Page 1

Cidades Política Cultura Esportes São Caetano Mundo Economia Tecno

3, 4, 5 e 6 7e8 9 10 e 11 12 13 14 e 15 16

As aulas são abertas para o público em geral.

Foto: Divulgação

Ribeirão Pires oferece curso gratuito de braile

NESTA EDIÇÃO

4Pág. 04

Pró-Memória de São Caetano prorroga exposição Enredo até março O artista - Eduardo de Amorim Nunes 4Pág. 12 nasceu no Rio de Janeiro.

Santo André começa a entregar kits de material escolar no primeiro dia de aula 4Pág. 03

abc

Sexta-feira, Quarta-feira,09 21dedefevereiro outubro de de 2018 2015 Edição 2720 2125 Ano XII IX

Governo apresenta nova proposta para reforma da Previdência

O Carnaval está chegando e as instituições da Secretaria da Cultura do Estado oferecem 86 atrações ao longo do mês para todos os gostos e idades, na capital, no interior e no litoral. 4Pág. 08 e 09

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Depois de uma série de idas e vindas, a versão final -ao menos até o Carnaval- da reforma da Previdência foi apresentada nesta quarta-feira (7). O texto foi redigido pelo relator da PEC (proposta de emenda à Constituição), Arthur Maia (PPS-BA), mas apresentado pelo líder do governo na Câmara, Aguinaldo Ribeiro (PP-PB). Como Maia já havia antecipado na terça-feira (6), o texto traz apenas uma alteração prática em relação à versão que havia sido divulgada no final do ano passado. 4Pág. 15

Acompanhe a programação de carnaval nas instituições da Secretaria da Cultura

São Bernardo entrega 10 novos ônibus à população

DESTAQUE SQN

meio ambiente Jardim Mirante e adjacências recebem melhorias em Ribeirão Pires. 4Pág. 06

futebol Azulão luta muito, mas não sai do empate com o Criciúma. 4Pág. 10

Siga-nos

economia Atrium Shopping abre espaço dedicado ao casamento.

• @grupohojelivre • jornal.hojelivre

Foto: Divulgação

4Pág. 14

política

Processo de modernização dos veículos municipais incluirá entrega de outras dez unidades ainda em fevereiro. 4Pág. 05

PF prende deputado João Rodrigues após ordem do Supremo. 4Pág. 07


sexta-feira, 09 de fevereiro de 2018

www.jornalhojelivre.com.br

2 editorial

O que pode acontecer daqui a um ano no Brasil?

PASSANDO A LIMPO

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

revogação n A Prefeitura de Diadema anunciou que revogou a licitação para contra-

tação de agência de publicidade no mesmo dia que a imprensa regional mostrou que o edital foi copiado de certame para a mesma finalidade aberto no ano passado pela prefeitura de Jandira, no Interior do Estado. A administração de Lauro Michels (PV) não informou os motivos do cancelamento da concorrência pública. Apenas declarou que o processo de contratação estava revogado e que a decisão seria publicada hoje no Diário Oficial. No site do Paço já não é mais possível fazer download dos anexos da concorrência 3/2018. Também não foi revelado se outra licitação será colocada nas ruas nos próximos dias.

plágio n Informações mostram que parágrafos inteiros, inclusive com erros de

acentuação, foram plagiados pela Prefeitura de Diadema. Em um dos anexos, a Secretaria de Comunicação diademense, responsável por esse processo de admissão, diz que a empresa prestaria serviços para “a prefeitura de Jandira”, em clara demonstração de cópia dos termos do governo do Interior.

fórmula n A fórmula para precificar as propostas também é a mesma. A concor-

rência da gestão em Jandira foi aberta em outubro de 2017. O processo licitatório de Diadema foi colocado na rua em janeiro deste ano. O governo Lauro Michels estimava gastar R$ 1,66 milhão por ano com publicidade, sendo que o acordo poderia ser prorrogado por cinco anos. O vencedor da licitação deveria ser conhecido em março. Em 2016, a administração despendeu R$ 1,15 milhão para propaganda. A agência que administra a conta do Executivo é a Paz Comunicação Estratégica.

Rua José Versolato 111, Torre B- Conjunto 802 - SBC CEP 09750-730 Tel: 23791915

www.jornalhojelivre.com.br Publisher: Luciana Sereno Diagramação: Natália Sabino comercial.hojelivre@gmail.com redacao.hojelivre@gmail.com ANUNCIE: 950600843

Circulação: SCS, SBC, Santo André, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e RGS TIRAGEM E VEICULAÇÃO: 30 MIL EXEMPLARES

Os meios de comunicação massacram com detalhes, munidos com informações que recebem do poder judiciário, tudo o que os delatores falam e o que a Justiça, via Polícia Federal, apuram sobre Lula, seus filhos e sobre a senhora Marisa Letícia, falecida quase um ano atrás. Tudo o que é dito, faz parecer com que Lula seja o responsável pela corrupção no Brasil. Parecendo inclusive, ter ele próprio inventado a corrupção. O ministro Gilmar Mendes, há cinco anos, denunciou durante entrevista à revista Veja “ter sido procurado por Nelson Jobim (ex-ministro da Defesa de Lula) para se encontrar com Lula – Jobim e a assessoria de Lula desmentiram o convitecom o intuito de pressionar Gilmar Mendes a adiar o julgamento do processo do Mensalão para o ano de 2013” – segundo reportagem da revista Veja (ver data), período pós eleições municipais. Esse senhor é massacrado pela imprensa há mais de oito anos, o que significa uma repercussão de mais de 200 milhões de pessoas atingidas, e mesmo assim, no último sábado (2), instituto de pesquisas Datafolha, o mais conceituado do país, divulgou uma pesquisa feita entre os dias 29 e 30 de novembro, ouvindo 2765 pessoas, onde Lula aparece como primeiro colocado na corrida presidencial, com mais de 36% das intenções de voto. Mesmo com os massacres diários, feitos sempre com as mesmas acusações através de rádio, TV, e jornal, onde dizem (sem comprovar as denúncias com provas materiais) de que teria sido presenteado pelas empreiteiras OAS e Odebrecht com uma casa

de campo em Atibaia (SP), e um apartamento triplex que não vale mais do que R$ 600 mil, no Guarujá. Mesmo com todas essas acusações, feitas sem que fossem cumpridas as formalidades necessárias de um processo criminal (composto por provas, e não evidências), esse senhor lidera uma corrida presidencial com uma vantagem de mais de 20% sobre o segundo colocado. Segundo colocado este, que, foi acusado por um jornal carioca de mau comportamento profissional e político, denunciando-o pela prática de crime de nepotismo. Este político aparece em segundo lugar nas pesquisas, somando 17% das intenções de voto. Valor menor do que a diferença entre ele e o líder nas pesquisas. Um resultado de pesquisa que mais parece condenar a maioria dos eleitores brasileiros. Condenação sim. Pois se, apesar de todas essas violentas acusações veiculadas nas mídias sobre esse senhor ele ainda mantém a liderança, quem está errado? A campanha publicitária embalada pela Justiça ou o povo? Povo que na sua maioria pretende votar nesse senhor. Se o sufrágio universal é a alma da democracia, o que esperam esses senhores? A ingovernabilidade de qualquer eleito ou o fim do país em razão de ser provocada uma crise institucional?

