Issuu on Google+

JORNAL Boletim Informativo da Web Rádio Há Esperança 4ª Edição / Junho 2012

Mentes Conforme o Proceder de Deus

QUEM SOMOS A Web Rádio Há Esperança é uma organização sem fins lucrativos que tem como objetivo Proclamar as Boas Novas de Jesus Cristo através de um meio de comunicação de ampla propagação no mundo todo. Ela

conta

com

o

apoio

de

voluntários em diferentes partes do nosso Brasil, que como cristãos compromissados desejam levar a todos ouvintes entretenimento e informação cristã de qualidade. Esse sonho de Deus teve inicio através de Enilson Francisco dos Santos, que tem trabalhado junto com parceiros para que a Web Rádio seja um instrumento de salvação, restauração e disseminação da Palavra de Deus. Nosso desejo é que todos venham a conhecer a verdadeira esperança: JESUS

Estamos vivendo num sistema mundano que bombardeia as nossas mentes constantemente, por meio da mídia televisiva, internet, jornais, revistas etc. Todos estes veículos de comunicação, exercem sobre os seres humanos um grande poder de persuasão e consequentemente, grande engano e destruição. Porém, nós Cristãos genuínos, comprados e lavados pelo SANGUE DE JESUS, devemos estar sempre vigilantes, pois a forma como este sistema tem se infiltrado no meio evangélico tem nos causado grandes preocupações. O ESPÍRITO SANTO, quando instruía o apóstolo Paulo para deixar escrito às gerações vindouras, já sabia que este tipo de conformismo também ocorreria em nossa época, como estava ocorrendo naquele contexto vivido por Paulo. O apóstolo, inspirado pelo ESPÍRITO SANTO, escreveu: “ E não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.” Romanos 12:2. Por meio deste ensinamento, aprendemos que devemos resistir às formas prevalecentes e populares do proceder deste mundo (Sistema pecaminoso) e em lugar disso, proclamar as verdades eternas, desprezar e aborrecer aquilo que é mau, não ceder em hipótese alguma aos vários tipos de mundanismo que rodeiam e estão sorrateiramente

entrando nas igrejas cristãs, amar aquilo que é justo ( 1 Jo2:15-17 ). Infelizmente, tem ocorrido em nosso meio vários procedimentos como cobiça, egoísmo, oportunismo, conceitos humanistas, artifícios políticos visando o poder, inveja, ódio, vingança, impureza, linguagem imunda, diversões ímpias, vestes que denotam sensualidade e imoralidade, bebidas alcoólicas etc. É necessário que as nossas mentes tomem a forma do proceder de DEUS por intermédio da leitura , meditação e aprendizado da sua Palavra, para que possamos colocar em prática nas nossas vidas o que está escrito em 1 Co 1:17-24 . Desta maneira, verdadeiramente,estaremos sendo templo do ESPÍRITO SANTO, conforme está escrito em 1 Coríntios 3:16 “Não sabeis que sois santuário de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós? “. Devemos permitir que nossos planos, alvos, aspirações e procedimentos sejam determinados pelas verdades celestiais e eternas e não por este presente século mau, profano, destruidor e passageiro. Portanto, agindo em consonância com a PALAVRA de DEUS, estaremos cumprindo nossa missão como verdadeiros seguidores de JESUS CRISTO. A ELE SEJA A HONRA, A GLÓRIA E O LOUVOR, pelos séculos dos séculos, AMÉM. Osvaldo P. Santana Neto Montes Claros -MG Ig. Presb. de Jardim Palmeiras Graduado em Ciências Econômicas-


