Page 1

JORNAL ANOS 2003-2018

FORTE COMO NOSSOS LEITORES. EFICIENTE COMO NOSSOS ANIMAIS ano 15 - nº 182 - março de 2019 publicação oFicial da aSSociação doS criadoreS de Gado holandêS de minaS GeraiS

carlos amorim recebe premiação de Fábio Fogaça e comemora conquistas nos melhores de minas

“o trabalho

vence tudo!”

O entrevistado desta edição é o associado Carlos Alberto Amorim, que com mais de quatro décadas na criação do Holandês, ele fala sobre produtividade, produção e experiências.

foto mArcelA diAs| vAlor comunicAçÃo

| QualiFicação | alimentação | aSSembléia |


Avenida Sete de Setembro, 623 | Centro Juiz de Fora | Mg | Cep 36070-000 Tel: (32) 4009-4300 | www.gadoholandes.com

JORNAL

ASSOCIAÇÃO DOS CRIADORES DE GADO HOLANDÊS DE MINAS GERAIS

ANOS 2003-2018

JORNAL HOLANDÊS

Publicação Oficial da Associação

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO | TRIÊNIO 2018/2020

dos Criadores de gado Holandês

CONSeLHO De ADMiNiSTRAçÃO Anípio pires Batista Vicente Armando eduardo de Lima Menge Cleverson Ozanan Braga Leonardo Moreira Costa de Souza Makoto edison Sekita Mauro Antônio Costa de Araújo

de Minas gerais - ACgHMg www.gadoholandes.com/jornal REDAÇÃO EQUIPE VALOR EDITORA

CONSeLHO FiSCAL guilherme Alves de Mello Franco Marcos Alves de Sousa Marcus Vinicius Borges de Carvalho

gRuPo de CoMuniCaÇÃo

Suplentes: Lúcia Mara Yamaguti Kono; Renato José Laguardia e Rui da Silva pinto. DiReTOR eXeCUTiVO Dr. Francisco Otaviano Fonseca Oliveira francisco@gadoholandes.com RepReSeNTAçÕeS RegiONAiS Nughoman - Núcleo dos Criadores de Gado Holandês da Mantiqueira Presidente - Jarbas de Oliveira Rua João Baptista Scarpa, 666 - Cep 37464-000 - itanhandu - Mg (35) 3361-2404 Nughobar - Núcleo dos Criadores de Gado Holandês de Barbacena Avenida Amílcar Savassi, s/n | Caixa postal 126 - Cep 36200-000 Barbacena - Mg | (32) 3332-8673

facebook.com/holandesonline/ @JornalHolandes @jornalholandes www.flickr.com/photos/holandesminas/

Projeto Gráfico e Editorial: equipe de Criação da Valor editora Edição e Diagramação Helô Costa - Mtb 00127/Mg Editor de Fotografia Wagner Correa Revisão Linguística professora Rosana Alves Revisão Técnica Dr. Francisco Otaviano Oliveira Reportagem esther Figueiredo Lídia Martins Wagner Correa Atualização Web gilberto Alves Contato Imprensa: editora.holandes@gmail.com Participe do jornal, envie sugestão de pautas, reclamações, agenda de eventos e deixe seus comentários, esse é o canal direto com o produtor: editora.holandes@gmail.com

JORNAL HOLANDÊS | ANO 15 | N. 182 | MARçO De 2019 | págiNA 2


palavra da aSSociação

dr. FranciSco otaviano FonSeca oliveira diretor executivo da acGhmG e médico veterinário

creScimento Sempre! Caros Leitores, primeiramente gostaria de agradecer o convite do Conselho Administrativo para retornar a Associação dos Criadores de gado Holandês de Minas gerais ACgHMg. estou muito honrado e feliz com a oportunidade de novamente trabalhar na entidade e poder contribuir juntamente com todos que aqui estão com o constante crescimento de nossa associação.

É IMPORTANTE QUE O ASSOCIADO PARTICIPE E CONTRIBUA PARA O FORTALECIMENTO E CRESCIMENTO DA ENTIDADE”

Quero lembrar que este mês temos a Assembléia geral, que entre muitos assuntos irá escolher um novo membro para o Conselho Administrativo. É importante que você associado participe e contribua para o fortalecimento e crescimento da entidade. espero por todos! O ano de 2019 se inicia com um bom cenário para a pecuária leiteira, os preços pagos aos produtor mostram elevação e com tendência de manutenção por um bom período. Agora cabe ao produtor fazer a sua parte, ter um bom gerenciamento, boa produtividade, ou seja, ser eficiente da porteira para dentro. Aproveito para lembrar a todos de participar do Roteiro programado. ele é destinado a visitas relacionadas a Registro genealógico e Classificação Linear para Tipo. Fique atento e acompanhe a agenda de visitas para ter bons preços nos serviços. Boa leitura à todos e um forte abraço! JORNAL HOLANDÊS | ANO 15 | N. 182 | MARçO De 2019 | págiNA 3


editorial

helô coSta Jornalista e editora

conQuiStaS e novidadeS Março é o mês da mulher que a cada ano conquistam novos espaços no agronegócio. e eu, como mulher, aproveito para compartilhar com você um pouquinho da minha experiência. Sinto-me honrada e muito feliz por ter a oportunidade de contribuir com a história do jornalismo no agronegócio, em especial com a família do Holandês de Minas que me acolhe há mais de 15 anos e junto com os criadores e a equipe da Associação dos Criadores de gado Holandês de Minas gerais consigo mostrar o potencial da raça e de seus associados. parabéns a todas nós, mulheres que no campo ou na cidade são sempre agroinspiradoras! A edição traz quatro décadas de destaque para o HVB e muitas conquistas na raça Holandesa. O bate-papo é com o associado Carlos Alberto Amorim, conhecido carinhosamente como Bito. Sempre com um largo sorriso, ele conta como driblar as oscilações do mercado e ter lucratividade, além de muitas experiências. Vale a pena conferir! A coluna Minas na estrada mostra muitas visitas pelo estado. e tem mais profissional na Associação Mineira realizando o serviço de Classificação Linear para Tipo. Acompanhe as novidades. Vale a pena investir em silagem? Veja as considerações do pesquisador André pedroso, da embrapa pecuária Sudeste e recomendações técnicas sobre esse processo. Associados, parceiros e amigos da raça Holandesa marquem na agenda o dia 21 de junho de 2019, em Belo Horizonte – Mg. Nessa data acontecerá o mais importante encontro da raça no estado, os Melhores de Minas. planejem e comemorem com a família do Holandês!!! em breve mais detalhes. Aproveite a edição e tenha uma ótima leitura!!!

PARABÉNS A TODAS NÓS, MULHERES QUE NO CAMPO OU NA CIDADE SÃO SEMPRE AGROINSPIRADORAS!

JORNAL HOLANDÊS | ANO 15 | N. 182 | MARçO De 2019 | págiNA 4


aGenda

roteiro proGramado 2019 PERÍODO ABRiL MAiO JUNHO JULHO AgOSTO SeTeMBRO

dr. leonardo rabello Guarino médico veterinário

OUTUBRO NOVeMBRO DeZeMBRO

PERÍODO ABRiL

MAiO JUNHO

JULHO

dr. rodriGo pireS alveS de SouSa médico veterinário

AgOSTO SeTeMBRO

OUTUBRO NOVeMBRO

DeZeMBRO

REGIÃO DE ATENDIMENTO pATROCÍNiO, COROMANDeL, UBeRABA, UBeRLÂNDiA, iTUiUTABA. pATOS De MiNAS, CARMO DO pARANAÍBA, SÃO gOTARDO gUAXUpÉ, CARMO DO RiO CLARO, pASSOS, piUMHi, BOA eSpeRANçA. pATROCÍNiO, COROMANDeL, UBeRABA, UBeRLÂNDiA, iTUiUTABA. pATOS De MiNAS, CARMO DO pARANAÍBA, SÃO gOTARDO gUAXUpÉ, CARMO DO RiO CLARO, pASSOS, piUMHi, BOA eSpeRANçA. pATROCÍNiO, COROMANDeL, UBeRABA, UBeRLÂNDiA, iTUiUTABA. pATOS De MiNAS, CARMO DO pARANAÍBA, SÃO gOTARDO gUAXUpÉ, CARMO DO RiO CLARO, pASSOS, piUMHi, BOA eSpeRANçA.

REGIÃO DE ATENDIMENTO BeLO HORiZONTe, SeTe LAgOAS, DiViNÓpOLiS, MONTeS CLAROS, JANUáRiA, gOVeRNADOR VALADAReS, TeÓFiLO OTONi e eTC. LAVRAS, TRÊS CORAçÕeS, FORMigA, ANDReLÂNDiA, CRUZÍLiA, CAXAMBU. BARBACeNA, iBeRTiOgA, SÃO JOÃO DeL ReY, CONSeLHeiRO LAFAieTe, JUiZ De FORA, LeOpOLDiNA, RJ (TODO O eSTADO). iTANHANDU, LAMBARi, pOUSO ALegRe, iTAJUBá, pOçOS De CALDAS. LAVRAS, TRÊS CORAçÕeS, FORMigA, ANDReLÂNDiA, CRUZÍLiA, CAXAMBU. BARBACeNA, iBeRTiOgA, SÃO JOÃO DeL ReY, CONSeLHeiRO LAFAieTe, JUiZ De FORA, LeOpOLDiNA, RJ (TODO O eSTADO). iTANHANDU, LAMBARi, pOUSO ALegRe, iTAJUBá, pOçOS De CALDAS. BeLO HORiZONTe, SeTe LAgOAS, DiViNÓpOLiS, MONTeS CLAROS, JANUáRiA, gOVeRNADOR VALADAReS, TeÓFiLO OTONi. LAVRAS, TRÊS CORAçÕeS, FORMigA, ANDReLÂNDiA, CRUZÍLiA, CAXAMBU.

32 4009 4300

JORNAL HOLANDÊS | ANO 15 | N. 182 | MARçO De 2019 | págiNA 5


aGenda

expoSiçÕeS homoloGadaS minaS GeraiS

MEGALEITE 19 a 22 de junho Belo Horizonte | Mg

MELHORES DE MINAS 21 de junho Belo Horizonte | Mg

EXPHOMIG ETAPA CIRCUITO NACIONAL Julgamentos 13 e 14 de setembro itanhandu | Mg

oportunidadeS CASTRO | PR A tradicional exposição de gado Jovem da Castrolanda – expojovem acontecerá nos dias 21 a 23 de março de 2019, no pavilhão Agroleite, Cidade do Leite, em Castro-pR. A programação contempla Road Show Cidade do Leite, julgamentos das raças Holandesa e Jersey, seminário internacional e muito mais. Mais informações: www.agroleitecastrolanda.com.br/expojovem BELO HORIZONTE | MG O instituto Mineira de Agropecuária - iMA realiza treinamento para emissão da guia de Trânsito Animal - gTA. para se tornar habilitado a emitir a gTA na saída de animais em eventos pecuários, o Médico Veterinário deve participar de um treinamento específico que acontecerá nos dias 09 e 10 de abril de 2019, de 8:30 às 18:00, na Cidade Administrativa - prédio gerais - 9º andar – plenário. para se inscrever o interessado deve preencher uma ficha que está disponível no site do iMA e entregá-las em duas vias no escritório da entidade em que deseja ser vinculado, geralmente o município de residência ou aquele em que irá atuar. A participação em treinamento não garante a habilitação. O profissional aprovado no treinamento receberá certificado de participação com validade de um ano. Mais informações: www.ima.mg.gov.br LAGOA DA PRATA | MG O Dia de Campo “Mercado Lácteo e de seus insumos” acontecerá no dia 21 de março de 2019, na granja Camponesa, em Lagoa da prata – Mg. entre os vários assuntos abordados está o uso eficiente do concentrado e o equilíbrio nos custos de produção, os entraves e as oportunidades sobre a competitividade do leite. A taxa de inscrição é um 1 kg de alimento não perecível. Mais informações: www.embaré.com.br

JORNAL HOLANDÊS | ANO 15 | N. 182 | MARçO De 2019 | págiNA 6


EDITAL ELEIÇÃO DE UM ASSOCIADO PARA OCUPAR CADEIRA VAGA NO CONSELHO ADMINISTRATIVO DA ACGHMG O presidente do Conselho de Administração da Associação dos Criadores de Gado Holandês de Minas Gerais – ACGHMG, Gestão 2018/2020, Sr. Leonardo Moreira Costa de Souza, usando de suas atribuições que lhe são conferidas pelo Art. 16 – 2º Parágrafo do Estatuto Social desta entidade informa a todos os associados que na próxima Assembléia Geral Ordinária da ACGHMG, convocada para o dia 20 de março de 2019, às 09h, será realizada a eleição de um associado para ocupar cadeira vaga no Conselho Administrativo da ACGHMG, em substituição a membro anteriormente eleito entre os associados da Região Central, Metropolitana, Norte, Vale do Jequitinhonha, Vale do Mucuri e Vale do Rio Doce. O mandato do atual Conselho Administrativo seguirá até 31 de dezembro de 2020. Conforme o artigo 8, alínea b, combinado com Art. 11, §5º, do Estatuto Social da ACGHMG, somente serão elegíveis para compor o Conselho Administrativo os associados que possuam mais de 36 (trinta e seis) meses de inscrição no quadro social da ACGHMG e estejam em pleno gozo de seus direito sociais, que não apresentem restrições de crédito ou que não estejam impedidos por lei ordinária ou especial, tampouco condenados à pena que vede, ainda que temporariamente, o acesso a cargo público, ou por crime falimentar, de prevaricação, peita ou suborno,concussão, peculato, ou contra a economia popular, contra o sistema financeiro nacional, contra as normas de defesa da concorrência, contra as relações de consumo, a fé pública ou a propriedade,enquanto perduram os efeitos da condenação, nos termos do parágrafo primeiro do art. 1011 do Código Civil. Os associados que desejarem candidatar-se para ocupar a cadeira vaga no Conselho Administrativo deverão ser criadores na Região Central, Metropolitana, Norte, Vale do Jequitinhonha, Vale do Mucuri e Vale do Rio Doce, e deverão inscrever seus nomes por meio de requerimento dirigido ao Presidente do Conselho Administrativo, nos termos do Estatuto. Por ser um processo eleitoral objetivando sanar vacância no Conselho Administrativo, a eleição será presencial e ocorrerá durante a Assembléia Geral Ordinária acima indicada. Inexistindo candidatos, a vaga deverá ser ocupada pelo candidato mais votado entre os presentes na Assembléia e não eleitos para determinada faixa de composição do Conselho Administrativo.

