Page 1

PRESERVE O MEIO AMBIENTE: LEIA AS NOTÍCIAS E PASSE ESSE JORNAL PARA OUTROS LEITORES


1

02

CIDADE

QUARTA-FEIRA, 13 DE JUNHO DE 2018 www.leianoticias.com.br

Nova rodada de negociação na greve da Unesp, que já passa de duas semanas

GREVE. Os sindicatos pedem reposição salarial de 3%, além do pagamento do mesmo índice, prometido pela reitoria em 2015

CIDADE

Rua Dr. José Barbosa de Barros está interditada parcialmente para implantação de galerias A Rua Dr. José Barbosa de Barros, no Jardim Paraíso, está interditada parcialmente, em frente ao Parque Municipal “Joaquim Amaral Amando de Barros”, para obras de implantação de galerias de águas pluviais. A obra consiste em uma nova rede de galerias, que passará por baixo do novo viaduto que ligará as regiões Norte e Leste. A implantação será realizada por etapas, para não comprometer totalmente o trânsito na região. A previsão é que a obra seja totalmente concluída em 120 dias. Nesta primeira etapa, o trânsito está fechado no sentido Vila dos Lavradores – Lageado, sendo que os motoristas precisam desviar para Avenida Camilo Mazoni, Rua Anacleto Ivo Garzezi e Rua Mateus Damato, para então voltar a José Barbosa de Barros. No sentido oposto, Lageado – Vila dos Lavradores, o fluxo segue normalmente. Todas as ruas estão sinalizadas com placas para orientar os motoristas. (Comunicação)

Flávio Fogueral

Reitores das três universidades estaduais paulistas - USP, Unesp e Unicamp -, sindicatos representativos de servidores técnico-administrativos e professores, fazem hoje, 13, uma nova rodada de negociação para pôr fim à greve das categorias, que já dura duas semanas. A reunião está marcada para às 14 horas, na sede do Conselho dos Reitores das Universidades Estaduais de São Paulo (Cruesp), na capital, e contará ainda com participação de representantes do Fórum das Seis, entidade que representa os sindi-

catos funcionais. A pauta principal, novamente, é a questão do reajuste salarial, cujo índice de 1,5%, proposto em 17 de maio, foi recusado por servidores e professores. Os sindicatos pedem reposição salarial de 3%, além do pagamento deste mesmo índice prometido pela reitoria da universidade em 2015, e que nunca foi incorporado aos vencimentos. Segundo projeções do Sindicato dos Trabalhadores da Unesp (Sintunesp), seria necessário reajuste estimado em 16% para que ocorresse a reposição inflacionária dos períodos. Na reunião desta quar-

ta-feira não haverá a realização de atos, nem a presença da delegação de grevistas do câmpus de Botucatu. Professores, alunos e servidores técnico-administrativos acompanharão o andamento da rodada, com atividades em conjunto, a partir das 14 horas, no câmpus da Fazenda Experimental do Lageado. Uma nova assembleia será feita amanhã, a partir das 9 horas, em frente à Biblioteca do Câmpus de Rubião Júnior. Caso a contraproposta apresentada seja aceita pelos reitores, a greve da Unesp pode se encerrar após 17 dias.

Articulista

Progresso DR. ROBERTO C. GABARRA* Ele veio de uma cidade maior que Botucatu. Estranhou muito no inicio. Botucatu era quase que uma cidade dormitório da FEPASA. Muito pacata, silenciosa e com pouca ação, de repente invadida por estudantes das faculdades. A Faculdade de Ciências Médicas e Biológicas de Botucatu reunia agronomia, biologia, medicina e medicina veterinária. Aos poucos a cidade foi absorvendo este progresso acolhendo professores e estudantes com muito carinho. Ele chegou no quinto ano das faculdades e já encontrou a cidade ajudando a promovê-las. Os estudantes rumaram a pé para São Paulo para tentar dotar as faculdades de recursos necessários até então ausentes. Os moradores colaboraram em tudo.

