Page 1

~å ç ë jornalminuano.com.br BAGÉ, quarta-feira, 15 de maio de 2019 - ANO XXV Nº 6 228 | R$ 2,00

ENSINO

Mobilização contra cortes na Educação ocorre hoje Docentes e alunos de Unipampa e IFSul farão ato junto ao centro da Rainha da Fronteira Pág. 3

EM 2018

TIAGO ROLIM DE MOURA

Câmara é listada entre as que mais gastaram com diárias no RS

Família de jovem atropelada busca auxílio da comunidade Jéssica Lima Soares, de 14 anos, está internada com traumatismo craniano e fratura na bacia Pág. 13

Legislativo bajeense somou despesa de R$ 210.563,50 com viagens de vereadores e servidores Pág. 5

SAÚDE EM ALTA

INICIAM CIRURGIAS NO NOVO BLOCO DO HU

TIAGO ROLIM DE MOURA

Após ser inaugurado, em março, o novo bloco cirúrgico do Hospital Universitário da Urcamp registrou, ontem, o primeiro procedimento efetivo. Uma mastectomia, realizada pelo médico Mário Mena Kalil, em uma paciente com câncer de mama, ocorreu na parte da tarde. A reportagem do MINUANO acompanhou a preparação do espaço antes da operação. Págs. 10 e 11

Previsão do tempo

13ºC

22ºC

CAMPANHA

EMPREENDEDOR - GB Investimentos comemora 10 anos de atuação em Bagé Pág. 6


02

Opinião

www.jornalminuano.com.br

BAGÉ, 15 DE MAIO DE 2019

Mario Eugenio Saturno

Superioridade ilusória

É comum ouvir que uma pessoa estude e passe a ter uma atitude de superioridade sobre os demais. O conhecimento profissional cria uma relação direta de hierarquia, como entre o médico e o paciente, ou o professor e o aluno. O professor e o médico entendem perfeitamente sua posição e, eventualmente, precisam afirmar a autoridade que eles têm. Mas há pessoas que se iludem acreditando possuir um conhecimento maior que as demais pessoas, é a chamada superioridade ilusória. Por tomarem decisões erradas e obterem resultados indevidos, pela própria incompetência, não tem a habilidade para reconhecer os próprios erros. É preciso distinguir do embusteiro que se atribui conhecimentos exóticos que não possui ou não existem. Esses enxergam e fazem ver poderes ocultos existentes somente nas cabeças de pessoas sugestionáveis. Vemos muitos que fazem da religião um meio de vida, para angariar riquezas e prestígio social, como aquele espírita famoso que está preso por estuprar mulheres e meninas ou tantos pastores de seitas que arrecadam milhões de pessoas que se creem cristãs mesmo defendendo doutrinas de aborto e divórcio. Acredito que exista quem comece como um charlatão comum, mas passe a acreditar-se especial e melhor que os outros. Parece ser o caso de um conhecido astrólogo que chegou a montar uma escola de astrologia. Para vender horóscopo, o astrólogo precisa ter uma incrível capacidade de comunicação e um linguajar empolado, pois tem que convencer o cliente de que sua arte é ciência, oculta, mas não inculta. E ser professor torna a mente ágil para explicar, articulando ideias e

conceitos em situações práticas. Quando alguém lê livros de bons filósofos, como Platão e Descarte, sua mente afia-se, passa a pensar mais rápido e melhor. Platão e Xenofonte registraram os ensinamentos do maior filósofo que a humanidade teve: Sócrates! Nessa época, a maioria dos “filósofos” gregos era também embusteira, os chamados sofistas. Criavam um sistema de conceitos e protocolos e apresentavam-se como preceptores a peso de ouro. Faziam de sua filosofia uma forma de enriquecimento. Parece conhecido? Pois é, se não bastassem as habilidades de astrologia, do ensino e do sofismo, a tal personagem ainda foi líder religioso, de uma exótica interpretação do islamismo. Era o que faltava para criar uma besta do apocalipse, com a capacidade de gestar fanáticos. O advento da internet criou as condições ideais para quem necessita de distância das leis e proximidade dos seus clientes. Em pouco tempo, a seita estava formada, com um diferencial, os seguidores eram diferenciados, engenheiros, médicos e outros sem instrução alguma. Mas o culto à personalidade estava lá, escancarado. Hoje, não somente o líder, mas seus adeptos se creem superiores, não passaram pelo crivo da Universidade, que detém o saber, nem pelo método científico, histórico e legal. Não compreendem o conhecimento formal, por isso não enxergam o embuste, já se creem mais conhecedores que os catedráticos. Já sofrem a superioridade ilusória.

Tecnologista Sênior do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) e congregado mariano

FAT - Jornal Minuano | CNPJ: 87415725/0012-81 Endereço: Av. Marechal Floriano, 2050 - CEP 96400-011 - Bagé/RS Telefones: Redação (53) 3242-7693 - Assinaturas 3241-6377 www.jornalminuano.com.br | redacaominuano@gmail.com | facebook.com/jornalminuanobage

GERENTE COMERCIAL Adriana Robaina

EDITOR-CHEFE Felipe Valduga

Editor assistente - Sidimar Rostan • Reportagem - Viviane Becker - Cláudio Falcão - Melissa Louçan - Jaqueline Muza - Rochele Barbosa - Yuri Cougo Dias - Augustho Soares (estagiário) • Chargista - Cláudio Falcão • Social Media - Marcelo Rodriguez • Repórter fotográfico - Antônio Rocha - Tiago Rolim de Moura • Diagramação - Luís Mário Pereira - Daniel Cuerda Ferreira • Assistente comercial - Angelina Britto • Vendedores - Dulce Dias - Fabrício Becker • Assinaturas - Paula Freitas • Distribuição - Marcos Goulart • Administrativo - Lidiane Selaje Marques • Colaboradores - José Carlos Teixeira Giorgis - Marcelo Teixeira - José Artur M. Maruri dos Santos - Norberto Dutra - Airton Gusmão - Dilce Helena dos Santos - Fernando Risch - João L. Roschildt • Impressão - Gráfica UMA (Grupo RBS) - Porto Alegre/RS Laboratório de

Jornalismo

Coordenador do Curso de Jornalismo

Glauber Pereira

Os artigos assinados não refletem, necessariamente, a posição do jornal. Por isso, a editoria não se responsabiliza pelas opiniões emitidas.

Luiz Fernando Mainardi

O paradoxo salarial do governo Leite

No governo de Leite, o presidente do Banrisul pode ganhar mais de 120 vezes o salário dos trabalhadores que recebem o piso regional. Desde a sessão de ontem (14), estão em pauta dois projetos do governo Leite que revelam um pouco da visão deste governo sobre a realidade social gaúcha e brasileira. Falo do projeto de reajuste do Piso Regional, que é o salário mínimo dos gaúchos, e, ao mesmo tempo, a indicação do novo presidente e da nova diretoria do Banrisul. O fato desses dois projetos entrarem em pauta ao mesmo tempo é uma daquelas coincidências relevantes, que expõem contradições e deixam mais clara a natureza política e social de uma gestão, neste caso, a do governador Eduardo Leite. Vejam: o índice apresentado pelo governador para a correção do Piso Regional é de 3,4%, menor do que o usado para reajustar o salário mínimo nacional, que foi de 4,61% e, pasmem, menor do que a própria inflação do período, que registrou 3,43 (INPV) em 2018. Sobre esse tema, que, evidentemente, revela o compromisso dos governos com os trabalhadores, principalmente os de menor renda, que recebem o piso e/ ou têm seus salários relacionados a esta referência, é nítido a superioridade dos governos do PT em relação a todos os outros, desde que o piso regional foi instituído, em 2002, pelo governador Olívio Dutra. Para se ter uma ideia, quando foi criado, o piso regional representava 1,3 salários mínimos. Com

