Issuu on Google+

Minuano jornalminuano.com.br BAGÉ, segunda-feira, 7 de outubro de 2013 - ANO XIX Nº 4 559 | R$ 1,50

Presos usam celulares dentro do presídio

FRANCISCO DE ASSIS

A reportagem especial traz o caso de um apenado que usou o aparelho para registrar visita íntima e postar fotos nas redes sociais. As investigações da Polícia Civil apontam uma série de crimes planejados de dentro dos muros da penitenciária local. Págs. 12 e 13 FRANCISCO DE ASSIS

Feira encerra com Guarany bons resultados lidera no Organizadores e participantes segundo turno comemoram o sucesso de público. As vendas aumentaram em 50%, estimam os expositores Pág. 09

Com o empate de ontem em Marau, time de Marchiori somou seis pontos na chave A Pág. 19


02 Ponto de Vista

BAGÉ, 7 DE OUTUBRO DE 2013

JORNAL MINUANO

As prisões brasileiras nunca cumpriram sua função, a recuperação e o prepara dos apenados para a reinserção social. Pelo contrário, tamanha precariedade rendeu o apelido de “Faculdade do Crime”. Presos condenados por crimes diferentes, das mais variadas gravidades e regimes, convivem dentro de uma realidade em que o estado é alternativo. Dentro das casas de custódia os detentos seguem um código de postura que não é exatamente o que o Estado de Direito determina. Consumo de drogas, porte de armas brancas (fabricadas dentro das próprias celas), além de outras regalias. Parte delas não entra pela porta da frente, passando pela

Contando parece mentira revista pessoal, mas pula os muros das penitenciárias. A reportagem especial de hoje demonstra os casos que a Polícia Civil investigou e descobriu o comando de arrombamentos, furtos e tráfico de dentro do presídio com o uso de aparelhos celulares. O caso é tão comum que a cada operação de revista feita dentro das celas do Presídio Regional de Bagé (PRB), a quantidade de aparelhos móveis apreendidos tem uma média alta. Na edição de hoje, o leitor tem a comprovação do uso até da internet. Um apenado usou o celular com acesso à rede mundial de computadores para registrar o encontro com a namorada, dentro do PRB e postar a foto

Paulo Coelho

na rede social. Ele também acessava, com frequência, seu perfil. As soluções são apresentadas pela Polícia Civil, como a instalação de detectores de metais na entrada da penitenciária e de bloqueadores de sinais telefônicos. Vale lembra que o uso de celulares por presidiários passou a ser crime apenas no ano passado, quando o Congresso aprovou a alteração no artigo 349-A do Código Penal. Anteriormente, era criminalizada a facilitação da entrada do aparelho de comunicação nos presídios. A mudança pune com pena de um ano o preso que utilizar aparelho de comunicação, de rádio ou similar, sem autorização legal em estabelecimento prisional.

CHARGE

CLÁUDIO FALCÃO

Celulares

falcaobage58@gmail.com

Escritor

Três coisas importantes sobre os animais O elefante e a corda Eis o procedimento adotado pelos treinadores de circo, para que os elefantes jamais se rebelem – e eu desconfio que isso também se passa com muita gente. Ainda criança, o bebê-elefante é amarrado, com uma corda muito grossa, a uma estaca firmemente cravada no chão. Ele tenta soltar-se várias vezes, mas não tem forças suficientes para tal. Depois de um ano, a estaca e a corda ainda são suficientes para manter o pequeno elefante preso; ele continua tentando soltar-se, sem conseguir. A esta altura, o animal passa a entender que a corda sempre será mais forte que ele, e desiste de suas iniciativas. Quando chega a idade adulta, o elefante ainda se lembra que, por muito tempo, gastou energia à toa, tentando sair do seu cativeiro. A esta altura, o treinador pode amarrá-lo com um pequeno fio, num cabo de vassoura, que ele não tentará mais a liberdade.

A mãe girafa faz o filho sofrer

O parto da girafa é feito com ela em pé, de modo que a primeira coisa que acontece com o recém-nascido é uma queda de aproximadamente dois metros. Ainda tonto, o animal tenta firmar-se nas quatro patas, mas a mãe tem um comportamento estranho: ela dá um leve chute, e a girafinha cai de novo ao solo. Tenta levantar-se, e é de novo derrubada. O processo se repete várias vezes, até que o recém-nascido, exausto, já não consegue mais ficar de pé. Neste momento, a mãe novamente o instiga com a pata, forçando a levantar-se. E já não o derruba mais. A explicação é simples: para sobreviver aos animais predadores, a primeira lição que a gi-

rafa deve aprender é levantar-se rápido. A aparente crueldade da mãe encontra total apoio em um provérbio árabe: “às vezes, para ensinar algo bom, é preciso ser um pouco rude”.

A carpa aprende a crescer

A carpa japonesa (koi) tem a capacidade natural de crescer de acordo com o tamanho do seu ambiente. Assim, num pequeno tanque, ela geralmente não passa de cinco ou sete centímetros - mas pode atingir três vezes este tamanho, se colocada num lago. Da mesma maneira, as pessoas têm a tendência de crescer de acordo com o ambiente que as cerca. Só que, neste caso, não estamos falando de características físicas, mas de desenvolvimento emocional, espiritual, e intelectual. Enquanto a carpa é obrigada, para seu próprio bem, a aceitar os limites do seu mundo, nós estamos livres para estabelecer as fronteiras de nossos sonhos. Se formos um peixe maior do que o tanque em que fomos criados, ao invés de nos adaptarmos a ele, devíamos buscar o oceano – mesmo que a adaptação inicial seja desconfortável e dolorosa.

Provérbios perdidos no cyberespaço O mundo tem muitos iniciados, e poucos acabados. ****** Todos nós somos autodidatas, mas só os ricos admitem isso. Os pobres sempre dizem que tem diplomas. ****** Você só recebe mais do que dá, quando você dá mais do que recebe. ****** Não posso ter uma crise hoje: minha agenda está lotada. Texto não submetido à revisora

Minuano

FAT - Jornal Minuano | CNPJ: 87415725/0012-81 Endereço: Rua Brigadeiro Mércio, 72 - CEP 96400.720 - Bagé/RS Telefones: Redação (53) 3242 7693 - Assinaturas 3241-6377 e 3241-2057 www.jornalminuano.com.br | redacaominuano@gmail.com | facebook.com/jornalminuanobage DIRETOR EXECUTIVO - Aurelino Brites Rocha ADMINISTRATIVO Mírian Cloque

COMERCIAL Ion da Cunha

EDITORA GERAL Márcia Sousa

Editor Assistente - Fernando Marinho Tólio • Editor de Cadernos - Gladimir Aguzzi • Reportagem - Viviane Becker - Maritza Costa - Cláudio Falcão - Dora Beledo - Marcel Nunes - Melissa Louçan - Fernanda Couto Rostan - Jaqueline Muza - Felipe Severo • Estagiária - Daiane Lima • Chargista - Cláudio Falcão • Diagramação - Sandro Leal - Luís Mário Pereira - Sueme Rodrigues Hösel - Daniel Cuerda Ferreira • Revisão - Marialda Silveira Monteiro • Assistente Comercial - Angelina Britto • Auxiliares Administrativos - Suélen Vieira Farias Conceição - Fábio Silveira • Distribuição - Marcos Goulart • Assistente de Distribuição - Armando Leguissamo • Fotos - Francisco Gomes Bosco - Francisco de Assis Rodrigues - Antônio Rocha • Colaboradores - George Teixeira Giorgis - José Carlos Teixeira Giorgis - Luiz Godinho - Marcelo Teixeira - Roberto Assumpção Gaffrée - Renato Marsiglia - Ana Maria Loureiro de Souza Delabary - Raquel Barreto Garcia - José Artur M. Maruri dos Santos Norberto Dutra - Jair da Silva - Celito De Grandi - Beatriz Lamego • Impressão - Gráfica do Jornal do Povo - Cachoeira do Sul Os artigos assinados não refletem, necessariamente, a posição do jornal. Por isso, a editoria não se responsabiliza pelas opiniões emitidas.


Empreendedor 03

JORNAL MINUANO BAGÉ, 7 DE OUTUBRO DE 2013

Bolinho Violão e Guitarra abre curso de técnica vocal

Dora Beledo dora.beledo@hotmail.com @dorabeledo

FOTOS: FRANCISCO DE ASSIS

Dia da Criança MINUANO O Jornal MINUANO está preparando um caderno especial para marcar o Dia das Crianças. Envie uma frase surpreendente da sua criança para o e-mail especialminuano@ gmail.com. Não se esqueça de anexar uma foto bem bonita do criador da frase. Você tem até hoje para participar. As frases mais significativas serão publicadas nesse caderno especial, junto com a fotinho dos pequenos. Não perca tempo!

Convênios Examinare O Examinare Laboratório de Análises Clínicas já possui os convênios Cabergs e Cassi. Em breve também terá convênio com o Caixa Saúde. O laboratório fica na rua Marcílio Dias, 1084. O telefone é 3247 7246.

Sicredi e o 13º salário

Professores oferecem aulas todos os dias da semana, nos três turnos Com 18 anos de experiência em aulas particulares, Bolinho Violão e Guitarra dá início ao curso de Técnicas Vocais. Nos encontros são repassados ensinamentos sobre o uso da voz, respiração, afinação, entonação e canto. As aulas são voltadas para pessoas a partir dos 17 anos que gostem de tocar e cantar e que queiram aprender, desenvolver ou aprimorar as técnicas de canto (uníssono ou vozes). As turmas, sob a coordenação do professor Ricardo Avancini, têm encontros semanais nas sextas-feiras, das 21h30min às 22h30min, ou aos sábados, das 10h15min às 11h15min. As turmas estão abertas. Ângelo Dutra, o Bolinho,

revela que há um mês a escola de música que leva seu nome está em novo local, mais amplo e dinâmico. As aulas de violão e guitarra acontecem nos três turnos, todos os dias da semana e também aos sábados, para alunos de ambos os sexos, com idade a partir de seis anos. A primeira aula é experimental e gratuita. Os valores investidos nos cursos partem de R$ 50 mensais. Bolinho explica que o aluno pode optar pelo mínimo de uma aula particular por sema-

na, sendo que o recomendado são duas semanais. “E todos devem praticar em casa as lições repassadas pelo professor”, enfatiza. Segun-

do ele, a escola oferece todos os gêneros musicais, desde o violão erudito até outras categorias, como o nativismo, o rock, o pop, a MPB, o pagode, o sertanejo e a música gospel. A equipe do Bolinho Violão e Guitarra é formada pelos músicos Ângelo Dutra, Marcelo Chroner, Felipe Balta, Fernando Bênia e Ricardo Avancini.

