Page 1

Ciências Biológicas da Urcamp

Aula integra acadêmicos de Bagé e Santana do Livramento Atividade reúne professores e cerca de 80 discentes da instituição no campus de Santana do Livramento

divulgação

Pág. 11

jornalminuano.com.br BAGÉ, terça-feira, 14 de novembro de 2017 - ANO XXIII Nº 5 785 | R$ 2,00

Evento vai debater potencial do complexo carboquímico Pág. 3

Câmara realiza cinco sessões extraordinárias hoje Pág. 5 Projeto bajeense será apresentado na Argentina amanhã Pág. 13

divulgação

Região debate implantação do programa Líder

Integrantes do Sebrae, do Conselho Regional de Desenvolvimento (Corede) Campanha, Universidade da Região da Campanha (Urcamp) e representantes da Alta Escola de Empresa e Sociedade (Altis), da Universidade Sacro Cuore, de Milão, na Itália, e da Universidade Católica de Pelotas (UCPel), se reuniram, ontem, em Bagé, para avaliar as ações desempenhadas pela governança local para implantação do projeto Liderança para o Desenvolvimento Regional Pág. 3

Temperatura 15

31


02

Opinião

Editorial

redacaominuano@gmail.com www.jornalminuano.com.br

Pioneirismo desvalorizado

B

www.jornalminuano.com.br

BAGÉ, 14 DE NOVEMBRO DE 2017

agé largou na frente ao estabelecer a proibição para o descarte irregular de lixo em locais impróprios. A legislação municipal, inclusive, estabelece multas pesadas. Na iminência de serem ampliadas para outras cidades, as determinações, entretanto, geram pouco efeito prático. A identificação dos responsáveis pelas infrações dificulta as sanções. Mas quem desrespeita as ordens deve ficar atento, porque a relação de ações puníveis deve ser ampliada. O Senado analisa uma proposta que proíbe o acúmulo e o descarte irregular de lixo em vias públicas e no interior de imóveis urbanos ou rurais. Se a medida for aprovada, os municípios e o Distrito Federal serão autorizados a instituir multas específicas, que serão revertidas em serviços locais

de limpeza, coleta e separação de resíduos. O Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos, previsto na Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), já regulamenta o descarte. A alteração apenas elimina uma omissão. No caso específico da Rainha da Fronteira, o pioneirismo merece maior atenção. Tratada como avanço, em 2015, quando foi estabelecida, a lei local esbanja potencial para reverter o cenário em favor da limpeza urbana. A fiscalização, que não precisa ser exercida exclusivamente pelo poder público, é fundamental. É com o comportamento os bajeenses podem auxiliar em etapas cruciais do processo: observando as normas de descarte e contrapondo quem descumprir as regras. A saída passa pela valorização do pioneirismo.

Laboratório FACOS/Urcamp

FAT - Jornal Minuano | CNPJ: 87415725/0012-81 Endereço: Rua Brigadeiro Mércio, 72 - CEP 96400.720 - Bagé/RS Telefones: Redação (53) 3242-7693 - Assinaturas 3241-6377 www.jornalminuano.com.br | redacaominuano@gmail.com | facebook.com/jornalminuanobage

DIRETOR EXECUTIVO Glauber Pereira GERENTE COMERCIAL Adriana Robaina Editor assistente - Sidimar Rostan • Reportagem - Viviane Becker - Cláudio Falcão - Melissa Louçan - Jaqueline Muza - Rochele Barbosa - Daiane Lima - Augustho Soares (estagiário) • Chargista - Cláudio Falcão • Repórter fotográfico - Antônio Rocha - Tiago Rolim de Moura • Diagramação - Luís Mário Pereira - Daniel Cuerda Ferreira • Revisão - Cristiani Martins de Souza • Assistente comercial - Angelina Britto • Vendedores - Dulce Dias - Fabrício Becker • Distribuição - Marcos Goulart • Assinaturas - Martina Motta Santos • Administrativo - Lidiane Selaje Marques • Colaboradores - José Carlos Teixeira Giorgis - Marcelo Teixeira - José Artur M. Maruri dos Santos - Norberto Dutra - Airton Gusmão - Dilce Helena dos Santos - Fernando Risch - João L. Roschildt • Impressão - Gráfica do Jornal do Povo - Cachoeira do Sul

Os artigos assinados não refletem, necessariamente, a posição do jornal. Por isso, a editoria não se responsbiliza pelas opiniões emitidas.

Dilce Helena dos Santos

dilcehelenapsicologa@gmail.com

Um olhar sobre o suicídio adolescente sem clichês ou respostas fáceis

Assim eu descrevo “Yonlu”, o longa-metragem dade, a probabilidade de procurar ajuda e encontrar o de abertura do Festival de Cinema da Fronteira na oposto é muito grande. O filme protagonizado por Thalles Cabral, diriedição 2017. O tema já é por si só algo bastante difícil de abordar e sendo baseado em acontecimentos reais gido e roteirizado por Hique Montanari é envolvente, tenso e honesto. Utilizando a linguagem da poesia, como neste filme, torna o desafio maior ainda. Retrata de modo muito peculiar a realidade na música e ilustrações do próprio personagem central, perspectiva emocional de Yonlu, jovem de 16 anos incluindo diálogos com o psiquiatra, o que vai desvendando sua personalidade exuberante de jovem que em 2006 acabou com a própria vida, assistido em plena descoberta do melhor e pior do e incentivado por um fórum de debate somundo, enquanto é atormentado por bre o tema na internet. evidente crise depressiva e toda gama A grande estimulação intelectual Younlu, de conflitos típicos da idade. e a overdose de informação que nosum filme É um relato forte, um alerta sos jovens têm hoje não os protege para jovens, pais e profissionais da do sofrimento psíquico, ao contrário envolvente, área da saúde mental para o fato de do que muitos pais poderiam supor, tenso e que o sofrimento é, por vezes, muito os deixa mais vulneráveis ainda, pois honesto forte, profundo e o pior, nem sempre há um enorme desequilíbrio entre os evidente. O isolamento social pode esaspectos cognitivos bastante estimulatar empurrando nossos jovens em busca de dos e os emocionais compatíveis a idade, ajuda para a beira do abismo. Em entrevista de ou seja, imaturos. Dessa forma procuram solucionar seus dilemas nem sempre com pessoas confiáveis alerta, depois do fato consumado, disse o psiquiatra: ou em relacionamentos reais. Nessa fase da vida é Na hora do desespero ele procurou conselho e ao inbastante normal o medo de errar e ser criticado, de vés de um abraço recebeu um empurrão. Para todos, que como eu, sente calafrios com ficar exposto, de sentir a humilhação dos olhares não serem de aprovação na sua direção, de estar no centro esse tema, e por isso mesmo precisamos conhecer das atenções e não por um motivo que os orgulhe. Por mais e dissipar ideias equivocadas, fica o convite: dia essa razão a internet parece um território seguro para 15 de novembro, 14 horas, no Teatro de Santa Theremostrar vulnerabilidades, dúvidas e dilemas, sem es- za exibição do filme Yonlu e, ao final, um bate-papo tar de fato exposto, lamentavelmente isso não é ver- com o ator e diretor. Psicóloga

Cláudio Falcão

Charge Florêncio e a temporada das piscinas

falcaobage58@gmail.com


Cidade

www.jornalminuano.com.br

BAGÉ, 14 DE NOVEMBRO DE 2017 Tiago Rolim de Moura

03

Complexo carboquímico será debatido em evento internacional

Arquivo JM

Debate pode beneficiar município de Candiota Representantes do Sebrae recepcionaram participantes em um almoço