FRASES

Sempre me achei bonita, gosto de mim e isso não é um egocentrismo. É um estado de espírito. Preta Gil, cantora

Foto: Divulgação


www.jornalhojelivre.com.br

sexta-feira, 09 de fevereiro de 2018

cidades

3

educação

Santo André começa a entregar kits de material escolar no primeiro dia de aula

Na última quarta-feira (7), primeiro dia de aula da rede municipal de ensino, a Prefeitura de Santo André, por meio da Secretaria de Educação, deu início à entrega dos kits de material escolar. A cidade conta hoje com 51 Emeiefs (Escolas Municipais de Educação Infantil e Ensino Fundamental) e 35 creches, que atendem aproximadamente 30 mil alunos, com idade até 10 anos. A primeira escola a receber os itens foi a Emeief Demercindo da Costa Brandão, no bairro Camilópolis, que na tarde desta quarta recebeu a visita do prefeito Paulo Serra para a entrega das primeiras pastas contendo o material. “Durante muito tempo os moradores desta região comen-

tavam que ninguém olhava para o segundo subdistrito, do qual o Camilópolis faz parte, por isso escolhemos esta escola para começar a entrega. Assim, também mostramos uma mudança de conceito, mudança de gestão”, afirmou o prefeito Paulo Serra, durante a cerimônia de entrega dos itens, que reuniu pais e alunos. A Emeief Demercindo da Costa Brandão atende hoje cerca de 520 crianças. Nos próximos dias, as demais escolas também receberão os kits. “É uma grande satisfação para mim poder entregar este material hoje, no primeiro dia de aulas. No ano passado conseguimos entregar os kits graças a um grande esforço da administra-

ção, apesar dos problemas, do endividamento que foi herdado”, comentou o prefeito. Para Sueli Patrício da Silva, mãe dos alunos Samuel, de 6 anos e Éric, de 8 anos, a qualidade do material é muito importante. “Como o Éric é autista, alguns tipos de material mais resistente facilitam o uso e evitam que os itens estraguem muito rapidamente”, destacou. “Há uma porção de gastos, inclusive por causa dos tratamentos, que pesam bastante no orçamento e por isso a possibilidade de receber o material é um alívio muito grande”. “Este ano estamos entregando itens de melhor qualidade, que atendem mais as expectativas

e desejos que a gente quer de qualidade do serviço público, especialmente na educação”, acrescentou o prefeito Paulo Serra. “A gente sabe que formação de professores é importante, a merenda de qualidade, a estrutura das escolas, tudo é importante, mas a entrega do material no primeiro dia tem um simbolismo que é o de estimular as crianças a voltarem a entender a importância de vir para a escola aprender e ter uma boa formação. Que elas saibam que esse espaço, apesar de ser público, tem boa qualidade e que esse material não deve nada para nenhuma escola particular”, finalizou. O investimento para aquisição dos materiais, que comporão

Foto: Divulgação

seis conjuntos diferentes de itens, é de cerca de R$ 4 milhões. “O material escolar é uma motivação a mais para as crianças terem vontade de voltar à escola, terem uma visão positiva sobre a importância de voltar aos estudos, além de despertar o interesse em aprender. Muitas não tem apoio em casa, as famílias que não têm estrutura, ou conseguem transmitir os valores relacionados à importância da escola, e os materiais, podendo ser usados desde o início do ano, são um fator a mais para que as crianças se sintam valorizadas e valorizem a escola”, disse Regina Gomes Bezerra de Almeida, de 37 anos, mãe de Leonardo Bezerra de 5 anos e de Heloísa, de 8 anos.


sexta-feira, 09 de fevereiro de 2018

4

www.jornalhojelivre.com.br

cidades

curso

Ribeirão Pires oferece curso gratuito de braile

A Prefeitura da Estância Turística de Ribeirão Pires, por meio da Secretaria de Educação, Inclusão, Cultura e Tecnologia, está realizando as inscrições para curso gratuito de braile. As aulas são abertas para o público em geral, especialmente para professores e demais profissionais da educação. Os in-

teressados devem comparecer no CEFORPE – Centro de Formação dos Profissionais da Educação (Av. Prefeito Valdírio Prisco, 192 – Jardim Itacolomy), de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 11h30 e das 13h30 às 16h30. As aulas serão realizadas às terças-feiras, no período da manhã, das 9h às 11h; às quintas-

feiras, no período da tarde, das 14h às 16h, ou no período da noite, das 18h às 20h. O curso tem previsão para inicio no dia 13 de março e as aulas serão ministradas no CEFORPE. O objetivo das aulas é transmitir o conhecimento da escrita e leitura braile, a fim de ampliar a capacitação profis-

Foto: Divulgação

sional daqueles que poderão atuar, direta ou indiretamente, com os deficientes visuais. Os profissionais da Prefeitura de Ribeirão Pires deverão realizar o curso no contraturno de expediente de trabalho. As inscrições encerram no dia 2 de março e são oferecidas 15 vagas por período, totalizan-

do 45 vagas e a carga horária é de 30 horas. Mais informações pelo telefone 4825-9270 Serviço - Inscrições para curso gratuito de braile: Data: até 02 de março Local: CEFORPE – Centro de Formação dos Profissionais da Educação (Av. Prefeito Valdírio Prisco, 192 – Jardim Itacolomy)


www.jornalhojelivre.com.br

sexta-feira, 09 de fevereiro de 2018

cidades

5

mobilidade

São Bernardo entrega 10 novos ônibus à população

A Prefeitura de São Bernardo entregou na quarta-feira (7) mais um lote de dez novos ônibus zero-quilômetro, que irão reforçar as linhas municipais da cidade a partir deste mês. Todas as unidades são dotadas de acessibilidade, conexão wi-fi, ar-condicionado, tomadas USB, TV a bordo e nova comunicação visual, com investimento de R$ 5 milhões. O objetivo é oferecer mais conforto, segurança e comodidade aos usuários, modernizando e elevando a idade

média da frota da cidade. De acordo com o prefeito Orlando Morando, a previsão é que ainda em fevereiro a cidade passe a contar com mais dez novas unidades para atendimento às linhas do bairro Rudge Ramos, em substituição aos modelos mais antigos ainda em circulação. “Há pelo menos dez anos a cidade não recebia ônibus novos. Temos cobrado da concessionária, a SBC Trans, e os próximos dez serão entregues em um prazo muito curto, ainda

antes do processo de licitação da nova concessão”, destacou. Com capacidade para até 105 passageiros, os veículos zeroquilômetro entram em circulação para substituir modelos micro com maior tempo de uso, conforme detalhou o presidente da Empresa de Transporte Coletivo (ETC), Ademir Silvestre. “Tentamos em um primeiro momento acabar com os microonibus, que são veículos com menor capacidade. Por isso apostamos nos modelos Midi, que têm

Foto: Divulgação

tamanho e qualidade superior”, afirmou Silvestre. A troca dos micro-ônibus por veículos Midi disponibilizou aos passageiros 12 assentos a mais e um amplo espaço em comparação aos modelos anteriores.

de. Os coletivos receberam um investimento de R$ 48 mil por unidade por parte da concessionária SBC Trans, passando a contar também com ar-condicionado, sistema de acessibilidade, tomada e nova pintura.

Corredores Ainda neste ano, o município deverá passar a contar 25 unidades de modelos articulados e adaptados com porta à esquerda e piso rebaixado, que irão circular nos futuros corredores exclusivos para ônibus atualmente em obras na cida-

Com capacidade para transportar 123 passageiros, sendo 43 sentados e 80 em pé, os ônibus reformados atenderão os requisitos para circulação nas vias exclusivas que serão implantadas ainda neste ano, como nas Avenidas João Firmino, Vergueiro e Pery Ronchetti.


sexta-feira, 09 de fevereiro de 2018

6

www.jornalhojelivre.com.br

cidades

meio ambiente

Jardim Mirante e adjacências recebem melhorias em Ribeirão Pires

Dando sequência ao trabalho de manutenção nos bairros e vias de Ribeirão Pires, nessa semana, a Secretaria de Infraestrutura da Estância faz serviços de manutenção no bairro Jardim Mirante. A Capela de Santo Antônio, seu entorno e vias de acesso estão recebendo as melhorias. Na área da igreja, a Prefeitura fez a capinação e

limpeza, além da reposição de vegetação. Será efetuada, ainda, a troca da bandeira do Brasil, que tremula num dos pontos mais altos da cidade. “Assim como a área da Capela, todo o bairro Mirante receberá manutenções. Nessa semana estamos nesta região e vias de acesso. Estamos empenhados e vamos atender as demandas recebidas pela Prefeitura”,

disse Diogo Manera, secretário de Infraestrutura Urbana. Além das ruas do Mirante, as avenidas Humberto de Campos e Capitão José Gallo e a ponte da Vila Ema recebem nesta semana os serviços de capinação, limpeza, pinturas de guias e a revitalização dos pontos de ônibus. A Secretaria de Infraestrutura Urbana trabalha em calendário

de manutenção por todo o município, seguindo cronograma de prioridades e considerando demandas apresentadas pelos moradores. Em razão da grande extensão territorial da cidade, as equipes cobrem diferentes áreas em cada período. Os moradores podem contribuir com o planejamento das atividades de manutenção da Prefeitura informando demandas por meio do telefone 4828-1609.

