Issuu on Google+

Distribuição gratuita - Venda proibida

3ª Edição

Fevereiro de 2013

www.jornalmulheritatiba.com.br

SAPATOS + SUCESSO Cabeça privilegiada e pés calçando a história. O que ambos têm a ver com as mulheres que se destacam? Seção Livros. P – 6

I

Convivência, cafezinho e contatos

novador, o Café Relacionamento de Mulheres Empreendedoras já soma duas edições e mais de 40 participantes neste 2013. O motivo: mulheres reunidas para apreciar cafés e sabores; O objetivo: ampliar os contatos de negócios entre mulheres empresárias e

empreendedoras de Itatiba. O inovador evento promovido pelo Grupo Ueda & Duduch já nasce sob o signo do sucesso. A ideia dos Cafés de Relacionamentos femininos, encampada pelo Grupo Ueda & Duduch, não só agradou como se tornou ritual mensal. Vida

longa às mulheres empreendedoras que sabem a importância de separarem uma manhã de seu mês para tratarem de negócios sobre outra ótica. Comportamento. P – 3

CHEIRO DE SUCESSO

Mulheres tanto dão a palavra final na compra da maioria dos imóveis familiares bem como conquistam cada vez mais o mercado imobiliário como profissionais. Por quê? Confira em Economia & Negócios. P - 12

OBESIDADE INFANTIL

Perfumes importados se tornaram acessórios de moda. Nesta edição, mais de uma dezena de opções dos melhores em alta. Vamos às Compras. P – 15

Pais são a chave da solução, e geralmente do problema. O pediatra especialista César Felix Miranda fala sobre essa vilã da saúde dos pequenos na Seção Mãe & Filho. P- 5

MAKE SOB MEDIDA Sobrancelhas lindas e bem delineadas saem da pinça e entram na era da micropigmentação, procedimento estético que garante efeitos por até 3 anos! Veja em Moda & Beleza. P – 7

Fotos: Divulgação

ELAS NO MERCADO IMOBILIÁRIO

CONSUMIDORAS! Quem são e o que querem as novas mulheres que consomem. Elas estão no foco da psicóloga e coach Priscilla de Sá, em seu artigo do mês. P – 4

SEM PELOS, COM CONFORTO CUIDADO COM QUEM SE AMA Cuidadores profissionais: franquia traz à Itatiba conceito de cuidado médico doméstico a idosos, crianças e pessoas com necessidades especiais. Seção Bem Estar. P - 9

Fotodepilação feita em casa? Se livrar de pelos indesejados com exclusividade e a mais moderna tecnologia, a de Luz Pulsada Intensa (IPL), já é possível. E o melhor, acessível! Saiba mais em Moda & Beleza. P – 8


Jornal Mulher

Expediente Diretor Geral Marketing - Planejamento - Estratégia Edgar Ueda edgar@portalimoveisecia.com Jornalista Responsável Mari Carla Giroろ MTb 33262/SP jornalismo@jornalmulheritatiba.com.br Design e Diagramação Mondeluz - Design & Performance Direção de Arte Diego Machado arte@mondeluz.com.br Design Gráfico Bruna Casetta bruna@mondeluz.com.br Webmaster Bruno Gobbi web@mondeluz.com.br Gestão Financeira Flavia Baldam Henrique Duduch Publicidade e Marketing Edgar Ueda

Assessoria Jurídica Dra. Fátima da Silva Barros OAB/SP 275.253 Executivos de Venda Cláudio Cruz claudio@portalimoveisecia.com Esther Karina esther@portalimoveisecia.com Juliana Oliveira comercial@revistaimoveisecia.com.br Juliana Gasparetto julianag@grupouedaeduduch.com.br Colaboradores nesta edição Camila Frare Priscilla de Sá César Felix Miranda Tiragem 5.000 exemplares Periodicidade Mensal Anuncie: 11- 4594-1952 Rua Comendador Franco, 650 Centro - Itatiba - SP Distribuição Gratuíta Itatiba e Morungaba Locais: Condomínios, comércios, panfletagem e mala direta

2

Editorial

Nem tudo que parece é

Uma mesa com mulheres ao redor, conversando animadamente. É fácil pensar na cena como um mero encontro feminino, ao melhor estilo do que se convenciona chamar de “Clube da Luluzinha”. Comprovamos que as aparências enganam. Nos dois primeiros Cafés de Relacionamento exclusivos de mulheres, em janeiro e fevereiro, promovidos pelo Jornal Mulher, a cena que se via era essa, e um desavisado poderia achar que ali mulheres falavam sobre cabelos, roupas e sapatos. Ledo engano. Na pauta dos encontros, histórias de desafios, de superação, de matar um leão por dia em seus negócios, em seus empreendimentos. A ideia encampada pelo Grupo Ueda & Duduch não só agradou como se tornou ritual mensal. Vida longa às mulheres empreendedoras que sabem a importância de separarem uma manhã de seu mês para tratarem de negócios sobre outra ótica. Nesta edição do Jornal Mulher, trazemos os primeiros resultados desta reunião inovadora. Calma, quem não participou ainda também tem motivos de sobra para folhear esta edição. Para se manter bonita e saudável na gravidez, exercícios de postura. Para se manter bonita sempre, as novidades estéticas: micropigmentação, fotodepilação, perfumes...Para se manter bem informada, 16 páginas do Jornal Mulher! Mari Carla Giro - Jornalista

Seções

Comportamento

3 Café de Relacionamento entre mulheres estreia com sucesso: confira as duas primeiras edições 4 Mulheres e consumo: a especialista Priscilla de Sá traz visões delas sobre as relações de compra

Mãe & filho

5

Obesidade infantil é o tema de alerta do médico pediatra César Felix Miranda

Livros

6 O que tem a ver os pensamentos das mulheres de negócios com os sapatos?

Moda & Beleza

7

Maravilhas da micropigmentação, que delineia o rosto com efeito durador 8 Fotodepilação – em casa ou na clínica – chega à Itatiba via Home Depil

Bem Estar

9 Cuidador: Home Angels profissionaliza serviço em Itatiba 10 As práticas que garantem uma gravidez saudável Negócios & Consumo

11 ExpoNegócios 2013 promete marcante presença feminina 12 Com quais poderes as mulheres vêm conquistando o mercado imobiliário?

