Page 1

anos jornalminuano.com.br BAGÉ, sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019 - ANO XXIV Nº 6 163 | R$ 2,00

EMPREGO

Antônio Rocha

DPU anuncia seleção para estágio Cargo é destinado para acadêmicos de Direito e oferece auxílio de R$ 800 Pág. 7

NEGÓCIO

ANDREI

Concorrência pública oferta 13 áreas, a partir de R$ 15 mil, na Vila Residencial Pág. 13

Atleta que foi para o Inter-SM, neste ano, fez o gol que decretou derrota do Bagé Pág. 15

O ex-jalde-negro Prefeitura que virou de Candiota venderá terrenos o jogo

ÍNDICE FIRJAN

BAGÉ REGISTRA ALTO DESENVOLVIMENTO EM SAÚDE Divulgada pela Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan), pesquisa revela que a Rainha da Fronteira subiu posições nos rankings nacional e estadual em relação ao desenvolvimento municipal, em especial no item Saúde. Os dados são relativos ao ano de 2016, quando Bagé alcançou a posição 533º no País e 101º no Rio Grande do Sul.

Pág. 10 Antônio Rocha

ENSINO

NO AGUARDO DE REPAROS

Maior instituição da região, com pouco mais de 1,5 mil alunos, a Escola Estadual de Educação Básica Professor Justino Costa Quintana voltou às aulas, ontem, com algumas expectativas. Uma das principais, segundo a direção, é a resolução de pendências estruturais aguardadas desde sua reinauguração.

Pág. 3

Previsão do tempo

18ºC

35ºC

EMPREENDEDOR - Conheça o food trailer da Delícias da Vó Pretinha Pág. 6


02

Opinião

www.jornalminuano.com.br

BAGÉ, 22 DE FEVEREIRO DE 2019

Editorial

redacaominuano@gmail.com www.jornalminuano.com.br

Potencial reafirmado

O

s prêmios obtidos no início deste ano, pela Vinícola Miolo, que conta com unidade na localidade de Seival, em Candiota, não apenas brindam a empresa pelo trabalho executado, mas, também, exaltam o potencial cada vez mais reafirmado na Campanha gaúcha na produção de vinhos finos. Aliás, o destaque da empresa com sede na Serra gaúcha, é apenas um dentre uma infinidade de rótulos que tiveram, na região, não apenas o cultivo de uvas finas, mas a produção total, inclusive com o engarrafamento, nestes pagos. No caso da Miolo, vale a menção de que o Single Vineyard Touriga Nacional, um dos mais premiados rótulos, produzidos na safra passada, foi fruto quase que exclusivo da unidade candiotense, desde sua concepção até finalização. O potencial do Paralelo 31, assim especificado pelo

setor, tem aberto horizontes e estimulado cada vez mais empreendedores, muito além dos grandes conglomerados serranos. O investimento do narrador esportivo Galvão Bueno é outro exemplo de que quem se aprofunda em tal setor acaba reconhecendo a capacidade local em resultar em rótulos premiados. Os empresários daqui, inclusive, são os principais incentivadores. A Guatambu, de Dom Pedrito, a Peruzzo, de Bagé, assim como, mais recentemente, a Paraizo, juntas a outras tantas, são responsáveis por divulgar algo que já é atestado há, pelo menos, uma década. E que esse cenário promissor tenha sequência, a ponto, quem sabe, de um dia esses campos se tornem, talvez, o principal berço da vitivinicultura gaúcha. Mas, de maneira mais imediata, motivar, para um futuro breve, que a abertura oficial da colheita da uva possa ocorrer por aqui. Será um passo e tanto.

FAT - Jornal Minuano | CNPJ: 87415725/0012-81 Endereço: Rua Brigadeiro Mércio, 72 - CEP 96400.720 - Bagé/RS Telefones: Redação (53) 3242-7693 - Assinaturas 3241-6377 www.jornalminuano.com.br | redacaominuano@gmail.com | facebook.com/jornalminuanobage

EDITOR-CHEFE Felipe Valduga

GERENTE COMERCIAL Adriana Robaina

Editor assistente - Sidimar Rostan • Reportagem - Viviane Becker - Cláudio Falcão - Melissa Louçan - Jaqueline Muza - Rochele Barbosa - Yuri Cougo Dias - Augustho Soares (estagiário) • Chargista - Cláudio Falcão • Repórter fotográfico - Antônio Rocha - Tiago Rolim de Moura • Diagramação Luís Mário Pereira - Daniel Cuerda Ferreira • Revisão - Helena Pereira • Assistente comercial - Angelina Britto • Vendedores - Dulce Dias - Fabrício Becker • Assinaturas - Paula Freitas • Distribuição - Marcos Goulart • Administrativo - Lidiane Selaje Marques • Colaboradores - José Carlos Teixeira Giorgis - Marcelo Teixeira - José Artur M. Maruri dos Santos - Norberto Dutra - Airton Gusmão - Dilce Helena dos Santos - Fernando Risch - João L. Roschildt • Impressão - Gráfica UMA (Grupo RBS) - Porto Alegre/RS

Laboratório de

Jornalismo

Coordenador do Curso de Jornalismo

Glauber Pereira

Os artigos assinados não refletem, necessariamente, a posição do jornal. Por isso, a editoria não se responsabiliza pelas opiniões emitidas.

Fernando Risch

fegrisch@gmail.com

Café com Omeprazol

Já estou a ouvir batuques escandalosos na fluorescência ziriguidônica. Foi-se o tempo em que eu sambava. Agora, só toco caixeta em rodas de samba qualitativamente deficitárias. Chegou o Carnaval. Finalmente!, grita o carnavalesco e o empresário. Neste réveillon laboral, empurrado nos seus cálculos lunares para março, extrapolamos na ginga e curamos a ressaca com trabalho, sem sequer conseguir enterrar os ossos. Não tenho mais pique, mas tenho energia. Tenho contraturas na lombar e finjo que meus joelhos doem. Não me convide para erguer dedinhos por cinco quilômetros, vestido em lantejoulas e banhado em glitter. Passei da idade. Da mental. Sou o cara que procura a cadeira para sentar, assiste a Mocidade pela TV e pede que alguém lhe alcance uma cerveja do freezer, não da geladeira, e que suba uma no lugar da retirada.

O Carnaval chegou, está logo ali. Sambem aqueles que quiserem sambar. Sentem aqueles que quiserem sentar. E respeite o próximo, seu babaca. Isso, é com você mesmo que estou falando. Respeite as pessoas, principalmente as mulheres. Senão te encho de porrada. Ou peço para que alguém o faça, pois estarei sentado, com preguiça. Está chegando o Carnaval, eu já disse isso? Sim, já. Hoje é o que, sexta-feira? Falta uma semana ainda ou já é agora? Não sei. Mas está chegando, eu sinto. E enquanto os jovens-jovens e velhos-jovens comem mamão com flocos de aveia e iogurte desnatado de manhã, para aguentarem mais uma rodada de folia, eu, jovem-velho, me encontrarei tomando um café com o Omeprazol, para que eu consiga despertar sem azia. Bom Carnaval. Respeito. Escritor

Cláudio Falcão

Charge Florêncio e o roubo das filmagens

falcaobage58@gmail.com


Cidade

www.jornalminuano.com.br

BAGÉ, 22 DE FEVEREIRO DE 2019

fotos Antônio Rocha

03

Edição extraoficial da Descida do Camaquã ocorre neste final de semana Antônio Rocha

Reforma custou em torno de R$ 8 milhões

Maior escola da região, Justino Quintana volta às aulas com perspectiva de novos reparos em estrutura

Reinaugurada há pouco menos de um ano, a Escola Estadual de Educação Básica Professor Justino Costa Quintana voltou às aulas, ontem, com pendências em sua estrutura recentemente reformada. Segundo a diretora da escola, Sônia Barbosa, alguns defeitos levantados no ano passado, em vistoria pela 13ª Coordenadoria Regional de Obras (13ª Crop), ainda não foram resolvidos pela empresa responsável. “Tem coisas que são bem preocupantes, que se não forem feitas vão nos dar um problema um pouco maior e nos causar transtorno”, sustenta.

