Page 1

Minuano

Casamento gay, divórcio e aborto vão ter peso no sínodo

ANTÔNIO ROCHA

jornalminuano.com.br BAGÉ, quarta-feira, 13 de novembro de 2013 - ANO XIX Nº 4 591 | R$ 1,50

Bispos se reuniram em Bagé para discutir questionário enviado pelo papa

Durante o dia de ontem, os bispos das dioceses de Bagé, Pelotas e Rio Grande se reuniram na cidade para discutir documento inédito enviado pelo papa Francisco. O questionário do sumo pontífice busca conhecer a opinião dos católicos sobre questões polêmicas como casamento homossexual e adoção de crianças por companheiros do mesmo sexo, divórcio e aborto. Além desses assuntos, os bispos trataram sobre as romarias das três dioceses e mudanças que vão ocorrer nas paróquias. Pág. 09

Cobame e MINUANO realizam evento para mulher Novas regras para doação de sangue

FRANCISCO DE ASSIS

Oficinas e palestras sobre temas variados marcaram a primeira edição do Multifaces para Ellas no complexo cultural do Museu Dom Diogo de Souza. Pág. 15

Idade máxima para doação passa de 67 para 69 anos. Anúncio foi feito ontem pelo Ministério da Saúde

Pág. 10

Pente fino para acabar com poluição visual Operação promete acabar com sujeiras nos espaços públicos

Pág. 16


02 Ponto de Vista

BAGÉ, 13 DE NOVEMBRO DE 2013

JORNAL MINUANO

Multifaces para Ellas mais um sucesso da inovação

Ao longo dos seus 19 anos, o Jornal MINUANO aposta, incentiva e é parceiro de ideias inovadoras na cidade. Desta forma, a empresa de comunicação cumpre sua missão e função social de promover um ambiente de debate para o desenvolvimento social e econômico do município e da região. Quando a Associação Comercial e Industrial de Bagé (Aciba) apresentou o projeto do Natal Luzes no Pampa em 2012, este diário abriu espaço editorial destacado para divulgar a iniciativa. Neste ano, apostando na visão empreendedora da empresária Clori Peruzzo, e nas boas ideias e

inovação propostas pela jornalista Viviane Becker no Caderno Ellas, a empresa abraçou o projeto Alquimia dos Sabores. O resultado foi um verdadeiro sucesso de público e de crítica. A segunda edição do Bagé sob o Olhar da Moda, projeto desenvolvido pelo Conselho Bajeense da Mulher Empreendedora (Cobame) em parceria com o Clube Comercial, MadreMaria, Programa Rota 20 e Stratégia Agência, produzido e coordenado pela designer de moda, Kellly Pinheiro, de 25 anos, foi outra grande aposta do MINUANO.

George Teixeira Giorgis

Agora, o MINUANO retoma a parceria com o Cobame e promoveu ontem, com grande sucesso, o 1º Multifaces para Ellas. Um evento voltado totalmente para o público feminino, com oficinas e palestras que abordaram os mais diversos temas do universo feminino. Como já se tornou hábito, as investidas deste jornal em parceria com as entidades de classe, jovens talentos e empresariado local resultam em grandes eventos. O Multifaces contou com público estimado de 100 pessoas. Já escrito neste espaço, e vem se tornando uma realidade, a cooperação faz das boas ideias ações de sucesso.

CHARGE

CLÁUDIO FALCÃO

Choro livre

falcaobage58@gmail.com

Advogado

De vários assuntos

No Estado do RGS há tantos municípios, que a maioria deles, por seus nomes, é desconhecida pelo povo. Exemplos: Balneário Pinhal, Ipê, Ipiranga do Sul, Itacurubi, Itapuca, Itati, Jaboticaba, Jacuizinho, Tunas, Tupanci do Sul, Ubiretama, União da Serra, Vale do Sol, Vale Verde, Vanini, Vila Flores, Vila Lângaro, Vila Maria, Vista Alegre do Prata, Vista Gaúcha, Westfália, São Valério do Sul, Sede Nova, Senador Salgado Filho, Sério, Sertão, Tio Hugo, Toropi, Travesseiro, Rolador, Sagrada Família, Santa Cecília do Sul, Santo Antônio da Palma, Novo Tiradentes, Novo Xingu, Nicolau Vergueiro, Mato Queimado, Montauri, Muitos Capões, Muliterno, Nova Boa Vista, Nova Esperança do Sul, Nova Ramada, etc. etc. etc. Os leitores já haviam encontrado tais nomes? E sabem onde ditas comunas têm situação? -*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*Cá em Bagé, foi comandante do 3º Reg. Cav. Mec. o Cel. Emílio Rubem Streb, de fevereiro-70 até março de 1.972. Seu substituto foi o Cel. Carlos Alberto Ponzi (março/72 a março/1.974). Em nosso Quartel General, o Gen. Bda. Hans Gerd Haltenburg ficou de janeiro de 1.981 a abril de 1.983. Veio, depois, em sua substituição, o Gen. Bda. Geise Ferrari, que ficou até janeiro de 1.985. -*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*O Dr. Carlos Cavalcanti Mangabeira (farmacêutico militar baiano, cuja parte da biografia já aqui relatamos) depois de ser Vice-Intendente de Tupy Silveira (que sucumbiu em pleno exercício do cargo) foi, “a posteriori”, escolhido, pelo voto, para o cargo máximo em nosso Município, tornando posse em abril do ano 1.925 e ficando no exercício de tal até abril de 1.929. Seu Vice-Intendente (então, já eleito também) foi o político e jornalista republicano Adolpho Luiz Dupont. Este, mais adiante, depois de dirigir o jornal “O Dever”, foi deputado estadual e pertencia ao PRL, de Flores da Cunha. E, mais tarde, foi morar sozinho no Rio de Janeiro (deixando aqui a família) e nunca mais regressando. Quando, em Bagé, Mangabeira foi chefe do Poder Executivo, o Conselho Municipal (seria hoje a Câmara de Vereadores) esteve formado pelos seguintes cidadãos: Idalino Campos da Luz (presidente), Oscar Salis, José Cachapuz Primo,

Serafim Leão Gomes, Francisco (Chiru) de Paula Pereira, Ernesto Quirino de Camargo, Belmiro B. Medeiros, Geraldo Nunes e Francisco Plastina. De tudo isso já passaram mais de oitenta anos! -*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*Ao contrário de hoje, em nosso tempo de guri era no domingo que homens e mulheres melhor vestiam. Era para ir à Missa, ao futebol, ao cinema, para passear na Av. Sete, etc. Evidentemente, naqueles tempos (décadas de 40/50) os varões sempre andavam “enfatiotados” e de gravata. Nos domingos pela manhã (e no verão/primavera pela noite) os então Cafés e Confeitarias estavam repletos de cidadãos bem vestidos discutindo política, futebol e os acontecimentos do dia. As notí¬cias do “Correio do Sul, “Correio do Povo”, “Diário de Notícias” e da Rádio Nacional e da Rádio Tupy (do RJ) e das Rádios El Mundo, Belgrano e Splendid (de Buenos Aires) eram comentadas animadamente e com calorosa troca de ideias. Hoje é uma mera época saudosa daqueles costumes e de tudo aquilo que se foi! -*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*Tardou a homenagem, mas ela virá em breve. Dimas Costa (um dos bageenses que mais orgulhou a “Rainha da Fronteira” nos meios musicais e radiofônicos do RGS, enaltecendo a melodia gauchesca) finalmente ganhará a perpetuação de seu nome em local de destaque de sua gleba de nascimento, ou seja, aqui. -*-*-*- O Dr. Ricardo Pereira de Pereira em férias, depois de guardar luto pelo passamento da genitora, volverá em breve ao Foro local para um pequeno período de trabalho e, outra vez, ingressará em “vacaciones”, pois tem vários períodos atrasados delas. Comentase que estaria para aqui chegar novo Juiz de Direito (promovido desde São Lourenço do Sul) para preencher a 3ª Vara Cível, que se encontra vaga há dois anos. -*-*-*- A coluna do Des. Juca Giorgis sairá amanhã (em regra, aparece nas 4ªs feiras), pois ontem ele não teve condições emocionais de redigi-la para hoje diante do passamento de seu grande amigo, companheiro e compadre Sr. Luiz Fermino Bender (cujo corpo foi cremado ontem lá na capital, onde ele sucumbiu), com Juca e família tudo acompanhando.

Minuano

FAT - Jornal Minuano | CNPJ: 87415725/0012-81 Endereço: Rua Brigadeiro Mércio, 72 - CEP 96400.720 - Bagé/RS Telefones: Redação (53) 3242 7693 - Assinaturas 3241-6377 e 3241-2057 www.jornalminuano.com.br | redacaominuano@gmail.com | facebook.com/jornalminuanobage DIRETOR EXECUTIVO - Aurelino Brites Rocha ADMINISTRATIVO Mírian Cloque

COMERCIAL Ion da Cunha

EDITORA GERAL Márcia Sousa

Editor Assistente - Fernando Marinho Tólio • Reportagem - Viviane Becker - Maritza Costa - Cláudio Falcão - Dora Beledo - Marcel Nunes - Melissa Louçan - Fernanda Couto Rostan - Jaqueline Muza - Felipe Severo • Estagiária - Daiane Lima • Chargista - Cláudio Falcão • Diagramação - Sandro Leal - Luís Mário Pereira - Sueme Rodrigues Hösel - Daniel Cuerda Ferreira • Revisão - Simone Gonçalves • Assistente Comercial - Angelina Britto • Auxiliares Administrativos - Suélen Vieira Farias Conceição - Fábio Silveira • Distribuição - Marcos Goulart • Assistente de Distribuição - Armando Leguissamo • Fotos - Francisco Gomes Bosco - Francisco de Assis Rodrigues - Antônio Rocha • Colaboradores - George Teixeira Giorgis - José Carlos Teixeira Giorgis - Luiz Godinho - Marcelo Teixeira - Roberto Assumpção Gaffrée - Renato Marsiglia - Ana Maria Loureiro de Souza Delabary - Raquel Barreto Garcia - José Artur M. Maruri dos Santos - Norberto Dutra - Jair da Silva - Celito De Grandi - Beatriz Lamego • Impressão - Gráfica do Jornal do Povo - Cachoeira do Sul Os artigos assinados não refletem, necessariamente, a posição do jornal. Por isso, a editoria não se responsabiliza pelas opiniões emitidas.


Empreendedor 03

JORNAL MINUANO BAGÉ, 13 DE NOVEMBRO DE 2013

Laboratório Bioanálise inaugura Dora Beledo filial junto ao Hospital Universitário francisco de assis

dora.beledo@hotmail.com @dorabeledo

Coquetel Essencial

Hoje a Essencial comemora seu sexto aniversário com descontos especiais em todos os itens da loja durante todo o dia. Para encerrar a data comemorativa em grande estilo, as amigas e clientes da loja estão convidadas para um coquetel, que inicia às 19h30min e terá som ao vivo do Juneco, onde serão apresentadas todas as novidades da coleção verão/2014. A entrada é um quilo de alimento não-perecível que será doado para a Liga Feminina de Combate ao Câncer.

Verão na Fisio Pilates

Ainda dá tempo de ficar em forma para o verão. O setor de fisioterapia da Clínica Madruga preparou um pacote especial para você fazer sucesso na estação mais quente do ano. O pacote inclui cinco sessões de Heccus, cinco sessões de Spectra, cinco sessões de Velox, uma limpeza de pele, uma revitalização facial e cinco drenagens linfáticas com Endermo. O mais importante é que esse pacote tem 20% de desconto. Imperdível! Reserve agora mesmo o seu horário através do telefone 3247 1616.

Shamaa e da Luz investiram na criação de um espaço amplo e moderno O Laboratório Bioanálise inaugurou ontem sua terceira unidade em Bagé, está instalada junto ao Hospital Universitário. A filial, que já está em funcionamento, é responsável pelos exames de todos os pacientes internados na instituição de saúde e também atende ao público em geral. Os sócios Aid Shamaa e Juvenal da Luz, criaram um laboratório totalmente novo. O ambiente recém-inaugurado é amplo e moderno, projetado especialmente para atender a todas as necessidades dos usuários. A sala de espera é climatizada, com assentos confortáveis, tem espaço para as crian-

ças, TV a cabo e internet wireless. O laboratório conta com três salas de coleta e também um ambiente exclusivo para pacientes que precisam realizar repouso após alguns exames. Assim como as unidades localizadas na avenida Sete de Setembro e anexo à Santa Casa, a mais nova filial do Laboratório Bioanálise em Bagé realiza todos os tipos de exames. Eles podem ser feitos diretamente no local, que funciona de segunda a sextafeira das 7h às 19h, sem fechar ao meio-dia. Quem preferir pode solicitar o serviço de coleta domiciliar ou empresarial, onde uma auxiliar de enfermagem se encarrega de ir até onde está o

paciente para realizar a coleta do material solicitado. Para finalizar, Shamaa e da Luz ressaltam que todos os exames do Laboratório Bioanálise são processados em equipamentos de última geração instalados na unidade anexa à Santa Casa. “A excelência dos serviços também é notada pelo quadro de profissionais, composto por sete bioquímicos especializados em análises clínicas”, encerra Shamaa.