Foto: Divulgação

Pontos Turísticos Paralelamente às intervenção no Mirante Santo Antonio, as equipes de infraestrutura estão promovendo melhorias no Mirante São José, que passa por revitalização completa e logo será entregue à população. A tricentenária Igreja de Nossa Senhora do Pilar e entorno também receberam serviço de manutenção neste período.


www.jornalhojelivre.com.br

sexta-feira, 09 de fevereiro de 2018

política

7

decisão

acontece

PF prende deputado João Rodrigues após ordem do Supremo

Voto impresso, o retorno ao passado que opõe Bolsonaro e a Procuradoria Geral

Foto: Divulgação

A Polícia Federal informou que prendeu na manhã desta quinta-feira, 8, em Guarulhos o deputado federal João Rodrigues (PSD-SC). A PF cumpriu o mandado de prisão expedido pela Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) após a decisão majoritária do Colegiado na terça-feira, 6, na qual foi determinado o início do cumprimento da pena. João Rodrigues foi condenado em segunda instância a cinco anos e três meses em regime semiaberto por dispensa irregular de licitação. Em nota, a PF informou que levantamento com apoio

das adidâncias nos EUA e Paraguai identificou que o deputado estava no exterior e havia modificado seu bilhete de passagem, alterando o destino final do Brasil para o Paraguai. “Com receio de que ocorresse a prescrição da execução da pena, prevista para a próxima segunda-feira, 12 , a Polícia Federal comunicou o fato ao ministro Alexandre de Moraes, presidente da Primeira Turma do STF, que autorizou a inclusão em difusão vermelha no banco de dados da Interpol (Polícia Internacional)”, diz a nota da PF.

João Rodrigues foi impedido de entrar no Paraguai. O deputado embarcou em voo rumo a Guarulhos/SP, onde foi preso. Na terça-feira, a Primeira Turma da Corte rejeitou recurso protocolado pela defesa do deputado, que pedia revisão da condenação pelo Tribunal Regional Federal da 4° Região (TRF-4), decretada em 2009, por fraude e dispensa de solicitação. João Rodrigues é o terceiro deputado a cumprir pena. Paulo Maluf (PP-SP) e Celso Jacob (PMDB-RJ) estão presos.

Um “retorno ao passado” colocou em rota de colisão a Procuradoria-Geral da República e o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ), segundo colocado nas pesquisas de opinião para as eleições presidenciais. Saudoso dos anos de chumbo da ditadura militar, o capitão do Exército conseguiu emplacar outro “retrocesso” durante a mini-reforma política aprovada em 2015. Foi dele o artigo que previa a obrigatoriedade do voto impresso — desde 1996 o Brasil utiliza predominantemente urnas eletrônicas. À época, o Tribunal Superior Eleitoral chiou e disse que a adaptação do equipamento para que emitisse um comprovante impresso custaria aos cofres públicos mais de 1,8 bilhão de reais. Em época de crise econômica, o Tribunal determinou que nestas eleições apenas 5% dos dispositivos de votação tenham a impressora — aproximadamente 30.000 urnas. Mas, nesta segundafeira, a PGR declarou que o artigo proposto por Bolsonaro e aprovado no Legislativo contraria a Constituição, e pediu que fosse declarado nulo. Antes mesmo do início da campanha, o capitão do Exército já colocou o resultado da eleição em xeque: ele reagiu à Ação Direta de Inconstitucionalidade da PGR rapidamente atacando a procuradoria e o TSE. Nesta quarta-feira usou sua conta no Twitter para dizer que “essa ação, no mínimo suspeita entre TSE e MP para derrubar o voto impresso, fará com que o Sistema eleja o futuro presidente do Brasil em outubro. O Datafolha, manipulando os números, dará credibilidade à fraude”, escreveu. Pelo texto aprovado pela Câmara, cada voto deverá ser impresso de forma automática pela urna eletrônica e, após a conferência do eleitor, será depositado dentro de uma urna lacrada, não havendo contato manual com o comprovante. O documento da PGR assinado pela procuradora-geral, Raquel Dodge, alega que essa medida “não garante o anonimato e a preservação do sigilo do voto”, previstos na Constituição. “A norma [aprovada pelo Legislativo] não explicita quais dados estarão contidos na versão im-

pressa do voto, o que abre demasiadas perspectivas de risco quanto à identificação pessoal do eleitor, com prejuízo à inviolabilidade do voto secreto”. Dodge destacou também que uma parcela dos eleitores estaria mais sujeita à violação de seu sigilo: “Há ainda que se considerar a situação das pessoas com deficiência visual e as analfabetas, que não terão condições de conferir o voto impresso sem o auxílio de terceiros, o que, mais uma vez, importará quebra do sigilo de voto”. Isso porque um dos artigos da lei aprovada diz que “o processo de votação não será concluído até que o eleitor confirme a correspondência entre o teor de seu voto e o registro impresso e exibido pela urna eletrônica”. A procuradora-geral também destaca que, caso haja algum tipo de falha na impressão do voto pela urna eletrônica ou o travamento da mesma, “estas situações demandarão intervenção humana para a sua solução, com a iniludível exposição dos votos já registrados e daquele emanado pelo cidadão que se encontra na cabine de votação”. Dodge lembrou ainda em seu pedido que, em 2002, o TSE realizou um teste com o voto físico em todas as seções eleitorais do Distrito Federal e de Sergipe, que tiveram urnas com impressão de comprovante. Um relatório do Tribunal à época concluiu que a experiência “demonstrou vários inconvenientes”, “nada agregou em termos de segurança ou transparência” e criou “mais problemas”. O TSE também apontou que nas seções com voto impresso foram observados filas maiores e um maior porcentual de urnas com defeito. Atualmente o processo licitatório para a elaboração das urnas eletrônicas com impressora já está em andamento, com alguns modelos em fase de testes, por isso Dodge pede pressa para que a medida seja suspensa. “É imperiosa a concessão de medida cautelar para suspender a eficácia da norma legal, inclusive para que sejam sustados os procedimentos administrativos em curso para a sua implementação”, diz.


sexta-feira, 09 de fevereiro de 2018

8

www.jornalhojelivre.com.br

cultura

feriadão

Acompanhe a programação de carnaval nas instituições da Secretaria da Cultura O Carnaval está chegando e as instituições da Secretaria da Cultura do Estado oferecem 86 atrações ao longo do mês para todos os gostos e idades, na capital, no interior e no litoral. Os foliões vão poder aproveitar blocos e bailes de Carnaval, oficinas de máscaras, lançadores de confetes e confecção de abadás. Quem quiser fugir da folia poderá visitar exposições nos museus da Casa Brasileira, Diversidade Sexual e MIS-SP, participar de oficinas e conferir peças teatrais. Atenção! Durante o feriado, alguns espaços terão mudanças em seus horários de funcionamento: - Funcionam normalmente nos dias 10 e 11 de fevereiro (sábado e domingo): Biblioteca de São Paulo, Biblioteca Parque VillaLobos, Fábricas de Cultura (todas as unidades), Oficina Cultural Oswald de Andrade, Casa das

Rosas, Casa Guilherme de Almeida, Museu Catavento, Museu da Diversidade Sexual, Casa Mário de Andrade, Teatro Sérgio Cardoso e Museu da Casa Brasileira.

e Museu da Casa Brasileira. Após às 13h00: Fábricas de Cultura (unidades das Zonas Norte e Sul), Museu Catavento, Teatro Sérgio Cardoso e Museu da Diversidade Sexual.

- Estarão fechados nos dias 12 e 13 de fevereiro (segunda e terçafeira): Biblioteca de São Paulo, Biblioteca Parque Villa-Lobos, Fábricas de Cultura (todas as unidades), Oficina Cultural Oswald de Andrade, Casa das Rosas, Casa Guilherme de Almeida, Museu Catavento, Museu da Diversidade Sexual, Casa Mário de Andrade e Museu da Casa Brasileira.

