Page 1

PRESERVE O MEIO AMBIENTE: LEIA AS NOTÍCIAS E PASSE ESSE JORNAL PARA OUTROS LEITORES


1

02

CIDADE

QUARTA-FEIRA, 11 DE JULHO DE 2018 www.leianoticias.com.br

Em Botucatu, Skaf vê necessidade de “enxugar” a máquina estatal

ELEIÇÕES 2018. Pré-candidato ao governo de São Paulo, Paulo Skaf esteve em Botucatu. Flávio Fogueral

CIDADE

Escola do Cambuí é uma das vencedoras do “Prêmio Crianças Mais Saudáveis” da Nestlé

A Escola Municipal de Botucatu de Ensino Fundamental Integral “Profª Leonor Bicudo Vizenzzotto”, localizada no Jardim Cambui, foi uma das cinco vencedoras no Estado de São Paulo do “Prêmio Crianças Mais Saudáveis”, realizado pela Fundação Nestlé Brasil. A escola concorreu com o projeto “Pratos Limpos”, da professora Elis Regina Camargo Correa Lopes dos Santos, em que os alunos participavam do preparo de alimentos saudáveis na cozinha da escola, fazendo o estudo do gênero receitas, utilizando conceitos matemáticos e conhecimentos nutricionais adquiridos nas aulas de ciências. O Prêmio foi criado com o objetivo de estimular comportamentos saudáveis em alunos das escolas públicas brasileiras. A premiação ocorreu na sede da Nestlé em São Paulo e contou com a presença da diretora da escola, Claudia Lopes, e da professora Elis Regina. Foram premiados 10 projetos, sendo 5 da Bahia e 5 de São Paulo. Além do troféu e certificado, cada vencedor recebeu benfeitorias no valor de até R$ 35 mil para implementação do projeto na escola. Os premiados também receberam formação em oficina presencial de 12 horas e mentorias presenciais e à distância para implantação do projeto, além de uma assinatura digital da revista Nova Escola por um ano. (Comunicação)

Mais conhecido pela atuação na presidência da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e demais entidades vinculadas à indústria paulista, Paulo Skaf, aos 62 anos, se apresenta como pré-candidato a governador paulista pela terceira vez. Dessa vez filiado ao MDB (Movimento Democrático Brasileiro), antigo PMDB, confia na consolidação de seu nome na preferência do eleitor para levar o pleito ao segundo turno. Para o ex-presidente da Fiesp e pré-candidato ao governo paulista, o atual sistema administrativo estadual está “inchado” e ineficaz. Salientou como principais metas, a redução no número de secretarias existentes (sem dar um número exato), além de dinamizar os contratos de concessão a serem firmados pelos próximos anos com empresas privadas. A pré-candidatura de Skaf, no entanto, tem sido alvo de especulações. Reunião recente do presidente da República, Michel Temer (MDB), com a alta cúpula do PSDB paulista, pode apresentar novo cenário na disputa estadual. Isso porque o empresário está tecnicamente empatado nas intenções de votos com o ex-prefeito de São Paulo e pré-candidato tucano, João Doria Júnior, conforme pesquisa divulgada em junho pela Rede Bandeirantes. Ambos aparecem com 24% e 19%, respectivamente, com leve liderança do peessedebista. Sobre possível desistência, o industrial é categórico em afirmar que não existe tal hipótese. Descarta, ainda, coligações a partir de rateio e indicação de cargos em um potencial governo do emedebista. “Se tiver que ceder, negociar ou fazer alguma troca, encaro a campanha sozinho”, ressalta Skaf. Licenciado do “Sistema S” no Estado, que engloba Senai, Sesi e Sebrae-SP, além do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp), o pré-candidato ressaltou a agenda de investimentos das entidades re-

presentativas da indústria em Botucatu. Em maio, esteve na inauguração da ampliação da “Escola Luiz Massa”, do Senai, estimados em R$ 31,4 milhões. Skaf esteve em Botucatu na última semana, onde recebeu o título de Cidadão Botucatuense. O ato, realizado na Câmara Municipal, reuniu empresários e políticos da região. No local, atendeu aos poucos veículos de imprensa presentes na coletiva concedida antes de uma reunião fechada com correligionários do MDB. Confira os principais trechos da entrevista coletiva: Leia Notícias - Você entra nesta pré-campanha em um momento conturbado pelo qual o país atravessa, tanto nas esferas econômica, quanto política e social. São inúmeras incertezas nos cenários apresentados e que também chegam a São Paulo. De que forma esse quadro afeta a pré-campanha ao governo estadual? Paulo Skaf - Na economia, verdadeiramente, passamos por anos difíceis, com crescimentos negativos entre 2015 e 2016, com retração estimada em 3%, mais de 14 milhões de desempregados. No ano passado houve pequena melhora, com crescimento de 1,1%. Se esperava que pudéssemos crescer 3% em 2018 e, aí entram as incertezas, principalmente as políticas e quanto às eleições presidenciais. Outro fator foi a greve dos caminhoneiros, que deu uma freada neste ritmo em um país que retomaria o crescimento. Isso significa demorar mais para a recuperação do emprego e geração de riqueza. A notícia é boa em tudo isso, pois as eleições renovam as esperanças e sinto-me feliz em participar desse momento que considero histórico para o país. Depois de tantas dificuldades que o Brasil passou na economia, na política, com todas essas crises, chega um ano de eleição e podemos mudar muito. LN - Nesta pré-candidatura ao governo paulista, quais os parti-

