Page 1

ENTRETENIMENTO Sinopse

Três amigos de infância do presidente dos Estados Unidos são recrutados para salvar a Terra de uma invasão alienígena cujas armas são personagens pixelizados de games. Quando os extraterrestres recebem um feed de transmissão contendo jogos de arcade, eles encaram as informações obtidas como declaração de guerra. Devido a suas habilidades em arcades, cabe ao trio proteger o nosso mundo.

Estreia: 23/07/2015 Gênero: Ação, Comédia, Ficção Científica Duração: 94 min. Origem: Estados Unidos Direção: Chris Columbus Roteiro: Adam Sandler, Patrick Jean Classificação: 14 anos Ano: 2015

Edição 17 • Ano II • Julho de 2015 • DISTRIBUIÇÃO GRATUITA NA REGIÃO OESTE DE SÃO PAULO

Real desvalorizado abre espaço para produtos brasileiros, diz ministro

osasco Foto: Ismael Francisco

Foto: Antonio Cruz/ Agência Brasil

Obras do novo Fórum é tema de reunião entre prefeito de Osasco e secretário de Justiça do Estado O prefeito de Osasco, Jorge Lapas, reuniu-se, com o secretário de Justiça e da Defesa da Cidadania do Estado, Aloísio de Toledo César, para tratar do andamento das obras de reforma do prédio atual do Fórum de Osasco e da construção de um moderno edifício de dez andares, no Jardim das Flores. Página 3

Itapevi

Calçadas de avenidas centrais de serão alargadas A Prefeitura de Itapevi vai iniciar nas próximas semanas o processo de revitalização da região central da cidade. A ação, realizada com recursos próprios, prevê em sua primeira etapa o alargamento das calçadas da avenida Cezário de Abreu, entre as ruas Manoel Alves Mendes e Joaquim Nunes. Página 6

Ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Armando Monteiro discute a desvalorização da moeda nacional

O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Armando Monteiro, disse neste último domingo (12), que a desvalorização do real frente ao dólar abriu espaço para as exportações brasileiras. “Nós já estamos detectando, firmemente, não apenas no resultado da balança comercial, mas nós estamos medindo isso pela forma que a exportação voltou ao planejamento das empresas. Toda a empresa hoje voltou a colocar a exportação no seu radar”, disse, em entrevista, na abertura do Congresso Brasileiro do Aço. Página 3

Defensores públicos não aceitam mudanças na maioridade penal

Baruei tem grupo multiprofissional para combater obesidade infantil A obesidade é um dos mais graves problemas de saúde pública no mundo e afeta também o público infantil. Dados de 2009 do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) mostram que no Brasil uma em cada três crianças (de 5 a 9 anos) estava acima do peso recomendado pela OMS (Organização Mundial de Saúde). Página 7

Em audiência pública, população debate Plano Municipal de Educação Defensores públicos descartam a redução da maioridade penal, de 18 para 16 anos, contida na Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 171, aprovada em primeira votação na Câmara dos Deputados. Página 6

Barueri

Nesta última semana, aconteceu a Audiência Pública para apresentação e debate em torno do PME (Plano Municipal de Educação), no Centro de Carapicuíba, no teatro Jorge Amado. Página 4


2

Edição 17 • Ano II • Julho de 2015

JORNAL IMPRENSA REGIONAL

O Jornal Imprensa Regional deseja aos aniversariantes do mês de julho um Feliz Aniversário e que suas vidas sejam tão iluminadas quanto o sol na terra e que vocês possam absorver o brilho dele por onde passarem. Parabéns!!!

Editorial

JORNAL IMPRENSA REGIONAL

Julho

01/07 - Néo Marques

05/07 - Valdir Roque de Osasco

07/07 - Rogério

05/07 - Cláudia azevedo

08/07 - Rogério Batata

Real desvalorizado abre espaço para produtos brasileiros, diz ministro

05/07 - Prefeito Gê

13/07 - Vereador Nilson Martins de Santana de Parnaíba

3

Capa

ESCOLA: CONHECIMENTO OU VIOLÊNCIA? O século XXI exige que a escola tenha comprometimento com sua missão profética do devir, pois ela encontra-se no processo de transformação frente à sociedade do conhecimento, e não só em relação às expectativas econômicas. A escola está preocupada com a realidade concreta e criando novos paradigmas interdisciplinares, unindo ensino, pesquisa, em um novo contexto de ser escola. Tudo isso é um sonho, mas ainda não aconteceu em nosso país. Em maio, uma adolescente de 12 anos foi estuprada por três adolescentes no banheiro de uma escola estadual. A escola é vista como um ambiente de ensino, de cultura e de conhecimento, mas não parece, pois esse fato nos leva a discussão sobre a violência contra as mulheres. É na escola que deveria começar a debater sobre o abuso sexual com programas de educação sexual para os adolescentes, mas nada acontece, pois ainda há tabus e preconceitos de levar esse assunto para a sala de aula. Com esse fato, esperamos que o governo tome atitude para que isso não aconteça mais dentro das escolas.

Edição 17 • Ano II • Julho de 2015

O

Fonte: Agência Brasil

ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Armando Monteiro, disse neste último domingo (12), que a desvalorização do real frente ao dólar abriu espaço para as exportações brasileiras. “Nós já estamos detectando, firmemente, não apenas no resultado da balança comercial, mas nós estamos medindo isso pela forma que a exportação voltou ao planejamento das empresas. Toda a empresa hoje voltou a colocar

a exportação no seu radar”, disse, em entrevista, na abertura do Congresso Brasileiro do Aço. As preocupações com a situação da China e da Grécia fizeram com que a moeda norte-americana chegasse a ser cotada a R$ 3,234 na última quartafeira (8). A maior cotação desde 27 de março (R$ 3,241). Para o ministro, o novo patamar do câmbio brasileiro tende a ser benéfico para a indústria nacional. “O Brasil conviveu, e nesse contexto a indústria

pagou um preço caro, com um longo período de apreciação da nossa moeda. E felizmente agora, ao que parece, agora nós teremos uma taxa de câmbio mais amigável ao setor exportador”, enfatizou. O novo cenário vai permitir, disse, não só um aumento das vendas para o exterior, mas melhorar a competitividade dos produtos nacionais também no mercado interno. “Significa que isso oferece para a própria indústria algum espaço no mercado doméstico que vinha sendo ocupado pelo produto importado. Isso é muito importante, sobretudo, nesse momento de contração do mercado doméstico”, acrescentou. Em relação às exportações, ele afirmou que o governo está trabalhando para reposicionar o país, aproxi-

mando o Brasil de mercados fortes. “O Brasil tem que se integrar de maneira mais efetiva aos fluxos de comércio em regiões que têm maior dinamismo. E nesse sentido, o foco da política comercial brasileira se voltou para alguns mercados importantes, como o americano”, ressaltou. Nos Estados Unidos, foram assinados, segundo Armando Monteiro, acordos de convergência de normas técnicas. Frisou que o objetivo é remover as barreiras não tarifárias aos produtos brasileiros. “Nós estamos fazendo um acordo de harmonização e convergência de normas. Com isso, setores da indústria já puderam ter ganhos a curto prazo. Eu destacaria o setor cerâmico, de máquinas e equipamentos, de refrigeração e material elétrico”, enumerou. O México é outro parceiro com o qual o Brasil quer, segundo o ministro, expandir os laços comerciais. “Nós estamos ampliando o acordo de complementação econômica com o México. É um acordo que vigorava desde 2002, mas restrito, com 800 produtos. Esse acordo vai agora ser ampliado, alcançando mais de 3 mil produtos”.

