Page 1

~å ç ë jornalminuano.com.br BAGÉ, quarta-feira, 21 de agosto de 2019 - ANO XXV Nº 6 309 | R$ 2,00

ACEGUÁ

Teatro Municipal deve contar com 390 lugares

Em obras, Paradouro venderá produtos coloniais

Pág. 3

Pág. 7

Iniciativa foi apresentada, ontem, em Bagé, por produtor cultural e arquiteto

Estrutura começou a ser construída por Associação de agricultores familiares

DIVULGAÇÃO

PROJETO

PARAPAN

Roberto Alcalde chega para disputas no Peru Em terceira participação, bajeense competirá em quatro provas da natação

Pág. 7 ANTÔNIO ROCHA

INCLUSÃO

UMA CORRIDA MAIS QUE FANTÁSTICA Evento alusivo ao Dia Nacional da Pessoa com Deficiência ocorreu no Militão Pág. 10

Previsão do tempo

1ºC

14ºC

EMPREENDEDOR - Liquidação Líder Premium tem descontos de até 30%

Pág. 6


02

Opinião

www.jornalminuano.com.br

BAGÉ, 21 DE AGOSTO DE 2019

FAT - Jornal Minuano | CNPJ: 87415725/0012-81 Endereço: Av. Marechal Floriano, 2050 - CEP 96400-011 - Bagé/RS Telefones: Redação (53) 3242-7693 - Assinaturas 3241-6377 www.jornalminuano.com.br | redacaominuano@gmail.com | facebook.com/jornalminuanobage

GERENTE COMERCIAL Adriana Robaina

EDITOR-CHEFE Felipe Valduga

Editor assistente - Sidimar Rostan • Reportagem - Viviane Becker - Melissa Louçan - Jaqueline Muza - Rochele Barbosa - Yuri Cougo Dias • Chargista Cláudio Falcão • Repórter fotográfico - Antônio Rocha - Tiago Rolim de Moura • Diagramação - Luís Mário Pereira - Vinícius Silva • Assistente comercial - Angelina Britto • Executiva de Contas - Dulce Dias • • Distribuição - Marcos Goulart • Administrativo - Lidiane Selaje Marques • Colaboradores - José Carlos Teixeira Giorgis - Marcelo Teixeira - José Artur M. Maruri dos Santos - Norberto Dutra - Airton Gusmão - Dilce Helena dos Santos - Fernando Risch - João L. Roschildt • Impressão - Gráfica UMA (Grupo RBS) - Porto Alegre/RS

Laboratório de

Jornalismo

Coordenador do Curso de Jornalismo

Glauber Pereira

Os artigos assinados não refletem, necessariamente, a posição do jornal. Por isso, a editoria não se responsabiliza pelas opiniões emitidas.

Luiz Fernando Mainardi

Bolsonaro quer aparelhar o Estado

Nos últimos dias, os brasileiros estão acompanhando, meio estarrecidos, meio preocupados, uma ofensiva do governo Bolsonaro em várias áreas com o objetivo explícito de aparelhamento do Estado. Aquilo que muitos jornalistas e políticos oportunistas acusavam injustamente os governos do PT (que sempre teve um comportamento republicano em relação a nomeações), está sendo colocado em prática pelo bolsonarismo. Era de se esperar, evidentemente. A extrema-direita é autoritária até a medula. E os princípios republicanos são contraditórios com a sua conduta nos governos, já que, para esses governantes, a vontade comum é confundida com a sua própria vontade. É por isso que Bolsonaro passa dizendo que quem manda é ele. Ora, em um regime democrático, o presidente não manda, ele governa, ele coordena uma equipe do Executivo que tem determinados poderes, mas não os têm sem limites. Mas o atual governante insiste em manter no governo a mesma dinâmica das eleições. Copia, dessa forma, a estratégia de Trump, o presidente dos EUA, verdadeiro modelo de todos os políticos populistas de direita no mundo. E, como nas eleições, o candidato, caso não seja um democrata, pode mandar e desmandar sem se preocupar com a institucionalidade de seus atos, acha que pode continuar a fazer isso quando assume o governo. Não pode. E isso tem que ser dito de forma clara para Bolsonaro e para os bolsonaristas, estejam eles no governo federal, estadual ou em prefeituras. Recentemente, o delegado da Receita Federal que chefia a fiscalização da Alfândega no porto carioca de Itaguaí, na Zona Oeste do Rio,

José Alex Nóbrega de Oliveira, denunciou manobras do governo para retirá-lo dali. Segundo as notícias, até mesmo o chefe da Delegacia da Receita da Barra da Tijuca e o superintendente da Receita Federal do Brasil da 7ª Região Fiscal estariam sob risco por se negarem a fazer a substituição. Ainda conforme os jornais, o delegado seria substituído por um auditor lotado em Manaus, que não possuía qualquer passagem pela Aduana e sem nunca ter assumido chefias. A conduta seria errada em qualquer caso. O agravante é que se trata de um posto que lida com um “provável entreposto do poderio bélico da milícia e do tráfico no Rio de Janeiro”, segundo palavras do jornal O Globo. Conforme a mesma matéria, “os problemas mais graves, são a saída de drogas para a Europa e a chegada de armas dentro de contêineres provenientes da Ásia.” O que levaria o presidente da República a se preocupar com a nomeação do diretor da fiscalização da Aduana de um porto com essas características? É realmente uma dúvida preocupante em se tratando de práticas de aparelhamento do Estado. Da mesma forma, Bolsonaro demonstrou intenção de interferir na nomeação do superintendente da Polícia Federal no Rio de Janeiro, justamente o seu estado natal e onde o seu filho Flávio, acusado de desvio de salários de assessores quando era deputado estadual, elegeu-se senador. Também neste caso para nomear um “amigo”, alguém de sua estrita confiança. Ora, essa atitude é totalmente inconveniente, na medida em que o presidente nomeia o Ministro da Justiça, que é encarregado de nomear o Diretor Geral da PF e este os superintendentes regionais. Tal ato caracteriza, claramente, uma intenção de

aparelhar o Estado para a defesa de interesses que ninguém conhece. O mais grave nos parece ser as especulações sobre a nomeação do novo Procurador Geral da República (PGR). O nome mais cotado é o de um subprocurador desconhecido pelo público e até pelos colegas, indicado, vejam só, pelo advogado de Flávio Bolsonaro e que sequer consta na lista tríplice definida em eleição dos procuradores. Nos governos petistas, não apenas era respeitada a lista tríplice como o nomeado sempre foi o mais votado, numa clara indicação de legitimidade da escolha interna, sem interferência do governo. Para complicar ainda mais a intenção do governo, sabe-se agora que o nome preferido pelo presidente declarou em artigo publicado em 2014, que a “democracia é um verdadeiro embuste”. Em outro artigo, cujo título é “A inefetividade das leis”, o mesmo subprocurador afirma que “nosso corpo de legisladores”, em referência ao Congresso Nacional, “nem é dado à reflexão e muito menos guiado pelo interesse público”. Vê-se, nesse caso, que o provável futuro PGR nem apoia o sistema democrático nem tem respeito pelo Congresso. Isso tudo sem falar na mudança de status do COAF, desmontando a estrutura que identificou as falcatruas promovidas por Flávio Bolsonaro na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, e incentivando o esquecimento do famoso Queiróz, personagem desaparecido e que, certamente, tem muito a explicar para a nação em relação à trajetória do clã Bolsonaro no Rio de Janeiro. Aos poucos, a verdade deste governo e deste governante está vindo à tona.