dos que o acompanham ou “peita” a disputa com chapa única? PS - Se tiver que ceder, negociar ou fazer alguma troca, encaro a campanha sozinho. Em todas as reuniões disse que não há “troca troca” comigo. Não cedo secretarias ou cargos. Quero escrever uma nova História na administração paulista. O objetivo é fazer um trabalho de resultados para o Estado, com melhorias na escola pública, que lamentavelmente não é boa; uma nova postura para a Segurança Pública, além de pontos cruciais como a Saúde e a própria Infraestrutura. Gostaria muito de poder terminar meu compromisso hoje aqui (o recebimento do título de cidadão botucatuense) e voltar de trem para São Paulo. Mas, cadê o trem? Não temos uma ligação ferroviária eficaz entre esta região com Sorocaba, Campinas, Vale do Paraíba, Santos, São José dos Campos. Há muito a ser feito em São Paulo e, para isso, precisa ter equipe boa, séria e competente. LN - Paulo, você vem de sucessivas campanhas. Em 2010, ainda pelo PSB, obteve um milhão de votos e, quatro anos depois, subiu para cinco milhões. Desponta como um dos principais pré-candidatos ao governo. Agora, chega como um dos principais players deste cenário, podendo levar a eleição ao Palácio dos Bandeirantes ao segundo turno. Isso muda o patamar de falar com o eleitor em um campanha que será mais curta? PS - Tudo em nossa vida é uma construção. Iniciei minha carreira política em 2010 e nunca tive padrinhos políticos. Quando comecei tinha quarenta segundos de televisão e iniciei a jornada. Não sou um aventureiro, quero ajudar São Paulo a promover grandes mudanças, com a experiência da Fiesp e Ciesp na economia, do Sesi na Educação, do empreendedorismo para a geração de empregos. Por exemplo, temos grandes gargalos na Segurança Pública, com a Polícia Civil defasada e mal estruturada, com delegacias em situação de ver-

gonha. As polícias têm que ser integradas e bem preparadas. Na Saúde tem que se pegar todos os agentes envolvidos na gestão e fazer isso funcionar de maneira eficaz para que atenda bem a população. Vejo que o eleitor tem amadurecido a visão de querer uma nova História para o Estado. LN - Um dos grandes gargalos, no Brasil, é quanto à infraestrutura viária e de logística. Em São Paulo, com a maior malha viária do país, a situação não é diferente, tendo a gestão e manutenção sendo entregues à iniciativa privada. Foi citada, anteriormente, a questão da greve dos caminhoneiros e a própria venda da rede ferroviária e a falta de investimentos. Uma das grandes reclamações é quanto ao número de pedágios existentes no Estado, o que encarece frete ou mesmo viagens. Sendo pré-candidato a governador, como avalia este sistema e pensa em mudanças neste aspecto? PS - Primeiro, concessão a meu ver, e será assim se for eleito, é aquela que oferece o menor preço de tarifa. Nunca uma concessão onerosa, onde o que der o maior valor ao governo vence o processo licitatório e depois o usuário “paga o pato”. Foi assim que funcionou nos governos do PSDB quanto às rodovias estaduais e por isso que os pedágios são verdadeira fortuna. Na outra modalidade, se cria as mesmas condições de investimentos e manutenção, mas quem vence é a empresa ou consórcio que apresentar a menor tarifa de pedágio. É assim que enxergo ser o método mais justo ao contribuinte. Não romperei contrato algum e eles serão mantidos até o final. O que não farei são novas concessões ou renovação, sem ter a modalidade de menor preço. Muitas vezes ouço que o governo quer fazer uma obra a mais e prorrogar o contrato de concessão. Isso é um erro, pois esses acordos são ruins para a população paulista. É bom apenas para as empresas concessionárias, que têm em seus resultados lucros altíssimos devido a essas tarifas

