Page 1

Minuano jornalminuano.com.br BAGÉ, terça-feira, 1º de abril de 2014 - ANO XX Nº 4 703 | R$ 1,50

ANTÔNIO ROCHA

MINUANO completa duas décadas de jornalismo

ANTÔNIO ROCHA

Justiça determina afastamento do diretor do Daeb

Sessão especial realizada na manhã de ontem na Câmara de Vereadores de Bagé homenageou o diário pelos 20 anos de sua fundação.

Pág. 13

Através de medida cautelar, o juiz federal Gustavo Chies, determinou que o diretor do Departamento de Água e Esgotos de Bagé (Daeb), Antônio Kiwal Parera, fosse afastado do cargo. A justificativa do magistrado é de que

o diretor colocou inúmeros entraves burocráticos que colocam em risco o andamento dos trabalhos de perícia das obras da barragem da Arvorezinha. Em entrevista coletiva na tarde de ontem, o prefeito Luís Eduardo Dudu

Colombo dos Santos, alegou que a postura do ex-diretor foi por zelo administrativo, para evitar apontamentos do Tribunal de Contas ao Daeb, por excesso de horas-extras. Parera não compareceu à coletiva.

Pág. 05


02 Ponto de Vista

BAGÉ, 1º DE ABRIL DE 2014

JORNAL MINUANO

Nesses 20 anos de trajetória, a história da cidade ficou registrada. Páginas que fazem relatos e que buscam atender as necessidades e anseios das comunidades de Bagé e região. Pois, o Jornal MINUANO surgiu da necessidade de dar voz e visibilidade a toda a população, e assim o faz até hoje. Com a criação do curso de Comunicação Social da Urcamp em 1996, o veículo impresso passou a servir como um canal de aprimoramento para os conhecimentos práticos de estudantes e logo em seguida, o seu quadro de colaboradores já ganhava profissionais graduados nas áreas de jornalismo e publicidade. Uma troca de experiências que deu certo e que permanece. O resultado disso é qualidade, comprometimento e capacitação constante. O impresso cresceu e se adapta as novas tecnologias, com edições on-line, rompendo as fronteiras e chegando aos bajeenses de diversas partes do mundo através da internet.

Vinte anos de história

Relatamos fatos, noticiamos ações e iniciativas, denunciamos injustiças, damos voz à população por meio da escrita de nossos profissionais jornalistas. Há 20 anos fazemos isso com imparcialidade e equilíbrio. Tanto que nesse percurso conquistamos, por meio do trabalho sério que realizamos, a maioria dos leitores da nossa cidade, com 74% da preferência, segundo resultado de três pesquisas de opinião realizadas recentemente pelo Instituto Methodus, órgão oficial da Associação dos Diários do Interior do Estado do Rio Grande do Sul (ADI-RS) para pesquisa. Na segunda etapa do processo de coleta de dados foi apontado como o jornal de maior confiabilidade e na terceira, classificado entre os melhores jornais do interior do Rio Grande do Sul. Sinto-me honrada pela oportunidade do cargo que exerço atualmente, o que possibilita que, juntamente com toda a equipe que faz o dia a dia do MINUANO, estejamos juntos recebendo aqui, na casa do povo, o reconhecimento dos senhores vereadores e da nossa comu-

nidade por essa trajetória, pois certamente já marcamos nosso nome no cenário do jornalismo de Bagé. Agradeço ao propositor desta seção solene, vereador Divaldo Lara, parceiro constante das demandas da Urcamp/MINUANO e a todos os senhores e senhores que aprovaram essa homenagem ao Jornal MINUANO, que não é nosso, é de todos, pois existe com o intuito de servir e noticiar os fatos e o cotidiano da nossa comunidade, independente de classe ou credo. Agradeço à toda a equipe do Jornal MINUANO, profissionais de todos os tempos que ajudaram a construir essa trajetória. Falo de jornalistas, editores, fotógrafos, diagramadores, revisores, cartunistas, colunistas, entregadores, administradores e os parabenizo pela dedicação integral que faz com que tenhamos a confiança plena da nossa população. Contem conosco sempre! Muito obrigado! Discurso da reitora da Urcamp, Lia Quintana, em homenagem aos 20 anos do MINUANO na Câmara de Vereadores

Samba de berço

George Teixeira Giorgis

FRANCISCO BOSCO

Advogado

Indo e vindo

Sábado (Matriz Auxiliadora - Clube Caixeral - centro) : casamento de Fernanda com Juliano-uma festa impecável, organizadíssima, prenhe de cordialidade, confraternização imperial, tudo nota dez. ************* Em janeiro de l.966 passou a comandar a antiga 3 DC o Gen. Bda. Fritz Azevedo Manso, que daqui saiu em maio de 1.967. Era carioca e, na carreira, posteriormente, chegou a general de Exército na Ativa. Sua esposa chamava-se Ilka Pizarro Manso e ele pertencia à Arma de Infantaria. xxx As Ruas Antônio Flores e Ney Ribeiro Flores ficam no loteamento São Pedro. A Rua Brigadeiro Mércio (sede do jornal ”Minuano”) é aquela da esquina da Tupy Silveira com a Urcamp. Dois nomes errados nas denominações de ruas entre nós:a paralela à General Osório (zona norte) é Ervandil Alves Lucas ( e não Orvandil). A via principal do Conj. João Teixeira de Oliveira (blocos de apartamentos-zona norte) é Rua Ary Silva Azambuja e não Ary Silveira Azambuja como se acha emplacada. xxxx A Escola Estadual Dr. Arnaldo Faria funciona junto ao Instituto de Menores. A Escola Municipal Professora Reny da Rosa Collares sedia-se no bairro Vicente Gallo Sobrinho (Rua Prof. Miranda). ************** Em Pelotas, a rede municipal de ensino, na atualida-

de, conta com 88 instituições e 30 mil alunos. Só o histórico Colégio Pelotense tem 4.300 discípulos. Lá, ainda, no ensino municipal, há l.000 funcionários e 3.500 professores. xxx Nas eleições municipais aqui no ano l.963 o vice-prefeito eleito Prof. Frederico Petrucci-PTB-, depois cassado pelo movimento militar, fez 10.012 votos, “record” até então, cá em Bagé. Petrucci, aliás, foi vice-prefeito eleito também na primeira ida do Dr. João Fico para a Prefeitura em novembro de l.95l. Fico foi eleito para a Câmara de Deputados que, naqueles idos, tinha sede no Palácio Tiradentes no RJ. Naquele então era permitido votar no candidato de um partido, para prefeito; e, para vice, em nome de outro partido. Por exemplo, o Dr. Camilo Gomes (UDN-PL-PSD) foi escolhido duas vezes nosso viceprefeito sem que o candidato de sua coligação, para prefeito, tivesse vencido os pleitos. Em l.957, Osvaldo Peralva (232pgs.) escreveu “Líderes soviéticos”. Num trecho acerca de Stalin, ele redigiu: “Em verdade, porém, o peso da tragédia recai sobre milhões de comunistas, que, no mundo inteiro, viam nele quase um deus e apenas um deus de justiça e bondade, sem suspeitar que também há deuses do bem e do mal, ao mesmo tempo; metade anjo e metade demônio”.

O menino que acompanha a bateria do bloco Brasa Viva representa o futuro do samba de Bagé. É a próxima geração do carnaval.

Minuano

FAT - Jornal Minuano | CNPJ: 87415725/0012-81

Endereço: Rua Brigadeiro Mércio, 72 - CEP 96400.720 - Bagé/RS Telefones: Redação (53) 3242 7693 - Assinaturas 3241-6377 e 3241-2057 www.jornalminuano.com.br | redacaominuano@gmail.com | facebook.com/jornalminuanobage DIRETOR EXECUTIVO - Aurelino Brites Rocha ADMINISTRATIVO Mírian Cloque

COMERCIAL Ion da Cunha

EDITORA GERAL Márcia Sousa

Editor Assistente - Fernando Marinho Tólio • Reportagem - Viviane Becker - Maritza Costa - Cláudio Falcão - Dora Beledo - Marcel Nunes - Melissa Louçan - Fernanda Couto - Jaqueline Muza - Daiane Lima - Sidimar Rostan • Chargista - Cláudio Falcão • Diagramação - Sandro Leal - Luís Mário Pereira - Daniel Cuerda Ferreira • Revisão - Simone Gonçalves • Assistente Comercial - Angelina Britto • Auxiliares Administrativos - Suélen Vieira Farias Conceição - Fábio Silveira • Distribuição - Marcos Goulart • Assistente de Distribuição - Armando Leguissamo • Fotos - Francisco Gomes Bosco - Francisco de Assis Rodrigues - Antônio Rocha • Colaboradores - George Teixeira Giorgis - José Carlos Teixeira Giorgis - Luiz Godinho - Marcelo Teixeira - Renato Marsiglia - Ana Maria Loureiro de Souza Delabary - Raquel Barreto Garcia - José Artur M. Maruri dos Santos Norberto Dutra - Jair da Silva - Beatriz Lamego • Impressão - Gráfica do Jornal do Povo - Cachoeira do Sul Os artigos assinados não refletem, necessariamente, a posição do jornal. Por isso, a editoria não se responsabiliza pelas opiniões emitidas.


Empreendedor 03 JORNAL MINUANO

Toka Petshop reinaugura serviço de banho e tosa

BAGÉ, 1º DE ABRIL DE 2014

Dora Beledo dora.beledo@hotmail.com @dorabeledo

FRANCISCO BOSCO

Nova coleção Mania de Viver

A Mania de Viver acaba de receber todas as novidades da coleção outono/inverno 2014. A loja tem muitos jeans, camisas, jaquetas, blusas, vestidos, saias e uma infinidade de looks para mulheres de todas as idades, inclusive aquelas que buscam tamanhos nobres. Visite a Mania de Viver e confira.

Sapatilhas Temppo

Serviço é realizado em mascotes de todos os portes

Deixe seus pés confortáveis e arrase no look com sapatilhas. A Temppo tem diversos modelos e várias cores, com ou sem detalhes, que combinam com qualquer ocasião. Confira!

Promoção de pacotes

Esta semana o Setor de Fisioterapia da Clínica Madruga começa com uma nova promoção. A cada pacote de Spectra G3 + LED (12 sessões), a paciente vai ser presenteada com cinco sessões de Velox. Entre em contato com as fisioterapeutas, porque elas elaboraram muitas outras promoções especiais para este mês. Os telefones 3247 1616/3247 2537/9976 1673/9958 9088.

