Page 1

ANTÔNIO ROCHA

Bajeenses em ação no GNT

DIVULGAÇÃO

Joselaine e Andréa Gimenez participam de competição culinária exibida pelo canal por assinatura.

Reitora da Urcamp ministra palestra no Pará Lia Quintana participou da 74ª Semana Oficial da Engenharia e da Agronomia.

Pág. 3

Pág. 7

ALERTA DE TEMPORAL

Comunicado da Defesa Civil foi emitido na sexta-feira, quando Bagé registrou 22 milímetros de chuva. Pág. 18

jornalminuano.com.br BAGÉ, sábado, 12 e domingo, 13 de julho de 2017 - ANO XXIII Nº 5 709 | R$ 3,00

MPF arquiva MUNICÍPIOS denúncia contra Collares DIVULGAÇÃO

Pesquisa avalia último ano de gestões anteriores

TIAGO ROLIM DE MOURA

Bajeense não vai responder processo por gastos com passagens aéreas Pág. 5

Temperatura Sábado

15

19

Domingo

9

17

Hulha Negra manteve a melhor colocação, em âmbito regional, no Índice Firjan de Gestão Fiscal (IFGF). Em relação à receita própria, Candiota teve a melhor classificação, com a gestão considerada de excelência. No mesmo indicador, a segunda melhor classificação foi de Bagé. Pág. 9

Bagé sedia seminário Contrato viabiliza nova linha de do Conselho de transmissão Contabilidade Pág. 12

Pág. 13

Frente parlamentar Time de Candiota defende manutenção estreia no Gauchão feminino do Banrisul Pág. 13

Pág. 19


02

Opinião

Editorial Brasil possui 1.720.756 quilômetros de rodovias, dos quais apenas 211.468 são pavimentados. Esse volume representa 12,3% da extensão total. De acordo com pesquisa da pela Confederação Nacional do Transporte (CNT), a quilometragem atual reflete em uma baixa densidade de infraestrutura rodoviária. Estamos atrás, por exemplo, da China e da Rússia, quem têm de dimensões geográficas maiores. A qualidade melhorou. Mas ainda falta muito para alcançar um patamar ideal. Pelo menos é o que comprova um levantamento elaborado pela própria representação dos transportadores. O estudo sobre o desempenho do transporte rodoviário, que avalia a infraestrutura e investimentos públicos no setor, divulgado na quinta-feira, revela que o estado das rodovias federais brasileiras melhorou 24 pontos percentuais, passando de 18,7%, com classificação ótimo ou bom, em 2004, para 42,7%, em 2016. A primeira análise da série histórica da

Marcelo Teixeira

redacao@jornalminuano.com.br www.jornalminuano.com.br

Uma questão de prioridades

O

www.jornalminuano.com.br

BAGÉ, 12 E 13 DE AGOSTO DE 2017

Pesquisa CNT de Rodovia destaca, por outro lado, que, apesar da evolução da qualidade, 57,3% das estradas públicas analisadas ainda apresentam condição inadequada ao tráfego. A maior parcela, portanto, ainda é intransitável. O resultado do trabalho desenvolvido pela Confederação é muito claro, quando estabelece relação direta entre a qualidade das rodovias brasileiras e os investimentos federais em infraestrutura rodoviária. O estudo, aliás, menciona números oficiais para embasar a posição. O levantamento identificou que, em 2011, por exemplo, ano em que a União investiu o maior valor no setor (totalizando R$ 15,73 bilhões), o percentual de rodovias consideradas ótimas ou boas foi de 41,3%. Em 2004, quando houve a menor aplicação de recursos (pouco mais de R$ 3,9 bilhões), apenas 18,7% das rodovias tiveram avaliação positiva. A alteração do cenário depende, portanto, da revisão de prioridades, no que compete ao planejamento de aplicação dos recursos. Laboratório FACOS/Urcamp

FAT - Jornal Minuano | CNPJ: 87415725/0012-81 Endereço: Rua Brigadeiro Mércio, 72 - CEP 96400.720 - Bagé/RS Telefones: Redação (53) 3242-7693 - Assinaturas 3241-6377 www.jornalminuano.com.br | redacaominuano@gmail.com | facebook.com/jornalminuanobage

DIRETOR EXECUTIVO: Glauber Pereira GERENTE COMERCIAL: Adriana Robaina Editor assistente - Sidimar Rostan • Reportagem - Viviane Becker - Cláudio Falcão Melissa Louçan - Jaqueline Muza - Rochele Barbosa - Daiane Lima - Augustho Soares (estagiário) • Chargista - Cláudio Falcão • Repórter fotográfico - Antônio Rocha Tiago Rolim de Moura • Diagramação - Luís Mário Pereira - Daniel Cuerda Ferreira • Revisão - Helena Pereira • Assistente comercial - Angelina Britto • Vendedores - Dulce Dias - Fabrício Becker • Distribuição - Marcos Goulart • Colaboradores José Carlos Teixeira Giorgis - Marcelo Teixeira - José Artur M. Maruri dos Santos Norberto Dutra - Airton Gusmão - Dilce Helena dos Santos - Fernando Risch - João L. Roschildt • Impressão - Gráfica do Jornal do Povo - Cachoeira do Sul

Os artigos assinados não refletem, necessariamente, a posição do jornal. Por isso, a editoria não se responsbiliza pelas opiniões emitidas.

C

@marcelodct marceloct@ymail.com

Amor inventado

azuza cantava: “Exagerado, jogado aos pessoa que entra nesse jogo da conquista, abastecendo seus pés, eu sou mesmo exagerado. Ado- nossas ilusões “perdido em mil versões irreais de” si ro um amor inventado!” E qual amor não é mesmo, como canta Tiago Iorc em sua música. ou não foi inventado? Lá no início, naqueSobre isso o Pe. Fábio de Melo falou certa vez le momento definido pelos teóricos como “paixão” o que transcreverei abaixo com alguns cortes e altera(fase preliminar do amor romântico), a nossa capa- ções visando encurtar o texto sem prejudicar o senticidade inventiva então, é ainda maior. Alimentamos do da mensagem: “Não tenha medo de terminar o seu a ilusão de que, realmente, “nossos destinos foram namoro se você descobre que ali você está vivendo traçados na maternidade” e ficamos com a sensação uma ilusão, ou que o outro está fazendo de você um nítida de que “eu nunca mais vou respirar se você não território da sua ilusão. Ninguém tem a obrigação de me notar” ou de que “eu posso até morrer de fome se ser para o outro uma ilusão. Se ele não ama quem você não me amar.” você é, não faça esforço para ele amar a iluCoisa boa! De fato é indescritível o são que você está criando para ele amar. turbilhão de emoções que experimentaIsso é uma prisão terrível! E aqui vale Nós é que nos mos quando nos apaixonamos por alaquele discurso sim: ‘antes só do que guém. E poucos chegaram tão perto mal acompanhado!’ De nada vale enganamos, da descrição perfeita destes momentos você ter alguém de seu lado que não alimentamos intensos quanto o Cazuza nesta letra ama quem você é, mas ama quem ele de poucas palavras e muitas verdades. gostaria que você fosse. (...) Paixão expectativas Só que, mais cedo ou mais é aquele encantamento quando você fantasiosas... viu o outro pela primeira vez ou viu tarde, esta fase preliminar termina e o castelo de areia que construímos coele algumas vezes e acha que aquela meça a desmoronar pela ação do tempo. pessoa é a pessoa mais perfeita do mundo. Descobrimos lentamente que estávamos apaiPára com isso! Príncipe encantado tem unhas xonados por quem não existia, por uma figura ideali- encravadas! (...) A partir da decepção nasce a verdazada, uma ilusão que enquanto estava nesta condição de! (...) E não tem que ficar desesperado não! Decepera perfeita, mas, como brilhantemente sentenciou cionou-se com aquela pessoa? Não tem problema! Abraham Lincoln: “Você não pode enganar todas as Reconstrua com ela, mas do jeito certo. – ‘Ah mas pessoas o tempo todo.” não é mais como era no passado!’ – Não tem que ser! Na verdade, nestes casos, dificilmente alguém en- Tem que ser do jeito que pode ser agora. É assim que gana o outro deliberadamente, propositadamente. Nós é a gente faz a vida dar certo (...). Sem ilusões!”. que nos enganamos, alimentamos expectativas fantasioComo diz a sabedoria popular: “Para evitar desas e, no máximo, conseguimos a cumplicidade da outra cepções, diminua suas expectativas!” Advogado e professor universitário

Cláudio Falcão

Florêncio e a lei do abigeato

Charge falcaobage58@gmail.com


Cidade

www.jornalminuano.com.br

BAGÉ, 12 E 13 DE AGOSTO DE 2017 divulgação

03

Mutirão da Ação Jovem leva poucos participantes ao Sine

Tiago Rolim de Moura

Andréa e Josie se surpreenderam ao serem selecionadas

Bajeenses participam de programa “Cozinheiros em Ação” da GNT

As bajeenses Joselaine Alves Gimenez (Josie), 44 anos, e Andréa Gimenez, 48 anos, participaram da quinta edição do programa de competição culinária “Cozinheiros em Ação”, que está sendo exibido pelo canal de TV por assinatura GNT. A atração estreou no dia 10 de agosto. Os episódios inéditos serão transmitidos nas quintas-feiras, às 20h30, com reprises durante a semana. A dupla é a única representação da região Sul do País no programa. Elas também são uma exceção entre as participantes por não terem formação profissional na área. Josie conta que sempre gos-

tou de cozinhar e assistir programas relacionados à gastronomia. Ao saber que a temporada de inscrições para a competição estava aberta, mesmo sem muitas esperanças de ser selecionada para participar, decidiu se inscrever, formando dupla com a cunhada, Andréa, que é a irmã do seu marido, que reside em Porto Alegre. Nesta edição, o “Cozinheiros em Ação” conta com nove duplas, que concorrem ao prêmio de R$ 30 mil. O programa é apresentado pelo chef Thiago Castanho. Divididos em duplas, os competidores, que têm laços familiares, são julgados pelo painel de jura-

dos, formado por Carmem Virgínia, Ligia Karazawa e Rusty Marcellini. A temporada foi gravada em São Paulo, no primeiro semestre. Por conta de um contrato com a GNT, as participantes não podem revelar detalhes sobre a produção ou resultados. Para Josie, que tirou férias para poder participar do programa, a participação foi uma experiência única. A competidora revela, ainda, que, durante o período de gravação, os participantes tiveram contato com grandes nomes da área gastronômica e criaram laços entre si, se comunicando até hoje, via WhatsApp.

