Issuu on Google+

JORNAL Boletim Informativo da Web Rádio Há Esperança 10ª Edição / Dezembro de 2012

QUEM SOMOS A Web Rádio Há Esperança é uma organização sem fins lucrativos que tem como objetivo Proclamar as Boas Novas de Jesus Cristo através de um meio de comunicação de ampla propagação no mundo todo. Ela

conta

com

Um papo com o Ministério Tameion o

apoio

Pág. 7 e 8

de

voluntários em diferentes partes do nosso Brasil, que como cristãos compromissados desejam levar a todos ouvintes entretenimento e informação cristã de qualidade. Esse sonho de Deus teve inicio através de Enilson Francisco dos Santos, que tem trabalhado junto com parceiros para que a Web Rádio

“Só viva em função “Impactos evangelísticos ou do tempo, se for o discipulado?” tempo de Deus” Sandra Monteiro Pág.2

Missões - Pág.6

Marizete Valadares conta sua experiência missionária com tribos indígenas na região de Nioaque Mato Grosso do Sul Experiências - Pág.10.

seja um instrumento de salvação, restauração e disseminação da Palavra de Deus.

Lílian Mendonça

ESPECIAL com Yago Martins,

Nosso desejo é que todos venham a

produtor do documentário

conhecer a verdadeira esperança:

Ministérios Fracassados

JESUS

Págs. 3 a 5


2 SÓ VIVA EM FUNÇÃO DO TEMPO, SE FOR O TEMPO DE DEUS. Estamos vivendo em função do tempo. Esperamos a todo momento que as coisas aconteçam. Algumas vezes a ansiedade nos toma de tal forma que até nos acometem enfermidades emocionais. Os seres humanos estão ficando cada dia mais imediatistas, querem sempre resolver sua vida “para ontem”. Não é bem assim! A palavra de Deus nos diz em Eclesiastes 3:1 que: Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu. Salomão nesta passagem deixa muito claro que nossa vida tem períodos a serem vividos, períodos esses que temos inúmeros aprendizados que nos fazem crescer em todas as áreas. Há um ditado popular que diz: “Não coloque o carro na frente dos bois”, ou seja, o carro de boi só vai cumprir sua função se os bois o puxarem e não o

contrário. Veja, por exemplo, a vida de José do Egito, como as situações aconteceram em sua vida até que ele chegasse a governador. Foram sucessões de acontecimentos que se iniciaram aos 17 anos, quando saiu da prisão tinha 30 anos e veio a falecer com 110 anos. O tempo de Deus não está preso ao nosso cronômetro, e ainda bem por isso, porque assim buscamos a Deus em oração e Ele muda e molda nosso coração e nossa vida e nos ensina a sermos dependentes e a confiarmos nos planos dele para nossas vidas. Sandra Monteiro

Reside em Montes Claros/MG Congrega na 5ª Igreja Presbiteriana de Montes Claros Pós-graduanda em História da Filosofia – UNIMONTES

EDITORIAL Essa é a Décima edição do Jornal Há Esperança. Estamos muito felizes por fazer parte desse projeto que surgiu em nossas vidas para que possamos ser úteis para a glória de Deus. Nessa edição trabalhamos com a temática “Tempo”. Devemos saber dividir nosso tempo. Em primeiro lugar devemos priorizar o lugar de Deus em nossas vidas! Será que estamos tendo tempo para Ele e para falar com Ele em oração? Não devemos nos preocupar tanto com o futuro, nem viver a mercê do passado... Deus nos conhece e sabe o que é melhor para nós! Nossas prioridades somos nós quem determinamos! Nossa vida é conseqüência das escolhas que fazemos! Deixe que Deus te conduza... Por isso, aprenda a ter tempo para Aquele que é unicamente digno de toda honra e de toda glória... e diga: Que prevaleçam as sua vontades Senhor, e não as minhas!