Páscoa Toko de Gente

A Toka Petshop, que é especializada em rações e acessórios para pequenos animais, deu início esta semana aos serviços de banho e tosa. Os preços são diferenciados e as formas de pagamento também. Os empresários, Anderson Torres Franco e Natália Leite, revelam que os serviços de banho e tosa estavam inativos porque havia a necessidade de investir na aquisição de equipamentos e utensílios para as tarefas. Com todo o material adquirido, finalmente os pedidos dos clientes foram atendidos e agora os setores de banho e tosa estão em pleno funcionamento. Franco é o responsável pelos serviços de banho e tosa. Ele conta que o banho em cães de qualquer porte demora em média uma hora e custa a partir de R$ 13. Já a tosa, que é um processo mais demorado porque é necessário obedecer as peculiaridades de cada raça no momento do corte, está com preços promocionais. “E quem preferir preços mais em conta pode montar pacotes de banho se tosa, ou apenas tosa”, enfatiza. Já Natália ressalta que os banhos e as tosas devem ser

Dia 12 de abril, das 14h às 18h, a Toko de Gente vai realizar uma tarde de Páscoa com muitas guloseimas e o sorteio de uma linda cesta de Páscoa. Programe-se, visite a loja e confira as novidades.

Liquidação Audaciosa

Na liquidação de outono da Audaciosa tem conjuntos, blazers, jaquetas de jeans e couro, camisas, camisetes, calças jeans e muito mais com descontos de 30% a 50% à vista ou parcelado nos cartões. A liquidação é válida até o dia 12 de abril. A Audaciosa fica na Marcílio Dias, 1186. O telefone é 3242 3679.

agendados. A Toka Petshop funciona em horário comercial de segunda a sexta-feira e aos sábados pela manhã. Em breve será adotado o serviço de telebusca e tele-entrega dos mascotes. E já que a Páscoa está chegando, a loja possui muitos coelhos para presentear as crianças. Lá os clientes também encontram peixes, pássaros e todos os acessórios para esses animais, como gaiolas, bebedouros e comedouros, assim como uma variada linha de rações e alimentos para suprir as necessidades de cada fase.

Onde Hipólito Ribeiro, 149 E - Telefone: 3241 4528

Pub Seu Jorge

O Pub Seu Jorge reabre suas portas dia 3 de abril, às 20h, com os shows de Trio Clave e Long Neck. O bar tem muitas novidades e o ambiente está remodelado. Boa opção para a noite de quinta-feira.

Pashiminas Prata & Prata

Para montar um look moderno e sofisticado a Prata e Prata selecionou pashiminas da nova coleção para você usar e dar um “up” na produção. Não deixe de conferir.

Novidades Junto Misturado

Você já conhece os bonés aba reta da Junto Misturado? Não?Então visite a loja e confira as novidades que acabou de chegar. Além de toda a coleção nova de bonés, lá você também encontra moletons,cangurus,calças,vários modelos de camisetas e muito mais. A loja fica na rua Flores da Cunha, 72.


04 Fogo Cruzado

BAGÉ, 1º DE ABRIL DE 2014

JORNAL MINUANO

Sidimar Rostan

sidimar_frostan@hotmail.com @sidirostan

CPI em dose dupla

Vereadores encaminham instauração de Comissões de Inquérito para investigar denúncias encaminhadas por sindicatos Com assinaturas suficientes para instaurar as Comissões Parlamentares de Inquérito (CPI´s) mobilizadas a partir de denúncias dos sindicatos que representam o funcionalismo municipal, os vereadores que compõem as bancadas do PTB, PP, PMDB e PRB, optaram pelo debate em plenário. A intenção é oferecer ao PT e ao PR a chance de manifestar uma posição pública. A criação dos dispositivos, portanto, deve ser formalizada nas próximas sessões. Nove parlamentares assinaram os requerimentos protocolados na manhã de ontem (Esquerda Carneiro, Geraldo Saliba, Bocão Bogado, Carlinhos do Papelão e Divaldo Lara, pelo PTB, Sônia Leite e Antenor Teixeira, pelo PP, Uílson Morais, pelo PMDB, e Edimar Fagundes, pelo PRB). A primeira CPI visa investigar possíveis irregularidades no Parque do Gaúcho; incluindo prestações de contas, transferências de recursos, aquisição de material e respectivos processos licitatórios, contratação de mão de obra, folha de pagamento, cobrança

de taxas e utilização do espaço por particulares. A comissão também deve solicitar informações sobre os convênios celebrados pelo executivo com a Associação São Pedro e Santa Casa de Caridade de Bagé. A segunda CPI contempla a investigação de supostas irregularidades na folha de pagamento dos funcionários do Executivo; incluindo desvios de função, pagamentos e contratações irregulares, contratos de pessoas jurídicas ou físicas e respectivos processos licitatórios, incluindo eventos realizados e irregularidades no Fundo de Pensão e Aposentadoria do Servidor (Funpas). Cada comissão será composta por cinco vereadores, observando a representação proporcional dos partidos políticos que integram a Câmara. Na prática, a CPI, que é formada pelo prazo de 120 dias (prorrogáveis automaticamente por igual período, se houver necessidade), viabiliza a convocação de autoridades do executivo, incluindo o prefeito e os secretários. O presidente do Legis-

lativo, vereador Uílson Morais (PMDB), defendeu a iniciativa como ferramenta de transparência. “A Câmara tem recebido muitas denúncias, e nós, como legisladores, não podemos deixar de fiscalizar. Esse é o nosso papel, e por isso considero este um ato muito importante para a cidade e para a Casa”, enfatizou. Movida pela mesma intenção, a vereadora Sônia Leite (PP) protocolou pedido de informações, requerendo esclarecimentos junto à Secretaria de Educação, referente à relação nominal, matrícula, carga horária, função por local de trabalho de todos os servidores da pasta; incluindo estatutários remunerados e não remunerados, celetistas, FG’s e CC’s, cedidos, permutados, estagiários remunerados e não remunerados, licenciados, férias, convocações e relação de servidores detentores de bolsas. “Temos informações anteriores, e queremos comparálas com o que os dados que solicitamos. Nosso trabalho sempre foi e será pautado por documentos”, pondera.

Milena Abott encerrou um capítulo importante de sua trajetória política com a participação na sessão ordinária de ontem. O mandato assumido na sexta-feira, 28, em ato realizado no gabinete do presidente Uílson Morais (PMDB), deve ser interrompido hoje, em detrimento de um contrato firmado com a Universidade Federal do Pampa (Unipampa), que a impede de ter vencimentos

de dois serviços públicos. Antes de formalizar sua licença, entretanto, a vereadora pode conhecer a dinâmica interna da Câmara em um dia de ânimos agitados. E a avaliação foi positiva. “Assumi o mandato em resposta àqueles que acreditaram no meu projeto. Devia este retorno a eles, e à sociedade de Bagé. A curta experiência na Câmara me surpreendeu pela receptivida-

de. E, se a conjuntura favorecer, creio que posso retornar à Casa até o final do ano”, antecipa. Jandir Colaço Paim deve assumir a vaga do PT na legislatura amanhã; e com motivos de sobra para comemorar. O então sexto suplente, que contabilizou 578 votos no pleito de 2012, completou 60 anos ontem, com a confirmação de seu mandato.

ANTÔNIO ROCHA

Nove vereadores assinaram o pedido de instauração das CPI’s

Situação terá a chance de marcar posição Os vereadores que articulam a instauração das duas Comissões mobilizadas com base em denúncias do Sinprofem (Sindicato dos Professores e Funcionários dos Estabelecimentos de Educação Municipal de Bagé), e do Simba (Sindicato dos Municipários de Bagé), optaram por formalizá-las através de votação em plenário – o que deve ocorrer nas próximas sessões ordinárias. Com a adesão da maioria, o movimento oferece à situação uma chance de marcar posição publicamente. E o líder do PTB, vereador Divaldo Lara, acredita que a medida

confere ainda mais credibilidade ao processo. “Aqueles que não têm nada a esconder poderão se manifestar a favor”, sentencia. O líder do governo na Câmara, vereador Omar Ghani (PT), entretanto, sustenta que as CPI’s poderiam ser evitadas. “O nosso entendimento é de que estas comissões parlamentares têm o intuito de desgastar o governo. Mas o governo está à inteira disposição para prestar informações. Aliás, não é de nosso conhecimento qualquer notificação ou pedido de informação direcionada ao prefeito”, conclui.

Missão cumprida

Milena deve licenciar-se do cargo ainda hoje

ANTÔNIO ROCHA


Fogo Cruzado 05 JORNAL MINUANO

BAGÉ, 1º DE ABRIL DE 2014

Vítima da própria postura Diretor do Daeb é afastado por decisão judicial

Antônio Kiwal Fagundes Parera foi afastado ontem do Departamento de Água e Esgotos de Bagé (Daeb). No entendimento do judiciário, sua saída é imprescindível para o andamento do processo de esvaziamento da cava que dará origem à barragem da Arvorezinha. Mas para o prefeito Dudu Colombo (PT), que acatou a decisão da medida cautelar, o administrador da autarquia foi simplesmente motivado pela intenção de zelar pelo bem da administração pública. O certo é que a postura, independente do ângulo de visão, não favoreceu o gestor. Na medida assinada na sextafeira, 28 de março, o juiz Gustavo Chies Cignachi, da Vara Federal de Bagé, sustenta que Kiwal, “apesar de pareceres favoráveis da procuradoria municipal, e de ter ciência da ordem judicial de esgotamento hídrico da obra da barragem, em auxílio à Polícia Federal, tem imposto inúmeros entraves burocráticos, que colocam em risco o andamento dos trabalhos”.