Juiz de Fora, 27 de fevereiro de 2019. ______________________________________________________ Leonardo Moreira Costa de Souza Presidente do Conselho Administrativo

ASSOCIAÇÃO DOS CRIADORES DE GADO HOLANDÊS DE MINAS GERAIS Avenida Sete de Setembro, 623 – Costa Carvalho – Juiz de Fora/MG – CEP36070 000 Tel. (32) 4009-4300 Fax. (32) 40094305

www.gadoholandes.com

JORNAL HOLANDÊS | ANO 15 | N. 182 | MARçO De 2019 | págiNA 7


foto leonaRdo RaBello

minaS na eStrada

FAZENDA BAIXA itutinga | Mg AFIXO | DiSi ASSOCIADO Dinalves Silva VISITA REALIZADA pelo inspetor Técnico de Registro, Dr. Leonardo Rabello

dr. leonardo com nelson que trabalha na fazenda há mais de 25 anos foto aRQuiVo PeSSoal

andré com o pai José alair couto, adílio e Fernando FAZENDA DA CAVA | Coqueiral | Mg AFIXO | ZC CAVA ASSOCIADO | José Alair Couto VISITA REALIZADA pelo Técnico de Controle de produção, Adílio Rosário de Oliveira JORNAL HOLANDÊS | ANO 15 | N. 182 | MARçO De 2019 | págiNA 8


FAZENDA RANCHO GRANDE | Três pontas | Mg AFIXO | JeL RANCHO gRANDe ASSOCIADO | José Carlos dos Reis VISITA REALIZADA pelo Superintendente Técnico, Dr. Francisco Otaviano Oliveira

FAZENDA BAIXADÃO | Carmo da Cachoeira | Mg AFIXO | FZ BA ASSOCIADO | Marcos paiva Frota e patricia N. p. Frota VISITA REALIZADA pelo Técnico de Controle de produção, Adílio Rosário de Oliveira JORNAL HOLANDÊS | ANO 15 | N. 182 | MARçO De 2019 | págiNA 9

fotoS aRQuiVo PeSSoal

José carlos dos reis com os filhos bruno e Flávio


fotoS leonaRdo RaBello

FAZENDA BABILÔNIA Lagoa Formosa | Mg AFIXO | AMeRiCANO ASSOCIADO Antônio Celso Americano

dr. leonardo com antônio celso americano e o gerente matheus henrique

VISITA REALIZADA pelo inspetor Técnico de Registro, Dr. Leonardo Rabello

FAZENDA QUELUZ Conselheiro Lafaiete | Mg AFIXO | QUeLUZ ASSOCIADO Otto pessoa de Mendonça VISITA REALIZADA pelo inspetor Técnico de Registro, Dr. Leonardo Rabello

dr. denilson Glodoaldo, dr. leonardo com o agrônomo bernardo, filho do otto mendonça JORNAL HOLANDÊS | ANO 15 | N. 182 | MARçO De 2019 | págiNA 10


reunião

convite aoS aSSociadoS entre os assuntos a serem tratados na Assembléia geral Ordinária está a eleição do novo membro do Conselho Administrativo A Associação dos Criadores de gado Holandês de Minas gerais – ACgHMg convida os associados a participarem da Assembleia geral Ordinária que será realizada no dia 20 de março de 2019, as 9horas, na sede da entidade, localizada em Juiz de Fora – Mg. entre os vários assuntos a serem definidos está a eleição do novo membro do Conselho Administrativo que ocupará a vaga referente a Região Central, Metropolitana, Norte, Vale do Jequitinhonha, Vale do Mucuri e Vale do Rio Doce. O mandato do atual Conselho Administrativo vai até o dia 31 de dezembro de 2020. QUeM pODe Se CANDiDATAR A vaga em aberto deverá ser ocupada por um criador da Região Central, Metropolitana, Norte, Vale do Jequitinhonha, Vale do Mucuri e Vale do Rio Doce. para ocupar a cadeira disponível é necessário que o criador tenha no mínimo três anos de inscrição como associado, estar em dia com todas as suas obrigações e não possuir qualquer restrição de crédito ou impedimento ao exercício do cargo. eNTeNDA A FORMA De gOVeRNANçA A forma de governança da Associação Mineira é formada por um Conselho de Administração composta por associados e por uma

Diretoria executiva, atualmente representada pelo Médico Veterinário, Dr. Francisco Otaviano Fonseca Oliveira. O Conselho de Administração é composto por sete conselheiros de diferentes regiões, dando a oportunidade dos criadores mostrarem suas dificuldades e anseios por meio de participação ativa na entidade. O conselho tem como competência definir as diretrizes, os planos das atividades comerciais e as normas gerais que deverão reger a entidade. COMO pARTiCipAR Os associados interessados deverão inscrever seus nomes por meio de um requerimento dirigido ao presidente do Conselho Administrativo, nos termos do estatuto e deverá ser enviada pelo correio para a sede da ACgHMg, Avenida Sete de Setembro, 623, Bairro Costa Carvalho, Juiz de Fora, Minas gerais – Cep 36070.000 ou por e-mail: rodolfo@gadoholandes.com. A eleição será presencial e ocorrerá durante a Assembleia geral Ordinária. Caso não haja candidato a vaga deverá ser ocupada pelo mais votado entre os presentes na Assembleia e não eleitos para determinada faixa de composição do Conselho Administrativo. Mais informações: 32 4009 43 00

JORNAL HOLANDÊS | ANO 15 | N. 182 | MARçO De 2019 | págiNA 11


CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO TRIÊNIO 2018-2020 reGião daS vertenteS e zona da mata cleverson ozanan braga reGião do alto paranaíba/noroeSte e triÂnGulo makoto edison Sekita reGião Sul/SudoeSte e oeSte armando eduardo de lima menge REGIÃO CENTRAL, METROPOLITANA, NORTE, VALE DO JEQUITINHONHA, VALE DO MUCURI E VALE DO RIO DOCE EM ABERTO conSelheiro Que tem reGiStrado até trinta animaiS por ano, em média, noS ÚltimoS trêS anoS anípio pires batista vicente conSelheiro Que tem reGiStrado maiS de cem animaiS, em média, noS ÚltimoS trêS anoS mauro antônio costa de araújo conSelheiro eleito livremente entre oS aSSociadoS ativoS leonardo moreira costa de Souza.

conSelho FiScal efetivos Guilherme alves de mello Franco, marcos alves de Sousa e marcus vinicius borges de carvalho. Suplentes lúcia mara Yamaguti Kono; renato José laguardia e rui da Silva pinto Júnior.

JORNAL HOLANDÊS | ANO 15 | N. 182 | MARçO De 2019 | págiNA 12


aSSociado em pauta José Afonso Amorim | AfiXo Amorim | pAtrocÍnio - mg

paixão e neGócio

JuntoS “Quero permanecer na atividade leiteira e quero ainda fazer uma grande Campeã Nacional”, ressalta Carlos Alberto Amorim fotos Arquivo pessoAl

JORNAL HOLANDÊS | ANO 15 | N. 182 | MARçO De 2019 | págiNA 13


Sempre com um largo sorriso, muita simpatia e com mais de quatro décadas na criação do Holandês, o entrevistado dessa edição é o associado e Engenheiro Civil, Carlos Alberto Amorim, conhecido carinhosamente como Bito, que mesmo com o sufoco dos preparativos da silagem conseguiu um tempinho para conversar com a nossa equipe. A propriedade localiza-se na cidade mineira de Patrocínio e como o próprio nome indica, a Chácara das Palmeiras recebe os visitantes, logo na entrada, com um corredor de belas palmeiras. A sua história na raça Holandesa começou com o seu pai, José Afonso Amorim que numa viagem entre Uberaba e Uberlândia, viu um gado vermelho pastando e ficou encantado com a cena. “Logo o meu pai investiu na compra de um sítio,

que é a nossa chácara hoje, e começou a criação do nosso Holandês na variedade vermelho e branco. Por sua influência nasceu a minha paixão e respeito pelo gado Holandês e principalmente pelo HVB.” Conhecido como o Holandês do Cerrado, Bito destaca em sua entrevista que é fundamental saber aonde melhorar e como melhorar e os serviços prestados pela Associação dos Criadores de Gado Holandês de Minas Gerais - ACGHMG fornecem e auxiliam nessa hora. Além disso, para driblar as oscilações do mercado e ter lucratividade o criador tem que unir a produtividade com a produção. Ele compartilha com os nossos leitores ideias e muitas experiências.

JORNAL HOLANDÊS | ANO 15 | N. 182 | Março de 2019 | página 14


JORNAL HOLANDÊS: Conte um pouco sobre a sua estrutura. CARLOS ALBERTO AMORIM: Nossa estrutura é mista, pois estamos sempre adaptando as novidades de mercado. Crio minhas bezerrinhas em gaiolas suspensas passando depois para baias cimentadas e em seguida as agrupo em piquetes e por fim vou subindo para piquetes maiores aonde nas águas eu consigo fazer uma rotação das novilhas nos antigos piquetes das vacas e daí consigo economizar com essa rotação. As vacas pré-parto também ficam em piquetes próprios, bem sombreados e as vacas de produção estão em sistema de Compost Barn e com os anos fui investimento na modernização da ordenha. JH: Ao longo da sua história, quais foram as maiores

mudanças? CA: Criamos Holandês há 43 anos e 40 deles nós selecionamos o HVB. Quando começamos aqui no serrado havia, talvez, alguns gatos pingados e nem mesmo os técnicos possuíam muito conhecimento sobre a raça. Com o tempo veio chegando mais informações específicas sobre o Holandês, gado de alta produtividade, mas começamos com o pasto mesmo, depois fizemos piquetes pequenos aonde o gado tinha movimentação, mas era suplementado no cocho e agora evoluímos para o Compost Barn. O uso de tecnologia e genética foi o que mais cresceu nesse período, mas estamos sempre aprimorando.

Supera-se tudo com muito amor, carinho, sobriedade e muito trabalho. O trabalho vence tudO”

JH: É possível viver do leite? CA: É possível viver do leite sim, embora nossa família sempre mantivesse outras fontes de

JORNAL HOLANDÊS | ANO 15 | N. 182 | março de 2019 | página 15


momentos de orgulho O Médico Veterinário da fazenda, Dr. Ronaldo, com José Afonso Amorim e Dr. Pedro Guimarães, da Associação Brasileira, durante a Expohol 2011, em São Paulo

Ao longo de sua história, a Fazenda das Palmeiras participou de várias exposições

Quem não é visto não é lembrado como diz o velho ditado popular


renda e não conseguimos viver exclusivamente da produção. Em conversa com amigos reforço a ideia de que o negócio do leite terá que ser regido por dois pilares. Uma é a produtividade do animal: gado especializado em alta produção com alimentação racionalizada e médias acima de 30 a 35 kg por vaca. O segundo é o volume total de produção que para justificar o investimento teria que ser acima da ordem de 2.500 a 3.000 litros no mínimo. Para viver do leite é possível sim, mas é fundamental ter os dois binômios juntos: produção e produtividade. JH: Como é ser um produtor de leite no Brasil? CA: Imagina você ser um produtor em um país que não tem uma politica agrícola, depois você passa por uma atividade que é executada a céu

aberto, a mercê das intempéries, trabalha com um ser vivo, com suas fraquezas e doenças e que você não pára por 365 dias do ano. Ser um produtor de leite é muito difícil, no Brasil é dar murro em ponta de faca. Por isso, sempre digo que se supera tudo com muito amor, carinho, sobriedade e muito trabalho. O trabalho vence tudo! JH: Quais os objetivos do seu negócio? CA: Essa pergunta me faz meditar e devanear um pouco, são tantos anos criando o Holandês, passando por tantas etapas... É uma mistura de prazer, negócio que se fundem e se misturam no meu pensamento que é difícil falar de um único objetivo. Faz parte da minha vida, pois comecei com 14 ou 15 anos a ajudar o meu pai. Passado tantos anos, eu avalio que não pode haver somente um objetivo, pois preci-

Todo mundo que faz o que gosta, faz melhor Paixão e negócio devem caminhar juntos, para podermos ser feliz!!

JORNAL HOLANDÊS | ANO 15 | N. 182 | março de 2019 | página 17


samos ter produção, sólidos, boa genética, vacas sadias... Isso tudo tem que caminhar junto, a vaca tem que parir bem, ter saúde, ela precisa ter genética para poder andar bem... Os objetivos tem que caminhar juntos, temos que tentar sempre conciliar para não cair na armadilha do modismo.

conquistamos muitos prêmios nesses 43 anos de criação e todos são muito especiais”

JH: Fale um pouco sobre a criação do HVB. CA: A criação do HVB começou pela beleza do animal no cenário do campo, vejo nele um animal produtivo, de tempos em tempos nós adicionamos a genética do HPB para criarmos um animal diferente, um recessivo, e depois voltamos ao HVB novamente. Em nossas observações, que não são científicas e sim empíricas, o vermelho é mais robusto, enfrenta melhor o calor e os parasitas da nossa região. Claro que não estou levando em consideração se a nossa seleção genética nos levou a isso. Outro fator que observamos é que nosso leite possui mais sólido, mas como disse é puramente uma observação não uma afirmação sobre o HVB. Quanto à produção nossas vacas vermelhas e pretas e brancas produzem nas mesmas proporções. Hora umas mais que outras, mas não observamos diferenças notáveis entre elas em nossa propriedade. JH: Como você trabalha a sua comunicação? CA: As exposições são importantíssimas nesse sentido. Sempre que podemos participamos de exposições tanto as grandes, a Megaleite quando era em Uberaba é um exemplo, como as regionais. Outras formas são os dias de campo que promovemos em nossa propriedade. Tenho também utilizado as mídias e redes sociais. Quem não é visto não é lembrado como diz o velho ditado popular. JH: E o evento Melhores de Minas, ele contribui para o seu negócio? CA: Nem sei precisar a quanto tempo participamos e somos agraciados pelos Melhores de Minas. Lembro-me de ir com meu pai no sul de Minas e recentemente em Belo Horizonte. Acredito que todos os criadores deveriam comparecer ao evento. É aonde encontramos os amigos, outros criadores, que têm novas ideias ou ideias diferentes e conseguimos trocar muitas informa-

JORNAL HOLANDÊS | ANO 15 | N. 182 | Março de 2019 | página 18


ções. Eu aproveito também o evento para divulgar meus animais assim como os resultados demonstram e como eles podem ser melhoradores para as sua fazenda.

Saber onde melhorar e como melhorar é fundamental e a associação mineira fornece e auxilia nessa hora”

JH: Na prática, como os serviços da Associação Mineira contribuem para a sua propriedade? CA: A Associação Mineira fornece informações valiosas. No Controle Leiteiro você consegue separar suas melhores vacas na lactação e não pelo pico como muitos fazem quando na verdade nem sempre vacas avaliadas assim são as mais produtivas. Você consegue detectar a sanidade do seu rebanho assim como contagem de sólidos, conseguindo montar um quadro apurado do seu rebanho. O Registro Genealógico é outro serviço que garante a segurança nas informações de pedigree e genética para os nossos clientes.