Cidades 17/07 - Waine Billafon Secretário de Comunicação de Barueri

17/07 - Cesar Jacopetti

26/07 - Marcia Maria Vilas Boas

27/07 - Fidelma Cristina Santos

Obras do novo Fórum é tema de reunião entre prefeito de Osasco e secretário de Justiça do Estado

O

28/07 - Alex Vilas Boas

29/07 - Vereador Crepaldi

29/07 - Paty Cesar

Expediente Editora e Jornalista Responsável

Colunista

Adriana Teodoro MTB 31.237-SP

Prof. Dr. Luíz Fernando Araújo E-mail: lusfernandoaraujo@yahoo.com.br

Diagramação

Jurídico Drº Sérgio Augusto Dias Bastos OAB: 157.601

Daniel Márcio - (11) 96667-7618 E-mail: daniel.marcio001@yahoo.com.br

Cruciverbalistas

Sandra Patusca Raphael E-mail: sandrapatusca@gmail.com Rose Teodoro

Periodicidade: mensal Tiragem: 10 mil exemplares

Distribuição Gratuita: Aldeia da Serra, Barueri / Alphaville / Tamboré / Carapicuíba / Itapevi / Jandira Osasco / Pirapora de Bom Jesus / Santana de Parnaíba Impressão: Gráfica Atlântica CNPJ: 19.757.313/0001-17 Inscrição Municipal: 4.69061-2 Sede Barueri/SP

Fale conosco:

jimprensaregional@gmail.com Telefone: (11) 98397-6596

O Jornal Imprensa Regional não se responsabiliza pelas matérias e artigos assinados, sendo que os mesmos, não expressam necessariamente a opinião do jornal. Os colaboradores e colunistas não possuem vínculo empregatício com o Jornal Imprensa Regional.

30/07 - Neto Amorim

Texto: Samuel M. Sanches

prefeito de Osasco, Jorge Lapas, reuniu-se, com o secretário de Justiça e da Defesa da Cidadania do Estado, Aloísio de Toledo César, para tratar do andamento das obras de reforma do prédio atual do Fórum de Osasco e da construção de um moderno edifício de dez andares, no Jardim das Flores. “Dialogamos com o Estado para manter o ritmo das obras deste novo edifício. Lembro ainda que a Prefeitura já repassou mais de R$ 9 milhões em contrapartida”, disse Lapas, destacando que a nova edificação proporcionará mais conforto e segurança aos funcionários e a todos que utilizam suas dependências. Também estiveram presentes na reunião, o juiz da Infância e Juventude e diretor do Fórum de Osasco, Samuel Karasin e os secretários municipais Adriano Pedro Alves (Assuntos Jurídicos) e Carlos Baba (Serviços e Obras).

Foto: Ismael Francisco


4

Edição 17 • Ano II • Julho de 2015

JORNAL IMPRENSA REGIONAL

Cidades Foto: Cida Diniz

Prefeitos do CIOESTE debatem políticas públicas com secretário da Saúde, David Uip

O

Em audiência pública, população debate Plano Municipal de Educação

N

Texto: Camila Silva

esta última semana, aconteceu a Audiência Pública para apresentação e debate em torno do PME (Plano Municipal de Educação), no Centro de Carapicuíba, no teatro Jorge Amado. A Audiência contou com a participação de vereadores, padres e pastores, além da população que lotou o teatro para tomar conhecimento e debater o Plano. Na abertura do evento, o Prefeito Sergio Ribeiro, enfatizou a importância do plano para o município e o trabalho que é feito para garantir a qualidade do ensino. A Secretária de Educação, Aparecida Carlos, fez a apresentação do Plano, explicou sobre as bases de convergência da educação em Carapicuíba, envolvendo todos os segmentos educacionais, como os ensinos municipal, estadual e escolas particulares, programas para atingir a alfabetização na idade certa, erradicação

do analfabetismo no município, escola inclusiva, além da participação ativa da família do aluno nas escolares. Ela explanou ainda sobre as metas e prazos contidas no Plano. O PME é um passo importante para o planejamento das ações a serem realizadas na próxima década (2015 - 2025) e estabelecer os objetivos que podem ser alcançados. O Plano ainda deve ser encaminhado à Câmara Municipal para apreciação e aprovação dos vereadores. Após esse processo, passará a ser referência para o planejamento educacional na Cidade. O prefeito Sergio Ribeiro enfatizou que a administração tem o compromisso com o acesso e qualidade na educação e que cabe à escola ensinar e desenvolver as habilidades dos alunos, e que a educação e transmissão de princípios são responsabilidade da família. “Muitos pais e mães estão terceirizando a educação dos filhos, pensando que as noções básicas de cidadania e valores morais são encargo da escola. Isso é um erro grave, e por isso, muitos jovens se vêem perdidos no mundo das drogas e sem rumo para a vida”. E concluiu: “A escola ensina, mas quem educa é a família”.

secretário de Estado da Saúde, David Uip, recebeu prefeitos e representantes das cidades que compõem o Consórcio Intermunicipal Oeste de São Paulo (CIOESTE). Os prefeitos relataram ao secretário as dificuldades que os munícipes da região têm encontrado no atendimento de saúde quando o encaminhamento é destinado aos hospitais de referência do Estado. O encontro, agendado pelo deputado estadual Geraldo Cruz, foi acompanhado pelo presidente do consórcio, Jorge Lapas (Osasco), por secretários de saúde das cidades, e pelos prefeitos Sérgio Ribeiro (Carapicuíba), Geraldo Teotônio (Jandira) e Jaci Tadeu (Itapevi), que ressaltou a necessidade de maiores investimentos estaduais nos municípios para melhor atender às demandas da população. “Temos um Pronto Socorro Municipal que vem atuando muito além de sua definição, realizando inclusive pequenas cirurgias. Além disso, Itapevi segue investindo mais que a lei exige, em função da necessidade de se cobrir lacunas abertas pela falta de investimento estadual”, comentou Jaci Tadeu, apresentando uma

situação comum a todos os municípios do CIOESTE. Outra demanda em comum dos municípios é a redução do número de leitos nos hospitais de referência, geridos pelo Estado, que acabam por aumentar a espera nos pronto-atendimentos das cidades. Alegando dificuldades orçamentárias das contas do Governo do Estado, David Uip explicou que está havendo um contingenciamento dos gastos com investimentos e custeio. “Como cortar despesa de custeio é mais difícil realizar por conta de disponibilização de serviço ao cidadão, a previsão de investimentos para esse ano é de paralisar todas as obras e postergar o início de novas” explicou David Uip. Outro ponto da pauta foi a participação do Governo do Estado na partilha de custeio de programas como SAMU e UPA’s construídas na região Oeste. Como resposta, David Uip explicou que o Estado já oferece política de atendimento de urgência, e que não faz repasses às cidades que aderiram ao SAMU. Quanto às UPA’s, não há previsão no orçamento do Estado de São Paulo para auxiliar os municípios que decidiram pela construção de UPAs em seus territórios.