O procedimento de retirada da água do local é medida indispensável para a realização da perícia, que faz parte do processo instaurado no ano passado, e confirmada pela Corte Regional, para garantir a antecipação da prova técnica. Para tanto, foi deferido e determinado o procedimento com uso do aparato administrativo do Município de Bagé, especialmente sua autarquia de água (Daeb). A decisão de pedir o afastamento de Kiwal foi tomada com base em circunstâncias relatadas por oficiais de justiça, que, de acordo com o juiz Cignachi, “demonstram, pelo menos para fins cautelares, um agir do diretor do Daeb conscientemente voltado a provocar danos ao procedimento e impedir o andamento da Justiça”. O assunto também foi tratado com zelo pelo prefeito Dudu Colombo, que convocou uma entrevista coletiva para comunicar o afastamento de Kiwal e anunciar seu substituto. O chefe do executivo afirmou que a autarquia dispõe de poucos profissio-

nais habilitados para o serviço em seu quadro, e que o diretor apenas cumpriu a legislação municipal, que impede que os servidores trabalhem mais de 60 horas-extras mensais. “Isso foi feito para evitar um eventual apontamento por parte do Tribunal de Contas do Estado”, completa. Dudu garante que a prefeitura e o Daeb dispuseram todos os recursos necessários para viabilizar a remoção da água. “E a administração seguirá dando todo o suporte. Inclusive devemos extrapolar esta determinação da legislação, de limitação das horas-extras, diante da prerrogativa de justificarmos a necessidade”, pondera. Kiwal não compareceu à coletiva. Sua ausência também não foi explicada. Durante a tarde, a reportagem do MINUANO tentou contato com o diretor, mas não obteve sucesso. A direção da autarquia foi entregue ao servidor Jéfferson Alex de Oliveira Neves, pelo menos provisoriamente, já que a prefeitura preten-

Manifestação irreverente O sabor da crítica nem sempre é amargo. Pelos menos não quando o interlocutor recorre a um bolo de chocolate para materializá-la. Pois com a irreverência que lhe é inerente, foi assim que o vereador Bocão Bogado (PTB) criticou o primeiro

ano de um prazo associado à entrega da barragem da Arvorezinha. “Anunciaram que a obra seria entregue no dia 1º de abril, mas não será. Então está aqui, a comemoração pelo primeiro ano dessa promessa”, ironizou. A iniciativa, no

mínimo inusitada, merece registro justamente por ter arrancado risos de praticamente todo o plenário.

Bocão manteve a linha irreverente, característica de seu mandato

FRANCISCO BOSCO

Prefeito disse que disponibilizou todos os recursos viáveis para viabilizar a remoção da água da barragem de formalizar um pedido junto à Justiça para tentar reverter a decisão do afastamento de Kiwal. Divulgação


06 Campo & Negócios

BAGÉ, 1º DE ABRIL DE 2014

JORNAL MINUANO

Farsul propõe alterações no seguro rural A Federação da Agricultura no Estado do Rio Grande do Sul (Farsul) defende alterações no formato do seguro rural no país. Entre as medidas defendidas está a cobertura de 100% do valor do custeio contratado para todos os produtores, no caso do Proagro, e a cobertura mínima de um equivalente a 28 sacos de soja por hectare em qualquer município gaúcho, no caso do Programa de Subvenção ao Prêmio do Seguro Rural. Representantes do Banco do Brasil e da diretoria da Farsul se reuniram na semana passada, em Porto Alegre, para que os produtores apresentassem essas e outras sugestões. Segundo o presidente do Sistema Farsul, Carlos Sperotto, negociar a melhora do sistema atual, dando mais garantias ao produtor, é uma das prioridades da federação. Segundo o presidente da Comissão de Crédito Rural da Farsul, Elmar Konrad, o Proagro e o programa de Subvenção ao Prêmio do Seguro Rural ainda não atendem aos interesses dos agricultores. “A cobertura do Proagro é insuficiente. A do Programa de Subvenção ao Seguro Rural também não é adequada, e ainda faltam recursos para subvencionar toda a demanda”, afirma o dirigente. Para ele, com as atuais regras, a resolução 4.235/2013, do Banco Central, que obriga a contratação de algum tipo de seguro agrícola para crédito de custeio a partir de 1º de julho, deve ser revogada.

Gerson Raugust/especial JM

Dirigentes da federação trataram do assunto com representantes do Banco do Brasil A previsão orçamentária para a subvenção de seguro neste ano é de R$ 700 milhões. “Para atender toda a demanda, seria necessário um valor maior”, afirma Konrad. Além da falta de recursos, os produtores alegam que o limite de valor a ser segurado é muito menor do que a necessidade, em caso de frustrações de safras. Enquanto a produtividade média da soja esperada para este ano no Estado, segundo a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), é de 42 sacos por hectare, o seguro cobre apenas 22,34 sacos por hectare, em

média, nas lavouras gaúchas. O custo médio para ter essa cobertura fica em 10,22% do valor contratado, uma parte paga pelo governo federal por meio da subvenção (60% é a contribuição da União em municípios prioritários e 40% em municípios não-prioritários). “O limite de cobertura, que varia de 18 a 32 sacos por hectare no Estado, conforme o município gaúcho, deve ser revisto, levando-se em conta a tecnologia aplicada e a realidade de produtividade da lavoura de cada produtor. Na verdade, todas essas definições deveriam ser feitas

de acordo com cálculo atuarial realizado com participação da representação dos produtores, mas hoje isso é feito unilateralmente”, disse Elmar Konrad. O mínimo amparado, em qualquer município gaúcho, deverá ser 28 sacos por hectare. No Proagro, o grande problema é a extensão da cobertura. Atualmente, ela varia de 70% a 100% do valor financiado, evoluindo gradualmente a cada ano em que não há sinistro. Como em média apenas 60% do custo da lavoura são financiados, a cobertura fica reduzida. “Em média, se o custo de produção de uma lavoura de soja é de R$ 1,5 mil por hectare, menos de R$ 700 são cobertos pelo Proagro. Esse procedimento existe desde 28 fevereiro de 2008, com a portaria 3.544 do Banco Central, que precisa ser revogada, elevando o nível de cobertura a 100% do valor financiado para todos, como atualmente procede para os produtores enquadrados no Pronaf”, conclui Konrad. Participaram da reunião o gerente de agronegócios da superintendência do Banco do Brasil no Estado, João Paulo Comerlato, além dos executivos do banco e da seguradora BB Mapfre Luiz Antonio Digiovani, Daniel Nascimento, Marcelo Chaves e MarceloVicentini. Pelo Sistema Farsul, também esteve presente o superintendente da Casa Rural – Centro do Agronegócio, José Alcindo de Souza Ávila.

Novo preço mínimo do trigo fica abaixo do esperado pelos produtores O presidente da Comissão do Trigo da Farsul, Hamilton Jardim, acredita que o novo preço mínimo do grão terá impacto negativo no momento do produtor decidir sobre o plantio da próxima safra. O Conselho Monetário Nacional aprovou correção de 5% no preço mínimo do trigo, passando de R$ 31,86/60 kg para R$ 33,45/60 kg, o que corresponde a R$ 557,50/ tonelada, para a classe Pão, tipo 1, na região Sul. Foram também definidos os preços mínimos para sementes de aveia, cevada e triticale, com

reajuste médio de 14,55%, e ainda novos valores para aveia, canola, cevada, girassol e triticale. Hamilton Jardim lamentou que o reajuste seja três vezes maior para os demais grãos de inverno. “Para o trigo, nem repõe a inflação do período. Tínhamos pedido 17% para pelo menos empatar com o aumento no custo de produção. O reajuste representa 30% do nosso pedido. O produtor terá que colher 55 sacos por hectare para empatar com o custo e na última safra, com exce-

lente produtividade, foram colhidos 50 sacos. O cenário é de desestímulo para a nova safra”, ressaltou Hamilton. Segundo ele, a comercialização está fluindo bem no momento porque a Argentina não está vendendo para o Brasil todo o trigo previsto. “Quem tem trigo segregado está conseguindo até R$ 40/60 por kg”, destacou Hamilton Jardim. A Farsul está realizando campanha pela segregação do cereal considerado um diferencial para remuneração do grão.


Cidade 07 JORNAL MINUANO

BAGร‰, 1ยบ DE ABRIL DE 2014


08 Cidade

BAGÉ, 1º DE ABRIL DE 2014

JORNAL MINUANO

Segunda etapa do carnaval fora de época contou com menor público

ANTÔNIO ROCHA

Depois das intempéries do tempo que atrasaram ainda mais o carnaval de Bagé, a noite de ontem foi dos desfiles dos blocos carnavalescos do primeiro e segundo grupos e blocos burlescos do segundo grupo, cumprindo a segunda etapa das apresentações. Como o primeiro que deveria se apresentar, Vila Imperial, não compareceu, o desfile só começou por volta das 22h, hora marcada para a segunda entidade, o Bom Cabrito Não Berra. Com um samba-enredo que exaltou os 50 anos da entidade, o bloco

levantou o público presente. No total, nove entidades passaram pelo sambódromo. Devido ao fato de ser uma segunda-feira, o público foi visivelmente menor do que do final de semana, embora não tenha sido contabilizado oficialmente até o final de semana. Se o tempo colaborar, hoje acontece o desfile das escolas de samba Academia de Samba Unidos do Bairro Bonito, Escola de Samba Imperadores do Povo Novo, Escola de Samba Unidos do Estrela D´Alva e Escola de Samba Aliança, a partir das 21h.

Coleta de sangue do Hemopel troca Hospital Universitário pelo 25º GAC nesta semana Realizada todas as quartasfeiras, a coleta de sangue coordenada pelo Hemocentro de Pelotas (Hemopel) não ocorrerá no Hospital Universitário (HU). Excepcionalmente esta semana, a coleta será realizada no 25º Grupo de Artilharia de Campanha (GAC). Conforme explica Thaís Brasil, da 7ª Coordenadoria Regional de Saúde (7ªCRS), há algum tempo já vinha sendo realizada uma sensibilização nos quartéis para que os militares doassem sangue. A proposta foi bem aceita, e nesta semana será a vez do exército brasileiro contribuir com a saúde pública diretamente dentro do quartel. Entre as 8h30min e às 18h de quarta e quinta-feira (02 e 03), a equipe de coleta do Hemopel estará instalada na organização militar. Como a equipe não possui infraestrutura para atender os dois locais, 25º GAC e HU, ao mesmo tempo, optou-se por manter

os dois dias somente para os militares. Segundo informações da 7ª CRS, que serão mais de 200 recrutas participando da coleta. Os exames realizados com o material serão utilizados pelo exército para constar na ficha dos soldados. Segundo a assistente social do Hemopel, Cláudia Nunes, o contingente será expressivo e a expectativa é de que a coleta seja altamente satisfatória, já que os candidatos devem ultrapassar as duas centenas. “É bom ressaltar que a comunidade não vai ficar desassistida, porque a coleta deve ser expressiva. De qualquer forma, retornamos na próxima quarta-feira ao HU”, adianta. Nas últimas semanas, o número de bolsas tem ficado aquém do necessário. Nas primeiras duas quartas de março, o número de candidatos não ultrapassou 35. Na coleta da semana passada, os voluntários compareceram com maior

FRANCISCO bosco

Organização militar deve receber equipe de Pelotas na quarta e quinta-feira peso, mas ainda assim a coleta não foi o esperado. “Conseguimos 46 candidatos. Mas o que é interessante ressaltar é que das bolsas

coletadas, a maioria foi de voluntários, que vieram de coração aberto doar, e não de reposição de estoque necessária”, comenta.