Deputado estadual, líder da bancada do PT da AL

Esta coluna é oferecida a colaboradores que representam diferentes agremiações partidárias. As ideias nela contidas correspondem à exclusiva opinião ou versão de seus autores

Cláudio Falcão

Charge Florêncio e a venda de armas

falcaobage58@gmail.com


Cidade

www.jornalminuano.com.br

BAGÉ, 21 DE AGOSTO DE 2019

03

Projeto prevê Teatro Municipal com 390 lugares em Bagé Após vários encontros para a construção e escolha do espaço que irá abrigar, futuramente, o Teatro Municipal de Bagé, produtor da empresa Impacto Desenvolvimento Cultural, Francisco Miron Roloff, e o arquiteto da Casa A Arquitetura, Elso Engleitner, apresentaram, ontem, o projeto arquitetônico elaborado para a estrutura destinada, em especial, às artes cênicas. O encontro de apresentação ocorreu na Biblioteca Pública Doutor Otávio Santos, imóvel onde será erguido o espaço cultural e contou com representantes de vários segmentos. Conforme Rollof, o pré-projeto foi elaborado com base nas necessidades apontadas em reuniões anteriores, realizadas em Bagé. Ele comenta que, após aprovação da prefeitura, começa a fase de tramitação junto ao Estado, para aprovação de recurso da Lei de Incentivo à Cultura (LIC). O produtor ressaltou que a construção do Teatro, na Rainha da Fronteira, irá preencher uma lacuna de mais de 100 anos e que, segundo ele, o mais importante é a consolidação de uma parceria público-privada entre as empresas e a Prefeitura. “Estamos trabalhando sem receber, quando aprovar e captar os recursos no Conselho Estadual de Cultura, nós ressarcimos os custos”, detalhou. O tipo de parceria mencionado, de acordo com Rollof, já

JAQUELINE MUZA/ ESPECIAL JM

Espaço será todo modificado

está sendo desenvolvido em outros municípios gaúchos. “Temos obras em Santo Ângelo, Horizontina e Ijuí, onde fica a sede das empresas”, comenta. Para ele, através da Lei de Incentivo, Bagé poderá ser presenteada com o empreendimento. “O município deixa de receber grandes espetáculos por falta de um espaço adequado. A obra irá preencher esta lacuna”, ressaltou. Engleitner, que desenvolveu o projeto, salientou que ainda não foi realizado o orçamento para a construção. Porém, ele explicou que a Biblioteca Pública será toda modificada e passará,

por exemplo, a contar com um hall de entrada em comum para o Teatro. Além disso, serão implantados 390 lugares, elevadores, banheiros e acessibilidade para os três andares do prédio, além de serem criados um espaço gastronômico e um local para ensaios. A secretária de Cultura e Turismo, Anacarla Oliveira, salientou a importância da obra. Ela disse que uma cidade histórica, como Bagé, não pode ficar sem o um teatro. A construção do empreendimento, vale citar, está sendo articulada desde o início de gestão do prefeito Divaldo

Lara, ao longo de agendas que envolvem o Gabinete do Prefeito, da Secretaria Municipal de

Gestão, Planejamento e Captação de Recursos e Secretaria Municipal de Cultura e Turismo. DIVULGAÇÃO

Produtor e arquiteto apresentaram proposta e ouviram sugestões


04

Campo & Negócios

www.jornalminuano.com.br

BAGÉ, 21 DE AGOSTO DE 2019

Valor do leite estabiliza Programa vai conceder créditos no Rio Grande do Sul para liquidação de dívidas rurais O valor de referência do leite se manteve estável no Estado. Segundo dados divulgados, ontem, pelo Conselho Paritário Produtores/Indústrias de Leite do Estado do Rio Grande do Sul (Conseleite), o valor estimado para o mês de agosto é de R$ 1,0870, 0,08%, menor do que o consolidado de julho, que fechou em R$ 1,0879. Segundo o responsável pela avaliação de tal cenário, professor da Universidade de Passo Fundo (UPF), Eduardo Finamore, é preciso pontuar que o leite fechou julho com quatro centavos acima do projetado (R$ 1,0486), o que indica um ajuste ocorrido no final do mês passado que já se estabilizou no início de agosto. “Os preços caíram muito. O que tivemos foi um ajuste”, analisou. Para justificar esse cenário, diz ele, o que se viu foi a elevação do leite UHT em 4,12% e a

queda do leite em pó em -2,89%. Finamore alertou que o Rio Grande do Sul precisa de um plano estratégico para escoamento de sua produção tendo em vista que, em breve, será preciso concorrer com mais competitividade por mercados externos e até mesmo dentro no Brasil. “A demanda de leite no Brasil está estabilizada e a produtividade das vacas vêm aumentando em outras regiões como Minas Gerais. O Rio Grande do Sul precisa ser mais competitivo ou achar novos mercados para seu leite”, frisou. A reunião, realizada na sede da Fetag, em Porto Alegre, foi comanda pelo vice-presidente do Conseleite, Pedrinho Signori. Segundo ele, é essencial que a análise de preços leve em conta um estudo dos custos de produção, uma vez que os insumos da atividade leiteira vêm aumentando com força.

A Diretoria do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (Bndes) aprovou nova ação destinada à composição de dívidas rurais. O Programa Bndes Pro-CDD Agro, aprovado no início deste mês, tem o objetivo de conceder créditos para liquidação integral de passivos de produtores rurais ou de cooperativas de produção. A iniciativa contribui para equacionar o endividamento no setor agropecuário do país. O novo programa, solicitado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, tem limite orçamentário de R$ 5 bilhões, a ser utilizado nos financiamentos contratados até 28 de junho de 2019. Se-

rão financiáveis operações de crédito rural de custeio ou investimento que foram pactuadas até 28 de dezembro de 2017, dívidas contraídas junto a fornecedores de insumos agropecuários ou instituições financeiras, inclusive decorrentes da emissão de Cédula de Produto Rural (CPR) e Certificado de Direitos Creditórios do Agronegócio (Cdca).

Condições

Podem ser financiados até 100% do valor do saldo devedor, limitado a R$ 20 milhões, com um prazo de até 12 anos, incluindo uma carência de até 3 anos. Os recursos podem ser contratados com base na Taxa de Longo Prazo

(TLP). O custo final inclui a remuneração do Bndes, de 1,5% ao ano, e a dos agentes financeiros, limitado a até 3% ao ano, totalizando uma taxa mensal final de aproximadamente 1%. As operações de financiamento poderão ser contratadas com os 55 agentes financeiros credenciados para operar com recursos do Banco. Entre eles, há bancos públicos, privados, bancos de cooperativa, cooperativas de crédito, bancos de montadoras, agências de fomento e bancos de desenvolvimento. Os agentes financeiros credenciados já estão autorizados a receber as propostas de financiamento por parte dos produtores rurais.

Sicredi disponibilizará crédito de R$ 300 milhões na Expointer O Sicredi, primeira instituição financeira cooperativa do País, estará presente na 42ª Expointer, que acontece de 24 de agosto a 1º de setembro, no Parque Estadual de Exposições Assis Brasil, em Esteio. Para a edição de 2019, serão disponibilizados R$ 300 milhões em linhas de crédito, com o objetivo de atender às demandas dos associa-

dos, que vão à feira em busca de novas tecnologias e genética de ponta, para elevar sua produção. “As linhas de financiamento que oferecemos na Expointer impulsionam as diferentes cadeias produtivas ligadas ao agronegócio”, destaca o vice-presidente da Central Sicredi Sul/Sudeste, Márcio Port.