cobradas dos motoristas. Estima-se que, se um dos contratos fosse encerrado neste momento e aplicado a modalidade de menor preço, as tarifas seriam até menores das aplicadas atualmente. LN - O orçamento paulista, até como reflexo da crise, decresceu em 2015 e 2016, tendo apenas um superávit no ano passado, quando a Assembleia Legislativa aprovou o montante de R$ 206,02 bilhões. Diante deste aspecto, como tornar o Estado mais viável e “enxuto”? PS - Não se precisa de 25 secretarias para se administrar São Paulo. Tem como racionalizar os recursos para se obter mais eficiência. Certamente há muito desperdício com as verbas estatais. Quero aumentar a arrecadação, sem aumentar impostos. Veja bem, em momento algum cogita-se o aumento de impostos. E, claro, investir no desenvolvimento do Estado em diversas áreas, como: habitação, infraestrutura, etc. A cada ponto percentual que São Paulo cresce, a arrecadação aumenta em 1,5%. E toda essa riqueza é redistribuída para as áreas prioritárias. Tirando a amortização de juros da dívida paulista, se consegue mais de R$ 10 bilhões em investimentos. É pouco para o Estado fazer tudo, mas há outros mecanismos de investimentos, como as Parcerias Público-Privadas (PPPs). LN - Qual o número ideal de secretarias? PS - Se falar o número ideal, as perguntas seguintes certamente seriam para quais pastas que correm o risco de extinção. Isso começaria grande conflito de interesses antes mesmo da hora. Mas algo que certamente é fato: vinte e cinco secretarias é um número exagerado. Tendo esta racionalização, a eficiência pode chegar a ser maior que a própria economia gerada. Imagine ser governador e ter vinte e cinco secretários. Isso cria uma agenda complexa e propícia a “negociatas” das coligações. É necessário ter no governo gente séria e qualificada.


CIDADE

QUARTA-FEIRA, 11 DE JULHO DE 2018 www.leianoticias.com.br

Acionistas da Caio Induscar iniciam a produção do Busscar em Santa Catarina

Política

SEGREDOS HAROLDO AMARAL Botuc@tu Online Paratodos. O Prefeito Mário Pardini esteve reunido com a gerencia da construtora do conjunto Paratodos, na região Sul de Botucatu. Mário Pardini quer marcar a data para a entrega do empreendimento imobiliário. A intenção do governo é inaugurar no final de julho, ou no máximo em meados de agosto. A empresa construtora ainda não apresentou uma data, conforme apurou esta coluna. Do Povo. O empresário Paulo Skaf, agora também cidadão botucatuense, na semana passada tinha um ambiente criado para dar uma entrevista coletiva à imprensa local, mas logo ao chegar ele começou a admirar a paisagem da região e acabou concedendo a coletiva ali mesmo, no meio da rua, em meio a vegetação. A assessoria do pré-candidato a governador do MDB não gostou, mas os marqueteiros políticos adoraram o cenário. É fogo. Nos últimos 15 dias vem sendo registrado regularmente incêndios de grandes proporções em pastos à beira de estradas, imóveis urbanos e empresas, como o depósito de ferro velho e recicláveis da

03

SERÃO 3 MODELOS. A empresa estava paralisada desde 2012. Avenida Paula Vieira, que teve mais de mil metros quadrados de áreas destruídos no último sábado. Botucatu está vivendo uma situação de seca e baixa umidade relativa do ar, que facilita a ocorrência de incêndios. Bombeiros. Apesar do esforço dos Bombeiros e a ação imediata da equipe da unidade de Botucatu, mais uma vez alguns moradores da Vila Maria reclamaram que demorou muito para apagar o incêndio. Lógico que pelas características do material que incinerou, no último sábado, na Avenida Paula Vieira, demoraria em debelar as chamas e conter a fumaça que surgiu quando as labaredas foram contidas. Alerta. A Defesa Civil e os Bombeiros vinham alertando os proprietários de terrenos e residências sem inquilino para a manutenção dos quintais, para evitar insetos como dengue e escorpiões e, sobretudo, incêndios. Muitas vezes não há interferência humana, mas exclusivamente dos materiais existentes. As vezes um pedaço de vidro transforma-se em ‘lupa’ e o incêndio começa. Outras vezes é a bituca de cigarro. Incêndios. Nos últimos 14 dias tivemos incêndio por

LEIA

NOTÍCIAS

duas vezes seguidas no Morro de Rubião Junior, em quintais na região Leste e também na encosta da Cuesta, próximo ao Ginásio de Esportes. Há menos de 15 dias, em menos de 12 horas, ocorreu dois incêndios seguidos no morro da Igreja de Rubião Junior. Fernando Cury. O deputado Fernando Cury vem se preparando para gastar sola de sapato na busca pela reeleição. Nos últimos dias ele vem concentrando atividades na região e em Botucatu. No final da semana passada o deputado divulgou que conseguiu aprovar uma lei criando a mecanismos para identificar doadores de medulas ósseas. O objetivo é agilizar o socorro às pessoas com risco de morte devido a doenças. PSDB. João Doria e Izaias Colino combinaram de agendar uma visita do pré-candidato a governador do PSDB em Botucatu. Até o momento nada foi agendado. O mais próximo que Doria chegou de Botucatu foi em Bofete, terra dos Cury. Há quem diga que a visita a Bofete teria sido uma provocação de Doria contra João Cury. Hoje, Fabrício Cobra, pré-candidato a federal, estará em Botucatu, às 18h30, na Rua Gal. Telles, 1837.