JORNAL IMPRENSA REGIONAL

Edição 17 • Ano II • Julho de 2015

5


6

Edição 17 • Ano II • Julho de 2015

JORNAL IMPRENSA REGIONAL

Cidades

Edição 17 • Ano II • Julho de 2015

Cidades

Calçadas de avenidas centrais de Itapevi serão alargadas Foto: Divulgação/PMI

A

Prefeitura de Itapevi vai iniciar nas próximas semanas o processo de revitalização da região central da cidade. A ação, realizada com recursos próprios, prevê em sua primei-

ra etapa o alargamento das calçadas da avenida Cezário de Abreu, entre as ruas Manoel Alves Mendes e Joaquim Nunes. A segunda parte do trabalho prevê a ação na avenida Rubens Caramez, entre

a rua Joaquim Nunes e a avenida Brasil. Já a última etapa atenderá o trecho da avenida a partir da praça 18 de fevereiro até a rua Joaquim Leite dos Santos. Nas três etapas, a Prefeitura estenderá a largura das calçadas, que passam a variar entre 2,5 metros e 3,8 metros. A iniciativa tem por objetivo oferecer maior segurança aos pedestres que circulam diariamente na região central. “Como os passeios são estreitos, muitos pedestres acabam por utilizar a pista, o que pode oferecer riscos. Com a medida, eles ganham maior espaço para circulação, com todo conforto e comodidade”, comentou o prefeito Jaci Tadeu. Além disso, as calçadas mais largas serão revertidas em favor do comércio local, um dos mais aquecidos da Grande São Paulo. Isso porque os pedestres terão mais espaço para acessar as lojas e galerias que compõem a rede comercial da cidade. Também está prevista a recuperação asfáltica de todo o trecho, com a instalação de faixas de pedestres elevadas, com três metros de largura, e aces-

sibilidade para pessoas com deficiência. Outra mudança advinda com a revitalização será no tráfego de veículos da região, uma vez que o trecho da avenida Cezário de Abreu contará com duas faixas de rolamento. Com o alargamento das calçadas, as avenidas deixarão de ter vagas de estacionamento, contando com bolsões de carga/descarga em pontos estratégicos. Mudanças no trânsito Em função dessas obras, a Secretaria de Trânsito e Transportes alterou o sentido viário de algumas ruas do Centro de Itapevi. A medida visa um melhor escoamento do tráfego na região. A partir dessa segunda-feira (06), estão invertidas as rotas de direção de sentido viário das ruas Leopoldina de Camargo e Escolástica Chaluppe. Já as ruas Joaquim Nunes, Manoel Alves Mendes e Professor Irineu Chaluppe, que cruzam as vias, permanecerão com seus sentidos de fluxo inalterados. Durante o processo de adaptação, os motoristas poderão contar com toda a sinalização viária, realizada pela Secretaria de Trânsito e Transportes por meio do DEMUTRAN, assim como com o auxílio de agentes de trânsito que estão distribuídos em toda a extensão das ruas.

Justiça

Defensores públicos não aceitam mudanças na maioridade penal Fonte: Agência Brasil

D

JORNAL IMPRENSA REGIONAL

efensores públicos descartam a redução da maioridade penal, de 18 para 16 anos, contida na Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 171, aprovada em primeira votação na Câmara dos Deputados. De acordo com a defensora pública Elisa Costa Cruz, subcoordenadora da Coordenadoria de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Cededica), da Defensoria Pública do Estado do Rio, a categoria fechou questão contra a redução da maioridade. “Todos nós, da Defensoria Pública, lutamos contra a redução da maioridade penal. Foram feitas várias notas públicas contrárias a isso. Acreditamos que reduzir a maioridade não é a solução e devemos reforçar as garantias que o ECA [Estatuto da Criança e do Adolescente] já prevê. Esperamos que o Congresso acabe não aprovando essa proposta de emenda à Constituição”, disse Elisa, que é uma das coordenadoras do 5º Congresso de Defensores Públicos da Infância e da Juventude. Entre os motivos apontados pela defensora para se opor à redução da maioridade penal, está o fato de que o adolescente merece tratamento especial da lei, mesmo

quando comete crimes graves, por não ter a consciência social totalmente formada. “O processo de consciência do adolescente é diferente de um adulto e isso é explicado pela psicologia e a neurociência. Não é tão simples assim [para o adolescente] essa compreensão do errado e a ideia que você tem que se responsabilizar por isso. A base de uma sanção criminal depende de entender porque você fez algo errado”, alega Elisa. A defensora credita os atos criminosos de adolescentes às faltas da própria sociedade, que deixa de investir nos jovens, principalmente na educação, segundo ela, em um período chave da vida, o que acaba favorecendo a entrada no mundo do crime. “O problema é a falha que acontece nos sistemas anteriores de garantia. Se o Estado identificasse as violações, como quando a criança ou o adolescente estão fora da escola, se a gente conseguisse garantir uma educação de qualidade, se conseguisse direitos para que aquela família cuidasse melhor das crianças, a inserção dos pais em empregos e sistemas de assis-

Foto: Lula Marques/ Agência PT

tência, nós não estaríamos aqui discutindo a redução. As violências ocorrem muito antes, quando esses direitos não são garantidos, quando não damos escolas ou creches”, opina a defensora. Elisa não admite qualquer mudança na lei, nem mesmo uma flexibilização, como estaria sendo cogitado no Senado, e justifica: “A redução da maioridade na Constituição é inconstitucional. Viola uma

garantia pétrea e viola tratados internacionais dos quais o Brasil é signatário, como a Convenção dos Direitos da Criança da ONU. Da mesma forma, o aumento do tempo de internação também não atende, porque para nós o importante é cumprir o ECA da forma como ele é, com tempo de internação de até três anos, e aprofundar as bases da sócio-educação.”