Onde Flores da Cunha, 199 (esquina com a Marcílio Dias) Telefone: 3311 3100

Happy hour Mi Ventana

Amanhã a Mi Ventana realiza um happy hour, onde a entrada é um quilo de alimento não-perecível que será doado para a Liga Feminina de Combate ao Câncer. A floricultura está linda, com muito verde e uma decoração de Natal incrível! Compareça e colabore!

Novembro Azul no Examinare

O Examinare laboratório de análises clínicas apoia o novembro azul, mês de prevenção contra o câncer de próstata, e destaca a importância de realizar exames preventivos. Sendo assim, este mês o Examinare está concedendo desconto de 60% no check-up masculino, enfatizando a importância de realizar os exames de PSA total e Livre. O Examinare fica na Marcílio Dias, 1084. Agende sua coleta domiciliar gratuitamente através do telefone 3247 7246.

Encomendas Angélica Prata e Folheados

Agora a Angélica Pratas e Folheados aceita encomendas de anéis de formaturae bombas para chimarrão em aço inox com detalhes dourados. O prazo para a entrega é de 10 a 15 dias. A loja fica na Marechal Floriano, 1518. O telefone é 3311 0409.

Empresas e a Casa do Papai Noel

Até o dia 18 de novembro você pode colaborar com a Casa do Papai Noel deixando um brinquedo novo ou usado nas seguintes empresas: Toko de Gente, Núria ou Ecoservice. Sua doação será entregue a crianças carentes.

Da Castellana no feriado

Para você descansar neste feriado, a Da Castellana estará aberta na sexta-feira e sábado, dias 15 e 16. Faça sua encomenda para um delicioso almoço ou janta e aproveite para relaxar. O telefone Da Castellana é 8117 1821.


04 Fogo Cruzado

BAGÉ, 13 DE NOVEMBRO DE 2013

JORNAL MINUANO

Fernando Tólio

tolio.fernando@gmail.com @toliofernando

Alteração nas vagas das bancadas estaduais não tem acordo

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) determinou a alteração do número de deputados por bancada estadual. O Rio Grande do Sul que tinha 55 cadeiras perde um deputado pela resolução. A mudança é válida para as eleições de 2014. As bancadas estão divididas e adiaram a votação do projeto que suspende a resolução do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). As que terão reduzidas a sua representação são contra a resolução. As bancadas estaduais que foram favorecidas não querem a aprovação da proposta (PDC 1361/13) que teve a urgência aprovada para votação na sessão de ontem, mas até então, sem resultado. A redefinição decretada pelo TSE levou em conta os dados mais recentes de população divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Oito estados perderão deputados, enquanto cinco ganharão mais representação. Pela resolução, Alagoas, Espírito Santo, Pernambuco, Paraná, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul perderão uma cadeira, enquanto Paraíba e o Piauí terão dois deputados a menos. Os beneficiados com mais uma cadeira serão Amazonas e Santa Catarina, enquanto Ceará e Minas Gerais ganharão outros dois representantes. O maior beneficiado é o Pará, que ganhará quatro deputados a mais. A resolução também redefine as vagas das assembleias legislativas e da Câmara Legislativa do Distrito Federal.

Os argumentos contrários O argumento dos deputados que defenderam o projeto é de que a definição do tamanho das bancadas depende do Congresso, não do Judiciário. “É uma questão de Justiça e respeito ao Congresso Nacional, não

cabe ao TSE interferir numa questão política que cabe ao Senado e à Câmara”, disse o deputado Alex Canziani (PTB-PR). O deputado Afonso Hamm (PPRS), por sua vez, argumentou que é injusto o seu estado perder um deputado. “Perder sua representatividade é uma coisa absurda no que se refere à democracia”, disse. O deputado Marcelo Castro (PMDB-PI) também defendeu a suspensão da resolução do TSE. “Tivemos as prerrogativas tiradas pelo TSE numa resolução que faz o que é de competência do Congresso Nacional”, diz. Deputados de estados que não são influenciados pela norma também se solidarizaram com os colegas. Para os deputados Fabio Trad (PMDB-MS) e Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP), o Judiciário está agindo além de sua competência. O líder da minoria, deputado Nilson Leitão (PSDB-MT), criticou o fato de o Congresso não ter prioridades e ficar à margem da decisão de outros poderes. “Estamos sempre correndo atrás do prejuízo por inoperância do Congresso Nacional, que fica na rabeira do Judiciário”, criticou.

Os argumentos favoráveis Os deputados de estados que ganharão parlamentares querem manter a resolução. “É uma resolução justa, que leva em consideração a proporcionalidade direta dos habitantes”, disse o deputado Domingos Sávio (PSDB-MG). O deputado Esperidião Amin (PP-SC) rebateu as afirmações de que o TSE exorbitou na decisão. “Casuísmo é derrubar essa resolução. A Casa vai se desmoralizar mais

divulgação

Hamm considera injusto o estado perder uma cadeira na Câmara uma vez junto à Justiça, e os juristas vão rir dos que disseram que o TSE exorbitou, ele apenas aplicou a aritmética prevista em lei complementar”, opinou. Ele disse ainda que o Supremo Tribunal Federal “vai rir” desse projeto. O líder do PDT, deputado André Figueiredo (CE), defendeu o adiamento da discussão. “Vamos colocar estados uns contra os outros novamente. O que não pode é o eleitor de alguns estados valer mais do que o de outro. Exemplo da injustiça do Pará, que tem um milhão a mais de eleitores que o Maranhão e a mesma representação”, afirmou. O deputado Zequinha Marinho (PSC-PA) também afirmou que, por mais que a Casa mude a resolução do TSE, não vai poder mudar os números do crescimento dos estados. O deputado João Ananias (PCdoB-CE) disse que a Casa sairia diminuída se a votação fosse concluída. “Estados como o Piauí perdem, mas o Ceará deixa de ganhar. Os estados que não ganham e nem perdem não podem virar o fiel da balança agora”, declarou.


Fogo Cruzado 05

JORNAL MINUANO BAGÉ, 13 DE NOVEMBRO DE 2013

Secretário da Smau não comparece a convocação da Comissão e Infraestrutura divulgação

O secretário de Atividades Urbanas, Eduardo Mendes, estava convocado para comparecer na reunião de ontem da Comissão de Infraestrutura da Câmara de Vereadores. O documento havia sido encaminhado ao gabinete do prefeito, que não teria, repassado a convocação.

Mendes destacou que não tem motivos para se esconder, apenas não recebeu o documento

Na manhã de ontem, Mendes era esperado para falar sobre as alterações no projeto da retomada das obras do Anel Rodoviário. Como se tratava de uma convocação, o secretário da Smau teria de apresentar uma justificativa para a ausência, o que também não foi apresentada. O procurador jurídico da Câmara, Eduardo Deibler, informou à comissão que o prazo para apresentar justificativa é de 10 dias. Mendes garantiu que não recebeu, nem assinou qualquer docu-

mento de convocação. Ele até chegou a ser avisado pelo gabinete do prefeito na manhã de ontem, poucos minutos antes da sessão na Câmara, mas estava em outra agência. O secretário acredita que os convites e convocações seriam mais efetivos se fossem encaminhados diretamente para as secretarias. “Não tenho por que não ir até a Câmara, não estou fugindo, não tenho motivos para isso. Apenas não recebi em tempo hábil a convocação”.

O PCdoB realiza congresso nacional amanhã O Partido Comunista do Brasil (PCdoB) realiza amanhã a 13º edição do congresso do parti-

do. Na pauta de debates estarão os últimos 10 anos do governo federal e o combate ao “espólio dei-

Caio retoma projetos após eleição do PT O vereador Caio Ferreira (PT), viajou a Porto Alegre ontem onde cumpre agenda na Companhia de Geração Térmica de Energia Elétrica (CGTEE), o petista busca informações sobre os recursos de compensação ambiental para Bagé. Na Fundação de Ciência e Tecnologia (Cientec) e na Diretoria de Transmissão da Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE), Caio retoma os estudos para a possível instalação de uma pequena central térmica a gás metano na cidade. O vereador encerra sua excursão no setor jurídico do Sindicato e Organização das Cooperativas do Estado do Rio Grande do Sul (Ocergs) para estruturar o projeto que pretende implantar no município sobre o cooperativismo.

xado pela política neoliberal” e a participação nos governos do PT. O evento acontece em São Paulo, a

estimativa é de que mais de 100 mil pessoas compareçam. Segundo presidente do PCdoB de Bagé,

os custos inviabilizam uma viagem, mas deverão acompanhar os debates pelas redes sociais.

Regional da CEEE-D tem novo gerente regional O novo gerente regional da distribuidora da Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE-D), Nilson Pinheiro da Costa, de 37 anos, será empossado hoje, às 16h, no salão da CEEE-D, em Bagé. Ele substitui Mibabeau Borba dos Santos, que ocupava o cargo por indicação política do PSB, que deixou o governo do PT para preparar a campanha de Eduardo Campos à presidência. Costa é do quadro da CEEE tendo atuado, prioritariamente, em cargos de supervisão na região.

Costa entra no lugar de Mirabeau

divulgação


06 Campo & Negócios

BAGÉ, 13 DE NOVEMBRO DE 2013

JORNAL MINUANO

Jaqueline Muza redacaominuano@gmail.com

Chuva preocupa produtores de soja e arroz da região Cerca de 38 produtores de soja e arroz integrantes da Associação dos Arrozeiros de Bagé e região realizaram na noite de segunda-feira, uma reunião para definir os rumos da produção após as chuvas deste final de semana. Dos 24 mil hectares previstos para o arroz apenas 35% foram plantados. Na soja, o número é menor, e a previsão de cultivo é de 100 mil hectares. Até agora, apenas 20% da área foi plantada. De acordo com o presidente da associação, Ricardo Zago, o período ideal para o cultivo do arroz seria no final

de outubro e da soja o prazo encerra até 15 de dezembro. Ele alerta que a germinação e produtividade dos grãos já estão comprometidas. “Definimos que iremos plantar de qualquer maneira porque os insumos foram comprados e as sementes estão tratadas para o cultivo”, afirma. Com o prazo inspirado para o plantio e a previsão de mais chuva nos próximos dias, o presidente afirma que haverá uma queda nas duas safras e não haverá uma superprodução conforme o anunciado pelos governos Estadual e Federal. “Es-

tamos prevendo que terá uma queda de cerca de 20% no Estado. Em Bagé, ainda não é possível fazer uma estimativa do prejuízo porque não conseguimos concluir o plantio”, observa. Conforme Zago, existem áreas de soja que precisarão ser replantadas. “Esse é um ano atípico, sempre sofremos com a falta de chuva e este ano o problema é o excesso”, comenta. Ele disse que os produtores estão aflitos porque os períodos que para a chuva não são suficientes para secar o solo e trabalhar na terra.

ARQUIVO JM

Algumas áreas da oleaginosa precisam ser replantadas

Núcleo comemora resultados da Feira de Terneiros com coquetel para participantes DIVULGAÇÃO

Sant’Anna falou sobre sistemas de produção

Cotações do campo Produtos Arroz - saca de 50 kg Soja - saca de 60 kg Milho - saca de 60kg Sorgo - saca de 60 kg Feijão - saca de 60 kg Trigo- saca de 60 kg Boi gordo - kg vivo Vaca gorda - kg vivo Vaca de invernar - kg vivo Terneiro - kg vivo Novilho de invernar - kg vivo Vaquilhona leiteira prenhe - Cabeça Vaca leite primeira cria - Cabeça Cordeiro - kg vivo Capão - kg vivo Ovelha de cria - Cabeça Ovelha consumo - Cabeça Lã cruza I especial - kg Leite - Litro Mel a granel - kg

O Núcleo de Criadores de Terneiros de Bagé realizou na última segunda-feira, uma reunião para comemorar os resultados da 29º Feira de Primavera que aconteceu na última quinta- feira. O encontro aconteceu no pavilhão de remates Sílvio da Silva Tavares no parque da Associação e Sindicato Rural de Bagé. Durante a reunião foi oferecido um coquetel, para os produtores que participaram da feira.

