Page 1

Homenagem à Leila Marta de Carvalho

• 23/11/1960 † 22/4/2013

Lúcia acompanhou o filho, no IST, na passagem dos ícones da Jornada Mundial da Juventude, no início de abril

Pág. A4

27 de abril a 3 de maio de 2013

Ótica Buck Eleições no Clube Comercial completa 13 anos Leovaldo Costa conquistando, e Áttila agradecem a cada dia, aos associados mais e mais e parabenizam clientes fieis Inês Vieira e Serginho Pág. B1 pela vitória Pág. A3

Ano 38 • N o 1454 - R$ 2,50

Diretor Presidente: João Bosco Pereira de Oliveira

Novo secretário de Trânsito afirma: “O trânsito é técnico, para as pessoas irem e virem, e não para agradar esse ou aquele” “Numa cidade pequena como a nossa, a pessoa admite errar, mas não admite pagar pelo erro. É interessante. O trânsito é pra todo mundo e as leis devem ser respeitadas. E a intenção, ao autuar, não é penalizar e sim educar. Se você for multado ao parar em local proibido, na próxima vez, irá pensar duas vezes”, considera Jaime Pereira da Silva

Usuários de drogas tomam conta da Praça Arnolfo Azevedo

Págs. B2-B3 Jaime Pereira da Silva, novo secretário de Trânsito de Lorena

Pág. B4

Menores pegos no tráfico no Parque das Rodovias

Casal é preso no Centro por tráfico de drogas

Os 3 garotos já são conhecidos nos meios policiais. Um deles já foi apreendido 8 vezes, mas sempre volta para as ruas e continua a traficar

Dr. Hugo Luz deixa um legado inigualável: seu exemplo de vida!

Fatea realiza seu 1º Encontro de Consolidação de Parcerias Fotos: Wesley Mendes

Pág. A4

Pág. A4

Pág. C3

Emocionante e prestigiadíssima: assim Absoluto e Málaga, foi a Festa da Amipel que lançou livro em união que trouxe homenagem ao saudoso Ten Cláudio Pereira qualidade e comodidade Parabéns ao presidente da Amipel, Cap Pinho, e toda sua Diretoria. para Lorena Jornalista Alfredo Evangelista é o autor da obra. Renda da venda do Pág. A4

livro será revertida para entidades da cidade Fotos: Amipel

Pág. B4 Cap Pinho

O autor da obra, jornalista Alfredo Evangelista, com os filhos do Ten Cláudio - Beto, Claudinho e Matheus - e sua esposa, Da Tereza

Pág. A2


A2 - Edição nº 1454 27 de abril a 3 de maio de 2013

Dr. Hugo Luz deixa um legado inigualável: seu exemplo de vida! Faleceu neste sábado, dia 20, o querido amigo, pai, esposo, avô... cidadão exemplar e dígno, no sentido literal das palavras, Hugo de Araújo Luz. Lorenense, era cirurgião dentista há 45 anos em sua querida cidade. Após ter passado por sérios problemas de saúde, coisa que poucos sabiam, ele não mais resistiu e partiu ao encontro do Pai Celestial. Estava se tratando de uma fibrose pulmonar desde 2010, no Incor (Instituto do Coração do Hospital das Clínicas), em São Paulo. Foi internado no último dia 8 para realizar alguns exames que pudessem explicar as causas de uma perda acentuada de peso nos últimos dias. Infelizmente, seu quadro evoluiu para pneumonia, mesmo já no hospital, e sua já frágil saúde não resistiu. O sábado, então, tornou-se muito triste para todos que tanto o amam. Sua família sabe que, assim como em toda sua vida, também nestes últimos anos, com muita dificuldade de saúde, dr. Hugo não desistiu de viver em nenhum momento e lutou com todas as forças que tinha para continuar vivendo. Partiu deixando como lição de toda uma vida, o sorriso sempre presente, um coração dotado de grande capacidade de amar e a disposição em ajudar as pessoas, frase mais ouvida pela família nos últimos dias. De grande e tradicional família Dr. Hugo de Araujo Luz nasceu em 22 de dezembro de 1944, filho de João Batista Ribeiro Luz (operário na antiga Fábrica Presidente Vargas, de Piquete) e Da Maria Alice de Araujo Luz (professora, durante muitos anos, no Conde Moreira Lima). Era o primogênito dos sete filhos do casal; além dele, os irmãos Paulo Luz, Lucinda Luz Barbosa, Sérgio Luz, Marilice Luz Pereira, Joanita Luz e Silvinha. Viveu toda sua infância na rua Azevedo de Castro, sendo que era um dos craques do time do saudoso “Seu” Anjinho. Em 1964, ingressou no curso de Odontologia na Unesp de São José dos Campos, onde formou-se como membro da terceira turma. Desde essa época, manifestou forte participação política e social. Formou-se em 1967, tendo ido trabalhar em São Paulo, onde trabalhou até 1969. Foi nessa época que começou a namorar com a sra. Águeda

Dr. Hugo com toda a família: da esquerda para a direita, Gustavo, Rafael, Júlio, Huguinho, Zine, Letícia e João Batista. Na frente: Carol, Lucca, Talita, Águeda, Hugo, Claudio, Davi e Douglas

de Almeida Nogueira, filha do “Seu” Nogueira, da Farmácia Dom Bosco, e da Da Maria Auxiliadora, que nessa época cursava Terapia Ocupacional na USP de São Paulo. Em 1969, abriu seu consultório em Lorena, onde trabalhou por mais de 45 anos. Como profissional, ocupou diversos cargos na APCD (Associação Paulista de Cirurgiões Dentistas), tanto em Lorena quanto em São Paulo. Bela família, com sua esposa Águeda e seis filhos Dr. Hugo casou-se em 1970, com sua tão amada Águeda Luz. Dessa união, nasceram seis filhos: Gustavo (engenheiro florestal), Zine (cirugiã-dentista), João Batista (técnico em Meio Ambiente), Talita (advogada), Hugo (jornalista e administrador) e Júlio (também dentista). E os filhos lhe deram 5 netos: Douglas, Letícia, Lucca, Davi e Rafael, além de outros dois netos que estão a caminho. Este homem bom deixou como principal legado a educação e a formação dos filhos, pois foi com sacrifício e muita determinação que formou os seis, sendo que participou, já doente e com dificuldades, da formatura do Júlio, na mesma Unesp de São José dos Campos, em dezembro do ano passado. Cumpriu, portanto, sua missão como pai e homem de família. Sócio bastante presente do Clube Comercial de Lorena, desde 1981, participou de diversos times de futebol ao longo de sua vida.

Nunca se filiou a nenhum partido, embora tenha uma história político partidária muito presente, tendo sido um dos organizadores do movimento das Diretas Já em Lorena. Sua atuação mais marcante foi a presença como conselheiro municipal de Saúde desde a fundação do Comus, em 1992, até seu falecimento. Além disso, na área social, prestou serviços comunitários como dentista em diversas paróquias, sobretudo na Comunidade Cristo Rei, onde também foi festeiro. Atualmente, participava e era

festeiro na Paróquia Nossa Senhora Aparecida, no bairro Cidade Industrial, onde morava. Moção de Pesar na Câmara O vereador Carlos Alberto Vieira Coelho (Coelho, do PT) apresentou, na Câmara Municipal, Moção de Pesar, assinada também por todos os demais vereadores presentes. Além de fazer um histórico de vida, que aqui não reproduzimos (pois este Jornal também já fez um resumo de sua vida pessoal e familiar), o vereador destacou:

Estava feliz, porque seu filho assumiria seu lugar no consultório Este Guaypacaré estava preparando uma homenagem a dr. Hugo, que estava muito feliz porque, preocupado com seus pacientes, ficara satisfeito por seu filho Júlio assumir o consultório em seu lugar, até poder voltar a atender tanta gente, pacientes de uma vida inteira. Porém, não deu tempo, pois enquanto planejávamos esta homenagem, juntamente com seu filho Hugo e familiares, sua saúde agravou-se e tiveram que levá-lo para São Paulo, para fazer alguns exames somente. Acreditavam que voltariam em poucos dias. Infelizmente, as coisas não aconteceram como pensavam. Já desde setembro do ano passado, ele emagrecera ainda

Hugo e sua amada esposa, Águeda, grande companheira – momentos de festa!

mais e ficara muito triste por não poder trabalhar, atender aos seus queridos pacientes. Tanta tristeza levou-o até a fazer terapia... E na terça passada, foi diagnosticada uma infecção, que na quarta verificou-se ser uma pneumonia. O relato emocionado de seu filho Hugo A seguir, você confere o relato emocionado do filho Huguinho: “Ele lutou, e muito, para viver, de quarta, quando começou a ficar ruim, até sexta, na hora do almoço, quando dormiu e não acordou mais. Até sábado, às 12h15, lutou, com muita dificuldade, para continuar respirando. Ficou, para nós, essa imagem de luta e determinação com que ele enfrentou a vida e cada um dos muitos problemas que tivemos. Soubemos enfrentá-los, um a um, e sorrir nos momentos felizes, graças ao carinho, companheirismo e ensinamentos que ele e minha mãe sempre nos passaram. Estamos profundamente tristes e desamparados. Mas também tranquilos, pois vimos o quanto ele sofreu, e reconfortados porque as demonstrações de carinho e apoio estão sendo muitas e lindas. Sempre soubemos o quão bom nosso pai era. Mas estamos ouvindo isso a cada momento, a cada visita ou ligação. O que mais se ouve é:

como ele se preocupava com os outros! Isso tem acalmado nossos corações, literalmente e sinceramente. Assim, agradeço a vocês, do Guaypacaré, em meu nome e de todos aqui de casa, o carinho e a atenção que vocês nos dedicaram. Hoje, semana passada e ao longo da nossa vida. O vereador Coelho apresentou nesta segunda, Moção de Pesar, na Câmara, onde fez também um pequeno histórico da vida dele. E agradeço, mais uma vez e sinceramente, tudo o que vocês fizeram, deixando à família de vocês (Carolina, Bosco e filhos - Jornal Guaypacaré) a certeza que meu pai manteve um carinho incondicional pela Carolina e pelo seu grande amigo Bosco Paçoca, além de uma admiração sem tamanho pelo trabalho que esta família realiza em Lorena, há anos”. Querido amigo Hugo, descanse em paz... Deus está com você, como sempre esteve ao longo de sua longa jornada... Saudades eternas e o carinho e amizade sinceros da Família Guaypacaré a toda sua família, que de tanta força precisará... Mas realmente fica a certeza: Hugo deixa um exemplo inestimável para todos - seu legado de vida... Fiquem com Deus.


A3 - Edição nº 1454 27 de abril a 3 de maio de 2013

Ótica Buck completa 13 anos conquistando, a cada dia, mais e mais clientes fieis Qualidade dos produtos oferecidos e atendimento diferenciado são a marca registrada desta Ótica tradicional, de gente que cresceu, criou raízes e faz questão de investir em Lorena Foi no ano 2000 que o óptico Antonio Carlos dos Santos – o Buck – e sua esposa, Regina Lúcia dos Santos, inauguraram a Ótica que se tornaria uma das mais tradicionais e respeitadas da cidade: a Ótica Buck, à rua Major Oliveira Borges, 248 – Centro de Lorena. Hoje, 13 anos depois, a Ótica Buck possui clientela fiel e conquista novos clientes a cada dia, tanto pela qualidade dos produtos que oferece quanto pelo excelente atendimento. É aquele lugar onde você vai e se sente bem vindo, à vontade, “em casa” mesmo... e onde, acima de tudo, o cliente se sente especial, pelo tratamento diferenciado que recebe. Tanto que, invariavelmente, os clientes viram amigos. O casal da Ótica Buck

Buck e a esposa Regina

Regina Lúcia dos Santos é natural de Aparecida, mas veio morar em Lorena bem

Buck, o filho Alexandre e a esposa Regina garantem a qualidade dos produtos e atendimento diferenciado aos clientes e amigos

criança, aos 7 anos de idade. Já o Antonio Carlos dos Santos – o Buck – é de Itabirito, cidade mineira próxima de Ouro Preto. Desde os 16 anos, quando foi morar em São Paulo, Buck já trabalhava na área, no laboratório oftálmico de uma ótica tradicional na capital paulista. Pouco tempo depois, veio para Lorena, onde trabalhou, durante 30 anos, no laboratório da Nova Ótica, do João Carlos Queiroz de Aquino, a quem Buck e sua família fazem questão de registrar que são muito gratos. Os filhos Foi em Lorena que Regina e Buck se conheceram, se apaixonaram, casaram e tiveram três filhos: Alexandre Mistral Alves dos Santos, 32 anos; Leonardo, de 29; e João Gabriel, de 21. O filho mais velho, Alexandre, segue os passos do pai. E já ajuda os pais, na Ótica Buck, desde 2004. Formou-se técnico em Óptica em 2008 e, desde então, atua também no laboratório. Alexandre conta que, antes de

se tornar óptico, tentou seguir várias carreiras. Inclusive, chegou a iniciar as faculdades de Psicologia e Ciência da Computação, mas não gostou. E então começou a trabalhar com o pai, na Ótica Buck, onde se realizou profissionalmente. Mas ainda pretende formar-se em nível superior, para aprimorar ainda mais seus conhecimentos.

Alexandre, o filho mais velho, segue os passos do pai

Leonardo, o filho do meio, é estudante deTurismo do Unisal (Centro Universitário Salesiano de São Paulo – Unidade Lorena). E o caçula, Gabriel, cursa Educação Física na ESC (Escola Superior de Cruzeiro), antiga Esefic.

Celso Giampá alerta sobre os riscos das cavas de areia no Paraíba O presidente da Aeal (Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Lorena) e também coordenador do Comitê das Águas em Lorena, Celso Giampá, alerta para os riscos que continuam a oferecer ao nosso já sofrido rio Paraíba. No site http://www.oeco.org.br/ foto/27094-cavas-as-crateras-irre-

cuperaveis-do-vale-do-paraiba, você pode conferir fotos realmente impactantes, feitas por Thiago Leon, das cavas de areia no Vale do Paraíba. “Na próxima segunda-feira, 29 de abril, às 19h, haverá discussão sobre Zoneamento Minerário na Bacia do Paraíba, na Câmara

Municipal de São José dos Campos. Participem”, convida Giampá, como coordenador. Celso pede também para que todos acompanhem os trabalhos do CAJ (Comitê das Águas em Jacareí), para conhecimento de um trabalho que serve muito bem para a prevenção em Lorena.

Buck: experiência de 40 anos Após alguns anos trabalhando em São Paulo e outros 30 na Nova Ótica, Buck conseguiu realizar o sonho de ter a sua própria Ótica. “Depois de tantos anos de trabalho, Deus nos deu esse pedaço, que nos dá muitas alegrias”, considera a esposa Regina, que é o braço direito do Buck no atendimento e na administração da Ótica. Quando o cliente chega na Ótica Buck, a Regina sempre está lá, com toda sua simpatia, boa vontade em atender e aquele sorriso contagiante no rosto. Não há como não se sentir querido por ali. Ao longo de sua carreira como óptico, Buck fez vários cursos de especialização e atualização. Entre eles, o de Técnico em Óptica, no Instituto Filadélfia, em São Paulo; curso de três anos em Óptica e Contatologia, também no Instituto Filadélfia, habilitando-o na área de lentes de contato; curso em Tupã sobre a camada de ozônio, relacionado à Coloração das Lentes, pela Segment Produtos Oftálmicos; Ciclo de Palestras de Atualização em Ribeirão Preto, pelo Instituto Filadélfia; curso de Psicologia e Técnicas de Vendas em Lentes Oftálmicas, Sistemas e Técnicas Oftálmicas, pela Sola Optical; e por aí vai. Melhor e pior Questionados sobre o que seria mais triste de atuar nesta área, Regina respondeu: “Sem dúvida, é quando recebemos a notícia da perda de clientes ou seus familiares. Porque como eles estão sempre conosco, acabam se tornando amigos. Então, a partida

Ótica Buck, à rua Major Oliveira Borges, 248 – Centro de Lorena

deles nos entristece”. Já o Buck lembrou da questão profissional: “Fico muito triste com a concorrência desleal neste ramo, porque há, inclusive, muita propaganda enganosa, o que não faz nosso gênero”, diz. E continua: “Eu, que tenho experiência de 42 anos, vejo que há muita coisa anunciada que não é real. Então, acredito que a melhor escola, neste tipo de serviço, é o tempo”. Sobre o mais gratificante, Regina considera a estabilidade e credibilidade que conquistaram, porque apesar de haver um grande número de óticas na cidade, a Ótica Buck já tem uma carteira sólida de clientes, fieis, que confiam na qualidade do serviço prestado e mantêm sempre a preferência. Fato também ressaltado por Buck: “É muito gratificante lembrar de todos e de cada um dos fregueses que a gente tem, fregueses anti-

gos já, que a gente conquistou, que confiam e estão sempre conosco”. O que você encontra na Ótica Buck Na Ótica Buck, você pode fazer os seus óculos e lentes de contato, de acordo com suas necessidades e prescrição médica. E ainda encontra lindas armações, para todos os gostos e idades, além de uma bonita linha de óculos de sol. E vale repetir: além da qualidade dos produtos oferecidos, você ainda conta com atendimento diferenciado, o que garante sua satisfação. Como se vê, não é à toa que a Ótica Buck tem conquistado, a cada ano, mais e mais clientes fieis. Se você ainda não conhece, vale conferir. A Ótica Buck fica à rua Major Oliveira Borges, 248 – Centro de Lorena. Para mais informações, ligue: 3152 4569.


A4 - Edição nº 1454 27 de abril a 3 de maio de 2013

Homenagem à Leila Marta de Carvalho • 23/11/1960 † 22/4/2013 Faleceu nesta segunda-feira, 22 de abril, a querida senhora Leila Marta de Carvalho, mãe querida e amada de seu filho Orlando Lima do Nascimento e de seu marido Orlando de Carvalho do Nascimento. Natural de Volta Redonda, onde nasceu em 23 de novembro de 1960, Leila lutou durante anos com sua saúde. Lutou até o fim. E foi-se deste mundo de missão cumprida... Saudades, eternas... e uma dor irreparável pela perda. Aos seus familiares, particularmente ao seu filho Orlando, muito estimado pelos amigos e no Instituto Santa Teresa, onde estudou praticamente a vida toda, a nossa amizade, carinho e pesar... mas a certeza de que ela continuará sempre viva, através de seu exemplo de luta e amor à vida, no coração dos amigos e, sobretudo, de sua família. Ela ainda chegou a acompanhar o filho, recentemente, na visita dos símbolos da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) – a Cruz e o Ícone de Nossa Senhora – pelo IST / Fatea. Uma mensagem aos que tanto a amavam: Por enquanto, só temos como opção aceitar a idéia que tudo passa. Mas não faça disso motivo para não agir, achando que tudo vai passar por si só. Os sentimentos bons, as alegrias certamente voltarão, como a brisa do seu sorriso meigo, sempre

Absoluto e Málaga, união que trouxe qualidade e comodidade para Lorena No final de 2012, o então recém inaugurado Absoluto Restaurante e Choperia uniu-se ao Málaga, que estava instalado junto ao Dom Apart Hotel. Naquela época, o Málaga já tinha grande clientela, pois trouxe para Lorena um novo parâmetro de gastronomia, conceitos das culinárias européia e mediterrânea, somados aos toques brasileiros. E o Absoluto já se destacava, desde o início, pela qualidade dos alimentos e produtos oferecidos. Foi então que os irmãos Patrick e Penélope Lopes, buscando trazer maior comodidade para os clientes das duas casas, fizeram esta fusão. E pelos comentários, o resultado, em geral, tem agradado bastante. O grande diferencial é realmente a qualidade oferecida, em tudo, desde as saladas preparadas com verduras e legumes de primeiríssima qualidade, passando pela comida japonesa, que hoje é famosa em todo o Vale do Paraíba, com chefs competentes, atenciosos e criativos, até o ambiente agradável, climatizado e com excelente atendimento. Enfim, o que os irmãos buscavam agora é realidade, num confortável e amplo espaço, de mais de 600 m2, com 2 ambientes, divididos nos dois andares do estabelecimento. Um local feito para os melhores momentos com a pessoa amada, com a família e os amigos, para se desfrutar dos prazeres da vida. Some-se a tudo isso que o proprietário Patrick Lopes também é chef e trabalhou na Europa, com chefs renomados da França, Portugal e Inglaterra. Ou seja, você não precisa pagar caríssimo para saborear pratos com qualidade internacional. O Absoluto está acessível aos lorenenses, tanto pela localização quanto pela qualidade e preço justo, sendo motivo de orgulho para a cidade. A casa abre todos os dias, para o almoço, happy hour e jantar. Fica na rua Barão da Bocaina, 107 (ao lado da Lojas 100). O telefone para mais informações é o 3301 0571.

Lúcia acompanhou o filho Orlando, no IST, na passagem dos ícones da Jornada Mundial da Juventude, no início de abril

lembrado, do seu amor incondicional. Temos que aprender a esperar pelo tempo, diminuir as ansiedades e angústias, sabendo que, felizmente, as coisas ruins passarão. Chore, não esconda a dor deste sofrimento. Alivie o espírito entregando-se na fé de Deus. Depositemos nossas esperanças nAquele que nunca passa e, com isso, aumentemos o tempo do gozo das alegrias e reduzamos o tempo da dor das tristezas. Vamos nos lembrar dos bons momentos vividos, sobretudo dos sorrisos, porque a sede por Deus e por Suas coisas, aquelas que são do alto, permanecem em nossos corações... mesmo em momentos como este, de extrema dor, de saudade, desejo, dúvida, certeza, apelo, choro, alegria. E esta sede somente passará quando, finalmente e para sempre, chegarmos em Sua presença. Aí, tudo que se foi terá passado, e nada mais passará. Tudo será eterno. Como Ele é. E é com Deus que Lúcia agora está... Com amizade e afeto sincero... fica esta singela homenagem a uma

Orlando, seu filho amado, junto à Cruz que percorre o Brasil

grande mulher: Leila Marta de Carvalho. Seu filho Orlando foi um um garoto que a Família Guaypacaré viu crescer, sempre direcionado para o bem, graças aos ensinamentos recebidos na família e no Instituto Santa Teresa. Jovem sempre partícipe das atividades, inclusive no Setor Juventude da Diocese de Lorena, muito querido por seus amigos. Em sua página no Facebook, ele se despede da mãe com uma frase simples, mas que resume todo seu amor filial: Ela se foi, mas de missão cumprida...

Fono Clin oferece o que há de mais moderno na área da fonoaudiologia A Fonoaudiologia surgiu devido à dificuldade ou impossibilidade que algumas pessoas têm de desenvolver ações rotineiras como ouvir, falar, comer, compreender e se fazer entender. O objetivo desta ciência é melhorar a vida daqueles que buscam ajuda profissional. Quando você, seu filho ou familiares se deparam com alguma dessas dificuldades, em Lorena, você pode contar com a Fono Clin, uma clínica novinha, moderna e completa para atendimentos em fonoaudiologia. À frente do empreendimento, Maria Auxiliadora Corrêa –

a Dora fonoaudióloga, especialista em Audiologia, agora com sua sede própria. Além das terapias na área, inclusive com sistema informatizado, a Fono Clin também oferece exames audiológicos (audiometria, imitânciometria, exame do Processo Auditivo Central – PAC), indicação de aparelhos auditivos e a fonoaudiologia estética, que reduz rugas e linhas de expressão. Também há atendimento na área de fisioterapia estética: hidroginástica, drenagem linfática, limpeza de pele, manicure, pedicure e depilação. Vale a pena conhecer e cui-

dar da sua saúde com o que há de mais moderno em aparelhagem e equipe profissional competente e Dora fonoaudióloga capacitada. A Fono Clin fica na rua Manoel Prudente, 354 – Centro de Lorena. Telefones: 3157 3692 / 8879 0328. Site: www.fonoclinlorena.com.br.

Menores pegos no tráfico no Parque das Rodovias Os 3 garotos já são conhecidos nos meios policiais. Um deles já foi apreendido 8 vezes, mas sempre volta para as ruas e continua a traficar Nesta segunda-feira, 22 de abril, às 10h30, em patrulhamento pelo Parque das Rodovias, viaturas da 1ª Cia. PM depararam com um menor de 16 anos, já conhecido nos meios policiais, pela prática de trafico de entorpecentes. Segundo a Polícia, ele foi abordado e, no bolso de sua bermuda, foram localizadas 14 trouxinhas de maconha. Ainda de acordo com a PM, enquanto era feita a apresentação deste menor na Delegacia, denúncias de populares

davam conta de que, no mesmo local, já havia uma outra pessoa também praticando tráfico de entorpecentes. Diante da denúncia, essa mesma equipe voltou ao bairro. Graças às informações precisas, outro menor de 16 anos foi detido. Com ele, a PM afirma ter encontrado 26 pedras de crack. Os dois menores foram encaminhados para a Fundação Casa, pela reincidência. Agora pasme, leitor: o primeiro menor já foi apreendido 8 vezes pela Polícia. Devolvido às ruas, continua a praticar atos criminosos. O segundo menor também já foi apreendido 3 vezes. E não acaba por aí... Ainda na segunda-feira, por volta das 16h50, em novo patrulhamento pelo Parque das Rovovias, a mesma equipe da PM que havia feito as duas

apreensões pela manhã deparouse com outro menor, de 17 anos. Ao avistar a viatura da Polícia Militar, ele teria agido de maneira suspeita e, ao ser abordado, foram encontrados, em seu poder, 14 pinos de cocaína. Menor e entorpecentes conduzidos à Delegacia, o garoto foi apreendido e conduzido à Fundação Casa, pela reincindência nesta prática. Ele já foi apreendido 4 vezes por tráfico de entorpecentes. A PM destaca a importância da participação da população, que colabora – e muito – com o trabalho da Polícia, através das denúncias. E a população espera que estes menores sejam finalmente punidos, pois é óbvio o porquê da sensação que eles têm de impunidade.

Casal é preso no Centro por tráfico Na segunda-feira, 15 de abril, por volta das 21h30, um casal foi abordado na rua 12 de Outubro, no Centro de Lorena. De acordo com a Polícia Militar, o homem e a mu-

lher têm 25 anos. Com a mulher, a PM ter encontrado 1g de cocaína. E na casa deles, mais 406g de pasta base de cocaína, 6 mil pinos vazios e uma balança

de precisão. O casal foi autuado em flagrante por tráfico de entorpecentes. O homem foi conduzido à Cadeia de Guaratinguetá e a mulher à de Aparecida.


B1 - Edição nº 1454 27 de abril a 3 de maio de 2013

5o BIL comemora a Semana do Exército Entre os dias 15 e 20 de abril, o 5º Batalhão de Infantaria Leve comemorou a Semana do Exército, com a realização de diversas atividades na guarnição de Lorena. De acordo com informações do 5o BIL, as atividades tiveram alguns objetivos específicos, além de comemorar o Dia do Exército: divulgar a imagem do Exército juntos aos públicos interno e externo; tornar a instituição mais conhecida, promovendo a difusão da atividadefim do Exército Brasileiro; e difundir as características e

A Academia se apresentando oficialmente

peculiaridades da profissão militar para o público externo. As atividades iniciaram-se com a competição de natação no CSU (Centro Social Urbano): Olimpíadas da 12a Brigada de Infanta-

ria Leve. Participaram das provas cerca de 80 atletas, de 10 unidades, das cidades de Lorena, Pindamonhangaba, Caçapava, Valença, Osasco e Barueri. Dentro da programação da

Saiba mais sobre a atividade que pode mudar sua vida: • É uma ótima fonte de renda para complementar seu orçamento. • O horário é você quem escolhe. • Você tem autonomia e recebe apoio da Natura, com treinamentos e cursos gratuitos. • Oferece produtos da marca de cosméticos mais admirada do país. • Você é reconhecida pelo tempo na atividade, pelo seu desempenho em compras e pela contribuição na construção de um mundo melhor. • Suas clientes viram amigas, amigas viram clientes.