Durante a feira, 80 colaboradores atuarão nos três espaços do Sicredi: áreas de máquinas e implementos, pecuária e no Pavilhão da Agricultura Familiar. Em 2018, durante a feira, o Sicredi protocolou 834 pedidos de financiamento, que totalizaram mais de R$ 121 milhões, com ticket médio de cerca de R$ 145.000 por pedido.


Fogo Cruzado

www.jornalminuano.com.br

BAGÉ, 21 DE AGOSTO DE 2019

05

Vereadores assinam moção de Sidimar Rostan preocupação com perspectiva de privatização dos Correios Instrução normativa @sidimarrostan

sidimar_frostan@hotmail.com

Parlamentares de todas as bancadas assinaram uma moção de preocupação com a pretendida privatização da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos. O documento, proposto pelo líder do PT, vereador Lélio Lopes (Lelinho), será encaminhado ao presidente da República, Jair Bolsonaro, do PSL; ao presidente do Senado, Davi Alcolumbre; ao presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia; e ao Ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni.

A moção foi motivada pelo anúncio de que o governo federal estuda privatizar os Correios. Ao demonstrar preocupação com a proposta, o documento menciona a função estratégica da empresa para a logística do país, observando que, em sete cidades da região da Campanha, os Correios empregam mais de 70 funcionários (45 em Bagé, 15 em Dom Pedrito, quatro em Candiota, um em Hulha Negra, dois em Aceguá, três em Lavras do Sul e cinco em Pinheiro Machado).

DIVULGAÇÃO

Mobilização foi proposta pelo líder do PT, Lelinho Lopes

Terras na fronteira poderão servir como garantia a banco de capital estrangeiro A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados aprovou o projeto de lei que permite, ao produtor rural, dar como garantia de empréstimos terra situada em faixa de fronteira. A medida, que beneficia produtores da região da Campanha gaúcha, vale para a instituição financeira que tem participação de capital estrangeiro. A proposta deve seguir para análise do Senado, a não ser que haja recurso para votação em Plenário. A legislação brasileira impede estrangeiros de serem donos de terras na faixa de fronteira. Ocorre que muitos bancos brasileiros têm

investimento estrangeiro, impedindo que os produtores deem suas terras em garantia, porque poderiam acabar na posse de estrangeiros. O autor da proposta, deputado Alceu Moreira, do MDB gaúcho, explicou, à Agência de Notícias da Câmara dos Deputados, que a vedação obriga os produtores a só financiarem sua safra com bancos públicos. A pauta já tinha sido tratada no governo da presidente Dilma Rousseff, quando uma medida provisória permitiu terras de fronteira como garantia de empréstimos, mas ainda assim deputados do PT e do PSOL se preocuparam com o que poderia ser um risco para a so-

berania nacional, uma vez que a proposta avança na liberação da garantia de terras para bancos estrangeiros. O deputado Pompeo de Mattos, do PDT gaúcho, explica que, no Rio Grande do Sul, ‘mais da metade dos produtores estão na faixa de fronteira’. “Eu acho que é o Estado que tem área agricultável de fronteira com maior extensão. E lá nós vivemos uma calamidade, tanto que a presidente Dilma na época apresentou uma medida provisória para resolver essa questão. E resolveu em parte, porque antes não podia financiar nada, os agricultores eram párias”, mencionou.

Governo propõe alterações no Conselho dos Direitos do Idoso Apresentada pela prefeitura, ao Legislativo bajeense, o projeto de lei que altera a nomenclatura do Conselho Municipal dos Direitos do Idoso recebeu pareceres favoráveis das comissões técnicas da Casa. Se for aprovado, em plenário, o colegiado receberá a denominação de Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa.

A nova redação prevê, ainda, que o Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa será composto por 24 membros titulares, paritariamente, entre governo e sociedade civil, nomeados por portaria pelo prefeito. As funções não serão remuneradas, mas o exercício do cargo será considerado relevante serviço prestado ao município.

A proposta que agora será avaliada em plenário também estabelece que o Fundo Municipal dos Direitos do Idoso, vinculado diretamente a Secretaria Municipal de Assistência Social, Habitação e Direitos do Idoso, tem por objetivo facilitar a captação de recursos, destinados a apoiar, em caráter supletivo, os programas e ações dirigidos a pessoa idosa.

permite venda de armas em free shops brasileiros Através de nova instrução normativa, a Receita Federal alterou a lista de mercadorias não admitidas no regime aduaneiro especial de loja franca em fronteira terrestre. Na prática, a medida permite a comercialização de armas e munições em free shops que podem se instalar em cidades gêmeas, a exemplo de Aceguá – cidade que ainda não tem empresa autorizada para operação em solo brasileiro. A nova instrução também

permite a venda de maquinário agrícola, eletrodomésticos de grande porte, materiais de construção civil e pneus. A comercialização de todos os itens haviam sido proibida em 2018. Segue proibida a venda de meios de transporte, bem como suas partes e peças, óleos e combustíveis; e produtos sujeitos à aplicação de direitos antidumping ou compensatórios, definidos em Resolução da Câmara de Comércio Exterior.

Relator aprova uso de vale-cultura para eventos esportivos proposto por Hamm O deputado federal Evandro Roman, do PSD do Paraná, apresentou parecer favorável ao projeto de lei que permite que o vale-cultura seja utilizado para eventos esportivos. A proposição do parlamentar ainda será apreciada pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania. O texto, apresentado pelo deputado federal Afonso Hamm, do Progressistas, em 2013, já foi aprovado pela Comissão de Cultura. O vale-cultura é um benefício de R$ 50 mensais, oferecido por empresas a trabalhadores que recebem até cinco salários mínimos, que pode ser usado para pagar ingressos de teatro, cinema, circo, museus, shows de música, e para comprar livros e revistas. Com o vale-cultura, atualmente, também é possível pagar mensalidades de cursos de audiovisual,

dança, circo, fotografia, música, literatura, teatro, entre outras atividades culturais. Hamm argumenta que ‘o esporte é uma das formas de expressão cultural’, sustentando ‘que a organização desportiva do país, fundada na liberdade de associação, integra o patrimônio cultural brasileiro e é considerado de elevado interesse social’. “E o futebol é um dos mais fortes símbolos da identidade do nosso povo”, acrescenta. Em seu relatório, Roman observa que ‘ao inferir a intrínseca relação entre a cultura e o esporte, fundamentada no direito social ao lazer e na compreensão do desporto como uma significativa manifestação cultural, é possível concluir que os propósitos do projeto guardam perfeita adequação e sintonia com os preceitos constitucionais’.


06

Empreendedor

www.jornalminuano.com.br

BAGÉ, 21 DE AGOSTO DE 2019

Líder Premium inicia liquidação de inverno

O inverno está chegando ao fim, mas ainda dá tempo de renovar o estoque de roupas de frio para o próximo ano. E o melhor: com super descontos em peças selecionadas. A Liquida Inverno traz descontos de até 30% nas compras realizadas à vista. A gerente da loja, Rita Echevarria, destaca que são peças tanto para atender quem procura por itens mais sociais quanto para compor looks casuais com marcas de reconhecida qualidade. Destaques para a jaqueta Camelo, que de R$ 589 caiu para R$ 412; colete da G’Dom de R$ 179 por R$ 125; jaqueta Enrico Rossi, de R$ 299 por R$ 209; casaco Kaban Carnonelli, de R$ 699 por R$ 399; suéter Don Carli, de R$ 189 por R$ 132; camisa Zaiko, de R$ 149 por R$ 99. A Líder Premium trabalha com as principais bandeiras de cartões de crédito e tem crediário via financeira da Soacred. O procedimento é fácil e rápido. Basta apresentar carteira de identidade, CPF, comprovante de renda, residência e indicar dois números telefônicos para referência. Nessa modalidade, é necessário pagar 30% do valor da compra no ato, como entrada. Além de tudo

ANTÔNIO ROCHA

Sobreiro Vinos Y Regalos

Nesta sexta-feira tem mais um evento de degustação no Sobreiro Vinos Y Regalos. Nesta edição, serão apresentados vinhos italianos, com a importadora Porto a Porto. Um deles é o Corbelli, com variedade da uva Sangiovese. É a partir das 18h30min, na avenida Tupy Silveira, nº 1.572, sala 3.

