Issuu on Google+

gratuito

jornal

fradelos

Bimestral | Fradelos, n.º16 - Outubro 2013 - Ano 2 | Grupo de Jovens de Fradelos | jornalfradelos@gmail.com PUB

Entrevista ao reeleito Presidente da Junta - Avelino Reis Reportagem - Centro Equestre «A Quintinha» pág. 4 Assembleia de Freguesia Setembro 2013 pág. 5 Início de época do Grupo Desportivo de Fradelos pág.6

pág.2

Inauguração da Casa da Juventude de Famalicão

PUB

No passado dia 20 de Setembro de 2013, a Casa da Juventude de Vila Nova de Famalicão foi inaugurada, naquele que é um espaço totalmente renovado de um edifício emblemático de Famalicão, junto à nova Igreja Matriz da cidade, onde funcionou o Colégio Camilo Castelo Branco, bem como a sede do Partido Comunista. Na inauguração, estiveram presentes várias individualidades políticas de V. N. Famalicão como o Arq. Armindo Costa, bem como o Dr. Paulo Cunha, entre outros vereadores e Manuel Barros, diretor do Instituto Português do Desporto e Juventude. A nova Casa da Juventude famalicense está equipada com um conjunto de valências diversificado, onde se destacam uma incubadora de empresas, gabinete médico, espaço de estudo e de internet, auditório, bar/concerto e salas de gravação/multimédia, fotografia e ensaios.

PUB

local.pt

PUB

Visite-nos!

Principais Contactos Bombeiros de Famalicão: 252 301 112 Centro de Saúde: 252 458 061 Cruz Vermelha Ribeirão: 252 491 266 Farmácia de Fradelos: 252 458 440 GNR de Famalicão: 252 501 360 Junta de Freguesia: 252 458 590

Um Jornal muuuuito à frente!


02

Especial Autárquicas

jornalfradelos@gmail.com

Entrevista ao reeleito Presidente da Junta Após as eleições autárquicas de 29 de Setembro de 2013, para a Assembleia Municipal e Câmara Municipal do concelho de Vila Nova de Famalicão, bem como para Assembleia de Freguesia de Fradelos, o Jornal Fradelos convidou o reconduzido Presidente de Junta de Freguesia, Avelino Reis, para uma breve entrevista após o rescaldo deste ato eleitoral. 1. Boa tarde Sr. Avelino. O que motivou a sua candidatura para um terceiro mandato? Boa tarde jovens. Aquilo que me levou a apresentar uma candidatura para este terceiro mandato foi a realização de obra nestes dois mandatos e que ainda não terminamos, tendo ainda muita obra cá em Fradelos para fazer: na questão do saneamento e dos arruamentos, bem como uma obra que já vinha desde o primeiro mandato e que, para tal, tínhamos já protocolo, nomeadamente, a frente urbanística do cemitério. Na altura, tínhamos verba mas não era suficiente para poder fazer aquela obra. Agora, com este novo mandato e com as promessas que tivemos, há possibilidade de fazer o arranjo urbanístico da frente do cemitério e também pavimentar o largo da entrada do portão do lado esquerdo. Um largo que servirá para estacionamento e, principalmente no tempo dos Fiéis Defuntos, solucionará as dificuldades com a lama que se lá cria, o que dificulta a entrada de pessoas no cemitério. Foi isto que me motivou, incluindo alguns projetos que gostaria de cumprir e que, embora não tenhamos falado em campanha política, pretendemos dar continuidade ao Pavilhão Gimnodesportivo, contando inclusivamente com uma promessa da própria Câmara Municipal no sentido de edificar um Multiusos em vez do Gimnodesportivo. É uma obra que será de referência e um investimento para vários anos, tal como o cemitério e a sua frente, que penso ser uma obra para os próximos 200 ou 300 anos e que será a nossa marca, desta junta de freguesia ao longo destes três mandatos, na qual eu estive à frente. 2. Como carateriza o ambiente destas eleições para as Autárquicas 2013 em Fradelos? As eleições aqui em Fradelos, nestes quatro mandatos (o primeiro perdi e depois estes três ganhei), já venho habituado que na nossa freguesia, chegando ao fim do ato eleitoral, as pessoas fiquem zangadas umas com as outras. Isto porque, quando se anda em campanha política, toda a gente quer ganhar; todavia, há pessoas que, contando em ganhar, ao perder, não têm o bom senso que temos de continuar e de ser cada vez mais amigos uns dos outros: todos cá vivemos.