Cidade 09 JORNAL MINUANO

BAGÉ, 1º DE ABRIL DE 2014

Greve da CEEE-D resulta em filas de espera para solicitação de atendimento residencial

Servidores da Unipampa iniciaram movimento e agentes penitenciários estão paralisados FRANCISCO bosco

O maior reflexo para a população com a greve dos funcionários da Companhia Estadual de Energia Elétrica Distribuidora (CEEE-D), que iniciou ontem, foi a demora no atendimento para serviços de energia elétrica. A segunda-feira foi também o primeiro dia de greve dos técnicos administrativos da Universidade Federal do Pampa (Unipampa). Os agentes penitenciários também estão paralisados na cidade desde o dia 25 de março e podem também decretar estado de greve.

Senergisul O diretor estadual do Sindicato dos Eletricitários do Rio Grande do Sul (Senergisul), Ubiratan Almeida Noble, informou que dos 112 funcionários da CEEE, 40 estão trabalhando normalmente. “Pela lei de greve precisamos manter 30% em serviço, ainda temos um pouco mais que este número”, diz. Os serviços programados, segundo o diretor, estão suspensos. Há apenas uma equipe trabalhando e os trabalhos que exigem urgência, como saúde e segurança pública, tem prioridade. Além destes reflexos, os outros atendimentos estão mais demorados que o normal. “Temos somente uma caminhonete. As ligações de falta de luz, por exemplo, vão para uma lista e entram na fila para serem atendidas”, fala.

Noble conta que durante a manhã de ontem, a CEEE apresentou uma nova contraproposta ao sindicato, que foi recusada. A empresa ofereceu um reajuste de 5,38%, aumento no vale-alimentação de 5,62% e para o auxílio saúde de 7,27%. “Para os outros pedidos o reajuste foi zero. Esta foi a primeira proposta que analisamos já durante a greve”, diz. Os funcionários pedem, além de um reajuste de 12%, correções em bônus alimentação, gratificação de farmácia, auxílio educação, valetransporte e auxílio saúde.

Sindipampa Na Unipampa ainda não há uma contagem dos servidores que aderiram. Segundo o coordenador do Sindipampa, Diogo Alves Elwanger, a primeira manifestação deve acontecer hoje pela manhã, em frente à reitoria. Para os alunos, o reflexo da greve será a falta de alguns serviços. “As bibliotecas não vão abrir, não há expedição de documentos e todo o apoio administrativo entre os campus”, informa. Com a proximidade do recesso, Elwanger conta que os alunos não devem sofrer reflexos da paralisação das atividades. Entretanto, caso os estudantes voltem às aulas e nenhuma negociação tenha sido concluída, as matrículas presenciais serão prejudicadas. Na Unipampa, entre

as exigências dos técnicoadministrativos está o pedido de aprimoramento da carreira, aumento da representatividade dos servidores e jornadas de 30 horas semanais, por exemplo. O coordenador do Sindipampa contou que a primeira proposta apresentada não foi aceita por não contemplar os principais pedidos. “O reajuste de 5%, as 30 horas e a representatividade são alguns dos pontos principais. O governo falou somente em igualdade no Conselho Universitário”, disse.

Atendimento está mais demorado FRANCISCO bosco

Amapergs Conforme a agente penitenciária, Cláudia Machado, os agentes penitenciários não realizaram manifestações ontem porque uma nova proposta foi analisada. “Recebemos a proposta e agora vamos fazer a análise”, diz. Segundo Cláudia Machado, a paralisação teve cerca de 30 a 35% de adesão entre os 66 funcionários do quadro. O administrador do Presídio Regional de Bagé, Márcio Alencar Morales, informou que o trabalho continua normalmente. “Não deixamos de fazer nada”, afirma. Os agentes penitenciários se reuniram ontem. Caso a greve seja deflagrada, pode iniciar no dia 2 de abril. O maior pedido da classe é a redução para 25 anos no tempo necessário de aposentadoria para as mulheres.

Bibliotecas fechadas são um dos reflexos

Paralisação começou na semana passada

ARQUIVO/JM


vIVIANE bECKER viviminuano@hotmail.com

Sessão especial marca os 20 anos do Jornal MINUANO Na manhã de ontem, o Jornal MINUANO recebeu o carinho e a homenagem pelos 20 anos do periódico mais querido da comunidade bajeense. A equipe esteve reunida para participar da sessão especial que aconteceu na Câmara de Vereadores através da proposição do vereador Divaldo Lara. Na social de hoje, fiz questão de mostrar parte da equipe de profissionais que diariamente atuam nos bastidores do jornal, que ajuda a contar e eternizar a história de Bagé. Clicks Francisco de Assis

Ar Qu Ro

Departamento administrativo: Angelina Britto, Fábio Silveira, Marcos Goulart, Armando Leguissamo, Artur Moreira, Miriam Cloque, Bruna Xavier e Suélen Vieira Conceição

A equipe Antônio R

Esta colunista, Orlando Carlos Brasil, segundo editor do Jornal MINUANO, Dora Beledo

Redação: os jornalistas Márcia Sousa, Marcel Nunes, Sidimar Rostan, Daiane Lima, Melissa Louçan, Fernanda Rostan, Dora Beledo, Maritza Costa Coitinho, o motorista Antônio Ojeda e essa colunista

A repórter Jaqueline Muza, Angelina Quintana e Fernando Tólio

ANIVERSÁRIOS

José Dalmiro Caminh Leomar Munhós Alve Pablo Henrique Gutie Carlos Magno Cezarin Veronice Câmara da Antônio Ubirajara Fe Jorge Alberto Soares Jorge Schafhauser Jún


Social 10/11 JORNAL MINUANO

CURTAS SICREDI TRAZ A BAGÉ FESTIVAL “O RIO GRANDE CANTA O COOPERATIVISMO” O Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo do Estado do Rio Grande do Sul (Sescoop/RS), através do Sicredi Fronteira Sul traz a Bagé uma das etapas finais do festival itinerante “O Rio Grande Conta o Cooperativismo”. Uma grande estrutura de som, luz e palco será montada para a apresentação prevista para acontecer no dia 7 de novembro, onde também haverá apresentação de um show de uma banda conhecida nacionalmente. O Sicredi convidou as entidades locais Apatur, Aciba, Aje, Cobame, Sindilojas, Conselho Municipal de Turismo, Camal, Associação Rural, Unicred e o poder público para constituir comissões que possam contribuir no processo de organização do evento. O festival está entre os cincos melhores do Brasil e já passou por diversas cidades do Estado e este ano chega como um presente para Bagé.

reitora da Urcamp Lia Maria Herzer uintana, o diretor executivo Aurelino ocha e a editora geral Márcia Sousa

Gladimir Aguzzi, ex-colunista do Jornal MINUANO e assessor do vereador proponente da sessão solene, Divaldo Lara

14 ANOS DO SABOR EM SINTONIA A querida Cenir Mendes Costa está envolvida com a festa que irá marcar a comemoração dos 14 anos do seu programa Sabor em Sintonia, que vai ao ar todos os domingos às 9h30min, pelas ondas da Rádio Difusora. O jantar por adesão acontece no dia 22 de maio no Restaurante do Obinotel. Os convidados serão os entrevistados que participaram do programa em todos esses anos. Em breve estaremos divulgando mais informações sobre a festa.

LEILÃO DE TAPETES PERSAS, CRISTAIS EUROPEUS E PRATARIAS Stefânia Corrêa, Rachel Morgado em parceria com Nicholas Bublitz estarão realizando em Bagé, no dia 29 de abril a segunda edição do leilão de tapetes persas, cristais europeus e pratarias. Elas informam que são peças novas, artesanais de excelente qualidade e ótimos preços. A pedido desta colunista a arquiteta Rachel Morgado organizou um material exclusivo e especial sobre como decorar com tapetes persas, para ser publicado no Caderno Ellas. Aguardem!

e de fotógrafos: Francisco Bosco, Rocha e Francisco de Assis

ha es erres no Silva ernandes Maidana nior

BAGÉ, 1º DE ABRIL DE 2014

A revisora Simone Gonçalves e o diagramador Mário Pereira

5º CORDEIRO E VINHO O Rotary Club de Bagé Rainha da Fronteira promove no dia 26 de abril, na sede campestre do Clube Caixeiral mais uma edição do evento que já virou tradição na cidade: Cordeiro & Vinho. Os convites podem ser adquiridos no valor de R$ 50 com os companheiros do Rotary, Carlos 9948 3586, Cabrera 9976 2633 e José Alfredo 9972 2826.

GRAVAÇÃO DO DVD DO CATUÍPE NA SPERANTO Na próxima sexta feira, na Speranto acontece a gravação do DVD do Catuípe além do show com a Pagodeira do Henry e Banda direto de Pelotas e na Pista o DJ Felipe Ratto. Não deixe de colocar seu nome na lista vip com Josi Martins (9947 4444) e Maurício Lacerda Vargas (9993 2488) e garanta sua consumação.

80 ANOS DO BAGÉ TÊNIS CLUBE Departamento Comercial: Rosane Coutinho, Fabrício Becker, Ion Cunha, Dulce Dias, Adriana Robaina e Flávio Acosta

Marilaine Trindade Rodrigues Sônia Marilene Leites Mara Elaine Borges Moisés Souza Ferraz Ana Paula da Silva Moreira Carine Maciel Gomes Fidel Franklin Fau Eduardo Soria Veloso

Pabla Isadora dos Santos Hobuss Paulo Cezar Pinto Holmos Lúcia Beatriz Alves Oliveira Rodrigo Sarasol Nicolas Alves Branco Gonçalves Antônio Carlos Couto Quadros

No dia 5 de abril o Bagé Tênis Clube irá promover o jantar baile em comemoração aos 80 anos do clube. A festa inicia às 21h30min com animação da banda Horizonte e DJ Flávio Silveira informa o porta-voz do clube Paulo Vieira.