Diretora explica que alguns defeitos na construção ainda não foram resolvidos

Como exemplo, Sônia falou sobre o sistema de motores que bombeiam água para a caixa, que apresentou problemas no ano passado, deixando a instituição desabastecida. “Quando queimou o primeiro motor, a gente avisou que tinha que ser feito um reparo, mas demoraram e tivemos que ficar dois dias sem funcionar”, lembra. De acordo com o responsável pela 13ª Crop, César Vasconcellos, a empresa responsável pela reforma já foi informada sobre a situação da escola e prestou o serviço de troca do motor para caixa d’água quando requisitado. Vasconcellos adiantou que faria, ainda ontem, uma nova vistoria no local para verificar os reparos que a estrutura precisa e se houve agravações nos pontos já identificados anteriormente para, então, notificar a empresa. O coordenador destaca que a obra tem validade de cinco anos a contar da data de entrega, no entanto a garantia somente é válida para defeitos na estrutura, sendo que em caso de mal funcionamento por falta de manutenção ou uso, a responsabilidade deve ser da gestão da instituição.

Obra Sendo a maior da rede estadual na região, a escola Justino

Quintana, atualmente, conta com 1,5 mil alunos, atendidos por 98 professores, além de funcionários e gestores. A instituição havia sido interditada em agosto de 2013, por recomendação do Ministério Público, por apresentar risco à vida dos estudantes, professores e funcionários. A interdição foi recomendada após vistoria da estrutura, realizada pela Divisão de Assessoramenzo Técnico do Ministério Público, junto à 13ª Crop. Após uma série de entraves burocráticos, a obra foi iniciada em 2014, mas sofreu várias paralisações por falta de repasses. Dessa forma, somente em 2017 as aulas foram retomadas no prédio. Conforme o que foi dito na entrega da obra, pelo diretor da empresa Sistema Engenharia, Emílio Mansur, foram realizadas intervenções em 15 mil metros quadrados, sendo 2,6 mil metros quadrados de obras novas e seis mil metros quadrados de reformas em salas de aula; redes elétrica, hidráulica e de esgoto; teatro; estacionamento; quadras poliesportivas; além de elevador para a acessibilidade dos alunos. No total, a reforma recebeu investimento de cerca de R$ 8 milhões.

Após suspensão em razão da chuva, grupo de remadores realiza trajeto de forma independente

De hoje até domingo, uma equipe de remadores realiza a etapa extraoficial da Descida do Camaquã. A 24ª edição estava prevista para ocorrer entre os dias 18 e 20 de janeiro, mas foi suspensa em decorrência do grande volume de chuvas. O coordenador da Descida, José Crespo, explica que a edição contará com 50 participantes, sendo 35 deles remadores. O

trajeto é o mesmo previsto para a edição de janeiro, com 18 quilômetros, e acampamento no camping Camaquã, na propriedade de Paulo Tadeu. Crespo relata que, por ser uma edição extraoficial, a logística de acampamento, alimentação e navegação é de responsabilidade de cada participante. O evento será finalizado no domingo, 24 de fevereiro.


04

Campo & Negócios

www.jornalminuano.com.br

BAGÉ, 22 DE FEVEREIRO DE 2019

Miolo inicia 2019 com rótulos entre melhores Angus defende fiscalização de procedência vinhos da América do Sul e da Europa Catad’Or Wine Awards, destaNo Guia Descorchados cou 16 vinhos da Miolo com de carne certificada Nas páginas da edição de pontuações superiores a 89 ponReprodução JM

A Fundação Procon-SP, órgão vinculado à Secretaria da Justiça e Cidadania do Estado de São Paulo, vai iniciar, nos próximos dias, a fiscalização de estabelecimentos que comercializam carne bovina Angus. O objetivo é verificar a procedência da carne e garantir que os produtos são, de fato, oriundos da raça. A equipe passará por açougues, restaurantes, boutiques, atacados e demais estabelecimentos que comercializam a carne Angus. Todos deverão comprovar a presença do selo oficial do programa Carne Angus Certificada, assim como determina o Ministério da Agricultura. De acordo com a coordenadora do Programa Carne Angus Certificada, Ana Doralina Menezes, a medida adotada pelo Procon-SP é de suma importância, pois fortalece o trabalho desenvolvido pelo programa ao longo dos anos e amplia a garantia de que os consumidores irão adquirir um produto de extrema qualidade. Além disso, a ação será um

reconhecimento ao trabalho de certificação realizado pela Associação Brasileira de Angus junto aos frigoríficos e produtores parceiros. “É uma iniciativa louvável, pois sabemos que existem muitas marcas de carne no mercado que procuram vincular seus produtos à raça Angus na tentativa de valorizá-los, porém, sem a devida certificação do mesmo. A certificação garante que o produto foi acompanhado durante toda a sua produção e que cumpre com os padrões de qualidade exigidos pelo Programa Carne Angus”, afirma. A executiva do programa considera que o apoio de órgãos públicos como o Procon-SP vem a somar todo o processo de qualidade desempenhado pela Angus no mercado brasileiro, e serve de exemplo para demais órgãos em outros estados. Os estabelecimentos que serão visitados pelo Procon-SP que comercializarem os produtos sem o selo de certificação Angus poderão ser multados.

Lote 43 e Single Vineyard Touriga Nacional lideraram premiações

A vinícola Miolo iniciou o ano celebrando os destaques conquistados em dois dos mais influentes guias de vinhos na América do Sul: o Catad’or e o Descorchados, que reúnem os melhores exemplares do Brasil, Chile, Argentina e Uruguai. Nos dois concursos, foram premiados rótulos Miolo elaborados nas diferentes regiões onde a vinícola mantém projetos no Brasil. O Guia Catad’Or 2019, organizado pelo concurso chileno

tos. O Miolo Lote 43, proveniente do Vale dos Vinhedos, conquistou 93 pontos e entrou para a lista dos ‘Melhores Tintos’. Os demais premiados seguem mapeando os terroirs Miolo com altas pontuações. O Single Vineyard Touriga Nacional, da Campanha Meridional (RS), em Candiota, conquistou 91 pontos, região de origem de outros cinco rótulos destacados: Quinta do Seival Cab. Sauvignon (90 pts), Quinta do Seival Castas Portuguesas (90 pts), Seival by Miolo Brut Rosé (90 pts), Reserva Sauvignon Blanc Colheita Noturna (89 pts) e Seleção Rosé (89 pts). Com 90 pontos, o Testardi Syrah encabeça a lista dos vinhos elaborados no Vale do São Francisco (BA) premiados no Catad’Or: os espumantes Terranova Brut, Almadén Brut Rosé e Almadén Demi-Sec, todos com 89 pontos. Essa foi, também, a pontuação dos espumantes Millésime Brut e Millésime Brut Rosé, do branco Cuvée Giuseppe Chardonnay e do tinto Cuvée Giuseppe Merlot/Cab. Sauvignon, os quatro provenientes do Vale dos Vinhedos. Ainda no Rio Grande do Sul, desta vez na Campanha Central, é elaborado o Almadén Cabernet Franc, que aparece na lista com 89 pontos.

2019 do Guia Descorchados, a Miolo se consagrou com vinhos do Vale dos Vinhedos e da Campanha altamente premiados e destacados em diferentes categorias. O novo espumante Millésime Brut Rosé conquistou 91 pontos e se destacou em quatro categorias: ‘Vinho Revelação’, ‘Melhores Espumantes Brut’, ‘Melhores Espumantes Rosados’ e ‘Melhores do Vale dos Vinhedos’. Também com 91 pontos e destacados em mais de uma categoria estão os rótulos Single Vineyard Touriga Nacional (‘Melhores Tintos’ e ‘Melhores da Campanha’), Miolo Merlot Terroir (‘Melhores Tintos’ e ‘Melhores do Vale dos Vinhedos’), Quintal do Seival Castas Portuguesas (‘Melhores Brancos’ e ‘Melhores da Campanha’), Millésime Brut (‘Melhores Espumantes Brut’ e ‘Melhores do Vale dos Vinhedos’) e Quinta do Seival Alvarinho (‘Melhores Brancos’ e ‘Melhores da Campanha’). Os 91 pontos conquistados pelo Miolo Single Vineyard Touriga Nacional nos guias Catad’Or e Descorchados também foram conferidos ao vinho pelo Guía Peñín, grande referência da Espanha para vinhos de alto nível elaborados no mundo todo.