De 4 a 10/11/2013

Valor R$ 32,00 68,00 28,00 20,00 36,00 3,40 3,15 2,70 4,00 3,30 3.000,00 3.000,00 3,80 3,50 180,00 135,00 6,30 1,10 5,00 Fonte: Emater municipal

Na ocasião, o pesquisador da Embrapa Pecuária Sul, Danilo Sant’Anna, apresentou uma palestra sobre a competitividade da pecuária frente à lavoura de soja no Rio Grande do Sul. O pesquisador mostrou sobre o problema do desequilíbrio na produção da região. Ele apresentou dados de pesquisas que mostram a possibilidade de ultrapassar os problemas de desequilíbrio na produção, que a pecuária sofre frente à agricul-

tura, principalmente da soja. Durante a palestra o pesquisador afirmou que o produtor pode manter a pecuária competitiva e escolher entre em manter esses sistemas com ou sem integração com a lavoura. “Isso tudo passa pela intensificação do sistema de produção de pecuária, para uma melhor gestão de processos e do uso adequado dos insumos disponíveis”, salientou Sant’anna.

Soledad Pastorutti será uma das atrações da 35ª Semana Crioula A festa considerada mais campeira do Mercosul já tem data definida, e vai acontecer nos dias 3, 4, 5 e 6 de abril de 2014, no Parque de Exposições Visconde de Ribeiro Magalhães, na Associação e Sindicato Rural de Bagé. A novidade da 35ª edição da Semana Crioula deve ficar por conta do show da cantora argentina Soledad Pastorutti, que pela segunda vez virá a Bagé durante um evento promovido pela entidade ruralista. A primeira passagem da cantora foi há cinco anos, durante a 97ª Expofeira, em 2009. A apresentação de Soledad deve acontecer no dia 6, quando do encerramento da 35ª Semana Crioula Internacional de Bagé. A confirmação Cantora Argentina se apresenta do show e outros detalhes sobre o evento serão no encerramento da festa divulgados em breve.

DIVULGAÇÃO


Cidade 07

JORNAL MINUANO BAGÉ, 13 DE NOVEMBRO DE 2013


08 Cidade

BAGÉ, 13 DE NOVEMBRO DE 2013

JORNAL MINUANO

Bagé adere ao Programa Juventude Viva

Na tarde de ontem, o prefeito Dudu Colombo e o vereador Lélio Lopes (Lelinho) assinaram o termo de adesão do Programa Juventude Viva, que prevê a ampliação dos direitos e a prevenção da violência que atinge a juventude. O programa do governo federal constitui uma oportunidade histórica para enfrentar a violência. Além das ações voltadas para o fortalecimento da trajetória dos jovens, a iniciativa busca promover o enfrentamento ao racismo e ao preconceito da geração de pouca idade, que contribuem com os altos índices de mortalidade da juventude negra brasileira. Lelinho, que é o proponente da iniciativa, ressaltou que o plano reúne ações de prevenção que visam a reduzir a vulnerabilidade dos jovens a situações de violência a partir da criação de oportunidades de inclu-

Vivian Pereira/especial JM

Prefeito e vereadores assinaram o termo de adesão ontem são social. “O plano que está sendo lançado hoje (ontem), fará com que este projeto venha fomentar e potencializar ainda mais as políticas da juventude para nossa cidade. Buscamos reduzir a vulnerabilidade dos jovens, fazendo com que todos possam ter uma perspectiva de um futuro digno e que possamos desenvolver qualidade de uma vida melhor a todos os

jovens”, salientou o vereador. Para o prefeito, o projeto significa mais mudanças para Bagé. “Este ato simboliza um conjunto de ações que servem para reforçar as políticas direcionadas à juventude”, disse. O Juventude Viva será executado pela Secretaria Municipal de Juventude Esporte e Lazer, junto com a Coordenadoria Municipal da Juventude.


Cidade 09

JORNAL MINUANO BAGÉ, 13 DE NOVEMBRO DE 2013

Bispos se reúnem para discutir romarias e documento enviado pelo papa O encontro que iniciou por volta das 10h30min no bispado, teve a participação dos prelados da Província Eclesiástica da Metade Sul do Estado, composta pelos bispos Dom José Mário Stroeher, da Diocese de Rio Grande, Dom Jacinto Bergmann, Arcebispo da Arquidiocese de Pelotas, e o bispo da diocese de Bagé, Dom Gílio Felício. Pela manhã a pauta foi mais amena. Os religiosos trataram apenas do novo tema das romarias das três dioceses de 2014 e fizeram um balanço das que ocorreram este ano. Dom Gílio lembrou que as procissões reuniram público recorde este ano. A de Nossa Senhora Conquistadora, em Bagé, reuniu em torno de 20 mil fiéis, segundo ele. A de Nossa Senhora de Guadalupe, realizada no último domingo de outubro, em Pelotas, levou às ruas cerca de 40 mil romeiros. E a romaria de Nossa Senhora de Fátima, em Rio Grande, teve a presença de 30 mil católicos. “A reunião foi muito produtiva”, iniciou Dom Gílio, revelando o novo tema que conduzirá as procissões e eventos da igreja católica no ano seguinte. “Optamos pelo lema ‘Romaria, aflitos que procurávamos’. As

ANTÔNIO ROCHA

pessoas poderão estranhar um pouco, mas nós queremos rezar sobre as aflições da nossa época, principalmente sobre a família, que está em crise”, explicou o bispo, dizendo que, para ele, a família é a gênese de tudo. Também foi discutido o tema da Campanha da Fraternidade para 2014, que vai realizar um trabalho de conscientização sobre o tráfico humano. “Especialmente na região de fronteira”, alertou Dom Gílio.

Mudanças Já à tarde, o contexto da reunião girou em torno da renovação das paróquias proposta pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) este ano. Questões como liturgias mais animadas e a importância da presença da Igreja Católica em instituições de formação de cidadãos, como as escolas, estão entre as modificações previstas. Dom Gílio adiantou que o tema voltará a ser tratado no próximo encontro da Província Eclesiástica da Metade Sul, em março. Em abril, durante a Assembleia Nacional de Bispos, as modificações serão anunciadas e oficializadas, tornando-se leis que deverão ser seguidas por todas as paróquias.

Província Eclesiástica da Metade Sul discutiu as ações de 2014 da igreja católica

Temas polêmicos No início deste mês, o papa Francisco encaminhou um questionário a todos bispos do mundo, buscando informações sobre a forma com que as famílias modernas são vistas. O documento busca conhecer a opinião dos católicos sobre questões polêmicas como casamento homossexual e adoção de crianças por companheiros do mesmo sexo, divórcio e aborto.

Este foi o último tema tratado na tarde de ontem durante o encontro. Dom Gílio informa que as dioceses de Bagé, Rio Grande e Pelotas debateram a formatação de como a questão será conduzida nas paróquias dos três municípios. O prelado conta que a intenção é consultar movimentos familiares e a comunidade católica sobre os temas em questão através de uma grande assembleia no próximo ano, ainda sem data definida. O resultado

FRANCISCO DE ASSIS

Estudo do questionário irá auxiliar a Igreja Católica a encontrar um novo caminho para a realidade do mundo moderno desse encontro deve ser enviado ao Vaticano até metade de 2014. Conforme explica o religioso, todas as respostas aos questionamentos serão recebidos e analisados pelo Sinodo, uma reunião de bispos e cardeis que atua na Santa Sé, com orientação do papa. “Através do estudo especial destas respostas, o Sinodo irá auxiliar a Igreja Católica a encontrar um novo caminho para a realidade do mundo moderno”, define Dom Gílio.


10 Cidade

BAGÉ, 13 DE NOVEMBRO DE 2013

JORNAL MINUANO

Idade máxima para doação de sangue passa para 69 anos Na manhã de ontem, o Ministério da Saúde anunciou novas regras para a doação de sangue. A principal mudança é o aumento da idade para doação, que passa de 67 para 69 anos. Em Bagé, desde agosto, a captação do sangue é realizada pelo Hemocentro de Pelotas (Hemopel), que já fazia o processamento e distribuição do material. Desde então, duas coletas foram realizadas, uma em setembro e outra no mês de outubro. Na primeira coleta externa o Hemopel contabilizou 70 bolsas e, na segunda, 40. Mas a média, segundo a coordenadora de captação do Hemocentro, Eloíza Silva, é de cem bolsas por coleta. Eloíza avalia as mudanças propostas pela portaria. “Na verdade acredito que não traga grandes mudanças, porque a idade máxima para a primeira doação continua sendo de 60 anos. O que possibilita é que as pessoas que já são doadoras continuem doando por mais dois anos. Em 2011, quando a idade foi estendida de 65 para 67 anos, o público desta faixa etária já viu com bons olhos a mudança”, diz ela. A próxima data para a coleta externa na cidade deve ser 30 de novembro, mas ainda não está confirmada. Não há indicadores

Coletas de Bagé estão sendo feitas pelo Hemopel do percentual de doadores locais na terceira idade, mas, conforme Eloíza, este número não representa a maior parte. “Em compensação os doadores desta faixa doam até quando podem, pois é uma forma de sentirem-se inseridos na sociedade, colaborando de alguma forma”, comenta.

As alterações O Ministério da Saúde ampliou para 69 anos a idade máxima para doação de sangue no Brasil, o que amplia em dois milhões o público potencial de doadores. A atual faixa etária para doação era de 16 a 67 anos. Países como EUA, França e Espanha já trabalham com a faixa etária de até 69 anos. O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, também assinou ontem a portaria

que torna obrigatória a realização do teste NAT (teste de ácido nucleico) em todas as bolsas de sangue coletadas no país. O Sistema Único de Saúde (SUS) oferta, desde a década de 90, os testes para detecção dos vírus das hepatites B e C, HIV, Doenças de Chagas, Sífilis e Malária (na região Norte). O teste NAT será realizado de forma adicional (para detecção de HIV e hepatite tipo C) somado aos exames de sorologia que continuarão sendo aplicados. O SUS conta com 32 hemocentros coordenadores e 368 regionais e núcleos de hemoterapia distribuídos em todo o país. O investimento do Ministério da Saúde na rede de sangue em hemoderivados chegou a R$ 1,1 bi em 2012.


Cidade 11

JORNAL MINUANO BAGÉ, 13 DE NOVEMBRO DE 2013

Agentes de saúde protestam por novo atraso ao pagamento Após repasse da prefeitura, Urcamp depositou valores no final da tarde de ontem

FOTOS ANTÔNIO ROCHA

Servidores colocaram cartazes em frente à porta de entrada do Paço Municipal

Manifestantes ocuparam a frente da Prefeitura e bloquearam o trânsito na avenida General Osório Cerca de 40 agentes comunitários de saúde fizeram uma manifestação em frente ao prédio da prefeitura de Bagé, na manhã de ontem, por volta das 10h30min. Membros do Sindicato dos Profissionais da Área de Saúde Coletiva de Bagé (Sinprosc) e Sindicato dos Agentes Comunitários de Saúde (Sindacs), colocaram nariz de palhaço, seguraram cartazes e fizeram um apitaço durante uma hora, entoando cantos como “Dudu, cadê você, eu vim aqui pra receber”. O motivo do protesto foi o atraso ao pagamento dos 22 dias trabalhados referentes ao período de 23 de setembro a 22 de outubro, e à primeira parcela do 13º sa-

lário (50%), que deveria ser efetuado anteontem, dia 11. A prefeitura deveria repassar os cerca de R$ 500 mil à Universidade da Região da Campanha (Urcamp) dia 5 de novembro, para que a instituição pagasse os servidores, mas pediu prorrogação do prazo para o dia 11. Mesmo assim acabou atrasando. O auditor do município, Sérgio Kaé, explicou que as verbas estão sendo processadas, mas que houve um “problema burocrático” no repasse: “Houve um atraso de 48 horas por uma burocracia natural do serviço público. Falei com o secretário da Fazenda, Tirso Delabary, ontem, e ele me assegurou que até o fim do dia o di-

nheiro estará na conta da Urcamp”, garantiu Kaé. A presidente da Associação dos Agentes Comunitários de Saúde de Bagé, Gislaine Aguirre de Freitas, qualificou o atraso: “Isso é uma falta de respeito com o funcionalismo público. Bagé é uma cidade sem lei”, indignou-se. Grávida de cinco meses, Marli Maglione Ávila, trabalhava há nove anos como agente de saúde, e acabou demitida: “Esse desrespeito com o ser humano é só aqui. Teve funcionário público que recebeu o aviso prévio da demissão por Sedex”, lamentou. A advogada do Sindacs, Simone da Silva Domingues, informou que recorrerá à justiça cobrando indeniza-

ção pelo atraso: “Mais uma vez a prefeitura de Bagé não cumpriu com a palavra. Isso não é novidade para mim. Agora nós vamos buscar as medidas jurídicas cabíveis”, informou. Outro cântico dos manifestantes era o de “Dudu, não tem negociação, a rescisão é obrigação”. Isso por que o montante da rescisão, que engloba férias vencidas e proporcionais, aviso prévio, indenização, FGTS e 13º salário dos 194 profissionais demitidos este ano (servidores da Estratégia Saúde da Família), é bem mais volumoso, chegando a R$ 2,5 milhões. Destes 194 funcionários, 123 são agentes comunitários da saúde.

