__MAIN_TEXT__
feature-image

Page 1

Uchôa | Nova Aliança | Cedral | Guapiaçu | Tabapuã | Novais | Catiguá | Potirendaba | Ibirá | Bady Bassitt | Urupês | Elisiário

ANO 10 | Edição nº 117 | maio de 2021

www.gazetainterior.com.br

AUMENTO DE COVID-19

Fotos: Luiz Aranha/Gazeta do Interior

Pág. 3

Região possui mais de 1 mil pacientes em tratamento e 13 esperando vagas em hospital AUMENTO DE DENGUE Cinco cidades da região da Gazeta do Interior somam mais de 1,3 mil casos de dengue em 2021; em comparação com mesmo período do ano passado houve aumento de mais de 260%

CIDADES

VACINA JÁ

Região ultrapassa 50 mil vacinas aplicadas contra a COVID-19; Cedral possui maior porcentagem de imunizados e Bady Bassitt maior quantidade de vacinas aplicadas

Pág. 4 e 5

Pág. 6

CIDADES

CIDADES PROGRESSO Prefeitura anuncia que vicinal que liga Nova Aliança a Potirendaba será completamente recapeada; trecho é importante rota de escoamento da produção de indústrias Pág. 7

ACIDENTE FATAL

Polícia investiga causas de acidente que matou dois motociclistas na vicinal Abel Pinho Maia que liga Potirendaba a Ibirá; eles bateram de frente quase chegando em Potirendaba Pág. 7


2

26 de maio de 2021

publicidade

GAZETAdoINTERIOR


GAZETAdoINTERIOR

26 de maio de 2021

CIDADES

3

Região possui mais de 1 mil pacientes em tratamento contra a COVID-19 e 13 esperando vagas em hospital PANDEMIA COVID-19 REGIÃO GAZETA DO INTERIOR CIDADES BADY BASSITT CEDRAL TABAPUÃ IBIRÁ POTIRENDABA GUAPIAÇU NOVA ALIANÇA CATIGUÁ URUPÊS NOVAIS UCHOA ELISIÁRIO TOTAL

ATUALIZADO

TRATAMENTO

INTERNADOS

CURADOS

AGUARDANDO VAGA

CASOS

ÓBITOS

21/mai 25/mai 24/mai 24/mai 24/mai 24/mai 21/mai 23/mai 24/mai 24/mai 24/mai 24/mai

305 136 116 86 85 82 77 49 43 38 27 25 1069

37 17 8 13 16 1 6 7 3 2 3 113

2598 681 1054 1073 1990 2450 672 744 1013 480 952 366 14073

2 2 3 3 1 1 1 13

3002 837 1228 1184 2140 2602 770 822 1090 531 993 398 15597

62 20 41 25 52 53 20 23 27 10 23 4 360

Classificado por maior número de pessoas em tratamento contra a doença * - cidades não divulgaram Fonte: Coordenadorias Municipais de Saúde - atualizado até 24/05/2021 vc sempre pega o q vc quer descobriréa % e divideBassitt. pelo total.Ao ou seja 2.674são divididotratamento por 3.369 x 100 = e 79,37 doença Bady todo 381

Luiz Aranha luiz@gazetainterior.com.br

A

região de 12 cidades de circulação da Gazeta do Interior possui 1.069 pacientes em tratamento contra a COVID-19 e infelizmente 13 esperando por vagas em hospitais da região. Segundo dados obtidos pela Gazeta junto às Coordenadorias Municipais de Saúde e atualizados até a última segunda-feira (24/04), os casos de COVID-19 continuam em alta aqui na nossa região, onde mais de 1 mil pessoas continuam em tratamento contra a doença e infelizmente 13 aguardam por um leito de UTI ou enfermaria em hospitais da região. No mesmo período do mês passado eram 606 pacientes em tratamento, um aumento de mais de 75%. A cidade com o maior número de pacientes em tratamento contra a