Ministra quer evolução dos sistemas de controle do setor produtivo A ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, defendeu, ontem, a adoção de procedimentos de fiscalização e auditoria mais modernos no setor produtivo para garantir mais segurança e qualidade para o consumidor. Em discurso na abertura do Seminário Boas Práticas de Fabricação e Autocontrole, em Brasília, ela destacou a importância do debate sobre o tema para a economia do País. “O autocontrole nada mais é do que a responsabilidade de ambos os lados. O setor privado tem que cumprir sua parte, nós precisamos ir lá e ver se os protocolos estão sendo seguidos”, explicou Tereza Cristina. O evento é organizado pelo Mapa para promover a discussão sobre ações e iniciativas voltadas para o fortalecimento no uso de ferramentas de autocontrole e de boas práticas de fabricação nas

atividades reguladas pela Secretaria de Defesa Agropecuária (SDA). No sistema de autocontrole, o empresário fica responsável pela qualidade do produto que fabrica e comercializa e o Estado fiscaliza. A ministra reiterou que a abertura do diálogo para mudanças na forma de fiscalização e controle é uma evolução que segue a tendência mundial de modernização e simplificação em vários setores. “O mundo evoluiu e nós temos que evoluir também nos nossos sistemas de fiscalização e de controle. E cada vez a evolução exige mais da gente porque o consumidor lá na ponta quer a segurança de que o que ele está comprando e que o seu alimento é de boa qualidade”, argumentou. Tereza Cristina também chamou a atenção para a exigência dos mercados internacionais e comentou que as empresas já

são muito cobradas pelos consumidores a atestar a qualidade de seus serviços e produtos, e tem interesse em manter a credibilidade de suas marcas. Ela afirmou que este processo também valoriza o papel do auditor fiscal, que continuará responsável pela fiscalização, porém, de uma forma mais ágil e moderna, sem a necessidade de estar presente diariamente acompanhando a atividade rotineira das empresas. A ministra explicou que cada segmento do agronegócio terá uma definição específica de controle de sua própria produção. “O autocontrole tem que estar em todas cadeias produtivas onde o ministério é responsável. Acontece que o Estado não tem mais pernas, o Brasil cresceu muito, a nossa economia no agronegócio é gigante e nós não temos mais como fazer esse controle diário, mas nós podemos fazer ele bem feito”, completou.


Fogo Cruzado

www.jornalminuano.com.br

BAGÉ, 22 DE FEVEREIRO DE 2019

Divulgação

Felipe Valduga

Interino

05

felipelvalduga@gmail.com

Governador projeta compensação pela Lei Kandir

Executivo e Exército acertam ação conjunta para empreitada

Revitalização do Forte de Santa Tecla volta à pauta

O secretário do Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação, Bayard Paschoa Pereira, recebeu, esta semana, a visita do General de Brigada Carlos Augusto Ramires Teixeira, acompanhado do Coronel Márcio Eduardo Rangel Fidélis. O encontro teve por objetivo, conforme divulgado pela prefeitura, definir o apoio da pasta ao projeto para revitalização do Forte de Santa Tecla. O projeto de revitalização, de acordo com o repassado à coluna, busca garantir a memória do Sítio Histórico e das fundações do Forte Santa Tecla, requalificando as edificações existentes através de novos espaços e promovendo a sustentabilidade e o desenvolvimento de pesquisas científicas nas áreas de Arqueologia, História, Antropologia, Biologia, Geologia, Arquitetura, Turismo e Engenharia, desenvolvidos junto a instituições de En-

sino Superior da cidade e da região da Fronteira com o Uruguai. Segundo o Comandante da 3ª Brigada de Cavalaria Mecanizada, a recuperação do Forte vai resgatar a riqueza cultural e histórica da arquitetura militar do local e se potencializar como ponto de turismo. Para Bayard, é necessário esforço conjunto para garantir a preservação do espaço. “Entendemos que o projeto é, sobretudo, uma ação direta e efetiva dos anseios da comunidade no que se refere à manutenção de sua própria história”, mencionou o secretário. De acordo com levantamento divulgado pelo Executivo, o Forte de Santa Tecla foi construído em 1774, por determinação do governador de Buenos Aires, D. Juan Jose Vertiz y Salcedo. Em 1776, foi cercado e destruído pelos portugueses, comandados pelo sargento-mór Rafael Pinto Bandeira. Reconstruí-

do em 1778, pelos espanhóis, foi novamente tomado e destruído pelas tropas portuguesas, lideradas por Patrício Corrêa da Câmara, em 1801. Hoje, restam vestígios das antigas fundações em pedra, localizadas num parque com 26 hectares. Os remanescentes do Forte de Santa Tecla foram tombados pelo Iphan, em 1970, justamente no ano em que se realizaram escavações no local. Em 1970, o arqueólogo Fernando La Salvia, da Universidade de Caxias do Sul, junto ao historiador Francisco Riopardense de Macedo, realizou escavações no local e foram encontradas as fundações, bem como pregos, artefatos em ferro, cerâmica e louça. Os pesquisadores encontraram, ainda, dois poços, rodas de carretas, uma culatra de canhão, pedaços de móveis e outros artefatos. O acervo, atualmente, está exposto no Museu Dom Diogo de Souza.

A última agenda do governador Eduardo Leite em Brasília, concluída na quarta-feira, foi uma reunião com o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes. O foco do encontro, no qual estiveram presentes, ainda, o secretário da Fazenda, Marco Aurélio Cardoso, e o procurador-geral do Estado, Eduardo Cunha da Costa, foi abordado o julgamento de embargos de declaração de um processo que trata da aplicação de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) em itens da cesta básica. A manutenção das decisões favoráveis ao RS, que já venceu em todas as instâncias, pode render cerca de R$ 500 milhões ao Estado. “Levamos os fundamentos jurídicos ao ministro e pedimos que dê prioridade ao julgamento do processo”, relatou o procurador-geral do Estado. Outro tópico discutido foi a questão que envolve o piso do magistério. Mendes é o relator do recurso extraordinário interposto pelo Estado, no qual se dis-

cute o impacto da aplicação do piso com valor retroativo, que levaria a uma despesa de R$ 33 bilhões. Desde 2011, a PGE procura, conforme o Executivo gaúcho, demonstrar que o RS cumpre a lei federal. Mesmo diante das pautas, uma das apontadas como fundamentais para auxiliar na recuperação econômica do Rio Grande do Sul foi tratada, também com o ministro, na noite do dia anterior, quando foi discutido o reconhecimento da dívida do governo federal com o RS devido à Lei Kandir. A lei desonerou as exportações de bens primários e semielaborados do pagamento de ICMS, tributo administrado pelos governos estaduais. O Estado estima que o prejuízo na arrecadação seja de cerca de R$ 59 bilhões. “Não temos expectativa de que isso seja convertido em repasses para os gaúchos, mas pode ser trabalhada em uma lógica de compensação da dívida que o RS tem com a União”, comentou o governador.

Partido Novo projeta atuação mais próxima em Bagé A ampliação da representação no Rio Grande do Sul é uma das metas do Partido Novo para 2019, informou, nesta semana, a assessoria de imprensa da sigla. Para tanto, e com o objetivo de expandir sua base, a legenda está implantando polos regionais de representação oficial da sigla. A ação de estruturação visa a preparação do partido para as próximas eleições municipais. Em Bagé, por exemplo, Cássio Rizzato Lopes será o coordenador da região, que compreende Pelotas, Rio Grande, Caçapava do Sul, Santana do Livramento e demais cidades do entorno. Ele tomou posse ontem, à noite. Lopes tem 44 anos, é empresário nos ramos de confecção, vestuário, óptica e joias, formado em Publicidade e Propaganda pela PUC-RS e pós-graduado em Marketing pela ESPM-RS. Está filiado

no Novo desde setembro de 2015. “O Diretório Estadual do partido esteve trabalhando nos últimos meses em reuniões e treinamentos para ampliar a representação oficial do Novo no Estado. Queremos estabelecer uma atuação mais próxima, divulgar nossas ideias e estarmos preparados para as eleições municipais em 2020”, explica. A partir de agora, conforme a assessoria da legenda, serão oito coordenadores regionais, que atuarão como representantes do Novo em suas regiões e têm por missão ajudar no crescimento do partido, realizar as apresentações institucionais, atuar como representantes frente aos órgãos de imprensa e também ajudar no acompanhamento e fiscalização das rotinas da sigla em suas regiões. “Todas as cidades do Estado foram compreendidas em uma segmentação regional”, afirma o setor.