O impasse sobre o acordo A prefeitura propôs pagar esse valor em 24 vezes, o que foi rechaçado pela

categoria, que apresentou uma contraproposta de pagamento em oito parcelas. “As verbas rescisórias não foram pactuadas, pois os sindicatos não aceitaram nossa proposta”, lembrou Kaé. “Mas alguns servidores concordaram em receberem o FGTS e o seguro desemprego”. A manifestação bloqueou o trânsito no sentido centro/bairro na avenida General Osório por cerca de uma hora. A Brigada Militar foi chamada para tentar organizar o protesto e acalmar alguns manifestantes mais exaltados. Mas, no fim, tudo transcorreu pacificamente. O departamento de Recursos Humanos da Urcamp informou que o valor foi depositado na conta dos agentes ainda na tarde de ontem. De acordo com a procuradoria do município o dinheiro já estaria disponível para o saque.


A Festa de James Cleary e Adriana para os 15 anos de Katherine Cleary, trouxe requinte na medida certa ao Clube Comercial

e, aos convidados, sendo tudo projetado pessoalmente por Adriana Cleary e, executado pela equipe do caps Kiko Etchegaray. Óbvio que este é um tema que eu tinha que abordar, mesmo já tendo sido referido pelos demais colunistas. Mas são tantos detalhes, então algo também vou narrar. Os convidados todos elegantérrimos! O banquete e serviço foram impecáveis e, os doces eram #luxo. A música embalou até passar o amanhecer. As cadeiras para os adultos eram Dior Diamond e, para os jovens Tiffany do designer Philippe Starck. As mesas bistrô coletivas forradas em animal print e, outras em turquesa, o que ambientou com muita beleza. Os tapetes belga embelezaram com suas estaparias, assim como, os biombos e tapadeiras que cobriram as entradas laterais do salão e paredes finalizavam a ambientação. Para o toilette, tudo muito bem pensando. Adorei as caixas em veludo com elementos necessários para eventualidades, e os diversos parfums como Polo, Victoria Secret, Dior e outros, enfim o contexto era tão lindo e charmoso que a composição de tudo por si só encantou a todos. A imprensa do estado compareceu para a cobertura além de personalidades empresariais. Leonardo Pacheco esteve comigo fotografando para o meu site e, lá podem conferir fotos lindas, entre algumas que já circularam nos jornais. É muito bom festejar! E a família está de parabéns, pois, o Clube Comercial recebeu a festa mais elegante e linda dos últimos tempos!

Wolf Pinto y Cleary no brinde especial em família (foto Vitor Raskim)

Katherine foi surpreendida por um vídeo feito com os amigos e foi aquela festa!

Maria Flores e Isadora Kalil, representam a nova geração de lindas

Mauren Piegas, linda no Blanco Negro patrocinado pelas anten Strelitza, Rosa Chiclete, La Saro Lumina e Núria (fotos Leo Pach


oy adas otti, heco)

Social 12/13

JORNAL MINUANO BAGÉ, 13 DE NOVEMBRO DE 2013

Walter Pinto (também aniversariou) e Nilza Wolf Pinto, avós maternos de Katherine Cleary

Rinaldo Carvalho e a bela Alessandra dos Santos na Madre

Wagner Brasil em entrevista com Lorena Robaina para o BiaLamego. com, confere lá

Milene Bordini em breve serão parcerias Hanie Brum quando o assunto for bons negócios (foto Jorge Elias)

Aniversários O Colunista Eduardo Conill do Correio Povo lançará em março o Livro da Sociedade Gaúcha e convidou três Fernanda Borba, presidente da Liga colunistas do estado, sendo que Jovem, estilosa usou estamparia de entre eles estarei lá indicando a bicho, adoro! sociedade bajeense.

Luiz Mário Portela Rodrigues Maicon Dener Seixas Moreira Eda Luiz Dutra Pedro Geraldo de Souza Jaime Quadros Ana Carla de Vargas Alvarenga

Beatriz Morales Sandra Gonzáles Veda Lucinda Leal da Silva Myrian de Souza Gularte Cristiano da Cunha Silveira Camilly Lara Dias Bruno dos Santos Acosta Maicon Seixas Moreira Lazaro Cabral de Bem

Edier Ribeiro Luciano Antoniazzi Rosimere de Faria Pedra Maria Helena Domingues da Silva Giulia da Silva Rodrigues Deividi M. Portácio Jocieli Fernandes


14 Cidade JORNAL MINUANO

Festival Carlitos de Cinema Estudantil acontece amanhã

divulgação

BAGÉ, 13 DE NOVEMBRO DE 2013

Filme (In)Separáveis faz parte da competição Um grupo de amigos que se reencontra após uma tragédia. Este é o tema do curta (In)Separáveis, produzido para o 2º Festival Carlitos de Cinema Estudantil. O evento acontece amanhã, no Auditório da Escola Estadual Carlos Kluwe. Segundo a integrante do grupo que produziu o material, Bruna Mór, o trabalho é baseado no movimento artístico Realismo e tem o objetivo de chamar a atenção para o valor da amizade. O 2º Festival Carlitos é o resultado do trabalho dos alunos do 2º ano do Ensino Médio da escola Carlos Kluwe. A mostra foi produzida de maneira interdisciplinar, envolvendo o conteúdo das disciplinas de Artes,

Literatura e Língua Portuguesa. No total, a competição envolve 21 curtas-metragens e 250 alunos. O organizador do evento, Márcio Gonçalves, explica que o tema dos filmes tem ligação com tudo que os estudantes aprendem em sala de aula. “Eles estudaram os movimentos artísticos Romantismo e Realismo, e a partir disso fizeram os roteiros”, conta. Durante o evento, os finalistas serão anunciados, além dos ganhadores das categorias melhor ator, melhor atriz, direção, fotografia, roteiro e edição. Além destas categorias, Gonçalves conta que a criação de um banner para a divulgação do trabalho também será premiado.

Votação para a 6ª edição do Prêmio Vencedores encerra no dia 27 Toda a população bajeense pode colaborar para a escolha dos vencedores da 6ª edição do Prêmio Vencedores. A votação está aberta e vai até o próximo dia 27. A divulgação dos vencedores acontece em 7 de dezembro e o evento de premiação no dia 12 de dezembro, no complexo cultural do Museu Dom Diogo de Souza. O objetivo do prêmio é indicar 20 homens e 20 mulheres das áreas de Arquitetura, Artes, Atuação Social, Comércio, Cultura, Educação, Microempresa, Entretenimento, Esportes, Gastronomia, Gestão Pública, Indústria, Jovem Empresário, Jurídica, Medicina, Odontologia, Política, Rural, Saúde e Turismo. O evento é uma promoção do Programa Rota 20 e o Jornal MINUANO é apoiador da iniciativa. Segundo um dos responsáveis pela organização do evento, João Francisco Melo Delgado, as últimas cinco edições resultaram em 120 mil votações. Neste ano,

a escolha que iniciou em 6 de novembro chegou a quatro mil votos até agora. Sobre a participação na escolha, Delgado lembra que esta forma de votação é democrática e abrange todos os segmentos da sociedade. “Todos podem participar e escolher aqueles que serão destaque. Isso valoriza quem colabora para o desenvolvimento econômico e humano da cidade”, diz. O diretor comercial do Jornal MINUANO, Ion Cunha, conta que o jornal participa do evento por ser um prêmio relevante para a sociedade bajeense. “Apoiamos porque queremos estar presente no ano em que o Rota 20 comemora seus 15 anos, o que não é tarefa fácil. Além disso, o prêmio tem grande relevância para a sociedade, que escolhe os vencedores de 2013”, diz. Para participar da votação é preciso acessar o site do Rota 20: www.rota20.com. br, ou dos apoiadores: www. jonalminuano.com.br e www. alternet.com.br.


Cidade 15

JORNAL MINUANO BAGÉ, 13 DE NOVEMBRO DE 2013

Multifaces para Ellas aborda diversidade da mulher moderna

FOTOS FRANCISCO DE ASSIS

Dienifer aprende dicas de maquiagem

Jéssica levou o filho

Juliana preocupada com a qualidade de vida

Gabriela fala sobre os diferentes papéis femininos

Kátia avalia positivamente a proposta

O complexo cultural do Museu Dom Diogo de Souza foi palco, ontem, de um evento pioneiro na cidade. Promovido pelo Conselho Bajeense da Mulher Empreendedora (Cobame), com parceria do Jornal MINUANO, o Multifaces para Ellas contou com oficinas e palestras dos mais diversos temas. Cerca de cem mulheres de diferentes idades, classes sociais e profissões participaram do evento. Durante a tarde, as oficinas ministradas foram de automaquiagem, moda executiva e boas maneiras e qualidade de vida na melhor idade. A jovem Dienifer As-

sunção, de 18 anos, contou que já se maquia, mas que não tinha conhecimento das dicas profissionais que foram repassadas por profissionais da Mary Kay. “É muito bom, vim para ter um conhecimento. É bom para saber se maquiar em qualquer tipo de evento”, comenta. A atendente de lancheria Jéssica Rosa, de 23 anos, soube do evento por meio do curso Pronatec, que levou diversas alunas ao Multifaces. Nem mesmo a companhia do filho de dois anos e meio foi empecilho para se fazer presente e descobrir os segredos de uma boa maquiagem. “Já

tive outros cursos deste tipo e gosto muito. Vou aproveitar as dicas que vão servir bastante”, explicou. Outro tema que chamou a atenção foi a qualidade de vida na melhor idade. A jovem enfermeira Juliana Severo, de 29 anos, participou desta oficina e justifica. “Hoje o envelhecimento não faz parte da minha vida, mas fará já que envelhecer é para todos. Por isso achei a oficina muito produtiva para estar preparada e ter qualidade de vida quando esta fase chegar”, disse ela enquanto assistia à palestra. As facilitadoras do even-

to são da empresa Potenciale Gestão de Pessoas em Porto Alegre. Uma delas, Gabriela Pires Morais, diz que a proposta do evento foi inovadora e que Bagé mostrou um grande potencial de mulheres empreendedoras. À noite, uma palestra ministrada por ela e por Andrea de Agosto, também da Potenciale, resgatou algumas das dicas mais importantes repassadas durante o dia. “Abordamos as diversas faces das mulheres, como a executiva, a família e a atuação no ambiente familiar. A proposta foi fazer um momento de reflexão de como

está a atuação da mulher em todas estas faces”, explicou, ressaltando que se surpreendeu positivamente com o público presente. A presidente do Cobame, Kátia Vinciprova, conta que o objetivo da iniciativa surgiu pela necessidade de ampliar o serviço prestado pela Multifeira, outra promoção tradicional da entidade. “O evento deve se repetir no ano que vem e a proposta é atingir a mulher que, além de mulher, é mãe, empreendedora, indo desde a maquiagem até o propósito de vida. O encontro foi muito bem aceito”, disse.

Abertas as inscrições para Trilha Verde na Mina de Candiota da CRM

As inscrições para a 1ª Trilha Verde – Caminhada/Corrida Orientada abriram na última segunda-feira na Mina de Candiota da Companhia Riograndense de Mineração (CRM) e encerram no dia 25 de novembro. A atividade é uma iniciativa dos comitês do Projeto Verde! Sinal de Vida IluMI-

NAda e integra a programação alusiva aos 10 anos de atuação do projeto na empresa em parceria com o Sesi. As inscrições podem ser feitas na sala do Projeto (junto à sala dos motoristas) diariamente e poderão participar os colaboradores da CRM e seus dependentes maiores de 18 anos.

O trajeto de cinco quilômetros será percorrido na Mina de Candiota, na estrada que dá acesso à malha dois. A atividade será no dia 1º de dezembro, domingo, a partir das 8h30min quando acontecerá uma avaliação inicial por profissionais da empresa e do Sesi, através da verificação a

pressão arterial, batimentos cardíacos e glicose. Também serão oferecidas água e frutas aos participantes. A atividade está relacionada ao Projeto Verde! Sinal de Vida IluMINAda, que há 10 anos atua em benefício da qualidade de vida dos colaboradores da CRM em Candiota.


16 Cidade

BAGÉ, 13 DE NOVEMBRO DE 2013

JORNAL MINUANO

Operação visa acabar com poluição visual nos espaços públicos A Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Smam) estará intensificando, nesta semana, a fiscalização no sentido de retirar e coibir a colocação de cartazes, anúncios, placas, propagandas e banners, em espaços públicos, entre eles, postes, paradas de ônibus e árvores. De acordo com o titular da pasta, Amaro Robaina, o Código de Posturas de Bagé (Lei Municipal nº

2044/79) diz que a divulgação de anúncios ou letreiros é vedada nos seguintes casos: quando pregados, colocados ou dependurados, pintados ou desenhados, nas árvores das vias públicas ou de outros logradouros ou nos postes de iluminação ou telefônicos. De acordo com Robaina, a colocação destes materiais causa desconforto visual àqueles que transitam por estes locais,

sem esquecer da sujeira que geram no entorno e do aspecto de abandono que proporcionam. “Os responsáveis pela colocação desses materiais serão identificados e notificados para retirá-los dos locais vedados pela legislação. O descumprimento dos termos das notificações e colocações irregulares futuras poderão gerar multas administrativas”, avisa o secretário.