Faça a diferença. Seja um (a) Consultor (a) Natura!

Atenção! Novo celular: 9791 2099 / 3157 1090 Elizandra

Semana do Exército, também houve apresentação da Banda de Música do 5o BIL, no Teatro São Joaquim; palestra na Escola Ruy Brasil; solenidade militar no 5º BIL, no dia 19 (Dia do Exército); e uma exposição de material militar na Praça Arnolfo Azevedo.

Por Adilson Roberto Gonçalves, presidente da Academia de Letras de Lorena

Tive a oportunidade de ocupar a Tribuna Livre da Câmara Municipal nesta segunda-feira, 22, discorrendo sobre a Academia de Letras de Lorena. Procurei fazer um balanço de nossas atividades e apresentar oficialmente aos vereadores esse marco cultural do município. Aproveitei para discorrer sobre os obstáculos legais e financeiros existentes, obtendo apoio daquela Casa de Leis para resolver essas questões, com sugestões para captar recursos para que possamos dar vazão à publicação de livros, que é nosso maior mister. Minha presença ocupou cerca de uma hora do tempo do expediente, sendo arguido por muitos dos vereadores, que, de forma geral, elogiaram as atividades da Academia e se colocaram à disposição para tornar efetiva a decretação de utilidade pública, que nos permitirá a isenção de impostos e facilitar a celebração de convênios e obter subsídios para custear nossas atividades, especialmente a edição da coletânea anual. Presenteei cada vereador com a III Coletânea, editada em 2012, volume que contém de forma

eclética a produção literária, filosófica e científica dos 30 acadêmicos. Expus que um dos compromissos da Diretoria eleita para a biênio 2013-2015 é buscar recursos para uma sede própria para a Academia. Brincando com palavras, disse que temos o verbo, mas falta-nos a verba. Os poetas e artistas possuem seu dom, sua alma, mas é necessário materializá-los e isso requer financiamento. Discorri também sobre a Academia Jovem, proposta por nosso vice-presidente, prof. Nelson Pesciotta, também presente à sessão de Câmara. Precisamos aproveitar esse celeiro juvenil que, se não for resgatado, será moído pelo sistema. Em nossas reuniões mensais, é comum a presença desses jovens declamando e apresentando sua obra literária, de boa qualidade. Alguns compromissos foram estabelecidos nessa primeira exposição oficial da Academia, que serão resgatados e seu trâmite será devidamente acompanhado. Fica o registro de agradecimento ao presidente daquela Casa, o vereador Luiz Fernando de Almeida Ribeiro, que prontamente atendeu à solicitação de uso da Tribuna.

Eleições no Clube Comercial Leovaldo Costa e Áttila agradecem aos associados e parabenizam Inês Vieira e Serginho pela vitória Nós, LEOVALDO COSTA e ÁTTILA (dentista), candidatos da Chapa 2 - “MUDA CCL”, agradecemos aos associados que nos honraram com seu voto nas eleições para a Diretoria Executiva (presidência)

do Clube Comercial de Lorena. Infelizmente não logramos êxito, mas valeu a experiência. Também se aprende com a derrota e tenham a certeza que aprendemos muito e vamos continuar trabalhando pelo engrandeci-

mento do nosso Clube. Parabenizamos Maria Inês Vieira e Serginho pela vitória e estamos torcendo para que façam um boa gestão. Muito obrigado. Leovaldo Costa e Áttila


B2 - Edição nº 1454 27 de abril a 3 de maio de 2013

Apoio

“O trânsito é técnico, para as pessoas irem e virem, e não para agradar esse ou aquele” Conheça e veja o que pensa Jaime Pereira da Silva, novo secretário de Trânsito de Lorena Nesta quarta-feira, estive com o novo secretário de Trânsito de Lorena, Jaime Pereira da Silva. Hoje com 63 anos, Jaime contou que ficou quase quatro décadas fora de Lorena (de 1977 a setembro de 2010), enquanto trabalhou na CET - Companhia de Engenharia de Tráfego -, na capital paulista). Convidado pelo prefeito Fábio Marcondes, agora está à frente do Departamento de Trânsito de nossa cidade, trazendo uma bagagem considerável de conhecimento técnico sobre o assunto. Na CET, na maior parte do período esteve envolvido em projetos, principalmente acompanhando obras do metrô e suas interferências no sistema viário. Nos últimos anos de sua carreira na Companhia, atuou na implantação da linha amarela do metrô. Portanto, entende bastante como o trânsito interfere no dia a dia das pessoas. Aliás, durante a conversa, o que mais me chamou atenção foi sua consciência de coletividade do trânsito. Como ele mesmo disse, o direito de ir e vir é de todos. Trânsito é para as pessoas irem e virem, e não para agradar esse ou aquele. Vou citar os assuntos abordados em tópicos, para facilitar o entendimento. Caos no trânsito no centro de Lorena Jaime considera um dos maiores problemas a largura das ruas do centro da cidade, estreitas demais. “Se você colocar carros

parados de um dos lados, um ciclista e mais um carro trafegando, dividindo o mesmo espaço, já gera uma situação de conflito. É muito apertado. Se considerarmos os últimos dados, de 2010, em nossa cidade, são 35 mil veículos e mais 8 mil motocicletas; dados esses que já estão defasados, pois em dois anos vendeu-se e emplacou-se muito. E nos últimos anos, a cidade não ganhou nada em largura de vias. Pior que isso: nenhuma nova rua ou avenida foi construída”.

Bosco e adjacências. Não será mais permitido. Na Fatea, um plano

motoristas das vans. A ideia não é ter conflitos, e sim resolver conflitos já existentes”. Números que dão uma idéia da dimensão do problema a ser enfrentado O secretário teve e ainda terá reuniões com representantes das três universidades da cidade. De concreto, por enquanto, números da Unisal,

Vans serão retiradas do centro da cidade A questão das vans escolares é outro problema que já está senJaime Pereira da Silva, novo Secretário de Trânsito de Lorena do enfrentado. O secretário quer retirá- parecido também será co- que impressionam e acendem las do centro da cidade. locado em prática. Tere- uma luz amarela, bem grande, “Embarque e desembar- mos mais reuniões com a na questão do trânsito. “Em que serão feitos na Pra- direção das instituições, 2013, matricularam-se 700 ça Conde Moreira Lima. com os alunos e com os novos alunos; em 2014, seElas poderão estacionar no entorno do Mercadão, nas ruas Major Rodrigo Luiz, Major Joaquim Luiz Bastos, Pedro Vicente de Azevedo... A intenção é que, enquanto aguardam os alunos, os motoristas não fiquem mais com seus carros parados na Praça Arnolfo Azevedo e nas ruas Carlos Autran, Barão de Castro Lima, Dom

rão mais 600; em 2015, mais 600; e em 2016, mais 100. Ou seja, só naquela faculdade, no centro de Lorena, serão 2 mil alunos a mais tendo que chegar e ir embora. Fora isso, a expectativa é de que 5 mil novos moradores cheguem à nossa cidade nos próximos 5 anos, com os novos empreendimentos e fábricas que aqui estão se instalando”, disse. Jaime ressalta que tem trabalhado como sempre fez na CET, ou seja, estudando e fazendo modificações baseadas em dados, números, e não em “achismos”. “O trânsito é técnico, e não para agradar alguém”, enfatizou algumas vezes, durante nossa conversa. Desordem na porta das escolas Esse assunto é delicado, pois algumas escolas estão em vias de extrema importância para a fluidez do trânsito da cidade. Antigamente, não havia tantos carros nas ruas, mas de uns anos para cá, o problema tem tomado proporções assustadoras, em alguns momentos travando todo o trânsito em vários locais da cidade, causando efeito cascata. Em frente ao Colégio Gênesis, na rua Monte Castelo, Jaime disse que proibiu o estacionamento do lado direito da via. Segundo ele, a direção da

escola apoiou e, por lá, o trânsito melhorou. “As pessoas querem parar na porta da escola para pegar seus filhos, mas hoje não dá! Essa é uma consciência, um hábito que precisa mudar”, disse. Em frente ao Colégio Objetivo, um dos maiores exemplos do caos que entrada e saída de alunos podem causar. Segundo o secretário, “aquela escola começou pequena e cresceu muito o volume de alunos nos últimos anos. Consequentemente, o número de carros de pais, de vans, também aumentou. O colégio cresceu e não pensou em acesso para alunos, professores e demais funcionários. Os agentes de Trânsito que ficavam por ali na entrada e saída de alunos são mais necessários em outros lugares do que lá. Considero que o direito de ir e vir é de todos, e não apenas dos pais e dos alunos dessa ou daquela escola. Por isso, a operação foi suspensa em frente ao Objetivo na hora do almoço, e mantida, pelo menos por enquanto, à tarde, das 17h15 até as 18h15. Mandei retirar até o cavalete que bloqueava a mão dupla naquele trecho da avenida São Pedro. Agora, a responsabilidade é da escola. Isso é o certo. O que é obrigação da Prefeitura, estamos e vamos continuar fazendo. Mas o problema não pode ser repassado integralmente para nós. À tarde, por eu ainda não ter encontrado uma solução para esse problema específico, a operação com a participação dos ‘amarelinhos’ foi mantida. Mas isso está sendo feito pelo trânsito, e não pela escola.


B3 - Edição nº 1454 27 de abril a 3 de maio de 2013 As pessoas precisam chegar em casa! Em breve, vamos fazer alterações no tempo dos semáforos daquela esquina, para pelo menos tentar reduzir o desconforto. A situação é mais complexa do que parece e requer estudo, que já está sendo feito. O semáforo do cruzamento entre as avenidas Papa João XXIII e Targino Vilela Nunes também receberá atenção no futuro. De imediato nada pode ser feito, já que aqueles equipamentos são antigos e o controlador deles não permite reprogramação”.

até mesmo reclamando diretamente ao prefeito, esbravejando após receberem multas. “Numa cidade pequena como a nossa, a pessoa admite errar, mas não admite pagar pelo erro. É interessante. Falta uma consciência coletiva, menos egoísta. O trânsito é pra todo mundo e as leis devem ser respeitadas. O motorista precisa aprender a ler as placas, que dizem o que é ou não permitido. É preciso estar atento, sempre. Até 20 de abril, os ‘amarelinhos’ estiveram nas ruas apenas orientando, conversando. De lá para cá, começaram a autuar. E quero que fique claro que a intenção, ao autuar, não é penalizar e sim educar. Se você for multado ao parar em local proibido, na próxima vez, irá pensar duas vezes”.

Mudanças no trânsito ao redor da Fatea No final de março, foram feitas mudanças de mãos nas ruas Presidente Roosevelt e Joaquim Azevedo Figueira. Segundo Jaime, “a rua Churchill continuará de mão dupla, mas só será permitido estacionar ao lado da calçada do Gol Mania. Hoje a rua está apertada e não comporta mão dupla com estacionamento dos dois lados. Nos horários de entrada e saída de alunos da Fatea, o problema fica bem evidente. Serão feitas mudanças também em frente à Fatea, para fazer aquilo fluir melhor. Pode ser que, num primeiro momento, as mudanças incomodem, mas depois as coisas se acomodam e a população percebe a melhora”.

Taxões que foram e serão retirados “Os taxões em frente ao Coimbra Materiais de Construção foram retirados e outros, em locais variados da cidade, também serão retirados, principalmente por causa de motos e bicicletas. Aquele dispositivo é obsoleto e até perigoso, podendo causar queda de ciclistas e motociclistas. Será usado apenas como é permitido, na divisão de tráfego e quando eu julgar necessário”, disse Jaime. Vale lembrar, novamente, que estão proibidos pelo Contran.

Multa educativa, não punitiva O secretário disse que tem achado interessante a atitude de algumas pessoas, que vão até lá, no Departamento de Trânsito, ou

Lombadas fora dos padrões Por falar em Contran, questionei o Secretário sobre as mais de cem lombadas de Lorena, totalmente fora dos padrões de

medida e sinalização estabelecidos pelo Contran. Eu, que por algumas vezes, por ser contra lombadas, me senti um “E.T.”, fiquei feliz com a resposta do secretário: “Tecnicamente, não é lombada que vai segurar velocidade. Elas estão proibidas. Em alguns casos, geram mais malefícios do que benefícios, aumentando inclusive o risco de acidentes. Elas aumentam até a poluição, já que os veículos têm que desacelerar e acelerar sempre naquele ponto. As que já foram construídas serão estudadas e, caso não haja real necessidade, serão retiradas. Além disso, pedidos de novas lombadas serão negados. Me nego a fazê-las, pois repito, são proibidas, e as pessoas precisam entender isso”. Por favor, vereadores: leiam e releiam o parágrafo acima. E antes de pedirem mais lombadas para Lorena, façam uma breve pesquisa sobre o assunto. Lombada é coisa do passado, ainda mais numa cidade com uma pavimentação indecente como a de Lorena. Jaime disse ainda que pedirá a instalação apenas de lombofaixas, dispositivo moderno, com 4 metros de comprimento e de 8 a 10 cm de altura, como manda a legislação, nivelada com a guia

da calçada, tornando mais visível a travessia de pedestres, a parte mais frágil do trânsito. Paralelepípedos dificultam sinalização Os pré-históricos parelelepípedos dificultam que seja aplicada uma sinalização adequada, duradoura. Sobre isso, Jaime disse o seguinte: “Não dá mais para se usar paralelepípedos. É claro que sabemos que é preciso infra-estrutura de drenagem e uma série de investimentos para asfaltar, mas paralelepípedo é obsoleto. Ainda mais como esse de Lorena, de décadas em uso. As pedras estão até brilhantes, lustradas, lisas, perigosas. Numa frenagem com piso molhado, a colisão é quase inevitável. Além disso, inviabiliza até a sinalização. Pintar paralelepípedo é jogar tinta fora. Mesmo assim, precisamos fazer e estamos fazendo”. Aberração feita na estrada que liga a Cabelinha à Ponte Nova Questionei o secretário sobre o papel que sua Secretaria pode ter e o que poderia ser feito naquela estrada que liga a Cabelinha à Ponte Nova. O DER realizou obras e colocou guias altas nas duas extremi-

dades da pista, o que eu considero uma aberração, uma falta de bom senso. Nunca vi estrada daquele modelo em lugar nenhum! “Já pedi o projeto para o DER. Já houve acidentes por lá. Quero ver o projeto, analisar e, se não puder mexer na geometria da obra, quero pelo menos tentar interferir na sinalização, para evitar acidentes e mais problemas futuros”. Obras viárias de grande porte no futuro Jaime disse que obras grandes estão em estudo. “Eduardo Venanzoni, da Secretaria de Planejamento Urbano, tem um projeto pronto, global, que estabelece novos parâmetros para o trânsito de Lorena. Isso será considerado num futuro, mesclando propostas desse projeto e de outros. E daqui em diante, há de se pensar em contrapartida. Uma empresa, instituição de ensino, um novo curso, um condomínio, uma fábrica vai se instalar em Lorena e será bom para a cidade? Ótimo, mas é preciso pensar no impacto que isso vai gerar no trânsito e planejar antes. É o que sempre vivenciei durante todo o tempo que trabalhei na CET”.

Incentivo ao uso das bicicletas no dia a dia Em relação ao emplacamento feito em algumas bicicletas da cidade, Jaime disse que não mexerá com isso. Ficará como está. “Entendo que há urgente necessidade de bicicletários no centro. As pessoas não têm onde colocar suas bicicletas. E é preciso incentivar o uso delas. Em São Paulo, no meio daquele trânsito caótico, tem gente que a utiliza. Lá, bicicleta no dia a dia ainda é sonho de muitos. Aqui, que apesar de tudo ainda dá para utilizar com mais frequência, mais facilidade, a gente não quer”. Estrutura atual da Secretaria de Trânsito O secretário finalizou a conversa dizendo que, hoje, são apenas 8 agentes para auxiliar no funcionamento do trânsito da cidade toda. A esperança é que no 2º semestre, após concurso, os agentes cheguem a 20.Além disso, uma troca da viatura da Secretaria, a valente picape Courier, está planejada. Como disse no começo da matéria, me chamou a atenção o espírito de coletividade de Jaime. É preciso que tenhamos atitudes conscientes para um trânsito melhor para todos. Pense nisso.


B4- Edição nº 1454 27 de abril a 3 de maio de 2013

Equipe MatosTT se destaca na 1ª etapa do Ranking da Liga Valeparaibana de Tênis de Mesa

Um lorenense querido que nos deixa: faleceu o dr. Hugo de Araújo Luz Lorena ficou triste com o falecimento do dr. Hugo de Araújo Luz, dentista que soube fazer amigos e admiradores, não só pela dedicação ao seu trabalho, mas também pela sua simpatia e atenção para com todos. Doutor Hugo deixa sua família: a esposa Águeda, terapeuta ocupacional, seis filhos e cinco netos. Deixa também sua mãe, a querida professora aposentada Maria Alice de Araújo Luz, minha amiga, que foi professora dos meus filhos e minha colega no “Conde”. Dr. Hugo pertencia a uma antiga família lorenense. Todos conhecem a professora Maria Alice e conheceram seu pai, o senhor João Batista Luz. Muito conhecidos também eram seus tios, professor Lutgardes e sua esposa, professora Ma-

ria Aparecida, irmã de sua mãe Maria Alice, queridos e atuantes na educação. Dr. Hugo deixa ainda irmãos e sobrinhos. Doutor Hugo era uma pessoa que dava atenção a todos. De longe me cumprimentava atenciosamente quando me encontrava na rua. Sabíamos que ele estava doente, mas não de uma doença que o levasse tão rápido. Meu filho mais velho, Carlos Antonio, era seu paciente e seu amigo, admirava-o muito e sente muito sua partida. Lorena, e de modo especial a associação dos dentistas, não esquecerão o dr. Hugo. Sua vida e seu trabalho ficarão como exemplos. Pedimos à Senhora da Piedade que console e abençoe a Maria Alice, a senhora Águeda, bem como a todos os seus familiares.

No último domingo, 21 de abril a Equipe MatosTT / Colégio Delta esteve em Jacareí, competindo na 1ª etapa do Ranking da Liga Valeparaibana de Tênis de Mesa, da qual participaram cerca de 300 mesatenistas, do Vale Paraíba e Litoral Norte. E a Equipe de Lorena conquistou 10 medalhas: 3 de Ouro, 4 de Prata e 3 de Bronze. Os destaques da Equipe foram os atletas Laura Gomes, Rafael Nunes e Fábio Matos, que venceram em suas categorias. Devido aos resultados, a MatosTT está em 2º lugar no Geral, no Troféu Eficiência, atrás apenas da cidade de São José dos Campos.

A próxima competição será no dia 5 de maio, em Mogi das Cruzes: 2ª etapa do Ranking

da Liga Valeparaibana de Tênis de Mesa. A MatosTT agradece o

apoio do Colégio Delta, Jornal Guaypacaré, Clube Comercial de Lorena, Anglo Lorena,

Usuários de drogas tomam conta da Praça Arnolfo Azevedo Tem sido motivo de reclamações frequentes o grande número de usuários de drogas que se sentem completamente à vontade para fazer o que bem entendem na Praça Arnolfo Azevedo, o “coração” do centro de Lorena. “Eles fumam maconha li-

Transamérica apresenta: “Um dia de rainha para a melhor mãe do mundo!” Quer fazer sua mãe muito feliz neste Dia das Mães? Então inscreva-a nesta promoção! A Rádio Transamérica, juntamente com seus parceiros, vão dar um dia de rainha pra mamãe sorteada, que terá direito a:

te! amen t i u t r, ra ons g preenche p u c ! ha os is cupons e ganhar c n e d a Pre to m nces Quan es as cha r ce maio onte vivo, c a , ao rteio FM, O so de maio a 102,3 . c a méri Prat ia 10 no d io Transa uva de Rád a Ch pela o da loj diret

• Produção de beleza completa no Salão Cantinho da Unha. • R$ 1 mil em vale-compras na loja Chuva de Prata. • Uma gargantilha em ouro com pingente da Ita Jóias. • E mais o almoço em família no Dia das Mães! Tá esperando o quê? Se você for mãe, basta preencher o cupom. Se for filho, preencha com o nome da sua mãe nas lojas Chuva de Prata, Ita Jóias, Cantinho da Unha, Varandão Móveis, Nossa Ótica e no Laboratório Cepac... e pronto!!!

vremente, cheiram cocaína e por aí vai... E a gente não pode mais levar as crianças pra brincar num lugar que tantas lembranças boas nos traz, da época de nossa infância e adolescência”, relata um leitor do Guaypacaré, que não quis se identificar. Na Praça do Rosário, a situação não é muito diferente, há anos. Foram várias as denúncias e pedidos de matéria sobre o assunto a este Jornal. Outro motivo de grandes reclamações é o alto número de “guardadores” de carro no centro. Munícipes relatam que têm se sentido ameaçados pela presença de alguns deles, que em alguns casos, intimidam as pessoas quando o dinheiro lhes é negado. Cobram da Polícia mais empenho. E realmente tem que haver. Porém, nesta questão reside um grande problema, deixando a PM de mãos atadas: a maioria dos usuários de drogas daquele local (embora o problema não se restrinja somente à Praça) é menor de idade. E em relação a eles, as leis brasileiras são basicamente para garantir-lhes seus direitos, tornando-os praticamente impunes por seus atos inconsequentes. Na maioria das vezes, quando

esses menores são levados para a Delegacia, porque estavam usando drogas ou em poder delas, são liberados logo em seguida, por força da lei, branda demais. E, ainda, quando a Polícia precisa ser mais enérgica – principalmente com aqueles que não têm a mínima educação e respeito ao próximo, chegando até a agredir os policiais –, logo vem os direitos humanos a acusar a Polícia de ser violenta, de abusar de seu poder e outras barbaridades mais. E pior: a imprensa marrom, sensacionalista, ainda dá destaque a isso, desrespeitando e desmerecendo o trabalho da Polícia, dando mais força para os fora da lei praticarem os atos que bem entendem. Muitos destes menores, enquanto estão drogados, saem

pelas imediações assaltando ou ameaçando as pessoas que estão indo ou vindo da escola, do trabalho, enfim... O medo de andar pelas ruas de Lorena, principalmente à noite, é crescente e uma providência precisa ser tomada. Porque a população está a cada dia mais encarcerada dentro de sua própria casa, enquanto os traficantes e assaltantes dominam as ruas, tornando reféns os cidadãos de bem. De quem é a responsabilidade por este grave problema? Da Polícia? Das famílias desestruturadas? Da administração pública, que precisa oferecer mais políticas de combate ao uso e tráfico de drogas? Das leis de nosso País? Eis uma questão que merece bastante atenção das autoridades municipais.


B5 - Edição nº 1454 27 de abril a 3 de maio de 2013

Emocionante e prestigiadíssima: assim foi a Festa da Amipel que lançou livro em homenagem ao saudoso Ten Cláudio Pereira Foto: Amipel

Foto: Amipel

O prefeito Fábio Marcondes também prestigiou o evento Foto: Amipel

Foto: Amipel

Foto: Amipel

Foto: Amipel

Foto: Amipel

O autor da obra, jornalista Alfredo Evangelista, com os filhos do Ten Cláudio - Beto, Claudinho e Matheus - e sua esposa, Da Tereza

Foto: Rodolfo Staut

Foto: Rodolfo Staut

Foto: Rodolfo Staut

Foto: Rodolfo Staut

Foto: Rodolfo Staut

A festa de 1º de maio no Santa Edwiges

Foto: Rodolfo Staut

Foto: Rodolfo Staut

A Amipel, que tem como presidente o Cap Antonio Pinho, lançou em sua nova e ampla sede, um livro em home- Cap Pinho nagem ao saudoso tenente Cláudio, que foi um dos fundadores e um dos primeiros presidentes da instituição. Foi uma bela solenidade, com a presença de autoridades civis e militares, associados, amigos e familiares do homenageado, além da maravilhosa e renomada Banda de Música Militar do 5º BIL, que abrilhantou o evento, emocionando a todos com seu repertório muito bem selecionado. Os recursos arrecadados com a venda do livro serão destinados a instituições de caridade da nossa cidade, anunciou o presidente da Amipel, capitão Pinho. O livro foi escrito pelo jornalista Alfredo Evangelista, que fala sobre obra: “Para mi, foi um imenso prazer poder labutar na garimpagem das informações, fotos e produzir os textos capitulares do nosso livro, contando apenas com o apoio do presidente da Amipel e da comadre Da Teresa, que nos emprestou seus ar-

quivos de fotografias e os documentos de propriedade do Ten Cláudio, para que eu pudesse, em um ano, terminar o meu trabalho. Confesso que foi um trabalho de formiguinha. Contei ainda com o ex-presidente da Câmara Municipal, dr. Élcio Vieira Junior, que me forneceu o dossiê dos Projetos de Lei do Cláudio, durante seus 12 anos como vereador. O Lions Club de Lorena também nos ajudou com as atas que mostraram as atividades do Ten Cláudio como CL (Companheiro Leão) daquela entidade. Estamos repassando, agora, todos os Direitos Autorais da obra, por mim realizada, à Da Teresa, esposa do Ten Cláudio, para que ela tenha total liberdade na venda dos exemplares que, por sua vontade, destinará a renda às instituições filantrópicas de Lorena. Meus sinceros agradecimentos à Dona Teresa, ao Cap Pinho, ao Lions, ao Cel Silva Neto, ao diagramador e arte final do sr. Élison, à sra Maria Auxiliadora Silva Neto Barboza - pela revisão do livro - e aos amigos que nos forneceram seus depoimentos, prefácio, acróstico, poema e apresentação na composição da obra. Terminou! Missão cumprida! Muito obrigado a todos vocês, que nos ajudaram na construção do nosso livro e, de maneira carinhosa, a todos os amigos do Exército Brasileiro, da Amipel e, sobretudo, aos familiares e amigos do saudoso Cláudio, que prestigiaram com suas presenças o belo e significativo evento”.