Representando Corede e Urcamp, Lia Quintana participa de implantação do programa Líder do Sebrae

ntegrantes do Sebrae, Conselho Regional de Desenvolvimento (Corede), Universidade da Região da Campanha (Urcamp), Universidade Católica de Pelotas (UCPel) e representantes da Alta Escola de Empresa e Sociedade (Altis), da Universidade Sacro Cuore, de Milão, na Itália, estiveram reunidos na manhã de ontem. O objetivo do encontro foi de avaliar as ações desempenhadas pela governança regional para implantação do programa Líder na região. Presidente do Corede Campanha e reitora da Urcamp, Lia Quintana participou do encontro, que contou, também, com a participação do chefe da Casa Civil do Estado, secretário Fábio Branco. Tanto a Urcamp quanto o Corede têm cadeira no comitê de implan-

tação do programa na região. Um dos destaque feitos pela reitora foi quanto à preocupação em montar um plano que contemple as realidades das regiões. Lia ressaltou a fala do representante italiano quando mencionou que nenhuma experiência externa deve ser “tropicalizada”, o ideal é que esses modelos sejam construídos pelo diálogo entre os atores locais. A reitora detalhou três aspectos da estrutura do projeto: um grupo que se organiza como mentores, outro que estrutura a cabine de governança e um terceiro, formado pelo comitê científico. Juntos, eles devem promover desenvolvimento a longo prazo. No programa, o Sebrae atua em parceria com os setores público, privado e terceiro setor, a

fim de propiciar um ambiente favorável para o desenvolvimento dos negócios. Por meio da integração desses atores e visando a construção de uma agenda positiva de desenvolvimento, que considere uma visão de futuro construída de forma conjunta com a sociedade local, é possível tornar o território mais competitivo e, por consequência, gerar o seu desenvolvimento. Nesse sentido, o Sebrae atua nas regiões Campanha, Fronteira Oeste e Sul com programa Líder – Liderança para o Desenvolvimento Regional – uma metodologia que permite que lideranças locais possam dialogar e vislumbrar uma visão de futuro compartilhada numa agenda de desenvolvimento a longo prazo.

Programação da tarde O diretor superintendente e o gerente de políticas públicas do Sebrae, Derly Fialho e Bruno Quick, respectivamente, recepcionaram os participantes em um almoço no Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Bagé, na Associação e Sindicato Rural. À tarde, o trabalho aberto ao público iniciou com apresentação da implementação do programa Líder, através da palestra “Um modelo de Governança”, sob responsabilidade pelo docente da Università Cattolica Del Sacro Cuore, de Milão, Fabio Antoldi. A palestra foi apresentada em italiano e traduzida, simultane-

amente, por meio de fones de ouvidos para os participantes. De acordo com a estrutura apresentada por Antoldi, o sistema de governança para implantação do programa conta com o trabalho desenvolvido por três comitês específicos: Campanha, Fronteira Oeste e Novo Sul. Cada região tem seus próprios representantes, com objetivos e ações específicas para definir a prioridade de ação em cada área. Em seguida, o reitor da UCPel, José Carlos Bachettini, apresentou o trabalho desenvolvido pelo Observatório para o Desenvolvimento Territorial e o professor da Universidade Federal do Pampa

(Unipampa), Marcos Gabbardo, explicou o projeto-piloto da Cadeia do Vinho, que está entre as ações fomentadas, buscando o desenvolvimento regional. O coordenador do Instituto de Pesquisa e Mercado da Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos), Marcelo Fonseca, dissertou sobre as “Oportunidades de Turismo do Pampa Gaúcho”. A tarde de atividades foi encerrada com o painel “Caminhos para o Desenvolvimento da Fronteira Sul na visão de líderes empresariais”. As atividades prosseguem hoje, com oficinas simultâneas, falando sobre a consolidação dos projetos desenvolvidos pelos comitês.

Promover o carvão gaúcho e atrair investimentos para o Polo Carboquímico no Rio Grande do Sul é a finalidade do evento internacional Alternativas Sustentáveis do Uso do Carvão: Oportunidades do Complexo Carboquímico no Brasil - Marco regulatório para atração de investimentos. O encontro ocorre nos próximos dias 29 e 30, na Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (Fiergs), em Porto Alegre. Integra uma série de iniciativas do setor público para atrair investidores e ampliar os relacionamentos com fundos de investimentos internacionais e agentes do setor. O encontro vai abordar a política estadual e as ações desenvolvidas no Rio Grande do Sul para a implantação do Polo Carboquímico, seguido de painéis de discussão que se concentrarão nos aspectos da carboquímica e oportunidades para atrair investidores para o projeto, que pode beneficiar o município de Candiota. O evento internacional é organizado pela Fiergs e conta com o apoio das secretarias de Minas e Energia e de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, do Sindicato Nacional da Indústria de Extração de Carvão (Sniec), Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), Associação Brasileira do Carvão Mineral (ABCM) e Companhia de Gás do Estado do Rio Grande do Sul (Sulgás). Para o secretário de Minas e Energia, Artur Lemos Júnior, o projeto é estratégico para recuperar a economia gaúcha. “O retorno de ICMS na produção de gás natural de síntese (GNS), amônia e ureia - que importamos 100% do que utilizamos -, será significativo para os cofres públicos. Sem falar no impacto socioeconômico, com a geração de milhares de empregos

diretos e indiretos”. Para potencializar ainda mais a indústria do carvão no Rio Grande do Sul, o governo do Estado tem buscado novas alternativas para impulsionar a cadeia, cumprindo seu papel de articular órgãos públicos, entidades e investidores privados. “Estamos trabalhando para garantir novas possibilidades de utilização das reservas de carvão gaúchas, que representam um potencial com novas tecnologias disponíveis para o seu desenvolvimento”, avalia o secretário do Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Márcio Biolchi. “O governo tem mantido contato com possíveis investidores e vem trabalhando para tornar o Estado ainda mais competitivo neste setor”, afirma. O presidente da Fiergs, Gilberto Porcello Petry, destaca que o Rio Grande do Sul detém 90% das reservas nacionais de carvão mineral, o que abre muitas oportunidades para a indústria do segmento, viabilizando projetos de investimento unindo empresas locais, nacionais e estrangeiras. Para Petry, o desafio atual é o de encontrar os meios de unir políticas públicas com a iniciativa privada. “Os empreendimentos que irão compor o Complexo Industrial Carboquímico trarão benefícios diversos para regiões pouco industrializadas do Rio Grande do Sul, a partir do aproveitamento das jazidas de carvão localizadas na região do Baixo Jacuí e Fronteira”, diz. Desta forma, completa o presidente da Fiergs, o Rio Grande do Sul estará inserido no setor carbonífero mundial, com a produção interna de gás, amônia, ureia, metano, nafta e até mesmo de gasolina. Ainda, por meio do carvão mineral, há a possibilidade de geração de energia também de forma limpa, eficiente e rentável.


04

Campo & Negócios

www.jornalminuano.com.br

BAGÉ, 14 DE NOVEMBRO DE 2017

Tempo permanece aberto até quinta-feira em todo o Estado

arquivo pessoal/divulgação

divulgação

Produtores sentem o benefício do equipamento

Energia limpa ganha espaço na Serra gaúcha

Chuva pode voltar à região A semana começou com tempo aberto e frio sobre toda a região produtora de arroz do Rio Grande do Sul. E esse tempo aberto deverá permanecer até a quinta-feira, 16, uma vez que há previsão de que neste dia uma nova frente fria venha avançar sobre o Estado, deixando o tempo instável e com previsão para novas pancadas de chuvas. A previsão é do Instituto Climatempo,

em seu boletim semanal produzido para o Instituto Rio Grandense do Arroz (Irga). A tendência é que as previsões sejam de chuva entre a quinta e a sexta-feira, 17. Já no sábado, 18, o tempo voltará a abrir e não haverá mais previsão de chuvas até meados da próxima semana. As temperaturas mínimas ainda continuarão baixas ao longo destes próximos 15 dias.