12 Cidade

BAGÉ, 1º DE ABRIL DE 2014

JORNAL MINUANO

Smau e Smed são as secretarias mais afetadas com a greve do funcionalismo Manifestantes aguardam encontro com o prefeito para quarta-feira Em greve há cerca de 20 dias, os servidores públicos municipais mantêm o movimento. Ontem, o Jornal MINUANO fez contato com as principais secretarias para verificar quantos servidores estão paralisados. Em algumas, como a Secretaria Municipal de Atividades Urbanas (Smau), a paralisação traz prejuízos. Dos 143 funcionários, 43 estão sem trabalhar. No setor de iluminação pública, nove dos dez trabalhadores pararam as atividades. “Precisamos trabalhar juntos e contratar uma empresa para a iluminação do sambódromo nestes dias de carnaval. Estamos priorizando as emergências”, disse o coordenador do setor de iluminação, Augusto Saraiva. Outra secretaria bastante afetada é a de Educação, na qual, 155 servidores estão parados. Na Secretaria de Saúde são 44 profissionais sem trabalho. Já em outras pastas, apenas uma pequena parte do efetivo paralisou, como no Planejamento (cinco), Secretaria Municipal de Transporte e Circulação (oito) e Secretaria de Desenvolvimento Econômico

FRANCISCO bosco

ANTÔNIO ROCHA

Ontem, grupo mais uma vez ocupou a Câmara

Serviço de manutenção urbana está prejudicado

(2). Em outras, nenhum servidor parou, entre elas Secretaria do Esporte e Lazer e Secretaria de Habitação. Na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural, onde cinco dos 67 funcionários entraram em greve, a manutenção das estradas rurais chegou a ficar prejudicada nos primeiros dias. Agora, como os funcionários pa-

cerca de 300 servidores, 150 deles do Sindicato dos Professores e Funcionários dos Estabelecimentos de Educação Municipal de Bagé (Sinprofem). A estimativa é de que Bagé conte com três mil funcionários públicos. A presidente do Simba, Mariley Correa, e o presidente do Sinprofem, Loi Vaz Lacerda, dizem que a mobilização continua

rados estão em diversos setores, o trabalho ocorre normalmente. Diariamente, um levantamento oficial de grevistas é feito pela prefeitura. O dia de ontem fechou em 284 servidores parados. O número começou em 222, tendo pico de 308 no dia 25 de março. O Sindicato dos Municipários de Bagé (Simba), contabiliza

nesta semana. Uma reunião com o prefeito foi agendada para esta quarta-feira, às 18h, atendendo ao pedido dos sindicalistas feito na semana passada. “Nossa expectativa é que se chegue a uma solução”, finaliza Mariley. As principais revindicações da classe são a reformulação do plano de carreira e dos níveis do piso municipal de salário.


Cidade 13 JORNAL MINUANO

BAGÉ, 1º DE ABRIL DE 2014

MINUANO é homenageado na Câmara de Vereadores pelas duas décadas de história

FOTOS ANTÔNIO ROCHA

Angelina recebeu um dos cinco quadros com a primeira edição

Lara destacou a contribuição do impresso para a democracia bajeense

O jornal agiliza a transformação e mudança de pensamentos e comportamento dos leitores A trajetória de 20 anos do Jornal MINUANO foi mostrada, ontem, na Câmara de Vereadores de Bagé. A homenagem, proposta pelo vereador Divaldo Lara, aconteceu no plenário Lígia Almeida e teve a participação de funcionários atuais e antigos do impresso. O periódico, completa hoje, duas décadas de fundação. O proponente da sessão falou sobre a importância do jornal para a população e para quem reside fora do município. Ele lembrou que o contraponto das notícias veiculadas, são imprescindíveis para a democracia. “O MINUANO está entre os três periódicos com mais longevidade que já existiram na cidade”, salienta. Durante a solenidade Lara mostrou uma obra de sobreposição do fotógrafo, Julinho Pimentel, que mostra um homem sentado na praça Carlos Telles, lendo um exemplar do Minuano tendo a Catedral de São Sebastião compondo o cenário. Logo após, foi entregue uma placa de Honra ao Mérito a reitora da Universidade

da Região da Campanha (Urcamp), Lia Quintana, e ao diretor geral do jornal, Aurelino Rocha. Conforme o diretor, o jornal tem procurado nesses 20 anos, se adaptar às novas tecnologias. Ele comentou que atualmente, com o novo site, tem cerca de 25 mil acessos diários. “O jornal agiliza a transformação e mudança de pensamentos e comportamento dos leitores”, destaca. Além disso, o diretor garantiu que o periódico continua com a mesma essência desde a fundação. “Propomos reflexões aos leitores, e procuramos nos adequar com novas tecnologias acompanhando a evolução”, disse.

tre os alunos e o jornal deu certo e o impresso cresceu chegando aos 20 anos”, ressalta.

Obra mostra a importância do periódico para a cidade

Primeira editora

A jornalista Angelina Quintana, primeira editora do periódico, em 1994, data da fundação, salientou que o MINUANO foi um projeto que deu certo. Ela contou que grande parte da comunidade não acreditava na proposta. “Foi um impresso que nasceu sem donos e iria

expressar todos os anseios da população através da diversidade de opiniões”, conta. Angelina também recordou que o impresso deveria ter iniciado suas atividades no meio de março e devido a situações pessoais houve o atraso. “Foi difícil nascer no “dia dos bobos” e convencer

que mostraria a verdade”, comenta. A jornalista destacou o trabalho da equipe inicial e principalmente de um dos fundadores, Brenorlei Silveira, que empregou o capital para o início do periódico. “Ele entrou com a verba e a equipe com o trabalho. Acreditamos que o MINUANO se tornaria uma grande empresa”, garante. Para Angelina, o Minuano é um filho. “Foi um projeto que acalentei com muito carinho”, reconhece.

Encerramento No final da sessão, foram entregues quadros, com a primeira edição do impresso, para Lara, Angelina, reitora e presidente do Legislativo, vereador Uílson Moraes.

Reitora

A reitora da Urcamp, Lia Quintana, comentou que o jornal surgiu da necessidade de dar voz à comunidade. Lia observou que a partir de 1996 com a implantação do curso de Comunicação Social da universidade o periódico passou a ser um laboratório. “A troca de experiências en-

Campanha dos 20 anos foi apresentado para equipe na noite de ontem


14 Lazer

JORNAL MINUANO

Horóscopo ÁRIES

O mês está terminando hoje, sob o impulso poderoso da Lua nova de ontem, em seu signo. Hoje, a Lua em contato áspero com Marte pede cuidado com a saúde, com as atitudes ríspidas, os gestos bruscos e as situações potencialmente perigosas.

Luluzinha Teen

BAGÉ, 1º DE ABRIL DE 2014

TOURO

Clima astral tenso fecha março com oscilações que irão colocar a prova sua fé em certas filosofias, testando suas crenças. Situações que já estavam cansativas ou difíceis tendem a se tornar insustentáveis, progressivamente. Seja flexível e continue paciente!

GÊMEOS

Cruzada

Resumo das novelas Malhação - GLOBO - 17h Todos se emocionam no casamento de Raíssa e João Luiz. Solange convida Gustavo para ir à sua casa. Bernardete e Abelardo tentam namorar, mas o suposto fantasma de Caetano os atrapalha novamente. Ben e Sofia discutem, já que ela não ajuda em nada dentro de casa. Sofia atende a uma chamada de Cícera no computador e conversa com a mãe de Ben. Zelândia e Caetano comemoram o afastamento de Abelardo e Bernardete. Fábio passa a noite com Luciana, que tenta disfarçar para Omar. Martin e Micaela finalmente conseguem ficar juntos. Raíssa fica apreensiva com o sumiço de Solange, e Anita avisa que a tia está com Gustavo. Junior e Guilherme fazem planos para sua banda. Anita decide ir até a instituição para menores e pede ajuda a Júlia. Luciana dá abrigo a Bernardete. Zelândia provoca Maura com sua nova riqueza. O time do Destaque vence uma partida com boa atuação de Serguei. Anita e Júlia chegam à instituição e procuram o psicólogo que acompanhou o caso de Antônio.

Semana começa sob a vibração arrevesada dos astros no seu setor amoroso e social! Março termina e traz um pedido: não fique na dúvida sobre a conduta a seguir com filhos e amores. Desde que você aja com sutileza e segurança, poderá neutralizar situações difíceis.

CÂNCER Cuide-se hoje, começando a semana de leve, com carinho por si mesmo. Poderá sofrer ataques e cobranças se insistir em fazer da sua lei pessoal, a conduta geral que deve ser aplicada a todos. Temas como maternidade, casa e família merecem atenção e flexibilidade.

LEÃO A Lua em Áries, ainda, é sempre um sinal de mais ânimo e entusiasmo pra você. Assim, a semana começa bem com energia e animação. Mas é preciso fechar março com um pouco de paciência também: ao lidar com organizações, clubes e associações, escute mais.

Joia Rara - GLOBO - 18h Manfred ameaça tirar a vida de Marlene caso ela tente fugir novamente. Dália conta para Ernest que Manfred está com Pérola. Lola e Aurora vão para o hospital ganhar os bebês. Marlene foge do esconderijo. Manfred se desespera ao notar que Pérola está doente e pede ajuda para Gertrude. Laura deixa a joalheria aos cuidados de Décio para acudir Gaia, que passa mal. Décio pega as joias na gaveta. O delegado descobre o endereço onde Pérola está escondida.

VIRGEM Lua e Marte fecham o tempo astral e o mês de março trazendo clima tenso ao setor financeiro. Tem coisas que você tem de fazer, outras espera que o cônjuge ou sócio faça. Não espere a disposição alheia, há decisões que precisará tomar independente dos outros.

LIBRA

Marte, em seu signo, recebe áspero e passageiro aspecto da Lua em Áries, configurando um fim de mês difícil para os relacionamentos em geral. Como você está em dúvida, e não sabe se volta atrás ou segue adiante, provocará a ira alheia. Simplifique, decida, não postergue.