06

Empreendedor

www.jornalminuano.com.br

BAGÉ, 22 DE FEVEREIRO DE 2019

Delícias da Vó Pretinha oferece variedade de confeitaria em food trailer Após uma temporada de 13 anos em Florianópolis (SC), Quélen Olave Rodrigues retornou à região da Campanha. Formada em Administração e Recursos Humanos, decidiu empreender e abrir um negócio no ramo de alimentação. E assim surgiu o embrião do food truck “Delícias da Vó Pretinha”. “Comecei a vender pães caseiros, que aprendi com uma amiga em Florianópolis. Como os pães ficavam lindos e grandes, iguais aos que a minha avó, Leonor Rodrigues, fazia para mim, decidi colocar o nome da empresa em homenagem a ela”, conta ela. Oficialmente, a Delícias da Vó Pretinha existe desde novembro de 2017. Além dos pães, o cardápio da empresa logo foi incrementado com cupcakes, receita também herdada de amigos, e, tão logo, todos os demais doces. “Com o tempo e alguns cursos, resolvi fazer minhas próprias receitas, inspirada no que há de melhor na confeitaria brasileira e francesa como tarteletes, caramelo salgado e o creme de confeiteiro que foi uma junção de três receitas”, relata. Ela relembra que, para ganhar mercado e conquistar uma clientela fiel, apresentou os produtos com Food Bike de Cupcakes, em frente às escolas e na Praça da Estação. “Como o movimento estava aumentando, resolvemos fazer o food trailer para divulgar os demais produtos

Ovos de colher são destaque próximo à Pascoa

fotos Divulgação

Neisa Confeitaria Bagé

Você sabia que a Neisa Confeitaria possui um excelente lugar para o seu evento? O segundo piso tem o objetivo de, além de opção de lugar mais reservado para quem vai degustar as delícias gourmet do local, uma possibilidade de você realizar a sua festa, confraternização, reunião ou encontro da empresa. Isso tudo, em um lugar aconchegante, que comporta até 100 pessoas, sendo possível reunir todos os serviços que você precisa em uma mesma empresa. Equipe especializada, culinária de primeira qualidade, ótima localização e ambiente climatizado. Um grande diferencial são as reservas do espaço durante a semana, sempre que for em horário de expediente não é cobrado custo de aluguel do salão, apenas do serviço de culinária. Informações e orçamentos de pacotes pelo telefone 3242 4423.

Viação Ouro e Prata

Comprando a partir de três passagens para a mesma viagem, todos ganham 30% de desconto. Isso mesmo: viaje com os amigos e pague menos. Embarque no melhor Carnaval de todos! É obrigatório fazer cadastro prévio e levar o voucher na rodoviária para comprar as passagens. Desconto válido para comprar a partir de três passagens com mesmo destino, data e horário. Somente para modalidade comum, semi-direto e direto. A promoção encerra no dia 10 de março.

Nory Boutique

Estabelecimento informa diariamente onde estará localizado

que temos. Então, estreamos no último Gastro Beer”, conta. Entre os doces do cardápio, há destaque aos bolos de aniversário, elaborados com três camadas de recheios; bolo de número ou letra; bolo para fotos de bebês (Smash the cake); naked cake, bolos vulcões; brigadeiros tradicionais e especiais; bolo no pote; tarteletes; pão de mel recheado com doce de leite; brownies com cobertura; panetones recheados; ovos de colher. Na linha de salgados, a De-

lícias da Vó Pretinha oferece torta de frango, empadão de frango e torta fria. Para conhecer um pouco mais, fazer encomenda ou descobrir onde encontrar o trailer, o movimento da empresa é registrado diariamente na página do Facebook. Além disso, as encomendas podem ser feitas através do WhatsApp (53) 999727625. Outra forma de conhecer os produtos é na Nory Boutique, que, semanalmente, faz degustação com as delícias preparadas por Quélen.

Empresa oferece diversos tipos de bolo

Além de garantir aquele look elegante, com peças modernas e sofisticadas, a Nory Boutique também abre espaço para as clientes celebrarem o aniversário no espaço da loja. Na ocasião, a aniversariante ganha bolo e docinhos por conta da loja. Bom lembrar, também, que a loja continua com a promoção das peças de verão com descontos de 50% à vista e 40% em duas vezes, até o final deste mês.

Aniversariantes Carmen Saionara do Couto

Iracélia Barcelos de Deus

Cláudia Coronel

Leda Costa Del Duca

Echelyn Rita

Luani Morales Paz

Édipo Lemos

Lucídio Mazzini Dias

Elisandra Simões

Luiz Roni Vaz

Ênio Loreto Souza

Mara Machado Saraiva Reis

Euda Salgado Miranda

Michele Soares Bittencourt

Fabiane Silva de Moraes Oliveira

Pâmela dos Santos

Felipe Vianna

Rosana Gaspar Fortes

Fernando Lucas

Suziane Nara Martins

Franck Freitas

Zeli da Rosa Gadea


Cidade

www.jornalminuano.com.br

BAGÉ, 22 DE FEVEREIRO DE 2019

07

Defensoria Pública da União faz processo seletivo de estagiários

Desde segunda-feira, 18 de fevereiro, estão abertas as inscrições para o processo seletivo de estagiários da Defensoria Pública da União, em Bagé, voltado para acadêmicos do curso de Direito. O processo é realizado em parceria com o Centro de Integração Empresa-Escola - CIEE/ RS. Segundo o edital, o certame terá vigência de seis meses, a contar da data de publicação do resultado final, podendo ser prorrogado por igual período. Os interessados devem estar cursando a partir do 6º semestre do curso de Direito e não estarem no último semestre, no momento em que for disponibilizada a vaga e realizada a convocação para assinatura do Termo de Compromisso de Estágio. A remuneração oferecida é de R$ 800 para jornada de quatro horas diárias. O estagiário terá direito, também, a auxílio transporte, no valor de R$ 8

por dia, efetivamente, trabalhado e recesso remunerado. As inscrições devem ser realizadas através do site www.cieers. org.br, até a próxima sexta-feira, dia 28 de fevereiro. Para os candidatos que não possuírem acesso à internet, serão disponibilizados equipamento, tanto na sede da DPU, na rua Professora Mélanie Granier, nº 48, quanto na sede do CIEE, na rua General Neto, nº 19, no quinto andar. Os candidatos serão classificados por meio de provas objetiva e discursiva e entrevista com análise de currículo. A prova objetiva, com peso três, terá 16 questões de múltipla escolha, com conteúdos sobre direito constitucional, administrativo, civil, processual civil, penal, processual penal, previdenciário e princípios institucionais da Defensoria Pública. A prova discursiva, com peso quatro, constará de duas questões subjetivas sobre di-

Antônio Rocha

Remuneração oferecida é de R$ 800,00 para jornada de quatro horas diárias

reito penal e constitucional. Ambas as provas serão realizadas na data provável de 15 de março, no campus central da Urcamp. O resultado parcial e a classificação dos candidatos aptos à

BANRISUL

entrevista serão divulgados na data provável de 27 de março. Serão convocados para realização da próxima etapa os 12 candidatos melhores colocados. Conforme o edital, é de responsabilida-

de do candidato acompanhar as atualizações sobre o certame, no site do CIEE. Outras informações podem ser conferidas no edital completo, disponível no site do Jornal MINUANO.


www.jornalmin

#BRECHIC Nestes sábado e domingo, das 16h às 20h, acontece nova edição do Brechic, no Centro Histórico Vila de Santa Thereza, independente da questão climática. A proposta, que une consumo consciente, moda e solidariedade, é uma iniciativa da Associação Pró-Santa Thereza, que aposta em mais uma edição de sucesso. O brechó chique tem a curadoria de Janine Pinto e Inda Barcellos (na foto, ela exibe um dos looks) e disponibiliza peças novas e seminovas com marcas selecionadas e baixo custo. No local, haverá show com o saxofonista Ivan Marques, pastéis e cerveja gelada na cantina, tudo com renda revertida para a manutenção do Centro Histórico. Esse belo patrimônio cultural da nossa cidade precisa do apoio da comunidade para poder se manter. Prestigiem!