Piano Studio Cheisa Goulart

Que tal começar a introduzir o ensino de música na vida do seu pequeno desde cedo? A musicalização, além de ensinar música, ajuda no desenvolvimento da coordenação motora, da fala, do vocabulário, das habilidades cognitivas (memória, motricidade, concentração, criatividade...), assim, estimulando vários sentidos. As aulas de musicalização infantil acontecem todas as quartas, às 11h, na avenida Sete de Setembro, Galeria Kalil, sala 200.

Roses Profissional

A linha Loira de Farmácia Lola Cosmetics cuida dos cabelos loiros, enquanto matiza os fios. Proporciona um loiro hidratado e com muito brilho. Disponível na Roses Profissional, na Av. General Osório, 1.027.

Loja Estrela Promoção para renovar o guarda-roupa de inverno com preço especial

isso, a loja tem os setores de roupas Casual e Esporte. A loja possui, além de toda a consultoria de moda para o cliente, um atelier especializado para fazer todos os ajustes necessários às roupas adquiridas, de forma totalmente gratuita. A Líder Premium também pensou nos noivos ao montar um pacote especial para eles. Ao comprar

toda a roupa para a cerimônia, o cliente ganha um brinde especial para o dia de seu casamento. A loja está situada na Avenida Sete de Setembro, n° 1.027. Os telefones para contato são (53) 3242.6500 ou 999 406 119 (WhatsApp). O horário de atendimento é das 9h às 19h, de segunda-feira a sábado, sem fechar ao meio-dia.

A loja está com uma mega liquidação de calçados. Destaque para as botas por R$ 79,90 à vista ou R$ 99,90 a prazo. A loja aceita todos os cartões e disponibiliza crediário próprio. A loja Estrela está localizada na Avenida Santa Tecla, 928, e funciona de segunda a sábado, das 8h às 19h30min, sem fechar ao meio-dia.

Aniversariantes Alexandre Pimentel Mendonça Aluizio de Azevedo Andressa da Silva Moreira Átilla Machado Vinhas Brasilina Quintana de Oliveira Edgar Macedo Guilherme Bragança Iraci da Silva Gonçalves Ivan Cezar Nunes Leonardo Freitas Bitencourt Luísa Maria Severo Ávila

Márcio Spenst Maria Lúcia Valin Barbosa Maria Ofélia Gomes Marlene de Vargas Miriam Barreto El Uri Pâmela da Silva Paulo Bayard Torrescasana Silveira René Jairo Fagundes Tatiane Rodrigues Rosa Tiago Melo Lopes Vera Maria Fagundes Ávilla


Cidade

www.jornalminuano.com.br

BAGÉ, 21 DE AGOSTO DE 2019

Associação inicia construção de estrutura para venda de produtos da agricultura familiar em Aceguá

FOTOS DIVULGAÇÃO

Obra começou na última segunda-feira

A Associação de Produtores do Minuano, no município de Aceguá, iniciou, na segunda-feira, a construção de um Paradouro, às margens da BR-153, junto ao acesso à localidade da Colônia Nova. O local será utilizado pelos integrantes da entidade, que comercializarão produtos coloniais, como pães caseiros, cucas, geleias e mel, além de hortifrutigranjeiros, flores, árvores nativas e artesanato. Desde de maio, o grupo realiza feiras no local. O espaço será erguido ao lado da Igreja local. “Foi realizado um termo de comodato com a Diocese de Bagé para a utilização do terreno”, explicou o presidente da entidade, Vilson Kuhn. O projeto utiliza, como base, um contêiner, que foi adquirido pela entidade e já está sendo instalado no local. O restante da estrutura de madeira, o piso, a cobertura e os vidros estão sendo buscados através de doações. “Empresários

de Aceguá já nos ajudaram com areia, cimento e materiais para o banheiro. Mas, ainda, nos falta materiais para o telhado e alguns vidros para o fechamento das laterais. Todas as doações serão bem-vindas para a construção desta obra”, ressaltou Kuhn. Segundo o presidente da entidade, o valor do investimento é estimado em torno de R$ 15 mil e a previsão de inauguração é para a segunda quinzena de setembro. A iniciativa pretende alcançar os consumidores que vão até Aceguá para fazer compras nos free shops. “O turismo é uma área que tem crescido em todas as regiões. E essa iniciativa será muito importante para explorar esse turismo de fronteira”, observou Kuhn.

Para colaborar

Quem estiver interessado em ajudar, com doações, deve entrar em contato pelo WhatsApp (53) 99953-0013.

Entidade projeta inaugurar espaço em setembro

07


08

www.jornalmin

BAGÉ, 21 DE AGOSTO DE 2019

Vi A felicidade da Luiza na festa de seus 4 anos, com Fabrício Luiz Madruga e Cláudia Fernandez Pereira, na Fest In Company

Irio Bastos Abatti e Luciane da Silva comemorando os 8 anos do filho Ismael, na Fest In Company

A princesa Antonia Vernieri recebendo carinho na festa a fantasia da LolliCriative

Foi no Cantegril, no sábado, a comemoração de 5 anos do Paulinho Bandeira Parera, filho da Roberta e do Paulinho (Foto Munique Monteiro)

No dia 10, Chelei e Lindonor Peruzzo Jr r primeiro aninho da caçula Isabela (Foto O


nuano.com.br

BAGÉ, 21 DE AGOSTO DE 2019

09

ivi Becker viviminuano@hotmail.com

receberam amigos, no Espaço Aquarela, para festejar o Oficina da Imagem)

Pierre e Daiana comemorando o primeiro aninho do pequeno príncipe, Inácio Munhoz Guilherme (Foto Cathiussa Ott)

Professor Bolinho orgulhoso da aluna, a solista vocal pré-mirim Yasmin Amorim, em seu primeiro concurso, representando o CTG Sentinela da Fronteira Bagé. Ela foi premiada no CTG Candeeiro do Pago de Candiota

João Marcelo Melo Ceconello amou a pintura do rosto em tarde divertida na LolliCreative


10

Cidade

www.jornalminuano.com.br

BAGÉ, 21 DE AGOSTO DE 2019

Corrida Fantástica reúne mais de 100 competidores em sua sexta edição

Marcando o início das atividades da Semana Nacional da Pessoa com Deficiência, a sexta edição da Corrida Fantástica aconteceu ontem à tarde, em frente ao Ginásio Presidente Médici, o Militão. Neste ano, mais de 100 concorrentes participaram da corrida, realizada pela Associação Bajeense de Pessoas com Deficiência (Abadef). Cimone Gonzales, presidente da entidade, conta que a cada ano a corrida cresce em número de participantes e em prestígio com a comunidade. Neste ano, foram 100 inscritos das escolas municipais de Bagé e Aceguá, da rede estadual de Bagé e da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae). “Hoje, a mãe de um participante da corrida contou que, na escola do filho, fizeram sorteio entre os colegas para escolher quem ia empurrar a cadeira dele na corrida, estavam muito mobi-