Na próxima terça-feira, o Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Condema), realiza às 14h, no Salão Camilo Moreira, uma reunião para a escolha do seu presidente. Primeiro, será feito o credenciamento dos candidatos e na sequência, a homologação dos mesmos

pelo quórum regimental e início imediato da votação até as 15h. Logo após, acontece o encerramento da votação, contagem dos votos e posse do novo presidente. O conselho informa que somente poderão se candidatar e votar nesta eleição, “conselheiros

devidamente oficiados pelas entidades representadas”. Divulga ainda, que sendo efetivada a convocação na pessoa do titular e estando este impossibilitado de comparecer, será de sua responsabilidade intimar o seu suplente para que o mesmo se faça presente.

Comdema realiza eleição para presidente


Aceguá 17

JORNAL MINUANO BAGÉ, 13 DE NOVEMBRO DE 2013

Município terá representante em foro da fronteira A Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Aceguá, o Ministério das Relações Exteriores do Uruguai e organizações ligadas aos movimentos afrodescendentes dos dois países estão organizando um encontro no dia 4 de dezembro para apresentar uma proposta de formatação ao Foro de Desenvolvimento da Fronteira para as Comunidades Afrodescendentes, que irá acontecer no mês de março na sede do Mercosul em Montevidéu. Na ocasião será empossado o coordenador das Oficinas Regionais de Análises de Políticas em Equidade Racial (Oraper) Aceguá/ Brasil, Alberico Muniz Rodrigues. O representante do Ministério das Relações Exteriores do Uruguai no tema Étnico Racial, Romero Rodriguez irá participar do evento. No início de novembro, o secretário de Desenvolvimento Econômico de Aceguá, Glécio Rodrigues, representantes da Oraper de São Gabriel e do Brasil, Mundo Afro, Ministério das Relações Exteriores do Uruguai, do Instituto Superior de Formação Afro do Uruguai (ISFA) e Instituto Harmonia, participaram de uma reunião em Montevidéu para tratar sobre a construção do Foro do Brasil, Uruguai e Argentina e capacitação

dos integrantes da fronteira. Durante a reunião em Montevidéu foi empossada a coordenadora da Oraper Aceguá/Uruguai, Felisbela Rodrigues de Rodrigues. Os novos coordenadores terão como meta a implantação de programas e projetos que tenham como finalidade a construção de políticas públicas direcionadas as comunidades e grupos de afrodescendentes localizados nos município. Conforme Rodrigues, que é o coordenador da Oraper no Brasil, a ideia de formação do Foro surgiu em Bagé no início de 2010 e foi aprovada sua construção em dezembro de 2012 pelo Fórum Consultivo de Cidades e Regiões do Mercosul (FCCR). Houve a participação de representantes da região fronteiriça para o projeto fosse viabilizado. Rodrigues comenta que além de Aceguá, as cidades a prefeitura de Bagé, Intendência de Cerro Largo, Uruguai e Monte Caseros, Argentina também irão organizar debates para a construção do Foro. Ele destaca que para os debates serão convidados representantes dos quilombos de Palmas, Cerro do Ouro de São Gabriel e Tamanduá e Vila da Lata em Aceguá,

divulgação

Reunião consolidou representantes de Aceguá Uruguai e Brasil e algumas localizadas no Uruguai através da Oraper Aceguá. O secretário comentou que com a Oraper em Aceguá, o município sai fortalecido na luta das organizações latino-americanas contra o racismo e a discriminação, possibilitando realizar reuniões e encontros para discutir soluções para os problemas que se encontram as populações vulneráveis

na faixa de fronteira entre dois países. Para Rodrigues, o foro será importante para discutir políticas alternativas e projetos binacionais e resgatar a história dos quilombos. Ele conta que o Uruguai consolidou a Lei de abolição da escravatura antes do Brasil, e por isso, muitos escravos brasileiros fugiram para o país vizinho formando quilombos naquele país.

Rotary realiza o primeiro almoço internacional na fronteira

O Rotary Club de Aceguá realiza no dia 1º de dezembro o primeiro almoço internacional na fronteira. O evento será realizado no

Sociedad Criolla La Tropilla e terá renda revertida para o 12º Natal do Pampa e banco de cadeiras de rodas. De acordo com o pre-

sidente da entidade, Vitor Plentz, serão adquiridos cerca de 800 brinquedos que serão distribuídos pelo papai noel no dia 22 de dezembro.

“Serão beneficiadas crianças do Brasil e Uruguai que vivem no local”, salienta. Plentz destaca que o cardápio do almoço será

churrasco com carne uruguaia, galeto, saladas e arroz. O valor do ingresso é R$ 25 e pode ser adquirido com os integrantes da entidade.


18 Lazer

BAGÉ, 13 DE NOVEMBRO DE 2013

JORNAL MINUANO

Horóscopo ÁRIES Astral perfeito para você encarar um desafio com energia redobrada. Esperança e conexão com as pessoas envolvidas em empreendimento são os quesitos essenciais. Crescimento emocional, percepção de horizontes e novas possibilidades.

TOURO Vênus e Plutão fornecem magnetismo e persistência em assuntos afetivos, especialmente amorosos. Filhos e fertilidade em geral são temas em destaque. Para ajudar você, a sorte de Júpiter e do Sol na forma de ótimos parceiros que chegam!

GÊMEOS

Resumo das novelas

Cruzada

Malhação - GLOBO - 17h Anita acredita na armação de Antônio contra Hernandez. Vera repreende duramente o comportamento de Meg, que fica sem entender sua reação. Caetano revela para Bernardete que odeia angu. Sidney se lembra de sua infância, quando Maura lhe afirmou que Claudio não gostava dele. Anita conversa com Serguei e Julia sobre Antônio e Hernandez. Com ciúmes da boa atuação de Vera, Ronaldo decide voltar ao trabalho e se surpreende com a promoção do sarau no restaurante. Ben e Hernandez revelam a Giovana e Vitor que Antônio cria fantasias sobre seu pai biológico. Julia convence Anita a falar com Ben sobre Antônio. Ronaldo repreende Vera por organizar o sarau, já que o restaurante não tem licença para promover eventos. Ben conta a Anita a verdadeira história de Antônio. Sidney enfrenta Maura, que se surpreende com a atitude do filho. Bernardete pensa em reabrir sua barraca de angu no Grajaú, e Caetano a repreende. Maura procura por Sidney, preocupada. Sofia provoca Meg. Sidney se aproxima de Antônio. Giovana, Clara e Guilherme escutam Sofia afirmar que deseja que Meg perca o bebê.

Mercúrio e Netuno inspiram, e finalmente agora pode ser que uma tarefa que vinha se arrastando chegue a conclusão. Prosperidade de talentos, e uma entrada boa de recursos também estão no programa astral. Autoconfiança no amor.

CÂNCER Que dia lindo pra você curtir! Através da emoção e de uma sintonia apurada com os sentimentos de pessoas amigas, segue protegido e bem aceito. As circunstâncias ajudam e seu faro está perfeito. No amor, mais acolhida e suporte.

LEÃO Sol e Júpiter formam ângulo positivo perfeito hoje, amparados pela Lua, que simboliza o emocional coletivo, no artístico e inspirado Peixes. Recursos ou valores prometidos enfim chegam, e você tem ótimas notícias também no campo afetivo.

Joia Rara - GLOBO - 18h Amélia e Franz discutem. Ernest flagra Hilda beijando Toni, que se espanta ao saber que ela é filha do milionário. Manfred incentiva Franz a procurar um advogado para tirar a guarda de Pérola de Amélia. Mundo aconselha Toni a esquecer Hilda. Franz acompanha um oficial de justiça à casa de Amélia para entregar o mandado que regulariza o direito de visita de Ernest a Pérola. Sonan aconselha Amélia a perdoar Ernest. Toni e Hilda fazem as pazes e ele a pede em casamento. Ernest expulsa Toni de sua casa e o demite da fundição. Ernest tranca Hilda em casa e tenta apressar seu casamento com Décio. Pérola chora e revela que foi impedida de entrar na escola porque sua mensalidade está atrasada.

VIRGEM Apoiado em energia aplicada a fins concretos, a fim de mais ação e menos teoria, você tem o apoio de alguém poderoso, e portas serão abertas. Campos privilegiados: publicações, aulas, cursos, viagens, espiritualidade. Vá por aí e seja feliz.

LIBRA Refinamento e perícia levam você a funções mais artísticas, talvez no campo visual e ligadas a atividades de trabalho. Receberá convite para um trabalho, interessante. Dinheiro e finanças em alta, notícia boa na área. Reconhecimento social.

Além do Horizonte - GLOBO - 19h Marlon e Paulinha fogem na direção oposta à de Joana. Lili revela para William que é noiva. Edu pede que Nilson o leve novamente até os limites da selva. Thomaz pede para Marcelo ficar atento ao comportamento de Lili. Paulinha se sente culpada por ter usado Joana para fugir da onça. Celina se entristece ao saber que quase todos os seus alunos foram impedidos de participar do grupo de estudo. Sandra provoca William ao falar de Lili. Álvaro não vê Lili na sala de Marcelo e o chama para sair. Fátima dispensa José, e Edu o ironiza. João tem um plano para tentar conquistar Fátima. André conversa com Olívia sobre Lili e o caso de seu pai. Lili tenta disfarçar o desânimo com o noivado diante de Marcelo. Inês discute com Thomaz por causa de Heloísa. Álvaro passa a noite com Fernanda. Marlon e Paulinha encontram uma caverna e se preparam para explorá-la. William procura um simbologista. Keila conta para Celina a história da mãe de Fátima. William vai à livraria frequentada por Rafa e diz ao vendedor que está à procura da felicidade. Paulinha e Marlon chegam a um precipício.

ESCORPIÃO Vênus e Plutão em seu signo cada vez mais unidos somam foco com sedução, mas tome cuidado com quem você seduz! Marte e Saturno evocam início de atividades de longo prazo, ligadas a trabalho. Sol, Júpiter e Lua protegem seus filhos.

SAGITÁRIO Seu regente Júpiter completa hoje um lindo aspecto com o Sol, prodigalizando entendimento, capacidade de síntese e aspirações maiores. Você terá o apoio de alguém próximo para realizar um sonho. Sorte, em todos os campos!

Amor à Vida - GLOBO - 21h Bruno fica nervoso com Félix. César pega a mochila do genro e leva para casa. Bruno não conta para Paloma o que tinha em sua mochila. Ninho fica transtornado por não conseguir arrumar dinheiro. Márcia tenta ser gentil, mas Eudóxia e Murilo a desprezam. Michel liga para Patrícia. Niko deixa Fabrício no colo de Amarilys, e ela quase o derruba. Perséfone tenta disfarçar o desconforto com a dieta. Silvia e Guto vão ao motel. Perséfone desmaia ao cuidar de um paciente e é internada. Renan se preocupa com a saúde de Inaiá. Amarilys é hostil com Jayminho. Perséfone acorda e encontra Vanderlei ao lado de sua cama. Ninho exige que Félix dê dinheiro para ele. César pede que Simone consiga as digitais de Félix. O vilão leva Anjinho para trabalhar com ele. Paloma tenta obrigar Bruno a contar o segredo que tem com César.

CAPRICÓRNIO Talvez você esteja arriscando alto, mas ainda tem o controle da situação. Planejamento e observação atenta são exigidos agora, não vá perder o equilíbrio! Um papo esclarecedor com alguém que consultar traz luz e paz ao seu coração.

AQUÁRIO Esta é a época em que as experimentações e as atitudes de vanguarda devem esperar, pois a atitude geral anda renitente, conservadora e com medo do novo. Reserve e concentre suas energias para batalhas futuras. Amor em alta!

PEIXES A Lua em seu signo entra em contato com Sol e Júpiter, favorecendo vitória em competições, abundância de intuição e bom julgamento. Destaque social e profissional. Expanda seu caminho, ele está mais fácil para você.