A energia solar vem ganhando espaço em todo o mundo e a tendência é de que seja uma das principais fontes de energia do futuro. Diferente do combustível fóssil (que é um recurso finito), os painéis são uma tecnologia cuja eficiência aumenta e o valor diminui com o passar do tempo. No Brasil, conforme a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), apenas 11 mil propriedades têm o sistema instalado. No agronegócio, a tecnologia está se expandindo na agricultura familiar, em função da linha de crédito incentivada pelo Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf Eco), direcionado para o financiamento de energia renovável e sustentabilidade ambiental. Para atender a demanda, o Ministério de Desenvolvimento Agrário (MDA) vem cadastrando e credenciando empresas que fornecem sistema de energia solar fotovoltaica. Na Serra gaúcha, no município de Bento Gonçalves, o produtor orgânico Gilmar Cantelli instalou o sistema fotovoltaico em agosto deste ano e já sente os benefícios dessa alternativa de energia. Em sua propriedade, que também faz parte do roteiro turístico Caminhos de Pedra, Cantelli produz hortifrutigranjeiros, como radite, rúcula, alface, morango, cebolinha, repolho e beterraba, para abastecer a Feira Ecológica da cidade. Há 20 anos nesta atividade, ele decidiu optar pela energia fotovoltaica tanto na sua residência quanto na área destinada

ao plantio. “Coloquei um sistema de aquecimento da água via placas solares. Faço o reaproveitamento das águas da chuva que vão para um reservatório e também o reaproveitamento do sol para gerar energia elétrica, então fica uma propriedade um pouco mais limpa, não sendo apenas consumidora, mas também gerando energia que vai para a rede de energia e é distribuída para as outras propriedades. E quando falta energia, puxamos da rede e vamos consumindo”, explica. Segundo Cantelli, a energia gerada pelo sistema fotovoltaico vai para a rede da concessionária de energia da região, mas antes passa por um medidor de entrada que vai definir o que está sendo gerado e consumido. Ele salienta que o sistema foi instalado para gerar uma potência média anual de 700 quilowatts/mês, que é o consumo médio da propriedade, portanto, praticamente o consumo durante o ano ficaria zerado. “O meu consumo médio, nesta época do ano, é em torno de 600 quilowatts por mês, e desde o dia 17 de agosto, quando o sistema foi instalado, até agora, gastei em torno de 40 quilowatts. Então o benefício é a questão financeira. Por exemplo, em setembro paguei R$ 170,00 de luz, e em outubro o valor ficou em R$ 25,00”, destaca. Cantelli investiu R$ 48 mil para a instalação das placas fotovoltaicas, realizada pela empresa catarinense Solar Inove, e acredita que em 20 anos o investimento es-

teja pago. Do município de Tubarão, a empresa atende Rio Grande do Sul, Paraná e Santa Catarina e é tradicionalmente voltada ao setor agrícola, sendo que 95% dos seus clientes são produtores. Também é uma das cinco empresas cadastradas junto ao MDA para o fornecimento do sistema de energia solar fotovoltaica. “Para ser cadastrados, tivemos que atender diversas exigências e certificações, por isso, temos um produto diferenciado que pode ser financiado em até 10 anos, com juros de 2,5% ao ano”, comenta Fernando Ronchi, diretor da empresa. Além do benefício econômico do sistema fotovoltaico, Cantelli afirma que na hora de utilizar qualquer equipamento elétrico a consciência não fica pesada porque sabe que o consumo está se transformando em energia. “A cabeça fica mais tranquila porque você está gerando a sua própria energia. Por exemplo, posso deixar o ar condicionado ligado na hora de almoçar para ficar um pouco mais fresquinho sabendo que estou gerando energia lá fora. O sol bate nas placas, transforma a energia dos raios em energia elétrica e depois vem a energia térmica, resfriando a cozinha, sem consumir energia gerada de fora. É a mesma coisa quando vai consumir um prato que preparou com produtos da sua horta e fica com um estado de espírito leve ao pensar que produziu aquilo para si mesmo, e isto é muito bom”, garante.


Fogo Cruzado

www.jornalminuano.com.br

BAGÉ, 14 DE NOVEMBRO DE 2017

Rodrigo Sarasol/ESPECIAL JM

@sidimarrostan sidimar_frostan@hotmail.com

05

Sidimar Rostan

Vereadores divergem sobre utilização da usina de asfalto divulgação

Prefeitos da região se reuniram ontem

Bagé sedia reunião da Assudoeste

A Prefeitura de Bagé promoveu, ontem, a segunda reunião da Associação dos Municípios da Região Sudoeste do Estado (Assudoeste). Presidido pelo prefeito de Bagé, Divaldo Lara, do PTB, o encontro contou com a presença dos sete municípios (Bagé, Candiota, Hulha Negra, Dom Pedrito, Lavras do Sul, Aceguá e Caçapava do Sul) filiados. O objetivo foi debater soluções para os problemas enfrentados nas administrações. O principal tema tratado pelos membros da Assudoeste foi a união pelo desenvolvimento da região. Foram destacados, entre os temas, a mobilização regional para retomada dos voos regulares comerciais no Aeroporto Internacional de Bagé, o Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento

do Alto Camaquã e a lei que dispõe sobre o Imposto Sobre Serviço (ISS) das operações de leasing das instituições financeiras locais. Os valores, antes da mudança já aprovada em Bagé, eram destinados para cidades do interior de São Paulo. Também foram apresentados programas que podem ser implementados nos municípios, a exemplo do Prefeito Amigo da Criança, criado pela Fundação Abrinq, que busca mobilizar e apoiar tecnicamente as cidades na implementação de ações políticas voltadas para a garantia dos direitos das crianças e adolescentes. O Movimento Gaúcho da Mulher Municipalista, lançado recentemente pela Famurs, que foca na motivação às mulheres para maior participação na política, também

foi discutido. Os prefeitos debateram, ainda, a possibilidade de realização de um encontro binacional de cidades fronteiriças, em 2018, e um Seminário Nacional sobre Implementação das Metas de Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS). “O que acontece em cada município reflete nos demais da região. Esta união e troca de experiências permite que possamos agir em busca de um crescimento maior, sob o ponto de vista regional”, enfatiza Divaldo. “Precisamos buscar o desenvolvimento e temos força suficiente para lutar pelas nossas demandas. É uma região esquecida pelos governos estadual e federal e, por isso, precisamos fortalecêla”, frisa o prefeito de Lavras do Sul, Sávio Prestes, PDT.

Câmara inicia avaliação do orçamento municipal para 2018

O Legislativo bajeense inicia, hoje, a apreciação do orçamento municipal para o próximo ano. A proposta do governo, que já tramita na Casa, integra a agenda de sessões extraordinárias de

hoje. O presidente do Legislativo, vereador Edimar Fagundes, do PRB, acredita que a matéria deve ficar na Comissão de Orçamento, Finanças e Contas. Neste cenário, a Câmara apenas definirá o rela-

tor, hoje, abrindo prazo para convocação de audiência pública para apresentação das projeções. Os parlamentares precisam votar as diretrizes orçamentárias até o dia 30.

CPI das oficinas terá novo integrante

Com o desligamento do vereador Rafael Rodrigues (Fuca), do PT, a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das oficinas deve definir novo integrante na quintafeira. A tendência é de que a vaga do petista seja ocupada por representação das bancadas de minoria.

Os parlamentares que integram o bloco, presentes na sessão ordinária de ontem, adiantaram não ter interesse em participar. O colegiado, comandado pelo PMDB, foi reinstalado em junho, para apurar denúncias de irregularidades na contratação de

oficinas mecânicas e nas despesas em manutenções dos veículos, máquinas e equipamentos pesados da Prefeitura de Bagé durante a gestão do ex-prefeito Dudu Colombo, do PT. Sem a definição do novo integrante, a CPI não deve se reunir.