Não é pela política que as pessoas se vão demarcar umas das outras, perdendo ou ganhando. É melhor, de facto, as pessoas ganharem, mas também já perdi e tive de continuar a dar a cara às pessoas, pois há muita gente que vota em nós e que nos apoia. Por vezes, quando os resultados não saem como as pessoas querem, alguns começam a ficar muito chateados e revoltados e nem sequer respeitam as próprias pessoas que os apoiaram. 3. Escolha um aspeto positivo e um negativo. O aspeto mais positivo, para mim, que tivemos neste ato eleitoral é aquilo que temos vindo a fazer nestes dois mandatos: as pessoas terem vontade em participar nas eleições mas, até ao ato eleitoral, não se andarem a difamar uns aos outros. Tanto este candidato como o candidato anterior, ambos foram pessoas que não entraram na minha vida particular nem fizeram difamações. O aspeto negativo a salientar terá sido talvez gente de fora das listas, esses sim que são sempre os mesmos, a mandar todos os dias as suas críticas. Na verdade, gostaria de, nestes três mandatos, os ter encontrado a defrontarme num ato eleitoral, mas nunca tiveram coragem de ter aparecido. Seria bom defrontá-los no ato eleitoral e não só no Facebook. Em vez de tanto se criticar, todos deveríamos ajudar a construir e a fazer alguma coisa em prol da nossa freguesia, pois no fundo, o que nós queremos é ter uma comunidade melhor, mais unida e com melhores condições. 4. Contava com estes resultados? À partida, quando uma pessoa envereda pela política, é sempre com a expetativa de ganhar. Daquilo que me fui apercebendo e daquilo que pude constatar no terreno, todas as pessoas diziam que ganhávamos, sobretudo por aquilo que temos feito para o progresso da nossa freguesia. Por tantos votos não estava à espera, mas pelo menos pelos votos que ganhei há 4 anos, tendo em

Jornal Fradelos, jornal local da freguesia de Fradelos, concelho de Vila Nova de Famalicão, Distribuição: Gratuita, Periodicidade: Bimestral Tiragem: 1350 exemplares Impressão: Organigráfica - Artes Gráficas, Lda.; Direção: Diogo Ferreira, Samuel Couto Reis, César Reis Redação: Diogo Ferreira, Samuel Couto Reis Design Gráfico: César Reis Assistentes: Paulo Ferreira, Paulo Couto Reis Distribuição: CTT Correios


03

Especial Autárquicas

jornalfradelos@gmail.com

Resultados Autárquicas

conta que cada vez temos feito mais por Fradelos e as obras estão à vista. Felizmente, hoje em dia, o povo de Fradelos sabe o que quer fazer e em quem deve votar.

TABELA I - HISTÓRICO DOS RESULTADOS DAS ELEIÇÕES AUTÁRQUICAS EM FRADELOS Resultados das Eleições Autárquicas em Fradelos (1976-2013)

5. O que tem a dizer aos eleitores deste ato eleitoral? Tenho de agradecer a toda a gente que votou em nós e em relação àqueles que não votaram em nós, talvez no futuro, mesmo não podendo ser o próximo candidato daqui a 4 anos, quero dizer que com a obra que vamos deixar feita, possam votar no próximo candidato que nos venha a suceder, para que este dê continuidade ao trabalho que nós temos feito na nossa freguesia.

Partido mais votado

Presidente da Junta eleito

1976

PS

Maria Emília Novais Alves

Mandatos 5 (PS) + 4 (CDS-PP)

1979

PS

Maria Emília Novais Alves

7 (PS) + 6 (AD)

1982

PS

Jaselino Ferreira da Cruz Loureiro

13 (PS)

1985

PS

5 (PS) + 4 (CDS-PP)

1989

PPD/PSD

Jaselino Ferreira da Cruz Loureiro Arlindo da Silva Ferreira (Independente)

5 (PPD/PSD) + 4 (PS)

1993

PPD/PSD

Arlindo da Silva Ferreira (Independente)

5 (PPD/PSD) + 4 (PS)

1997

PS

Manuel Alves da Cruz Loureiro

5 (PS) + 4 (PPD/PSD)

2001

PS

Manuel Alves da Cruz Loureiro

5 (PS) + 4 (PPD/PSD.CDS-PP)

2005

PPD/PSD.CDS-PP

Avelino Almeida Machado da Silva Reis

5 (PPD/PSD.CDS-PP) + 4 (PS)