Equipe editorial

EXPEDIENTE EDIÇÃO:

Jade Corsino - jade@haesperanca.com.br Riziely Herrera: riziely@haesperanca.com.br Enilson F. dos Santos: enilson@haesperanca.com.br DIAGRAMAÇÃO: Riziely Herrera riziely@haesperanca.com.br REVISÃO: Arthur de Melo Sá Marilene Gomes de Sousa DÚVIDAS E OPINIÕES: jornal@haesperanca.com.br ___________________ * As opiniões expressas nos textos são de responsabilidade de seus respectivos autores. *


3 ESPECIAL

O Documentário “Ministérios Fracassados” que aborda sobre o que seria sucesso e fracasso na ótica do mundo e na ótica de Deus, tem chamando atenção por trazer uma visão diferente de sucesso da que é apresentada pelo mundo. Sucesso na visão bíblica traz uma perspectiva diferente, pois sucesso para Deus é alguém que simplesmente obedece a Sua vontade e é isso que vemos em cada depoimento dado pelos homens de Deus que fizeram parte desse documentário. Ele foi produzido por Yago Martins, que nos concedeu uma entrevista especial. Web Rádio Há Esperança: Fale um pouco sobre o seu trabalho. Yago Martins: Basicamente, sou missionário em tempo integral em uma missão voltada à evangelização em escolas e universidades. Também desenvolvo meu ministério através da internet, com textos e vídeos. Nos tempos vagos, prego nas igrejas que me convidam para falar um pouco da graça que há no Evangelho.

Yago Martins é um homem alcançado pela Graça de Deus. Tem 20 anos e namora a Isa Cavalcante. Reside em Fortaleza/Ceará, é bacharelando em Teologia com ênfase em Exegese Bíblica pelo SIBIMA, e é membro da Igreja Batista Manancial. É missionário da Missão GAP, fundador do movimento Cante as Escrituras, colaborador do Voltemos ao Evangelho e tem um Vlog teológico.

Web Rádio Há Esperança: Fale um pouquinho sobre o documentário “Ministérios Fracassados”. Como surgiu a ideia? Como foi a execução? Yago Martins: Como eu disse em outro local, a ideia de gravar o documentário começou em um momento de autoconhecimento. Observei como, no começo de minha fé, eu sonhava com ser um ministro famoso, pastor de uma megaigreja ou um escritor de best sellers. Através do evangelho, Deus quebrou estes sonhos bobos e foi me mostrando como não devemos buscar este tipo de sucesso, ainda que Deus possa dar isso a alguns de Seus filhos. Ao olhar ao meu redor, vi que muitos irmãos meus ainda estavam desejando as


4 ESPECIAL mesmas bobagens que eu, no início de minha fé. Então imaginei como poderia servi-los com meu testemunho e de outros irmãos mais vividos do que eu. Como eu possuo alguns materiais de filmagem, os quais uso para meus vlogs, imaginei que poderia fazer algo em vídeo. Escolhi quatro amigos pessoais, pessoas que conheço o testemunho e que posso confiar, e os convidei para o projeto. A produção demorou um mês. A primeira filmagem começou dia 1 de outubro e a versão final do vídeo estava sendo “upada” para o Youtube dia 3 de novembro. As filmagens começaram com os famosos, os “de sucesso”, em uma viagem para Águas de Lindóia, na Conferência Fiel para Pastores e Líderes. Devido ao pouco equipamento (um tripé, uma câmera DSRL e um gravador portátil), o trabalho acabou sendo um pouco complicado. Eu simplesmente saia andando pelo evento carregando um tripé montado, com uma câmera sobre ele, e com o gravador no bolso. Quando eu encontrava algum pastor famoso, eu o parava onde estava, explicava o documentário e filmava, ali mesmo. Todos foram muito solícitos e atenciosos. As duas únicas filmagens que não ocorreram na Fiel foram as com Stênio Marcius, que gravei em um evento aqui em Fortaleza, e com o Augustus Nicodemus, que gravou em casa mesmo, com a ajuda de sua filha. Já a gravação com os “fracassados” foi diferente. Ainda em São Paulo, filmei com o Eduardo Mano, em um evento que ele participou. Com o Bruno Lima, filmei aqui na minha cidade mesmo, na igreja que ele frequenta. No caso do Filipe Leitão e do João Victor, contei com a ajuda de um grande amigo, Alan Cristie, que conseguiu que um pessoal emprestasse um equipamento e fez as entrevistas para mim, em Niterói e no Rio. Depois disso, entrou a fase de edição. Eu não sou editor profissional, então deu uma trabalheira. Passei um bom tempo na frente do computador, mas creio que o trabalho ficou bom. Sei que as falhas técnicas são muitas, mas a mensagem sobressai a tudo isso. Web Rádio Há Esperança: Como você vê o resultado do documentário? Atingiu o objetivo pretendido? Yago Martins: Eu fiz este documentário para quatro pessoas. Eu queria que meus amigos, os mesmos que foram entrevistados, fossem edificados. Eles foram, então o resto é lucro. Neste momento, passamos dos 30 mil acessos. O número de testemunhos de pessoas encorajadas é incontável. Sabemos de desviados que voltaram à fé, pastores que haviam abandonado o campo e voltado, entre outros. De verdade, só Deus