Número baixo de participantes surpreendeu organização da atividade Organizada pela Secretaria de Desenvolvimento Social, Trabalho, Justiça e Direitos Humanos, através do Departamento Estadual de Políticas para a Juventude, a Ação Jovem, promovida pelo Sine, na sexta-feira, contou com baixa adesão em Bagé. O mutirão, que pretendia confeccionar carteiras de trabalho para jovens ingressando no mercado, contou com número muito abaixo do esperado, no município. A administradora da agência FGTAS/Sine em Bagé, Michele Boschmann, explica que o Senac participou da ação, apresentando cursos voltados para o ingresso no mercado de trabalho. A equipe de recursos humanos de uma rede de supermercados local realizou entrevistas, para ocupar três vagas

disponíveis: empacotador, repositor e operador de caixa. O número de participantes surpreendeu a administradora. Durante todo o dia, cerca de 70 pessoas estiveram no local, sendo que muitas buscavam atendimento à parte do mutirão. Apenas cinco carteiras de trabalho foram encaminhadas. A ação pioneira aconteceu em todo o Estado, dentro das atividades da Semana Estadual da Juventude, voltada para jovens entre 15 e 29 anos, com o objetivo de contribuir com o debate sobre políticas públicas, envolver as organizações e os movimentos, estimular a participação nos espaços de decisão política e fortalecer a cultura de paz.


04

Campo & Negócios

www.jornalminuano.com.br

BAGÉ, 12 E 13 DE AGOSTO DE 2017

Estudo da ABCCC destaca baixo índice de variações em notas morfológicas do ciclo

divulgação

divulgação

Técnicos da associação avaliaram quase dois mil animais A reunião de avaliação voltada a discutir os julgamentos aplicados no ciclo 2017 serviu como uma oportunidade para a diretoria da ABCCC levantar dados a respeito de um questionamento frequente feito pelos criadores de Cavalos Crioulos do Brasil: a variação de notas morfológicas dos animais participantes do período. À frente do levantamento de dados, esteve o vice-presidente de Eventos, Eduardo Azevedo, que observou porcentagens mínimas em relação às divergências.

A partir disso, Azevedo conclui que “trata-se de um número muito pequeno para a quantidade de animais que trabalhamos, o que nos deixou muito satisfeitos por todo o trabalho feito com os jurados”. A iniciativa garante a credibilidade e eficiência no alinhamento de critérios estabelecidos pela entidade, diante de inúmeros encontros realizados com aqueles que entram em pista para avaliar os animais que movimentam a raça Crioula.

Balanço feito a partir da porcentagem de cavalos que sofriam diferenças nas notas -1740 animais avaliados no circuito -82 deles obtiveram uma variação de 0,5 pontos a mais (um total de 4,71%) -quatro sofreram uma alteração de um ponto a mais (um total de 0,23%)

Competitividade passa por investimentos no setor

Setor da Agricultura de Precisão reforça necessidade de dados sobre o uso da ferramenta

Uma audiência pública realizada nesta quinta-feira, dia 10 de agosto, na Câmara dos Deputados, debateu a Agricultura de Precisão como uma forma racional de produzir alimentos com sustentabilidade e competitividade. Promovida pela Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural, a reunião contou com palestras de representantes do setor, assim como da Embrapa e da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq). Os principais pontos abordados foram a importância da agricultura de precisão para o desenvolvimento do campo e a necessidade de levantamentos para saber quantos produtores brasileiros utilizam este sistema de gestão de propriedade. O presidente da Associação Brasileira de Agricultura de Precisão (Asbrap), José Paulo Molin, demonstrou a importância deste tipo de gestão para otimizar o uso de insumos nas lavouras, a qualidade dos produtos, dando como exemplo o café e a cana-de-açúcar, e com isso aumentar a produtividade. “Com a agricultura de precisão melhoramos a qualidade das operações, aumentamos a lucratividade e ao mesmo temo minimizamos o impacto ambiental”, observou. Molin lembrou que ainda não se sabe o tamanho da agricultura de precisão no Brasil, o que é fundamental. Disse que em 2013 uma

empresa de estatística forneceu dados referentes ao Sul, Cerrado e Novo Cerrado, onde foram entrevistados mil agricultores. “Com base nos números fornecidos, chegamos a um índice de que 15% da agricultura brasileira já está envolvida nesse processo”, explicou. Com base nesse cenário simplista, segundo Molin, algumas demandas são necessárias, como a estruturação da agricultura do país em torno dos novos paradigmas que envolvem a agricultura de precisão, aporte tecnológico e acompanhamento e evolução de levantamentos sistemáticos sobre o tamanho desse setor no campo brasileiro. “Políticas públicas de incentivo a pesquisas científicas também são importantes. Por exemplo, a tecnologia para um GPS é 100% importada, fazendo com que o produtor brasileiro pague por esta ferramenta três vezes mais que o norte-americano”, sinalizou. Molin defendeu ainda a formação de mão de obra em todo os níveis (técnico, gerencial e operador), assim como ações urgentes para disponibilizar infraestrutura. “Temos que ter conectividade no campo para poder avançar”, alertou. A Comissão Brasileira de Agricultura de Precisão (Cbap), do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), esteve presente à audiência, representada pelo seu presidente, o engenheiro Márcio Albuquerque, que falou sobre as principais ações que

podem estimular a agricultura de precisão, como linhas de fomento para a inovação, formação de pessoal e incentivo à pesquisa. “Ao contrário de outras áreas, a agricultura não pode simplesmente importar tecnologias. Temos que desenvolver tecnologia adequada às condições brasileiras e que, possivelmente, poderá ser exportada para outros países do Hemisfério Sul”, enfatizou. Albuquerque também reforçou a necessidade de mais dados sobre a utilização de ferramentas da agricultura de precisão no País, uma vez que com base nesta informação será possível alavancar os investimentos no setor. Também mostrou a necessidade de investimentos em assistência técnica e extensão rural nesta área para ajudar quem utiliza as ferramentas. O dirigente elencou ainda uma questão importante que já existe e deve ser mais divulgada que é a linha de financiamento Inovagro, que faz parte do Plano Safra e se destina à compra de equipamentos voltados ao setor. Albuquerque pediu apoio da Câmara dos Deputados e da Comissão de Agricultura para as duas entidades (Asbrap e Cbap) que representam o setor, assim como para cursos, eventos e publicações de livros e materiais didáticos na área. Também fez um convite para que a Comissão envie um representante para participar da próxima reunião da Asbrap, em novembro, para estreitar os diálogos.


Fogo Cruzado

www.jornalminuano.com.br

BAGÉ, 12 E 13 DE AGOSTO DE 2017

Galileu Oldenburg/Especial JM

@sidimarrostan sidimar_frostan@hotmail.com

05

Sidimar Rostan

Novo debate pela municipalização da avenida Espanha Tiago Rolim de Moura

Acusação contra bajeense foi retirada

Ministério Público afasta denúncia contra Collares

O Ministério Público Federal (MPF) ratificou, parcialmente, 28 ações penais contra 72 ex-deputados federais pelo crime de peculato. Eles são acusados de usar recursos públicos a que tinham direito, em função do cargo, para emitir passagens aéreas em nome de terceiros. Com a nova posição, o ex-deputado bajeense Alceu de Deus Collares, que integrava a relação de 443 ex-parlamentares denunciados pela Procuradoria Regional da República na 1ª Região (PRR1), no ano passado, está livre das acusações. Em nota, o MPF informou que, dada a distância temporal entre os atos praticados pelos ex-deputados (entre 2007 e 2009, segundo as apurações) e a apresentação das denúncias, houve uma espécie de pente fino em todos os processos antes de definir pela ratificação ou não das acusações. “Além de avaliar os elementos que pudessem comprovar o envolvimento do ex-parlamentar no crime de peculato, a medida serviu para definir em que casos o Estado já não poderia pedir a responsabilização dos culpados pela prescrição”, pontua o texto.

Farra das passagens O episódio que ficou conhecido como “farra das passagens” se tornou público em 2009, com a publicação de reportagens jornalísticas. Em novembro do ano passado, denúncias do caso chegaram à Justiça por meio de ações penais apresentadas pela Procuradoria Regional da República na 1ª Re-

gião (PRR1) contra 443 políticos (sendo 13 gaúchos). Os inquéritos policiais foram desmembrados e as investigações referentes a cerca de 380 pessoas (que perderam a prerrogativa de foro por função) foram retomadas na Procuradoria da República no Distrito Federal (PR/DF). Em parte dos casos, o MPF entendeu que os crimes já estão prescritos e, por isso, se manifestou pela extinção da punibilidade. Na primeira acusação, além de Collares, haviam sido denunciados Cézar Schirmer, Vieira da Cunha, Cláudio Castanheira Diaz, Ênio Bacci, Érico da Silva Ribeiro, Fernando Marroni, Francisco Turra, Germano Bonow, Luciana Genro, Luiz Roberto (Beto) de Albuquerque, Manuela Pinto Vieira D’Avila, Matteo Rota Chiarelli, Nelson Luiz Proença Fernandes, Orlando Desconsi, Paulo Roberto Manoel Pereira, Tarcísio Zimmermann e Vilson Covatti. Beto Albuquerque e Luciana Genro integram a nova denúncia. Eles negam as acusações. Em sua conta no Twitter, Albuquerque escreveu que não foi ouvido no processo. Luciana, por meio de nota, sustentou que usava as passagens para fazer política.

Denúncia Na análise individual dos casos, foram verificados aspectos como a quantidade de bilhetes emitidos, o valor gasto pela Câmara e os destinos das viagens. Somados, os 13.877 bilhetes vinculados a 72 ex-parlamentares denun-

ciados, custaram aos cofres da Câmara R$ 8.369.967,69. Em relação à quantidade, a variação é grande. Há casos de ex-deputados em relação a quem aparece apenas um bilhete e outros que ultrapassam os 400. Entre os documentos reunidos durante a fase de investigação preliminar, estão informações fornecidas por agências e companhias aéreas, segundo os quais foram feitas viagens para cidades como Miami, nos Estados Unidos, Paris, na França, e Buenos Aires, capital da Argentina. Hoje, o serviço de transporte aéreo da Câmara permite apenas viagens nacionais. Existe, também, um limite de quatro trechos mensais destinadas a cada deputado.