a sucessão de Olívio por Rigotto e, depois, por Yeda, o valor do piso regional decresceu para apenas 1,07 do salário mínimo nacional. Tarso recuperou-o, deixando como legado um piso regional que chegou a 1,28 salário mínimo nacional. Sartori o manteve em uma faixa de 1,25 e, agora, Leite reinicia o ciclo de baixa. Em relação à inflação (INPC), foi no governo Tarso Genro que o piso regional alcançou sua maior valorização, crescendo 39% a mais do que a inflação. No governo Sartori, perdeu 0,6% em relação à inflação e, agora, no primeiro reajuste do governo Leite, já sai perdendo 0,03% em relação à inflação. É fácil compreender qual caminho este governo quer trilhar em relação ao salário que incide sobre cerca de 2 milhões de trabalhadores gaúchos. Apenas isso já seria um indicador negativo para a política governamental de quem diz representar a todos os gaúchos. Mas tem mais. Ao mesmo tempo em que mantém um arrocho salarial para a base da pirâmide social, o governador concilia com a decisão de elevar a composição de remuneração dos dirigentes do Banrisul. Talvez você não saiba, mas hoje o salário do presidente do banco público gaúcho está na faixa de R$ 52 mil e dos diretores, em torno de R$ 42 mil. Agora, o governo Leite quer aumentar o salário do presidente do Banrisul para R$ 123 mil e dos diretores para R$ 90 mil. Você acha isso admissível? Tem partidos novos que acham. Acreditam que o mercado deve de-

terminar até essas coisas. Segundo raciocínio deles, o estado não deveria se meter nisso e como existem muitos trabalhadores disponíveis e poucos candidatos a presidente do Banrisul, é normal que aqueles recebam menos do que este. Inclusive muito menos, como se vê na realidade. Esta visão revela um desprezo tão grande pelas pessoas que não mereceria audiência, mas, infelizmente, tem. É evidente que o Estado precisa regular coisas como essa. Como banco público, o Banrisul precisa dar exemplos, principalmente quando enfrentamos uma crise tão reiterada pelo governo, que parcela salários e atende aos apelos empresariais pela diminuição real do valor do piso regional. Não é admissível que o indicado a presidente do Banrisul – cuja especialidade, aliás, é montar projetos de privatização (mas isso é outro assunto que trataremos em outro momento) – possa receber 88 vezes o salário de um professor estadual e mais de 120 vezes o salário de um trabalhador gaúcho que recebe o piso regional. Se trata de uma injustiça, mas, também, de um escândalo. Não importa que o Banrisul tenha aumentado o seu lucro e que os banqueiros dos bancos privados tenham remuneração altíssimas. Pagar ao presidente de um banco público R$ 1,4 milhão anuais, fora as participações nos lucros, é algo realmente difícil de sustentar para um estado em crise.

Deputado estadual, líder da bancada do PT da AL

Esta coluna é oferecida a colaboradores que representam diferentes agremiações partidárias. As ideias nela contidas correspondem à exclusiva opinião ou versão de seus autores

Cláudio Falcão

Florêncio e as exposições

Charge falcaobage58@gmail.com


Cidade

www.jornalminuano.com.br

BAGÉ, 15 DE MAIO DE 2019

Comemorações por Nossa Senhora Auxiliadora iniciam hoje

FOTOS DIVULGAÇÃO

Imagem integra a mostra

Construção da igreja iniciou em 1904

As comemorações à co-padroeira de Bagé, Nossa Senhora Auxiliadora, começam hoje, com a tradicional novena. O tema da festa, este ano, é “Nossa Senhora Auxiliadora – Mãe amorosa a auxiliadora dos cristãos”. A novena em homenagem à santa acontece até 23 de maio e as comemorações encerram no dia 31 de maio com a coroação de Nossa Senhora. Entre as atividades, também está o tradicional pedágio, que acontece no próximo sábado (18). Ainda será realizado um almoço, no domingo (19), no ginásio do Colégio Auxiliadora. A procissão luminosa está prevista para 24 de maio, Dia da Santa, após a missa das 18h. De acordo com o padre Tarcísio Luís Brasil Martins, uma das metas este ano é que a paróquia se torne uma comunidade, com uma participação mais ativa dos fiéis. Para isso, foram retomados os conselhos, paroquial de pastoral e para assuntos econômicos, que estavam desativados.

1958, Nossa Senhora Auxiliadora foi considerada padroeira de Bagé, junto com São Sebastião. Ele conta que, no ato do decreto, já faziam 54 anos que os salesianos haviam chegado em Bagé, em 1904, e espalharam a devoção. Na época, o padre Hugo Neves Ferreira teve a ideia de solicitar que a Santa também fosse padroeira e uma funcionária da Câmara de Vereadores, Onéia Aguirre, que era ligada à paroquia, encaminhou a solicitação. O decreto diz que: “Além do padroeiro tradicional de Bagé, São Sebastião, fica considerada, também Padroeira de Bagé, Nossa Senhora Auxiliadora”.

Padroeira

Conforme o pároco, no decreto Nº 68, de 2 de junho de JAQUELINE MUZA/ ESPECIAL JM

Procissão luminosa No dia 24 de maio acontece a procissão luminosa, logo após a missa que será as 18h, presidida pelo bispo Dom Cleonir Paulo Dalbosco, com o tema “Maria Auxiliadora dos Cristãos”. A tradição de colocar velas nas janelas das residências se mantém na cidade, desde 1943, quando o padre Aquino Rocha solicitou que a população apagasse as luzes das residências e deixasse apenas uma vela na janela, pedindo que os soldados voltassem com vida da Segunda Guerra Mundial (1939-1945).

Mostra iconográfica

O Arquivo Público Municipal, juntamente com a paróquia e colégio Auxiliadora lançam, hoje, em paralelo com o início da novena, uma mostra documental e iconográfica de Nossa Senhora

Padre Tarcisio irá ministrar a primeira missa da novena

Auxiliadora. O evento inicia às 10h30, no próprio Arquivo, com participação do padre Olindo Carlini. De acordo com o curador do evento, Sávio Machado, a mostra conta com 28 iconografias de Nossa Senhora Auxiliadora, com textos históricos sobre a tradição religiosa das Velas Votivas em Bagé. “É um momento de resgate dessa tradição, popular em homenagem à copadroeira”, disse. Machado informa que há imagens da santa de várias paróquias do Brasil e também da África do Sul e China, assim como de cidades da América Latina. Além disso, haverá um bate-papo sobre o tema com os membros do Núcleo de Pesquisa Históricas Tarcísio Taborda (NPHTT) e alunos salesianos. Segundo o curador, a iniciativa partiu do padre Tarcísio Luis Brasil, que é pároco da igreja e auxiliou na pesquisa. Ele explica que está sendo realizado um mutirão em favor dessa tradição popular, que resgata valores de fé, esperança e paz nos bajeenses, desde a chegada dos primeiros salesianos na região da Campanha, em 1904. “Tem um texto lindo do José Carlos Teixeira Giorgis, ex-aluno, sobre a devoção. A intenção é reacender a tradição Mariana para que as novas gerações consigam perpetuar”, destaca.

Novena As missas da novena iniciam, sempre, às 19h.