Graziane afirma que medida não vai gerar custos para bajeenses Uma divergência sobre a O vereador Graziane Lara, proposta de convênio entre as do PTB, reconhece que existem prefeituras de Dom Pedrito e tratativas para uma espécie de Bagé, para utilização da usina de convênio, mas garante que não asfalto bajeense, pontuou os de- haverá custos. “Não queremos bates do Legislativo durante a nos isolar, nos fechar para a resessão ordinária de ontem. O as- gião. O que existe é um diálogo suntou foi iniciado pelo líder do para utilização da usina, onde a PT, vereador Lélio Lopes (Leli- Prefeitura de Dom Pedrito pode nho), que manifestou preocupa- entrar com o material e arcar com ção com custos eventuais, provo- os custos de produção. Não vai cados pela produção destinada ao sair dinheiro dos bolsos dos bajemunicípio vizinho. “Vai custar enses”, afirma, ao salientar que a combustível e energia”, disse. “Se utilização da usina é fundamental. decidirem firmar um convênio, “Quando assumimos o governo, o acredito que a população deve ser equipamento apresentava problemas, por falta de uso”, reforça. consultada”, pontua.

Legislativo vai votar autorizações para venda de imóveis em extraordinárias A Câmara de Vereadores de Bagé realiza, hoje, um roteiro de cinco sessões extraordinárias para votar 27 propostas, a maioria apresentada pelo governo municipal. A pauta inclui 14 projetos que autorizam o Executivo a alienar imóveis. Parte dos valores arrecadados com as vendas será utilizada para o pagamento de precatórios. As leis determinam que 60% dos recursos obtidos serão utilizados para o pagamento dos débitos decorrentes de sentença judiciária, em ordem cronológica de apresentação dos precatórios e obrigações de pequeno valor, e 40% para construção de pavimento nas vias públicas do município e saneamento básico. Em outubro, os parlamentares aprovaram propostas semelhantes, que já estão em vigor. Os vereadores devem votar, ainda, o projeto que cria o sistema municipal de mobilidade urbana e institui o plano diretor de transporte e mobilidade. A aprovação, até o final do ano, é crucial para que o município possa acessar recursos

específicos do governo federal para projetos do setor. A inclusão de matérias na agenda não está descartada. Ontem, vereadores articulavam a medida, visando garantir a votação de proposições que já têm pareceres favoráveis. Uma mudança na legislação que trata sobre as eleições para diretores de escolas de Ensino Fundamental já provocou polêmica antes de chegar às comissões técnicas. A expectativa é de que os vereadores também apreciem um pedido de autorização para contratação, em caráter temporário, de dois médicos veterinários e 24 auxiliares de inspeção. A pauta também inclui a reversão de um terreno e o recebimento de um imóvel a título de doação, com financiamento parcial da construção de uma Estação de Tratamento de Esgoto, no bairro Universitário Minotto, e a matéria que autoriza a prefeitura a receber imóveis, no bairro Ipiranga, como forma de pagamento de dívidas tributárias.


06

Empreendedor

www.jornalminuano.com.br

BAGÉ, 14 DE NOVEMBRO DE 2017

Tiago Rolim de Moura

Interina

Melissa Louçan

Objeto Direto

Com a proximidade do Natal, a loja já está com uma grande variedade de itens de decoração para deixar a casa dos bajeenses no maior espírito natalino. Além disso, a coleção Formas da Memória traz uma grande ideia de presente para amigo secreto, com canecas, chaveiros, moleskine e outros itens, todos celebrando a beleza e história da Rainha da Fronteira.

Sesc e Nicolini

Utilização do equipamento agiliza atendimento de clientes

Rede Peruzzo inaugura equipamentos de autoatendimento na loja da Tupy Silveira

Novidade no país, os equipamentos de autoatendimento já são realidade na Europa e na América do Norte. Agora, a rede de supermercados Peruzzo, sempre em busca de inovação e qualidade no serviço prestado à comunidade, dá início à utilização dos equipamentos na loja da Avenida Tupy Silveira. O empresário Lindonor Peruzzo Júnior destaca que o processo de idealização, implantação e treinamento de funcionários das seis novas máquinas levou 11 meses. E desde ontem, os equipamentos já estão disponíveis para uso. O modo de funcionamento é simples: um fiscal fica no local observando os clientes, que passam as compras para leitura do código de barras, colocam os produtos na sacola e realizam o pagamento. As formas de recebimento dos equipamentos são por cartão ou em dinheiro, e esse é um dos dife-

renciais do modelo escolhido pela rede. “Grande parte dos equipamentos de autoatendimento aceita pagamento apenas com cartão. Os caixas instalados aqui são diferentes, porque também realizam operações com dinheiro. Nós somos a segunda empresa no Brasil a adotar este modelo de equipamento”, diz. Peruzzo Júnior explica que a tecnologia é uma forma de agilizar o atendimento no mercado, já que os próprios clientes são responsáveis por pagar e embalar suas próprias compras, respeitando o volume máximo de 20 itens. O empresário garante que mesmo com a instalação do autoatendimento, os caixas tradicionais, operados por funcionários da empresa, seguem atendendo. “Os equipamentos são uma inovação na forma de atender o público, pois irá agilizar as vendas de pequenas compras. Mas

ainda não sabemos qual será o impacto, como será a recepção dos nossos clientes. Por isso estamos qualificando nossos funcionários para garantir sempre o melhor atendimento”, destaca.

Já estão abertas as inscrições para a Rústica e Caminhada de aniversário Nicolini, em parceria com o Sesc. O evento acontece no dia 26 de novembro, com largada em frente ao supermercado Nicolini da Tupy, às 18h. Serão quatro categorias avaliadas: infantil até 12 anos; infantil de 13 a 15 anos; adulto e caminhada. As inscrições podem ser realizadas no Sesc Bagé ou nos Supermercados Nicolini até dia 24. O valor é de um quilo de alimento não perecível. Os 100 primeiros atletas inscritos ganharão uma camiseta.

Cantegril Pub

Hoje tem mais festa no Cantegril Pub. O evento que marca a abertura da temporada de piscinas do clube inicia às 20h. A animação fica por conta da banda da casa, Trem Brazuka. Para acompanhar o chope e espumante gelado, o pub dispõe de variado cardápio de petiscos e sushi, feito pelo sushiman, Roger Borges, com experiência no Sushi Bah do Cassino. Mais informações através do telefone 99941-9361.

Postos Balluarte

Ainda dá tempo de concorrer a uma moto Honda CG Fan 160 na campanha “Bah! Muito bom”, dos Postos Balluarte. O último sorteio acontece no domingo, 26 de novembro, com uma mateada e presença do Guri de Uruguaiana. Além da moto, também serão sorteados um iphone 6, televisão 49’ e forno micro-ondas.

Aniversariantes

Empresário destaca que processo de implantação e treinamento levou 11 meses

Ada Maria Guimarães Adão Gonçalves Demétrio Adriana Moreira Marins Alessandra Mena Gonçalves Ana Ilza Vaz Lacerda Bruno Mendes da Silva Darci Russomano Mattos Elizabete Medeiros de Souza José Francisco Dutra Teixeira José Paulo Gonçalves Léu Cardoso Carate Luiz Fernando Santos

Márcia Lemos Lence Marina Nunes Mauro Romário Soares Machado Nicanor Antônio Risch Richer de Ornelas Silva Sandro Vieira Ferreira da Rosa Sueli Pereira Terezinha Gomes Silva Thais Scarton Vera Regina Almeida dos Santos Vera Regina Cimirro Alves


Cidade

www.jornalminuano.com.br

BAGÉ, 14 DE NOVEMBRO DE 2017 Tiago Rolim de Moura

07

Municipalização de trechos da ERS-473 avança com nova legislação

Tiago Rolim de Moura

Cantegril inicia temporada amanhã

Clubes de Bagé se movimentam para início da temporada de piscinas

Os clubes de Bagé já estão se preparando para o início da temporada de piscinas 2017/2018. Uma novidade será a adaptação, prevista pela lei municipal 5.729, que exige a instalação de tampas de ralo anti-sucção. O início das temporadas deve variar entre novembro e a primeira quinzena de dezembro, se estendendo até março do próximo ano. A fiscalização das piscinas ficará a cargo do Corpo de Bombeiros, que atuará durante a temporada fiscalizando se os clubes estão atendendo as demandas de segurança.

