒ¦ƒ —ƒ ›Øç®Ö› ƒ—ç½ãƒ

Feras da Trilha marcam prova para junho

PROVA ݛم òƒ½®—ƒ ֛½Ê ‘ƒÃ֛ÊăãÊ ÖÙÊÃÊò®—Ê ֛½ƒ MÊãÊ Tك®½ CÙ®‘®éà (MTC) › ֛½ƒ CÊփ —ƒ AÝÝʑ®ƒ–‡Ê Sç½ CƒãƒÙ®Ä›Äݛ —› P®½ÊãÊÝ —› EėçÙÊ (Aݑ֛)

A nova diretoria do Clube Feras da Trilha será eleita na quarta-feira, 25. Antes disso ocorrer os membros já discutem a organização da etapa que ocorre em junho no município. A prova será válida pelo campeonato promovido pela Moto Trail Criciúma (MTC) e pela Copa da Associação Sul Catarinense de Pilotos de Enduro (Ascpe) que retorna este ano após um ano sem atividade. O presidente do clube braçonortense, Eduardo Rech, informa que seis dos 13 membros pretendem disputar algum destes campeonatos. “São provas realizadas apenas aos sábados o que facilita a participação, o deslocamento por se-

rem provas próximas de casa e, também, com menos desgaste físico”, justifica. Rech adianta que a escolha da data tem relação com o trajeto da prova. “Não é época para agricultura o que fica mais fácil para conversar e a liberação da passagem por parte dos produtores”, explica. Por decidirem não realizar o passeio e sim dedicar esforços a uma boa organização da prova, Rech informa que o grupo terá muito trabalho. “Porém com menos preocupação que os passeios. Tanto para a prova, como na tradicional boate para casais do Feras, vamos dividir tarefas o que ficará mais fácil para organizar. Será um bom ano”, finaliza.


12 · www.jornalnoponto.com

Geral

Agricultor arranca pé de mandioca com 70 quilos O agricultor, Vilson Bloemer, morador do Rio Bonito teve uma surpresa, na segunda-feira, 16, ao retirar de sua propriedade um pé de mandioca. Ele achou que seria fácil, mas a raiz com 70 quilos deu trabalho a ele e a um funcionário. A história começou há cerca de três anos em uma conversa, na verdade uma oferta feita pelo empresário Deoclésio Jerônimo. “Ele me ofereceu a rama e disse que tinha vindo dos Estados Unidos, isso foi ele quem disse. Ainda disse que havia arrancado uma com 40 quilos”, brinca meio que duvidando do amigo.

Bloemer plantou seis pés na propriedade e o resto foi esperar o tempo passar, já que para retirar da terra uma mandioca de qualidade é necessário esperar cerca de dois anos. “Quatro delas já aproveitamos, ela é deliciosa”, confirma. Ele deixou duas para ver se o amigo tinha razão e na hora de arrancar o pé, a surpresa. “Depois de limpar o arredor tivemos que usar uma corrente e uma alavanca para conseguir tirá-la da terra. Nos meus 60 anos, nunca tinha visto algo deste tipo. Pesamos e ela deu 70 kg. O normal em dois anos é

algo em torno de 15 kg quando o terreno é bom”, revela. Bloemer diz que o pé de mandioca poderia ser mais pesado em cerca de 15 quilos. “No ano passado, enquanto trabalhava na propriedade minha mulher cortou uma ponta da raiz, ela era grossa, com certeza pesaria mais de 80 quilos no total”, afirma. O agricultor adianta que a retirada do outro pé de mandioca que ficou deve demorar mais um pouco. “Ele deve estar com uns 50 quilos. Vou esperar mais um tempo para arrancar”, finaliza.

Braço do Norte, Sábado, 21 de janeiro de 2012

jornalnoponto  

jornal de noticias de braco do norte

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you