FOTOS ANTÔNIO ROCHA

Arthur Ferraz foi conduzido por colegas

lizados. Isso mostra que conseguimos alcançar o nosso objetivo, de inserir a comunidade neste tema. É quase um a inclusão ao inverso”, explica Cimone. Para Isabelly, uma das questões mais importantes da corrida é a organização. Aos 12 anos, já participou de todas as edições da corrida e sempre fantasiada. Já

Isabelly “Jessie” participou de todas as edições da corrida

vestiu a fantasia de Chiquinha, da turma do Chaves, e de Os Incríveis. Neste ano, escolheu a personagem Jessie de sua saga cinematográfica preferida, Toy Story. “Escolher a fantasia é o que ela mais gosta. Ela mal sai de uma corrida e já começa a pensar na fantasia para a próxima. Eles se sentem muito importantes, é muito gratificante de ver a expectativa em que eles ficam”, conta. Outro competidor que chamou a atenção, e dessa vez não foi pela fantasia, foi o pequeno Arthur Ferraz. Aluno da escola municipal Visconde Ribeiro de Magalhães, foi carregado com grande entusiasmo pela turma de colegas do 2º ano. Já a escolha de Daniel Alves dos Santos Valério, de 11 anos, foi mais clássica. Ele optou pela fantasia de Fred Flintstone para participar da corrida pelo terceiro ano consecutivo. Acompanhado pelos pais e irmãs, além da turma da escola municipal Roberto Burns.


Cidade

www.jornalminuano.com.br

BAGÉ, 21 DE AGOSTO DE 2019

11

Atividades do Feirão APAExone-se iniciam hoje

Para celebrar os 50 anos da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de Bagé, foi programada uma semana inteira de atividades culturais e recreativas para a população da Rainha da Fronteira: o Feirão APAExone-se. Os eventos iniciam hoje e se estendem até a próxima quarta-feira. Responsável pela captação de recursos da entidade, Juliana Alves é uma das organizadoras do Feirão. Ela conta que as atividades foram pensadas como forma de agradecimento aos bajeenses, por todo o acolhimento à entidade nas últimas cinco décadas. “Por isso convidamos o público para que se faça presente, porque esse feirão foi pensado para eles”, destaca. A programação inicia hoje, com atividade voltada aos assistidos das oficinas da Apae, com confraternização no Subway e passeio de Maria Fumaça. Na sexta-feira, acontece o lançamento do Feirão, com coquetel de confraternização promovido pela MALP, para empresários, poder público e autoridades locais, patrocinadores e apoiadores do evento. O ponto alto da programação acontece no final de semana,

TIAGO ROLIM DE MOURA

Assistidos da instituição participam, nesta quarta-feira, de um passeio

com intensa programação cultural no Largo do Centro Administrativo. Aberto à comunidade, o evento acontece das 10h às 18h e contará com venda de carros, brinquedos, exposição de parceiros e patrocinadores e oficina de teatro com Tholl e Bebé.

No sábado, às 15h, junto com a abertura oficial do evento, a Orquestra Jovem do Pampa realiza apresentação junto a pianista Cheisa Goulart e contará com participação especial do Saulo Laucas. O tenor cego e autista cantou o hino do Brasil no encer-

ramento dos jogos Paralímpicos e também já se apresentou no Rock in Rio. No domingo, a programação musical inicia às 14h, com show da banda Som da Cor. Às 16h, tem show com a dupla Estela e Mariano e, após, apresenta-

ção do grupo de dança da Apae. Às 18h, acontece o sorteio da rifa de uma televisão 50 polegadas, que estará à venda junto ao estande da Associação durante o evento. Paralelo a estas atrações, durante o sábado e o domingo, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação realiza, também no Largo, o 1º Bagé Fest Food, que reúne gastronomia, música e cervejarias da cidade. As atividades seguem durante a próxima semana. Na segunda, 26, discentes do curso de Sistemas de Informação, Arquitetura e Psicologia da Urcamp ministram a palestra “Empatia, inclusão social e oficinas sensoriais”, a partir das 14h, no Complexo Cultural do Museu Dom Diogo de Souza. Na terça-feira, 27, tem roda de conversa, também no complexo do Museu, com o tema “Pessoas com deficiência e a família no contexto atual”, a partir das 13h30min. A atividade encerra na quarta-feira, 28, com uma atividade voltada, especialmente, para os assistidos da Apae e familiares. A partir das 20h, no Complexo do Museu, acontecem apresentações do grupo de dança da entidade e Fábrica de Gaiteiros.


www.jornalminuano.com.br

BAGÉ, 21 DE AGOSTO DE 2019

Edibar

12

Lazer

Há sinal de novidades no serviço e você pode ceder à tentação de deixar as tarefas rotineiras de lado. Foque no que precisa ser feito se quiser subir na carreira. Momentos descontraídos a dois.

VIRGEM No serviço, há sinal de imprevistos: preste atenção ao seu sexto sentido. Aproveite para tentar algo diferente ao cuidar da saúde. A conquista talvez se torne complicada.

Horóscopo

Palavras Cruzadas

Alergia respiratória (?) Leão, cantora

Área de circulação de carros Clube Atlético Mineiro (sigla) 201, em romanos Uma das causas de desidratação Tranquilidade

LIBRA

Bom dia para pedir uma ajuda aos amigos ou ouvir os conselhos de alguém em quem confia. Vale a pena ceder um pouco para manter a paz com os familiares. Os amigos podem ajudar na conquista.

Tenente (abrev.) Seguir; caminhar

(?) em tentação: pecar (Rel.)

Hiato de "ciúme"

A menor das regiões brasileiras

ESCORPIÃO

BANCO

Se depender das estrelas, vai contar com ótimas energias para iniciar uma dieta ou praticar exercícios físicos. Seu lado ambicioso se destaca. Não há sinal de muita novidade na conquista.

SAGITÁRIO Aposte no trabalho em equipe para colocar em dia as tarefas. Seu lado simpático vêm à tona e pode envolver clientes ou o público para encher o bolso. A dois, bom humor e romantismo!

CAPRICÓRNIO Astral favorável para mudança de residência, início de obras ou reparos em casa. No trabalho, não será complicado cuidar de tarefas do dia a dia. A paixão esquenta os momentos a dois.

AQUÁRIO Trabalhar em grupo pode ser uma boa maneira de conquistar seus objetivos. Mas mal-entendido ou perda de informações talvez traga desafios. A paquera pode surpreender.

PEIXES Redobre a atenção e faça a sua parte para economizar. Se precisa de um dinheiro extra, será necessário trabalhar duro. Talvez as coisas andem meio devagar na conquista.

37

Solução

Loterias

LEÃO

"(?) Dê Motivo", sucesso de Tim Maia

C

CÂNCER O trabalho conta com boas energias e você pode encontrar maneiras de melhorar seus ganhos. As finanças estão protegidas. Faça a sua parte para evitar críticas no romance.

Folheto que acompanha aparelhos eletrônicos

A

GÊMEOS Aproveite a fase para se dedicar a tarefas que exigem trabalho em equipe e boa comunicação com as pessoas em geral. Um caso com alguém próximo tem tudo para se tornar mais interessante.

Quem gera renda (?) Barbosa, escritor

P

TOURO

Confie em sua intuição, mas tenha cautela no serviço mesmo assim. Assuntos antigos podem vir à tona e mexer com os seus sentimentos. Seu jeito misterioso deve fazer a diferença na conquista.

Para o (Gram.)

Perversão

C

Priorize as tarefas que dependem da sua iniciativa, mas evite brigar com alguém mais conservador. Se confiar na sorte, pode se dar bem em jogo agora. Romantismo e dedicação a dois.