A Classificação Linear para Tipo é outra ferramenta que é fundamental na seleção do rebanho, te auxiliando para fazer o acasalamento com animais aonde você poderia melhorar perna, úbere, leite, produção entre outras características. Saber onde melhorar e como melhorar é fundamental e a ACGHMG fornece e auxilia nessa hora. Uma prestação de serviços importantíssima! JH: Como você lida com as questões ambientais? CA: Sempre nos preocupamos com o meio ambiente. Nossa água é oriunda de posso artesiano e como não possuímos manancial de superfície não há a possibilidade de jogarmos dejetos ou outros em curso d’agua. Reaproveitamos os mesmo na lavoura, tantos os sólidos como os líquidos, e assim torna o nosso negócio mais sustentável.

JORNAL HOLANDÊS | ANO 15 | N. 182 | março de 2019 | página 19


JH: Produtividade e qualidade. CA: Acredito que não é difícil. A produtividade você precisa ter boas vacas leiteiras, bom manejo e boa alimentação. A qualidade vem da sua estrutura dento da fazenda, uma ordenha boa, bem revisada, um tanque de expansão de qualidade que gele rápido o leite e funcionários dedicados na hora da ordenha e na limpeza dos materiais. E acredito que o caminho para podermos sair de todas essas intempéries políticas do país é ter produtividade, produção e qualidade. JH: Quais os planos para o futuro? CA: Todo mundo que faz o que gosta faz melhor. É necessário paixão pelo negócio para ele dar certo e é por isso que pretendo sempre estar na atividade leiteira e quero ainda fazer uma grande Campeã Nacional.

é possível VIVER DO LEITE, mas PARA ISSO é fundamental ter os dois binômios juntos: produção e produtividade”

JORNAL HOLANDÊS | ANO 15 | N. 182 | Março de 2019 | página 20


QualiFicação

otimizando oS cuStoS

A Associação Mineira qualifica profissionais para que possam agregar em única visita mais serviços aos associados foto leonaRdo RaBello

ao centro, o mais novo classificador oficial da associação mineira, dr. Francisco otaviano Fonseca oliveira com dr. pedro JORNAL ribas eHOLANDÊS dr. leonardo | ANO 15rabello | N. 182 | MARçO De 2019 | págiNA 21


Atualmente o termo otimizar está sendo muito utilizado: É importante otimizar custos, otimizar produtividade, otimizar processos, otimizar o tempo, etc., é fundamental estabelecer prioridades para uma maior eficiência e eficácia em busca de obter os melhores rendimentos. Com o objetivo de otimizar as visitas e agregar mais valor aos associados, a Associação dos Criadores de gado Holandês de Minas gerais pretende qualificar cada vez mais seus profissionais. A Classificação Linear para Tipo foi o foco de muitos encontros, qualificação e atualização. Vale lembrar que a Associação Mineira já possui como Classificador Oficial, o inspetor Técnico de Registro e Médico Veterinário, Dr. Rodrigo pires Alves de Sousa. profissionais da entidade saíram de Juiz de Fora e fizeram a sua primeira parada em terras paranaense e em seguida o destino foi o estado de goiás.

O Diretor executivo e Superintendente Técnico da ACgHMg, Dr. Francisco Otaviano Fonseca Oliveira esteve no período de 19 a 21 de fevereiro de 2019, no paraná para participar de uma atualização sobre Classificação Linear para Tipo. ele já era Classificador Oficial, mas o seu registro foi suspenso quando desvinculou da entidade e foi para uma empresa comercial. O inspetor Técnico de Registro e Médico Veterinário, Dr. Leonardo Rabello acompanhou a atualização como observador e aproveitou a viagem para continuar o seu treinamento, que começou ano passado, como Classificador Oficial. No paraná, eles foram recebidos pelo Coordenador do Colégio de Classificadores da Associação Brasileira dos Criadores de Bovinos da Raça Holandesa - ABCBRH e Médico Veterinário, Dr. pedro guimarães Ribas Neto. Segundo ele, para ser um bom Classificador é fundamental conhecer

foto Reinaldo figueiRedo

dr. leonardo continua o seu treinamento sob a supervisão do dr. Francisco e dr. rodrigo JORNAL HOLANDÊS | ANO 15 | N. 182 | MARçO De 2019 | págiNA 22


a raça, a vaca Holandesa e suas particularidades, e principalmente como funciona uma boa vaca de leite através das 23 características econômicas e funcionais que são avaliadas. “Buscamos a vaca longeva, de muita produção, funcional e economicamente sustentável”, comenta Pedro Ribas. Eles visitaram em Carambeí as propriedades de Sérgio Augusto Spinardi e de Auke e ou Bauke Dijkstra, já em Castro eles tiveram a oportunidade de conhecer a fazenda de Lucas Rabbers e Armando Rabbers. Finalizando as visitas no Paraná e dando continuidade a viagem, a equipe da Associação Mineira foi para a próxima

parada: Fazenda Figueiredo, em Cristalina – GO. Dr. Francisco já colocou em prática a atualização e o reconhecimento como Classificador Oficial da entidade. Na fazenda encontraram com o Dr. Rodrigo e Dr. Leonardo aproveitou para dar continuidade ao seu treinamento com a presença dos dois Classificadores Oficiais da entidade. A sua qualificação começou no ano passado e primeiro ele tem que passar por um período acompanhando os Classificadores em Minas Gerais para depois ser avaliado e conseguir o credenciamento como Classificador Oficial da raça Holandesa que é concedido pela Associação Brasileira.

Em sua trajetória na entidade, Dr. Leonardo começou no Controle Leiteiro, atualmente está no Registro Genealógico e agora caminha para ser Classificador Oficial. “É fundamental estar sempre olhando vacas, estar sempre no campo treinando o olhar. Estou empolgado com mais essa qualificação que irá agregar muito nas minhas visitas aos associados”. A Associação Mineira aproveita para agradecer aos associados pelo acolhimento e disponibilidade nesses anos de muitos profissionais treinados, qualificados e sempre de olho na e voluç ã o da r a ç a Holandesa! foto Reinaldo Figueiredo

Profisionais da Associação Mineira sempre investindo na qualificação da equipe e serviços mais completos

JORNAL HOLANDÊS | ANO 15 | N. 182 | março de 2019 | página 23


Selo de Qualidade

proceSSo de certiFicação maiS

FÁcil e aceSSível iMA estimula adesão de produtores ao programa Certifica Minas e exclui taxas de certificação de produtos fotoS: WagneR CoRRea

O instituto Mineiro de Agropecuária - iMA tem mudanças nos preços da prestação de serviços de certificação de produtos agropecuários e agroindustriais. A partir de agora, o produtor não pagará as taxas de emissão de selos e de registro dos estabelecimentos, mas apenas a de auditoria, no valor de 100 ufemgs, que equivale a R$ 359,32. A medida beneficia mais de 1,5 mil produtores do estado que já fazem parte do programa Certifica Minas e aqueles que pretendem entrar no processo de certificação. para os produtores da agricultura familiar a certificação é totalmente gratuita mediante a apresentação da declaração de aptidão ao programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar - pronaf. De acordo com o gerente de Certificação do iMA, Rogério Carvalho Fernandes, “a portaria amplia a adesão de produtores tornando o processo de certificação mais fácil e acessível, beneficiando meio ambiente e sociedade, que conta-

rão com produção sustentável e produtos de qualidade”, disse. O iMA é o organismo de certificação oficial do programa Certifica Minas, que também é executado pela emater-Mg e epamig, sob a coordenação da Secretaria de estado de Agricultura, pecuária e Abastecimento. O programa Certifica Minas engloba os produtos leite, queijo, café, cachaça, azeite, frutas, carne, frango caipira, algodão e produtos sem agrotóxicos - SAT. Fernandes explica que a certificação também possibilita uma melhor rentabilidade no processo produtivo, a partir da adoção de boas práticas administrativas que melhoram a gestão. “É oportunidade também para se diferenciar no mercado com maior valor agregado ao seu produto e, com isso, ampliar as vendas”, destacou. Acompanhe todas as etapas necessárias para o produtor de leite conseguir a certificação do iMA.

JORNAL HOLANDÊS | ANO 15 | N. 182 | MARçO De 2019 | págiNA 24


CERTIFICA MINAS - LEITE O interessado em certificar a produção e propriedade precisa seguir as etapas abaixo:

Etapa 1 CONHeCeR O pROCeSSO De CeRTiFiCAçÃO O produtor deve conhecer as normas, critérios de cumprimento e procedimentos que regem o processo de certificação do programa Certifica Minas Leite que está disponível na página do iMA: www.ima.mg.gov.br

Etapa 2 ADeQUAR ÀS NORMAS DO pROgRAMA CeRTiFiCA MiNAS LeiTe Após conhecer as normas e procedimentos do processo de certificação e havendo o interesse em aderir ao programa Certifica Minas Leite, o produtor, de forma autônoma ou sob orientação e acompanhamento de consultores externos (técnicos da emater Mg ou da iniciativa privada) deverá adequar o seu sistema de produção e a sua propriedade para atendimento às normas estabelecidas.

Etapa 3 pReeNCHeR ReQUeRiMeNTO De CeRTiFiCAçÃO Depois de realizar as adequações estabelecidas pelas normas para certificação, o produtor deverá preencher o Requerimento Certifica Minas Leite , anexar a documentação exigida, e enviar para: instituto Mineiro de Agropecuária - iMA gerência de Certificação Rodovia papa João paulo ii, nº 4001 Cidade Administrativa presidente Tancredo Neves edifício gerais – 10º andar Bairro: Serra Verde Cep: 31.630-901 - Belo Horizonte / Minas gerais

JORNAL HOLANDÊS | ANO 15 | N. 182 | MARçO De 2019 | págiNA 25


Etapa 4 ANáLiSe DA DOCUMeNTAçÃO e CONTRATO Num prazo de 30 dias, a gerência de Certificação do iMA fará a análise e a avaliação dos documentos enviados pelo produtor. Caso haja viabilidade, o interessado receberá o Contrato e taxa de auditoria. estando de acordo, deve assiná-lo, devolver à gerência de Certificação juntamente com o comprovante de pagamento da taxa. em seguida o iMA enviará a proposta de serviço com as informações sobre a auditoria a ser realizada (data, duração, componentes da equipe auditora etc.)

Etapa 5 AUDiTORiAS De CONFORMiDADe Na auditoria de conformidade o auditor do iMA irá constatar in loco o cumprimento das normas de certificação pelo produtor. Serão realizadas visitas técnicas na propriedade para observação visual, entrevistas e checagem de registros (documentos, notas fiscais, recibos, anotações etc.) referentes a todas as etapas do processo produtivo na propriedade.

Etapa 6 CRiTÉRiOS pARA ApROVAçÃO e TRATAMeNTO De NÃO CONFORMiDADeS para serem aprovadas na auditoria de conformidade, as propriedades devem cumprir todos os itens obrigatórios e um somatório de 80% do total de itens das normas de certificação. Caso não atinja o valor mínimo, o produtor deverá dar tratamento às não conformidades e efetuar as adequações necessárias ao cumprimento das normas e informar ao iMA por meio de documentação específica.

Etapa 7 OBTeNçÃO DO CeRTiFiCADO e DO SeLO A propriedade aprovada na auditoria receberá o Certificado e a Autorização para o uso do Selo de conformidade.

Etapa 8 MANUTeNçÃO DA CeRTiFiCAçÃO A manutenção da certificação fica condicionada à aprovação nas auditorias de conformidade que serão realizadas anualmente. Mais informações 31 3915-8774 ou pelo e-mail gec@ima.mg.gov.br

JORNAL HOLANDÊS | ANO 15 | N. 182 | MARçO De 2019 | págiNA 26


alimentação

foto: CRiStina BRito/eMBRaPa

vale a pena

inveStir em SilaGem?

Silagem de milho requer cuidados desde antes do plantio da lavoura Meados dos meses de fevereiro e março, muitos pecuaristas estão preparando silagem de milho para alimentar o rebanho durante a seca. O pesquisador André pedroso, da embrapa pecuária Sudeste, em São Carlos, Sp faz algumas recomendações técnicas sobre esse processo, mas antes demonstra uma preocupação básica que os produtores devem levar em conta: vale a pena investir nesse tipo de alimento? ele explica que a silagem é uma das forragens mais caras e sua produção precisa ser planejada

com muito critério. “Às vezes não se justifica. Depende do tamanho e nível de produção do rebanho, da topografia, da capacidade de investimento em máquinas, entre outros fatores”, afirmou. para tomar a decisão correta, é preciso fazer contas. De acordo com André, há situações em que é mais vantajoso o pecuarista optar pela canade-açúcar ou outro volumoso de custo mais baixo, priorizando uma alimentação de menor risco e menor custo. “Não adianta produzir silagem, que é cara, com qualidade ruim”, alerta.

JORNAL HOLANDÊS | ANO 15 | N. 182 | MARçO De 2019 | págiNA 27


COMO FAZER Nesta época do ano, o pecuarista que planejou a produção de silagem está colhendo o milho que foi plantado há aproximadamente cem dias. De acordo com o pesquisador, é muito importante que se pense no processo todo, e não apenas na colheita, picagem e no armazenamento. “O pecuarista precisa ter consciência e produzir uma lavoura de boa qualidade, como se fosse para a produção de grãos mesmo. Uma lavoura de milho de baixa qualidade vai afetar a produtividade da silagem, aumentando o custo final do produto”, explicou André. Um cuidado que deve ser tomado é a definição do ponto de colheita. “O milho deve ser colhido quando a metade superior dos grãos está no ponto farináceo e a metade inferior ainda leitosa. Isto geralmente ocorre 30 dias após o ‘ponto de pamonha’, sendo que as palhas externas das espigas normalmente já se encontram amareladas e os grãos do meio das espigas estão dentados”, disse o pesquisador. Segundo ele, para descobrir o ponto ideal o produtor deve partir algumas espigas ao meio e apertar os grãos medianos com os dedos, ou fazer um corte transversal no grão, para poder avaliar. “O ponto de colheita não deve ser determinado pelo aspecto visual da lavoura. Uma eventual deficiência de potássio no solo, por exemplo, pode fazer o pé de milho secar na

Foto: Ana Maio/embrapa

André Pedroso ressalta que a qualidade da lavoura afeta diretamente a produtividade da silagem parte baixa. O produtor acha que está na hora de colher, mas não está”, afirmou. Em casos de lavouras grandes, o ideal é fazer o plantio escalonado para que a colheita ocorra no momento certo ou optar por variedades mais precoces conjugadas às mais tardias. De acordo com o pesquisador, depois de definido o ponto de colheita, o produtor precisa estar atento ao maquinário que vai utilizar. “As máquinas devem estar bem reguladas para uma picagem uniforme. O tamanho das partículas deve ser entre 0,5cm e 1cm. Por isso as lâminas devem estar bem amoladas.” O enchimento e a compactação do silo devem ocorrer da forma mais rápida possível. A distribuição da silagem precisa ser constante, bem como a com-

pactação de camadas finas. As camadas de milho picado devem ter no máximo 30cm a 40cm de espessura e todas precisam estar bem compactadas. “Em silos tipo ‘trincheira’, a compactação deve ser feita com tratores de pneu, sendo que o efeito da compactação é efetivo apenas na camada superior, de 30cm a 40 cm de espessura, de forma que a compactação deve ser feita de forma constante, à medida que a forragem é colocada no silo. É praticamente impossível melhorar a compactação de uma camada que não tenha sido compactada adequadamente, e que já tenha sido coberta por camadas subsequentes. A velocidade de chegada de forragem ao silo deve ser compatível com a capacidade de compactação. Silos que não possam ser fechados no