Hoje: “Maria e a educação na fé” será ministrada pelo pároco Tarcísio Brasil Dia 16: Maria, Mãe que educa no silencio e na dor”, Padre Aarão Cuevas Dia 17: “Maria e a escuta da palavra”, Padre Carmelo Perez Dia 18: “Maria virgem e Mãe”, Padre Wendell Mendonça Dia 19: “Com Maria Renovamos nossa fé”, Padre Júlio Cézar Ribeiro Dia 20: “Maria e o seu sim”, Padre Felipe Oliveira Perez Dia 21: “E sua mão guardava todas essas coisas em seu coração”, Frei Álvaro Bordignon Dia 22: “Maria e as juventudes”, Frei Roberson Chiarentin Dia 23: “Maria, Rainha dos apóstolos”, Padre Airton Gusmão

03

Bagé integra, nesta quarta-feira, mobilizações contra cortes em instituições federais Centrais sindicais, movimentos estudantis e funcionários de instituições de ensino superior federais participam, hoje, de uma mobilização nacional em protesto à reforma da Previdência e, em especial, contra os cortes de investimentos na Educação. Representando a Unipampa e Instituto Federal Sul Riograndense (Unipampa e IFSul), alunos e professores também organizaram atividades em todos os campi. A mobilização desta quarta-feira antecede a greve geral marcada para o dia 14 de junho. Integrante do movimento estudantil da Unipampa, Matheus Santos destaca que esta quarta-feira terá programação intensa, inclusive com mostra de pesquisas e trabalhos realizados pelos acadêmicos dentro das instituições de ensino federal. A ação inicia às 8h, na Praça Silveira Martins (Praça do Coreto), com a recepção e mobilização inicial dos participantes e montagem da exposição de trabalhos, que inicia às 9h. Às 10h, acontece o projeto Sarau Confraria Poética, seguido por ação

conduzida pelo grupo Enegrece. As atividades da manhã encerram com oficina de composição de canções de protesto sobre universidade e sociedade no Brasil. A mobilização na Praça do Coreto retorna à tarde, com aulas abertas até as 17h. Já na Praça de Esportes, as atividades acontecem no final da tarde, com oficina de percussão, às 17h, e mobilização para caminhada de protesto até a Praça do Coreto, às 18h. Pela noite, a programação continua no campus, com aula aberta no saguão do projeto Baque do Pampa, seguida por palco aberto para manifestações. As atividades encerram às 21h, com um abraço simbólico ao campus. Membro do Movimento Estudantil do IFSul, Rafaela Polvora Soares Moura, aluna do 7° semestre do Técnico em Informática, destaca que alunos, servidores e professores do Instituto federal também devem participar da ação com mostra de trabalho. Mas as ações de mobilização iniciaram ontem, com o abraço simbólico ao prédio que abriga o IFSul, em Bagé.


04

Campo & Negócios

www.jornalminuano.com.br

BAGÉ, 15 DE MAIO DE 2019

China deve aumentar demanda por carnes por causa de peste suína africana

No segundo dia de compromissos em Xangai (China), a ministra Tereza Cristina (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) tomou café da manhã, ontem, com executivos do Rabobank, um dos principais bancos do mundo em serviços de financiamentos para o setor de alimentos e agronegócio. Com a peste suína africana atingindo os rebanhos de suínos na China, os executivos afirmam que há espaço para importação de proteínas animais de todos os tipos, o que significa uma oportunidade para os exportadores brasileiros. Em 2018, o Brasil exportou cerca de 915 mil toneladas de carnes bovina desossada, frango e suína (in natura) para os chineses. Os produtos estão entre os cinco mais vendidos para o país. Desde que a China registrou os primeiros casos da doença, em agosto de 2018, estima-se que o país perdeu

cerca de 35% do rebanho. Análises do banco apontam que até 200 milhões de porcos podem ser sacrificados ou mortos por causa da doença. Os executivos do banco avaliam que os chineses precisarão de pelo menos cinco anos para retomar o rebanho no patamar anterior à doença. Toda a delegação brasileira equipe do ministério, representantes do setor agropecuário e deputados federais - participaram do encontro com a CEO do banco na China, Pan Chenjun, e demais executivos. “Em Xangai, pudemos ouvir alguns empresários brasileiros e chineses, ter algumas reuniões muito importantes com investidores interessados em investir no Brasil. Agora partimos para terceira etapa da nossa viagem para Pequim onde teremos reuniões também muito interessantes. A mais esperada delas com a GACC [vigi-

lância sanitária], onde nós vamos tratar do assunto de abertura de mercado das nossas proteínas animais, tratar de outros certificados que o Brasil precisa para acessar o mercado chinês”, disse a ministra em vídeo publicado na internet.

Soja Sobre a venda de soja em grãos, usada na ração para alimentar os porcos, os executivos do Rabobank acreditam que o consumo deve ficar estável, pois a soja poderá ser usada para alimentação de outros rebanhos em substituição aos suínos. A soja em grãos lidera a lista de produtos agropecuários exportados pelo Brasil para os chineses. No ano passado, foram 68,8 milhões de toneladas embarcadas, que somaram US$ 27,3 bilhões – o que representou 87% das exportações agrícolas para o país.

Classificatória Aberta ao Freio de Ouro ocorre no final de semana

Exemplares inéditos ou não da raça Crioula, credenciados em todas as regiões brasileiras, participam entre os próximos dias 15 e 19 de maio da Classificatória Aberta ao Freio de Ouro 2019, no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio. Numa promoção da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC), a competição, que é a quarta da temporada, integra a programação da 15ª Fenasul e conta com

cerca de 94 conjuntos em busca de uma vaga na Grande Final do maior evento da raça, que ocorre na Expointer. O vice-presidente de Eventos da ABCCC, Mateus Gularte Silveira, afirma que a expectativa para a classificatória é o alto nível dos animais. Explica que geralmente a classificatória aberta é bem pesada em termos de qualidade, uma vez que participam animais que já correram nos outros ciclos e têm experiência de

provas. “A outra expectativa é em relação ao tempo. Esperamos que as condições climáticas não atrapalhem e ajudem a termos um evento brilhante”, salienta. O trio técnico que irá julgar as fêmeas é composto por Ciro Manoel Canto de Freitas, Claudio Azevedo e Daniel de Souza Mello. Na categoria dos machos, os profissionais encarregados serão André Luiz Narciso Rosa, João Luis Arísio e Thiago Andreolla Persici.

Diminui em 4,6% o abate de bovinos no Brasil, aponta IBGE

O abate de bovinos, que somou 7,77 milhões de cabeças no primeiro trimestre deste ano, caiu 4,6% em relação ao último trimestre. Os dados constam em levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgado ontem. De acordo com o Instituto, por outro lado, houve crescimento de 0,3% na comparação com o primeiro trimestre de 2018. O abate de suínos, que totalizou 11,27 milhões de cabeças, teve altas nos dois tipos de comparação:

Cotações do agronegócio

Oferecimento: Valores em R$

Arroz - saca de 50 kg Soja - saca de 60 kg Milho - saca de 60kg Sorgo - saca de 60 kg Trigo - saca de 60 kg Boi gordo - kg vivo Vaca gorda - kg vivo Vaca de invernar - kg vivo Terneiro - kg vivo Novilho de invernar - kg vivo Referência: 6/05 a 12/05/2019

40,50 68,20 36,00 28,50 5,20 4,95 4,15 6,25 5,00

Vaquilhona leiteira prenhe - Cabeça Vaca leite primeira cria - Cabeça Cordeiro - kg vivo Capão - kg vivo Ovelha de cria - Cabeça Ovelha consumo - Cabeça Lã cruza I especial - kg Leite - Litro Mel a granel - kg

3.750,00 4.000,00 6,50 5,50 200,00 190,00 8,25 1,40 6,00

Preço médio em Bagé/RS | Fonte: Emater

0,7% em relação ao último trimestre e 5,2% em relação ao primeiro trimestre do ano passado. O abate de frangos (1,45 bilhão de animais) teve aumento de 2,3% em relação ao último trimestre de 2018, mas caiu 2% na comparação com o primeiro trimestre daquele ano.

Queda na produção de ovos

A produção nacional de ovos de galinha se configurou, no recente levantamento do

IBGE, como o mais curioso. Isso porque foi registrada uma queda de 3% na passagem do último trimestre de 2018 para o primeiro trimestre deste ano. Segundo o Instituto, é a primeira vez na série histórica (iniciada em 1997) que ocorre uma redução neste tipo de comparação. Apesar da queda em relação ao último trimestre de 2018, a produção de 908,43 milhões de dúzias do primeiro trimestre deste ano é 5,6% maior do que a registrada no mesmo período do ano passado.


Fogo Cruzado

www.jornalminuano.com.br

BAGÉ, 15 DE MAIO DE 2019

Legislativo bajeense integra ranking de gastos com diárias do Ministério Público de Contas TIAGO ROLIM DE MOURA

Câmara ocupa quarta colocação entre 497 municípios Levantamento divulgado pelo Ministério Público de Contas do Estado do Rio Grande do Sul (MPC-RS) coloca a Câmara de Vereadores Bagé em uma posição de destaque no ranking dos gastos com diárias. Em 2018, o Legislativo gastou um total R$ 210.563,50, ocupando a quarta colocação entre 497 municípios gaúchos. Nem todos os vereadores, porém, receberam diárias no período, a exemplo dos parlamentares do PSB e do PSC.

Diária é uma espécie de indenização, utilizada para cobrir despesas de hospedagem, alimentação e locomoção de agentes políticos ou servidores que se deslocam a serviço do cargo ou função, para outro ponto do território nacional. Em Bagé, os vereadores têm direito a diárias de R$ 550,00 para viagens para fora do Estado, a exemplo de Brasília, e R$ 347,00 para destinos no Rio Grande do Sul, como Porto Alegre. Os servi-

dores têm direito a diárias de R$ 466,00, para fora do Estado, e de R$ 335,00, para destinos dentro do Rio Grande do Sul. O montante gasto com diárias, pela Câmara de Bagé, no ano passado, de acordo com o MPC-RS, corresponde a 2,14% do orçamento da Casa (R$ 9.851.155,06), representando R$ 1,74 por habitante. O Legislativo bajeense só gastou menos do que a câmaras de Bom Jesus (R$ 382.139,51), Santana do Livramento (R$ 243.065,00) e Rosário do Sul (R$ 229.987,00). O levantamento revela, ainda, que a despesa aumentou, na Rainha da Fronteira, no comparativo com 2017, quando totalizou R$ 205.743,50. O vereador Edimar Fagundes, do PRB, que presidiu a Câmara bajeense entre 2017 e 2018, afirma que as diárias são utilizadas para qualificação e articulação de emendas parlamentares. “Existe um retorno importante para a cidade. Eu, por exemplo, solicitei gabinetes odontológicos (ao deputado federal Carlos Gomes, do PRB).

Consegui a destinação de emendas para as áreas da Saúde, Agricultura e Esporte. Foram mais de R$ 850 mil garantidos só em 2018. Os vereadores cumprem agendas neste sentido”, pontua.

Despesas na região O levantamento do MPC-RS também apresenta dados de outras cidades da região. Em Candiota, no ano passado, o gasto com diárias foi de R$ 97.888,07 (3,58% do orçamento); em Hulha Negra foi de R$ 51.205,00 (4,65% do orçamento); e, em Aceguá, foi de R$ 43.995,00 (3,44% do orçamento).

Gastos com publicidade O MPC-RS também divulgou os gastos dos Legislativos gaúchos com publicidade e propaganda. Em 2018, a Câmara de Bagé, de acordo com o levantamento, gastou R$ 6.562,85, ocupando a 67ª posição no Estado, enquanto a de Candiota registrou despesa de R$ 4.080,00. Aceguá e Hulha Negra não formalizaram gastos com publicidade no ano passado.

Distrito Industrial passará a ser gerido pelo governo municipal

O secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo do Rio Grande do Sul, Ruy Irigaray, deve cumprir agenda, em Bagé, na sexta-feira, 17, para confirmar a transferência da área do Distrito Industrial, de propriedade do Estado, para o município de Bagé. A informação foi confirmada, ontem, pelo secretário municipal do Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação, Bayard Paschoa Pereira.

Acompanhado da diretora de Cooperação Internacional e Projetos Especiais, Leísa de Llano, Bayard foi recebido por Irigaray, na segunda-feira. Para o secretário, ‘a conquista do Distrito Industrial dotará o governo municipal de um importante instrumento para auxiliar, sobretudo, investidores locais que desejam a longo tempo ampliarem seus negócios e buscavam apoio do poder público para tal’. “Com a

Comitiva busca emendas parlamentares em Brasília

DIVULGAÇÃO

Lideranças petebistas debatem indicação de emenda com deputado Maurício Dziedricki Em viagem à Brasília, o pre- tida visita de Crispim a Bagé no feito de Bagé, Divaldo Lara, do dia 3 de junho, para conhecer as PTB, acompanhado pelo presidente futuras escolas que se tornarão cída Câmara de Vereadores de Bagé, vico-militares. “Estamos em visiCarlos Adriano Carneiro (Esquer- tas aos gabinetes, prospectando da), do PTB, e do vereador Grazia- emendas para saúde e educação. ne Lara, PTB, garantiu a destinação Por meio destas articulações, gade R$ 500 mil em emendas parla- rantimos recursos para que seja mentares junto aos deputados Mau- possível melhorar a cada dia mais rício Dziedricki e Nereu Crispim. em áreas essenciais para a cidade”, Durante a agenda, foi garan- avalia Divaldo.

transferência, poderemos diminuir drasticamente às exigências que eram instituídas pelo Estado. Pretendemos de forma objetiva e desburocratizada destinar aquela área a empreendedores que possam gerar trabalho e renda”, afirma. Irigaray, que é deputado estadual, eleito pelo PSL, licenciou-se para assumir a função de secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo, no início do

governo de Eduardo Leite, do PSDB. O secretário vai visitar, também, a Casa do Empreendedor, que será inaugurada no dia 31 de maio. Para finalizar a passagem por Bagé, o secretário irá se reunir, no final da tarde, no Clube de Tiro, Caça e Pesca de Bagé, repercutindo aspectos do Decreto Federal instituído pelo presidente Jair Bolsonaro, do PSL, que versa sobre posse e porte de armas.

Maria do Rosário destina emenda de R$ 150 mil para Santa Casa

FELIPE TORRES / ESPECIAL JM

Salazar entregou empenho à Moussa Por articulação do ex-vereador Ruben Salazar, a deputada federal Maria do Rosário, do PT, formalizou a indicação de uma emenda parlamentar, no orçamento da União, no valor de R$ 150 mil, para a Santa Casa de Caridade de Bagé. O recurso, destinado para custeio do hospital, será transferido através do fundo de saúde.

O empenho da emenda foi entregue por Salazar, ontem, ao vice-provedor da Santa Casa de Bagé, Jorge Moussa. “A saúde sempre foi e sempre será minha bandeira, por ser algo de primeira necessidade”, destaca o ex-vereador, que é responsável técnico pela Unidade de Terapia Intensiva Pediátrica (UTI) pediátrica do hospital.

05

Sidimar Rostan

sidimar_frostan@hotmail.com


06

Empreendedor

www.jornalminuano.com.br

BAGÉ, 15 DE MAIO DE 2019

DIVULGAÇÃO

New Night Moda Íntima

A loja oferece variedade em peças íntimas, como lingeries, pijamas, cuecas, meias, moda praia, fitness, blusas e itens de sex shop. As compras podem ser feitas em grande quantidade, no atacado, ou na modalidade varejo. A loja está localizada na rua Hipólito Ribeiro, 58, direita.

Magazine Luiza

A Magazine Luiza está chegando em Bagé e trazendo oportunidades para trabalhar na maior empresa do varejo brasileiro. Os cargos disponíveis foram disponibilizados em um link no site da loja (carreiras.magazineluiza.com.br/bage). Estoquista, montador, vendedor e assistente de vendas são algumas das funções disponíveis.

Hostel da Campanha

O primeiro hostel da fronteira gaúcha é um lugar aconchegante, com quartos individuais, coletivos feminino e masculino ou quarto família. O hostel oferece toda a infraestrutura necessária para os hóspedes se sentirem bem: internet, lareira, mesa de jogos, café da manhã, TV a cabo e estacionamento. Está localizado na avenida Marechal Floriano, 2171, bloco A.