305 pessoas que estão com o vírus ativo, sendo que 37 delas estão internadas. Dois pacientes estão na cidade aguardando por vaga em leitos de UTI ou enfermaria. O município também é o que possui o maior número de casos, sendo 3.002 até o último boletim divulgado dia 24/05. Desse total, infelizmente 62 pessoas acabaram perdendo a vida para a doença, porém, 2.598 estão recuperadas do vírus. Cedral é a segunda cidade da região com o maior número de pacientes com o vírus ativo. Dos 837 pacientes infectados, 136 estão em

estão livres da doença. Dois pacientes estão na cidade aguardando por uma vaga. Tabapuã aparece em terceiro lugar com 116 pessoas em tratamento, sendo que 17 delas estão internadas e outras duas estão esperando por uma vaga. Na cidade, 1.054 pacientes estão re-

cuperados da COVID-19 e infelizmente 41 perderam a vida para doença. Ibirá vem em seguida com 86 pacientes com o vírus ativo, sendo que destes, 8 estão internados. Das 1.184 pessoas que contraíram a doença, 1.073 estão curadas e outras 25 morreram. Dos 15.597 casos confirmados de COVID-19 nas 12 cidades da nossa região, desde o começo da pandemia, 1.069 pacientes ainda estão em tratamento contra a doença e 13 estão internados. Desse total, felizmente, 14.073 pacientes (90,22%) estão recuperados e 360 acabaram morrendo, onde a taxa de mortalidade aqui na nossa região representa 2,3%. Em todo o Brasil, dos 16,1 milhões de casos, 14,2 milhões estão recuperados da doença. Do começo da pandemia até agora o país contabiliza 450 mil óbitos, onde a taxa de letalidade nos 5.568 municípios brasileiros é de 40 pessoas a cada 100.000 habitantes.


4

26 de maio de 2021

GAZETAdoINTERIOR

ESPECIAL

Região ultrapassa 50 mil vacinas aplicadas con Luiz Aranha luiz@gazetainterior.com.br

A

s 12 cidades de circulação da Gazeta do Interior ultrapassaram esta semana 50 mil vacinas aplicadas contra a COVID-19. Os municípios que mais imunizaram sua população, em proporção ao número de habitantes, foram Cedral e Uchoa. Os dados são do site VicinaJá, atualizados até o último dia 24/05. No ranking de porcentagem em relação a população geral, a cidade de Cedral foi a que mais vacinou, com 28,6% da

Aceitamos:

população. Até agora foram aplicadas 2.676 vacinas e a cidade ocupa a posição de número 102 no ranking de imunização dos 645 municípios do Estado de São Paulo. No ranking estadual, Uchoa aparece logo em seguida com 26,4% da população vacinada contra a doença. Até agora foram aplicadas 2.677 doses em sua população de 10.151 habitantes, ocupando a posição de número 163 no ranking estadual. Já Bady Bassitt foi a cidade que mais aplicou a 1ª dose da vacina aqui na nossa região de 12 cidades, totalizando 6.397 doses. Na cidade de 17.761 habitantes, 4.264 moradores receberam a primeira dose e 2.133 que receberam a segunda. Em seguida vem Guapiaçu com 4.163 que receberam a primeira e 2.212 que receberam a segunda, totalizando 6.375 doses. Depois aparece Potirendaba com 4.037 pessoas que

Dos 645 municípios do Estado, a cidade de Cedral é que vacinou o maior p receberam a primeira dose e 2.219 que receberam a segunda, totalizando 6.256 vacinas aplicadas. Nas 12 cidades da nossa região, até agora, 50.281 vacinas contra a COVID-19 foram aplicadas. Confira nas tabelas o ranking de vacinação. Infelizmente a vacinação está se esbarrando em mais um desafio,

onde, muitas pessoas que tomaram a primeira dose do imunizante não estão voltando para a aplicação da segunda dose. A estimativa é que mais de meio milhão de pessoas que foram vacinados com a Coronavac no início da vacinação não retornaram para receber a segunda dose do imunizante em todo o Brasil.