Vivi

#Drop

>>> Uma interessante programa visitada inclusive durante o feria a Festa da Uva. Inicia hoje, em C tradicional festa regada a muita comida típica, bons vinhos e del tativa é que, aproximadamente, as passem por lá até o dia 10 d

FESTEJANDO A V

B´Day Hoje vai ter bolo para Manuela Barbosa Pavanatto, Edio Minotto, Gabriela Schneider da Silva, Rosmari Schwanck Fara e Marina Martins. O céu também estará em festa, pois a inesquecível Rafaela Ribas também estaria festejando seus 85 anos.

O empresário José Denilson Iserhardt de Freitas reuniu um expressivo grupo de familiares e amigos, sábado, para brindar a v chegada dos seus 50 anos. A festa, em clima de boteco, teve como cenário as dependências do Rancho Patrão Velho, com dec tica de Olga Rochinhas, cerimonial de Vanessa Medina, serviço de Clodoaldo Monteiro e registro fotográfico de Rosane Coutin teve de sobra para comemorar a data especial ao lado da amada companheira Ana Cláudia, que está de aniversário no próxim dos filhos Guilherme e do primogênito Higor, que cola grau em Direito pela Urcamp, no mês que vem. O jovem, antes mesmo diploma, já conquistou aprovação no Exame da Ordem e também garantiu sua vaga como aluno bolsista no Mestrado do PPG


BAGÉ, 22 DE FEVEREIRO DE 2019

nuano.com.br

8/9

ESCR FEST ITOR BA IVAL J RASTEENSE N O ROS DO V ERÃO

i Becker viviminuano@hotmail.com

ps

ação que pode ser ado de Carnaval é Caxias do Sul, essa a música, gastronomia, iciosas uvas. A expecum milhão de pessoe março.

VINDA

vida e festejar a coração temánho. Motivo ele mo domingo, e de receber o GD da Unisc.

Rodrigo Ungaretti Tavares, que está finalizando seu novo romance, participará do festival literário Rastros do Verão, ao lado da escritora Letícia Wierzchowski, autora de A Casa das Sete Mulheres. O festival literário iniciou nesta semana e se estende até dia 28 de março, em Porto Alegre, reunindo 36 escritores. O objetivo é fortalecer as livrarias de bairro, trazer à pauta livros de ficção, poesia e quadrinhos lançados recentemente e também prestar homenagem à memória e ao legado literário de João Gilberto Noll. A programação prevê leituras, bate-papos e sessões de autógrafos, ao longo de 40 dias de festival, com entrada franca. Rodrigo estará no dia 14 de março, às 19h30min, na Livraria Baleia, localizada o rua Coronel Fernando Machado, nº 85, no Centro Histórico da Capital.

Santa Casa recebe apoio do Centro de Patologia Em setembro, o médico Davi Salomão e a esposa Rosângela, proprietários do Centro de Patologia, resolveram contribuir com a Santa Casa de Caridade de Bagé, assumindo a reforma estrutural completa e modernizando um antigo leito semi privativo. O projeto foi desenvolvido e executado pela arquiteta Rachel Morgado e a chave foi entregue na quarta-feira, ao provedor da Santa Casa, Airton Lacerda; e ao segundo vice-provedor, Carlos Eduardo dos Santos. O casal, que custeou a obra, acredita que, através deste tipo de parceria, estarão beneficiando os pacientes com mais conforto e contribuindo com o funcionamento das atividades da Santa Casa, que atende enfermos de Bagé e Região. É de conhecimento de todos que a saúde pública, no Brasil, enfrenta inúmeras dificuldades e uma grave crise financeira, comprometendo a qualidade do atendimento à população, já que falta o básico para manter os hospitais em funcionamento. Essa também é a realidade da Santa Casa de Bagé. Ações como esta são sempre bem-vindas, já que, dificilmente, sobram recursos para serem investidos na manutenção e melhorias da estrutura física deste hospital. Bom seria que, além das entidades sociais, empreendedores e pessoas físicas também abraçassem essa causa, como fizeram Davi e Rosângela.


10

Cidade

www.jornalminuano.com.br

BAGÉ, 22 DE FEVEREIRO DE 2019

Índice Firjan destaca alto desenvolvimento de serviços de saúde em Bagé

Arquivo JM

Levantamento com dados de 2016 colocou a Rainha da Fronteira na 533ª posição no País e 101ª no RS

Divulgado nesta semana, pela Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan), a pesquisa mostrou que a Rainha da Fronteira subiu posições nos rankings nacional e estadual em relação ao desenvolvimento municipal. Os dados são relativos ao ano de 2016, quando Bagé alcançou a posição 533º no país e 101º no Rio Grande do Sul, com índice 0.7912. Enquanto isso, em 2015, o município ocupava as posições 612º e 110º nos rankings nacional e estadual, com índice 0.7680. O Índice Firjan de Desen-

volvimento Municipal relaciona os melhores municípios para se viver no Brasil e serve de base para investidores. O levantamento acompanha, anualmente, o desenvolvimento socioeconômico de todos os mais de cinco mil municípios brasileiros em três áreas de atuação: Emprego e Renda, Educação e Saúde. Criado em 2008, ele é feito, exclusivamente, com base em estatísticas públicas oficiais, disponibilizadas pelos ministérios do Trabalho, Educação e Saúde. Além do Desenvolvimento Municipal, nos segmentos de Edu-

cação e Emprego e Renda, Bagé teve o índice classificado como moderado, com índices de 0.7926 e 0.6914, respectivamente. Já no segmento Saúde, a cidade se destacou com elevado grau de desenvolvimento, com índice 0.8895. Os dados mostram que os índices da cidade cresceram em todos os segmentos. Em Educação, com 0.7659, e Emprego e Renda, com 0.6513, manteve a classificação moderada, com índices de desenvolvimento médio. Em Saúde, o desenvolvimento foi considerado alto, assim como em 2016, com 0.8868. arquivo jm

Medida vale para os dias 4 e 5 do próximo mês

Região Dos municípios da região, o que apresentou melhor colocação no ranking estadual, além de Bagé, foi Aceguá, que passou a ocupar a 293º posição, com IFDM de 0.7166, com desempenho em Educação e Saúde moderados. Já no quesito Emprego e Renda, foi considerado regular. A Capital do Carvão caiu bastante no índice. Enquanto em 2015 ocupava o 2.494º posição nacional e 367º no Estado, despencou para 2.716º no ranking nacional em 2016 e 396º no levantamento esta-

dual. O Índice Firjan de Desenvolvimento Municipal de Candiota, segundo os dados de 2016, foi de 0.6751, com destaque para o desenvolvimento na área da Saúde, considerado alto, enquanto Educação foi apontado como moderado e Emprego e Renda como regular. Hulha Negra vem em último, com a posição 2.803º no ranking nacional e 408º no Estado, com IFDM moderado de 0.6715. O desenvolvimento dos serviços de Saúde foi indicado como alto, enquanto Emprego e Renda se manteve regular, à exemplo dos outros dois municípios do entorno.

Agências FGTAS/Sine suspenderão atendimento As agências FGTAS/Sine estarão fechadas na segunda e terça-feira de Carnaval, 4 e 5 de março. O atendimento ao público será retomado na Quarta-feira de Cinzas, 6 de março, a partir das 13h. Os pontos facultativos e o expediente vespertino estão previstos no Decreto nº 54.433, de 21 de dezembro de 2018.

Em Porto Alegre, a medida também será adotada na sede administrativa da FGTAS (Avenida Borges de Medeiros, 521), na Casa do Artesão (Avenida Júlio de Castilhos, 144) e no Vida Centro Humanístico (Avenida Baltazar de Oliveira Garcia, 2132).