Empresa Simples de Crédito Equipe oferece assessoria financeira

GB Investimentos, afiliado XP, comemora 10 anos de atuação

O escritório GB Investimentos é afiliado à XP Investimentos, maior corretora de investimentos da América Latina. A XP conta com mais de 100 mil clientes e R$ 200 bilhões sob custódia, oferecendo produtos de mais de 60 bancos parceiros. O escritório possui mais de R$ 100 milhões sob gestão e conta com cinco assessores certificados pela Ancord e Banco Central para distribuir todos os os investimentos do mercado financeiro, atuando há 10 anos no mercado, e se destaca pela qualidade de atendimento e educação

financeira. O gestor do escritório, George Beckman, destaca os investimentos em CDB (renda fixa), investimento com a mesma segurança da Poupança e rentabilidade muito superior, podendo chegar a 1% ao mês. Já o assessor Romário Almeida destaca que “com a Taxa de Juros atualmente em baixa, um dos produtos mais procurados são os Fundos Multimercados, que podem trazer rentabilidade de 10% a 15% ao ano”. A equipe ainda com os assessores Everton Castro, Paulo Dachery

e Thomas Nogueira, que destacam ainda as alternativas em Previdência Privada de várias seguradoras, investimento no mercado de Ações e Títulos Públicos, conhecido como Tesouro Direto. A assessoria financeira é prestada sem custos e, com isso, o cliente ganha liberdade de investimento, para buscar melhores rentabilidades e ainda conta com a expertise do escritório, localizado na Rua Bento Gonçalves, 285 (Ed. Carlos Brasil – sala 1104). O telefone para contato é o (53) 3242.8201.

As micro e pequenas empresas (MPEs) e os microempreendedores individuais (MEI), em breve, terão novas alternativas de crédito e opções com custo mais baixo, para impulsionar seus negócios. Com essa medida, possibilitada pela Lei Complementar (LC) nº 167/2019, que cria e regulariza a Empresa Simples de Crédito (ESC), sancionada pela presidência da República e já em vigor, cerca de R$ 20 bilhões, por ano, devem ser injetados no país, segundo projeção do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). As ESC destinam-se à realização de operações de empréstimo, de financiamento e de desconto de títulos de crédito, exclusivamente com recursos próprios, tendo como contrapartes exclusivamente microempreendedores individuais, microempresas e empresas de pequeno porte, nos termos da Lei Complementar nº 123, de 14 de dezembro de 2006 (Lei do Simples Nacional).

Aniversariantes

Ana Maria Delabary Artur Soares Suñe Caroline Sachett Daniela Paim Pinheiro Davi Moreira Machado Alves Dilce Brasil de Souza Elsa Mota Monteiro Eronildes Brito Ferrer Franciely dos Santos Dias Fúlvia Augusto Grande de Macedo Hélio Saraiva de Souza Ilce Fialho

Janise Collares João Colares Soares Lúcia Helen Ostroshi Ferraz Lucimoni de Luiz Iguiniz Ludmila Argenten Luiz Pedro Lupe Rodrigues Maria Iolanda Martinez Maria Marli Lopes Maria Ramires da Silva Mariana Oliz Alves Rodrigo Gomes Medeiros Lausmann Sérgio Vieira


Cidade

www.jornalminuano.com.br

BAGÉ, 15 DE MAIO DE 2019

07

Seminário analisa potencial do carvão e polo carboquímico regional volta à pauta

Estado que concentra 89% das reservas brasileiras de carvão, o Rio Grande do Sul tenta tirar do papel o polo carboquímico. Por isso, o potencial do mineral existente no solo gaúcho foi tema de seminário promovido pela Sociedade de Engenharia do RS (Sergs), ontem, em Porto Alegre. Governador em exercício, Ranolfo Vieira Júnior representou o Executivo na abertura do evento. “Não tenho dúvida sobre a importância desse tema no nosso cenário atual. Em razão disso, este seminário é extremamente relevante”, afirmou. Assim como o secretário do Meio Ambiente e Infraestrutura, Artur Lemos Junior, o governador Eduardo Leite está em agenda no exterior e gravou um vídeo de saudação aos participantes, que foi exibido na abertura. “Nosso grande desafio é transformar esse precioso bem natural em emprego e receita de forma sustentável. Para isso, estamos conduzindo com grande responsabilidade e apoiando uma ampla

DIVULGAÇÃO

Governador em exercício, Ranolfo Vieira Júnior representou o Executivo na abertura do evento

discussão com a sociedade de que forma podemos gerar desenvolvimento socioeconômico sem comprometer o ambiente para as próximas gerações”, disse Leite em vídeo. O Estado já tem uma política de incentivo ao uso diversificado

do carvão e o projeto do polo carboquímico do Rio Grande do Sul, com dois complexos, um na Campanha e outro no Baixo Jacuí, ambos criados pela Lei n° 15.047, de 29 de novembro de 2017. Estudos apontam que esse complexo carboquímico integrado deve propor-

SARAVAUTO 5X16

cionar expansão de R$ 23,4 bilhões no PIB, R$ 3 bilhões em ICMS e gerar 7,5 mil empregos diretos e indiretos até 2042. O presidente da Sergs, Luís Roberto Ponte, destacou que o potencial do carvão vai muito além do uso como combustível.

As tecnologias avançaram bastante, tanto na mineração como na transformação do mineral, permitindo produzir gás natural e produtos químicos que o RS inclusive precisa, como o metanol (insumo da cadeia do biodiesel e da indústria química) e amônia e ureia (uso na indústria de fertilizantes). Todos esses insumos o Estado importa praticamente na totalidade para atender à demanda. “Claro que precisamos pensar e ter responsabilidade com o ambiente e a sustentabilidade, mas, para isso, temos engenheiros que calcularão todos os riscos, além de órgãos como Fepam, que só emitirá licenças se tudo estiver regular, e de fiscalização, como Ministério Público. Todos garantirão a condução segura desse processo”, afirmou Ponte. O seminário tem quatro painéis, com especialistas de diversas áreas e até mesmo participações internacionais, que buscam exemplos de outros países e discutem os desafios no RS.


Doses de amor

Adriana Di Lorenzo, a mãezona do Bernardo e da Isabela (Foto Sofia Fernandes)

Quatro gerações da família Centeno unidas pelo amor: Cora, Mima, Elma e Téia (Foto Ellen Medeiros Fotografia)

www.jornalmin

Vivi

Carina Barison Madruga entre os filhos Giovanna e Arthur (Foto Sofia Fernandes)

Clori Giordani Peruzzo entre os filhos Éder e Lindonor Jr. (Foto Viviane Becker)

Catharina com a mamis Sofia R


BAGÉ, 15 DE MAIO DE 2019

08/09

nuano.com.br

i Becker

viviminuano@hotmail.com

Natália Dias, à espera de Azucena, recebendo o carinho da mana Letícia Portela Dias Dachery e da mãe Margareth Portela Dias

Gisele Brites Rodrigues com a filha Elisa, na apresentação de Dia das Mães da Cavalinho de Pau (Foto Viviane Becker)

Marcia Powrosnek, registrando esse momento especial, ao lado dos filhos Rafaelli e Matheus

Posando de modelos para Ótica Visual, Valentina e João com a mãe Renata Deibler Coradini (Foto Sofia Fernandes)

Refinetti Teixeira (Foto Sofia Fernandes)

Luciana D’Almeida Duarte entre seus amores, Jerônimo e Miguel, arrasando como modelos da Ótica Visual (Foto Sofia Fernandes)

Claudia Coradini Gonçalves, acompanhada da mãe Dulce Coradini, em recente evento na MG (Foto Viviane Becker)


10

Cidade

www.jornalminuano.com.br

BAGÉ, 15 DE MAIO DE 2019

Bloco cirúrgico do HU começa a operar

FOTOS TIAGO ROLIM DE MOURA

Primeiro procedimento foi executado ontem; uma mastectomia em uma paciente com câncer de mama efetuada pelo médico Mário Mena Kalil

Bagé conta com mais um espaço para cirurgias eletivas. O Hospital Universitário da Urcamp sediou, ontem, as primeiras atividades após a inauguração da estrutura. O espaço é atendido por uma equipe de cinco pessoas e é mantido pela Fundação Attila Taborda (Fat). O Bloco Cirúrgico do HU, um dos mais modernos do Estado, foi inaugurado em março, durante solenidade que contou com a presença de autoridades e, inclusive, da secretária estadual de Saúde, Arita Bergmann. Antes das primeiras cirurgia, na parte da manhã, foram realizados pequenos procedimentos com os médicos Elias Kalil, que é cirurgião geral, e Marcelo Vilela, nefrologista.