JORNAL HOLANDÊS | ANO 15 | N. 182 | Março de 2019 | página 28


Foto: reprodução

esquema de compactação em silo tipo trincheira mesmo dia devem ser enchido pelo ‘sistema de rampa’ para que as camadas de forragem que vão sendo compactadas no silo sejam isoladas do ar o mais rapidamente possível”, explica André. Após o fechamento com lona de dupla face – branca na parte exposta e preta na parte de baixo, que fica em contato com a silagem –, começa o processo natural de fermentação e a produção de ácidos a partir de açúcares presentes na forragem ensilada. O pesquisador da

embrapa explica que o abaixamento do pH para aproximadamente 4 e a ausência de ar permite a conservação da silagem por período indeterminado. “Há casos de silagens mais antigas, bem conservadas, que têm mais qualidade do que silagens novas.” A lona de dupla face evita a incidência de raios ultravioletas. Os produtores devem tomar cuidado para que animais não caminhem em cima dos silos, danificando as lonas. Foto: JacQueline Shibata/embrapa

JORNAL HOLANDÊS | ANO 15 | N. 182 | MARçO De 2019 | págiNA 29


QUALIDADE Como produzir uma silagem de alta qualidade? Conforme André Pedroso antecipou, não adianta investir em silagem se a lavoura de milho não tiver qualidade técnica. O processo de produção começa bem antes, com a análise de solo e um bom preparo da terra. Em seguida, o produtor deve escolher variedades de milho híbrido de alta produtividade. “Sempre recomendo que o produtor tenha a assistência de um técnico capacitado, principalmente se for a primeira vez que vai produzir silagem”, disse André. PROBLEMAS Entre os problemas mais frequentes na produção de silagem está o uso de milho colhido antes da hora. Nessa situação, ocorre um processo conhe-

cido como fermentação butírica, com um odor forte característico e corrimento de efluentes. As proteínas e energia da silagem se perdem e o animal não consome o alimento como deveria. Outro problema comum é a colheita tardia, quando o milho apresenta teor de matéria seca excessivo. “Nesse caso haverá dificuldade na compactação, e muitas vezes a presença de bolsões de ar. Pode ocorrer a formação de mofo – visível ou não”, afirma André. Outro indicador desse problema é o aquecimento além do normal da silagem, provocando um processo chamado de “caramelização” do açúcar presente na forragem. Há alteração na cor – a silagem fica escura e exala um odor agradável, semelhante a chocolate. “Mas a qualidade é ruim”, reforça o pesquisador. Fonte: Embrapa Pecuária Sudeste Foto: Jacqueline Shibata/embrapa

Ponto de colheita é um dos fatores que garante a qualidade JORNAL HOLANDÊS | ANO 15 | N. 182 | Março de 2019 | página 30


cliQue na Web Aproveitamos para homenagear as mulheres no campo. e você está preparado para a alta do leite? “Quem não sabe para onde vai, não vai a lugar nenhum.” Vale a reflexão! participe da nossa coluna, envie para a nossa redação uma imagem que marcou a sua semana, com seu nome, local da foto e um pequeno texto explicativo para editora@jornalholandes.com.br.

PASSADO, PRESENTE E FUTURO gerações femininas no campo. Celebrando e agradecendo a todas as mulheres, a Holstein Canadá mostrou o passado, presente e futuro em uma única imagem! A foto foi divulgada no instagram da associação canadense.

A raça Holandesa comparecendo pela primeira vez em reunião de planejamento da Câmera Setorial do Leite do novo Ministério da Agricultura, pecuária e Abastecimento, em Brasília.

HOLANDÊS COM PARTICIPAÇÃO NACIONAL O grupo do Whatsapp do JORNAL HOLANDÊS sempre divulga importantes registros que marcam o posicionamento e demonstram a presença do gado Holandês no cenário nacional. Acompanhe!!!

O presidente da ABCBRH, Reinaldo Figueiredo apresentando na Câmera Setorial do Leite, na CNA, um estudo e propostas de melhorias destinadas ao agronegócio do Alto paranaíba e também assuntos abordados pela movimentação do agronegócio no Brasil.

JORNAL HOLANDÊS | ANO 15 | N. 182 | MARçO De 2019 | págiNA 31


“Quem não não mede, não Sabe” Uma boa reflexão para os primeiros meses do ano! A análise é feita pelo produtor de leite em Jóia, Rio grande do Sul, Fabrício Nascimento. O texto foi divulgo no Facebook do autor.

com a caneta na mão produtor eStÁ maiS preparado para a alta do leite Vivemos um momento de grande expectativa relacionada a previsão de alta no preço do leite. Mas aí surge uma pergunta. Você já sabe o que vai fazer com o dinheiro da alta? Anotações são fundamentais em todos os sentidos, inclusive na hora de planejar o que se vai pagar e quando pagar. independente do valor que vamos receber, se você já tem um planejamento fica mais fácil administrar. O que não pode acontecer é, encher a cabeça de contas para pagar e para fazer, anotar ajuda muito, ter sempre anotado o que se vai fazer e o que precisa pagar. Nosso cérebro já está cheio demais para falarmos “ah eu guardo na ideia”, achar não cabe mais na atividade, precisamos ter definido cada passo que daremos. por mais que alguns achem pouco o aumento que irão receber, se não tiverem claramente definido onde irão gastar este valor, o mesmo irá sumir sem saber onde foi gasto. independente de achar justo ou injusto o valor, independente de reclamar ou não, se você não planejar por escrito o que vai fazer, na hora não saberá. Não podemos agir por impulso e também não podemos nos iludir de que receberemos uma alta muito grande e nem que a mesma durará para sempre, em algum momento vai haver uma queda e precisamos estar preparados para estes períodos. produtores que vem de tempos já com tudo anotado, são os que melhor administram as situações (tanto de alta, quanto de baixa), estes são exemplos a serem seguidos. “Quem não anota não mede e quem não mede não sabe.” “Quem não sabe para onde vai, não vai a lugar nenhum.” Vamos usar o sofrimento da queda do ano passado como aprendizado para essa alta que se aproxima .

JORNAL HOLANDÊS | ANO 15 | N. 182 | MARçO De 2019 | págiNA 32


JORNAL HOLANDรŠS | ANO 15 | N. 182 | marรงo de 2019 | pรกgina 33


premiação

minaS entre oS

melhoreS do braSil Associados participaram ativamente do Circuito não somente em terras mineiras, mas também em outros estados A segunda edição do Circuito Nacional da Raça Holandesa – CNRH 2018 contou com grande participação dos mineiros que unidos realizaram quatro etapas: Barbacena, Belo Horizonte, São gotardo e itanhandu. Além disso, participaram ativamente com seus animais em outros estados. Já podemos falar que os mineiros estão entre os melhores do Brasil. Os expositores irão conhecer o resultado final no jantar de encerramento que acontecerá no dia 26 de abril de 2019, em Carambeí – pR. Além de Minas gerais, o Circuito Nacional contou também com a participação dos estados do espírito Santo, paraná e São paulo dando a oportunidade de criadores de várias regiões conquista-

ram um prêmio a nível nacional. A Megaleite, em Belo Horizonte foi a exposição responsável pela abertura oficial de Minas gerais no Circuito e o encerramento ficou a cargo de itanhandu que se destacou pelo número de animais em pista e conseguiu o título de maior exposição no estado. A Associação Mineira parabeniza a todos que de alguma forma contribuíram com a realização do Circuito Nacional da Raça Holandesa e parabeniza em especial os associados mineiros e equipes que com esforço e dedicação realizaram exposições com muita qualidade. e a hora é de torcer para os associados de Minas gerais!!!

fotos milKshoW

expositores mineiros prestigiaram exposições no espírito Santo, paraná e São paulo

Aul foto r

luYs voors

JORNAL HOLANDÊS | ANO 15 | N. 182 | MARçO De 2019 | págiNA 34

foto KÁtiA quedeveZ


PARTICIPARAM DO CIRCUITO 2018 AgROpeCUáRiA BARReiRO ALTO ALMiR piNTO ReiS ANiCeTO MANOeL AiReS ANTÔNiO AUgUSTO MARiNS e iRMAOS ANTÔNiO CeLSO AMeRiCANO ANÍpiO piReS BATiSTA ViCeNTe ARMANDO eDUARDO De LiMA MeNge CARLOS FáBiO NOgUeiRA RiVeLLi e OUTRO CLeVeRSON OZANAM BRAgA

em 2017 o jantar de encerramento do circuito foi realizado em Guaratinguetá - Sp

CRiSTOVAN eDSON LOBATO CAMpOS eUDeS ANSeLMO De ASSiS BRAgA eRASMO CARLOS RABeLO FRANCiSCO MigUeL ROCHA AgUiAR geRALDO MAgeLA De MORAeS geRSON RODegHeRi gUiLHeRMe MiRANDA CABRAL gUSTAVO gOMeS FeRNANDeS e OUTROS iNSTiTUTO FeD. eDUC. CieNCiA e TeC. B JARBAS De OLiVeiRA JUNiOR JOÃO BATiSTA MiRANDA SiQUeiRA JOSÉ CARLOS FOLY JÚNiOR LUCiA MARA YAMAgUTi KONO LUiZ ALeXANDRe De AVeLAR MARCiO MACieL LeiTe MARCOS COUTO gAiO MAURO ANTONiO COSTA De ARAUJO ReNATO CALDAS CORDeiRO COSTA ReYNOLD gROeNWOLD RiCARDO e THiAgO CipRiANO piNTO RUi DA SiLVA piNTO JR/ALeSSANDRA e.BASSiNi RUi DA SiLVA piNTO JÚNiOR e OUTROS SeKiTA AgRONegOCiOS TAMiO SeKiTA JORNAL HOLANDÊS ANO 15 | N. 182 | MARçO De 2019 | págiNA 35 WAgNeR| JOSÉ FeRReiRA

foto HelÔ CoSta

MINEIROS QUE


ETAPAS E NÚMEROS DO CIRCUITO 2018 1ª ETAPA eXpOJOVeM CASTROLANDA 2018 - CASTRO/pR 105 animais 13 expositores Jurado de pista – Luis Felipe grecco de Mello 2ª ETAPA eXpOFRÍSiA 2018 – CARAMBeÍ/pR HVB – 69 animais 11 expositores Jurado de pista – Jean Claude Fleury – Observador – José ernesto Wunderlich Ferreira HpB – 124 animais 19 expositores Jurado de pista – Jean Claude Fleury – Observador – José ernesto Wunderlich Ferreira 3ª ETAPA - MINEIRA 51ª eXpOSiçÃO AgROpeCUáRiA De BARBACeNA – BARBACeNA/Mg 101 animais 16 expositores Jurado de pista – Claudio André da Cruz Aragon

foto HelÔ CoSta

4ª ETAPA - MINEIRA MegALeiTe 2018 – BeLO HORiZONTe/Mg 114 animais 17 expositores Jurado de pista – Marcos Alves de Sousa 5ª ETAPA 46ª eXpOLeiTe ARApOTi – ARApOTi/pR HVB – 91 animais 20 expositores Jurado de pista – Richard Landry – Observador – Altair Antonio Valloto HpB – 125 animais 29 expositores Jurado de pista – Richard Landry – Observador – Altair Antonio Valloto

JORNAL HOLANDÊS | ANO 15 | N. 182 | MARçO De 2019 | págiNA 36

a 4ª etapa foi realizada na capital mineira


foto HelÔ CoSta

6ª ETAPA AgROLeiTe 2018 – CASTRO/pR HVB – 70 animais 16 expositores Jurado de pista – Richard Landry – Observador – pedro guimarães Ribas Neto HpB – 183 animais 29 expositores Melhor Afixo – Suzana Mara Dekkers e/ou Claiton Ronir Wening Jurado de pista – Adam Liddle – Observador – pedro guimarães Ribas Neto 7ª ETAPA - MINEIRA 27ª eXpHOMig-eXpOSiçÃO eSTADUAL DA RAçA HOLANDeSA – SÃO gOTARDO/Mg 105 animais 12 expositores Jurado de pista – Jack Lomeo Jr. – Observador – Marcelo elias Rigueira 8ª ETAPA - MINEIRA 51ª eXpOSiçÃO AgROpeCUáRiA e iNDUSTRiAL De iTANHANDU – iTANHANDU/Mg 119 animais 16 expositores Jurado de pista – José Hilton prata Ribeiro 9ª ETAPA 7ª FeiRA CAFÉ COM LeiTe – SANTA TeReSA/eS 109 animais 19 expositores Jurado de pista – Flávio Junqueira 10ª ETAPA ii LeiTe SHOW – gUARATiNgUeTá/Sp HVB – 54 animais 12 expositores Jurado de pista – Jamie Black – Observador – Claumi pio Villela Júnior HpB – 133 animais 18 expositores Jurado de pista – Jamir Black – Observador – Claumi pio Villela Júnior Fonte: ABCBRH

No Circuito em Minas, Itanhandu foi a maior em número de animais em pista JORNAL HOLANDÊS | ANO 15 | N. 182 | MARçO De 2019 | págiNA 37


retroSpectiva | março 2019 ANOS 2003-2018

mêS com toQue

Feminino!

O mês de março traz o toque feminino na raça Holandesa, muitas homenagens revelam o orgulho da mulher em trabalhar no campo. edições mostram também inovações no Jornal Holandês, trajetórias e conquistas de quem fez a diferença na Associação Mineira. Nos 15 anos de história do JORNAL HOLANDÊS, a publicação trouxe nomes de referência na

criação e também não tão conhecidos, mostrou destaques do HpB e HVB. experiências, emoções e boas ideias são compartilhadas com os leitores em entrevistas ou matérias. Aos 96 anos, Dona Joana destaca: “Bebo leite todos os dias”. páginas que emocionam e fazem história!

JORNAL HOLANDÊS | ANO 15 | N. 182 | MARçO De 2019 | págiNA 38


JORNAL HOLANDรŠS | ANO 15 | N. 182 | MARรงO De 2019 | pรกgiNA 39


homenaGem

inSpiradoraS da raça holandeSa

Direta ou indiretamente, as mulheres sempre estão presentes contribuindo de alguma forma com a família do agronegócio. No campo, na cidade, cuidando da família, presente em eventos ou em casa, sempre na torcida, seja esposa, filha, mãe, avó, irmã, amiga, elas são sempre inspiradoras! para homenagear todas essas mulheres trazemos algumas das muitas inspiradoras da raça Holandesa. Março é o mês da mulher, mas a nossa homenagem vai além, se estende a todos os dias do ano, a todas elas que engrandecem de alguma forma o Holandês. parabéns, mulheres agroinspiradoras!