Cidade

www.jornalminuano.com.br

BAGÉ, 22 DE FEVEREIRO DE 2019

11

Estado define ações para instalação de planta frigorífica na Rainha da Fronteira

O secretário do Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação, Bayard Paschoa Pereira, representando o prefeito Divaldo Lara, participou de reunião, nesta semana, com o secretário de Estado da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural, Covatti Filho, acompanhado do presidente da Associação Brasileira de Criadores de Ovinos (Arco), Paulo Afonso Schwab, do chefe-geral da Embrapa Pecuária Sul, Alexandre Varella, do gestor do Arranjo Produtivo Local (APL) do Alto Camaquã, Marcos Blanco, do presidente da cooperativa Cofrusa/Alto Camaquã, Júlio Fernandes Moreira, e do diretor de Ciência, Tecnologia e Inovação da SDI, Cristian Becker. A agenda, em Porto Alegre, teve como pauta a implantação de planta frigorífica no município de Bagé, em área integrante da Embrapa Pecuária Sul, tendo como propósito organizar a cadeia produtiva da ovinocultura nos municípios da região. De acordo com Covatti, inicialmente, serão reorganizados

os programas e projetos relacionados aos Arranjos Produtivos Locais (APLs), fruto das políticas de incentivo e promoção das ações prioritárias estabelecidas pelo governador Eduardo Leite, dentre as quais às ligadas a ovinocaprinocultura (câmara setorial da ovinocultura, fundo de ovinocultura, fomento, acesso a linhas de créditos e alinhamento das agendas estratégicas). O titular da pasta estadual afirmou, segundo Bayard, ter conhecimento da proposta de implantação do frigorífico e considerou importante a integração com as demais secretarias de Estado e com as prefeituras municipais do território do Alto Camaquã. A demanda prioritária, no momento, é a construção de um poço artesiano que abastecerá o futuro empreendimento. Para tanto, a Prefeitura de Bagé, cidade que sediará a estrutura, requisitará o apoio do governo do Estado na execução da obra. Outros encaminhamentos, tais como a liberação de processos de licenciamentos ambientais e a construção de es-

trada de acesso ao frigorífico, são questões que vêm sendo encaminhadas nos últimos meses pelos gestores. O total de investimentos previstos para execução do projeto é de R$ 5 milhões, valor já aprovado pelo BNDES. Bayard destacou estar confiante na implantação do projeto, o qual considera estratégico e primordial para a retomada da ovinocultura. “O elo da indústria é decisivo na organização da cadeia produtiva e no empoderamento, sobretudo, dos pequenos produtores, no processo produtivo”, sustenta ele. Varella, por sua vez, salientou a parceria da instituição pública e o respaldo da Embrapa, buscando consonância com as ações do governo estadual e federal, reforçando assim a relação de proximidade da pesquisa e extensão. “Somos base desse projeto. O módulo experimental de abate de ovinos dentro da nossa área respalda e consolida o trabalho dos pesquisadores e atores estratégicos, somados à Fepagro e à Emater”, ressaltou.

Divulgação

Reunião apontou construção de um poço artesiano para abastecer o futuro empreendimento como prioridade

Moreira lembrou do impacto social da atuação da Associação para o Desenvolvimento Sustentável do Alto Camaquã (Adac) e da Cooperativa como entidades que congregam centenas de pequenos produtores, potencializando a cultura colaborativa. Já Schwab manifestou apoio direto à iniciativa, afirmando que a entidade é um dos principais esteios da proposta, por

conter pressupostos claros de retomada e afirmação da ovinocultura como forte ativo de desenvolvimento da matriz econômica da região. O Arranjo Produtivo Local do Alto Camaquã é integrado pelos municípios de Bagé, Caçapava do Sul, Canguçu, Encruzilhada do Sul, Lavras do Sul, Piratini, Pinheiro Machado e Santana da Boa Vista.


www.jornalminuano.com.br

BAGÉ, 22 DE FEVEREIRO DE 2019

Verão 90 - GLOBO - 19h30min Durante a festa, João conta a Quinzinho a verdade sobre Jerônimo e desmascara o irmão na frente de todos. Quinzinho expulsa Jerônimo da casa, e João promete ao irmão que provará que foi ele quem roubou os dólares de Celestine. Jerônimo briga com João, que acaba caindo de um barranco. João acorda deitado no deque, com Nicole sem vida a seu lado. Vanessa diz à polícia que foi João quem empurrou a VJ. João é preso pelo suposto assassinato de Nicole, sem saber que foi uma armação de Jerônimo. Quinzinho se impressiona com a frieza de Jerônimo diante da prisão do irmão. Manu confessa a Lidiane seu medo de descobrir que João não é quem ela pensava. João afirma ao delegado que não matou Nicole. Janaína exige que o delegado a deixe falar com João. Jerônimo avisa a Vanessa que ninguém pode saber que os dois estão juntos. Raimundo se dispõe a falar com Pavão para ajudar Janaína. O delegado aguarda o depoimento de Jerônimo.

Horóscopo

O Sétimo Guardião - GLOBO - 21h Sóstenes não aceita falar com Murilo. Gabriel faz um acordo com Feijão. Marilda fica animada com a disposição de Eurico. Mirtes passa mal e descobre que Stella sabotou sua bebida com seus laxantes. Diana obriga Rivalda a desistir de ser sua assistente de karatê. Adamastor vê Marcos Paulo deixando o quarto de Mattoso pela manhã. Nicolau afirma a Bebeto que não recebeu nenhuma carta para ele. Murilo e Neide pensam um no outro. Aranha faz uma revelação durante o almoço de família. ÁRIES Mesmo com as dificuldades do dia a dia lhe sobrecarregarem mentalmente, ultrapassar os obstáculos é menos sacrificante por causa da solicitude das pessoas. Preze isso.

TOURO

Mais prazer para o dia a dia, estimula a subjetividade e a criatividade, e proporciona um cenário agradável. Mas o estresse da Lua com Mercúrio e Júpiter pede para considerar as questões práticas.

GÊMEOS Os relacionamentos afetivos e o desfrute da rotina são favorecidos, destaque a fruição da intimidade. Contudo, os ângulos tensos com Mercúrio e Júpiter apontam erros de estratégia, então planeje para garantir o bom desempenho.

CÂNCER É preciso ser discreto, e lhe convida a mudar sua forma de comunicar suas ideias de expansiva para seletiva. Ao revelar as suas questões mais particulares, esteja certo de ser alguém confiável.

LEÃO Uma postura prática e criativa ao mesmo tempo. Porém, fique de olho bem aberto a respeito dos assuntos materiais, pois você tende a cometer erros de programação, com Lua, Mercúrio e Júpiter tensionados.

VIRGEM

Proteja sua singularidade perante as exigências à sua volta. Se reunir com poucas pessoas, pois a intimidade fica em alta. Quando chegar à casa dois, a Lua indica lidar com as questões práticas.

Palavras Cruzadas

Espelho da Vida - GLOBO - 18h30min Augusto socorre Cris/Julia. Daniel comenta com Letícia sobre sua infância. Piedade descobre a gravidez de Cris/Julia e teme pela vida da filha e da criança. Gustavo ameaça Dora, e Teresa defende a irmã. Sob orientação de Fabrício, Eugênio aceita que Cris/Julia se recupere em sua casa. Cris/Julia pede a Bendita pra ser a madrinha de seu filho. Alain questiona Isabel sobre o espelho de Julia.

LIBRA Voltar-se para dentro de si mesmo é a pedida. Assim você reexamina as questões vulneráveis da vida, e encara as dificuldades que precisa atuar com confiança.

ESCORPIÃO Hora de finalizar relacionamentos abusivos. Use da energia lunar, e que questione suas convivências sociais, para filtrar quem deve continuar na sua vida, conforme indica a harmonia com Vênus e Plutão.

SAGITÁRIO Necessária uma avaliação séria sobre as questões do trabalho para perceber os impedimentos, ao mesmo tempo em que se indica a economia criativa. Ao chegar na casa das amizades, a Lua oferece parcerias.

CAPRICÓRNIO Uma postura diplomática e bondosa é exigida de você durante o estresse, na casa da comunicação, já que há desavenças de opiniões. Quando a Lua chega à casa do trabalho, é preciso conciliar teoria e prática das ações.