2009

PPD/PSD.CDS-PP

Avelino Almeida Machado da Silva Reis

6 (PPD/PSD.CDS-PP) + 3 (PS)

2013

PPD/PSD.CDS-PP

Avelino Almeida Machado da Silva Reis

6 (PPD/PSD.CDS-PP) + 3 (PS)

TABELA II - HISTÓRICO DOS RESULTADOS DAS ELEIÇÕES AUTÁRQUICAS EM V.N.FAMALICÃO

6. Quais serão as suas prioridades para o início deste mandato? Neste momento, as prioridades que nós temos são: finalizar a Rua da Cerejeira, acabar a Rua de Valdossos, começar com o saneamento na zona do Sapugal e levar o saneamento ao resto da freguesia toda - é uma das principais prioridades. Iremos também pavimentar de forma imediata a Rua do Rio Ave, será a primeira obra a ser feita neste mandato, a sua pavimentação. Quanto à frente do cemitério, será uma obra capital deste próximo mandato, que se iniciará em meados do próximo ano, quando o tempo começar a vir melhor, para não gastarmos dinheiro duas vezes com o iniciar do Inverno. Temos de poupar dinheiro.

Ano

Resultados das Eleições Autárquicas em Vila Nova de Famalicão (1976-2013) Presidente da Câmara Municipal eleito

Ano

Partido mais votado

1976

PPD/PSD

José Carlos Pereira Gomes Marinho

1979

AD

1982

PS

Antero Alexandre Martins Agostinho Peixoto Fernandes

1985

PS

Agostinho Peixoto Fernandes

1989

PS

Agostinho Peixoto Fernandes

1993

PS

Agostinho Peixoto Fernandes

1997

PS

Agostinho Peixoto Fernandes

2001

PPD/PSD.CDS-PP

Armindo Borges Alves da Costa

2005

PPD/PSD.CDS-PP

Armindo Borges Alves da Costa

2009

PPD/PSD.CDS-PP

Armindo Borges Alves da Costa

2013

PPD/PSD.CDS-PP

Paulo Alexandre Matos Cunha

TABELA III - RESULTADOS DAS ELEIÇÕES AUTÁRQUICAS 2013 EM FRADELOS E V.N.FAMALICÃO Resultados das Eleições Autárquicas em Vila Nova de Famalicão (1976-2013) PSD/CDS

PS

PCP-PEV

Nulos

64,77%

30,56%

1,28%

B.E. -

Brancos

Fradelos

1,94%

1,45%

30,51%

3.268

V.N.Famalicão

58,55%

31,78%

3,70%

1,62%

2,85%

1,51%

35,35%

118.128

Abstenção Eleitores

Fradelos - Assembleia de Freguesia; V.N.Famalicão - Câmara Municipal | Total 34 freguesias PUB

7. Como perspetiva o futuro daqui a quatro anos, em 2017? Daqui a 4 anos, espero continuar a viver como tenho vivido e continuar a olhar pelas empresas, que isto está cada vez mais difícil. De qualquer das maneiras, espero que venha alguém que me suceda e que venha dar continuidade ao trabalho que nós temos desenvolvido e ao que faremos nestes próximos 4 anos. Espero que aproveite a obra feita e que haja muita gente em Fradelos, daqueles que desta vez ainda não votaram em nós, que se apercebam que, de facto, uma equipa de trabalho como é o caso da nossa (e penso que os outros que virão sucedernos farão a mesma coisa), serão as melhores pessoas para estarem à frente da nossa freguesia a zelar pelos interesses de todos os fradelenses.

9 Novembro | 20h30 Salão Paroquial de Fradelos Inscrições: 914 142 844

Obrigado pela sua disponibilidade para esta entrevista! PUB

PUB

PORQUE UMA CLIENTE ESPECIAL MERECE OPORTUNIDADES ÚNICAS RECUPERE UM ANO DE DANOS EM APENAS UMA APLICAÇÃO

AQUI PAGA SEMPRE MENOS... Edifício Jaime Duarte,    |    Rua Santa Leocádia nº13, Loja Q 4760-485 Fradelos   |    T. 913 749 073    |    (em frente ao Crédito Agrícola)