Festas e Casamentos

13 Festas infantis estão cada vez mais profissionais Sua Casa

14

Decks para todas! Camila Frare, da Morare Arquitetura conta como ter um

Vamos às Compras!

15

Só as melhores marcas de perfumes importados garantem os mais marcantes resultados

Perfil

16 A empreendedora Marilsa Calvi Franco Penteado


3

Jornal Mulher

Café de Relacionamento reúne mais de 40 empreendedoras JM inaugura nova maneira de fazer negócios entre mulheres 25 de janeiro de 2013 prometia ser uma sexta-feira convencional de verão. Mas não foi isso o que aconteceu para pelo menos três dezenas de empreendedoras que dedicam sua vida aos seus negócios, além de cuidarem de casa, filhos, maridos... Convidadas pelo Jornal Mulher, parceiras

do Grupo Ueda & Duduch (que edita o jornal), passaram uma manhã de descontração e negócios sob um céu azul e flores coloridas, no deck do Canela Santa Flores e Café, sede dos dois primeiros encontros. Fundamentado na filosofia Givers Gain (ou “Ganhe Contribuindo”), o Café de Relacionamento do JM é uma troca de experiências entre mulheres que produzem, fabricam, consomem e que prestam serviços. Entre uma apresentação e outra, a dona de uma farmácia de produtos manipulados encontra duas empresárias do ramo de embalagens médicas. Tornam-se parceiras. A proximidade física entre os negócios se traduz em redução de custos para ambas as

partes. Uma nova amizade, uma nova parceria de negócios. Assim o Café de Relacionamento diminui distâncias entre parceiros de negócios. Neste caso, parceiras. E por que só para mulheres? Porque elas entendem que parar para apreciar um belo café, vislumbrando negócios, não é perda de tempo. Pelo contrário. É uma forma sutil de negociar. Coisa de mulher. Segunda edição/ A edição de fevereiro do Café de Relacionamento, realizada no dia 19, reuniu cerca de 20 convidadas, de Itatiba e Morungaba, fora a equipe do Grupo Ueda & Duduch, em mais uma manhã de delícias oferecidas por Maria das Dores Alves Mesquita, a líder do Canela Santa. A grande novidade desta edição, além dos já esperados novos negócios, foram os brindes que as participantes levaram às outras, uma ótima forma de demonstrar seus produtos, e o plano de saúde do trabalho que foi sorteado entre as participantes, por outra delas, que pela primeira vez foi ao encontro.

Santo lugar/ Só quem compareceu às duas primeiras edições do Café de Relacionamento pode comprovar o quanto a união de pessoas certas num ambiente agradável faz a diferença em resultados para negócios. Neste começo de encontros, os grupos encontraram no Canela Santa o local perfeito para esse convívio. Unindo doces, lanches rápidos e cafés especiais à floricultura e viveiro, o Canela Santa funciona de segunda a sábado, das 8h30 às 18h30, na avenida Expedicionários Brasileiros, nº 968 , no Bairro das Brotas.


Comportamento

Jornal Mulher

4

Mulheres e consumo Os erros fatais e o caminho das pedras para uma relação saudável entre quem vende e quem compra

V

ocê já deve ter percebido que, nos últimos anos, as ofertas de produtos e serviços voltados ao público feminino vêm se multiplicando. De seguro de vida a cerveja, é só ligar a TV ou acessar a internet, que a publicidade nos faz pensar que estamos sempre no mês das mulheres. Não é difícil entender o porquê. Em um cenário otimista, de expansão de empregos e controle da inflação, as mulheres têm se destacado como consumidoras, em especial as da nova classe média, que concentram 30% da renda de todas as brasileiras. Para se ter uma ideia da extensão do poder de compra feminino, de acordo com o Instituto Data Popular, elas representam mais de 50% dos clientes das farmácias, supermercados e lojas de roupas. Para cada dez homens de classe média que compram em shoppings, há doze mulheres. O dinheiro feminino não para por aí e avança para segmentos até então tipicamente masculinos: 62% das brasileiras têm cartão de crédito, contra 59% dos homens

da mesma classe social. Tendências apontam que, na próxima década, elas dominarão a clientela dos estandes de vendas de apartamentos e concessionárias de automóveis. O desafio que o novo panorama impõe é o de criar e manter uma relação de consumo sustentável. Não, este artigo não é um manifesto anti-consumismo, mas

com produtos não essenciais, é com pequenos mimos que elas tentam aplacar os efeitos do desequilíbrio entre as áreas da vida. Oscilando entre a culpa e a autoindulgência, é comum bradarem: “Eu me mato de trabalhar, por isso eu mereço!”. Logo, dinheiro na bolsa e vazio existencial parecem ser a combinação explosiva que faz das poderosas e carentes as presas fáceis de um mercado ávido, que ainda busca uma resposta à pergunta que nem mesmo Freud conseguiu responder: “Afinal, o que querem as mulheres?” Ignorar o perfil do novo público e insistir em táticas velhas tê m sido a principal causa de fracasso das empresas que se aventuram nesse nicho de mercado. É preciso saber, primeiramente, o que as mulheres não querem: Economia burra: Presumir que pagar menos é o mais importante para elas é um engano que faz com que as empresas pequem em qualidade e atendimento. Orgulho de pagar caro: Foi-se o tempo em que soava chique dizer, na rodinha de amigas, que a bolsa nova custou uma “fortuuu-

Para cada 10 homens de classe média que compram em shoppings, há 12 mulheres um convite à reflexão sobre os papéis de todos os envolvidos: de um lado, fornecedores de produtos e serviços e de outro, as consumidoras.Vale a pena conhecer melhor os personagens dessa história ainda em construção, começando pelas detentoras do poder. Ao priorizar a educação dos filhos e o crescimento profissional, as mulheres lutam para conciliar carreira e vida pessoal e, não raro, quem vence é o estresse. Bombardeadas por promessas de sucesso, amor, prazeres e magreza instantâneos, e vendo-se - pela primeira vez - com dinheiro para gastar

Por Priscila de Sá

na”. Hoje, a consumidora se orgulha de seus achados de qualidade que custaram uma pechincha e nisso consiste o grande trunfo de uma marca feminina: a nova mulher é um agente multiplicador, ou seja, seu “curtir” é a melhor indicação de compra. Elogios vazios: Lembra da vendedora de butique que dizia a todas as clientes “você ficou liiiinda com esse vestido”, mesmo quando o resultado era desastroso? Então, ela foi extinta. Se a sua cliente paga mico, você paga mico. Maquiagem pink: Pintar um produto unissex de cor-de-rosa pode parecer uma boa estratégia por algum tempo, mas se ele não solucionar, de fato, um problema específico das mulheres, você corre o risco de não vender nem para elas nem para eles.