ARTIGO DE OPINIÃO

Saindo da zona de conforto “E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus. [Romanos 12:2] O apóstolo Paulo nos convida neste texto a não nos acomodarmos na zona de conforto e nos incentiva a uma vida de santidade se configurando como elementos fundamentais para o bom desenvolvimento do nosso relacionamento com Deus (I Pedro 14:15-16). Quando olhamos para o Antigo Testamento, é possível ver Deus exortando o seu povo a não se conformar com os costumes dos cananeus, mas sim, seguir os padrões da Sua lei (Levítico 18:3). Em Mateus 6:8, Jesus estava cercado pela devoção hipócrita dos fariseus, e recomendou aos seus discípulos dizendo: “Não sejam iguais a eles”. Nós, como povo de Deus, não devemos conformar ou modelarnos com os padrões do mundo, mas devemos viver segundo o padrão divino. A nossa mente deve ser moldada pelo conhecimento do evangelho genuíno e pelo do poder do Espirito Santo (Romanos 8:5-9). John Stott em seu livro, cita O Ministro anglicano, John Bertram Phillips, que usou uma parábola na qual explica muito bem o que Paulo queria dizer: “Não permitam que o mundo os esprema para dentro do seu próprio molde, mas deixem que Deus remodele as mentes de vocês a partir de dentro”. Hoje em dia, infelizmente, muitos cristãos estão entrando no molde do mundo, estão perdendo a disposição para pagar o preço de seguir a Cristo, preferindo o confortável molde do mundo a se sujeitarem à incompreensão, à zombaria e à perseguição por amor a Cristo (II Tm 3:12). Esqueceram que seguir a Cristo significa reconstruir toda a vida baseando-se totalmente nos

interesses d’Ele, que são os interesses do seu reino. O apóstolo Tiago nos diz que o verdadeiro religioso não pode se conformar com o mundo (Tg 1:27). Deus nos chamou para fazermos a diferença neste mundo. Nós não estamos imunes à tentação de perdermos pouco a pouco o caráter de Cristo quando nos acomodamos à cultura, pois segundo Nicholl “o evangelho avalia todas as culturas de acordo com seus próprios critérios de verdade e justiça, e insiste nos absolutos morais em cada cultura”. Citando o Breve Catecismo W, não podemos nos esquecer de que o fim principal do homem é glorificar a Deus, e gozá-lo para sempre (I Co 10:3; Rm 11:36), por esta razão, Paulo nos adverte para que não nos conformemos com os padrões que não são coerentes com o evangelho, e que sejamos transformados pela renovação de nossa mente, que “é indispensável para o propósito de se provar qual é a vontade de Deus”(João Calvino, p. 426). Quando isso é uma verdade em nossas vidas, experimentamos a verdadeira vontade de Deus, que é indiscutivelmente boa, agradável e perfeita. Anderson T. David Rocha Montes Claros-MG 5º Igreja Presbiteriana de Montes Claros Seminarista do MTC Latino Americano

EDITORIAL Essa é a quarta edição do Jornal Há Esperança. Estamos muito felizes por fazer parte desse projeto que apareceu em nossas vidas para que possamos ser úteis para a glória de Deus. Nessa edição trabalhamos com a temática do conformismo. Visualizamos o sentimento de inconformidade para com o mundo como algo muito importante para nossas vidas. Afinal, não se pode agradar dois senhores, ou seja ama o mundo, ou se ama a Deus. Precisamos buscar diariamente a face do Senhor para nos tornarmos conforme a imagem do Seu Filho Jesus, que é Deus como Ele é e o homem como deveria ser. Esperamos que gostem e deixem sua opinião. Interajam conosco também através do twitter e facebook. Em Cristo, Equipe editorial

EXPEDIENTE EDIÇÃO:

Jade Corsino - jade@haesperanca.com.br Floripes Crispim : flor@haesperanca.com.br Riziely Herrera: riziely@haesperanca.com.br Enilson F. dos Santos: enilson@haesperanca.com.br DIAGRAMAÇÃO: Riziely Herrera riziely@haesperanca.com.br DÚVIDAS E OPINIÕES: jornal@haesperanca.com.br __________ COLABORADORES DESTA EDIÇÃO: Tamires Gonçalves - Charge Aline Trindade - Correção de Português ___________________ * As opiniões expressas nos textos são de responsabilidade de seus respectivos autores.