JORNAL HOLANDÊS | ANO 15 | N. 182 | MARçO De 2019 | págiNA 40


fotoS: aRQuiVo aCgHMg

JORNAL HOLANDรŠS | ANO 15 | N. 182 | MARรงO De 2019 | pรกgiNA 41


vem aí MELHORES DE MINAS

21 DE JUNHO DE 2019 BELO HORIZONTE | MG JORNAL HOLANDÊS | ANO 15 | N. 180 | Janeiro de 2019 | página 42


Super Rank CADERNO

JORNAL

Este caderno é um oferecimento:

ANOS 2003-2018

10 maioreS produçÕeS individuaiS diÁriaS por rebanho produçÕes individuAis de AnimAis suBmetidos Ao controle oficiAl AferidAs em JAneiro 2019

2 ordenhAs PROPRIETÁRIO

MUNICIPIO

NOME DO ANIMAL

rAul pinto

itAnhAndu

luciA pilAr AdmirAl

Antonio Augusto mArins e irmAos

tres corAcoes

WlAdimir Antonio pugginA

AlfenAs

Jose AlAir couto

coqueirAl

NÚMERO REGISTRO

COMP. RACIAL

PRODUÇÃO DIÁRIA

DATA DO CONTROLE

BX461064

po

60,5

03/01/2019

vAm montovAni montoYA toprocK

BX493017

po

47,5

07/01/2019

s h A iBAiA 2851

Br1807456

pcod

47,3

30/01/2019

Zc cAvA milenA KiKi shottle 107

BX460960

po

46,6

23/01/2019

fernAndo roBerto de oliveirA e Alceni A.Werle ouro preto

glAurA fA BAldWin epominA

Br1759326

gc-02

45,4

02/01/2019

Jose enio cArneiro mendes

itAnhAndu

serrAZul AmAndA lAZArith

BX449063

po

44,0

17/01/2019

Almir pinto reis

itAnhAndu

AlAnA gillespY tAuAne

BX471427

po

43,0

04/01/2019

rui dA silvA pinto Junior e outros

itAnhAndu

rJ.reis doormAn rochelle AmAndA-te

BX509765

po

42,4

06/01/2019

Antonio megAle BrAndAo

BordA dA mAtA

AmB glAreth super 1631

Br1815898

gc-01

41,0

19/01/2019

gustAvo gomes fernAndes e outros

conceicAo do rio verde

rio verde dempseY isAurA

BX454939

po

40,8

08/01/2019

NÚMERO REGISTRO

COMP. RACIAL

PRODUÇÃO DIÁRIA

DATA DO CONTROLE

3 ordenhAs PROPRIETÁRIO

MUNICIPIO

NOME DO ANIMAL

dJAir BoscAtti

itApevA

BoscAtti leA JAYZ 257

Br1783803

gc-04

74,8

15/01/2019

dirceu de mAncilhA

itAnhAndu

gAlenA AmericA comAnche

BX428047

po

64,6

21/01/2019

seKitA Agronegocios

rio pArAnAiBA

seKitA indirA 4005 guthrie

Br1718309

gc-02

64,3

19/01/2019

guilherme correA de morAes sArmento

rio novo

Bom destino 3128f

sr46232

1/2

63,8

10/01/2019

ArmAndo eduArdo de limA menge

pouso Alegre

menge stAnleYcup c2300-te

BX469836

po

62,8

16/01/2019

elcio mendes vilAnovA e silvA

cArmo de minAs

menge plAnet B2169-fiv

BX466830

po

59,3

10/01/2019

rAfAel tAdeu simoes

pouso Alegre

menge gABinete ZuZu o menge

0648p

1/2

59,2

18/01/2019

eudes Ancelmo de Assis BrAgA

cArmo do pArAnAiBA

e.A.B. WildmAn clAudiA 412

Br1677486

gc-02

58,5

10/01/2019

curcio e filhos

cArAndAi

duX elite 0251

Br1785730

pcod

58,4

02/01/2019

rogerio luiZ seiBt

presidente olegArio

e.A.B. doormAn condessA 663-te

BX477667

po

58,4

15/01/2019

JORNAL HOLANDÊS | ANO 15 | N. 182 | MARçO De 2019 | págiNA 43


MELHORES MÉDIAS DE PRODUÇÃO POR REBANHO - HOLANDÊS Com a alteração das tabelas para divulgação de médias em 2 e 3 ordenhas, o rebanho que tiver encerramentos em 2 e 3 ordenhas no período referido poderá aparecer nas duas tabelas caso alcance médias entre as cinco melhores de cada categoria

MÉDIA DE REBANHOS REFERENTES AO PERÍODO

JANEIRO DE 2018 A DEZEMBRO DE 2018 - 2 ORDENHAS POSIÇÃO PROPRIETÁRIO

MUNICÍPIO

LAC. ENCER.

LEITE 305IA

N.ORDEN

TIPO CONTROLE

REBANHOS COM 10 A 25 VACAS ENCERRADAS(12 REBANHOS CONCORRENTES) 1

RUI DA SILVA PINTO JUNIOR E OUTROS

ITANHANDU - MG

18

10.146

2X

MENSAL

2

CRISTOVAM EDSON LOBATO CAMPOS

ANTONIO CARLOS - MG

17

10.100

2X

BIMESTRAL

3

GUSTAVO GOMES FERNANDES E OUTROS

CONCEICAO DO RIO VERDE - MG

23

9.729

2X

BIMESTRAL

4

FERNANDO ROBERTO DE OLIVEIRA E ALCENI A.WERLE

OURO PRETO - MG

20

8.678

2X

BIMESTRAL

REBANHOS COM 26 A 50 VACAS ENCERRADAS(07 REBANHOS CONCORRENTES) 1

EUDES ANCELMO DE ASSIS BRAGA

CARMO DO PARANAIBA - MG

30

11.284

2X

BIMESTRAL

2

AGRONELLI AGROINDUSTRIA LTDA

UBERABA - MG

34

10.331

2X

BIMESTRAL

3

ANICETO MANUEL AIRES

ANTONIO CARLOS - MG

39

9.841

2X

BIMESTRAL

4

JOSE ENIO CARNEIRO MENDES

ITANHANDU - MG

32

9.429

2X

MENSAL

5

JOAO DE LIMA GEO FILHO

SAO JOAO NEPOMUCENO - MG

33

8.958

2X

BIMESTRAL

REBANHOS COM 51 A 75 VACAS ENCERRADAS(07 REBANHOS CONCORRENTES) 1

JOSE ALAIR COUTO

COQUEIRAL - MG

61

9.994

2X

MENSAL

2

LEONARDO MOREIRA COSTA DE SOUZA

ESTIVA - MG

75

9.939

2X

BIMESTRAL

3

CESAR GARCIA BRITO E/OU SIOMARA S.G.BRITO

TRES PONTAS - MG

54

9.620

2X

BIMESTRAL

4

ALMIR PINTO REIS

ITANHANDU - MG

75

9.037

2X

MENSAL

5

ANTONIO MEGALE BRANDAO

BORDA DA MATA - MG

72

8.850

2X

MENSAL

ACIMA DE 100 VACAS ENCERRADAS(02 REBANHOS CONCORRENTES) 1

RAUL PINTO

ITANHANDU - MG

136

11.627

2X

MENSAL

2

ANTONIO AUGUSTO MARINS E IRMAOS

TRES CORACOES - MG

211

10.052

2X

MENSAL

MÉDIA DE REBANHOS REFERENTES AO PERÍODO

JANEIRO DE 2018 A DEZEMBRO DE 2018 - 3 ORDENHAS POSIÇÃO PROPRIETÁRIO

MUNICÍPIO

LAC. ENCER.

LEITE 305IA

N.ORDEN

TIPO CONTROLE

REBANHOS COM 10 A 25 VACAS ENCERRADAS(05 REBANHOS CONCORRENTES) 1

ELCIO MENDES VILANOVA E SILVA

CARMO DE MINAS - MG

25

13.436

3X

2

JOSE ADIR LOIOLA

ESPIRITO SANTO DO DOURADO - MG

16

13.431

3X

BIMESTRAL BIMESTRAL

3

RAFAEL TADEU SIMOES

POUSO ALEGRE - MG

23

12.105

3X

MENSAL

4

AGROPECUARIA BOA FE LTDA

CONQUISTA - MG

19

9.990

3X

BIMESTRAL

5

ROGERIO LUIZ SEIBT

PRESIDENTE OLEGARIO - MG

20

9.868

3X

MENSAL

REBANHOS COM 26 A 50 VACAS ENCERRADAS(03 REBANHOS CONCORRENTES) 1

MARCOS NEVES PEREIRA

IJACI - MG

35

10.833

3X

MENSAL

2

MAURO ANTONIO COSTA DE ARAUJO

SETE LAGOAS - MG

37

10.759

3X

BIMESTRAL

3

GUILHERME CORREA DE MORAES SARMENTO

RIO NOVO - MG

38

10.209

3X

BIMESTRAL

1

DJAIR BOSCATTI

ITAPEVA - MG

64

13.914

3X

MENSAL

2

MARCELO ELIAS RIGUEIRA

MATOZINHOS - MG

74

13.041

3X

MENSAL

3

DANIEL JOSE BERNARDES

TIROS - MG

51

11.498

3X

BIMESTRAL

4

JOSE AFONSO AMORIM

PATROCINIO - MG

53

11.362

3X

BIMESTRAL

5

CARLOS ALBERTO MENDES MANCILHA

POUSO ALTO - MG

57

10.941

3X

MENSAL

MENSAL

REBANHOS COM 51 A 75 VACAS ENCERRADAS(07 REBANHOS CONCORRENTES)

REBANHOS COM 75 A 100 VACAS ENCERRADAS(08 REBANHOS CONCORRENTES) 1

DIRCEU DE MANCILHA

ITANHANDU - MG

87

14.381

3X

2

EUDES ANCELMO DE ASSIS BRAGA

CARMO DO PARANAIBA - MG

100

12.534

3X

BIMESTRAL

3

MARCOS PAIVA FROTA E/OU PATRICIA N.P.FROTA

CARMO DA CACHOEIRA - MG

83

11.898

3X

BIMESTRAL

4

CURCIO E FILHOS

CARANDAI - MG

76

11.768

3X

MENSAL

5

MARCIO MACIEL LEITE

CRUZILIA - MG

80

11.766

3X

BIMESTRAL

ACIMA DE 100 VACAS ENCERRADAS(08 REBANHOS CONCORRENTES) 1

SEKITA AGRONEGOCIOS

RIO PARANAIBA - MG

1155

13.497

3X

MENSAL

2

ARMANDO EDUARDO DE LIMA MENGE

POUSO ALEGRE - MG

180

13.187

3X

MENSAL

3

MARIELLE CAMPOS LIMA ASSIS

CARMO DE MINAS - MG

151

12.735

3X

MENSAL

4

MARCIO FLAVIO PENIDO OLIVEIRA

SAO GONCALO DO SAPUCAI - MG

180

12.248

3X

BIMESTRAL

5

ANTONIO DE PADUA MARTINS

SAO JOAO BATISTA GLORIA - MG

102

12.132

3X

BIMESTRAL

JORNAL HOLANDÊS | ANO 15 | N. 182 | Março de 2019 | página 44


305 diAs

coNtRole leiteiRo oficiAl melhoRes lActAções poR clAsse pRImEIRA DIvISãO ATé 305 DIAS 2 ORDENhAS - pERÍODO 01/12/2018 A 31/12/2018 RAÇA: hOLANDêS

Nome ANimAl

RegistRo

clAss

idAde diAs lAct.

pRod leite

pRod goRd.

% goRd

pRod pRot.

% tit. pRot.