Loterias FEDERAL

04813

1º prêmio 2º prêmio 3º prêmio 4º prêmio 5º prêmio -

34.176 84.741 50.245 40.679 90.293

LOTOFÁCIL

980

01 02 06 07 08 09 10 11 12 13 17 20 21 22 24

LOTOMANIA 1399 05 15 18 20 22 24 33 40 44 45 48 56 57 60 65 69 70 73 80 83

DUPLA-SENA 1228 1º sorteio: 14 18 30 42 49 50 2º sorteio: 13 32 41 45 48 49

MEGA-SENA

1546

04 17 38 44 53 60 QUINA

3339

08 11 45 46 80


Cidade 19

JORNAL MINUANO BAGÉ, 13 DE NOVEMBRO DE 2013

Alunos do Imba se preparam para festival

FRANCISCO DE ASSIS

Bailarinas ensaiam para apresentações Ursos de pelúcia, leões, bonecos de lata, palhaços e soldadinhos de chumbo. Os brinquedos e as brincadeiras favoritas das crianças serão retratados no Festival do Instituto Municipal de Belas Artes (Imba) deste ano, que tem como tema “Casa de Brinquedos”. O evento acontece no dia 8 de dezembro no Ginásio Militão, a partir das 21h. Uma das professoras de balé do Instituto, Sílvia Garcia Vaz, inform a que os

ensaios são realizados desde maio e foram intensificados na metade do ano, em junho. “Por enquanto os alunos estão ensaiando no Imba, depois continuamos no Militão”, conta. Uma das mudanças com relação ao ano passado é a data da realização. O festival acontece geralmente aos sábados, entretanto, para não deixar de fora a apresentação das alunas mais velhas, a data foi transferida. “Temos meninas que vão fazer o

vestibular este ano, elas fazem as provas na sextafeira e no sábado, e voltam para a apresentação no domingo. Trocamos a data porque não poderíamos ficar sem elas no festival”, explica. Serão apresentadas 24 coreografias entres os cerca de 400 alunos. Para o festival, todos os alunos das turmas de balé, de quatro a 18 anos, devem realizar apresentações. O valor da entrada será de R$10.


20 Cidade

BAGÉ, 13 DE NOVEMBRO DE 2013

JORNAL MINUANO

Dilma Rousseff Presidenta do Brasil

Conversa com a presidenta Jorge Haile dos Santos Lima, 53 anos, trabalhador avulso da Capatazia do Porto de Aratu, em Candeias-BA – A Codeba iniciou a recuperação de uma ponte que interliga um pier neste Porto e o serviço está parado há mais de 3 meses; a entrega da Via Expressa ligando a BR-324 ao Porto de Salvador estava prometida para julho de 2013. Considero um absurdo que tais fatos possam acontecer num setor tão importante, onde há um grande esforço por parte de V. Excelência. Presidenta Dilma – Jorge, é importante registrar que já investimos R$ 40 milhões na recuperação física e de equipamentos do Porto de Aratu, fato que não acontecia há 40 anos. No caso dessa ponte, por exemplo, a Companhia de Docas do Estado da Bahia (Codeba), informou que no início da obra foi identificada uma corrosão mais profunda que a detectada inicialmente, o que exigiu uma intervenção mais demorada. Mas a obra não diminuiu o trabalho no terminal onde ela ocorre. Pelo contrário, a movimentação de cargas cresceu 5% em relação a 2012, ultrapassando 1 milhão de toneladas. No caso do Porto de Salvador, no dia 1 de novembro, inauguramos a via expressa que liga o Porto à BR-324, exclusiva para veículos de carga. Segundo a Codeba, a entrega foi adiada devido às fortes chuvas ocorridas de maio a agosto, mas a via já está em operação, beneficiando a população de Salvador. Além dessas melhorias, Jorge, os Portos de Aratu e de Salvador, juntamente com o de Paranaguá (PR), integram o segundo lote do processo de concessões de áreas portuárias que o governo federal realiza com base no novo marco regulatório dos portos, em vigor desde junho último. Isso significará novos investimentos, agora também da iniciativa privada, o que demonstra a importância que o governo atribui a esses portos. Presidenta, é verdade que as rádios AM poderão passar a transmitir em FM? Qual é a vantagem dessa alteração? (*) Presidenta Dilma – Sim, é verdade, nós autorizamos a migração das emissoras de rádio que transmitem em AM para transmissão em FM, se desejarem. Concedemos essa autorização atendendo a um pedido das próprias emissoras, pois a transmissão em FM tem melhor qualidade sonora, sofre menos interferências e tem menos chiado. O sinal AM pode sofrer interferência de

celulares, de carros e até dos eletrodomésticos que usamos em casa. Essa migração significa, portanto, um salto tecnológico que vai ajudar a manter e até aumentar a audiência dessas rádios. Para muitas emissoras pequenas, esse avanço pode significar, inclusive, sua sobrevivência. Outra vantagem dessa mudança é que essas rádios vão ter melhores condições de transmitir sua programação por meio de celulares, computadores e tablets, o que vai ajudá-las também a conquistar as novas gerações. Portanto, a mudança vai beneficiar milhões de ouvintes e também grande parte das quase 2 mil rádios AM que existem hoje no Brasil. Elas são um verdadeiro patrimônio do nosso País, porque levam diversão, cultura, informação e prestam diversos serviços aos ouvintes. Por isso, precisamos criar as condições para que se modernizem e continuem a chegar à população. A mudança, como disse, não será obrigatória, a própria rádio escolhe se quer mudar ou não para a faixa FM, e ela tem um ano para decidir. Quem optar pela mudança, vai poder fazer suas transmissões nas duas faixas, AM e FM, por até cinco anos. Sabemos que algumas rádios que atuam em áreas muito extensas, por exemplo, provavelmente não desejarão fazer a migração para FM, pois se o fizerem irão reduzir a sua abrangência. Isso porque a transmissão em FM, embora gere um som de melhor qualidade, tem um alcance menor que o sinal de AM. Um caso desses é o da Rádio Nacional da Amazônia, que está presente nas casas dos brasileiros nos lugares mais remotos, levando música e informação ao nosso povo. Ela atinge mais da metade do território brasileiro, porque chega a toda a região Norte e também ao Maranhão, Piauí, Bahia, Minas Gerais, Mato Grosso e Goiás. Com todo esse alcance, ela presta um serviço importantíssimo para o nosso País, integra a Região Amazônica e aproxima as comunidades que vivem nessa região ao resto do Brasil. Em muitas dessas comunidades, só a rádio chega. Tenho a certeza de que, com a tecnologia avançando, cada emissora vai encontrar seu caminho, continuando a prestar um enorme serviço à população e ajudando a integrar, cada vez mais, este nosso enorme País. (*) Esta pergunta, que precede a mensagem, foi formulada pela Secretaria de Imprensa para melhor entendimento do conteúdo.


Segurança 21

JORNAL MINUANO BAGÉ, 13 DE NOVEMBRO DE 2013

Casal é preso por tráfico de drogas

REPRODUÇÃO JM

Um casal foi flagrado pela Brigada Militar vendendo drogas na Praça de Esportes, na tarde de ontem. Maurício de Oliveira Lima Gonçalves, 26 anos, e Brenda Coelho Dias, 19, tinham maconha e dinheiro. Com ele estavam três porções da droga dentro do tênis. Com ela, uma porção do mesmo entorpecente e R$ 20 em notas pequenas, dentro da bolsa. Ao total, eles tinham 33 gramas do ilícito. A dupla foi levada para o Presídio Regional de Bagé. De acordo com informações da BM, o casal já havia sido pego há alguns dias vendendo drogas.

Adolescente foge de local de acidente e volta a cavalo trânsito que explicou que o motociclista havia derrubado uma moto da Secretaria Municipal de Transporte e Circulação (SMTC) e, por isso, fugiu dos azuizinhos em alta velocidade, sofrendo o acidente na sequência. Logo depois, o acusado apareceu montado em um cavalo. Ele não era habilitado e sua moto estava com a documentação vencida.

Polícia Civil já tem suspeitos da morte de Fagner Borges A Polícia Civil de Dom Pedrito já tem suspeitos de quem assassinou Fagner da Rosa Borges, em Dom Pedrito, no último final de semana. De acordo com

a delegada Marina Dillenburg, responsável pelo caso, há indícios de que a execução tenha sido motivada pela rixa entre a Vila Argeni e o bairro São Gre-

Um apenado que cumpre o regime semiaberto foi flagrado com 25 gramas de maconha. Ele entrava no Presídio Regional de Bagé ao final da tarde, pois havia saído para trabalhar, quando a droga foi encontrada no bolso de sua calça. Apesar de o entorpecente estar na calça em que ele vestia, o acusado negou que fosse dele. Ele foi autuado em flagrante e pode perder o benefício do regime semiaberto.

Poste incendeia na BR 293

Gonçalves carregava a maior parte da maconha

Uma mulher de 51 anos estava num Spacefox, trafegando pela rua Flores da Cunha. Na esquina com a rua João Telles, a condutora parou na preferencial, como não vinha nenhum carro, avançou na via. Então um motociclista de 18 anos colidiu na lateral do veículo, mas seguiu seu caminho, fugindo do local do acidente. Em seguida apareceu um agente de

Apenado tenta entrar na cadeia com drogas

gório. “Temos informações de que a vítima estivesse envolvida com o tráfico de drogas. Ontem já começamos a ouvir as testemunhas do caso”, adianta.

Na tarde de ontem a Polícia Rodoviária Federal foi chamada, pois um poste pegou fogo às margens da BR 293, em Hulha Negra. A Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE), responsável pela distribuição de energia, conseguiu conter as chamas.

Óbitos LUIZ FERMINO BENDER, pecuarista, casado com Iara Sastre Bender. Deixa três filhos. Funerária da Santa Casa AMÉLIA GONÇALVES CONDE, 93 anos, do lar, solteira, moradora da rua Barão do Itaqui. Deixa os filhos Jovita, Sirlei, Sandra, Luís Carlos, Adão, Sônia Maria e Cleusa.


22 Esporte

BAGÉ, 13 DE NOVEMBRO DE 2013

JORNAL MINUANO

Marcel Nunes

marcelpnunes@gmail.com @marcelpnunes

Bagé nega interrupção de projeto com possível licenciamento Nova ferramenta apenas anteciparia resultados previstos para ao longo dos anos “Não tenho dúvida que faremos do Bagé o maior clube do interior dentro de 10 anos”. A frase repleta de otimismo baseada em um audacioso projeto do presidente Marco Aurélio Egas Ribeiro na abertura da pré-temporada em julho contrasta e parece contraditório no momento em que o clube discute um possível licenciamento do futebol profissional em 2014. Dirigentes que compartilham da ideia do presidente, no entanto, refutam do pensamento que a decisão estaria indo contramão ao projeto. Na visão do vicepresidente Gabriel Alcalde,

uma paralisação anteciparia os resultados estruturais como ampliação do salão de festas, categorias de base e construção das quadras cobertas de futebol sete. Até a abertura do Campeonato Gaúcho, o espaço atrás do pavilhão havia passado pelo processo de terraplanagem, porém, os custos com o futebol inviabilizaram a continuidade da obra. A construção é orçada em R$ 100 mil, mas contaria com apoio financeiro e de maquinário. O clube ainda tem o objetivo de inaugurar o bar temático, praticamente finalizado no pátio do Pedra Moura.

Outro receio apontado por torcedores e dirigentes contrários a medida é que uma possível paralisação inviabilize um retorno em 2015. “O pensamento da direção é justamente ao contrário. Acreditamos que um clube sobrevive do futebol. Com a tradição e torcida que possui, não creio que exista possibilidade do Bagé não retornar”, aponta Alcalde. A assembleia para prestação de contas e registro das chapas que poderão concorrer ao processo eleitoral do Bagé vai ocorrer em dezembro. De acordo com o presidente do conselho deli-

DIVULGAÇÃO

Investimento estrutural seria prioridade em 2014 berativo, Eduardo Mendes, o encontro será por volta do dia 15. Somente na ocasião

será definida a manutenção ou licenciamento do departamento.

Carlos Kluwe é ouro no futebol do Jimp Escola finalizou competição na quarta colocação geral

Os Jogos Intermunicipais da Primavera (Jimp) reuniram escolas de Pelotas, Uruguaiana, Alegrete, São Gabriel e Bagé em Rosário do Sul entre os dias 6 e 10 de novembro. Representada pela Escola Carlos Kluwe, a Rainha da Fronteira ficou na quarta colocação geral. No futebol de campo, os bajeenses foram campeões.

Comandados pelo professor José Telles, o Coelho, a equipe conquistou o título de forma invicta. Foram quatro vitórias e, após o empate na final, o título veio nos pênaltis. A delegação foi composta por 40 atletas e ainda comemorou o vice-campeonato no handebol masculino e a terceira colocação no handebol feminino; futsal e basquete, ambos no masculino.

DIVULGAÇÃO

Equipe campeã em Rosário do Sul

Silva e Mansur representam xadrez local em Porto Alegre DIVULGAÇÃO

Quarto colocado (E) ao lado do bajeense João Bosco Vaz

O xadrez bajeense esteve representado por dois atletas na final dos Jogos Comerciários. J.J. Silva disputou ponto a ponto a terceira colocação com Guilherme Almeida, de Santa Maria, no entanto, terminou a competição em quarto lugar entre os 16 participantes. Emílio Mansur foi o sétimo. Gilnei Branco, Passo Fundo, e Valmir Souza, Santana do Livramento, foram campeão e vice, respectivamente.