Barueri tem grupo multiprofissional para combater obesidade infantil

A

obesidade é um dos mais graves problemas de saúde pública no mundo e afeta também o público infantil. Dados de 2009 do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) mostram que no Brasil uma em cada três crianças (de 5 a 9 anos) estava acima do peso recomendado pela OMS (Organização Mundial de Saúde). Para reverter este cenário na cidade de Barueri, a Secretaria de Saúde estabeleceu um Protocolo de Obesidade para tratar e prevenir esta ocorrência na infância. A triagem da obesidade infantil já começa na rede municipal de ensino. Anualmente em cada unidade escolar, dentro do Programa Saúde nas Escolas, as crianças têm peso e medidas checados, e os pais das que apresentam resultados fora do padrão estabelecido para aquela faixa etária são orientados a procurar uma UBS (Unidade Básica de Saúde). Na UBS o pediatra tem o Protocolo sobre como conduzir esses casos de obesidade. Ele vai realizar a pesagem e as medidas novamente e comparar os resultados com as curvas de crescimento e índice de massa

corporal. A partir do momento em que a criança foi classificada como obesa, ela faz uma série de exames. Se os exames apontarem síndrome metabólica, a criança é encaminhada para o endocrinologista. Se for apenas obesidade, ela continua as consultas com o pediatra e passa a frequentar o Grupo de Alimentação Saudável – grupo multidisciplinar que atua em cinco unidades no município. O objetivo do Grupo é a orientação nutricional adequada. Há a participação da enfermagem, da nutrição e da psicologia, com a modificação do hábito alimentar e o estímulo à atividade física. Estudos científicos mostram que 80% das crianças obesas aos 5 anos de idade serão obesas também na vida adulta – e consequentemente com uma série de agravos de doenças, de comorbidades, que podem se apresentar associadas não somente na fase infantil, mas também comprometer a fase adulta.

A TV CÂMARA DE OSASCO CHEGOU À OPERADORA NET DIGITAL. Agora, além da ampliação do seu alcance na Zona Sul da cidade, as transmissões passam a cruzar a fronteira do Rio Tietê e chegam a todos os bairros da Zona Norte. Assista a programação de segunda à sexta, das 14h30 às 23h. Nos finais de senama, das 9h às 15h. Exerça sua cidadania. Acompanhe e participe dos trabalhos dos vereadores da sua cidade.

TV Câmara - Canais: 7 NET, 9 e 16 Multivia. 3699-9133

qualidade@camaraosasco.sp.gov.br

facebook.com/TvCamaraOsasco

@camara_osasco

7


8

Edição 17 • Ano II • Julho de 2015

JORNAL IMPRENSA REGIONAL

Fique por dentro do Legislativo

JORNAL IMPRENSA REGIONAL

Edição 17 • Ano II • Julho de 2015

Fique por dentro do Legislativo Crédito foto: Eurico Ramos

Jair Assaf solicita reforma de Praça na Vila Yara

Marcos Neves se reúne com secretário e solicita liberação de Frente de Trabalho para Carapicuíba e região Foto: Andréia Araújo

Deputado Estadual Celso Giglio traz para Osasco a carreta da Mamografia

A

A pedido do deputado Igor Soares, Poupatempo Móvel atende em Itapevi

A

unidade móvel do Poupatempo já atende a população de Itapevi e ficará na cidade até o dia 25 de julho. O atendimento acontece de terça a sábado, das 8h45 às 16h15, na Praça Dezoito de Fevereiro- Centro. O Poupatempo Móvel em Itapevi é solicitação do deputado Igor Soares (PTN), que oficializou o pedido por meio da Indicação 796/2015. “São diversos serviços oferecidos gratuitamente com a agilidade e a qualidade que todos já conhecem”, destacou o deputado. A unidade oferece serviços como a emissão da Carteira de Identidade (RG), Atestado de Antecedentes Criminais (AAC) e serviços públicos pela internet, como os da Nota Fiscal Paulista, Boletim de Ocorrência Eletrônico, consulta de multas de trânsito, pontuação na Carteira Nacional de Habilitação (CNH), e muitos outros. O pagamento da taxa em vigor para serviços de RG poderá ser feito na rede bancária local. Para a entrega dos documentos, uma

9

equipe retornará à localidade, de acordo com o prazo determinado pelo Instituto de Identificação. Para pessoas com RG emitido em São Paulo e que não tenham pendências com a justiça, o Atestado de Antecedentes pode ser retirado na hora. Poupatempo fixo O deputado estadual Igor Soares também solicitou ao Governador Geraldo Alckmin, por meio da Indicação 679/2015, que estude a possibilidade de instalar o Poupatempo em Itapevi. Loja Modelo, do Sebrae O deputado Igor Soares também busca para Itapevi a carreta com a Loja Modelo, do Sebrae, para capacitar lojistas da cidade. A carreta com 55m² e 15 metros de comprimento é usada para apresentar de forma gratuita como os lojistas podem organizar e deixar o ponto de venda mais atraente.

N

esta última semana, o deputado estadual Marcos Neves participou de audiência com o secretário do Emprego e Relações do Trabalho, José Luiz Ribeiro, acompanhado do prefeito de Osasco e presidente do Cioeste (Consórcio Intermunicipal da Região Oeste), Jorge Lapas. O deputado Marcos Neves apresentou ofício ao secretário José Luiz, solicitando a liberação de uma Frente de Trabalho específica para conscientização e combate à dengue nos oito municípios da região (Carapicuíba, Osasco, Cotia, Barueri, Jandira, Itapevi, Santana de Parnaíba e Pirapora do Bom Jesus). “Apresentei esta ação ao Consórcio e foi muito bem recebida pelos prefeitos da região. Vou continuar trabalhando para que Carapicuíba e as outras cidades sejam contempladas. A implantação da Frente de Trabalho irá gerar renda, além de diminuir o desemprego e contribuir na questão da

saúde ao agir no combate à dengue”, explicou o deputado Marcos Neves. De acordo com o presidente do Cioeste, Jorge Lapas, a proposta apresentada pelo deputado Marcos Neves é muito importante para os municípios, pois é uma parceira entre Governo do Estado e prefeituras para combater a dengue e gerar empregos. Já o secretário José Luiz se comprometeu em reforçar o pedido de Marcos Neves junto ao governador Geraldo Alckmin. Este ano, o parlamentar carapicuibano já se reuniu com os secretários da Segurança, Educação, Habitação, Trabalho, além de audiências com o presidente da Sabesp e da CPTM. “A atuação do deputado estadual é sempre buscar melhorias para a população em todas as áreas. Estou dando continuidade ao meu primeiro mandato, sempre ouvindo as pessoas nas ruas e trabalhando para resolver os problemas apresentados”, declarou o deputado Marcos Neves.