Equipe que prepara sala para cirurgia foi acompanhada pela reportagem do MINUANO

À tarde, então, foi a vez da realização da mastectomia de

uma paciente com câncer de mama, com colocação de ex-

pansor para reconstrução mamária, efetivada pelo mastec-

tologista Mário Mena Kalil, seguido de outro procedimento


Cidade

www.jornalminuano.com.br

BAGÉ, 15 DE MAIO DE 2019

11

FOTOS TIAGO ROLIM DE MOURA

Alessandra, Eliana, Medeiros e Dias atuam no local

seguido de outro procedimento acompanhado pela ginecologista, Julia Castilho. Conforme Kalil, que atende o ambulatório Saúde da Mulher no HU e também é secretário municipal de Saúde, as cirurgias no novo bloco só qualificam o atendimento regional. Ele salienta que os procedimentos já eram realizados no espaço antigo, mas, agora é uma “satisfação” realizar no novo local, ‘todo modernizado’. O bloco cirúrgico conta com quatro leitos, três salas cirúrgicas e uma Central de Material de Esterilização (CME).

Para o enfermeiro chefe do bloco, Paulo Daniel Nogueira Medeiros, trata-se de um sonho realizado a existência do atual espaço. Além dele, atendem no local, também, a secretária Alessandra Silveira e os técnicos de Enfermagem, Eliana Pereira Nogueira e Márcio Dias. A técnica de Enfermagem Neusa Silveira é a responsável pela CME. A obra de construção do novo Bloco foi viabilizada com recursos oriundos da Consulta Popular, que acontece anualmente e destina valores

Espaço conta com quatro leitos

do orçamento do governo do Estado para os projetos mais votados. Na inauguração do bloco cirúrgico, o médico Henry Ritta, integrante da gestão administrativa da instituição de saúde, classificou a abertura do espaço como o encerramento de um ciclo iniciado com as atividades do tomógrafo. Além

disso, salientou o papel fundamental da presidente da Fundação Attila Taborda (FAT), Lia Maria Herzer Quintana, também reitora da Urcamp, nesse novo momento do hospital. “Se o hospital está de pé, sem dúvida, é por sua causa que tem a sensibilidade e sabedoria quando precisamos”, disse ele à época.

Mena diz que estrutura qualifica o atendimento regional


www.jornalminuano.com.br

BAGÉ, 15 DE MAIO DE 2019

Verão 90 - GLOBO - 19h30min Mercedes oferece sociedade na PopTV em troca da ajuda de Jerônimo para afastar Janaína de Herculano. Manu consegue pegar o disquete na sala de Jerônimo sem ser vista. Vanessa incentiva Jerônimo a aceitar a proposta de Mercedes. Madá tem um sonho ruim com Álamo e conclui que eles não deveriam ter ficados juntos. Jofre alerta Manu para ser mais cuidadosa com os encontros com João, para não despertar a desconfiança de Lidiane. Larissa avisa a Candé que ele está sendo acusado de subornar Alaorzinho. Manu pega o celular de Jerônimo. Diego aconselha Candé a não fugir e tentar se defender.

Horóscopo

O Sétimo Guardião - GLOBO - 21h Luz tenta explicar o que aconteceu para Gabriel. Louise decide deixar Serro Azul. Sampaio entrega uma arma para Olavo. Laura se enfurece ao saber da traição de Louise. Gabriel discute com Luz e declara guerra contra ela. Judith tenta acalmar Feijão. Gabriel conta para Murilo que expulsou Luz da Irmandade. Marilda pensa em um roteiro de viagem. Marilda afirma a Geandro que Lourdes Maria está grávida. Eurico descobre que seu depósito está vazio. Judith revela a Gabriel que Feijão possui a marca de guardião-mor.

ÁRIES

Foque em melhorar a qualidade da rotina, do orçamento, e do ofício. Cuidado com a comunicação, pois seu lado agressivo pode se manifestar.

TOURO

Os prazeres se encontram nas dinâmicas intelectuais e bate-papos significativos no social. Evite assuntos que gerem controvérsias.

GÊMEOS Sua percepção sobre o que a rotina precisa se amplia. Não deixe sua performance diminuir por causa das dificuldades emocionais.

CÂNCER Tome cuidado para você não falar demais por causa de sua mente inquieta. Escute as vivências que os demais têm para dividir.

LEÃO Existem chances de contornar os empecilhos financeiros e de mudar, já que tem uma visão mais atenta dos fatos. Seja emocionalmente estável.

VIRGEM Aumenta sua autoconfiança na mente e na ação. Você precisa ser mais sensível nos relacionamentos nessa fase vulnerável para a convivência.

Palavras Cruzadas

Órfãos da Terra - GLOBO - 18h30min Fairouz implora para que Dalila desista de sua vingança contra Laila e Jamil. Incentivado por Padre Zoran, Faruq se declara para Letícia. Ali aceita ficar noivo de Latifa, com a intenção de ver seu rosto. Marie reencontra seu filho Martin, mas o menino foge da mãe. Paul chega ao Brasil e conhece Camila. Bruno e Padre Zoran procuram por Martin. Ali e Muna reclamam do comportamento de Latifa. Muna afirma a Ali que o irmão ainda gosta de Sara. Sara lamenta com Eva sobre o possível casamento de Ali e Latifa. Paul se aproxima de Camila. Jean conforta Marie, que sofre por Martin. Sara pede a ajuda de Abner para provocar Ali. Ali anuncia seu noivado com Latifa, que tira o véu pela primeira vez. Sara sente ciúmes de Ali.

LIBRA

Adversidades complicadas começam a se resolver, mas antes de agir, analise a interferência nos outros, já que a comunicação está com ruídos.

ESCORPIÃO Disputas de poder atrapalham as relações, e você precisa de ponderação e diplomacia no convívio. Cultive estabilidade interior.

SAGITÁRIO Grandes feitos acontecem porque você se conecta com as responsabilidades. Mas dê atenção também para a família, e se adeque aos outros.

CAPRICÓRNIO Você tem maior vontade de expandir seu intelecto, só deixa de lado a rotina. Busque estar em sintonia com o ambiente e criar parcerias.

AQUÁRIO

Uma maior autoconfiança faz você entrar fundo na intimidade. Porém não se envolva em situações arriscadas, tenha bom senso.

PEIXES A consciência sobre as pessoas se aprofunda, e oportuniza o intercâmbio de vivências, mas não se limite às ideias. Aja nos aspectos práticos.