Cantegril O Clube Cantegril aproveitará o feriado da Proclamação da República para começar as atividades de verão, amanhã, já com adaptação nos ralos. A direção do clube informa que as questões de acessibilidade serão discutidas durante a temporada, corrimãos devem ser colocados em todas as escadarias e degraus do local. O espaço estará aberto para sócios, das 8h às 22h. Outra novidade será um novo bar panorâmico, que contará com a venda de lanches tradicionais e especiarias japonesas, como sushi e sashimi. Para comemorar o início da temporada, o clube promoverá, hoje, uma happy hour com música ao vivo, às 20h. De acordo com a integrante da direção social do Cantegril, Melina Belleza, a equipe espera trazer novos sócios para o espaço e proporcionar momentos de lazer e diversão.

tem data definida para o início da temporada. Segundo a gerente administrativa da AABB de Bagé, Sinara Nottar, as piscinas estarão abertas para sócios a partir de 27 de novembro. A gerente revela que a abertura da temporada será marcada por um evento festivo, com atrações musicais, aulas de zumba e danças urbanas, demonstrações de artes marciais e parque de brinquedos para as crianças. Os convites para o clube serão vendidos diariamente, na portaria do local. Nos dias 1º e 2 de dezembro, a AABB realizará sua Black Friday, com descontos na taxa de adesão e em outros serviços oferecidos pela entidade.

Caixeiral

A temporada de piscinas do Clube Caixeiral de Bagé está prevista para iniciar até o dia 10 de dezembro. Atualmente, os funcionários do clube estão finalizando a limpeza das piscinas.

O presidente do Caixeiral, Paulo Rosa Noble, salienta que as adaptações nos ralos das piscinas já foram realizadas e as joias estão sendo vendidas na sede social do clube. O presidente diz que tem boas expectativas para esta temporada, salientando que o calor previsto para o início das atividades deve ajudar a manter um bom movimento. Noble informa que a equipe diretiva está trabalhando para um evento de abertura das piscinas.

Tênis Clube A temporada de piscinas do Bagé Tênis Clube (BTC) também deve iniciar na primeira metade de dezembro. O presidente do clube, João da Silva Azambuja, acredita que as piscinas devem ser abertas ao público até o dia 10. Azambuja adianta que a temporada deste ano contará com novidades que logo serão divulgadas em uma campanha nas redes sociais e pelos veículos de comunicação locais.

AABB A Associação Atlética Banco do Brasil (AABB) também já

Clubes devem adaptar ralos de sucção das piscinas

Cedência da área ainda depende do Estado O prefeito de Bagé, Divaldo Lara, do PTB, sancionou a lei que autoriza a prefeitura a assumir dois trechos da ERS-473. Com a nova legislação, começam os trâmites junto ao Estado para a formalização do processo. A municipalização abrange o trecho entre o 3º Regimento de Cavalaria Mecanizado (3° RC Mec) e São Domingos e o trecho entre o Cemitério da Santa Casa de Caridade de Bagé e trevo do Aeroporto Internacional Comandante Gustavo Kraemer. De acordo com o superintendente regional do Departamento Autônomo de Estradas e Rodagens

(Daer), Nélson Martins, com a sanção do prefeito, o município pode encaminhar o pedido de cedência das áreas para o Estado. No entanto ainda será necessária a liberação, por parte da Secretaria Estadual de Transportes, e aprovação da Assembleia Legislativa. “Ainda não temos prazo para a transferência. Os trâmites são demorados”, disse. O Daer especifica, porém, que o trecho a ser municipalizado se estende da frente dos blocos do PAR, na avenida Espanha, até o trevo de São Domingos. Para a autarquia, o trecho da frente do 3º RC Mec até o PAR já pertence ao município.


-

SOC

VIVIANE

Becker

viviminuano@hotmail.com

Feliz aniversário A semana iniciou com o aniversário de Letícia Andina, Ane Burns, Caia Martins e Bruna Gomes de Almeida. Hoje vai ter festa para Mayara Lucas e Bernadete Nicoloso. Amanhã é a vez de Simone Marum Machado, Elianinha Valente Silveira, Jacir Palma dos Santos, João Roberto Gaffrée e Vanessa Budó. Na quintafeira o bolo vai para Indiara Deamici, Elizabeth Trassante Marimon, Mariel Rodrigues e Amanda Azambuja. Na sexta é a vez de Helena Ceratti, Raíssa Fico Schiavon e Cláudio Antunes Boucinha comemorar a data querida. O sábado promete ser especial para Cris Zago, Edson Mór e Helena Martins de Salles. No domingo quem recebe o carinho dos amigos é Elaine Tonini Bastianello, Lisandra Blois, Marta Fuchs, Taise Dias e Jerônimo Jardim.

www.jornalmi

Mirian Kaé apresenta Linha Reviva de Margaritha Cobucci

H

oje, a partir das 19h30min, Mirian Kaé recepciona convidados em sua clínica para um happy hour, onde a dermatologista Margaritha Cobucci irá apresentar sua linha de cosméticos Reviva. Margaritha vai explicar mais detalhes dos quatro produtos que fazem parte da linha e dará dicas para melhor utilização, tirando dúvidas das convidadas. O creme facial antirrugas, gel de controle da oleosidade, creme facial antiacne e a água micelar estarão sendo comercializados, a partir de agora, pelo Consultório de Fisioterapia Mirian Kaé. Hoje eles estarão com preço especial. O happy hour será assinado pela equipe da Delícias da Edu e os doces são da Maria Francisca Avancini Pereira. O site RVsocial estará presente fazendo a cobertura do evento. Margaritha estará mostrando sua nova linha de produtos, logo mais, no Consultório de Fisioterapia Mirian Kaé

Jonatan Schneider e Tábata Acosta prestigiando o Mérito Empresarial 2017

Laura Nogueira e João Olavo Taborda, presenças bonitas na noite da Band's

Rosângela Borba e Ivan Pinheiro curtindo a noite promovida pelo Restaurante Quitanda

Tânia Dalé e Liselda Costa no último show promovido pelo Quitanda


CIAL

08/09

Bagé, 14 de novembro de 2017

inuano.com.br

Comemoração dos 50 anos do Rotary Bagé Sul

M

uitas são as funções dos rotarianos que trabalham voluntariamente pelo bem comum. Para quem não sabe, um dos objetivos mais presentes entre os integrantes dos clubes de serviços é desenvolver ações que melhorem a qualidade de vida dos menos privilegiados, atendendo as necessidades locais das comunidades onde estão inseridos. Bagé é uma cidade que conta com muitos rotarys solidários. A noite de sábado foi de festa para os integrantes do Rotary Bagé Sul, que festejaram os 50 anos do clube com um jantar de confraternização. A solenidade foi emocionante para os homenageados, que recordaram sua trajetória no Rotary. O evento aconteceu no Restaurante Mercado Gourmet, com cardápio assinado pelo chef da casa, Guto Medeiros. A noite foi animada pelo músico Renato Mirail e teve cobertura fotográfica de Rosane Coutinho. As homenagens continuaram, na manhã de ontem, na Câmara de Vereadores de Bagé, onde aconteceu Parabéns aos rotarianos! uma sessão em homenagem à data.

Confraternização entre amigos

A presidente do Rotary, Ieda Ianzer, entre os fundadores do Rotary, João Luís Paixão Cortes e Jayme Ferreira

Integrantes do conselho diretor do Bagé Sul: Lizete Oliveira, Rosa Cardona, Andrea Gallo, José Walter Lopes e Ieda Ianzer


10

Cidade

www.jornalminuano.com.br

BAGÉ, 14 DE NOVEMBRO DE 2017

Seminário marca um ano do movimento contra mineração no Rio Camaquã

Em novembro de 2016, foi realizado o primeiro ato contra a instalação das empresas Votorantim e Iamgold Brasil, que pretendem extrair cobre, zinco e chumbo no município de Caçapava do Sul, às margens do Rio Camaquã. Para marcar a data, o grupo denominado União Pela Preservação do Rio Camaquã (UPP Camaquã) realiza um seminário no salão de eventos da Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) São Pedro, no sábado, a partir das 13h30min. De acordo com uma das integrantes do grupo, Márcia Colares, o seminário vai contar com palestras. A primeira será com a advogada e ativista Ingrid Birnfeld, que irá abordar as questões jurídicas e o histórico do movimento. O diretor do Instituto de Justiça Fiscal, João Carlos Loebens, falará sobre a questão tributária da mineração e o que fica para os municípios. O diretor do Departamento de Biologia da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), Althen Teixeira, mostrará aspectos de doenças que podem ser ocasionadas pela mineração. O doutor em Ecologia e ex-professor da Universidade Federal de Rio Grande (Furg), Antô-

Divulgação

inconsistências teóricas, técnicas e metodológicas no Estudo de Impacto Ambiental e Relatório de Impacto Ambiental (EIA-Rima).