pode fazer algo assim. Web Rádio Há Esperança: Para você, Yago Martins, o que é ter um ministério de sucesso? Yago Martins: Ter um ministério fiel ao que Deus nos ordena em Sua Palavra. Sucesso é isso, quer famoso ou não, quer rico ou não, quer com resultados ou não. É servir corretamente, independente do que acontecer. Web Rádio Há Esperança: Qual a sua relação com a Web? Yago Martins: Eu me dedico constantemente a suprir a internet com bom material bíblico nacional. O documentário faz parte disto, como meu site pessoal e meu vlog. Web Rádio Há Esperança: Deixe uma mensagem para os ouvintes da Web Rádio Há Esperança. Yago Martins: Entendam que Deus não espera de vocês nada mais que fidelidade. Obedeçam Sua Palavra e se esforcem em proclamar o evangelho. Os resultados? Deixem na mão Dele, Ele sabe o que faz.

SAIBA MAIS: Site: http://www.yagomartins.com/ Vlog: http://www.youtube.com/user/vlogdoyago

Assista ao Documentário http://youtu.be/dwdX8XND40U


5 ESPECIAL Depoimentos sobre o documentário “Gostei muito do documentário “Ministérios Fracassados”. Penso que essa geração precisa ouvir isso, necessita saber que os parâmetros de sucesso, de “bem-sucedido” que normalmente temos, são padrões mundanos. “Sucesso”, na ótica divina, não é as pessoas darem importância ao que você diz enquanto ministro do Evangelho, não está relacionado com o número de pessoas que você atinge através do seu ministério. Sucesso, na perspectiva de Deus, é apenas você fazer o que Deus lhe chamou para fazer. Os resultados não competem a você, mas ao Espírito. Recomendo o documentário a todos que ainda não viram.” Lílian Mendonça Montes Claros/MG

“Gostei do vídeo porque fala de uma realidade que nós como ministros do Evangelho temos: a pressão de sermos pessoas de sucesso segundo os padrões do mundo. Ele traz algumas referências de pessoas que estão servindo nas trincheiras e outros que estão em eminência no mundo evangélico do Brasil. Bom para compartilhar e as palavras de todos tem um alto conteúdo bíblico. A minha oração é que todos sejamos aos olhos do mundo uns ministros fracassados, mas que sejamos aceitos aos Olhos do nosso Deus e Rei, não importando se o nosso serviço seja a dois ou três, ou a uma multidão. Que sejamos fieis ao Senhor que nos chamou.” Pr. Roberto José Arias Quintero Montes Claros/MG

“Esse vídeo é o documentário mais verdadeiro, mais sincero e mais humilde que já vi. Todos esses homens são homens moldados conforme o caráter de Cristo e usados conforme Deus quer. Que possamos aplicar isso em nossas vidas.” Sérgio Bandeira Fernandes Montes Claros/MG

“Recomendo o documentário, pois nos leva a pensar sobre nós mesmos. Nossa perspectiva sobre o nosso trabalho, nossos objetivos. Além disso conta com a participação de grandes pensadores como o Augustus Nicodemus, Mauro Meister e também a turma da Editora Fiel, muitos desses que, mesmo sendo conhecidos, são pastores em pequenas igrejas como o Dr. Heber Jr., mas que tem trabalhado para mostrar o quanto Deus é superior aos homens de maior sucesso.” Tiago Santana Montes Claros/MG

Confira algumas textos reflexivos no nosso site: Seremos nós anônimos e fracassados? (Por Magrão) http://virou.gr/Qyq3fe Fracasso X Sucesso(Por Marizete) http://virou.gr/VibyLh