Secretaria Estadual da Saúde atendendo ao pedido do deputado Celso Giglio enviará à Osasco, no início do mês de agosto, a Carreta da Mamografia. Veículo especialmente preparado para a realização de exames de mamografia de forma gratuita, sem necessidade de agendamento ou pedido médico, e com a entrega dos resultados no próprio local, em até 48 horas. A carreta faz parte do “Programa Mulheres de Peito”, e é enviada aos municípios por determinado período, atendendo às mulheres que se encontram na faixa de risco, entre 50 a 69 anos, visando prevenir e detectar o câncer de mama.  É um veículo totalmente equipado e com

equipe completa, realiza também o ultrassom de mamas e biópsia no mesmo local caso sejam necessários. A carreta estará estacionada no calçadão da Rua António Agú em frente ao Osasco Plaza Shopping a partir do dia 03 de Agosto, e deverá permanecer neste local por, no mínimo, 30 dias.  “Agradeço ao secretário estadual Dr. David Uip, pela presteza no rápido atendimento a nossa solicitação. Com essa conquista, esperamos beneficiar em Osasco grande parte das mulheres em faixa de risco que infelizmente não conseguem realizar o exame na rede pública, em função da grande demanda que existe nos postos”, informou o deputado Celso Giglio.

Educação

Selo vai reconhecer ações positivas de educação financeira no país

O

Fonte: Agência Brasil

Comitê Nacional de Educação Financeira (Conef) encerrou neste domingo (12), as inscrições para o edital do Selo Enef. O objetivo é reconhecer iniciativas que promovam a educação financeira no país e contribuam para o alcance dos objetivos da Estratégia Nacional de Educação Financeira (Enef). A informação é da assessoria de imprensa da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), integrante do Conef. O Selo Enef será válido por quatro anos e poderá ser concedido às entidades públicas e privadas que desenvolvam ações de educação financeira alinhadas aos objetivos e diretrizes da ENEF. As inscrições

podem ser feitas na página Vida&Dinheiro, na internet. A Estratégia Nacional de Educação Financeira (Enef) foi instituída pelo Decreto nº 7.397/10. Ela tem como meta promover a educação financeira e previdenciária, de modo a contribuir para o fortalecimento da cidadania, eficiência e solidez do sistema financeiro, ajudando também os consumidores a tomar decisões adequadas na hora de efetuar investimentos. A CVM destacou que a Enef foi instituída como política de Estado de caráter permanente. Ela envolve iniciativas gratuitas, com predomínio do interesse público. Além da CVM, são membros do Conef os ministérios da Fazenda, Educação, Previdência Social e Justiça, o Banco Central e instituições do sistema bancário e financeiro. O Comitê mantém convênio com a Associação de Educação Financeira do Brasil (AEF–Brasil) para estruturação e administração de iniciativas de educação financeira.

P

rocurado pela Associação de Moradores da Vila Yara, o presidente da Câmara Municipal de Osasco, vereador Jair Assaf, solicitou à Prefeitura de Osasco que fossem tomadas providências para melhorar as condições da Praça Valentina Dias Pradella, na Vila Yara. O local se encontra em total estado de abandono, com muito mato e lixo, causando transtornos ao bairro. Em março, o vereador esteve no local e ficou impressionado com a situação. Jair Assaf encaminhou ofício ao prefeito Jorge Lapas, que determinou empenho do secretário de Obras, Carlos Baba. A revitalização da praça foi iniciada e os moradores agradeceram. “Pedimos a reforma geral da praça, os brinquedos que estavam lá de madeira representavam perigo para as crianças, pois estavam com pregos completamente expostos. Também pedimos a instalação de aparelhos de ginástica ao ar livre que outras praças possuem”, disse o presidente da associação,

Nosso e destino é sempr a su a o: m es m o satisfação.

Hélio Alvarenga. “Ouvimos os moradores, observamos que realmente o estado da praça não poderia continuar e tomamos providências. Na próxima etapa, também a praça receberá equipamentos de ginástica”, disse Jair Assaf.  Árvores frutíferas De frente com a Praça Valentina Dias Pradella há também um área de lazer, projeto que existe desde 2011, e sempre foi muito bem cuidada pelos moradores do local. Com ajuda o secretário de Meio Ambiente Carlos Marx, foi plantado mais de 100 mudas de árvores frutíferas. Entre carambola, pêssego, abacate, mexerica limão e laranja.  “A reforma e conservação dessa área também tem recebido uma grande apoio do Presidente da Câmara, e com sua ajuda colocaremos o nome da Área de Lazer de Lázaro Bento, a família dele é muito querida na região”, ressaltou Alvarenga.


10

Edição 17 • Ano II • Julho de 2015

JORNAL IMPRENSA REGIONAL

Programa Mais Médicos faz dois anos e é avaliado pelo TCU

O

Programa Mais Médicos provocou discussões, em 2013, sobre a vinda de profissionais estrangeiros para trabalhar em regiões com escassez de profissionais da saúde. Além da contratação emergencial de médicos, a iniciativa previa ações de melhoria da in-

fraestrutura e da formação médica no país. O programa completou dois anos no último dia (8) e, para Felipe Proenço, o Coordenador Nacional do Programa Mais Médicos, obteve grandes êxitos. “Após avaliações de satisfação, vimos que a maioria da população atendida está satisfeita”, comenta. Entre os dados positivos, Felipe ressalta

que, em 2015, todas as vagas do edital do programa foram ocupadas por médicos brasileiros, que têm prioridade no preenchimento dos postos. Eles são seguidos por brasileiros com diplomas do exterior e, depois, por estrangeiros. As vagas remanescentes são completadas por médicos da cooperação com Organização Pan-Americana da Saúde. O Mais Médicos foi avaliado em relatório do Tribunal de Contas da União (TCU) em março deste ano. O documento analisa a eficácia do projeto entre os meses de junho de 2013 a março de 2014. O trabalho foi feito em oito estados brasileiros (Bahia, Ceará, Maranhão, Minas Gerais, Pará, Pernambuco, São Paulo e Rio Grande do Norte). Foram visitadas 130 unidades básicas de saúde em 41 municípios e entrevistados 149 médicos, 446 profissionais das equipes do Programa Saúde da Família e 315 pacientes, além de tutores e supervisores. O relatório apresenta dados positivos e negativos em relação ao programa. Entre os pontos fortes, destaca-se o aumento de 32% nas visitas domiciliares em municípios que receberam médicos. Além disso, quase 90% dos pacientes entrevistados afirmaram que o tempo de espera diminuiu. E 63% dos profissionais de saúde disseram que o atendimento melhorou após a implantação do programa. O relatório do TCU informa que foram

detectadas falhas na distribuição dos médicos. Dados apontam que 26% dos municípios carentes não foram atendidos. Segundo Lúcio Flávio Gonzaga Silva, do Conselho Federal de Medicina, há vazios assistenciais não preenchidos, ou seja, há localidades distantes que não receberam o programa. “O conselho acredita que, em primeiro lugar, deveria haver investimentos em infraestrutura. Não adianta ter médicos se não há equipamentos e remédios para o médico trabalhar. É preciso levar a medicina, não apenas médicos”, disse. De acordo com a Organização Mundial de Saúde o Brasil tem 1,7 médicos por mil habitantes. Apesar de não haver um parâmetro ideal para a proporção, o Brasil tem uma quantidade inferior de médicos por mil habitantes em relação a países como o Canadá (2,0), Reino Unido (2,7), Uruguai (3,7), a Espanha (3,9) e Cuba (6,7). O governo federal está investindo na expansão da rede de saúde. É mais de R$ 5 bilhões para o financiamento de construção, ampliação e reforma de Unidades Básicas de Saúde. Será aplicado R$ 1,9 bilhão em construção e ampliação de Unidades de Pronto Atendimento. Com a expansão do Programa Mais Médicos, em 2015 serão 18.240 médicos em 4.058 municípios de todo o país, cobrindo 73% das cidades brasileiras e 34 Distritos Sanitários Especiais Indígenas.