Nome da letra "S" Travessura (bras.)

Jô Soares, apresentador de talkshow Naquele lugar

Adjetivo (abrev.) Fritar (ovos) sem mexer Letra tê Cassetete usado por policiais

Sem altos e baixos

Filho, em inglês Escolhida por votos

A V E L E R I S O N S S E I A L A R V O E M S M A T E N R U E I A S U L

ÁRIES

Cupido, para os gregos (Mit.)

Arara e tucano

T O R R I C I E P O G S O R E J A L S T R E A T I R R E T U A A I N C A I I A R R L M A

A Dona do Pedaço - GLOBO - 21h Maria da Paz afirma que irá recuperar sua fábrica. Régis desperta e chama por Maria da Paz. Um policial descobre uma pista sobre o assassinato de Lucas, e Camilo comemora. Otávio e Agno pressionam Fabiana a deixar a construtora. Fabiana visita Sabrina e diz que Vivi aceitou contratá-la como assistente pessoal. Maria da Paz pede perdão a Rock. Abel pede para conversar a sós com Britney. Márcio se preocupa com as decisões de Jô. Maria da Paz e Amadeu tentam falar com Antero sobre o documento que anula a posse de Jô sobre a fábrica. Otávio descobre que Vivi contratou Sabrina. Britney revela a Abel que é transgênero. Régis expulsa Jô do hospital.

Personagens de "O Guarani" (Lit.) Principal atração do réveillon carioca

© Revistas COQUETEL

O canu- Metade de dinho, seis (Mat.) por seu Severiinterior dade

C H E F E D E T O R C I D A

Bom Sucesso - GLOBO - 19h30min Paloma garante a Alberto (Antônio Fagundes) que não está com Marcos. Alberto passa mal. Paloma se recrimina por pensar em Marcos. Alice trata Francisca com hostilidade quando a professora lhe convida para ser a oradora da turma.Paloma promete a Alberto que manterá distância de Marcos.Paloma fica constrangida quando Marcos comenta detalhes de seu encontro em Búzios, para que Alberto ouça. Paloma pensa em deixar o trabalho por causa de Marcos, mas o empresário afirma que ele é quem sairá da mansão.

A responsável pelas coreografias nos jogos de beisebol (EUA) Muito ruim; péssimo

C

Órfãos da Terra - GLOBO - 18h30min Fernando denuncia Dalila e Gabriel para Almeidinha. Valéria chama Camila para fugir com ela. Gabriel foge do país. Rogério e Padre Zoran acertam a matrícula de Salma na escola. Camila se despede de Rania e Miguel, que estranham a repentina viagem da filha. Robson se recupera e decide procurar Dalila. O Rabino conversa com Latifa sobre a sua conversão. Todos se emocionam com a entrevista de Santinha. Robson entra na casa de Dalila. Helena convida Hussein para jantar. Elias pede para reatar com Missade. Fauze se preocupa com Dalila. Jamil lembra da suposta noite de amor que teve com a vilã. Robson atira contra Dalila.

3/son. 5/calma. 6/linear. 7/porrete. 8/diarreia.

Novelas

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS

www.coquetel.com.br

FEDERAL

LOTOFÁCIL

LOTOMANIA

Sorteio: 05415

Sorteio: 1854

Sorteio: 1996

03 04 05 06 08

01 11 15 23 28 30 31 40 43 44 51 57 66 68 86 90 93 94 96 99

1º prêmio 2º prêmio 3º prêmio 4º prêmio 5º prêmio -

42284 66207 91557 62540 48954

11 13 14 15 16 17 18 20 22 24

DUPLA-SENA

MEGA-SENA

QUINA

Sorteio: 1975

Sorteio: 2180

Sorteio: 5049

10 12 16 21 28 38

23 48 53 56 77

1º- 01 04 12 14 33 50 2º- 01 10 17 27 33 47


Cidade

www.jornalminuano.com.br

BAGÉ, 21 DE AGOSTO DE 2019

13

Projeto Fábrica de Gaiteiros tem captação de verbas, via Lei Rouanet, aprovada para 2020

O Plano Anual de Atividades e Manutenção da Fábrica de Gaiteiros, para o ano de 2020, foi publicado no Diário Oficial da União. O valor previsto, aprovado pela Lei Rouanet, é de R$ 896.530,59 e deverá ser captado até 31 de dezembro deste ano. O projeto, na atualidade, é mantido pelo Instituto Renato Borghetti de Cultura e Música (IRB) e atende cerca de 550 crianças e adolescentes em 12 unidades. Conforme o diretor do IRB, Marcos Borghetti, é a terceira vez que o Instituto é aprovado. Ele salienta que as empresas que se interessam em auxiliar o projeto podem confirmar apoio através do site www.fabricadegaiteiros.com.br. “A captação sempre é uma parte difícil e estamos disponíveis para atender as empresas”, ressalta. A unidade de Bagé, que conta, hoje, com 55 alunos, é desenvolvida numa parceria entre a Prefeitura e o Instituto Renato Borghetti. Ao longo dos anos, já formou 250 alunos, em cinco anos de existência. A iniciativa

FOTOS JAQUELINE MUZA/ ESPECIAL JM

Jovens estão aprendem a usar o instrumento

Geovanna já arrisca algumas músicas na gaita

atende crianças e adolescentes, de 7 a 15 anos. Conforme o coordenador do projeto, Augusto Freitas (Maradona), além de ensinar a musicalização, o projeto é um instrumento de cidadania. “Não dá para parar. As aulas auxiliam na vida e também proporcionam a profissionalização. Estamos buscando parceiros para manter o projeto”, frisou.

dois municípios”, relata. Os jovens Geovanna Petrovichi, de 11 anos, Otávio Poschi, 9, e Guilherme Betervide, 12, estão iniciando no projeto. A menina está aprendendo há dois meses e já arrisca algumas canções, como Mercedita. “É muito bom. No início dói um pouco os dedos, mas em seguida a gente acostuma”, relata.

Maradona relata que o primeiro aluno da Fábrica de Gaiteiros, Guilherme Moraes, hoje com 19 anos, além de tocar profissionalmente, já está trabalhando como instrutor do projeto. Ele conta que está sendo aberta uma unidade do projeto em Candiota e que o jovem irá auxiliar nas aulas. “Será uma extensão de Bagé, com integração entre alunos dos

Participação

Para participar do projeto é necessário entrar na fila de espera. De acordo com Maradona, as aulas são de segunda a quinta-feira, nos turnos da manhã e tarde. Atualmente, são 60 vagas disponíveis e são realizados em torno de 80 apresentações por ano. A Fábrica de Gaiteiros é um projeto gratuito voltado à sociedade que forma construtores e alunos de acordeão diatônico, instrumento conhecido popularmente na região sul do Brasil como gaita de oito baixos. O projeto é realizado na cidade de Barra do Ribeiro, onde se encontra a sede, com uma fábrica de acordeons, três salas de aula, um espaço para exposições, uma rádio web e um auditório para 85 pessoas. Atinge, na atualidade, dez cidades do Estado: Porto Alegre, Guaíba, Bagé, Tapes, Butiá, São Gabriel, Lagoa Vermelha, Arambaré, Piratini e duas em Santa Catarina (Lages e Blumenau), que recebem as gaitas gratuitamente pela Fábrica, assim como toda metodologia (método e material didático) de ensino e manutenção das gaitas.