Onde

Marcílio Dias, 1302 Telefone: 3311 1679

Para oferecer soluções que cooperam com o dia a dia dos associados pessoa jurídica, o Sicredi disponibiliza o Sicredi Capital de Giro 13º Salário. O produto foi criado especialmente para oferecer uma linha de crédito às empresas que precisam reforçar o caixa, quitar as despesas com a folha de pagamento e garantir o 13º salário dos seus funcionários. Com o Sicredi Capital de Giro 13º Salário é possível financiar até 100% dessas despesas e o pagamento pode ser realizado em até 12 parcelas. Além disso, as taxas de juros são bastante competitivas. A condição facilita a adequação do fluxo de caixa, principalmente de pequenos e médios empresários associados, evitando um impacto único no fim de ano. No Sicredi, existe a vantagem da redução da alíquota de IOF a zero, o que também reduz custos.

Doação Madalena O Lar da Criança Santo Estevão recebeu a doação de 120 litros de leite realizado pela loja Madalena Baby, após uma campanha realizada pelas redes sociais. Na oportunidade foi entregue o certificado de responsabilidade social aos empresários e à empresa Paiol Comunicação, responsável pela campanha.

Presentes para os pequenos na L&R A boutique L&R espera todas as mamães, vovós, tias e dindas para comprar o presente do Dia da Criança. A loja trabalha com confecção do tamanho bebê aos 16 anos. A L&R fica na Sete de Setembro, 1120. O telefone é 3247 2919.

Mitsubishi em Bagé Para atender a demanda local, vai abrir em Bagé a Tradisul Motors, empresa do Grupo Felice, com concessionária Mitsubishi. A loja irá comercializar toda a linha de veículos e caminhonetes da marca Mitsubishi. A inauguração oficial está prevista para acontecer até o final deste ano.


04 Fogo Cruzado

BAGÉ, 7 DE OUTUBRO DE 2013

JORNAL MINUANO

Fernando Tólio

tolio.fernando@gmail.com @toliofernando

Mirabeau prepara saída da gerência da regional da CEEE Por força da candidatura do governador de Pernambuco, Eduardo Campos, à presidência da República, o Partido Socialista Brasileiro (PSB), renunciou aos cargos que possuía na esfera estadual. A aliança que elegeu Tarso Genro ficou de lado, pelo projeto de visibilidade nacional. O anúncio aconteceu no dia 23 de setembro e, desde então, as secretarias e as repartições, departamentos e empresas estatais sob o comando dos socialistas vêm preparando a transferência dos cargos. Em Bagé, o CC de maior valor político tem o perfil técnico. O gerente regional da CEEE-D na Cam-

panha, Mirabeau Borba dos Santos deixa o cargo nos próximos dias. A partir de hoje iniciam as reuniões com as regionais para tratar das alterações. Mirabeau permaneceu à frente da gerência regional por dois anos e seis meses. Frente ao projeto de protagonismo político ao qual se propõe o PSB no ano que vem, o ainda gerente regional da CEEE-D da Campanha, poderia colocar seu nome à disposição do partido para concorrer a uma vaga na Assembleia Legislativa. “Na minha vida isso já passou, não estou participando ativamente da política, tenho apenas me

disposto aos cargos de cunho técnico”, afirmou. Mesmo sem se propor a disputar as eleições de 2014, Mirabeau apoia a candidatura de Campos e demonstra entusiasmo com a chegada de Marina Silva ao partido. “Vou trabalhar para eleger Campos. A candidatura é uma grande iniciativa e a chegada de Marina é sensacional, traz uma essência da esquerda sadia e construtiva”, destacou. Ainda não está definido quem será o substituto de Santos na gerência regional, mas é bastante provável que seja alguém do PT.

arquivo/jm

Socialista esteve no cargo por dois anos e seis meses

Marina no PSB torna projeto da Rede uma incógnita A notícia de que Marina Silva ingressa no PSB sacudiu o mundo político brasileiro. Sem conseguir convencer os ministros do Supremo Tribunal Eleitoral (STE) de que as assinaturas recolhidas para a formação da Rede Sustentabilidade eram válidas, a ex-candidata, nas últimas eleições, à presidência pelo Partido Verde, foi acolhida pelos braços dos socialistas. O fato foi comemorado, mas só pelo PSB. O PPS, de Roberto Freire, que já se insinuou para José Serra, e mantinha esperanças de abrigar Marina e a Rede, não conseguiu. Em entrevista à imprensa nacional, Freire

considerou um erro o ingresso no PSB, chamou a escolha da ex-ministra de “suicídio político”. Marina afirma que é uma situação provisória, até a consolidação da Rede em 2016. No entanto, qual é o discurso que será agregado ao projeto do PSB? A Rede se propunha a uma novidade, porém, o PSB fez parte do governo do PT nos últimos 10 anos. É uma continuidade em termos de retórica. É difícil prever, mas tudo indica que Campos usará o discurso do:“o que o governo fez de bom, o PSB participou, no que o governo ficou devendo, o partido não teve culpa.” A

pergunta é: onde entra a mudança proposta por Marina nisso? O desafio de Marina é transferir os cerca de 20 milhões de votos conquistados em 2010, pela legenda do PV, para o governador de Pernambuco. Será difícil. Em Bagé, Marcelo Risso e Luciana Nobre organizavam as ações para o novo partido. Em entrevista anterior, destacavam a proposta de mudança de postura política que se propunha e afirmaram que não buscariam outras siglas caso a Rede Sustentabilidade não fosse criada. Assim boa parte dos apoiadores deve ter a mesma opinião. Talvez, co-

arquivo/jm

Risso e Luciana defendiam a proposta de renovação e mudança no sistema político erência maior tivesse ficar a margem das eleições de 2014, observando e preparando a Rede para 2016. Mas há de se avaliar até que ponto o PSB se propõe a mudar para manter Ma-

rina Silva e seus seguidores no quadro do partido. Que mudanças ela pode provocar dentro da legenda? Só o tempo dirá se essa filiação temporária deixará de ser apenas transitória.

Solidariedade tem comissão provisória em Bagé Um grupo ligado ao mundo político de Bagé formou uma comissão executiva provisória para o Solidariedade (SDB), sigla criada pelo ex-integrante do PDT, Paulinho da Força. A nominata do SDB na cidade é composta por Renato Azevedo (presidente), Edison Maidana, (1º vice-presidente), Ivonleo Monteiro (2º vicepresidente), Aroldo Quintana (secretário) e Elida Mara Ritta (tesoureira). A comissão já foi homologada pelo diretório estadual do SDB. Atualmente a legenda tem 21 deputados e um senador.


Oportunidade & Empregos 05

JORNAL MINUANO BAGÉ, 7 DE OUTUBRO DE 2013

Prefeitura de Bagé

Concursos

A Prefeitura de Bagé publicou edital de concurso público para provimento de cargos e formação de cadastro reserva. Sob coordenação técnica da empresa Pontua Concursos, o certame pretende recompor parte do quadro efetivo de servidores, ofertando 221 vagas de trabalho, sendo 123 imediatas e 98 para cadastro reserva em cargos de níveis fundamental e médio. Cargos: agente comunitário de Saúde, auxiliar de saúde bucal e visitador do PIM. Os salários são de até R$ 526,65, mais vale alimentação no valor de R$ 7 por dia trabalhado. A jornada de trabalho é de 33 ou 40 horas semanais. As inscrições devem ser efetuadas até o dia 24 de outubro, pelo site www.pontuaconcursos.com.br. A taxa de inscrição é de R$ 25 (nível fundamental) e R$ 38 (nível médio). A prova será aplicada na data provável de 24 de novembro, em local e horário a serem divulgados oportunamente.

Seapa A Secretaria Estadual da Agricultura, Pecuária e Agronegócio vai abrir concurso público que irá preencher 130 vagas de veterinários, engenheiros agrônomos, engenheiros florestais e técnicos agropecuários. Os novos servidores serão distribuídos por 19 cidades onde há maior demanda por área de atuação, incluindo a sede da Seapa, em Porto Alegre. Em Bagé as vagas são para um médico veterinário e dois engenheiros agrônomos. A publicação do edital e a abertura das inscrições acontecerão na segunda quinzena de outubro. Os interessados terão 15 dias para se inscrever através do site www.fdrh.rs.gov.br.

IFSul O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense abre, amanhã, inscrições para o processo seletivo destinado à contratação, por tempo determinado, de professor de Química. O professor temporário terá vencimento básico que varia entre R$ 2 514,44 a R$ 4 117,35, conforme titulação. As inscrições devem ser feitas entre os dias 7 e 9 de outubro, das 14h às 17h, no campus Bagé, situado na avenida Leonel de Moura Brizola, 2501. A taxa de inscrição é de R$ 15. Mais informações pelo telefone 3247 3237.

Cursos

Renova RH

Endereço: General Netto, 161 sala 404 | Telefone: 3311 3651 | Site: www.renovarh.com.br A Renova RH realiza, dias 17 e 18 de outubro, o curso de Recrutamento e Seleção. A atividade terá como conteúdo programático a importância do recrutamento/seleção; montando o perfil do candidato; técnicas de entrevistas; dinâmicas de avaliação do candidatos; avaliação de desempenho no período de experiência e simulados e exercícios práticos. O curso será ministrado na Aciba, dia 17, das 18h às 22h e dia 18, das 8h30min às 18h.

Damásio

Endereço: Tupy Silveira, 1543 | Telefone: 3312 7590 A Damásio Bagé abriu curso para oficial escrevente do TJ/RS. O aluno vai ser preparado com toda base do último edital e ainda aulas de resolução de questões de cada matéria. O concurso deve sair em breve e, por ser de nível médio, é uma grande oportunidade para mudar de vida, serão 529 vagas e um salário inicial de R$ 2 162.