Alimentação, infra-estrutura e apoio moral à greve e a passeata até a capital. Foi a “Operação Andarilho” famosa até hoje pela força e ineditismo. Os tempos eram difíceis. Antes de lutar por qualquer objetivo era necessário lutar pela liberdade. Mas foi tudo superado pelos estudantes e pela cidade. Demorou um pouco, mas os benefícios foram sentidos. Não mais tão pacata a cidade foi aos poucos crescendo e ganhando “estatus” de terra das boas escolas. Repúblicas de estudantes eram as principais formas de moradias dos estudantes. Havia apenas dois hotéis maiores e algumas pensões. Algumas famílias também albergavam estudantes. Coincidentemente os prédios existentes, de quatro a oito andares eram os hotéis. Estas características que lhe agrada-

vam muito. Em sua cidade natal começou um crescente de prédios em pouco tempo que alem de calorenta não havia possibilidades do vento diminuir a sensação térmica. A privacidade dos moradores terrestres foi totalmente comprometida. Ele passou então a orgulhar-se de Botucatu pelo seu pequeno numero de arranha-céus. Havia até um agradável ar provinciano nas relações entre os moradores e estudantes. Muitos dos alunos viraram professores, inclusive ele. Foram muito bem aceitos pela cidade e começaram a fincar raízes. Construíram suas casa e, muito mais que isto, conceberam seus filhos. Participação ativa na comunidade, escolas, igrejas, clubes e tudo mais. Ao construírem ou comprarem suas casas procuraram bairros e regiões

Mobilização já perde força dentro da Unesp A atual paralisação de servidores e professores, deflagrada em 27 de maio, com a adesão de dez câmpus, tem perdido força. Em Bauru e Marília, por exemplo, professores e servidores retornaram às atribuições de ensino e suporte acadêmico. Conforme projeções do Sintunesp, a adesão de servidores é estimada em 30%, mas representantes sindicais reclamam de pressões internas, com o desconto dos dias parados nos salários. Com isso, algumas atividades de suporte acadêmico ocor-

com infra-estrutura, praças para criançada, tranqüilidade e segurança. Privacidade era algo que nem se pensava para quem tinha sua casa. Cercada de muros, de flores ou mesmo sem cercas, Botucatu permitia isto. Mas infelizmente veio o progresso (?). Começaram os prédios. Independente do bairro residencial ou não, isto não interessava aos empreendedores, embevecidos pelo lucro. Iludidos pelo falso progresso não houve zoneamento por parte dos poderes públicos. Ou se havia alguma regra ela foi derrubada. Locais que abrigavam 40 casas em uma quadra, de repente eram colocadas 60 ou mais casas uma em cima das outras. O poder público tinha que reorganizar toda parte elétrica, de águas, esgotos e até telefones. Possivelmente pago pelos mesmos munícipes que viviam em moradias terrestres. Nada contra edifícios, mas regulamentados por zoneamento que criem infra-estrutura própria e em áreas que não se agridam os direitos dos moradores terrestres e de modo a não se invadir privacidades.

rem parcialmente, como é o caso da Faculdade de Medicina. Nas demais unidades - Instituto de Biociências, Faculdades de Ciências Agronômicas; e de Medicina Veterinária e Zootecnia -, os trabalhos administrativos estão normalizados, conforme sondagem da reitoria. Quanto aos alunos, os mesmos têm paralisação total apenas no Instituto de Biociências. Já nas Faculdades de Medicina, de Medicina Veterinária e Zootecnia, e de Ciências Agronômicas, a adesão é parcial. (Flávio Fogueral)

Ele que às duras penas construiu em um bairro na época afastado, mas residencial. Não interessava a ele se seria um bairro simples, mas pacato como a cidade que o apaixonou. Iria criar os filhos, curtir os vizinhos e viver tranquilo. Escolheu uma colina com linda e bucólica vista da natureza. Durante muitos anos lutou contra a invasão de prédios. Durante muitos anos solicitou aos poderes públicos regras de zoneamento que não achincalhasse a cidade, que não atacasse os moradores mais velhos que ali criaram raízes. Mas assim de um momento para outro ele se viu cercado por edifícios. As ruas ao redor cheias de cacas de cachorros, dos moradores dos edifícios que levam os seus animais a sujar as calçadas alheias. E o panorama? Ao abrir a janela, agora ele vê uma muralha de concreto e é observado por uma vizinhança que nem sequer conhece. PROGRESSO? * Dr. Roberto Colichio Gabarra é médico, neurocirurgião e professor aposentado da UNESP.