FALE COM A REDAÇÃO leitor@leianoticias.com.br telefone: (14) 3361-2117 whatsapp: (14) 99705-7976

TIRAGEM 3 MIL EXEMPLARES BOTUCATU 2 MIL EXEMPLARES REGIÃO

Haroldo Amaral Acionistas da Caio Induscar começam a produzir Busscar em Santa Catarina A Carbuss Indústria Catarinense de Carrocerias, que detém a marca Busscar, apresentou há cerca de um mês os três novos modelos de ônibus que estará comercializando: Vissta Buss 340, Vista Buss 360 e Vista Buss DD, destinados ao mercado de fretamento, rodoviário e turismo. A empresa estava paralisada desde 2.012. A Busscar foi adquirida por um grupo de acionistas que buscam recuperar a tradicional marca que tem 70 anos de atuação no mercado. Entre os acionistas estão os proprietários da Caio Induscar de Botucatu, líder na produção no segmento urbano. Segundo divulgou a imprensa de Santa Catarina, os novos ônibus mantém o pa-

drão de excelência da marca Busscar, que no passado foi líder entre os modelos rodoviários. Os modelos Vista Buss 340 e 360 têm em média entre 12 e 15 metros de comprimento, enquanto que o modelo de dois andares, conhecido como Vissta Buss DD, tem entre 14 e 15 metros de comprimento e 4,25 de altura. Segundo divulgou o site , Diário do Transporte, especializado em transporte e logística, aparentemente o primeiro mês de lançamento está sendo produtivo. A empresa já teria assinado contrato para entrega de 5 modelos de dois andares, 9 Vissta Buss 360 e 3 na versão Vissta Buss 340. A maioria das empresas que assinaram contrato para receber os novos modelos da tradicional marca Busscar são de São Paulo, totalizando 8 empresas, seguidas por Rio de Janeiro e Paraná,

ambos os estados com 2 modelos. Há ainda compras em Brasília, Bahia, Minas Gerais, Ceará, entre outros estados. Mercado De janeiro a maio, as sete maiores empresas fabricantes de carrocerias de ônibus comercializaram 7.117 veículos no mercado nacional e exterior, sendo que a Marcopolo RS segue na liderança entre os veículos rodoviários e a Caio Induscar liderando no mercado urbano. A Marcopolo RS produziu 2.006 ônibus em cinco meses e a Caio Induscar, de Botucatu, 1.751 veículos. A Marcopolo RJ, que produz exclusivamente veículo urbano, montou 1.457 ônibus no período. A Irizar do Brasil, também instalada em Botucatu, foi a terceira maior produtora de ônibus rodoviário do País com 191. A Comil fabricou 234.

Cabides Solidários já estão disponíveis em 7 locais de Botucatu O sucesso da Campanha do Agasalho 2018, com a arrecadação de mais de 50 mil peças de roupas, calçados e cobertores, permitiu a ampliação dos Cabides Solidários em Botucatu. O Cabide Solidário é uma ação que promove a doação de roupas e agasalhos, de forma gratuita e

de uma maneira diferente. Cabideiros com dezenas de peças de roupas foram montados em sete pontos da Cidade e estão disponíveis para que famílias necessitadas adquiram roupas e se protejam do frio. (Comunicação)

Confira a localização dos Cabides Solidários:

Prefeitura ainda não confirmou a data para o novo desfile EXPEDIENTE Editor Chefe: Géro Bonini (MTB: 48.775) Diretora Comercial: Thays Leão Bonini Diretor Executivo: Décio José Bonini Artes: Jader Gabriel Infografia: Graffo - Agência de Notícia Infográfica

www.leianoticias.com.br - Endereço: Rua Azaleia, 399 - V. dos Médicos - Boulevard - Office 66 - Botucatu/SP - CNPJ: 15.591.827/0001-94

- Cras Central (Rua Sete de Setembro, 198); - Rodoviária; - Terminal Paratodos; - Sabesp; - Apape (Avenida Raphael Serra, 460, Bairro Alto); - Casa do Cidadão (Rua Doutor Cardoso de Almeida, 1001, Centro); - Fundo Social (Rua General Teles, 1419 – Centro).