Inquérito Na esfera civil, o uso de verbas públicas para pagar bilhetes aéreos destinados a terceiros é objeto de um inquérito em andamento no mesmo ofício da Procuradoria da República, responsável pela ratificação parcial das denúncias. Os envolvidos poderão ser processados com base na lei que trata de infrações que configuram enriquecimento ilícito, dano ao erário e violação aos princípios da administração pública. Neste caso, dependendo do que ficar comprovado, os acusados estão sujeitos a penas como o ressarcimento integral do dano e o pagamento de multa que pode chegar a três vezes o valor do prejuízo, além da perda da função pública, suspensão de direitos políticos e proibição de fazer contratos com o poder público.

Gestão da via será debatida em Porto Alegre A vereadora Sonia Leite, do Sonia reforça que a municipaPP, encampou a proposta de muni- lização do trajeto entre a avenida cipalização da avenida Espanha, General Osório e o bairro São Dodefendida pelo governo municipal. mingos integra o planejamento da A via, que representa uma exten- prefeitura. Uma proposta semelhansão da RSC 473, é administrada te, entretanto, foi negada, em 2015, pelo Departamento Autônomo de pelo Daer, com base na normativa Estradas de Rodagem do Rio 003/2014, que dispõe sobre os critéGrande do Sul (Daer). A demanda, rios que devem ser atendidos para portanto, será apresentada, pela tornar municipal qualquer trecho de parlamentar progressista, ao secre- rodovia estadual. A progressista satário estadual de Transportes e lienta, porém, que, diante de uma Mobilidade, Pedro Westphalen, nova conjuntura, a pasta comandada em agenda prevista para o dia 23 por Westphalen já acenou com a de agosto. possibilidade de aceitar a mudança.

Divaldo anuncia criação do programa para acompanhar planejamento de obras

Através do programa Sala de Gestão, que conta com um software online de monitoramento, avaliação e controle de prioridades do município, o prefeito de Bagé, Divaldo Lara, do PTB, pretende ‘otimizar os resultados’ de cada secretaria. O sistema que permite o acompanhamento das ações, planejamento e obras de cada pasta foi apresentado na sexta-feira, 11. Cada secretário terá um login e senha para acessar o site do sistema, que está segmentado em quatro formatos de apresentação de projetos: planejamento (os que ainda necessitam de verbas e estudo); prioritários (os de maior relevância e que já tenham valores assegurados); em andamento (aqueles que já estão sendo executados) e concluídos (obras ou ações que foram entregues ou realizadas). Nas três primeiras, é necessá-

rio cadastrar uma pessoa responsável por acompanhar os trâmites, as etapas a serem cumpridas e prazo para início e fim. Já no quarto campo será cadastrada a data da conclusão e público atingido. Outra informação importante é que as datas cadastradas nos itens, não poderão mais ser alteradas pelos responsáveis pelo armazenamento. O gabinete do prefeito coordenará toda a atividade O trabalho será divido em dois núcleos de secretarias que a cada 15 dias intercalados serão avaliados pelos três projetos listados por níveis de prioridade. “Nosso desafio é promover a plena execução das políticas públicas para termos uma gestão eficiente, eficaz, e efetiva. Na semana que vem, deve acontecer a capacitação dos servidores de cada pasta indicados para aprenderem a mexer no site e inserirem os primeiros dados”, disse Divaldo.


06

Empreendedor

www.jornalminuano.com.br

BAGÉ, 12 E 13 DE AGOSTO DE 2017

Melissa Louçan

ANTÔNIO ROCHA

Interina

Lumina Hoje é o último dia da grande promoção da coleção outono/inverno da Lumina, . Grandes marcas com até 50% de desconto nas compras à vista e 20% em compras parceladas em até três vezes.

Letícia Dachery Fisioterapeuta

Promoção de limpeza de pele, com higienização, peeling de diamante, extração de comedões e acnes, máscara calmante, alta frequência e protetor solar por R$ 150. Promoção válida de 14 a 18 de agosto.

Festival de Cervejas

Confecção masculina com preços especiais é atrativo para o Dia dos Pais

Loja Estrela com queima de estoque e promoção nas peças de inverno A Loja Estrela está com ótimos descontos em peças de inverno. E outra boa notícia é que as roupas em promoção são tanto para o público feminino quanto masculino. Ou seja, é possível comprar presente para o Dia dos Pais com desconto e, de quebra, renovar o guarda-roupa de inverno com peças confortáveis, quentes e com preços especiais. A subgerente da loja, Valquíria Rocha, destaca as ofertas de jaquetas, moletons, blusões e abrigos, com marcas de qualidade, como Anselmi, Mr. Kny, Vaneg e Federal Art. Também foi montado um mostruário especialmente para o Dia dos Pais, com diversas

dicas de presentes que incluem, além da confecção, chinelos de inverno, cintos, carteiras e peças íntimas, como cuecas e meias. As peças voltadas para o público feminino também entram na promoção. Valquíria adianta que casacos de lã batida, blusões, calças de veludo e coletes forrados com pelo, também estão em promoção, disponibilizando com preços especiais as peças de marcas como Morango Moreno, Antonella e Elegance.

As roupas em promoção têm desconto de 50% nas compras à vista e 40% nas compras à prazo. As compras podem ser parceladas em até cinco vezes no crediário próprio da loja ou em até quatro vezes em todos os cartões. Todas as novidades são atualizadas constantemente na página do Facebook da loja. A loja funciona de segunda-feira a sábado, das 8h às 19h30min, sem fechar ao meio-dia.

Avenida Santa Tecla, nº 928 Fone: 3242-2973

A primeira edição do Festival de Cervejas da Campanha já está com ingressos disponíveis para venda. Ao adquirir o ingresso, à venda no Beer House, BH 1320 Pub, Seu Horácio Barbershop ou com uma representante da Liga Feminina de Combate ao Câncer, o consumidor ganha uma caneca personalizada no dia do evento. O evento acontece no dia 3 de setembro, no largo do Centro Administrativo, a partir das 11h.

Temppo

A promoção “Delação Contemplada” oferece um vale de R$ 500 para o cliente sorteado gastar na liquidação “Leva a Jato Temppo”. A promoção está sendo divulgada no Facebook da loja. Para participar, basta compartilhar o post da promoção em formato público e nos comentários devem ser marcados três amigos que também adoram liquidação. O sorteio será no dia 15 de agosto.

Aniversariantes

12 de agosto

Antônio César Dutra de Meneses Carmen Lúcia Aires de Barros Cecília Borba Guimarães Delma Regina Berchon Dione Martins Vargas Enilda Alves Branco Ervandil de Moura Moreira Fabiane Caneda Filipe Soares Chaves Teixeira Gelci Martins Urdangarin

Guilherme Amaral Nunes Ingrid Sivielen Vasconcellos Ivete Beatriz Guimarães Severo Lourival de Souza Manoel José Nunes Maria Edi Pinto Fernandes Maria Francisca Granato Veiga Mateus Gomes Barbieri Paulo Roni Motta Thomás da Silva Vaz

13 de agosto Clotilde Maria Duarte Calvete Davi Carvalho Paiva Elandi Vaz de Souza Fernando Moreira Gabriely Teixeira Vaz Gomercindo Nunes Menezes Helton Bandeira Gafree João Abelar Martins Costa João Batista Fico Neto João Roberto Bitencourt Lourdes Helena Martins da Silva Maria Clara Paz Ávila Maria Sirlei Ribas Vieira Neida Terezinha Ramos da Rosa

Paulo Diogo Gonçalves Paulo Ricardo Delevati Querolen dos Santos Barreto Rose Batista Taiana Duarte Loguércio Vanderlei Lopes Ferraz

Maria Francisca Granato Veiga


Cidade

www.jornalminuano.com.br

BAGÉ, 12 E 13 DE AGOSTO DE 2017

07

Reitora da Urcamp profere palestra na 74ª Semana da Engenharia e Agronomia no Pará

A reitora da Universidade da Região da Campanha (Urcamp), professora Lia Maria Herzer Quintana, participou da 74ª Semana Oficial da Engenharia e da Agronomia. O evento aconteceu no Hangar Centro de Convenções e Feiras da Amazônia, em Belém, capital do Pará. Na tarde de quinta-feira, 10, foram discutidos temas e questões do Fórum de Equidade de Gênero e Raça. O debate serviu para reafirmar o compromisso das lideranças com a causa e para divulgar a participação feminina no sistema. De acordo com o setor, há apenas 14,33% de profissionais do sexo feminino registradas no sistema. Uma das integrantes da Comissão Temática Equidade de Gênero e Raça (CTeq), criada recentemente pelo Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea), Ana Constantina Sarmento, apontou dados da participação das mulheres. Ela citou que o Brasil tem 14,81% no Senado e apenas 9,94% na Câmara.

FOTOS divulgação

Evento reuniu profissionais do setor em Belém

O Fórum apresentou, também, case de sucesso sobre a história na engenharia civil da reitora Lia Quintana. Segundo a gestora, existe uma desigualdade,

mas a equidade de gênero e espaço se conquista com competência e dedicação. “Muito disso tem das mulheres não irem à luta e conquistar o seu espaço”, diz.

Lia participou de debate

Participou do evento, também, a coordenadora do curso de Agronomia da Urcamp e segunda vice-presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agro-

nomia do Rio Grande do Sul (Crea/RS), Eliana Valente Silveira. A docente também é integrante da Comissão Equidade de Gênero e Raça.