14

Segurança

www.jornalminuano.com.br

BAGÉ, 21 DE AGOSTO DE 2019

ANTÔNIO ROCHA

Óbitos

ARENO RONDON PEREIRA, 80 anos, calceteiro aposentado, viúvo. Residia na rua Cônego Bittencourt, bairro Pedra Branca. Deixa os filhos Neusa Teresinha, Areno Cesar, Osmar César, Areno Gelson, Ana Cristina, Areno Júnior e Alex Sandro. MARIA DE LOURDES PEREIRA SILVA, 73 anos, funcionária pública municipal aposentada, casada com Wilmar Silva. Residia na rua 789. Deixa os filhos Maria Cristina, Flaubia Regina, Nelci Batista, Ana Elisa, Luciana Patrícia e Juliana. ALEXIA DA COSTA XAVIER, 19 anos, estudante universitária, solteira. Residia na rua José Malafaia. ANA MARIA MAIA SILVA, 89 anos, dona de casa, viúva. Residia na rua Artur Lopes. Deixa os filhos Lúcia Helena, Ana Beatriz, Sônia Regina e Paulo Luiz. ANA LUIZA VAZ PEREIRA, 66 anos, dona de casa, solteira. Residia na rua Alcides Etchegoen, bairro Dois Irmãos. Deixa os filhos Sandra Mara, Maria Cristina, Marta Helena, Vladimir Antônio, Gladimir, Cladimir, Volmir e Fladimir. HÉLIO DA SILVA, 68 anos, ronda, casado com Enilda Brum da Silva. Residia na rua Professor Miranda, bairro Arvorezinha. Deixa os filhos Jociele e Márcio. JOÃO SALVADOR SILVA DA SILVA, 67 anos, pedreiro aposentado, solteiro. Residia na rua José Jardim Machado, bairro Prado Velho. Deixa os filhos João Verônico, Érica Cecília, Laurelem, Anibal e Vitória.

Velório ocorria no Cemitério Arimateia

Família denuncia Santa Casa por atestar morte de idosa falsamente Conforme registro de ocorrência, mulher foi velada por oito horas ainda apresentando sinais vitais

Uma história triste, para não dizer inusitada, foi registrada ontem, em Bagé. A idosa Rosaura Vaz, de 80 anos, foi atestada como morta, por volta das 00h15min de terça-feira e, então, encaminhada para o velório e sepultamento no Cemitério José de Arimateia. Porém, oito horas depois, familiares suspeitaram da temperatura do corpo e afirmaram que ela apresentava sinais vitais. De acordo com o registro de ocorrência, feito pela família da idosa, ela foi internada na sexta-feira, na Santa Casa de Caridade, em função de complicações de um diabetes e sofrendo convulsões. Conforme a nora de Rousara, Raquel Rodrigues Chaves, ela teve um agravamento e, numa tomografia, foi constatado que ela estaria com um cisto. “Ficamos durante todo final de semana em visitas. Ela estava lúcida, na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI). Inclusive o médico dela afirmou que ela iria sair dali para casa, pois estava melhorando”, contou. Segundo o boletim registrado na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA), no início da noite, contudo, o médico ligou para familiares e relatou que ela teria sofrido uma parada respiratória, mas que não havia necessidade de comparecer no hospital. Após um tempo, ainda como relatam na ocorrência, cerca de cinco minutos depois, um novo telefonema do médico pediu que a família retornasse para

o hospital, pois o estado dela havia se agravado. No momento que a família retornou, por volta da meia-noite, o médico atestou o óbito. Ainda no registro, diante da situação, foi acionada a funerária, sendo o corpo encaminhado para o Cemitério José de Arimateia, para o velório. E o que parecia ser um triste episódio, mas comum a qualquer família, se tornou em um fato mais que atípico e que repercutiu em Bagé e região. Raquel contou para a reportagem do MINUANO que, durante o velório, os familiares passaram a estranhar os sinais da vítima, pois a pele, segundo ela, não estava enrijecida, havendo coloração e temperatura corporal normal. Segundo o registro policial, a filha da vítima possuía um aparelho de verificação de pressão e, ao realizar a verificação, constatou-se que estava 12/7 e com 50 batimentos cardíacos. A nora da vítima, então, comentou que a família telefonou para o Samu, que disse que não iria e que deveriam entrar em contato com o hospital. “Entramos em contato com o médico, mas não fomos atendidas. Telefonamos para a Santa Casa de Caridade de Bagé e informaram que o médico iria ir até o velório, o que aconteceu cerca de 40 minutos após. Ao realizar o exame, o médico ainda disse não perceber os batimentos cardíacos, mas que a vítima apresentava cor e temperatura normais e que a pupila não estava dilatada, como na Unidade de Tratamento Intensivo”, contou. Raquel, então, detalhou que, após 1h15min, uma ambulância foi enviada para remover a vítima, com a presença de um familiar. Consta que, então, ao chegar no hospital, a idosa passou a enri-

jecer e esfriar, vindo a falecer. Após todos procedimentos, e em virtude da amplitude das acusações, o corpo da idosa iria passar por avaliação do Departamento Médico Legal, através de uma necropsia, que seria realizada na noite de ontem. O caso será investigado pela Segunda Delegacia de Polícia Civil.

Contraponto A reportagem do MINUANO entrou em contato com o médico Luis Alberto Vargas, citado no boletim de ocorrência como responsável por emitir o atestado de óbito. Porém, até o fechamento desta edição, ele não atendeu as ligações e nem foi encontrado. Procurada, a Santa Casa de Caridade de Bagé se pronunciou por meio do administrador Alexandre Andara. Ele informou que a posição da instituição é que lamenta muito o fato ocorrido, mas que, ao atestar a morte da vítima, o médico Luis Alberto Vargas procedeu corretamente. Andara ressaltou que uma ambulância foi enviada até o cemitério ‘para o alento da família’. “A família veio junto no momento que retornaram com a vítima, uma equipe multidisciplinar composta por médicos, enfermeiros, técnicos e o administrativo estavam no momento e realmente a idosa já estava morta, atestando o óbito”, complementou. Sobre o questionamento que a vítima estava com pressão arterial, o administrador não chegou a se manifestar formalmente, mas mencionou que a pessoa que aferiu a pressão não era uma pessoa da área da saúde. Conforme ele, há casos em que o corpo ainda tem espasmos e até fica com temperatura durante um determinado período.


Esporte

www.jornalminuano.com.br

BAGÉ, 21 DE AGOSTO DE 2019

Roberto Alcalde embarca para o Parapan em Lima

Depois dos Jogos Panamericanos, em que o Brasil terminou em segundo no quadro geral de medalhas, é a vez do paradesporto entrar em ação. Do dia 23 de agosto até 1º de setembro, Lima (Peru) recebe o Parapan, edição que será a maior da história, com 1.890 atletas, de 33 países, em 17 modalidades. O Brasil será representado por 337 atletas em todos os esportes, também a sua maior delegação até hoje. E dentro desse contexto, Bagé será representada nas piscinas com Roberto Alcalde Rodriguez. O bajeense embarcou na terça-feira e chegou ontem na capital peruana. A delegação brasileira de natação conta com 40 atletas. Alcalde competirá em quatro provas: 400m livre (dia 25), 50m borboleta (26), 100m peito – sua principal (27) e 200m medley (31). Diariamente, na natação, as eliminatórias ocorrerão a partir das 11h. Já as finais sempre iniciarão a partir das 19h. No Brasil, os direitos de transmissão do Parapan são do Grupo Record, que distribuirá a cobertura do evento entre Record TV, Record News, o serviço de strea-

ming Play Plus e no site R7.com, cujo acesso é gratuito. Esta será a terceira vez que Alcalde competirá num Parapan. A estreia foi em 2011, em Guadalajara (México), quando ficou em quinto lugar nos 100m peito. Em 2015, na cidade de Toronto (Canadá), o bajeense evolui e conquistou medalha de ouro, nos 100m peito, e bronze, nos 200m medley. Agora, busca o bicampeonato da prova em que é especialista. “Minhas expectativas são de tentar fazer o melhor tempo que eu conseguir. O foco ainda é o mundial que será em seguida. Então, não vai dar pra descansar tanto no Parapan, mas a minha expectativa é de bons resultados, principalmente, nos 100m peito”, ressaltou ao jornal MINUANO.