Além do Horizonte - GLOBO - 19h Lili explica para Marlon tudo o que aconteceu enquanto ele esteve sob o efeito da máquina. Thomaz aceita namorar Fernanda. Lili avisa a André, Celina e Guto que Marlon recobrou sua consciência, mas que seguirá fingindo. Marlon convence Angelique de que precisa passear pela Comunidade. Priscila conta para Heloísa sobre o namoro de Thomaz e Fernanda. Álvaro se irrita com os elogios que Jorge recebe de Thomaz. A recepção feita por Romildo para Selma e Rita é um fracasso, e Nilson tem uma ideia para ajudar a dupla. Flávio e Fernanda convidam Heloísa e Thomaz para ir ao cinema. Nilson arma com Romildo uma grande festa para Selma e Rita. Marlon tem uma ideia para dar prosseguimento ao plano de Lili. Marlon chega à sala onde André, Celina e Guto estão presos. Priscila comenta com Marcelo a respeito de uma reportagem sobre fertilidade. Marlon avisa a Celina, André e Guto que abrirá a cela para eles fugirem durante a noite. Lili chega a Tapiré. Álvaro reclama de Jorge para Inês. Fátima conta para Lili que LC matou sua mãe. Cacá fica com ciúmes de Rita. Lili fala para William que precisa levá-lo preso para a Comunidade.

ESCORPIÃO Você faz parte da tribo que já está sentindo o climão que está se formando neste fim de mês e que seguirá firme e trepidante pelo mês de abril afora. Sua saúde sente, seu corpo traduz, seu organismo percebe. Algo pode sair do seu controle; seja maleável e se adapte!

SAGITÁRIO Encerra o mês a oposição da Lua e de Marte, que sempre significa beligerância e impaciência no ar. Para você, no eixo astral que tem a ver com a família, relacionamentos íntimos - e carreira, reputação social e relações com chefes. Demandas contraditórias, ache-se nelas.

CAPRICÓRNIO Sol e Urano tensionam Plutão em seu signo neste fim de mês; sinal certo de imprevistos e tensões inesperadas no âmbito familiar, com algum parente ou em relação a um imóvel. Não seja rígido, nem concentre as decisões, assim encontrará um meio termo aceitável.

Em Família - GLOBO - 21h Bárbara admira um vestido de Shirley e tenta experimentá-lo, mas percebe que não cabe nela. Laerte dá um anel para Verônica. Juliana comunica para toda a família, inclusive para Nando, que vai se casar com Jairo. Shirley diz a Rafaela que será mais objetiva para conquistar Laerte. Virgílio busca Luiza na faculdade e a leva para almoçar fora. Ele propõe que ela faça uma viagem para se afastar de Laerte. Miss Lauren diz a Neidinha que não quer mais Felipe como médico da casa de repouso.

AQUÁRIO Lá se vai o primeiro trimestre de 2014! E você, já colocou em prtica uma parte das promessas de ano novo? Com a Lua nova em Áries, de ontem, você conta com o pique pra dar a partida em alguma delas! Hoje, não se envolva em disputas no seu entorno; serão desgastantes.

PEIXES Netuno e Júpiter em ângulo suave distorcem certos ângulos - talvez você ache que pode dar conta de um mundo de coisas e funções, mas hoje mesmo a roda da vida vai te mostrar que não é bem assim. Controle gastos, sendo independente e assertivo.

Loterias FEDERAL 1º prêmio 2º prêmio 3º prêmio 4º prêmio 5º prêmio -

04853 32.743 20.058 22.354 15.214 11.870

LOTOFÁCIL

1037

01 05 06 09 10 11 12 15 17 18 20 21 23 24 25

LOTOMANIA 1439

DUPLA-SENA 1267

03 04 05 09 14 19 23 24 27 28 36 51 55 58 68 74 76 79 92 98

1º sorteio: 09 12 15 36 49 50 2º sorteio: 02 07 18 19 39 42

MEGA-SENA

1586

08 39 43 46 47 58 QUINA

3453

01 11 46 63 76


Cidade 15 JORNAL MINUANO

Bagé confirma primeiras mortes de bovinos por raiva Mais de 15 casos foram registrados na região de Joca Tavares A Inspetoria Veterinária de Bagé recebeu na última semana um laudo confirmando os primeiros casos de morte por raiva bovina no município, provocada por um tipo de morcego, da espécie Demondos Rotundos. Até agora foram constatadas, a perda de cerca de 15 animais em três propriedades no distrito de Joca Tavares. Um produtor da localidade de Joca Tavares, que preferiu não se identificar, contou que ao perceber a falta de coordenação dos animais iniciou imediatamente o tratamento para tristeza, que é outro tipo de enfermidade que dificulta a locomoção dos bovinos. Após a morte de seis bovinos e cinco equinos, o produtor encaminhou uma mostra para um laboratório em Pelotas e foi constatada a raiva herbívora. Preocupado com a saúde dos trabalhadores da propriedade, o homem encaminhou o laudo para a Inspetoria Veterinária de Bagé, que sugeriu aos funcionários do estabelecimento que procurassem uma unidade de saúde. Conforme o responsável pela Inspetoria Veterinária de Bagé, Getúlio Antônio de Campos, a incidência do morcego transmissor vem sendo monitorada desde 2011. O veterinário comenta que naquela ocasião, os primeiros casos foram registrados na região de Pelotas. “Os habitats vão se formando perto de cursos de rios e açudes porque os animais bebem muito água depois das mordidas”, explica. Campos destaca que agora é um período de reprodução e os morcegos machos procuram refúgios, onde se encontram fêmeas no cio, motivo que favorece a contaminação, aumentando casos de morcegos contaminados. “Estamos emitindo um alerta para que os produtores vacinem seus rebanhos preventivamente.

Risco para humanos O responsável pela inspetoria destaca que é importante os trabalhadores que tem contato, principalmente com a saliva dos animais contaminados, procurem um posto de saúde. O veterinário salienta que o alerta é para toda a região. O veterinário aconselha que os produtores auxiliem identificando os refúgios, mas não destruam os locais. “Alguns estão colocando fogo e os morcegos fogem buscando outros

Jaqueline Muza/especial JM

Campos informa que é um período de reprodução e o risco de contaminação é maior refúgios”, menciona. Campos também ressalta que é importante identificar os animais mordidos. Entre os sintomas está a dificuldade de locomoção e a paralisia dos membros inferiores. Segundo o responsável, o último surto de raiva herbívora na região aconteceu há mais de 15 anos e houve a mortalidade de mais de 400 animais somente em Bagé. “Desde que foram identificados focos da doença em 2011 mais de 20 mil animais já morreram na região. Em Bagé esses são os primeiros casos”, observa.

BAGÉ, 1º DE ABRIL DE 2014


16 Cidade

BAGÉ, 1º DE ABRIL DE 2014

JORNAL MINUANO

Apecan promove palestra para pacientes oncológicos A Associação de Apoio a Pessoas com Câncer (Aapecan) promove, amanhã, uma palestra com o médico Luciano Trombini sobre qualidade de vida do paciente oncológico. Os interessados em participar da atividade devem comparecer a partir das 14 horas na sede da Aapecan, na rua

João Telles, 1601, Bagé-RS. A entrada é franca. O especialista com formação na Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc), irá falar sobre alguns aspectos relevantes a respeito dos determinantes da doença. Durante o encontro serão discutidos também os aspectos físico, mental,

cognitivo, social e espiritual relacionados à qualidade de vida dos pacientes oncológicos. Trombini atualmente trabalha no Hospital de Guarnição de Bagé, na Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24hs) e no Pronto-Atendimento da Santa Casa de Misericórdia de Dom Pedrito.

A Secretaria Municipal de Educação decretou luto oficial na Escola Municipal de Ensino Fun-

damental (EMEF) São Pedro, pela morte da professora Tânia Mara Peres de Oliveira. Amanhã não

haverá aula para os alunos dos anos iniciais e finais dos turnos da manhã e tarde.

Morte de professora suspende aulas na Escola São Pedro


Segurança 17 JORNAL MINUANO

Assalto à mão armada em Candiota Joalheria teve prejuízo de aproximadamente R$ 12 mil

BAGÉ, 1º DE ABRIL DE 2014

Idosa tem documentos furtados dentro de casa

Uma idosa, moradora da avenida Sete de Setembro, teve os documentos, celular e R$ 300. A casa não foi arrombada. A vítima acredita que o criminoso tenha entrado pela casa ao lado, que está desabitada.

João André Lehr/Jornal Tribuna do Pampa / especial JM

Óbitos Funerária Santa Casa TANIA MARA PEREZ MOREIRA OLIVEIRA, 57 anos, professora, casada com Pedro Paulo Machado Oliveira, moradora da rua José Luiz Vaz Neto. Deixa os filhos Tânia, Franque, Ana Paula, Débora, Raquel e Fernanda. LEDA PINTO LEITE, 80 anos, do lar, viúva, moradora da rua Breno Ferrando. Deixa os filhos Solange e Jorge. CLEUSA MARIA SILVEIRA MENESES, 54 anos, empregada doméstica, solteira, moradora do Corredor da Cicade. Não deixa filhos. Funerária São José PAULO MARRERO FILHO, 81 anos, aposentado, casado com Flora de Lourdes Lacerda Marrero, morador da rua Jacinto Ferrer. Deixa a filha Maria da Graça.

Ladrões renderam as proprietárias As donas de uma joalheria e ótica de Candiota foram surpreendidas por dois assaltantes, às 16h30min desta segunda-feira. A dupla chegou em uma motocicleta branca, na rua Telmo Amestoy, Dario Lassance. Com arma em punho, um deles

adentrou o estabelecimento, deu uma gravata em uma das donas do local e mandou ela dar todas as joias. Enquanto isso, o segundo acusado ameaçava a outra proprietária. Foram levados muitos anéis, pulseiras, correntes, bombas em ouro e prata

e dinheiro. O prejuízo estimado é de R$ 12 mil. Os assaltantes ainda fizeram as vítimas ajudarem a colocar as joias dentro de um saco azul, fugindo logo depois. Eles entraram sem nenhum disfarce, e as mulheres afirmam nunca terem os visto.