Você utiliza mais software livre do que imagina: conheça 11 programas e serviços

O

s softwares livres estão mais presentes no nosso cotidiano do que muitas vezes podemos nos dar conta. Desde uma compra em supermercados até a declaração do imposto de renda, por exemplo, podem envolver o universo de programas de código aberto que permitem modificações e adaptações. Abaixo listamos alguns serviços e aplicações que são softwares livres ou os têm como base e sobre os quais provavelmente você já ouviu falar: Android Um dos mais famosos é o sistema operacional móvel do Google, o Android, que é baseado no Linux. A plataforma é a mais usada em smartphones em todo o mundo. Segundo pesquisa do Nielsen Ibope de 2014, o software já está presente em 91,6% dos aparelhos móveis inteligentes do Brasil. Firefox É um dos navegadores mais utilizados pelos usuários de internet. Segundo dados da Net Applications de 2014, o browser de código livre detém cerca de 14% do

mercado. Foi responsável por popularizar a navegação por abas. Terminais eletrônicos Os programas instalados na maioria dos terminais de caixa de supermercados e grandes redes de varejo são adaptações de softwares livres, conta o coordenador da Associação de Software Livre. Org Ricardo Fritsch. Caixas eletrônicos de bancos como o Banrisul, a Caixa Econômica e o Banco do Brasil também são feitos a partir dos programas de código aberto. LibreOffice e Open Office É pacotes de programas de software livre e gratuito com funcionalidade semelhante ao Pacote Office, da Microsoft. Possuem ferramentas de edição de texto, criação de planilhas, apresentação de slides, manipulação de banco de dados, entre outros. GIMP Similar ao Photoshop, o GIMP é um programa de código aberto que oferece ferramentas para criação e edição de imagens.

Audacity Quem alguma vez já precisou editar, gravar ou exportar e importar arquivos de áudio provavelmente já ouviu falar ou usou o Audacity. O programa é gratuito e possui uma variedade de recursos e efeitos. VLC O VLC é um reprodutor de mídia gratuito disponível para vários sistemas operacionais. Com uma interface simples e de fácil utilização, suporta diversos formatos de áudio e vídeo e possui uma série de recursos. Declaração do Imposto de Renda O programa da Receita Federal que anualmente milhões de brasileiros utilizam para fazer a declaração do Imposto de Renda tem por base o software livre. A aplicação foi elogiada pela comunidade de Software Livre, que acredita que o código aberto garante transparência e segurança dos dados do cidadão. Correio Eletrônico Expresso Livre e Zimbra são dois exemplos de softwares livres para troca de mensagens eletrônicas. Vários

órgãos governamentais e empresas utilizam esses serviços. Apache É o mais bem-sucedido servidor web livre que existe. Ele disponibiliza páginas e todos os recursos necessários para navegação na internet, como troca de mensagens e compras on-line, por exemplo. Pesquisa de 2011 da Netcraft apontou que o Apache servia cerca de 54,68% de todos os sites disponíveis na web. Popcorn Time Serviço gratuito de streaming de filmes e séries, o Popcorn Time é um dos concorrentes de empresas como a Netflix, Net, entre outras. O programa é um cliente BitTorrent (protocolo de rede que permite ao utilizador realizar downloads de arquivos) em plataforma livre e de código aberto.

11

Economia

Ações do Banco Central Brasil conquista quatro para segurar dólar custaram medalhas nos Jogos Pan-Americanos de Toronto R$ 60 bilhões em dois anos

Fonte: Agência Brasil

A

Tecnologia

Fonte: Agência Brasil

Edição 17 • Ano II • Julho de 2015

Esportes

Saúde

Fonte: Agência Brasil

JORNAL IMPRENSA REGIONAL

O

Fonte: Agência Brasil

Brasil conquistou quatro medalhas, nos Jogos Pan-americanos de Toronto, no Canadá. Três medalhas vieram do judô e uma da ginástica artística. No momento, os brasileiros ocupam o quinto lugar no quadro geral da competição, que tem os canadenses na liderança, norte-americanos em segundo lugar, mexicanos em terceiro e colombianos em quarto. A judoca, Érika Miranda, conquistou o ouro, na categoria 52kg, em disputa contra Ecaterina Guica, do Canadá. Érika já havia sido prata no Pan do Rio de Janeiro, em 2007, e no de Guadalajara, no México, em 2011. Felipe Kitadai, da categoria ligeiro masculino, também teve chances de conquistar a medalha de ouro, mas perdeu para o equatoriano Lenin Preciado e ficou com a medalha de prata. Já Nathália Brígida, convocada para substituir a medalhistas do ouro olímpico Sarah Menezes, conquistou medalha de bronze, vencendo a luta contra Diana Cobos, do Equador, na categoria 48kg. A quarta medalha brasileiro foi de prata e veio da equipe masculina de ginástica artística, com o medalhista olímpico Arthur Zanetti e os ginastas Lucas Bitencourt, Caio Souza, Francisco Júnior e Arthur Mariano. O ministro brasileiro do Esporte, George Hilton, fez um balanço sobre a organização das Olimpíadas de 2016, no Rio de Janeiro, no Centro de Imprensa do parque Pan-americano. A comitiva brasileira

é composta pelo presidente do Comitê Olímpico do Brasil, Carlos Nuzman, do presidente interino da Autoridade Pública Olímpica, Marcelo Pedroso, do Secretário de Esporte do Estado do Rio de Janeiro, Marco Antonio Cabral, e do presidente da Empresa Municipal Olímpica, Joaquim Monteiro de Carvalho. Durante a conferência, o Brasil assegurou aos jornalistas em Toronto que as obras para os jogos no Rio estão dentro do prazo e que os legados do evento para os brasileiros serão mais que os equipamentos esportivos. Joaquim Carvalho, da Empresa Municipal Olímpica enfatizou as obras da Linha 4 do metrô do Rio, que deve agilizar a mobilidade da Zona Oeste para Ipanema, diminuindo a duração do deslocamento entre as duas áreas de duas horas para 15 minutos. Já o ministro declarou que o legado das Olimpíadas não trará melhorias apenas para comunidades do Rio de Janeiro, mas de todo o Brasil, com a Rede Nacional de Treinamento. Segundo ele, já foram investidos R$ 4 bilhões que permitiram a inauguração do Centro Pan-americano de Judô, em Lauro de Freitas, na Bahia, a Arena Castro de Atletismo de São Bernardo do Campo, o Centro de Excelência em Saltos Ornamentais em Brasília e outros. “Ou seja, o grande legado que ficará, é que você vai ter, em várias regiões do Brasil, centros de excelência e nas cidades onde você tenha condições de fazer o trabalho de iniciação, nós queremos fazer o trabalho de iniciação ao esporte.”, disse Hilton.