CIDADE

QUARTA-FEIRA, 13 DE JUNHO DE 2018 www.leianoticias.com.br

Escolas de Botucatu recebem novo ciclo do projeto Samuzinho

Política

SEGREDOS HAROLDO AMARAL Botuc@tu Online Prestígio. Embora muitos tenham considerado que o uso do carro da Câmara Municipal para um encontro fora de agenda com o candidato a Governador João Doria tenha sido avaliado como irregular, muitos botucatuenses consideraram a atitude do Presidente Izaias Colino correta ao reconhecer o erro e pagar as despesas que poderão chegar a R$ 650. Até o momento Colino pagou R$ 550, mas tem ainda cerca de R$ 100 referente a pedágios, que ainda não chegou a cobrança do sistema de pagamento automático da tarifa. Salários. O Secretário de Educação do Estado, João Cury Neto, afirmou

no último final de semana que tem se reunido com os dirigentes das entidades de classe dos professores, para atender a demanda salarial. João Cury diz que o Governador Marcio França (PSB) quer promover a recuperação salarial ou reduzir ao máximo a pendência e as reivindicações que se acumulam ao longo dos anos. Julho. Em Julho deverá ocorrer uma Audiência Pública, na Câmara Municipal de Botucatu, para discutir a questão da venda da Embraer para a Boeing e a manutenção dos empregos na Cidade. Roque Fabiano, dirigente do Sindicato dos Metalúrgicos, foi quem apresentou as demandas aos vereadores.

Informática. A Prefeitura de Botucatu deverá concluir na próxima semana o processo de migração de diversos departamentos da administração para novos servidores e programas atualizados de gestão. A informação é do Secretário Fábio Leite, que garante que será ampliado o autoatendimento através da rede para diversos setores, como pagamentos, tributos e salários dos servidores. Kassab. Gilberto Kassab deve visitar São Manuel nos próximos dias. Segundo o presidente da Câmara, Izaias Colino, uma equipe da Anatel acompanhará o ministro das Comunicações para vistoriar os sinais de telefonia móvel em Botucatu.

(alunos de 4º e 5º ano) de Botucatu. Bem como esclarecer dúvidas sobre a importância da atuação do serviço pré-hospitalar dentro da Rede de Urgência e Emergência. Neste contexto destaca-se a diminuição substancial do número de trotes feito ao SAMU. Antes de iniciar o projeto, o serviço chegava a registrar mais de 1.800 trotes por ano. A título de comparação, em 2017, foram cerca de 800. Ou seja, queda de mais de 50%. Para se ter idéia, o índice de trote ao SAMU-192 Botucatu corresponde a 2% dos chamados, que hoje somam

cerca de 2.600 ligações por mês. “Além das consequências dos trotes, a gente explica como o serviço funciona na prática. Tira dúvidas sobre primeiros socorros. Exibe vídeos de prevenção à acidentes domésticos. Realiza um quizz sobre quais casos são de urgência/emergência, isto é, em quais casos precisa chamar o SAMU. E no final do encontro, organizamos um teatro, simulando uma situação em que a criança esteja ligando, precisando do serviço”, detalha a Enfª Priscila Masquetto Vieira de Almeida, coordenadora regional do Samu. (As-

sugerir reflexão diante de tantos problemas nacionais que emergem a cada dia em nossas vidas. Algo se esconde ainda aos nossos olhos de simples torcedores inocentes (ou bobinhos) que somos. Cito alguns. A enorme disputa pelos direitos de transmissão, envolven-

do milhões; a escancarada e bilionária disputa de patrocinadores que anunciam seus produtos sem nenhum cuidado com a saúde populacional; as enriquecedoras permutas prévias de jogadores entre clubes trilionários; os escândalos já descobertos envolvendo inúmeras personalidades do meio futebolístico brasileiro e internacional. A lista é cansativa. E, ainda assim, estaremos interrompendo nossas atividades cotidianas para pregar os olhos lá na tela mágica da TV e acompanhar os nossos milionários ‘ídolos’. Parece brincadeira.

Para falar a verdade, sinto que merecemos mesmo este intervalo diante de tantos problemas nacionais que enfrentamos no dia-a-dia. Acho até que a bola rolando no campo funciona como um santo analgésico para nossas dores de cabeça. É sensação esquisita, mas é assim que funciona com nosso povo. Acalma-nos. Isso seria suficiente? Voltaríamos mais dispostos após? Não vejo problema na torcida, só acho que convém pensarmos bem nos nossos tão desejados êxitos outros que aguardam solução aqui nesta terra. Especialmente

se tivermos a oportunidade de vencer um adversário (com a bola esférica) por sete a qualquer coisa. Seria, então, a nossa glória? Ainda assim, resta uma pergunta perturbadora. E as outras modalidades esportivas? Teriam o mesmo entusiasmo nacional? Hummm! É melhor deixar a bola rolar... pois gostamos de ser auto iludidos. Goool!