Senac

Endereço: Marechal Floriano, 1456 | Telefone: 3242 7233 | Site: www.senacrs.com.br/bage O Senac Bagé está com inscrições para o curso técnico em Guia de Turismo por meio do Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica – SisuTec. A capacitação é gratuita e oferecida aos jovens que tenham realizado o Ensino Médio em instituições públicas de ensino. As aulas serão realizadas a partir deste mês.

PGQP

Telefones: 8120 7207 ou 8441 4143 O PGQP (Comitê Regional de Bagé) realiza, dia 28 de outubro, o workshop 5S. A atividade acontece das 19h às 22h30min, na Exattus. O investimento é de R$ 50 por inscrição.

Qualivida

Currículos

Endereço: Emílio Guilain, 685 Telefone: 3247 3921 / 9134 0897 / 9931 4148 E-mail: psimauricio@yahoo.com.br

Prodesp (estágio)

Consultoria em Gestão de Pessoas

CIEE (estágio)

Endereço: Galeria Dallé Center - sala 113 E-mail: raquelbarreto_gp@yahoo.com.br

Renova RH

Endereço: General Netto, 161 sala 404 Telefone: 3311 3651 - Site: www.renovarh.com.br

Endereço: General Neto,19, 2º andar Telefone: 3242 5022 Endereço: General Neto, 19, sala 51 Telefone: 3242 6380 e 3241 4519 www.cieers.org.br

Vagas Qualivida

Endereço: Emílio Guilain, 685 Telefones: 3247 3921 / 9134 0897 / 9931 4148 E-mail: psimauricio@yahoo.com.br 1 Técnico em informática com experiência 2 Vendas externas

Qualivida

Endereço: General Netto, 161 sala 404 Telefone: 3311 3651 Site: www.renovarh.com.br 1 Trainee 3 Atendentes de farmácia 5 Vendedoras 1 Vendedor externo 2 Auxiliares administrativos (estágios) 1 Secretária 1 Auxiliar administrativo e pós-vendas

Sine Bagé

Endereço: Tupy Silveira, 1720 Atendimento: das 8h às 12h e das 13h às 17h

- Vagas que não exigem experiência na carteira Serviços gerais para a cidade Auxiliar de linha de produção em Garibaldi Ajudante de carga e descarga

- Vagas que exigem experiência na carteira Pedreiro Azulejista Empregada doméstica Doméstica para morar Montador de esquadrias Padeiro Açougueiro Tratorista

Ajudante de eletricista Peão campeiro Colhedor de lavoura Trabalhador rural Servente de pedreiro Representante comercial RPA Vendedores


06 Campo & Negócios

BAGÉ, 7 DE OUTUBRO DE 2013

JORNAL MINUANO

Jaqueline Muza redacaominuano@gmail.com

Aves grandes campeãs foram Gineteadas movimentaram o conhecidas no final de semana parque

FOTOS: FRANCISCO DE ASSIS

FRANCISCO DE ASSIS

Exemplar de Eduardo Simão

Público vibrou com as apresentações Uma das atrações preferidas do público são as gineteadas. Durante o evento, 105 ginetes irão disputar as classificatórias para a final que acontece no próximo domingo. De acordo com o responsável pelas gineteadas, Paulo Sérgio Teixeira, a provas irão acontecer durante a semana, quando 16 ginetes, por dia, concorrem a uma vaga na gurupa e a uma em pelo. No basto aberto, cinco se classificam para as finais.

Na tarde da última sextafeira, a Sociedade Avícola de Bagé, presidida pelo criador Silvério Dias de Moraes, realizou o julgamento das mais de 200 aves inscritas na 101ª Expofeira. Entre os machos, o grande campeonato ficou com o galo da raça Orpington Amarelo. O reservado foi o animal da raça Minorca Negra, e o terceiro melhor macho ficou com a raça Brahma Dark, todos de propriedade de

Raça Orpington Amarelo, de Silvério Dias de Moraes Silvério Dias de Moraes. Entre as fêmeas, o título de grande campeã foi conquistado pelo animal da raça Orpington Amarelo do criador Eduardo Simão. A reservada, da raça RhodeIsland Red, e a terceira melhor fêmea, da raça Leghorn Perdiz, também são animais de propriedade de Silvério Dias Moraes. O julgamento de classificação das aves ficou sob a res-

ponsabilidade dos criadores Carlos Guido Mastela Iglesias, de Sant’Ana do Livramento, e Fabrício Almanza, de Melo, Uruguai. Além de galos e galinhas, o pavilhão das aves também recebeu pavão, porco da índia, coelhos, galinhas d’angola e garnizés miniaturas. Todos os animais ficarão expostos até o final da 101ª Expofeira, no dia 13.

Funrural e imposto de renda serão temas de palestra na Expofeira O Fundo de Assistência ao Trabalhador Rural (Funrural) e o imposto de renda serão os dois temas abordados amanhã, a partir das 11h, no salão nobre da Associação e Sindicato Rural de Bagé. A palestra será ministrada pelo advogado e especialista em direito tributário, Guilherme Jordão, e é voltada aos interesses do produtor rural. O evento é gratuito e foi proposto

pelo escritório de advocacia de Porto Alegre, Rafael Pandolfo Advogados Associados. Segundo Henrique Goron, um dos representantes do escritório, os assuntos são pertinentes porque tratarão sobre as situações de arrendamento de terras, tema que preocupa o produtor. “Jordão irá esclarecer as principais dúvidas dos participantes”, disse.

Goron comenta que a 101ª Expofeira foi escolhida para a realização da palestra justamente por reunir o público alvo indicado e por ser uma das exposições-feiras mais importantes do Estado. Conforme o representante, o palestrante vai explanar a nova tese que envolve o Funrural. “A legislação, ao instituir a contribuição dos segurados,

produtores, parceiros, meeiros e arrendatários rurais, equiparou equivocadamente a expressão “resultado da comercialização”, à receita bruta da comercialização. A consequência é um recolhimento superior até cinco vezes o valor efetivamente devido. Nesse sentido, há que se tomar providências a fim de corrigir essa distorção e recuperar valores pagos indevidamente”, explica.

Quanto ao Imposto de Renda, nas situações de arrendamento de terras, Goron comenta que o investimento “acarreta reflexos tributários, principalmente com relação ao imposto de renda, devendo ser caso a caso, contrato a contrato, devidamente estudado e analisado com o objetivo de diminuir a incidência dessa tributação”, observa.


Cidade 07

JORNAL MINUANO BAGÉ, 7 DE OUTUBRO DE 2013


08 Opinião

BAGÉ, 7 DE OUTUBRO DE 2013

JORNAL MINUANO

Gladimir Aguzzi

gladimiraguzzi@ibest.com.br Telefone: 99538377

Sempre às segundas e quintas-feiras Rumo a Brasília

Na semana passada, o prefeito Dudu Colombo convidou os vereadores Paulinho Parera e Omar Ghani para irem a Brasília, juntos. A notícia é oficial da própria prefeitura. O que eles farão na capital federal? Perguntei-me, quando vi a notícia. Mergulhado nesta dúvida atroz, resolvi imaginar a causa e a coisa. Repito: imaginar. 1. Família no DF Dudu – Vamos a Brasília? Paulinho – Posso levar o pai junto? Ele anda muito borocochô. Omar – E eu posso levar a Andreia, minha mulher? Ela também anda borocochô. Dudu – Não tem problema, a Silvana vai também. Andamos borocochôs. Omar - A vantagem é que todos e todas que vão são do governo... Paulinho – Todos têm direito à diária. Dudu – Todos com diárias diminui a nossa borocochice. Omar – Ah! e como diminui. Quantos dias a gente vai ficar e o que diremos que vamos fazer? Dudu – Cumprimos agendas. Paulinho – Essa de dizer “cumprir agenda” é bom e resolve tudo.

Situação 2. Aprendendo a lição

Dudu – Vamos a Brasília? Paulinho – Oba! Desta vez eu consigo o telefone do advogado do Zé Dirceu. Omar – Eu vou pedir o do Delúbio, é mais discreto. Dudu – Nem se preocupem com advogado, é só pedir conselho pros companheiros e companheiras acostumados com essas

coisas aí em que vocês estão envolvidos. Paulinho – Vocês? Omar – Tu disseste “nós”? E tu, Dudu? Dudu – Desculpa. É que eu andei falando com o companheiro Lula. E ele me ensinou algumas coisas, então....Psssiu. Silêncio.

Sem transparência

Os servidores da Saúde demitidos da rede municipal são 240, através de suas lideranças queixam-se da falta de transparência e das informações conflitantes e, por consequência, contraditórias por parte da prefeitura.

Espontâneos e criativos, uni-vos!

As iniciativas espontâneas e criativas da maioria do pessoal que faz arte em Bagé provam que são independentes do poder público municipal. Pois, como diria o Barão de Itararé, “de onde menos se espera, daí mesmo é que nada sai”. As artes plásticas, a música, o teatro, o cinema, a literatura movem-se, pois navegar é preciso. Vez por outra, requer-se espaço físico.

Cultura paralela

Porém, é preciso uma organização para colocar no centro do debate dos problemas municipais a ampliação dos tentáculos culturais e artísticos. Algo, diriam alguns amigos, como uma Secretaria de Cultura paralela. Ou, simplesmente Cultura Paralela.

Reunião de História

Amanhã, tem reunião mensal do Núcleo de Pesquisas Históricas Tarcísio Taborda, 17h30min, no saguão da Casa

Pedro Wayne. Aliás, núcleo que em breve será instituto.

Jornalista Felipe Severo

O Jornal MINUANO, desde o dia 1º de outubro, conta na sua equipe com o jornalista Felipe Severo. Agora, são 25 profissionais diretamente no dia a dia da redação. Tem também o pessoal da equipe comercial, administrativa e de distribuição, que não incluí na soma, ainda. Quem é de Bagé Voltando à história da viagem do prefeito. Com toda a certeza, a cada viagem sua a pergunta é a situação da água em Bagé. Ocorre com todos os cidadãos que vivem aqui quando viajam. Antes da polícia descobrir roubo na obra da barragem, Dudu devia responder da seguinte maneira à pergunta: - Estou resolvendo esse problema histórico de nossa cidade, que vai contemplar a todos e todas. Agora, acredito que a resposta mudou: - Água? É... o conjunto das ações que estamos tomando... Tu queres saber o quê mesmo?