Produto do


2

04

SAÚDE

ASSUNTO: TAMANHO: DATA: ORIGINAL: GRAFFO

ASSUNTO: TAMANHO: DATA: ORIGINAL: GRAFFO

QUARTA-FEIRA, 11 DE JULHO DE 2018 www.leianoticias.com.br

CIRURGIAS BARIÁTRICAS Conheça algumas técnicas Númerocresceu de cirurgias cresceu 215% Número de cirurgias 215% BARIÁTRICAS REALIZADAS PELO SUS BARIÁTRICAS REALIZADAS PELO SUS

GRÁFICO: GRxxxxx ASSUNTO: TAMANHO: GRÁFICO: GRxxxxx ASSUNTO:DATA: TAMANHO: ORIGINAL: GRAFFO DATA:

BANDA GÁSTRICA 82% 82% dos É dos > Consiste em uma pequena cinta de O QUE procedimentos procedimentos silicone que é colocada na parte superior

SAÚDE

O QUE É

> A cirurgia bariátrica > A cirurgia bariátrica na rede pública são na rede pública são do estômago e pode ser ajustado SAÚDE EM ALERTA reúne reúne umnoconjunto de um conjunto de ASSUNTO: realizados Paraná, realizados no Paraná, TAMANHO: ambulatoriamente Doenças Doenças erradicadas técnicas técnicas destinadas ao destinadas ao DATA: São Paulo, Minas Gerais São Paulo, Minas Gerais erradicadas ORIGINAL: GRAFFO voltam a ameaçar o Brasil tratamento da obesidade. da obesidade. > A área acima da banda se torna o novo tratamento voltam a ameaçar e Espírito Santo e Espírito Santo O grupo de doenças pode voltar a circular no Brasil SAÚDEcaso EM cobertura vacinal não aumente o aALERTA Brasil estômago, com cerca de 30 ml Pode-se reduzir o estômago > Pode-se reduzir o>estômago ou ou O grupo de SARAMPO POLIOMIELITE fazer um desvio intestinal. fazer um desvio intestinal. Doenças erradicadas > O procedimento é feito em 1h doenças pode 5 milhões 5 milhões > É causada por um vírus que > Doença infecciosa aguda, de O grupo de doençasvive pode voltar a circular no Brasil voltar agrave, circular no intestino, o poliovírus natureza viral, transmissível voltam a ameaçar o Brasil > Na redução dooestômago, o órgão redução órgão brasileiros do estômago, > Perda de 20% a 30% do peso total > Na de e extremamente no Brasil caso a de brasileiros caso acontagiosa cobertura vacinal Cerca denão 1% dosaumente infectados O grupo de1ºdoenças pode voltar a circular no Brasil pode desenvolver a forma cobertura vacinadiminuide a capacidade de receber Entre de janeiro e 23 de maio diminui a capacidade receber o o têm indicação têm indicação caso a al cobertura vacinal não aumente995 paralítica da doença não aumente deste ano, foram registrados casos de sarampo no país No desvio do intestino, alimento. No desvioalimento. do intestino, há há para a cirurgia SARAMPO POLIOMIELITE DIFTERIA para a cirurgia SARAMPO POLIOMIELITE GRÁFICO: GRxxxxx RUBÉOLA GASTRECTOMIA VERTICAL menor absorção dos menor absorção dos alimentos. alimentos. >Doença transmissível causada ASSUNTO: ORIGINAL: GRAFFO

SAÚDEGRÁFICO: EM ALERTA GRxxxxx

Doenças erradicadas voltam a ameaçar o Brasil

> É causada por um vírus que se aloja nas >>Doença infecciosa aguda, de > É causada por um vírus que infecciosa aguda, deque > Doença ATAMANHO: rubéola é uma doença por bacilo aguda, de grave, alta contagiosidade, vive no intestino, o poliovírus natureza viral, transmissível amígdalas, na faringe, na DATA: vive no intestino, o poliovírus natureza transmitidacontagiosa peloviral, vírus do grave, transmissível laringe, no nariz e na pele e extremamente ORIGINAL: GRAFFO Cerca de 1% dos infectados gênero Rubivirus e extremamente contagiosa pode desenvolver a6forma Entre 1º de janeiro e 23 de maio casos suspeitos Cerca de 1% dos infectados O último caso de rubéola paralítica da dadoença doença relatados neste deste ano, foram registrados 995 SAÚDE EM ALERTA no Brasil ocorreu em 2009 pode desenvolver a forma Entre 1ºnode de maioconfirmação aguardam casos de sarampo país janeiro e 23ano