Analgésico Esférico DR. FRANCISCO HABERMANN Sugere, como sempre, ser oportunidade de visualização política. A experiência brasileira é amargamente sentida por todos até hoje. Ficamos com os saldos negativos da aventura dita esportiva. Digo assim não para desestimular o entusiasmo coletivo, mas para

LEIA

NOTÍCIAS

SAMU 192. Alunos são conscientizados sobre importância dos serviços de urgência/emergência O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192) - regional Botucatu, serviço gerenciado pela Fundação UNI em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde, iniciou mais um ciclo de atividades do projeto “Samuzinho”. Até 28 de junho, 16 escolas municipais serão visitadas por equipes de profissionais do SAMU, que este ano estará ao lado do projeto “Patrulha da Paz”, da Guarda Civil Municipal (GCM). Iniciado em 2014, o projeto Samuzinho tem contribuído, ano a ano, a promover a educação em saúde junto aos alunos do Ensino Fundamental

Articulista

A história se repete. Nesta semana de abertura da Copa os olhos mundiais se voltam para a Rússia, um país que esconde enorme população vivendo abaixo do nível de pobreza. Como ocorreu aqui, enorme investimento faz parecer o que não é ou o que não tem.

03

FALE COM A REDAÇÃO leitor@leianoticias.com.br telefone: (14) 3361-2117 whatsapp: (14) 99705-7976

TIRAGEM 3 MIL EXEMPLARES BOTUCATU 2 MIL EXEMPLARES REGIÃO

Prefeitura ainda não confirmou a data para o novo desfile EXPEDIENTE Editor Chefe: Géro Bonini (MTB: 48.775) Diretora Comercial: Thays Leão Bonini Diretor Executivo: Décio José Bonini Artes: Jader Gabriel Infografia: Graffo - Agência de Notícia Infográfica

www.leianoticias.com.br - Endereço: Rua Azaleia, 399 - V. dos Médicos - Boulevard - Office 66 - Botucatu/SP - CNPJ: 15.591.827/0001-94

sessoria)

* Dr. Francisco Habermann é exaluno da 1ª. Turma de Medicina da FCMBB, docente aposentado da atual FMB-UNESP. Professor da Faculdade de Medicina da Unesp de Botucatu

Produto do


04

NET E CLARO

QUARTA-FEIRA, 13 DE JUNHO DE 2018 www.leianoticias.com.br


QUARTA-FEIRA, 13 DE JUNHO DE 2018 www.leianoticias.com.br

CENTRAL SUPERMERCADOS 05


06

QUARTA-FEIRA, 13 DE JUNHO DE 2018 www.leianoticias.com.br

CLASSIFICADOS E PUBLICAÇÕES

VENDE-SE TERRENO Terreno, plano, 250m², Res. Santa Helena - R$70 mil (14) 99718-2893

VENDE-SE TERRENO Condomínio Fechado, 1.000,00 m², Residencial Terras Altas R$265 mil / (14) 99718-2893

VENDE-SE TERRENO Terreno, 300m², Res. Santa Helena - R$90 mil (14) 99718-2893

VENDE APARTAMENTO Apartamento, Novo, 2 Dorm, Sala, Cz, WC, Ar de Lazer, R$122 mil (14) 99718-2893

OPORTUNIDADE Procura uma “Renda Extra Negócio Próprio”? Fone: (14)99701-8997

Convocação Geral de Assembleia Residencial Califórnia II e Recantos dos Jatobás Ficam convocados os associados e proprietários de lotes do Residencial Califórnia II e Recanto dos Jatobás para Assembleia Geral Extraordinária, a ser realizada no dia 13 de julho de 2018 no lote 1, na Avenida dos Tucanos, nº 1, com primeira chamada às 19h, e a segunda chamada às 19h30, para tratar da nova diretoria. O não comparecimento acarretará na concordância de todas as decisões tomadas na Assembleia pelos presentes. Waldir Aparecido Cunha Botucatu, 13 de junho de 2018