CHARGE

FALANDO DE MÚSICA E CONFORMISMO

Conformismo na Música Apesar da palavra conformismo nos passar uma idéia, geralmente, negativa, entendo que conformar-se é algo cotidiano e permanente na vida de qualquer ser humano. Se em Rm 12:2 o Apóstolo Paulo nos aconselha a não nos conformarmos com este século, em Rm 8:29 ele nos diz que Deus nos escolheu para sermos conformes à imagem de seu Filho. Conformar é o mesmo que amoldar, portanto, a vida que temos, nossas experiências, estão constantemente imprimindo em nós forças que nos moldam. A questão, porém, não é se somos moldados e sim a que molde estamos sendo moldados. Aí podemos parar e pensar: como as experiências nos envolvem nesse processo da conformação? Duas coisas são fundamentais: sentimentos e memórias. Deus nos criou assim com o propósito de aprendermos e, no fundo, aprender também é conformar-se. Somos seres relacionais com o ambiente, com outros seres humanos, conosco e com Deus. Tais relacionamentos afloram em nós, dia a dia, uma avalanche de sentimentos que, por fim, são guardados e nos fazem ser “assim ou assado”, nos direcionam a pensarmos e a agirmos de acordo este século ou de acordo Cristo Jesus. Mas onde, então, entra a música? Será que estamos fugindo do tema? Não. A música é uma das muitas ferramentas às quais estamos

sensíveis nesta vida que temos. Você já imaginou um mundo sem música? Não acho que seria possível. Quando Deus nos criou Ele certamente colocou em nós uma “alma musical” que não só aprecia a música, mas é também profundamente influenciada por ela. Basta olharmos para a nossa história pessoal para percebermos o quanto somos visceralmente ligados à música. Há alguns meses resolvi recordar canções do passado e, como não podia ser diferente, parecia estar voando nas asas do som. Sentimentos afloram. Revivemos... Choramos... Sorrimos... A nossa alma é assim: musical. Porém, um outro aspecto que gostaria de ressaltar é que todo esse envolvimento musical da alma humana não acontece apenas no nível individual, mas também, e muito especialmente, no nível social. A música, portanto, é uma das marcas mais expressivas de uma sociedade; uma espécie de identificador social. Podemos conhecer muito de uma comunidade humana através das músicas que ela canta e aprecia.

Queridos, a música é muito importante em nossas vidas. Precisamos estar muito atentos com o que ouvimos e cantamos. Não quero aqui demonizar ou santificar qualquer tipo de ritmo ou instrumento, pois tudo, sem exceção, foi criado por Deus. Tudo é de Deus. Porém, o homem decaído em Adão, pode utilizar de qualquer coisa criada por Deus para o seu mal, inclusive a música. E assim tem sido. O que este século tem cantado, no geral, não é bom, pois pertence a este século, são verdades cantadas deste século, são verdadeiras profissões de fé musicadas pertencentes a este século, fé, porém, que está longe, muito longe de Deus. Qual é o meu conselho para você? É o mesmo da Palavra Viva: conforme-se à imagem de Cristo. Ouça boas músicas; músicas que proclamem verdades divinas. Assim fazendo, certamente, você será auxiliado por esta maravilhosa ferramenta a crescer em direção a Deus, o Pai. Amém e amém. Joel Fontes de Sousa Montes Claros-MG Igreja Presb. de Jardim Palmeiras Funcionário Público e Professor


MISSÕES

Indo... Penso que este é um daqueles textos que fazem parte do rol da fama dos versículos mais conhecidos da Bíblia por parte dos cristãos, o mais popular nas conferências missionárias, o mais presente nas camisetas que fazem propaganda de missões a fim de nos desafiar a cumprir “o Ide”. Mas, sempre me questiono o porquê de muitas vezes vivermos nossa vida neste mundo como se esta verdade não existisse, ou como se missão alguma nos fosse sido entregue pelo mestre que dizemos seguir. Ao olharmos para o texto, verificamos que Jesus havia acabado de ressuscitar e então começa a dar as “últimas instruções” para os seus discípulos. Discípulos estes, que conviveram com Jesus durante três anos, que comeram com ele, que o viram fazer tantos milagres, expulsar demônios, viram seu poder, autoridade, amor e agora ele está partindo e reforçando a missão daqueles homens dali pra frente. Somos muito tentados a pular para o versículo 19 em direção a palavra “Ide”, mas não observamos que todo o peso da ordenança está no versículo 18 quando Jesus vira para os seus discípulos e fala: Ei vocês, eu sou Deus, eu sou o Senhor e tenho uma ordem para que obedeçam