Uma dúvida

Se Dilma Rousseff é presidenta e não presidente, quando ela adoece fica doenta?

Causos da política – Marina Silva

Marina da Silva nasceu Maria Osmarina Silva de Souza, em 8 de fevereiro de 1958. Seus pais tiveram onze filhos. Em 1967, a família deixou o seringal de Bagaço, perto

de Rio Branco, no Acre, onde Marina nasceu, para ir a Manaus abrir uma taberna, que durou pouco tempo. Foram, então, a Santa Maria, no Pará, onde a situação era ainda pior. Em 1969, a família voltou para o seringal - com a passagem paga pelo ex-patrão do pai de Marina. Aos 10 anos, Marina começou a trabalhar no seringal para pagar a dívida que a família contraiu com o patrão. Marina perdeu a mãe aos 14 anos. Na mesma época, contraiu hepatite e perdeu duas irmãs, uma com sarampo e outra com malária. Ao longo de sua vida, teve diversos problemas de saúde, como malária, contaminação por mercúrio e leishmaniose. Em 1974, mudou-se para Rio Branco, alfabetizando-se aos 16 anos. Seu primeiro emprego foi como empregada doméstica. Seu plano inicial era ser freira, mas decidiu estudar História, formando-se em 1984, aos 26 anos. Marina Silva é da Rede Sustentabilidade que, no sábado, pediu abrigo ao PSB, como muitos comunistas e trabalhistas fizeram com o MDB, nos tempos da outra ditadura, aquela de 1964 a 1988, quando se promulgou a nova Constituição Federal.


Cidade 09

JORNAL MINUANO BAGÉ, 7 DE OUTUBRO DE 2013

FRANCISCO DE ASSIS

Feira do Livro dobra vendas Comércio de obras literárias superou os 13 mil exemplares

Mudança de local possibilitou diversidade de apresentações artísticas Com o tema “A Literatura entre o tradicional e o moderno”, a 16ª edição da Feira do Livro de Bagé superou as expectativas dos organizadores e dobrou número de livros vendidos e de visitantes. Uma das inovações mais comentadas deste ano foi a mudança de local, para a Praça da Estação, que ampliou o espaço de circulação e permitiu a diversificação das atividades culturais da feira. Conforme explica a gerente do Sesc Bagé, Liziane Mieres dos Santos Lucas, durante os 10 dias de realização do evento, mais de 17 mil pessoas circularam pelo local. O comércio de livros também registrou bons índices, com mais de 13 mil exemplares vendidos, mais que o dobro do ano passado, quando foram registradas seis mil obras comercializadas. Um dos fatores que contribuiu para este índice, além das boas condições climáticas deste ano (a edição de 2012 foi marcada por muita chuva), foi a diversidade de atrações. Anteriormente realizada na Praça Silveira Martins, as atrações artísticas ficavam limitadas a serem realizadas no palco principal devido ao pouco espaço. Com a mudança, foi possível

oferecer programação variada, em diversos pontos da praça, durante todos os dias de realização, que contou com oficinas e apresentações teatrais. “Esta edição cumpriu seu objetivo, de aproximar a comunidade da literatura e da arte em suas diversas formas”, explica Liziane. Para Cláudio Antunes Boucinha, a experiência de debater práticas, estimular a leitura e recepcionar os escritores como patrono da feira foi inesquecível. “Foi muito interessante, um acontecimento muito bom. Ainda mais que os dados indicam que o evento foi um sucesso”, afirma. Boucinha afirma que a diversificação de atrações e a mudança de local contribuíram para o evento se consolidar como um programa de família. “O espaço está mais amplo, possibilitou que os pais trouxessem os filhos, os animais de estimação, os amigos, para tomar um chimarrão e visitar os estandes dos expositores. E a praça é um ambiente que favorece a leitura”, relata.

Comerciantes Liziane Pedruzzi é vendedora de uma das livrarias mais tradicionais da cidade. Participante do evento desde as

primeiras edições, ela relata que a mudança de local favoreceu as vendas durante os finais de semana. Mas durante os dias de semana, o movimento não era tão intenso quanto o registrado nos anos anteriores na Praça Silveira Martins. Mesmo assim, as vendas não ficaram abaixo do esperado, mantendo-se na média dos anos anteriores. Ela avalia a estrutura do evento positivamente, mas acredita que deveria haver maior apoio por parte do poder público, para manter o estado de conservação do local adequado. “Nós temos que pensar que o evento já tomou proporções maiores, não é mais apenas uma feira de cidade pequena, é uma promoção cultural. Acredito que deveria haver maior apoio do município, especialmente para a conservação dos banheiros”, avalia. Já para a gerente de vendas de outro estande expositor, Adriana Pereira Cardoso, a mudança de local afetou positivamente as vendas. Segundo ela, o espaço foi um diferencial, que ajudou a feira a bater os índices das edições passadas. “Esta é a praça de lazer dos bajeenses, então ficou ainda melhor trazer a literatura para este espaço. Está

no lugar certo”, analisa. Presente no evento há mais de oito edições, Regina Martins reafirma que vale a pena se deslocar de Charqueadas até Bagé para expor os livros. Segundo ela, nos últimos anos as vendas têm se mantido no mesmo índice, mas, neste ano, a mudança de local possibilitou melhor exposição dos produtos. “Antes ficávamos todos apertados dentro de um espaço pequeno, todos os expositores lado a lado. Agora ficou mais amplo, têm mais atrações que chamam a atenção das pessoas”, conta.

Lazer em família Não foi à toa que os títulos mais procurados foram de obras infanto-juvenis. Durante os 10 dias de feira, o cenário mais visto eram famílias visitando os estandes e aproveitando as apresentações culturais. Foi o caso da servidora pública Miriam Garcia, que apro-

veitou o domingo ensolarado para levar a neta de três anos e a sobrinha de cinco para visitar a feira. Ela conta que uma das coisas que a ajudou na hora de escolher o programa de final de semana foi a possibilidade de não só visitar os estandes, mas também de deixar as crianças aproveitarem a tarde nos brinquedos da pracinha. “Além de ter mais sombra aqui, também há brinquedos. É um lugar melhor para aproveitar com as crianças”, diz. Este é o mesmo pensamento de Gilca Mara Mendes, que, junto com o marido, levou a filha, Maria Vitória, 9 anos, para conhecer as novidades do mundo da literatura infanto-juvenil. Além do espaço mais amplo, ela também destacou a variedade, a facilidade de pagamento e os valores acessíveis como diferencial. “Este ano está bem bom de preço, melhor que no ano passado. E parece que agora tem mais variedade de livros também”, ressalta.

Títulos mais procurados - A culpa é das estrelas – John Green - O teorema Katherine – John Green - Diário de um banana ( coleção) – Jeff Kinney - A marca de Atena – Rick Riordan


vIVIANE bECKER viviminuano@hotmail.com

Inauguração do Espaço Minotto Car Premium A noite de sexta-feira reuniu os amigos do empresário Édio Minotto no coquetel de inauguração do espaço Minotto Car Premium. Em destaque, os carros zero quilômetro da Kia e da Peugeot. A fotógrafa Rosane Coutinho fez o registro do evento para esta social.

Édio Minotto e Diule, Vera e Vanderly Piacini

Martimi de Varga Iuri Ferre Sílvia Co Ricardo Lélia Lla

Adil Alves, César Mello, Cleo Coelho, Joel Fritz e Mauro Orso

Melissa Britto Minotto, Chelei Peruzzo e Glória Minotto

Dudu Colombo, Joel Minotto e Sílvio Machado

Anive

Alexandre e Mirian Grehs

Lindonor Peruzzo e Frank Minotto Édio, Luma e Vânio Minotto


Social 10/11 JORNAL MINUANO

"Um olhar artístico sobre a cidade cenográfica de Santa Fé" Na sexta também aconteceu o coquetel de lançamento da exposição itinerante" Um olhar artístico sobre a cidade cenográfica de Santa Fé" da artista plástica Vone Garcia e suas alunas. A mostra poderá ser visitada até o dia 17 de outubro.

BAGÉ, 7 DE OUTUBRO DE 2013

Comemoração na Coqueta A empresária Lídia Cabral festejou o sucesso de um mês da reinauguração da sua Coqueta. A loja ficou movimentada durante todo o dia. Rosane Coutinho também fez os clicks do evento.

Núbia Alencar e Bianca Araújo

Anne Garcia, Rita Gomes e Vone Garcia

ersários

iana Madruga as eira Corrêa ortez de Moraes Xavier ano de Brito

Joicenara Rodrigues Camargo Rodrigo Palma Fuchs Jussara Alberto Larine Silvana Moreira Vidal Alessandro I. Médici Frei Isaías Bordignon

Vera Lúcia Nicoloso

Josélia Cabrera

Madalena Pousada e Jaqueline Pousada dos Santos


12 Especial

BAGÉ, 7 DE OUTUBRO DE 2013

JORNAL MINUANO

Por Fernanda Couto

Do presídio, conectados com o mundo Presos de Bagé usam celular de dentro das suas celas para ligações e acesso à internet

Um presídio deveria ser o local onde cidadãos pagam sua dívida com a sociedade, a qual foi contraída através de crimes cometidos. O pagamento é com a privação da liberdade, mas a realidade não é bem assim. No Presídio Regional de Bagé (PRB), o uso de celular pe los apenados é muito comum, seja para ver como está a família, para saber se já chegaram as drogas nesta semana ou ainda para atualizar as redes sociais. Investigações realizadas pela equipe da Delegacia Especializada em Furtos, Roubos, Entorpecentes e Capturas (Defrec) apontam que 50% dos presidiários utilizam celular. A reportagem do Jornal MINUANO encontrou na rede social Facebook o apenado Marcus Diego Brignol Vaz, acusado de diversos crimes. Inclusive, ele é apontado como um dos mandantes do tráfico de drogas na região. O seu perfil é junto com a esposa e foi criado em 21 de agosto deste ano. Entre as postagens, fotos do casal dentro da cela do PRB.