s ações tomadas do Banco Central (BC) para segurar o dólar têm provocado impacto relevante nas contas públicas. Desde julho de 2013, as operações de swap cambial – venda de dólares no mercado futuro – custaram R$ 60,05 bilhões ao governo federal. O valor refere-se aos resultados líquidos das operações de swap do Banco Central e são divulgados mês a mês pela autoridade monetária junto com os números de política fiscal. O montante foi incorporado aos juros da dívida pública, que até maio tinham somado R$ 408,8 bilhões no acumulado em 12 meses, equivalente a 7,22% do Produto Interno Bruto (soma das riqueas produzidas no país). Desde maio de 2013, quando os Estados Unidos começaram a reduzir as injeções de dólares na economia mundial, o BC voltou a vender dólares no mercado futuro para segurar a cotação da moeda norte-americana. Em agosto daquele ano, o programa tornou-se permanente, com o BC ofertando diariamente contratos de swap. A política durou até março deste ano, quando o Banco Central parou de ofertar novos lotes. Desde então, a autoridade monetária passou a rolar (renovar) 70% dos contratos em vigor. Apesar da retirada gradual dos contratos, o Banco Central mantém um estoque expressivo de operações de swap, saindo de uma posição zerada no início de 2013 para uma exposição líquida de R$ 356,6 bilhões em maio, segundo os dados mais recentes. O prejuízo de R$ 60,05 bilhões é resultado da diferença entre a valorização média do dólar e a variação dos juros DI, taxas cobradas em transações entre bancos, com valor próximo ao da Selic (juros básicos da economia).

Nos meses em que o dólar sobe, o BC tem prejuízo com as operações de swap. Quando a cotação cai, o órgão tem lucro. Os resultados são transferidos para os juros da dívida pública, aliviando as contas públicas quando os contratos de swap são favoráveis à autoridade monetária e precisando ser cobertos com as emissões de títulos públicos pelo Tesouro Nacional quando acontece o oposto. Por causa das oscilações mensais no câmbio, até agosto do ano passado, o BC tinha lucrado R$ 18,55 bilhões com a venda de dólares no mercado futuro. A conta reverteu-se a partir do mês seguinte, quando a moeda norte-americana começou a disparar durante a campanha para o primeiro turno das eleições presidenciais. De lá para cá, o BC acumulou prejuízo de R$ 78,6 bilhões com as operações de swap, resultando no impacto final de R$ 60,05 bilhões. Entenda as operações de swap Criado em 2001, o swap cambial é uma ferramenta que permite ao Banco Central intervir no câmbio sem comprometer as reservas internacionais. O BC vende contratos de troca de rendimento no mercado futuro. Apesar de serem em reais, as operações são atreladas à variação do dólar. No swap cambial, a autoridade monetária aposta que o dólar subirá mais que a taxa DI. Os investidores apostam o contrário. No fim dos contratos, ocorre uma troca de rendimentos (swap) entre as duas partes. Quando o dólar sobe, o BC tem prejuízo proporcional ao número de contratos em vigor. Quando a cotação cai, os investidores deixam de lucrar.


12

Edição 17 • Ano II • Julho de 2015

JORNAL IMPRENSA REGIONAL

Cultura

Anima Mundi começou com mais de 400 filmes em sua mostra no Rio

N

Fonte: Agência Brasil

a sua 23ª edição, o Anima Mundi vai exibir mais de 450 produções, entre curtas e longas, além de exposições e palestras. Este ano o evento ocorre na Cidade das Artes, na Barra da Tijuca, zona oeste da cidade. Antes, era no Centro Cultural Banco do Brasil, no centro. Com a mudança de local, a oferta de lugares e os espaços das oficinas e exposições aumentaram. O Anima Mundi promete atrair, segundo estimativa dos organizadores, cerca de 100 mil pessoas nos seis dias de duração

do segundo maior festival de filmes de animação do mundo. O primeiro é o Annecy, na França. Para o diretor do festival, Cesar Coelho, o novo espaço representa a concretização de um sonho para os organizadores por permitir concentrar mais atividades. “Desde o início, queríamos reunir em um lugar só um planeta animação, um lugar onde podemos ter desde os melhores filmes produzidos atualmente aos filmes feitos por crianças na escola, conversas profissionais, reuniões de negócios, as oficinas e as exposições”. Além Cidade das Artes, na Barra da Tijuca, haverá sessões ainda no Cinema Odeon e no Auditório BNDES, no centro da cidade, e no Oi Futuro, em Ipanema. A partir do dia 17 de julho, o Anima Mundi estará em São Paulo, na Cinemateca Brasileira, até o dia 22. A programação completa pode ser encontrada no site http://www. animamundi.com.br/.

Caça - Respostas

Horóscopo do mês de JUlHO ÁRIES (21/ 03 a 20/04) Mês agitado, com várias eventualidades ocorrendo em sua vida tanto positivas quanto negativas, tente desacelerar e tudo voltará ao normal, saiba lidar com o equilíbrio de seu coração. No profissional, muitas mudanças poderão ocorrer no ambiente de trabalho com possibilidade de perdas, mantenha a calma, assim você atrairá somente energias positivas. No afetivo, saiba escolher bem suas amizades, saiba com quem abrir seus segredos mais íntimos, evite falar tudo sobre sua vida. No amor, equilibre suas emoções ao dialogar sobre a vida a dois, evite falar de seu romance, pois a energia da inveja está solta. TOURO (21/04 a 20/05) Mês um pouco desordenado em algumas situações, siga com mais tranquilidade em seus compromissos, não extrapole seus limites, pois o momento requer equilíbrio. No profissional, o mês não promete novidades, não é o momento de investir em novos planos nesta área, tente se organizar e acredite em seu potencial. No afetivo, cuidado com desentendimentos familiares, não se envolva em problemas, fique mais na sua, equilibre suas opiniões. No amor, tudo fluirá bem, pois os interesses afins serão positivos na vida a dois. GÊMEOS (21/05 a 20/06) Mês promete crescimento na vida pessoal, afetiva e até financeira, mantenha seu carisma e fé na vida, assim atrairá somente energias otimistas. No profissional, mês positivo para pensar em ideias futuras, sem pressa, sem stress, com organização. No afetivo, seu carisma fará toda a diferença na conquista de novas amizades. Deverá tomar cuidado com assuntos mais sérios em família, mantenha controle de suas emoções. No amor, tudo de bom poderá ocorrer, desde que você esteja em sintonia com o amor e o romantismo, aproveite os bons momentos. CÂNCER (21/06 a 21/07) Ótimo mês para observar o que ocorre a sua volta, momento repleto de novidades e de mudanças para sua vida, saiba diferenciar o que será bom ou não em todos os sentidos de sua existência; aposte na espiritualidade. No profissional, preste atenção nas novas estratégias propostas em reuniões, demonstre interesse e corra atrás de seu aprendizado constante. No afetivo, mudanças poderão ocorrer com possibilidade de rompimentos, mantenha suas amizades, e siga em frente com estabilidade afetiva. No amor, momento tenso para resolver problemas, mas a vida a dois sobreviverá às mudanças, seja mais compreensivo e tolerante.