08

Cidade

www.jornalminuano.com.br

BAGÉ, 12 E 13 DE AGOSTO DE 2017

Empresa bajeense investe na geração de energia fotovoltaica

A empresa Jardim Solar, criada no final de julho, está realizando projetos de geração fotovoltaica (solar). De acordo com o engenheiro eletricista João José Menezes Jardim, a instalação de placas solares está crescendo no País porque, além de ser uma energia limpa, tem um custo beneficio que compensa o investimento. “Em seis anos, o valor empregado retorna, visto que a pessoa faz sua própria geração de energia e fica com crédito”, relata. O engenheiro, que é proprietário da empresa, informa que precisou fazer uma atualização e estudar o novo sistema para poder investir. Ele afirma que devido à demanda, os custos já estão ficando mais acessíveis, destacando que é possível realizar projetos a partir de R$ 8 mil. “Estamos com alguns projetos em andamento aguardando a liberação da CEEE (Companhia Estadual de Energia Elétrica)”, ressalta. Ainda de acordo com o empresário, é possível realizar projetos de pequeno, médio e grande

porte e é possível que o crédito gerado seja utilizado por outra unidade consumidora, desde que esta esteja relacionada ao mesmo CPF (Cadastro de pessoa Física) ou CNPJ (Cadastro de Pessoa Jurídica) da unidade consumidora responsável pela geração dos créditos. Para realizar o projeto é necessário conhecer a área para ver a viabilização. Após, o documento é encaminhado para a CEEE, para análise técnica, e somente depois dos trâmites é adquirido o equipamento. “Em cerca de dois meses, a pessoa já pode usufruir dos benefícios”, frisa. Jardim está aguardando a liberação da CEEE para implantar o sistema em sua empresa. Ele já adquiriu as placas (células) e o inversor. “O material tem certificação internacional e possui resistência ao granizo e para as intempéries”, enfatiza.

Compensação

O sistema de geração permite que energia excedente, injetada pelo micro ou minigerador na

Tiago Rolim de Moura

Engenheiro se especializou no sistema rede da distribuidora, seja compensada, gerando créditos equivalentes, para serem consumidos

em um período de até 60 meses. O modelo é regulamentado pela resolução Normativa da Agência

Nacional de Energia Elétrica (Aneel) número 482, publicada em abril de 2012.


Cidade

www.jornalminuano.com.br

BAGÉ, 12 E 13 DE AGOSTO DE 2017

Hulha Negra mantém a melhor classificação regional no índice da Firjan Pelo segundo ano consecutivo, Hulha Negra ocupou a melhor colocação, em âmbito regional, no Índice Firjan de Gestão Fiscal (IFGF). O município ficou com o primeiro lugar da região, na posição 188 do Estado e na colocação 1154º do País na pesquisa desenvolvida pela Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan). O levantamento tem como base informações do ano de referência 2016, avaliando a situação fiscal de 4544 municípios brasileiros, onde vivem 177,8 milhões de pessoas (87,5% da população brasileira). Não foram analisadas 1024 cidades que até 3 de julho deste ano não tinham seus balanços anuais disponíveis para consulta ou estavam com as informações inconsistentes. Na região da Campanha, Hulha Negra é o principal destaque, com o índice de 0,5486 pontos. A cidade, porém, teve uma queda no indicador Gestão Fiscal, no comparativo com 2015, quando ocupou a posição 144, no Estado, e 830, no País. O prefeito de Hulha Negra, Renato Machado, do PP, afirma que a pesquisa é muito positiva para o município. O gestor disse que ainda não pode avaliar os dados, mas irá se manifestar posteriormente. O IFGF é uma ferramenta de controle social, que tem como objetivo estimular a cultura da responsabilidade administrativa, possibilitando maior aprimoramento da gestão fiscal dos municípios, bem como o aperfeiçoamento das decisões dos gestores públicos quanto à alocação dos recursos.

Metodologia

A pesquisa é composta por cinco indicadores (receita própria, gastos com pessoal, investimentos, liquidez e custo da dívida). O IFGF tem uma metodologia que permite tanto comparação relativa quanto absoluta, isto é, o índice não se restringe a uma fotografia anual, podendo ser comparado ao longo dos anos. Dessa forma é

Reprodução JM

Cidade foi destaque nos indicadores gerais possível especificar, com precisão, se uma melhoria relativa de posição em um ranking se deve a fatores específicos de um determinado município ou à piora relativa dos demais. De leitura simples, o índice varia de zero (mínimo) a um ponto (máximo) para classificar o nível de cada localidade em quatro categorias: gestão critica (de zero a 0,4), em dificuldade (0,4 a 0,6), boa (de 0,6 a 0,8) de excelência (0,8 a 1) desenvolvimento. Ou seja, quanto mais próximo de um, melhor a gestão fiscal do município no ano em observação.

Situação Entre os municípios da região, Candiota ficou no segundo lugar, com o índice de 0,4479. Aceguá ficou com a terceira colocação, com 0,4868, e Bagé com a última posição, registrando índice de 0,4113. Em relação à receita própria, Candiota teve a melhor classificação, com a gestão considerada de excelência. Em escala estadual, a cidade ocupa a 10ª posição, enquanto na nacional, chega a 120º. No mesmo indicador, a segunda

melhor classificação foi de Bagé. A Rainha da Fronteira alcançou a posição 121º, no índice estadual, e a 12º colocação, em nível nacional. Já Hulha Negra obteve a posição 236, no Estado, e 1666º, no Brasil. Em último lugar está Aceguá, que ocupa a posição 335, no ranking estadual, e 2321 no nacional.

Gastos com pessoal Candiota teve o melhor índice da região na área de gastos com pessoal, com 0,6104 pontos, ocupando a posição 279 no Rio Grande do Sul e a colocação 1319 no Brasil. Aceguá vem a seguir, em 444º, no Estado, e 3375º, no País. Hulha Negra ficou com a terceira colocação, com a posição 458, no Rio Grande do Sul, e 3.679, no País. Bagé aparece no final do ranking, na 472º colocação, no Estado, e 3.970, na esfera federal.

Investimentos Nos indicadores de investimentos, a melhor colocação foi de Hulha Negra, que ocupa a 247ª colocação, no estado, e 2.242ª, na esfera federal. Aceguá obteve a colocação 344, no Estado, e 3351, no País. Candiota ocupou a 422ª

colocação, entre os municípios gaúchos, e a 3882ª, no País. Bagé aparece em último lugar, com a posição 431, no Estado, e 3983, na esfera federal.

Liquidez A melhor avaliação no tema liquidez foi de Hulha Negra. O município ocupa o 76º lugar, no estado, e 513º no País, com a média de 0,9839, considerada de excelência. Aceguá aparece na sequência, na 95ª colocação, no Rio Grande do Sul, e 700ª, no Brasil. Bagé ocupa a 2442º colocação, no País, e a 318ª em solo gaúcho. Em último está Candiota, com a posição 446, no estado, e 3.830 no país.

Custo da dívida Neste indicador, Aceguá obteve os primeiros lugares, tanto no Estado, como na União, com índice de 1,0000. Hulha Negra ocupou a posição 233, em solo gaúcho, e 1600, no nacional. Candiota ficou com a colocação 2269, no País, e 293, no Estado. Em último está Bagé, com a posição 421, entre os municípios gaúchos, e 3620, no ranking nacional.

09


SOC

VIVIANE

Becker

viviminuano@hotmail.com

Drops

>>> No final do mês passado, a presidente do Lions Clube Bagé Centro, Carmen Gonçalves, esteve presente na primeira reunião do Conselho Distrital LD-3 em Porto Alegre. Na ocasião, ela recebeu o Certificado de Reconhecimento, Concurso Saldo Positivo de Companheiras-Leão. Parabéns.

O

www.jornalmi

Parabéns aos formandos do curso de Direito da Urcamp

ntem foi comemorado o Dia do Advogado. Neste sábado, às 19h, no Clube Comercial, uma nova turma de profissionais receberá o diploma de bacharéis. Sucesso a todos nesta nova caminhada. A presidente da Fundação Atilla Taborda e reitora da Universidade da Região da Campanha, Lia Maria Herzer Quintana, participa da solenidade de formatura do curso de Direito, junto às demais autoridades acadêmicas da universidade; vice-reitora, Núbia Juliani; próreitora Acadêmica, Virgínia Paiva Dreux; próreitora de Inovação, Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão, Elizabeth Drumm, diretora do Centro, Marilene Vaz Silveira, e o coordenador do curso,

Heron Ungaretti Vaz. Parabéns aos formandos Caroline Regert Moreira, Cristian Portella do Couto, Élisson Corrêa Soares, Guilherme Paiva Torma, Jonathan Lima, Lucas de Andrade Maruri, Lucélia Ferreira Vignol, Luciane de Almeida Pinto, Maha Abi Habib Degobi, Marcelo Corrêa Munhós, Márcia Soares dos Santos, Maria Valentina O. Rivero, Mirela Pasini Ferreira, Monique de Medeiros Brites, Pedro Rosa Ávila, Robson Polini dos Santos, Valquíria Barbosa Martins da Silva. O professor paraninfo da turma será José Heitor de Souza Goulart e o nome e patrono, Hipólito Domenech Lucena. A aluna juramentista é Maria Valentina O. Rivero e a oradora será Monique de Medeiros Brites. Os professores homenageados

são Benjamim Vicenzi, Rafael da Rosa Moreira, Sérgio Castilhos, Tânia Garcia Castilhos, Tibério Bassi de Melo e Vilmar Pina Dias Júnior. A funcionária homenageada é Rita Ester Lopes Mouchet. A solenidade da formatura fica sob a batuta da equipe de Cema Isquierdo Eventos, especialista em eternizar os momentos especiais das vidas dos formandos. Simone Ebert assina a decoração. As novidades para compor os espaços vieram de São Paulo. Aline dos Santos atua na pós-produção e técnica do evento e Isabel Messias assume o protocolo. Hype Produtora estará responsável pela iluminação e som e o mestre de cerimônia será José Alexandre Souza.

Aurora Moda Gentil no Consultório de Fisioterapia e Estética Mirian Kaé Na próxima quarta-feira, 16, o Consultório de Fisioterapia e Estética Mirian Kaé receberá o showcase da marca gaúcha Aurora Moda Gentil. A Aurora foi constituída a partir de dois pilares, trabalho com mão de obra social e utilização de matéria prima eco-sustentável. A marca trabalha com vestuário e decoração com foco no desenvolvimento de peças a partir de Lã de Merino orgânica e fibra de garrafa pet. As peças são feitas à mão por um grupo de artesãs de terceira idade de Dom Pedrito, gerando uma fonte de renda e elevando a autoestima para essas mulheres. Durante a semana, conto mais detalhes deste evento sediado por Mirian Káe, direcionado a convidados, clientes e imprensa.