ALUGA-SE ÁREA 20.000 m2 Marginal da Rodovia SP 300 próximo ao Parque dos Pinheiros. Fone: (14) 997185543

VENDE-SE TECLADO Teclado Musical (na caixa) Valor = R$ 350 Fone: (14) 998817513

VENDE-SE CARRO Pickup Corsa Ano 99 documentada Valor = R$ 10.000 Fone: (14) 98177 0327

VENDE-SE MÁQUINA Máquina de lavar Eletrolux 9kg Valor = R$ 300 Fone: (14) 996097924

VENDE-SE TERRENO Terreno 10 x 25 com casa Jardim Santa Cecília V = R$ 110 mil / F: (14) 997430768

MÁQUINA DE COSTURA Vende-se máquina Lanofix Zig zag (uso domestico portátil). V = R$ 250,00 / F: (14) 3814.0571

EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOTUCATU

SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL Nº. 171/2018 PROCESSO: 17.036/2.018 OBJETO: REGISTRO DE PREÇOS PARA POSSIVEL AQUISIÇÃO DE GÊNEROS ALIMENTÍCIOS – LEITE UHT – COM COTA RESERVADA PARA ME, EPP E MEI, CONFORME ESPECIFICAÇÕES CONSTANTES NO ANEXO I. DATA: 26 DE JUNHO DE 2018 - HORÁRIO: 13:00 HORAS LOCAL: SALA DE REUNIÕES DA COPEL, SITO A PRAÇA PROF. PEDRO TORRES, Nº100 CENTRO.

O edital completo poderá ser retirado pelo site: www.botucatu.sp.gov. br. Informações na Comissão Permanente - COPEL, desta Prefeitura Municipal de Botucatu, pelos fones (14) 3811-1442 / 3811-1485 ou pelo e-mail: copel@botucatu.sp.gov.br ANDREA CRISTINA PANHIN AMARAL – DIRETORA DEPARTAMENTO DE COMPRAS E LICITAÇÕES

EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO N° 082/2018 - HCFMB PROCESSO N° 2315/2018 - HCFMB OFERTA DE COMPRA N° 092501090592018OC00544

ENDEREÇO ELETRÔNICO: www.bec.sp.gov.br ou www.bec.fazenda.sp.gov.

br

DATA DO INÍCIO DO PRAZO PARA ENVIO DA PROPOSTA ELETRÔNICA: 13/06/2018 DATA E HORA DA ABERTURA DA SESSÃO PÚBLICA: 26/06/2018 as 09:00 hs

Encontra-se aberta no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu- HCFMB, licitação na modalidade PREGÃO, a ser realizada por intermédio do sistema eletrônico de contratações denominado “Bolsa Eletrônica de Compras do Governo do Estado de São Paulo - Sistema BEC/SP”, com utilização de recursos de tecnologia da informação, a denominada PREGÃO ELETRÔNICO, do tipo MENOR PREÇO – Processo nº 2315/2018 - HCFMB, objetivando a AQUISIÇÃO DE MATERIAL MÉDICO-HOSPITALAR (DISPOSITIVOS PARA INTERVENÇÃO CIRÚRGICA ENDOVASCULAR),

do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu – HCFMB, sito no Distrito de Rubião Júnior, s/nº, na cidade de Botucatu/SP, CEP 18607621. O Edital e seus anexos encontram disponíveis nos sites www.pregao.sp.gov. br; www.e-negociospublicos.com.br; www.bec.sp.gov.br e www.bec.fazenda. sp.gov.br ou pelo www.hc.fmb.unesp.br/licitacoes. Para qualquer informação ou esclarecimento entrar em contato pelo telefone (014) 3811-6086 ramal 222, e-mail: pregaorp@fmb.unesp.br.