Encomenda de crimes Em todas as investigações que a Defrec realiza sobre o tráfico de drogas na região, o crime sempre está ligado a, ao menos, um presidiário do PRB. De acordo com o delegado Cristiano Ritta, o descontrole é nítido: “Cada vez os presos têm acesso a mais tecnologia, inclusive à internet. Eles mantêm a comunicação

com o mundo fora dali normalmente. Mesmo na prisão, continuam controlando suas atividades na rua”, revela. Em escutas telefônicas autorizadas judicialmente, os policiais civis captaram o gerenciamento do tráfico, como o controle de entrada e saída de mercadorias, no caso, drogas; consulta ao lucro da semana e, até, encomendando crimes. “Já vi tratativas de diversos crimes, exceto

precisava colocar crédito no celular para solicitar ajuda. Diversos comerciantes de Bagé foram vítimas do golpista. O delegado justifica que esse contato com o mundo externo ao cárcere sempre existiu, mas antes era mais demorado. Hoje, os presidiários sabem instantaneamente o que está acontecendo fora das grades. No PRB é mais recorrente o uso de telefones para ligações do que acesso à internet.

a rede de relacionamento. Segundo Ritta, “há presos de diversas cidades, com isso o número de contatos só cresce. Toda a rede de tráfico de Bagé e região está na mão dos apenados”, define.

Criatividade para o crime As formas para ter acesso aos telefones são diversificadas. De acordo com o agente penitenciário Carlos Eduardo Padilha, que trabalha Reprodução/JM

Presidiário posta foto de dentro da cela do PRB em rede social homicídio e estupro. Mas negociação de armas, furtos e roubos de carro, casas, comércio, são bem comuns”, conta um dos investigadores. Inclusive golpes de estelionato já foram captados. No caso, era um apenado que ligava para estabelecimentos comerciais da cidade, passando-se por policial militar. Ele afirmava que a viatura ficara empenhada no meio da estrada e

O comando do tráfico

Um celular simples pode custar até R$ 500 nas galerias do PRB, informa a Polícia Civil. “O chip é uma moeda de venda lá dentro. Se o telefone for mais moderno, com acesso à internet, vale uma fortuna”, revela um dos investigadores. O que também contribui com o aumento do crime é

na segurança do PRB, várias pessoas já foram flagradas tentando colocar celulares lá dentro. O agente exemplifica: “Na hora do futebol, por exemplo, já aconteceu dos apenados chutarem a bola para fora do muro. Até um de nós irmos buscá-la, alguém da rua já chutou de volta para dentro. Só que geralmente é uma combinação prévia. A pessoa que está na rua já sabia

que a bola cairia lá fora e ela tem uma outra, cheia de celulares, carregadores, chips e drogas para atirar de volta”, conta. A criatividade vai além. Conforme a equipe de segurança do PRB, já foram flagradas visitas trazendo mantimentos para o preso, em potes com fundo falso, por exemplo. Outras situações também são realidade por aqui, como familiar levando um isqueiro cheio de crack para o apenado, visitantes entrando com celulares e drogas inseridos no próprio corpo ou até utilizando bebês para burlar o sistema. O chefe de segurança do PRB, Ezequiel Oliveira, desabafa: “Desconfiamos até de nós mesmos, se alguém colocou algo em nosso carro fora do horá-

rio de trabalho, que não percebemos, e depois viemos para cá e deixamos estacionado no pátio do presídio e algum preso pegou”, afirma. Outro fator que facilita esse contato com celulares são os relacionamentos. Conforme o regulamento interno da Superintendência de Serviços Penitenciários (Susepe), casais com declaração de união estável têm direito à visita íntima. O chefe de segurança conta que já teve casos de apenados que trocam de parceiro a cada seis meses, aumentando o fluxo de pessoas de fora com acesso ao local.


Especial 13

JORNAL MINUANO BAGÉ, 7 DE OUTUBRO DE 2013

Superlotação: 450 onde cabem 336

A estrutura do PRB, assim como nos outros presídios do Estado, esbarra na falta de servidores e excesso de lotação. Conforme dados da Susepe, o presídio de Bagé é para uma lotação de 336 apenados, mas comporta, aproximadamente, 450 presidiários atualmente. E isso contribui para menor segurança, informa o diretor do PRB, Márcio Morales: “As celas que são para quatro pessoas têm cinco ou seis. Todos os dias acontece a revista, mas chip de celular, por exemplo, eles descobriram que se cortar todo o plástico, continua funcionando. Isso dificulta muito de encontrarmos enquanto fiscalizamos”. Para ele, a construção do albergue

“Vivemos um dilema” O chefe de segurança sentencia: “vivemos um dilema entre adequar segurança e atender aos direitos dos presos. Temos dificuldade em reprimir, quando toda a política é de ressocialização”. O servidor conta que muitas pessoas querem levar ações para os apenados e isso prejudica a segurança. Ao mesmo tempo, isso faz parte da reinserção: as oportunidades, atividades de religião e educação. “Temos muitos parceiros que trazem atividades, se formos revistá-los todas as vezes que eles vêm, perdemos o voluntário”, complementa. Conforme informações do setor de segurança da casa de detenção, apenas uma vez foi pego um voluntário entrando com celular no local: “Em todas as investigações feitas, nunca apontou um servidor envolvido”, elogia Morales. Outro ponto que desfavorece a segurança é uma portaria da Susepe, assinada em 2013, que reduz a revista íntima. Conforme tal regulamento, só pode ser realizado a fiscalização minuciosa de visitantes caso haja uma suspeita fundada do agente penitenciário. “Se a gente tiver uma suspeita, realizar a revista íntima e não encontrar nada, o visitante ainda poderá denunciar o agente, o qual terá de responder a uma sindicância”, explica Oliveira. No PRB, o único sistema de segurança para revistar visitantes é um detector de metal. Mas, conforme os agentes penitenciários, sua

vai facilitar, pois os presos do regime aberto não terão mais contato com os demais, assim como a superlotação reduzirá. Os recursos humanos também poderiam ser melhores. De acordo com Morales, o PRB tem 68 servidores, dos quais 56 são agentes penitenciários. Desses 56, tem gente de licença, em férias, em processo de aposentadoria, o que reduz o número de funcionários. Ainda há cinco soldados da Brigada Militar que auxiliam na segurança. Padilha conta que, na hora do banho de sol, por exemplo, todos os agentes ficam cuidando do pátio, mas o número de presos é muito maior: “Se

100 presos se aglomeram em um lugar, atiram celular ou droga da rua e a gente nem percebe. Se percebe, até abordá-los, eles já deram um jeito de esconder”, lamenta. Para o agente penitenciário Júlio César Jardim, outro ponto que influencia na questão da segurança é a casa de detenção estar no meio de um bairro: “Quando construíram, o presídio era afastado, ficava no meio do nada. Mas a cidade cresceu e, hoje, tem muita gente nos arredores. É muito comum atirarem celulares da rua para o pátio do presídio. Não que sejam os vizinhos, mas se torna mais fácil porque há movimento nas ruas”, argumenta. Reprodução/JM

eficácia é duvidosa, pois ele não capta tudo, como drogas, por exemplo.

Coibir o telefone móvel Morales afirma que todas as vezes que é constatado o uso de celular, os presidiários são submetidos a uma investigação interna: ”Atualmente existem cerca de cinco processos internos averiguando o uso do telefone. E sempre colaboramos tanto com a Polícia Civil quanto com a Polícia Federal para as investigações. Todos os dias são realizadas revistas em todas as celas, mas cada uma tem cerca de seis presos e nenhum assume ser o dono dos objetos, o que torna difícil a comprovação”, explica. Segundo Morales, nos casos de acesso à internet, os apenados costumam alegar que são familiares que usam seus perfis, aí é mais complicado para provar o contrário e eles acabam sendo absolvidos. O Ministério Público é o responsável por denunciar à Justiça os casos de uso de celular dentro do cárcere, assim como a tentativa das pessoas de entrarem com aparelhos no presídio. O promotor Roberto Figueiró, que atuou na Promotoria de Justiça Criminal até ao dia 23 de setembro em Bagé, explica que a posse de telefone é uma falta grave e acarreta em diversas consequências para o preso. “Esse tipo de crime é rotineiro na Vara de Execuções Criminais. Os agentes penitenciários fazem o procedimento administrativo, que é encaminhado ao Ministério Público, onde o preso é ouvido e, se com-

Perfil foi criado em agosto deste ano, quando Vaz já estava preso provado, o juiz reconhece e sentencia a penalidade”, roteiriza. O promotor elucida que, se o presidiário for flagrado, há uma regressão da pena. “ Se o apenado está no regime semiaberto, passa para o fechado e a data em que é apurada a falta se torna a data base para receber benefícios. Um desses benefícios é para presos que trabalham, que têm a pena reduzida. Nesse caso, ele perde um terço dos dias remidos”, exemplifica. Quem leva também comete um crime: “Os telefones são introduzidos de alguma forma, quem leva contraria o artigo 349 do Código Penal e pode ser condenado de três meses a um ano de prisão”, avisa Figueiró. O artigo citado se refere a ingressar, promover, intermediar, auxiliar ou facilitar a entrada de aparelho telefônico de comunicação móvel, de rádio ou similar, sem autorização legal, em estabelecimento prisional.

A solução Para os agentes penitenciários, a tecnologia, como um sacanner, seria a única solução. Oliveira sugere: “todos os dias 65 apenados saem para trabalhar e, quando chegam, são revistadas, mas não temos como fazer uma averiguação minuciosa, já que são muitos apenados para poucos agentes. Se houvesse um scanner, eles passariam por ali e já constataríamos tudo que estão carregando”. Na opinião de Morales, as tornozeleiras também podem trazer um bom resultado

para a segurança. O delegado da Defrec acredita que uma das soluções é o bloqueador de celular: “E todo mundo fazer a sua parte. As polícias, ao descobrirem, denunciarem; os agentes penitenciários investigarem; o Ministério Público denunciar e o Poder Judiciário aplicar a pena”, defende. A 1ª Vara Criminal do Fórum de Bagé, coordenada pela juíza Naira Caminha foi procurada. Através de sua assessoria, a juíza afirmou que prefere não se manifestar sobre o assunto, pois está trabalhando em diversos processos que envolvem o uso de celular dentro do presídio.