Família leva centenas de picadas de abelha durante demolição de residência A demolição de uma casa, na rua São Carlos, bairro Getúlio Vargas, causou transtorno para a família que mora ao lado. Durante a demolição, caiu uma árvore no pátio vizinho, onde estava a dona e uma criança de seis anos. Na árvore havia um enxame de

abelhas que atacou a mulher e o menor. O mestre de obras que acompanhava o processo foi tentar ajudar as vítimas e também foi picado. Foram mais de 200 picadas dadas nos três. A mulher registrou ocorrência na Polícia Civil.

Vítimas de tentativas de homicídio estão em recuperação A região registrou dois casos de tentativa de homicídio no final de semana. Um deles foi um homem que deu duas facadas no pai. O acusado sofre de problemas psíquicos e, durante um surto, atacou o pai, que estava dormindo. A vítima está internada, com dores, mas em estado estável. O outro caso foi em Pinheiro Machado, quando dois homens passaram a brigar

dentro de um bar. O dono do estabelecimento os expulsou de lá. Já na rua, um deles pegou um facão que tinha dentro do carro e começou a bater no outro. Este tentou segurar o objeto e ambos caíram ao solo. Nesta queda, aconteceu o corte mais profundo na vítima, que foi encaminhada para Pelotas, a qual, assim como no outro caso, está em estado estável.


18 Esporte

BAGÉ, 1º DE ABRIL DE 2014

JORNAL MINUANO

Marcel Nunes

marcelpnunes@gmail.com @marcelpnunes

Após goleada, Bagé intensifica busca por reforços Atuação e postura foram apontadas como causa da derrota A perspectiva de reforços no Pedra Moura ganhou ainda mais força depois da goleada sofrida para o São Gabriel. A falta de poder ofensivo foi uma das principais evidências de uma equipe que, sem sucesso, submeteu-se somente a defender no estádio Sílvio de Faria Correa. Assim, a comissão técnica aguarda, sem previsão, por dois atacantes. Hoje, o Bagé conta com somente Alessandro Maranhão, Anderson e Tainã para formar o setor ofensivo. Porém, segundo o técnico Murilo Costa, o resultado também pode ser explicado pelo processo anímico do time.

“Faltou espírito, empenho. Fomos dominados e aceitamos essa situação. No primeiro tempo ainda equilibramos, mas o segundo foi vergonhoso”, avalia. A ausência do zagueiro Heberson, com uma lesão no ligamento colateral do joelho direito, também foi sentida na visão do treinador. E o defensor continuará de fora, amanhã, diante do Estância Velha. A expectativa é que ele possa ficar à disposição para o clássico BaGua de domingo. “Perder fora é um resultado normal. A forma e o placar dilatado que não”, observa. Ontem à tarde, na rea-

presentação, aqueles jogadores que atuaram em São Gabriel fizeram apenas uma atividade regenerativa, enquanto os demais trabalharam sob orientação do preparador físico Andriani Padilha. Hoje pela manhã, Murilo comanda um coletivo e, à tarde, a delegação começa o deslocamento para o confronto de quarta-feira, às 15h30min, no estádio Cabriúvas, em Encantado.

Venda antecipada para o Ba-Gua

O Bagé deu início à venda antecipada dos ingressos para o clássico Ba-Gua de domingo, às 15h30min, no

Marcelo Ribeiro/Especial jm

Resultado expressivo surpreendeu no clássico regional Pedra Moura. Os bilhetes estão sendo comercializados no próprio estádio por R$ 10. Crianças, idosos e estudantes pagam R$ 5. Os valo-

res sobem para R$ 20 e R$ 10 no sábado ao meio dia. O confronto será válido pela quinta rodada do primeiro turno.

Três pódios no Ultimate Fight Torneio reúne 60 tenistas no Cantegril Taekwondo bajeense conquista ouros e pratas em Flores da Cunha divulgação

Competição foi realizada em sete categorias no final de semana O torneio Cerealista Coradini reuniu 60 jogadores nas quadras do Cantegril, Círculo Militar e da Clínica de Tênis Paulo Alves. Foram três dias de competição e 58 partidas entre sete categorias. Na segunda classe masculina, o título ficou com Gen Joarez Alves, batendo Paulo Alves na decisão. Na terceira, Jorge Perez foi campeão e João Roberto Gervásio o segundo. Confira os demais resultados:

4ª classe Campeão: Mauro Tafarel Vice: Bruno Pichler 45 B Campeão: Élcio Sousa Vice: Telmo Carvalho Iniciantes Campeão: Tiago Veiga Vice: Fernando Morel

1ª classe feminina Campeão: Clarissa Santos Vice: Rafaela Alves 2ª classe feminina Campeã: Marina Borges Vice: Maitê Alves

A Rainha da Fronteira esteve em Flores da Cunha com sua equipe de taekwondo durante a 2ª edição do Ultimate Fight. O evento foi realizado durante o final de semana no Parque Vindima e premiou três bajeenses. A competição também contou com confrontos de muay thai e MMA. O destaque foi João Mateus. Ouro em luta, até 58 kg, e poomsae. O faixa preta Bruno Minervini conquistou a prata, categoria 63 kg, e formas. Pedro de Bem, faixa amarela, repetiu o resultado na 54 kg. O trio vai integrar a delegação que estará no Mundial Aberto de Curitiba, no mês de maio.

divulgação

Equipe comemora bons resultados

Celeste e Cruzeiro abrem nova edição da Copa Master A 6ª Copa Master 35 anos de Futsal será aberta com duas partidas nesta terça-feira. Organizada pela AM Eventos Esportivos, a competição contará, a princípio, com cinco participantes e será disputada no Centro de Esportes Graciano. A programação começa a partir das 21h. No primeiro duelo, a atual campeã Celeste York enfrenta o Cruzeiro, de Dom Pedrito. Na sequencia, o Roma/HD Lanches encara o

Moranguinho. Caso o Buteco não confirme inscrição hoje, o São Pedro estará de folga. A primeira fase será em turno e returno, classificando os quatro melhores para a semifinal. De acordo com Abdo Moussa, serão aproximadamente três meses de campeonato. As finais estão previstas para a segunda quinzena de junho. A Copa tem apoio da Associação Bageense de Futsal.


Esporte 19 JORNAL MINUANO

Guarany perde a segunda e amarga lanterna Com 10 homens desde os 15 minutos, alvirrubros caem diante do Farroupilha Duas partidas e nenhum ponto ganho. A situação do Guarany no primeiro turno o Campeonato Gaúcho da Série B é crítica. Ontem à noite, a equipe pecou pela desorganização e, especialmente, erros individuais na primeira etapa e terminou derrotado pelo Farroupilha por 3 a 0. Quinta-feira, o adversário será o Sapucaiense no Estrela D’Alva. O Guarany entrou em campo com quatro alterações em relação ao time derrotado na estreia. Além das laterais, ocupadas por Rudiere e Carlos Júnior, o meio campo teve as presenças de Alex Sander e Cleber Oliveira. No Farroupilha, que buscava a primeira vitória para ingressar na zona de classificação da chave A, Kesler era a referência de um time veloz e que explorava os flancos. O Farrapo se sentiu à vontade para fazer uma blitz nos primeiros minutos. A pressão surtiu efeito logo aos três. Depois de dois escanteios em sequencia, a zaga não afastou e Douglas, de perna direita, bateu forte para abrir o marcador: 1 a 0. A derrota parcial se transformou em drama aos 15. Fábio Souza falhou e para evitar o segundo, Élisson colocou a mão na bola, fora da área, e foi expulso. Antes, Sapeka havia desperdiçado a melhor oportunidade alvirrubra ao finalizar, da pequena área, sobre Samuel. Mesmo com 10 ho-

antônio rocha

Renato Marsiglia Comentarista esportivo renato.marsiglia@tvglobo.com.br

Gre-Nal: vitória de Abel Braga

O treinador colorado foi peça fundamental na merecida vitória de domingo. Entrou com Rafael Moura desafiando quem bradava por Wellington Paulista e no segundo tempo deu um nó tático em Enderson Moreira. Abel avançou Aránguiz, recuou Alex, tirou D´Alessandro das garras de Edinho e colocou Alan Patrick no lugar de Jorge Henrique que era pura nulidade. O Grêmio ficou perdido em campo. Levou um “currupio” e o campeonato só não acabou no primeiro jogo por obra e graça do goleiro Marcelo Grohe.

Grêmio: cansaço ajudou na derrocada

Time sofre primeiro réves dentro do Estrela D’Alva mens, o Guarany cresceu. Aos 29, Rapahel Paraíba marcou, mas o bandeira assinalou impedimento. Seis minutos depois, na jogada do trio ofensivo, o centroavante chutou por cima. O Farroupilha não abdicou do ataque. Kainã trabalhou bem duas vezes, aos 25 e aos 39, ao evitar o gol de Kesler. O prejuízo ficou ainda maior com a lesão de Iago Caliari, que deixou o gramado carregado com dores no joelho direito, para a entrada de Vitor. Quem foi ao Estrela D’Alva não pode reclamar que faltou disposição ou resignação ao Guarany. Mas somente o esforço não foi suficiente para evitar a segunda derrota na competição. No primeiro contra-ataque, Kesler recebeu com liberdade e tocou no canto esquerdo de Kainã: 2 a 0. Mamute foi a cartada final para tentar reverter. A equipe insistia na

bola área e esteve perto do gol em algumas oportunidades. A bola teimava em cruzar a pequena área. Os pelotenses, aproveitando-se do desespero alvirrubro, levavam perigo. Douglas deixou de ampliar aos 30 minutos. A cada dividida, o Farroupilha ganhava segundos preciosos e, aos 40, Kesler fechou o placar. De longa distância, o atacante contou com a falha de Kainã Série B – 3ª rodada – 31/03/2014

Guarany 0 Elisson Rudiere Fábio Souza Edu Carlos Jr Alex Sander Iago (Vitor) Cleber Oliveira Taynã (Kainã) Sapeka Raphael Paraíba Téc: Ben-Hur Marchiori

x 3

Farroupilha Samuel Dilli (Leone) Fuca Evandro (Ávila) Dudu Adair Juliano Madalena Nilier Kesler Douglas Myke Téc: Géverton Duarte

Gols: Douglas (3’/1ºT) e Kesler (10’ e 40’/2T) Arbitragem: Rafael Klein auxiliado por Ismael Manchilha e Ilson Soares.