“Toda a autoridade me foi dada no céu e na terra. Ide portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo; ensinando-os a guardar todas as coisas que vos tenho ordenado. E eis que estou convosco todos os dias até a consumação dos séculos” Mt 28:18-20 porque toda autoridade me foi dada. E a ordem é: Ide!. Na verdade, esta palavra no original significa indo, ou seja, a autoridade de quem ordenou é tão grande e a ordem tão urgente que já deveriam estar no caminho obedecendo. E aqueles discípulos ali obedeceram, como vemos muito bem o relato no livro de Atos vivendo para Jesus e morrendo por Ele, não tendo suas vidas preciosas para eles mesmos. E nós meus queridos? Porque temos tanto zelo em obedecer a ordem de um patrão para permanecermos no emprego, porque somos tão bons em criar alvos, objetivos e metas para nossas vidas, porque afinal de contas é a nossa vida né?! E quando é para obedecermos a ordem daquele que é o nosso Senhor, simplesmente vivemos como se ordem alguma ele tivesse dado. Irmãos, estamos indo

para cumprir a missão que Deus nos confiou ou estamos indo no curso desta vida como se tudo que temos fosse nosso, para o nosso deleite, sucesso, e como se ainda pertencêssemos a nós mesmos? Precisamos tirar esta ordem do papel e dos slogans e torná-la uma verdade em nossa vida diária, na nossa família, no nosso trabalho, escola, universidade, sendo sal e luz do mundo e testemunhos vivos da graça que nos alcançou e do Jesus que dizemos pertencer pela fé. Pois afinal de contas, como fazer discípulos se não formos discípulos que verdadeiramente seguem ao seu Senhor? Que esta verdade possa despertar nossa vida para esta realidade que está estampada diante de nós e nos faça ir certos de que estamos indo debaixo da autoridade Daquele que tem todo o poder e garante sua presença, capacitação, sabedoria e cuidado durante todo o caminho de obediência que nos propormos a seguir a fim de ver o seu nome conhecido e sua glória manifesta através de nós. Nathália Moreira Bittencourt Recife-PE Igreja Batista em Setúbal Missionária


DIA A DIA

Nossas ações revelam nossos pensamentos “E não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus”. Romanos 12.2 O verso bíblico acima é de uma das traduções mais usadas no meio protestante (ARC*). Outras traduções mais contemporâneas trocam o verbo “conformar” por “amoldar”. Ao escrever isto aos cristãos de Roma, o apóstolo Paulo não se referia a uma espécie de comodismo, como alguns pensam, mas a necessidade de que os cristãos não “tomassem a forma” do mundo, não assumissem os pensamentos e as práticas seculares. Paulo orienta aos romanos quanto ao modo pelo qual é possível que não se tornassem amoldados pelo mundo: através da transformação (renovação) da mente! Aqui, fica claro como é importante avaliarmos quais são nossos pensamentos, conceitos e percepções sobre as coisas, pois é segundo o que pensamos que agimos! Nós discípulos de Jesus, somos chamados a ter “a mente de Cristo”. Precisamos pensar “os pensamentos de Deus”, ter os conceitos e percepções que Jesus tem sobre os mais variados assuntos, para que possamos agir de acordo com a “boa, agradável e perfeita” vontade de Deus! Não conseguiremos agir de acordo com a vontade do Senhor se primeiro não tivermos a nossa mente transformada, se não tivermos uma mentalidade (e uma cosmovisão!) bíblicas! O pensamento secular muitas vezes penetra de modo sutil em

nossas mentes e, sem nos darmos conta, adquirimos idéias e conceitos de uma sociedade não cristã. Mas o apóstolo, escrevendo aos filipenses, disse: “Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai” (Filipenses 4:8). Devemos PENSAR corretamente para AGIRMOS corretamente, PENSAR os pensamentos de Deus para AGIRMOS segundo a vontade de Deus! No livro de Isaías lemos que há uma discrepância entre os pensamentos de Deus e os do homem natural: “Porque os meus pensamentos não são os vossos pensamentos, nem os vossos caminhos os meus caminhos, diz o SENHOR” (Isaías 55:8), daí a necessidade de buscarmos, em Deus, a mentalidade de Cristo. E o texto prossegue descrevendo a superioridade dos pensamentos de Deus sobre os nossos: “Porque assim como os céus são mais altos do que a terra, assim são os meus caminhos mais altos do que os vossos

caminhos e os meus pensamentos mais altos do que os vossos pensamentos” (Isaías 55:9).Deseja experimentar a “boa, agradável e perfeita” vontade de Deus? Então, reavalie seus conceitos, seus pensamentos. Tenha coragem de confrontá-los com os de Cristo e, caso seus pensamento não sejam os mesmos do Senhor, mude sua mente! E, desse modo, suas práticas se assemelharão mais com aquilo que Deus deseja e espera de você enquanto cristão! *ARC: Almeida Revista e Corrigida