Loterias

Novelas

Edibar

12

Lazer

FEDERAL

LOTOFÁCIL

LOTOMANIA

Sorteio: 05387

Sorteio: 1813

Sorteio: 1968

01 02 04 05 07

02 04 08 12 13 17 21 22 31 53 54 56 68 69 82 86 93 94 97 98

1º prêmio 2º prêmio 3º prêmio 4º prêmio 5º prêmio -

50761 89421 56302 09141 33285

08 11 13 14 15 16 17 20 23 25

DUPLA-SENA

MEGA-SENA

QUINA

Sorteio: 1934

Sorteio: 2150

Sorteio: 4973

23 24 26 38 42 49

17 46 48 55 79

1º- 07 10 21 38 42 45 2º- 09 12 22 24 40 46


Cidade

www.jornalminuano.com.br

BAGÉ, 15 DE MAIO DE 2019

13

Produtor cultural busca sugestões para Família de menina atropelada elaboração do projeto do Teatro Municipal pede ajuda à comunidade ANTÔNIO ROCHA

Rollof, o representante do Conselho Municipal de Cultura, Gladimir Aguzzi, Anacarla Flores e Engleitner Representantes de entidades e grupos culturais de Bagé participaram, ontem à tarde, da apresentação da proposta de construção do Teatro Municipal. A ideia, neste primeiro momento, é escutar os representantes da cultura da cidade para, posteriormente, montar o projeto e buscar recursos para viabilizá-lo. O projeto foi apresentado pelo produtor cultural Francisco Rollof, em conjunto com o arquiteto Elsio Engleitner, indicados pelo Conselho Estadual de Cultura. Os dois têm experiência na

elaboração de projetos arquitetônicos voltados à cultura e conhecem os trâmites necessários. E o know-how da dupla rendeu a indicação para participar do processo em Bagé. “Precisamos sonhar dentro da nossa realidade físico financeira. A ideia é apresentar o projeto e captar recursos através da lei de incentivo à cultura do Estado, o Pró-Cultura”, explica. Segundo ele, o Pró-Cultura permite a liberação de recursos para construção, reforma e restauração de prédios com fins culturais. Para buscar o valor necessário, contudo,

Rollof, Engleitner, os arquitetos da Prefeitura e integrantes do Conselho de Cultura de Bagé, devem finalizar a elaboração do projeto. “Se o projeto for contemplado, eu, enquanto produtor cultural, recebo 10% do valor pela elaboração do projeto, conforme previsto em lei. Se não for contemplado, o projeto está pronto para buscar recursos de outra forma”, destaca. A secretaria de Cultura do município, Anacarla Flores, destaca que há um pré-projeto, mas não está fechado. “A partir desta reunião, vão surgir sugestões para o projeto. Queremos construir em conjunto, alinhar as ideias com a comunidade cultural para garantir este espaço destinado à música, dança, teatro, circo, literatura”, disse. Bagé aguarda um novo teatro há quase 100 anos, desde o incêndio que destruiu o teatro 28 de Setembro. Desde então, inúmeros ensaios foram feitos para erguer um novo prédio dedicado à cultura, mas nenhum saiu do papel. A nova mobilização pela construção conta com o Gabinete do Prefeito, da Secretaria Municipal de Gestão, Planejamento e Captação de Recursos e Secretaria Municipal de Cultura e Turismo.

FELIPE TORRES / ESPECIAL JM

Fernanda aguarda leito para filha em Pelotas A adolescente Jéssica Lima Soares, de 14 anos, foi atropelada na sexta-feira passada, quando andava de bicicleta na avenida Portugal, próximo ao Parque de Exposições Visconde de Ribeiro Magalhães. Agora, ela será levada para Pelotas, onde passará por uma cirurgia. Mas para garantir o atendimento, a família da jovem precisa de auxílio. De acordo com a mãe da jovem, Fernanda Ferraz Lima, Jéssica está internada no Centro de

Tratamento Intensivo na Santa Casa de Caridade de Bagé, em coma, com traumatismo craniano e uma fratura na bacia. Fernanda trabalha como faxineira e terá que ir para Pelotas com a menina. Ela tem quatro filhos e precisa de recursos para se manter naquele município. A tia da jovem, Sandra Mara Pereira, irá com Fernanda e Jéssica para auxiliar. Sandra pede que quem puder auxiliar pode doar valores para uma conta aberta na Caixa Econômica Federal (agência 0456 nº 01300165776-5) no nome dela. Ela comenta que, até o momento, eles já conseguiram um lugar para dormir, mas que ainda é preciso valores para se manterem em Pelotas. Conforme relatado à reportagem, a família de Jéssica é muito humilde. Eles vivem numa peça e Fernanda tem mais três filhos. A mãe vive de faxinas e o filho mais velho, de 16 anos, também trabalha de ajudante numa obra. Além de valores em dinheiro, a família precisa de alimentos. Eles moram na Rua Alcides Etchegoyen, nº 147, no bairro Dois Irmãos.


14

Segurança

www.jornalminuano.com.br

BAGÉ, 15 DE MAIO DE 2019

Publicada lei que garante mais proteção à mulher vítima de violência A Lei Maria da Penha prevê, a partir de agora, a aplicação de medidas protetivas de urgência a mulheres ou a seus dependentes ameaçados de violência doméstica ou familiar. O Diário Oficial da União publicou, ontem, lei sancionada pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, com as alterações que prometem dar mais rapidez nas decisões judiciais e policiais. De acordo com nova norma, quando constatada a existência de risco atual ou iminente à vida ou à integridade física da mulher, ou de seus dependentes, o “agressor será imediatamente afastado do lar, domicílio ou local de convivência” com a vítima, medida que pode ser adotada pela autoridade judicial; pelo delegado de polícia; ou pelo policial, quando o município não for sede de comarca e não houver delegado disponível no momento da denúncia. A lei prevê também que, quando a aplicação das medidas protetivas de urgência for decidida pelo policial, o juiz deve ser comunicado, no prazo máximo de 24 horas, para, em igual prazo, determinar sobre “a manutenção ou a revogação da medida aplicada, devendo dar ciência ao Ministério Público (MP) concomitantemen-

te”. Antes das alterações, que passaram a valer desde ontem, o prazo era de 48 horas. “A mulher que passa por situação de violência tem pressa. Especialmente nessas áreas em que não há comarca ela acaba desprotegida. Garante-se, assim, a medida protetiva e que o Judiciário analise a validade da medida em até 24h”, disse a titular do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, ao comentar a sanção da lei. O Anuário da Segurança Pública de 2018 registrou aumento de 6,1% no número de assassinato de mulheres e uma média de 606 casos por dia de violência doméstica, no Brasil, segundo informação divulgada pelo Ministério. A lei diz ainda que as medidas protetivas têm que ser registradas em banco de dados mantido pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), garantido o acesso do MP, da Defensoria Pública e dos órgãos de segurança pública e de assistência social, com vistas à fiscalização e à efetividade das medidas de proteção. No caso de prisão do agressor e, em havendo risco à integridade física da vítima ou à efetividade da medida protetiva de urgência, não será concedida liberdade provisória ao preso.

Motociclista fica ferido após colisão com carro

Agentes da Brigada Militar foram chamados, até à avenida São João, na noite de segunda-feira, após um homem, de 28 anos, ter se ferido em um acidente. Conforme o registro, um motociclista estava passando próximo à uma garagem quando um carro

Óbitos

que saía do local colidiu contra ele. A vítima caiu e teve fratura no fêmur e na clavícula, precisando ser encaminhada ao Pronto Socorro. No boletim de ocorrência, o motorista do carro disse que não viu a motocicleta se aproximar. Ele prestou auxílio ao condutor da moto.

GLÊNIO CASTRO DE OLIVEIRA, 79 anos, eletricista aposentado, divorciado. Residia na rua Mélanie Granier, bairro Menino Deus. Deixa as filhas Rosângela, Túlia Rosélia, Jurema, Daiane e Mariana.

FOTOS DIVULGAÇÃO

Veículo aquaplanou e colidiu contra uma árvore

Bajeense morre em acidente na BR-290 Ao meio dia de segunda-feira, um acidente registrado na BR290, KM 275,6, em Cachoeira do Sul, vitimou Márcia Heliane da Rosa Moraes, de 46 anos. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, a bajeense estava em um veículo Fiat Siena, conduzido pelo marido dela, Émerson Luís Madeira Barbosa, de 45 anos, que aquaplanou, próximo à entrada da Barragem do Capané, e colidiu contra uma árvore. No interior do carro, estavam, também, o genro da vítima, Lucas Velasques, de 25 anos, e seus dois filhos, Luan Mo-

raes Barbosa, de 18 anos, e Yngrid Moares Barbosa, de 22, que ficaram feridos e foram encaminhados pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e pela ambulância do Corpo de Bombeiros de Cachoeira do Sul para o Hospital de Caridade e Beneficência. Natural de Bagé, a vítima morava em São Leopoldo e, segundo informações de amigos, estava retornando para a cidade quando sofreu o acidente. Chovia forte na hora do acidente. O velório e sepultamento aconteceu, ontem, no Cemitério José de Arimateia, em Bagé.