Dados da penitenciária local - Oitenta por cento das mulheres e 50% dos homens estão presos por tráfico. - A maioria dos apenados são usuários de drogas. - Sessenta e cinco presidiários trabalham fora do PRB - O PRB é feito para comportar 336 pessoas, mas a lotação atual é de aproximadamente 450 presos.


14 Perfil

BAGÉ, 7 DE OUTUBRO DE 2013

JORNAL MINUANO

Por Jaqueline Muza

Amor ao carnaval mantém a jovialidade da porta-bandeira

A simpatia e jovialidade da Wanda Sauri da Rosa, 94 anos, conhecida como Wanda Fuzilica, entusiasma qualquer pessoa a gostar de carnaval. Apaixonada pela folia, iniciou a sua carreira de porta-estandarte com 10 anos, por incentivo da avó. A carnavalesca já defendeu várias bandeiras, mas traz a escola de samba Aliança e o bloco Arco-Íris no coração. A jovem senhora não dispensa um batom “encarnado” -como ela mesma diz -, estar com as roupas combinando e bem perfumada. “Tenho que ser uma velhinha cheirosa”, brinca. Ela conta que quando era mais nova gostava de bailes, festas e passeios, divertimentos dos quais, hoje, abre mão. “Só não deixo o meu carnaval”, comenta. A aposentada diz que gostava de cerveja e cigarro, hábitos que perdeu com o passar dos anos. Uma das coisas de que se orgulha e ressalta é man-

ter o corpo de menina. Ela comenta que teve um casamento de 33 anos e, após ficar viúva, teve outros relacionamentos. “Todos morreram e resolvi desistir porque já estava com mais idade e a próxima seria eu”, salienta com bom humor. Desses relacionamentos restou uma família grande, com sete filhos, 90 netos, 85 bisnetos e 15 tataranetos que, sempre que possível, ajuda a cuidar. “Muitos nem conheço, por morarem longe de Bagé”, destaca.

Saudosismo Segundo a carnavalesca a folia mudou muito. Ela enfatiza que sente falta do carnaval da avenida Sete de Setembro, do confete, da serpentina, das máscaras e brincadeiras com lança-perfume. Bem humorada e com o sorriso estampado nos lábios, a idosa argumenta que gosta de qualquer música, mas o samba é o preferido. “Só tocar e já saio rebolando”, diz.

FOTOS FRANCISCO DE ASSIS

Wanda é uma das mais antigas foliãs de Bagé ainda em atividade Para ela, carregar a bandeira de uma instituição tem segredos dos quais se orgulha ter aprendido. “Tem que apresentar a entidade e ser simpática com o público. A bandeira tem que ir no alto, pra todo mundo ver”, afirma. Uma das mais antigas carnavalescas em atuação em Bagé, diz que os blocos brigam por ela e conta que, no carnaval de 2012, quando

a Aliança foi campeã, teve a coragem de subir no carro alegórico mais alto e desfilar pela avenida. “Ninguém se animou e eu fui”, ressalta.

Amigos Nas folias, fez muitos amigos e diz que recebe ajuda sempre que precisa. Ela conta que ganha fantasias e, por viver com um salário mínimo e de aluguel, tem dificuldades

financeiras. “Não posso reclamar, as pessoas estão sempre me auxiliando”, comenta. Além do carnaval, Wanda foi ama-de-leite, lavadeira e trabalhou em casas de família. Atualmente, dedica-se às benzeduras, que aprendeu com a mãe, ainda adolescente. Adora tomar chimarrão e cozinhar. “Meu prato predileto é ensopadinho de massa”, conta. Fuzilica adora combinar as faixas que usa no cabelo com a roupa que veste e se orgulha de nunca ter pintado os cabelos. “Quero ficar com eles que nem algodão, bem branquinhos”, conclui.


Cidade 15

JORNAL MINUANO BAGÉ, 7 DE OUTUBRO DE 2013

O lado bom da “força”

Bajeense em tratamento contra o câncer conhece “Darth Vader” em Santa Maria Seria mais uma quartafeira cansativa de tratamento no Hospital Universitário de Santa Maria (HUSM) para o pequeno Heric Camargo, de 12 anos. Entretanto, a chegada em frente à instituição de saúde, às 6h, ganhou ares “intergalácticos” quando o menino foi recepcionado pelo personagem “Darth Vader”, ícone da série Star Wars. A cena inusitada foi programada por Hernán Mostajo, coordenador do Observatório Bioastronômico Cosmo e do Museu de Ufologia de Itaara. Fã da série de filmes, Mostajo idealizou a “Darth Vader - Legião do Bem” no mês passado com o objetivo de visitar as alas de tratamento infantil das instituições de saúde da região e animar os pacientes. Entretanto, a proposta só deveria funcionar a partir de dezembro. Mas um apelo de Heric, que temia não estar em Santa Maria na data marcada para início da campanha, fez com que Mostajo adiantasse o encontro. Exatamente às 6h, o menino desembarcou em frente ao hospital e foi recebido por Mostajo, completamente vestido a caráter, inclusive com a voz característica do personagem. No encontro, que demorou cerca de 30 minutos, os dois conversaram e Mostajo presenteou o menino

ANTÔNIO ROCHA

divulgação

Encontro emocionou menino, fã da saga Star Wars

Já em casa, pai e filho comemoram avanços no tratamento

com o Lego do Star Wars, um dos brinquedos preferidos de Heric. “Era igual, toda a roupa. Tudo! Até a voz era parecida”, conta, sorridente. Para o pai de Heric, Hamílton Camargo, 34 anos, o trabalho voluntário desenvolvido por Mostajo fez a diferença em um dia de tratamento que, de outra forma, seria cansativo e dolorido. “Sempre que chegamos à frente do hospital, o Heric já fica nervoso. Mas naquele dia ele estava muito bem. O Darth Vader conseguiu diminuir o estresse dele”, afirma.

ao desenho, transmitido somente por um canal de tevê a cabo. “Aí todas as vezes que a gente ia, eu ficava lá na casa, assistindo ao desenho. Já sabia o horário que passava”, lembra. Após um ano de tratamento, o estado de saúde de Heric já deu grandes sinais de avanço, a leucemia já regrediu e o tratamento segue sendo feito apenas para evitar que a doença retorne, conforme relata o pai. Já em casa, o menino vai duas vezes por mês a Santa Maria para as sessões de quimioterapia. No

Camargo conta que a doença do filho –leucemia -, foi descoberta em agosto de 2012. Após três meses de tentativas de tratamento em Bagé, a doença só foi descoberta em Santa Maria. Foi entre as idas e vindas para tratamentos e internações (a mais longa foi de 62 dias), que Heric descobriu o desenho animado da saga Guerra nas Estrelas. O menino conta que na Casa de Apoio Acalanto, em Santa Maria, onde permanecia para breves descansos entre as sessões de tratamento, começou a assistir

restante do tempo, permanece em casa, de repouso, assistindo ao desenho preferido no conforto do sofá, já que o pai e a mãe, Adriana Teixeira, fizeram questão de assinar a tevê a cabo para que o filho pudesse seguir acompanhando a saga. Camargo adianta que, em breve, o filho deve retornar à escola, aguarda apenas a finalização do tratamento e a total estabilidade da saúde. No momento, Heric ainda depende, provisoriamente, das muletas de apoio para se locomover.


16 Lazer

JORNAL MINUANO

Horóscopo ÁRIES O astral anda carregado hoje, bom para você cuidar da vida esmiuçando detalhes que precisam de reformulação. Sua saúde também pode ser assunto - a busca por algo mais essencial o ajudará a descartar alimentos e hábitos nocivos.

Luluzinha Teen

BAGÉ, 7 DE OUTUBRO DE 2013

TOURO Concentração planetária no setor de casamento e relacionamento estável colore seu astral com as demandas alheias, imperiosas e inescapáveis. Pode ser boa ideia se afastar um pouco, somente para tomar folego! Abordagens leves ajudam a aguentar.

GÊMEOS

Cruzada

Resumo das novelas Malhação - GLOBO - 17h Sofia afirma a Flaviana que convencerá Caetano a tirar Anita do Grajaú. Ben e Anita namoram na praia, quando Meg liga para Ben. Clara decide se declarar para Vitor, mas Giovana sugere que a menina se aproxime aos poucos do rapaz. Vitor faz uma nova encomenda a Minhoca. Caetano garante que Anita não ficará com Ben, e Sofia comemora. Flaviana consegue pegar o celular de Micaela sem que ela veja. Ben e Anita decidem contar para todos que estão namorando. Clara flagra Vitor falando com Minhoca e fica magoada com o jeito como ele a trata.

Sua intuição está muito boa, capaz de desvendar e analisar aspectos que podem escapar a outras pessoas. Arguto, deve, porém, guardar algumas conclusões para si mesmo. Sua saúde requer mais cuidados e atenções; não vá além do seu limite.

CÂNCER Amor e ternura sim, ciúmes e controle do ser amado não! Cuidado para não forçar a barra com ele, tornando o seu dia um inferno. E vice-versa - tempere o dia com atividades variadas. Aceite seus limites.

LEÃO

Clima familiar tenso, com chance de manipulações por parte de parentes. Mas você não quer que ninguém controle seus passos, nem se meta em sua vida - assim, quanto mais distante estiver, melhor. Mas arranje tempo para cuidar de alguém que você ama.

Joia Rara - GLOBO - 18h Amélia agradece Franz por deixar Pérola morar com ela. Sílvia finge constrangimento e tenta culpar Viktor por tê-la beijado. Odilon vê os monges na praia e pega os pertences deles. Manfred sugere a Ernest que tire Pérola de Franz e Amélia. Manfred adverte Venceslau para não esbanjar dinheiro e levantar a suspeita de Ernest sobre os desfalques na empresa. Dália se desespera ao saber que seu irmão Davi morreu na guerra. Jampa, Sonan e Tenpa são confundidos com moradores de rua e vão presos. Pérola chega à casa de Amélia para morar com ela.