04

Local

jornalfradelos@gmail.com

REPORTAGEM - Centro Equestre «A Quintinha» No dia 6 de Julho de 2013, decorreu a abertura do centro Equestre “A Quintinha”, uma nova valência na freguesia de Fradelos, situado na Rua Moinhos de Vento, em Valdossos. Este centro equestre possui: dois picadeiros (um deles será coberto); boxes para os cavalos; serviço de bar; sete cavalos disponíveis. Ao nível dos serviços que têm à disposição da população, saliente-se: aulas de equitação (atualmente 20 alunos); o treino de saltos e obstáculos; aulas de hipoterapia (para pessoas com deficiências); visitas de estudo para as escolas (com o intuito de dar a conhecer o Cavalo e promover a interação com este tipo de animal); a criação do cavalo Lusitano (atualmente dos únicos do Concelho); bem como a realização de festas de aniversário. Para fomentar alguns destes serviços, o Centro tentará celebrar protocolos com associações de apoio ao deficiente, através de um preço simbólico, caso haja apoio público e privado que comparticipe as despesas. Além disto, farão parcerias com várias lojas e outros prestadores de serviços, como complemento e atrativo do Centro Equestre.

área”, pretendendo “levar mais longe”. Como eventos já organizados, é de salientar o II Passeio Anual realizado no dia 22 de Setembro de 2013, contando com um desfile de cerca de 45 cavalos. No próximo ano, contam atingir a fasquia dos 100 cavalos no total. Também nos meses de Verão, o Centro acolheu cerca de 50 crianças para um pequeno estágio das várias freguesias de Famalicão e Trofa. Quanto a projetos futuros, contam nos próximos anos realizar uma ampliação de cerca de 20.000 m num terreno contíguo, pretendendo para tal, elaborar um projeto que o Concelho irá gostar e nos arredores não haverá igual. Nesse projeto, estará prevista uma piscina, várias boxes espalhadas para os cavalos, um espaço de eventos e de animação – um local onde as pessoas possam vir passar o dia, do início da manhã até ao final da tarde e noite. Tudo isto se for possível, se houver os apoios suficientes e a procura necessária.

Após a compra de um terreno em 2008 por parte do Sr. José Queirós e a aquisição de alguns cavalos para entretenimento e lazer dos seus filhos, o fundador avançou para a construção de um Centro Equestre. O objetivo desta valência é promover a equitação e desenvolver a parte equestre do nosso concelho de V.N. de Famalicão. O fundador deste centro garante existirem “muitos cavalos no concelho, mas muito pouca gente a apostar nesta

Vaga de Incêndios na nossa freguesia No passado dia 13 de Agosto, duas empresas fradelenses foram assoladas por incêndios distintos, que protagonizaram várias perdas materiais. O primeiro incêndio, desse dia, ocorreu numa oficina de reparação de motas, na Rua Dona Maria II. Este fogo começou a deflagrar por volta das 2 horas da madrugada e quando os Bombeiros de Famalicão chegaram ao local, o edifício já se encontrava tomado pelas chamas. A prioridade foi evitar que estas se alastrassem à habitação ao lado. Após 2 horas de combate às chamas, o cenário era desolador, contando-se vários milhares de euros de prejuízo. A GNR de Famalicão esteve na oficina, ficando a investigação a cargo da PJ do Porto. No mesmo dia, por volta das 20 horas, num escritório da têxtil Delcon, na Rua D. Dinis, um curtocircuito terá dado origem a um incêndio, mas foi imediatamente controlado por um segurança que se encontrava de serviço. De seguida, os Bombeiros foram

alertados e tomaram conta da ocorrência. Nos finais de Agosto e inícios de Setembro, uma onda de incêndios florestais dominou a paisagem da zona mais a Este de Fradelos. O primeiro a ocorrer começou na madrugada de 29 de Agosto, junto ao lugar de Ferreiros, e lavrou até junto da fronteira de Vilarinho das Cambas. Apesar de ter ardido alguns hectares, o fogo foi dado como dominado durante o início da manhã. No entanto, existiram alguns pequenos reacendimentos nos dias seguintes. Outro incêndio que causou sobressalto entre os populares foi o que ocorreu no dia 1 de Setembro, que deflagrou durante uma semana, junto aos lugares de Valdossos, Espírito Santo e Cerejeira. No terreno, estiveram presentes os Bombeiros de Famalicão e várias pessoas, por iniciativa própria, com as suas alfaias agrícolas.


05

Local

jornalfradelos@gmail.com

Festival de Folclore - 56 anos Rancho Regional O Rancho Regional de Fradelos comemora, em Outubro, o seu 56º aniversário, este que é o Rancho mais antigo do concelho. Para assinalar a efeméride, promoveu um Festival de Folclore, no dia 13 de Outubro, domingo, junto à Igreja de Fradelos.

O programa das celebrações teve início por volta das 10 horas com a romagem ao cemitério; depois da receção aos grupos convidados, foi celebrada uma missa, às 11 horas, por todos os elementos e dirigentes do rancho já falecidos.

Este Festival Anual de Folclore contou com um salão repleto de gente e teve a participação dos seguintes grupos: Rancho Folclórico S. Cristóvão de Nogueira da Regedoura (Santa Maria da Feira); Rancho S. Salvador de Monte Cordova (Santo Tirso); Grupo de Danças e Cantares de Santiago de Bougado (Trofa) e do Rancho Regional de Fradelos (anfitrião do evento).

O almoço convívio realizou-se às 12h30. Antes do Festival propriamente dito, os grupos participantes desfilaram desde o Cruzeiro até ao local do espetáculo, com entrega de lembranças evocativas do momento, iniciando-se o Festival perto das 16 horas. Poderá visualizar fotos deste evento no Facebook do Jornal Fradelos.

Assembleia de Freguesia de Setembro 2013

Para início dos trabalhos, o presidente da mesa da Assembleia fez a leitura da ata da sessão anterior, vindo esta a ser aprovada com os votos a favor da coligação PSD/CDS e votos contra dos deputados do PS, que discordaram de parte do conteúdo da ata.

A deputada do PS interveio, criticando e alegando uma certa inoperância do executivo, bem como referindo algumas promessas não cumpridas e alguns aspetos negativos do Centro de Saúde. Em resposta, o Sr. Presidente Avelino Reis, lamentou as críticas e assegura que tem utilizado todas as suas forças para melhorar a freguesia, suas valências e seus serviços. Quanto às promessas, garantiu que “se não se tem, não se gasta”, referindo-se ainda ao Centro de Saúde, transmitindo a informação que a junta tem patrocinado quer um número de telemóvel quer uma funcionária para os serviços administrativos.

De seguida, foi dada a palavra ao Presidente da Junta, Avelino Reis, o qual deu algumas informações relativas à freguesia, nomeadamente: conclusão das obras de saneamento na rua da Cerejeira, a qual seria pavimentada com paralelo; pavimentação da rua das Tílias; saneamento e pavimentação na rua D. Maria II e Valdossos; início do arranjo urbanístico da frente do cemitério, fruto de protocolo assinado desde 2009, mas só agora exequível.

Por último, após a ordem do dia, na intervenção do público, um cidadão usou da palavra para dar os parabéns a todos os membros dos órgãos da freguesia de Fradelos, executivo e deliberativo, aproveitando para questionar acerca da percentagem de cobertura de água e de saneamento. O executivo prestou a informação de que 98/99% da freguesia possui abastecimento de água e que 82/83% possui saneamento subterrâneo, embora apenas 70% esteja operativo e pronto a usar.

Teve lugar a última reunião da Assembleia de Freguesia de Fradelos deste mandato, no passado dia 5 de Setembro, com início pelas 21h45 no salão nobre da Junta de Freguesia. A sessão contou com a presença de cerca de vinte pessoas, entre membros do executivo, deputados e público. Teve a duração de 30 minutos.

Tutti Frutti Summer Night’s - Festival de Verão O Grupo Desportivo de Fradelos organizou pela primeira vez o Festival “Tutti Frutti Summer Nights 2013”, em Fradelos, no seu campo de jogos habitual. Este evento para todas as idades contou com muita música, humor, moda e entretenimento nas noites de Sexta e Sábado, dias 16 e 17 de Agosto de 2013.

Durante o segundo dia do evento, foram várias as

FradelosTV

Na primeira noite, houve um conjunto de atuações musicais e lúdicas com a presença dos seguintes grupos: Fanfarra dos Escoteiros de Fradelos, Grupo Folclórico Infanto Juvenil de S.Miguel da Carreira, Fadista Kiko, contando ainda a notável presença da banda Rosamate, terminando com Dj fradelense Mark M.

atividades tradicionais, juntamente com um programa inovador e destinado ao público jovem: Escola de Concertinas de Linhares, Sessão Humorística, Banda Serushiô, Passagem de Modelos com a participação especial de Jéssica Marques, finalizando com Dj Mark M &Yomo.


06

Desporto

jornalfradelos@gmail.com

Início de Época do G.D.Fradelos As equipas de Juvenis e Seniores do Grupo Desportivo de Fradelos começaram a época com jogos em casa e voltaram a trazer o desporto rei à nossa freguesia. A equipa de juvenis arrancou com uma vitória de 31 contra o ADC Telhado e obteve um empate a duas bolas, no reduto do CSJ Belinho. Quanto à equipa de seniores, esta conseguiu assegurar um empate a 3 bolas contra o Lomarense após um jogo bastante complicado e recheado de emotividade, visto que bem cedo, o GDFradelos ficou reduzido a 10 elementos, logo nos primeiros 5 minutos do encontro. Só em tempo de descontos é que o empate a 3 bolas chegou, após uma grande penalidade assinalada por tentativa de agressão de um jogador da equipa contrária. No segundo jogo da época, a equipa foi a Mouquim perder

por 0-1, enquanto no terceiro desafio, a equipa fradelense foi goleada em Roriz por 6-0. Relativamente à equipa de iniciados, o GDFradelos decidiu não criar este escalão, visto que não havia jogadores suficientes para constituir o grupo, e portanto, grande parte destes foi adicionado aos juvenis. Em relação à equipa de benjamins, também se encontra difícil conseguir formar um grupo com elementos suficientes, tendo de ficar até final do mês tudo resolvido. A presidente, Paula Torres, informou ainda o Jornal Fradelos que existe uma formação de «jovens senhoras» que tem treinado, no campo de jogos, e que, em princípio este ano só fará jogos amigáveis, podendo no próximo ano, se tudo correr bem, realizar jogos oficiais. FradelosTV

Campeonato Motocross Paintball com a Koklus No passado dia 15 de Setembro, realizaram-se 2 provas de Motocross, em Fradelos, a contar para o Campeonato Regional Norte de Motocross/Pentacontrol e o Campeonato Nacional de Motocross – Iniciados.

A KOKLUS realizou uma atividade de paintball e tiro com arco, na tarde do passado dia 15 de Agosto, perto da Urbanização Ponte das Eiras. Este evento contou com a participação de várias dezenas de jovens, sendo para muitos uma nova experiência. O evento contou ainda com a cobertura fotográfica da FradelosTV.

Na primeira prova, Daniel Pinto dominou as 2 mangas sem dar hipóteses aos 15 concorrentes, no troço com 1100 metros. Quanto à competição de Iniciados, João Oliveira venceu após ter ganho confortavelmente a primeira manga, sendo que a segunda teve dificuldades em a conquistar devido a uma queda que o obrigou a recuperar o comando com muito esforço.

Ainda nos dias 13,14 e 15 de Setembro, a KOKLUS esteve presente na VII Festa do Associativismo e Juventude de V.N.Famalicão, onde divulgou aos visitantes as atividades que desenvolve. Estejam atentos ao Facebook da KOKLUS, onde serão divulgados eventos futuros.

PUB

PUB

ALARMES


07

Opinião

jornalfradelos@gmail.com

Jorge Silva Azevedo Professor de Matemática

Diogo Ferreira jmsa.esds1@sapo.pt

djscf@hotmail.com

Na Escola, boas práticas... boas notas!

O papel e a importância da Constituição

Os livros de ponto das escolas continuam cor de laranja e, em outubro, têm já uma boa dezena de sumários, sinal de que as aulas já rolam. Por isso, um lembrete: a organização dos cadernos diários é um código postal para os estudantes chegarem mais facilmente ao sucesso. Resumir com atenção as aulas, pondo em destaque o que é mais importante, permitirá mais descanso nos fins de semana. Nos apontamentos, enriquecer com notas e hiperligações, tendo em atenção as técnicas publicitárias, aquelas que são usadas para a venda de um produto na televisão ou nos jornais. As cores benetom são ótimas para que o produto seja recordado, querido e desejado, mesmo de luz apagada.

Nos dias de hoje, nunca tão importante foi debater qual o papel e a importância da Constituição da República Portuguesa, doravante CRP. As sucessivas intervenções da classe política, utilizando amiúde expressões como “inconstitucional!”, ou os mais recentes acórdãos do Tribunal Constitucional (instância jurisdicional que vela pela fiscalização da constitucionalidade de leis e decretos-leis), com implicações práticas na vida de cada um, assim o demonstram e comprovam.

Outra forma de se ter sucesso é disciplinar rotinas, praticar o cálculo, fazer leituras e, acima de tudo, desenvolver o pensamento que é a mente em ação. Recordar também as histórias do faz de conta de outrora, cuja imaginação nos levava a qualquer castelo. Nas ciências, também a imaginação é mais importante do que o conhecimento: conduz-nos progressivamente à descoberta dos saberes ou das incógnitas que, nesta situação, jamais se esquecem. Quando surgirem dificuldades, quando existirem dúvidas, o que é preciso é que não haja desistência à primeira adversidade. Acreditar positivo, acreditar que os sonhos são alavancas para levarmos o mundo ao rubro, para chegarmos lá, ao lugar que marcamos com as coordenadas GPS das nossas vidas. Reagir e agir é sempre um ato inteligente para sermos o que quisermos. Contudo, temos que querer o que formos, não vá o diabo tecê-las. A nossa sorte não se encontra fora de nós, mas antes, em nós mesmos. Por isso, conquistemo-la para que nos testes não haja stress! Um exemplo estudado: no ano letivo transato, numa das minhas turmas, ao longo do último ciclo, os alunos acreditaram nas boas práticas, em consequência, nas boas notas e, sete deles, foram premiados com pelo menos cento e oitenta pontos, em duzentos, na classificação de candidatura ao ensino superior. Confiaram que, no trabalho, os valores dão felicidade. Parabéns, pela vontade de acreditar. Felizes os que confiaram!

google.pt

Estudante de Direito

Em primeiro lugar, cumpre-me definir e contextualizar este documento jurídico, mas sobretudo político, que encarna aquilo que são os grandes consensos da sociedade e as suas opções políticas, sociais e económicas. Assim, do ponto de vista jurídico, a CRP corresponde a uma lei, elaborada por uma Assembleia Constituinte própria, cuja única função é de redigir uma nova constituição. Mas esta não é uma lei qualquer; na expressão alemã, trata-se da “Lei Fundamental”, aquela que está acima de todas as outras e cuja violação importa a invalidade e rejeição de qualquer outra norma jurídica. No caso português, esta Assembleia Constituinte surge no dia 25 de Abril de 1975 (um ano após a Revolução dos Cravos de 1974 que derrubou o Estado Novo), criando uma nova Constituição, que entrou em vigor a partir do dia 25 de Abril de 1976, com um novo paradigma: o do Estado de Direito Democrático e Social. De Direito vinca a importância do Estado atuar nas possibilidades e limites impostos pelas normas jurídicas; Democrático acentua a soberania do povo, o pluralismo de expressão, o respeito pelas maiorias e minorias; Social salienta a função social do Estado, enquanto agente promotor do bem-estar da sociedade e da proteção do cidadão “do nascimento até à morte”. Quanto às implicações práticas deste novo paradigma subjacente à CRP de 1976 (revista 7 vezes), estas são visíveis, múltiplas e diversas. Nos seus 296 artigos , podemos encontrar quatro partes estruturais: (I) Direitos e Deveres Fundamentais, onde estão previstos múltiplos direitos como o direito à vida, a liberdade de expressão e informação, a liberdade de religião, o direito de sufrágio, entre outros; (II) Organização Económica, onde se garante a liberdade de iniciativa e de organização empresarial e se tratam temáticas como o Orçamento de Estado e os Impostos; (III) Organização do Poder Político, que trata da organização e funcionamento dos órgãos de soberania (Presidente da República, Assembleia da República, Governo e Tribunais); (IV) Garantia e Revisão da Constituição, parte dedicada a garantir a fiscalização da constitucionalidade das normas jurídicas e os procedimentos atinentes às Revisões Constitucionais.


08

A Nossa Casa

jornalfradelos@gmail.com

Um olhar atento sobre Fradelos... Aspeto Positivo

Aspeto Negativo

Boletim Paroquial de Fradelos

Centro de Saúde de Fradelos

Do lado esquerdo, observa-se um dos meios de comunicação da nossa freguesia, o boletim paroquial. É sem dúvida importante que todas as semanas a nossa paróquia seja informada de tudo importante que nela se faz. Assim, é de louvar os distribuidores de boletins que, quer faça chuva quer faça sol, entregam semanalmente o papel A4 em todas as casas de Fradelos. Esta tradição é, hoje em dia, muito rara de se ver noutras terras, podendo-se afirmar que os paroquianos de Fradelos são muito sortudos por terem este serviço de qualidade e de proximidade, um verdadeiro luxo. Do lado direito, podemos ver a extensão de saúde de Fradelos que esteve, no último mês, nas páginas de alguns jornais nacionais e concelhios, devido à avaria de uma central telefónica, que impediu os utentes de telefonarem para o posto de saúde. Este foi um aspeto negativo que perdurou durante 6 meses. Contudo, a junta de freguesia contactou a tutela local na área da saúde (pertencente ao Ministério da Saúde), embora esta tenha demorado a atuar. Desta forma, foi disponibilizado um telemóvel de modo a restabelecer as comunicações centro de saúde – utente. Hoje, finalmente, o problema encontra-se resolvido para nosso bem e sossego. PUB

Agenda Cultural Dia 25 de Outubro: . «Lar, Doce Lar» - Comédia Casa das Artes - Grande Auditório | 21h30 Entrada: 13€ - 7.50€* Até 27 de Outubro: . «Festival Internacional da Fotografia» Exposição - Braga Dia 28 de Outubro: . «Clube de Leitura» Biblioteca Municipal - Vila Nova de Famalicão Sala de leitura infanto-juvenil |18h-19h Dia 2 de Novembro: . «Liliane Marise – Ao vivo» Multiusos de Guimarães | 20h30 Entrada: 20€ a 35€ Dia 11 de Novembro: . «Dia de S. Martinho» Dia 17 de Novembro: . «Festa da Padroeira» Festa em honra a Santa Leocádia Missa c/Procissão - Igreja Paroquial de Fradelos * Cartão Quadrilátero Cultural


09

Lazer

jornalfradelos@gmail.com

Adivinhas 1º. Qual é coisa, qual é ela que mantém sempre o mesmo tamanho, independentemente do peso? 2º. O que é que é surdo e mudo mas conta tudo? 3º. Verde como o mato e mato não é, fala como gente e gente não é. O que é? Soluções: 1- Balança; 2- Livro; 3- Papagaio

Anedota O Joãozinho estava um dia a falar com um colega do prédio: - O meu pai é melhor que o teu - disse o colega. - Não é porra nenhuma! - responde o Joãozinho. - O meu irmão é melhor que o teu! - É o caraças! - A minha mãe é melhor que a tua! - Bem... isso pode ser verdade! O meu pai também vem dizendo a mesma coisa! O marido ao despedir-se da esposa: - Querida, enquanto eu estiver em viagem, como queres que te mande noticias? Por telefone, telegrama ou fax? - De preferência, por transferência bancária. Um agricultor tinha duas galinhas de estimação das quais ele gostava muito: seus nomes eram Odi e Célia. Uma noite elas não o deixaram dormir pois estavam a cacarejar muito. Quando amanheceu, ele pegou o molho delas e encheu com dinamite e atirou para elas comerem. Qual o nome do filme? R: Dois MILho e BUM, ODI e CÉLIA no espaço.

Sudoku

Sopa de Letras Nivel: Médio

6

2 7

3

1 1

9

7 6

3 1

8 6

8 9

4

7

7 3

2

9 2

4

8

6 7

4

7 4

5

8

5

O H N I T R A M C N F C

G O F H P T P D B X A V

T J A H L O F U Q S I A

A Q J S S A F R T V A T

A A O Z S F G A B C V I

I I U S C I N Z A D U

D J T Z P H C U Z J H Q S

A B O F A I F O V T C L

C F N S C O P S R Z E X

O B O E H P I J G P Z U

E A I V A F B Q N A U F

L F D X N M A G U S T O

LISTA DE PALAVRAS: Castanhas Chuva Folha Leocádia Magusto Martinho Outono Procissão

Soluções: Ver nossa página do Facebook PUB

ANIVERSÁRIO 13 de DEZEMBRO Marque uma consulta nos dias 11, 12 e 13 de Dezembro e receba um vale de desconto para usar numa próxima consulta Se trouxer um(a) amigo(a) terá ainda mais vantagens!

VISITE-NOS E VENHA FESTEJAR!

siga-nos no

Rua Sta. Leocádia Edif. Jaime Duarte - Loja 10 4760-485 FRADELOS Telef. 252 458 880 | Telem. 933 511 948


PUB

PUB

Frases Soltas PUB

«Não tenhamos pressa, mas não percamos tempo.» de José Saramago, Prémio Nobel da Literatura, 15 anos (Outubro de 1998 – 2013)


Jornal Fradelos - Outubro 2013 (16ª edição)