pRopRietáRio

uf

Nome do pAi

RECORDISTA ATUAL BRASILEIRA

1 ANO pARIDA

SULBRA’S DECREE MARICREIA 1725

BX462066

305 15293,9

382,0

401,5

ANIPIO PIRES BATISTA VICENTE

2016

LUCIA ShUELEN FARSANO

BX500480

B+-81

01-11 305 12204,3

321,5

2,63 309,7

2,54 Lm

RAUL pINTO

mG

pLUShANSKI FARSANO-ET

vAm mILUZA mILU CASpER

BX521802

B+-81

01-11 258

8235,6

304,8

3,70 258,3

3,14 Lm

ANTONIO AUGUSTO mARINS E IRmAOS

mG

SANDY-vALLEY ALTACASpER-ET

C.S.C.S. DAGmAR LINEmAN - 811

BR1788164

01-11 305

8181,9

280,9

3,43 263,3

3,22 Lm

CESAR GARCIA BRITO E/OU SIOmARA S.G.BRITO

mG

COmESTAR LINEmAN

mEARA DENGOSA mCCUTChEN 5848-FIv

BX507697

01-11 305

7800,5

320,4

4,11 263,8

3,38

JOAO DE LImA GEO FILhO

mG

DE-SU BKm mCCUTChEN 1174-ET

--

RECORDISTA ATUAL MINEIRA

2 ANOS JUNIOR

E.A.B. AUGUSTA ZORAIDE 113

BR1652017

305 15970,5

800,0

443,7

EUDES ANSELMO DE ASSIS BRAGA

2012

AGRONELLI DOORmAN 610

BX533436

02-01 305 11796,0

356,1

3,02 364,6

3,09 Lm

AGRONELLI AGROINDUSTRIA LTDA

mG

vAL-BISSON DOORmAN

LUCIA SUELI TANGO

BX513964

02-01 305 11411,6

329,7

2,89 323,8

2,84 LE

RAUL pINTO

mG

mR WELCOmE hILL TANGO-ET

C.S.C.S. CLOTILDE COLDER - 801

BX505424

02-01 305 10631,6

388,3

3,65 366,8

3,45 Lm

CESAR GARCIA BRITO E/OU SIOmARA S.G.BRITO

mG

COLDER

vAm RICARpA RICCA CASpER

BX521698

02-00 305

9905,5

363,2

3,67 326,4

3,30 Lm

ANTONIO AUGUSTO mARINS E IRmAOS

mG

SANDY-vALLEY ALTACASpER-ET

305 14871,1

RECORDISTA ATUAL MINEIRA

2 ANOS SENIOR

COLLEM MERIDIAN VERONA

BX467251

368,7

416,9

COLLEM CONSTRUTORA MOHALLEM LTDA

2017

ALANA mOGUL vALESKA

BX480749

02-10 305

7183,0

327,1

4,55 237,5

3,31

--

ALmIR pINTO REIS

mG

mOUNTFIELD SSI DCY mOGUL-ET

FAZ. ESpERANCA SpEAKER ZELANDIA 868

BX513605

02-08 182

6674,4

124,2

1,86 202,2

3,03

--

AGRONELLI AGROINDUSTRIA LTDA

mG

GILLETTE SpEAKER

GLAURA FA CARDEAL EXCELSA

BX476307

02-06 305

6364,9

243,8

3,83 193,7

3,04

--

FERNANDO ROBERTO DE OLIvEIRA E ALCENI A.WERLE mG

GLAURA FA mASTERpIECE CARDEAL

FAZ. ESpERANCA XXX-RED FRANCA 842

BR1796170

02-11 169

6050,4

125,8

2,08 176,7

2,92

--

AGRONELLI AGROINDUSTRIA LTDA

mG

SANDY-vALLEY ALTAXXX-RED-ET

305 15502,0

RECORDISTA ATUAL MINEIRA

3 ANOS JUNIOR

VERA CRUZ PROVINCIA

BX246790

590,0

439,0

VICENTE ANTONIO MARINS E FILHOS

2002

vAm IvUSCA IvONE LUTIO

BX472876

03-04 305

9608,6

297,3

3,09 304,4

3,17 Lm

ANTONIO AUGUSTO mARINS E IRmAOS

mG

vAm LUTIO ADvENT-RED-TE

LUCIA ROChA NETUNO

BX476251

03-03 300

9564,3

302,7

3,16 287,9

3,01 LE

RAUL pINTO

mG

LUCIA NETUNO ROXOLOT

LEKA EBY DUBAI 176

BX477821

B+-80

03-03 305

9039,9

375,4

4,15 291,9

3,23 LE

LEONARDO mOREIRA COSTA DE SOUZA

mG

RONELEE GOLDWYN DUBAI-ET

A.m.A. DOORmAN FRANDIXI 873-TE

BX487318

mB-85

03-04 305

8977,6

319,3

3,56 297,2

3,31 Lm

ANICETO mANUEL AIRES

mG

vAL-BISSON DOORmAN

RECORDISTA ATUAL MINEIRA

3 ANOS SENIOR

AVANI PETECA GOLD DUSTER

BX251440

305 15532,0

533,0

COLLEM CONSTRUTORA MOHALLEM LTDA

2000

vAm TERRABOA vAmp LUTIO

BR1729315 B+-81

03-11 289 12426,6

386,2

3,11 348,7

2,81 Lm

ANTONIO AUGUSTO mARINS E IRmAOS

mG

vAm ROSANA ROSIE SID

BX477765

03-07 305 10648,0

413,3

3,88 349,9

3,29 Lm

ANTONIO AUGUSTO mARINS E IRmAOS

mG

GLAURA FA ATThOS DERRUBIA

BR1716573 B+-84

03-11 266

9516,2

274,3

2,88 286,5

3,01

FERNANDO ROBERTO DE OLIvEIRA E ALCENI A.WERLE mG

pOITARA ATThOS SANChEZ-TE

ZC CAvA mALI SURpRESA BAXTER mETEOR 106-TE

BX552568

mB-85

03-10 305

8772,6

332,2

3,79 275,5

3,14 Lm

JOSE ALAIR COUTO

mG

SULLY ALTAmETEOR-ET

B+-81

--

vAm LUTIO ADvENT-RED-TE pINE-TREE SID-ET

RECORDISTA ATUAL MINEIRA

4 ANOS JUNIOR

SANTA PAULA IVINA DAZZLER

BX345332

305 15664,0

475,8

438,1

SIDNEY NERY

2008

LUCIA pIRATININGA FEvER

BX468438

mB-85

04-00 305 13366,3

441,0

3,30 424,2

3,17 Lm

RAUL pINTO

mG

CRACKhOLm FEvER

vAm TURCANA TURCA BESTBET

BX472873

B+-84

04-00 260 10789,5

279,6

2,59 310,8

2,88

--

ANTONIO AUGUSTO mARINS E IRmAOS

mG

DE-SU ALTABESTBET-ET

vAm SONIA SOLANGE TOYOTA

BX433427

mB-85

04-02 305 10066,0

352,8

3,50 299,7

2,98 Lm

ANTONIO AUGUSTO mARINS E IRmAOS

mG

mORNINGvIEW ALTATOYOTA

vAm DIRA DINOW BOOKEm

BX474126

B+-84

04-01 121

4772,1

175,1

3,67 143,5

3,01

ANTONIO AUGUSTO mARINS E IRmAOS

mG

DE-SU 521 BOOKEm-ET

--

RECORDISTA ATUAL MINEIRA

4 ANOS SENIOR

GALENA NAZARETH SHARKY

BX393242

LUCIA pELUCIA

BR1759689

305 15812,9

436,8

429,1

DIRCEU DE MANCILHA

2015

04-11 293 12023,2

346,9

2,89 335,5

2,79 LE

RAUL pINTO

LEKA DAISE GOLD ChIp-TE

BX474778

mG

04-10 279

9023,1

366,5

4,06 270,7

3,00 Lm

LEONARDO mOREIRA COSTA DE SOUZA

ALANA LAvANGUARD TATA-TE

mG

mR ChASSITY GOLD ChIp-ET

BX462543

04-07 302

8722,6

294,8

3,38 286,6

3,29

--

ALmIR pINTO REIS

mG

COmESTAR LAvANGUARD

FAhES SIRIGAITA REGINALD

BR1709039

04-08 305

8235,9

303,2

3,68 248,0

3,01

--

FABIO EUSTAQUIO SILvEIRA

mG

REGANCREST REGINALD

mB-85

RECORDISTA ATUAL MINEIRA

5 ANOS

JARDIM GENUINA

BX208241

305 17189,2

400,9

529,4

ANDRE LUIS MOREIRA DE ANDRADE E OUTRA

2002

A.m.A. SID CRYSTAL 759-TE

BX434813

EX-90

05-06 305 12479,1

353,9

2,84 377,2

3,02 Lm

ANICETO mANUEL AIRES

mG

pINE-TREE SID-ET

A.m.A. SID RAvEN 790-TE

BX448804

mB-85

05-05 305

9686,4

278,2

2,87 297,5

3,07

--

ANICETO mANUEL AIRES

mG

pINE-TREE SID-ET

mALARIS NANDA mASTER 461

BR1775321

05-02 305

8901,3

308,6

3,47 276,5

3,11

--

ESCOLA AGROTECNICA FEDERAL DE mUZAmBINhO

mG

RAUSChER mARShALL mASTER

vAm FUTURA FURKITY ShOTTLE

BX443243

B+-84

05-07 266

8146,7

251,9

3,09 243,2

2,98

--

ANTONIO AUGUSTO mARINS E IRmAOS

mG

pICSTON ShOTTLE-ET

RECORDISTA ATUAL MINEIRA

6 ANOS

CRUZILIA RENDILHA JOE

BX317348

305 18062,7

821,0

535,0

MAURILIO FERREIRA MACIEL

2010

LUCIA ODILA ROXOLOT

BX437362

B+-82

06-00 283 14282,8

396,3

2,77 422,9

2,96 LE

RAUL pINTO

mG

pEThERTON ROXOLOT

vAm NUvEm mAGOT-FIv

BX460904

B+-84

06-03 305

9705,9

295,6

3,05 300,1

3,09

--

ANTONIO AUGUSTO mARINS E IRmAOS

mG

ChARpENTIER mAGOT

vAm SONIA SOLANGE TOYOTA

BX433427

mB-85

06-01 260

9651,4

273,5

2,83 278,4

2,88

--

ANTONIO AUGUSTO mARINS E IRmAOS

mG

mORNINGvIEW ALTATOYOTA

vAm mARY ATWOOD-TE

BX444583

mB-86

06-01 221

7800,6

272,5

3,49 220,5

2,83

--

ANTONIO AUGUSTO mARINS E IRmAOS

mG

mApLE-DOWNS-I G W ATWOOD-ET

305 17110,0

340,0

SIDNEY NERY

1999

mB-85

07-01 301

9039,6

301,8

3,34 262,7

2,91 Lm

ANTONIO AUGUSTO mARINS E IRmAOS

mG

SChILLDALE OUTBOUND

07-07 305

6001,6

192,5

3,21 191,8

3,20

JOSE ALAIR COUTO

mG

LOTTA-hILL ShOTTLE 41-ET

304 16404,0

669,0

RECORDISTA ATUAL MINEIRA

7 ANOS

GENOVA GOLD BELL DE SANTA PAULA

BR1048927

vAm BONERA BONNY OUTBOND

BX436571

ZC CAvA JOANINhA hARmONIA BOLTON hILL 073-TE

BX418916

--

RECORDISTA ATUAL MINEIRA

ADULTA JUNIOR

ADULTA SENIOR

BEATRIZ ECILA

BR1015226

NILSON GONCALVES PEREIRA

1999

RIO vERDE SpIRTE CACAU

BX383874

EX-91

09-11 227

9689,7

400,0

4,13 302,2

3,12 Lm

GUSTAvO GOmES FERNANDES E OUTROS

mG

CEDARWAL SpIRTE

ONDA SUL SpARTA 2834

BX521815

B+-82

09-06 305

7442,1

221,1

2,97 194,3

2,61

--

LUCIANO pImENTA C. pERES E/OU ROGERIO p.pERES

mG

pARADISE-DND SpARTA ET

J.m.A. ESCOCIA JAYZ 365

BR1563559 B+-81

08-02 305

6044,9

229,4

3,79 199,8

3,31

--

AGRO pECUARIA Jm LTDA

mG

hORNLAND JAYZ-ET

305 15658,3

542,6

397,9

SIDNEY NERY

2004

RECORDISTA ATUAL MINEIRA DOUTORA ENCHANT RILENE J.C

BR1049810

JORNAL HOLANDÊS | ANO 15 | N. 182 | março de 2019 | página 45


305 diAs

coNtRole leiteiRo oficiAl melhoRes lActAções poR clAsse pRImEIRA DIvISãO ATé 305 DIAS 3 ORDENhAS - pERÍODO 01/12/2018 A 31/12/2018 RAÇA: hOLANDêS

Nome ANimAl

RegistRo

clAss

idAde diAs lAct.

pRod leite

pRod goRd.

% goRd

pRod pRot.

% tit. pRot.