6 ARTIGO DE OPINIÃO

Descansa no Senhor

“Há tempo para todo o propósito debaixo do céu.” Eclesiastes 3:1 Há uma expressão bíblica que sabiamente exorta o povo dizendo: “Na tranquilidade e na confiança estaria a vossa força, mas não o quisestes.” Is. 30:15 A palavra “tranquilidade” parece que tende a desaparecer de nosso vocabulário. Domina a ansiedade, vive-se numa constante correria como se

CHARGE

o tempo fugisse de nós e vivessemos a perseguí-lo. Como seria bom se parássemos um pouco para pensar, para meditar sobre a sabedoria que encerra a Palavra de Deus. “Tudo tem seu tempo determinado e há tempo para todo o propósito debaixo do céu.” É como se alguém nos dissesse com muita autoridade: - “Por que correr tanto? Por que tanta canseira? Por que tanta ansiedade? “Trabalha serenamente. Nas horas de descanso, repousa cheio de confiança. Nas horas de recreação, diverte-te sobriamente. E prossegue a tua carreira com alegria, sem amofinar-te porque há tempo para todas as coisas.” O tempo não amadurece o

fruto antes do tempo e somente a seu tempo desabrocha a flor. Quando damos o melhor de nosso tempo para o Pai celeste, ele mesmo nos torna mais sensíveis a caminhar com ele, sem olhar para o passado, vivendo diariamente no presente a vontade de Deus para nosso futuro. Descubramos o valor da “tranquilidade” e aprendamos que “há tempo para todo propósito debaixo do céu. Assim viveremos melhor.

Milena Bastos Boaventura Congrega na Igreja Presbiteriana da Paz Reside em Montes Claros/MG Graduanda em Letras Inglês na Unimontes


7 MISSÕES

IMPACTOS EVANGELÍSTICOS OU DISCIPULADO? Os cristãos têm um chamado vocacional pessoal e coletivo (como um só Corpo) para a pregação do Evangelho, e isso é fato, é bíblico, e também parece ser de entendimento dos crentes em geral. A ordem de Jesus expressa no texto áureo das missões evangélicas (Mateus 28.19) deixa claro que temos um mandato, que é o que chamamos de Grande Comissão. Portanto, um ponto que merece especial análise não é se temos ou não o dever (que eu chamaria de “privilégio”) de nos empenharmos na pregação das Boas Notícias, mas sim se estamos, como Igreja, cumprindo nossa missão do modo correto (entenda-se: bíblico). Em primeiro lugar, devemos atentar para alguns dos termos utilizados no texto de Mateus 28.19-20: “Portanto, vão e façam discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo, ensinando-os a obedecer a tudo o que eu lhes ordenei”. Destacamos para análise os termos “discípulos” e “ensinando-os a obedecer”. Fazer “discípulos” não é algo que se consegue repentinamente, do dia para a noite, numa pregação apenas ou em um dia de Impacto Evangelístico. Levase tempo para se formar um discípulo. Isso exige trabalho, dedicação, suor, lágrimas, oração, um caminhar junto, ensinandose com o exemplo e não apenas com as palavras. A Psicologia e a Pedagogia afirmam que o ensino é muito mais eficiente quando realizado com base no exemplo

do que apenas na transmissão de ideias. Dizem as Escrituras que somos as “cartas vivas” de Cristo (II Coríntios 3.2-3). Dessa maneira podemos perceber que a ordem de Jesus (“façam discípulos”) não pode ser cumprida apenas com Impactos Evangelísticos. A obra missionária (seja local ou transcultural) não pode viver de evangelismo-relâmpago, de eventos esporádicos, temporadas ou campanhas evangelísticas. A sociedade contemporânea está habituada à rapidez. E parece que a agilidade trazida pelo avanço tecnológico tem influenciado sutilmente nosso modo de ver e compreender, até mesmo as missões eclesiásticas. Queremos resultados rápidos. Queremos números. Queremos ver mãos levantadas quando fazemos o apelo. É verdade que não há nada de errado em ter esperança, fé e expectativa de que vidas se rendam a Jesus enquanto ministramos A Palavra. Mas é preciso saber que, se quisermos cumprir a ordem de fazer discípulos, precisamos investir mais em discipulado de vidas do que em “impactos”. Além disso, é preciso que esteja claro ao nosso entendimento que quem dá o crescimento, gerando conversão nos corações, é Deus! “Eu plantei, Apolo regou; mas Deus deu o crescimento. Por isso, nem o que planta é alguma coisa, nem o que rega, mas Deus, que dá o crescimento��� (I Coríntios 3:6-7). Portanto, nossa parte é, em obediência, pregar o Evangelho.

O resultado da pregação (conversões) já não é por meio de nós, mas do Espírito! A expressão “ensinando-os a obedecer” também reforça a ideia da necessidade de envolvimento com o outro, com o discípulo (ou o discípulo em potencial). Não se ensina alguém a obedecer a Palavra de Deus sem proximidade, sem estar em contato. É claro que os Impactos Evangelísticos não devem ser desprezados. Eles são muito úteis à pregação do evangelho, em muitas e diversas situações. Além disso, toda oportunidade deve ser bem aproveitada, quando se trata de pregar as Boas Novas. O que desejo expor aqui é que nos parece que a melhor forma de se cumprir a ordem de Mateus 28.19 é, sempre que possível, realizar discipulado de pessoas: acompanhando-as, andando com elas no Caminho, ensinando-as de perto, amando-as, chorando e rindo com elas. Fazer discípulos é se envolver, e não podemos fugir disso. Lílian Mendonça Santos Reside em Montes Claros/MG Igreja Batista Nova Canaã Seminarista no Seminário Batista Teológico do Norte de Minas STBNM


8 ENTREVISTA

Entrevista com o Ministério Tameion

“Mas quando você orar, vá para seu quarto, feche a porta e ore a seu Pai, que está em secreto. Então seu Pai, que vê em secreto, o recompensará.” Mateus 6.6 Tameion é uma palavra de origem Grega e significa quarto ou aposento, e naqueles tempos era o quarto dos suprimentos, um recinto para depósitos, um local secreto, o lugar mais íntimo da casa, onde somente o dono da casa tinha acesso. Um lugar onde se colocava tudo o que se tinha de valor. Hoje o nosso maior tesouro é Cristo. Temos o privilégio de falar com Ele e de escutá-lo. E é através da oração temos livre acesso ao Pai. Web Rádio Há Esperança: Como e somos gratos a Deus por esta compormos algumas canções. Já começamos a escreve-las. Agora surgiu o ministério Tameion? Falem oportunidade. esperamos Dele o momento certo um pouco sobre os integrantes. para toca-las. Queremos também Tameion: O ministério Tameion Web Rádio Há Esperança: O estilo trabalhar com canções mais antigas, surgiu a partir de um sonho em musical de vocês é influenciado por colocar um ritmo mais animado, algum arranjo, coisas desse tipo. comum de louvar a Deus através alguma banda? da música, através de um som de certo peso na parte instrumental. Esse ministério é composto por uma base, que é Cristo, e por nós. Somos seis pessoas totalmente dependentes de Deus e seis grandes amigos: Renderson Matheus, Debora Xavier, Elino Gomes Junior, Ton neves, Alisson Pereira, Sam Araújo. Temos a consciência do nosso dever de cristãos de levar o evangelho de Jesus, que é transformador,

Tameion: Nosso estilo é mais Rock e Pop. É mais agitado, vamos dizer assim. Temos algumas influências musicais como Oficina G3, David Quinlan, Fernandinho, algumas do Diante do Trono, músicas com embasamento bíblico e que transmitam a palavra de Deus de forma verdadeira. Deus tem nos inspirado também a

Web Rádio Há Esperança: O que Deus representa para vocês? Tameion: Deus representa tudo. Ele tem nos ensinado e mostrado o quanto necessário vivermos para Ele, e temos entendido isso. Deus é perfeito e nos ama. Prova disso foi ter dado seu único filho para


9 ENTREVISTA morrer no madeiro: dois toscos pedaços de madeira nos quais foi pendurado o Filho do homem, foi pisado, cuspido, ferido e morto pelos nossos pecados, mas que ao terceiro dia ressuscitou; e é nessa parte que percebemos que a cruz é morte, mas também é vida. Temos conversado muito entre nós sobre isso, e reconhecemos que somos dependentes Dele e que tudo é para sua honra e glória .

que estivemos ali, desde a viagem de ida, nos louvores, nas nossas conversas com pessoas daquele lugar, e as nossas brincadeiras - nós brincamos um com o outro sempre respeitando os limites de cada um, mas temos alguns que se destacam como Ton neves, Elino Gomes Junior e Debora Xavier. (Risos) Viajar com o ministério Tameion é muito bom, é sinônimo de alegria. Quando se tem Deus no coração é assim.