Biblioteca Pública lança projeto com os grupos de teatro Os Carlitos, Testhai e Era uma vêz


CIAL

10/11

Bagé, 12 e 13 de agosto de 2017

inuano.com.br

Café da Amizade

A

tarde fria e chuvosa de quinta-feira foi aquecida pela integração das sócias e amigas da Casa da Amizade. O primeiro encontro mensal sob a gestão de Maria Zilma Gomes

Karam foi chamado de Café da Amizade. As arrecadações da tarde foram em benefício da Vila Vicentina, que receberá produtos de higiene. A nutricionista Ana Paula Rocha Nicoloso palestrou para o público presente.

Maria Zilma Karan recepcionando o grupo de sócias da entidade

Nutricionista Ana Paula Rocha Nicoloso deu dicas de alimentação saudável

Sônia Suñe é a mais nova sócia da Casa da Amizade

Grupo AJA comemora 20 anos de fundação "Sempre juntos. Sempre unidos. Amigos para sempre em qualquer situação. Somos fortes somos guerreiros. São 20 anos de pura amizade e superação. Parabéns para nós que estamos aqui e saudades daqueles que já partiram", declaram os integrantes do AJA. É nesse astral que o Grupo Ajudantes Anônimos de pacientes com qualquer tipo de câncer se mantém há 20 anos, comemorados no dia 8 de agosto.


12

Cidade

www.jornalminuano.com.br

BAGÉ, 12 E 13 DE AGOSTO DE 2017

José Carlos Teixeira Giorgis

jgiorgis@terra.com.br

Dob o signo do fogo

Ao amanhecer me dei conta que era o dia de Nossa Senhora. Feriado em Bagé. Se em Porto Alegre iria à missa da Igreja NS Auxiliadora. Houve época que os conterrâneos ali se encontravam. Desta vez, todavia, estava embarcado entre Roma e Atenas. O programa anunciava passeio sem Positano e Amalfi, mas o mar bravio não chancelou a ancoragem. Vem um cardápio de alternativas, Nápoles, Herculano ou Pompeia. Não titubeei: Pompeia. De ônibus o percurso entre o porto de Nápoles e Pompeia gasta meia hora. O guia fala inglês, metade das explicações se perde, mas Pompeia, enfim, é Patrimônio da Humanidade, admira como os pesquisadores “desencavaram” a cidade embebedada pelas lavas do Vesúvio. É um sítio romano, com suas estreitas ruas de pedra irregular; o teatro; as casas de espetáculo; as moradias dos abastados, as esculturas e estátuas majestosas. Algumas vezes, a vista se desloca para as vagas, sempre agitadas. A cidade era habitada pelos oscos, um dos primeiros povos itálicos. Deles surgiu o termo “família”, oriundo de “famel”, grupo chefiado pelo patriarca, seus parentes, servos e bens. Pompeiase tornou importante centro portuário, depois conquistado pelos etruscos e finalmente pelos romanos. Um terremoto, em 62 d.C., foi a primeira tragédia, contudo o lugar foi reconstruído pelos sobreviventes, retomando as atividades comerciais; ampliaram-se os espaços; templos eram edificados; prédios sumptuosos; as vinhas progredindo; os casarios rústicos proliferavam. Entretanto, pouco depois do meio-dia de 24 de agosto de 79 d.C. – para outros, 24 de novembro-, o Vesúvio, então adormecido e fingindo-se extinto, boceja e vomita compotência destruidora: chamas se elevam, “um dilúvio de rochas incandescentes caem sobre Pompeia. Desabam muros e te-

lhados, e depois, toda e qualquer forma de vida é destruída por uma onda de água e fogo. Na escuridão o cenário apocalíptico é alimentado por relâmpagos, terremotos e maremotos”, segundo Miseno, sobrinho de Plínio, o Velho, que morreu ali tentando salvar um amigo. Um inferno de três dias. Depois o silêncio. Essa cobertura de quase seis metros de espessura recobre o espaço entre Herculano e Stabia, ladrões vasculham em busca de tesouros, perdem-se vestígios. Em princípios do século XIX as escavações trazem à luz o Foro; Giuseppe Fiorelli, a partir de 1860, dá início às restaurações, colorem-se os decalques na lava compacta. No correr das décadas seguintes soergue-se a cidade. Hoje se transita pelas antigas vielas, desvela-se o interior das casas, muros e portões impressionam; os restos da Basílica, o templo de Vespasiano; pórticos imponentes deixam antever pátios magníficos; as termas; os afrescos ressuscitados; o anfiteatro; as colunas; os fornos caseiros. E também as urnas que guardam habitantes petrificados, as vítimas a erupção. Ainda nas posições em que foram surpreendidos pela enxurrada ardente. Cinzas de vulcão tardio. De volta ao navioo jantar passana dobrada das ondas, logo se esvazia o restaurante, muitos passageiros não conseguem posição confortável. A cabina também não foi refúgio acolhedor. Mas como os arcanos bailavam nas ondas com tal esmero e a mudez do Vesúvio distante acalentava o tropel das almas em busca de refrigério, a madrugada é de susto e pavor. Ainda bem que amanhã a Sardenha prometia deliciosa botarga com vinho branco. Já insone, lembrei Nossa Senhora. E uma Ave Maria tranquilizadora.

Conselho Regional de Contabilidade realiza seminário em Bagé

Destinado aos profissionais e estudantes da área da contabilidade, o Seminário de Assuntos Contábeis de Bagé acontece, em dois turnos, pela manhã e tarde, no dia 18 de agosto, no Complexo Cultural do Museu Dom Diogo de Souza, cedido pela Universidade da Região da Campanha (Urcamp). O evento, organizado pelo Conselho Regional de Contabilidade do Rio Grande do Sul, é gratuito, solicita, apenas, a doação de um quilo de alimento não perecível. As inscrições podem ser feitas pela internet (através do site crcrs.org.br). Segundo o delegado regional do Conselho, Ézio Minotto Pereira,

pela manhã, haverá uma reunião entre o presidente, Antônio Carlos de Castro Palácios, e lideranças da Campanha gaúcha, para tratar sobre assuntos relacionados à área contábil. O credenciamento inicia às 8h30min, quando também será servido um café de boas-vindas. As 9h30min, o vice-presidente de Relações com os profissionais do conselho, Celso Luft, o delegado da Receita Federal do Brasil, em Pelotas, Vladimir Teixeira da Silva, e a delegada da Receita Estadual, em Bagé, Clarissa Rezende Curra, participarão do debate “Cruzamento de informações fiscais, econômicas e financeiras:

responsabilidade do profissional da contabilidade”. Logo após, às 11h, a vicepresidente de Gestão do Conselho, Ana Tércia Lopes Rodrigues, ministrará a palestra com a temática “Contador de alta performance: carreira, ética e negócios”. Pela tarde, às 13h30min, o vice-presidente técnico do Conselho, Márcio Schuch Silveira, falará sobre o “Simples Nacional para 2018 – Alterações da Legislação”. Para finalizar, a treinadora pelo Instituto de Formação de Treinadores SP, Débora Raquel Pinheiro da Luz, ministrará a palestra “ESocial desafios e oportunidades”.

Obra do Planetário da Unipampa deve ser concluída no final do mês

Tiago Rolim de Moura

Obra custou cerca de R$ 1,5 milhão Em fase de finalização, a obra do planetário da Universidade Federal do Pampa (Unipampa) deve ser entregue nos próximos dias. De acordo com o coordenador do planetário, Guilherme Marranghello, a empresa que venceu o processo de licitação para construção indicou que a estrutura será finalizada até o final do mês. A instituição está esperando pela finalização da obra do prédio. “São pequenos detalhes de acaba-

mento, alguma pintura e batente de porta”, enumera o coordenador. Após a empresa entregar a obra, a Unipampa irá instalar o restante dos equipamentos, que já estão sob a posse da instituição. Marranghello acredita que tudo estará pronto para ser visitado em até 30 dias após a entrega. A obra custou mais de R$ 1,5 milhão, sendo que a Unipampa foi a responsável pelo investimento de, aproximadamente, R$ 850mil, des-

tinados à construção do prédio. Para pagar o equipamento e instalação da cúpula, foram necessários R$ 90 mil, arrecadados entre recursos repassados pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e em uma campanha feita por professores e alunos no ano passado, entre os meses de abril e dezembro. A estrutura do planetário inflável seguirá atendendo eventos em Bagé e nas cidades da região.


Cidade

www.jornalminuano.com.br

BAGÉ, 12 E 13 DE AGOSTO DE 2017 Divulgação

Convite dá direito a cumbuca rústica

Segunda edição do evento Caldos de Memória acontece dia 18

A Casa da Menina e Museu Dom Diogo de Souza, instituições mantidas pela Fundação Attila Taborda/Universidade da Região da Campanha (Urcamp) e Associação dos Amigos dos Museus de Bagé realizam, no dia 18 de agosto, às 19h30, a segunda edição Caldos de Memória. O evento acontece na Casa

da Sete, localizada na avenida Sete de Setembro, 1226. Conforme a organização, os caldos serão servidos até a meia-noite e na ocasião haverá a hora da arte, com exposição de trabalhos produzidos em parceria com o museu pelas meninas da instituição, sobre orientação da professora Suzana Quintana.

Os convites já estão à venda e podem ser adquiridos no Museu Dom Diogo de Souza ou pelo telefone 53-999536700, com o presidente da Associação dos Amigos, médico Adauto Simões Pires. O convite dá direito, ainda, a uma cumbuca de cerâmica rústica e uma peça de jogo americano.

Aneel assina contrato para linha de transmissão entre Bagé e Candiota Foram assinados, na sextafeira, 11, na sede da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), em Brasília, os contratos de concessão referentes segunda etapa do leilão de transmissão, realizado em abril. Foram arrematados empreendimentos com 7.068,6 quilômetros de linhas de transmissão e 13,1 mil mega-volt-amperes (MVA) de potência de subestações que contribuirão para a expansão e a confiabilidade do sistema de transmissão de energia elétrica no Brasil. A relação inclui o projeto de interligação entre Bagé e Candiota. No leilão, foram arrematados 31 lotes, com empreendimentos localizados nos seguintes estados: Alagoas, Bahia, Ceará, Goiás,

Maranhão, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe e Tocantins. A empresa indiana Sterlite Power Grid Ventures será a responsável pela construção da linha de transmissão na região. O lote assumido pela companhia é composto pelos empreendimentos a serem construídos no Estado, como as linhas de transmissão de Garibaldi a Lajeado 3, com 47 quilômetros e Lajeado 2 a Lajeado 3, com 16,4 quilômetros, além das subestações Vinhedos e Lajeado 3 e do trecho de linha entre a subestação Vinhedos e o seccionamento da linha de transmis-

são Monte Claro – Garibaldi, com dois quilômetros. Os investimentos totais dos empreendimentos contratados estão estimados em mais de R$ 12,7 bilhões e o prazo das obras varia de 36 a 60 meses a partir da assinatura dos contratos, com geração de cerca de 28 mil empregos diretos. O leilão apresentou deságio médio de 36,47% ao preço inicial ofertado. Isso significa que a receita dos empreendedores para exploração dos investimentos ficará menor que o previsto inicialmente, contribuindo para modicidade tarifária. O resultado do certame representa uma economia, em 30 anos, de R$ 24,2 bilhões para os consumidores.

13

Frente parlamentar promove audiência em defesa do Banrisul em Bagé A Frente Parlamentar em Defesa do Banrisul Público, coordenada pelo deputado Zé Nunes, do PT, promove, na segunda-feira, 12, a partir das 18h30, audiência pública regional na sede da AABB de Bagé (avenida Tupy Silveira, nº2389). O objetivo é discutir a possibilidade de privatização do banco, reforçada pela apresentação de emenda parlamentar ao projeto do governo estadual que prevê consulta plebiscitária para a venda de empresas públicas. O evento será coordenado pelo deputado Luiz Fernando Mainardi, do PT. Confirmando os alertas da Frente Parlamentar em Defesa do Banrisul Público, o governo do Estado e sua base aliada na Assembleia pretendem incluir o

Banrisul, a Corsan e a Procergs nos planos de privatizações de empresas públicas gaúchas. O deputado Marcel Van Hatten, do PP, partido que integra a base do governo de José Ivo Sartori, protocolou emenda incluindo as três instituições no projeto que prevê a realização de plebiscito sobre a venda da CEEE, CRM e Sulgás. Em junho, foi deflagrado um conjunto de audiências públicas regionais para debater o caráter da instituição. Além disso, o deputado tem percorrido agências e mantido contato com direções de sindicatos de bancários no interior do Estado. A mobilização ocorre em sintonia com a Federação e o Sindicato dos Bancários de Porto Alegre.


14

Religião

www.jornalminuano.com.br

BAGÉ, 12 E 13 DE AGOSTO DE 2017

Airton Gusmão

José Artur Maruri

josearturmaruri@hotmail.com bagespirita.blogspot.com.br

O bem da família é decisivo para o mundo e a Igreja Diante das ondas agitadas e os ventos contrários do mundo, da cultura e da sociedade, presentes através das mudanças de época, que afetam os critérios de compreensão e os valores mais profundos; talvez sejamos levados a desanimar, a não acreditar nos valores humanos e cristãos, na beleza e importância sempre atual da vida e missão da família. Jesus Cristo, que veio até nós através da Família de Nazaré, continua presente em meio às realidades humanas, nos dizendo com certeza: “Coragem, sou eu. Não tenhais medo! Não sejam fracos na fé, não duvidem” (Mt 14,22-23). Estamos vivendo e celebrando, dentro do mês das Vocações, neste domingo, 13 de agosto, dia dos nossos pais e, até o próximo dia 20 do corrente, a Semana Nacional da Família, que tem como tema: “Família, uma luz para a vida em sociedade” e Lema: ”Vós sois a luz do mundo” (Mt 5,14). É importante lembrar duas frases do Papa Francisco em sua Exortação apostólica sobre o Amor na família: “Todos somos chamados a cuidar com amor da vida das famílias, porque elas não são um problema, são sobretudo, uma oportunidade. O bem da família é decisivo para o futuro do mundo e da Igreja”( nº 07 e 31). Sempre é saudável, conforme nos orienta a Igreja, lembrar qual é a finalidade e missão da família: a família, patrimônio da humanidade, constitui um dos tesouros dos povos latino-americanos e caribenhos. Ela tem sido e é escola da fé, palestra de valores humanos e cívicos, lar em que a vida humana nasce e se acolhe generosa e responsavelmente. A família é insubstituível para a serenidade pessoal e para a educação de seus filhos (Documento de Aparecida, nº 114). O folheto elaborado pela pastoral familiar do Rio Grande do Sul apresenta três pequenas, mas profundas reflexões para esta semana da família: viver a experiência do amor divino em família; viver a alegria da misericórdia em comunidade, e viver a missão de ser luz na sociedade. Que bom que muitas famílias pudessem conversar sobre estas indicações práticas. Sobre a terceira é importante destacar que a família tem por missão gerar e cultivar a vida, num empenho constante de educar o ser humano para a vida espiritual e social. Ela cumpre a sua missão de cooperar com a obra divina de gerar o homem e de zelar pelo seu convívio na sociedade, pois os elementos mais importantes que compõem a personalidade de uma pessoa são construídos na convivência familiar. A família não é apenas o núcleo básico da sociedade, mas é também o ambiente onde se aprende a ser gente. E esta missão tem suas raízes no Batismo, através dos dons oferecidos por Deus, e que se estendem até o entardecer da vida. A encarnação do Filho de Deus abre um novo início na história universal do homem e da mulher. E esse novo início tem lugar no seio de uma família, em Nazaré. Jesus nasceu em uma família. Assim, a família de Nazaré compromete-nos a redescobrir a vocação e missão da família, de cada família, ou seja, fazer com que o amor se torne normal, e não o ódio, fazer com que a entreajuda se torne comum, não a indiferença ou a inimizade, para que ela continue sendo santuário da vida e Igreja doméstica. Cuidemos, valorizemos e respeitemos as nossas famílias. Parabéns a todos os pais pelo seu dia, e rezemos pelos pais falecidos que já partiram para a casa de Deus Pai. Façamos a nossa parte. Sejamos alegres na esperança, fortes na tribulação e perseverantes na oração. Um bom final de semana a todos e até uma próxima oportunidade. Pároco da Catedral

Norberto Dutra

A dívida de Paulo

Arrebatamento da Igreja

“Eu sou devedor, tanto a gregos como a bárbaros, tanto a sábios como a ignorantes”. (Romanos 1:14) O versículo suprarreferido é de autoria de Paulo de Tarso, num de seus discursos sobre o Evangelho, sobre a caridade. O Espírito Emmanuel, através da mediunidade de Francisco Cândido Xavier, ao esmiuçar a frase proferida por Paulo, diz que “não há felicidade enquanto houver uma criatura humana derramando uma lágrima”, o que é lógico se considerar que a felicidade humana passa por todos, eis que todos somos filhos do mesmo Pai que é Deus. Sermos filhos do Criador independe de crença, visto que Ele permanecerá existindo, ainda que Nele não creiam. Aliás, a Terra nunca deixou de girar na órbita solar, mesmo nos idos tempos em que a ciência dizia ser o contrário. Feito o “parentesis”, adentremos em “O Evangelho Segundo o Espiritismo”. Allan Kardec ressalta que “toda a moral de Jesus se resume na caridade e na humildade, ou seja, nas duas virtudes contrárias ao egoísmo e ao orgulho. Em todos os seus ensinamentos, mostra essas virtudes como sendo o caminho da felicidade eterna”. Mais uma vez, vamos encontrar a felicidade atrelada ao conceito de caridade. E ninguém, além de Jesus, falou ou escreveu melhor sobre caridade que o já referido Paulo de Tarso, especialmente em I Coríntios, senão vejamos: “Se eu falar as línguas dos homens e dos anjos, e não tiver caridade, sou como o metal que soa, ou como o sino que tine. E se eu tiver o dom de profecia, e conhecer todos os mistérios, e quanto se pode saber; e se tiver toda a fé, até a ponto de transportar montanhas, e não tiver caridade, não sou nada (...)”. Mesmo o Paulo, ainda assim, se dizia devedor. E assim se dizia, segundo Emmanuel, porque aquele que teve a dádiva de saber é devedor daquele que ignora. Porque aquele que adquiriu a luz é devedor daquele que se encontra provisoriamente nas trevas. E, assim como Paulo, também somos devedores, de forma que somente conseguiremos pagar nossa dívida, com caridade, afetividade, com paciência, com abnegação, transferindo aos irmãos de jornada o pouco de luz que nós já podemos reter. No entanto, se é nosso dever pagar com a caridade, que paguemos com a caridade ensinada pelo próprio Paulo, a caridade que está ao alcance de todos, do ignorante e do sábio, do rico e do pobre; independente de crença. A verdadeira caridade que transcende o conceito de beneficência e penetra no conjunto de todas as qualidades do coração, na bondade e na benevolência para com o próximo. “Meus amigos, agradeçam a Deus, que vos permitiu gozar a luz do Espiritismo. Não porque somente os que a possuem possam salvar-se, mas porque, ajudando-vos a melhor compreender os ensinamentos do Cristo, ela vos torna melhores cristãos. Fazei, pois, que vos vendo, se possa dizer que o verdadeiro espírita e o verdadeiro cristão são uma e a mesma coisa, porque todos os que praticam a caridade são discípulos de Jesus, qualquer que seja o culto a que pertençam”. – Apóstolo Paulo. Paris. Ano de 1860. (Referências: Allan Kardec. O Evangelho Segundo o Espiritismo. Capítulo 15. FEB Editora. Haroldo Dutra Dias. Minutos com Emmanuel. FEB TV). Colaborador da União Espírita Bajeense