VIRGEM Ótimo dia para espairecer - mude de ares, engate um papo profundo com alguém, mergulhe num romance de suspense, dê vazão às suas angústias num trabalho artesanal, recicle ideias.

LIBRA Você pode tomar uma decisão de longo prazo, hoje, que tenha muito a ver com recursos financeiros e realização de um sonho. Seja cuidadoso com sua saúde, e respeite seus limites. Eles existem! Escolhas são difíceis, porém urgentes agora. Amor em baixa.

Sangue Bom - GLOBO - 19h Dorothy, Kevin e Luz ficam arrasados com a história que Bárbara lhes conta. Perácio faz um acordo com Brenda. Bolivar fica aliviado ao saber que Bárbara escondeu a verdade de um de seus filhos. Natan pede para Willy Bob assistir à apresentação de Verônica. Perácio vai ao Cantaí com Bluma, e Rosemere fica abalada. Érico beija Cléo para atingir Verônica. Fabinho encontra Irene. Willy Bob convida Verônica para se profissionalizar como cantora. Verônica aceita se tornar cantora profissional com o nome de Palmira Valente, e Érico se emociona. Érico se desculpa com Renata. Fabinho ouve Socorro afirmar que Amora sabotou o Kim Park.

ESCORPIÃO Tantos são os astros em seu signo hoje que acentuam autoconsciência e autoimportância. Necessidade de espaço, mas também o medo aumenta; o temor de errar, de se arriscar, de ir além do devido. Cuidado para não engessar sua vida. Afetos voláteis.

SAGITÁRIO

Você está num momento de grande compreensão e decisões. Neste dia, esta onda astral está mais acentuada. Busque a natureza, seja discreto e garanta um bom espaço de liberdade para refletir, descansar e arquitetar seus planos.

Amor à Vida - GLOBO - 21h Eudóxia manda seu mordomo servir cachorroquente para Jonas, e Márcia fica indignada. Rafael avisa a Atílio que ele vai sair da cadeia. Valdirene sente falta de Carlito. Rafael avisa Thales e Leila que Nicole pode ter uma irmã. Niko e Eron falam para Amarilys que vão registrar Fabrício em nome deles. Gina e Herbert se beijam. Aline pede ajuda a Bruno para encontrar a casa que ela quer comprar. Paloma convence César a investir em um ambulatório para pacientes carentes. Félix faz a cabeça de Pilar contra Paloma. O vilão fala para Silvia que César vai comprar uma mansão para Aline. Márcia espera Atílio na porta da penitenciária.

CAPRICÓRNIO Sua vida social está em destaque hoje - um convite para estar com amigos especiais poderá ser incrível! Marque um encontro, não se refugie na solidão, na distância. É dos amigos que virá o sustento afetivo e emocional. E sem ciúmes, por favor.

AQUÁRIO Apelos poderosos a vida comum, a circular por aí, e ao mesmo tempo o coração pede sossego, no convívio do que é íntimo e familiar. Você sente como a máscara social asfixia, impedindo a visão completa de quem você é. Faça algo original!

PEIXES Viagens e relações com estrangeiros, temas que a Lua traz neste dia. Você está conectada com o assunto e deve seguir sua bússola interna para saber tudo o que precisa. Amigos de fora dão sinal positivo também. No amor, distanciamento.

Loterias FEDERAL

04803

1º prêmio 2º prêmio 3º prêmio 4º prêmio 5º prêmio -

31.458 11.270 48.402 17.507 48.663

LOTOFÁCIL

964

01 02 03 04 07 09 10 11 15 17 18 19 20 21 23

LOTOMANIA 1389

DUPLA-SENA 1217

02 14 17 23 32 36 46 49 52 60 64 71 72 73 76 82 85 86 91 94

1º sorteio: 21 29 38 40 41 42 2º sorteio: 04 09 13 19 25 43

MEGA-SENA

1536

13 18 29 32 50 58 QUINA

3309

02 18 22 27 68


Segurança 17

JORNAL MINUANO BAGÉ, 7 DE OUTUBRO DE 2013

Motociclista flagrado a 110 quilômetros por hora A Brigada Militar trafegava pela avenida Espanha quando viu um homem, em cima de uma moto parada, sem capacete. Os policiais foram abordá-lo para fazer a identificação quando o motociclista saiu em alta velocida-

de pela contramão. Devido ao fato de haver várias pessoas na rua, os policiais pararam a perseguição, pois a velocidade imprimida pelo acusado era muito alta. Logo após, o m otociclista caiu. Os policiais foram

socorrê-lo, e o homem assumiu que estava andando a 110 quilômetros por hora. Ele também revelou que fugiu pois havia bebido. O acusado ficou internado no hospital devido aos ferimentos da queda.

Homem é encontrado morto na Praça das Carretas Às 20h de ontem, a Brigada Militar (BM) recebeu um chamado de que havia um homem morto na Praça das Carretas. De acordo com familiares, trata-se de Gumercindo Martinez Ma-

chado, 46 anos, que estava no chão, próximo aos cavalos da decoração do espaço. Ele morreu com um tiro no peito e segurava uma arma na mão. A BM isolou o local e o Instituto Geral de Perícias (IGP)

foi chamado de Sant’Ana do Livramento para averiguar o local. A Polícia Civil irá investigar o caso e trabalha com a hipótese de atentado contra a vida. Machado deixa uma filha de 18 anos.

Furtos no transporte público Uma mulher estava no ônibus que a levava até o bairro Madezatti, quando foi assaltada. Alguém pegou de sua bolsa R$ 360 que estavam em um envelope. Ela só se deu conta após ter descido

do transporte, portanto, não viu quem poderia ter cometido o delito. Também dentro do ônibus, uma idosa, que ia para o bairro Balança, estava sentada quando

caíram suas sacolas de compras. Ao juntar, ela percebeu que haviam levado sua bolsa pessoal, onde estavam documentos seus e de uma neta, cartões bancários e R$ 600.

Pediu para ligar para a mãe e levou o telefone Um homem caminhava pela rua Caetano Gonçalves, na noite de sexta-feira, quando um jovem passou e pediu o celular emprestado, pois ele precisava falar com a mãe. A vítima emprestou seu aparelho e o adolescente saiu correndo. O acusado era branco, baixo e usava um moletom azul-marinho com capuz.

Vândalo identificado na Presidente Vargas

Uma placa de trânsito, a grade de uma residência e a porta de uma casa foram alguns objetos que um rapaz de 18 anos estragou na avenida Presidente Vargas, na madrugada de domingo. Ele só parou quando uma viatura da Brigada Militar, que passava pelo local abordou-o, levando-o para registro na Polícia Civil. O jovem estava com sintomas de embriaguez.

Após confusão em bar, jovem apanha na rua

Um jovem de 19 anos estava em um bar na avenida João Telles, na madrugada de sábado, e se envolveu em uma confusão por ter ido para trás do balcão. Ele foi retirado do local e, da rua, deu uma pedrada na porta do estabelecimento, quebrando-a e atingiu, também, a cabeça de um cliente. Outros frequentadores do bar ficaram incomodados, foram atrás do jovem e, em torno de 20, agrediram-no na avenida Marechal Floriano. A Brigada Militar atendeu a ocorrência e levou o homem ao hospital. Ele estava desnorteado e com sinais de embriaguez.

Adolescente sofre em assalto Motorista com sintomas de embriaguez agressão Um menino de 15 anos andava na avenida São Judas, se acidenta na São Judas

Na tarde de sábado, uma Parati colidiu em um Uno que estava estacionado na avenida São Judas. A caminhonete era dirigida por uma mulher de 52 anos, que ia no sentido bairro – centro. Ela contou que foi ultrapassar um carro pela esquerda e vinha um outro veículo no sentido contrário.

Para evitar a colisão de frente, ela avançou no acostamento, chocando-se contra o Uno. Os policiais militares constataram que a mulher estava com sintomas de embriaguez, mas não tinham bafômetro para realizar o teste. Os outros aparelhos, do Pelotão Rodoviário Estadual divulgação

e Polícia Rodoviária Federal, estavam em barreiras em outros municípios, portanto não teve como constatar. A motorista assumiu que havia bebido três latas de cerveja, sendo que duas foram encontradas dentro do veículo. Pela falta do teste, foi registrada ocorrência e a acusada liberada.

Agrotóxicos e sementes ilegais apreendidos A Polícia Rodoviária Federal apreendeu 200 quilos de agrotóxico e 200 quilos de sementes na BR 153, na manhã de ontem. Um homem, que dirigia uma Strada com placas de Caçapava do Sul, não tinha documentação dos produtos, que foram levados para a Polícia Federal.

na tarde de sexta-feira, quando dois homens, jovens, altos e brancos, abordaram-no. Eles tentaram pegar o boné do menino, que reagiu ao assalto. Um dos assaltantes deu um soco no menor, e o deixou com o nariz quebrado. Ele foi socorrido por mototaxistas.

Óbitos - Funerária da Santa Casa VERA MARIA ALVES DIAS, 57 anos, do lar, solteira, moradora da rua Danton Garrastazu. Deixa os filhos Jane, Carlos Eduardo, Rafael, Nei Mário, Bárbara e Maurício Junior. ARY RIBEIRO GARCIA, 69 anos, tratorista, solteiro, morador da rua 24 de agosto. Não deixa filhos.

- Funerária São Sebastião JOSÉ ADÃO SOUZA, 81 anos, aposentado, casado com Terezinha Ávila Campos, morador de Pedras Altas. Deixa os filhos Lúcia, Arno, Antônio e Elda.