A obesidade QUEM PODE FAZER QUEMhojePODE atinge FAZER xx > É indicadacom para aqueles com 18,9% dos para aqueles > É indicada 18,9% vai dodos esôfago até o duodeno IMC de 35kg/m²associadas e doenças associadas paralítica da doença FO brasileiros deste ano, foramDIFTERIA registradosbrasileiros 995 IMC de 35kg/m² e doenças RUBÉOLA casos de sarampo no país > O procedimento é feito de 1h a 2h IMC acima de 40 kg/m² Doenças erradi c adas ou IMC acima de 40 oukg/m² >Doença transmissível causada > A rubéola é uma doença por bacilo que se aloja nas DIFTERIA aguda, dea alta contagiosidade, amígdalas, na faringe, na > Perda de 30% do peso total > Mais recentemente,com pessoasIMC com IMC Em média, cada vol t am ameaçar o Brasi l > Mais recentemente, pessoas Em média, cada transmitida pelo vírus do RUBÉOLA laringe, no nariz e na pele radicadas gênero de 30 kg/m² tipo e diabetes2tipo 2 procedimento >Doença transmissível causada O grupo de Rubivirus doenças pode voltar a circular no Brasil acima de 30custa kg/m² eacima diabetes procedimento custa urarubéola vacinal não aumente 6 casos suspeitos meaçar>casooOaAcobertúltimo Brasil é uma doença por bacilo que se aloja naspodem podem realizar o procedimento R$ 6 realizar mil ao SUS o procedimento caso de rubéola R$ 6 mil ao SUS da doença relatados neste aguda, de voltar a circular no Brasil de alta contagiosidade, A obesidade > Nesta técnica, o estômago é hoje atinge grampeado em forma de tubo que

FONTE

Ministério da Saúde

no Brasil ocorreu em 2009 al não aumente SARAMPO POLIOMIELITE

ano aguardam confirmação

transmitida pelo vírus do Ministério da Saúde gênero Rubivirus POLIOMIELITE > Doença infecciosa aguda, de > É causada por um vírus que

FONTE

EVOLUÇÃO

ve no intestino, o poliovírus nat>urezaÉ causada viral, grave, transmiporssívelumvivírus que de agiosa último O de rubéola vive noe cont intestino, o poliovírus smissível e extremament Cerca de 1% dos incaso fectados a Brasil em 2009 pode desenvolverocorreu a forma de EntreCerca 1º de janeirno o e 231% de maidos o infectados forma de maio ítica da doença deste ano,pode foram regidesenvolver strados 995 aparal paralítica da doença ados 995 casos de sarampo no paíMinistério s da Saúde FONTE país

ade,

ola 009

DIFTERIA

RUBÉOLA

DIFTERIA

>Doençacausada transmissível causada >Doença transmissível > Apor rubéolbacilo a é uma doençaque se aloja por bacinas lo que se aloja nas amígdalas, aguda, de alta contagiosina dade,faringe, amígdalnaas, na faringe, na laringe, no nariz e na transmitida pelo vírus do laringe,pele no nariz e na pele gênero Rubivirus 6 casos suspeitos suspeitos da doença relatados6 casos neste O úlano timo casoaguardam de rubéola confirmação da doença relatados neste

no Brasil ocorreu em 2009 FONTE Ministério da Saúde

ano aguardam confirmação

amígdalas, na faringe, na laringe, no nariz e na pele

Nº de cirurgias, em mil

EVOLUÇÃO Nº de cirurgias, em mil

GASTROPLASTIA COM 6 casos suspeitos da doença relatados neste DERIVAÇÃO INTESTINAL 88,0 ano aguardam 88,0 confirmação

80,0 72,0 > O estômago é grampeado e se conecta

ao intestino. A nova parte fica com 30 ml

72,0

100,0 88,0 80,0

105,6 100,0 105,6

88,0

> O procedimento é feito em 2h > Perda de 30% a 40% do peso total > 90% das cirurgias feitas pelo SUS 2012 são desse tipo 2013 2014 PESQUISA Vigitel, Ministério da Saúde, SBCBM FONTE FONTE

2012 2015

2013 20162014

FONTE Vigitel, Ministério da Saúde, SBCBM

2015 20172016

2017


QUARTA-FEIRA, 11 DE JULHO DE 2018 www.leianoticias.com.br

CENTRAL SUPERMERCADOS 05


06

QUARTA-FEIRA, 11 DE JULHO DE 2018 www.leianoticias.com.br

CLASSIFICADOS E PUBLICAÇÕES

VENDE-SE TERRENO Terreno, plano, 250m², Res. Santa Helena - R$70 mil (14) 99718-2893

VENDE-SE TERRENO Condomínio Fechado, 1.000,00 m², Residencial Terras Altas R$265 mil / (14) 99718-2893