6) Devemos vigiar: I Tessalonicenses 5:1-2 “Mas, irmãos, acerca dos tempos e das épocas não necessitais de que se vos escreva: porque vós mesmos sabeis perfeitamente que o dia do Senhor virá como vem o ladrão de noite;” Mateus 24: 42-51 “42 Vigiai, pois, porque não sabeis em que dia vem o vosso Senhor; sabei, porém, isto: se o dono da casa soubesse a que vigília da noite havia de vir o ladrão, vigiaria e não deixaria minar a sua casa. Por isso ficai também vós apercebidos; porque numa hora em que não penseis, virá o Filho do homem. Quem é, pois, o servo fiel e prudente, que o senhor pôs sobre os seus serviçais, para a tempo dar-lhes o sustento? Bem-aventurado aquele servo a quem o seu senhor, quando vier, achar assim fazendo. Em verdade vos digo que o porá sobre todos os seus bens. Mas se aquele outro, o mau servo, disser no seu coração: Meu senhor tarda em vir, e começar a espancar os seus conservos, e a comer e beber com os ébrios, virá o senhor daquele servo, num dia em que não o espera, e numa hora de que não sabe, e cortá-lo-á pelo meio, e lhe dará a sua parte com os hipócritas; ali haverá choro e ranger de dentes.” IV - Como será 1) O Arcanjo soará a Trombeta. 2) Os mortos em Cristo ressuscitarão primeiro I Tess 4:15-17: “Dizemo-vos, pois, isto pela palavra do Senhor: que nós, os que ficarmos vivos para a vinda do Senhor, de modo algum precederemos os que já dormem. Porque o Senhor mesmo descerá do céu com grande brado, à voz do arcanjo, ao som da trombeta de Deus, e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro. Depois nós, os que ficarmos vivos seremos arrebatados juntamente com eles, nas nuvens, ao encontro do Senhor nos ares, e assim estaremos para sempre com o Senhor.” Neste momento, se cumprirá a Palavra que diz: “tragada foi a morte pela vitória” I Cor 15:54 Isaías 25:8: “Aniquilará a morte para sempre, e assim enxugará o Senhor Deus as lágrimas de todos os rostos, e tirará de toda a terra o opróbrio do seu povo; porque o Senhor o disse.” Hebreus 2:14-15: “14 Portanto, visto como os filhos são participantes comuns de carne e sangue, também ele semelhantemente participou das mesmas coisas, para que pela morte derrotasse aquele que tinha o poder da morte, isto é, o Diabo; e livrasse todos aqueles que, com medo da morte, estavam por toda a vida sujeitos à escravidão.” Apocalipse 20:14: “ E a morte e o inferno foram lançados no lago de fogo. Esta é a segunda morte, o lago de fogo.” 3) Nós seremos transformados Receberemos na hora um corpo incorruptível, revestido de Glória (semelhante ao que Cristo recebeu após a ressurreição). I Cor 15:52-55: “52 num momento, num abrir e fechar de olhos, ao som da última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos serão ressuscitados incorruptíveis, e nós seremos transformados. Porque é necessário que isto que é corruptível se revista da incorruptibilidade e que isto que é mortal se revista da imortalidade. Mas, quando isto que é corruptível se revestir da incorruptibilidade, e isto que é mortal se revestir da imortalidade, então se cumprirá a palavra que está escrito: Tragada foi a morte na vitória. Onde está, ó morte, a tua vitória? Onde está, ó morte, o teu aguilhão?” Filipenses 3:21: “que transformará o corpo da nossa humilhação, para ser conforme ao corpo da sua glória, segundo o seu eficaz poder de até sujeitar a si todas as coisas.” Querendo Deus até a próxima semana. Deus abençoe a todos. Amém! Pastor e presidente da Igreja Assembleia de Deus de Bagé Doutor em Divindade


Cidade

www.jornalminuano.com.br

Figura paterna vive contexto de transformações

Frente a uma sociedade sob constante mudança, o papel que os desempenham nas famílias pode mudar. A celebração da data dedicada a eles, neste domingo, também é momento de repensar a importância de figura paterna na formação dos filhos. De acordo com dados de um levantamento realizado pelo Conselho Nacional de Justiça, 5,5 milhões de crianças não possuem o nome do pai no registro. E esse é um número alto para uma nação com cerca de 207 milhões de pessoas. Se há algumas décadas, a figura do pai remetia ao mantenedor do lar, com contato mais superficial com os filhos, visto mais como um suporte financeiro da família, há que se dizer que este papel foi se transformando no decorrer dos anos. A psicóloga Dilce Helena Santos explica que os modelos de família sofreram alterações ao longo do tempo e, neste contexto, mudou também o modelo de pai. “Atualmente, exige-se do pai mais participação na criação, no cotidia-

Pedro Barcellos/especial jm

Psicóloga afirma que ainda são necessárias mais mudanças na postura paterna no de tarefas domésticas que antes eram exclusividade da mãe, na educação tanto moral como emocional e afetiva de sua prole”, diz. Ela destaca, ainda, que a mudança de postura do modelo de ação social e familiar do pai teve influência da revolução pós-guerra, “que levou as mulheres ao mer-

cado de trabalho de modo decisivo além, é claro, das conquistas pósfeminismo”, conforme ressalta. Segundo Dilce, apesar da postura ter sofrido alterações ao longo dos anos, o papel continua o mesmo. “Pai continua sendo modelo a ser seguido, referencial de homem, de confiança, estrutura primeira do código de valores do que venha a ser certo e errado e seu porquê”, analisa. A psicóloga afirma que há muito o que se conquistar nesta área. Como exemplo, ela cita pais que ainda não ocuparam seu papel de educadores e de autoridade nas vidas dos filhos, porque confundem com autoritarismo, ou que acreditam que pagando pensão alimentícia e passando finais de semana juntos estão cumprindo seus deveres com os filhos. “Ainda é muito importante discutir este tema de modo que os pais compreendam e assumam seu papel no universo afetivo, familiar, cotidiano e social de seus filhos. Afinal, os filhos aprendem muito mais pelo exemplo de seus pais do que pelo discurso deles”, afirma.

BAGÉ, 12 E 13 DE AGOSTO DE 2017

15

Arquitetura e Urbanismo da Urcamp realiza aula inaugural no Museu Dom Diogo de Souza Na terça-feira, 15, a aula inaugural de início de semestre do curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade da Região da Campanha (Urcamp) será realizada nas dependências do Museu Dom Diogo de Souza, às 19h. A atividade também faz parte das comemorações da Semana do Patrimônio. De acordo com a coordenação do curso, o evento será marca-

do pela palestra “Patrimônio arquitetônico de Bagé na abordagem do plano diretor”, com a arquiteta Gladys Saavedra. A programação contará, ainda, com a explanação da Comissão Própria de Avaliação (CPA), exposição de Trabalhos de Conclusão de Curso (TCCs) 2017/1 e lançamento do concurso do logotipo para o Comitê da Bacia do Rio Negro.


www.jornalminuano.com.br

BAGÉ, 12 E 13 DE AGOSTO DE 2017

Pega Pega - GLOBO - 19h30min Antônia disfarça sua preocupação e diz a Júlio que seu receio é por causa do vazamento de gás. Athaíde pergunta a Timóteo se foi ele quem passou a informação da foto do Galaxie para o ladrão do Carioca Palace. Dílson vê a foto de Dom quando criança e percebe a semelhança com seu irmão desaparecido. Dom e Dílson descobrem que são irmãos e combinam guardar segredo até a confirmação do teste. Adriano sente ciúmes de Sabine ao vê-la com Malagueta. Eric surpreende Luiza com uma cena romântica com a presença do cantor Gavin James para promover sua reconciliação com a namorada. Eric aceita o pedido de casamento feito por Luiza. Antônia encontra um comprovante de enterro de Sherlock entre

Horóscopo

A Força do Querer - GLOBO - 21h Shirley tenta convencer Cibele a não mostrar o resultado do exame para Ruy. Eurico fica impaciente para saber o que Garcia quer dizer. Silvana perde no cassino, mas não para de jogar. Mira teme que Irene faça algo contra Garcia. Garcia se diverte com a discussão familiar. Garcia anuncia sua decisão, e todos ficam surpresos. Zeca combina com Erica de irem encontrar Jeiza nos Estados Unidos. Cândida implica com Edinalva por causa de Abel. Nonato e Dita se preocupam com Silvana. Zeca avisa a Jeiza que a encontrará em Los Angeles. Ivana fala de seu novo comportamento com o irmão. Ruy reclama de Joyce continuar saindo com Leandro. Dantas tenta disfarçar de Eugênio o interesse por Mira. Heleninha reclama por não ter sido indicada para representar Garcia na empresa. Silvana é impedida de sair do cassino, fica sozinha no local e se apavora. Bibi pensa em Caio.

ÁRIES

Com a Lua em Áries na sexta e no sábado, você fica mais centrado nas suas próprias necessidades, mas com forte impulso de conquista. Aproveite a chance, esta será uma linda noite de amor.

TOURO Muitas transformações internas nesse fim de semana que começa saudoso. O que está difícil para você digerir ou expressar no amor? Um bom momento para deixar fluir o sentimento.

GÊMEOS A partir de amanhã, Mercúrio retrogradará em dias de atividades sociais e espaço para expor seu trabalho. Mas há algo meio fora de encaixe aí. No meio disso o coração se encanta.

CÂNCER

São dias de destaque profissional, se você quiser se dedicar ao trabalho. Porque por outro lado, você está que é puro charme, elegância e sentimento e um romance aquece seu coração.

LEÃO O céu pegando fogo atiça sua vontade de explorar novos horizontes e novidades: dias de expansão! O cenário amoroso está para sonhar e pode ser platônico se não houver intimidade.

VIRGEM Mercúrio inicia retrogradação em Virgem amanhã, o que sugere repensar e reconsiderar muitas coisas. Você fará bem em se deixar conduzir pela sensibilidade em relação aos outros.

Palavras Cruzadas

Novo Mundo - GLOBO - 18h30min Joaquim e Bonifácio acodem Leopoldina. Anna fica atenta a uma carta que Thomas recebe. Bonifácio e Joaquim se prontificam a descobrir quem enviou as cartas para Leopoldina. Anna consegue uma prova contra Thomas. Fred amarra Elvira no mastro do navio. Hugo tenta enganar Germana. Diara pede ajuda a Matias para encontrar Wolfgang. Bonifácio comunica a Dom Pedro que as cartas de Domitila foram entregues a Leopoldina. Joaquim entra na casa de Thomas, e Anna entrega a ele a carta que pegou do marido. Germana informa a Licurgo que eles estão sendo roubados por Hugo. Greta muda a arrumação da casa e afirma a Diara que a casa de Wolfgang agora é dela. Dom Pedro tenta se desculpar com Leopoldina. Sebastião invade o jornal e manda prender Libério.

LIBRA

Esse fim de semana será todo sobre a arte de se relacionar. Para começar, seu par ou um paquera chega junto: é sua deusa Vênus que, no ápice da sedução, atrai olhares e desejos.