Projeto

Rincão do Inferno será visitado pelos participantes nio Libório Philomena, falará sobre a preservação do bioma Pampa e, por fim, o pesquisador da Embrapa, Marcos Borba, abordará assuntos relacionados à Associação para o Desenvolvimento Sustentável do Alto Camaquã (Adac). O seminário encerra com um show do músico e produtor rural Guilherme Collares. Márcia destaca que no domingo, às 7h30min, haverá um passeio turístico no Rin-

cão do Inferno, somente para participantes do ciclo de palestras. “As pessoas devem ir de carro. Será uma visita guiada, pois a área é particular”, salienta.

Parecer contrário Segundo Márcia, no final de outubro, o Conselho Estadual de Direitos Humanos do Estado do Rio Grande do Sul (CEDH-RS) emitiu um parecer recomendando a

Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sema) e a Fepam que não seja concedida licença prévia de instalação e de operação do projeto. Conforme a justificativa apontada no documento, há inúmeras fragilidades no campo dos direitos humanos, econômicos, sociais, culturais e ambientais consideradas, em especial no que diz respeito aos povos e comunidades tradicionais. O parecer menciona, ainda,

A empresa paulista Votorantim Metais Holding e a canadensenorueguesa Iamgold estão buscando a licença ambiental junto à Fundação Estadual de Proteção Ambiental Henrique Luís Roessler (Fepam) há quase dois anos, para a mineração no distrito de Minas do Camaquã, em Caçapava do Sul. O empreendimento será o primeiro polimetálico da companhia no Rio Grande do Sul. O processo de licenciamento iniciou com a apresentação dos estudos nos municípios de Caçapava do Sul, Santana da Boa Vista, Bagé e Pinheiro Machado. A estimativa das empresas é que o depósito tenha 29 milhões de toneladas de reserva mineral. Projeções indicam a disposição mais adequada do ponto de vista sustentável para exploração de uma mina a céu aberto, composta por três cavas, e vida útil estimada em 20 anos. O projeto está tramitando na Fepam e aguarda apresentação de novas informações.


Cidade

www.jornalminuano.com.br

BAGÉ, 14 DE NOVEMBRO DE 2017 fotos Divulgação

Doutora em Botânica orienta sobre métodos de levantamento de flora

Aula de campo de Ciências Biológicas integra acadêmicos de Bagé e Santana do Livramento

O curso de Ciências Biológicas da Universidade da Região da Campanha (Urcamp) realizou, no sábado, 11, a atividade “Biologia no Limite da Aprendizagem”. O evento trata-se de uma aula de campo realizada anualmente. Neste ano foi desenvolvida com acadêmicos de Santana do Livramento e de Bagé. De acordo com a coordenadora do curso, professora Ana Leão, a atividade foi aplicada nos hectares do campus da Urcamp de Santana do Livramento. A ação iniciou pela manhã, com uma aula ao ar livre, ministrada pela profes-

sora de Botânica, Anabela Silveira Deble. A docente explicou aos alunos quais os métodos de levantamento florístico. Após as orientações, os discentes e professores foram a campo realizar o levantamento de flora. À tarde a atividade foi desenvolvida no My Zoo, em Rivera, no Uruguai, onde há uma casa de refúgio de animais silvestres. No local, os estudantes puderam conhecer as várias espécies da natureza e de suas respectivas regiões, as formas de alimentação, entre outras curiosidades. No My Zoo acadêmicos do curso do campus

Atividade foi aplicada nos hectares do campus de Santana do Livramento

de Santana Livramento realizam estágios, aliando a teoria à prática. Para a professora Ana Leão, a atividade supera a aprendizagem em ambientes formais. “A aula de campo conquista o aluno e eles têm a oportunidade de ver o que foi trabalhado em aula. Tem o contato direto com a natureza, além da integração e troca de experiências dos acadêmicos de Bagé e Santana do Livramento”, avalia a coordenadora do curso. O evento reuniu cerca de 80 discentes. Além de Ana Leão e Anabela Silveira, participou, também, o professor Laércio Rodrigues.

Discentes conhecem diversas espécies abrigadas no My Zoo, em Rivera

Urcamp realiza ação social hoje

Nesta terça-feira, a partir das 14h, professores e acadêmicos da Universidade da Região da Campanha (Urcamp) estarão realizando algumas ações na Praça Silveira Martins (Coreto). O curso de Medicina Veterinária realizará atendimentos a pequenos animais com aplicação de vermífugos e orientações de bem-estar. Além disso, acadêmicos da área da saúde esta-

rão verificando pressão arterial, orientações de alimentação saudável, entre outras dicas. A ação visa, também, proporcionar à comunidade o conhecimento das ações que os cursos da Urcamp realizam anualmente. No local, os interessados em participar do Vestibular de Verão 2018 poderão esclarecer dúvidas e conhecer as frentes de trabalho das profissões.

11


www.jornalminuano.com.br

BAGÉ, 14 DE NOVEMBRO DE 2017

Edibar

12

Lazer

Pega Pega - GLOBO - 19h30min

Eric comenta com Lourenço que desconfia de que Athaíde possa estar protegendo alguém. Athaíde sai da cadeia. Júlio e Antônia se beijam, e a policial confessa ao rapaz que não consegue esquecê-lo. Luiza conta a Eric que Malagueta convidou Maria Pia para ir até sua casa. Lígia demonstra a Athaíde que tem medo de que algo de ruim lhe aconteça. Flávio aconselha Douglas sobre como tratar Gabriel. Antônia confessa a Domênico que beijou Júlio e os dois decidem dar um tempo na relação. Eric promete a Bebeth que irá à estreia da peça teatral de Borges. Eric e Luiza se preparam para seguir Malagueta e descobrir se existe relação entre ele e Maria Pia. O Outro Lado do Paraíso - GLOBO - 21h

Horóscopo

Lívia faz uma proposta para Clara e Gael. Nádia afirma que Bruno não se casará com Raquel. Samuel dispensa Suzy e se encontra com um rapaz. Adinéia pede que Samuel se case com Suzy. Elizabeth/Duda pede carona em um posto de gasolina. Lívia confidencia a Clara que está grávida. Duda abre uma conta em um banco e assume de vez a nova identidade. Nádia se surpreende ao perceber que Bruno viajou. Clara e Gael viajam juntos. Lívia acredita que conseguiu engravidar, mas é alarme falso. Samuel convida Suzy para jantar. Lívia se enfurece quando Renato pergunta por Clara. Sophia afirma a Amaral que terá as esmeraldas quando seu neto nascer. Samuel pede Suzy em casamento. Bruno procura Raquel e a Mãe, líder do quilombo, lhe dá um ultimato. Lívia revela a Clara que não pode ter filhos e afirma à cunhada que também será a mãe de seu sobrinho.

ÁRIES Seja prudente com suas finanças nesse início de semana. Há chances de receber um pagamento, talvez em partes. Sobre propostas que lhe fizerem, avalie se o trabalho compensa.

TOURO Dia de ajustes. Tem sido tudo muito produtivo e promissor nos seus contatos com sócios e clientes, mas há medidas a considerar nessas transações. No amor, lide com sobriedade.

GÊMEOS Não comece a semana no automático, repetindo procedimentos padrões, que até podem ter dado certo um dia mas agora precisam de novas abordagens. Até para recuperar o prazer de fazer.