Esporte 23

JORNAL MINUANO BAGÉ, 13 DE NOVEMBRO DE 2013

Bagé conquista 11 troféus na final dos Jogos Comerciários

Tabelando Jogo da consagração

DIVULGAÇÃO

DIVULGAÇÃO

Três pontos frente o Vitória, em Salvador, garantem com quatro rodadas de antecedência o título ao time do técnico Marcelo Oliveira. Jogos desta quarta-feira, às 19h30min, pela 34ª rodada: Grêmio x Vasco e Goiás x Ponte Preta. Às 21h: Botafogo x Portuguesa e Criciúma x Atlético PR. Às 21h50min: São Paulo x Flamengo; Vitória x Cruzeiro e Coritiba x Corinthians.

Jogos Brasil/Uruguai

Cebal foi o melhor no futebol adulto Bagé retornou com 11 troféus, dois deles de campeão, da final estadual dos 33º Jogos Comerciários do Sesc. O evento reuniu 1,1 mil atletas gaúchos durante sábado e domingo com decisões no futebol de campo, futsal, vôlei, atletismo, natação, xadrez e canastra. Trabalhadores de 39 municípios estiveram presentes em Porto Alegre. A equipe do CFC Cebal foi campeã do futebol adulto. No atletismo a destaque foi Sandra Menezes, vencedora nos 1500 metros C (40/49 anos). “Eu não estava acreditando muito nesta prova, pois faço mais corridas de

- 100 metros B (30 a 39) 2º Sabrina Cardoso 2º Amilton Valério de Oliveira - 100 metros D (50 em diante) 3º Carmem Lucia de Oliveira - 1500 metros A (16 a 29) 2º Caren Lima Rocca

longa distância. Embora esteja cansada, já estou com tudo organizado pra próxima prova, vou participar da etapa Santa Maria do Circuito Sesc de Corridas nesta sexta-feira”, disse. O atletismo feminino ainda garantiu outras quatro medalhas, enquanto os homens foram responsáveis por cinco. O campeonato foi realizado em três fases. A Municipal aconteceu entre os meses de julho a setembro classificando o campeão e o vicecampeão. As regionais ocorreram em outubro e novembro avançando os campeões de cada modalidade para a final estadual.

- 1500 metros B (30 a 39) 2º Sabrina Cardoso - 1500 metros C (40 a 49) 3º Nei de Oliveira - 100 metros C (40 a 49) 3º Nei de Oliveira - Salto em distância C (40 a 49) 3º Ginovaldo Pina

Cantegril promove aberto de tênis em novembro

O Cantegril Clube de Bagé promove um aberto de tênis entre os dias 22 e 24 de novembro. A competição será realizada em 10 categorias sendo abrangidas as sedes do Círculo Militar e Bagé Tênis Clube (BTC). Haverá premiação para campeões e vices. No masculino os jogos serão promovidos na 1ª, 2ª, 3ª classe, especial, 45 B, 55 B e iniciantes. Ainda haverá duelos no feminino (1ª e 2ª classe), infanto-juvenil e um festival com crianças entre cinco e 10 anos. As inscrições custam R$ 25 até o dia 20 e R$ 30 no ato.

A organização solicita junto ao pagamento a entrega de um quilo de alimento não-perecível. “Além de proporcionar uma integração entre os tenistas da cidade, o evento busca apresentar o lado social do clube. A arrecadação será revertida a entidades assistenciais da cidade”. Os interessados devem contatar com Júlio Lucas, 9979 2437; Vinícius, 9976 3939; ou diretamente na secretaria do clube, 3240 0325. No dia 23 um coquetel recepcionará os atletas no Palermo Soho Pub a partir das 22h.

O Colégio Francisco Espírito Santo participou, no final de semana, dos Jogos de Integração Brasil/ Uruguai em Rivera. Os bajeenses venceram nas categorias pré-mini (9, 10 e 11 anos) e sub-14, sendo derrotados no mini (11, 12 anos) e sub-17. De acordo com o professor Bruno Azambuja Lopes, levando em conta os desfalques, os resultados foram considerados positivos.

Roberto Alcalde

Campeão mundial e brasileiro, o bajeense Roberto Alcalde comprovou seu favoritismo na 3ª etapa do Circuito Caixa Loterias de Natação. O atleta conquistou o ouro no medley 200 metros e encerrou os 100 metros peito em primeiro lugar em sua categoria. A competição no Ceará foi a última do atleta nesta temporada.

Dimitry Burgo

O lutador é o novo contratado da equipe Elite Thai MMA Team. O grupo possui oito anos de existência e tem sede na Cidade Baixa, em Porto Alegre. De acordo com o comandante Márcio Miranda “Burgo vem para somar e começar um novo caminho nas Artes Marciais Mistas”.

Master

Rodada do octogonal no sábado: Hulha Negra 3x0 Grêmio; Gente Bem 2x0 Juventus; São Pedro 1x0 São Carlos; São Luiz 1x1 Nacional. Classificação: 1º Hulha Negra e São Pedro, 6pts; 3º São Luiz e Nacional 4pts; 5º Gente Bem 3pts; 6º Grêmio, São Carlos e Juventus 0pt. A próxima rodada será nesta sexta-feira, feriado da Proclamação da República.

Kart

Uma reunião dia 18 definirá detalhes para a prova festiva que será promovida dia 1º de dezembro no Kartódromo Airton Senna da Silva. O encontro acontece a partir das 20h30min na sala 82 do Complexo Esportivo Presidente Médici. Também serão debatidos os primeiros detalhes para a temporada 2014. A organização convoca todos os pilotos a comparecerem.

Nova Prata comemora

Após a vitória por 3 a 2 no jogo de ida, o Nova Prata segurou o empate com o Marau, 1 a 1, e garantiu vaga na Divisão de Acesso de 2014. O atacante Jean Dias marcou o gol da classificação. Ao Marau, que desperdiçou uma penalidade, resta a disputa da terceira vaga contra o Sapucaiense, vice-campeão do primeiro turno.


24 Contracapa

BAGÉ, 13 DE NOVEMBRO DE 2013

JORNAL MINUANO

Temperatura Hoje Mínima Máxima

14 28

Manhã

Tarde

Noite


BAGÉ, QUARTA-FEIRA 13 DE NOVEMBRO DE 2013

Os 60 anos do ensino superior em Bagé

arte cultura

Minuano

Francisco de Assis

Quando um grupo de abnegados educadores não poupou esforços para criar a primeira graduação da região, poucos acreditaram no sonho. Graças à perseverança e inteligência destas pessoas, Bagé, hoje, se tornou em um polo educacional na Metade Sul do Estado. Em um período conturbado da História brasileira – Era Vargas – eles imaginaram o futuro da cidade e dos cidadãos. Há exatos 60 anos fundavam a Faculdade de Ciências Econômicas, em 19 de novembro de 1953, que funcionou, inicialmente, na Escola Estadual Silveira Martins. Um curso que seria a gênese do ensino superior na Rainha da Fronteira. Uma entrevista com um dos alunos da primeira turma e um artigo do historiador Cláudio de Leão Lemieszek, nesta edição, nos transportam à década de 1950.


02 Cultura

BAGÉ, 13 DE NOVEMBRO DE 2013 JORNAL MINUANO

N

o mesmo ano em que Getúlio Dornelles Vargas criava o Ministério da Saúde e sancionava a lei que originava a Petrobras, no Palácio do Catete, Rio de Janeiro, capital do Brasil, eles fundavam a Faculdade de Ciências Econômicas de Bagé, nas dependências da Associação Comercial, em uma solenidade no ano de 1953. E um dos poucos alunos ainda vivos daquela primeira turma de formandos (todos os professores morreram), que colaram grau em 1958, é o contador e economista Terêncio José de Lima Pereira. Aos 86 anos (completados ontem) Pereira mantém seu escritório de contabilidade na Avenida Marechal Floriano, 845, onde exerce há mais de seis décadas o ofício que aprendeu dentro da primeira instituição de ensino superior de Bagé. Àquela época Bagé dispunha apenas de cursos técnicos e Pereira era um dos alunos. Concluiu o técnico em contabilidade no Geteco e, imediatamente, esteve empregado na antiga Ferragem Valente, como auxiliar. Por dois anos desempenhou funções bem mais complexas do que um simples assistente, e foi incumbido a realizar os livros razão e diário de uma nova loja que a empresa inaugurava. Assumiu atribuições de um contador graduado e, de um salário mínimo, passou a ganhar três. Isso em 1950. Em 1952 montaria seu próprio escritório. Pereira enche-se de orgulho contando como iniciou na carreira por que é apaixonado. A Faculdade de Economia iria potencializar o dom que Deus dá àqueles que nascem para lidar com ciências exatas. Abriu um exemplar do Correio do Sul, de 1958, e mostrou altivo uma reportagem sobre seu escritório que estava em novo endereço. “Aqui foi o dia em chegaram os móveis de aço”. Hoje, pensando em parar com as atividades, rememora os professores que tornaram o sonho da graduação em realidade, e cita um a um sem errar nome e sobrenome: “O Telmo Candiota da Rosa, o Antenor Gonçalves Pereira, o José Rochinhas, o João Coronel Saes. Eram pessoas abnegadas, verdadeiras vigas mestras da educação. Seus nomes deveriam estar em um pedestal, dando nome a ruas e praças”, iniciou o contabilista. Para ele, uma cidade que não tem ensino superior, não tem nada. “A Faculdade de Ciências Econômicas abriu as portas para os demais cursos instituídos”, disse, relembrando o empenho dos professores que davam aula de graça. “Os professores me formaram sem ganhar um centavo. Davam aula de graça, pois sabiam que a instituição, por ser nova, não tinha condições de pagar salários”. E lamentou algumas gestões que levaram a Fundação Áttila Taborda (FAT), mantenedora da Universidade da Região da Campanha (Urcamp), às atuais condições em que se encontram. “Porque foi a Faculdade de Economia que deu origem a tudo isso”, lembrou. Pereira seguiu os passos de seus mestres sem degenerar. Também deu aula de graça depois de formado, na mesma instituição em que se tornou bacharel, que funcionava onde hoje é a Escola

Estadual Silveira Martins. Relembrou dois colegas que percorriam mais de 200 quilômetros todos os dias, vindos de Jaguarão: “Eles vinham pelo Uruguai e a guarda começou a desconfiar. Revistava o carro deles sempre. ‘Ora vir de Jaguarão estudar’. Os guardas pensavam que eles estavam trazendo droga”, insinuou rindo. Infelizmente seu escritório de contabilidade, construído com o conhecimento adquirido lá atrás, não terá um continuador, visto que o único filho a seguir a carreira do pai perdeu a visão por causa de uma diabete, há quatro anos. As outras três filhas optaram pelas ciências jurídicas e da saúde. Os netos também enveredaram para o direito. E os bisnetos ainda estão muito novos. Mesmo fumante e com sete pontes de safena, não se mostra inquieto: “A vida não foi feita para se ter preocupação”. Quer deixar um pouco do conhecimento aos que virão. Acabou de doar mais de 700 livros de contabilidade e administração ao Sindicato dos Contabilistas de Bagé. Biblioteca que, por sinal, leva seu nome. Hoje Pereira é um dos poucos testemunhos orais daquele início de mudança na educação de Bagé. Parece ter aprendido com seus docentes, os quais não economiza elogios. Sabe que, de uma iniciativa, muitos frutos podem surgir. Pois 60 anos depois da fundação da Faculdade de Ciências Econômicas, Bagé conta, atualmen-

Aos 86 anos, fumante e com sete pontes de safena, te, com cinco instituições de ensino superior, e luta pela implantação de um curso de Medicina. E muito disso se deve aos visionários de 1953.

Os frutos da árvore plantada em 1953 Depois da fundação da Faculdade de Ciências Econômicas, em 1953, posteriormente, em

Pereira mostra, na parede, o diploma de bacharelado em ciências econômicas

Edição e reportagem: Felipe Severo - Revisão: Simone Gonçalves - Diagramação: Daniel Cuerda Ferreira - Fotos: Francisco de Assis


Cultura 03

JORNAL MINUANO BAGÉ, 13 DE NOVEMBRO DE 2013

Pereira ainda trabalha em seu escritório em Bagé

1955, surgia a Faculdade Católica de Filosofia, Ciências e Letras, extensão da Universidade Católica de Pelotas. E, em 1960, foram autorizados os cursos de Pintura e Música no Instituto Municipal de Belas Artes (Imba). Em 1969 era criada a Fundação Universidade de Bagé, depois transformada em Fundação Áttila Taborda (FAT). Num processo natural de expansão foram autorizados novos cursos e, consequentemente, surgiram novas unidades de ensino: Faculdade de Direito, em 1969; Faculdade de Educação Física, em 1972; Faculdade de Medicina Veterinária e Faculdade de Agronomia, em 1976. Depois se configurou a estrutura das Faculdades Unidas de Bagé (Funba) mantidas pela FAT, caracterizada como instituição educacio-

nal autônoma do ponto de vista econômico-administrativo. Na oportunidade a instituição oferecia 18 cursos superiores, todos reconhecidos pelo Conselho Federal de Educação. E em 1989 foi criada a Universidade da Região da Campanha (Urcamp), através da Portaria 052, de 16 de fevereiro, atualmente estruturada em oito campus universitários em Alegrete, Bagé, Caçapava do Sul, Dom Pedrito, Itaqui, Sant’Ana do Livramento, São Borja e São Gabriel. Além da Urcamp, Bagé conta, hoje, com a Universidade Federal do Pampa (Unipampa), Instituto de Desenvolvimento Educacional do Alto Uruguai (Faculdade Ideau), Universidade Estadual do Rio grande do Sul (Uergs) e o Centro Universitário Uninter.

Faculdade de Ciências Econômicas: 60 anos Uma breve cronologia Arquivo

S

empre é agradável recordar acontecimentos que marcaram a história de Bagé, especialmente aqueles que sinalizaram o progresso do município e a cultura de seu povo. Este é o caso, por exemplo, da fundação da Faculdade de Economia ocorrida em 19 de novembro de 1953. Desde sempre, Bagé empenhou-se em oferecer melhor qualidade de ensino aos seus filhos. Foram lutas que reuniram os governantes e a comunidade para alcançar a vitória desejada. Assim aconteceu no início do século 20, com a instalação dos primeiros ginásios (hoje cursos de ensino médio) entre 1904 e 1905, em Bagé, e em meados do mesmo século, quando começou a funcionar o

primeiro ginásio noturno gratuito no Colégio Carlos Kluwe. Com o ensino superior não foi diferente. Os bajeenses vivenciaram sonhos fantásticos, como o de ver implantada, no longínquo ano de 1919, a universidade binacional, em Aceguá. Compromisso assumido pelo Uruguai como pagamento ao Brasil pelas dívidas contraídas ainda durante a Guerra do Paraguai. Abstraindo os sonhos, a história registra árduas, mas vitoriosas batalhas, em prol do ensino universitário, como foi o caso da fundação do primeiro curso superior da Fronteira Oeste do Estado – a Faculdade de Economia – evento este marcado pelo espírito de renúncia e denodo com que se entregaram à causa um abnegado grupo de lideranças bajeenses. Desde o final do ano de 1951, e já nos primeiros dias do ano seguinte, eram cada vez mais frequentes as conversas informais entre figuras representativas dos vários segmentos sociais, com vista à criação de uma faculdade em Bagé. O assunto foi se tornando sério e a proposta começou a tomar forma quando, em 20 de setembro de 1952, em concorrida reunião que lotou os salões da Associação Comercial, uma verdadeira legião de entusiastas, homens e mulheres visionários, porém crentes no sucesso da empreitada, fundaram a Associação de Cultura Técnica e Econômica, que haveria de ser a mantenedora e fundadora da Faculdade de Ciências Econômicas de Bagé. No sentido de resgatar a memória histórica da cidade e homenagear aqueles bajeenses pioneiros, impõe-se apontar alguns nomes que compuseram a primeira diretoria da Associação de Cultura Técnica e Econômica: presidente – Antenor Gonçalves Pereira; vice-presidente – Darci Quintana; secretária – Clara Haag; tesoureiro – João Coronel Saes. Já o Conselho Administrativo era composto, dentre outros, pelos se-

guintes nomes: Goar Duarte, Cândida Canteira Neto, Augusto Pinheiro Grande, Geci Gonçalves Pereira, Élida Costa, Lígia Almeida e José Rochinhas. A consciência da importância, da repercussão e do sucesso da empreitada estava impressa nas palavras de João Coronel Saes, proferidas no discurso ao encerramento do evento, quando colocava em relevo o “índice de elevado grau de cultura de nossa gente, vivamente interessada em projetar Bagé além-fronteiras, pela difusão do ensino e pelo melhoramento do saber, fonte inesgotável de bem-estar e de grandeza”. O último trimestre de 1952 serviu para a realização de inúmeras reuniões e trabalhos preparatórios destinados à criação do primeiro curso superior de Bagé. O entusiasmo era contagiante e o apoio chegava dos mais diversos segmentos da sociedade bajeense. No dia 29 de outubro, novamente na sede da Associação Comercial, aconteceu a mais importante de todas as reuniões. Na ocasião, foram aprovados os estatutos da Associação da Cultura Técnica e Econômica (ACTE) entidade mantenedora e fundadora da Faculdade de Economia. Como corriam adiantados também os trabalhos de preparação da documentação e montagem do projeto a ser encaminhado ao Ministério de Educação, imediatamente a diretoria da ACTE tratou de oficializar convite para visitação à nossa cidade ao reitor da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs), Dr. Eliseu Paglioli, acompanhado do diretor da Faculdade de Economia dessa Universidade, professor Peri Pinto Diniz, e do diretor da Faculdade de Direito de Pelotas, Dr. Bruno Mendonça Lima. Cumpre ressaltar que todos eram proeminentes autoridades do ensino superior no estado e que já se haviam manifestado favoráveis ao nascimento do ensino


04 Cultura

universitário em Bagé, ao mesmo tempo em que se dispuseram a colaborar com suas experiências para os atos preliminares da fundação da Faculdade de Economia em nossa cidade. Um verdadeiro batalhão de autoridades civis e militares compareceu no aeroporto Comandante Kramer, no dia 5 de janeiro de 1953, para recepcionar o reitor. Depois de visitar a Prefeitura, a Câmara de Vereadores e diversos outros importantes órgãos da cidade, a comitiva do reitor da Ufrgs reuniu-se com a diretoria da ACTE na Escola Silveira Martins, local onde funcionaria a Faculdade de Economia, ocasião em que tomou contato com a documentação já existente, destinada a tornar realidade aquela que, na época, seria a mais gigantesca obra no campo educacional na fronteira oeste do estado. À noite Paglioli foi homenageado com um jantar, no Hotel Brasil, e foi neste momento que o reitor, depois de enfatizar que, “sempre fui contra todas as centralizações, principalmente contra a centralização do ensino”, ofereceu sua colaboração. Indicou, assim, o professor Peri Diniz para supervisionar e apoiar o projeto que criaria o primeiro curso superior da Rainha da Fronteira. Todos deixaram o salão do Hotel Brasil com a certeza de que estava praticamente criada a Faculdade de Economia de Bagé. Alguns dias depois, seguiram para Porto Alegre Élida Costa e Geci G. Pereira, incumbidas de diversas gestões e preparo da documentação necessária, enquanto em Bagé prosseguiam os trabalhos para encaminhar o projeto final ao Ministério de Educação, juntamente com a solicitação da inspeção prévia indispensável. A verdade é que a cada novo passo dado pela direção da ACTE, sob a incontestável liderança de Dr. Antenor, a empolgação tomava conta da sociedade bajeense, que acreditava que ainda naquele ano seria possível obter a licença para funcionamento da faculdade. Durante os meses seguintes, o ritmo de trabalho intensificou-se. Foram criadas comissões específicas para tratar de cada uma das exigências legais para a estruturação final da faculdade. Diversas reuniões e viagens foram realizadas com o mesmo fim e o vereador Dr. Antenor, maior avalista da criação da Faculdade de Economia, tratava de buscar apoio político à causa que, certamente, tornar-se-ia o novo marco da emancipação cultural do município. Quase ao final do ano de 1953, o projeto com a necessária documentação estava pronto para ser encaminhado ao Ministério de Educação. Finalmente, na noite de 19 de novembro de 1953, no salão nobre da Associação Comercial, diante de uma entusiasmada e comovida plateia, aconteceu o ato solene de fundação da Faculdade de Economia de Bagé. A solenidade teve o brilho e a culminância apoteótica característica de todos os atos de elevado alcance sociocultural. Dr. Antenor abriu os trabalhos enaltecendo a colaboração de cada

Arquivo

BAGÉ, 13 DE NOVEMBRO DE 2013 JORNAL MINUANO

Dr. Antenor, um dos principais envolvidos na fundação da faculdade, hoje dá nome ao Geteco um dos envolvidos no projeto e de toda a comunidade. Após, discursou o Dr. Telmo Candiota da Rosa, que voltou a falar sobre a “descentralização do ensino e a influência que a faculdade virá trazer ao nosso meio na formação de uma mentalidade universitária”. Dr. Telmo aproveitou, ainda, para criticar os derrotistas e pessimistas, já que havia entre os bajeenses aqueles que deram às costas ao projeto. Também discursaram o Gen. Correia Lima, que destacou a importância do preparo intelectual da juventude brasileira e, logo a seguir, o diretor do jornal Correio do Sul, advogado Paulo Thompson Flores, o qual ressaltou as vantagens que o ensino superior proporcionaria a Bagé, assim como o papel da educação na formação da nacionalidade. O último discurso talvez fosse o mais aguardado pela segurança que poderia oferecer ao futuro da faculdade. Falou, então, o prefeito municipal, Dr. João Batista Fico, que não decepcionando os convivas, depois de elogiar os fundadores da Faculdade de Economia, garantiu o “amplo e irrestrito apoio ao primeiro estabelecimento de ensino superior fundado em Bagé”. Aliás, a ACTE contava sustentar o curso com recursos das inscrições, com auxílios dos poderes públicos e também da indústria e do comércio local. Mais à frente sonhava a entidade com uma possível incorporação pela Ufrgs, possibilidade aventada por Paglioli, quando de sua visita a Bagé. Em seguida, tomado pela emoção, Dr. Antenor, de modo solene e oficial, colocou em votação o projeto que criava a Faculdade de Ciências Econômicas de Bagé, que foi aprovado por unanimidade pelos presentes, sob efusiva salva de palmas. Logo após, foi procedida a eleição da direção da faculdade, tendo sido escolhidos, por aclamação: diretor – João Lira de Faria; vice-diretor – Hermenegildo Machado; secretário – Telmo Candiota da

Rosa; secretárias – Elida Rodrigues Costa e Geci Gonçalves Pereira. Na mesma ocasião foi anunciado o corpo docente: Telmo C. da Rosa, João Lira Faria, Paulo Thompson Flores, Luiz Maria Ferraz, Antenor G. Pereira, Bruno Petry, Darci Quintana, José F. Rochinhas, João Coronel Saes, Jayme da Silva Tavares, Hermenegildo Machado, Lígia Almeida, Elida Costa. É preciso salientar que tal corpo docente não foi necessariamente o mesmo de quando efetivamente iniciaram as aulas. Outros nomes vieram a se somar a estes, tais como: Eduardo Contreiras Rodrigues, Breno Ficher, Carlos Augusto Rezende, Nairo Codevilla, Osvaldo Moraes, Justino Quintana e João Didonet Neto, entre outros. No dia seguinte, foi oficialmente instalada a secretaria da Faculdade de Economia em uma das salas do Grupo Escolar Silveira Martins, já devidamente aparelhada para receber a comissão de inspetores que deveria dar o parecer final para a legalização da instituição. Na verdade, o trabalho da comissão de fiscalização e a tramitação do processo, junto ao Ministério de Educação, ocuparam todo o ano de 1954, e somente em 31 de março de 1955, o presidente da República Café Filho assinou o Decreto 37.109, que autorizava o funcionamento da Faculdade de Economia de Bagé. Foram enormes as dificuldades para o êxito final da empreitada a que se lançaram os educadores bajeenses, mas, ao final, o grande timoneiro dessa vitoriosa jornada, Dr. Antenor, pôde comemorar com seus companheiros dizendo que “a palavra empenhada aos jovens da fronteira oeste, de que Bagé teria sua faculdade, está cumprida”. É oportuno destacar que Dr. Antenor, imediatamente após esta conquista, já começava a dar os primeiros passos para colocar em execução seu plano de criar a Universidade da Fronteira Oeste, que contaria inicialmente com os cursos de Filosofia, Farmácia, Odontologia, Direito, Agronomia e Medicina Veterinária. As primeiras reuniões para a criação da Faculdade de Filosofia aconteceram ainda em 1955, sob a liderança de Dr. Antenor. Quanto à Faculdade de Economia, registre-se que uma vez autorizado seu funcionamento, imediatamente foi publicado o edital para o vestibular que previa inscrições entre os dias 14 a 16 de abril de 1955 e a realização das provas no período de 20 a 23 do mesmo mês e ano. Dos 27 candidatos que prestaram exames, 13 foram aprovados: Augusto Pinheiro Grande, Cleo Carvalho Nunes, Jonathas Torales, Diva Ricalde Suñe, Altair Galvão de Souza, Wanda Fagundes, José Dagoberto Pereira, Ernesto Wayne, Luís Gonzaga Garcia, Afonso Ribeiro, Terêncio de Lima Pereira, Nadir Quintana e Pedro Balthazar da Silva Filho. A aula inaugural aconteceu dia 27 de abril de 1955.

Cláudio de Leão Lemieszek Arquivo Público Municipal Museu Dom Diogo de Souza Núcleo de Pesquisas Tarcisio Taborda

20131113  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you