AQUÁRIO Uma autoavaliação é importante para discernir os erros de planejamento que abalam as estruturas da sua existência. Já a harmonia com Vênus e Plutão pede afinar os preceitos que fazem parte do procedimento, e o fortalece.

PEIXES Você precisa criar consonância entre os interesses individuais e coletivos para ser capaz de aproveitar as oportunidades. Que ao sair da casa sete para a oito, e afinada com Vênus e Plutão, lhe confere adaptabilidade e soluções.

Loterias

Novelas

Edibar

12

Lazer

FEDERAL

LOTOFÁCIL

LOTOMANIA

Sorteio: 05364

Sorteio: 1779

Sorteio: 1945

02 03 04 06 08

01 02 06 10 12 13 24 29 36 39 44 45 47 48 52 55 58 64 75 84

1º prêmio 2º prêmio 3º prêmio 4º prêmio 5º prêmio -

06160 02924 17730 86201 14573

09 15 18 19 20 21 22 23 24 25

DUPLA-SENA

MEGA-SENA

QUINA

Sorteio: 1904

Sorteio: 2126

Sorteio: 4907

07 12 24 27 39 58

16 18 31 43 68

1º- 20 21 26 29 42 44 2º- 06 08 13 35 40 48


Cidade

www.jornalminuano.com.br

BAGÉ, 22 DE FEVEREIRO DE 2019

13

Pontilhão ganha base de concreto Prefeitura de Candiota armado em Hulha Negra coloca 13 terrenos da Vila Residencial à venda Joanes Araujo/Especial JM

A Prefeitura de Candiota divulgou que está aberta a Concorrência Pública (Nº 001/2019) destinada para venda de 13 terrenos localizados na Vila Residencial. A licitação, que acontece dia 19 de março, será por maior oferta, ou seja, o comprador que oferecer melhor preço para determinado terreno, será considerado apto a adquiri-lo. Há terrenos a partir de R$ 15.005,51 e todos disponíveis destinam-se para pessoas físicas e jurídicas visando construção de edificações habitacionais e/ou comerciais.

Substituição de estrutura teve início ontem A Prefeitura de Hulha Negra retirou, na manhã de ontem, o pontilhão da continuação da rua Paulo Roberto Baldez. Para substitui-lo, já foi instalada a base de concreto armado da futura nova ponte. O chefe do Executivo, Renato Machado, do Progressistas, acompanhou a movimentação dos maquinários, com o vice-prefeito, Marco Igor Ballejo Canto, e do secretário municipal de Obras, Serviços Públicos e Trânsito, Wagner Tavares.

Conforme Machado, o serviço é importante na mobilidade na área central do município. “Estamos muito contentes com as realizações de várias obras. Essa obra é de grande importância, principalmente para garantir mais segurança para os alunos que transitam diariamente nesta ponte. Ficamos felizes quando vemos as obras sendo concluídas. E temos tantas outras que vamos inaugurar nos próximos dias”, disse.

A próxima etapa será a construção das guardas da ponte e das áreas de passeio. O pontilhão terá acesso para cadeirante e não será permitido o acesso de motocicletas. A construção é feita à base de concreto armado e conta com investimento de, aproximadamente, R$ 25 mil. O dinheiro para a construção da nova ponte, segundo divulgado, é do caixa livre da prefeitura, ou seja, é recurso do município.

Para participar, na data proposta, o proponente deve se dirigir ao prédio da Secretaria de Finanças, localizado ao lado do Gabinete do Prefeito, em Dario Lassance, portando dois envelopes com o nome completo de quem está propondo, sendo o primeiro com a documentação da pessoa ou empresa e o segundo com a proposta financeira. Mais informações podem ser acessadas por meio do edital de licitação localizado no site da prefeitura: https://www.candiota.rs. gov.br/licitacao/concorrencia-publica-001-2019-vendas-de-lotes/

Lotes e valores mínimos 1 da quadra I- 686,23m² + 94,94m² (área construída) R$ 79.487,02 4 da quadra J - 289,47 m² R$ 25.328,63 5 da quadra J - 316,05 m² R$ 27.654,38 6 da quadra J - 274,07 m² R$ 28.462,17 8 da quadra J - 276,46 m² R$ 24.052,02 9 da quadra J - 276,46 m² R$ 24.052,02 11 da quadra K - 324,07 m² R$ 20.533,08 13 da quadra K - 282,43 m² R$ 15.005,51 14 da quadra K - 294,68 m² R$ 15.170,13 18 da quadra K - 298,42 m² R$ 15.443,24 19 da quadra K - 324,65 m² R$ 18.138,20 20 da quadra K - 296,86 m² R$ 17.203,04 21 da quadra K - 278,37 m² R$ 18.071,78


14

Segurança

www.jornalminuano.com.br

BAGÉ, 22 DE FEVEREIRO DE 2019

Júri condena apenado por homicídio BM detém menor por roubo a pedestre e porte no interior do Presídio Regional Acusado de ter matado, em outubro de ilegal de arma de fogo 2017, Igor Silva, de 21 anos, a golpes de esto-

Rochele Barbosa/Especial JM

Um menor de 17 anos foi detido, na tarde de quarta-feira, na avenida José do Patrocínio, por agentes pela Brigada Militar. Ele é acusado de roubo a pedestre e porte ilegal de arma de fogo. Segundo a BM, os policiais receberam a informação de que um indivíduo teria cometido roubo e fugido em direção a um matagal. A guarnição, de posse das características do acusado, se deslocou até o local, onde localizou e abordou o adolescente. Com o menor de 17 anos, foi localizado um revólver calibre calibre 38 municiado, um projétil intacto e os objetos roubados da vítima - uma mochila, um relógio,

Divulgação

Arma foi apreendida uma camiseta, três cadernos e um estojo. Diante dos fatos, o menor foi apreendido e encaminhado para a Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA).

Aceguá irá receber câmeras de videomonitoramento nas próximas semanas A instalação de câmeras de vigilância em Cerro Largo e Aceguá, no Uruguai, começará nas próximas semanas. A informação é da rádio La Voz de Melo. Após um acordo e doação do governo da China, mais de 1.000 unidades serão distribuídas entre Artigas, Rivera e Rocha. Para a região, haverá a colocação de 300 aparelhos, nas cidades de Melo, Rio Branco e Aceguá, todas no ter-

ritório pertencente ao Uruguai. Além disso, um centro de operações estará disponível na sede para monitorar as imagens, que também serão reproduzidas na capital do país vizinho. “As câmeras estarão em pontos estratégicos. Em fevereiro-março, as tarefas começarão e em julho o projeto em Cerro Largo estará operacional”, informou o chefe de polícia, de Cerro Largo, para a rádio uruguaia.

Material de filmagens e gravações feitas em Bagé são furtados em Pantano Grande Um carro da produção de um documentário foi alvo de furto na BR-290, em Pantano Grande. A equipe da diretora e roteirista Márcia Cavalcanti e outros cinco colegas estavam retornando de uma viagem para Bagé, onde realizou gravações para o documentário Bravos Valentes – Vaqueiros do Brasil, exibido pela Globo News. Durante uma semana, foram mais de 50 horas de filmagens, com entrevistas, travessias pelo Rio Camaquã e ainda a participação de personagens especiais. Os criminosos, segundo boletim de ocorrência, levaram mais

de 20 equipamentos, entre câmeras e lentes fotográficas, notebooks, cartões de memória, drones e mochilas, além de roupas. Conforme registro da Delegacia de Polícia de Pantano Grande, o grupo fez uma parada para o almoço no restaurante Rabelândia, na BR-290. Quando voltaram ao estacionamento, perceberam o furto. Apesar do desaparecimento dos objetos, não havia sinais de arrombamento no veículo. Imagens captadas pelas câmeras de segurança do local mostram a aproximação de um veículo suspeito ao lado do carro da equipe.

que, no interior do Presídio Regional de Bagé, Lucas Daniel Pereira Barbosa, de 24, foi a júri popular, ontem. Ele foi condenado há oito anos e seis meses de prisão, por homicídio simples, em regime fechado, sem direito de recorrer em liberdade. Durante o depoimento, Barbosa relatou que estava preso, desde 2015, e que era amigo da vítima. “Treinávamos na mesma academia. Em 2016, comecei a namorar essa menina e, lá no presídio, os presos diziam que ela estava me traindo com o Igor. E um dia ela me confirmou. Eu terminei o relacionamento e falei com ele em uma rede social e ele mandou fotos e vídeos com ela e também uma com uma arma dizendo que iria me matar”, contou. Ainda réu, ele disse que um dia antes do crime, passou pela cela da vítima, que teria lhe provocado, pego uma pedra e o ameaçado. “Como ele me ameaçou eu peguei um estoque (faca artesanal) e guardei. No outro dia, no pátio, ele apareceu com um facão. Começamos a discutir e eu, para me defender, pois a faca dele era maior, acabei desferindo diversos golpes. Depois que ele caiu, eu levei o estoque e joguei para o outro lado do muro. Voltou uma vez e joguei de novo, lavei as mãos e o rosto e depois perguntei para os agentes como ele estava e daí me disseram que ele tinha morrido. Eu agi por legítima defesa, ele me atacou e eu me defendi”, argumentou ao alegar legítima defesa.

Lucas Daniel Pereira Barbosa, de 24 anos, foi sentenciado a oito anos e seis meses em regime fechado


Esporte

www.jornalminuano.com.br

BAGÉ, 22 DE FEVEREIRO DE 2019

Yuri Cougo Dias Bagé sofre com “lei do ex” em Santa Maria yuricougodias@gmail.com

Renata Medina/especial jm

Andrei saiu do banco para virar placar

No futebol, uma das máximas mais temidas é a famosa “lei do ex”. Em Santa Maria, a sanção foi aplicada no Bagé, na derrota por 3 a 2 para o Inter-SM, na noite de quarta-feira, no estádio Presidente Vargas. Atrás no placar, o técnico do time adversário acionou Andrei do banco de reservas e o desfecho do jogo mudou. Alegando questões disciplinares, a direção jalde-negra preteriu o atacante, no início do mês. E foi justamente ele que conduziu a vitória contra o ex-time. Com o resultado, o Bagé ocupa a lanterna do grupo A, com um ponto. Vencer o Lajeadense, neste sábado, às 19h30min, no estádio Pedra Moura, passa a virar obrigação para os comandados do técnico Márcio Nunes. A atuação apresentada pelo Bagé, na primeira etapa, indicava uma possível reação, perante os

impasses de vestiário enfrentados pós-empate com São Gabriel. Souza cobrou escanteio e Diego Rocha abriu o placar, de cabeça, aos 17 minutos. Até o final do primeiro tempo, o Abelhão dominava o adversário, com contra-ataques e jogadas rápidas de velocidade, indo ao encontro com o discurso préjogo de Márcio Nunes. Para o segundo tempo, o técnico do Inter-SM, Luciano Corrêa, foi feliz nas modificações. O empate veio com o meia bajeense Chiquinho Resende, aos 15 minutos, em cobrança de falta. E a virada, justamente pelos pés de Andrei. Aos 17 minutos, aproveitou cruzamento e desviou de cabeça. “Foi uma sensação inesquecível. Por um momento, pensei em não comemorar, por ser o clube que me revelou. Mas comemorei porque eles não acreditaram em mim. Estava no

banco, com dores e desgaste no posterior, ainda da outra partida. O time estava perdendo e o Luciano perguntou como eu estava. Eu falei que estava bem e que podia me colocar. Fui no sacrifício, pois era contra eles. Graças a Deus, fiz o gol”, relatou à reportagem. O ímpeto apresentado no primeiro tempo pelo Bagé não foi o mesmo no segundo. Tanto que o Inter-SM ainda fez o terceiro, de pênalti, convertido por Fabrício, aos 37. O jalde-negro descontou aos 49, com Rafinha Carletti, porém, sem tempo para buscar o empate. Final: 3 a 2 para os donos da casa. Com dois jogos sem vitória e um desgaste na cidade, devido à troca da comissão técnica, superar o Lajeadense passa a ser imprescindível. Caso contrário, a situação ficará ainda mais delicada.

Atletas completam travessia Escola Bajeense de Tênis projeta eventos São José do Norte - Rio Grande e ações para 2019 Divulgação

Os atletas locais, Marcelo Gonçalves e Ricardo da Luz, completaram, no final de semana, a travessia a nado de São José do Norte a Rio Grande. A prova teve uma distância de 3,6 quilômetros, com participação de 122 competidores (98 finalizaram). Pela categoria master C, Marcelo Gonçalves ficou em quinto, com 1h54s. Já Ricardo da Luz, nas master A, chegou em 15º, com 1h4min51s.

Divulgação

Ricardo da Luz e Marcelo Gonçalves participaram da prova

Professores planejam participação em Circuito Infantil Gaúcho

Militar participa do 10º Aquathlon Rio Grande-Cassino

O ano já iniciou com tudo para o tênis local. Recentemente, o professor Leandro Ávila unificou o seu trabalho com a Escola Bajeense de Tênis. Isso por meio do acréscimo de profissionais, como o professor Igor Blois. Eventos e clínicas também passaram a ser realizados com maior periodicidade na cidade, desde crianças com quatro anos até idosos com 80. Para 2019, alguns eventos já estão projetados, como os quatro Torneios Múlti-

Martin representará 3º Blog

pla Chance, que são voltados para crianças. O primeiro acontece no início de maio, o segundo em julho e os demais em outubro e dezembro. Em março, uma equipe de alunos entre seis e 10 anos será formada para participar do Circuito Infantil Gaúcho, que terá sua primeira etapa em Pelotas. Realizações de clínicas para adultos e criação de um Circuito Bajeense de Tênis também estão na meta da organização.

Divulgação

Atuante em provas de várias modalidades, o militar bajeense Anderson Martin compete mais uma vez, neste domingo, no 10º Aquathlon Rio Grande-Cassino. O trajeto envolverá três quilômetros de natação e seis de corrida na areia. A largada será nos Molhes da Barra, em Rio Grande, e a chegada, na Guarita de Iemanjá, Cassino. Martin representará o 3º Batalhão Logístico (3º Blog).

15


16

Contracapa

BAGÉ, 22 DE FEVEREIRO DE 2019

www.jornalminuano.com.br

Tomada de Monte Castelo é celebrada por militares em Bagé

FOTOS Tiago Rolim de Moura

Silva é o único bajeense remanescente da batalha

Solenidade marcou os 74 anos de conquista da Força Expedicionária Brasileira

Para celebrar os 74 anos da principal batalha da Força Expedicionária Brasileira (FEB) na Segunda Guerra Mundial e homenagear os brasileiros que lutaram no confronto, a 3ª Brigada de Cavalaria Mecanizada realizou, ontem, a tradicional solenidade alusiva à Tomada de Monte Castelo. Na ocasião, o comandante da 3ª Bda C Mec, general Carlos

Augusto Ramires Teixeira, e o efetivo de toda a Guarnição Militar de Bagé prestaram homenagens ao ex-combatente da FEB João Francisco da Silva, de 95 anos, o único bajeense remanescente do batalhão que atuou no combate. Em seu pronunciamento, general Ramires agradeceu a presença das autoridades que compa-

receram à solenidade e destacou o bajeense e os demais homens que lutaram e deram suas vidas no embate na Itália como exemplos de determinação e honra à pátria. “Que os esforços e os sacrifícios oferecidos pelos combatentes, como o João da Silva, que conquistaram Monte Castelo, sirvam de exemplo e motivação para continuarmos a cumprir com efi-

URCAMP

ciência e eficácia as missões que a Constituição nos atribui”, salientou o comandante.

Confronto A Batalha de Monte Castelo foi travada ao final da Segunda Guerra Mundial, entre as tropas aliadas e as forças do Exército Alemão, que tentavam conter o avanço no norte da Itália. O em-

bate, que durou três meses, de 24 de novembro de 1944 a 21 de fevereiro de 1945, marcou a presença da FEB na guerra, com a tomada da elevação, que possuía grande importância tática por permitir o avanço das tropas em direção à Alemanha. Durante o confronto, foram mortos 478 soldados e aprisionados 27 inimigos alemães.

Profile for Jornal Minuano

20190222  

20190222  

Advertisement