- Funcionam normalmente nos dias 10, 11, 12, 13 e 14: Museu Índia Vanuíre (Tupã), Museu Casa de Portinari (Brodowski), Museu Felícia Leirner (Campos do Jordão) e MIS-SP (a partir das 12h00)

- 14 de fevereiro, quarta-feira de cinzas: Após às 12h00: Biblioteca de São Paulo, Biblioteca Parque Villa-Lobos, Fábricas de Cultura (unidades da Zona Leste), Oficina Cultural Oswald de Andrade, Casa das Rosas, Casa Guilherme de Almeida, Casa Mário de Andrade, MIS

* O Museu do Café (Santos) funciona normalmente nos dias 10, 11, 12 e 13, e estará fechado no dia 14. O Museu da Imigração e o Museu do Futebol funcionam normalmente nos dias 10, 11 e 13, e estarão fechados nos dias 12 e 14. A Pinacoteca do Estado funciona normalmente nos dias 10, 11 e 12, e estará fechada no dia 13. No dia 14, o museu abre às 12h00.

PARA CURTIR O CARNAVAL… NA CAPITAL COM A GALERA - O bloco “Será que é?” do Museu da Diversidade Sexual abre o Carnaval de São Paulo no sábado, 3 de fevereiro (sábado). A concentração será às 14h00, na esquina da rua Augusta com a Matias Aires. O trajeto será ao som de marchinhas, pop, axé, funk e samba, com participação dos DJs Arrigo e Douglas Penido, além do Coral LGBT e Deena Love. Na semana seguinte, 9 de fevereiro (sexta-feira), a Casa Mário de Andrade promove o Bloquinho do Mário. Das 18h00 às 21h00, o grupo Ministério do Samba promete animar o público marchinhas tradicionais, sambas-enredo, frevos e cantigas brasileiras. O Teatro Com Vida, que leva atrações gratuitas ao Teatro Sérgio Cardoso, apresenta “Carna

Klesmer e Umtza Fanfarra”, nos dias 10 e 11 (sábado e domingo, 16h30), que unirá os repertórios das festas judaicas de séculos atrás com as marchinhas brasileiras. As crianças também ganham espaço no domingo, 18, com o “Bota pra Ferver” (11h00) e, no dia 25 (domingo), com o “Linha Amarela Mágina” (11h00). As Fábricas de Cultura têm programação especial para todas as idades. A unidade do Capão Redondo fará “Oficina de Criação de Fantasias”(14h00), no dia 7 (quarta-feira). No dia 24 (sábado), a folia continua com o “Carna Fábrica” (13h00), um bloco produzido pelos aprendizes que sairá em cortejo pelo local. No dia 8 (quinta-feira), a Fábrica de Cultura Brasilândia promove a oficina “Carnaval?” (15h00), que apresentará a história da festa e também dos blocos que desfilam pelos bairros da região. No Jaçanã, Foto: Divulgação


www.jornalhojelivre.com.br

a festa será no dia 9 (sexta-feira) com o Baile de Máscaras (15h00). Na unidade de Vila Nova Cachoeirinha a comemoração será no domingo, 11, com a matinê infantil “Fábrica na Folia” (15h00). A Fábrica de Cultura Jardim São Luís promove no dia 24 (sábado) o “Festival Carnarock” (16h00) com as bandas Alqueive e Colônia Cratera. Na unidade de Vila Curuçá, o encontro de leitores será no dia 7 (quarta-feira, 15h00), em parceria com o Ateliê de Percussão. Durante a atividade, o público vai conhecer a diversidade cultural da percussão e sua relação com o frevo e o samba. Nos dias 8 e 9 (quinta e sexta-feira), a Fábrica de Cultura Sapopemba realiza o “Baile de Carnaval” (11h00 e 16h00). Também no dia 8 (quinta-feira), a oficina de criação (15h00) vai ensinar a confecção de máscaras de Carnaval. No Itaim Paulista, os aprendizes vão se divertir na oficina “Brincadeiras de Carnaval: Bolha de Sabão Carnavalesca” (15h00). Na unidade do Belém, o encontro de leitores será no dia 14 (quarta-feira, 14h00) e falará sobre as diferentes formas de se comemorar o Carnaval no mundo. EM FAMÍLIA - O Museu do Futebol entra no clima com entrada gratuita na terça-feira, dia 13. O espaço promove oficinas de Lançadores de Confetes (sábado, 10, 14h00), criação de máscaras de Carnaval com sacolas de papel (domingo e terça-feira, 11 e 13, 14h00) e confecção de balangandãs (terçafeira, 13, 11h00). O Carnaval continua na semana seguinte com a oficina “Sons e Construção de Instrumentos Musicais Alternativos” (sábado, 17, 12h00), que resultará em um mini bloco com ritmos carnavalescos, e o “Rebrincando o Carnaval” (sábado e domingo, 17 e 18, 14h00), com brincadeiras que misturam a linguagem infantil e a cultura popular com música, canções autorais da Cia. Rebrincando e marchinhas de Carnaval. O Museu Catavento apresenta

sexta-feira, 09 de fevereiro de 2018

cultura

o espetáculo “Mamulengo”, do grupo Buzum, que conta a história de uma garota que adora o Carnaval. A apresentação será na área externa do Museu, no dia 11, domingo, com sessões às 10h00, 11h00, 12h00, 14h00, 15h00 e 16h00. A apresentação é gratuita e para participar, é necessário retirar a senha diretamente no ônibus do Buzum. A senha do espetáculo não dá direito a entrada no Museu Catavento (os ingressos custam R$ 10,00 (R$ 5,00 meia entrada); gratuito aos sábados). Quem estiver fora de São Paulo no Carnaval, vai poder aproveitar a Maratona Infantil especial de Carnaval do MIS-SP, no dia 25 (domingo). Das 10h00 às 17h00, o público poderá participar de oficinas de máscaras, percussão, cortejo e construção de instrumentos musicais. No mesmo horário, haverá também intervenção com o Trio Elétrico do Bello Marques, o Bailinho da Isadora, o Bloquinho de Carnaval Folia de Rei, entre outras atividades. As atividades são gratuitas e serão realizadas na área externa do Museu. No dia 3 (sábado), quem passar pelo Museu da Imigração poderá criar seus próprios adereços durante a oficina de máscaras (15h00). No dia 11 (domingo), a atividade “De abadá eu vou!” (15h00), vai orientar os foliões a produzirem abadás. As atividades são gratuitas e para participar é necessário se inscrever pelo e-mail inscricao@museudaimigracao.org.br. NO INTERIOR EM FAMÍLIA - O Bloco do Guri, formado pelos alunos do Projeto Guri percorrerá oito cidades do interior: Buri (dia 7, quarta-feira, 18h00; dia 9, sexta-feira, 09h00), Espírito Santo do Pinhal (dia 7, quarta-feira, 15h00), Palmital (dia 7, quartafeira, 17h30), Jaú (dia 8, quintafeira, 16h00), Presidente Prudente (dia 9, sexta-feira, 14h00), Registro (dia 10, sábado, 19h00) e São Miguel Arcanjo (dia 11, domingo,

16h00). Serão mais de 100 integrantes dos cursos de percussão, coral, violão e sopro que apresentarão marchinhas e músicas próprias nas praças das cidades. O Museu Índia Vanuíre, em Tupã, promove o Museu Folia. No dia 7 (quarta-feira), os visitantes podem conferir o espetáculo de Danças Carnavalescas, com integrantes do Bloco Abanaê (19h30) e participar do “Museu Folia na Rua” (20h00), com marchinhas executadas pela Orquestra Municipal Maestro Júlio de Castro. No dia 8 (quinta-feira), haverá contação de histórias de Carnaval e oficina de máscaras para crianças (09h00). Na sexta-feira, 9, a oficina “Samba no Pé” (09h00) vai ensinar passos em diversos ritmos do samba. Encerrando a programação, o “Baile da Inclusão” (13h00), vai reunir os grupos de projetos voltados para idosos e pessoas com deficiência, em uma tarde com marchinhas e a corte carnavalesca da cidade. As atividade são gratuitas. Em Campos do Jordão, o Museu Felícia Leirner oferece nos dias 10 (sábado, 11h00) e 13 (terça-feira, 15h00) a oficina “Máscaras Carnavalescas: história e confecção”. No dia 12 (segunda-feira) a contação de história interativa “Pierrot, Colombina e Arlequim” (11h00) vai contar a história do triângulo amoroso por meio de caracterização de adereços e marchinhas. O percussionista Moringa Ray apresentará a história do Carnaval por meio de compositores como Marcha Rancho e Zé Pereira, nos dias 10 e 12 (sábado e segunda-feira, 15h00). Por fim, nos dias 11 (domingo, 15h00) e 13 (terça-feira, 11h00) o grupo Boneco Vivo vai apresentar o teatro de mamulengo “A Fabulosa Caravana do Seu Malaquias”. Os ingressos custam R$ 10,00 (R$ 5,00 meia entrada). Aos domingos, a entrada é gratuita. Quem estiver em Brodowski pode aproveitar a oficina gratuita de máscaras de Carnaval do Museu Casa de Portinari. A atividade