Resultado derruba treinador Reposição pode estar na própria comissão técnica

Ainda na saída do gramado, o técnico Ben-Hur Marchiori confirmou, em entrevista à rádio clube, que não é mais treinador do clube. O profissional havia antecipado que, em caso de derrota, não permaneceria

BAGÉ, 1º DE ABRIL DE 2014

no cargo. O nome de Bicudo, atual auxiliar, é o mais forte para assumir. Toquinho, ex-São Paulo, agrada à direção. Depois do jogo, o diretor de futebol Cléo Coelho, foi enfático ao falar sobre a

situação do clube na competição e antecipou o perfil do novo comandante. “Vamos buscar uma solução caseira. Sabíamos que a terceira divisão seria um inferno e esse inferno está recém começando”, disse.

Nada que tire o mérito incontestável da vitória colorada, mas o time tricolor caminhou em campo no segundo tempo do clássico. Contra o Brasil-Pel, onde levou um sufoco do time Xavante também na segunda etapa, só escapou por um erro grosseiro de arbitragem. Questão de planejamento, pois todos sabiam que seria assim com Gauchão e Libertadores simultâneos. O calendário brasileiro exige grupo qualificado. Não basta apenas ter um time.

Torcedores: burrice sem limite

Torcedores do Brasil-Pel quebraram cadeiras da Arena e não contentes postaram o crime na internet. Bandidos burros. No Gre-Nal não foi diferente como não será diferente nos clássicos do Beira-Rio. Já esqueceram do episódio dos banheiros químicos? Será que estes imbecis não sabem que de parte da renda destinada ao adversário é automaticamente deduzido o valor da quebradeira? A única solução para esta corja é cadeia, pão é água.

Futebol brasileiro em maré baixa

Cruzeiro, campeão brasileiro, está quase desclassificado da Copa Libertadores da América. O Flamengo, campeão da Copa do Brasil, só passa para as oitavasde-final se acontecer um milagre. O Fluminense, em jogo pela Copa do Brasil, levou três de um tal de Horizonte, que confesso nem saber em que cidade fica. Finalizando, o Ituano desclassificou o Palmeiras da final do Paulistão. Já estou achando que o Grêmio tem futuro na Libertadores.

Curtinhas...

* Aldo Rebelo, Ministro dos Esportes: “Transparência dos gastos públicos será um dos legados da Copa do Mundo”. Aahahahahahah!!!! * Treinador gremista demorou a mexer no time, e quando o fez, mexeu mal. Substituiu Dudu, que jogava bem e manteve Luan, que não jogava nada. * A questão agora é saber até que ponto a pancada do Gre-Nal afetará psicologicamente o time para os jogos decisivos da Libertadores. * FIFA pode tirar Uruguai da Copa do Mundo caso comprove interferência do Governo na Associação de Futebol. Ficaremos livres de outro “Maracanazzo”. * TJD denunciará o Grêmio pelas ofensas racistas sofridas por Paulão vindas de um torcedor gremista. Se a polícia não enfiar estes canalhas na cadeia não tem solução.


20 Contracapa

BAGÉ, 1º DE ABRIL DE 2014

JORNAL MINUANO

Temperatura Hoje Mínima Máxima

Derrota em casa

Ben-Hur Marchiori pede demissão após equipe levar 3 a 0 do Farroupilha no Estrala D’Alva. Pág. 19

16 25

Manhã

Tarde

Noite


Minuano BAGÉ, 1º DE ABRIL DE 2014

Não é difícil notar os inúmeros benefícios de ter um animal de estimação ou mesmo estar próximo deles. Os bichos também podem ser protagonistas de terapias de reabilitação de pessoas com deficiência. Uma das terapias que fazem uso de animais, com resultados excelentes, é a equoterapia. Ela une as técnicas de equitação e atividades equestres com a finalidade de reabilitar e educar as pessoas com deficiência.

FRANCISCO DE ASSIS

saúde

Terapia com o carinho dos animais


02 saúde

BAGÉ, 1º DE ABRIL DE 2014 JORNAL MINUANO

Os benefícios da equoterapia para as p Q

Técnicas de equitação e atividades equestres tem a finalidade de reabilitar, fortalecer e melhorar a postura dos praticantes

saúde

Minuano

Endereço: Rua Brigadeiro Mércio, 72 - CEP 96400.720 Bagé/RS • Telefone: (53) 3242 7693 www.jornalminuano.com.br

REPORTAGEM E EDIÇÃO Melissa Louçan

uem tem, e gosta, de um animal de estimação, sabe o efeito positivo que os bichinhos podem causar no humor. O que muitos não sabem é que o carinho, dedicação e afetos deles podem auxiliar em terapias alternativas de reabilitação de pessoas com algum tipo de deficiência. As fisioterapeutas Anelise Vicenzi e Tatiana Hunfer conhecem e confirmam esses benefícios. As duas aplicam equoterapia aos atendidos da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae). Elas contam que as melhoras a partir da aplicação das técnicas são notáveis. Mas antes de falar dos benefícios, é necessário entender o que é. A equoterapia é um método terapêutico e educacional que utiliza o cavalo numa abordagem interdisciplinar nas áreas da saúde, educação e equitação, tendo por finalidade o desenvolvimento global do praticante. É indicada para pessoas com deficiências físicas ou mentais causadas por lesões neuromotoras de origem encefálica ou medular. Através dos exercícios desenvolvidos, o objetivo primordial é auxiliar a aquisição e o desenvolvimento das funções psicomotoras. Exige do cavaleiro planejamento e construção de estratégias, potencializando e desenvolvendo as habilidades motoras e de diversas formações conceituais. Anelise destaca que a técnica proporciona melhor equilíbrio, coordenação, autoconfiança, controle postural e autoestima. Exercícios também podem ser incluídos na rotina. “Dependendo da limitação do assistido, são realizados alongamentos, dissociação de tronco”, explica. Tatiana comenta que as técnicas equestres oferecem inúmeras possibilidades através da vivência. “É uma atividade prazerosa que estimula a repetição, multiplicando as diversas informações que a terapia permite aproveitar, aliando simultaneamente o gesto e o movimento, tendo o cavalo como objeto intermediador, entre o praticante e o terapeuta”, explica. Ela explica que antes de iniciar o tratamento, o praticante inicialmente passa por uma avaliação detalhada, que traça os objetivos de condutas, material, terrenos e o cavalo adequado ao praticante. Este

REVISÃO Simone Gonçalves

DIAGRAMAÇÃO Daniel Cuerda Ferreira

FOTOS Francisco de Assis


saúde 03

JORNAL MINUANO BAGÉ, 1º DE ABRIL DE 2014

pessoas com deficiência momento inicial de avaliação é primordial e determinante ao sucesso das sessões. “Um bom plano de tratamento é o que diferencia a equoterapia de um simples passeio a cavalo”, garante. Tatiana destaca ainda o movimento tridimensional do cavalo a base para a construção de um plano de tratamento. Partindo deste conhecimento básico dos estímulos que estes movimentos proporcionam ao cavaleiro, o fisioterapeuta ainda lança mão de artifícios como a escolha das suas andaduras, tipo de material (manta, sela com armação, estribos, rédeas), terrenos (areia e grama diminui o tônus, o asfalto estimula o aumento do tônus, por exemplo). Para poder atuar no tratamento das pessoas com deficiência, os cavalos são selecionados e separados segundo uma série de características físicas e psicológicas e necessitam ser constantemente trabalhados e adaptados para a equoterapia. A equoterapia é indicada para o tratamento dos mais diversos tipos de comprometimentos motores, como paralisia cerebral, problemas neurológicos, ortopédicos, posturais; comprometimentos mentais, como a Síndrome de Down, comprometimentos sociais, tais como: distúrbios de comportamento, autismo, esquizofrenia, psicoses; comprometimentos emocionais, deficiência visual, deficiência auditiva, problemas escolares, tais como distúrbio de atenção, percepção, fala,

linguagem, hiperatividade, e pessoas que tenham problemas de posturas, insônia, stress.

Benefício comprovado Há um ano, Silvana Ferraz, 28 anos, acompanha o filho Arthur, de 3 anos, as sessões de equoterapia. Nessas ocasiões, uma vez por semana, ela tem a oportunidade de ver o sorriso no rosto do pequeno, que mesmo com movimentos limitados pela paralisia cerebral, não se furta em abraçar a égua Sasha quando a vê. Ela relata que já notou melhoras significativas na postura, no controle de tronco cervical, e também na socialização do filho. “Ele criou um vínculo com o cavalo. Antes ele ficava com medo de subir, se desequilibrava, mas agora ele adora”, fala. O filho de Cimone Halberstadt, 37 anos, Hermann, 15 anos, também é um dos assistidos da Apae que participa da terapia. O menino monta desde que tinha um ano e é uma das atividades preferidas dele. “Ele sente uma liberdade ao andar a cavalo, porque o trote reproduz a marcha humana. É como se ele estivesse andando”, conta. Cimone conta que algumas vezes o menino cansa da rotina e fica extremamente estressado. Mas se acalma e relaxa ao chegar para o exercício. “Moramos em um local de cultura gaúcha, que cultua o cavalo. Qual criança não gostaria de montar?”, indaga.

Fisioterapeutas destacam prática como um momento de exercício, carinho e autoconfiança para praticantes


04 saúde

BAGÉ, 1º DE ABRIL DE 2014 JORNAL MINUANO

Programas da Equoterapia - Hipoterapia: programa de reabilitação voltado para pessoas com deficiência física ou mental. O praticante não tem condições de permanecer sozinho no cavalo; - Reeducação: programa de reabilitação e educação. O praticante tem certo domínio sobre o cavalo e consegue se segurar com o auxílio da rédea. O terapeuta acompanha literalmente; - Pré-esportivo: programa de reabilitação e educação. O praticante tem boas condições de conduzir o cavalo sozinho. Consegue trotar distante do instrutor e pode fazer exercícios hípicos; - Esportiva: programa de reabilitação e educação. O participante pode participar de competições hípicas. Este método terapêutico é indicado para diversos tipos de problemas, como ortopédicos, neuromusculares, cardiovasculares e respiratórios, dentre outros. No entanto, é preciso que o possível praticante seja avaliado por um médico, que irá indicar ou não a prática desse método terapêutico.

Mães de adeptos da prática, Silvana e Cimone comprovam os benefícios da prática no dia-a-dia dos filhos


20140401  
Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you