pRopRietáRio

uf

Nome do pAi

RECORDISTA ATUAL MINEIRA

1 ANO pARIDA

EF & LS COPACABANA WILDMAN

BR1544771

mENGE SpUR E2826

BX509552

305 15996,8

405,1

460,3

01-11 291 12710,3

419,7

3,30 381,3

3,00 Lm

SEKITA FILLmORE 5739 KINGBOY-FIv

BX539377

SEKITA COW 5548 SILvER SEKITA COAChELLA 5580 COmmANDER

EVARISTO FRANCISCO MARQUES/LEANDRO S.MARQUES2012 ARmANDO EDUARDO DE LImA mENGE

mG

DE-SU 527 SpUR-ET

B+-80

01-10 305 12290,1

396,6

3,23 371,3

3,02 LE

SEKITA AGRONEGOCIOS

mG

mORNINGvIEW mCC KINGBOY-ET

BX568087

B+-84

01-10 305 12203,2

500,6

4,10 400,2

3,28 Lm

SEKITA AGRONEGOCIOS

mG

SEAGULL-BAY SILvER-ET

BX550960

B+-83

01-11 305 12066,4

469,8

3,89 366,5

3,04 LE

SEKITA AGRONEGOCIOS

mG

LARCREST COmmANDER-ET

305 15482,9

475,2

489,7

B+-83

02-03 305 13533,7

428,2

3,16 382,5

2,83 Lm

RECORDISTA ATUAL MINEIRA

2 ANOS JUNIOR

EF & LS LILIANA TOYSTORY

BX404701

mENGE FEvER D2588

BX490117

EVARISTO FRANCISCO MARQUES/LEANDRO S.MARQUES 2011 ARmANDO EDUARDO DE LImA mENGE

mG

CRACKhOLm FEvER

LImASSIS DECANADA 2464

BX518655

02-03 305 11853,3

339,3

2,86 378,7

3,20 LE

mARIELLE CAmpOS LImA ASSIS

mG

ChARLESDALE SUpERSTITION-ET

mENGE DURBIN D2637

BX493049

02-04 305 11826,3

409,5

3,46 370,4

3,13 Lm

ARmANDO EDUARDO DE LImA mENGE

mG

LADYS-mANOR DURBIN-ET

SEKITA ALICE 5289 mONTEREY

BX498389

B+-80

02-02 305 11778,6

439,9

3,74 354,2

3,01 Lm

SEKITA AGRONEGOCIOS

mG

vIEW-hOmE mONTEREY-ET

RECORDISTA ATUAL MINEIRA

2 ANOS SENIOR

MENGE WINDBROOK A 1905-FIV

BX446826

305 16965,0

558,4

564,3

ARMANDO EDUARDO DE LIMA MENGE

2016

SEKITA RAJA 4702 mCCUTChEN-FIv

BX487480

mB-86

02-10 305 16215,8

554,9

3,42 443,7

2,74 Lm

SEKITA AGRONEGOCIOS

mG

DE-SU BKm mCCUTChEN 1174-ET

SEKITA ROSA 4675 BELUGA

BX480312

B+-82

02-11 305 14330,9

515,7

3,60 445,8

3,11 LE

SEKITA AGRONEGOCIOS

mG

pEN-COL BELUGA-ET

SEKITA SALImA 4733 LANCOmE

BX480328

B+-82

02-11 305 14027,3

619,4

4,42 474,5

3,38 Lm

SEKITA AGRONEGOCIOS

mG

KELLERCREST LANCOmE-ET

SEKITA TOpAZ 4925 FEvER

BR1763647 mB-85

02-07 305 13773,3

560,7

4,07 423,7

3,08 LE

SEKITA AGRONEGOCIOS

mG

CRACKhOLm FEvER

RECORDISTA ATUAL

3 ANOS JUNIOR

J.E.N. CONDESSA BOLTON-TE

BX381065

305 18335,3

391,2

553,8

ELLOS JOSE NOLLI

2012

SEKITA mAGGIE 4290 CONTROL

BX477639

mB-87

03-05 305 14173,7

470,4

3,32 436,6

3,08 Lm

SEKITA AGRONEGOCIOS

mG

JK EDER-I CONTROL

DUX FIGURA LASS 0292

BR1789693 B+-81

03-03 305 13638,8

545,6

4,00 424,3

3,11 Lm

CURCIO E FILhOS

mG

KLASSIC LABRON

LANDEmART JORDAN SEDAR 2241

BX559284

mB-85

03-02 305 13589,8

460,5

3,39 415,0

3,05 Lm

ANTONIO DE pADUA mARTINS

mG

GILLETTE JORDAN

SEKITA pIEN 4577 DOORmAN-TE

BX487455

mB-85

03-01 305 13174,9

499,0

3,79 429,6

3,26 Lm

SEKITA AGRONEGOCIOS

mG

vAL-BISSON DOORmAN

RECORDISTA ATUAL MINEIRA

3 ANOS SENIOR

VALE DO MILK’ DELICADA II

BR1271165

305 19947,0

612,0

241,0

VINICIUS DA SILVA SALGADO

2000

GALENA NORmA hILL

BX471433

03-08 305 15380,7

455,9

2,96 450,0

2,93 Lm

DIRCEU DE mANCILhA

mG

LOTTA-hILL ShOTTLE 41-ET

SEKITA mILLY 4264 GABOR

BR1736541 B+-84

03-09 283 14796,2

560,9

3,79 408,9

2,76 LE

SEKITA AGRONEGOCIOS

mG

WILLOW-mARSh-CC GABOR-ET

GALENA ALBA BORIS

BX461058

03-09 305 14597,2

436,1

2,99 420,9

2,88 Lm

DIRCEU DE mANCILhA

mG

GALENA BORIS BOLTON

SEKITA JAvINA 4089 FEvER

BR1718315

03-11 298 14574,2

466,8

3,20 425,2

2,92 Lm

SEKITA AGRONEGOCIOS

mG

CRACKhOLm FEvER

RECORDISTA ATUAL MINEIRA

4 ANOS JUNIOR

C.A.A. JESSICA

BR1449849

305 19204,6

592,2

533,3

CARLOS ALBERTO ADAO

2009

EmIELE ELDA LILAC

BB21607

B -79

04-04 305 17632,1

464,5

2,63 538,7

3,06 Lm

mARCIO mACIEL LEITE

mG

EF & LS UvA 082

BR1729389 mB-87

04-04 305 16212,9

475,9

2,94 489,1

3,02 Lm

EvARISTO FRANCISCO mARQUES/LEANDRO S.mARQUES mG

GALENA BONECA JORDAN

BX461071

mB-85

04-00 305 13977,7

431,2

3,08 430,2

3,08 Lm

DIRCEU DE mANCILhA

mG

GILLETTE JORDAN

SEKITA ELENA 3797 ShAmROCK

BX464664

B+-81

04-01 305 13900,9

520,2

3,74 405,6

2,92 Lm

SEKITA AGRONEGOCIOS

mG

LADYS-mANOR pL ShAmROCK-ET

DELTA LILAC

RECORDISTA ATUAL MINEIRA

4 ANOS SENIOR

J.E.N. BUENA SORTE JEROM RED-TE

BR1480978

305 19250,5

301,3

518,4

ELLOS JOSE NOLLI

2012

SEKITA ARUANA 3414 ShAmROCK-FIv

BR1724384

04-06 305 15403,5

628,2

4,08 460,5

2,99 Lm

SEKITA AGRONEGOCIOS

mG

LADYS-mANOR pL ShAmROCK-ET

SEKITA SALLY 3275 ShAmROCK-FIv

BR1700727 B+-80

04-10 305 13846,9

489,7

3,54 391,1

2,82 Lm

SEKITA AGRONEGOCIOS

mG

LADYS-mANOR pL ShAmROCK-ET

J.B.O. SILvANA AvALON 1490

BR1695814 B+-83

04-06 286 13119,7

359,4

2,74 416,6

3,18 Lm

mARCIO FLAvIO pENIDO OLIvEIRA

mG

FARNEAR-TBR ALTAAvALON-ET

J.B.O. SONATA mETEOR 1469-FIv

BX473988

04-07 286 12651,7

372,0

2,94 370,0

2,92 Lm

mARCIO FLAvIO pENIDO OLIvEIRA

mG

SULLY ALTAmETEOR-ET

RECORDISTA ATUAL MINEIRA

5 ANOS

C.A.A. AMERICA

BR1449851

GALENA EUFORIA BRADNICK

BX450906

305 21605,7

519,4

609,1

CARLOS ALBERTO ADAO

2007

05-05 295 15249,1

483,4

3,17 478,1

3,14 Lm

DIRCEU DE mANCILhA

LANDEmART KINGLY pAGEm 1948

BX559307

mG

REGANCREST-Gv S BRADNICK-ET

05-05 305 15124,0

541,3

3,58 472,7

3,13 Lm

ANTONIO DE pADUA mARTINS

mG

J.B.O. ROGERIA DELK

LAJEANTE KINGLY

BR1665166

05-06 305 14485,7

444,1

3,07 424,8

2,93 Lm

mARCIO FLAvIO pENIDO OLIvEIRA

mG

J.B.O. RESINA 044

KINGS-RANSOm S DELK-ET

BR1832440

05-07 305 14196,0

371,9

2,62 372,6

2,62 Lm

mARCIO FLAvIO pENIDO OLIvEIRA

mG

B+-80

RECORDISTA ATUAL MINEIRA

6 ANOS

BOSCATTI IMACULADA MISTRAL

BR1576611

305 19942,0

643,0

556,0

DJAIR BOSCATTI

2017

SEKITA CASCATA 2273 KINGLY

BR1633304 B -78

06-01 305 13856,0

536,1

3,87 448,5

3,24 Lm

SEKITA AGRONEGOCIOS

mG

SEKITA DIpLOmA SILvIA 2370 ShOTTLE-FIv

BX434723

06-02 305 12009,9

426,6

3,55 364,5

3,04 LE

SEKITA AGRONEGOCIOS

mG

pICSTON ShOTTLE-ET

FLAmmA ARmSTEAD 3 DIADORIm

BR1621125

06-09 305 11370,4

327,0

2,88 328,1

2,89

mARCOS NEvES pEREIRA

mG

DIAmOND-OAK ARmSTEAD ET

FAhES QUINTA LUCIANA CONTROL

BR1621177

06-11 271 11169,2

380,0

3,40 348,2

3,12 Lm

FABIO EUSTAQUIO SILvEIRA

mG

LACREST CONTROL-ET

305 17410,1

B+-82

--

LAJEANTE KINGLY

RECORDISTA ATUAL MINEIRA

7 ANOS

SANTOS REIS CHARISMA GRAYCE

BX303469

473,0

492,0

ALTAIR DA SILVA REIS

2010

LANDEmART CApTIvATOR mAGIA 37-10 1753

BX492874

B+-82

07-10 268

7500,5

247,3

3,30 230,9

3,08

--

ANTONIO DE pADUA mARTINS

mG

pINE-TREE CApTIvATOR-ET

ALFY CAYUABA pOTTER FILINhA

BX422977

mB-86

07-09 202

2734,6

76,5

2,80

3,07

--

CAYUABA GENETICA & pECUARIA LTDA

mG

KEYSTONE pOTTER

83,8

RECORDISTA ATUAL MINEIRA

ADULTA JUNIOR

ADULTA SENIOR

MARIA’S MORENA PRELUDE-TE

BX192263

305 15723,7

526,7

462,2

ELY BONINI GARCIA

2003

BOSCATTI FUXA CATh

BX373966

B -75

09-08 305 16602,6

576,0

3,47 534,6

3,22 Lm

DJAIR BOSCATTI

mG

ASKEW BOND CATCh ET

AmORIm SANGALA SALTO

BR1537447 mB-89

09-05 305 10988,5

390,5

3,55 338,4

3,08 Lm

JOSE AFONSO AmORIm

mG

GEN-I-BEQ SALTO

AmORIm FRIDA TALENT

BX414564

08-01 147

7355,1

190,4

2,59 197,4

2,68

--

JOSE AFONSO AmORIm

mG

LADINO pARK TALENT II - TN

OLhOS D’AGUA DONZELA 192

BR1789619

08-10 264

6325,9

243,7

3,85 259,2

4,10

--

DANIEL JOSE BERNARDES

mG

305 18353,5

550,9

482,2

CARLOS ALBERTO ADAO

2008

mB-86

RECORDISTA ATUAL MINEIRA C.A.A.LAGOA

BR1449850

JORNAL HOLANDÊS | ANO 15 | N. 182 | Março de 2019 | página 46


365 dias

Controle leiteiro ofiCial Melhores laCtações por Classe SEGUNDA DIVISãO DE 306 A 365 DIAS 2 ORDENHAS - PERÍODO 01/12/2018 A 31/12/2018 RAÇA: HOLANDêS

noMe aniMal

registro

Class

idade dias laCt.

365 17295,4

463,7

462,6

B+-81

01-11 365 14692,6

393,6

2,68 377,5

2,57 LM

prod leite

prod gord.

% gord

prod prot.

% tit. prot.