TAMANHO: DATA: QUARTA-FEIRA, 13 DE JUNHO DE 2018 www.leianoticias.com.br ORIGINAL: GRAFFO

SAÚDE 07

SÍNDROME DAS UNHAS

FRÁGEIS

CARACTERÍSTICAS > Estrias > Descamações > Fissuras

QUANTO TEMPO A UNHA LEVA PARA CRESCER Da raiz até a ponta Na mão No pé FONTE

De 4 a 6 meses De 8 a 12 meses

2

> Menopausa SAÚDE > Hipotireoidismo GRÁFICO: GRxx GRÁFICO: GRxxxxx > Trabalho ASSUNTO: ASSUNTO: VACINAÇÃO CONTRA GRIPE doméstico sem CONTRA GRIPE TAMANHO: TAMANHO: proteção de VACINAÇÃO luvas VACINAÇÃO Campanha CONTRA GRIPEat DATA: DATA: Campanha vaivai Campanha vai até sexta-f Até o início do mês a > Falta de ferro e Campanha até sexta-feira ORIGINAL: GRA ORIGINAL: GRAFFO campanha tinha atingido vai até Até o início do mês a 13,1 75,8% do público-alvo mil vitamina B7 campanha tinha atingido de pessoas ain Até o início do mês a VACINAÇÃO CONTRA GRIPE 75,8% do público-alvo procurar os pos campanha tinha atingido PÚBLICO COM 75,8% do público-alvo > Menopausa VACINAÇÃO CONTR VACINAÇÃO CONTRA GRIPE Mulheres com DE pa COM MAIOR TAXA Campanha vai atéPÚBLICO sexta-feira Idosos GRÁFICO: GRxxxxx ASSUNTO: GRÁFICO: GRxxxxx TAMANHO: ASSUNTO: DATA: TAMANHO: ORIGINAL: GRAFFO GRÁFICO: GRxxxxx DATA: ASSUNTO: ORIGINAL: GRAFFOTAMANHO: DATA: ORIGINAL: GRAFFO

O QUE É É uma alteração que diminui a resistência das unhas. Pode acontecer por causa da falta de vitaminas e minerais ou por ter sido lesionada por procedimentos, traumas e doenças.

INIMIGOS DA UNHA

GRÁFICO: GRxxxxx ASSUNTO: TAMANHO: DATA: ORIGINAL: GRAFFO

GRÁFICO: GRxxxxx GRÁFICO: GRxxxxx ASSUNTO: GRÁFICO: GRxxxxx GRÁFICO: GRÁFICO: GRxxxxx ASSUNTO:GRxxxxx TAMANHO: ASSUNTO: ASSUNTO: ASSUNTO: TAMANHO: DATA: TAMANHO: TAMANHO: TAMANHO: DATA: ORIGINAL: GRAFFO DATA: DATA: DATA: ORIGINAL: GRAFFO ORIGINAL: GRAFFO ORIGINAL: GRAFFO ORIGINAL: GRAFFO

Mulheres com parto recente

VACINAÇÃO CONTRA GRIPEPÚBLICO COM M VACINAÇÃOAté CONTRA GRIPE o início doVACINAÇÃO mês a milhões Professores VACINAÇÃO CONTRA GRIPE VACINAÇÃO CONTRA GRIPE CONTRA GRIPE Idosos 13,1 Mulheres com part

Campanha v Campanha vai até sexta-feira

2 em cada 10 pessoas sofrem com o problema

campanha tinha atingido

de pessoas ainda devem Indígenas Professores Idosos procurar os postos de saúde Indígenas Ministério da Saúde FONTE Professores

Campanha até sextaCampanha vai até sexta-feira Campanha vai atévai sexta-feira Campanha vai até sexta-feira Campanha vai até sexta75,8% do público-alvo

Até COM o início do mêsTAXA a 13,1 m Até o início do mês aFONTE PÚBLICO MAIOR DE Indígenas VACINAÇÃO Ministério da Saúde 13,1 milhões Atémês o início mês Até o início do a do campanha tinha atingido Até oa início do mês a 13,1 milhões 13,1 milhões de pessoas 13,1 ma campanha tinha atingido de pessoas ainda devem PÚBLICO COM Mulheres com parto recente campanha tinha atingido campanha tinha atingido campanha tinha atingido Ministério Saúde FONTE de da pessoas ainda devem 75,8% doprocurar público-alvo de pessoas ainda devem procurar os po de86,7% pessoas a 75,8% do público-alvo os postos de saúde MAIOR DE 75,8% do Idosos público-alvo postos de saúde 75,8% do público-alvo 86,6% procurar os procurar postos TAXA de os saúde 75,8% do público-alvo procurar os po VACINAÇÃO 85,4% Professores PÚBLICO COM MAIOR TAXA D PÚBLICO COM MAIOR TAXA DE VACINAÇÃO PÚBLICO COM MAIOR TAXA DE VACINAÇÃ PÚBLICO COM MAIOR TAXA DE VACINAÇÃO PÚBLICO COM MAIOR TAXA D Indígenas 81,7% Mulheres com parto recente 86,7% Mulheres com parto recente Mulheres com parto recente Mulheres com parto recenteIdosos Mulheres com parto86,7% recente 86, Ministério da Saúde FONTE Idosos 86,6% Idosos 86, Idosos 86,6% Idosos Professores Professores 85,4% Professores 85, Professores 85,4% Professores Indígenas Indígenas 81,7% 81, Indígenas Indígenas 81,7% Indígenas