VENDE-SE TERRENO Terreno, 300m², Res. Santa Helena - R$90 mil (14) 99718-2893

VENDE APARTAMENTO Apartamento, Novo, 2 Dorm, Sala, Cz, WC, Ar de Lazer, R$122 mil (14) 99718-2893

OPORTUNIDADE Procura uma “Renda Extra Negócio Próprio”? Fone: (14)99701-8997

ALUGA-SE ÁREA 20.000 m2 Marginal da Rodovia SP 300 próximo ao Parque dos Pinheiros. Fone: (14) 997185543

VENDE-SE TECLADO Teclado Musical (na caixa) Valor = R$ 350 Fone: (14) 998817513

VENDE-SE CARRO Pickup Corsa Ano 99 documentada Valor = R$ 10.000 Fone: (14) 98177 0327

VENDE-SE MÁQUINA Máquina de lavar Eletrolux 9kg Valor = R$ 300 Fone: (14) 996097924

VENDE-SE TERRENO Terreno 10 x 25 com casa Jardim Santa Cecília V = R$ 110 mil / F: (14) 997430768

MÁQUINA DE COSTURA Vende-se máquina Lanofix Zig zag (uso domestico portátil). V = R$ 250,00 / F: (14) 3814.0571

FUNDAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO MÉDICO E HOSPITALAR - FAMESP

COMUNICADO - 029/2018 A Fundação para o Desenvolvimento Médico e Hospitalar comunica abertura de Processo Seletivo, para prestar serviços, na cidade de Botucatu-SP, conforme descrito abaixo: Função Médico Clínico Geral (Saúde Mental)

Local de Trabalho S.A.R.A.D.

1. As inscrições serão realizadas, pela internet, no período de 09 a 19 de julho de 2018. 2. Os interessados podem obter maiores informações e realizar inscrições no seguinte endereço eletrônico: www.famesp.org.br Fundação para o Desenvolvimento Médico e Hospitalar, 06 de julho 2018.

FUNDAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO MÉDICO E HOSPITALAR - FAMESP COMUNICADO - 028/2018 A Fundação para o Desenvolvimento Médico e Hospitalar comunica abertura de Processo Seletivo, para prestar serviços, na cidade de Botucatu-SP, no Centro de Reabilitação Lucy Montoro, conforme descrito abaixo: • Fonoaudiólogo; • Professor de Educação Física. 1. As inscrições serão realizadas, pela internet, no período de 16 a 25 de julho de 2018. 2. Os interessados podem obter maiores informações e realizar inscrições no seguinte endereço eletrônico: www.famesp.org.br Fundação para o Desenvolvimento Médico e Hospitalar, 06 de julho 2018.

EDITAL DE INTIMAÇÃO Fábio Mendes Rodrigues Alves, Oficial Substituto do 2º Oficial de Registro de Imóveis desta Comarca de Botucatu, Estado de São Paulo. FAZ SABER a todos quantos o presente edital virem, ou dele conhecimento tiverem, que fica NOTIFICADA a comparecer no 2º Oficial de Registro de Imóveis situado à Rua Dr. Cardoso de Almeida, 397, de segunda à sexta-feira, devidamente identificado, no horário das 09:00 às 16:00 horas, nesta comarca, em conformidade com a atribuição conferida pela Lei 9.514/97, tendo como credora fiduciária - Caixa Econômica Federal, inscrita no CNPJ sob nº 00.360.305/0001-04, por não ter sido possível a notificação pessoal da mesma, por não ter sido encontrada na diligência efetuada, pois fomos informados que a mesma não reside no endereço, a compromissária compradora do imóvel abaixo descrito, que se encontra com prestações em atraso, para efetuar os depósitos, para pagamentos dos débitos existentes e demais despesas legais, a saber: JESSICA RENATH DE APARECIDA CORREA SANTOS, RG 356003395 SSP/SP, CPF 405.414.058-02, enfermeira, solteira, maior, brasileira, domiciliada em Botucatu/SP, na Rua Oswaldo Schossareck, n° 50, compromissária compradora do imóvel situado na Rua Cinco, n° 73, no Conjunto Habitacional Jardim Maria Luiza, registrado na matrícula 44.388, (10/07/2018 - DÉBITO: R$ 2.510,79); tudo conforme planilha representativa desse valor, sujeito as atualizações monetárias, aos juros de mora até a data do efetivo pagamento e as despesas de cobranças, somando-se também, os encargos que vencerem nesse período acima citado, onde deverá efetuar a purgação do débito acima discriminado, no prazo improrrogável de 15 (quinze) dias, contados, à partir da última publicação deste Edital. Nesta oportunidade, fica V. Sª ciente de que o não cumprimento da referida obrigação no prazo estipulado, resulta na consolidação da propriedade do imóvel supra citado, em favor da credora fiduciária CAIXA ECONÔMICA FEDERAL, nos termos dos arts. 26 e 27 da Lei nº 9.514/97 para ser então, levado a leilão. Botucatu, 11 de Julho de 2018. O Oficial Substituto:-