Web Rádio Há Esperança: Tem alguma experiência que vocês queiram dividir com nossos ouvintes?

Web Rádio Há Esperança: Falem um pouquinho sobre a música como forma de se fazer missões. O que vocês pensam sobre isso?

Tameion: (Risos) É difícil falar sobre uma só experiência, porque sempre que estamos juntos (e isso é frequente, já que somos quase todos da mesma igreja), conversamos, oramos, brincamos, rimos; ou seja, sempre tem história nova. Mas podemos citar uma viagem que fizemos no mês de outubro deste ano. Estivemos em Bocaiúva, onde participamos de um louvorzão em uma noite abençoada. Deus falou muito conosco nos dias em

Tameion: Missões são ensinar os valores de Deus através de músicas centradas em sua palavra. Anunciar o verdadeiro evangelho tem sido o nosso foco: mostrar o amor de Deus por nós através de letras que o exaltem. O objetivo do ministério Tameion é fazer conhecido o nome de Cristo, nos diminuir para que Ele cresça. É muito bom Servir a Cristo, e fazemos isso porque tivemos nossas vidas transformadas por seu evangelho. Queremos agora compartilhar isso da forma que

mais gostamos de fazer: através das canções. Web Rádio Há Esperança: Deixe uma mensagem aos ouvintes da Web Rádio Há Esperança. Tameion: Está escrito em Romanos 10:14 “Como , porém, invocarão aquele em que não creram? E como crerão naquele de quem nada ouviram? E como ouvirão se não há quem pregue?” Deus nos chama para andar com Ele e para anunciar o seu evangelho, e é isso que devemos fazer. Não há prazer maior que estar em sua presença e agrada-lo obedecendo seus ensinamentos. O Senhor disse em sua Palavra: “Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda, esse é o que me ama e se alguem me amar, será amado do meu Pai, eu também o amarei, e me manifestarei a ele.” João 14:21.

Para mais informações sobre o Ministério Tameion, acesse: www.facebook.com/pages/ Tameion/523713537654963


10 DIA A DIA

Há tempo para tudo Hoje em dia se tornou comum ver crianças querendo conhecer o mundo adulto,. Adolescentes que usam saltos e decotes. Namoram e saem pra onde querem. Mas também é comum ver adultos frustrados ao querer voltar a ser jovem e curtir a vida. Isso tudo se trata de etapas mal vivenciadas. Costumo dizer que a infância é uma fase de dependência familiar e de brincadeiras, por isso as crianças costumam chorar quando não estão no colo dos pais, e por isso gostam tanto de brincar. Já adolescência é fase de descobrimento do mundo, é uma etapa que muitos entram em conflito porque surgem tantos questionamentos neles e não há quem responda por isso se apaixonam, porque descobrem que é muito bom sentir algo especial por alguém, o que faz também com que muitos “fiquem” ou namorem, porque se iludem ao dar o primeiro

Texto bíblico base: Salmos 39:5 e 6

beijo ou primeiro abraço. Temos muita energia pra gastar, queremos sair e nos divertir com amigos e com a nossa família e assim segue. Creio que você que está lendo isso entende bem do que falo, pois está ou já passou dessa fase complicada. Já o adulto que já passou pela fase inicial, começa a vivenciar algo mais sério, mais compromissado, algo que exige esforço, maturidade e dedicação, por isso trabalham, constituem família, etc. Queria que você pensasse agora: Imagine uma garotinha de seis anos usando aquele salto alto, ou até mesmo uma mulher mais velha usando aquela sainha de babados que até mesmo demonstra “infantilidade”? Ou uma menina aos seus 10 anos se comprometendo emocionalmente ao namorar? Veja, parecem coisas até reais, mas absurdas ou até mesmo bizarras. Por isso viva cada fase assim como ela deve ser vivida. E nessa fase