Lílian Queiroz Mendonça Montes Claros-MG Igreja Batista Nova Canaã Seminarista do Seminário Teológico Batista do Norte de Minas (atua como Missionária)


ENTREVISTA

Entrevista com o artista Jackson Oliveira Web Rádio Há Esperança: Fale um enquanto cantávamos numa roda pouco de você e sua caminhada roda de amigos, o maestro do louvor da minha igreja estava ao meu lado artística. Jackson Oliveira: Sou mineiro natural me ouviu cantar, daí veio conversar de Montes Claros-MG, hoje moro comigo e logo no fim de semana atualmente em Joinville-SC no sul seguite lá estava eu cantando no do País. Casado com Paola Oliveira louvor da igreja. Foi muito legal. , membro da Igreja do Evangelho Quadrangular, ministro , cantor, compositor e também coordenador regional de Música e Artes. Tenho um CD gravado intitulado VIDA E PAZ, hoje vivo do ministério que o Senhor na sua infinita misericordia me concedeu. Tenho percorrido este grande Brasil e falado das boas novas de Cristo Jesus. Web Rádio Há Esperança: Como aconteceu a sua conversão? Jackson Oliveira: Me converti aos 17 anos na cidade de Montes ClarosMG na Igreja o Brasil Para Cristo do meu querido e amigo Pr. Delí, apesar de meus pais até em então não serem convertidos, sempre freqüentei a igreja , participava dos eventos infantis, e desde criança tive muito contato com a palavra de Deus. Então, quando cheguei na adolescência, depois de um tempo longe da igreja, então, um belo dia resolvi voltar para visitar, foi quando, a partir daquela visita, daquele retorno, o Senhor de fato entrou em meu coração e eu O aceitei como o meu Senhor e Salvador para sempre. Web Rádio Há Esperança: Quando você descobriu que tinha o dom para cantar? E como foi? Jackson Oliveira: Foi muito inusitada a forma como eu descobri que sabia cantar, eu estava num aniversário

Web Rádio Há Esperança: Como se desenvolveu o seu ministério? Jackson Oliveira: Meu ministério criou corpo mesmo depois que passei por uma grande prova na minha vida no ano de 2002 quando descobri que estava com um CANCÊR MALIGNO, foram quatro anos de muita luta contra essa doença, mas com muita perseverança e fé, o Senhor Deus me curou, daí deu-se início ao meu ministério. Hoje tenho testemunhado e cantado o que Deus fez na minha vida. Seria muitas palavras para testemunhar o que Deus fez, mas basicamente foi assim que começou meu ministério.

expressa tudo que passei e senti quando estava enfrentando aquela o câncer. Web Rádio Há Esperança: Qual a sua relação com a Web?

Jackson Oliveira: A Web hoje tem um papel muito importante para todos nós , é um meio muito eficaz de relacionarmos com pessoas Web Rádio Há Esperança: Dentre distantes, divulgar um trabalho e as músicas que você gravou existe até mesmo o próprio evangelho de alguma especial? Por quê? Cristo. Jackson Oliveira: Sim, a música “ A PAZ QUE VIVO HOJE”, porque ela


ENTREVISTA Web Rádio Há Esperança: Fale um onei antes, eu passei por uma pouco sobre o seu atual trabalho. experiência muito forte na minha Jackson Oliveira: Hoje tenho viajado vida, eu tive câncer e passei por bastante por este país, ministrando momentos muito difíceis entre e testemunhado em vários lugares, cirurgias e quimioterapias. Mas tenho feito alguns trabalhos de Espírito Santo de Deus sempre evangelismos e tem sido muito esteve comigo além da minha edificante o que Deus tem feito na família, foi Deus que me sustentou minha vida e no meu ministério, pois e me deu força para suportar tudo tenho visto vidas serem edificadas e vencer. , curadas, e transformadas e isso Então quero dizer para todos aqueles que vierem a ler esta entrevista que alegra meu coração! Deus pode todas as coisas, nada é impossível para Deus, creia somente Web Rádio Há Esperança: O que a e confia no Senhor de todo o coração música representa hoje para você? pois ELE é fiel... a ponto de entregar Jackson Oliveira: A música pra seu filho amado Jesus Cristo para mim é um meio pelo qual eu me morrer por nós... Deus é demais! aproximo de Deus, além da oração, da leitura bíblica, a música tem Web Rádio Há Esperança: Fale um sido muito importante para o meu pouquinho pra gente sobre a música relacionamento com Deus! como forma de se fazer missões. O que você pensa sobre isso? Web Rádio Há Esperança: O que Jackson Oliveira: É fato que a Deus representa para você? música mexe muito com nossos Jackson Oliveira: Não existe palavras para expressar o que Deus representa para nós, Deus como a própria palavra diz: “é o caminho, a verdade e a vida”, Jesus declarou isso, e eu tomo posse dessa palavra e Deus representa isso para mim.

o meu carinho e respeito por todos vocês, continuem a ouvir e apoiar essa rádio. Que Deus abençoe todos vocês. Creiam sempre em Deus e fale desse amor para todos que vocês puderem. Um grande abraço!!!

Saiba mais sobre o trabalho de Jackson Oliveira: www.jacksonoliveira.com.br

sentimentos e emoções e pra mim uma das maiores criações de Deus foi a música. No evangelismo, a música é uma ferramenta importantíssima pois ela traz alegria, amor e paz!

Web Rádio Há Esperança: Deixe Web Rádio Há Esperança: Tem uma mensagem aos ouvintes da alguma experiência que você queira Web Rádio Há Esperança. dividir com nossos ouvintes? Jackson Oliveira: Aos ouvintes da Jackson Oliveira: Como eu menWeb Rádio Há Esperança deixo aqui

Noite dos Loucos por Jesus ministrada pelo cantor Jackson Oliveira na Quinta Igreja Presbiteriana de Montes Claros Uma realização da Web Rádio Há Esperança.


PALPITE Colabore mande textos, charges, e demais conteúdos!

Apareça no Jornal Mande um breve depoimento como a Web Rádio Há Esperança tem influenciado na sua vida!

Opine Mande um email dizendo o que achou do jornal, dê dicas, indique matérias e entrevistas.

jornal@haesperanca.com.br aovivo@haesperanca.com.br

www.facebook.com/haesperanca

@haesperanca02

ESPAÇO DO LEITOR

QUER “ Um trabalho maravilhoso feito pela Web Rádio Há Esperança. Músicas e pregações que edificam o nosso espírito! Que o Senhor abençoe vocês para que continuem levando a palavra de Deus à todas as pessoas que necessitam desse alimento.” (Laura Patrícia Oliveira - Montes Claros/MG) “‎Há Esperança Web Rádio, partilhar a PALAVRA DE DEUS é partilhar a Espada do Espírito e o Capacete da Salvação. Com essa “arma” não há derrota. Abraços fraternos a todos!” (André Ricardo Alves Martins - Montes Claros/MG)

NOS PATROCINAR? Entre em contato: jornal@haesperanca.com.br Enilson: enilson@haesperanca.com.br (38) 91763450 ou 99774710


Ah! O Amor... O Amor que esculpiu a fé em meu coração, O Amor que me encantou com lindas canções, O Amor que apagou a dor e a decepção, O Amor que trouxe liberdade e salvação. Infinito Amor... O seu Esplendor e Majestade, Ofuscou minhas vontades. Sua Glória e Verdade, Transformou minha realidade. Coração rendido, Não ando sozinho!

Danilo PS Belo Horizonte Oitava Igreja Presbiteriana de Belo Horizonte Seminarista

LOJA Você pode contribuir com a nossa missão comprando essas lindas Canecas da Web Rádio Há Esperança! Valor: 20 reais http://loja.arteprodutos.com.br/index.php/caneca-web-ha-esperanca.html

ou entre em contato com Enilson: enilson@haesperanca.com.br (38) 99774710 Veja outros produtos no nosso site: www.haesperanca.com.br


4ªEdição Jornal Há Esperança