18 Esporte

BAGÉ, 7 DE OUTUBRO DE 2013

JORNAL MINUANO

Marcel Nunes

marcelpnunes@gmail.com @marcelpnunes

Badico encaminha equipe em treino noturno O técnico Badico orientou um treino tático, ontem à noite, no Pedra Moura. O trabalho, além de ambientar os jogadores com o cenário noturno do duelo, teve como objetivo encaminhar a equipe que vai entrar em campo diante do Guarani para o jogo mais importante até então na temporada. Somente a vitória mantém viva a expectativa do Bagé de seguir na Série B. Recuperado de lesão no joelho, o centroavante Matão é uma das armas para chegar ao gol. Apesar de ter marcado ape-

nas uma vez pelo clube, na vitória por 1 a 0 sobre o maior rival, o atleta segue confiante na classificação. “Temos encontrado inúmeras dificuldades, mas não é por falta de tentativa. Tudo passa por um resultado positivo amanhã. Precisamos mostrar todas as nossas forças contra o Guarani”, afirma. Será a primeira partida depois das saídas de Diego Rocha, Altiere e Edivaldo. A razão para as rescisões, além da econômica, teve como objetivo “sacudir” o plantel na reta final do retur-

no. De acordo com Matão, essas perdas não podem interferir na postura do time. “Independente da saída dos jogadores a motivação tem que ser interna, de cada um. É o jogo do ano pra gente”, entende. O Guarani é o vice-líder da chave com 100% de aproveitamento. Sábado, em Rio Grande, o bugre bateu o Vovô por 3 a 1. O Bagé, em caso de vitória, ingressa entre os quatro melhores da chave B. De folga na rodada final, os jalde-negros encerram sua participação dia 13 contra o Tupi, em Crissiumal.

Francisco de Assis

Jalde-negros recebem time de Venâncio Aires

Bicicross realiza evento prévio Severo bate Chuleta no OFC Ijuí para o Campeonato Gaúcho FRANCISCO DE ASSIS

DIVULGAÇÃO

Bajeense bateu um dos principais nomes da noite Com um nocaute a quatro minutos do primeiro round, Piero Severo venceu Dêner Chuleta no OFC Duelo de Gigantes de MMA em Ijuí. O resultado foi muito comemorado pelo bajeense, pois marca o seu reencontro com a vitória. Na oportunidade, Thaiane Souza acabou finalizada na disputa pelo cinturão feminino. Ambos os atletas integram a equipe Esquilo Brother/American Bit. Severo enfrentaria o representante da casa, Lucas Leite, no entanto, uma alteração no card horas antes de subir ao octógono colocou o líder do ranking gaúcho no seu caminho. Depois de uma trocação

intensa, o combate foi para o solo, onde o bajeense foi mais eficiente. “A vitória veio na hora certa, em cima do número 1 do Estado. Foi um grande show de técnica”, observa. Também representando Bagé no Noroeste, Thaiane Souza acabou finalizada por Nanda Gadeia com uma guilhotina no primeiro round. Os dois seguem preparação para o RS Megafight 8.0, em Bento Gonçalves. Um dos maiores eventos de MMA do Rio Grande e com transmissão ao vivo do canal Combate. Antes, entretanto, a equipe tem um desafio em União da Vitória, no Paraná.

Assumpção, à frente, venceu na categoria principal A Copa Beneficente de Bicicross reuniu 25 pilotos, ontem, na pista localizada no Complexo Esportivo Presidente Médici. A competição foi realizada em quatro categorias e, além de alimentos para entidades carentes, arrecadou verba para a equipe que embarca no dia 19 para a penúltima etapa do Campeonato Gaúcho em Sapiranga. A copa foi dividida nas

categorias boys até oito anos; girls e iniciantes; cruiser e elite, a última reunindo aqueles pilotos que correm o Estadual. Um dos destaques foi o menino

Davi Gonçalves Vasconcelos, de três anos, que fez suas manobras acompanhado do pai. Confira abaixo os resultados da competição.

Boys 8 anos 1º Guilherme Castro 2º Ricardo Leite

Cruiser

Iniciantes 1º Thayná da Silva 2º Ian Farias

Elite

1º Mário Castro 2º Paulo Oliveira

1º Vinícius Assumpção 2º Felipe Lopes


Esporte 19

JORNAL MINUANO BAGÉ, 7 DE OUTUBRO DE 2013

Guarany traz ponto dramático de Marau

Tabelando Jornalista da Guaíba palestra na Urcamp

Os quatro gols da partida foram marcados em um intervalo de nove minutos

Atuando no Estádio Renato Bebber, o Guarany empatou em 2 a 2 com o Marau e chegou a sua quarta partida de invencibilidade sob o comando de Ben-Hur Marchiori. O confronto foi marcado por polêmicas e três expulsões, no entanto, o resultado foi suficiente para manter o clube na liderança isolada da chave A. Cléber Oliveira foi o autor dos gols alvirrubros. O grande nome dos primeiros 45 minutos foi o goleiro Geo. Diante da forte pressão dos anfitriões, o goleiro salvou em diversas oportunidades. Os gols foram sair somente na reta final. Aos 29 do segundo tempo, após pênalti marcado por Felipe Lermen, Cléber Oliveira abriu o placar para o Guarany. Alex empatou três minutos mais tarde em chute de longa distância. A partida se tornou dramática para os alvirrubros

quando o volante Almir foi exSÉRIE B – 4ª RODADA/RETURNO – 06/10/2013 pulso. Com um homem a mais, o Marau se atirou ao campo de ataque e encontrou, com João Vítor, o gol da virada. Um lan2x2 ce de agilidade alvirrubra aliaGUARANY da à desatenção dos mandanMARAU Geo; Willian; tes gerou o empate. O Guarany Douglas Leandrinho colocou rapidamente a bola no Renato Saldanha Marlon centro do gramado e, enquanto Ílson Glauber os jogadores do Marau ainda Diego (Dênio) Vagno; comemoravam, Cléber chutou Max Bergamin para o gol vazio: 2 a 2. Almir Alex Alegando que o jogo Cléber Oliveira Joãozinho não poderia ter recomeçado, Gêison Da Silva atletas do Marau cercaram a Giso (Dêivison) Rodrigo Magalhães (Sandro arbitragem. Dêivison e João Sandro Sotilli (AlagoaMüller) Marcão (Alan) no). Vítor acabaram expulsos por agressão. Mesmo com nove, o Téc: Ricardo Atolini Téc: Ben-Hur Marchiori time ainda pressionou e teve GOLS: Cléber Oliveira (28’ e 37’/2º). Alex a oportunidade em falta mar(33’/2ºT) e João Vítor (36’/2º). cada na meia-lua da grande área. O jogo foi encerrado aos ARBITRAGEM: Felipe Lermen auxiliado por 58 minutos. Quinta-feira, às Cristiano Eckert e Vagner da Luz 19h30min, o Guarany enfrenta o Garibaldi fora de casa. LOCAL: Estádio Renato Bebber

Bagé conquista 11 medalhas no estadual de judô para novos DIVULGAÇÃO

O jornalista Filipe Duarte, formado pela Urcamp, palestra, amanhã, na 18ª Semana Acadêmica do Curso de Comunicação Social. Repórter e comentarista da rádio Guaíba, o profissional nascido em São Borja vai falar sobre jornalismo esportivo e sua experiência na imprensa da capital. O encontro começa a partir das 19h, no salão de atos. A entrada custa R$ 5.

Segundona

Série B

Três Passos e Guarany lideram a Série B do Campeonato Gaúcho. O clube jaldenegro bateu o 15 de Novembro ontem, 3 a 1, e manteve os 100% de aproveitamento no returno. Demais resultados do final de semana: Rio Grande 1x3 Guarani; Garibaldi 0x2 Sapucaiense; 14 de Julho 1x1 Palmeirense.

O Palmeiras perdeu após nove rodadas, mas segue na liderança da Série B. Resultados: ABC 3x2 Palmeiras; Boa Esporte 0x4 Oeste; Icasa 3x2 Guaratinguetá; Sport 3x0 América/RN; Paraná 0x1 Avaí; Asa 2x3 Ceará; Figueirense x Atlético/GO; Chapecoense 2x1 Joinville; São Caetano 3x1 Paysandu e Bragantino 0x1 América/MG.

Bra-Pel Foi realizado o quarto clássico Bra-Pel deste semestre, ontem à tarde, na Boca do Lobo. Pelo returno da Copa Fronteira Sul, o confronto terminou empatado em 1 a 1. Foi o primeiro encontro após os 3 a 0 aplicados pelo áureo-cerúleo que lhe garantiu a taça do primeiro turno.

Série A

Equipe comemora bom resultado em Venâncio Aires O projeto Mais Educação, em parceria com a Academia Kodokan, participou do Campeonato Estadual de Judô para Novos. Com 23 judocas, os bajeenses re-

tornaram com 11 medalhas, sendo uma de ouro, cinco de prata e mais cinco de bronze. O destaque individual foi Kevin Matheus, ao obter seu terceiro titulo consecu-

tivo. O evento aconteceu em Venâncio Aires e a delegação contou com a coordenadora Maísa Tolledo Moreira e o treinador Júlio Coitinho.

DIVULGAÇÃO

Campeonato Brasileiro teve os jogos pela 26ª rodada: Botafogo 0x1 Grêmio; São Paulo 3x2 Vitória; Flamengo x Vasco; Internacional 1x0 Fluminense; Náutico 1x4 Cruzeiro; Atlético/MG 0x0 Corinthians; Atlético/PR 2x1 Coritiba; Bahia x Ponte Preta; Goiás x Criciúma e Portuguesa x Santos.

Grêmio O tricolor segue a perseguição contra o Cruzeiro. Apesar da vitória sobre o Botafogo, a distância foi mantida em 11 pontos, restando 12 rodadas para o desfecho do Brasileirão. No Maracanã, o lateral Alex Telles marcou seu primeiro gol com a camisa do clube. No segundo tempo, com 10 homens, a equipe repetiu o ferrolho armado desde a chegada de Portaluppi e segurou o escore.

Damião O centroavante voltou a marcar e deu fim a um jejum de 12 partidas. Mais que isso, o gol garantiu o trunfo sobre o Fluminense, ontem, na volta do estádio Centenário. O time foi comando por Clemer, que permanece até segunda ordem. Com dificuldades na negociação com Abel Braga, que deseja assumir somente em 2014, a direção sonda Celso Roth.


20 Contracapa

BAGÉ, 7 DE OUTUBRO DE 2013

JORNAL MINUANO

Temperatura Hoje Mínima Máxima

6 21

Manhã

Tarde

Noite


20131007