26 de maio de 2021

GAZETAdoINTERIOR

5

ntra COVID; Cedral possui maior porcentagem FONTE: VacinaJá atualizado até 23/04/2021

comenda que a segunda dose da vacina seja aplicada em um período entre 14 e 28 dias após a primeira. O intervalo entre as doses é necessário para a criação de anticorpos contra a doença

e eficácia da imunização da vacina, porém, muitos municípios, por falta da vacina, não estão aplicando no período correto. Em todo o estado de São Pau-

VACINA COVID-19 REGIÃO GAZETA DO INTERIOR

percentual de toda sua população A lentidão no envio de doses pelo Ministério da Saúde é outro sério problema que atrasa ainda mais o fim da pandemia em todo o Brasil. A falta de insumos vindos da China interrompeu mais, uma vez, a produção de vacinas aqui no país. O Instituto Butantan, responsável pela produção da Coronavac, re-

CIDADES BADY BASSITT GUAPIAÇU POTIRENDABA URUPÊS TABAPUÃ IBIRÁ CEDRAL UCHOA NOVA ALIANÇA CATIGUÁ ELISIÁRIO NOVAIS TOTAL

DOSES APLICADAS

Bady Bassitt aplicou o maior número de doses na região

6397 6375 6256 5680 4870 4793 4189 4123 2619 2558 1221 1200 50281

lo, 10.208.750 pessoas receberam a primeira dose da vacina contra a COVID-19 e 5.152.206 a segunda dose, somando um total de 15.360.956 doses aplicadas.


6

26 de maio de 2021

GAZETAdoINTERIOR

CIDADES

Com mais de 1,3 mil casos de dengue, cidades da região intensificam combate Luiz Aranha luiz@gazetainterior.com.br

C

om mais de 1,3 mil casos de dengue confirmados, cinco cidades da nossa região têm realizado uma verdadeira batalha contra o mosquito transmissor da dengue. Este número e 260% maior do que o mesmo período do ano passado, quando foram registrados 365 casos. Mesmo com as baixas temperaturas registradas nos últimos dias, as prefeituras da região não têm medido esforços para eliminar o maior número possível do mosquito Aedes aegypti. Arrastões, visita dos agentes casa a casa e o controle com fumacê são algumas das ações desempenhadas pelos municípios que sofrem com o avanço da doença. Tabapuã, que possui pouco mais de 12 mil habitantes, é o município que mais têm sofrido com o aumento no número de casos. De janeiro a maio do ano passado foram confirmados 170 casos da doença, mas só agora em 2021 já são 636 casos positivos, 86 suspeitos e outros 883 notificados. Segundo o coordenador de saúde da cidade, Fernando Fachin Franzoti, várias ações com arrastões e visitas dos agentes estão sendo realizadas, mas os moradores também precisam colaborar. “Desempenhamos várias atividades e não temos parado, porém, os

moradores precisam fazer a parte deles que é apenas cuidar do seu quintal e não deixar água parada. Infelizmente temos encontrado vários criadouros do mosquito nas visitas”, diz. Guapiaçu possui 269 casos confirmados e 683 notificações. Diversas ações foram desempenhadas na cidade, porém, a quantidade de casos na cidade também mais de que dobrou de um ano para outro. Potirendaba já registra 246 casos confirmados e 880 notificados, também enfrentando epidemia da doença. Desde ontem (24/05), a cidade realiza o terceiro ciclo da dedetização com inseticida, o chamado fumacê. A nebulização do produto vai percorrer toda a cidade, a partir das 17h, até a próxima quinta-feira (27/05). Bady Bassitt registra 166 casos positivos de janeiro até agora. Em comparação com o mesmo período do ano passado, a cidade triplicou seus números de casos. Uchoa possui 26 casos positivos e 98 notificados, mas, apesar do baixo número, a cidade também tem intensificado o combate à doença com várias ações. A Secretaria de Saúde inicia hoje um arrastão no bairro São Miguel que vai até a próxima quinta (27). Além disso, agentes comunitários de saúde estarão passando de casa em casa para instruir os moradores sobre os cuidados necessários para inibir possíveis criadouros de mosquito e realizar a verificação de locais que já podem estar abrigando