CÂNCER Você não precisa apenas estar apaixonada por alguém, mas também por uma ideia ou projeto, senão não se dedica. Mas vai ter que dividir sua atenção com tarefas não tão apaixonantes.

LEÃO Faça uma edição no que será útil ou não às suas propostas, orçamentos e papeladas, burocracias relativas a bens. É preciso, para poder crescer. Amor em dia super realista também.

VIRGEM A Lua em Virgem em dia de cortar tudo o que não serve, para abrir espaço na mente, no coração e na agenda para tudo que se revela mais instigante. Mas para isso, seja mais racional.

Palavras Cruzadas

O CAPÍTULO NÃO SERÁ EXIBIDO EM VIRTUDE DA TRANSMISSÃO DO AMISTOSO DA SELEÇÃO

LIBRA

O que não está sob seu poder pode dar raiva, vá com calma. Evite compras impulsivas. É um momento sujeito a indisposições, mas muito importante para transformar sua relação consigo mesma.

ESCORPIÃO Você sente que seus desejos estão limitados pelas circunstâncias? Não seja você a criticar os outros hoje. Negocie prazos e adie decisões se necessário, mas respeite seu tempo.

SAGITÁRIO Você sente que seus desejos estão limitados pelas circunstâncias? Não seja você a criticar os outros hoje. Negocie prazos e adie decisões se necessário, mas respeite seu tempo.

CAPRICÓRNIO Você está em um bom lugar para observar tudo do alto da sua experiência. Mesmo que algum obstáculo tenha se mostrado intransponível, logo verá que o que não foi, foi melhor assim.

AQUÁRIO Seu humor pode não estar dos melhores para lidar com os egos alheios, afinal você também quer ocupar o seu lugar. Mas tem dias que é melhor ser discreto. Dinheiro é assunto de novo.

PEIXES Para seguir o caminho elevado que você gostaria, vai ter que deixar algo ou alguém para trás. Hoje é desses dias em que é preciso fazer escolhas que não são fáceis, mas necessárias.

Loterias

Novelas

Tempo de Amar - GLOBO - 18h30min

FEDERAL

LOTOFÁCIL

LOTOMANIA

Sorteio: 05231

Sorteio: 1584

Sorteio: 1813

01 02 03 05 06

00 06 07 08 26 32 39 46 50 51 55 63 70 73 75 78 85 86 92 93

1º prêmio 2º prêmio 3º prêmio 4º prêmio 5º prêmio -

48551 33616 04024 54220 23476

11 12 14 15 16 17 19 20 24 25

DUPLA-SENA

MEGA-SENA

QUINA

Sorteio: 1716

Sorteio: 1987

Sorteio: 4529

1º- 01 06 13 18 33 36 10 14 31 34 45 58 2º- 10 29 30 36 42 48

15 34 41 62 73


Cidade

www.jornalminuano.com.br

BAGÉ, 14 DE NOVEMBRO DE 2017

Projeto de lei preocupa direção do Sinprofem

Um projeto de lei do Executivo, que pode ser votado hoje, durante roteiro de sessões extraordinárias, na Câmara de Vereadores, promete dar muita dor de cabeça à prefeitura. A proposta altera prazos de gestão dos diretores das escolas municipais de Ensino Fundamental e impede que servidores com processo administrativo concorram ao cargo. A representação sindical articula uma mobilização para adiar a votação. O presidente do Sindicato dos Professores e Funcionários dos Estabelecimentos de Educação Municipal de Bagé (Sinprofem), Eduardo Nogueira, afirma que o projeto é um retrocesso. Para ele, a matéria é inconstitucional, pois o processo de eleição já está em andamento, tendo em vista que o edital foi publicado no início do mês. “Caso seja aprovado, pretendemos entrar na Justiça contra o projeto”, informa. De acordo Nogueira, a proposta prevê a apresentação negativa de antecedentes criminais e de inexistência de processos administrativos e sindicância contra pessoas que desejam concorrer à direção das escolas municipais de Ensino fundamental. “Isso é um absurdo.

A pessoa será impedida antes de ser julgada”, rebate. Também está prevista uma mudança no artigo 14 da lei 3.890, em vigor desde 2002, que prevê a eleição na primeira quinzena de dezembro, passando o pleito para a segunda quinzena. Nogueira salienta que a prefeitura quer mudar as regras com o processo em andamento. O presidente ressalta que outra mudança é a diminuição do tempo de gestão. No projeto está previsto a redução de três para dois anos de mandatos. “Estamos conversando com os vereadores, pedindo para que peçam vistas e façam alterações no texto”, comenta. Nogueira está convidando todos os interessados a concorrer na eleição para irem até a Câmara de Vereadores, hoje, para tentar impedir a aprovação. “Não houve diálogo com a comunidade escolar, nem com o sindicato. O projeto é arbitrário e inconstitucional”, frisa.

Adequação A secretária municipal de Educação e Formação Profissional, Adriana Lara, esteve no Legislativo, ontem, para tratar com os vereadores sobre o projeto. Ela salienta que a medida está sendo tomada para

Tiago Rolim de Moura

Nogueira ressalta que texto é inconstitucional melhorar a eficiência da gestão. Adriana adianta que devem ser realizadas algumas emendas para melhorar o texto, mas garante que é defensora das eleições diretas nas escolas. Ela ressalta que um dos artigos do projeto prevê que os diretores participem de cursos de qualificação. “Nossa intenção não é causar pânico em ninguém”, afirma. A secretária diz que o processo eleitoral previsto para a primeira quinzena, convocado pela pasta, foi suspenso para que aconteça na segunda quinzena, com as novas regras.

Cartas da campanha de Natal dos Correios podem ser adotadas a partir do dia 27

Divulgação

Ação visa presentear crianças da rede pública de ensino Uma das mais tradicionais núcleos socioeducativos. O objetido País, a campanha de Natal dos vo principal da ação é responder às Correios será lançada no dia 27 de cartas das crianças que escrevem ao novembro em todo o Rio Grande bom velhinho e, sempre que possído Sul. A agência de Bagé, que vel, atender aos pedidos de presenparticipa da campanha anualmen- tes daquelas que se encontram em te, também será um dos 84 pontos situação de vulnerabilidade social. de adoção de cartinhas. As cartas enviadas pelas A campanha consiste na cole- crianças são lidas e selecionadas ta de cartas escritas por estudantes por equipes de servidores dos Coraté o quinto ano das escolas da rede reios. Em seguida, são disponibilipública indicadas pelas Secretarias zadas para a comunidade nas agênde Educação (do Estado e do muni- cias da empresa. A entrega deve ser cípio), e de instituições parceiras, feita diretamente na agência onde a como creches, abrigos, orfanatos e cartinha foi adotada, com o número

de identificação da carta escrito no pacote, pois é através deste número que se encontra a informação do endereço da criança. Os Correios ficam responsáveis pela entrega dos presentes. Os gaúchos podem adotar as cartinhas que ficarão disponíveis nos pontos divulgados pelos Correios a partir do dia 27 de novembro. Em Bagé, as cartas serão disponibilizadas para adoção na agência central, localizada na rua General Osório, 1251, de segunda à sexta-feira, das 9h às 17h30min.

13

Projeto construindo e cantando será apresentado amanhã na Argentina Um grupo de cantores que integram o coral da 13ª Coordenadoria Regional de Educação (13ª Cre) e integrantes do projeto Construindo e Cantando partem, hoje, para Buenos Aires, capital da Argentina, para participar da 7ª Noche Cultural Latino-Americana. O evento é promovido pela Fundação Pamerco Intercambio Cultural. O coral da “Cre que Canta”, regido pela professora Oraides Silva, vai interpretar a composição da idealizadora do projeto, Ieda Ferreira, denominada ‘’Amigo Hermano”, e duas músicas regionais do Rio Grande do Sul. De acordo com Ieda, o projeto Construindo e Cantando participa pela quarta vez das noites culturais de Buenos Aires. Em 2010, foi apresentada a canção “Atentos ao Trânsito”; em 2013, o tema La Basura és um lujo; e, em 2015, foi a vez da Biosustentabilidade. A idealizadora conta que em 2017 o tema da noite cultural é “Seres em Sintonia”, que é de sua autoria. “A canção foi gravada em Buenos Aires, pela cantora argentina Patrícia Mônica Folco, que se apresentará no evento”, comenta.