Foto: Amipel

Parabéns ao presidente da Amipel, Cap Pinho, e toda sua Diretoria. Jornalista Alfredo Evangelista é o autor da obra. Renda da venda do livro será revertida para entidades da cidade

Cabeleireiro & Maquiador Rua Major Oliveira Borges, 130 - 8131 6459

Acontece na próxima quarta-feira, feriado do Dia do Trabalho, a Festa de São José Operário, com missa às 8h30, desfile das cavalarias pelas ruas de Lorena e o já famoso almoço tropeiro, a partir das 11h, que poderá ser degustado no local ou levado para casa. A Festa Operária, sob a organização do Pe. Mário Bonatti, na comunidade do bairro Santa Edwiges, será comemorara o dia inteiro. Pe. Mário registra que a população lorenense está mais do que convidada. Edital de Convocação “O Presidente da Cooperativa de Catadores de Material Reciclável de Lorena/SP – RECICRAS, no uso das atribuições de acordo com o seu Estatuto Social e a lei 5764/71 convoca seus cooperados para Assembléia Geral Ordinária á realizar-se no dia 10 de maio de 2013, às 9h00, em 1ª convocação, com a presença de mínimo 50% mais um dos cooperados, às 9h30min, em 2ª convocação, com 1/3 dos cooperados, e 10h00, em 3ª convocação, com mínimo 10 cooperados; em sua sede, com a ordem do dia: 1)Prestação de Contas do ano 2012; 2)Parecer do conselho fiscal; 3)Demonstrativo das sobras ou perdas apuradas, e sua destinação; 4)Eleição do Conselho de Administração e Fiscal e um Coordenado; 5) Adequação à lei 12690/2012 com a reforma ampla e geral de seu Estatuto Social; 6) Alteração de Nome; 8) Alteração de Objeto; 9) Alteração do Endereço; 10) Criação de Regimento Interno; Lorena, 20 de abril de 2013 Juventino de Oliveira – Presidente


B6 - Edição nº 1454 27 de abril a 3 de maio de 2013

CASARÃO DA DUTRA

Use com moderação: o Facebook vicia, causa angústia e frustração Levantar-se pela manhã, ligar o computador e postar um comentário no Facebook já faz parte da rotina de milhões de brasileiros. São muitas mensagens de bom dia, de pensamentos positivos desejando-nos uma ótima semana. Isto é salutar. O problema começa quando o dia vai passando e as mensagens continuam a chegar em pouco espaço de tempo. A noite anuncia a sua chegada e as mensagens continuam sendo postadas. Hora de dormir, mas por quê? Bobagem, pensam muitos jovens. Vamos continuar nas redes sociais. A noite é trocada pelo dia. Quem estuda ou trabalha no período da manhã sente-se muito sonolento devido às poucas horas de sono. E aquilo que era para ser um divertimento começa a mudar o ritmo de sua vida. Vira um vício. E este vício acaba levando-o a procurar outras ferramentas dentro da rede social Facebook para passar o tempo... Então veem os jogos e seus inúmeros convites. Parecem aquelas correntes que vêm pelo e-mail. Enchem as caixas de entrada. Também há aquelas pessoas para as quais olhar apenas a vida dos amigos já não basta; olham, acompanham a vida de outras pessoas e acabam tendo os mais diferentes sentimen-

tos, como angústia e inveja, conforme uma reportagem publicada recentemente na revista Veja. Já há casos de jovens que desistiram de ter uma página social na internet porque estava causando mal à saúde, inclusive depressão. Outras pessoas criam a coragem que não teriam se estivessem frente a frente com a outra. Elas esquecem que o computador é somente um canal de comunicação. Para que se concretize a comunicação, tem que haver no mínimo duas pessoas. É uma regra básica, mas que parece ser esquecida facilmente: a presença do outro. Por que fazer comentários maldosos? Por que ofender àqueles que seriam nossos amigos? Porque teoricamente você está em uma rede social que mantém devido ao vínculo da amizade; foi para isso que ela foi criada. Mas infelizmente, parece que o ser humano tem a facilidade de transformar tudo o que é bom em algo ruim. Bem, tudo na vida tem seu lado bom e mau; depende de nós sabermos usá-lo com equilíbrio, com moderação. Cuidado, o Facebook pode viciar, pode causar transtornos à sua saúde e pode acabar com seu sossego. Por isso, use-o com moderação, ética e bom senso.

Assim é a democracia Levanto este assunto depois de ler um artigo da escritora Raquel de Queiroz, da revista “O Cruzeiro”, de 1947, que me enviou há dias uma ilustrada amiga. É muito atual, apesar de tanto tempo decorrido da sua publicação. A escritora notável expõe com clareza a natureza do voto. Não há democracia sem voto. Quando o cidadão vota em alguém, está dando a este um mandato para representá-lo, podendo expor idéias em seu lugar (se for vereador, deputado ou senador) e transformá-las em ações (se for prefeito, governador ou presidente). O eleito para o Legislativo deve estar, pois, em condição de fazer leis e, por decorrência, fiscalizar a execução dessas leis e em tudo cumprir o poder que lhe foi conferido pelo eleitor. O eleito para o Executivo está moralmente obrigado a executar as ações queridas pelo seu eleitor. De certa forma, o voto é um cheque em branco: o eleito vai usá-lo de acordo com o compromisso tácito que assume com o emitente ao anunciar sua candidatura, sua filiação partidária e seu apreço pelo programa do seu partido. O voto não é uma doação, uma vã homenagem, um pagamento de débito, muito menos uma brincadeira. É coisa muito séria. O eleito é representante dos seus eleitores, não dos seus

amigos. Num processo democrático, sério e responsável, mais do que as amizades vale o pensamento do escolhido, o seu modo de agir. A maior parte do eleitorado desconhece pessoalmente os candidatos, mas neles vota por fidelidade partidária, pelo aceite do que viu e ouviu na propaganda política. Quando o eleitor erra na escolha, vota por capricho, por camaradagem ou por venalidade, assume o risco de contribuir para a infelicidade de si mesmo e da população. Por tudo isso, tenho por imprópria e até imoral a troca de partido pelos eleitos. A democracia se funda na alternância do poder, não na traição ao voto popular. Pensem nisso os que militam na vida política da nação. Respingos • O que aconteceu recentemente nos Estados Unidos mostra a quanto leva o fanatismo de qualquer origem. Episódios como este fazem vacilar a condição racional dos seres humanos. • Enquanto não vem o famoso trem-bala, bem podíamos ter um trenzinho mais modesto, porém seguro, em alternativa para nosso transporte pelas rodovias já saturadas que utilizamos. • Incomoda muito a criminalidade na nossa região, incrementada pelas drogas. Até quando?

Realize seu sonho hoje! O Casarão do Ocílio oferece espaço para festas e eventos. Faça sua festa de 15 anos, seu casamento, despedidas, confraternizações... Para maiores detalhes, entre em contato pelos telefones (12) 3106 1103 ou 9750 9083 e fale com Ocílio Ferraz; por e-mail: ocilioferraz@yahoo.com.br; ou pelo site: www.casaraonadutra.com.br

• FF da Dirce Gracy “Quando somos pacientes, coisas que normalmente consideraríamos muito dolorosas acabam não parecendo tão ruins. Ao contrário, quando não existe a tolerância paciente, até as menores contrariedades parecem insuportáveis. Tudo depende de nossa atitude diante dos fatos”. (Dalai Lama)

• FF da Maria Clara A charmosa e bela Ana Clara não para nunca de criar novidades deliciosas para todos nós. Está aprimorando, a cada dia mais, a arte da dança do ventre e nos chamando para viver esse momento maravilhoso. Tem uma deliciosa aula na Academia Corpore, que encanta qualquer um que chega por lá. E tem mais: na primeira semana, nem precisa pagar... só dançar! E ainda existem muitas outras opções, porque essa menina não é de ficar parada, esperando a vida acontecer. Ela está sempre inovando e mostrando a todos como é bom poder se movimentar e fi-

sente mais valioso, mais nobre e mais sagrado que Deus pode nos dar: seu amor! Obrigado por ser sempre presente em nossas vidas. Te amamos!” Seus filhos Luiz Arthur, Katie, Cristiane, Beatriz, Luiz Roberto e José Celso Filho

• FF da Márcia “Online” Quem não para nunca também de buscar idéias novas, nessa onda virtual, é a charmosa Márcia “Online”, que acabou sendo conhecida assim, pelo seu espetacular portal Lorena Online. A história dela começou em 2008, com a criação dos portais lorenaonline.com.br e taubateonline.com. Hoje, já estão presentes em seis cidades do Vale do Paraíba e isso devese a um trabalho honesto e responsável que, além de facilitar a vida das pessoas na busca por informações na internet, gera muitos novos negócios aos nossos anunciantes. Vale a pena conhecer os gui-

as mais completos de empresas, serviços e profissionais liberais na Internet. E sabe o mais interessante? Estão em posição de destaque no Google. Muitos profissionais de nossa cidade estão presentes e fazem grandes negócios graças a esta grande profissional. Valeu mesmo, Márcia! Você merece nosso respeito e admiração. Um grande abraço e sucesso sempre.

• FF da Iris Bijouteria Essa é uma das mulheres mais elegantes e adoráveis de Lorena. Iris Bijouteria não é apenas uma loja de bijous... é um belo ponto de encontro de gente bacana. E ela sempre tem uma palavra especial para cada um, sabe o gosto de todos, é boa para sugerir presentes... Mulher que

sua volta e para aquelas que também estão distantes. E ela tem uma energia única! Para tudo tem um jeito e uma opção... É uma mulher que encanta mesmo. Dirce, aquele abraço!

• FF da Gilma Corrêa car de bem com a vida! Como se não bastasse a aula, ainda temos a chance de ganhar belas fotos com o charmoso fotógrafo Rafael Bevilacqua. Não é show? Minha linda, você é demais! Beijo enorme.

• FF do Celso Pazzini Um data especial tem que ser comemorada sempre. O amado Celso Pazzini, ao comemorar mais um ano de vida, recebe de seus filhos e netos uma linda homenagem: “Pai, mesmo que tivesse em minhas mãos todo o perfume das rosas, toda a beleza do céu, toda a pureza dos anjos, toda a inocência das crianças, toda a grandeza do mar, toda a força das ondas, mesmo que eu tivesse todas as coisas mais belas da vida e todos os belos lugares do mundo, nada teria sentido se eu não tivesse o pre-

É difícil não lembrar nesse momento também da animadíssima e bela Dirce Gracy, que vive no mundo das belas coisas, entre tantas outras. Adora tênis, viajar, amigos, quitutes diferentes na cozinha e sempre arruma um tempo para oferecer novidades lindas para as mulheres que estão à

gosta de coisa bonita conhece esse ponto rosa de Lorena. E m qualquer festa, encontro, dia a dia, existe alguém com algo da Iris. Bom isso, né? É impossível ver aquele sorriso tão aberto e franco e não se sentir à vontade e quase amiga de infância... Iris, você é maravilhosa, viu? Um super e especial beijo.

Gilma Corrêa é uma festa em pessoa, em qualquer lugar, dia ou hora. Mas se o motivo é seu niver, aí a festa realmente é a mais pura animação. Seus amigos, que tanto a admiram, não deixaram a data passar em branco e fizeram um momento pra lá de especial no canto preferido deles: no Choppiano, numa sexta-feira, ao som da Selminha, é claro. Tudo do jeitinho que a Gilma e toda a turma gostam... Você merece... Parabéns e tudo de bom! Beijos.

• FF do dr. Guilherme Andrade Quem é amigo do Dr. Guilherme Andrade não passa o dia de seu niver em branco! É outro cantinho cheio de boa energia e alegria. Desta vez, foi o momento de comemorar o niver do charmoso Rodnei. Não faltaram amigos para dar uma passada por lá e dar aquele abraço carinhoso nesse moço bonito. Foi uma noite pra lá de agradável, com direito ao delicioso bolo de morango, o preferido de todos. E o Rodnei ficou muito feliz... Querido, parabéns pra você, que sua vida seja de muitas alegrias e sonhos... Um abraço carinhoso.

Berrante Clínica Veterinária tem novo profissional na equipe Desde 2008, Carlos André, da Berrante Pecuária, faz consultas, atendimento e venda de medicamentos para animais de grande porte para fazendeiros de toda a região. E no final do ano passado, Carlos montou no local um consultório para atender com carinho seu cão ou gato. Junto com ele, outro veterinário, Pedro da Costa e Silva, profissional que tra-

balhou em 2009 e 2010 na Nova Zelândia, com gado leiteiro, animais aos quais ele também adora dedicar-se. Portanto, na Avenida Targino Vilela Nunes, 678, você encontra a Berrante Clínica Veterinária, que também vende rações para eqüinos de trabalho, esporte e lazer. O telefone para informações é o 3036 1416.


C1 - Edição nº 1454 27 de abril a 3 de maio de 2013

UBS do Industrial em novo endereço

A Secretaria de Saúde informou, na última semana, que a UBS (Unidade Básica de Saúde) do bairro Cidade Industri-

al mudou-se para a rua Rio de Janeiro, 282. O objetivo, segundo a Prefeitura, é melhor atender a população.

Confira os eventos de maio da Sejel A Secretaria de Esportes, Juventude e Lazer divulgou, no início do ano, seu Calendário Esportivo Anual. Segundo a Prefeitura, o calendário está sujeito a alterações, mas a programação do final deste mês de abril e a de maio é a seguinte: Abril - Dia 28 - Corrida do Amigo, no CSU; lançamento do Observatório da Juventude; e Copa do Trabalhador – Sincomércio. Maio - Dia 1º - Comemoração do Dia do Trabalhador, com diversas modalidades esportivas e de lazer no CSU. - Dia 11 - Dia das Mães, com ginástica laboral na Praça Arnolfo Azevedo, com par-

Doli Pereira de Castro Galvão

ticipação de mães e filhos. - Dia 19 - Início das Olímpíadas dos Trabalhadores, numa parceria com ADPM, Polícia Militar, Sindicatos dos Metalúrgicos, dos Químicos e dos Comerciários. - Dia 26 - 2º Passeio Ciclístico pela Vida, com saída do 5º BIL e chegada no Bosque da Paz, em parceria com o Fundo Social de Lorena, Secretaria da Educação, Exército, Lorena pela Vida, Doutores da Natureza e Commam. Evento na zona rural, numa parceria com o Sindicato Rural e Senar. Campeonato da Liga Valeparaibana de Tênis de Mesa. Início dos Jogos Comunitários. Dia do Desafio. Corrida Pedestre Padre Léo, comemorando 10 anos de Comunidade Bethânia em Lorena.

Comprenasbancasou livrarias o seu exemplar de

‘Sabores Sabores Maternos nos’’ Com mais de 200 receitas Simples, Saborosas e Saudáveis por apenas R$ 20 (Ótimo presente para o Dia das Mães)

Incrições abertas para o vestibulinho da Etec Pe. Carlos Leôncio da Silva Estão abertas as inscrições para vários cursos de Ensino Técnico gratuito. São eles: Logística, Segurança do Trabalho, Finanças, Serviços Jurídicos e Informática para Internet. Interessados deverão se inscrever através do site www.vestibulinhoetec.com.br, de 23 de abril até as 15h do dia 16 de maio. A prova será realizada no dia 16 de junho, às 13h, e o valor da taxa de incrição é de R$ 25. Lembrando que todos os cursos são para o período noturno, com início no 2º semestre. Mais informações pelo telefone: 3157 8787.


C2 - Edição nº 1454 27 de abril a 3 de maio de 2013

Inscrições para a Lorena O Projeto de Lei 2013 - Exposição Nacional do Senado que prevê de Filatelia Juvenil a desaposentadoria A Lorena 2013 - Exposição Nacional de Filatelia Juvenil - já recebeu inscrições de Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro e Roraima. E estamos esperando a sua inscrição. A Exposição tem por objetivo divulgar a filatelia, em particular a juvenil. As entidades organizadoras são a Associação Cultural Filacap e o Clube Filatélico e Numismático de Lorena, com o patrocínio da Febraf (Federação Bra-

Você sabia...

sileira de Filatelia), da Fefiesp (Federação das Entidades Filatélicas do Estado de São Paulo) e da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos; e apoios da Prefeitura de Lorena, da Abrajof (Associação Brasileira de Jornalistas Filatélicos), da Abrafite (Associação Brasileira de Filatelia Temática) e do Lions Clube de Lorena. A Lorena 2013 será realizada em Lorena, de 8 a 12 de junho, na Casa da Cultura. Estará aberta ao público diariamente, das 9h às 17h. O desenho do carimbo comemorativo já está pronto e aguardando aprovação. Para mais detalhes, acesse o site www.acfilacap.com.br. ou o blog www.lorenafilatelia. blogspot.com.br.

Novo colecionador ... que Rowland Hill introduziu com sua reforma, entre outras novidades, o pagamento prévio de cartas, procedimento até então considerado de má educação?

Observe que o MATA BORRÃO branco ou o papel toalha é um material indispensável para a secagem dos selos, quando mergulhado na água, com a finalidade de ajudar a mantê-los na sua forma original.

O Projeto de Lei do Senado, PLS nº 91 de 2010, de autoria do senador Paulo Paim (PT-RS), que acrescenta § 9º e § 10º ao art. 57, da Lei nº 8.213, de 24 de julho de 1991 (lei que regulamenta os benefícios do Regime Geral da Previdência Social, para o fim de permitir a renúncia do benefício da aposentadoria, e previsão de possibilidade de solicitação de aposentadoria com fundamento em nova contagem de tempo de contribuição), foi aprovado pela Comissão de Assuntos Sociais do Senado. Agora, após o decurso de prazo para interposição de recurso, pedindo que seja votado no Senado, se não houver recurso, segue o PLS 91/2010, para votação na Câmara dos Deputados, e depois retorna para votação em segundo turno. Há milhares de ações na Justiça que pleiteam a chamada desaposentação, ou desaposentadoria, com as mais diversas teorias jurídicas embasando os pedidos. O que está no projeto em votação é a que pede novo cálculo do benefício, para poder optar pelo mais vantajoso, caso o trabalhador, após se aposentar por tempo de contribuição, por idade ou apo-

sentadoria especial, continue trabalhando. Cerca de meio milhão de brasileiros já se aposentaram e não deixaram de trabalhar. Atualmente, a Previdência Social não reconhece a renúncia de aposentadoria e o trabalhador que se aposenta, mas continua a trabalhar, deve contribuir para o INSS, e não terá direito à prestação alguma, exceto ao saláriofamília e à reabilitação profissional, quando empregado, de acordo com artigo 18, §2º da Lei nº 8.213/91. A intenção do autor do PLS 91/ 2010 é oferecer aos trabalhadores um “tratamento mais igualitário”, e pelo texto do projeto, o contribuinte não perderá os valores recolhidos ao INSS por ocasião da primeira aposentadoria. Ainda de acordo com o texto aprovado, pelo substitutivo do relator senador Paulo Davim (PV-RN), ao renunciar à aposentadoria, não é exigida a devolução dos valores recebidos, já que, conforme explicou o relator, o segurado contribuiu e fez jus aos proventos recebidos. Em 2012, o Tesouro estimou que a desaposentação pode gerar um impacto fiscal de R$ 49,1 bilhões aos cofres federais.

A falta que a engenharia e a ciência nos fazem As notícias recentes dos jornais destacaram a maior procura de alunos por cursos de engenharia, que superou pela primeira vez a procura por direito, mas ainda abaixo da procura pelos cursos de administração. O Brasil precisaria formar de duas a três vezes o número de engenheiros que forma para dar conta da melhoria da qualidade de vida e do aumento da produção econômica. De um ano para cá, associado à crise europeia, temse propalado que o país estaria apto a importar mão de obra qualificada. Aumentar a procura e o número de cursos de engenharia, como a USP tem feito aqui em Lorena e em outras unidades, é providência necessária para atender a essas necessidades. No entanto, as discussões na imprensa e nos fóruns mostraram duas facetas antagônicas dessa questão: maior procura e maior ingresso por cursos de engenharia não significam que os alunos se manterão matriculados, devido à complexidade e dificuldade no aprendizado de matemática e física, espe-

cialmente. É inegável que cursos da área de exatas exigem um entendimento lógico e cognitivo diferenciado do de outras áreas, nas quais a opinião, a intuição ou mesmo habilidades manuais são mais requeridas. Rotular matemática de coisa difícil é, paradoxalmente, fácil. O que vemos na verdade é que quanto mais versátil for um profissional, mais chances no mercado ele terá. Isso não quer dizer que basta um curso generalista que alardeie que tudo é ali estudado, pois será uma boa propaganda de um produto ruim. Tanto a engenharia necessita de intuição e de habilidades manuais, como as humanidades necessitam de conhecimentos técnicos – por exemplo, para lidar com documentos antigos sem destruí-los. Também no início dessa semana, a Folha de S. Paulo resolveu atacar o governo federal e seu programa “Ciência sem fronteiras”, dizendo que há uma maquiagem nos dados para aumentar a dimensão do programa. Os números de sobreposição de informação são pequenos e, mesmo assim, devem ser corrigidos. Mas não se pode ignorar a inovação que é tal programa. Nossos alunos sabem disso e terão a oportunidade de se aprimorar e melhorar também o sistema educacional do país quando voltarem. Isso contribuirá sobremaneira para mitigar as deficiências de formação. São deficiências históricas, com certeza, mas ainda em tempo de serem sanadas.


C3 - Edição nº 1454 27 de abril a 3 de maio de 2013

IST / Fatea participam do Bote Fé Lorena e recebem símbolos da JMJ Por Beatriz Nery

Fotos: Wesley Mendes

Empresários da região foram convidados a tomar o tradicional café da manhã na Fatea (Faculdades Integradas Teresa D’Ávila) e Instituto Santa Teresa na quarta-feira, 17 de abril, às 8h, no 1º Encontro de Consolidação de Parcerias. Foi uma manhã agradável, um momento de conversa séria, mas também de descontração. A diretora da Fatea, dra. Ir. Raquel Retz, deu as boas vindas aos presentes, falou sobre a importância do Encontro, apresentou um balanço social da instituição e também um vídeo institucional da Fatea e do IST, mostrando tudo de bom que aquela casa salesiana oferece. Na sequência, a responsável pelo Next (Núcleo de Extensão Universitária) da Faculdade, Rosana Montemór, convidou a todos a se apresentarem. Segundo Ir. Raquel, este foi apenas o primeiro de vários encontros que acontecerão na Fatea. “Nós já contamos com várias parcerias importantes na nossa região e acredito que um encontro como este possibilita, além da troca de informações e experiências, a oportunidade de consolidar essas parcerias”, destacou. Durante o encontro, alguns momentos foram marcados pela emoção manifestada por ex-alunos do Instituto Santa Teresa e Fatea e que hoje se destacam profissionalmente. É o caso do empresário Washington James, da Style Digital, empresa de comunicação visual e impressão digital de Lorena. “Eu me considero um fruto do trabalho desenvolvido por esta instituição e tenho um orgulho muito grande de hoje poder prestar meus serviços para esta casa, que tenho um imenso carinho”, declarou. Também a jornalista Graziela Staut, do Jornal Guaypacaré, falou sobre sua formação na instituição, desde a 1a série do Ensino Fundamental até a faculdade, registrando que, muito mais do que o ensino obrigatório e necessário, as irmãs salesianas preocupam-se com a formação integral das pessoas, tornando-as verdadeiras cidadãs, transmitindo valores como ética, responsabilidade e respeito ao próximo. Vários outros empresários e representantes de empresas estiveram presentes no Encontro, como, por exemplo, Jorge Gomes, da Apolo Tubulars; Kallel Capucho, da KMC Design; Miguel von Behr, da Flona (Floresta Nacional de Lorena), e sua esposa, que o apoia em todos os projetos e desenvolve um trabalho de voluntariado jovem muito interessante; Fábio Duarte e José Lourenço Júnior, do Ciesp (Centro das Indústrias do Estado de São Paulo) de Taubaté; Sérgio Rocha, empresário da Central Seguros e presidente da Acial (Associação Comercial, Industrial, Autônomos e Liberais de Lorena); Ulisses Fucuda, também da Acial e proprietário da Fucuda Produtos Alimentícios; Maria Luiza Sorbile, da Rádio

Fotos: IST/Fatea

Fatea realiza seu 1º Encontro de Consolidação de Parcerias

No dia 11 de abril, a Fatea e o Instituto Santa Teresa tiveram a graça de receber a Cruz Peregrina e o Ícone de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, símbolos da JMJ (Jornada Mundial da Juventude). Os alunos da instituição (Faculdade e Colégio) carregaram a Cruz e o Ícone de Nossa Senhora para a Capela do Santa Teresa, onde todos se reuniram em um momento de oração e música. Os símbolos permaneceram na instituição das 13h às 15h e seguiram em peregrinação para a Fundação Casa de Lorena. A Jornada Mundial da Juventude é um evento religioso criado pelo Papa João

Paulo II em1985, que consiste na reunião de milhões de pessoas católicas, sobretudo os jovens. Neste ano, o evento será realizado no Rio de Janeiro, entre os dias 23 a 28 de julho, e contará com a presença do Papa Francisco.

Fatea prestigia Festa do Arroz e do Milho Por Beatriz Nery

e TV Aparecida; José Carlos, do Supermercado JC, vice-

prefeito de Lorena; entre outros.

Nos dias 13 e 14 de abril, aconteceu em Canas a 3ª Festa do Arroz e do Milho, realizada pela Associação Rural de Canas, com os apoiadores da Cati de Guaratinguetá, Coopavalpa, Polícia Militar, Inova FM, Fundação Olga de Sá e Next (Núcleo de Extensão) da Fatea, tendo como auxiliadores as pessoas da comunidade e voluntários. Foram dois dias de apresentações de cantores da região, como a Orquestra de Cruzeiro de Viola Caipira, a dupla Vitor Hugo e João Arthur, Juarez de Oliveira e Cidinha Nunes. Atrações como a exposição da Imigração Italiana, juntamente com a gastronomia de rocamboles, risotos, pamonhas à base de milho e arroz também abrilhantaram a festa. O presidente da Associação Rural de Canas, Pedro Galvão

Rodrigues do Prado, agradeceu a participação da instituição e evidenciou a importância dos universitários no contexto cultural / regional. Já o vice-presidente, Ademar Ligabo, abriu espaço para que os universitários vivenciassem a vida rural. O aluno de arquitetura Luiz Fernando Vargas auxiliou-o com um destaque da festa, uma maquete de uma mini área rural. O Next participou levando alunos das Faculdades de Arquitetura, Biologia, Jornalismo, Peda-

gogia, Farmácia e Enfermagem, que montaram um stand para a medição de pressão arterial e testes de glicemia.Além disso, a Inova FM - 107,3 Mhz cobriu o evento durante o sábado. Para Rosana Montemor, coordenadora do Next, essas ações vêm ao encontro da missão de apoiar projetos sobre a cultura regional e especialmente mostrar aos alunos da Fatea a importância de sua identidade por meio das suas raízes.


C4 - Edição nº 1454

Edição 40 7 140 407 27 de abril D4 a 3 - de maio nº de 1 2013 12 a 18 de maio de 2012

Primeiro Sarau Artístico do Lions Doação de fraldas geriátricas

Associação dos Aposentados e Pensionistas de Lorena e Região R. Dr. Alcides da Costa Vidigal, 400 – Nova Lorena – Lorena CGC: 65.042.467/0001-40 Edital de Convocação A Associação dos Aposentados e Pensionistas de Lorena e Região, através de seu Presidente Sr. Geraldo Januário dos Anjos, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo Estatuto e a Legislação vigente, convoca todos os associados em condições de voto a participarem da Assembléia Geral Ordinária, a realizar-se dia 17 de maio de 2013, as 9h30, na sede, sito á Rua Dr. Alcides da Costa Vidigal, 400, Nova Lorena, nesta cidade para discutir e deliberar. Ordem do Dia A) Leitura da Ata da Assembléia anterior; B) Leitura, discussão e deliberação sobre o relatório da Diretoria; C) Leitura, discussão e votação das peças que compõe a prestação de contas do exercício de 2012; D) Palavra livre e encerramento. Lorena, 30 de Abril de 2013. Geraldo Januário dos Anjos – Presidente Obs.*: Nos termos do Artigo 51, Inciso IV, as Assembléias Ordinárias, considerarão Instalados quando constatados que no livro de presença tenha comparecimento de 1/3 dos Associados em Primeira Convocação. Não tendo número suficiente, será instalada Assembléia com qualquer número após 01 (uma) hora em segunda chamada.

ASSOCIAÇÃO DOS DEFICIENTES FÍSICO DE LORENA - ADEFIL Rua Tiradentes, 140 ª – Bairro Cidade Industrial - Lorena-SP – CEP 12.609-380 – Tel.: (12) 31574866 EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE ASSEMBLEIA EXTRAORDINÁRIA A Associação dos Deficientes Físicos de Lorena-ADEFIL, sito à Rua Tiradentes, 140ª, Bairro Cidade Industrial, Cep.: 12.609-380, Lorena-SP, inscrita no CNPJ: 60.130.036/0001-11, por seu representante legal Natanael Cardoso dos Santos, vem respeitosamente informar que haverá uma ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA, para eleição da DIRETORIA EXECUTIVAe CONSELHO FISCAL, para o triênio de 01 de junho de 2013 a 31 de maio de 2016 devendo os interessados procederem o que rege o estatuto social no CAPÍTULO VIII- DAS ELEIÇÕES: Artigo 29 – As eleições para a Diretoria Executiva realizar-se-ão de 03 (três) em 03 (três) anos, podendo seus membros serem reeleitos para qualquer cargo em conformidade com o artigo 17 e parágrafo Único. Artigo 30 – Será eleita uma chapa completa com 06 (seis) membros ou seja: Presidente; Vice-presidente; 1° Secretário; 2° Secretário; 1° Tesoureiro e 2° Tesoureiro. Parágrafo Único – Os membros do Conselho Fiscal serão eleitos no mesmo dia da eleição da Diretoria, será uma chapa independente composta de 03 (três) membros efetivos e 03 (três) membros suplentes. Artigo 31 – Após 03 (três) anos de mandato da Diretoria do Conselho Fiscal, as eleições para nova Diretoria e do novo Conselho Fiscal dar-se-ão sempre na primeira quinzena de Maio. § 1°- A posse da nova Diretoria Executiva e do novo Conselho Fiscal será no dia 1º de junho de 2013 após as eleições, Artigo 32 – As chapas que concorrerão às eleições, tanto da diretoria quanto do conselho fiscal, deverão ser registradas até 10 (dez) dias antes das eleições na secretaria da Associação. AS ELEIÇÕES SERÃO REALIZADAS NO DIA 15 DE MAIO DE 2013, CASO HAJA SOMENTE UMA CHAPAREGISTRADAAELEIÇÃO SERA ÀS 15:00 HORAS, SENDO ELEITO POR ACLAMAÇÃO, HAVENDO DUAS OU MAIS CHAPAS AS ELEIÇOES SERÃO DAS 10:00 às 16:00 Horas na sede da ADEFIL no endereço supracitado, ficando convocadas as seguintes categorias de associados que tem direito a voto: a) FUNDADORES: são considerados sócios fundadores, todas as pessoas que ajudaram a criar a Associação dos Deficientes Físicos de Lorena – ADEFIL. b) BENEMÉRITOS: são considerados associados beneméritos àqueles que se dedicaram e contribuíram significativamente para os trabalhos da associação e que estejam empenhados na causa dos deficientes físicos. C) CONTRIBUINTES: são considerados associados contribuintes àqueles que contribuírem com quantia pecuniária permanente, durante determinado período. Natanael Cardoso dos Santos- Presidente - advogadonatanael@gmail.com

Temos enfatizado a importância da doação de fraldas geriátricas e material de limpeza, que são os mais necessários nos asilos de Lorena. O mutirão do fraldão surgiu dessa necessidade e, felizmente, algumas pessoas continuaram doando. O Lions de Lorena entregou, no dia 17 de abril, fraldas geriátricas para o Asilo Sagrada Família, do bairro da Cruz, e para o São Vicente, do bairro São Roque. Doação não é obrigação; é um ato de amor e generosidade. Quem quiser continuar doando as fraldas geriátricas, tamanho G

preferencialmente, o Lions continua recebendo e repassando para os mais necessitados. Temos conhecimento que o Asilo Maria de Nazareth e o São José também precisam dessas doações e estamos trabalhando para tentar ajudar a todos. Solicitamos que falem sobre isso também com seus amigos, para que mais pessoas tomem conhecimento. Vamos cuidar dos nossos idosos; eles merecem nossa gratidão e carinho. Nosso muito obrigado a todos que têm se envolvido nesse projeto.

Foi um verdadeiro show o nosso primeiro Sarau Artístico do Lions Clube de Lorena. As CCaaLL Glorilza Oliveira, Eva Sales Leite e Cássia Mira organizaram com carinho e o resultado foi satisfação pura. Os companheiros (as), domadoras e amigos se envolveram e ajudaram. O resultado foi diversão e satisfação. Como mágica, todos se transformaram e apareceram talentosos poetas, músicos, cantores, maestros, escritores e pintores, que marcaram presença e fizeram a alegria dos presentes. Tivemos sorteios de aquarelas e livros e, ao final, servimos um delicioso coquetel com caldo de mandioca.

Agradecemos a todos que compareceram e fizeram o evento ser um sucesso.


D1 - Edição nº 1454

Edição 40 7 140 407 27 de abril D4 a 3 - de maio nº de 1 2013 12 a 18 de maio de 2012

Novidades

- Perdido Pra Cachorro 3 - infantil, EUA, 2012, produção da Disney. Sinopse: Papi está de volta e pronto para a festa. Eles se instalam em um elegante hotel em Beverly Hills, que oferece um luxuoso SPA para cães. Mas há confusão no paraíso do cãozinho quando Rosa, a menor integrante da turma, sente-se insignificante e menos especial do que nunca. Agora, Papi precisa ajudar Rosa a encontrar - e celebrar - sua força interior, que acaba sendo maior do que ela jamais sonhara. Repleto de gargalhadas, romance e ação eletrizante, esta é uma diversão garantida de cabo a rabo para toda a família. - Ted - comédia, EUA, 2012. Sinpse: em um Natal, o ursinho de pelúcia de John Bennett (Mark Wahlberg) ganha vida. Os dois crescem juntos e já adultos, ele deve escolher entre ficar com sua namorada Lori Collins (Mila Kunis) ou manter sua amizade com o urso Ted (Seth MacFarlane). Não é um filme infantil; muito pelo contrário, indicado ao público adulto. Não se deixe enganar; o ursinho Ted é politicamente incorreto e vai colocar no chão muitos valores. Indicado para público que sabe das coisas, vale a locação. Cinema nacional

- Febre do Rato – Brasil, 2012, direção de Cláudio Assis; no elenco: Nanda Costa, Juliano Cazarré, Maria Gladys, etc. Sinopse: “Febre do Rato” é uma expressão popular típica da cidade do Recife, que designa alguém quando está fora de controle, alguém que está danado. E é assim que Zizo (Irandhir Santos), um poeta inconforma-

do e de atitude anarquista, chama um pequeno tablóide que ele publica com o próprio dinheiro. Na cidade úmida e escaldante, enfiada na beira de mangues e favelas, Zizo alimenta sua pena, seu sarcasmo, sua grossa ironia. As coisas caminham de maneira descontrolada, mas ao mesmo tempo todas as relações estão estabelecidas em cima do mundo que Zizo criou e alimentou para si mesmo. Documentário interessante - Muito Além do Peso - Brasil, 2012, direção de Estela Renner. 84 min. Sinopse: pela primeira vez na história da raça humana, crianças apresentam sintomas de doenças de adultos. Problemas de coração, respiração, depressão e diabetes tipo 2. Todos têm em sua base a obesidade. O documentário discute por que 33% das crianças brasileiras pesam mais do que deviam. As respostas envolvem o governo, os pais, as escolas e a publicidade. Com histórias reais e alarmantes, o filme promove uma discussão sobre a obesidade infantil no Brasil e no mundo. Vale o registro

Campanha do Agasalho 2013: “Roupa boa a gente doa”

- Mundo Sem Fim - drama / aventura, 2012, Inglaterra / Alemanha e Canadá, continuação do ótimo Os Pilares da Terra. Sinopse: com quatro partes, a minissérie é novamente situada em Kingsbridge, mas 200 anos após os eventos apresentados em Os Pilares da Terra. Na Inglaterra, o povo é massacrado pela coroa (que cobra impostos exorbitantes), pela guerra entre Inglaterra e França e pela Peste Negra (que irá dizimar cerca de um terço da população européia). - Minhas Vidas - seriado misto de drama e espiritualidade, EUA, 1987. Sinopse: Shirley MacLaine sai em uma viagem de autodescoberta, em busca da ligação entre a matéria e o espírito. Ao longo do caminho, ela entra em contato com a realidade do mundo espiritual, como descrita décadas antes nas obras psicografadas pelo médium espírita Chico Xavier. Venha viajar com Shirley MacLaine nessa jornada espiritual reveladora.

O Fundo Social de Solidariedade de Lorena iniciou, no último dia 15, a Campanha do Agasalho, realizada em parceria com o Fundo Social do Governo do Estado. Em sua 48º edição, a Campanha do Agasalho tem como meta arrecadar vestimentas novas ou em boas condições de uso. As doações serão encaminhadas para os munícipes que mais precisam. Segundo a presidente do Fundo Municipal de Solidariedade, Maria Claudia Marcondes, o objetivo é entregar as roupas em bom estado de conservação e, com isso, possibilitar a proteção contra o frio, com dignidade, às pessoas carentes. “Que as pessoas possam ir trabalhar com as roupas doadas, ir à escola, a uma igreja, enfim, que a doação seja feita com carinho”. O lema da campanha deste ano, apadrinhada pelo ator Reinaldo Gianecchini, é: “Roupa boa a gente doa”, Faça parte desta campanha você também! Postos de arrecadação 1) Fatea (Faculdades In-

tegradas Teresa D’ Ávila) – Av. Peixoto de Castro, 539; fone: 2124 2870. 2) Supermercado Rosado (perto da Rodoviária) – Rua Padre João Renaldim, 295; fone: 3157 1400. 3) JC Supermercados – Vila Nunes e Bairro da Cruz. 4) Clube Comercial de Lorena – Praça Geraldo Prudente de Aquino, 1; fone: 3153 1212. 5) Farma Ponto (ao lado do Posto Malerba) – Praça Rosendo Pereira Leite, 3; fone: 3157 1789. 6) Câmara Municipal – Praça Baronesa de Santa Eulália, 2; fone: 3159 1300. 7) Unisal (Centro Universitário Salesiano de São Paulo) - Unidade Lorena – Rua Dom Bosco, 284; fone: 3159 2033. 8) Colégio Delta – Avenida Thomaz Alvez de

Figueiredo, 142; fone: 3153 2988. 9) Colégio Objetivo – Av. São Pedro, 34 - Olaria; fone: 3153 5315. 10) Colégio Drummond – Rua Joaquim de Azevedo Figueira, 235; fone: 3152 5000. 11) Colégio Gênesis – Rua Monte Castelo, 136; fone: 3152 1270. 12) Colégio Patrocínio de São José – Rua Irmã Zoraide Vieira da Silva, 67; fone: 3152 1030. 13) Colégio Adventista de Lorena – Av. Marechal Teixeira Lott, 1080 - Vila Nunes; fone: 3152 4114. 14) Berçário Ed. Infantil Mundo Feliz – Av. Peixoto de Castro, 500; fone: 3153 2343 / 3185 8744. 15) Berçário Primeiros Passos e Centro Educacional ABC – Av. Ângelo Molinari, 51 - Vila Geny; fone:

3153 4732. 16) Berçário Arco-Íris – Rua Madame Curie, 230 - Vila Zélia; fone: 3152 4024. 17) Correios – Rua Dom Bosco, 404; fone: 3153 2799. 18) Escola Municipal Profissionalizante Milton Ballerini – Av. São José, 150; fone: 3157 1743. 19) USP – Escola de Engenharia de Lorena – Rodovia Itajubá Lorena, km 74,5 - Bairro Campinho; fone: 3159 5087. 20) Paróquia Cristo Rei - Pároco: Pe. Pedro de Almeida Cunha – Rua Joaquim Cardoso Machado, 201 Vila Geny; fone: 3152 7005. 21) Paróquia Nossa Senhora Aparecida - Pároco: Pe Rodrigo Fernando Alves – Rua Sergipe, 751 - Cidade Industrial; fone: 3152 8728. 22) Paróquia Nossa Senhora de Fátima - Pároco: Monsenhor José Benedito Barbosa – Av. Nossa Senhora de Fátima, 832 - Bairro da Cruz: fone: 3153 1708. 23) Paróquia Nossa Senhora das Graças Pároco: Pe. Jefferson da Silva – Rua Targino Vilela Nunes, 105 - Vila Nunes; fone: 3153 5042. 24) Posto Fama – todos os postos da rede na cidade.


D2 - Edição nº 1454 27 de abril a 3 de maio de 2013 Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Lorena Demonstrações Contábeis em 31 de Dezembro de 2012 e 2011 Balanços Patrimoniais Exercícios findos em 31 de dezembro de 2012 e 2011 (em reais)

reais e resultam da acumulação de valores nominais, de acordo com as práticas contábeis descritas na Nota Explicativa nº 3. A entidade não possui outros resultados abrangentes. Dessa forma, a demonstração dos resultados abrangentes não está sendo apresentada. 2.1 - Reapresentação das Demonstrações Contábeis base 31/12/2011. Em cumprimento ao item 9 da NBC ITG 2002 - ENTIDADE SEM FINALIDADE DE LUCROS e NBC TG 07 - Subvenção e Assistência Governamentais, a Entidade passou a reconhecer as receitas de subvenções governamentais em seu resultado, conforme os recursos fossem sendo aplicados, seguindo seus projetos iniciais específicos de acordo com os detalhes discorridos em Nota Explicativa nº 28 – Receita Operacional Liquida. Dentro deste contexto e para atender a comparabilidade, após levantamentos, este procedimento também foi aplicado na mensuração do resultado operacional líquido e consequentemente dos valores do superávit pertinente ao período do exercício de 2011, impondo a reapresentação da Demonstração do Resultado do Exercício findo em 31/12/2011. Abaixo detalhamos os valores decorrentes deste ajuste, bem como, reafirmamos que o mesmo encontra-se ainda detalhado no item (1) da Nota Explicativa Nº 28, citada acima:

O saldo está representado por valores, materiais e medicamentos cedidos à Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Lorena, acumulados até o exercício de 2012. A Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Lorena transfere seus recursos financeiros, recebidos por meio de subvenções governamentais, para as contas bancárias do Pronto Socorro Conde de Moreira Lima visando facilitar a operacionalização dos recursos com as atividades. Em 31 de dezembro de 2012, o saldo de tais operações resultou em valor favorável a Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Lorena, no montante de R$ 882.505. 11 - Unicred – Vale do Paraiba Durante o exercício de 2012, a Santa Casa, associou-se a uma cooperativa de crédito – UNICRED VALE DO PARAIBA, para que haja sua admissão no quadro social, comprometeu-se a subscrição de R$ 5.430,00, do Capital Social da cooperativa, e se comprometeu a efetuar a subscrição e integralização no valor equivalente a 30 quotas no inicio das atividades operacionais e mais 180 parcelas mensais no mesmo valor, sendo permitindo antecipações. Em 31/12/2012 o saldo estava acumulado no montante de R$270,00.

Superávit do Exercício 31/12/2011 (antes dos ajustes) ...................... 1.367.283 Ajuste pelo reconhecimento da receita de subvenção do ano (2011) .... 386.349 Superávit do Exercício 31/12/2011 (Reapresentado) ................... 1.753.632

As notas explicativas são partes integrantes das Demonstrações Contábeis

3 - Resumo das Principais Práticas Contábeis a) Caixa e Equivalentes de Caixa Caixa e equivalentes de caixa incluem numerário disponível em caixa, depósitos bancários à vista e aplicações financeiras de alta liquidez, com vencimentos originais de três meses ou menos, que são prontamente conversíveis em um montante conhecido de caixa e com insignificante risco de mudança de seu valor de mercado. As aplicações financeiras são registradas ao valor de custo, sendo acrescidas dos rendimentos auferidos até a data do balanço. b) Instrumentos Financeiros Os instrumentos financeiros somente são reconhecidos a partir da data em que a entidade se tornapartedasdisposiçõescontratuaisdosinstrumentosfinanceiros.Quandoreconhecidos,são inicialmente registrados ao seu valor justo acrescido dos custos de transação que sejam diretamenteatribuíveisàsuaaquisiçãooucontratação.Em31dedezembrode2012,ovalorcontábil dos instrumentos financeiros da entidade, representados principalmente por disponibilidades, aplicaçõesfinanceiras,contasareceberecontasapagarafornecedores,equivalemaoseuvalor demercado.Aentidadenãoseutilizainstrumentosfinanceirosemoperaçõesdetrocadeíndices (SWAP) ou que envolvam operações na modalidade de Derivativos de Riscos. c) Contas a Receber de Clientes As contas a receber de clientes são avaliadas pelo montante original do fornecimento de serviços, medicamentos e materiais, deduzido o ajuste para créditos de difícil realização. Tal ajuste é constituído com base em análise individual de recuperação dos créditos e quando existe alguma evidência objetiva de que a entidade poderá não ser capaz de cobrar todos os valores devidos de acordo com os prazos originais dessas contas a receber, sendo considerado suficiente para cobrir eventuais perdas decorrentes da não realização desses créditos. d) Estoques Os gastos com aquisição de materiais são controlados em estoque pelo custo médio, não excedendo o custo de reposição ou o valor líquido de realização. e) Imobilizado O ativo imobilizado encontra-se demonstrado pelo custo de aquisição acrescido da mais valia resultante do custo atribuído (deemed cost), em conformidade com a Interpretação Técnica ICPC 10, que trata da aplicação inicial ao ativo imobilizado e à propriedade para investimento dos Pronunciamentos Técnicos CPC 27, 28, 37 e 43, emitido pelo Comitê de Pronunciamentos Contábeis - CPC, fundamentado em avaliações efetuadas por avaliadores independentes. Ganhos e perdas em alienações são determinados pela comparação dos valores de alienação com o valor contábil e são registrados como outras receitas / despesas operacionais. f) Demais Ativos e Passivos Um ativo é reconhecido no balanço quando for provável que seus benefícios econômicos futuros serão gerados em favor da entidade e seu custo ou valor puder ser mensurado com segurança. Os passivos circulantes e não circulantes são demonstrados pelos valores conhecidos ou calculáveis, acrescidos, quando aplicável dos correspondentes encargos e variações monetárias até a data do balanço patrimonial. As provisões são registradas tendo como base as melhores estimativas do risco envolvido. As demonstrações contábeis incluem, portanto, várias estimativas baseadas em fatores objetivos e subjetivos, com base no julgamento da administração para a determinação de valores adequados a serem registrados. A liquidação das transações envolvendo essas estimativas poderá resultar em valores divergentes dos registrados nas demonstrações contábeis devido às imprecisões inerentes ao processo de determinação destas, razão pela qual a administração revisa periodicamente tais estimativas e premissas. Estimativas e premissas são utilizadas na seleção das vidas úteis do ativo imobilizado, para a constituição de provisão para o eventual risco de não realização de suas contas a receber, assim como na análise dos demais riscos para a determinação de outras provisões, inclusive para os passivos contingentes e outros similares, além da avaliação dos instrumentos financeiros e demais ativos e passivos na data do balanço. Os direitos realizáveis e as obrigações vencíveis são classificados como Circulantes quando sua realização ou liquidação ocorrer nos doze meses subsequentes à data de apresentação das demonstrações contábeis. Caso contrário, são demonstrados como Não Circulantes. g) Empréstimos e Financiamentos Os valores foram atualizados pelo índice de correção monetária e taxa de juros, nos termos dos contratos vigentes, de modo a refletir os encargos incorridos até a data do balanço. Composto, principalmente,porcontratosvisandoàcaptaçãoderecursosparacapitaldegiro. h) Férias e 13º Salário a Pagar e Respectivos Encargos As provisões de férias e de 13º salário são constituídas com base nos direitos adquiridos pelos empregados até a data do balanço e incluem os correspondentes encargos sociais. i) Redução do valor recuperável dos ativos – CPC 01 Visa a assegurar que os ativos não estejam registrados contabilmente por um valor superior àquele passível de ser recuperado no tempo, por uso nas operações da entidade ou para sua eventual venda. A entidade não julgou necessário teste de impairment e, portanto, não houve apuração de perdas por desvalorização a serem reconhecidas em suas demonstrações contábeis. j) Imunidades Tributárias A entidade está enquadrada como entidade de Assistência Social sem Fins Lucrativos, o que lhe permite imunidade de tributos e contribuições federais, tais como Aporte Patronal do INSS, PIS, Cofins, Imposto de Renda Pessoa Jurídica (IRPJ) e Contribuição Social (CSLL), além de tributos municipais (ISS e IPTU). k) Gratuidades, Doações, Subvenções e Assistências Sociais. Estão demonstradas conforme dispostos na Lei no 12.101/09, de 27 de novembro de 2009. O registro contábil de tais operações está sendo realizado de acordo com o Pronunciamento Técnico CPC 07 – Subvenção e Assistência Governamentais. l) Ativos e Passivos Contingentes O reconhecimento, a mensuração e a divulgação das contingências e obrigações legais são efetuados de acordo com critérios definidos no Pronunciamento Técnico CPC 25 - Provisões, Passivos Contigentes e Ativos Contingentes. m) Apuração do resultado do exercício O resultado das operações da entidade é apurado de acordo com o regime contábil de competência dos exercícios. A receita de serviços prestados, bem como os custos e as despesas são reconhecidas no resultado em função de sua realização.

(1) Tal valor representa parcela recebida, subtraído das receitas já reconhecidas no resultado refrentes a Subvenções e Assistências Governamentais da Secretaria de Estado da Saúde do Estado de São Paulo, para investimento na reforma das instalações hospitalares da entidade, bem como na criação de uma unidade do AME - Ambulatório Médico de Especialidades. 23 - Contingências - Longo Prazo Em decorrência da avaliação de nossos consultores jurídicos considerarem como provável o risco de perdas em alguns processos trabalhistas, tributários e cíveis em andamento, foram revistas as Contingências para cobrir efeitos relevantes de desfecho desfavorável destes processos. Em 31 de dezembro de 2012, o saldo de Contingências está assim composto:

Os valores contabilizados não exaurem a totalidade das contingências representadas pelos consultores jurídicos da entidade. Além dos processos que resultaram na constituição das provisões acima, a entidade está incursa em processos de naturezas trabalhista, tributária e cível e outros em andamento, os quais vêm sendo discutidos tanto na esfera administrativa como na judicial, sendo que, quando aplicável, são amparados por depósitos judiciais. A administração da entidade interpôs defesa contra tais processos, sendo que, para alguns destes, os consultores jurídicos da entidade, patrocinadores da defesa, classificaram o prognóstico das probabilidades como sendo de “possíveis” perdas nas questões. Dentro desta linha, e com base no Pronunciamento Técnico CPC 25 - Provisões, Passivos Contingentes e Ativos Contingentes, emitido pelo Comitê de Pronunciamentos Técnicos - CPC, que norteiam as diretrizes técnicas para estas situações e, ainda, tendo como base a opinião dos consultores jurídicos, a administração optou pela não constituição de provisão de contingências para cobertura face aos eventuais riscos de insucesso nas defesas de tais processos. A administração da entidade adota o procedimento de revisar periodicamente as provisões para contingências, a fim de melhor refletir contabilmente as eventuais perdas decorrentes desses processos, sempre amparada pela opinião de seus consultores jurídicos externos.

Em 2009, visando à regularização da situação de impostos retidos e não recolhidos, além de encargos trabalhistas em atraso (FGTS), sem deixar de mencionar a necessidade de melhorar seus índices de liquidez, a Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Lorena promoveu sua adesão ao REFIS (Medida Provisória 449/2008, de 04.12.2008, convertida na Lei 11.941/2009), que foi consolidada no âmbito da PGFN – Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional e SRF – Secretária da Receita Federal do Brasil, conforme recibo de Consolidação de Parcelamento emitido 29 de julho de 2011. Quanto aos valores de Parcelamentos FGTS, em 2009 a administração negociou o parcelamento de seu débito junto à Caixa Econômica Federal, para o pagamento desse encargo em até 240 meses (Termo de Confirmação de Dívida e Compromisso de Pagamento para o FGTS, autorizado pela Lei 11.345/2006). 25 - Patrimônio Líquido Está representado pelo Patrimônio Social, composto pela incorporação dos superávits / déficits de anos anteriores. Além disso, durante o exercício de 2009, como resultado líquido da contabilização da mais-valia promovida aos bens integrantes do Ativo Imobilizado da entidade, foi realizado um ajuste, diretamente ao Patrimônio Social, no montante de R$ 9.181.354.

14 - Ativo Intangível ........................................................................................................... 2012 Custo de aquisição (sistema telefonia) ................................................ 1.234 ( - ) Amortização .................................................................................. -164 .......................................................................................................... 1.069 Em 2012 a Entidade abriu movimentação em Ativo Intangível Não Hospitalar para a contabilização do sistema de telefonia (compra de software) encerrando exercício em R$ 1.069,90.

26 - Ajustes de Exercícios Anteriores Visando adequação as normas estabelecidas pelo item 9 da NBC ITG 2002 ENTIDADE SEM FINALIDADE DE LUCROS e NBC TG 07 - Subvenção e Assistência Governamentais, a Entidade passou a reconhecer as receitas de subvenções governamentais em seu resultado conforme fossem sendo aplicadas, seguindo seus projetos iniciais específicos, conforme detalhes discorridos em Nota Explicativa nº 28 – Receita Operacional Liquida. Dentro deste contexto, após levantamentos, a entidade necessitou efetuar ajustes, decorrentes de receitas mantidas em conta de passivo como “Auxilio a Realizar” que deveria ter sido consideradas no resultado como receitas de Subvenção Governamental em períodos anteriores a 2010. O resultado deste ajuste, no montante de R$ 470.000, foi levado a conta de Patrimônio Social como “Ajustes de Exercícios Anteriores”. 27 - Adequação às Normas Internacionais de Contabilidade Tendo em vista a necessidade de adequação às Normas Internacionais de Contabilidade, durante o exercício de 2009 a Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Lorena deu continuidade ao processo de revisão de algumas práticas contábeis que vinha adotando. Uma dessas práticas envolvia seus bens componentes do Ativo Imobilizado e de Propriedades para Investimento que, devido à inexistência de um controle analítico e de um levantamento físico, impossibilitava à entidade corroborar seus registros contábeis com seus bens físicos. Além disso, era impraticável a identificação do valor de aquisição dos bens e, principalmente, da depreciação acumulada atribuível a cada bem componente de seu Ativo Imobilizado e Propriedades para Investimento. Assim, o controle de seu patrimônio tornou-se uma preocupação premente, haja vista a relevância dos valores registrados em suas demonstrações contábeis. Em vista disso, durante o exercício de 2009, a entidade contratou empresa especializada para realizar o levantamento completo dos bens do Ativo Imobilizado e Propriedades para Investimento, como também para materializar o valor atribuível a cada bem, principalmente no caso daqueles bens que tiveram seu valor de aquisição perdidos no tempo. O trabalho daqueles profissionais resultou em laudos técnicos que contém a descrição detalhada de todos os bens, como também o valor de mercado e a nova expectativa de vida útil desses. Tais laudos encontram-se em consonância com a Interpretação Técnica ICPC 10 Interpretação Sobre a Aplicação Inicial ao Ativo Imobilizado e à Propriedade para Investimento dos Pronunciamentos Técnicos CPCs 27, 28, 37 e 43 e objetivaram, entre outros aspectos, a adequação da Santa Casa de Lorena ao Pronunciamento Técnico CPC 27 - Ativo Imobilizado e à implantação de um adequado controle patrimonial. O resultado do trabalho de levantamento patrimonial gerou um ajuste de mais-valia no valor de R$ 9.181.354 ao Ativo Imobilizado e Propriedades para Investimento, registrando contra partida no Patrimônio Líquido, no título de Ajuste de Avaliação Patrimonial.