Até o início do mês a campanha tinha atingido

75,8% do público-alvo FONTE FONTE

13,1 milhões Até o início do mês

campanha tinha ating de pessoas ainda devem 75,8% do público-a procurar os postos de saúde

Ministério da Saúde FONTE Ministério da Saúde Ministério da Saúde Ministério da Saúde FONTE Ministério da Saúde FONTE

COMO MANTERPÚBLICO A UNHA COM MAIOR TAXA DE VACINAÇÃO SAUDÁVEL Mulheres com parto recente 86,7% > Use luvas protetoras Idosospara o trabalho 86,6% doméstico Professores 85,4% > Utilize base de unhas com substância 81,7% endurecedora, óleosIndígenas e com silicone > Alimentação rica em B7

Sociedade Brasileira de Dermatologia, G1

FONTE Ministério da Saúde

PÚBL

Mulhe Idosos Profes

Indíge

FONTE Ministério da Saúde


08

GRÁFICO: GRxxxxx ASSUNTO: TAMANHO: TABELÃO DA COPA DO MUNDO 2018 DATA: ORIGINAL: GRAFFO

COPA DO

MUNDO

QUARTA-FEIRA, 13 DE JUNHO DE 2018 www.leianoticias.com.br

2018

GRUPO A 14/6 Rússia 15/6 Egito 19/6 Rússia 20/6 Uruguai 25/6 Uruguai 25/6 Arábia Saudita

França Peru França Dinamarca Dinamarca Austrália

x x x x x x

Arábia Saudita Uruguai Egito Arábia Saudita Rússia Egito

12h 9h 15h 12h 11h 11h

BRASIL Costa Rica BRASIL Sérvia Sérvia Suíça

x x x x x x

Austrália Dinamarca Peru Austrália França Peru

7h 13h 9h 12h 11h 11h

Bélgica Tunísia Bélgica Inglaterra Inglaterra Panamá

Obs.: Horário de Brasília FONTE

FIFA

Marrocos Portugal Portugal Irã Espanha Irã

x x x x x x

Irã Espanha Marrocos Espanha Marrocos Portugal

12h 15h 9h 15h 15h 15h

16/6 16/6 21/6 22/6 26/6 26/6

Argentina Croácia Argentina Nigéria Islândia Nigéria

x x x x x x

Islândia Nigéria Croácia Islândia Croácia Argentina

10h 16h 15h 12h 15h 15h

x x x x x x

México Coreia do Sul México Suécia Alemanha Suécia

12h 9h 15h 12h 11h 11h

x x x x x x

Senegal Japão Senegal Colômbia Colômbia Polônia

9h 12h 12h 15h 11h 11h

GRUPO F x x x x x x

Suíça Sérvia Costa Rica Suíça BRASIL Costa Rica

15h 9h 9h 15h 15h 15h

GRUPO G 18/6 18/6 23/6 24/6 28/6 28/6

15/6 15/6 20/6 20/6 25/6 25/6

GRUPO D

GRUPO E 17/6 17/6 22/6 22/6 27/6 27/6

Fase de grupos

GRUPO B

GRUPO C 16/6 16/6 21/6 21/6 26/6 26/6

TABELA DE JOGOS

17/6 18/6 23/6 23/6 27/6 27/6

Alemanha Suécia Coreia do Sul Alemanha Coreia do Sul México

GRUPO H x x x x x x

Panamá Inglaterra Tunísia Panamá Bélgica Tunísia

12h 15h 9h 9h 15h 15h

19/6 19/6 24/6 24/6 28/6 28/6

Polônia Colômbia Japão Polônia Senegal Japão

Jornal Leia Notícias - Edição 212  

Edição 212 - ano 03 Quarta-feira (13/06/2018)

Jornal Leia Notícias - Edição 212  

Edição 212 - ano 03 Quarta-feira (13/06/2018)

Advertisement