Tiago Rolim de Moura

Ieda é a idealizadora da proposta O projeto Construindo e Cantando foi executado pela primeira vez em 1999, na classe especial da Escola Arnaldo Faria, e se espalhou para todas as turmas. Este ano foi lançado o volume oito do CD e o terceiro do DVD. O projeto tem como objetivo diversificar e tornar os conteúdos escolares atraentes para os estudantes. Ieda salienta que os temas são voltados ao público adolescente.


14

Segurança

www.jornalminuano.com.br

BAGÉ, 14 DE NOVEMBRO DE 2017

Bagé terá cerca de 30 apenados realizando Encceja

Cerca de 30 apenados do Presídio Regional de Bagé (PRB), de acordo com o diretor da casa prisional, Carlos Eduardo Padilha, devem participar do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja), que será aplicado nos dias 19 e 20 de dezembro. Para as pessoas privadas de liberdade, as provas ocorrem nas unidades prisionais e socioeducativas indicadas pelos órgãos competentes. Cada unidade tem um profissional da área pedagógica responsável pela realização e pelo acompanhamento das inscrições;

ensalamento e exclusão de participantes que tiverem liberdade decretada; acesso dos resultados; pleito pela participação no Sisu e em outros programas de acesso ao Ensino Superior; e divulgação das informações sobre o exame aos participantes. Quem não concluiu os estudos na idade adequada pode recorrer ao Encceja para obter a certificação do Ensino Fundamental (para isso, precisam ter, no mínimo, 15 anos completos na data da prova) e do Ensino Médio (para quem tem 18 anos completos ou mais).

Estado garante vagas para região no concurso da Brigada Militar divulgação

Lelinho falou na tribuna sobre vagas no concurso Em agenda durante a semana passada, em Porto Alegre, uma comitiva de vereadores de Bagé discutiu demandas da área de segurança pública no Palácio Piratini e na

Assembleia Legislativa. Os parlamentares entregaram uma carta de intenções, que foi formatada em audiência pública, no mês de agosto. E uma das principais reivindica-

ções deve ser atendida em 2018. A agenda foi proposta pelo vereador Lélio Lopes (Lelinho), do PT. Dentre as prioridades reivindicadas ao governador José Ivo Sartori, do PMDB, está o aumento de efetivo para o 6º Regimento de Polícia Montada da Brigada Militar, com provimento de postos no próximo concurso. “Eles garantiram vagas para Bagé e região. Ainda não sabemos o número, mas valeu o esforço e para o interior entrar nas prioridades”, disse Lelinho. Entre os pedidos apontados pelas lideranças da região também está a realização do curso de formação de soldados da Brigada Militar em Bagé, mais apoio à operação de Ações Integradas de Segurança Rural (Acinser), retorno do policiamento comunitário e fortalecimento das políticas públicas sociais.

Linha de ônibus entre Stand e Carro colide contra veículo estacionado Vila Gaúcha sofre alteração A Secretaria Municipal de Segurança e Mobilidade de Bagé informou que, a partir de hoje, o ônibus de transporte coletivo que faz a linha pelos bairros Stand e Vila Gaúcha sofrerá alteração no itinerário devido a

obras do Anel Rodoviário. O transporte coletivo, agora, fará o trajeto na Vila Gaúcha, pela rua Teodoro Torres até a rua 448, seguindo pela rua Júlio Miranda na Stand até retomar o itinerário normal.

Óbitos RAIMUNDO FÉLIX PEREIRA, 69 anos, serviços gerais, divorciado. Morava na rua Otávio dos Santos, bairro Floresta. Deixa os filhos Vitor Hugo e André Luís.

em frente ao Estádio Estrela D’Alva

A Brigada Militar foi chamada na avenida Padre Abílio Sponchiado, na madrugada de domingo, por volta das 5h15min, pois havia ocorrido um acidente de trânsito. Conforme o registro, um Corsa, dirigido por um

homem de 23 anos, bateu em um Fusca que estava estacionado em frente ao Estádio Estrela D’Alva. O condutor do Corsa estava com sinais de embriaguez, segundo o que foi descrito pelos

policiais. Ele foi levado ao pronto-socorro e se negou a realizar o teste do bafômetro. O motorista também estava com a carteira de habilitação vencida. O carro foi conduzido ao depósito e a habilitação recolhida.

Pedestre é assaltado na avenida Marcílio Dias

Um homem estava em frente a uma casa de festas, na avenida Marcílio Dias, por volta 6h50min

de ontem, quando foi roubado. De acordo com o registro de ocorrência, os dois acusados, armados

com faca, se aproximaram da vítima e anunciaram o roubo. Eles levaram um telefone celular.


Esporte

www.jornalminuano.com.br

BAGÉ, 14 DE NOVEMBRO DE 2017

Guilherme Calvete vence por nocaute na capital

fotos divulgação

daiane.lima.bg@gmail.com

15

Daiane Lima

Bagé sub 19 vence no Estádio Pedra Moura

Tiago Rolim de Moura

Lutador estava treinando há dois meses para evento em Porto Alegre O lutador bajeense Guilherme Netto Calvete foi campeão no Moinhos Fight, evento de luta realizado no final de semana, em Porto Alegre. Calvete venceu o adversário, Jonier Ramalho, da Paraíba, por nocaute, aos 50 segundos do primeiro round. No total, o Moinhos Fight

teve 10 combates profissionais de MMA e cada atleta entrou no ringue uma vez. Calvete realizou o penúltimo dos confrontos principais. Esta é a luta de número 26 do lutador nesta modalidade. Ele relata que este ano disputou principalmente em campeonatos de jiu-jitsu e foi campeão da

Copa Prime, em Porto Alegre. Há dois meses o lutador estava focado apenas na competição realizada no sábado. “Agora é descansar, recuperar as lesões e comemorar esse ano maravilhoso que eu tive. Em janeiro voltamos aos treinos, já mirando as competições que virão em 2018”, planeja o atleta.

OAB promove corrida noturna

Em comemoração ao Dia do Advogado, em referência à conscientização para prevenção do câncer de mama (Outubro Rosa) e prevenção do câncer de próstata (No-

vembro Azul), a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) subseção Bagé e a Comissão do Jovem Advogado realizam, amanhã, a OAB Night Run. O evento começa às 20h,

com largada da frente da sede da OAB na Rainha da Fronteira. Os participantes poderão optar por uma corrida de quatro quilômetros ou uma caminhada de 2,5 quilômetros.

Jogo terminou em 1 a 0 para os donos da casa A categoria sub 19 do Grê- segundos lugares de cada grupo e mio Esportivo Bagé venceu o os dois melhores terceiros. O time Sport Clube por 1 a 0, no sábado. de Bagé ainda tenta conquistar sua O jogo aconteceu no Estádio Pedra vaga neste último. Moura, às 15h30min. O jalde-neA última partida do Bagé sub gro precisava vencer para continu- 19 está agendada para esta quartaar buscando a classificação. feira, contra o Guarany de CamaO time soma, agora, três quã, no Estádio Sílvio Luiz, às pontos em quatro jogos – uma vi- 15h30min. A equipe ainda precisa tória e três derrotas. Da segunda vencer e torcer por resultados paetapa se classificam os primeiros e ralelos para continuar na disputa.


16

Contracapa

BAGÉ, 14 DE NOVEMBRO DE 2017

www.jornalminuano.com.br

No caminho da municipalização

Tiago Rolim de Moura

Lei autoriza município de Bagé a receber trechos da ERS-473. Transferência, agora, depende do Estado

Pág. 7

20171114  
Advertisement