(1) A entidade aderiu, no âmbito da PGFN – Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional e da SRF – Secretaria da Receita Federal, a consolidação do Parcelamento de Dívidas Não Parceladas Anteriormente – Art. 1º - Demais Débitos, da lei 11.941, de 2009, conforme recibo de Consolidação de Parcelamento em 29 de julho de 2011 (vide Nota 22). (1) Subvenções e Doações: Durante o exercício de 2012, a entidade recebeu subvenções governamentais, além de doações de pessoas físicas e jurídicas, cujos valores, contabilizados em receitas operacionais, estão assim demonstrados: ASantaCasadeLorenaadotaoprocedimentodeconstituirajustecomperdaestimadaparacobrir eventuaisriscosdecréditosdeliquidaçãoduvidosa.Talajusteéconstituídocombaseemanálise individual de recuperação dos créditos e quando existe alguma evidência objetiva de que a entidade poderá não ser capaz de cobrar todos os valores devidos de acordo com os prazos originaisdascontasareceber.Osaldodaconta(-)PerdaEstimadaparaCréditosdeLiquidação Duvidosa está representado, principalmente, por créditos a receber referente a DPVAT.

Notas Explicativas às Demonstrações Contábeis Exercícios Findos em 31 de dezembro de 2012 e 2011 (Em Reais) 1 - Contexto Operacional A Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Lorena, fundada em 1o de dezembro de 1867, é uma entidade civil de direito privado, do tipo associação, sem fins lucrativos, de caráter beneficente, assistencial e filantrópico, composta de número ilimitado de irmãos e declarada de utilidade pública pelo Decreto Federal no 62.171, de 25/01/1968 e registrada no Conselho Nacional de Assistência Social sob o no 6.990/38. É uma Organização Social da Área da Saúde - OSS, conforme DOE nº. 39 de 28/02/2009, página 4 – Seção 1. A entidade tem por finalidade prestar assistência à saúde, servir de campo de instrução para estudantes da área da saúde, proporcionar educação e orientação sanitária à comunidade, meios para pesquisa e investigação científica e reabilitação do paciente, além de desenvolver atividades na área de saúde, podendo, para tanto, fundar e manter escolas e cursos, franqueando-os a quem de direito os procurar. 2 - Apresentação das Demonstrações Contábeis As Demonstrações Contábeis foram elaboradas e estão sendo apresentadas, em conformidade com os Princípios Fundamentais de Contabilidade, aplicados no Brasil e em observação as Normas específicas do CFC – Conselho Federal de Contabilidade notadamente pelos pressupostos de diretrizes básicas aplicáveis a entidades sem fins lucrativos, conforme estabelecidos a partir de 2012 pela Resolução CFC nº. 1409/12 NBC ITG 2002 – Entidades sem Finalidade de Lucros. Os valores apresentados nas demonstrações estão expressos em milhares de

A Santa Casa de Lorena controla seus estoques pelo custo médio, procurando atuar com estoques mínimos e firmando compromissos com seus fornecedores, a fim de permitir rápida reposição e minimizar investimentos com tais ativos. Os estoques de terceiros em poder da Santa Casa representam os materiais que são mantidos em consignação por fornecedores de alguns tipos de materiais, conforme prática usual de mercado. Em contra-partida, tais valores são registrados no passivo circulante em conta de mesmo nome, conforme demonstrado na Nota 12. Tais materiais somente são faturados pelos fornecedores quando de sua utilização. (1) O respectivo saldo referia-se a aquisições e doações de alguns equipamentos que não foram tombados, ou seja, imobilizado até o encerramento de 2011, e por não se enquadrarem no âmbito de imobilizações em andamento, para melhor classificação, foram mantidos no grupo de estoques. Em março de 2012 foi utilizada uma nova forma de tombamento tirando esses equipamentos da conta do estoque e transferindo para conta especifica de Ativo Imobilizado. (2) O saldo de estoques em poder de terceiros, refere-se a materiais e medicamentos que a Santa Casa de Lorena emprestou aos hospitais da região.

(1) Em dezembro de 2011, com o objetivo de reforçar seu capital de giro para obras de reforma e modernização de seus equipamentos médico-hospitalares, a entidade unificou e renegociou empréstimo junto ao BIC Banco S/A. O empréstimo foi firmado com taxa de juros de 1,85% ao mês, devendo ser pago em 60 parcelas de R$ 104.399, tendo iniciado a amortização a partir de fevereiro de 2012. (2) Empréstimo junto à Caixa Econômica Federal, em dezembro de 2009, também com a finalidade de capital de giro. Este, com taxa de juros de 1,20% ao mês, também deverá ser pago em 60 parcelas no valor de R$ 19.641, com amortização iniciada em fevereiro de 2010. Renovado em dezembro de 2012 quando da realização do novo empréstimo. (3) Contrato de Mútuo efetuado em dezembro, a devolver a importância no prazo de máximo de 15 (quinze) dias (janeiro/2013), no qual o valor mutuado não sofrerá acréscimos de multa, juros e nem correções monetárias. (4) Empréstimo junto à Caixa Econômica Federal, em dezembro de 2012, também com a finalidade de capital de giro. Este, com taxa de juros de 1,20% ao mês, também deverá ser pago em 84 parcelas no valor de R$ 28.937, com amortização iniciada em fevereiro de 2013. (5) Conta Garantida junto à CECMM demais Profissionais da Saúde do Vale do Paraíba (UNICRED – Vale do Paraíba), em 09 de maio de 2012, com a finalidade de capital de giro financeiro. Este, com taxa de juros remuneratórios de 1,80% ao mês, com vencimento em 30 de janeiro de 2013.

De acordo com o CPC 07 – Subvenções e Assistência Governamentais, a Santa de Casa de Lorena somente registra os valore em resultado, a medida que os gastos forem sendo realizados. Os valores recebidos para custeio operacional são reconhecidos no resultado como receita no ato do seu recebimento. Os saldos referentes a subvenções estaduais (investimento) estão composto por: a) Termo Aditivo 04/2010 Órgão público convenente: Governo do estado de São Paulo Objeto do Termo Aditivo: Reforma e Ampliação da Clinica Médica Origem dos Recursos: ESTADUAL no valor de R$ 200.000,00 - DEMONSTRATIVO DOS REPASSES PÚBLICOS RECEBIDOS:

9 - Depósitos Judiciais e Fiscais Representam os valores depositados judicialmente, referentes a processos trabalhistas e cíveis movidos contra a Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Lorena, estando assim distribuído:

Os valores acima representam a isenção referente à Contribuição Previdenciária Patronal, contrapondo-se com os valores apresentados na Nota 9, cujos efeitos se anulam. A partir do exercício de 2010, a Santa Casa também passou a registrar os valores pertinentes a Contribuição Previdenciária diretamente em contas do resultado do exercício.

b) Termo Aditivo 04/2010 Órgão público convenente: Governo do estado de São Paulo Objeto do Termo Aditivo: Reforma e Ampliação da Clinica Médica Origem dos Recursos: ESTADUAL no valor de R$ 300.000,00 - DEMONSTRATIVO DOS REPASSES PÚBLICOS RECEBIDOS:


D3 - Edição nº 1454 27 de abril a 3 de maio de 2013 Pronto Socorro Conde de Moreira Lima Demonstrações Contábeis em 31 de Dezembro de 2012 e 2011 Balanços Patrimoniais Exercícios findos em 31 de dezembro de 2012 e 2011 (em reais)

Notas Explicativas às Demonstrações Contábeis Exercícios Findos em 31 de dezembro de 2012 e 2011 (Em Reais) 1 - Contexto Operacional O Pronto Socorro Conde de Moreira Lima, pessoa jurídica de direito privado, tipo associação, com sede e foro na cidade e comarca de Lorena, Estado de São Paulo e endereço à Rua Dom Bosco, 562, centro, fundado em 1º de novembro de 1984 e registrado sob o nº 140, à pag.146, do livro “A-1”, no Registro Civil de Pessoas Jurídicas desta Comarca. O Pronto Socorro Conde de Moreira Lima tem por objetivo: I – Prestar serviços médicos e hospitalares de urgência e emergência à população de Lorena e de outras cidades, que venham necessitar de seus serviços; II – Manter nas 24 (vinte e quatro) horas do dia, ininterruptamente, um médico e um grupo de funcionários para o atendimento de urgência às pessoas que necessitarem, independente de raça, cor, condição social, credo político ou religioso; III – Prestar, de forma continuada, através de plano próprio de assistência à saúde, serviços ou cobertura de custos assistenciais a preço pré ou pós e prazo indeterminado, com a finalidade de garantir aos beneficiários do plano, sem limite financeiro, a assistência à saúde, pela faculdade de acesso e atendimento aos serviços de saúde ou rede contratada ou referenciada, visando a assistência médico hospitalar, a ser paga integralmente pelo Pronto Socorro Conde de Moreira Lima. 2 - Apresentação das Demonstrações Contábeis As demonstrações contábeis foram elaboradas de acordo com as Normas Brasileiras de Contabilidade,emconformidadecomaNBCTG1000–ContabilidadeparaPequenaseMédias Empresas, Resolução 1255/09 do Conselho Federal de Contabilidade - CFC, bem como, quandoaplicávelaobservaçãoasdemaisResoluçõesdoCFCpertinentesaosPronunciamentosCPC,seoutrosaspectospertinentesaLei11.638/07e11.941/09e,ainda,emconformidade com normas, resoluções e instruções da Agência Nacional de Saúde Suplementar – ANS. Os valores apresentados nas demonstrações estão expressos em reais e resultam da acumulação de valores nominais, de acordo com as práticas contábeis descritas na Nota Explicativa nº 3. A Entidade não possui outros resultados abrangentes. Dessa forma, a demonstração dos resultados abrangentes não está sendo apresentada.

Demonstração de Défict / Superávit Exercícios findos em 31 de dezembro de 2012 e 2011 (em reais)

31 - Isenção Previdenciária e Fiscal Os valores relativos às isenções previdenciárias gozadas até 31 de dezembro de 2012 correspondiam ao montante de R$ 2.235.629 (R$ 1.944.784 em 2011). Além da Cota Patronal, durante o exercício de 2012, a entidade gozou, ainda, do benefício de isenção de COFINS, que totalizou R$ 742.957,72 (R$ 683.294 em 2011 - reapresentado), que não se encontra registrada contabilmente no período. 32 - Resolução ITG 2002 – Entidades sem fins de lucros A Entidade não conseguiu realizar a mensuração dos trabalhos voluntários, gratuidades a fim de atender a Resolução 1.409/2012 que aprova a ITG 2002 – Entidades sem fins de Lucros em tempo hábil do encerramento do exercício 2012, ficando este novo fato para o exercício seguinte, com a devida aprovação da Diretoria Executiva e do Conselho Administrativo. 33 - Aprovação do conjunto das Demonstrações Contábeis e Notas Explicativas Estas Demonstrações Contábeis foram aprovadas pela Administração da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Lorena, e autorizadas para emissão e divulgação em 21 de março de 2013.

Demonstrações das Mutações do Patrímonio Liquido Exercícios findos em 31 de dezembro de 2012 e 2011 (em reais)

4 -Créditos Operações c/ Planos Assistência à Saúde - CAS e Instituições Particulares ......................................................................................... 2012 ............. 2011 CAS – Contrato de Atend. de Saúde .............................. 179.721 ........ 163.428 (-) Faturamento antecipado – CAS (*) .......................... -167.459 ....... -155.735 (-) Provisão p/ perdas sobre créditos ............................ -12.229 ........... -7.693 Total ..................................................................................... 33 ................... -

Paulo Sérgio Moure dos Reis - Provedor Rogério Carlos Ruzzene - Contador CRC 1SP190490/O-9 Parecer do Conselho Fiscal Em cumprimento às disposições Legais e Estatutárias, os abaixo-assinados, membros do Conselho Fiscal da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Lorena, tendo examinado o Balanço Patrimonial, Demonstração de Superávit, Mutações do Patrimônio e Fluxo de Caixa, encerrado em 31 de dezembro de 2.012, correspondente ao período de 01 de janeiro de 2.012 a 31 de dezembro de 2.012, e demais documentos referentes às transações sociais da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Lorena, acharam tudo em perfeita ordem e regularidade, e são de PARECER que sejam aprovados pelaAssembléia Geral, na reunião ordinária anual as referidas CONTAS E BALANÇO apresentados, pelo que assinam. Lorena, SP, 21 de março de 2.013.

5 - Adiantamento a Fornecedores – Rede Credenciada / Conta Corrente Mútuo I.S.C.M.L. O saldo está representado por valores cedidos à Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Lorena, acumulados até o exercício de 2012, decorrentes de repasse de valores objetivando a operacionalidade daquela instituição “vinculada” e Adiantamentos sendo que em 31 de dezembro de 2012, o saldo de tais operações resultou em valor líquido de compromisso do Pronto Socorro, no montante de R$ 711.435.

Flávio Barreto

6 - Aplicações Vinculadas às Provisões Técnicas Taisaplicaçõesforamrealizadascomointuitodelastrearasprovisõestécnicas,emconsonância comasResoluçõesNormativasdaAgênciaNacionaldeSaúdeSuplementar–ANS,conforme RN nº 159 de 03/07/2007 e RN nº 209 de 22/12/2009, que regulamentaram as Diversificações de Ativos Garantidores e os Critérios de Constituição de Provisões Técnicas. Esses ativos encontram-se aplicados em fundo de investimento específico do Banco do Brasil S/A.

Jayro Luiz dos Santos Antonio Rodrigues

RELATÓRIO DOS AUDITORES INDEPENDENTES

3 - Resumo das Principais Práticas Contábeis a) Caixa e Equivalentes de Caixa As disponibilidades são avaliadas pelo custo e compreendem depósitos à vista em contas correntes bancárias. b) Aplicações Financeiras Registradas ao custo, acrescidas dos rendimentos auferidos até a data do balanço, sendo que seus valores atualizados não superam o valor de mercado, e estão concentradas no Banco do Brasil S/A e na Caixa Econômica Federal. c) Instrumentos Financeiros Os instrumentos financeiros somente são reconhecidos a partir da data em que a Entidade se torna parte das disposições contratuais dos instrumentos financeiros. Quando reconhecidos, são inicialmente registrados ao seu valor justo acrescido dos custos de transação que sejam diretamente atribuíveis à sua aquisição ou contratação. Em 31 de dezembro de 2012, o valor contábil dos instrumentos financeiros da Entidade, representados principalmente por disponibilidades e valores devidos a fornecedores, equivalem ao seu valor de mercado. A entidade não se utiliza de instrumentos financeiros em operações de troca de índices (SWAP) ou que envolvam operações na modalidade de Derivativos de Riscos. d) Imobilizado Os bens do Ativo Imobilizado são registrados pelo custo de aquisição ou construção, menos a depreciação acumulada. As depreciações são apuradas pelo método linear, pro-ratatemporis, com base na expectativa de vida útil dos bens, em função de sua utilização, conforme as taxas adequadas ao tempo de uso demonstrado na Nota Explicativa nº 7. Ganhos e perdas em alienações são determinados pela comparação dos valores de alienação com o valor contábil e são registrados como outras receitas / despesas operacionais. e) Redução do valor recuperável dos ativos – Seção 27 da NBC TG 1000 Visa a assegurar que os ativos não estejam registrados contabilmente por um valor superior àquele passível de ser recuperado no tempo, por uso nas operações da entidade ou para sua eventual venda. A entidade julgou não necessário teste de impairment e, portanto, não houve apuração de perdas por desvalorização a serem reconhecidas em suas demonstrações contábeis. f) Provisões Técnicas São representadas como ativos garantidores que visam lastrear as provisões técnicas, atendendo as determinações da Agência Nacional de Saúde Suplementar – ANS, conforme Resolução Normativa nº159/07. São aplicações registradas ao custo, acrescido dos rendimentos incorridos até a data do balanço, sendo que seus valores atualizados não superam o valor de mercado. Essas aplicações são mantidas no Ativo Não Circulante, devido a vinculação como ativo garantidor. g) Eventos a liquidar com operações de assistência à saúde São registrados com base nos valores decorrentes dos eventos ocorridos e notificados pelos prestadores de serviços da rede credenciada até o final de cada mês, em contrapartida às contas de resultado de eventos indenizáveis líquidos. h) Férias e 13º Salário a Pagar e Respectivos Encargos As obrigações de férias e de 13º salário são constituídas com base nos direitos adquiridos pelos empregados até a data do balanço e incluem os correspondentes encargos sociais. i) Demais Ativos e Passivos Um ativo é reconhecido no balanço quando for provável que seus benefícios econômicos futuros serão gerados em favor da Entidade e seu custo ou valor puder ser mensurado com segurança. Os passivos circulantes e não circulantes são demonstrados pelos valores conhecidos ou calculáveis, acrescidos, quando aplicável dos correspondentes encargos e variações monetárias até a data do balanço patrimonial. As provisões são registradas tendo como base as melhores estimativas do risco envolvido. As demonstrações contábeis incluem, portanto, várias estimativas baseadas em fatores objetivos e subjetivos, com base no julgamento da administração para a determinação de valores adequados a serem registrados. A liquidação das transações envolvendo essas estimativas poderá resultar em valores divergentes dos registrados nas demonstrações contábeis devido às imprecisões inerentes ao processo de determinação destas, razão pela qual a administração revisa periodicamente tais estimativas e premissas. Estimativas e premissas são utilizadas na seleção das vidas úteis do ativo imobilizado, para a constituição de provisão para o eventual risco de não realização de suas contas a receber, assim como na análise dos demais riscos para a determinação de outras provisões, inclusive para os passivos contingentes e outros similares, além da avaliação dos instrumentos financeiros e demais ativos e passivos na data do balanço. Os direitos realizáveis e as obrigações vencíveis são classificados como Circulantes quando sua realização ou liquidação ocorrer nos doze meses subsequentes à data de apresentação das demonstrações contábeis. Caso contrário, são demonstrados como Não Circulantes. j) Ativos e Passivos Contingentes O reconhecimento, a mensuração e a divulgação das contingências e obrigações legais são efetuados de acordo com critérios definidos na Seção 21 - Provisões, Passivos Contingentes e Ativos Contingentes, da NBC – TG 1000 – Resolução 1255/09 do Conselho Federal de Contabilidade - CFC. k) Apuração do superávit / déficit do exercício O resultado das operações da entidade é apurado de acordo com o regime contábil de competência dos exercícios. A receita de serviços prestados, bem como os custos e as despesas são reconhecidas no resultado em função de sua realização.

Demonstrações dos Fluxos de Caixa Exercícios findos em 31 de dezembro de 2012 e 2011 (em reais)

......................................................................................... 2012 ............. 2011 Banco do Brasil S/A – FI ANS RF ................................. 136.173 ........ 127.418 Total ............................................................................ 136.173 ........ 127.418 7 - Imobilizado

À Mesa Administrativa da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Lorena Lorena - SP 1. Examinamos as demonstrações contábeis da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Lorena, que compreendem o balanço patrimonial em 31 de dezembro de 2012 e as respectivas demonstrações do superávit, das mutações do patrimônio líquido e dos fluxos de caixa, para o exercício findo naquela data, assim como o resumo das principais práticas contábeis e demais notas explicativas. Responsabilidade da administração sobre as demonstrações contábeis 2. A Administração da entidade é responsável pela elaboração e adequada apresentação dessas demonstrações contábeis, de acordo com as práticas contábeis adotadas no Brasil, assim como pelos controles internos que ela determinou como necessários para permitir a elaboração de demonstrações contábeis livres de distorção relevante, independentemente se causada por fraude ou erro. Responsabilidade dos auditores independentes 3. Nossa responsabilidade é a de expressar uma opinião sobre essas demonstrações contábeis com base em nossa auditoria, conduzida de acordo com as normas brasileiras e internacionais de auditoria. Essas normas requerem o cumprimento de exigências éticas pelo auditor e que a auditoria seja planejada e executada com o objetivo de obter segurança razoável de que as demonstrações contábeis estão livres de distorção relevante. 4.Umaauditoriaenvolveaexecuçãodeprocedimentosselecionadosparaobtençãodeevidência a respeito dos valores e divulgações apresentados nas demonstrações contábeis. Os procedimentos selecionados dependem do julgamento do auditor, incluindo a avaliação dos riscos de distorção relevante nas demonstrações contábeis, independentemente se causada por fraude ou erro. Nessa avaliação de riscos, o auditor considera os controles internos relevantes para a elaboração e adequada apresentação das demonstrações contábeis da Entidade para planejar os procedimentos de auditoria que são apropriados nas circunstâncias, mas não para fins de expressar uma opinião sobre a eficácia desses controles internos da Entidade. Uma auditoria inclui, também, a avaliação da adequação das práticas contábeis utilizadas e a razoabilidade das estimativas contábeis feitas pela administração, bem como a avaliação da apresentação das demonstrações contábeis tomadas em conjunto. 5. Acreditamos que a evidência de auditoria obtida é suficiente e apropriada para fundamentar nossa opinião. Opinião 6. Em nossa opinião, com base em nossos exames, as demonstrações contábeis referidas no primeiro parágrafo apresentam adequadamente, em todos os aspectos relevantes, a posição patrimonial e financeira da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Lorena em 31 de dezembro de 2012, o desempenho de suas operações e os seus fluxos de caixa para o exercício findo naquela data, de acordo com as práticas contábeis adotadas no Brasil. São Paulo, 21 de março de 2013.

CRC-SP nº 2SP021055/O-1

9 - Provisões para eventos ocorridos e não avisados ..................................................................................... 2012 ................ 2011 Prov. eventos ocorridos e não avisados ......................... 61.521 ............. 39.433 Total ........................................................................... 61.521 ............. 39.433 A provisão para Eventos/Sinistros Ocorridos e Não Avisados – PEONA, estimada para fazer frente ao pagamento dos eventos/sinistros que já tenham ocorrido e que não tenham sido registrados contabilmente pela OPS, está em conformidade com os padrões de estimativas da ANS, exigidos através da RN nº 209, de 22/12/2009. 10 - Tributos e Encargos Sociais a Recolher Sendo a composição com as seguintes rubricas e valores: ..................................................................................... 2012 Imposto de Renda P. Jurídica ....................................... 18.438 Contribuição Social s/ Lucro Líquido ........................... 11.574 IRRF sobre serviços de terceiros ................................. 3.007 PIS e COFINS sobre Faturamento ................................ 2.574 INSS / FGTS a pagar ...................................................... 842 Contribuição Sindical a recolher ........................................ 37 PIS sobre Folha de Pagamento .......................................... 24 Total ........................................................................... 36.496

................ 2011 ...................... ...................... .................. 161 ...................... .................. 751 ...................... .................. 238 ............... 1.150

11 - Fornecedores Refere-se a valores devidos a prestadores de serviços e fornecedores de materiais. ..................................................................................... 2012 ................ 2011 Coimbra Mats. p/ Construção Ltda. .............................. 52.540 ............. 52.540 Ideal Sistemas de Higiene e Limpeza ............................ 1.482 ............... 1.482 Dental Medic Com.Prod.Odont.Hosp. ........................... 8.213 ............... 8.213 S.T.R. Comercial Ltda. ................................................. 5.535 ............... 5.535 P.H.da S.Livramento Melilo Santos ................................ 2.000 ............... 2.000 DBS Móveis e Eletrodomésticos Ltda ............................ 7.000 ............... 7.000 Criomont Com.Instalacoes Industr. Ltda. ....................... 7.500 ............... 7.500 Fademac S/A ............................................................... 9.847 ............... 9.847 Inovali Produtos Médicos Hosp. Ltda. ............................ 4.321 ............... 4.321 Irmandade Santa Casa de Mis.de Lorena ............................. - ............. 31.939 Outros ........................................................................ 14.924 ............. 14.666 Total ......................................................................... 113.362 ........... 145.043 12 - Contingências - Longo Prazo Em decorrência da avaliação de nossos consultores jurídicos considerarem como provável o risco de perdas em alguns processos trabalhistas em andamento, foi provisionado o montante de R$ 49.627 para cobrir efeitos relevantes de desfecho desfavorável destes processos. Os valores contabilizados não exaurem a totalidade das contingências representadas pelos consultores jurídicos da entidade. Além dos processos que resultaram na constituição das provisões acima, a entidade está incursa em outros processos de natureza trabalhista em andamento, os quais vêm sendo discutidos tanto na esfera administrativa como na judicial, sendo que, quando aplicável, são amparados por depósitos judiciais. A administração da entidade interpôs defesa contra tais processos, sendo que, para alguns destes, os consultores jurídicos da entidade, patrocinadores da defesa, classificaram o prognóstico das probabilidades como sendo de “possíveis” perdas nas questões. Dentro desta linha, e com base no Pronunciamento Técnico CPC 25 Provisões, Passivos Contingentes e Ativos Contingentes, emitido pelo Comitê de Pronunciamentos Técnicos - CPC, que norteiam as diretrizes técnicas para estas situações e, ainda, tendo como base a opinião dos consultores jurídicos, a administração optou pela não constituição de provisão de contingências para cobertura face aos eventuais riscos de insucesso nas defesas de tais processos. Os valores classificados como sendo “possíveis” as probabilidades de perdas são R$ 94.647 (trabalhistas). A administração da entidade adota o procedimento de revisar periodicamente as provisões para contingências, a fim de melhor refletir contabilmente as eventuais perdas decorrentes desses processos, sempre amparada pela opinião de seus consultores jurídicos externos. 13 - Patrimônio Líquido Está representado pelo Patrimônio Social, composto exclusivamente pela incorporação dos superávits/déficits de anos anteriores. 14 - Composição dos Usuários do Plano de Saúde – CAS

15 - Aprovação do conjunto das Demonstrações Contábeis e Notas Explicativas Estas Demonstrações Contábeis foram aprovadas pela Administração do Pronto Socorro Conde de Moreira Lima, e autorizadas para emissão e divulgação em 21 de março de 2013.