Priscilla de Sá é jornalista, psicóloga e coach especializada em líderes alfa. Ministra palestras sobre liderança e carreira para mulheres. Twitter: @coachpriscilla


5

Jornal Mulher

Obesidade infantil – Vilã em plena evolução

V

ivemos em um país de contrastes onde situações extremas convivem lado a lado. Um país onde a riqueza (somos a 8ª economia do mundo) divide as ruas com a pobreza extrema, principalmente em grandes cidades. Essa desigualdade também se reflete em nossos indicadores de saúde. Ainda convivemos com doenças típicas de países subdesenvolvidos como desnutrição,

Uma criança obesa em idade pré-escolar tem 30% de chances de virar um adulto obeso. E aumentam para 50 % se for um adolescente obeso. Nisso vemos a importância de desde cedo nos preocuparmos com o controle de peso. Os dois grandes vilões responsáveis pela obesidade infantil são os mesmos que afligem os adultos: má alimentação e o sedentarismo. Com as mudanças no estilo de

alizado na Universidade de Yale, foi demonstrado que a frutose, um tipo de açúcar muito utilizado pela indústria na fabricação de diversas guloseimas (biscoitos, balas, salgadinhos , refrigerantes… ), apresenta um efeito no cérebro em que se há mais dificuldade de atingir a saciedade, aquela sensação de estar satisfeito não querendo comer mais. A frutose, inclusive, até causaria o desejo de consumir mais ainda desses produtos, de certa maneira causando um vício nesses alimentos. No outro estudo, realizado na Universidade de Cornell, foi demonstrado que crianças que costumam comer lanches a base de pro-

Dr. César Felix Miranda

Com isso, estará estimulando-o a se exercitar de maneira divertida. Posteriormente é a hora de iniciar a apresentação dos esportes até encontrar algum com que ele se identifique. A criança segue o exemplo dos pais, portanto não adianta você exigir de seu filho uma alimentação saudável e a prática de exer-

3 em cada 10 crianças em idade escolar são obesas no Brasil dutos naturais, contendo queijos, verduras, legumes, etc, ao invés de guloseimas, conseguem alcançar a saciedade com um consumo menor de calorias. Nesse caso, além de consumir alimentos com melhor valor nutritivo, há a vantagem de se consumir menos calorias. Também a prática de exercícios físicos é uma atividade que deve ser estimulada desde cedo, limitando as horas em frente da TV e computador. Claro que você não vai levar logo de início seu filho pequeno para praticar esportes. Isso é desanimador para a criança. Leve seu filho para brincar no parque, nos balanços, escorregadores, gangorras, brincar de pegar. verminoses e doenças tropicais (dengue, febre amarela, malária…) ao mesmo tempo em que vemos o aumento de doenças comuns em países desenvolvidos como, por exemplo, a obesidade infantil, que vem crescendo de maneira assustadora no Brasil. Segundo pesquisas recentes, três em cada dez crianças em idade escolar em nosso país são obesas. Os problemas decorrentes da obesidade são enormes: além de afetar a autoestima, aumenta a incidência de doenças ortopédicas , respiratórias, de pele, hipertensão arterial, entre outras.

vida nas últimas décadas, os pais têm cada vez menos tempo livre, e com isso aumenta o consumo de alimentos industrializados pelas crianças e se despende cada vez mais tempo em frente a TV, videogames e computadores, se deixando as atividades físicas de lado. Em dois novos estudos publicados recentemente nos EUA foi demonstrada a importância de se evitar o consumo das guloseimas que as crianças tanto gostam e os impactos positivos de uma alimentação saudável baseada em produtos naturais. No primeiro desses estudos, re-

cícios físicos caso não tenha esses hábitos. É importante que os pais adotem esses hábitos de vida para que seus filhos os adquiram com naturalidade e não como uma imposição ou castigo. O segredo para evitar a obesidade, infantil ou não, é a mudança de hábitos de toda família, começando pelos pais. Cuidando da saúde do seu filho você também estará cuidando da sua!

César Felix Miranda (CRM - SP 103189) é pediatra e neonatologista na Santa Casa de Itatiba e no Hospital Universitário São Francisco, em Bragança Paulista


Jornal Mulher

6

Mulheres de sucesso têm pensamentos secretos

V

Autora: Valerie Young Editora: Saraiva Preço sugerido: R$ 34

ocê sabe o que é a síndrome do impostor? No livro “Os pensamentos secretos das mulheres de sucesso”, lançado em outubro no Brasil pela Editora Saraiva, a autora Valerie Young traz análises esclarecedoras e conselhos eficazes para explicar o que é essa síndrome, por que ela é mais comum nas mulheres e como identificar sua manifestação. Na obra, a autora mostra como aceitar o próprio sucesso e banir os pensamentos que minam a capacidade de se sentir, e até de agir, como uma pes-

soa brilhante e capaz. Durante décadas de pesquisas, ela descobriu por que tantas mulheres realizadas experimentam essa insegurança esmagadora. A síndrome do impostor não é exclusividade das mulheres, porém elas tendem a sofrer mais quando cometem pequenos erros e encaram as críticas construtivas como provas de suas deficiências, além de atribuírem suas conquistas à sorte, e não às suas próprias habilidades. Geral e inconscientemente, as mulheres compensam esse com-

portamento com um perfeccionismo incapacitante, uma preocupação excessiva, um comportamento discreto, ocultação de suas opiniões ou a protelação de projetos importantes. Young inspira a correr atrás, fornecendo às mulheres orientações para fazer do sucesso uma escolha com base em seus valores. A autora dedica sua carreira ao estudo das crenças enraizadas nas mulheres sobre si mesmas e sobre seu sucesso, e traz nessa obra a síntese de como conviver bem com o sucesso, sem perder a ternura.

O mundo dos sapatos aos seus pés

S Autora: Linda O’Keeffe Editora: Könemann/ Workman Ano de lançamento: 2008

ão mais de 500 fotos de calçados femininos neste guia dos sonhos de qualquer ‘sapatólatra’, seja mulher ou homem. Nas 512 páginas de “Sapatos, Uma Festa de Sapatos de Salto, Sandálias, Botas...” a história dos sapatos de mulher é apresentada desde as sandálias

que os egípcios antigos calçavam até as plataformas símbolos da era “Paz e Amor”. A icônica biqueira Channel, os sapatos de coquetel de Jack Kennedy, o stiletto de Marilyn...todas as grandes referências históricas estão lá. A obra traz também perfis biográficos de mestres da arte de criar sapatos e seção Um Sapato que Deixou sua Marca, com modelos que até hoje povoam as referências de

moda e estilo, ao pé da letra. A contribuição deles para o mundo, e a paixão que despertam em estrelas do designer dos pés, como André Perugia, são apresentados pela autora, a jornalista americana especializada em moda Linda O’Keeffe, de forma confortável, como uma sapatilha, mas com o glamour que só um salto alto consegue dar. Para Cinderela nenhuma botar defeito!


7

Jornal Mulher

Micropigmentação agiliza make diário s técnicas de beleza que vêm para facilitar o dia a dia das mulheres são muito bem vindas. Deixar de perder tempo na frente do espelho diariamente para fazer o básico da maquiagem está ao alcance de todas graças à micropigmentação. Conhecido como maquiagem definitiva, esse processo - feito com dermógrafo – aparelho próprio para o delicado procedimento - e pigmentos específicos para pele, se modernizou e deixou de ser definitivo de fato, o que torna o resultado muito mais natural. Dependendo dos cuidados tomados e do tipo de pele, a maquiagem por micropigmentação dura de um a três anos, em média. Depois desse período a cor come-

ça a ficar menos evidenciada. Para chegar ao resultado idealizado pela mulher que se submeterá à técnica, a profissional de micropigmentação cria uma prévia do que deve ser ressaltado ou corrigido. No caso de sobrancelhas, por exemplo, é criado o design delas de acordo com o rosto e o gosto da cliente. No Espaço Personalité,

uma hora e meia. Após quinze dias é feito o retoque, que leva em média 40 minutos. Maria Carolina indica também a micropigmentação nos olhos (delineador) e na boca (contorno e/ou preenchimento). O processo tem restrição apenas para grávidas e mulheres que estejam amamentando. Outro público que deve ter cuidado é o de mulheres

de pequenas falhas, que fazem grande diferença no look do rosto. Além da perda de pelos, que causa falhas no design, existem sobrancelhas que foram micropigmentadas de forma irregular e sofreram alteração de cor, apresentando aspecto azulado ou avermelhado, nesses casos é possível reverter esses tons e deixar a cor da sobrancelha mais natural.

a responsável é a micropigmentadora Maria Carolina Bettarello, que realiza o processo de design e micropigmentação em cerca de

com diabetes: à elas é indicado que passem por avaliação médica antes de se submeterem à micropigmentação.

PODER DO OLHAR Para completar a criação de um olhar poderoso e ao mesmo tempo sem jeito de montado, há tratamentos de alongamento e de permanente de cílios, muito utilizados para pessoas que querem ganhar volume. Outra opção em beleza do olhar oferecida pelo Espaço Personalité é a coloração de cílios. Os tratamentos podem ser feitos ainda por quem está satisfeito com o olhar, mas quer um toque a mais para realçá-lo, numa maquiagem com segurança e delicadeza, para uma ocasião especial, como noivas e madrinhas de casamento.

Fotos: Divulgação/Espaço Personalité

A

Técnica delineia linhas básicas, corrige falhas e pode durar até três anos

Micropigmentação para correção Realçar a beleza da mulher é a proposta da micropigmentação. Para a micropigmentadora Maria Carolina Bettarello é bastante importante o efeito natural, uma vez que a profissional é também designer de sobrancelha com especialização em colorimetria e correção. A técnica permite, além de embelezar o rosto, ainda a correção

Maquiagem não é tatuagem Apesar de lembrar uma tatuagem, a aplicação dos pigmentos nesta técnica não é para toda vida. O aparelho os deposita de forma subcutânea, mas não tão profundamente quanto uma tatuagem. O procedimento pode ser tanto adotado por mulheres jovens, para ressaltar traços, quanto pelas que têm mais idade, como uma boa alternativa a pequenas cirurgias plásticas de rejuvenescimento.

Serviço O Espaço Personalité, liderado pela massoterapeuta Lunna Peres e pela esteticista Laiz Petraglia, além de uma equipe com nutricionistas, osteopatia e pilates, foca o bem-estar e beleza oferecendo opções de massagens terapêuticas para dor e relaxamento,

além de estética facial e corporal; O mix de serviços inclui desde as tradicionais limpezas de pele, tratamento antiacne e manchas, a exclusiva massagem rejuvenescedora facial, depilação masculina e feminina, designer de sobrancelha.

Há ainda lipoescultura manual, lipogessoterapia, massagem turbinada, clareamento de axilas e virilhas, e também a curiosa talassoterapia, um detox orgânico feito a base de algas. Para mais informações, o telefone é (11) 4538-4303.


Moda & Beleza

Jornal Mulher

8

Fotodepilação em casa promete resultados duradouros

D

Franquia nacional focada no atendimento domiciliar chega à Itatiba

epilação sem dor? Praticamente. É o que promete a Home Depil, franquia de fotodepilação feita em domicílio que acaba de chegar à Itatiba. Todo o procedimento é feito com equipamentos que utilizam a tecnologia da Luz Pulsada Intensa (IPL), que promete resultados a partir da primeira sessão. As ondas IPL são aplicadas por um aparelho disparador portátil, manuseado por técnico treinado. A técnica permite depilação de pelos em braços, axilas, virilhas, pernas e buço. Já o modo de atendimento é referência na Europa e Estados Unidos, sendo totalmente indolor. Mas para os que preferem atendimento fora de casa, a Home Depil Itatiba mantém parceria com clínicas estéticas, onde seu método inovador é aplicado. O treinamento e capacitação de

técnicos são unificados em todo país – feitos no centro da marca em Campinas – e permitem que o atendimento privativo domiciliar seja seguro e eficaz, inclusive evitando os temidos pelos encravados. Para virilhas, buço e axilas, os técnicos da Home Depil avaliam o tipo e a cor de pele, cor do pelo, histórico de saúde e genética antes de definirem o programa correto de fotodepilação a ser utilizado em cada cliente. A virilha, área que desperta pavor em muitos na hora da depilação, é outra parte a receber atenção especial, já que é local de dobra sempre quente e úmido devido à transpiração, o que facilita o aparecimento de irritações. Problemas como a virilha escura, que surge pelo atrito da lâmina, irritação ocasionada pelo uso de ceras quentes e frias e por roupa íntima sinté-

Você sabia? O Brasil ocupa o 8º lugar no ranking mundial de depilação, dentro de um segmento de beleza e estética que movimenta mais de US$ 4 bilhões ao ano, diz a administração da franquia Home Depil.

tica muito apertada, são evitados. Principalmente em mulheres de pele morena, a pele escurece como um mecanismo de defesa. O uso de calças jeans justas e pesadas piora a situação, podendo haver proliferação de fungos e bactérias. Por isso a depilação com IPL aparece como solução segura. Já nas axilas a fotodepilação protege a região, bastante sensível, evitando o aparecimento de manchas escuras por depilações feitas com cremes depilatórios ou lâminas, que irritam a pele fazendo com que ela reaja produzindo melanina. Nos braços, a técnica ajuda a eliminar pelos de toda a extensão, inclusive no antebraço. A técnica não é exclusiva às mulheres, podendo ser aplicada em homens também, em especial para peito e pernas. Ponto mais popular da depilação, as pernas contam com

resultados duradouros na demora do crescimento de pelos com o uso da fotodepilação, que os retira de forma rápida e pela raiz. Na região, a franquia existe em Itatiba, Valinhos e São Paulo, o que mostra que o mercado local é promissor e por isso ganhou a atenção da rede Home Depil. Todas as unidades, de Itatiba inclusa, praticam o preço único de R$ 60 por sessão. O conceito de fotodepilação em casa ressalta a comodidade e privacidade. A primeira por evitar que o cliente se desloque até o salão ou clínica para se submeter ao procedimento; O segundo, garantindo a privacidade, já que o cliente não precisa abrir mão do aconchego de sua casa. Além da fotodepilação, a Home Depil dispõem dos serviços Jet Bronze, massagens e limpeza de pele, em sistema “home care”.

Serviço Hope Depil/ Unidade Itatiba. Contate a técnica Cecilia Barros pelos telefones: (11) 4894-8021 ou celular: (11) 9 9607-9763 ou Stella Campos pelo telefone (11) 97542-9393 email: itatiba-centro@homedepil.com.br Saiba mais no site www.homedepil.com.br/itatiba-centro


9

Jornal Mulher

s obrigações e responsabilidades exigidas pelo trabalho não permitem muitas vezes que tenhamos tempo para dar a atenção necessária aos que dependem de nós. Crianças, idosos, pessoas com necessidades especiais, gestantes, adultos que requerem cuidados médicos, pacientes em fase de pós-operatório... não é raro uma família passar por uma situação dessas em alguma fase da vida. Os avanços na área de saúde, a conscientização e a dedicação à “melhor idade” permitem que nossos idosos tenham mais qualidade de vida e consequentemente, que vivam mais, porém, na maioria das vezes, exigem cuidados específicos. Independentemente de a situação exigir companhia diária ou cuidados específicos em casos de doença, um bom profissional, com indicação, experiência na atividade e respeito por

um trabalho tão delicado, é requisito indispensável a ser observado antes da contratação de um cuidador. Essa busca pode se tornar exaustiva, desgastante e onerosa se feita diretamente com o profissional. Isso ocorre por motivos como a dificuldade em encontrar profissionais capacitados, pois há carência no mercado. Encontrado o profissional, vem a maior dificuldade: a frequência e estrito cumprimento de horário combinado. A atividade dos cuidadores não permite atrasos ou faltas. Para evitar que de uma hora para a outra, a família seja “deixada na mão” pelo cuidador, contratar uma equipe profissional focada no cuidado irrestrito é a melhor saída. Para suprir esse mercado cada vez maior, surgiu a Home Angels, franquia nacional criada em 2009, com atuação de maneira simples e rápida, agora também em Itatiba.

Serviço Home Angels - Itatiba. Agende sua avaliação por meio dos telefones: (11) 9 5319-2858 (Vivo) ou (11) 9 8816-5464 (Claro), ou pelo e-mail: itatiba-centro@homeangels-sp.com.br. O atendimento é 24h, todos os dias.

Por contato telefônico à empresa, em que são dadas as primeiras informações sobre as necessidades do assistido, a Home Angels vai até ele para uma avaliação mais detalhada, permitindo a análise do tipo de cuidador que melhor se adeque ao caso e - o mais importante - para que a família conheça pessoalmente quem supervisionará os serviços Semanalmente uma enfermeira se encarrega de checar os serviços que vem sendo prestados pelos cuidadores da HOme Angles. A forma de pagamento, de

custo acessível, é previamente discutida com a família. O contrato só é efetivado no momento em que a família estiver segura dos benefícios a ela trazidos, quando não existirem mais dúvidas em relação ao procedimento e serviços que serão prestados. Há reposição/ substituição imediata de cuidadores nos casos de ausências ou incompatibilidades, sem causar preocupações à família que terá os serviços sempre supervisionados.

Foto: Shutterstock.com

A

Cuidadores profissionais ajudam a manter sob cuidados atentos quem amamos


Bem Estar

Jornal Mulher

Postura, alongamento e caminhada garantem bem-estar durante a gravidez Adoção de novos hábitos evita as temidas dores na região lombar

As intensas mudanças físicas e emocionais que estão presentes no dia a dia das mulheres durante a gravidez são importantes para as futuras mamães. Na gestação, é normal que ocorram alterações na respiração, no corpo e nos hormônios femininos, além de dores na região lombar. Entre as mudanças está a distensão da musculatura abdominal, que é maior devido ao aumento do útero para acompanhar o crescimento do bebê, e a esperada sobrecarga na coluna vertebral, especialmente na região lombar, o que aumenta as queixas de dor. Segundo o Instituto Paulistano de Neurocirurgia da Coluna Vertebral é fundamental a realização de exercícios durante a gravidez, porém, é necessário um cuidado para que não haja excesso de peso e para que se mantenha

uma postura adequada durante os exercícios. Principalmente durante movimentos frequentes, como sentar, levantar e abaixar, o ideal é que a coluna permaneça sempre ereta. Mesmo no período de gravidez, as futuras mamães podem continuar com suas tarefas habituais do cotidiano. Fica apenas o alerta em relação aos cuidados especiais com a coluna, para que o desconforto possa ser diminuído e para que não decorra em futuros problemas. A prática de caminhadas diárias e de se alongar contribui para o alívio das dores, porém, é aconselhável que sejam monitoradas pelos

DICA IMPORTANTE A boa relação com os profissionais da saúde também influência no resultado do tratamento ao longo da gravidez. Confiar no obstetra e nos demais profissionais da saúde envolvidos contribuirá para uma gestação mais tranquila e segura.

profissionais da saúde. É indicado pelo Instituto usar saltos mais baixos e sapatos confortáveis para não sobrecarregar as pernas e a coluna,

pernas. Outra sugestão é utilizar uma órtese abdominal para gestante, que sustenta a barriga sem comprimir o abdômen e ajuda a

pois conforme a barriga cresce o ponto de equilíbrio da mulher se modifica. Com isso os músculos exercem uma atividade maior para manter a postura e compensar o déficit de equilíbrio causado pelas alterações corporais na gravidez, o que pode causar dores na coluna lombar e

diminuir o desconforto das costas, fazendo a gestante se sentir melhor. Para uma boa noite de sono, o Instituto de Tratamento da Coluna Vertebral indica que, se possível, é melhor optar por colchões rígidos, deitando-se na posição lateral com um travesseiro baixo sob o pescoço e outro entre os joelhos.

Foto: Shutterstock.com

A

10


11

Jornal Mulher

Mulheres marcarão presença na ExpoNegócios 2013 Empreendedoras já buscam garantir seus espaços para evento corporativo que ocorrerá em agosto ambiental. Serão cedidos também espaços para instituições engajadas em projetos sociais sem fins lucrativos, além de serem arrecadados alimentos não perecíveis - para acesso aos workshops, palestras e fóruns - em benefício de instituições de caridade.

A frase que resume o espírito da feira é: cada minuto de conversação, cada resposta, cada gesto de hospitalidade deve produzir um pedido assinado, uma entrevista após a exposição ou o endereço de um novo contato 2012, neste ano a ExpoNegócios será realizada em agosto, entre os dias 9, 10 e 11, com mais horas de negócios: será um total de 22 horas dedicadas à excelência e sucesso no mundo corporativo. Além disso, assim como em 2012, elas também estarão entre as atrações de palestras e workshops. Neste ano novamente haverá a bandeira da sustentabilidade, apresentando Selo Verde, o que garante que serão feitos todos os esforços para um menor impacto

Novamente a sede social do Itatiba Esporte Clube abrigará o evento, um marco em incrementar marcas, divulgar produtos e serviços e criar novas parcerias, tanto com outros Perspectiva de montagem da segunda edição da maior empreendedores quanto feira B2B (business to business) da região com consumidores. negócios, em que, num espaço e contatos, ampliando as Os dois dias originais de fechar de 2012 foram estendidos e, previamente determinado e possibilidades neste ano, a ExpoNegócios destinado para esse fim, grupos contratos. Em 2012, negócios no permanecerá aberta por três dias de empresas se reúnem durante montante de R$ 2 milhões foram com o diferencial que fez boa tempo estipulado para trocar fechados. A perspectiva para este expectativas é de pelo menos R$ 3 milhões. parte de seu êxito: as rodadas de experiências,

Fotos: Divulgação / Morare Arquitetura - Grupo Ueda e Duduch

A

maior feira de negócios de Itatiba e região está diretamente ligada ao universo feminino. Para a segunda edição da anual ExpoNegócios, uma considerável parcela dos empreendedores que têm garantido seus estandes é de mulheres ou de empresas que têm neste público seu alvo de atendimento. Assim como em


Economia & Negócios

Jornal Mulher

12

Com quais poderes as mulheres conquistam o mercado imobiliário? Comportamento versátil feminino ajuda a ganhar espaço em área de atuação com predominância masculina

E

sforço, seriedade, carisma, facilidade de comunicação, empatia, solicitude, simpatia, alegria e observação de detalhes… Será que são os elementos que a mulher traz para estar aos poucos conquistando um mercado sisudo e masculino como o imobiliário? Sim, são essas as qualidades mais elencadas pelos principais gestores imobiliários para qualificar a expressiva presença feminina no mercado imobiliário. Com um mix mágico e bem dosado desses poderes, a mulher vem chegando e mostrando a que veio no setor de negócios imobiliários. Em muitas imobiliárias são elas que dominam e os gestores salientam: “Preferimos mulheres porque, além de muito sérias e detalhistas, são multitarefas e carismáticas, o que vende mesmo!”. O comportamento versátil feminino conta pontos na hora de atender

diversos tipos de público, assim com sua experiência contribui para que entendam as necessidades dos clientes, onde a decisão final por um imóvel geralmente é feminina. Ao visitar um imóvel, auxiliam o interessado com atenção e sem pressa, diferentemente de muitos corretores que circulam mais rápido que a velocidade do som pelo local e já engatam nova visita. O fenômeno da ocupação feminina no mercado imobiliário também se dá por parte das empresas que notaram sua participação positiva e também por escolha das próprias mulheres atraídas pelos bons salários. Suas vozes ecoam das gerências, serviços administrativos, financeiros, marketing, enfim, em todos os órgãos da imobiliária pelo seu comprometimento e garra. Em minhas pesquisas na internet

para a elaboração deste artigo não faltaram elogios às seguintes características femininas: carisma, atenção aos detalhes, bom senso e profissionalismo. Pois bem, aos poucos, o setor imobiliário, além da área de construção e arquitetura, é invadido por mulheres e os resultados, pelo jeito, são os melhores. Portanto, não

se espante: batons sobre a mesa, lixa para unhas e talvez uma chapinha escondida na gaveta serão cenas constantes na imobiliária, porque

nós, viemos mesmo para ficar!

Por Maria Luiza Salvadori de Carvalho Wolk, do blog Union Especialista em Imobiliárias (http://blog.uso.com.br/)


13

Jornal Mulher

O

Profissionalização de festas infantis é tendência

mercado de festas infantis não para de crescer e mostra-se como um excelente negócio para novos empreendedores. No entanto, falta de capacitação, organização e a grande concorrência fazem com que muitos não prosperem. Segundo a empresária e consultora Cristina Buchain (www.cristinabuchain. com.br) que atua há 16 anos nessa área e já realizou mais de 1500 festas, o setor ainda é muito informal e grande parte das empresas começa em casa sem estrutura alguma. Para ela, há 4 passos fundamentais para quem deseja profissio-

nalizar seu negócio e trabalhar de forma segura e sustentável. 1- Pesquisa - O novo empreendedor deve pesquisar o mercado de festas antes de iniciar o negócio. Através de revistas, internet e outras empresas é possível avaliar o que está acontecendo no setor, o que está na moda e os preços praticados. Pesquise os nichos de mercado e onde deseja atuar. Também é importante conhecer o público para o qual oferecerá seus serviços. 2- Proposta - Qual é a cara da sua festa? Em qual estilo de decoração vai investir? Defina qual o conceito de festa que vai oferecer,

se é uma festa personalizada com peças feitas à mão exclusivas ou com personagens licenciados, etc. Defina qual a faixa etária dos clientes, quem serão seus parceiros no quesito bolos e doces, lembrancinhas, convites, balões... 3- Planejamento - Planejar cuidadosamente o negócio antes de começar a atuar e preparar a estrutura que servirá de base para o trabalho diário é fundamental. Faça planilhas para controle de

gastos. Crie material de divulgação, invista no Facebook e site. Tenha também um material de vendas pronto antes de prospectar clientes.

4- Organização financeira - Separar os tipos diferentes

de despesas, realizar os controles principais e analisar os números do negócio. “Só assim é possível precificar os serviços e produtos e tomar decisões seguras”, enfatiza Cristina.


Jornal Mulher

14

Sua Casa Que tal relaxar num deck? De madeira maciça ou sintético, Decks são garantia de espaço para relaxar Os decks se tornam espaços de descanso, reflexão, banhos de sol, bate papo com os amigos, e por que não, para começar o dia com um belo café da manhã. Mesmo que seja pequeno, o deck embeleza o ambiente externo e sem dúvidas convida ao lazer. A combinação da madeira com o verde da grama – típica de decks externos - remete a conforto, tranquilidade e, claro, a estilo. Os decks estão definitivamente em

Foto: www.reformafacil.com.br

E

ntra ano, sai ano e a madeira nunca cai de moda na arquitetura, seja ela maciça ou apenas uma imitação, principalmente quando se trata da construção de decks. E não pense que decks se aplicam apenas em locais de piscinas e ofurôs. Sua implantação pode ser feita também nos jardins, formando uma área de descanso, ou até mesmo em uma varanda, ainda mais se a sua dispuser de uma bela vista.

alta, mas devemos nos atentar que não se trata apenas de instalá-lo e aproveitar. Deve ser feita uma raspagem e aplicação de verniz náutico pelo menos uma vez por ano para manter sua qualidade e beleza. As possibilidades de combinações, formatos e desenhos são bem amplas. Vale a dica de procurar um profissional para projetar o melhor espaço possível, e trabalhar as diversidades, criando um

Camila Frare Desenvolve projetos arquitetônicos na Morare Arquitetura e Urbanismo

lugar relaxante e descontraído ao seu alcance. Apesar de mais tradicionais, os decks não precisam ser necessariamente feitos de madeira maciça. Hoje em dia encontra-se no mercado uma variedade de materiais, incluindo o PVC, que imitam madeira, mas com um grande diferencial: baixo custo de manutenção, pois não necessita de verniz, por exemplo. Os decks em PVC estão aos poucos ganhando notoriedade no mercado e entre consumidores. Portanto é possível unir sofisticação, sustentabilidade e beleza em um item arquitetônico adaptável à sua necessidade. Vamos inovar?


Jornal Mulher

15

Vamos às Compras

Aromas internacionais para cada tipo de ocasião e pessoa! Qual é o seu? As grandes marcas de perfumes importados se adaptaram à agilidade da vida moderna, desenvolvendo fragrâncias para vários momentos do dia, noite e estações. Assim como acessórios de moda, um aroma, um momento. Nesta página, os mais vendidos entre mulheres e homens.

C

heiro de celebridade: Cantoras e atrizes investem no filão dos aromas há tempos, mas a popularidade das fragrâncias muda conforme sua visibilidade no mundo das celebs. Em alta atualmente o cheiro de Britney Spears, Fantasy (50 ml, R$ 149, foto 4) com destaque para seu frasco inspirado nos de poções de conto de fadas, decorado com cristais Swarowski.

P

A Botica Moda Feminina e Perfumaria está instalada num confortável prédio de dois andares, com climatização e estacionamento privativo na rua Dr. Jorge Tibiriçá, 10, Centro – Itatiba - SP. O horário de funcionamento é das 9h às 18h, de segunda a sexta-feira, e das 9h às 16h aos sábados. Mais informações pelos telefones (11) 4524-1581 e (11) 45240721. Conheça mais no site www.aboticaonline.com.br

M

arca no frasco: Grifes reconhecidas em outros segmentos que apostaram em perfumes agregaram fãs de seus produtos originais. É o caso da automobilística Ferrari (com seu masculino Ferrari Black, 40ml, R$ 99, foto 5) e da Mont Blanc, conhecida por suas canetas e relógios, e seu Mont Blanc Starwalk (50ml, R$ 159, foto 6), para homens, e da joalheria Bvlgary, com o belo design do frasco de Omnia Amethyste, feminino (40ml, R$ 159, foto 7).

Fotos: Divulgação

erfumes com assinatura: Estilistas de moda reinam praticamente absolutos nesta categoria. São fragrâncias assinadas por grandes como Dolce & Gabana (Light Blue, feminino, 25 ml, R$ 189, foto 1); Calvin Klein (Eternity feminino, 100ml, R$ 219, e One, foto 8, masculino, 100ml, R$169); Givenchy (o feminino Organza, 30ml, R$ 169 – foto na capa – tem ares sensuais, de floral amadeirado); Paco Rabanne (destaque para o feminino, Lady Million, 30ml, R$ 169, foto 2, num frasco de tirar o fôlego, que guarda nota de cabeça floral e fresca) , Carolina Herrera (com seus famosos 212 masculino, 50ml, R$199 e feminino, 50ml, R$ 169), Ninna Ricci (no perfume que leva seu nome, sucesso feminino – foto de capa – 30ml, R$ 149) além do clássico Dior, em perfumes modernos, como o J’Adore (uma combinação de notas de hera, violeta, rosa, damasco, amora silvestre e almíscar, 30 ml, R$ 189, (foto 3).


Jornal Mulher

Perfil Empresária Marilsa Calvi Franco Penteado E la é economista, empreendedora e lojista. Mestre em Desenvolvimento Urbano – graduação feita por dois anos no México – Marilsa Calvi Franco Penteado é o que se chama de uma mulher de muitas competências. Há quem a conheça ainda como primeira-dama, ecos de um passado de política vivido por seu marido, o engenheiro

Associação Industrial e Comercial de Itatiba (Aicita), grupo que integra há anos. Jornal Mulher – Butiques segmentadas eram novidade quando A Botica foi criada em Itatiba. Como hoje está o mercado voltado às roupas finas e perfumaria importada na cidade? Marilsa Penteado - Comecei no comércio com outros segmentos,

MP - As mulheres estão cada vez mais atuantes em todas as áreas. Acho que a grande transformação foi a independência econômica. Isto mudou toda a forma de consumir. Elas priorizam hoje a praticidade da compra, a qualidade e preços compatíveis. A beleza, o cuidado com a saúde, a busca da boa qualidade de vida fizeram da mulher moderna uma consumidora especial. Hoje to-

Adilson Franco Penteado, que administrou Itatiba como prefeito entre os anos de 1997 e 2000. Outros, por ser dona de uma das boutiques finas mais tradicionais de Itatiba, a Botica, há quase 24 anos (e da filial em Campinas, nascida há quatro anos). Mas Marilsa é mais que isso. Graduada em Economia pela Universidade São Paulo (USP), ela já atuou como professora universitária (por três anos deu aulas no curso de Planejamento Econômico na Universidade São Francisco – USF) e também como gerente na indústria têxtil de sua família antes de se estabelecer onde hoje atua, o comércio. Empreendedora, Marilsa não cruza os braços esperando apenas que a economia brasileira ajude as vendas. Ela atua pelo desenvolvimento local. Hoje é diretora do Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC), cargo voluntário que ocupa até 2015 na

mas vi a oportunidade de segmentar a loja só para festas, pois havia uma lacuna na cidade de Itatiba e há quatro anos me estabeleci em Campinas

dos têm acesso à informação e, portanto, o atendimento e a dedicação ao cliente são extremamente importantes no sucesso do negócio.

A independência econômica feminina mudou toda a forma de a mulher consumir. A beleza, o cuidado com a saúde, a busca da boa qualidade de vida fizeram da mulher moderna uma consumidora especial também. Já a perfumaria importada foi uma consequência natural, pois já vendia fragrâncias nacionais e como as importadas eram uma novidade na cidade, comecei a trabalhar no ramo. JM - Nestes quase 30 anos no segmento, quais as principais mudanças no perfil da mulher que consome seus produtos?

JM - A idéia de fundar uma confecção de roupas femininas veio como? Ela está ligada à tradição têxtil familiar da qual faz parte? MP – É. Na verdade, estive em contato com este mundo dos tecidos e moda durante toda a vida, mas tem um aspecto pessoal, pois sempre gostei deste mundo. JM - As peças e itens de sua loja,

16

em geral, contemplam mulheres de atitude. É delas hoje o momento? Como vê o empreendedorismo feminino na região, levando em conta sua unidade Campinas de A Botica? MP - Na verdade as consumidoras de Campinas e Itatiba estão na macro região de São Paulo, que é onde tudo acontece, então precisamos ficar muito atentas a toda mudança, tendência e as melhorias que podemos fazer em nosso negócio. JM - Seu perfil multifuncional mais ajuda ou atrapalha na administração de um negócio de moda? Por quê? MP - Acho que toda a informação, se usada a favor, tende a ajudar. O objetivo maior de todo negócio é o “meet a need”, ou seja, precisamos encontrar aquilo que a nossa consumidora precisa e satisfazê-la o melhor possível. Toda a experiência que se adquire vai solidificando uma maneira de trabalhar e método de equipe, que sempre dá certo. JM - De todas as suas atuações, há aquela que se destaca em especial, a qual tenha particular carinho? Qual e por quê? MP - Acho que existem momentos na vida em que você se vê diante de desafios e o melhor é enfrentá-los. Eu trabalhei na Universidade como professora porque queria seguir a carreira, mas acabei trabalhando na indústria de minha família e depois abri meu próprio negócio, estes dois últimos com objetivos de lucro e sucesso profissional. Quando fui primeira dama a questão era social, humana. Precisava trabalhar com carências, com despreparo, com necessidades primárias, um mundo totalmente diferente do que eu estava acostumada. Mas percebi que se não aceitasse o desafio de pelo menos tentar minimizar o sofrimento, a dependência, a falta de condições mínimas de vida, eu estaria perdendo a chance que me foi dada para transformar um pouco o mundo das pessoas. Acho que embora tenha sido um trabalho muito árduo, e nem sempre com sucesso, foi muito gratificante. Conheci pessoas de valor inestimável e pude compartilhar momentos inesquecíveis. Aprendi muito também.


Jornal Mulher Itatiba - Ano 1 - 3ª Edição