1 - COMO É CONHECIDO O CRIME “ROUBO SEGUIDO DE MORTE”. 2 - LEI FEDERAL 9.605/98 É A LEI QUE PROTEGE OS “................” 3 - ESTATUDO DA CRIANÇA E DO “.................”. O FAMOSO “ECA”. 4 - PRIMEIRO DE OUTUBRO DE 2003, CRIOU-SE O “ESTATUTO DO “...............” 5 - CHICO MENDES FICOU CONHECIDO COMO LÍDER DOS “......................” 6 - FLORESTA TROPICAL NA AMÉRICA DO SUL QUE PEDE SOCORRO. 7 - UNS DIZEM SER CRIME, MAS O INST.BRAS.DE CIÊNCIAS CRIMINAIS DIZ SER TRANSTORNO SEXUAL. 8 - CRIME MOTIVADO POR CIÚMES. 9 - EXERCE A POSIÇÃO DE CHEFE DE ESTADO. 10 - QUAL O FEMININO DE IMPERADOR. 11 - UMA DAS CÂMARAS DOS PARLAMENTOS. 12 - O MASCULINO DE CONDESSA.

LIBRA (23/09 a 22/10) Ótimo mês para curtir seu entusiasmo e alegria, mas antes terá de resolver alguns empecilhos, analise o que não está dando certo e elimine as más energias. No profissional, possíveis alterações no ambiente de trabalho, chance de se dar bem na carreira, com aumento salarial. No afetivo, cabeça fria ao resolver problemas familiares, conte com a ajuda das pessoas mais experientes, ótimo período para atividades com pessoas queridas. No amor, ótimo momento para apimentar o relacionamento, período de romantismo. ESCORPIÃO (23/10 a 21/11) Aposte nos estudos da espiritualidade, ótimo período para reavaliar valores, e até mesmo renovar as energias da vida pessoal. No profissional, excelente período para rever atitudes, analise o que está ou não dando certo e livre-se dos incômodos, o mês promete boas mudanças. No afetivo, mês favorável para fazer novas amizades, cultive seu carisma e comunicação positiva. No amor, tente evitar desentendimentos e brigas, apesar dos desafios a serem superados, o relacionamento seguirá com alegria, basta acreditar no amor verdadeiro. SAGITÁRIO (22/11 a 21/12) Mês repleto de novidades em relação aos seus estudos, vida financeira e também área amorosa, use e abuse de suas intuições para saber quais atitudes tomar diante dos desafios. No profissional, tente pensar em novos cursos. No afetivo, com seu carisma, alto astral e alegria, você fará toda a diferença ao seu redor, continue esbanjando seu entusiasmo. No amor, ótimo período para pensar em projetos na vida a dois, aproveite a oportunidade e comprometa-se com o par e reflita sobre seu futuro casamento. CAPRICÓRNIO (22/12 a 20/01) Mês bastante agitado com mudanças e turbulências, equilibre seu EU interior, aposte na espiritualidade para que possa lidar com as situações e desafios, seja forte e paciente. No profissional, período para se adaptar às mudanças aparentes, saiba lidar com imprevistos e tente resolver todas as pendências. No afetivo, perceberá algumas falhas no contato com amigos e familiares, tente lidar com isso de forma leve e natural, mantenha sempre a tranquilidade. No amor, atente-se às qualidades da vida a dois, respeite sempre o limite alheio, assim o amor prevalecerá na relação.

LEÃO (22/07 a 22/08) Mês propício para fazer uma limpeza de dentro para fora, começando com suas emoções e mágoas, aproveite e renove-se para o melhor de você mesmo. No profissional, renove as energias internas e defina seus objetivos e planos na vida, confie na sabedoria do universo ao seu favor. No afetivo, organize suas emoções, elimine as más influências e priorize as verdadeiras amizades. No amor, planeje novos rumos para a vida a dois com paciência, troque ideias, opiniões, experiências e siga em frente com mudanças significativas na relação.

AQUÁRIO (21/01 a 19/02) Você terá que tomar cuidado com sua saúde física, emocional e espiritual, equilibre suas emoções, desacelere suas atividades e curta mais a vida com alegria e entusiasmo. No profissional, mudanças em relação ao emprego ou forma de trabalhar poderão, saiba fazer as escolhas certas e ouça mais a voz de sua essência. No afetivo, ótimo mês para resolver problemas domésticos e familiares, terá de ser determinado, autoconfiante. No amor, você terá que resolver alguns imprevistos, analise os desentendimentos da vida a dois, tente acertá-los com paciência, sabedoria e compaixão.

VIRGEM (23/08 a 22/09) Não se preocupe caso ocorram algumas perdas em sua vida neste mês, o universo lhe reserva boas oportunidades de mudança, basta apostar mais em sua sabedoria e vencer os desafios. No profissional, preste atenção nos propósitos de cada reunião junto à chefia, saiba analisar as intenções da empresa e trabalhe para conquistar seu sucesso. No afetivo, ótimo mês para você interagir com seus amigos, familiares, vibre alegria e carisma junto das pessoas queridas. No amor, use e abuse de sua criatividade, paciência e tolerância em relação aos assuntos do coração.

PEIXES (20/02 a 20/03) Mês de muita sensibilidade, tente controlar ao máximo o que fala, sente ou pensa, não se deixe levar pelas vibrações negativas, tenha consciência de suas atitudes e vença os desafios. No profissional, ótimo mês para você se concentrar nas atividades extras, fique de olho nas oportunidades que a empresa oferece, amplie seus horizontes. No afetivo, dedicação, alto astral e entusiasmo não faltarão neste mês, mas terá que tomar cuidado para não se envolver em conflitos externos. No amor, nada de brigas, discussões ou aborrecimentos, evite conflitos.

Gabarito: 1-Latrocínio; 2-Animais; 3-Adolescente; 4-Idoso; 5-Seringueiros; 6-Amazônica; 7-Pedofilia; 8-Passional; 9-Monarca; 10-Imperatriz; 11-Senado; 12-Conde.

Curta nossa página

https://www.facebook.com/pages/Jornal-Imprensa-Regional/597409317000817?ref=hl

Edição 17 - Julho 2015  

Jornal Imprensa Regional

Edição 17 - Julho 2015  

Jornal Imprensa Regional

Advertisement