entre infância e maturidade,opte em fazer coisas que nem crianças são capazes de fazer e nem adultos “podem” mais, ou seja, saia com os amigos, divirta, explore o mundo, vivenciando coisas que valem a pena serem feitas e deixe de lado compromissos amorosos. Você já parou pra pensar quantas pessoas já gostou nessa vida? Imagine ter que se comprometer com todas. Não faça coisas ilegais, imorais ou que quer que sejam. Curta essa fase, pois pode ser a sua única oportunidade de aproveitar. Na bíblia mesmo diz : “Tudo tem a sua ocasião própria, e há tempo para todo propósito debaixo do céu.” Eclesiastes 3:1

Luna Mendes de Novais

Reside em Montes Claros MG Congrega na Igreja Presbiteriana de Jardim Palmeiras Estudante

Antes que o dia termine

“Como é curta a vida que me deste! Diante de ti, a duração da minha vida não é nada. De fato o ser humano é apenas um sopro. Ele anda por aí como uma sombra. Não adianta nada ele se esforçar; ajunta riquezas, mas não sabe quem vai ficar com ela.” Na vida, é importante acertar na primeira vez, porque nem sempre dá para passar a limpo tudo o que foi feito de errado. Pois as oportunidades estão no presente,e não no passado. Então aproveite esse momento que DEUS o concedeu, pois ele nunca se repetirá. Seja carinhoso e generoso com aqueles que estão a sua volta porque a sensação de querer retroceder no tempo quando se perde um grande amigo é imensa. E bate aquele arrependimento de

não ter ficado mais um pouquinho conversando, falando do amor de JESUS pela vida dele, de não ter dado o abraço forte de despedida; tudo porque eu estava apressada para ir ao incessante trabalho. Será que vale a pena perder esses pequenos e significantes momentos que nos marcam, por essa correria da vida? A maioria das pessoas costuma jogar fora as oportunidades. Não conseguem aproveitar o tempo, não valorizam o amor, não exercem a profissão que as realizam. Vivem em estado de infelicidade constante. Então passam pelas oportunidades sem lhes dar atenção. Muitas depois de um tempo se arrependem de têlas perdido. É comum ouvirmos: “Ah, se eu soubesse... se eu tivesse... se eu pudesse”. Precisamos saber que DEUS nos dá as oportunidades então não devemos desperdiçá-las. Nossa vida depende muito de

nossas decisões, de nossa capacidade de avaliar o que realmente é importante e essencial. Há quem sacrifique a vida para conseguir status e poder. No desejo de conquistar títulos e riqueza, sufocamse os sonhos do coração que foram plantados por DEUS. É uma grande ilusão. Você é importante para DEUS independente do cargo que exerça ou do carro que tenha. ELE nos criou para sermos felizes no ser e não no ter. Deixem de andar ansiosos pelas situações que a vida lhes tem colocado. E viva um dia por vez! Fiquem com DEUS! Um abraço carinhoso e muitos sorrisos Fernanda Romualdo Rodrigues Reside em Aracaju/ SE Igreja do Evangelho Quadrangular Cirurgiã- dentista


11 EXPERIÊNCIAS

Missões indígena

Em Marcos 16.15 a palavra de Deus revela os últimos momentos do Senhor Jesus em sua forma corpórea humana e a outorga do seu poder sobrenatural, após estabelecer os pilares da sua igreja. Após o seu ide está então criado a unidade orgânica na qual pesa a responsabilidade de sequenciar a obra que Ele havia iniciado, a qual era manifestar ao mundo o reino dos céus, curar os doentes e libertar os cativos. O entendimento preciso desta palavra tem gerado um ardor profundo e intenso em meu coração em realizar missões. Isto tem me levado a experiências de conhecer outros povos e culturas, acima de tudo, a alegria de ver pessoas sendo transformadas através do conhecimento da palavra de Deus. Recentemente estive em tribos indígenas na região de Nioaque Mato Grosso do Sul, onde percebi a mais profunda carência de Jesus Cristo na vida deste povo, onde imperava a miséria e a escravidão de espíritos opressores através

de uma cultura totalmente antagônica aos preceitos e ao amor divino. Já existe algumas pequenas igrejas na região, porém a demanda é muito grande em face a necessidade espiritual desse povo. É necessário que a igreja desperte para essa dura realidade, e investa em missões. Durante o período em que estive na região de Nioaque visitei seis aldeias indígenas ( Água Branca, Atkum, Brejão, Terenas, Caiuás, Taboquinha ) e um quilombo, onde vi Deus fazer muitos milagres e maravilhas em foco, muitas curas interior em que verdadeiramente o poder sobrenatural de Deus se manifestou grandiosamente. Durante o período da minha estadia na região a nossa equipe de missões foi convidada pelo líder da Funai para participar das festas e rituais no dia do índio. Assim fizemos e participamos, pois, para eles não participar seria uma afronta a comunidade indígena. Precisávamos participar para também conhecermos a realidade espiritual da sua cultura. Percebemos o quanto o

inferno tem aprisionado a este povo , valendo da sua cegueira espiritual, através de crendices que são verdadeiras adorações aos espíritos enganadores,até animais são adorados pois segundo eles cada animal possui um deus próprio que lhe trás proteção. Existem muitos rituais macabros. Antes da comemoração das festas do dia do índio não se pode fazer nada nas aldeias, pois os lugares onde são realizados os rituais é feito uma preparação espiritual, segundo aquilo que eles acreditam. Diante dos pequeninos fatos aqui por mim relatados, que são ínfimos diante da realidade por mim presenciada, deixo aqui o meu profundo apelo pelo despertamento da igreja do Senhor Jesus, a legítima, verdadeira e única representante do Reino de Deus aqui na terra para que cumpra a ordem do Ide por todo mundo e pregai o evangelho a toda criatura. Marizete Ribeiro Valadares

Batista Nacional Pastora- Missionária


12 ESPAÇO DO LEITOR “Acredito que Deus tem muito a fazer na rádio e através dela. Com toda certeza este projeto da Há Esperança é mais uma forma de levar o nome e o amor de Jesus Cristo para muitas pessoas com as músicas, as reflexões e programações. Esta iniciativa é tão importante porque não sabemos quem está ouvindo, quem está do outro lado prestando atenção no que está sendo falado, cantado ou pregado. É por meio de tudo isso que Deus pode tocar no coração das pessoas, para que possam recebêlo por algo que foi dito em uma de suas programações - que por sinal são ótimas. Parabéns para vocês.”

“A Web Radio HÁ ESPERANÇA tem servido de grande ajuda nesses tempos difíceis. Encontro de tudo: as melhores musicas tocando o dia inteiro, muitas e ótimas pregações, e mensagens sobre temas que me edificam cada vez mais. Se você não tem entrado com frequência na página da rádio, uma coisa eu te digo, você não sabe o que esta perdendo! Abraços e fiquem na Paz.”

“Gente, parabéns pelo trabalho! Está muito bom mesmo. Que o Senhor continue sustentando o ministério de vocês e essa rádio, que tem sido canal de bênçãos pra muitos corações. Abraços a todos.” Marizete Valadares Montes Claros/MG

Jefferson Lopes Montes Claros/MG

Lucas Rocha Montes Claros/MG

PALPITE Colabore mande textos, charges, e demais conteúdos!

Apareça no Jornal Mande um breve depoimento como a Web Rádio Há Esperança tem influenciado na sua vida!

Opine Mande um email dizendo o que achou do jornal, dê dicas, indique matérias e entrevistas.

jornal@haesperanca.com.br

aovivo@haesperanca.com.br

www.facebook.com/haesperanca

@haesperanca02


13 EVENTOS

Divulgue seu evento no Jornal Há Esperança! Entre em contato: jornal@haesperanca.com.br *serviço gratuito para organizações cristãs


14 LOJA Você pode contribuir com a nossa missão comprando alguns itens da marca Web Rádio Há Esperança!

Acessea loja em nosso site! www.haesperanca.com.br

20 reais APOIO

25 reais

QUER NOS PATROCINAR? Entre em contato: jornal@haesperanca.com.br ou Enilson: enilson@haesperanca.com.br - (38) 91763450


10ª edição - Jornal Há Esperança