será nos dias 11 e 13, domingo e terça-feira, às 10h00 e às 15h00. PARA FUGIR DO CARNAVAL... EXPOSIÇÕES - O Museu da Diversidade Sexual exibe a exposição“Tarja Preta”, com trabalhos da fotógrafa Vania Toledo. Com curadoria de Diógenes Moura, a mostra reúne retratos de grandes ícones da cultura – como a escritora Cassandra Rios, o cantor Ney Matogrosso e o estilista Clodovil. Os trabalhos destacam os questionamentos comportamentais do universo LGBT e mostram como eles têm forte presença na cultura. Entrada gratuita. No MIS-SP, os visitantes poderão aproveitar os últimos dias da exposição “Renato Russo” com entrada gratuita. Durante o Carnaval, ela estará aberta nos seguintes horários: dia 10, sábado, das 10h00 às 21h00, e dias 11, 12 e 13, domingo, segunda e terça-feira, das 09h00 às 19h00. Após o feriado, os ingressos custam R$ 12,00 (R$ 6,00 meia entrada). A mostra fica em cartaz até 18 de fevereiro, domingo.

9

grupo e estimulam um olhar atento e divertido sobre as obras expostas. Os ingressos custam R$ 12,00 (R$ 6,00 meia entrada). Às terças-feiras a entrada é gratuita. As Bibliotecas de São Paulo e Parque Villa-Lobos promovem nos dias 10 e 11 de fevereiro (sábado e domingo) a Hora do Conto (16h00). Os convidados do fim de semana são os Grupos Mãos de Fada e Poesia no Espaço, a Cia. Pé do Ouvido e a contadora de histórias Ana Luísa Lacombe. Os visitantes poderão conferir também as sessões do Lê no Ninho, para bebês e crianças entre seis meses e quatro anos. Na Biblioteca de São Paulo a atividade será às 11h00 no sábado, e às 11h30 no domingo. Já na Biblioteca Parque Villa-Lobos, o Lê no Ninho é realizado às 10h30 e às 11h15 nos dois dias. Todas as atividades nas bibliotecas são gratuitas.

“Passagens - Espaço de Transição para a Cidade do Século XXI” chega ao Museu da Casa Brasileira no dia 17 de fevereiro (sábado). A mostra, que já esteve em Paris, Pequim, Barcelona e Buenos Aires, é uma mostra internacional do Instituto Cidade em Movimento (IVM) e desperta o olhar para acessos e barreiras (como túneis, escadarias, passarelas e pontes) na cidade contemporânea. Os ingressos custam R$ 10,00 (R$ 5,00 meia entrada). Aos finais de semana e feriados a entrada é gratuita.

Na semana seguinte, a Biblioteca de São Paulo comemora oito anos no sábado, 17. Para comemorar, a Cia. do Liquidificador irá circular entre os visitantes em uma intervenção poético-musical com balões (11h30, 13h00 e 14h50). Os autores Monik Lelis, Benício Targas e Maria Eugenia Cerqueira lançam respectivamente suas obras “Às Aventuras do Minhocoloco”, “Tripálio” e “Às Aventuras de Gipsy” na Tarde de Lançamentos (14h00). Encerrando as atividades, a Cia. Trucks apresenta o espetáculo “Sonhatório” (16h00), que narra o almoço de três supostos loucos no Sanatório Boa Cabeça. As atividades são gratuitas.

EM FAMÍLIA - O Museu do Futebol realiza visitas guiadas durante todo o feriado. As sessões são às 11h00, com uma sessão extra no dia 13 (terça-feira), às 14h00. O público pode aproveitar também o “Joga Junto”, na Pinacoteca. Nos dias 10, 17 e 24 (sábados), das 11h00 às 15h00, o espaço oferece jogos relacionados ao acervo que propiciam a interação em

OFICINAS E BATE-PAPOS - No dia 3 de fevereiro (sábado), o Museu do Café, em Santos, oferece das 09h00 às 17h30, a Oficina de Introdução à Conservação e Preservação de Fotografias, com Marli Marcondes, especialista em conservação de documentos fotográficos. A atividade é gratuita e as inscrições podem ser feitas pelo e-mail inscricao@museudocafe.org.br.


sexta-feira, 09 de fevereiro de 2018

www.jornalhojelivre.com.br

10 esportes futebol

Azulão luta muito, mas não sai do empate com o Criciúma

Na reestreia de Pintado no comando do Azulão, o clube do ABC enfrentou o Criciúma, nesta quarta-feira, no Anacleto Campanella, pela primeira fase da Copa do Brasil. No final do jogo empate em 1 a 1, que eliminou o São Caetano da competição. O jogo Mesmo atuando fora de casa é o Tigre quem abriu o placar. Aos 10 minutos da primeira etapa, Mailson recebeu de João Paulo na área, passou por Helton Leite e chutou para fazer 1 a 0.

Após o susto o São Caetano se encontrou no jogo e tomou conta das ações ofensivas, quando criou boas oportunidades de empatar em conclusões de Chiquinho e Régis. Já na segunda etapa a pressão continuou pelo lado azulino, e o gol do Pequeno Gigante finalmente aconteceu aos seis minutos. Depois de cobrança de falta a bola sobrou para Rafael Costa, que concluiu para o fundo das redes e, anotando assim, o seu

primeiro gol pelo clube. Nos minutos seguintes o São Caetano construiu várias oportunidades e jogou praticamente todo o segundo tempo no campo de defesa do adversário. Apesar da insistência, o empate em 1 a 1 predominou ao término do duelo. Sequência Com as atenções voltadas novamente para o Paulistão, o São Caetano agora possui o Red Bull Brasil como próximo adversário. Na partida

que acontece no sábado (10), às 19h, no Anacleto Campanella, o torcedor pode garantir presença ao trocar duas garrafas Pet, de qualquer tamanho, pelo ingresso. Ficha técnica: Local: Anacleto Campanella; em São Caetano do Sul; Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS) Auxiliares: Lúcio Beiersdorf Flor (RS) e Maurício Coelho Silva Penna (RS) Público total: 753 Renda: R$ 7.350, 00 São Caetano: Helton Leite;

Foto: Divulgação

Pedro Costa(Marlon), Sandoval, Max e Lucas Pavone; Esley, Cristian(Régis) e Chiquinho; Diego Rosa, Carlão e Rafael Costa(Niltinho) Técnico: Pintado Criciúma: Luiz; Carlos Edardo, Sandro, Nino e Andrew; Barreto, Douglas Moreira, Elvis(Wallacer) e Mailson(Iansen); Jean Mangabeira e João Paulo(Luiz Fernando) Técnico: Grizzo Gols: Mailson, aos 10’ do 1º(Criciúma), Rafael Costa, aos 6’ do 2º.


www.jornalhojelivre.com.br

sexta-feira, 09 de fevereiro de 2018

esportes 11

acontece

Brasil encara Jogos Olímpicos de Inverno com nove atletas

Sempre esperançoso, o Brasil encara os Jogos Olímpicos de inverno de PyeongChang-2018 com uma delegação composta por nove atletas, que deixaram para trás o forte calor do verão brasileiro para se aventurar em busca da glória no gélido inverno da Coreia do Sul. Em relação aos Jogos de Sochi de 2014, quando enviou à Rússia 13 atletas, o time Brasil encolheu. Na Coreia, a equipe será formada por nove atletas e um reserva: Isadora Williams (patinação artística), Edson Bindilatti, Odirlei Pessoni, Rafael Souza, Edson Martins e o reserva Erick Vianna (bobsled), Michel Macedo (esqui alpi-

no), Jaqueline Mourão e Victor Santos (esqui cross-country) e Isabel Clark (snowboard). A enxuta equipe brasileira chegou perto de sofrer a baixa de seu representante no esqui alpino. Michel Macedo sofreu uma queda durante o treino de terça-feira e, após realizar exames de imagem, teve constatada uma inflamação no joelho, o que obrigará o atleta a perder as duas primeiras provas em que estava inscrito: o Combinado e o Super G. A comissão técnica brasileira torce para que o jovem de 19 anos tenha condições de disputar o Slalom

Gigante e o Slalom Especial. Com pouca tradição nos esportes de inverno, as chances do Brasil de conquistar uma medalha em PyeongChang são remotas, mas o país compete para tentar melhorar seus principais resultados históricos. O melhor resultado do país em Jogos de inverno pertence a Isabel Clark, experiente atleta do snowboard que conseguiu um impressionante 9º lugar em Turim-2006. Em Sochi, Clark terminou a prova na 14ª colocação, sendo novamente a atleta do Brasil de melhor colocação nos Jogos. Na Coreia do Sul, quem tam-

bém pode fazer um bom papel é a equipe brasileira de trenó 4-man, que hoje está entra as 20 melhores equipes do mundo. O objetivo agora é conseguir figurar entre os 15 melhores do planeta.

Foto: Divulgação

Edson já havia sido parte da primeira equipe brasileira de bobsled, em Salt Lake City2002, e também competiu em Turim-2006 e Sochi-2014.

Mas, antes mesmo do início das competições, um brasileiro já teve motivos para comemorar. Ao chegar em PyeongChang, Edson Bindilatti recebeu a notícia de que será o porta-bandeira do Brasil na cerimônia de abertura dos Jogos, nesta sexta-feira.

“Lembro de tudo o que passei lutando para que o bobsled não morresse no nosso país até chegar a esse momento, quando classificamos pela primeira vez uma equipe no 2-man. Com essa homenagem, fica ainda mais claro que tudo valeu a pena. É um sonho, sempre quis carregar a bandeira do meu país”, comemorou o baiano.

Aos 38 anos, o atleta do bobsled participará de sua 4ª edição dos Jogos Olímpicos.

Os Jogos Olímpicos de PyeongChang serão disputados de 9 a 25 de fevereiro.


sexta-feira, 09 de fevereiro de 2018

www.jornalhojelivre.com.br

12 são caetano artes plásticas

Pró-Memória de São Caetano prorroga exposição Enredo até março

cultura Parque Chico Mendes recebe ‘Ateliê da Folia’

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Sucesso no carnaval de rua de São Caetano do Sul, realizado no último domingo (4) pela Secretaria de Cultura (Secult), as oficinas de confecção de fantasias, adereços e de fabricação de instrumentos musicais estarão de volta no dia 11.

A Fundação Pró-Memória de São Caetano do Sul por meio do Ateliê Pedagógico - Espaço Cultural Casa de Vidro prorrogou até o dia 1º de março a exposição ENREDO - caminhos da linha em Eduardo Nunes. Com 46 obras, a mostra apresenta o trabalho do ilustrador Eduardo Nunes cujas características da linha gráfica em cada exemplar surpreendem o visitante já que o artista não se prende a um tema único. O desafio é transformar em linhas, rostos, objetos, animais, monstros e tudo que, de forma exuberante, estimula o olhar desavisado dos que olham e

não enxergam o mundo. Para celebrar a prorrogação, Nunes esteve na tarde desta quarta-feira (7/2) no Ateliê Pedagógico iniciando a pintura de uma obra coletiva criada pelos frequentadores da mostra, a intenção é que a colorização da peça também seja feita pelos frequentadores. O Ateliê Pedagógico - Espaço Cultural Casa de Vidro está localizado na Praça do Professor, altura da Avenida Goiás, 1.111 – Bairro Santa Paula. A visitação é livre e gratuita de segunda a sexta das 9h às 16h. Mais

informações

po-

dem ser obtidas pelo telefone 4223 4780. O artista - Eduardo de Amorim Nunes nasceu no Rio de Janeiro (RJ), cresceu em Mauá (SP) e desde 2010 vive e trabalha em São Caetano do Sul. Estudou Design Gráfico na Belas Artes, escolheu a Ilustração e as Artes Visuais como áreas de atuação profissional. Atende clientes como Editora Abril, Editora Globo, Rolling Stone Brasil, O2 Filmes, Almap BBDO, HP Brasil e Folha de São Paulo. Além das ilustrações sob encomenda, produz trabalho autoral de desenho e pintura, participando de exposições e vendendo para clientes particulares.

As aulas ao ar livre, para pessoas de todas as idades, acontecerão no Espaço Verde Chico Mendes (Avenida Fernando Simonsen, 566, no Bairro Cerâmica), das 13h30 às 16h30, ao som de marchinhas com os músicos Gil Marques, Roque Gomes e Wilson Colcheschi, da Secult. Instrumentos musicais Quem curtiu o carnaval na Praça dos Imigrantes e imediações (04) teve a oportunidade de participar da festa com os próprios instrumentos musicais, produzidos ali mesmo, na oficina da Mariana Mazieiro. Com uma maneira bem simples, a ideia é de atingir uma sonoridade próxima ao do instrumento real. A arte-educadora ensinou à garotada a fazer um reco-reco, a partir de conduite e papelão, uma

panderola feita de prato de bolo de aniversário envolto por guizos, e um ganzá com papel picado dentro de uma garrafa pet. “Além de ensinar as pessoas a produzir seus próprios instrumentos, mostramos a importância do reaproveitamento do material que é normalmente descartado”, ensina Mazieiro. Fantasias e adereços Já a oficina de customização de roupas, da Marina Moll, propõe aos foliões criar a própria fantasia de carnaval. Para isso, é aconselhável que cada um leve a sua camiseta. No mesmo espaço, as pessoas aprenderão a confeccionar acessórios, como tiaras, pulseiras e colares. A Paula Venâncio abre caminho para a criatividade dos participantes; na oficina de adereços, cada um escolhe os materiais que irá utilizar. Mais de 350 peças, entre instrumentos musicais, adereços e artefatos para customização de trajes, foram produzidas, em sua maioria, pelas crianças que brincavam o carnaval de rua na Praça dos Imigrantes, dia 4 de fevereiro.


www.jornalhojelivre.com.br

sexta-feira, 09 de fevereiro de 2018

mundo

13

contexto

Família Smith: uma história de sucesso, milhões e nepotismo Foto: Divulgação

Transformar um sobrenome em uma empresa não é novidade para quem faz parte da indústria do entretenimento. O nepotismo é comum em Hollywood e, superada a rejeição inicial, o público deparou-se algumas vezes com sagas de talento como os Coppola, os Barrymore e os Huston. As Kardashian e os Beckham, outro tipo de talento, também construíram impérios com seus sobrenomes, sendo frequentemente objetos de análise e crítica por causa disso. Essas crianças ainda não sabem o que querem. Que bobagem. Não são prodígios. Elas acham que Hollywood é de verdade. Terry McMillan O caso de Will Smith (Filadélfia, 1968) e de sua esposa, a atriz Jada Pinkett-Smith (Baltimore, 1971), poderia ser diferente por causa da forma como essa dinastia foi construída. Há anos o casal é criticado por vários analistas e figuras da cultura afro-americana por tentar transformar os filhos, desde muito jovens, em estrelas e cópias fiéis de si mesmos. Basta notar que os filhos têm os mesmos nomes dos pais (Will/Willow, Jada/Jaden) e que, desde muito jovens, foram lançados na arena da fama, onde a imprensa os esperava com as garras de fora. Jaden Smith, o filho mais velho do casal, agora com 19 anos (Will Smith tem outro filho mais velho, Trey, de um casamento anterior), estreou no cinema com apenas 8 anos, interpretando o filho de, sim, Will Smith, seu pai, no filme À Procura da Felicidade (2006). Naquela época, já surgiam em Hollywood algumas acusações de nepotismo. Em 2010, tornou-se o protagonista absoluto de uma nova versão de Karate Kid, produzida por seus pais, Will e Jada. Na promoção, a família passeou unida por programas de televisão de todo o mundo. Em 2013, as suspeitas de favorecimento foram confirmadas com Depois da Terra, no qual Jaden interpretava o filho de (sim, novamente) Will Smith. O filme, um fracasso de crítica e público, foi jocosamente rebatizado de Planeta Nepotismo nos Prêmios Framboesa (que, ao contrário do Oscar, pre-

depois cumprimentá-lo pela cifra de reproduções na popular plataforma de música por streaming foi mencionado pelos principais veículos de entretenimento de todo o mundo, fazendo com que milhões de pessoas ouvissem a canção original pela primeira vez.

miam os piores filmes do ano). A outra filha do casal, Willow Smith (hoje com 17), estreou no cinema com apenas seis anos, interpretando a filha de (sim, adivinhem) Will Smith, em Eu Sou a Lenda (2006). Em 2010, aos 10, tornou-se a mais jovem cantora da história a emplacar uma canção entre as 20 primeiras colocações da lista de singles da Billboard nos Estados Unidos, com Whip My Hair. Naquele mesmo ano, os Smith mirins ocupavam os meios musicais e cinematográficos graças a produtos feitos sob medida para eles por seus pais. Quem era o mentor do milagre dessa canção, além de Smith? Jay-Z, o marido de Beyoncé, amigo dos Smith e todo-poderoso dono da agência Roc Nation, que contratou Willow como estrela sob seu manto. A mais jovem de todo o seu catálogo. Em declarações bastante infelizes, Jay-Z comparou Willow com Michael Jackson. “Imagino que assim era Mike [Michael Jackson] quando criança”, disse ele numa entrevista. “Quando se tem esse talento, nunca se é jovem demais”, acrescentou. Os alarmes dispararam quando as pessoas se lembraram de como terminou a história de Michael Jackson, após ser privado de ter uma infância normal. Numa entrevista concedida à New York Magazine ao lado do seu filho Jaden, em 2013 (estavam divulgando Depois da Terra), Will Smith recordou uma conversa bastante sintomática com sua filha Willow. “Ela me disse: ‘Papai, quero ir à escola com minhas amigas durante a semana e me divertir com elas

no fim de semana’. No auge do sucesso de Whip My Hair, de repente ela me disse: ‘Papai, não quero mais fazer isto’. E eu disse a ela: ‘Ouça, ouça, ouça. Não, querida, eu te consegui Annie [uma versão do clássico musical da Broadway que estava sendo produzida, pois é, por Will Smith, Jada Pinkett Smith e Jay-Z]. Você poderá ir a Nova York, estar com a Beyoncé e levar as suas amigas’. E ela me disse: ‘Papai, tenho uma ideia melhor: por que você não me deixa ter 12 anos?” Muito mais revelador, porém, foi o momento em que o jornalista fez a seguinte pergunta a Jaden (que tinha então 14 anos): “Já se disse que você poderia estar mantendo uma relação com Kylie Jenner. A família Kardashian transformou sua fama no negócio familiar. Vocês acham que a situação de vocês é parecida ou diferente?”. Nesse momento, segundo o jornalista, Will levanta a mão diante do seu filho para que não responda. “Estou tentando entender a pergunta”, diz o jovem. Will interrompe. “Não faça isso.” E esclarece ao jornalista: “Ele nunca teve que lidar com esse tipo de pergunta.” Willow Smith A escritora Terry McMillan, autora do best-seller Falando de Amor e muita respeitada pela comunidade negra, foi primeira a fazer soar o alarme, numa série de tuítes publicados em 2011 na sua conta oficial (quando Willow tinha 11 anos, e Jaden Smith, 13). “Os filhos de Will Smith já agem como estrelas”, escreveu. “Há arrogância em sua atitude e comportamento. Acho isso incrivelmente triste.”E acrescentou:

“Essas crianças ainda não sabem o que querem. Que bobagem. Não são prodígios. Elas acham que Hollywood é de verdade”. Não foi a única. Ao longo destes anos, também o New York Post, o Hollywood Reporter, o site Vice e a edição norte-americana da GQ foram outros veículos que dedicaram textos a criticar o funcionamento e a superexposição da família Smith. Jaden Smith viu recentemente o seu primeiro álbum, Syre, superar 100 milhões de execuções no Spotify. O single mais bem-sucedido desse álbum se chama Icon, e em seu clipe o cantor e ator usa códigos tradicionalmente associados à cultura hip hop: um carro luxuoso e muitos complementos de ouro. Apesar de o vídeo ter sido lançado em novembro – acumula mais de 40 milhões de visitas desde então, uma cifra respeitável, mas não à altura de um astro adolescente com tanta exposição –, ele ganhou agora um novo pico de popularidade graças a uma paródia publicada por Will Smith na sua conta do Instagram. É curioso que Will Smith possa, com uma ação numa rede social, ressuscitar a popularidade de um clipe lançado há três meses. Afinal de contas, seu filho o supera em seguidores (tem 7,6 milhões, contra os 7,4 milhões de Will). Mas a exposição mundial de um superastro do cinema como ele pode superar a de Jaden. E o movimento parece ter funcionado: esse vídeo em que Will parece primeiro zoar com seu filho para

É curioso também que, para felicitar seu filho, Will Smith decida parodiar um clipe que não fez o sucesso esperado para uma canção que pertence a um disco que tampouco obteve o sucesso esperado (não passou da 24ª. colocação na Billboard 200, a lista oficial de álbuns comercializados nos EUA). Se a paródia for a imitação burlesca de um produto popular cujos códigos e piadas privadas são facilmente captados pelo público, isso é realmente uma paródia ou o enésimo truque publicitário de uma família que transformou seu nome em uma marca empresarial? Atualmente, Willow segue sua carreira como cantora e publicou dois álbuns de menor sucesso. Um deles teve a participação de seu irmão mais velho, Trey (de 25 anos, fruto de uma antiga relação de Will Smith com a atriz Sheree Zampino). Jaden, depois de lançar em 2017 o já citado Syre (onde colabora sua irmã Willow), prepara para 2018 Erys, um novo disco que tem o nome do anterior ao contrário. Voltou a fazer cinema, mas não mais com seu pai. Os dois são frequentadores, junto com Will Smith e Jada Pinkett Smith, das primeiras filas dos desfiles ao redor do mundo. Jaden é a imagem da linha feminina da Louis Vuitton, e Willow, da linha de beleza da Chanel. Numa entrevista no final de 2017 à publicação GirlBlaze, Willow falou sobre sua experiência com a fama tão precoce. “Crescer e tentar descobrir o que você espera da vida enquanto as pessoas se veem no direito de saber tudo sobre você foi absoluta e insuportavelmente terrível.” Jaden tem 19 anos. Willow completará 18 em outubro. Os dois chegarão aos 20 com um currículo mais nutrido que o de muitos quarentões de Hollywood. E em quase todas as linhas se repete um nome. O do seu pai.


sexta-feira, 09 de fevereiro de 2018

www.jornalhojelivre.com.br

14 economia acontece

Atrium Shopping abre espaço dedicado ao casamento

oportunidade Uninter lança graduação de Detetive Particular Foto: Divulgação

O Centro Universitário Internacional Uninter lançou para todo o país o curso de tecnólogo em Investigação Profissional, habilitação para Detetive Particular, inédito no Brasil, com duração de dois anos, na modalidade a distância. A profissão foi reconhecida pelo Governo Federal em abril de 2017, por meio da Lei 13.432/2017.

Aqueles que pretendem se casar e que estarão às voltas com a lista de preparativos da cerimônia têm agora um bom aliado no Atrium Shopping, em Santo André. Até 15 de março o centro de compras sedia o espaço Atrium Expo Noivas, no Piso 1, em parceria com o Ipes (Instituto Paulista de Educação em Saúde). Neste local, os noivos recebem orientações e suges-

tões sobre cada etapa do planejamento, incluindo as principais novidades do setor desde convites, trajes, decoração, música, fotografia, bufê e até a tão sonhada lua de mel, entre outros. O Atrium Expo Noivas conta com mais de 30 empresas e profissionais especializados do mercado de casamentos, e ainda promove palestras com médicos,

Foto: Divulgação

psicólogos, entre outros profissionais, sobre temas atuais e de interesse daqueles que ingressam em uma nova vida em conjunto. Atrium Expo Noivas Até 15.03, de segunda a sábado das 12h às 20h, e aos domingo das 14h às 20h Piso 1, próximo a Di Gaspi Atrium Shopping Rua Giovanni Battista Pirelli, 155 – Santo André – SP

Após a regulamentação, o detetive particular pode acompanhar investigações policiais, desde que o acompanhamento seja autorizado pelo contratante e também tenha o aval do delegado de polícia. “Para isso, é necessário um profissional que tenha habilidades para planejar, estruturar, analisar e sintetizar as informações colhidas e sistematizá-las em relatório”, explica Jorge Bernardi, vice-reitor da Uninter e idealizador do curso. O profissional poderá atuar em situações como localização de pessoas desaparecidas, investigação de crime, roubos cibernéticos, violações de direitos e

contraespionagem, desde que contratado pelo interessado. Poderá também trabalhar em empresas de segurança e participar de concursos públicos que exijam formação nas áreas dos diversos órgãos da Policia Militar, Civil e Federal. A estrutura curricular é dividida nas áreas de: Investigação e Inteligência, Polícia Científica: Prova e Local do Crime, Segurança e Proteção, Criminologia e Tecnologia Aplicada à Investigação. A graduação aproximará o estudante de novos métodos, técnicas e recursos tecnológicos. “Além dos livros, fornecemos gratuitamente um kit de investigação profissional, com instrumentos como aparelhos de gravação de vídeo e áudio, entre outros”, detalha Bernardi. Vestibular e matrículas As inscrições para o vestibular já estão abertas e vão até o dia 24 de fevereiro. As primeiras aulas começam no dia 26 de fevereiro, mas a cada dois meses serão abertas novas turmas.


www.jornalhojelivre.com.br

sexta-feira, 09 de fevereiro de 2018

economia 15

cenário

Governo apresenta nova proposta para reforma da Previdência

Depois de uma série de idas e vindas, a versão final -ao menos até o Carnaval- da reforma da Previdência foi apresentada nesta quarta-feira (7).

foi incluído o pagamento integral da pensão para viúvos e viúvas de policiais mortos em combate.

mortos em serviço nem o impacto financeiro da nova regra, mas disse que o custo não é “significativo”.

No entanto, como a aposentadoria de militares não está sendo tratada nesta PEC, a medida não inclui, por exemplo, os policiais militares.

Mudanças de fora O relator estava sendo pressionado também pelos servidores públicos, que queria uma regra de transição para se aposentar.

Como Maia já havia antecipado na terça-feira (6), o texto traz apenas uma alteração prática em relação à versão que havia sido divulgada no final do ano passado.

A alteração contempla apenas, segundo o relator, policiais civis, federais, rodoviários federais e legislativos. Com isso, parte deles poderá, inclusive, furar o teto previdenciário de R$ 5.645,80.

No entanto, os articuladores políticos do governo viram que a alteração não traria votos a mais a favor da reforma e a mudança ficou de fora.

A ideia é tentar liquidar o assunto até o fim de fevereiro. Caso não haja votos suficientes para aprovar, Rodrigo Maia não quer nem levar o texto a plenário e pretende engavetá-lo.

Para cumprir a promessa feita pelo governo, retirou-se oficialmente qualquer menção à aposentadoria de trabalhadores rurais, medida que já havia sido anunciada no fim de 2017.

“Achamos muito significativo, simbólico mesmo, fazer esta concessão às famílias dos policiais que venham a morrer em combate”, afirmou Arthur Maia.

Para conquistar alguns votos da bancada da bala,

O relator não soube informar o número de policiais

“Pode haver modificações no plenário. Mas só devemos fazer modificações que tenham resultado em votos”, disse o relator da reforma, explicando que outras alterações podem ser feitas em plenário e ressaltando que uma reforma “muito profunda”

“A partir de agora, o texto está colocado e passa a estar em discussão. O governo, de sua parte, vai cumprir o calendário que foi estipulado como forma de enfrentar este tema, até 28 de fevereiro”, afirmou o líder do governo na Câmara, Aguinaldo Ribeiro.

O texto foi redigido pelo relator da PEC (proposta de emenda à Constituição), Arthur Maia (PPS-BA), mas apresentado pelo líder do governo na Câmara, Aguinaldo Ribeiro (PP-PB).

não passaria na Câmara. Pelo calendário estipulado pelo governo e pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), a discussão da PEC começa no dia 19, logo após o Carnaval. A intenção é começar a votar no dia seguinte.

Foto: Divulgação

Para aprovar a reforma da Previdência na Câmara, o governo precisa conseguir, no mínimo, 308 votos favoráveis em duas votações. Hoje, governistas reconhecem ter menos de 270. Ribeiro disse não ter ideia de quantos votos as alterações trarão, mas afirmou acreditar que o cenário melhorará. Para isso, o novo texto está sendo encaminhado ao gabinete de cada deputado. “Jogar a toalha seria um ato de covardia”, disse Arthur Maia. No entanto, nos bastidores, o Palácio do Planalto e o comando da Câmara sabem que as chances de se aprovar a reforma são mínimas e ambos já preparam, inclusive, discursos para o eventual engavetamento nova Previdência.


sexta-feira, 09 de fevereiro de 2018

16

www.jornalhojelivre.com.br

tecno

não vai faltar opção

Incríveis 157 novos emojis serão lançados em 2018

parem as máquinas! O Twitter deu lucro pela primeira vez na história

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Rapaz, tem coisa que se a gente contar, ninguém acredita. Mas, a verdade é que o Twitter teve um trimestre de lucro pela primeira vez em sua história de quase 12 anos. Os resultados financeiros da empresa foram divulgados hoje e já fizeram as ações a rede social que nos trouxe @s e #hashtags subirem em cerca de 15%, reporta a agência Reuters.

Os emojis estão tomando conta de tudo e isso não é um problema — bem, talvez “Emoji: O Filme” seja um problema, mas isso é outra história. A mais recente prova disso é que 2018 trará para todos nós nada menos do que 157 novos emojis: o número foi divulgado nesta terça-feira (7) pela Unicode, organização sem fins lucrativos que promove a padronização de representação de textos em diferentes plataformas e sistemas. A novidade estará presente do pacote Emoji 11.0, que foi

finalizado e revelado ao mundo em toda a sua magnitude. O pacotão traz muitas novidades, como homens e mulheres com cabelos black power ou ruivos, bola de softbol, bandeira pirata, lagosta, mosquito, super-heroína, carinha de calor ou de frio, papel higiênico, bússola, skate, hipopótamo, micróbio, pavão, imã, tubo de ensaio, perna, pé, pessoas carecas... Enfim, um mundo de coisas. Já é óbvio que a lista é imensa, então, quem quiser pode conferi-la na íntegra no site oficial da Uni-

code ou na Emojipedia. Vale lembrar que as imagens reveladas pelo Unicode são apenas exemplos, afinal é comum que cada empresa desenvolva os seus próprios emojis a partir do padrão definido pelo consórcio. É justamente por isso que os novos emojis, que serão oficialmente lançados em junho deste ano, devem começar a chegar aos usuários apenas a partir de agosto no Android, no iOS, na web e em vários outros programas, como Skype e Slack.

Mas, como o @Jack Dorsey conseguiu essa façanha? Vendendo limonada do lado de fora da sede, em São Francisco? Apesar de ser uma ótima ideia, o Twiiter lucrou com anúncios mesmo. Em especial, com um crescimento na venda de publicidade no formato de vídeo na plataforma. A falta de habilidade para converter sua popularidade e influência em lucro sempre deixou os investidores com um pé meio atrás em relação à rede social. Ah, e nem tudo são flores, por isso, o número de usuários ativos da rede diminui depois que várias

contas fake foram desativadas pela equipe da plataforma de microblogging. Atualmente, a rede social conta com 330 milhões de usuários mensais ativos, sendo 262 milhões (quase 80%) da audiência de fora dos EUA. A último trimestre de 2017 teve um crescimento de 12% - abaixo do esperado. Mas, esse é o momento de comemoração. A rede social comemora o crescimento do engajamento de seus usuários e melhor execução de vendas, segundo o relatório divulgado para investidores. Houve também alta em termos de transmissões ao vivo globais por meio da plataforma. Curtiu o texto? Saiba que isso é só um gostinho do que é publicado diariamente na newsletter do The BRIEF, que traz as principais notícias do mercado de tecnologia pra você, todas as manhãs. É serious, é business, mas com um jeitão bem descontraído (#mozão).

Edição 2720 09/02/18  

Jornal Hoje Livre

Edição 2720 09/02/18  

Jornal Hoje Livre

Advertisement