proprietário

uf

ANIPIO PIRES BATISTA VICENTE

2016

RAUL PINTO

MG

PLUSHANSKI FARSANO-ET

JOAO DE LIMA GEO FILHO

MG

DE-SU BKM MCCUTCHEN 1174-ET

CESAR GARCIA BRITO E/OU SIOMARA S.G.BRITO

MG

COMESTAR LINEMAN

noMe do pai

RECORDISTA ATUAL BRASILEIRA

1 ANO PARIDA

SULBRA’S DECREE MARICREIA 1725

BX462066

LUCIA SHUELEN FARSANO

BX500480

MEARA DENGOSA MCCUTCHEN 5848-FIV

BX507697

01-11 365

9917,9

409,3

4,13 337,4

3,40

C.S.C.S. DAGMAR LINEMAN - 811

BR1788164

01-11 312

8344,3

286,8

3,44 268,8

3,22 LM

--

RECORDISTA ATUAL MINEIRA

2 ANOS JUNIOR

E.A.B. AUGUSTA ZORAIDE 113

BR1652017

365 18096,6

876,0

515,3

EUDES ANSELMO DE ASSIS BRAGA

2012

AGRONELLI DOORMAN 610

BX533436

02-01 365 13397,2

409,2

3,05 417,5

3,12 LM

AGRONELLI AGROINDUSTRIA LTDA

MG

VAL-BISSON DOORMAN

LUCIA SUELI TANGO

BX513964

02-01 316 11714,1

338,4

2,89 332,8

2,84 LE

RAUL PINTO

MG

MR WELCOME HILL TANGO-ET

C.S.C.S. CLOTILDE COLDER - 801

BX505424

02-01 315 10983,6

400,8

3,65 378,2

3,44 LM

CESAR GARCIA BRITO E/OU SIOMARA S.G.BRITO

MG

COLDER

LEKA FIFA ATLANTIC 214

BR1764629

02-02 365 10968,8

398,7

3,63 364,9

3,33 LM

LEONARDO MOREIRA COSTA DE SOUZA

MG

MAPLE-DOWNS-I G W ATLANTIC-ET

347 16588,9

RECORDISTA ATUAL MINEIRA

2 ANOS SENIOR

COLLEM MERIDIAN VERONA

BX467251

422,0

470,7

COLLEM CONSTRUTORA MOHALLEM LTDA

2017

ALANA MOGUL VALESKA

BX480749

02-10 365

8049,9

364,0

4,52 268,3

3,33

--

ALMIR PINTO REIS

MG

GLAURA FA CARDEAL EXCELSA

BX476307

02-06 365

7506,5

288,8

3,85 232,9

3,10

--

FERNANDO ROBERTO DE OLIVEIRA E ALCENI A.WERLE MG

MOUNTFIELD SSI DCY MOGUL-ET GLAURA FA MASTERPIECE CARDEAL

RECORDISTA ATUAL MINEIRA

3 ANOS JUNIOR

CALANDRA CARLOTA BLACKSTAR

BX158589

365 17120,0

623,0

MARCOS ARRUDA VIEIRA

1996

VAM IVUSCA IVONE LUTIO

BX472876

03-04 365 11173,4

358,8

3,21 364,2

3,26 LM

ANTONIO AUGUSTO MARINS E IRMAOS

MG

VAM LUTIO ADVENT-RED-TE

LEKA EBY DUBAI 176

BX477821

B+-80

03-03 329

9580,5

401,9

4,20 310,2

3,24 LE

LEONARDO MOREIRA COSTA DE SOUZA

MG

RONELEE GOLDWYN DUBAI-ET

A.M.A. DOORMAN FRANDIXI 873-TE

BX487318

MB-85

03-04 323

9292,6

333,8

3,59 309,3

3,33 LM

ANICETO MANUEL AIRES

MG

VAL-BISSON DOORMAN

VAM LIA 12 BRADNICK-FIV

BX489989

03-01 365

8351,7

293,0

3,51 279,5

3,35

ANTONIO AUGUSTO MARINS E IRMAOS

MG

REGANCREST-GV S BRADNICK-ET

--

RECORDISTA ATUAL MINEIRA

3 ANOS SENIOR

GALENA ESTETICA CESARE

BX384765

365 17914,9

520,2

575,5

DIRCEU DE MANCILHA

2012

VAM ROSANA ROSIE SID

BX477765

B+-81

03-07 307 10695,0

415,3

3,88 351,5

3,29 LM

ANTONIO AUGUSTO MARINS E IRMAOS

MG

PINE-TREE SID-ET

ZC CAVA MALI SURPRESA BAXTER METEOR 106-TE

BX552568

MB-85

03-10 365

9900,6

370,0

3,74 313,3

3,16 LM

JOSE ALAIR COUTO

MG

SULLY ALTAMETEOR-ET

EVAJOY COCADA EXTREME

BR1729189 B+-82

03-06 365

8793,8

305,4

3,47 279,3

3,18

--

ARGEMIRO MAGALHAES NETTO

MG

MR ANDIS ALTAEXTREME

S H A IGAPY ALIX 2944

BX476071

03-07 309

6253,3

240,1

3,84 204,5

3,27

--

WLADIMIR ANTONIO PUGGINA

MG

FARNEAR ALTAALIX-ET

RECORDISTA ATUAL MINEIRA

4 ANOS JUNIOR

4 ANOS SENIOR

A.M.A. ASTRE CAMILA

BX190727

365 17388,3

594,7

COLLEM CONSTRUTORA MOHALLEM LTDA

1999

LUCIA PIRATININGA FEVER

BX468438

MB-85

04-00 365 15463,3

513,7

3,32 489,7

3,17 LM

RAUL PINTO

MG

CRACKHOLM FEVER

VAM SONIA SOLANGE TOYOTA

BX433427

MB-85

04-02 365 11423,1

392,9

3,44 341,0

2,98 LM

ANTONIO AUGUSTO MARINS E IRMAOS

MG

MORNINGVIEW ALTATOYOTA

365 19199,6

DIRCEU DE MANCILHA

2015

FABIO EUSTAQUIO SILVEIRA

MG

RECORDISTA ATUAL MINEIRA GALENA NAZARETH SHARKY

BX393242

FAHES SIRIGAITA REGINALD

BR1709039

04-08 331

556,5

542,1

9033,0

323,4

3,58 275,0

3,04

--

REGANCREST REGINALD

RECORDISTA ATUAL MINEIRA

5 ANOS

JARDIM GENUINA

BX208241

365 19940,7

442,9

621,4

ANDRE LUIS MOREIRA DE ANDRADE E OUTRA

2002

A.M.A. SID CRYSTAL 759-TE

BX434813

EX-90

05-06 365 14687,6

423,3

2,88 445,3

3,03 LM

ANICETO MANUEL AIRES

MG

PINE-TREE SID-ET

A.M.A. SID RAVEN 790-TE

BX448804

MB-85

05-05 352 10640,5

305,8

2,87 331,0

3,11

--

ANICETO MANUEL AIRES

MG

PINE-TREE SID-ET

MALARIS NANDA MASTER 461

BR1775321

05-02 365

9859,5

349,5

3,55 312,6

3,17

--

ESCOLA AGROTECNICA FEDERAL DE MUZAMBINHO

MG

RAUSCHER MARSHALL MASTER

EVAJOY JADE MACHINIST U-104

BR1651232 B -79

05-11 365

6832,9

196,9

2,88 232,6

3,40

--

ARGEMIRO MAGALHAES NETTO

MG

DEER-BROOK MACHINIST-ET

RECORDISTA ATUAL MINEIRA

6 ANOS

CRUZILIA RENDILHA JOE

BX317348

VAM NUVEM MAGOT-FIV

BX460904

ONDA SUL PIUNA 1010

BR1785658

B+-84

365 19488,5

818,7

601,4

MAURILIO FERREIRA MACIEL

2010

06-03 365 11455,7

338,9

2,96 355,2

3,10

--

ANTONIO AUGUSTO MARINS E IRMAOS

MG

06-01 365

6840,7

211,2

3,09 219,3

3,21

--

LUCIANO PIMENTA C. PERES E/OU ROGERIO P.PERES

MG

316 17557,0

354,0

SIDNEY NERY

1999

3,22 202,0

3,20

--

JOSE ALAIR COUTO

MG

CHARPENTIER MAGOT

RECORDISTA ATUAL MINEIRA

7 ANOS

GENOVA GOLD BELL DE SANTA PAULA

BR1048927

ZC CAVA JOANINHA HARMONIA BOLTON HILL 073-TE

BX418916

07-07 322

6321,2

203,5

358 17158,9

LOTTA-HILL SHOTTLE 41-ET

RECORDISTA ATUAL MINEIRA

ADULTA JÚNIOR ADULTA SENIOR

CRUZILIA LEGENDA FRIN

BR1173977

770,6

500,3

MAURILIO FERREIRA MACIEL

2007

ONDA SUL SPARTA 2834

BX521815

B+-82

09-06 363

8426,4

247,9

2,94 224,8

2,67

--

LUCIANO PIMENTA C. PERES E/OU ROGERIO P.PERES

MG

PARADISE-DND SPARTA ET

J.M.A. ESCOCIA JAYZ 365

BR1563559 B+-81

08-02 356

6548,5

248,2

3,79 216,7

3,31

--

AGRO PECUARIA JM LTDA

MG

HORNLAND JAYZ-ET

305 15658,3

542,6

397,9

SIDNEY NERY

2004

RECORDISTA ATUAL MINEIRA DOUTORA ENCHANT RILENE J.C

BR1049810

ROTEIRO PROGRAMADO Uma ótima oportunidade de valorizar o rebanho com custos mais acessíveis.

JORNAL HOLANDÊS | ANO 15 | N. 182 | março de 2019 | página 47


365 dias

Controle leiteiro ofiCial Melhores laCtações por Classe SEgUNDA DIvISãO DE 306 A 365 DIAS 3 ORDENhAS - PERÍODO 01/12/2018 A 31/12/2018 RAÇA: hOLANDêS

noMe aniMal

registro

Class

idade dias laCt.

prod leite

prod gord.

% gord

prod prot.

% tit. prot.

proprietário

uf

noMe do pai

RECORDISTA ATUAL BRASILEIRA

1 ANO PARIDA

EF & LS COPACABANA WILDMAN

BR1544771

365 19222,2

527,9

561,4

SEKITA COW 5548 SILvER

BX568087

B+-84

01-10 365 14579,4

604,5

4,15 483,2

3,31 LM

EVARISTO FRANCISCO MARQUES/LEANDRO S.MARQUES 2012 SEKITA AgRONEgOCIOS

Mg

SEAgULL-BAY SILvER-ET

SEKITA DAYTON 5599 MONTEREY

BR1785787 B+-82

01-10 365 13862,5

482,8

3,48 453,7

3,27 LM

SEKITA AgRONEgOCIOS

Mg

vIEW-hOME MONTEREY-ET

SEKITA YOShI 5110 JACEY

BR1775772 B -79

01-10 365 13811,0

498,4

3,61 416,5

3,02 LM

SEKITA AgRONEgOCIOS

Mg

COYNE-FARMS JACEY CRI-ET

gALENA PAMPA COMMANDER 232

BR1791538

01-10 365 13358,4

407,5

3,05 433,1

3,24 LE

DIRCEU DE MANCILhA

Mg

LARCREST COMMANDER-ET

RECORDISTA ATUAL MINEIRA

2 ANOS JUNIOR

MENGE BAXTER XANDOCA 1563-TE

BX413344

MENgE FEvER D2588

BX490117

365 18400,2

659,4

544,2

ARMANDO EDUARDO DE LIMA MENGE

2013

02-03 365 16204,2

518,1

3,20 460,1

2,84 LM

ARMANDO EDUARDO DE LIMA MENgE

LIMASSIS DECANADA 2464

Mg

CRACKhOLM FEvER

BX518655

02-03 365 14108,6

415,6

2,95 448,8

3,18 LE

MARIELLE CAMPOS LIMA ASSIS

Mg

ChARLESDALE SUPERSTITION-ET

MENgE DURBIN D2637

BX493049

02-04 365 13696,0

485,1

3,54 432,1

3,15 LM

ARMANDO EDUARDO DE LIMA MENgE

Mg

LADYS-MANOR DURBIN-ET

SEKITA ALICE 5289 MONTEREY

BX498389

B+-80

02-02 365 13564,9

513,3

3,78 414,6

3,06 LM

SEKITA AgRONEgOCIOS

Mg

vIEW-hOME MONTEREY-ET

BRENO BARBOSA COSTA

2015

B+-83

RECORDISTA ATUAL MINEIRA

2 ANOS SENIOR

J.E.N. HELOA ATWOOD

BX443214

365 19019,5

850,1

551,2

SEKITA RAJA 4702 MCCUTChEN-FIv

BX487480

MB-86

02-10 350 18452,0

632,3

3,43 511,4

2,77 LM

SEKITA AgRONEgOCIOS

Mg

DE-SU BKM MCCUTChEN 1174-ET

SEKITA TOPAZ 4925 FEvER

BR1763647 MB-85

02-07 354 15629,9

634,1

4,06 488,2

3,12 LE

SEKITA AgRONEgOCIOS

Mg

CRACKhOLM FEvER

SEKITA SAMAR 4743 MCCUTChEN

BX566675

02-09 350 15288,1

626,2

4,10 522,9

3,42 LE

SEKITA AgRONEgOCIOS

Mg

DE-SU BKM MCCUTChEN 1174-ET

LANDEMART 2247

BR1846130

02-09 365 15257,0

580,1

3,80 540,7

3,54 LM

ANTONIO DE PADUA MARTINS

Mg

MB-85

RECORDISTA ATUAL MINEIRA

3 ANOS JUNIOR

J.E.N. CONDESSA BOLTON-TE

BX381065

365 21167,2

451,0

650,7

ELLOS JOSE NOLLI

2012

SEKITA MAggIE 4290 CONTROL

BX477639

MB-87

03-05 365 16021,1

543,0

3,39 501,9

3,13 LM

SEKITA AgRONEgOCIOS

Mg

JK EDER-I CONTROL

DUX FIgURA LASS 0292

BR1789693 B+-81

03-03 365 15798,8

636,4

4,03 497,5

3,15 LM

CURCIO E FILhOS

Mg

KLASSIC LABRON

LANDEMART JORDAN SEDAR 2241

BX559284

MB-85

03-02 339 14807,0

488,0

3,30 453,2

3,06 LM

ANTONIO DE PADUA MARTINS

Mg

gILLETTE JORDAN

SEKITA OLIvIA 4466 WINDBROOK-TE

BX521726

B+-82

03-01 365 14522,2

508,3

3,50 450,2

3,10 LM

SEKITA AgRONEgOCIOS

Mg

gILLETTE WINDBROOK

RECORDISTA ATUAL MINEIRA

3 ANOS SENIOR

VALE DO MILK’ DELICADA II

BR1271165

365 24051,0

792,0

367,0

LUIZ HENRIQUE SILVA E SORAYA T.A.MENDES SILVA

2000

gALENA NORMA hILL

BX471433

03-08 365 17627,3

509,6

2,89 516,9

2,93 LM

DIRCEU DE MANCILhA

Mg

LOTTA-hILL ShOTTLE 41-ET

gALENA ALBA BORIS

BX461058

03-09 365 16261,2

498,5

3,07 481,2

2,96 LM

DIRCEU DE MANCILhA

Mg

gALENA BORIS BOLTON

SEKITA hATICE 3957 ShAMELESS

BX464859

03-09 365 15691,1

640,4

4,08 494,8

3,15 LM

SEKITA AgRONEgOCIOS

Mg

LADYS-MANOR ShAMELESS-ET

AMARI QUERO QUERO gALL hALEY-TE

BX474359

03-06 365 14179,0

360,0

2,54 463,1

3,27

MARCIO FLAvIO PENIDO OLIvEIRA

Mg

DE-SU ALTAhALEY-ET

MB-85

--

RECORDISTA ATUAL MINEIRA

4 ANOS JUNIOR

MENGE SPIRTE TAORMINA 1143

BX409542

365 21781,4

612,0

618,5

ARMANDO EDUARDO DE LIMA MENGE

2012

EMIELE ELDA LILAC

BB21607

B -79

04-04 365 20528,1

539,2

2,63 627,4

3,06 LM

MARCIO MACIEL LEITE

Mg

EF & LS UvA 082

BR1729389 MB-87

04-04 365 18335,9

543,0

2,96 563,4

3,07 LM

EvARISTO FRANCISCO MARQUES/LEANDRO S.MARQUES Mg

gALENA BONECA JORDAN

BX461071

MB-85

04-00 365 16278,4

509,9

3,13 512,1

3,15 LM

DIRCEU DE MANCILhA

Mg

gILLETTE JORDAN

SEKITA ELENA 3797 ShAMROCK

BX464664

B+-81

04-01 365 16170,5

585,8

3,62 479,2

2,96 LM

SEKITA AgRONEgOCIOS

Mg

LADYS-MANOR PL ShAMROCK-ET

DELTA LILAC

RECORDISTA ATUAL MINEIRA

4 ANOS SENIOR

J.E.N. BUENA SORTE JEROM RED-TE

BR1480978

338 20907,1

324,5

569,9

ELLOS JOSE NOLLI

2012

SEKITA ARUANA 3414 ShAMROCK-FIv

BR1724384

04-06 364 17658,0

728,7

4,13 531,4

3,01 LM

SEKITA AgRONEgOCIOS

Mg

LADYS-MANOR PL ShAMROCK-ET

SEKITA SALLY 3275 ShAMROCK-FIv

BR1700727 B+-80

04-10 333 14811,3

523,2

3,53 420,9

2,84 LM

SEKITA AgRONEgOCIOS

Mg

LADYS-MANOR PL ShAMROCK-ET

FAhES SUELI AUDACITY

LB3144

04-06 312 12779,3

339,0

2,65 384,3

3,01

--

FABIO EUSTAQUIO SILvEIRA

Mg

SURE-vIEW AUDACITY-RED-ET

MEARA 1306 JAYZ

BX448723

04-09 365

7647,3

228,6

2,99 244,0

3,19

--

MARIELLE CAMPOS LIMA ASSIS

Mg

hORNLAND JAYZ-ET

RECORDISTA ATUAL MINEIRA

5 ANOS

C.A.A. AMERICA

BR1449851

LANDEMART KINgLY PAgEM 1948

BX559307

350 23153,7

564,1

655,6

CARLOS ALBERTO ADAO

2007

05-05 365 17317,4

606,9

3,50 543,2

3,14 LM

ANTONIO DE PADUA MARTINS

J.B.O. ROgERIA DELK

Mg

LAJEANTE KINgLY

BR1665166

05-06 365 16928,0

539,0

3,18 498,5

2,94 LM

MARCIO FLAvIO PENIDO OLIvEIRA

Mg

KINgS-RANSOM S DELK-ET

J.B.O. RESINA 044

BR1832440

05-07 357 15696,2

428,3

2,73 413,6

2,63 LM

MARCIO FLAvIO PENIDO OLIvEIRA

Mg

SEKITA CATYANE 2798 DOBERMAN-FIv

BR1679214

05-04 365 15208,6

612,9

4,03 493,3

3,24 LM

SEKITA AgRONEgOCIOS

Mg

B+-80

COPPERTOP DOBERMAN-ET

RECORDISTA ATUAL MINEIRA

6 ANOS

7 ANOS

BOSCATTI IMACULADA MISTRAL

BR1576611

357 22271,4

724,8

628,0

DJAIR BOSCATTI

2017

SEKITA CASCATA 2273 KINgLY

BR1633304 B -78

06-01 365 16045,6

631,2

3,93 534,5

3,33 LM

SEKITA AgRONEgOCIOS

Mg

LAJEANTE KINgLY

SEKITA DIPLOMA SILvIA 2370 ShOTTLE-FIv

BX434723

06-02 348 12954,2

457,2

3,53 394,5

3,05 LE

SEKITA AgRONEgOCIOS

Mg

PICSTON ShOTTLE-ET

FLAMMA ARMSTEAD 3 DIADORIM

BR1621125

06-09 311 11539,6

332,5

2,88 334,0

2,89

--

MARCOS NEvES PEREIRA

Mg

DIAMOND-OAK ARMSTEAD ET

ROLUSEI CALIMERIA 782

BR1674178

06-01 326 10548,8

385,2

3,65 335,5

3,18

--

ROgERIO LUIZ SEIBT

Mg

365 20238,5

616,6

B+-82

RECORDISTA ATUAL MINEIRA LAGOS STORM LEILA 457

BX251613

517,90

ARMANDO EDUARDO DE LIMA MENGE

2008 2008

RECORDISTA ATUAL

ADULTA JUNIOR ADULTA SENIOR

BOSCATTI FUXA CATH

BX373966

365 17899,6

487,4

556,4

DJAIR BOSCATTI

2016

BOSCATTI FUXA CATh

BX373966

B -75

09-08 365 18790,1

673,4

3,58 604,6

3,22 LM

DJAIR BOSCATTI

Mg

ASKEW BOND CATCh ET

AMORIM SANgALA SALTO

BR1537447 MB-89

09-05 333 11968,5

431,5

3,61 370,9

3,10 LM

JOSE AFONSO AMORIM

Mg

gEN-I-BEQ SALTO

305 19655,9

596,7

518,0

CARLOS ALBERTO ADAO

2008

RECORDISTA ATUAL MINEIRA C.A.A.LAGOA

BR1449850

Animal registrado é animal que passa confiança na hora da venda! JORNAL HOLANDÊS | ANO 15 | N. 182 | Março de 2019 | página 48

Profile for AGROVALOR

JORNAL HOLANDÊS | MARÇO DE 2019  

Publicação oficial da Associação dos Criadores de Gado Holandês de Minas Gerais

JORNAL HOLANDÊS | MARÇO DE 2019  

Publicação oficial da Associação dos Criadores de Gado Holandês de Minas Gerais

Advertisement