Paulo Sérgio Moure dos Reis - Provedor Rogério Carlos Ruzzene - Contador CRC 1SP190490/O-9 Parecer do Conselho Fiscal Em cumprimento às disposições Legais e Estatutárias, os abaixo-assinados, membros do Conselho Fiscal do Pronto Socorro Conde de Moreira Lima, tendo examinado o Balanço Patrimonial, Demonstração de Superávit, Mutações do Patrimônio e Fluxo de Caixa, encerrado em 31 de dezembro de 2.012, correspondente ao período de 01 de janeiro de 2.012 a 31 de dezembro de 2.012, e demais documentos referentes às transações sociais do Pronto Socorro Conde de Moreira Lima, acharam tudo em perfeita ordem e regularidade, e são de PARECER que sejam aprovados pela Assembléia Geral, na reunião ordinária anual as referidas CONTAS E BALANÇO apresentados, pelo que assinam. Lorena, SP, 21 de março de 2.013. Flávio Barreto Jayro Luiz dos Santos Antonio Rodrigues

RELATÓRIO DOS AUDITORES INDEPENDENTES À Diretoria Administrativa do Pronto Socorro Conde de Moreira Lima Lorena/SP 1. Examinamos as demonstrações contábeis do Pronto Socorro Conde de Moreira Lima, que compreendem o balanço patrimonial em 31 de dezembro de 2012 e as respectivas demonstrações do déficit, das mutações do patrimônio líquido e dos fluxos de caixa, para o exercício findo naquela data, assim como o resumo das principais práticas contábeis e demais notas explicativas. Responsabilidade da administração sobre as demonstrações contábeis 2. A Administração do Pronto Socorro Conde de Moreira Lima é responsável pela elaboração e adequada apresentação dessas demonstrações contábeis, de acordo com as práticas contábeis adotadas no Brasil, aplicáveis às entidades supervisionadas pela Agência Nacional de Saúde Suplementar – ANS, e pelos controles internos que ela determinou como necessários para permitir a elaboração de demonstrações financeiras livres de distorção relevante, independentemente se causada por fraude ou erro. Responsabilidade dos auditores independentes 3. Nossa responsabilidade é a de expressar uma opinião sobre essas demonstrações contábeis com base em nossa auditoria, conduzida de acordo com as normas brasileiras e internacionais de auditoria. Essas normas requerem o cumprimento de exigências éticas pelo auditor e que a auditoria seja planejada e executada com o objetivo de obter segurança razoável de que as demonstrações contábeis estão livres de distorção relevante. 4. Uma auditoria envolve a execução de procedimentos selecionados para obtenção de evidência a respeito dos valores e divulgações apresentados nas demonstrações contábeis. Os procedimentos selecionados dependem do julgamento do auditor, incluindo a avaliação dos riscos de distorção relevante nas demonstrações contábeis, independentemente se causada por fraude ou erro. Nessa avaliação de riscos, o auditor considera os controles internos relevantes para a elaboração e adequada apresentação das demonstrações contábeis da Entidade para planejar os procedimentos de auditoria que são apropriados nas circunstâncias, mas não para fins de expressar uma opinião sobre a eficácia desses controles internos da Entidade. Uma auditoria inclui, também, a avaliação da adequação das práticas contábeis utilizadas e a razoabilidade das estimativas contábeis feitas pela administração, bem como a avaliação da apresentação das demonstrações contábeis tomadas em conjunto. 5. Acreditamos que a evidência de auditoria obtida é suficiente e apropriada para fundamentar nossa opinião. Base para Opinião com Ressalva 6. Na estrutura geral do Balanço Patrimonial, o valor residual do ativo imobilizado em R$ 3.263.895 que em 31/12/2012 corresponde a 71% do total do ativo, bem como os valores correspondentes dos encargos de depreciações do ano no total de R$ 210.800 (R$ 211.801 de 2011) impactando o resultado, sendo que os referidos bens não são utilizados nas atividades do Pronto Socorro Conde de Moreira Lima, mas sim na entidade de Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Lorena, contudo a utilização sem amparo contratual e remuneratório, e que na essência onera o resultado do P.S.C.M.L bem como fere o fundamento básico de que um ativo é reconhecido no balanço quando for provável que seus benefícios econômicos futuros serão gerados em favor da Entidade e seu custo ou valor puder ser mensurado com segurança. 7. Com relação ao contexto das Provisões para Contingências NE 12, não obtivemos resposta dos Consultores Jurídicos, pertinente ao processo de circularização, o que nos impede de obter evidências sobre a razoabilidade do valor apresentado no balanço de 31/12/2012, já advindo do balanço de 31/12/2010, e se o mesmo é suficiente para a cobertura de eventuais riscos de contingências. Opinião 8. Em nossa opinião, exceto pelos efeitos dos assuntos descritos no parágrafo Base para Opinião com Ressalva, as demonstrações contábeis referidas no primeiro parágrafo apresentam adequadamente, em todos os aspectos relevantes, a posição patrimonial e financeira do Pronto Socorro Conde de Moreira Lima em 31 de dezembro de 2012, o desempenho de suas operações e os seus fluxos de caixa para o exercício findo naquela data, de acordo com as práticas contábeis adotadas no Brasil. São Paulo, SP, 26 de março de 2013.

Paulo César R. Peppe Contador CRC-SP nº 1SP095009/O-5

8 - Eventos a Liquidar ..................................................................................... 2012 ................ 2011 Prov. eventos a liquidar ................................................ 48.436 ............. 10.541 ................................................................................... 48.436 ............. 10.541

Paulo César R. Peppe Contador CRC-SP nº 1SP095009/O-5

Hélio Márcio Rodrigues Gomes Contador CRC-SP nº 1SP195873/O-2

Refere-se a serviços prestados por empresas credenciadas sob emissão do recibo provisório de serviço. Após respectivas análises das glosas pertinentes ao serviço em questão, tais valores são efetivamente ajustados como obrigação a pagar.

Janaina Letícia de S. Nogueira Contadora CRC- SP nº 1SP290725/O-0

CRC-SP nº 2SP021055/O-1


D4 - Edição nº 1454 27 de abril a 3 de maio de 2013

Einstein era medíocre? Lendo a biografia de Einstein, debati com uma pergunta: Einstein era medíocre? Então pensei: na concepção da sua professora, sim. Ele estava a ano-luz dela. Ele era desorganizado em sua bagunça organizada, que só ele entendia em suas buscas e pesquisas. As pessoas muito certas, perfeitas, autossuficientes, olham certo comportamento do outro com olhos de vidro e ouvidos moucos. Não era possível àquela professora enxergar nele uma genialidade, pois ela era muito certa em seu conceito de vida de ser diferente. Para mim Einstein não era medíocre; medíocres eram sim, sua professora e todos aqueles normais que se acham os tais. Einsten Além da imaginação fértil, ele tinha a sensibilidade à flor da pele. Vivia mergulhado em seus sonhos absurdos, pelos costumeiros devaneios a traduzir as imagens visuais, que lhe vinham à mente para abstrata linguagem da matemática, no prazer da descoberta científica solitária no mundo. As ciências exatas o hipnotizavam como uma febre, não desistindo em descobrir que força misteriosa era aquela que movia o mecanismo das coisas. O univer-

so se revelou aos seus olhos e, mais do que nunca, ele precisava de toda a genialidade do seu raciocínio lógico. Ele foi se envolvendo com as grandes questões universais que instigam a curiosidade dos homens de perguntas geniais: “Como se dá a escuridão? De que são feitos os raios de sol? Como seria viajar dentro de um feixe de luz? Quero saber todos os pensamentos de Deus – o resto são detalhes”. Seres humanos, vegetais e poeira cósmica, todas dançam uma música misteriosa tocada à distância por um músico Invisível. Vemos um universo que se estrutura e move maravilhosamente mediante certas leis, mas mal entendemos essas leis. As nossas mentes limitadas não conseguem compreender integralmente a força que move as constelações. Mas ele haveria de encontrar nas estrelas tudo o que lhe foi negado na órbita da Terra. E foi assim, tão famoso, tão cósmico pelas suas teorias científicas quanto pelas suas campanhas em defesa da paz, que Albert Einstein se despediu da humanidade, indo morar no Universo, nas primeiras horas da manhã de abril. Hoje, ele é o astronauta maior do Universo.

Fundo Social realiza 1° Chá Solidário, dia 17 de maio A Prefeitura de Lorena, por meio do Fundo Social de Solidariedade, vai realizar, no próximo dia 17 de maio, sextafeira, seu 1° Chá Solidário. A verba arrecadada será desti-

nada a projetos sociais; dentre eles, o auxílio na realização da 7ª Campanha de Prevenção ao Câncer. O Chá acontecerá no Clube Comercial de Lorena, às 18h. Os ingressos estão sendo ven-

didos no Fundo Social de Solidariedade, no Clube Comercial e nas lojas Di Marck e L2, no valor de R$ 20. Participe e contribua com esta importante causa.

“As canções que você dançou pra mim”: neste domingo, no Teatro São Joaquim “As canções que você dançou pra mim”: esta é a próxima atração do Circuito Cultural Paulista em Lorena. Será neste domingo, 28 de abril, às 20h30, no Teatro São Joaquim. Como toda atração do Circuito, este espetáculo também é gratuito e a lotação do Teatro será definida por ordem de chegada. Com cerca de uma hora de duração (sem intervalos) e classificação livre, a apresentação fica por conta da Focus Cia. de Dança, na qual quatro casais são embalados por um pout-pourri de inesquecíveis canções de Roberto Carlos. O romantismo e a popularidade de Roberto Carlos, com seus poemas em forma de música, dão o tom da peça, coreografada e dirigida pelo bailarino, criador e professor carioca Alex Neoral. Os casais interpretam as músicas do Rei, que atravessaram as décadas

de 60 a 90 marcando época, hoje consagradas como clássicos da MPB. São sucessos presentes na vida de pessoas de todas as idades, gostos ou formações. Em 2011, “As canções que você dançou pra mim” foi eleito entre os dez melhores espetáculos pelo Jornal O Globo e, em 2012, pelo Guia da Folha de São Paulo, sendo um dos três melhores pela originalidade e simplicidade, na opinião do júri especialista. Neste ano, foi selecionada para a programação do Ano do Brasil em Portugal, pela Funarte (Fundação Nacional das Artes, do Governo Federal). A montagem será também apresentada na cidade do Porto, em Portugal, nos dias 24 e

25 de maio, no Mosteiro de São Bento da Vitória. Circuito Cultural Paulista Este programa é uma realização do Governo do Estado e sua Secretaria de Estado da Cultura, em parceria com as prefeituras de 90 municípios do interior e litoral de São Paulo, levando diversas atrações gratuitas, em oito meses de atividades culturais. Lorena já está, há alguns anos, entre as cidades contempladas por este belo projeto.

O Circuito Cultural Paulista tem o objetivo de ampliar o acesso da população a produtos culturais de qualidade, levando-os a turnês gratuitas para a população. Esta sexta edição do programa conta com o maior número de cidades participantes desde sua criação, em 2007, e levará, até o mês de novembro, espetáculos de circo, teatro, dança e música para as 90 cidades selecionadas. No total, nestes oito meses de atividades, serão cerca de 640 atrações para os municípios.

NO TÍCIAS D A ÁREA NOTÍCIAS DA TECNOLÓGICA R. Aldo Herminio Zanini, 81 - 3152 7209 - Centro

Delegacia de Polícia do Município de Lorena Rua Joaquim Cardoso Machado, 385 – Vila Geny – Lorena-SP

Ironia da vida Nasci, cresci, amadureci, vivi ou apenas sobrevivi? A vida é um mistério que ainda não foi desvendado e nunca vão desvendar, acredito eu. A maioria das pessoas apenas sobrevive, ou seja, apenas existe, sem nenhum fato que a faça diferente das outras ou que mostre a ousadia, adrenalina e felicidade de viver uma vida intensamente, sem se preocupar com o que vão pensar ou o que vão fazer. Viver é tão raro nos dias de hoje... A inquietação da humanidade são as aparências. Casar apenas pelo bem estar dos outros e pensando se a sociedade irá aprovar é o maior exemplo de vida baseada em aparências, que se torna a

cada dia mais hipócrita, vazia e sem satisfação do que de fato é viver. A vida é tão irônica; ela pode acabar quando menos se espera. Por isso, relevar pequenas coisas é um exemplo a se seguir. Preocupar-se não vai te levar a lugar algum, não se importar com o amanhã, viver o hoje é sua única certeza. “Viver é desenhar sem borracha”. Não se importe com a opinião dos outros. Seja você mesmo. Não viva para ser admirado. Não seja hipócrita. Decepcione-se. Chore. Não tenha medo. Faça tudo o que tiver vontade. Viva até não poder mais. Não se baseie em aparências. Não traia. Busque a felicidade. Sorria. Seja feliz.

Programa Wagner Lauria O seu Programa de todas as tardes! de 2a à 6a, das 14h às 17h

Edital Nº 001/2013 O Dr. Hugo Parreiras de Macedo, Delegado de Polícia Titular do Município de Lorena(SP), no uso de suas atribuições legais, etc... FAZ SABER a todos que pelo presente Edital tiverem conhecimento que, nos termos do art. 27, Inciso III, do Decreto nº 44.448, de 24.11.1999, c.c. a de Polícia de Guaratinguetá (SP), procederá Correição Ordinária periódica referente ao primeiro semestre do corrente ano, nas Unidades Policiais Civis desta cidade, ficando convocadas as Autoridades Policiais, funcionários das referidas Unidades e o povo em geral, que será facultado solicitar ou prestar informações, queixas, sugestões, sobre os serviços policiais e administrativos, bem como a conduta dos funcionários, observando-se a seguinte programação: Dia 15/5/2013 -Às 10h00 – Delegacia de Polícia do Município de Lorena(SP) – 1º Distrito Policial de Lorena-SP – Rua Joaquim Cardoso Machado, 385, Vila Geny. Dia 16/5/2013 -Às 10h00 – Delegacia de Polícia do 2º Distrito Policial – Av. Bernardino de Campos, 68; -Às 13h00 – Delegacia de Defesa da Mulher – Rua Barão da Bocaina, 65. Registre-se, publique-se, cumpra-se. Lorena, 17 de Abril de 2013. Hugo Parreiras de Macedo Delegado de Polícia Titular do Município

EDITAL DE CONVOCAÇÃO ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA A AEAL - Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Lorena, através de seu presidente, Engenheiro Celso Luís Quaglia Giampá, no uso de suas atribuições, convoca todos os associados, para a Assembléia Geral Extraordinária, conforme artigo 43 e 45 do Estatuto Social, com a finalidade de efetivação dos Novos Diretores, devido demissão automática conforme artigo 19, parágrafo único e aprovação de nova revisão do Estatuto Social, a ser realizada no dia 02 de maio de 2013, às 17:00h em primeira chamada e 17:30h em segunda chamada, na sede social da Associação, Rua Aldo Hermínio Zanin nº 81, Centro-Lorena/SP. Celso Luís Quaglia Giampá Presidente da AEAL


E1 - Edição nº 1454 27 de abril a 3 de maio de 2013

CONSULTE UM ARQUITETO - “JOSCELEY ARQUITETO” 9785 2502

VENDE-SE SÍTIO 2 alqueires c/ casa: 2 quartos, sala, cozinha, banheiro, 2 varandas c/ fogão de lenha. Local: 3 Barras Palmital (divisa Lorena / Cach. Pta.) R$ 120 mil - Ligue: 9159 6233 / 9726 7103

Imobiliária Milet

Av. Papa João XXIII, 278 - Tel/Fax 3153 1033

Imóveis - Geral Casa em Ubatuba S/P Praia Pereque Açu – Próximo ao Centro - Garagem para 03 carros / 03 quartos / sala / 02 banheiros / cozinha / área de serviço / edícula. Valor — Negócio de ocasião – Tel. 3153-1033 Casa Centro - Praça do Rosário – Cód. 2020 - Garagem para 02 carros / 02 salas / 06 quartos / copa /cozinha um armário / 02 banheiros / quintal pequeno / área de serviço. Valor: 700.000,00 — Bom para empresa. – Tel.: 3153-1033 Casa Vila Nunes—Cód. 2024 - Garagem / sala / 01 quarto / banheiro / cozinha / área de serviço / quintal. Terreno da casa medindo 5x35 - Valor : 95.000,00 - Tel.: 3153-1033 Apartamento Bela Vista – São Paulo – Cód. 2030 02 salas / quarto / cozinha / banheiro / área de serviço - Valor: 300.000,00 – Tel. 3153-1033 Sítio em Silveiras – S/P - 34 alqueires - Valor: R$ 12.000,00 o alqueire – Tel. 3153-1033 Apartamento Caraguatatuba – Cód. 1054 - Garagem p/ 02 carros / sala / quarto / cozinha / banheiro / área de serviço / banheiro fora - RS 180.000,00 Tel.: 3153-1033

sala grande / banheiro / cozinha / área de serviço. Em cima: 02 quartos / banheiro. Valor: 150.000,00 – Tel.: 3153-1033 Sobrado Vila Passos – Cód. 1051 - Em baixo: garagem / sala de TV / sala de jantar / banheiro / área de serviço / copa-cozinha / quintal - Em cima: 02 quartos e 01 banheiro - R$ 160.000,00 - Tel.: 3153-1033 Apartamento Centro – Cód. 1052 - Garagem p/ 01 carro / sala / 02 quartos / banheiro / área de serviço / quintal - R$ 140.000,00 - Tel.: 3153-1033 Casa Centro perto da Igreja Matriz - Garagem / 03 quartos / copa / cozinha / área de serviço - Terreno 12x27mts² - OBS: Tombada pelo patrimônio histórico. R$ 250.000,00 - Tel.: 3153-1033 Casa Vila Zélia - Garagem p/ 02 carros / sala / banheiro / 02 quartos / cozinha / área de serviço Terreno 15x60mts² - R$ 180.000,00 - Tel.: 3153-1033 Casa Cabeleinha – Cód. 1048 - Sala / 02 quartos / cozinha / 01 banheiro / quintal / área de serviço - R$ 70.000,00 - Tel.: 3153-1033 Ponto comercial Vila Passos – Cód. 1057 - Ponto comercial inacabado - R$ 100.000,00 - Tel.: 3153-1033

Sindicato Rural oferece curso gratuito de Operação e Manutenção de Tratores Agrícolas O Sindicato Rural de Lorena e Piquete, em parceria com o Senar-SP (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural) – Administração Regional do Estado de São Paulo, está com inscrições abertas para o curso gratuito de Operação e Manutenção de Tratores Agrícolas. Será de 13 a 17 de maio, das 9h às 17h30, no Recinto de Exposições do Sindicato Rural, que fica na Rodovia Lore-

Saques

Casa Industrial – Cód. 1058 - Garagem para 02 carros / sala / 02 quartos / cozinha / 02 banheiros / quintal / área de serviço / edícula. R$ 120.000,00 - Tel.: 3153-1033

Por Inês e Fernanda Torres, empresárias da .com sorte Loterias

Terreno Vila Nunes - Cód. 1046 - Medida: 05x40 Valor: 60.000,00 – Tel.: 3153-1033

Casa Centro - Garagem / sala de visita / sala de jantar / 03 quartos sendo 01 suíte / lavabo / cozinha c/ armário / cozinha com área de serviço - R$ 220.000,00 - Tel.: 3153-1033

Como muitas pessoas ainda não sabem o que é possível fazer nas casas lotéricas, seguem algumas orientações sobre o que você pode receber. Sempre com seu cartão, você pode receber PIS, Seguro Desemprego, FGTS, benefícios sociais (Bolsa Família, Bolsa Escola, Cartão Alimentação e Auxílio Gás) e benefícios do INSS, desde que vinculados à Caixa. Os aposentados e pensionistas do INSS podem, se desejarem, transferir seus benefícios para a Caixa. A solicitação pode ser feita na lotérica.

Hamilton Custódio Rua Cel. José Vicente, 256 - centro Lorena - Tel: 3157 7807 / 9214 9039 www.precisaimoveis.com Imóveis à Venda

1 - Casa - V. Zélia - Frente grade, jd. lateral, varanda, garagem ampla p/ 5 carros, 2 salas, 3 quartos, 1 suíte, 1 wc social, copa, cozinha, quintal com rancho, área de serviço, dispensa, cozinha, lavanderia, churrasqueira, edícula pequena R$ 385.000,00 2- Casa – Centro – varanda c/ grade de proteção, 1 sala, 3 quartos, 1 wc social, copa, cozinha, área luz, quintal, corredor, lavanderia, dispensa, canil – R$ 150.000,00 3 - Sítio Maranatá – Bairro Aterrado – Curva do Carneiro – 28.000m2 - Garagem ampla 6 carros - 1ª Casa - 1 sala, 3 quartos, 1 wc social Box, 1 salão festa, 1 quiosque, 5 apartamentos, 1 piscina, 1 campo futebol. - 2ª Casa – 1 sala, 1 quarto, wc, casa p/caseiro, pomar e Rio do Carneiro – R$ 550.000,00 4 - Casa – V. Zélia – 10x60m – frente murada, garagem ampla, ponto comercial – 1 sala, área luz, 4 quartos, 1 suíte, 1 wc social, copa, cozinha conjugada, lavanderia, 1 dispensa, quintal, 1 edícula, 1 sala, 2 quartos, 1 wc, lavanderia, 1 galpão – R$ 250.000,00 5 - Apartamento – Centro – Frente c/ grade, garagem e portão eletrônico, sala c/ 2 ambientes, 2 quartos, 1 suíte, 1 cozinha, WC social, área serviço, dispensa, ar condicionado – R$ 350 mil 6 - Sobrado Vila Nunes - Garagem, 1 sala, 1 cozinha, 1 wc social, 1 dispensa, 1 quarto. Superior: 2quartos, 1wc social, sacada. R$ 180 mil. 7 - Sítio – Cunha-SP – 4 alqueires - Casa: 1 sala, 2 quartos, 1 wc, cozinha, mina de água potável, curral, pasto formado – R$ 100 mil. 8 - Chácara nobre – Estrada Lorena-Guará - 8.500m 2 - área construída 500m 2 – R$ 700.000,00 9 - Casa Vila Zélia 15x60m – 300m2 área cons-

truída – Frente grade, estacionamento amplo, jardim lateral. Sobrado: 2 salas, 1 lavabo, copa e cozinha, lavanderia. Superior: 1 sala,2 quartos, 1 suite, 1 wc social, 1 sacada, quintal com jardim, canil, piscina, salão festa, churrasqueira, bar, sauna, oficina, 1 dispensa, 1 escritório, 1 quarto, 1wc – R$ 550 mil. 10- Casa V. Zélia - Frente grade, garagem coberta, 2 salas 3 quartos, 1 suite, 1 wc social, cozinha, copa, quintal; 1 edícula, 1 quarto, 1 wc, lavanderia, área serviço, pia, gabinete, armário embutido, saída laterais - R$ 300.000,00 11 - Casa V.Nunes – frente c/ grade, garagem, 1 sala, 2 quartos, WC, lavanderia, área serviço e quintal pequeno – R$ 120 mil 12 - Casa V.Zélia – Frente c/ grade, garagem 2 carros, 1 sala, 3 quartos, 1 sala jantar, copa, cozinha, 1 escritório, quintal, rancho, lavanderia – 210 mil 13 - Casa Centro – Frente c/ grade, 2 garagens,parte coberta, jardim, varanda, 2 salas, 1 escritório, 4 quartos, 2 wc social, 1 copa, 1 cozinha, quintal, 2 edículas, lavanderia, dispensa, jardim – R$ 600 mil. 14 - Área de 900 mil m2 - margem da Rod. Pres. Dutra - Lorena 15 - Casa Vila Nunes - Frente c/grade, garagem coberta 2 carros, 2 quartos, copa, cozinha conjugada, wc social, área serviço e lavanderia, churrasqueira, dispensa, quintal Sobrado 1 quarto, cozinha, wc, lavanderia - R$ 200 mil 16 - Casa no centro - garagem coberta, 1 sala corredor, 2 quartos, wc social, copa cozinha, quintal corredor, Quintal , corredor, lavanderia, áre de serviço 17 - Casa Vila Nunes - Garagem, Varanda, Sala, Copa e Cozinha Conj., 1 WC Social, Corredor, 2 Quartos, Lavanderia, Área de Serviço, Quintal. R$ 160 mil.

Faça já sua inscrição e garanta sua vaga. Sindicato Rural de Lorena: 3153 1743 / 3157 5606. Não se esqueça de, no ato da inscrição, estar com RG e CPF em mãos.

O que você pode fazer na .com sorte Loterias

Escritório Vila Nunes - Cód. 1045 - Escritório / cobertura - Medida: 14x30 – 600 mts² de terreno – bom p/ transportadora - Valor: 300.000,00 – Tel.: 3153-1033

Chácara em Lorena - Cód. 1047 - Sobrado. Em baixo:

na-Itajubá, km 25 – Bairro Angelina – Lorena. Objetivo do curso: operar e realizar a manutenção diária, semanal e periódica de tratores agrícolas. Para participar, é preciso ter 18 anos, no mínimo.

Recebimento do PIS Com relação ao PIS, lembramos que o “ano” do mês começa sempre em julho. Normalmente, a partir de agosto começa o pagamento de juros ou abono para quem nasceu em julho. A partir de então, de acordo com o calendário divulgado pela Caixa, reAgradecimento Agradeço a oração Chaves de Cristo por graça alcançada: T.A.S.L

Agradecimento Agradeço a oração Conversa com Jesus pela graça alcançada, de emprego e libertação dos vícios: A.L.

VENDO 1 Climatizador, marca Eletrolux, pouquíssimo uso – c/ Nota Fiscal – R$ 200,00 1 carrinho de bebê, marca Galzerano, semi novo, bom estado de uso. R$ 100,00 Fone: 3157 4710 9158 9195 / 9116 1116 Júlio / Franciele

.com sorte Loterias

cebe quem nasceu em agosto, setembro, etc.. O “ano” do PIS termina sempre no último dia útil de junho. É bastante comum que a imprensa divulgue esta informação nesta época, mas se você já recebeu o PIS entre agosto do ano anterior e junho do ano em curso, não tem nada para receber; só a partir de agosto novamente. Lembramos ainda que, para

ter direito ao abono (1 salário mínimo) do PIS, é necessário: 1. Estar cadastrado há pelo menos 5 anos no programa. 2. Ter trabalhado no ano anterior (neste ano em 2012) pelo menos 30 dias, consecutivos ou não, e ter recebido até 2 salários mínimos médios. 3. É preciso ainda que o empregador tenha informado seus dados corretamente na RAIS. Trabalhadores cadastrados até 4/10/1988 podem ter cotas de participação que ainda rendem juros. Estas cotas podem ser sacadas em vários casos: aposentadoria, idade igual ou superior a 70 anos e outros. No site da Caixa es-

tão disponíveis mais informações, mas o saque de cotas só pode ser feito nas agências da Caixa. Saques com cartão de débito Com os cartões de débito da Caixa e do Banco do Brasil, você também faz saques em suas contas – na Caixa até R$ 1.500 e do BB, até R$ 500. Lembramos que estes valores são reduzidos nos finais de semana. .com sorte Loterias: onde você estaciona fácil e tem atendimento rápido e eficiente. Av. São José, 494 – em frente ao Cemitério Municipal.

Rua Dom Bosco, 129 - Centro Tel/fax.: (12) 3153 2570 (12)3153 1584 www.domboscoimoveis.com.br TERRENOS A VENDA 1 - Rua: Maestro Evangelista – CENTRO Medindo 10 m x 33 m OBS: Contendo uma casa antiga, precisando de muita reforma. Valor: R$ 160.000,00 2 - Rua: Amazonas - INDUSTRIAL - Medindo 12m x 30m - Valor: R$ 75.000,00 3 - R: Israel - Vila Rica - Medindo 7m x 25m Valor: R$ 25.000,00 4 - Bairro Aterrado - Medindo 12 m x 50 m - Valor: R$ 50.000,00 5 - Av: Osvaldo Aranha - Medindo 15 m x 50 m - Valor: R$ 200.000,00 6 - Rua: Panamá – VILA RICA - Medindo 6 m x 21 m - Valor: R$ 27.000,00 7 - Rua: Goitacazes – VILA HEPACARÉ Medindo 5 m x 33 m - Valor: R$ 55.000,00 8 - Rua: Potiguara – VILA HEPACARÉ - Medindo 6 m x 30 m - OBS: 70 % murado - Valor: R$ 40.000,00 9 - Rua: Rufino Torres – OLARIA - Medindo 6,5 m x 21 m - Valor: R$ 43.000,00 10 - Av: Lorena x Guaratinguetá - Medindo 14 m x 25 m - Valor: R$ 110.000,00 11 - Rua: José M. Andrade – Parque Mondesir - Medindo 12 m x 43 m - Valor: R$ 110.000,00 12 - Rua: Paraíba – INDUSTRIAL - Medindo 6 m x 35 m - Valor: R$ 45.000,00 13 - Rua: 23 de abril – VILA DIVA - Medindo 12,50 m x 10 m - Valor: R$ 45.000,00 14 - Av: Eugênio Borges – VILA DIVA - Medindo 10 m x 25 m - Valor: R$ 85.000,00 15 - Rua: Paraíba – INDUSTRIAL - Medindo 5 m x 35 m- Valor; R$ 40.000,00 16 - Rua: Paraíba – INDUSTRIAL - Medindo 7 m x 35 m - Valor: R$ 55.000,00 17 - R: Antonio Pelúcio - Vila Geni - Medindo 10m x 30m - Valor: R$ 110.000,00 - OBS: Murado 18 - R: Pedro Alberto B. Cavalca - Village das Palmeiras - Medindo 12m x 24m - Valor: R$ 130.000,00 19 - Rua: Amazonas - INDUSTRIAL - Medindo 6m x 30m - Valor:R$ 40.000,00 20 - Rua: Wenceslau Braz – INDUSTRIAL Medindo 14m x 35m - OBS: São 02 terrenos no valor de R$ 90.000,00 ( cada)

2 - Rua Bispo César – Industrial – R$ 140.000,00 3 - Rua: Colômbia – VILA RICA - Valor: R$ 100.000,00 4 - Rua: Cel. José Vicente – VILA HEPACARÉ Valor: R$ 350.000,00 5 - Casa - Rua Pernambuco - Industrial - R$ 160.000,00 6 - Apartamento 3 quartos + Ponto Comercial - Av: Thomás Alves Figueiredo – VILA HEPACARÉ - Valor: R$ 350.000,00 7 - Av. Marechal Teixeira Lott – V. Nunes – R$ 125.000,00 8 - Rua 2 de Novembro – Vila Cida – R$ 70.000,00 9 - Rua: Rio Grande do Norte – INDUSTRIAL Medindo 12 m x 35 m - Valor: R$ 110.000,00 10 - Rua: Exp. Sebastião Guimarães – VILA NUNES - Valor: R$ 200.000,00 - Obs: Aceita Financiamento CEF 11 - R: J. A. de Almeida Gonzaga – BAIRRO DA CRUZ - Valor: R$ 220.000,00 12 - Rua: Dom Bosco – CENTRO - Valor: R$ 450.000,00 13 - Rua: Santos Dumont – CABELINHA - Valor: R$ 220.000,00 14 - Rua; José Antunes de Azevedo – SANTO ANTONIO - Valor: R$ 70.000,00 15 - Rua: José Cóppio – Santo Antonio - Valor: R$ 170.000,00 16 - Rua: Portugal – VILA RICA - Valor: R$ 50.0000,00 + 78 parcelas de R$ 229,51 17 - Apartamento – Edifício Guaypacaré – Centro - Valor: R$ 180.000,00 - OBS: Aceita troca por outro imóvel. 18 - Rua: Goes Monteiro – BAIRRO DA CRUZ Valor: R$ 150.000,00 - Terreno 10 m x 30 m 19 - Rua: Caetés – INDUSTRIAL - Valor: R$ 125.000,00 - Terreno: 10 m x 15 m 20 - Rua: Capitão Laureano F. Leite - SANTO ANTONIO - Valor: R$ 150.000,00 - OBS: Aceita Financiamento CEF 21 - Rua: Minas Gerais – INDUSTRIAL - Valor: R$ 130.000,00 22 - Av. São Pedro – OLARIA - Valor: R$ 170.000,00 Rua: C – PORTAL DA PALMEIRAS - Valor: R$ 125.000,00 - OBS: 02 casas

CASA A VENDA 1 - Apartamento (Ubatuba/Praia Grande) a 50m da Praia (2 quartos). Valor 200.000,00 - OBS: Troca por imóvel em Lorena

PONTO COMERCIAL A VENDA 1 - Salão Comercial – R. Santa Catarina – R$ 120.000,00 – medindo 300m2 – construção de 70m2 – Esquina

CRECI 104.750

VENDE-SE EXCELENTE CHÁCARA (urgente) à 2 Km da USP (FAENQUIL). Medindo – 5.000 m² Área construída – 400 m² Contendo: Piscina, fogão à lenha, churrasqueira, forno para pizza, pomar, galinheiro, horta. Casa de Caseiro, Casa sede com suíte Estacionamento Etc... Vende-se ou troca por imóvel de menor valor. GALPÃO COMERCIAL – VENDA 1 - R: Guaicurus – VILA HEPACARÉ (Próximo à Rodoviária) Valor: R$140.000,00 CHÁCARA 1 - Chácara - Bairro Aterrado - sem benfeitoria - Medindo 24m x 59m = 1416m2 - Valor - R$ 65.000,00 2 - Chácara – Bairro Aterrado - 1.000 m² - R$ 260.000,00 – Com Benfeitoria IMÓVEIS PARA LOCAÇÃO 1 - Rua: Dalmo Alves – VILA GENI - Valor: R$ 600,00 2 - Rua: Ademar de Barros – NOVA LORENA Valor: R$ 1.000,00 PONTO COMERCIAL PARA LOCAÇÃO 1 - Rua: Pedro Branco – VILA GENI - Valor: R$ 700,00

Atenção Excelente Oportunidade Lotes à venda BAIRRO ATERRADO Medindo 5 m x 25 m Valor: R$ 22.000,00


E2 - Edição nº 1454 27 de abril a 3 de maio de 2013

Imobiliária Estrutura CRECI 54252 Silvia Pinheiro Negócios Imobiliários CRECI 54252 R. Dr Rodrigues de Azevedo, 184 - Centro - 3153 4987 / 3301 0888

Visite nosso site: www.imobiliariasilviapinheiro.com.br IMÓVEIS A VENDA: VENDA R$ 50 MIL- TERRENO 5 X 30 –– Rua: Amazonas –Bairro Cidade Industrial– ( c- 351) R$ 100 MIL-TERRENO 12 X35 – Rua: Sergipe –(c- 382) R$ 110 MIL- TERRENO 10 X 30 –Rua: Expedicionário Sebastião Ribeiro Guimarães- Vila Nunes (c-372) R$ 130 MIL- TERRENO 12 X 30 –– Rua: Bororós -– Vila Hepacaré – ( c- 299) R$ 120 MIL- TERRENO 10 X 36 murado-– Av. Leovegildo Areco – Matadouro Velho-( c- 306) R$ 140 MIL - TERRENO 13 X 39 -VILA PASSOS- Rua: Silveiras – (c- 293) R$ 150 MIL-TERRENO BAIRRO DO MONDEZIR -Rua: 24 de Abril –( c- 361) R$ 70 MIL - CASA ( Antiga ) – SANTO ANTONIO –Rua: Pedro Vieira -* Não pode ser vendida pela CEF * - ( c-333) R$ 70 MIL - CASA- BAIRRO NOVO HORIZONTE- 3 quartos –sala –cozinha - banheirogaragem e quintal – (c- 300) R$ 78 MIL - CASA- VILA HEPACARÉ – Av. São Tomás –2 quartos- sala-cozinha- 2 banheiros- varanda –área de serviço pequena -* Não pode ser vendida pela CEF * - ( c- 316) R$ 80 MIL - CASA- JARDIM PRIMAVERA Rua: Sebastião Gomes da Silva - 2 quartossala- cozinha- banheiro –entrada para carro -( c- 329) R$ 95 MIl - CASA NOVA– BAIRRO HORIZONTE –Rua: Carolina Spott Pinto 2 quartossala- cozinha- banheiro –quintal-entrada para carro - ( c- 313 ) R$ 120 MIL - CASA - VILA CELESTE- Av. Padre João Renauldin 2 quartos- sala-cozinha – banheiro- entrada para carro -( c- 323) R$ 100 MIL - CASA – VILA COMERCIÁRIOS 1 – Rua: Newton P. Leite- sala 02 ambientes – 2 quartos - cozinha – banheiro social - quintal grande (somente à vista) -( c- 255) R$ 110 MIL- CASA-VILA HEPACARÉ- Rua: Goitacazes- 2 quartos –sala –cozinha -banheiro-quintal- garagem –quarto de despejo-(c353) R$ 110 MIL - CASA- SANTA EDWIGES-Rua: Daniel Chaim- 2 quartos -sala- cozinha- banheiro- garagem-área de serviço- (c- 328) R$ 130 MIL - CASA - VILA CELESTE- -Av. Padre João Renauldin – 2 quartos- sala-cozinha-banheiro- garagem-( c- 321) R$ 130 MIL - CASA – SANTO ANTONIO - Rua José Cóppio - 2 quartos – sala – cozinha – banheiro – área de serviço - garagem – (c- 356 ) R$ 130 MIL- CASA - VILA HEPACARÉ- Av. São Tomás- 2 quartos(sendo 1 suíte) –sala-cozinhabanheiro- área de serviço –(c- 367) R$ 130 MIL-CASA NOVA –INDUSTRIAL- Av. Brasil- 2 quartos- sala- cozinha- banheiroquintal -área de serviço- entrada para carro-(c289) R$ 140 MIL- CASA NOVA -INDUSTRIAL- Rua: Rio Grande do Norte- 2 quartos- sala- cozinhabanheiro-entrada para carro (c- 381) R$ 150 MIL- CASA –BAIRRO DA CRUZ- Rua: Amélia Pereira- 1 quarto-sala-cozinha-banheiro- quintal- Terreno mede 7,5 X 50 ( c-373) R$ 150 MIL- CASA- CABELINHA - Rua: José Molinari – 2 quartos-2 sala- -2 banheiros -(c336) R$ 165 MIL-CASA- VILA NUNES –Rua: Francisco Veloso – 2 quartos- sala- cozinha- banheiro- garagem- quintal- área de serviço. (c366) R$ 170 MIL - CASA– SANTO ANTONIO - Rua: Pedro de Alcântara - 3 quartos –sala –cozinha sala de jantar - sala de estar – quintal – garagem – 02 banheiros (c- 206)

R$ 180 MIL - PONTO COMERCIAL– Avenida Marechal Argolo – Próximo G.A. -(c- 332) R$ 150 MIL - APARTAMENTO NOVA LORENARua: Pascoal Del Mônaco 2 quartos- sala de estar e jantar- banheiro social-área de serviço.( c-005) R$ 180 MIL - CASA- NOVA LORENA - Rua: Pascoal Del Mônaco 2 quartos- sala - banheiro – quarto de despejo –cozinha- garagem ( c-375 ) R$ 180 MIL - SOBRADO E EDÍCULA - BAIRRO DA CRUZ - Rua: Goes Monteiro. (c- 250) R$ 180 MIL- CASA – VILA NUNES-Rua: 17 – 3 quartos- sala de estar- sala de jantar-área de serviço- varanda-garagem-quartinho c/ banheiro pequeno- quintal-cozinha-banheiro social ( c- 340) R$ 190 Mil -CASA- BAIRRO INDUSTRIAL Rua: Rio Grande do Norte- 2 quartos ( sendo 1 suíte) sala-cozinha americana- banheiro social- área de serviço-garagem para 2 carros -( c-304) R$ 280 MIL - CASA-VILA PASSOS –- Rua: Silveiras (c- 290) R$ 250 MIL - CASA-VILA GENY –Rua: Aziz Aluani - 3 quartos(sendo 1 suíte)- sala-cozinha-banheirorancho com quartinho-garagem para 2 e 3 carros ( c-378) R$ 250 MIL-CASA- VILA HEPACARÉ –Av. São Tomás- 3 quartos- sala- cozinha- banheiro-área de serviço-garagem-(c- 369) R$ 250 MIL-CASA- VILA HEPACARÉ- Estrada Santa Terezinha – 3 quartos(sendo 1 suíte) – 2 salas-cozinha- banheiro-piscina—garagem( c379) R$ 260 MIL - CASA- INDUSTRIAL- Rua: Rio Grande do Norte - 3 quartos (sendo 1 suíte ) – banheiro social-lavabo-sala- varanda-quintal gramado-banheiro pequeno- área de serviço-garagem- cozinha americana-copa –(c- 311) R$ 270 MIL - APARTAMENTO –VILA ZÉLIA –Rua: Gonçalves Dias- sala 2 ambientes-3 dormitórios( sendo 1 suíte) banheiro social-cozinhalavanderia- vaga para 2 carros- armários embutidos. (c-298) R$ 280 MIL- CASA –VILA HEPACARÉ- Rua: Tomás Alves Figueiredo- garagem—jardim de inverno- 3 quartos(2 suítes) –sala ampla- copa-cozinha- banheiro social- área de serviço-quintal( c- 352) R$ 310 MIL -SOBRADO-VILLAGE DAS PALMEIRAS- 3 quartos(sendo 1 suíte)- banheiro social- lavabo-ático- churrasqueira-ducha-área de serviço- entrada para carro- cozinha- quintal sala ampla(c-335) R$ 320 MIL –CHÁCARA –ATERRADO- 3 quartos(sendo 1 suíte)-sala- cozinha- banheirorancho- piscina-lago-árvores frutíferas- ÁREA 1000 METROS ( c-346) R$ 320 MIL - APTO– Vila Zélia–Rua : Pres. Rooselvet- 3 quartos( sendo 1 suíte) –sala -cozinhabanheiro- área de serviço- vaga para 1 carro-( c- 298) R$ 350 MIL- CASA-VILA HEPACARÉ- Av. Cel José Vicente- 3 suítes –sala ampla de estar e jantar- sala de TV- lavabo-cozinha-área de serviçoquintal rancho com banheiro –garagem –jardim e quintal. (c- 355) R$ 350 MIL- CASA- Vila Zélia- Rua: Tenente Manoel Barbosa- 2 quartos- sala- cozinha- banheiros- entrada para carro ( c- 347) R$ 350 MIL - CASA - BAIRRO DA CRUZ - Rua: J.A de Almeida- 3 quartos (sendo 1 suíte) – sala – cozinha - área de serviço - garagem para 2 carros - banheiro social- (c-244) R$ 350 MIL - CASA – VILA ZÉLIA- Av : Osvaldo Aranha – 2 quartos- sala- copa-cozinha- garagem p / 3 carros- varanda- área de serviço- 2 banheiro – 1 lavabo- quintal murado-(c-292) R$ 380 MIL-SOBRADO - VILLAGE DAS PALMEIRAS- 2 quartos(sendo 1 suíte)-sala –cozinha -banheiro- garagem- (c-371) R$ 400 MIL-CHÁCARA –ATERRADO –( c- 364) R$ 550 MIL- CASA- VILA ZÉLIA - Rua: Presi-

dente Roosevelt - 2 quartos (sendo 1 suíte) – sala de estar ampla - 2 banheiros – despensa – piscina – churrasqueira - sauna – Terreno 15 X 60 - (c-193) R$ 600 MIL - SOBRADO ANTIGO -CENTRO Rua: Godoy Neto -( c- 325)ALUGUEL Casa*R$ 350,00* – Sala, 02 Quartos cozinha – BH – Área Serviço – Rua Margarida Ferreira Leite- fundos – Vila Celeste Casa- *R$ 380,00*– Sala, 02 Quartos - cozinha – BH – Área Serviço – Rua Jose Antonio – Cabelinha Apto - *R$ 450,00*+ taxas – Sala, 02 Quartos - cozinha – BH – Área Serviço – Entrada para carro – Avenida Targino Vilela Nunes – Vila Nunes. Apto - *R$ 450,00*– Sala, 02 Quartos - cozinha – BH – Área Serviço – Avenida São Tomaz – Vila Hepacaré. apto - *R$ 600,00* – Sala, cozinha, área de serviço,02 quartos –Av. Angelo Molinari – Vila Geny Sobrado – R$ 750,00 – Garagem, sala, cozinha, banheiro, , 02 quartos, terraço, área de serviço – Prox. Matriz- Cartório Eleitoral Casa - *R$ 1.300,00* – Garagem p/ 02 carros, Sala 02 ambientes, cozinha, área de serviço, 03 quartos (s1s) – NEGOCIÁVEL Rua Aziz Eluani – Vila Geny

Excelentes salas comerciais – com ar condicionado, acabamento de primeira, excelente localização – área nobre – Av Peixoto de Castro – R$ valor a combinar. COMERCIAL Sala Comercial - *R$ 350,00 – R$ 650,00 salas reformadas em excelente estado. Rua Principal (Dr. Rodrigues de Azevedo).(valor de acordo com o tamanho) Sala Comercial térrea - *R$ 400,00 – sala (3x7)- com banheiro e cozinha em comum Av Papa João XXIII – Vila Nunes Sala Comercial 1º andar - *R$ 350,00 – sala (4,50x4,50)- com banheiro e copa – ar condicionado Av Papa João XXIII – Vila Nunes Sala Comercial - *R$ 385,00 cada sala - sala - com banheiro (2 salas disponíveis) Rua 21 de abril – Centro (Clinica Médica) Ponto Comercial pequeno- *R$ 300,00 - c/ banheiro. Rua Paulo Cardoso – Inicio Cabelinha. Ponto Comercial pequeno- *R$ 300,00 - c/ banheiro. Rua Mario prudente de Aquino (Ao lado da escola) – Bairro da Cruz. Ponto Comercial - *R$ 350,00 - Salão grande c/ banheiro. Rua Ten. Manoel Barbosa - B. da Cruz Ponto Comercial - *R$ 450,00 – Salão grande - Cozinha – 2 banheiros. R. Dr. Cícero de Souza – V. Nunes Ponto Comercial –R$ 1.500,00* Rua Barão Da Bocaina – Centro. Ponto Comercial –R$ 1.300,00* Avenida.Godoy Neto – Vila Zélia. Atenção Srs. Empresários, Passamos loja tradicional, estocada e com bom movimento – Área central. Contatos com (012) 8122-8288 ** Valor de aluguel com desconto, para pagamento em dia.** ** Valor do IPTU não está incluído no aluguel.**

IMOBILIÁRIA LAMARCK

IMOBILIÁRIA BASTOS 3153-3048 / 3153-2822 IMÓVEIS PARA ALUGAR PONTO COMERCIAL: R. PAULINO CHAGAS- SALÃO- BANHEIRO- RANCHO C/ CHURRASQUEIRA- BANHEIRO AV. 22 DE MARÇO- CANAS- SALÃO – BANHEIRO AV. 22 DE MARÇO- SALÃO – BANHEIRO- COZINHADEPOSITO. R.JOSÉ COPIO- GALPÃO- BANHEIRO. R. CEL- MARCIANO- SANTO ANTONIO- SALÃO- 02 BANHEIROS- COPA- AREA DE SERVIÇO. R.COMENDADORCUSTODIOVIEIRA-CENTRO-VARANDA- GARAGEM- SALA- 1 QUARTO- COZINHA- BANHEIRO- AREA DE SERVIÇO- TERRAÇO. R. FREDERICO RAMOS- CENTRO- 02 SALA DE RECEPÇÃO- ESCRITORIO- 02 BANHEIROS- COZINHA- QUARTO DE DESPEJO- AREA DE SERVIÇO. R. BARÃO DA BOCAÍNA- CENTRO- SALA COMERCIALBANHEIRO- COPA. AV. PAPAJOÃO XXlll- SALÃO – 03 BANHEIROS- ESCRITORIO- AREA DE ILUMINAÇÃO- COZINHA. AV. SÃO JOSE- CENTRO- SALÃO –BANHEIRO. AV TARGINO VILELA NUNES- VILA NUNES- GRANDE SALÃO- GALPÃO E BANHEIRO. R. GASTÃO VIDGAL- SALÃO- 02 BANHEIROS. R. COM. CUSTODIO VIEIRA- CENTRO-SALAO COMERCIAL-SALA DE RECEPÇÃO-SALA P/ REUNIÃO- ESCRITORIO- COPA- SANITARIOS-. AV. TARGINOVILELANUNES- VILANUNES- SALA- COPA02 BANHEIROS. R.COMENDADORCUSTODIOVIEIRA-CENTRO-02SALA COMERCIAIS- BANHEIRO- AREA DE SERVIÇO. R. HEPACARÉ- CENTRO- SALA COMERCIAL- COPA/ COZINHA-BANHEIRO-AREA DE SERVIÇO- QUINTAL. R. MARILIA- 01 GALPÃO- COPA- BANHEIRO. AV. 7 DE SETEMBNRO- BAIRRO DA CRUZ- SALÃOBANHEIRO- COPA. R. BARÃO DA BOCAINA- SALAS COMERCIAIS- RECEPÇÃO- BANHEIRO. R. FREDERICO RAMOS – CENTRO- SALÃO –BANHEIRO. AV. THOMAZ ALVES DE FIGUEIREDO- INDUSTRIALSALÃO -02 BANHEIROS. (PROXIMO AO SEMAFARO). R. AZEVEDO DE CASTRO- CENTRO- SALÃO - BANHEIRO- COZINHA. AV. PAPA JOÃO XXIII- VILA NUNES- SALÃO - BANHEIROS- COPA- ESCTRITORIO. R. FRANCISCO VILELA NUNES- OLARIA-SALÃO- BANHEIRO. R. FREDERICO RAMOS- CENTRO-SALÃO- COPA- BANHEIRO. AV. SÃO JOSE - CENTRO- SALÃO -02 BANHEIROSCOPA-COZINHA. IMÓVEL DE 01 QUARTO: R. JOÃO DE AQUINO- BAIRRO DA CRUZ- SALA- COZINHA- BANHEIRO- 01 QUARTO- AREA DE SERVIÇOQUINTAL. AV. SÃO JOSE- CENTRO- SALA/QUARTO -COZINHABANHEIRO- AREA DE SERVIÇO. R. MONTEIRO LOBATO- OLARIA- SALA COZINHA- BANHEIRO- AREA DE SERVIÇO- QUINTAL. R. MARILIA- ENTRADA P/ CARRO- SALA- COZINHA-01 QUARTO- BANHEIRO- AREA DE SERVIÇO- QUINTAL. PRAÇA ARNOLFO DE AZEVEDO- SALA- 01 QUARTOCOZINHA- BANHEIRO- AREA DE SERVIÇO. IMÓVEL DE 02 QUARTOS: R. IVAN DE SOUZA ARAÚJO- VILA GENY- GARAGEMSALA- 02 QUARTOS- 1 SUITE- COZINHA- BANHEIRO SOCIAL AREA DE SERVIÇO. (APTO DE FINO ACABAMENTO). R. MARTON- CENTRO- SALA- 02 QUARTOS- COZINHABANHEIRO- AREA DE SERVIÇO- QUINTAL. (FINO ACABAMENTO). AV. CEL MARCIANO- SANTO ANTONIO- VARANDA-GARAGEM-SALA- 02 QUARTOS- COPA/COZINHA-BANHEIRO SOCIAL-AREA DE SERVIÇO- QUARTO DE DESPEJO- BANHEIRO FORA. R. ODILA RODRIGUES- VILA CIDA- VARANDA- GARAGEM- SALA- 02 QUARTOS- COZINHA- BANHEIRO- AREA DE SERVIÇO- QUINTAL. AV.CELMARCIANO-SANTOANTONIO-VARANDA-SALA02 QUARTOS- COZINHA- BANHEIRO- AREA DE SERVIÇO- QUINTAL. R. ADOLFO RIOS- SÃO ROQUE- VARANDA- SALA- 02 QUARTOS- COZINHA- BANHEIRO- AREA DE SERVIÇOQUINTALPEQUENO.

CRECI 29269

Rua Major Oliveira Borges nº158 - Centro

R. HERMELITACOPOLLAMAROTTA-CENTRO-(APARTAMENTO)- ENTRADA P/ CARRO- SALA- 02 QUARTOSCOZINHA- BANHEIRO- AREA DE SERVIÇO C/ BANHEIRO- QUARTO DE DESPEJO- QUINTAL PEQUENO AV. EURICO GASPAR DUTRA- VILA NUNES-(APTO)ENTRADA P/ CARRO- 02 QUARTO- SALA- COZINHABANHEIRO- AREA DE SERVIÇO. AV. MARECHAL TEIXEIRA LOTT- VILA NUNES- SALA- 02 QUARTOS- 01 SUITE- BANHEIRO SOCIAL- COPA/COZINHA-AREA DE SERVIÇO C/ TERRAÇO. R.SUBT.DOMINGOJOFRE-COMERCIARIO2-GARAGEMSALA- 02 QUARTOS- COZINHA- BANHEIRO- AREA DE SERVIÇO- QUINTAL. R. SERGIPE- INDUSTRIAL-ENTRADA P/ CARRO- SALA02 QUARTOS- COZINHA-BANHEIRO- AREA DE SERVIÇO- QUINTAL. R. MAJOR DE OLIVEIRA BORGES- CENTRO- APTOSALA- 02 QUARTOS- COZINHA- BANHEIRO- AREA DE SERVIÇO. AV. THOMAZALVES FIGUEIREDO- INDUSTRIAL-VARANDA-GARAGEM- SALA- 02 QUARTOS-COZINHA-BANHEIRO-AREA DE SERVIÇO- QUINTAL PEQUENO. R. FREDERICO RAMOS - CENTRO- (APTO)- SALA- 02 QUARTOS- COZINHA- BANHEIRO- AREA DE SERVIÇO. R. CORONEL BRAULIO- CENTRO- SALA-02 QUARTOSCOZINHA- BANHEIRO- AREA DE SERVIÇO. R. AMELIA PEREIRA- VILA ZELIA-(CHACARÁ DE 1.500 m- COM 02 QUARTOS). R. M 13- CANAS- VARANDA- GARAGEM- SALA- 02 QUARTOS- 01 SUITE-BANHEIRO SOCIAL-COZINHA— AREA DE SERVIÇO- QUINTAL. R. CEL. BRAULIO- CENTRO- SALA- 02 QUARTOS- COZINHA- BANHEIRO- AREA DE SERVIÇO- QUINTAL. AV. TARGINO VILELA NUNES - VILA NUNES-VARANDAGARAGEM- SALA- 02 QUARTOS- COZINHA- BANHEIRO- AREA DE SERVIÇO- QUINTAL. AV. OSWALDOARANHA- VILA ZELIA-(APARTAMENTO)GARAGEM- SALA- SACADA-02 QUARTOS- 01 SUITEAREA DE SERVIÇO- BANHEIRO. AV,. TARGINO VILELA NUNES- VILA NUNES- VARANDA- GARAGEM- SALA- COZINHA- 02 QUARTOS-BANHEIRO- AREA DE SERVIÇO-QUINTAL. R. JOÃO PINTO ANTUNES- VILA GENY- VARANDAGARAGEM- SALA- 02 QUARTOS- COZINHA- BANHEIRO- AREA DE SERVIÇO- QUINTAL R. ALFREDO LUIS DOS SANTOS- JARDIM MARGARIDASALA- 02 QUARTOS- COZINHA- BANHEIRO- AREA DE SERVIÇO. ADELAIDE MARIA DE PAULA- PARQUE DAS RODOVIAS- GARAGEM- VARANDA- SALA- 02 QUARTOS- COZINHA- BANHEIRO- AREA DE SERVIÇO. R. PADRE JOÃO RENAUDEN- OLARIA- VARANDASALA- 02 QUARTOS- COZINHA- BANHEIRO- AREA DE SERVIÇO- QUINTAL. R. JOAQUIM FERREIRA PEDRO- NOVA LORENA- VARANDA- GARAGEM- SALA- 02 QUARTOS- COZINHABANHEIRO- AREA DE SERVIÇO- QUINTAL. AV. THOMAZ ALVES DE FIGUEIREDO-SALA- 02 QUARTOS- COZINHA- BANHEIRO- AREA DE SERVIÇO. (APARTAMENTO). PRAÇA JOÃO PESSOA- SANTO ANTONIO- SALA 02 QUARTOS- COZINHA- BANHEIRO- AREA DE SERVIÇO. AV. FRANCISCO BRASIL- VILA NUNES- GARAGEMSALA- 02 QUARTOS- COZINHA- BANHEIRO-AREA DE SERVIÇO. R. EXPD. GENESIO VALENTIM CORREIA- VILA ZELIAGARAGEM- SALA- 02 QUARTOS- COZINHA- BANHEIRO- AREA DE SERVIÇO- QUINTAL. R. MESTRE JOSE LUIS PEREIRA- JARDIM IMPERIALVARANDA- GARAGEM- SALA- 02 QUARTOS-COZINHABANHEIRO- AREA DE SERVIÇO C/ BANHEIRO. R. HEPACARÉ- CENTRO- VARANDA- GARAGEM- SALACOPA/COZINHA-02 QUARTOS-AREA DE SERVIÇOQUINTAL. R. GENEREAL GERALDO ALENCAR AQUINO- MONDESIR- VARANDA- GARAGEM- SALA- 02 QUARTOS- BANHEIRO- AREA DE SERVIÇO- TERRAÇO- CHURRASQUEIRA- QUINTAL. R.COM.BRAULIOMOREIRALIMA-CENTRO-GARAGEMSALA- CORREDOR-02 QUARTOS- 01 SUITE- BANHEIRO SOCIAL-COZINHA- AREA DE SERVIÇO- CORREDOR LATERAL- QUINTAL. AV. THOMAZALVES DE FIGUEIREDO- INDUSTRIAL-HALL DE ENTRADA- GARAGEM- SALA-VARANDA EXTERNA-BANHEIRO- 02 QUARTOS- 01 SUITE- BANHEIRO SOCIAL-COZINHA- AREA DE SERVIÇO. R. DOLORES FLORENZANO VIDAL- VILA NUNES- GARAGEM- VARANDA- SALA- 02 QUARTOS- COZINHABANHEIRO- AREA DE SERVIÇO. AV. TARGINO VILELA NUNES- VILA NUNES- SALA- 02

QUARTOS- COZINHA- BANHEIRO- AREA DE SERVIÇO- QUINTAL. R. CICERO DE SOUZA- VILA NUNES- (APTO)- SALA- 02 QUARTOS- COZINHA- BANHEIRO- AREA DE SERVIÇO- APTO FORA C/ BANHEIRO- QUINTAL. IMÓVEL DE 03 QUARTOS: R. ADELINA ALVES FERRAZ- VILA GENY- ENTRADA P/ CARRO- SALA- 03 QUARTOS- COZINHA- BANHEIRO- AREA DE SERVIÇO. AV. SÃO JOSÉ- CENTRO- VARANDA-GARAGEM-SALA03 QUARTOS-(ARMARIO EMBUTIDO)-COPA/COZINHABANHEIRO SOCILA- AREA DE SERVIÇO-QUARTO DE DESPEJO C/BANHEIRO- QUINTAL PEQUENO. R. HEPACARÉ- CENTRO- VARANDA-GARAGEM-SALA03 QUARTOS- 01 SUITE- COPA/COZINHA-BANHEIRO SOCIAL- AREA DE SERVIÇO- QUINTAL-RANCHOCHURRASQUEIRA-DEPENDENCIA DE EMPREGADA. R. LUIS GONZAGA CORREIA- VILLAGE DAS PALMEIRAS- CENTRO- VARANDA- GARAGEM- SALA- COPA/ COZINHA- 02 QUARTO- 01 SUITE- BANHEIRO SOCIAL- AREA DE SERVIÇO- QUARTO- COZINHA- BANHEIRO- QUINTAL. R.ATILIO JIUNCHETT- CENTRO-VARANDA-GARAGEMSALA- 03 QUARTOS- COZINHA- BANHEIRO-AREA DE SERVIÇO- QUINTAL PEQUENO. R. MARILIA- VILA ZELIA- VARANDA- GARAGEM-SALA03 QUARTOS- COZINHA- 02 BANHEIRO- AREA DE SERVIÇO- QUARTO DE DESPEJO- QUINTAL. R. PAULO CARDOSO- CENTRO- VARANDA- GARAGEM(VARIOS CARROS)- SALA- 03 QUARTOS-COZINHABANHEIRO- AREA DE SERVIÇO- QUARTO DE DESPEJO-( ENTRADA INDEPENDENTE). AV. SÃO PEDRO - OLARIA- VARANDA- GARAGEMSALA- 02 QUARTOS- COZINHA- BANHEIRO- AREA DE SERVIÇO- QUINTAL. R. SÃO BENEDITO- CENTRO- VARANDA- SALA- 03 QUARTOS- COZINHA- BANHEIRO- AREA DE SERVIÇO- QUINTAL. R. ALFREDO LUIS DOS SANTOS- JARDIM MARGARIDA- VARANDA- GARAGEM- SALA- 03 QUARTOS-COZINHA- 02 BANHEIROS -AREA DE SERVIÇO. R. GENERAL GERALDO ALENCAR DE AQUINO- MONDESIR- VARANDA- GARAGEM-SALA- 03 QUARTOS- 01 SUITE-COPA/COZINHA-LAVABO- BANHEIRO SOCIALSACADA- AREA DE SERVIÇO- VARANDA EXTERNAQUINTAL. R. ANTONIO PELUCIO- VILA GENY-VARANDA- GARAGEM- SALA- 03 QUARTOS- 01 SUITE- BANHEIRO SOCIAL-COPA/COZINHA- DESPENSA- AREA DE SER5VIÇO- QUARTO DE DESPEJO C/ BANHEIROQUINTAL. VILA PERALTA- CENTRO- VARANDA- SALA- 03 QUARTOS-COPA/ COZINHA- BANHEIRO-AREA DE SERVIÇO- QUINTAL. IMOVEIS PARA VENDER: R. BISPO CESAR-INDUSTRIAL-VARANDA-GARAGEMSALA-02 QUARTOS-AREA DE SERVIÇO. R$ 160.000,00 R.Antonio José de Almeida- R.25- Vila Nunes- garagemvaranda-02 quartos-cozinha-banheiro R$ 150.000,00 R. VILLAGE DAS PALMEIRAS- CENTRO- SACADASGARAGEM-SALA-03QUARTOS-COPA/COZINHA-BANHEIRO-AREA DE SERVIÇO. R$ 210.000,00 R. BISPO CESAR-INDUSTRIAL-VARANDA-GARAGEMSALA-03 QUARTOS (sendo 1 suíte)-AREA DE SERVIÇO. R$ 210.000,00 Rua Delfin Bitencourt- Prox.Centro - varanda-garagemsala-copa-cozinha-03 quartos-suíte- quintal R$ 245.000,00 Terreno Vilage Palmeiras - medindo 6x28 R$ 75.000,00 R. LUIS GONZAGASOBRINHO- VILLAGE DAS PALMEIRAS-GARAGEM- SALA- COZINHA- BANHEIRO-02 QUARTOS-AREA DE SERVIÇO-QUINTAL. R$ 160.000,00 AV. PEIXOTO DE CASTRO- 02 AREAS A VENDA COM METRAGEM DE 1.500 M2- SENDO 1 DE ESQUINA. CONTATO 97864589. R. ANTONIO JOSE DE ALMEIDA- VILA NUNES- GARAGEM- SALA- COZINHA-BANHEIRO- 02 QUARTOSAREA DE SERVIÇO- QUINTAL. R$ 160.000,00 R.ANTONIO AZEVEDO DE CASTILHO- NOVALORENATERRENO 10X22. R$ 100.000,00. R. RUFINO TORRES- OLARIA- TERRENO 930X21 R$ 90.000,00

CRECI: 19.117

Aluga, vende e administra seu imóvel - 38 anos servindo Lorena Rua Dr. Carlos Autran, 15 - Centro, Lorena, Tel: 3152-1099 ALUGA-SE APTOS

Pça Mal. Malet – Centro, Próximo as Lojas Americanas contendo: sala/dormitório, cozinha e banheiro social. Avenida Capitão Messias Ribeiro – Vila Dom Bosco – Garagem, sala, 03 dorms., copa, cozinha, banheiro social, área de serviço, cômodo para despejo e banheiro fora, rancho coberto e quintal. Avenida Oswaldo Aranha – Vila Zélia – Garagem, sala, 02 dorms., cozinha, banheiro social, área de serviço e banheiro de empregada. Rua Dom Bosco – Centro – Sala, 03 dorms. (sendo 02 suites), cozinha, banheiro social e área de serviço. Rua Nossa Senhora da Piedade – Centro – Sala, 02 dorms. (sendo os 2 suítes), copa, cozinha, banheiro social, área de serviço. ALUGA-SE CASAS Avenida Capitão Messias Ribeiro – Centro – Sala, 01 dorm., cozinha, banheiro social, área de serviço e quintal. Rua Ana Luiza Pereira – Jardim Primavera – Garagem, sala, 01 dorm., cozinha, banheiro social, área de serviço e quintal. Rua Doze de Outubro – Centro – Varanda, sala, 02 dorms., cozinha, banheiro social, área de serviço e quintal. Rua Antonino Rosa Júnior – Cabelinha – Garagem, sala, 02 dorms., copa, cozinha, banheiro social, área de serviço e banheiro de empregada. Rua Alcides da Costa Vidigal – Nova Lorena, - Garagem, sala, 02 dorms., copa/cozinha, banheiro social, área de serviço e banheiro de empregada. Rua Jovino Luiz dos Santos – Santa Edwiges – Entrada para carro, varanda, sala, 02 dorms., copa, cozinha, banheiro social, área de serviço e quintal. R u a Te n e n t e A r g e m i r o P e reira Marcondes – Vila Nunes – Garagem, jardim, sala, 03 dorms. (sendo 01 suíte), copa, cozinha, banheiro social, área

de serviço, e quintal. ALUGA-SE PONTOS COMERCIAIS Pça Mal.Malet - Centro - Sala, cozinha e WC. Rua Comendador Avenida Dr. Peixoto de Castro – Vila Zélia – Sala de espera, 02 salas, copa e banheiro. Avenida Capitão Messias Ribeiro – Vila Dom Bosco – Salão e banheiro. VENDE-SE CASAS Pça Dr. Arnolfo de Azevedo – Centro – Na Praça Principal, Ótima localização, no centro comercial e financeiro da cidade. Imóvel amplo em 02 pavimentos em terreno com área aproximada de 500,00 m2. Rua Alcides da Costa Vidigal – Nova Lorena – Jardim, garagem, sala, 02 dorms., copa, cozinha, banheiro social, área de serviço e WC fora. Av. Cap. Leovegildo Areco – São Roque – Entrada para carro, varanda, sala, 02 dorms., cozinha, banheiro social, área de serviço e amplo quintal. Terreno medindo 10 x 25 com área de 250,00 m2 Avenida São Pedro – Olaria – Pav. Térreo: Garagem para 02 carros, salão grande e banheiro, 1º Piso: Sala, sacada, 03 dorms. (sendo 01 suíte com closed e hidromassagem) e banheiro, 2º Piso: Sala de jantar, cozinha, banheiro e varanda. Av. Godoy Neto – Centro - Próximo à Santa Casa, Pronto Socorro e AME, com Garagem, sala, 03 quartos, banheiro social, cozinha, área de serviço e dep. p/empregada com WC. Rua Paraná – Industrial – Garagem, sala, 02 dorms., cozinha, banheiro social, área de serviço, amplo quintal, rancho com churrasqueira e fogão a lenha, quarto e banheiro. Rua Bispo César D’acorso Filho – Industrial – Garagem, sala, 02 dorms., cozinha, banheiro social e área de serviço. Rua Dr. Azevedo de Castro – Centro – Garagem para 02 carros, salão com lavabo, salas de estar e

jantar, 02 dorms. (sendo 01 suite com hidromassagem), cozinha, despensa, área de serviço. Rua Nove de Julho – Centro – Garagem, sala, 03 dorms. (01 suíte), cozinha, banheiro social e área de serviço. Rua Amâncio Lemes Figueiredo – Vila Hepacaré – Garagem, sala 02 ambientes, 02 dorms., cozinha, banheiro social, área de serviço e quintal. VENDE-SE APARTAMENTOS Rua Monte Castelo – Vila Zélia – 02 vagas de garagem, salas de estar e jantar, 03 dorms. (sendo 02 suítes), cozinha, banheiro social, área de serviço e banheiro de empregada. VENDE-SE IMÓVEIS COMERCIAIS Rua Major Oliveira Borges – Centro – Salão amplo no pavimento Térreo e Apartamento com sala, 03 quartos, banheiro e cozinha no pavimento superior. Próximo a Praça Principal, Ótima localização, no centro comercial e financeiro da cidade. Avenida Dr. Eugenio Borges Vila Cida – Galpão contendo 02 escritórios, cozinha, WC, e salão. Terreno medindo 15,00 x 25,00 Rua Comendador Custódio Vieira – Centro – Pav. Térreo - salão comercial c/WC, com 218,50 m2. Pav. Superior: apto c/ varanda, sala de estar, jantar e TV, 04 dorm, 02 WC, cozinha, área de serviço, terraço. Rua Coronel Vieira – Centro – Salão com banheiro medindo 30 m2. VENDE-SE TERRENOS Rua Madame Curie – Vila Zélia – Terreno murado medindo 10 x 50 com área de 500,00 m2. Avenida Dr. Peixoto de Castro – Vila Zélia – Terreno medindo 15 x 50 com área de 750,00 m2. Rua Santa Cruz – Centro – 03 terrenos medindo 6,5 x 20 (cada um) Rua Atílio Junchetti – Centro – Terreno medindo 400 m2.

CONVOCAÇÃO Atenção, senhores proprietários de terrenos no bairro Parque Mondesir, aos que adquiriram o lote posterior ao ano de 2007, da empresa SASPAR PARTICIPAÇÕES, estamos passando escritura. Aproveitem para regularizar. A Principal Imóveis Empreendimentos 12 3152-1145 aprincipalimoveis@terra.com.br


E3 - Edição nº 1454 27 de abril a 3 de maio de 2013

Automedicação: escolha perigosa Atualmente, intensificou-se bastante a discussão sobre o aumento da rigidez na venda de medicamentos, sobretudo de anti-inflamatórios. Isso porque, lamentavelmente, a automedicação tem se tornado cada vez mais comum, prejudicando tratamentos, agravando sintomas e piorando quadros clínicos. Nem sempre o médico toma conhecimento dos fármacos que o paciente usou antes de chegar ao consultório e a interação medicamentosa possui consequências que podem ser perigosas. O Brasil é um dos países que mais consome anti-inflamatórios comercializados sem receita médica no mundo. Esses remédios são muitos úteis e eficazes quando administrados adequadamente e mediante diagnóstico preciso. Mas o que notamos é o aumento indiscriminado do uso desses medicamentos. E esse abuso pode causar, entre outras coisas, he-

morragias do aparelho digestivo, diabetes, insuficiência cardíaca e piora na função renal e hipertensiva. Existem na literatura médica relatos até de óbitos ocasionados pela medicação exagerada. Informar a população sobre os perigos atribuídos à automedicação é o primeiro passo que precisa ser dado. Portanto, uma campanha de conscientização se faz mais do que necessária. O ideal seria inserir esse assunto nos meios de comunicação, usando esses veículos como uma ferramenta a favor da saúde pública e, dessa forma, alcançar o maior número possível de pessoas. O mais recomendável é que haja a exigência de receita médica para todos os anti-inflamatórios, e não apenas para alguns. Esse tema inclusive pautará discussões na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e estamos no aguardo de resoluções.

O mal que não quero A fábula do escorpião ilustra a contraditória natureza humana, relatada em Romanos 7:19: “Porque não falo o bem que quero, mas o mal que não quero, esse faço”.

No entanto, não é apenas dificultando a compra do medicamento na farmácia que será sanado o problema. O desafio é muito maior. Além do viés cultural, de ensinar a população sobre a importância do parecer do médico, também deve ser garantido o fácil acesso ao atendimento, e aí já entramos no mérito da busca pela valorização do Sistema Único de Saúde. Devido às longas esperas para marcar consultas, a pessoa acaba recorrendo aos palpites de conhecidos ou se baseando em prescrições anteriores: uma decisão que compromete seu bem estar.

Precisamos de um sistema de saúde que, na prática, seja tão eficaz quanto o SUS é na teoria. E nesse sentido, não podemos deixar de considerar a falta da relação médico-paciente e a diminuição da competência profissional, fatores que muitas vezes prejudicam tanto quanto a automedicação. Quando os brasileiros tiverem de fato acesso universal e integral à assistência de qualidade, a automedicação terá enfim seus dias contados. Antonio Carlos Lopes, presidente da Sociedade Brasileira de Clínica Médica

3157 4942 / 8138 0203 R. Prefeito Carlos Eugênio Marcondes - nº 70 - Village das Palmeiras

O escorpião não sabia nadar e pediu à rã que o transportasse para a outra margem de um rio. Ela ficou com medo e negou o serviço, alegando correr o risco de receber uma ferroada. O escorpião, com a melhor das boas intenções, disse que não era louco de cometer esse desatino, pois ambos morreriam afogados. A rã acreditou na sinceridade do escorpião e fez a travessia com ele. A viagem foi bem até o meio do rio, quando ela sentiu uma fisgada estranha nas costas. O escorpião não resistiu à luta contra a própria natureza. Estamos cansados de assistir à mesma história. Após

assombrosas barbaridades, os criminosos dizem que não sabem por que praticaram aquela desgraça. O pior é que eles não estão sozinhos com relação ao fazer “o mal que não quero”. Os seres humanos – em maior ou menor intensidade – têm a natureza de escorpião. Entre pensar em fazer o mal e sua efetivação talvez consista a diferença. Nós, humanos, estamos sob a observação do controle da polícia, da religião, da ética e da moral. Em certo sentido, a natureza do homem é mais cruel do que a do animal peçonhento. A maldade do homem vai além. Ele é capaz de torturar, humilhar e matar. Enquanto não surgir uma solução definitiva para o problema da maldade, nenhum de nós estará livre de um eventual abuso do mais forte, do mais sujo ou do mais ousado.


E4 - Edição nº 1454 27 de abril a 3 de maio de 2013

Em um mundo cada vez mais barulhento, Atenção para o aumento de gripes saiba como preservar a sua audição e resfriados durante o outono Segundo a Sociedade Brasileira de Otologia, de 30% a 35% das perdas de audição são consequência da exposição a sons intensos, seja no lar, em ambientes de lazer ou de trabalho Vivemos em um mundo barulhento e tomar algumas medidas de prevenção é a melhor forma de evitar ou pelo menos adiar para a velhice a perda de audição. Este é o conselho de médicos otorrinos e fonoaudiólogos. Mas como prevenir? Prestando atenção a determinados hábitos corriqueiros que, ao longo do tempo, vão prejudicando a nossa capacidade de ouvir. A realidade é que hoje em dia as pessoas estão perdendo a audição cada vez mais cedo, devido à vida agitada e barulhenta que enfrentamos, com altos ruídos em toda a parte, seja no trânsito, em boates, no uso de fones de ouvi-

do e aparelhos de MP3, em diversas profissões e até dentro de casa, ao usar o secador de cabelos, o liquidificador, ao ouvir TV e aparelhos de som em alto volume. “O problema é que a lesão auditiva causada por altos níveis de pressão sonora não acontece de um dia para o outro: ela é cumulativa”, explica a fonoaudióloga Isabela Gomes, da Telex Soluções Auditivas. Ela lembra que, para preservar a audição, é preciso estar atento à altura do som que ouvimos e ao tempo em que estamos expostos a ele, seja em que situação for. Ambientes de trabalho Medições de som já comprovaram que em um ambiente de trabalho, como um escritório, o som pode chegar a até 80 dB. Em algumas profissões, o problema é ainda mais grave. Pessoas que trabalham com música - desde artistas

até técnicos em estúdios de gravação - ou funcionários que atuam em pistas de aeroportos, em segmentos industriais, até operadores de Call Center, que passam oito horas de trabalho com fones de ouvido unilaterais, todos estão expostos a risco de perda auditiva. A exposição contínua a sons acima de 85 decibéis por mais de 8 horas de exposição pode levar à perda de audição irreversível. A fonoaudióloga Isabela Gomes alerta: “Se por causa do som ambiente, seja no trabalho, em casa ou no lazer, você é obrigado a aumentar o tom de voz para falar e ser ouvido por alguém do seu lado, tenha certeza de que o barulho está alto demais”. Se já há suspeitas de problemas para ouvir, o melhor é procurar um médico otorrinolaringologista. Muitas vezes, o uso do aparelho auditivo resolve o problema e é essencial para que o indivíduo resgate sua autoestima. Depois do diagnóstico do médico, cabe aos fonoaudiólogos indicar qual tipo e modelo de aparelho são indicados para atender às necessidades do deficiente auditivo. “Ao comprovar a perda de audição, o aparelho será então regulado para tornar os sons audíveis para o paciente. Atualmente, há uma diversidade de modelos de aparelhos auditivos, com design moderno e até mesmo invisíveis no ouvido, adequados para diferentes graus de perda auditiva e que não ofendem a vaidade de quem usa”, conclui a fonoaudióloga da Telex. De acordo com a Sociedade Brasileira de Otologia (SBO), de 30% a 35% das perdas de audição são consequência da exposição dos indivíduos a sons intensos. O último Censo realizado pelo IBGE, em 2010, apontou que cerca de 9,7 milhões de brasileiros declararam ter algum problema auditivo, o que equivale a 5,1% da população. Deste total, já sofrem de deficiência auditiva severa mais de 2,1 milhões de pessoas. Dicas para prevenir danos à audição: - Evitar ambientes barulhentos. - Usar protetor auricular em ambientes com sons intensos, especialmente nos locais de trabalho. - Evitar o uso de fones de ouvido e jamais utilizá-los no volume máximo. - Não introduzir objetos no canal auditivo, nem mesmo cotonetes. - Manter distância das caixas de som, em festas, boates e trios elétricos. - Diminuir o som de aparelhos eletrônicos em casa (rádio, TV, aparelhagem de som). - Dar repouso aos ouvidos, em ambientes silenciosos, após a exposição a ruídos intensos.

Doenças respiratórias infecciosas e inflamatórias são comuns nesta época do ano. Por isso, é importante estar atento aos sintomas, não se automedicar e procurar um serviço de saúde O Instituto de Infectologia Emílio Ribas, unidade da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, referência nacional no tratamento de doenças infecciosas, faz um alerta para o aumento de gripes, resfriados e alergias durante o outono. A baixa umidade do ar, somada às diversas alterações de temperatura durante o dia e aglomerações de pessoas em ambientes fechados, facilitam o contágio por vírus, aumentam o número de casos de inflamações das vias respiratórias e alergias, agravos comuns nesta época do ano. Segundo o infectologista Ralcyon Teixeira, do Instituto Emílio Ribas, é muito comum as pessoas confundirem gripes com resfriados, mas apesar de ambas apresentarem sintomas semelhantes, são provocados por vírus distintos e devem receber o diagnóstico e tratamentos adequados. “O resfriado tem sin-

tomas mais leves, como coriza e leves dores no corpo. O vírus do resfriado permanece no organismo por no máximo três dias. Já a gripe exige mais atenção, pois aparece de maneira mais agressiva e prolongada, manifestandose por febre, fortes dores no corpo, tosse seca e falta de ar. Neste caso, o ideal é procurar ajuda médica”, esclarece. As doenças respiratórias mais frequentes no outono, como a asma brônquica e as alergias, também devem ser observadas e distinguidas de maneira correta. A asma brônquica, popularmente conhecida como bronquite, doença pulmonar que provoca chiados e dificuldades para respirar, é incidente no outono e em temperaturas frias, bem como em exposição à poluição, fumaça e pólen. Esse problema pode se tornar extremamente grave, caso não seja acompanhado e tratado desde os primeiros sintomas. Já as alergias mais comuns nesta época do ano são as rinites e as sinusites, inflamações das vias respiratórias provocada pelas variações climáticas bruscas e o contato com o pó e poluentes. “As pessoas que so-

frem tanto pela bronquite como pela rinite devem estar atentas ao retirar roupas guardadas há muito tempo no armário, pois elas podem reter pó e odores nocivos para as alergias”, orienta o doutor Ralcyon. O infectologista salienta, ainda, a importância de beber bastante água e se ater aos sintomas. “É muito importante observar os primeiros sintomas e procurar auxílio profissional imediato para evitar que um simples resfriado possa se tornar uma pneumonia ou algo mais grave”, diz Ralcyon lembrando que a automedicação deve ser evitada. Entenda os vírus Os quatro principais vírus que circulam no outono são: influenza, sincicial, rinovírus e adenovírus. O pneumologista Fábio Muchão, do AME Heliópolis, explica que a influenza pode ser contraída por pessoas de todas as idades, mas é potencialmente mais perigosa em crianças, idosos e doentes crônicos. “Os sintomas mais comuns são dor de garganta, musculares e de cabeça, tosse, febre, entre outros”, explica Muchão. Outro vírus que oferece risco maior para o público infantil é o sincicial, principal causador das bronquiolites, que provoca as crises de chiado em bebês. Já o rinovírus é responsável pelos resfriados comuns nessa época. O adenovírus possui sintomas semelhantes aos problemas gripais, porém, com quadro respiratório mais amplo, além de sintomas gastrointestinais, febre prolongada, entre outros. Procurar ajuda médica é sempre recomendado, diante de qualquer sintoma prolongado.

Clínica de Vacinação • Meningite • H1N1 • Pneumonia • Influenza (gripe) • Hepatite A • Tríplice Bacteriana • Vacinas do Viajante • Adulto • Tétano • Catapora A dose que salva! Ainda temos vacina contra H1N1 mais gripe comum Confira os preços antes de vacinar.

Av. Osvaldo Aranha, 1144 Vila Zélia Zélia - Cep.12606-000

1454 Jornal Guaypacare  

27 de abril a 3 de maio de 2013

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you