Mundial: próxima parada

Assim que terminar o Parapan, Alcalde viaja direto para a 10ª edição do Campeonato Mundial de Natação Paralímpica, que acontece em Londres (Inglaterra), de 9 a 15 de setembro. Inicialmente, a competição seria na Ma-

DANIEL ZAPPE/CPB/MPIX

Luan Ribeiro Pinto tem sido convocado com frequência

Guilherme Gomes foi chamado para seleção gaúcha sub-15

Depois de quase dois meses de intervalo, o Bagé Basquetebol Clube (BBC) volta à quadra pelo campeonato estadual. Neste sábado, no ginásio Militão, pela primeira rodada do returno, o BBC en-

frenta o Colégio Sinodal, de São Leopoldo. Às 12h, as equipes jogam pela sub-15. Às 13h30min, o duelo acontece pela sub-17. A entrada é gratuita. Em ambas as categorias, o time bajeense encerrou o

Nadador participa dos jogos pela terceira vez

lásia. Entretanto, em virtude da negativa do governo local em permitir os vistos para a delegação de Israel, o mundial foi transferido para Londres. O Brasil será representado por 26 nadadores. Até o momento, Alcalde está confirmado em duas provas: 100m peito e o revezamento misto 4x50m medley. Entretanto, nos próximos dias, pode garantir participação em outras. O bajeense tenta pela segunda vez o título mundial. O feito foi conquistado em 2013, em Montreal (Canadá), nos 100m peito.

Retrospecto em 2019

Nesta temporada, Alcalde tem 100% de aproveitamento. Após um treinamento intensivo em Rio Maior (Portugal), o bajeense começou o ano com medalha de ouro no Open Loterias Caixa, com a marca de 1min 36s, a sua melhor nos últimos três anos. E pelo Circuito Loterias Caixa, que vale como campeonato brasileiro, ocorreram duas etapas. Na primeira, ganhou ouro nos 100m peito, 400m livre e prata nos 200m medley. E na segunda, ouro nos 100m peito.

turno a um ponto da zona de classificação para os play-offs. Então, a meta para o segundo semestre é passar, pela primeira vez, após a reativação do projeto, em 2017, para a fase decisiva do estadual. Neste período em que o estadual esteve interrompido, o BBC focou em treinamentos intensivos. Destaque para o título do Torneio Internacional de Rivera, vencendo, na final, a tradicional equipe de Salto (Uruguai), pela sub-17. Na sub15, o BBC optou por utilizar jovens de 13 e 14 anos, a fim de obterem experiência de competição. Nesse intervalo de partidas oficiais, dois atletas foram convocados para a seleção gaúcha. Na sub-15, o armador Guilherme Gomes foi chamado para duas etapas de treinamentos. Na sub-17, o escolhido foi o pivô Luan Pinto, que tem sido lembrado com frequência, desde quando estava no infantil.

O projeto Vale lembrar que, além do caráter competitivo, o BBC também conta com dois núcleos sociais, em Bagé e Candiota, onde são atendidos jovens de até 17 anos. Alguns deles, inclusive, em estado de vulnerabilidade social. A diretoria do BBC atua de forma voluntária. E, para impulsionar ainda mais o projeto, o clube busca recursos por meio de Lei de Incentivo ao Esporte, aprovada ano passado. As ações do BBC têm apoio de Loja Parceria, Grupo de Apoio Voluntário InterCement (Gavi), Tterrasul e Rodan Transportes; patrocínios de Unicred, Grupo Dallé, Óptica Bagé, Agafarma da Tupy e Supermercados Nicolini e Unimed; e convênio com as prefeituras de Bagé e Candiota.

Treinão Solidário mobiliza mais de 100 corredores Atletas de Bagé e região se reuniram, na manhã de domingo, por uma causa maior. O grupo de corrida Família Melo e Amigos realizou um Treinão Solidário, em benefício a Carmen Melo, que teve a casa incendiada no dia 11 de julho e, portanto, busca se reerguer. A largada foi no ginásio Militão e o trajeto contou com um percurso de 5km. A organização entregou troféu para os cinco primeiro colocados e medalha de participação para todos que concluíram. No naipe masculino, a

Yuri Cougo Dias yuricougodias@gmail.com

BBC abre returno no estadual de basquete FOTOS DANIEL ZAPPE/CPB/MPIX

15

classificação foi a seguinte: 1º (Wenlen Rodrigues); 2º (Élitom Valério, Família Madeira); 3º (Wellerson Dutra, W Runners); 4º (Alex Kraiesky, Kênia) e 5º (Adriano Santos, Acorba). E no feminino, 1ª (Dri Castro, Corra e Viva); 2ª (Maria Lemos, Acorba); 3ª (Aline Ortiz, Academia Fitness Move); 4ª (Fabricia Gazolla, Corra e Viva) e 5ª (Edinara Gomes, Corra e Viva). Segundo a organizadora Michele Melo, o evento teve lucro de R$ 1,1 mil, que será destinada à causa.

Evento gerou arrecadação de R$ 1 mil


16

Contracapa

BAGÉ, 21 DE AGOSTO DE 2019

www.jornalminuano.com.br

Centelha da Chama Farroupilha chega em Candiota

FOTOS DIVULGAÇÃO

Comissão buscou centelha no dia 16 de agosto

A Coordenadoria de Tradicionalismo e a Associação dos Cavaleiros de Candiota (ACC) esteve em Tenente Portela, na semana passada, para buscar a centelha da Chama Farroupilha do Estado. Agora, o fogo simbólico ficará na Capital do Carvão até sexta-feira, quando será levada para Caçapava do Sul. Conforme a coordenadora de Tradicionalismo da Prefeitura de Candiota, Júlia Graziela Azambuja, a ACC fará uma ca-

valgada até Caçapava do Sul para buscar a centelha. A solenidade de distribuição oficial para as 12 cidades que compõem a 18ª Região Tradicionalista (RT) ocorre no dia 1º de setembro. O acendimento da chama, em Candiota, acontecerá no marco da Batalha de Seival, na BR-293 (KM 146), com previsão de início para às 9h, quando os cavaleiros serão recepcionados para a fusão das centelhas (a Farroupilha do RS com a da 18ª RT). Logo

Comitiva da 18º Região participou da solenidade

após, ocorre a encenação e a apresentação da Banda da 3ª Brigada de Cavalaria Mecanizada. “Este ano, Candiota é a sede da 18ª Região para a distribuição da chama”, comenta. A coordenadora e o secretá-

rio de Cultura, Esporte e Juventude de Candiota, Sérgio Marques, percorreram os municípios que integram a região tradicionalista para confirmar o acendimento oficial. Segundo Júlia, o prefeito Adriano Castro dos Santos tam-

bém participou da comitiva que trouxe a centelha em Tenente Portela. O projeto denominado “Acendendo a Chama Crioula no Berço da República Rio-grandense”, começou a ser trabalhado em dezembro de 2018.

Profile for Jornal Minuano

20190821  

20190821  

Advertisement