GRÁFICO: GRxxxxx ASSUNTO: TAMANHO: DATA: ORIGINAL: GRAFFO

QUARTA-FEIRA, 11 DE JULHO DE 2018 www.leianoticias.com.br

PA DO MUNDO 2018 2018 COPA DO MUNDO

COPA DO MUNDO 2018

ESPORTE

COPA AMÉRICA 2019 14 de junho a 7 de julho de 2019

QUEM LEVA A TAÇA? QUEM LEVA A TAÇA? QUEM LEVA A TAÇA?As datas da FIFA

ProbabilidadeProbabilidade de cada seleção ser campeã de cadade seleção ser seleção campeã ser campeã Probabilidade cada

31%

FRANÇA

39% 24%23% 31% 31% 24% 31% 30% 24% 23% 22% 22% 23%

CALENDÁRIO DE AMISTOSOS

22%

> 3 a 11 de setembro > 8 a 16 de outubro > 12 a 20 de novembro > 18 a 26 de março

Brasil fará pelo menos FRANÇA BÉLGICA BÉLGICA INGLATERRA CROÁCIA BÉLGICA INGLATERRA FRANÇA INGLATERRA CROÁCIA CROÁCIA 8 amistosos antes de sediar a Copa América 2019

FONTE DANA/G1 NA/G1 FONTE SAMY SAMY DANA/G1

07

FONTE

FIFA

12

participantes

A disputa será em

6 estados

O primeiro amistoso da seleção será no dia 7 de setembro contra os Estados Unidos, em Nova Jersey

3 ESPORTE CR7

Cristiano Ronaldo deverá ser apresentado na Juventus na segunda

Cristiano Ronaldo já tem data para vestir oficialmente o uniforme da Juventus. O craque português será apresentado nesta segunda, de acordo com o jornal "Marca". O atacante vai passar por exames médicos antes de vestir pela primeira vez a camisa 7 da Velha Senhora – que antes pertencia a Cuadrado. Depois de nove temporadas no Real Madrid, Cristiano Ronaldo chega a Turim para vestir a camisa bianconera. O jogador tem contrato de quatro anos com o clube, válido até junho de 2022. A Velha Senhora disse que pagará € 100 milhões (R$ 447 milhões) ao Real Madrid, divididos em dois anos, - além do valor destinado ao mecanismo de solidariedade previsto pela Fifa, além de outros encargos, avaliados em € 12 milhões (R$ 53,7 milhões).


4 MOTOR

ASSUNTO: TAMANHO: DATA: ORIGINAL: GRAFFO

08

Descumprindo a lei Três anos após vencer o prazo para que toda a frota do transporte coletivo rodoviário estivesse adaptada a pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida, veja qual é a situação dos municípios no país:

Dos 5.570 municípios brasileiros, 30,1% contavam com transporte intramunicipal por ônibus até 2017

Cumprem a lei

88%

11% Não cumprem lei de acessibilidade

OUTROS TIPOS DE TRANSPORTES

Número de municípios com serviços de transportes

Atenção no lava-rápido Não se pode generalizar, mas, infelizmente, alguns funcionários destes estabelecimentos não recebem treinamento adequado. Todo carro deve ser lavado na sombra, começando pelo teto. No entanto, é comum encontrarmos lavadores que começam por baixo - a parte que geralmente possui terra respingada das rodas. Se o lavador encher a bucha de terra, provavelmente vai riscar toda lataria. Este fato é muito observado em carros pretos: as marcas de movimentos circulares ficam bem evidenciadas.

QUARTA-FEIRA, 11 DE JULHO DE 2018 www.leianoticias.com.br

LEIA MOTOR TRANSPORTE NO BRASIL

Táxi

4.110 Barco

436

Van

Mototáxi

2.983

2.560

Trem

Metrô

92

20

MUNICÍPIOS COM CICLOVIA Proporção, em %

Até 5.000

4,6

5.001 até 10.000

5,5

10.001 até 20.000

8,8

20.001 até 50.000

20,7

50.001 até 100.000

39,2

100.001 até 500.000

61,9

Maior que 500.000

97,6

FONTE

IBGE

817 municípios

brasileiros (quase 15% do total) têm ciclovias

303 municípios tinham bicicletários

Jornal Leia Notícias - Edição 223  

Edição 223 - ano 03 Quarta-feira (11/07/2018)

Jornal Leia Notícias - Edição 223  

Edição 223 - ano 03 Quarta-feira (11/07/2018)

Advertisement