Márcia Heliane da Rosa Moraes, de 46 anos morreu devido a colisão


Esporte

www.jornalminuano.com.br

BAGÉ, 15 DE MAIO DE 2019

Guarany tem oportunidade para ampliar vantagem na liderança FOTOS ANTÔNIO ROCHA

Próximo adversário será Rio Grande

Caso o confronto entre Sapucaiense e Guarany tivesse ocorrido no sábado, o jogo seria um confronto direto pela liderança do grupo A da Terceirona, visto que o alvirrubro possui 14 pontos e o adversário, 12. Porém, em função da chuva, a partida foi adiada para a próxima quarta-feira, às 15h, em Sapucaia do Sul. Mas antes disso, o Índio tem

outro compromisso. Possivelmente no sábado, às 15h, os comandados do técnico Vanderson Pereira encaram o Rio Grande, no Estádio Antônio Magalhães Rossell. Se vencer o Vovô e o Sapucaiense perder para o 12 Horas, o time bajeense viajará para Sapucaia do Sul com cinco pontos na frente do adversário. Ou seja,

Eder sofreu apenas um gol na competição

Meia Jaime está suspenso por três cartões amarelos

com essa mudança de datas na tabela, o confronto contra o Sapucaiense pode não ter mais a mesma dramaticidade e a vida do Guarany pode ficar ainda mais tranquila na Terceirona. O grupo de jogadores se reapresentou ontem. O intervalo de duas semanas de jogo permitirá que o Departamento Médico se esvazie. Com uma entorse no joelho, o lateral direito/volante Josué voltou a treinar com bola normalmente. O caso é o mesmo do meia Lucas Trindade, no entanto, este ainda passará por um processo de recuperação física. O atacante Robinho também está liberado. O único que ainda deve desfalcar, por lesão, contra o Rio Grande, é o centroavante Leandro Rodrigues. Em fase final de recuperação de estiramento do quadríceps, o jogador deve ser preservado. E também há o meia Jaime, suspenso por três cartões amarelos.

Atuações Caso vença o Rio Grande, o Guarany estará matematicamente classificado às quartas de final. “Lógico que precisamos ficar na melhor posição para sempre decidirmos em casa, mas eu quero que meu time esteja 100% é nos mata-matas. Tanto que nas rodadas finais vamos cuidar alguns aspectos, como lesões e cartões. Sobre as atuações, todos os times que enfrentamos jogaram atrás da linha da bola. Isso mostra o respeito ao Guarany e também dificulta para quem quer propor o jogo. Nos falta jogadas de organização, mas temos jogadores com velocidade e adeptos ao contra-ataque”, contextualiza.

Equipe Vernieri mantém vice-liderança na Copa SPR de Kart

Embora os percalços na pista, a equipe Vernieri segue na briga pelo título da Copa SPR de Kart. No final de semana, pela segunda etapa, realizada no Kartódromo do Beto Carrero, em Penha (Santa Catarina), Álvaro Nieto terminou em 5º lugar, na categoria F4 super sênior. Mesmo assim, manteve a vice-liderança na classificação geral.

“Na primeira bateria, o Álvaro terminou em segundo. Na segunda bateria, ele vinha administrando bem a segunda posição. Mas, faltando duas voltas para acabar, ele teve um acidente, porém, se recuperou e ainda chegou em quinto”, relata Sílvio Vernieri, integrante da equipe. O outro piloto foi Luiz Kaercher, pela F4 sênior. No en-

tanto, ele não conseguiu completar a prova. “O Luiz teve uma batida e ficou fora da primeira bateria. Daí, na segunda, largou em 27º. Subimos até a 13ª, mas tivemos um problema de mecânica e abandonamos a prova. Foram mais de 230 inscritos. Estamos felizes por representar Bagé em Santa Catarina”, declara Vernieri.

15

yuricougodias@gmail.com

Yuri Cougo Dias Bajeenses participam de workshop na CBF

DIVULGAÇÃO

Da esquerda para direita: Diego Segredo, Branco, Pierre Castilhos, Pedro Moura, Ricardo Pizarro, André Jardine e Cristian do Couto

Cinco bajeenses participaram, entre 9 e 11 de maio, do V Workshop Intermediação no Futebol, organizado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), em sua sede, no Rio de Janeiro. A delegação foi composta por Ricardo Pizarro e Pierre Castilhos (sócios da empresa de intermediação RP Assessoria Jurídica e Esportiva); Diego Segredo Blanco (advogado especialista em Direito Esportivo e com atuação voltada à defesa de atletas profissionais); Cristian do Couto e Pedro Moura (diretores de futebol e jurídico do Guarany, respectivamente).

Durante os três dias, os participantes debateram sobre mudanças no regulamento de intermediários; incentivo aos pequenos clubes para formação de novos jogadores; atualização e técnicas de negociação, além da ampliação da rede de contatos, algo fundamental no mundo da bola. Na ocasião, os bajeenses foram recebidos, na CBF, pelo conterrâneo Branco, tetracampeão mundial e atual coordenador das categorias de base da seleção brasileira. O grupo também teve a oportunidade de conhecer o atual técnico da sub-20 do Brasil, André Jardine.

Cantegril realiza XVII Aberto de Golfe Ipiranga

Nos dias 24, 25 e 26 de maio, o Cantegril será palco da 7ª etapa do Tour Gaúcho de Golfe Amador 2019. O XVII Aberto de Golfe Ipiranga receberá os melhores atletas do Estado, em Bagé, para uma “competição de gala”. Nesta ocasião, o clube ba-

jeense abrirá suas portas ao evento, promovido pela Federação Rio-grandense de Golfe, que conta com o patrocínio da Ipiranga, GBI Combustíveis e Cerealista Coradini e apoio das empresas Frigorífico Producarne, Dallé Hotel e RBS TV.


16

Contracapa

BAGÉ, 15 DE MAIO DE 2019

www.jornalminuano.com.br

Em um mês, campanha contra gripe imuniza 65,2% do público prioritário em Bagé

Bagé já aplicou, aproximadamente, 27 mil doses da vacina contra a gripe em um mês de campanha, iniciada em 10 de abril. Com isso, estão imunizados, até o momento, 65,2% da população-alvo definida pelo Ministério da Saúde. A vacina é oferecida ao público prioritário em 21 unidades de saúde do município até o dia 31 de maio. Entre o público-alvo, as mães de bebês nascidos há até 45 dias são as que apresentam maior cobertura até o momento, com 98,5%. Em seguida, estão os trabalhadores da saúde com 69%, idosos com 65,4% e gestantes com 64,6%. Os grupos com as menores coberturas, até o momento, são crianças com 63,6% e professores 56,9%. Entre os militares, foram contabilizadas 590 doses aplicadas. De acordo com a coordenadora municipal de Imunizações, Tatiana Miranda, é necessário que a população prioritária procure a unidade de saúde mais próxima para se vacinar. “É preciso que todo o público-alvo seja imunizado. A vacina é segura e está disponível, gratuitamente, nas unidades de saúde, não tem porque não fazer”, explica. O grupo prioritário é composto por pessoas com 60 anos ou mais, gestantes, puérperas, crianças entre seis meses e menores de seis anos, profissionais da saúde, pessoas com doenças crônicas ou outras condições clínicas especiais (que apresentem prescrição médica), professores da rede pública e privada, população privadas de liberdade, funcionários do sistema prisional e das Aplicação de doses ocorre até 31 de maio forças de segurança e salvamento.

TIAGO ROLIM DE MOURA

Profile for Jornal Minuano

20190515  

20190515  

Advertisement