ESCORPIÃO

Como seu ciclo é sobre progresso pessoal e profissional, você pode tirar esses dias para se dedicar ao que sirva ao propósito. Mas no meio de tudo, o desejo por alguém se infiltra...

SAGITÁRIO Sol e Lua em seus signos irmãos de fogo deixam claro: nada nem ninguém seguram você, que está precisando investir no que lhe dá prazer. E é claro que isso envolve um romance, também.

CAPRICÓRNIO

Sua atenção está voltada para a vida íntima e tudo o que precisa mexer e reestruturar em casa e na relação com os mais próximos. Aproveite a onda de encanto para se aproximar de quem ama.

AQUÁRIO O entusiasmo para se relacionar se mistura com uma combatividade que pode dar em conflitos. Cuide de embelezar o que tocar, para ser agradável passar o tempo com quem está próximo.

PEIXES

Você devaneia, o coração está apaixonado. Se não estiver, é possível que se apaixone nesses dias. Você tem tido trabalho nessa fase. A vida está precisando de emoções mais brilhantes.

Loterias

Novelas

Edibar

16

Lazer

FEDERAL

LOTOFÁCIL

LOTOMANIA

Sorteio: 05204

Sorteio: 1549

Sorteio: 1787

01 02 03 04 05

00 02 03 09 13 17 20 22 24 25 28 33 39 67 69 70 84 86 87 99

1º prêmio 2º prêmio 3º prêmio 4º prêmio 5º prêmio -

04339 31745 41115 15336 51241

07 08 10 11 13 18 20 23 24 25

DUPLA-SENA

MEGA-SENA

QUINA

Sorteio: 1679

Sorteio: 1957

Sorteio: 4453

1º- 05 08 32 35 43 49 02 14 22 23 29 47 2º- 13 30 33 44 45 48

28 45 48 49 66


www.jornalminuano.com.br

Cidade

BAGÉ, 12 E 13 DE AGOSTO DE 2017

17


18

Segurança

www.jornalminuano.com.br

BAGÉ, 12 E 13 DE AGOSTO DE 2017

Lei do abigeato completa um ano ARQUIVO JM

Lei completa aniversário e prevê ações mais pesadas contra abigeatárioss

A lei 13300 que prevê penas mais graves para crime de abigeato (furto de animais), proposta pelo deputado federal Afonso Hamm, do PP, completou um ano, no dia 2 de agosto. O progressista destaca que a nova legislação está possibilitando que criminosos sejam presos e quadrilhas desarticuladas e punidas com rigor. “Neste primeiro ano de vigência da legislação, muitas organizações criminosas foram desestruturadas e estão sendo responsabilizadas pelos prejuízos causados aos residentes rurais do Estado. A atuação da Força-Tarefa da Polícia Civil foi determinante na redução dos furtos de animais no primeiro semestre, que segundo a Secretaria de Segurança caíram 27,10% em relação ao ano anterior”, afirma. Outro ponto importante do projeto é o que criminaliza toda a cadeia do crime, desde quem furta até quem oculta, transporta e comercializa semoventes domesticáveis de produção, ainda que abatidos ou divididos em partes. De acordo com o parlamentar, o próximo passo será a criação de uma delegacia especializada em crimes agropecuários.

Óbitos ÉLBIO GONZALES, 94 anos, trabalhador rural aposentado, solteiro. Residia na rua Comandante Carneiro, bairro Camilo Gomes.

Antônio Rocha

Pontos críticos da cidade ficaram alagados

Defesa Civil alerta para temporais na região

A Defesa Civil do Estado emitiu alerta de temporais para diversas regiões. De acordo com o boletim oficial, neste sábado, a área de baixa pressão irá trazer instabilidades que devem provocar chuva forte, volumosa, com possibilidade de queda de granizo e fortes rajadas de vento na maior parte do Rio Grande do Sul. A

chuva chegou à região na sextafeira. Em Bagé, durante todo o dia, choveu 22 milímetros, conforme aferição da estação automática do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). O alerta também ressalta que os maiores volumes de chuva ocorrem entre a metade sul e a metade oeste. No domingo, a origem

de uma frente fria organiza ainda mais as instabilidades e, à medida em que este sistema avança, o potencial para temporais toma conta de todo o Estado. Na segunda-feira, 14, o tempo abre, por causa do avanço de uma massa de ar mais seco. As temperaturas diminuem e o frio aumenta, sem grande intensidade.

Jovem efetua disparos de arma de fogo no bairro Floresta

Na noite de quinta-feira, um jovem, que utilizou o serviço de uma telemoto até o bairro Floresta, após uma discussão, efetuou disparos de arma de fogo. De acordo com o registro de

ocorrência, na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA), a vítima relatou que o acusado estava bastante alterado, bêbado e xingando todos do local, usando palavras de baixo calão. Brigou com o mo-

totaxista e, quando a vítima foi intervir, tentou agredi-la. O condutor do veículo deixou o local no momento em que o acusado efetuou diversos disparos, não sabendo se foi em sua direção.

Ladrões levam cão de estimação no centro Um filhote de cachorro da raça Shih-Tzu foi levado de uma casa, na rua Fabrício

Pillar, na quinta-feira, por volta das 16h. A dona do cão tem suspeitos do furto. Ela

contou que retiraram o animal da residência através de uma janela.


Esporte

www.jornalminuano.com.br

BAGÉ, 12 E 13 DE AGOSTO DE 2017

João Emílio deve enfrentar Grêmio em casa, na estreia do Gauchão

A Associação Esportiva João Emílio (Aeje) está pronta para iniciar o Campeonato Gaúcho de Futebol Feminino na categoria adulto. O primeiro adversário deve ser o tricolor da Capital. O jogo está programado para este domingo, às 15h, no Estádio 20 de Setembro, mas pode ser adiado em função do tempo. O presidente da Aeje, Cléo Luiz Lopes de Moura, conta que a disputa será “dificílima”, mas o grupo está “confiante no campeonato”. Moura relata que o time é experiente, com atletas que competiram no ano passado, na própria associação, assim como em diferentes grupos. Outras quatro jogadoras foram selecionadas da base para competir no Gauchão. No total, o grupo conta com 32 atletas. O presidente afirma que todas vão atuar durante os jogos. Há integrantes de Bagé, Candiota, Pelotas, Hulha Negra, Herval, Rio Grande, São Lourenço, Dom Pedrito, Caçapava do Sul, Santana do Livramento, Santana da Boa Vista, São Sepé, Cachoeira do Sul, Rosário do Sul, Lavras do Sul e Pedro Osório. As profissionais treinam desde o início do ano. As próximas disputas estão agendadas para o dia 27 de agosto e 3 de setembro, contra Rio Grande e Palestra, de Carazinho – na Capital do Carvão.

Antônio Rocha

Daiane Lima Bagé terá uniforme em comemoração ao Acesso @daianelimaalves

daiane.lima.bg@gmail.com

O Grêmio Esportivo Bagé vai lançar um novo modelo de camisetas do clube. Conforme o presidente, Rafael Alcalde, o uniforme vai

comemorar a conquista da vaga na Divisão de Acesso. Os modelos devem estar disponíveis a partir do dia 15 de setembro.

Árbitro da Rainha da Fronteira atua no estadual de Futsal O bajeense Geovane Silva vai atuar como árbitro auxiliar neste sábado. Silva vai participar da Série Bronze da Competição Estadual da Federação Gaúcha de Futsal (FGFS). A partida acontece

às 20h, em São Gabriel. Palmeiras, de São Gabriel, vai enfrentar ACF, de Caçapava do Sul. O árbitro principal será Alvanio Brites, o anotador Dakimalo Gomes e o cronometrista, Everton Lopes.

Sub 19 tem estreia adiada e joga somente no próximo domingo Grupo está trabalhando desde o início do ano

Citadino de Vôlei vai para as finais

Antônio Rocha

Vencedores serão conhecidos na noite de domingo O sábado e o domingo serão de finais e semifinais para o Campeonato Citadino de Vôlei. A competição é organizada pela Secretaria Municipal de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel). No total, a disputa iniciou com 22 equipes. Na categoria misto iniciante, Publimar/CCGPac “B” venceu a Academia Militão por dois sets a

19

zero e o Publimar/CCGPac A venceu, pelo mesmo placar a equipe BG Vôlei. No sábado, duas semifinais serão realizadas na categoria misto livre, a partir das 17h. O primeiro jogo será Sul Vôlei/Pastelão contra Vôlei Bagé/Ciamex e o último, Publimar/CCGPac contra Vôlei Futuro.

Na final da categoria misto iniciante, Publimar/CCGPac A decide o vencedor com Publimar/ CCGPac B. No misto livre, os vencedores das partidas de sábado brigam pelo primeiro lugar. No feminino livre, Sul Vôlei / Pastelão joga contra Trevo e, no masculino livre, Sul Vôlei / Pastelão joga contra Sul Vôlei / Company Pizza.

O Bagé se prepara para iniciar a Copa Sub 19 da Federação Gaúcha de Futebol. A primeira partida estava agendada para este final de semana, no Pedra Moura. A estreia, porém, foi adiada e acontecerá no dia 20 de agosto, contra o Novo Hamburgo, no Estádio do Vale. O treinador Ney Ferraz conta que os trabalhos com os jovens acontecem há seis meses, durante as tardes. Há também uma parceria com o 25° Grupo de Artilharia de Campanha (25º GAC), onde há treinos na maioria dos dias, e a Secretaria Municipal de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), que oferece o complexo do Ginásio Militão

para os treinos uma vez por semana. Ferraz conta também que, além de indicações, o grupo recebe jovens interessados em jogar. “Damos oportunidades para quem quiser”, conta. O treinador relata também que a equipe precisa de patrocinadores e os empresários da cidade podem colaborar. Quem quiser entrar em contato pode falar com Ferraz pelo número 53 999475022. Na competição, Bagé disputa no Grupo B, com Riopardene, Novo Hamburgo, Guarany de Camaquã, Caxias, Cidreira, Internacional e Torino. Os jogos serão disputados em turno único, dentro dos grupos, quando os seis melhores se classificam para a segunda fase.


20

Contracapa

BAGÉ, 12 E 13 DE AGOSTO DE 2017

www.jornalminuano.com.br Tiago Rolim de Moura

Luta pela municipalização Intenção de municipalizar trecho da avenida Espanha será debatida com titular da pasta de Transporte e Mobilidade.

Pág. 5

20170812  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you