Fonte: Coordenadorias de Saúde

CASOS DE DENGUE - REGIÃO GAZETA DO INTERIOR

CIDADES BADY BASSITT GUAPIAÇU POTIRENDABA TABAPUÃ UCHOA TOTAL

2020 50 103 24 170 18 365

2021 166 269 246 636 26 1343

Juntos municípios apresentaram aumento de 260% no número de casos as larvas do inseto. De acordo com a Secretária de Saúde, Karyna Camillo, o município teve um aumento de casos de dengue nos últimos dias devido às chuvas. “Pedimos aos moradores que façam sua parte, recebam nossos agentes e eliminem possíveis cria-

douros do mosquito da dengue. Contamos com a ajuda de todos para controlar o aumento dos casos em nossa cidade”, disse Karyna. Nestas cinco cidades já são 1.343 casos positivos e 2.630 notificados. No mesmo período do ano passado eram 365 casos confirmados de dengue. Confira a tabela acima.


GAZETAdoINTERIOR

CIDADES Vicinal que liga Nova Aliança a Potirendaba será recapeada

Agência/Gazeta do Interior

A Prefeitura de Nova Aliança anunciou que a vicinal que liga a cidade à Potirendaba será recuperada. Há anos que motoristas reclamam das condições da rodovia que recebe os nomes de Antônio Molinari (Nova Aliança) e Ângelo Micheletti (Potirendaba), que liga uma cidade à outra. Além da falta de sinalização, as condições precárias do trecho colocam em risco a vida de motoristas. A Gazeta já mostrou vários acidentes graves, inclusive fatais que já ocorreram na vicinal. Durante campanha nas eleições de 2020, o prefeito da cidade, Jurandir Barbosa de Moraes (Jura), prometeu na sabatina da Gazeta que

conseguiria verba para recapear a vicinal. Agora em maio o prefeito anunciou que conseguiu recursos junto ao governo de São Paulo para recapear o trecho completo. Caminhões canavieiros também utilizam o trecho, o que, devido ao peso, danifica ainda mais a malha asfáltica. A vicinal é uma importante rota para escoamento da produção das indústrias e grãos destes dois municípios, onde também vários funcionários trafegam de uma cidade para outra. Além desta rodovia, há também expectativa para recuperação completa da vicinal Abel Pinho Maia, que liga Potirendaba a Ibirá. Ainda não há um prazo exato para início das obras.(Da Redação)

26 de maio de 2021

7 Motociclistas morrem na Abel Pinho Maia em Potirendaba

Foram enterrados em suas cidades de origem, os corpos dos dois motociclistas vítimas de um grave acidente no começo da noite do último domingo (23/05), em Potirendaba. O motociclista, Antônio Teixeira Chaves, de 58 anos, vinha de Catanduva para trabalhar em Potirendaba, quando teria batido de

frente com o outro motociclista, Cícero Leandro de Moura, de 26 anos, natural de Princesa Isabel (PB). Com o impacto da batida, os corpos foram arremessados no meio da rodovia e as motos ficaram completamente destruídas. O corpo de Antônio foi enterrado na cidade Santa Adélia e o de Cícero enterrado na cidade de Severínia.


8

26 de maio de 2021

GAZETAdoINTERIOR

Profile for Gazeta do Interior

Edição digital da Gazeta do Interior de maio de 2021  

Edição digital da Gazeta do Interior de maio de 2021  

Advertisement

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded